In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player
Joomla! Slideshow

VELO CAB2012


JOSÉ FRANCISCO CERQUEIRA QUER VINGAR

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 - VALVOLINE

 

JOSÉ FRANCISCO CERQUEIRA QUER VINGAR O RESULTADO DA FALPERRA

 

Uma inesperada falha mecânica não permitiu que José Francisco e o seu Seat Leon  terminassem a rampa da Falperra, tendo ficado sem pontuar.

Segundo o piloto amarantino "O problema que nos provocou a desistência na Falperra deverá estar resolvido, por isso espero ter o carro em perfeitas condições para poder fazer uma boa estreia na Serra da Estrela.

Como desconheço em absoluto o traçado, a preparação irá ser mais cuidada. Assim durante o dia de sexta-feira estarei no rampa a reconhecer o percurso que me parece muito técnico e dificil de decorar, espero realizar um bom numero de subidas para assim tentar descobrir as manhas e os truques que me permitam fazer bons tempos.

Os meus objectivos para esta terceira participação, passam por prosseguir a minha evolução, ir melhorando os tempos durante o fim de semana e classificar-me o melhor possível, quer à geral, quer em termos de categoria e classe.

Sinto-me cada vez mais à vontade com o carro e com a equipa técnica e acho que nas próximas provas vou estar com um andamento muito bom atendendo às características do nosso carro que sabemos serem limitadas face às melhores máquinas da categoria IV”, disse-nos

Os meus agradecimentos aos meus patrocinadores que tornam possível a participação no CNM e são os seguintes:

  • JC Group - Braga
  • Centrocor - Soluções de Reparação Automóvel - Penafiel
  • CLSL Auto - Marco de Canaveses
  • BOSCH / Video Visão - Eletrónica - Porto
  • Porto Clássico, Automóveis - Porto
  • AMC - Alexandrino Matias & Cª SA - Oficinas Metalúrgicas - Amarante
  • Reciclacar - Centro de abate automóvel - Maia
  • Portucoler - Tecnologia em reparação de veículos - Arrifana - S. João da Madeira
  • Município de Amarante, Sinta-se Convidado


Agradeço também o trabalho dos mecânicos da Vettra que me têm proporcionado um carro espectacular, toda a simpatia e apoio da minha equipa, dos adversários e o apoio do muito publico que tem aparecido nas provas.

 FOX 8199_CopyIMG 1337_1_Copy

 

ATENÇÃO A TODOS OS PILOTOS DO NACIONAL DE MONTANHA

ATENÇÃO A TODOS OS PILOTOS DO CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA E ACOMPANHANTES

 

 

dormida rampa da covilhã1. Copy2. Copy3. Copy4. Copy5. Copy6. Copy7. Copy8. Copy9. Copy10. Copy11. Copy

 

 

Tenho disponível um Chalé de Madeira nas Penhas da Saúde, a cerca de 3/4 Km da linha de chegada da Rampa. Com cinco quartos, três com cama de casal, um com duas camas individuais e um com uma cama de casal e um beliche. Dá para 12 pessoas no total. Tem três casas de Banho, duas salas e uma cozinha.
Está equipada com roupa de cama e de banho, loiça e eletrodomésticos.
O preço para duas noites é de:
8 Pessoas 300€
10 Pessoas 350€
12 Pessoas 400€
Armando Trindade
917889246

 

TT NO BRASIL

 

Rally Cuesta Off Road terminou neste domingo em Botucatu

Prova reuniu 89 veículos, entre Motos, Quadriciclos, Carros e UTVs em dois dias de disputas válidos para o Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country e Baja

Foram duas etapas disputadas, e chegou ao fim neste domingo, a 10ª edição Rally Cuesta Off Road. As equipes inscritas na prova percorreram aproximadamente 300 quilômetros com passagem pela serra do Cuesta e mais um ano coroado pelo sucesso. A competição cumpriu seu propósito e levou os competidores a doarem tudo de si na arte de pilotar e navegar em dois dias com mesmo roteiro, mas com condições climáticas diferentes que deixou mais desafiador.

Estiveram no evento 89 inscritos divididos nas categorias motos, quadriciclos, UTVs e carros. A alegria, a comemoração entre as equipes e competidores, além da satisfação e orgulho, era o sentimento vibrante que contaminava os presentes na cerimônia de premiação, de um dos ralis mais tradicionais do país. Novamente, a Rally Cuesta Off Road superou as expectativas.

Para Gabriel Varela ganhar a prova na geral à frente das motos é um fato bastante satisfatório. "A especial estava mais seca, diferente com relação a prova de ontem que choveu muito. Foi um dia bem rápido, o UTV Can-Am foi super bem, esteve competitivo. Para que isso acontecesse conseguimos um excelente acerto de suspensão, equipamento bem preparado e tivemos um conjunto bom para a vitória do rali", comemorou o piloto de Barueri/SP.

O piloto Reinaldo Varela (pai de Gabriel) e o navegador Gustavo Gugelmin venceram nos carros. "Como estava o trilho sequinho, prova gostosa e muito rápida, aceleramos administrando os concorrentes. Da metade da prova pra frente já sabíamos os tempos, andamos bem forte, mas conscientes com a meta de conquistar a etapa e o rali no acumulado. Deu tudo certo, o carro T-Rex correspondeu bem e agora vamos nos preparar para o Rally Rota SC", destacou o piloto.

Nas motos, Ramon Sacilotti (Kawasaki KX 450F/ Super Produtcion) carimbou mais uma vez o seu nome como campeão do Rally Cuesta. O piloto participou de todas as edições e é o maior vencedor "Uma especial deliciosa de acelerar, principalmente por não ter a chuva deu para enxergar melhor o caminho e poder procurar onde estava com menos lama. Consegui impor um ritmo bem forte, pois sabia que precisaria tirar a diferença do Elias que largou na minha frente e venceu o primeiro dia e, ainda, abrir vantagem para garantir a vitória", disse o piloto de São José dos Campos.

Na especial deste domingo, Jérémy Dubois conseguiu melhorar o desempenho e venceu a etapa, mas não foi o suficiente para superar Richard Amaral na classificação final do Rally Cuesta. "A trajeto da prova foi difícil tanto quanto ontem. O piso como já tinha conhecimento o que iria encontrar pela frente, então acelerarei um pouco mais e utilizei de cautela para garantir o título da prova", contou o piloto Richard Amaral, de Suzano (SP).

"Na especial deste domingo fui bem melhor, consegui a vitória no dia. A prova foi muito boa, bastante técnica, cansativa e bem sinalizada nas áreas de perigos. Mas o principal objetivo foi cumprido que era marcar pontos para manter a liderança no campeonato", ressalta Jèrèmy Dubois.

A 10ª edição do Rally Cuesta Off-Road é uma realização da Prefeitura Municipal de Botucatu e organização da Arena Promoções e Eventos. Tem patrocínio de Can-Am, Penna Off-road e Primar Hotel. Supervisão da CBA - Confederação Brasileira de Automobilismo, da CBM - Confederação Brasileira de Motociclismo e da FASP - Federação Paulista de Automobilismo.

Classificação acumulada do Rally Cuesta Off Road:

MOTOS
1) 2 Ramon Sacilotti, SPR/1, 4h03min52
2) 25 Elias Campideli Folly, PDA/1, 4h04min11
3) 3 Luiz Fernando Menuzzo, PDA/2, 4h14min12
4) 17 Josemar Ferro, MAR/1, 4h18min17
5) 12 Daniel Crema, MAR/2, 4h22min46

QUADRICICLOS
1) 39 Richard Amaral, 2h15min12
2) 35 Jèrèmy Dubois, 2h16min43
3) 37 Geison Belmont, 2h18min11

UTVs
1) 105 Gabriel Varela, UTUR/1, 3h59min35
2) 125 André Hort, USPD/2, 4h06min01
3) 111 Erick Donato, UPRO/1, 4h06min55
4) 137 Wilker Campos, UTUR/2, 4h07min47
5) 148 Dimas de MelloPimenta III, UPRO/2, 4h08min51

CARROS
1) 308 Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin, PROT- T1/1, 4h05min16
2) 322 Michel Terpins/Beco Andreotti, PROT-T1/2, 4h06min47
3) 301 Marcos Moraes/Fábio Pedroso, PRO BR/1, 4h08min04
4) 310 Luiz Facco/Humberto Ribeiro, PRO BR/2, 4h30min45
5) 339 Nadimir Kayser de Oliveira/Ricardo Amorim, PR-T2/1, 4h34min34

Calendário do Campeonato Brasileiro de Rally Baja 2016:

1ª e 2ª etapas - 06/03 - Rally de Barretos
3ª e 4ª etapas - 20/03 - Rally da Ilha
5ª e 6ª etapas - 22/05 - Rally Cuesta Off Road

7ª etapa - 02/07 - Rally Baja Jalapão
8ª e 9ª etapas - 30 e 31/07 - Rally Rota SC
10ª e 11ª etapas - 06/11 - Rally Rota Sudeste
12ª e 13ª etapas - 10/12 - Rally dos Amigos

Calendário do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country

Etapa 1 e 2 - 5 e 6/3 - Rally de Barretos
Etapa 3 e 4 - 21 a 24/4 - Rally RN 1500
Etapa 5 e 6 - 21 e 22/5 - Rally Cuesta Off Road

Etapa 7 e 8 - 30 e 31/07 - Rally Rota SC
Etapa 8 e 9 - 3 a 10/9 - Rally dos Sertões
Etapa 10 e 11 - 5 e 6/11 - Rally Rota Sudeste
Etapa 12 - 10/12 - Rally dos Amigos



Ramon Sacilotti vence mais uma edição do Rally Cuesta nas Motos (Luciano Santos/DFotos)

Ramon Sacilotti vence mais uma edição do Rally Cuesta nas Motos (Luciano Santos/DFotos)
Alta  | Web

Richard Amaral foi o mais rápido nos quadriciclos na soma dos dois dias (Fernando JS)

Richard Amaral foi o mais rápido nos quadriciclos na soma dos dois dias (Fernando JS)
Alta  | Web

Gabriel Varela é o campeão nos UTVs (Luciano Santos/DFotos)

Gabriel Varela é o campeão nos UTVs (Luciano Santos/DFotos)
Alta  | Web

Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin garantiu a vitória entre os carros (Luciano Santos/DFotos)

Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin garantiu a vitória entre os carros (Luciano Santos/DFotos)
Alta  | Web



 

SUGESTÃO DA SEMANA

 

20º MEO Sudoeste

Cartaz do MOCHE ROOM completo com a programação dos dias 6 e 7 de agosto:

6 de agosto, MOCHE Battle Royale com:
Landrick
DJ Overule
Von Di Carlo (recomendação Tradiio)

7 de agosto, MOCHE Push The Button com:
Deejay Telio
Pete Kingsman
Ben Ambergen


 

3 a 7 de agosto, abertura do campismo a 30 de julho
Zambujeira do Mar

www.meosudoeste.pt | www.facebook.com/meosudoeste

Anunciadas as festas e a programação para os dias 4 e 5 de agosto, a Circus Edition do MOCHE ROOM, tem ainda mais surpresas para desvendar. Assim, no dia 6 de agosto quem faz a festa em palco será Landrick, Dj Overule, Von Di Carlo, Deejay Telio, Pete Kingsman e Ben Ambergenconfirmados para 6 e 7 de agosto, completam a sua programação.


6 de agosto: MOCHE Battle Royale
Os artistas atuarão entre uma batalha de almofadas, mas não serão umas almofadas quaisquer. Lá dentro, em vez de penas, pó colorido para dar ainda mais cor à festa.

A música ficará em boas mãos:


 

altaltalt


Landrick: Angolano, dono de hits kizomba como “Me Agarra Só No Uhm”, “Segunda Mão”, “Há Mulheres e Mulheres” e, mais recentemente, “Mr. Confuso” e “Fila da Goda”.

DJ Overule: Um dos DJs portugueses mais requisitados, não deixa os seus créditos por mãos alheias com sets recheados de Hip -Hop, RnB, Dubstep ou Drum n Bass.

Von Di Carlo, uma recomendação da plataforma digital Tradiio: Responsável por sets explosivos onde desfilam géneros como o Progressive House, EDM, House, Hip-Hop, entre outros géneros, estará no Festival com a chancela de qualidade Tradiio.

7 de agosto: MOCHE Push the Button “Quim is Back”
A conhecida festa do “Push the Button”, mas com um registo… circense!

Os sons chegarão pela mão de:
 

altaltalt

Deejay Telio: Nomeado para os Prémios PALOP Music Stars nas categorias de "Melhor Produção Musical", "Revelação do Ano", "Afro-House - Tema do Ano" e "Hit do Ano”, passa em todas as pistas de dança com os hits “Que sa Foda” e “Eu não Atendo”.

Pete Kingsman: Jovem DJ, tem colaborado com variadíssimos produtores nacionais e internacionais e é apoiado por vários artistas de renome, de entre os quais se destacam Diego Miranda​, Maurice West, Timmo Hendriks ​e Cody Holmes.

Ben Ambergen: Lançou o ano passado "Katoa", “DILT"  e "Shudder", os dois últimos com honra de destaque no “Hardwell On Air”, radio show do DJ Hardwell.


Para assinalar as vinte edições do festival, o MEO está a preparar uma série de novidades que serão anunciadas até ao Verão e à semelhança das anteriores edições terá disponível vários serviços que vão facilitar a vida dos festivaleiros através da tecnologia:

Wifi em todo o recinto

São 15 hectares de cobertura Wifi, disponível em todo o recinto, incluindo o parque de campismo. A qualquer hora, em qualquer lugar deste festival, será possível partilhar os melhores momentos, pesquisar informação, ver os vídeos dos artistas que vão atuar e estar em contacto com o mundo.


App TV

Já está disponível para todos os clientes MEO a nova app de TV, MEO SW 2016, que permite comprar bilhetes, acompanhar a evolução do cartaz, conhecer os perfis dos artistas e recordar a edição de 2015. Tudo isto acessível através da área MEO Apps do menu MEO ou do botão azul do comando. 


 

 


 

Mais novidades a anunciar brevemente.


MEO Sudoeste, Junta-te à Tribo.

Já confirmados:


Noite de Receção ao Campista/ 3 de agosto

Palco MEO - DVBBS, Yellow Claw, Club Banditz


4 de agosto

Palco MEO - Martin Garrix, Wiz Khalifa, Virgul, Josef Salvat

MOCHE ROOM - B26, SlimCutz & Ace

5 de agosto

Palco MEO - Kura, Damian “Jr. Gong” Marley, Seu Jorge, C4 Pedro

MOCHE ROOM - Curadoria Orelha Negra: Holly Hood, Slow J, DJ Kwan, Dynamic Duo, ProfJam, Maze, Nerve e Orelha Negra DJ Set

6 de agosto

Palco MEO - Steve Aoki, Sia, James Morrison, Diogo Piçarra

MOCHE ROOM - Landrick, DJ Overule, Von Di Carlo (recomendação Tradiio)

7 de agosto

Palco MEO - Steve Angello, Cali Y El Dandee, NERVO, Sunnery James & Ryan Marciano

MOCHE ROOM - Deejay Telio, Pete Kingsman, Ben Ambergen
 


 

Informação de Bilhetes


Preço dos Bilhetes


- Passe 5 dias: 95€ -Bilhete Diário: 48€

- Fã Pack Exclusivo FNAC: ESGOTADO

- Pack Tribo: ESGOTADO

Locais de Venda


 

TicketeaBlueticket - Call Center Informações e reservas 1820 (24 horas), no Facebook da Música no Coração, FNAC, Worten, El Corte Inglês, ABEP, Portimão Arena; Turismo de Lisboa; lojas Media Markt; Bilheteiras MEO Arena; rede PAGAQUI; Agências Top Atlântico; Ticketline, App TV MSW para clientes MEO.


Packs: FesticketPlace and TicketsZMARAlgarve Holiday FunGlamping - campismo de LuxoTangerine FieldsXBUS Village

Espanha: TicketmasterTicketea, lojas FNAC, Carrefour Viajes e Halcón Viajes

Inglaterra: Seetickets

Alemanha: Ticketmaster

França: FNAC, Carrefour, Géant, Magasins U, Intermarché, Francebillet

 

TT NO BRASIL

 

Rally Cuesta Off Road: Celso e Belén Macedo sofrem acidente no segundo dia

Piloto precisou ser submetido a exames detalhados nesta segunda-feira (23) no Hospital Osvaldo Cruz em São Paulo, mas passa bem. A Macedo's Rally Team fez sua estreia no evento cross country a bordo do modelo Pajero TR4 ER e terminou a disputa na 3ª colocação da categoria Production-T2

Neste domingo, 22, a largada do segundo dia de provas do Rally Cuesta Off Road iniciou às 12h, saindo do Ginásio Municipal Mário Covas em Botucatu, interior paulista, para a especial de 151 quilômetros, entre trecho cronometrado e deslocamentos. E para infelicidade da Macedo's Rally Team, logo aos 700 metros da especial a dupla da equipe Celso Macedo/Belén Macedo foi surpreendida com um salto que com o pouso do carro no solo o piloto sentiu dores fortes na coluna região tóraco-lombar, sendo prontamente atendidos pela equipe médica e organização do rali.

"Neste imprevisto o único prejudicado foi o Celso Macedo, que teve um trauma aparentemente bastante sério, mas sem perigo de lesão medular. Fomos levados imediatamente pela organização, Arena (um querido) organizador da prova, German's Emergency de ambulância para o Hospital da Unesp onde duas equipes, uma de Cirurgia Geral e outra de Neuro Cirurgia, avaliaram o Celso. A dúvida ficou em que inicialmente diagnosticaram uma fissura e uma pequena fratura, que em uma segunda avaliação foi descartada. Sendo assim, em função das fortes dores, apesar da medicação à base de codeína, conferimos o diagnóstico", conta Belén Macedo.

No final da tarde desta sexta-feira, 23, o piloto Celso Macedo foi submetido a uma ressonância magnética para esclarecer e finalmente definir o diagnóstico, desta vez, com um Neuro Cirurgião do Hospital Osvaldo Cruz. "O resultado da ressonância acusou duas fissuras horizontais sem deslocamento e sem ruptura nas vértebras T12-T11. O médico especialista vai analisar o resultado e acreditamos que uma imobilização, analgésicos e repouso será a prescrição. Mas vamos aguardar!", disse a esposa.

Belén agradece o carinho e a atenção de todos. "Nas horas do estresse e do problema é que sabemos realmente quem é quem. Recebemos inúmeras ligações e mensagens de muitos amigos que a gente nem imaginava que se preocupavam tanto conosco", destaca.

Etapa 1

Celso e Belén Macedo estiveram entre os primeiros colocados no Rally Cuesta Off Road que aconteceu neste final de semana, dias 21 e 22 de maio, na cidade de Botucatu, interior paulista. O casal brigou de igual para igual com os experientes competidores, sendo a primeira temporada juntos no Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. A equipe Macedo's Rally Team concluiu em 3ª posição na classificação acumulada do evento com o tempo de 6h56min45.

No primeiro dia de disputas realizado no sábado (21) com muita chuva, a equipe ficou com a 6ª posição na classificação geral e na 2ª colocação na categoria Production-T2 no acumulado da primeira especial (151 quilômetros) e o Super Prime (3.600 metros), com o tempo de 2h31min13.

Na estreia no Rally Cuesta Off Road a equipe Macedo's Rally Team, fechou com resultado positivo nos carros. "Temos uma intimidade muito boa com o carro e despontar entre os primeiros está sendo um resultado excelente para a equipe que tem se esforçado para deixar o carro competitivo", destacou Celso, que conta com a preparação no comando do chefe de equipe Fred Macedo (filho e também piloto no Mitsubishi Cup).

A Macedo's Rally Team utiliza as etapas do calendário Brasileiro também como preparação para o maior objetivo para a temporada de competições que é a estreia no Rally dos Sertões, em setembro. "O entrosamento, piloto, navegador está ótimo, e é o que faz a diferença", destacou Belén Macedo.

A equipe Macedo's Rally Team conta com o patrocínio da Dry Man (Absorvente Urinário Masculino) e apoio da Radiex Produtos Automotivos, Cobrec, Itu Trailer, Road Tech Acessórios.

Classificação acumulada após dois dias de provas - Production -T2:
1) 339 Nadimir Kayser /Ricardo Amorim, Brasília/DF, TR4 ER, 04:34:46
2) 342 Frederico Á. da Silva/Leonardo Magalhães, BH/MG, TR4 ER, 06:53:07
3) 330 Celso Macedo/Belén Macedo, Piracaia/SP, TR4 ER, 06:56:45
4) 340 Flávio Lunardi/Fred Budtikevitz, Joinville/SC, S10, 07:07:19

Calendário do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country

Etapa 1 e 2 - 5 e 6/3 - Rally de Barretos
Etapa 3 e 4 - 21 a 24/4 - Rally RN 1500
Etapa 5 e 6 - 21 e 22/5 - Rally Cuesta Off Road

Etapa 7 e 8 - 30 e 31/07 - Rally Rota SC
Etapa 8 e 9 - 3 a 10/9 - Rally dos Sertões
Etapa 10 e 11 - 5 e 6/11 - Rally Rota Sudeste
Etapa 12 - 10/12 - Rally dos Amigos

 

Mitsubishi Pajero TR4 ER (Luciano Santos/DFotos)

Mitsubishi Pajero TR4 ER (Luciano Santos/DFotos)
Alta  | Web

A equipe é formada pela família Macedo (Sanderson Pereira/PhotoEsporte)

A equipe é formada pela família Macedo (Sanderson Pereira/PhotoEsporte)
Alta  | Web

Foram dois dias de muita aventura na edição 2016 do Rally Cuesta Off Road (Gustavo Epifanio/DFotos)

Foram dois dias de muita aventura na edição 2016 do Rally Cuesta Off Road (Gustavo Epifanio/DFotos)
Alta  | Web

A próxima disputa do Camp. Brasileiro será no Rally Rota SC em 30 e 31/07 (Gustavo Epifanio/DFotos)

A próxima disputa do Camp. Brasileiro será no Rally Rota SC em 30 e 31/07 (Gustavo Epifanio/DFotos)
Alta  | Web

O primeiro dia de disputas foi com muita chuva, lama e piso escorregadio (Luciano Santos/DFotos)

O primeiro dia de disputas foi com muita chuva, lama e piso escorregadio (Luciano Santos/DFotos)
Alta  | Web

Equipe Macedo's Rally Team compete na categoria TR4 ER Master (Doni Castilho/DFotos)

Equipe Macedo's Rally Team compete na categoria TR4 ER Master (Doni Castilho/DFotos)
Alta  | Web



 

FRONIUS DESENVOLVE

 

Fronius desenvolve carregador de bateria compacto e mais potente

 

 O episódio não é raro. Você acorda atrasado ou levanta no fim de semana a fim de curtir aquele carro dos anos 60, ou aquele carro importado ou ainda aquela moto brilhante e quando vai dar a partida...o motor não funciona. Insiste daqui, abre o “capô”, dá a partida novamente e nada. Conclusão..a bateria arriou. Aí você logo pensa..vou fazer a famosa “chupeta” - ligação direta entre baterias. Mas o pior que ela funciona por pouco tempo e, às vezes, não dá nem para chegar até a uma oficina e ela arria de novo.

Portanto para evitar surpresas, é preciso ficar atento ao sistema que alimenta a bateria, como por exemplo, o alternador - responsável por mantê-la carregada. A energia gerada pelo alternador carrega a bateria e alimenta todo o sistema elétrico, ignição, som, faróis, injeção e motor de partida. É indicado, pelo menos uma vez ao ano, verificar o alternador e a bateria para evitar panes, desperdício de combustível e manter o carro em bom funcionamento.

Caso o alternador apresente problemas, o carro torna-se dependente apenas da bateria, podendo sobrecarregá-la e, consequentemente, descarregá-la em poucas horas. Por isso recomenda-se sempre verificar se os faróis, som e as luzes internas foram desligados ao sair do veículo, pois quando o motor é desligado, quem fornece a energia elétrica é a bateria. Também é importante ressaltar que no momento que o motor está em funcionamento, quem fornece a demanda de energia é o alternador. Se houver algum problema e a bateria descarregar, o alternador não consegue dar a partida no motor, funcionando somente com a energia acumulada da bateria.

A melhor alternativa é a prevenção. De acordo com o estudo da GIPA (Grupo Interdisciplinar de Pesquisa Ambiental), solicitado pelo GMA (Grupo de Manutenção Automotiva), os motoristas não têm o hábito de realizar a manutenção preventiva do veículo, medida que evitaria quebras e falhas imprevisíveis que causam grandes transtornos. Dados desta pesquisa indicam que 75% dos motoristas levam o carro em oficinas apenas quando ocorre algum problema, seja por pane elétrica ou falha mecânica.

Para ajudar a conservar o veículo antigo, importado ou moto, a empresa Fronius – há 60 anos especialista em desenvolver novos carregadores e pesquisas na área – trouxe para o Brasil o carregador ACCTIVA Easy (foto ao lado)ideal para veículos (oficina, sala de exposição, veículos usados), motocicletas, carros antigos e importados, máquinas agrícolas, trailers, aviões esportivos, barcos, carrinhos de golfe e máquinas de cortar grama. O potente equipamento de carga e teste tem a função de controlar eletronicamente a carga da bateria, através de um microprocessador, monitorando todas as funções do aparelho. Com ele é possível testar a capacidade de arranque da bateria, o estado de carga e a função do alternador.  Tudo em um pequeno e único equipamento. O Acctiva Easycarrega as baterias automaticamente e suavemente. Após completar a carga, o carregador substitui para a carga de manutenção, evitando a autodescarga. Um detalhe importante: o carregador de bateria pode ficar, permanentemente, conectado à bateria com consumo mínimo de energia.

Ele também tem a função de verificar a capacidade do alternador. E, através do visor, é possível verificar se a tensão gerada está dentro ou fora da faixa permitida. Agora, em caso de substituição ou remoção da bateria, os dados ficam registrados (por ex.: rádio, relógio, etc.). Seu grande diferencial é que ele pode substituir temporariamente a bateria como fonte de energia.

Outras vantagens do carregador Acctiva são a proteção eletrônica contra inversão de polaridade e sobrecarga térmica; desligamento de segurança; eletrônica segura e proteção contra corrente de curto-circuito. É indicado para carregamento ou manutenção de carga em baterias convencionais chumbo-ácido, cálcio/prata-chumbo ou baterias seladas (AGM, MF), bem como baterias chumbo-gel isentas de manutenção; indica o estado de carga da bateria através de gráfico de barras no visor e permite o carregamento de baterias profundamente descarregadas. Modelo pequeno com eletrônica de potência com comutação primária, possui um cabo especial. A bateria pode ser carregada no acendedor de cigarros e é baseado na Active Inverter Technology.

 

Sobre a Fronius

Há 60 anos, a Fronius pesquisa e desenvolve carregadores e, há 25 anos, conta com a revolucionária tecnologia Active Inverter. Sua matriz está localizada em Diadema (SP) e dispõe de representantes e parceiros em todo o Brasil.

 

MOTOS NO BRASIL

 

Confira os resultados da 2ª etapa do SuperBike Brasil

Esta etapa aconteceu no último domingo, dia 22/05, em Interlagos (SP)

Lewis faz uma prova impecável e vence 2ª etapa da SuperBike

Impecável. Essa é a definição do resultado alcançado por Danilo Lewis (#17), da equipe Tecfil Racing Team, na 2ª Etapa da SuperBike, prova disputada no início da tarde deste domingo (22), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. O piloto, que largou na vice-liderança, tomou a ponta do argentino Marco Solorza (#55), da JC Racing Team, já na primeira curva da volta inicial e começou a abrir caminho para mais uma vitória no campeonato.

Lewis começou a corrida imprimindo um ritmo muito forte e na segunda volta cravou a melhor marca prova: 1m38s145. Sem afrouxar o acelerador em nenhum momento, o piloto da Tecfil disparou na frente e não deu chance aos seus adversários. Com seguidas voltas rápidas, ele ampliou sua vantagem na ponta e recebeu a bandeira quadriculada 10 segundos à frente do então vice-líder. Com o resultado, Lewis se consolida como um dos favoritos ao título da temporada 2016 e soma a segunda vitória consecutiva.

Maico Teixeira (#36), da equipe Honda Mobil, garantiu a segunda posição no pódio. O piloto teve uma brilhante atuação. Após largar em nono, rapidamente ultrapassou diversos adversários, e já na sexta volta iniciou a briga pela vice-liderança com Wesley Gutierrez (#134), da equipe Kawasaki SuperBike Team. Os dois protagonizaram belas disputas na pista, porém, Maico levou a melhor e na volta final se consolidou na posição. Enquanto isso, Wesley ficou com o terceiro lugar.

Sebastiano Zerbo (#81), da equipe BMW Motorrad Petronas Racing, faturou o quarto lugar. O piloto italiano também obteve um grande resultado após largar na 12ª posição. Já o quinto mais rápido foi Diego Faustino (#68), da Honda Mobil. O atual campeão da SuperBike se redimiu do fraco desempenho ao longo das sessões classificatórias e ganhou inúmeras posições na corrida. Faustino, que sofreu uma queda durante os treinos e largou em 12º, iniciou a prova e rapidamente ganhou posições. Na nona volta já estava brigando pelo quarto lugar com Zerbo. Os dois chegaram a trocar de posição, mas o italiano levou a melhor, e o piloto da Honda Mobil encerrou a prova em quinto.

Pela categoria Pro Amador, o vencedor foi Alex Borges (#44), da equipe BM Private Team. Fabrício de Castro (#75), da BH Racing, garantiu a segunda posição, logo à frente de Jeferson Marchesin Friche (#6), da HG Motos Racing, em terceiro. James Michael (#137), da Misano Racing Team, faturou o quarto lugar e Aldo Casalecchi Filho (#727), da Qatar Racing, completou o pódio na quinta posição.

Na Pro Estreante, Luciano Pokemon (#77), da equipe Pkm Racing, levou a melhor e ficou com a primeira posição. Já Juracy Rodrigues “Black” (560), da Black Day Racing Team, foi dois décimos mais lento e encerrou a corrida em segundo.

Na disputa da Master, Elson Tenebra Otero (#2), da Suzuki/Econs/Best Riders, não deu chance aos adversários a faturou o lugar mais alto do pódio. Enquanto isso, a vice-liderança ficou com Jirios Semaan Abboud (#100), da BH Racing, e o terceiro lugar foi para Jose Cunha (#133), da Misano Racing Team.

Eric Granado vence a 2ª Etapa da SuperSport em Interlagos

Eric Granado (#51), da equipe Granado Sport Team, marcou sua estreia no SuperBike Brasil da melhor forma possível. O piloto foi o mais rápido e faturou a vitória na 2ª Etapa da SuperSport, prova realizada na tarde deste domingo (22), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Eric largou na segunda posição do grid e ainda na primeira volta ultrapassou o então líder, Matheus de Oliveira Dias (#70), da Motom, e tomou a ponta. Com o caminho aberto, Eric voou baixo e cravou seguidas voltas na casa de 1m41s.

Este cenário se repetiu até a quinta volta, quando o piloto da equipe Granado Sport Team cometeu um erro e passou reto em uma das curvas do Laranjinha. Eric conseguiu trazer a moto de volta para a pista ainda na primeira posição, mas agora perdeu toda a vantagem que havia aberto.

Como resultado, o piloto acabou por ser ultrapassado por Maximiliano Gerardo (#41), da Motonil Motos, que vinha à frente de um pelotão com cinco motos. Mas a liderança do uruguaio durou pouco e Eric retomou a ponta logo em seguida. Sem ter nenhum problema aparente em sua moto, Eric voltou a cravar voltas rápidas e abrir novamente vantagem sobre os adversários. O piloto cruzou a linha de chegada em primeiro e faturou o lugar mais alto do pódio.

Já a briga pela vice-liderança seguiu até os momentos finais. Pedro M. Sampaio (#2), da equipe Tecfil Racing Team, e Lucas Torres (#77), da PRT, entraram na última volta praticamente lado a lado. Torres mantinha uma mínima vantagem e defendia a posição. Essa briga perdurou até a linha de chegada, quando Pedro Sampaio conseguiu a ultrapassagem e recebeu a bandeirada em segundo, dois décimos à frente de Lucas Torres, que terminou a prova em terceiro.

Nas posições seguintes, Maximiliano Gerardo faturou o quarto lugar. O piloto estreante chegou a ocupar temporariamente a liderança, porém, não conseguiu acompanhar o ritmo dos seus adversários na parte final da corrida e ficou para trás. Já Alex Schultz (#22), da Dynel’s Racing Team, completou o pódio com a quinta posição.

Na disputa da categoria Pro Amador, o vencedor foi o também estreante Devanir Lippi Folheto (#8), da equipe Motonil. Pedro Lucas Migliorelli (#97) garantiu a segunda posição, logo à frente de Cristiano de Aquino Nogueira (#26), da MCW Racing Team, o terceiro a receber bandeira quadriculada. Rafael Dadario (#86), da Viana Racing, foi o quarto colocado, seguido por Luis Ferraz (#13), da Tecfil Racing Team, na quinta posição.

Dazzi vence a 2ª Etapa da SuperBike Light e segue líder da categoria

Rodrigo Calmon Dazzi (#146), da equipe Giro Moto, foi o vencedor da segunda etapa da categoria SuperBike Light, prova realizada na tarde deste domingo (22), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, e manteve a liderança na tabela do campeonato.

A disputa da corrida contou com um ingrediente adicional. Ainda na terceira volta dois pilotos se tocaram no final da reta dos boxes e acabaram caindo. A prova entrou em bandeira vermelha e todos os pilotos retornaram aos boxes. Conforme o regulamente, por não ter sido completada 75% da corrida, ela seria reiniciada com a formação original do grid e com o número total de voltas.

Alinhadas as motos novamente, o então líder Fábio Martins (#12), da equipe Speed Racing, fez uma largada ruim e perdeu diversas posições. Quem acabou ganhando com isso foi Rodrigo Dazzi, Marcos Migliorelli (#11), da Everson Racing, e Edson Luiz (#99), da Pitico Racing Team, que tomaram a posição. Já na segunda volta, Dazzi assumiu a ponta e iniciou a disputa com Migliorelli pela liderança da prova, briga que seguiria até a última volta. Os dois pilotos intensificaram o ritmo e trocaram diversas vezes de posição. Já Edson não conseguiu acompanhar os líderes e acabou ficando para trás.

Na segunda metade da prova, Fábio Martins já tinha retomado a terceira posição e seguia de perto os ponteiros. Enquanto isso, Guto Figueiredo (#18), da KT5/A2/Passaredo, ressurgia na corrida. O piloto largou na 28ª posição e, neste momento, entrava na briga pelas primeiras posições. Guto voou baixo e repetiu volta após volta as melhores marcas da prova. Na 10ª, ele já estava no mesmo pelotão dos líderes.

E a briga pela ponta seguiu até a volta final. Migliorelli, que vinha em segundo, acabou perdendo o controle da moto e caindo após errar o tempo de frenagem em uma curva. Com isso, o caminho ficou aberto para Dazzi garantir sua segunda vitória e manter a liderança no campeonato. Guto Figueiredo ainda ultrapassou Fábio Martins e faturou o segundo lugar no pódio. Já Fábio, cruzou a linha de chegada logo em seguida e teve que se contentar com o terceiro lugar.

Liderando o segundo pelotão, Felipe Comerlatto (#186), da equipe Pro Racing Team, terminou a corrida na quarta posição, logo à frente de Dimitris Katsouropoulou (#131), da Tecfil Racing Team, em quinto.

Já pela categoria SuperBike Light Master, o vencedor foi Marcos Senra (#67), da equipe Moretti Racing Team. Guilherme de Oliveira Neto (#66), da Pro Racing Team, garantiu a segunda posição, seguido por Marcos Ramalho (#9), da PRT, em terceiro. Nelson de Oliveira (#45), da equipe Os impossíveis, recebeu a bandeira quadriculada em quarto, enquanto Michel Abboud (#8), da BH Racing, encerrou a prova em quinto.

Bruno Rodrigues vence a 2ª Etapa da Ninja 600 disputa em Interlagos

Bruno Rodrigues (#30), da equipe Tecfil Racing Team, foi o mais rápido e venceu a 2ª Etapa da Copa Kawasaki Ninja 600, prova realizada na tarde deste domingo (22), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Em um grid formado em conjunto com a categoria SuperSport, Bruno largou em quarto entre as ‘Ninjonas’ e 36º no geral. O piloto obteve um bom desempenho de sua Kawasaki Ninja ZX-6R e logo ganhou posições. Volta após volta, Bruno baixou o tempo de suas melhores marcas e se consolidou como favorito à vitória.

Na volta final, o piloto da equipe Tecfil Racing Team já havia aberto uma vantagem superior a 10 segundos para o então vice-líder, Douglas S. Tomé (#67), da Viana Racing. Só um erro grosseiro poderia lhe tirar a primeira colocação, o que de fato não aconteceu. Bruno Ribeiro completou a prova e garantiu o lugar mais alto do pódio. Douglas Tomé ficou com o segundo lugar, logo à frente de Felipe Diniz “Bolinha” (#121), da equipe MotoSchool Racing Team, que encerrou a corrida em terceiro.

Seguindo a ordem das primeiras colocações, Junior Américo de Oliveira (#60), da equipe Viana Racing, faturou a quarta posição, e Ricardo Barlette (#33), da Boi Motos, fechou o pódio com o quinto lugar.

Pela categoria Copa Kawasaki Ninja 600 Master, o único participante foi Valter Rubino (#65), da equipe Misano Racing Team, que encerrou a prova na última colocação.

Eliton vence nos metros finais a disputa da SuperStreet e da Yamaha R3 Cup

Em uma corrida indefinida até os metros finais, Eliton Kawakami (#27), da equipe Playstation Yamaha, acelerou ao máximo sua moto Yamaha R3 e venceu a 2ª Etapa da categoria SuperStreet, realizada na manhã deste domingo (22) no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Eliton, que largou na segunda posição, não teve vida fácil na prova. Isso porque o jovem piloto protagonizou uma disputa particular com seu irmão e principal adversário Meikon Kawakami (#83), da Playstation Yamaha. Os dois, logo após a largada, já começaram a abrir vantagem sobre os demais pilotos. Meikon saiu na frente, porém, ainda nas primeiras curvas foi ultrassado por Eliton.

Visivelmente mais rápidos, os irmãos dispararam na ponta. O único risco de um dos dois não vencer seria se, por algum erro, eles se tocassem e acabassem indo para o chão. E isso quase aconteceu. Os dois pilotos trocaram diversas vezes de posição, quase sempre no final da reta dos boxes.

Na oitava volta, Eliton quase caiu. O piloto subiu na zebra, ao tentar um traçado diferente, mas conseguiu segurar a moto. Com isso, Meikon abriu uma pequena vantagem, que durou pouco tempo. Essa disputa acirrada entrou na volta final. Meikon mantinha a liderança, enquanto Eliton já havia reduzido toda a vantagem do líder. Praticamente lado a lado, os dois seguiram juntos até a entrada da reta dos boxes. E a definição do vencedor saiu só ao cruzarem a linha de chegada. Eliton venceu por uma diferença ínfima de três centésimos. Já Meikon teve que se contentar com vice-liderança.

Na terceira posição, um grande resultado de superação. Indiana Munoz Gomes (#199), da equipe Castrol Racing, largou no final do grid. Aos poucos, foi ultrapassando seus adversários e na 7ª volta já ocupava o quarto lugar. Indy se aproveitou da queda de Niko Ramos (#822), da Tecfil Racing Team, que vinha em terceiro, e com isso partiu pra cima de Rafael Gomes Traldi (#128), da Motonil Motors. Essa disputa foi rápida. Indy tomou a posição e cruzou a linha de chegada em terceiro.

Traldi ainda perdeu mais uma posição. O piloto não conseguiu segurar os ataques de Diogo Moreira (#20), da equipe Estrela Gallicia 0,0 by Alex Barros, e foi ultrapassado. Diogo terminou a prova em quarto e Traldi em quinto.

Pela estreia da categoria Yamaha R3 Cup, que disputou a prova no mesmo grid da SuperStreet, o vencedor foi Eliton Kawakami, seguido por Meikon Kawakami em segundo e Indiana Munoz Gomes em terceiro. Rafael Gomes Traldi faturou a quarta posição e Sarah Conessa de Moura (#5), da Cerciari Racing School, completou o pódio com a quinta colocação.

Eliton Kawakami abre a temporada da Yamaha R3 Cup com vitória

Foi dada a largada para a disputa da primeira etapa da Yamaha R3 Cup, categoria monomarca que faz sua estreia, neste ano, no SuperBike Brasil, o maior campeonato de motovelocidade das Américas. Ao todo, cinco pilotos iniciaram a temporada e protagonizaram belíssimas disputas na corrida realizada no último domingo (22), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. E como já vinha sendo antecipado, a briga pela ponta acabou ficando nas mãos dos irmãos Kawakami.

A prova foi realizada num grid conjunto com a categoria SuperStreet. Os pilotos da Yamaha R3 Cup, já nas primeiras voltas, dispararam na frente e tomaram as primeiras posições. A corrida de abertura da temporada foi marcada por uma forte disputa familiar. Eliton Kawakami (#27) e Meikon Kawakami (#83), ambos da equipe Playstation Yamaha, protagonizaram um verdadeiro show. Os dois largaram nas primeiras posições – os únicos a fechar voltas nas sessões classificatórias na casa dos 2m09s com pista molhada – e logo abriram uma imensa vantagem para os adversários.

Visivelmente mais velozes, os dois irmãos passaram e fechar contínuas voltas rápidas. Na terceira, ambos cravaram suas melhores marcas. Enquanto Meikon – que largou na ponta – fez 2m01s443, Eliton não deixou barato e fechou o melhor tempo da corrida: 2m01s304. Essa disputa acirrada seguiu até os momentos finais. Já com uma distância superior a 15 segundos para os adversários, apenas um choque entre eles poderia tirar a vitória de um dos dois, o que não ocorreu.

Na oitava volta, um pequeno susto. Eliton quase foi para o chão. O piloto subiu na zebra ao tentar um traçado diferente, porém, conseguiu trazer a moto de volta para a pista. Com isso, Meikon abriu uma pequena vantagem que durou por pouco tempo. A disputa entre os irmãos entrou na volta final. Meikon seguia na liderança com Eliton na sua cola, que reduziu a diferença entre os dois a um piscar de olhos. Praticamente lado a lado, os dois seguiram juntos até a entrada da reta final. E a definição do vencedor saiu só ao cruzarem a linha de chegada. Eliton levou a melhor e venceu por uma diferença ínfima de três centésimos. Já Meikon encerrou a primeira etapa da Yamaha R3 Cup com a vice-liderança.

No terceiro lugar, um grande resultado de superação. Indiana Munoz Gomes (#199), da equipe Castrol Racing, largou no final do grid. Aos poucos, foi ultrapassando seus adversários e na 7ª volta já ocupava o quarto lugar. Indy se aproveitou da queda de Niko Ramos (#822), da Tecfil Racing Team - que disputava a corrida pela categoria SuperStreet –, e com isso partiu pra cima de Rafael Gomes Traldi (#128), da Motonil Motors. Essa disputa foi rápida. Indy tomou a posição e cruzou a linha de chegada em terceiro. Já Traldi, ficou com o quarto lugar.

Num ritmo bem mais lento, Sarah Conessa de Moura (#5), da equipe Cerciari Racing School, não conseguiu acompanhar seus adversários e fechou o pódio com a quinta e última posição.

[RESULTADO DESTA CATEGORIA SUB JUDICE] Guilherme Brito leva a melhor e vence a 2ª Etapa da Copa CBR 500R

Em uma corrida disputadíssima, Guilherme Brito (#19), da equipe Team Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros, foi o mais rápido e venceu a 2ª Etapa da Copa Honda CBR 500R, prova realizada na tarde deste domingo (22), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

A corrida foi um verdadeiro espetáculo de ultrapassagens e marcada pela briga constante pela liderança. Um pelotão formado por Guilherme Brito, Arthur Costa (#99), da equipe Alemão Pneus, Leonardo Tamburro (#53), da Honda MotoSchool de Talentos, e José Duarte (#97), da Team Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros, se desgarrou rapidamente dos demais adversários e deu início a uma acirrada disputa pela ponta. Os quatro pilotos revezaram posições e mantiveram a definição do resultado completamente indefinido.

Guilherme Brito, que vinha em quarto – aparentemente mantendo uma estratégia de conservar sua moto para o fim da corrida – tomou o terceiro lugar de José Duarte na oitava volta e partiu para cima dos ponteiros. Porém, o resultado seguia em aberto. Na volta final, os quatro adversários mantinham uma diferença muito pequena entre si e um ingrediente a mais foi adicionado nessa briga: a chegada dos retardatários.

Em uma disputa completamente embolada, Guilherme Brito conseguiu ultrapassar de uma vez só Leonardo Tamburro e Arthur Costa, e com isso ocupou a primeira posição. A vitória estava muito próxima, porém, ainda incerta. A diferença do primeiro para o quarto colocado era inferior a meio segundo. Já chegando aos metros finais, Guilherme manteve a ponta, com Arthur logo atrás em sua cola. Os dois entraram praticamente lado a lado na derradeira reta dos boxes. Entretanto, Guilherme conseguiu segurar os avanços do adversário e cruzar a linha de chegada em primeiro. Já Arthur Costa ficou com a segunda posição ao receber a bandeirada 35 milésimos atrás do líder. Leonardo Tamburro terminou a prova em terceiro, logo à frente de José Duarte, em quarto.

Seguindo a ordem dos primeiros colocados, Davi Gomide (#31), da equipe MotoSchool Racing Team, completou o pódio ao garantir a quinta posição na corrida.

Pela Copa Honda CBR 500R Light, o vencedor foi a estreante Linda Raad (#49), da equipe Moretti Racing Team. Alexandre Dal' Olio Franca (#82), da Fullmann SuperBike, garantiu a segunda posição, enquanto Rafael Rigueiro (#52), da MotoSchool Racing Team, terminou a prova com o terceiro lugar.

Na categoria Junior, a primeira posição ficou com Davi Gomide, o quinto no geral. Rafael Rigueiro – terceiro da Light – levou a vice-liderança, logo à frente de Maria Fernanda Rocha (#22), da equipe Fullmann, - que na temporada passada disputou a categoria-escola Honda Junior Cup – em terceiro.

Paganelli voa baixo e vence a 2ª Etapa da Copa Ninja 300

Sandro Paganelli (#64), da equipe Paganelli Racing, fez uma excelente corrida e venceu a 2ª Etapa da Copa Kawasaki Ninja 300, realizada na manhã deste domingo (22), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Apesar de improvável, o piloto protagonizou um feito impressionante.

Paganelli vinha com uma missão complicada. O piloto largou no fim do grid, na vigésima oitava posição. Como um dos favoritos da categoria, já se esperava uma corrida de recuperação ao longo da prova, porém, certamente com maiores dificuldades. Paganelli não se abateu por largar atrás. Bem pelo contrário. Já no início da corrida, mostrou que iria brigar pela vitória. Como um trovão, ele ultrapassou dezenas de pilotos em questão de minutos.

Na segunda volta, Paganelli cravou a impressionante marca de 2m01s683 – dois segundos mais rápido que os adversários – e assumiu a vice-liderança. Agora era apenas questão de tempo. O então líder, Fernando Santos (#234), da equipe Tecfil Racing Team, não conseguiu segurar o adversário e Paganelli tomou a ponta para não mais deixá-la. A partir deste momento, ele passou a abrir uma confortável vantagem até cruzar a linha de chegada em primeiro.

Já a definição das posições seguintes não foi tão simples assim. Um pelotão formado por sete pilotos revezou a vice-liderança ao longo da prova. Indiana Muñoz Gomes (#199), da equipe Mobil Ituran Racing, vinha como um dos favoritos. Na sétima volta ela conseguiu abrir uma mínima vantagem para os adversários e sustentou o segundo lugar até receber a bandeirada.

A terceira posição ficou com Fernando Santos (#234), da equipe Tecfil Racing Team, seguido por Mauricio Venhoven Sagui (#117), da Cerciari Racing School, em quarto e Bruno Cesar Borges (#51), da Gilberto Motos, em quinto.

Pela categoria Copa Kawasaki Ninja 300 Light, o vencedor foi Jeferson Souza (#707), da equipe Rodas Mil Competições. O piloto largou na pole no geral e acabou perdendo algumas posições ao longo da prova e encerrou a corrida como o sétimo mais rápido. A vice-liderança da categoria ficou com Bruno Ribeiro (#169), da HG Motos Racing, seguido por Ricardo Castilho (#71), da Tecfil Racing Team, em terceiro. O quarto a cruzar a linha de chegada foi Derick Rene Litano Filipini (#227), da Castrol Team, logo à frente de Bervaldo Carolino (#2), da Tecfil Racing Team, que completou o pódio na quinta posição. Porém, Bervaldo foi desclassificado e a posição acabou ficando com Paulo Faria (#9), da equipe TecFil Racing Team.

Léo Marin é o vencedor da 1ª etapa da Honda Junior Cup

Léo Marin (#46) venceu a primeira etapa da categoria-escola Honda Junior, em prova disputada na manhã deste domingo (22) no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. O jovem piloto realizou uma corrida excepcional. Ele largou em quinto no grid e já nas primeiras voltas ganhou duas posições e assumiu o terceiro lugar. Com um ritmo intenso, o piloto começou a se aproximar dos ponteiros. Na quinta volta já havia ultrapassado Lincoln (#29) e assumido a vice-liderança. A partir deste momento, a briga foi pela primeira colocação.

Nicolas Cenedesi (#525), que cravou a pole, já não mantinha mais uma liderança tranquila. Léo Marin aumentou a pressão sobre o adversário, ficou lado a lado e conseguiu fazer a ultrapassagem. Na sexta volta o piloto já havia assumido a ponta. Porém, a definição do resultado ainda estava em aberta. Nicolas tentou dar o troco. Na volta final, acelerou ao máximo sua Honda CG Titan de 160 cilindradas e fechou o melhor tempo da corrida. Com isso, Nicolas tirou toda a vantagem de Léo Marin, e os dois entraram praticamente juntos na reta dos boxes. Porém, isso não foi o suficiente. Léo Marin cruzou a linha de chegada à frente, com uma vantagem de nove centésimos para Nicolas, que ficou com a vice-liderança.

O terceiro lugar foi para Lincoln (#29). O piloto acompanhou de perto a briga pela ponta na maior parte da prova. Já nas voltas finais, não conseguiu manter o mesmo ritmo e acabou recebendo a bandeira quadriculada cinco segundos atrás dos líderes. O piloto Alexandre Gonzalez (#89) faturou a quarta posição, logo à frente de Léo Manella (#53) em quinto. Manella obteve um grande desempenho na prova. O jovem piloto largou em último, fez diversas ultrapassagens e chegou a ocupar o quarto lugar. Porém, não conseguiu segurar os avanços de Alexandre e encerrou a prova atrás do adversário.

O SuperBike Brasil tem Patrocínio Silver Honda, Mobil, Pirelli e Yamaha. Patrocínio Bronze Premium de Kawasaki, Ducati e MotoSchool. Patrocínio Bronze de Shark, Diafrag, Alpinestars e Tutto Moto.  

Ingressos para ARQUIBANCADA são GRATUITOS. Informações Adicionais: Tel.: 11 5524-5684 ou pelo site: www.superbikebrasil.com  

SuperBike Brasil - Próximas etapas

3° SuperBike Brasil: 12 de Junho – Interlagos-SP

4° SuperBike Brasil: 17 de Julho – Interlagos-SP

5° SuperBike Brasil: 21 de Agosto – Interlagos-SP

6° SuperBike Brasil: 25 de Setembro – Curvelo-MG

7° SuperBike Brasil: 23 de Outubro – Goiânia-GO

8° SuperBike Brasil: 13 de Novembro – Londrina ou Rio Grande do Sul

9° SuperBike Brasil: 11 de dezembro – Curvelo-MG

 

GALERIA DE IMAGENS - TCR EM SPA

GALERIA DE IMAGNES

 

TCR NA BELGICA

 

ONDE TIAGO MONTEIRO VENCEU

 

Grupo de imagens que dão uma ideia aos nossos leitores de como funciona o TCR na Bélgica, que teve no passado fim de semana uma prova em Spa.2016 photo_news_177_Copyt1 Copyt2 Copyt3 Copyt4 Copyt5 Copyt6 Copyt7 Copyt8 Copyt9 Copyt10 Copyt11 Copyt12 Copyt14 Copyt15 Copyt16 Copyt17 Copyt18 Copyt19 Copyt20 Copyt21 Copyt22 Copyt23 Copyt25 Copyt26 Copyt27 Copyt28 Copyt29 Copyt30 Copyt31 Copy

 

PARCIDIO SUMMAVIELLE NA SENDA DUM BOM RESULTADO

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 – VALVOLINE

 

RAMPA DA COVILHA

 

 

PARCIDIO SUMMAVIELLE NA SENDA DUM BOM RESULTADO NA COVILHA

FOX 8153_CopyFOX 8155_Copy

Sendo a primeira vez que irá participar na Rampa da  Covilhã, Parcidio Summavielle está um pouco expectante com a prova deste fim de semana. Segundo o piloto de Fafe “ nos meus planos não constava a participação nesta rampa, mas a verdade é que todo este ambiente que envolve o Campeonato Nacional de Montanha, está a tornar esta minha participação muito interessante. O ambiente em si, é impecável, sempre muito público a assistir às rampas, tudo isso é importante e motivante para mim “. Sobre as expectativas para a prova deste fim de semana “ antes de mais poder lutar pela vitória em termos de categorias, tem havido lutas curiosas, na realidade não somos muito participantes, mas todos nós temos excelentes máquinas o que origina interessantes duelos contra o cronómetro. Depois espero uma vez mais que o carro esteja perfeito, sob o ponto de vista técnico, e que me permita retirar todas as suas potencialidades, embora já saiba, ao que tudo indica, parece que vamos ter outra prova disputada debaixo de chuva, o que é uma pena. Não quero cometer erros, quero completar todas as subidas e de preferência sempre a melhorar os meus tempos em cada subida. Para além disso desfrutar o fim de semana, estar com os meus amigos, divertir, e  fazer o meu melhor”, disse-nos.

Parcidio Summavielle irá fazer as verificações técnicas no sábado de manhã, tendo as subidas de treinos para a parte da tarde, assim como uma subida de prova. As restantes subidas de prova terão lugar no domingo de manhã.

 

NUNO FLORES AUSENTE DA RAMPA DA FALPERRA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 – VALVOLINE

FOX 4096_CopyFOX 7432_Copy

RAMPA DA COVILHÃ

 

NUNO FLORES AUSENTE DA RAMPA A COVILHÃ

 

Depois de todo o azar que teve na Rampa da Falperra, onde acabou por não poder alinhar, Nuno Flores, surgiu nesta  semana mais uma contrariedade, desta feita ,  de saúde, que não vai permitir que o piloto de Vila Nova de Gaia alinhe já este fim de semana na Rampa da Covilhã.

Assim Nuno Flores, explicou-nos o que se passou “ de forma inesperada surgiu-me um problema num dedo da mão direita, e fui sujeito a uma intervenção cirúrgica, que me irá impedir de alinhar na rampa. Ainda falei com a organização da prova, que me informou que  poderia inscrever-me até 6ª feira, só que em conversa hoje  com o médico  cirurgião que me operou,  este informou-me logo que não seria de modo algum aconselhável fazer esforços com a mão, e por cima a direita que faz quase tudo ao volante e manete de velocidades  do meu Ford Sierra.Por isso estarei ausente na Rampa da Covilhã, mas com certeza presente na prova a seguir a Rampa de Santa Marta, o carro está impecável, pois as anomalias detectadas na Falperra estão solucionadas, por isso agora  é ter de aguardar  duas semanas para estar de novo em acção no Campeonato Nacional de Montanha “, disse-nos.

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

 

CIRCUITO CAM 1

 

Grupo de imagens referentes ao ambiente vivido nas boxes

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.comFOX 0101_CopyFOX 0102_CopyFOX 0103_CopyFOX 0105_CopyFOX 0106_CopyFOX 0108_CopyFOX 0109_CopyFOX 0110_CopyFOX 0112_CopyFOX 0116_CopyFOX 0117_CopyFOX 0118_CopyFOX 0122_CopyFOX 0123_CopyFOX 0124_CopyFOX 0125_CopyFOX 0127_CopyFOX 0128_CopyFOX 0130_CopyFOX 0131_CopyFOX 0133_CopyFOX 0134_CopyFOX 0135_CopyFOX 0136_CopyFOX 0137_CopyFOX 0139_CopyFOX 0140_CopyFOX 0142_CopyFOX 0144_CopyFOX 0145_CopyFOX 0146_CopyFOX 0147_CopyFOX 0150_CopyFOX 0152_CopyFOX 0153_CopyFOX 0156_CopyFOX 0157_CopyFOX 0158_CopyFOX 0159_CopyFOX 0160_CopyFOX 0162_CopyFOX 0164_CopyFOX 0165_CopyFOX 0166_CopyFOX 0167_CopyFOX 0171_Copy

 

GOLF GALARDOADO

 

Volkswagen Golf Variant triunfou ainda na categoria “Pequeno Familiar”

• Volkswagen Passat Variant venceu na categoria “Médio Familiar Generalista”

 

O Volkswagen Golf Variant Confortline 1.6 TDI foi eleito, pelo terceiro ano consecutivo, “Carro Frota” pela empresa LeasePlan,

destacando-se dos restantes veículos em concurso nomeadamente pelos critérios de Segurança e pela representatividade na frota LeasePlan e do mercado.Volkswagen Golf_Variant_Carro_Frota_2016_Copy

 

TT NO BRASIL

 

Rally Cuesta Off Road: Chuva, lama e nevoeiro deram o tom na prova deste sábado

Primeiro dia de disputas aconteceu neste sábado (21) e contou pontos para 5ª e 6ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country e Baja. O segundo dia do evento será neste domingo (22)

O 10º Rally Cuesta Off Road realizou o primeiro dia de prova neste sábado de 21 de maio, na cidade de Botucatu, localizada a 230 quilômetros da capital paulista. Valendo pontos pelas 5ª e 6ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country e Baja, o evento apresentou o melhor da Serra Cuesta aos participantes, que estiveram divididos em 69 veículos das categorias motos, quadriciclos, UTVs e 20 carros, que disputam o pódio da edição 2016 após a segunda prova neste domingo, 22.

Com paisagens exuberantes, o roteiro de 151 quilômetros foi de alto nível técnico. A neblina, a chuva e o frio deram uma característica especial ao certame; também houve trial em plantações de reflorestamento de eucalipto, em meio a terreno liso e com muito barro.

Aqueles que avançaram na classificação

Daniel Costa #106 mostrou tudo o que sabe sobre o rali e conquistou o primeiro lugar na geral entre os competidores de motos, quadriciclos e também na UTVs Super Production. "A prova estava muito dura, o piso estava bem molhado, muita vala e o pneu do carro escorregava bastante. Do início ao fim, tudo foi uma grande novidade e diferente com a chuva em todo o percurso e gostamos do que enfrentamos em etapa do Cuesta. A equipe deixou o carro bem competitivo e agora vai revisar para a amanhã. A estratégia será ir com consciência, usar a cabeça e garantir o título dessa edição", detalhou o piloto de Conceição do Mato Dentro (MG).

Pela categoria Quadriciclos, o piloto Richard Amaral #39 fez bonito e venceu o dia. "A chuva apimentou a disputa. Estou feliz, pois superei todos os obstáculos do trajeto, evitando ao máximo qualquer tipo de erro", comemorou o representante da cidade de Suzano (SP), que foi seguido por Jèrèmy Dubois #35. "A prova foi muito boa, tive alguns problemas com relação ao abastecimento e poupei para economizar até o apoio chegar. Depois me perdi e se foram uns quatro minutos no trecho, mas para a etapa final vou buscar a diferença", comentou o piloto de Taubaté (SP).

Entre os motos, Elias Campideli Folly #25 foi o melhor e levou a vantagem para a disputa da especial deste domingo, 22. "Essa prova estava difícil demais, bem exigente. Sem dúvida, a concentração foi um diferencial para a vitória. O primeiro lugar é uma grande alegria", festejou o piloto.

O veterano e maior vencedor do Rally Cuesta, Ramon Sacilotti #2 garantiu a segunda colocação e ficou em primeiro na sua categoria, a Super Production. "Hoje a especial começou em um trecho inédito, andamos tantas vezes aqui e a organização descobriu mais um pedaço muito bacana, uma serra gostosa e deferente. Infelizmente tivemos a chuva e o frio para atrapalhar um pouco. A neblina foi em um trecho de baixa e optei por ir mais cauteloso,pensando um pouco mais nos pontos do campeonato. A prova estava muito segura e muito bem sinalizada", afirmou o piloto de São José dos Campos (SP).

Na categoria Carros, Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin #308 se destacaram entre seus concorrentes. "Largamos com chuva, posso dizer que foi uma das provas mais lisas que já fizemos no Brasil. Ganhamos só por dois segundos, bem apertado a especial", destacou o piloto de Barueri (SP).

A dupla venceu também o Super Prime (traçado de 3.600 metros) realizado apenas para os carros. "Somamos mais 18 segundos na disputa do Super Prime, outra especial e, então abrimos uma vantagem de 20 segundos. Mas, com barro amanhã temos que estar o mais concentrados possível porque é arriscado o tempo inteiro", apontou Reinaldo.

Neste domingo as equipes prometem mais uma prova acirrada na segunda especial de 151 quilômetros. A largada para as motos, quadris e UTVs será às 9 horas e para os carros às 12h, partindo do Ginásio de Esportes Mário Covas. Na sequência, a programação prevê a premiação às 16h30, no Primar Plaza Hotel.

A 10ª edição do Rally Cuesta Off Road é uma realização da Prefeitura Municipal de Botucatu e organização da Arena Promoções e Eventos. Tem patrocínio de Can-Am, Penna Off-road e Primar Hotel. Supervisão da CBA - Confederação Brasileira de Automobilismo, da CBM - Confederação Brasileira de Motociclismo e da FASP - Federação Paulista de Automobilismo.

Classificação Geral do primeiro dia de disputas (Especial 1 + Super Prime) EXTRA-OFICIAL:

MOTOS
1) 25 Elias Campideli Folly, PDA/1, 2h07min55
2) 2 Ramon Sacilotti, SPR/1, 2h11min20
3) 17 Josemar Ferro, MAR/1, 2h14min17
4) 3 Luiz Fernando Menuzzo, PDA/2, 2h15min47
5) 16 João Paulo Martins, PDA/3, 2h18min03

QUADRICICLOS
1) 39 Richard Amaral, 2h15min12
2) 35 Jèrèmy Dubois, 2h16min43
3) 37 Geison Belmont, 2h18min11

UTVs
1) 106 Daniel Costa, USPD/1, 2h06min40
2) 105 Gabriel Varela, UTUR/1, 2h07min02
3) 111 Erick Donato, UPRO/1, 2h07min27
4) 128 Maurício Neves, UPRO/2, 2h07min34
5) 125 André Hort, USPD/2, 2h09min00

CARROS
1) 308 Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin, PROT- T1/1, 2h17min35
2) 322 Michel Terpins/Beco Andreotti, PROT-T1/2, 2h17min53
3) 301 Marcos Moraes/Fábio Pedroso, PRO BR/1, 2h19min22
4) 311 Glauber Fontoura/Minae Miyauti, PRO BR/2, 2h34min20
5) 339 Nadimir Kayser de Oliveira/Ricardo Amorim, PR-T2/1, 2h35min29

Programação Rally Cuesta Off Road 2016:

22/05 - Domingo - 2ª Prova
09h00 - Largada 1ª Moto + Quadriciclos + UTVs
12h00 - Largada 1º Carro
16h30 - Premiação (Primar Plaza Hotel - Almoço opcional)

 

A chuva foi o maior desafio dos competidores neste primeiro dia de disputas (Luciano Santos/DFotos)

A chuva foi o maior desafio dos competidores neste primeiro dia de disputas (Luciano Santos/DFotos)
Alta  | Web

Os UTVs estiveram em maior número no grid entre as categorias (Doni Castilho/DFotos)

Os UTVs estiveram em maior número no grid entre as categorias (Doni Castilho/DFotos)
Alta  | Web

Ramon Sacilotti ficou com a segunda posição (Nelson Santos Jr./Photo Action)

Ramon Sacilotti ficou com a segunda posição (Nelson Santos Jr./Photo Action)
Alta  | Web

Richard Amaral foi o mais rápido nos quadriciclos (Nelson Santos Jr./Photo Action)

Richard Amaral foi o mais rápido nos quadriciclos (Nelson Santos Jr./Photo Action)
Alta  | Web

Neste domingo (22) acontece a segunda etapa do Rally Cuesta (Nelson Santos Jr./Photo Action)

Neste domingo (22) acontece a segunda etapa do Rally Cuesta (Nelson Santos Jr./Photo Action)
Alta  | Web

 

TRANSDEV LANÇA MEGA CONCURSO

 

 transportadora anunciou um concurso com prémios aliciantes

Transdev lança Mega Concurso com mais de 150 prémios

Durante os meses de maio e junho os clientes da transportadora Transdev poderão concorrer a um Mega Concurso. Para tal basta guardar os comprovativos de cada viagem, trocá-los por cupões nas bilheteiras Transdev e escolher que prémio (ou prémios) pretendem habilitar-se a ganhar.

"Com esta iniciativa pretendemos premiar os clientes que nos escolhem diariamente para fazer parte das suas vidas", afirma Rui Pereira, Coordenador de Marketing e Comunicação da Transdev Portugal.

Nos meses de maio e junho os passageiros devem guardar os comprovativos de cada viagem que fizerem com a Transdev. As regras são simples: por cada 8 bilhetes (uma viagem, ida, se for ida e volta conta como duas viagens) os clientes receberão 1 cupão; por cada 8 talões de utilização “Cartão Valor” receberão 2 cupões e por cada comprovativo de carregamento/validação de passe terão direito a 3 cupões. Entre os dias 4 e 8 de julho os passageiros poderão dirigir-se a uma bilheteira Transdev e trocar os seus comprovativos por cupões.

Com os cupões na mão, os clientes Transdev terão apenas de decidir a que prémios pretendem habilitar-se, sendo que poderão encontrar os seguintes prémios em cada tômbola:

Tômbola 1 = 1 Bimby de última geração                                               

Tômbola 2 = 1 iPhone SE, 1 Apple Watch e 1 iPad Mini

Tômbola 3 = 15 Viagens a Paris, 35 viagens a Fátima e 96 Happy Summer*

 

A ação termina com a divulgação dos vencedores e a entrega dos prémios, a realizar no dia 15 de julho.

 

* Esta campanha da Transdev pretende atingir um público mais jovem. Clientes com idade igual ou inferior a 21 anos têm a oportunidade de viajar em toda a rede Transdev com o passe Happy Summer. Este passe estará ativo em julho e agosto. Mais informações em qualquer bilheteira Transdev.

 

 

Sobre a Transdev

 

Em Portugal opera em todo o território nacional, tendo a sua sede em Matosinhos. Com cerca de 1800 colaboradores no nosso país, a empresa tem uma frota de aproximadamente 1500 viaturas. Atualmente, a atividade da empresa em Portugal incide exclusivamente no sector rodoviário, detendo 12 empresas e participações na Internorte, Intercentro, Rede Nacional de Expressos, Renex e Rodoviária do Tejo.

 

O volume de negócios na Transdev, em Portugal, atingiu os 105M de euros em 2015. A empresa aposta na criação de serviços integrados e de mobilidade sustentável que vão de encontro às reais necessidades de mobilidade e desenvolvimento das áreas onde opera, criando soluções à medida de cada contexto específico.

 

A nível internacional o Grupo Transdev tem sede em França e presença em 19 países, distribuídos pelos 5 continentes.

 

A 5 CONDICIONADA

 

Reparação de juntas de dilatação na A5

 

De 24 para 25 de Maio.

 

A Brisa Concessão Rodoviária (BCR) vai dar início aos trabalhos para a substituição das juntas de dilatação, na A5- Autoestrada da Costa do Estoril.

 

Os trabalhos irão ter algumas implicações na circulação da A5, os quais serão os seguintes: corte de via direita e central, no sentido Cascais/Lisboa, entre os km’s 10 e 12.

 

De forma a minimizar os incómodos para os automobilistas que ali circulam, os trabalhos irão decorrer em período nocturno, entre as 21 horas e as 6 horas da manhã.

 

A Brisa Concessão Rodoviária apela para uma maior atenção e prudência, na passagem pelo local, e agradece antecipadamente a compreensão e colaboração dos automobilistas, esperando contribuir para reduzir eventuais inconvenientes decorrentes desta operação.

 

Para informação actualizada poderá ainda consultar o site www.viaverde.pt

 

SEGUNDO A CISION

 

Retorno mediático dos patrocinadores da Seleção Nacional poderá atingir os 117 milhões de euros

A Cision prevê que o retorno mediático dos patrocinadores principais da Seleção Nacional de Futebol - Sagres, Meo, Galp, Novo Banco, Continente, Jogos Santa Casa, Nike, Hertz e Samsung - possa atingir os 117 milhões de euros, caso a equipa portuguesa vença o campeonato Europeu de Futebol.

No Euro 2016, que terá início no dia 10 de junho, a estimativa indica que os patrocinadores da Seleção Nacional têm garantido, à partida, um retorno de 78 milhões de euros, valor gerado desde a fase de preparação, ou seja, a convocatória do Selecionador Nacional até ao final da fase de grupos. Caso a Seleção Nacional passe aos oitavos de final, o valor ascenderá aos 85 milhões de euros. Se a meta atingida forem os quartos de final, a estimativa é de 92 milhões. Já a presença da equipa nacional nas meias finais renderá 101 milhões. A consagração da Seleção das Quinas como campeã do Euro 2016 representará um retorno de 117 milhões de euros, para os principais patrocinadores.

Esta previsão é baseada no acompanhamento sistemático do retorno mediático destas marcas nos Mundiais de 2014, 2010 e de 2006 e nos Europeus de 2012, 2008 e de 2004.

No último Euro 2012, o valor total de retorno mediático alcançado pelos patrocinadores da Seleção Nacional foi de 98,5 milhões de euros, tendo a equipa portuguesa sido derrotada pela Espanha, nas meias-finais da competição.

A metodologia da Cision, para avaliação do retorno mediático, quantifica o tempo ou o espaço de exposição que as marcas têm na comunicação social, em espaço editorial. A exposição é avaliada com base no custo das tabelas publicitárias de cada meio, ou seja, fazendo a equivalência ao que as marcas teriam que pagar para ter a mesma exposição através de inserções publicitárias nesses meios.

O pontapé de saída da Seleção Portuguesa no Euro 2016 está marcado para o dia 14 de junho, frente à Islândia.

 

SPRINT RACE - BRASIL

 

Sprint Race terá corrida no Oval de Curitiba no próximo final de semana

Corridas serão válidas para a terceiro desafio do calendário 2016, , que promove um show de ultrapassagens, são em média 160 por final de semana. Veja abaixo a programação completa!

Mais uma vez o Autódromo Internacional de Curitiba, localizada na cidade paranaense de Pinhais, irá receber uma corrida da Sprint Race Brasil no anel externo (#Oval) do circuito com 2.550 metros de extensão. A primeira vez que o circuito oval esteve no calendário da Sprint Race foi em 2013, mas não ocorreu por condições climáticas, ou seja, se chover, a etapa passa a ser no traçado misto do autódromo. Nas edições anteriores, a atração foi um verdadeiro sucesso.

Os pilotos da competição do turismo nacional irão acelerar seus bólidos com estrutura tubular, com banco central e motor V6 de 270cv no próximo final de semana, dias 28 e 29 de maio. Nas três edições anteriores, com provas no circuito oval, o vácuo proporcionou belas disputas e foram 90 ultrapassagens por corrida, somando uma média expressiva de 160 ultrapassagens nos finais de semana.

A etapa contará pontos também para o torneio o Winter Cup, sendo a 2ª, 3ª e 4ª como etapas de referência e a premiação será um troféu diferenciado e cheque de R$ 20.000,00.

A programação terá início no sábado com os treinos oficiais e os classificatórios para as duas corridas válidas pela terceira etapa da temporada. A liderança do campeonato é dos irmãos Eduardo Berlanda e Wanderlei Berlanda Jr. (#17), da categoria PRO, com 100 pontos; seguidos por Luca Milani (#77), com 80 pontos e; Guido Cotta (#23), com 42 pontos. Já na categoria GP, está líder na tabela de classificação, o piloto Kau Machado/Jorge Martelli (#87), pela categoria GP, com 84 pontos; em segundo está Marcus Peres/Lucas Peres (#78), 70 pontos e; em terceiro Caê Coelho (#55), com 60 pontos.

O paranaense Lucas Peres gosta do traçado e conta com bom retrospecto de 2015, quando largou da pole position na GP e em sexto na geral entre os carros em sua corrida de estreia na Sprint Race. "A Sprint com esse traçado fica mais emocionante com o uso do vácuo intenso o tempo todo, estamos com peso agora do lastro do sucesso. A pista conta com duas longas retas, então temos que trabalhar bem no acerto de asa no carro e pressão dos pneus, para tirarmos o máximo de proveito", declara o piloto de Londrina que divide o Sprint Race (#78) com seu pai Marcus Peres.

Guido Cotta (#23) está ansioso e com boas expectativas para estrear em um circuito oval. "Vou tentar aproveitar ao máximo os treinos livres para poder entender a reação do carro nesse tipo de traçado e ir evoluindo ao longo do fim de semana com objetivo de somar bons pontos para o campeonato", mencionou o piloto de Vitória (ES) inscrito na categoria PRO.

Vinícius Margiota menciona que a etapa no anel externo e os minitorneios são um diferencial em relação as outras categorias no automobilismo brasileiro. "Serão duas corridas muito disputadas como sempre! O traçado de Curitiba pelo oval é interessante pelo número de ultrapassagens e, caso não tenha tido uma classificação satisfatória, proporciona chances de recuperação", diz o piloto de Jundiaí (SP) que comanda o carro de número 7.

O experiente Kau Machado, líder na GP ao lado de Jorge Martelli, diz que a etapa será um grande desafio. "Gosto muito de todas as etapas no autódromo de Curitiba, por correr perto de casa. O pelotão poderá andar muito junto, por isso vamos ter que usar muito da experiência para se aproveitar de vácuo, como é no nosso caso que carregaremos com lastro. A expectativa sempre é de lutar pela vitória, e garantir o maior número de pontos no campeonato", comenta o curitibano do SR #87.

A terceira etapa contará com as transmissões do canal BandSports e da PlayTV, além d o Programa Acelerados do SBT e canal em youtube.com/acelerados em episódios de um Reality Show da Sprint Race.

A Sprint Race têm patrocínio da Alpina, Pirelli, Ecopads, Fremax, Vaz e Rio Custom.

Confira os horários do fim de semana na pista de Curitiba (PR):

Sábado, dia 28/05

07h45 às 07h55 - Shakedown (pelo misto passando pelo box)
10h00 às 10h40 - 1º Treino OFICIAL
13h00 - Briefing
13h45 às 14h25 - 2º Treino OFICIAL
15h30 às 14h00 - Estudo de telemetria
16h50 às 17h00 - Classificatório 1
17h10 às 17h20 - Classificatório 2

Domingo, dia 29/05

08h00 - Warm up (somente para organização)
08h20 - Alinhamento dos carros
09h00 - Placa de 5 minutos
09h05 - Saída para volta de aquecimento + 23 min. + 1 volta
12h00 - Alinhamento dos carros
12h55 - Placa de 5 minutos
13h00 - Saída para volta de aquecimento + 23 min. + 1 volta
13h30 - Pódio

Calendário 2016

20/03 - Curitiba (PR) - AIC - Circuito Misto
24/04 - São Paulo (SP) - Interlagos

29/05 - Curitiba (PR) - AIC - #Oval
19/06 - Curitiba (PR) - AIC - #Inverse Track/Grid
14/08 - São Paulo (SP) - Interlagos - #Guest Race
18/09 - Londrina (PR) - #NightChallenge
23/10 - Cascavel (PR) - #SetUpFree
18/12 - São Paulo (SP) - Interlagos - #Pontuação Dobrada*
*Sujeito a alteração - alternativa

 

As duas corridas da terceira etapa serão realizadas no próximo domingo, dia 29 (Rodrigo Guimarães/Sprint Race)

As duas corridas da terceira etapa serão realizadas no próximo domingo, dia 29 (Rodrigo Guimarães/Sprint Race)
Alta  | Web

Os classificatórios serão no sábado a partir das 16h50 (Luciano Santos/SigCom)

Os classificatórios serão no sábado a partir das 16h50 (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

Pilotos das categorias PRO e GP buscarão aproveitar o vácuo nas corridas (Fernando JS/Sigcom)

Pilotos das categorias PRO e GP buscarão aproveitar o vácuo nas corridas (Fernando JS/Sigcom)
Alta  | Web

As corridas da terceira etapa serão neste domingo às 9h00 e 12h55 (Foto: Rodrigo Guimarães/Sprint Race)

As corridas da terceira etapa serão neste domingo às 9h00 e 12h55 (Foto: Rodrigo Guimarães/Sprint Race)
Alta  | Web

Os dois treinos oficiais serão no sábado às 10h00 e às 13h45 (Luciano Santos/SigCom)

Os dois treinos oficiais serão no sábado às 10h00 e às 13h45 (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

A próxima disputa conta pontos para o minitorneio do Winter Cup (Luciano Santos/SigCom)

A próxima disputa conta pontos para o minitorneio do Winter Cup (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

 

MOTOS NO BRASIL

 

O Team Rinaldi conquistou vitórias no Sul e no Sudeste, regiões que receberam importantes competições do motociclismo nacional no último final de semana (21 e 22). A equipe foi destaque em etapas do Brasileiro de Rally Baja, Arena Cross, CACC e Gaúcho de Velocross. Pelo Brasileiro de Enduro de Regularidade, o atual campeão Emerson Loth “Bombadinho” sofreu forte queda e teve de abandonar a etapa capixaba. Veja todos os detalhes:

Brasileiro de Rally Baja – Mais rápido entre todas as motocicletas, o paulista Ramon Sacilotti venceu a classe Super Production no 10º Rally Cuesta Off-Road, em Botucatu (SP), realizado neste final de semana (21 e 22). O evento foi válido como quinta e sexta etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Baja.

“Estou bastante satisfeito. Fui mais cauteloso no primeiro dia de prova, no sábado, por conta da chuva e por abrir a especial. No domingo, sem chuva e com trajeto marcado, pude acelerar forte e imprimi um ritmo alucinante nos últimos quilômetros, onde consegui a vitória por apenas 19 segundos de vantagem”, disse Sacilotti, líder da classificação geral e da Super Production no Brasileiro.

Moara Sacilotti, irmã de Ramon, também fez bonito no Cuesta Off-Road e ficou em terceiro lugar na mesma categoria. O catarinense Daniel Crema foi ao pódio na segunda posição da Marathon, sendo que os pilotos do Team Rinaldi utilizaram os pneus off-road RMX 35, HE 40, SR 39 e HE 42, específico para os praticantes de rally.

Arena Cross – Rafael Becker disparou na liderança da classe 50cc no Arena Cross 2016, que realizou a terceira etapa na noite deste sábado (21) em Ilhabela, litoral paulista. O jovem catarinense do Team Rinaldi segue invicto na defesa do título. “Foi uma prova difícil, larguei em segundo e caí logo na primeira sessão. Estou muito feliz por ter conseguido vencer a corrida”, disse o piloto.

O goiano Wellington Garcia, da equipe Honda Ipiranga IMS Rinaldi, foi ao pódio da MX Pró em terceiro lugar (na soma das duas baterias). Os pilotos utilizaram pneus dos modelos off-road SR 39, RW 35, HE 40 e RMX 35 no Arena Cross, co-patrocinado pela Rinaldi.

CACC – A segunda etapa do CACC, torneio de cross country patrocinado pela Rinaldi, movimentou o Centro de Treinamento de Arujá (SP) neste domingo (22). O Team Rinaldi ditou o ritmo da categoria Feminina e Janaína Souza levou a melhor, seguida por Tainá Aguiar. “A chuva forte que caiu durante a semana deixou o terreno bem liso, por isso procurei fazer uma prova constante e sem erros. O sol resolveu aparecer para aquecer a prova, que teve grandes disputas em todas as categorias”, relatou Janaína, nova líder da classe. As competidoras utilizaram os pneus off-road dos modelos HE 40 e SR 39 e a corrida teve uma hora de duração mais uma volta.

Gaúcho de Velocross – Os irmãos Basso começaram a mil o Campeonato Gaúcho de Velocross, cuja etapa de abertura foi realizada neste domingo (22) na pista da Fenachim, em Venâncio Aires (RS). Lucas venceu a classe MX2, com Mateus em terceiro. Na MX Pró, Mateus subiu no pódio em segundo lugar. Maiara foi a mais rápida na classe VXF e fechou a VX3 Importada na terceira colocação. Os irmãos do Team Rinaldi aceleraram com os pneus Rinaldi RMX 35 e SR 39.

Brasileiro de Enduro de Regularidade – Emerson Loth “Bombadinho” passou por momentos complicados no Enduro da Polenta, em Venda Nova do Imigrante (ES), válido como nona e décima etapas do Brasileiro de Enduro de Regularidade. Atual campeão nacional, o piloto do Team Rinaldi sofreu uma forte queda e teve de abandonar a prova neste sábado (21).

“A minha perna entrou na roda traseira da moto, senti muita dor e fiquei 40 minutos deitado até conseguirmos sair da trilha e ir ao hospital”, relatou Bombadinho, que foi prontamente socorrido pelos companheiros de prova. “Não tive fraturas, mas é provável que tenha rompido ligamento do joelho. Mesmo assim, agradeço a Deus por não ter ocorrido algo mais grave”, concluiu.

Sobre a Rinaldi – A Rinaldi iniciou as atividades em 1969 com 60 colaboradores e 15 mil m² de área fabril para produção de materiais de recauchutagem em Bento Gonçalves (RS). A empresa ampliou a produção com as câmaras de ar para as linhas automotiva, transporte e industrial na década de 80, além de introduzir a fabricação de pneus e câmaras de ar para as linhas de motocicletas, agrícola, industrial (não motorizada) e charretes.

A busca pela excelência refletiu em credibilidade no mercado e fortes parcerias. Muito mais que em espaço físico, com área fabril de 35 mil m², a Rinaldi cresceu na geração de empregos diretos, atualmente com 700 colaboradores, e conquistou reconhecimento no mercado.
A fábrica conta com a Certificação da Gestão de Qualidade ISO 9001:2008 e com o aval do INMETRO nos seus produtos da linha de motocicletas. Na área ambiental, a empresa possui o Certificado de Destruição Térmica, por destinar 100% dos seus resíduos sólidos a uma cimenteira para geração de energia. Para conhecer os produtos da Rinaldi, acesse o site oficial.  


Ramon Sacilotti, do Team Rinaldi, l�der do Brasileiro de Rally Baja
Cr�dito: Pedro Vitorino/DFotos

Rafael Becker, do Team Rinaldi, est� invicto na classe 50cc do Arena Cross 2016
Cr�dito: Caf� Fotos/Mundo Press

 

GALERIA DE IMAGENS - DTM 2016

GALERIA DE IMAGENS

 

DTM 2016

 

Grupo de imagens da passagem do DTM pelo Red BUll Ring na Austria, onde a BMW foi a clara vencedora, batendo de forma clara a Audi e a Mercedes.13255907 10154232133621151_6732997754006814160_n_Copyd2 Copyd3 Copyd4 Copyd5 Copyd6 Copyd7 Copyd8 Copyd9 Copyd10 Copyd11 Copyd12 Copyd14 Copyd15 Copyd16 Copyd17 Copyd18 Copyd19 Copyd20 Copyd21 Copyd22 Copyd23 Copyd24 Copyd25 Copyd26 Copyd27 Copyd28 Copyd29 Copyd30 Copy

 

SEGUNDO ANTÓNIO FELIX DA COSTA

DTM 2016

 

ANTÓNIO FELIX DA COSTA EM FIM DE SEMANA NÃO.....

 

Não foi um bom dia. Um Drive through atirou-me para fora dos pontos. Ritmo em corrida era forte por isso amanhã quero lutar por um pódio! Vamos para a luta. Depois na coirrida a seguir, o Mortara encarregou-se de me colocar fora de prova, numa altura em que tinha possibilidade de subir ao pódio.


 

JOAQUIM RINO MAIS AMBICIOSO

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 - VALVOLINE

 

 

RAMPA DA COVILHÃ

 

 

JOAQUIM RINO MAIS AMBICIOSO EM TERMOS DE RESULTADOS NA COVILHÃ

 

FOX 7891_Copy

Cada vez a andar mais rápido, Joaquim Rino ambiciona melhores resultados. No entanto, nas provas anteriores, o factor condições atmosféricas condicionaram e muito o desempenho em pista do piloto da Batalha. Joaquim Rino começou por confessar que “a chuva nas duas provas anteriores limitou muito o meu desempenho, não foram provas nada fáceis para mim. Espero que na Covilhã o piso esteja seco, para assim poder desforrar-me das limitações das provas passadas".

Acrescentou ainda que "o objetivo é bater o meu record de tempo nesta Rampa" recorde-se que o seu melhor tempo foi em 2015, de 2:56,202, "quero ficar nos 6 primeiros lugares da classificação geral e 1º do grupo".

Joaquim Rino vai fazer as verificações técnicas no sábado de manhã, estando previsto para a parte da tarde as subidas de treinos e a primeira de prova, ficando as restantes para a manhã de domingo.

 

MÁRIO MESQUITA LUTA POR MELHORES RESULTADOS

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016

 

RAMPA DA COVILHÃ

 

MÁRIO MESQUITA LUTA POR MELHORES RESULTADOS


FOX 8128_CopyFOX 8132_Copy

Sem problemas de maior, o Datsun 1600 SSS de Mário Mesquita tem funcionado que nem “um relógio”, levando o piloto do Porto a posições cimeiras em termos de categoria  nas duas últimas provas. O único óbice, tem sido as péssimas condições atmosféricas, que logicamente não deixa Mário Mesquita poder tirar partido dos “predicados” do seu lindo DATSUN SSS.

Para o fim de semana que se aproxima, Mário Mesquita quer evoluir mais, como nos confirmou “ o carro tem na realidade estado bem, há logicamente sempre alguns acertos a serem feitos de acordo com as características de cada rampa. A verdade é que as duas primeiras rampas foram disputadas debaixo de chuva, o que logicamente não me deixou tirar partido de todas as potencialidades do meu carro.

Parece que há fortes probabilidades de voltarmos a ter chuva nesta Rampa da Covilhã, o que é pena, pois é uma rampa rápida, que eu gostaria de fazer sem a condicionante chuva, já que é a primeira vez que vou fazer esta prova.

Quanto a objectivos, espero conseguir  lutar pelas posições cimeiras, em termos de categoria. Ainda não vi a lista de inscritos, mas prevejo que a rampa irá ser concorrida e animada , isso em termos de disputa dos lugares da frente.

Por outro lado e se não chover, espero divertir-me, não cometer erros e estar com os amigos.  São estes os meus objectivos para a prova deste fim de semana “.

Mário Mesquita irá fazer as verificações técnicas e documentais no sábado de manhã, pois da parte da tarde já irá ter as subidas de treino, e a primeira subida de prova. No domingo irá decorrer as restantes subidas de prova. 

 

SEGUNDO TIAGO MONTEIRO

SEGUNDO TIAGO MONTEIRO

 

Enquanto eu estava em Spa a correr no TCR a minha família estava no Rallye de Portugal a conhecer o Kris Meeke e o Andreas Mikkesen! Obrigado por terem tomado conta deles é parabéns ao Kris pela grande vitória!


 

SEGUNDO O JORNALISTA JOÃO CARLOS COSTA

SEGUNDO O JORNALISTA JOÃO CARLOS COSTA

 

ACONTECEU ESTA FILA NA EXPONOR NA SEMANA PASSADA

 

RALI DE PORTUGAL

 

Digam lá se assim não dá gosto estar na fila?!
Vá, pronto, sim com os Grupo B, e os Porsche e os Stratos, e os Spider é que era... e tal. Mas algum desses andava mais que estes? Não, pois não?!

 

WTCC EM VILA REAL

Faltam trinta dias para a grande festa do WTCC em Vila Real. Hora de aquecer os motores...

 

TT NO BRASIL

 

Rally Cuesta Off Road: Equipes unidas em prol da solidariedade

Ação social em parceria com o Projeto Ideia Fixa aconteceu nesta sexta-feira em Botucatu

Comemorando seus dez anos de sucesso, o Rally Cuesta Off Road, que acontece neste final de semana, de 20 a 22 de maio, tem nesta edição a realização de uma grande ação social. Esta é a terceira vez que o projeto beneficiou alunos da rede pública de ensino e, desta vez, foram 165 alunos da Escola Municipal Professor Américo Virgínio dos Santos na cidade de Botucatu, interior de São Paulo, marcando positivamente a parceria entre a Can-Am/BRP, a organização do evento Arena Promoções e Eventos e o Projeto Ideia Fixa.

A preocupação com a cidadania e, consequentemente, com o outro, vem despertando sempre mais uma consciência social entre as equipes que participam dos eventos promovidos pela Arena Promoções & Eventos em parceria com o Projeto Ideia Fixa.

A idealizadora do Ideia Fixa, a jornalista Tânia Mara Carvalho, apresentou o Teatrinho de Fantoches da Turma do Tupício. E, esta não foi apenas mais uma etapa para entrega de doações que acontece desde de 2002, ano em que o Projeto foi criado, as crianças receberam também a visita da piloto Helena Deyama, equipe Luart Rally/Brasil Off Road. Para ela, o trabalho voluntário é gratificante e enaltecedor.

"Conheço a Tânia Mara há muitos anos, e sempre admirei o trabalho dela! Foi um grande prazer poder conhecer as ações dela mais de perto e participar, sentindo o calor e o carinho das crianças me desejando boa sorte. Nós acabamos não podendo estar mais perto das ações do projeto Ideia Fixa, porque elas acontecem durante o rali, e os pilotos e equipes estão comprometidos com os preparativos para prova e o próprio cronograma da competição. Espero sempre poder participar e colaborar com a Tânia mais vezes", comenta a piloto de UTV.

Deyama também falou sobre a importância de iniciativas como essa do projeto Ideia Fixa e do Rally Cuesta Off Road. "Uma das coisas que mais me chamou atenção nos meus mais de 20 anos em competições off road pelo Brasil, é a diversidade da população que vemos pelo Brasil afora, um povo simples que consegue viver com muito pouco. E o que mais me impressiona é que uma grande parte dessas pessoas conseguem viver felizes, mesmo com a falta de muitas coisas que para nós são indispensáveis. Por isso, os Projetos Sociais que levam conteúdo e qualquer tipo de ajuda para estas pessoas, principalmente para as crianças que tem necessidade de conhecimento, é muito importante e deve ser cada vez mais incentivado", ressalta.

"Hoje trouxemos a Bolinda, uma nova personagem, com grandes cílios postiços e um coração cheio de amor para dar. Ela falou de moral, bons costumes, respeito e amor ao próximo, lições que andam meio perdidas nos dias de hoje. Muito mais do que kits, presentes e outros mimos, levamos alegria, respeito, dedicação e carinho. Doamos algumas horas e ganhamos sorrisos compensadores, além de depoimentos emocionados de tantas crianças que nos incentivam a seguir sempre em frente com estas ideias transformadoras. Foi lindo!", destacou Tânia Mara.

As crianças recebem os kits Ideia Fixa pela 'Educação e Cultura e Sorria para o Rally', contendo 03 livros de histórias infantis, que inclui noções de higiene bucal com a entrega das creme dental e escova além de folhas de atividades e giz de cera. E ainda o Kit Ideia Bela composto de produtos destinados a higiene pessoal, contendo shampoos, cremes e vários outros itens de beleza, além do entretenimento com enfeites em EVA PIFFER e Revista PROMOTO.

"A cada dia que passa nosso projeto ganha novos adeptos, a comunidade do rali é bastante solidária e todos querem ajudar como podem, desta forma temos obtido resultados bastante satisfatórios em todas as etapas do Campeonato Brasileiro de Rally onde atuamos.", menciona Henrique Arena, organizador do Rally Cuesta Off Road, e demais provas de cross country e baja, como o Rally do Jalapão 500, Rally da Ilha e Rally Rota Sudeste.

Para a diretora da escola Professor Américo Virgínio dos Santos, Ana Paula do Santos, a ação foi bastante positiva. "Foi uma ótima oportunidade para nossos alunos. Eles receberam informações sobre o Rally, sobre diversos assuntos que trouxeram para eles essa consciência, afim de ajudá-los, consequentemente fazendo a diferença na vida deles".

"Apoiamos todos os eventos que tem uma seriedade muito grande como um todo, não só com o esporte de aventura em si, mas também com relação a ação social que trazem para a cidade. A história que foi contada e o que presenciamos, são fatores que ajudarão a formar o caráter dos alunos desse estabelecimento de ensino escolhido, pois eles conhecem bem a pobreza e são oriundos de famílias humildes. Só temos que agradecer ao Henrique Arena organizador do rali e a Tânia Mara do Ideia Fixa que possibilitaram uma tarde agradável", destaca o secretário de Esportes, Lazer e Turismo de Botucatu, Antonio Carlos Pereira.

Sobre o Projeto

O Projeto Ideia Fixa é um dos mais antigos e contínuos trabalhos sociais dentro das provas de rali no Brasil. São 14 anos de existência com números que impressionam. Até o momento, mais de 137 mil pessoas em 16 Estados foram beneficiadas com doações, que somam 206 toneladas. As ações incluem ainda a distribuição de 156.800 livros novos e usados.

Parceiros do Ideia Fixa: Arena Promoções e Eventos, ASA Alumínio, ASI - Associação Sul Mineira de Imprensa, Brunnens, Can Am BRP, CRYF Empreendimentos, Duda e Adelina Instituto, Implar, Master WEB RÁDIO, Perfumaria Emy, Poços de Caldas Moto Clube, Revista Prómoto, RNN Sports, Rotary Clube de Poços de Caldas, Unicesumar, Piffer, Perfumaria EMY, Vilamonge Café e W3B Soluções Inteligentes.

Acompanhe o Ideia Fixa www.projetoideiafixa.org e www.facebook.com/projetoideiafixa (35 99162 7707 whatsapp)

A 10ª edição do Rally Cuesta Off-Road é uma realização da Prefeitura Municipal de Botucatu e organização da Arena Promoções e Eventos. Tem patrocínio de Can-Am, Penna Off-road e Primar Hotel. Supervisão da CBA - Confederação Brasileira de Automobilismo, da CBM - Confederação Brasileira de Motociclismo e da FASP - Federação Paulista de Automobilismo.

Programação Rally Cuesta Off Road 2016:

21/05 - Sábado - 1ª Prova
07h00 às 7h30 - vistoria motos , quadris, UTV (Ginásio de Esportes Mário Covas)
08h00 - Largada 1ª Moto no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas).
08h30 - Largada 1ª Moto na especial.
10h00 - Largada 1º Carro no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas).
10h30 - Largada 1º Carro na especial.
15h30 - Super Prime (Pista anexa ao Ginásio de Esportes Mário Covas)
19h30 - Briefing motos, quadris e UTVs (Primar Plaza Hotel - Jantar opcional)
20h00 - Briefing - carros e caminhões - (Primar Plaza Hotel - Jantar opcional)

22/05 - Domingo - 2ª Prova
07h00 - Largada 1ª Moto no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas).
07h30 - Largada 1ª Moto na especial.
09h30 - Largada 1º Carro no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas).
10h00 - Largada 1º Carro na especial.
16h00 - Premiação (Primar Plaza Hotel - Almoço opcional)

 

Ação social do Rally Cuesta em parceria com o Projeto Ideia Fixa (Luciano Santos/SigCom)

Ação social do Rally Cuesta em parceria com o Projeto Ideia Fixa (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

Estudantes que receberam a visita da equipe do Rally Cuesta Off Road (Luciano Santos/SigCom)

Estudantes que receberam a visita da equipe do Rally Cuesta Off Road (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

Piloto Helena Deyama, da categoria UTV, participou da ação social (Luciano Santos/SigCom)

Piloto Helena Deyama, da categoria UTV, participou da ação social (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

A idealizadora do Ideia Fixa, a jornalista Tânia Mara Carvalho (Luciano Santos/SigCom)

A idealizadora do Ideia Fixa, a jornalista Tânia Mara Carvalho (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

Os alunos receberam kits do Projeto Ideia Fixa (Luciano Santos/SigCom)

Os alunos receberam kits do Projeto Ideia Fixa (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

Foram distribuídos kits Ideia Bela para higiene pessoal (Luciano Santos/SigCom)

Foram distribuídos kits Ideia Bela para higiene pessoal (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

As crianças receberam os kits pela 'Educação e Cultura e Sorria para o Rally' (Luciano Santos/SigCom)

As crianças receberam os kits pela 'Educação e Cultura e Sorria para o Rally' (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

Ação social foi na Escola Prof. Américo Virgínio dos Santos (Luciano Santos/SigCom)

Ação social foi na Escola Prof. Américo Virgínio dos Santos (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web



Não deseja mais receber nossa comunicação, por favor solicite aqui o CANCELAMENTO.
 

MERCEDES BENZ CHALLENGE

 

Mercedes-Benz Challenge: Romualdo Magro fez bela estreia e confirma presença em Tarumã

Próximo desafio do campeonato será no dia 26 de junho, no circuito de Viamão, no Rio Grande do Sul

Romualdo Magro conquistou seus primeiros pontos na estreia no Mercedes-Benz Challenge 2016. O piloto de Santo André no ABC paulista, mas que mora em Itu (SP), participou da segunda etapa realizada neste domingo (22) no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO). A bordo do Mercedes #99 concluiu na oitava posição na C250 Cup e a sexta colocação na C 250 Master. A competição monomarca terá nova disputa no dia 26 de junho no autódromo do Tarumã, na cidade de Viamão, localizada na região metropolitana de Porto Alegre (RS).

O piloto adorou a experiência e pretende continuar nas etapas da temporada. "Foi uma corrida muito boa, acima da expectativa. A largada é aquela tensão, pois você não sabe o que pode acontecer, mas mantive a calma, teve uma confusão pequena, recolhi para a esquerda e consegui passar bem pela situação. O resto da corrida foi de curtir cada volta, troca de posições, fui ultrapassado e depois recuperei. Gostei muito da categoria", declarou ainda emocionado pela estreia.

"Deu tudo certo nessa primeira corrida, meu companheiro na divisão do carro também foi bem. Então pretendo permanecer na categoria, mantendo uma parceria e já confirmei presença em Tarumã", contou o piloto de 49 anos, que divide o Mercedes C 250 Turbo com Ydenis de Souza.

O piloto conta com o patrocínio Master da Engimarq - Arquitetura & Construção e, apoios da Farmácias Extra Fórmulas, Farmácia Nazaré, Construtora Gromma, Alves Cardoso Imóveis e Empreendimentos TCA.

Confira o resultado da corrida da segunda etapa
1) 32 Fernando Fortes, Mottin Racing, CLA, 28 voltas a 47min32s.978 e média de 135.4 km/h
2) 27 Claudio Dahruj, L3 Motorsport, CLA, M, a 14s221
3) 77 Arnaldo Diniz Filho, Comark Racing, CLA, a 14.758
4) 60 Betão Fonseca, Center Bus Sambaiba Raing,CLA, M, a 26s874
5) 37 Lorenzo/Paulo Varassin, Cordova Motorsports, CLA, 27s830
6) 555 Renato Braga, RSports Racing, CLA, a 28s332
7) 20 Roger Sandoval, Mottin Racing, CLA, a 29s508
8) 46 Carlos Kray/J.H.Assunção. CKR Racing CLA, M, a 52s390
9) 10 Pierre Ventura, CKR Racing, CLA, a 1min16s958
10) 18 Fernando Poeta, Sul Racing, CLA, M, a 1:18.401
11) 33 Adriano Rabelo, Cordova Motorsports, CLA, a 1:35.138
12) 111 Marcos Paioli/Peter Gottschalk, Paioli Racing, C250, M, a 1 volta
13) 67 Sergio Maggi, Center Bus Sambaiba Racing,C250, M, a 1 volta
14) 65 Claudio Simão, Center Bus Sambaiba Racing, C250 M, 1 volta
15) 225 Max Mohr, RSports Racing, C250, M, a 1 volta
16) 21 Peter Michel Gottschalk, Paioli Racing, C250, a 1 volta
17) 26 Flavio Andrade, Hot Car Competições, C250, M, a 1 volta
18) 100 Mateus Biriba, Hot Car Competições, C250, a 1 volta
19) 3 Cristian Mohr, RSports Racing, CLA, a 2 voltas
20) 99 Ydenis de Souza/Romualdo Magro, RSports Racing, C250, M, a 2 voltas
21) 41 João Lemos, Ensite Racing Team, C250, M, a 3 voltas
Não completou 75% da prova
22) 55 Fabio Escorpioni, Ensite Racing Team, C250
23) 88 Fernando Amorim, Sul Racing CLA, M
24) 166 Vinicius Simão, Center Bus Sambaiba Racing,C250
25) 19 Luiz Carlos, Ribeiro Ourocar, CLA
26) 73 Raphael Teixeira, Lagoa Racing C250
27) 13 Beto Rossi, RSports Racing, C250 M
28) 64 C.A.Guilherme,Center Bus Sambaiba Racing, C250 M
Excluído
29) 11 Neto De Nigris, L3 Motorsport, CLA M

Classificação do campeonato

C 250 Cup
1) 65 Claudio Simão, Center Bus Sambaiba Racing, 35
2)111 Marcos Paioli/Peter Gottschalk, Paioli Racing, 35
3) 26 Flavio Andrade, Hot Car Competições, 27
4) 225 Max Mohr, RSports Racing, 24
5) 21 Peter Michel Gottschalk, Paioli Racing, 24
6) 67 Sérgio Maggi, Center Bus Sambaiba Racing, 17
7) 99 Idenis R. de Souza, RSports Racing, 16
8) 55 Fabio Escorpioni Ensite Racing Team, 10
9) 7 Betinho Sartório, Paioli Racing, 9
10) 100 Mateus Biriba, Hot Car Competições, 9
11) 13 Beto Rossi,RSports Racing, 8
12) 99 Romualdo Magro, RSports Racing, 8
13) 64 C.A.Guilherme, Center Bus Sambaiba Racing, 7
14) 41 João Lemos, Ensite Racing Team, 7
15) 66 André Paulo Varasin, Center Bus Sambaiba Racing, 6

C 250 Cup Master
1)111 Marcos Paioli/Peter Gottschalk, Paioli Racing, 35
2) 65 Claudio Simão, Center Bus Sambaiba Racing, 35
3) 26 Flavio Andrade, Hot Car Competições, 28
4) 225 Max Mohr, RSports Racing, 26
5) 99 Idenis R. de Souza, RSports Racing, 20
6) 67 Sérgio Maggi, Center Bus Sambaiba Racing, 17
7) 7 Betinho Sartório, Paioli Racing, 11
8) 13 Beto Rossi,RSports Racing, 10
9) 99 Romualdo Magro, RSports Racing, 10
10) 64 C.A.Guilherme, Center Bus Sambaiba Racing, 9
11) 41 João Lemos, Ensite Racing Team, 9

Calendário do Mercedes-Benz Challenge 2016:

Etapa 1 - 06 de março - Curitiba/PR
Etapa 2 - 22 de maio - Goiânia/GO

Etapa 3 - 26 de junho - Viamão/RS
Etapa 4 - 17 de julho - Cascavel/PR
Etapa 5 - 11 de setembro - São Paulo/SP
Etapa 6 - 06 de novembro - Goiânia/GO
Etapa 7 - 20 de novembro - Curvelo/MG
Etapa 8 - 11 de dezembro - São Paulo/SP

 

O dia foi de muito sol e calor no Autódromo Internacional de Goiânia (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)

O dia foi de muito sol e calor no Autódromo Internacional de Goiânia (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)
Alta  | Web

Piloto Romualdo Magro (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)

Piloto Romualdo Magro (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)
Alta  | Web

Mercedes C 250 #99 durante a corrida deste domingo (22) (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)

Mercedes C 250 #99 durante a corrida deste domingo (22) (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)
Alta  | Web

Pilotos Romualdo Magro e Ydenis de Souza (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)

Pilotos Romualdo Magro e Ydenis de Souza (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)
Alta  | Web

Em Goiânia a corrida foi válida para a segunda etapa do calendário 2016 (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)

Em Goiânia a corrida foi válida para a segunda etapa do calendário 2016 (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)
Alta  | Web



 

VODAFONE RALI DE PORTUGAL 2016

 

Kris Meeke became the fourth different winner in five WRC rounds this season after triumphing at Vodafone Rally de Portugal on Sunday afternoon.
 

The Northern Irishman, returning to the championship after missing the previous two rallies in the Americas, shook off the rust to win the four-day rough road event by 29.7sec in Citroën’s DS 3. It was his second success after victory in Argentina last year.

Thirty-six-year-old Meeke followed Sébastien Ogier, Jari-Matti Latvala and Hayden Paddon onto the top step of the WRC podium this year after building a lead of almost a minute during the first part of the rally and measuring his pace through the final day-and-a-half.
 
He took the lead in the second stage on Friday morning and remained troublefree on the rocky mountain roads in the north of the country, making the most of clean, grippy conditions courtesy of a low start position.
 
“It was nearly a perfect weekend, a text book performance. It’s another step for me as a driver. This year is all about gathering experience and I couldn’t have done any more. We’ll use these rallies this year for our benefit and try to mount a title challenge next year,” said Meeke, who is driving a part-programme as Citroën develops a new car for 2017.
 
After an overly-cautious opening day, a rejuvenated Andreas Mikkelsen upped his pace to grab second from team-mate and championship leader Sébastien Ogier. Set-up changes to his Volkswagen Polo R inspired the Norwegian who won today’s opening two stages and finished 4.8sec ahead.
 
Ogier suffered two punctures today. With just one spare wheel in his Polo R, he compromised his pace to ensure he completed the final Power Stage and reach the Matosinhos finish after topping up one of the flat tyres with air.
 
Dani Sordo finished fourth after his hopes of a podium ended yesterday due to stability issues with the rear of his Hyundai i20.
 
Eric Camilli claimed a career-best fifth in only his fifth start in a World Rally Car. The Frenchman had a broken handbrake in his Ford Fiesta RS today and a final stage spin almost allowed Jari-Matti Latvala to catch him. The gap was 5.3sec.
 
Latvala completed the rally with blistered and bandaged hands after wrestling his Polo R through the twisty mountains on Friday with broken power steering.
 
Mads Østberg was almost three minutes behind in seventh in another Fiesta RS after downshifting problems and a broken driveshaft cost several minutes. Martin Prokop, WRC 2 winner Pontus Tidemand and Nicolas Fuchs completed the leaderboard.
 
Round six takes competitors to the Mediterranean island of Sardinia for Rally Italia Sardegna, which is based in Alghero on 9 -12 June.        
 


Direct Download Download
alt
More Photos and Videos
alt
alt
alt
alt

 

MOTOS NO BRASIL

 

Pedro Sampaio assumiu a liderança da classe SuperSport após a segunda etapa do SuperBike Brasil 2016, realizada neste domingo no Autódromo Internacional de Interlagos, em São Paulo (SP). O piloto gaúcho foi o segundo mais rápido da corrida que incluiu as motocicletas de 600 cilindradas. “Estou feliz com o desempenho e ainda tem muita coisa para acontecer no campeonato, que é longo e possui nove etapas”, lembrou.

Sampaio iniciou o SuperBike Brasil em terceiro lugar na corrida de abertura, também realizada em Interlagos. Na segunda etapa, precisou de superação para confirmar o segundo posto, atrás de Eric Granado. “Eu não tive o melhor desempenho nos treinos classificatórios, no sábado, e larguei na sétima posição do grid. Mesmo assim, imprimi ritmo forte na largada e acompanhei o tempo todo o pelotão dos mais rápidos. Recuperei posições volta a volta e cheguei a liderar, mas o Granado acabou abrindo nas últimas voltas”, relatou o piloto numeral 28 da equipe Tecfil Racing.

“Mostrei que estou com bom ritmo de prova e a nossa equipe é muito boa. Temos bastante potencial na briga pelo título da temporada e acredito que posso render ainda mais. O principal agora é dar sequência ao trabalho e chegar ao acerto ideal da motocicleta”, concluiu Sampaio, que pilota a Yamaha YZF-R6. O desafio seguinte do competidor de 18 anos está marcado já para o próximo final de semana, dias 28 e 29, com a terceira etapa do SBK Gaúcho de Motovelocidade em Guaporé (RS). Ele é o atual líder invicto da classe SuperSport na competição estadual.

Pedro Sampaio tem patrocínio de Anker Acessórios, Pastorello Estruturas Metálicas, Prefeitura Municipal de Bento Gonçalves (RS), Pirelli, Tecfil Racing e Havoline. O piloto conta com o apoio do Moto Clube Bento Gonçalves.


Pedro Sampaio assume lideran�a da categoria SuperSport ap�s duas etapas do Superbike Brasil 2016
Cr�dito: Gilmar Rose/Mundo Press

 

GARAGEM AURORA PRESENTE NA RAMPA DA COVILHÃ

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 – VALVOLINE

 

RAMPA DA COVILHÃ

 

 

GARAGEM AURORA PRESENTE NA RAMPA DA COVILHA

FOX 8141_CopyFOX 8145_Copy

Depois da positiva participação na Rampa da Falperra, a Garagem Aurora, está de regresso ao Nacional de Montanha, na qual irá marcar presença na Rampa da Covilhã, onde irá assistir o Porsche 911 SC de Carlos Oliveira.

Segundo Eduardo Santos Júnior “ nesta fase, o Carlos Oliveira ainda se está a adaptar às provas de Montanha, algo que não tinha feito, pois o seu passado desportivo foi feito em provas de pista. Por isso a Rampa da Falperra, foi a prova de estreia, na qual consegui um excelente resultado, embora as condições meteorológicas em nada vieram a ajudar, por cima ainda estamos a falar dum Porsche 9aa SC, com tracção atrás e potencia quanto basta. Em termos de objectivos para esta prova, é o Carlos Oliveira fazer todas as subidas, sem cometer erros, e sem problemas mecânicos, e assim possa extrair todas as potencialidades do carro, embora as condições meteorológicas prevista irão se semelhantes às que ocorreram na Falperra. Se isso se confirmar será uma prova que terá de ser feita com algum cuidado, mas esperemos que corra tudo pelo melhor, e que a Garagem Aurora consiga um bom resultado “, disse-nos.

A Garagem Aurora e Carlos Oliveira irão fazer as verificações  técnicas na manhã de sábado, estando as subidas de treinos e a primeira de prova previstas para a tarde do mesmo dia.As restantes subidas de prova serão feitas no dia de domingo.

 

TT NO BRASIL

 

No Rally Cuesta Off Road, Top Rally Team vence na Super Production

Neste domingo (22) os competidores farão um novo desafio, serão mais 151 quilômetros de especial cronometrada e deslocamentos, a largada será às 11 horas

Thiago Rizzo e Ivo Mayer cumpriram com sucesso a segunda prova da 10ª edição do tradicional evento com vitória no dia pela categoria com o tempo de 2h00min08, tendo conquistado ainda a sétima colocação na geral da modalidade Carros. Assim, no acumulado do Rally Cuesta Off Road a dupla consagrou-se campeã da competição com o tempo de 4h44min13.

Segundo Thiago Rizzo, o principal objetivo da dupla neste domingo, desta vez, sem chuva foi cumprido e marcaram pontos importantes no Campeonato Brasileiro Cross Country. "O terreno estava bastante escorregadio devido ter chovido bastante na etapa de ontem e deixou a especial mais interessante, mais desafiadora e ver o roteiro com chuva e, depois mudou com sol, é sensacional", relatou o piloto.

A edição 2016 do Rally Cuesta foi um excelente teste para a Top Rally Team como preparação dos carros para o maior rali mais esperado do ano, o Rally dos Sertões. "A prova foi bem mais rápida hoje e prazerosa, tudo bem diferente do que já havíamos enfrentado em outras etapas que já participamos.Valeu pela experiência!", festejou o piloto por mais esta conquista.

A etapa foi uma troca de gentilezas. "No km 80 eu parei para ajudar o André Miranda que é o adversário na categoria e ontem me ajudou a desvirar o meu carro e ele estava seis minutos à frente na nossa categoria. Depois disso, seguimos na prova e logo em seguida encontramos o Gunter Hinkelmann com o carro dele quebrado e, quando fui desviar arranquei a porta do nosso Mitsubishi. Posso dizer que essa foi uma prova emocionante", declarou Thiago Rizzo, campeão do Campeonato Brasileiro de Cross Country 2015 e que segue este ano para o tricampeonato do Rally dos Sertões.

Foi tudo bem nesta etapa com o Mitsubishi L200 Triton ER #317 e, para o navegador as expectativas foram superadas. "Hoje tivemos trechos de média, e alta velocidade. A navegação pedia mais atenção, pois poderia prejudicar no tempo, prova rápida, com variação de terreno, mas para mim foi excelente participar desse grande evento de puro cross country", comentou o navegador Ivo Mayer, que se diz muito feliz pelo desempenho da equipe na competição e explicou o navegador, que analisou o percurso do Rally Cuesta como uma prova bastante técnica.

O Rally Cuesta Off Road contou pontos para a 5ª e 6ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. A próxima disputa da equipe Top Rally Team será o Rally Rota Santa Catarina, que acontecerá na cidade de Lages (SC), entre os dias 29, 30 e 31 de julho.

A equipe Top Rally Team, representante de Petrópolis (RJ), conta com o patrocínio da 3W Distribuidora de Malhas, Marcobrás Transportes e, apoio da Estravaganzza Jeans, AcquaSports Academia, Speedway Confecções, KNF Confecções e Posto Mineirão.

Classificação acumulada do Rally Cuesta Off Road 2016

CARROS - categoria Super Production
1) 317 Thiago Rizzo/Ivo Mayer, 4h44min13
2) 323 Pietro Bianchini Neto/Joá Bicudo, 5h03min59
3) 321 André Miranda/Alison Pedroso, 6h37min44
4) 350 Wellington da Costa/ David Pereira, 6h59min34
5) 327 Sandra Dias/NA, 7h01min41

Calendário do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country

Etapa 1 e 2 - 5 e 6/3 - Rally de Barretos
Etapa 3 e 4 - 21 a 24/4 - Rally RN 1500
Etapa 5 e 6 - 21 e 22/5 - Rally Cuesta Off Road

Etapa 7 e 8 - 30 e 31/07 - Rally Rota SC
Etapa 8 e 9 - 3 a 10/9 - Rally dos Sertões
Etapa 10 e 11 - 5 e 6/11 - Rally Rota Sudeste
Etapa 12 - 10/12 - Rally dos Amigos

 

Foram dois dias de muita aventura na edição 2016 do Rally Cuesta Off Road (Gustavo Epifanio/DFotos)

Foram dois dias de muita aventura na edição 2016 do Rally Cuesta Off Road (Gustavo Epifanio/DFotos)
Alta  | Web

Equipe enfrentou todo o tipo de terreno e travessia de rios (Doni Castilho/DFotos)

Equipe enfrentou todo o tipo de terreno e travessia de rios (Doni Castilho/DFotos)
Alta  | Web


 

SEGUNDO AS PREVISÕES DA PIRELLI

 

ANTEVISÃO GRANDE PRÉMIO DO MÓNACO

Corrida n.º 6 de 21

Monte Carlo, de 26 a 29 de Maio 2016

 

 Os três compostos mais macios da gama irão marcar presença no Mónaco, no qual o aguardado P Zero roxo Ultramacio realizará a sua estreia, juntamente com os compostos Supermacio e Macio, P Zero vermelho e P Zero Amarelo respectivamente.

Monte Carlo é um circuito urbano, onde os pneus estão sujeitos a pouca aderência e baixa velocidade, com incidência na aderência mecânica dos pneus.

Monte Carlo é um local tão lendário que já não existe mais nada que se possa dizer que não tivesse sido referenciado, continuando a ser a prova mais prestigiada do calendário, e também uma das mais imprevisíveis.

O CIRCUITO DO PONTO DE VISTA DOS PNEUS:

  • É um circuito urbano com muito pouca aderência, evoluindo esta ao longo do fim de semana.
  • As equipes colocam o set-up para que o índice aerodinâmico pressione o carro ao solo, tanto quanto possível.
  • O desgaste e respectiva degradação são os menores do ano, onde a estratégia de apenas uma paragem poderá ser possível, mesmo com compostos macios.
  • As estratégias deverão considerar a elevada probabilidade de entrada de “safety cars” e a dificuldade de ultrapassagens.
  • Com poucos dados ou testes com o composto Ultramacio até então, os treinos livres de quinta-feira são cruciais.
  • O pneu do Warm-up poderá ser a chave para o máximo desempenho, devido à velocidade média mais baixa do ano.

 

OS TRÊS COMPOSTOS NOMEADOS:

 

            ·         Composto Macio (amarelo): Não será a opção de muitos, mas invulgarmente será o composto mais duro do fim de semana.

            ·         Composto Supermacio (Vermelho): o pneu preferido para a corrida, capaz de realizar longos turnos no Mónaco.

           ·      Composto Ultramacio (Roxo): Escolhido por muitas equipas, sendo a opção para a qualificação e previmos que também seja para a corrida.

 

COMO FOI HÁ UM ANO:

            ·         Vencedor: Rosberg (uma paragem: iniciou com supermacio e trocou para macio na volta 37 de 78).

         ·     Melhor classificado com uma estratégia alternativa: Hamilton, segundo lugar com duas paragens. Parou quando estava na liderança para trocar por pneus novos Supermacios durante a entrada tardia do Safety Car (mais tarde admitiu que foi um erro).

           ·        A maior parte dos pilotos realizou apenas uma paragem, incluindo Sainz que terminou na décima posição, partindo da última posição.

 

 

PAUL HEMBERY, DIRETOR PIRELLI MOTORSPORT:

 

  •  “Monte Carlo marcará a primeira corrida do nosso novo pneu ultramacio – Roxo, que oferece o máximo em termos de tecnologia e performance que podemos colocar num só composto. No entanto, em grande número as equipas elegeram este pneu para o GP do Mónaco, demonstrando que é um verdadeiro pneu de corrida e não apenas de qualificação. No Mónaco com as suas condições e horários exclusivos, as equipes deverão estar concentradas ao longo da sessão de treinos livres de forma a retirar a maior informação possível acerca dos novos pneus ultramacios. Após, já teremos uma leitura ou noção da estratégia de corrida, embora a dificuldade de realizar ultrapassagens, vá influenciar os pilotos na redução de fazer paragens”.

 

O QUE HÁ DE NOVO?

           ·         Em Monte Carlo vamos fazer uma revelação especial, que irá fornecer algo intrigante no futuro. Mais detalhes serão revelados quando chegarmos.

  •  Agora, existe uma nova e impressionante torre de controlo, construída ao longo de alguns meses.
  •  Podemos assistir a múltiplas paragens no GP do Mónaco, dependendo do grau de desgaste dos pneus Ultramacios.

​OUTROS FACTOS QUE RECENTEMENTE CAPTARAM A NOSSA ATENÇÃO:

  •  Max Verstappen. Será que pode repetir a sua entrada triunfante de Barcelona, agora na sua casa?
  •  O campeonato Chinês de GT, onde actualmente a Pirelli é o fornecedor exclusivo oficial num mercado próspero
  •  Os testes da actual temporada aconteceram na semana passada, com Sebastian Vettel e o seu Ferrari a serem os mais rápidos em Barcelona.

A NOMEAÇÃO DOS COMPOSTOS DE PNEUS ATÉ À DATA:

 

Roxo

 

Vermelho

 

Amarelo

 

Branco

 

Laranja

            Austrália

Supermacio

Macio

Médio

            Bahrein

Supermacio

Macio

Médio

            China

Supermacio

Macio

Médio

            Rússia

Supermacio

Macio

Médio

            Espanha

Macio

Médio

Duro

            Mónaco

Ultramacio

Supermacio

Macio

            Canadá

Ultramacio

Supermacio

Macio

Azerbaijão

Supermacio

Macio

Médio

 

Austria

Ultramacio

Supermacio

Macio

Great Britain

Macio

Médio

Duro

Hungria

Supermacio

Macio

Médio

 

 

 

MERCEDES BENZ CHALLENGE

 

Mercedes-Benz Challenge: Romualdo Magro fez bela estreia e confirma presença em Tarumã

Próximo desafio do campeonato será no dia 26 de junho, no circuito de Viamão, no Rio Grande do Sul

Romualdo Magro conquistou seus primeiros pontos na estreia no Mercedes-Benz Challenge 2016. O piloto de Santo André no ABC paulista, mas que mora em Itu (SP), participou da segunda etapa realizada neste domingo (22) no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO). A bordo do Mercedes #99 concluiu na oitava posição na C250 Cup e a sexta colocação na C 250 Master. A competição monomarca terá nova disputa no dia 26 de junho no autódromo do Tarumã, na cidade de Viamão, localizada na região metropolitana de Porto Alegre (RS).

O piloto adorou a experiência e pretende continuar nas etapas da temporada. "Foi uma corrida muito boa, acima da expectativa. A largada é aquela tensão, pois você não sabe o que pode acontecer, mas mantive a calma, teve uma confusão pequena, recolhi para a esquerda e consegui passar bem pela situação. O resto da corrida foi de curtir cada volta, troca de posições, fui ultrapassado e depois recuperei. Gostei muito da categoria", declarou ainda emocionado pela estreia.

"Deu tudo certo nessa primeira corrida, meu companheiro na divisão do carro também foi bem. Então pretendo permanecer na categoria, mantendo uma parceria e já confirmei presença em Tarumã", contou o piloto de 49 anos, que divide o Mercedes C 250 Turbo com Ydenis de Souza.

O piloto conta com o patrocínio Master da Engimarq - Arquitetura & Construção e, apoios da Farmácias Extra Fórmulas, Farmácia Nazaré, Construtora Gromma, Alves Cardoso Imóveis e Empreendimentos TCA.

Confira o resultado da corrida da segunda etapa
1) 32 Fernando Fortes, Mottin Racing, CLA, 28 voltas a 47min32s.978 e média de 135.4 km/h
2) 27 Claudio Dahruj, L3 Motorsport, CLA, M, a 14s221
3) 77 Arnaldo Diniz Filho, Comark Racing, CLA, a 14.758
4) 60 Betão Fonseca, Center Bus Sambaiba Raing,CLA, M, a 26s874
5) 37 Lorenzo/Paulo Varassin, Cordova Motorsports, CLA, 27s830
6) 555 Renato Braga, RSports Racing, CLA, a 28s332
7) 20 Roger Sandoval, Mottin Racing, CLA, a 29s508
8) 46 Carlos Kray/J.H.Assunção. CKR Racing CLA, M, a 52s390
9) 10 Pierre Ventura, CKR Racing, CLA, a 1min16s958
10) 18 Fernando Poeta, Sul Racing, CLA, M, a 1:18.401
11) 33 Adriano Rabelo, Cordova Motorsports, CLA, a 1:35.138
12) 111 Marcos Paioli/Peter Gottschalk, Paioli Racing, C250, M, a 1 volta
13) 67 Sergio Maggi, Center Bus Sambaiba Racing,C250, M, a 1 volta
14) 65 Claudio Simão, Center Bus Sambaiba Racing, C250 M, 1 volta
15) 225 Max Mohr, RSports Racing, C250, M, a 1 volta
16) 21 Peter Michel Gottschalk, Paioli Racing, C250, a 1 volta
17) 26 Flavio Andrade, Hot Car Competições, C250, M, a 1 volta
18) 100 Mateus Biriba, Hot Car Competições, C250, a 1 volta
19) 3 Cristian Mohr, RSports Racing, CLA, a 2 voltas
20) 99 Ydenis de Souza/Romualdo Magro, RSports Racing, C250, M, a 2 voltas
21) 41 João Lemos, Ensite Racing Team, C250, M, a 3 voltas
Não completou 75% da prova
22) 55 Fabio Escorpioni, Ensite Racing Team, C250
23) 88 Fernando Amorim, Sul Racing CLA, M
24) 166 Vinicius Simão, Center Bus Sambaiba Racing,C250
25) 19 Luiz Carlos, Ribeiro Ourocar, CLA
26) 73 Raphael Teixeira, Lagoa Racing C250
27) 13 Beto Rossi, RSports Racing, C250 M
28) 64 C.A.Guilherme,Center Bus Sambaiba Racing, C250 M
Excluído
29) 11 Neto De Nigris, L3 Motorsport, CLA M

Classificação do campeonato

C 250 Cup
1) 65 Claudio Simão, Center Bus Sambaiba Racing, 35
2)111 Marcos Paioli/Peter Gottschalk, Paioli Racing, 35
3) 26 Flavio Andrade, Hot Car Competições, 27
4) 225 Max Mohr, RSports Racing, 24
5) 21 Peter Michel Gottschalk, Paioli Racing, 24
6) 67 Sérgio Maggi, Center Bus Sambaiba Racing, 17
7) 99 Idenis R. de Souza, RSports Racing, 16
8) 55 Fabio Escorpioni Ensite Racing Team, 10
9) 7 Betinho Sartório, Paioli Racing, 9
10) 100 Mateus Biriba, Hot Car Competições, 9
11) 13 Beto Rossi,RSports Racing, 8
12) 99 Romualdo Magro, RSports Racing, 8
13) 64 C.A.Guilherme, Center Bus Sambaiba Racing, 7
14) 41 João Lemos, Ensite Racing Team, 7
15) 66 André Paulo Varasin, Center Bus Sambaiba Racing, 6

C 250 Cup Master
1)111 Marcos Paioli/Peter Gottschalk, Paioli Racing, 35
2) 65 Claudio Simão, Center Bus Sambaiba Racing, 35
3) 26 Flavio Andrade, Hot Car Competições, 28
4) 225 Max Mohr, RSports Racing, 26
5) 99 Idenis R. de Souza, RSports Racing, 20
6) 67 Sérgio Maggi, Center Bus Sambaiba Racing, 17
7) 7 Betinho Sartório, Paioli Racing, 11
8) 13 Beto Rossi,RSports Racing, 10
9) 99 Romualdo Magro, RSports Racing, 10
10) 64 C.A.Guilherme, Center Bus Sambaiba Racing, 9
11) 41 João Lemos, Ensite Racing Team, 9

Calendário do Mercedes-Benz Challenge 2016:

Etapa 1 - 06 de março - Curitiba/PR
Etapa 2 - 22 de maio - Goiânia/GO

Etapa 3 - 26 de junho - Viamão/RS
Etapa 4 - 17 de julho - Cascavel/PR
Etapa 5 - 11 de setembro - São Paulo/SP
Etapa 6 - 06 de novembro - Goiânia/GO
Etapa 7 - 20 de novembro - Curvelo/MG
Etapa 8 - 11 de dezembro - São Paulo/SP

 

O dia foi de muito sol e calor no Autódromo Internacional de Goiânia (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)

O dia foi de muito sol e calor no Autódromo Internacional de Goiânia (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)
Alta  | Web

Piloto Romualdo Magro (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)

Piloto Romualdo Magro (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)
Alta  | Web

Mercedes C 250 #99 durante a corrida deste domingo (22) (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)

Mercedes C 250 #99 durante a corrida deste domingo (22) (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)
Alta  | Web

Pilotos Romualdo Magro e Ydenis de Souza (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)

Pilotos Romualdo Magro e Ydenis de Souza (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)
Alta  | Web

Em Goiânia a corrida foi válida para a segunda etapa do calendário 2016 (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)

Em Goiânia a corrida foi válida para a segunda etapa do calendário 2016 (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)
Alta  | Web

 

VODAFONE RALI DE PORTUGAL 2016

GALERIA DE IMAGENS

 

VODAFONE RALI DE PORTUGAL 2016

 

Ul timo grupo de imagens referentes ao Rali de Portugal.

 

Fotos de André Lavadinho - Paulo Maria /World - Antgónio Silva/Zoomsport - Ricardo Oliveira  -  Despfoto - www.velocidadeonline.comw46 Copyw47 Copyw48 Copyw49 Copyw50 Copyw51 Copyw52 Copyw53 Copyw54 Copyw55 Copyw56 Copyw57 Copyw58 Copyw59 Copyw60 Copyw61 Copyw62 Copyw63 Copyw64 Copyw65 Copyw66 Copyw67 Copyw68 Copyw69 Copyw70 Copyw71 Copyw72 Copyw73 Copyw74 Copyw75 Copyw77 Copyw78 Copyw79 Copyw80 Copyw81 Copyw82 Copyw83 Copyw84 Copyw86andrelavadinho Copyw87 Copyw88 Copyw89 Copyw90 Copyw91 Copyw92 Copyw93 Copyw94 Copyw95 Copyw96 Copyw97 Copyw98 Copyw99antoniosilva Copyw100 Copyw101 Copyw102 Copyw103 Copyw104 Copyw105 Copyw106 Copyw107 Copyw108 Copyw109 CopyW110-fotosricardocastro Copyw110 Copyw111 Copyw112 Copyw113 Copyw114 Copyw115 Copyw116 Copyw117 Copyw120-paulomaria Copyw121 Copyw122 Copyw123 Copyw124 Copyw125 Copyw126 Copyw130-despfoto Copyw131 Copyw132 Copyw133 Copyw134 Copyw135 Copyw137 Copyw138 Copyw139 Copyw140 Copyw141 Copyw142 Copyw143 Copyw144 Copyw145 Copyw146 Copyw147 Copyw148 Copyw149 Copyw150 Copyw151 Copyw152 Copyw153 Copyw154 Copyw155 Copyw156 Copyw157 Copy

 

TIAGO MONTEIRO FAZ BALANÇO

TIAGO  MONTEIRO FAZ BALANÇO

 

 

Tiago Monteiro soma e segue no TCR em Spa
Mais uma vitória e um segundo lugar

Depois da vitória de ontem na corrida de qualificação do TCR Benelux em Spa-Francorchamps, Tiago Monteiro voltou a subir ao lugar mais alto do pódio na corrida 2 realizada esta manhã enquanto na corrida 3 cruzou a linha de meta no segundo lugar. Três excelentes resultados na prova de estreia do campeonato.

O convite endereçado pela Honda Bélgica para que Tiago Monteiro disputasse esta jornada acabaria por se verificar de extrema importância para o Team Boutsen Ginion e Stéphane Lémeret que assumem, para já, a liderança da tabela classificativa, uma vez que Lémeret ainda terá de disputar ao final do dia mais duas corridas. O piloto português estava por isso satisfeito com o trabalho desenvolvido: "Na primeira corrida de hoje arranquei de quarto na grelha e fui paulatinamente ganhando posições até chegar a primeiro. Na segunda, realizada logo de seguida, arranquei de primeiro e assim me mantive até que começou a chover cada vez com mais intensidade. A pista estava muito perigosa, já que estávamos todos com pneus 'slick' e a determinada altura saí demasiado largo e fui ultrapassado. Quando encetava a luta pelo primeiro lugar, entrou o 'safety-car' depois de um acidente e a corrida acabaria por terminar desta forma, sem que tivesse tido oportunidade de voltar a chegar a primeiro", explicou.

 

Missão cumprida para Tiago Monteiro que pôde constatar que este campeonato: "É muito interessante, competitivo e disputado. As vitórias foram duras, com pilotos muitos bons e rápidos que nunca me deram descanso. Um obrigado especial á equipa e à Honda Bélgica por me ter proporcionado mais esta experiência", concluiu o piloto português que centra agora atenções na corrida do próximo fim-de-semana do WTCC.

Todos os resultados do fim-de-semana podem ser vistos em:http://www.tcrbenelux.eu/default.aspx

 

MARTINE PEREIRA E TIAGO SILVA APRESENTAM NOVO PROJECTO

 

MARTINE PEREIRA E TIAGO SILVA APRESENTARAM NOVO PROJECTO


FOX 1168_CopyFOX 1269_CopyFOX 1407_Copy

Foi ontem numa unidade hoteleira na Póvoa de Varzim que a dupla de pilotos  Martine Pereira e Tiago Silva apresentaram um novo projecto de  equipa de automobilismo, que esta época irá estar em duas vertentes em Portugal, no Campeonato Nacional de Montanha e  no circuito de Vila Real.

Segundo Martine Pereira, “ a minha amizade com o Tiago Silva já existe há uns anos, e no final do ano passado juntarmos forças e criarmos uma equipa de raiz, que para esta época, irá ter dois carros, no Campeonato Nacional de Montanha e no circuito Internacional de Vila Real. Eu irei marcar presença com o Lola T 70,  nas seis provas que fazem parte do calendário, sempre na procura da melhor classificação possível, isso depois dum grande restauro que o Lola T 70 sofreu, estando ainda a fazer acertos em termos de afinações neste potente protótipos, que tem feito grande furor nas provas de Montanha”.

 

Quanto a Tiago Silva “ para todos aqueles que seguem a minha carreira nas corridas  sou conectado à marca BMW, estou inscrito no Campeonato Nacional de Clássicos de Montanha com este Alfa Romeo embora exista uma forte possibilidade  de fazer alinhar o BMW. Em termos de projecto para esta época, temos previsto participar com o BMW no circuito Internacional de  Vila Real, falta apenas  uns detalhes em termos  de inscrição do carro”.

Segundo os pilotos, a época de 2016, será um ano embrionário, com vista a um projecto de maiores dimensões para 2017, que segundo Martine Pereira “ se tudo correr como estamos a planear, em 2017, poderemos vir a  correr com o Lola T 70 no Historic   Endurance, não deixando na totalidade o Campeonato Nacional de Montanha, na qual tenho já em vista uma máquina que irá fazer furor, mas que para já não quero revelar, pois para já não passa dum projecto”, disse-nos

 

Martine Pereira e Tiago Silva têm os apoios de ;

MJ Vendeiro

BP Ultimate

Gonditerra SA

Marsh Go

Tubofuro

Predial Poveira

Mesquimatic

Bluechem – Adblue

Gonditerra SA

Metalúrgica Vilas Boas

Casa Dolores

Carpneu

Tecopel

Armipex – Shoes

Miraparque

 

 

PROSSEGUEM OS TREINOS DE FÁBIO MOTA

PROSSEGUEM OS TREINOS DE FÁBIO MOTA

 

Hoje eu e o meu colega de equipa Igor Stefanovski tivemos o primeiro contato com o Circuito de Nürburgring - Nordschleife através da experiência com a RSR Nürburg e com a ajuda do Matthias Pahlke no papel de instrutor. Uma experiência muito enriquecedora, em que foi possível treinar em piso seco e piso molhado!Obrigado ao Matthias e à Lema Racing por ter proporcionado esta oportunidade!


 

TT NO BRASIL

 

Rally Cuesta Off Road: Helena Deyama estará no comando do UTV Polaris na Master

A piloto parte para Botucatu neste final de semana, de 20 a 22 de maio para disputa do Brasileiro Rally Baja

Helena Deyama (Luart Rally/Brasil Off Road) está pronta para mais um desafio na temporada e participa entre os dias 20 a 22 de maio da 10ª edição do Rally Cuesta Off Road, prova válida pelo Campeonato Brasileiro de Rally Baja 2016, e que será realizada na cidade de Botucatu, localizada a 230 quilômetros da capital paulista. Contando com um histórico de bons resultados nos 21 anos de carreira no off road nacional completados neste mês, a piloto, espera usar a prova para aprimorar a pilotagem em seu ano de estreia pela categoria UTV.

A piloto segue na liderança na categoria Marathon Master. "A expectativa é muito grande para esta prova. Será a terceira etapa da temporada do Baja e está super disputada entre os UTVs. Além disso, sempre estou ansiosa para acelerar meu Polaris RZR 900, que proporciona uma pilotagem muito prazerosa em todos os tipos de terreno", comentou.

O Rally Cuesta Off Road será composto por duas etapas (sábado e domingo), e um total de 350 quilômetros de trechos cronometrados, sendo que o percurso passará por propriedades particulares de reflorestamento de eucalipto e pela Serra da Cuesta.

Helena Deyama esteve em quase todas as edições do Rally Cuesta, apenas se ausentou no ano passado por motivo grave de saúde do seu pai. " Eu já participei de diversas edições do Cuesta na categoria carros e há dois anos estou na categoria UTV. A região é muito bonita, com um traçado técnico e desafiador pelas características da região, em áreas de reflorestamento e montanhosas, onde a organização sempre consegue montar boas especiais", declarou a paulistana.

O UTV utilizado por Helena está pronto para encarar os próximos desafios. "O Polaris RZR 900 em sua configuração original tem se mostrado um veículo muito confiável para as provas Baja. A preparação para cada etapa tem sido apenas revisões básicas, porém criteriosas para as competições", enfatizou.

A equipe Luart Rally/Brasil Off Road comandada por Erley Ayala realizou testes com os equipamentos no último final de semana. "O treino pré rali é sempre importante para conferir se o veículo está realmente pronto para a prova, e para acertar detalhes. Mas não é só o carro que tem de estar preparado e pronto para enfrentar as provas de rali, por isso o treinamento físico que realizo na Academia Bio Ritmo é indispensável para mim como piloto, além do acompanhamento nutricional", explicou Helena.

A experiente piloto acredita que o alto nível dos competidores e alto grau de exigência das provas deixará a competição ainda mais disputada, deixando a competição mais emocionante a cada etapa. "Este ano o campeonato mantêm uma disputa muito acirrada. Nesta fase do calendário, os resultados obtidos farão toda a diferença no final", concluiu.

Helena Deyama conta com patrocínio da Polaris e apoio da Academia Bio Ritmo, Luart Rally, Fontoura Dias Stands,Motul e Brasil Off Road.

Classificação do campeonato na categoria Marathon Master

1) Helena Deyama (SP) , Polaris RZR 900, Luart/Brasil Off Road, 50
2) Roberlena Moraes (SP), RZR 900, Fusão Brasil / Baze, 42
3) Reginaldo Cardoso da Silva (SP), 22

Programação Rally Cuesta Off Road 2016:

20/05 - Sexta feira
13h30 às 19h00 - Secretaria de Prova
Ginásio de Esportes Mário Covas
13h30 às 18h00 - Ginásio de Esportes Mário Covas
14h - Ação social do Projeto Ideia Fixa na EMEF Professor Américo Virgínio dos Santos
20h00 - Briefing e lançamento do Evento (Carros) - Primar Plaza Hotel (Jantar Opcional)

21/05 - Sábado - 1ª Prova
07h00 às 7h30 - Secretaria de Prova (Ginásio de Esportes Mário Covas)
08h00 - Largada 1ª Moto no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas)

10h00 - Largada 1º Carro no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas)
15h30 - Super Prime (Pista anexa ao Ginásio de Esportes Mário Covas)
20h30 - Briefing - carros e caminhões - (Primar Plaza Hotel - Jantar opcional)

22/05 - Domingo - 2ª Prova
07h00 - Largada 1ª Moto no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas)
09h30 - Largada 1º Carro no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas)
15h00 - Premiação (Primar Plaza Hotel - Almoço opcional)


Calendário do Campeonato Brasileiro de Rally Baja 2016:

1ª e 2ª etapas - 06/03 - Rally de Barretos
3ª e 4ª etapas - 20/03 - Rally da Ilha

5ª e 6ª etapas - 22/05 - Rally Cuesta Off Road
7ª e 8ª etapas - 30 e 31/07 - Rally Rota SC
7ª etapa - 02/07 - Rally Baja Jalapão
8ª e 9ª etapas - 30 e 31/07 - Rally Rota SC
10ª e 11ª etapas - 06/11 - Rally Rota Sudeste
12ª e 13ª etapas - 10/12 - Rally dos Amigos



Salto realizado por Helena Deyama no Rally da Ilha 2016 (Luciano Santos/DFotos)

Salto realizado por Helena Deyama no Rally da Ilha 2016 (Luciano Santos/DFotos)
Alta  | Web

Helena Deyama (Nelson Santos Jr./Photo Action)

Helena Deyama (Nelson Santos Jr./Photo Action)
Alta  | Web

A próxima disputa será em Botucatu (SP) no próximo final de semana (Luciano Santos/DFotos)

A próxima disputa será em Botucatu (SP) no próximo final de semana (Luciano Santos/DFotos)
Alta  | Web

 

TT EM ANGOLA

 

 já no dia 28 de Maio, sábado.

O rali vai ser disputado na mesma zona dos anos anteriores. Nas montanhas em redor da Baía Azul e a Baía Farta.

O Prologo tem 11 km. Espectacular

A Especial terá cerca de 40 km e será repetida por 4 vezes como tem sido habitual nos nossos ralis.

Poupam os pilotos e poupam as organizações.

Areia para todos não vai faltar.

A distancia entre o fim e o início da PEC são cerca de 6 km.

As inscrições encerram no dia 23 de Maio (2ª feira). O custo é de kz 20.000,00. Para as equipas constituídas por 2 pessoas (condutor e 2º condutor) o custo é de kz 25.000,00. Após esta data o valor será acrescido de mais 50%.

A entrega do boletim de inscrição deverá ser efectuada junto da EKUIPA através do endereço electrónico:  Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar  e o pagamento da Taxa de Inscrição para o BFA em nome da EKUIPA conta nº 50166630, IBAN AO06 0006 0000 50166630 30160.

Aguardamos a todo o momento um comunicado da FADM sobre condições especiais para a obtenção da Licença Desportiva. Haverá a possibilidade da obtenção da Licença para uma prova a custos reduzidos.1. Copy2. Copy3. Copy4. Copy5. Copy6. Copy7. Copy8. Copy9. Copy

 

CAMPEONATO BRASILEIRO DE TURISMO

 

Terceiro, segundo... Só faltou foi a vitória para Pietro Rimbano em Goiânia

O Brasileiro de Turismo bem que poderia ter uma terceira corrida por rodada. Afinal, a tendência seria o paulista subir pro ponto mais alto do pódio.

Em seu primeiro ano no Brasileiro de Turismo, Pietro Rimbano (Cimed Racing) vem se consolidando como um dos principais nomes do campeonato. Com apenas 18 anos, Pietro protagonizou a principal disputa do fim de semana na corrida principal, quando brigou pela vitória até a bandeirada contra o vencedor Marcio Campos.

Terceiro colocado na prova rápida do sábado, Pietro liderou a maior parte da corrida após uma largada espetacular de quarto para primeiro, mas a pressão de Campos e a fragilidade dos pneus fizeram com que ele cometesse um pequeno deslize que foi vital para suas pretensões na corrida. No entanto, a segunda posição veio bem a calhar: com 30 pontos somados em Goiânia, ele se estabelece em sexto na tabela com 64 pontos, apenas 15 atrás do líder Campos.

"Foi um resultado muito bom, pois nos treinos utilizamos pneus muito velhos e erramos a calibragem na tomada de tempos, o que me fez largar me sexto na prova 1, onde faltou um pouco do carro mas mesmo assim fiz um pódio em terceiro. Já a segunda corrida fui de quarto para primeiro e fiquei brigando com o Campos até o fim. Não fiquei triste por ter perdido a vitória, mas feliz em ver que ela está cada vez mais próxima", comenta Pietro, que, em seu segundo ano andando de carros de turismo, já possui o título da Sprint Race obtido em sua temporada de estréia.

Depois de uma corrida por mês desde março, o Brasileiro de Turismo tira uma folguinha em junho para voltar com força total nos dias 16 e 17 de julho na pista de Cascavel, no Paraná. Mas será possível ver o segundo lugar de Pietro nesta terça-feira às 18h de Brasília nos canais SporTV.

 

SALVADOR QUER VENCER NA COVILHÃ

 

Pedro Salvador parte para a Rampa da Serra da Estrela com o objectivo de voltar a vencer.

A vitória na Rampa da Falperra foi um marco na carreira de Pedro Salvador, que está de malas feitas para a terceira prova do Campeonato Nacional de Montanha: “a vitória na Falperra e no Supercar Challenge, este fim-de-semana, motivam-me para dar o meu melhor e tudo fazer para tentar vencer a Rampa da Falperra. Estou certo da minha boa forma e que o Norma M20 FC é um carro ganhador. Por isso acredito que possa lutar pela vitória.”

A rampa da Serra da Estrela é um traçado que agrada ao homem da Speedy Motorsport, que “apesar da forte inclinação do traçado, extremamente sinuoso, que beneficia os carros mais leves, poderemos ter uma palavra a dizer, valendo-nos do bom "set up" habitualmente conseguido pela Speedy Motorsport no Norma."

A prova arranca no Sábado, com a realização dos treinos e a primeira subida de prova e termina no Domingo após ser disputada a terceira corrida do fim-de-semana, em que Pedro Salvador vai procurar a terceira vitória do presente campeonato.

 

TESTES EM LOUSADA

Testes em Lousada

RX1000 SERIES LOGO

Os participantes das RX 1000 Series vão poder testar no dia 9 de Junho

O circuito de Lousada vai estar disponível para a realização de testes de pneus e suspensões para os participantes nas RX 1000 series.  Esta acção acontece graças ao empenho dos Pneus Kumho e do promotor das Series, a Completa Mente, Lda.

A RX 1000 Series é uma competição monomarca, que vai utilizar os Fiat Uno, ex-Challenge Desafio Único. Os pneus serão Kumho, com preços especiais, haverá ainda um conjunto de três revisões gratuitas de suspensões a cargo de Jorge do Amortecedores e preços reduzidos para a compra de equipamentos na QF Lda. – Racing & Performance, tudo exclusivo para os inscritos.

A competição arranca já em Sever do Vouga, em 18 e 19 de Junho próximos e vai ser disputada nas restantes provas do Campeonato e Taça.

As inscrições estão já abertas devendo ser feitas pelo link (http://offroadportugal.org/cnrx/index.php/2-rx1000/2-rx-1000-series). As questões deverão ser dirigidas para o mail  Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar " target="_blank"> Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar , ou em https://www.facebook.com/completamente.lda

 

MANAHU NA RAMPA DA COVILHÃ

Vem aí a "subida à Torre"…

Gonçalo Manahu estreia-se na Serra da Estrela e tem o pódium debaixo de olho.

O piloto do Porsche assistido pela Fabela Sport parte optimista, para a prova mais alta de Portugal. “Estou com esperanças em mais um bom resultado para a próxima rampa, embora esteja ciente de que parto com o “handicap” de não conhecer verdadeiramente o traçado da prova e nunca ter treinado, ou reconhecido a rampa.”

Pelas palavras do piloto portuense podemos pensar que nunca foi à Serra da Estrela, mas isto está longe de ser verdade: “de facto conheço a estrada de lá passar, principalmente no inverno e conheço os acessos para ver a saudosa Rampa Internacional da Serra da Estrela. No entanto, passar em passeio ou reconhecer o traçado é completamente diferente e é esse conhecimento que me falta, principalmente se pensarmos que a experiência dos meus adversários é muito maior.”

“No fundo parto para esta prova como parti para a Penha, por exemplo, a motivação é grande e acho que o nível de andamentos, meu e dos outros, é muito elevado e semelhante e pelos resultados conseguidos, acho que qualquer um dos três da frente pode subir ao primeiro lugar.” Remata Gonçalo Manahu, que mais uma vez vai estar aos comandos do Porsche 911, empenhado na vitória na Categoria 2.

A prova inicia-se no Sábado, com treinos e a primeira subida de prova e conclui-se no Domingo.

manahu falperra

 

NUNO SOARES SEM SORTE EM BRAGA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE CLÁSSICOS 1300 – HRC

 

CIRCUITO CAM 1

 

 

NUNO SOARES SEM SORTE EM BRAGA



Tudo se encaminhava para que Nuno Soares tivesse um excelente fim de semana no circuito Vasco Sameiro em Braga. O piloto da Maia, queria acima de tudo vingar o azar com que se debateu na jornada inaugural no autódromo do Estoril.

A verdade, é que Nuno Soares fez a sessão de treinos  livres e cronometrados, tendo neste ultimo feito o sexto melhor tempo com   1.38.474, correspondendo  à terceira fila da grelha de partida.

Assim tudo se conjugava que iria ser uma corrida muito disputada, o que Nuno Soares estava preparado para tal, e segundo  a sua descrição da corrida “ arranquei da 6º posição, larguei muito bem, e começou logo uma curiosa luta com o Arnaldo Marques e o seu “amarelinho”, em que acabei por o conseguir ultrapassar na curva do Gatilho, preparando-me para de seguida ir no encalço do adversário que ia à minha frente. O carro estava com um bom comportamento, não chovia, a escolha que fiz em termos de pneus, foi a mais acertada, e tudo corria normalmente “.

 

 

 

A verdade é que o azar viria umas voltas mais tarde, como Nuno Soares contou o que se passou a bordo do seu Datsun 1200 “ estava num novo duelo com o Arnaldo Marques, e em plena da recta da meta, à sexta volta, de repente o filtro de óleo salta, acabando por sair  da pista, junto do final da pista de aviação, e a prova infelizmente para mim estava terminada restando apenas a ficar a ver a prova. As corridas de automóveis têm destes imponderáveis, foi pena , pois estava a andar muito bem, sem exageros, sem cometer erros”

 

 

Para compensar este desaire, na corrida de domingo seria  Luis Sousa Costa a dar uma alegria à equipa com nova subida ao pódio. Segundo Nuno Soares “ este foi mais um excelente resultado feito pelo meu colega e amigo Luis Sousa Costa, foi a consagração, o carro estava impecável, graças ao trabalho da RP Motorsport.”



Nuno  Soares e Luis Sousa Costa têm os apoios  de ;

FOX 9647_CopyFOX 9850_Copy

Daikiri Loungue Bar – Praia da Madalena

Mbit

Smart Invicta

BB Residences 4

Goweb

Habitabem

Real Auto

Real Bobinagem

GT Competizione

Caetano Power

NFS Garage

 

MOTOS NO BRASIL

Kawasaki sobe no pódio da MXPRÓ na terceira etapa do Arena Cross Brasil

 Kawasaki garante o segundo no lugar na categoria MXPRÓ com o Mineiro, Antônio Jorge Balbi Jr. na terceira etapa do Arena Cross Brasil que aconteceu no último sábado 21/05 na cidade de Ilha Bela litoral paulista. 

A pista foi sem dúvidas  uma das mais técnicas da temporada até agora e exigia uma boa largada, muita técnica e atenção. Na primeira bateria da MXPRÓ, Eduardo Lima foi o melhor piloto da Kawasaki concluindo a bateria com um sexto  lugar, seguido de seu  irmão Marcello Lima na sétima colocação. Jorge Balbi Jr. se envolveu em um acidente e com problemas mecânicos terminou essa bateria apenas na décima colocação. 

Já na segunda bateria holeshot para Kawasaki com Jorge Balbi Jr. que administrou bem as primeiras voltas até sofrer uma ultrapassagem de Jean Ramos, mas em seguida Balbi retomou a ponta e andou com maestria até cruzar a linha de chegada com a primeira colocação. Comemorando muito o experiente piloto da categoria Pró subiu no pódio com a segunda colocação na somatória das duas baterias. Eduardo Lima concluiu com a sétima colocação e Marcello Lima acabou sofrendo uma forte queda e não completou essa bateria, mas o piloto está bem e segue para as próximas disputas.

Na MX2 o gaúcho Leonardo Lizott representou a Kawasaki, porém acabou saindo em um grupo bastante forte onde somente os 7 mais rápidos se classificaram para bateria da noite e por milésimos Lizott não alcançou a classificação nessa etapa. Mas o atleta segue treinando para as próximas provas.

Confira as declarações dos pilotos sobre suas respectivas noites no Arena Cross:

Jorge Balbi Jr #3 | MXPRO  - “Foi um fim de semana incrível, me senti bem desde os treinos e fui para a primeira bateria confiante, não larguei na frente mas quando buscava ganhar posições acabei me chocando com outro piloto num salto e aterrissei em cima dele e o Marcello Lima que vinha logo atrás passou por cima de mim e de minha moto o que a danificou bastante, mesmo assim eu segui na corrida, porém sem chances de disputar e conclui apenas com a 10ª colocação na primeira bateria.  Na segunda bateria o presidente da Kawasaki veio falar comigo na largada e me disse, cara você é bom, tenha mais calma e também nosso diretor de motocross o “Kaphê”, me pediu para acertar na largada que eu me sairia bem. E foi o que eu fiz sai na ponta e andei o que sei e volta a volta pude conquistar uma vitória pela Kawasaki e garantir o meu lugar no pódio. Agradeço a todos os patrocinadores e agora é focar e seguir trabalhando para as próximas etapas!”

Eduardo Lima #2 | MXPRO - “Hoje foi um dia bem difícil só tivemos um treino e a pista estava bem pesada, não consegui me soltar mas antes das provas a pista recebeu uma boa manutenção e já na corrida pude andar um pouco melhor e fazer dois resultados médios, um 6º e um 7 º lugar finalizando com um 8º na geral. Andei bem mais na frente durante as corridas, porém duas quedas me tiraram as chances de me sair melhor. Mas estou bem e sigo firme para os próximos desafios!”

Marcello Lima #5 | MXPRO  - “Não foi meu melhor dia no Arena, cometi muitos erros. A pista estava muito difícil. Cai bem forte na segunda bateria, mas estou bem. Não me machuquei e sigo pronto para as próximas!”

Leonardo Lizott #194 | MX2 - “ Fim de semana complicado, ainda não estou habituado com as pistas de Arena Cross, por estar a três anos sem correr nesse tipo de pista e também pelo fato de na minha região não existir esse tipo de evento  por isso não consegui ir bem nessa etapa. Me bati muito com a pista que estava muito difícil devido as chuvas e  não tive bons resultados. Vou continuar trabalhando e focar na próxima do Brasileiro de Motocross para andar entre os primeiros.”

O próximo desafio para os atletas da Kawasaki Racing é no dia 19/06 em Paty do Alferes RJ pela segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross Pró.

Sobre a Kawasaki Motores do Brasil Ltda.: A Kawasaki Motores do Brasil (KMB) é uma subsidiária integral da Kawasaki Heavy Industries Ltd (KHI) sediada no Japão. Em operação no Brasil desde outubro de 2008, a marca atua na importação, produção e comercialização de motocicletas, quadriciclos e motos aquáticas através de uma base operacional em São Paulo e uma fábrica no Pólo Industrial de Manaus.



 


Jorge Balbi (#3)
Tiago Lopes - Show Radical - VGCOM
baixar em alta resolução

 


Jorge Balbi (#3)
Tiago Lopes - Show Radical - VGCOM
baixar em alta resolução

 


Dudu Lima (#2)
Tiago Lopes - Show Radical - VGCOM
baixar em alta resolução

 


Dudu Lima (#2)
Tiago Lopes - Show Radical - VGCOM
baixar em alta resolução

 


Piloto Jorge Balbi ao lado do staff da Kawasaki
Tiago Lopes - Show Radical - VGCOM
baixar em alta resolução
 

PARENTE NO 2º LUGAR

 

Álvaro Parente alcança 2º lugar do Campeonato Americano de GT

Álvaro Parente voltou hoje a ter uma corrida difícil em Mosport, mas ainda assim garantiu um importante sexto lugar, o que lhe permitiu subir ao segundo lugar do Campeonato de Pilotos do Pirelli World Challenge.

A prova de ontem evidenciou que o traçado canadiano não beneficiava as características do McLaren 650S e só a capacidade do português permitiu que este garantisse o oitavo lugar, mas ficava no ar a ideia de que hoje voltaria a ter uma jornada complicada.

A corrida iniciou-se com o Safety-Car em pista, dado uma zona do traçado se apresentar bastante molhada, ao contrário das restantes que estavam completamente secas. Os cuidados com a segurança por parte da Direcção de Prova mostraram-se justificados, uma vez que assim que a prova começou competitivamente, dois pilotos desentenderam-se, lançando o pânico no pelotão.

Álvaro Parente, que arrancou do oitavo lugar, conseguiu evitar os dois carros desgovernados, subindo duas posições na classificação. No entanto, sem argumentos para encetar uma boa recuperação, acabou por cruzar a linha de meta num positivo sexto posto. “Á semelhança do que aconteceu ontem, não tínhamos como fazer melhor. Este circuito não favorece as características do McLaren 650S e tivemos à nossa frente carros que nas provas anteriores estiveram sempre atrás de nós, o que foi estranho. Foi uma questão de limitar os danos e conquistar o máximo de pontos possível”, afirmou o português.

Apesar de um fim-de-semana em que não teve possibilidades de lutar pelas posições do pódio, como tem sido habitual, o piloto oficial da McLaren GT tira aspectos positivos da ronda canadiana daquele que é considerado o Campeonato da América de GT, uma vez que ascendeu ao segundo posto da competição de pilotos. “Quando entro para uma corrida o meu objectivo é lutar pelas vitórias e pelos lugares do pódio. No entanto, este fim-de-semana era impossível e concentrámo-nos em garantir pontos para o campeonato, que podem ser muito importantes no final da temporada. Ascendemos ao segundo lugar do Campeonato de Pilotos e isso é muito positivo. Agora é preciso olhar para o próximo fim-de-semana e trabalhar para regressarmos à competitividade”, apontou com convicção Álvaro Parente.

O português tem já no próximo fim-de-semana mais uma ronda do Pirelli World Challenge, desta vez terá como palco Lime Rock.AParente FT_16028_Copy

 

TT NO BRASIL

 

Rally Cuesta Off Road: Jérémy Dubois quer manter a liderança nos quadriciclos

Campeão do evento em 2015, o piloto está pronto para encarar o desafio deste ano em Botucatu de 20 a 21 de maio, válido para a 5ª e 6ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Baja

O 10º Rally Cuesta Off Road será a próxima disputa de Jérémy Dubois, da equipe SAT Racing, de Taubaté, interior paulista. Depois do intervalo de quase dois meses desde a última etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Baja, o piloto seguirá para Botucatu (SP) para 350 quilômetros de provas cronometradas nos dias 21 e 22 de maio.

Para Jérémy Dubois, que venceu a edição do Rally Cuesta Off Road 2015, as expectativas estão boas. "Estou ansioso para poder andar, nos preparamos com treino na parte física e também demos uma boa revisão nas máquinas. Estarei competindo com meu pai nesse rali, mesmo sendo de categoria diferente será muito bom, faz tempo que não competimos juntos", declara o piloto francês, radicado em Taubaté (SP).

Jérémy Dubois, categoria quadriciclos, pretende avançar na pontuação do Campeonato Brasileiro e defender um lugar no pódio, pois vem de boas corridas e se destaca pela evolução ao longo do ano. Jérémy segue na liderança mesmo sem vencer as etapas em formato de rodada dupla do Rally de Barretos e do Rally da Ilha.

"Depois das quatro primeiras etapas, estou liderando o campeonato e gostaria de poder ampliar minha vantagem, pois esse rali tem todas as características de provas que gosto, piso, exigência física e trechos técnicos. A organização sempre dá um show de prova e é uma das minhas preferidas, tem uma boa estrutura, com bom fechamento e especiais completas. Espero terminar domingo com um troféu", destaca o dono do KTM 525 XC.

"Agradeço minha família, amigos e as empresas quem me apoiam sem eles nada disso seria possível. Fico muito feliz por mantê-los e espero conquistar mais alguns durante o decorrer do ano para ajudar a melhorar as condições do equipamento, ficando mais competitivo", finaliza Dubois.

O piloto Jérémy Dubois conta com o patrocínio da Prefeitura de Taubaté, SAT Racing e, com apoio da Bieffe, Fine Art Studio, Bieffe, Fly, Óculos 100%, Speed Motos, Motul e Projeto Motos Racing Team.

Classificação do campeonato após duas provas disputadas (quadro etapas):

1) Jeremy Patrick Dubois, 86 Pontos
2) Milton Martens, 50
3) Richard Rocha do Amaral, 50
4) Luiz Fernando Ciocchi de Almeida e Melo, 42

Mais informações da equipe:
Facebook: SAT Racing e Jeremy Dubois ATV

Programação Rally Cuesta Off Road 2016:

20/05 - Sexta feira
13h30 às 19h00 - Secretaria de Prova
Ginásio de Esportes Mário Covas
13h30 às 18h00 - Ginásio de Esportes Mário Covas
Vistoria Motos , Quadris e UTV
Vistoria CBA: Carros e Caminhões
Local: Ginásio de Esportes Mário Covas
14h00 às 15h30 - Apresentação Protótipo-T1
- Apresentação Production-T2
- Apresentação Super Production e Pró Brasil
- Apresentação Caminhões
17h00 - Apresentação 2ª vistoria (com multa - 1 UP)
19h30 - Briefing e lançamento do Evento (Moto, Quadri e UTV) - Primar Plaza Hotel (Jantar Opcional)
20h00 - Briefing e lançamento do Evento (Carros e Caminhões) - Primar Plaza Hotel (Jantar Opcional)

21/05 - Sábado - 1ª Prova
07h00 às 7h30 - Secretaria de Prova (Ginásio de Esportes Mário Covas)
07h00 às 7h30 - vistoria motos , quadris, UTV (Ginásio de Esportes Mário Covas)
08h00 - Largada 1ª Moto no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas).
08h30 - Largada 1ª Moto na especial.
10h00 - Largada 1º Carro no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas).
10h30 - Largada 1º Carro na especial.
15h30 - Super Prime (Pista anexa ao Ginásio de Esportes Mário Covas)
19h30 - Briefing motos, quadris e UTVs (Primar Plaza Hotel - Jantar opcional)
20h30 - Briefing - carros e caminhões - (Primar Plaza Hotel - Jantar opcional)

22/05 - Domingo - 2ª Prova
07h00 - Largada 1ª Moto no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas).
07h30 - Largada 1ª Moto na especial.
09h30 - Largada 1º Carro no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas).
10h00 - Largada 1º Carro na especial.
15h00 - Premiação (Primar Plaza Hotel - Almoço opcional)

 

Piloto de Taubaté terá a companhia do pai Alain Dubois no Rally Cuesta Off Road (Luciano Santos/DFotos)

Piloto de Taubaté terá a companhia do pai Alain Dubois no Rally Cuesta Off Road (Luciano Santos/DFotos)
Alta  | Web

Piloto Jérémy Dubois (Luciano Santos/DFotos)

Piloto Jérémy Dubois (Luciano Santos/DFotos)
Alta  | Web

O rali será de muita velocidade em 350 km em Botucatu (SP) (Gustavo Epifanio/DFotos)

O rali será de muita velocidade em 350 km em Botucatu (SP) (Gustavo Epifanio/DFotos)
Alta  | Web


 

STOCK CAR - BRASIL

 

Pilotos da Stock Car são personagens de "Big Brother" na equipe Full Time

Convidados do time de Maurício Ferreira podem não só ver de perto e pelo monitor como acompanhar o rádio do piloto escolhido. E são todos os convidados que desfrutam deste benefício. Ou seja: ai se os pilotos falarem besteira...

Se tem uma equipe na Stock Car com estrutura digna de Fórmula 1 ela se chama Full Time Sports. O time campeão de 2015, liderado por Maurício Ferreira, mistura praticidade, conforto e transforma o trabalho de seus pilotos em um verdadeiro "Big Brother", onde quem acompanha tem acesso a praticamente todas as voltas, às reações e às conversas de um lugar privilegiado, com bebidas geladinhas e até uma tomada para plugar o celular e poder postar à vontade nas redes.

No caso da equipe Full Time ProGP, de Lucas Foresti e Felipe Guimarães, 16 felizardos podem entrar de cabeça na vida dos pilotos. Nos dois lados da garagem, um camarote especial foi montado para atender às necessidades dos convidados e transformar a visita em uma real experiência dentro dos boxes. Cada um dos camarotes é dotado de oito poltronas de cinema com visão privilegiada da ação da equipe e dos pitstops; cada uma dessas vagas possui um fone de ouvido igual ao dos engenheiros, onde é possível acompanhar toda a conversa entre carro e boxes, assim como quatro enormes monitores exibem as imagens da TV e os tempos de volta.

É um "Big Brother" completo, só faltando o paredão e a eliminação, já que esses assuntos são resolvidos pelos Deuses das corridas.

Porém, para montar essa estrutura vanguardista e moderna - nenhuma outra equipe dá uma atenção tão grande aos convidados como a Full Time - Maurício pesquisou. Foi a corridas de Fórmula 1 e DTM ao redor do mundo para criar o seu conceito. E admite: "Boa parte disso foi inspirado no que a Mercedes faz na F1. Vi muitas equipes onde os convidados ficavam como se fosse em um chiqueirinho em um lugar igual ao que disponibilizamos, mas de pé e com rádios. E fui desenvolvendo para chegar no molde atual."

"Claro, nem todo mundo na Stock Car tem condições de disponibilizar rádios para todos como na F1, mas fizemos o máximo possível para proporcionar isso aos nossos convidados. Além disso, do conforto para eles, esse modelo ajuda muito a equipe, pois organiza os boxes e facilita o trânsito de mecânicos e equipamentos sem precisarmos ficar pedindo licença e desviando das pessoas que ficam de pé. Conseguimos unir o útil ao agradável com sucesso. Mas a ideia é sempre melhorar", destaca Ferreira.

Esse tipo de atitude também é muito valorizada pelos pilotos, pois eles conseguem proporcionar aos patrocinadores - que levam representantes a quase todas as corridas - um "plus" a mais, como descreve Lucas Foresti. "Toda empresa quer ver sua marca bem aplicada. No caso da CVC, da Harry's e da Caruana, meus parceiros principais, eles se sentiram privilegiados ao ver suas imagens refletidas em uma equipe competente, limpa e organizada, que proporciona experiências especiais às pessoas. E esse relacionamento é tão importante quanto os resultados em pista. Quanto mais profissionalismo, mais retorno elas tem. E todos saem felizes, associando a marca a um momento único de suas vidas."

O próximo capítulo do "Big Brother Full Time Sports Stock Car" acontece neste domingo com a realização da rodada dupla de Goiânia, marcada para às 13h e 14h10 (horários de Brasília). Caso você não tenha o privilégio de acompanhar com estilo nos boxes da equipe, é possível sentir parte desta emoção vendo tudo pelos canais SporTV.

 

SEGUNDO O JORNALISTA JOÃO CARLOS COSTA

SEGUNDO O JORNALISTA JOÃO CARLOS COSTA

 

AS ESTATISTICA DO RALI DE PORTUGAL

 

Os números e as estatísticas que a vitória de Kris Meeke no Vodafone Rally de Portugal representa.

• Este foi o primeiro triunfo de Meeke em Portugal.
• É a segunda vitória do piloto britânico no WRC (a primeira foi na Argentina 2015).
• É a quinta vitória britânica em 50 edições de rali, ou seja, 10 por cento dos triunfos são de pilotos provenientes da Grã-Bretanha.
• É o quarto piloto a ganhar (Colin McRae venceu em 1998 e em 1999, Richard Burns ficou em primeiro em 2000 e Tony Fall triunfou em 1968)
• É o primeiro piloto britânico a ganhar em 16 anos.
• Segunda vitória do DS3 WRC em Portugal. A primeira aconteceu em 2011.
• Oitavo triunfo da Citroën em Portugal. Iguala a Lancia.
• Mais longo intervalo de vitórias de uma marca: 1969 (Citroën DS Proto) a 2016 (Citroën DS3 WRC)
• Vitória impede Volkswagen Polo WRC de igualar o Lancia Delta Integrale e o Fiat 131 Abarth em número de triunfos.
• Quebra série de três vitórias consecutivas (2013, 2014 e 2015) do Polo WRC.
• Impede Ogier de igualar os cinco triunfos de Markku Alen, um recorde na prova.
• Ogier falha a 50ª vitória da carreira no WRC.
• Meeke é o terceiro piloto diferente a ganhar em três anos.
• O britânico é o quarto piloto a vencer na temporada de 2016 (Sébastien Ogier ganhou em Monte Carlo e na Suécia, Jari-Matti Latvala venceu no México e Hayden Paddon ganhou na Argentina).
• O Citroën DS3 WRC é o terceiro carro a ganhar em 2016 depois das vitórias do Volkswagen Polo WRC (Monte Carlo, Suécia e México) e do Hyundai i20 WRC (Argentina).

 

PREPARATIVOS PARA AS 24 HORAS DE LE MANS

Em Le Mans o Paddock já ganha vida.

 

ABEL MARQUES SEM SORTE EM BRAGA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE CLASSICOS – LEGENDS CUP

 

ABEL MARQUES SEM SORTE EM BRAGA


O piloto de  Guimarães, não teve de forma alguma  sorte no circuito de Braga, onde se debateu com muitos problemas no seu Autobianchi A 112 e no Fiat Tipo. Na Legend´s Cup onde alinhou com o Fiat Tipo, foram uma série de problemas que não lhe permitiram fazer melhor do que 19ª e 20º lugares respectivamente, onde fez parceria com Sérgio Monteiro. Segundo Abel Marques” como todos se recordam no autódromo do Estoril, acabamos por partir o motor, e para Braga tentamos fazer um “remedeio”, que acabou por não permitir fazer aquilo que pretendíamos. Agora  vamos ter cerca de quatro semanas, para tentar montar um novo motor, de forma a podermos ficar melhor classificados para o circuito de Vila Real”.

Mas com o Autobianchi A 112, as coisas não foram melhores, pois o pequeno carro italiano não passou da sessão de treinos cronometrados, como nos explicou o piloto da Herdmar “ não sei o que se passou, mas de forma surpreendente, o motor cedeu. Ainda não sei o que motivou tudo aquilo, mas foi pena, pois estava com um bom andamento  , quando na recta que antecede a chicane de repente vejo através  do retrovisor um fumo branco a sair do escape, o que que me levou a encostar com cuidado para não deixar óleo na pista, o que fui bem sucedido, não prejudicando ninguém. Agora tal como no Fiat Tipo, vamos ter alguma tempo para ver o que podemos recuperar deste motor, ou então tem de ser feito um novo motor, vamos lá ver se para Vila Real as coisas correm melhor “, disse-nos.

 

 

CLASSIFICAÇÕES FINAIS


LEGENDS CUP


1ª Corrida

1º João Novo – Ford Sierra

2º Herculano Antas – BMW M 3

3º Alexandre Nogueira – Honda Integra

19º SÉRGIO MONTEIRO – ABEL MARQUES – FIAT TIPO

 

2ª Corrida

 

1º João Novo – Ford Sierra  RS 500

2º Herculano Antas – BMW M 3

3º E. Florindo – Toyota Carina E

20º SÉRGIO MONTEIRO – ABEL MARQUES – FIAT TIPO


Campeonato Nacional de Clássicos 1300 – HRC

FOX 9455_CopyFOX 9614_Copy

Desistência na sessão de treinos cronometrados

 

VODAFONE RALI DE PORTUGAL 2016

 

Kris Meeke will carry a comfortable lead into the final leg of Vodafone Rally de Portugal after distancing world champion Sébastien Ogier over rough mountain roads on Saturday.

Meeke, returning to FIA World Rally Championship action after a two-event absence, completed a clean sweep of wins in the three morning stages to extend his lead to almost a minute. He measured his pace over rougher afternoon roads to lead tonight by 45.3sec.
 
Aware of the dangers on the rock-strewn gravel tracks, Meeke opted to carry two spare wheels in Citroën’s DS 3 instead of the usual one to guard against punctures. He needed neither but had to contend with different handling in the heavier car.
 
“I was thinking about protecting my lead,” he admitted. “I took two spares but it was difficult to manage as it changed the attitude and balance of the car on roads that were narrow and required quick changes of direction.”
 
Meeke benefited from good grip on clean roads thanks to a low start position, in contrast to road opener Ogier who endured the worst of the conditions as he swept the loose gravel.
 
“I did everything I could but it was a terrible afternoon for me. The grip was hard to handle and the rear of the car was off line,” said Volkswagen Polo R pilot Ogier, who repelled charging team-mate Andreas Mikkelsen by 3.1sec after winning the final special stage.
 
Mikkelsen abandoned yesterday’s cautious policy to climb to third. Two afternoon stage wins reduced the deficit to Ogier to just half a second before the Frenchman retaliated.
 
Dani Sordo could not repeat yesterday’s speed, the Spaniard frustrated by the lack of stability at the rear of his Hyundai i20. He slipped out of the top three and ended 31.6sec behind Mikkelsen in fourth.
 
Eric Camilli surged up to fifth in his Ford Fiesta RS, banishing memories of a troubled start to his rookie season, while Jari-Matti Latvala recovered to sixth in a Polo R after yesterday’s power steering problem.
 
Two broken driveshafts this morning cost Mads Østberg three minutes as he struggled with front-wheel drive only in his Fiesta RS. The Norwegian was seventh, with Martin Prokop, WRC 2 leader Pontus Tidemand and Nicolas Fuchs completing the leaderboard.
 
Thierry Neuville retired from fifth after running out of fuel in his i20, Stéphane Lefebvre exited sixth after hitting a rock and breaking a suspension arm on his DS 3 and Kevin Abbring retired for a second day after also striking a rock.
 

Direct Download Download
alt
More Photos and Videos
alt
alt
alt

 

TT NO BRASIL

 

Rally Cuesta Off Road: Macedo's Rally Team fará estreia em Botucatu

Celso Macedo e Belén Macedo, da equipe de Piracaia (SP), encaram entre os dias 20 a 22 de maio o desafio do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country

De volta às competições com uma semana de pausa, a Macedo's Rally Team, estará em Botucatu (SP) para mais uma disputa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, Celso Macedo e Belén Macedo participam do 10º Rally Cuesta Off Road, prova que será realizada entre os dias 20 a 22 de maio, sendo um bom teste antes do Rally dos Sertões, em setembro. O casal está inscrito na categoria Production T2 e, espera manter a regularidade com a conquista de mais um pódio na temporada.

"O Fred Macedo está desde segunda-feira fazendo uma revisão completa na nossa Pajero TR4 ER, pois o carro participou das duas etapas da Mitsubishi Cup em Jaguariúna. Apesar de termos terminado sem nenhum problema, ele analisa todos os pontos que eventualmente poderiam dar problema", disse Celso Macedo.

A Macedo's Rally Team participa pela primeira vez do calendário do Brasileiro de Rally Cross Country e o maior projeto da equipe para o ano é a disputa do Rally dos Sertões. "Por ser uma prova um pouco mais longa, pretendemos analisar a evolução e o cansaço da dupla, visando aperfeiçoar ainda mais o preparo físico para o Rally dos Sertões. Por isso a meta é terminar a prova sem avarias e em boas condições físicas", ressaltou o piloto.

Os competidores terão pela frente um percurso longo com aproximadamente 350 quilômetros de trechos cronometrados e deslocamentos, divididos em dois dias, passando por propriedades particulares de reflorestamento de eucalipto e pela Serra da Cuesta.

Muito otimista Belén aposta no bom desempenho da equipe. "Vamos tentar fazer a melhor prova possível. Nossa estratégia será manter a calma, sem cometer erros. Além de tentar obter um bom resultado, mas o mais importante agora é focar no Sertões", analisou a navegadora.

A programação terá início na sexta-feira (20) com a realização das vistorias, secretaria de prova no Ginásio de Esportes Mário Covas, onde ficará também a área de box das equipes. O primeiro briefing para pilotos e navegadores acontece às 20 horas. As largadas da primeira prova do Rally Cuesta das categorias motos, quadriciclos, UTVs e carros estão previstas no sábado a partir das 8 horas. Já no domingo as atividades terão início às 7 horas.

A equipe Macedo's Rally Team conta com o patrocínio da Dry Man (Absorvente Urinário Masculino) e apoio da Radiex Produtos Automotivos, Cobrec, Itu Trailer, Road Tech Acessórios.

Classificação do campeonato na categoria Production T2:

Pilotos
1º) Wagner Felipe Roncon, 20
2º) Celso Leal de Macedo, 17
3º) Vilson Thomas, 15
4º) Nadimir Oliveira, 12
5º) Frederico Mol, 5

Navegadores
1º) Joselito Vieira Jr, 20
2º) Belén Macedo, 17
3º) Filipi Bianchini, 15
4º) Ricardo da Silva, 12
5º) Erick Silveira, 5

Programação Rally Cuesta Off Road 2016:

20/05 - Sexta feira
13h30 às 19h00 - Secretaria de Prova
Ginásio de Esportes Mário Covas
13h30 às 18h00 - Ginásio de Esportes Mário Covas
14h - Ação social do Projeto Ideia Fixa na EMEF Professor Américo Virgínio dos Santos
20h00 - Briefing e lançamento do Evento (Carros) - Primar Plaza Hotel (Jantar Opcional)

21/05 - Sábado - 1ª Prova
07h00 às 7h30 - Secretaria de Prova (Ginásio de Esportes Mário Covas)
07h00 - Largada 1ª Moto no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas)
10h00 - Largada 1º Carro no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas)
15h30 - Super Prime (Pista anexa ao Ginásio de Esportes Mário Covas)
20h30 - Briefing - carros e caminhões - (Primar Plaza Hotel - Jantar opcional)

22/05 - Domingo - 2ª Prova
07h00 - Largada 1ª Moto no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas)
09h30 - Largada 1º Carro no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas)
15h00 - Premiação (Primar Plaza Hotel - Almoço opcional)

Calendário do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country

Etapa 1 e 2 - 5 e 6/3 - Rally de Barretos
Etapa 3 e 4 - 21 a 24/4 - Rally RN 1500

Etapa 5 e 6 - 21 e 22/5 - Rally Cuesta Off Road
Etapa 7 e 8 - 30 e 31/07 - Rally Rota SC
Etapa 8 e 9 - 3 a 10/9 - Rally dos Sertões
Etapa 10 e 11 - 5 e 6/11 - Rally Rota Sudeste
Etapa 12 - 10/12 - Rally dos Amigos

 

Será a 2ª etapa de Celso e Belén Macedo no Brasileiro de Rally Cross Country (Sanderson Pereira/PhotoEsporte)

Será a 2ª etapa de Celso e Belén Macedo no Brasileiro de Rally Cross Country (Sanderson Pereira/PhotoEsporte)
Alta  | Web

Equipe Macedo's Rally Team compete com Pajero TR4 ER (Sanderson Pereira/PhotoEsporte)

Equipe Macedo's Rally Team compete com Pajero TR4 ER (Sanderson Pereira/PhotoEsporte)
Alta  | Web

 

SUGESTÃO DA SEMANA

 

22º Super Bock Super Rock

CP - Comboios de Portugal com vantagens e comboios especiais:

Descontos nas viagens de ida e volta nos comboios de Longo Curso Intercidades e Regionais / Interregionais, com destino à Gare do Oriente
 
Bilhete integrado do Festival + Comboio para as viagens nas Linhas de Sintra e Cascais
 
Linha de Sintra e Linha de Cascais com reforço no final dos espectáculos. Comboio especial Intercidades de Lisboa Oriente para o Porto nos três dias do Festival


14, 15, 16 de julho, Parque das Nações - Lisboa
www.superbocksuperrock.pt facebook.com/sbsr

Super Bock Super Rock fica situado num dos mais privilegiados locais de transporte ferroviário do país. Vivendo paredes meias com a Gare do Oriente, o comboio assume-se como um dos meios de transporte primordiais para quem quiser estar no Parque das Nações nos dias 14, 15 e 16 de Julho. Nesse âmbito, o Festival e a CP – Comboios de Portugal, estabeleceram uma parceria com condições e comboios especiais para todos os que tiverem adquirido o bilhete diário ou passe de 3 dias.

alt 
 

Para quem vem da zona de Lisboa, encontra-se disponível uma proposta integrada de bilhete diário ou passe de três dias com viagem de comboio nas Linhas de Cascais e de Sintra, a preços vantajosos. Assim, o bilhete diário com viagem de ida e volta CP Lisboa, custa 52€, o passe de três dias com 3 viagens de ida e volta, terá o valor de 101€.

Ambas as ofertas estarão disponíveis no serviço regular, e também nos comboios especiais:
Linha de Sintra, entre a Gare do Oriente e Sintra, com partida às 04:00 e Linha de Cascaiscom partida às 03:30, entre o Cais do Sodré e Cascais.

À venda na Blueticket e locais habituais, bem como nas bilheteiras das estações dos Urbanos de Lisboa.


Quem vem do Norte, pode usufruir de duas vantagens. Nos Urbanos do Porto, bilhetes a2€, ida e volta para fazer a ligação à Estação de Campanhã entre os dias 13 e 17 de Julho. Nos Intercidades, Regionais/InterRegionais, existirá um desconto de 30% também nas viagens entre os dias 13 e 17 de Julho com destino a Lisboa Oriente.

Estes descontos serão válidos no serviço regular e no comboio especial que se realiza na madrugada após cada dia do evento, com partida de Lisboa Oriente às 03:30 com destino a Porto Campanhã e paragem em Santarém, Entroncamento, Pombal, Coimbra B, Aveiro, Espinho e Gaia.


Toda a informação disponível, no site oficial do Festival e em www.cp.pt.

Mais novidades a anunciar brevemente.

Já confirmados:

14 de julho

Palco Super Bock - Disclosure, The National, The Temper Trap
Palco EDP - Jamie XX, Kurt Vile, Villagers, Lucius, Surma (artista recomendada Tradiio)
Palco Carlsberg - DJ Shadow, Bomba Estereo, RIOT
Palco Antena 3 - Samuel Úria, peixe : avião, Benjamim, Alek Rein

15 de julho

Palco Super Bock - Iggy Pop, Massive Attack & Young FathersBloc Party
Palco EDP - Mac DeMarco, Rhye, Kwabs, Petite Noir,Pás de Problème
Palco Carlsberg - Lion Babe, Moullinex, Trikk

16 de julho

Palco Super Bock - Kendrick Lamar, De La Soul, Orelha Negra
Palco EDP - GNR - Psicopátria, FIDLAR, Capicua, Kelela, The Parrots
Palco Carlsberg - DJ Ride Live + DJ Set, Batida – Uma Lata DJ Set, Daniel Haaksman

Informação de Bilhetes


Preço dos Bilhetes

Passe 3 dias: 95€

Bilhete Diário: 50€

Fã Pack Exclusivo FNAC: ESGOTADO

Locais de Venda

Blueticket, Call Center Informações e reservas 1820 (24 horas), no Facebook, FNAC, lojas Worten, El Corte Inglês, ABEP, Portimão Arena; Turismo de Lisboa; lojas Media Markt; Bilheteiras MEO Arena; rede PAGAQUI; Agências Top Atlântico. Place & Tickets

Desconto no Cartão Jovem

ACP

Packs bilhete, alojamento e viagem:
Place & TicketsPack Viagens & Vantagens Via VerdeAla Viagens,Algarve Holiday Fun


Espanha: TicketeaTicketmaster, lojas FNAC, Carrefour Viajes e Halcón Viajes, MasqueticketAtrapalo

Reino Unido: SeeticketsFesticket

Alemanha: Ticketmaster

França: FNAC, Carrefour, Géant, Magasins U, Intermarché, France Billet
 

 

TT NO BRASIL

 

A Sacramento Racing dominou as disputas deste domingo (22), as quais somaram importantes pontos para o CACC 2016 e para o Campeonato Gaúcho de Enduro FIM. A bordo das motocicletas KTM, a equipe emplacou vitórias nos dois desafios. Confira os detalhes:

CACC 2016 – Vinícius Calafati venceu a segunda etapa do CACC 2016, uma das mais importantes competições de cross country do país, realizada em Arujá (SP). De quebra, assumiu a liderança da classificação geral e da categoria XC2 com o mesmo número de pontos do companheiro de equipe Cauê Aguiar, o segundo colocado.

A Sacramento Racing consquistou as primeiras posições da geral, já que Nielsen Bueno foi o terceiro colocado (e vencedor da Over 35) e Washington Murilo Silva “Caipirinha”, o quarto (além de vencer a classe XC1). Washington Silva “Caipira” ganhou a classe Over 50. “A etapa foi muito boa e a chuva que caiu na noite anterior contribuiu para que o circuito ficasse ainda melhor”, contou Calafati.

“Foi uma bela disputa com o Cauê, ele saiu na frente e cheguei a cair enquanto ultrapassava um piloto da XC1. Mas depois me concentrei e consegui atacar, faltando três voltas para o final encostei no Cauê. A gente dividiu umas quatro curvas até eu conseguir ultrapassá-lo. Foi um ótimo dia para a equipe”, continuou. A corrida teve uma hora de duração mais uma volta.

Gaúcho de Enduro FIM – A cidade de Nova Brescia (RS) foi palco da terceira etapa do Campeonato Gaúcho de Enduro FIM e, mais uma vez, a Sacramento Racing brilhou. Além de ampliar liderança na classe E2, Gustavo Pellin foi o mais rápido da prova. O pentacampeão estadual Diego Colett, vencedor e novo líder da E1, foi o terceiro colocado na geral. A equipe também subiu no pódio da terceira etapa com Anderson Vieira “Sorvetero” e Maurício Rizzon, que ficaram em quarto lugar nas classes E1 e E2, respectivamente.

“A prova teve chão liso e muito barro e canaleta, por conta da chuva. O Cross Teste na praça da cidade foi um show à parte, com troncos e outros obstáculos bem legais. Foi uma etapa bem organizada, pena que a chuva e o frio castigaram bastante os pilotos”, relatou Pellin.

Sobre a Sacramento MotorSports – A Sacramento MotorSports traz os melhores equipamentos e produtos para quem encara a trilha ou a estrada como estilo de vida. O conceito da marca foi criado em fevereiro de 2008 pelo empresário e piloto Fábio Wolf Campos, após uma viagem que teve no roteiro a cidade de Sacramento, na Califórnia.

Influenciado pela cena do motociclismo nos Estados Unidos, Campos inaugurou um restaurante e uma boutique temáticos no Shopping SerrAzul, do qual é administrador desde 1994. O local, construído sobre a Rodovia dos Bandeirantes, em Itupeva (SP), é o único shopping aéreo do mundo e logo tornou-se um dos principais pontos de encontro de motociclistas do Brasil, além de sediar renomadas competições off-road.

De lá para cá, com restaurante e boutique ampliados, a Sacramento MotorSports ganhou força com a inauguração das concessionárias KTM Sacramento em Curitiba (PR), uma das quatro revendas “FlagShip” da marca austríaca de motocicletas no país, e Polaris Sacramento, com os UTVs e quadriciclos norte-americanos na loja do Shopping SerrAzul. A empresa ainda incentiva o esporte por meio da equipe Sacramento Racing, criada em 2013 e hoje chefiada pelo piloto e multicampeão off-road Nielsen Bueno. Para saber mais sobre a Sacramento MotorSports,acesse o site oficial.  


Sacramento Racing na terceira etapa do Campeonato Ga�cho de Enduro FIM
Cr�dito: Divulga��o

Vinicius Calafati, piloto da Sacramento Racing
Cr�dito: Janj�o Santiago/Mundo Pr

 

MIGUEL LOBO NOS SINGLE SEATERS

 

Single Seater Series – A nova aposta de Miguel Lobo

 

Depois de ter conquistado o título de Campeão Nacional de Velocidade da Classe C3, Miguel Lobo tem este ano mais uma época entusiasmante, embrenhando-se na participação na Single Seater Series, uma competição de monolugares de elevado nível competitivo e que lhe permitirá evoluir enquanto piloto.

 

O jovem de vinte e três anos iniciou a sua carreira no desporto automóvel em 2014 e desde o terceiro lugar que obteve na Rampa Capital do Móvel ao volante de um Aston Martin Vantage GT4 até ao título nacional conquistado o ano passado aos comandos de um Radical SR3 a sua evolução tem vindo a ser notável.

 

Miguel Lobo tinha como programa para 2016 a sua participação no Campeonato de España de Resistência aos comandos de um Porsche 911 GT3 Cup, tendo aparentemente todas as condições para disputar a competição do país vizinho de forma competitiva. No entanto, toda a situação se inverteu subitamente e o jovem de Paços de Ferreira ficou sem garantias de poder mostrar-se competitivo. “Quando entrei neste projecto pareciam estar reunidas todas as condições para que eu pudesse evoluir e desenvolver-me enquanto piloto, para além de me permitir bater pelas posições cimeiras. Contudo, fui confrontado com algumas situações que nos fizeram rever a nossa posição no projecto e a terminá-lo com efeito imediato”, sublinhou com convicção o jovem de vinte e três anos.

 

Com a temporada de automobilismo já em andamento, Miguel Lobo tinha que encontrar uma solução para continuar a sua carreira e para progredir enquanto piloto, concluindo que a participação na única competição de monolugares de Portugal ao volante de um Mygale SJ01 preparado pela Speedy Motorsport seria a melhora opção para o seu futuro imediato.

 

A Single Seater Series transporta no seu ADN as características que formaram pilotos como Pedro Matos Chaves, Pedro Lamy, Pedro Salvador ou José Pedro Fontes nos tempos da Fórmula Ford e já mostrou ser capaz de desenvolver novos talentos, como se verificou com César Machado ou Gonçalo Inácio.

 

“Com a temporada já em andamento, podia ser difícil encontrar uma competição interessante, competitiva e capaz de me permitir evoluir enquanto piloto, mas acabou por ser uma decisão fácil, uma vez que a época do Single Seater Series não tinha ainda começado. Foi simples chegar a um acordo com a Speedy Motorsport, equipa que conheço bem e com quem já partilhei triunfos. Julgo que temos reunidas todas as condições para podermos bater-nos de forma competitiva em todas as corridas de 2016 até por que beneficiarei da experiência do Pedro (Salvador) neste tipo de carros”, afirmou com confiança Miguel Lobo.

 

A época do Single Seater Series inicia-se já no próximo fim-de-semana no Circuito de Braga, sendo constituída por cinco eventos que visita também as pistas do Estoril, Algarve e Jerez de la Frontera.

 MLobo FT_16001_Copy

 

BALANÇO POSITIVO PARA A RP MOTORSPORT EM BRAGA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE CLÁSSICOS E LEGEND´S CUP

 

BALANÇO POSITIVO PARA A RP MOTORSPORT EM BRAGA



Uma vez mais a RP Motorsport esteve em bom plano no Circuito Automóvel CAM 1, onde a equipa liderada por Ricardo Pereira consegui um interessante conjunto de resultados.

Assim segundo Ricardo Pereira “ foi mais um fim de semana que terminou com um balanço positivo, no Campeonato Nacional de Clássicos, na 1ª corrida o Jorge Cruz ao volante do seu BMW 323, terminou  em  7º à geral, , primeiro no grupo H 81    e na categoria 4.Depois o Domingos Sousa Coutinho ao volante dos eu BMW 2.8, ficaria em 10º à geral, , segundo na categoria 2,  e terceiro na categoria H 71.Por seu lado Luis Sousa Ribeiro em Ford Cortina Lotus, ficou em 16ª na classificação geral, , primeiro na categoria H 65, e terceiro na categoria 1600. Na segunda corrida, Domingos Sousa Coutinho em BMW 2.8, seria o sétimo na classificação geral,, terceiro na categoria H 71 e terceiro na classe dois. Por sua vez o Jorge Cruz ao volante dos eu BMW 323 ficou logo atrás do Sousa Coutinho, sendo o primeiro na categoria 4, e o primeiro na H 81.Quanto ao Campeonato Nacional de Clássicos 1300 – HRC, o Nuno Soares ao volante do seu Datsun 1200, não teve  a sorte com ele sendo obrigado a parar com  um problema mecânico, sendo mais tarde resolvido para a prova do dia seguinte, onde o seu colega de equipa Luis Sousa Costa, subiu de novo ao pódio com a 3ª posição, ao volante do seu Datsun 1200.Finalmente na Legends Cup, o Alexandre Nogueira em Honda Integra acabou a 1ª corrida na terceira posição, e o Luis Império com o seu Citroen AX Sport quedou-se pela   21ª posição. Depois na segunda corrida, o Alexandre Nogueira ficaria em 4º, e o Luis Império em 24º à geral, por isso o balanço foi positivo, agora estamos a começar a preparar a prova em Vila Real, sem dúvida alguma o “ponto alto” da época da velocidade em Portugal”.



CLASSIFICAÇÕES FINAIS



Campeonato Nacional de Clássicos



1ª Corrida

 

1º Joaquim Jorge – Ford Escort

2º Rui Costa – Ford Escort

3º Rui Azevedo – Ford Escort

7º RP MOTORSPORT – JORGE CRUZ  - BMW 323

10º RP MOTORSPORT – DOMINGOS SOUSA COUTINHO  - BMW 2.8



2º  Corrida

 

1º Rui Costa – Ford Escort

2º Joaquim Jorge – Ford Escort

3º Rui Alves – Ford Escort

7º RP MOTORSAPORT – DOMINGOS SOUSA COUTINHO – BMW 2.8

8º RP MOTORSPORT – JORGE CRUZ – BMW 323


Campeonato Nacional de Clássicos 1300 – HRC


1º Corrida

 

Desistência Nuno Soares

 

2ª Corrida

 

1º Paulo Antunes – Datsun 1200

2º Pedro Gaspar – Datsun 1200

3º RP MOTORSPORT – LUIS SOUSA COSTA – DATSUN 1200


Legend´s Cup


1ª Corrida

1º João Novo – Ford Sierra RS 500

2º Herculano Antas – BMW M 3

3º ALEXANDRE NOGUEIRA – HONDA INTEGRA

21º LUIS IMPÉRIO – CITROEN AX SPORT


2ª Corrida

FOX 9445_CopyFOX 9708_Copy

1º João Novo – Ford Sierra RS 500

2º Herculano Antas – BMW M 3

3º E. Florindo – Toyota Carina E

4º ALEXANDRE NOGUEIRA – HONDA INTEGRA

24º LUIS IMPÉRIO – CITROEN AX SPORT

 

JOSÉ PEDRO GOMES QUER LUTAR PELA VITÓRIA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 – VALVOLINE

 

RAMPA DA COVILHÃ

 

JOSÉ PEDRO GOMES QUER LUTAR PELFOX 7682_CopyA VITÓRIA NA RAMPA DA COVILHÃ




Depois do excelente resultado alcançado na Rampa da Falperra, em que se classificou em segundo, José Pedro Gomes quer para a prova deste fim de semana a ter lugar na Rampa da Covilhã, quer lutar de novo pela vitória. Segundo o piloto advogado “ o comportamento do carro na Rampa  da Falperra melhorou de forma substancial, isso por  comparação com a Rampa da Penha, mas  mesmo debaixo daquelas condições atmosféricas, consegui a 2ª posição,  por isso, para esta prova estou confiante que vou ter o meu Ford Escort WRC com  melhores performances, e que me permita lutar pela vitória em termos de categoria. Tenho plena consciência que não irá ser uma tarefa nada fácil, mas os meus adversários, sabem que podem contar comigo. Como já referir, espero que o carro esteja a 101%, de forma a poder tirar partido das suas potencialidades, e com, isso permita-me lutar pela vitória, pois na prova anterior não estive muito longe”, disse-nos.

José Pedro Gomes irá fazer as verificações técnicas na manhã de sábado, estando previsto para a parte da tarde, as subidas de treinos, e uma subida oficial, passando as restantes para o dia de domingo.

 

SEGUNDO AS PREVISÕES DA PIRELLI

 

PIRELLI MONACO GRAND PRIX PREVIEW
Round 6 of 21
Monte Carlo, 26-29 May 2016

 The eagerly-anticipated P Zero Purple ultrasoft makes its debut in Monaco, alongside the P Zero Red supersoft and P Zero Yellow soft: the three softest tyres in the range. These will work well in the low-grip and low-speed conditions of the Monte Carlo street circuit, where the accent is always on mechanical grip from the tyres. Monte Carlo is such a legendary venue that there is little left to say about it that hasn’t been said already. It remains the most prestigious race on the calendar, and also one of the most unpredictable. 

THE CIRCUIT FROM A TYRE POINT OF VIEW:

  • The street circuit offers very little grip and a high degree of track evolution over the weekend.
  • Teams use a high-downforce set-up to ‘push’ the car onto the track as much as possible.
  • Wear and degradation is the lowest seen all year, making one-stop strategies possible even on soft compound tyres.
  • Tactics need to consider a high probability of the safety car and the difficulty of overtaking.
  • With little representative running of the ultrasoft up to now, free practice (on Thursday) is vital.
  • Lowest average speed of the year so tyre warm-up is a key skill for maximum performance.

THE THREE NOMINATED COMPOUNDS:

  • Yellow soft: unusually, it’s the hardest compound of the weekend. Not so many chosen.
  • Red supersoft: a favoured race tyre, capable of quite long stints in Monaco.
  • Purple ultrasoft: chosen by many teams; the default choice for qualifying and expected also in the race.

HOW IT WAS A YEAR AGO:

  • Winner: Rosberg (one stop: started on supersoft, changed to soft on lap 37 of 66).
  • Best-placed alternative strategy: Hamilton, second with two stops. Pitted from the lead to take on new supersofts during a late safety car, but admitted later that it was probably a mistake.
  • The vast majority of drivers made just one pit stop: including Sainz who finished 10th from last.

PAUL HEMBERY, PIRELLI MOTORSPORT DIRECTOR:                      

  • “Monte Carlo will mark the first race for our new purple ultrasoft tyre, which offers the maximum performance and technology that we can put into a compound. However, the large numbers of this compound nominated by the teams for the Monaco GP shows that it is a serious race tyre rather than just a ‘qualifying special’. With the unique conditions of Monaco, and its own specific timetable, the teams will be looking to get a thorough read on the characteristics of the new ultrasoft during free practice. Only then will we have an accurate idea of race strategy, although with the difficulty of overtaking, drivers will be looking to minimise their pit stops.”

WHAT’S NEW?

  • We’ll be hosting a special unveiling in Monte Carlo, which will provide an intriguing glimpse into the future. More details will be revealed when we get there.
  • There’s an impressive new race control tower now, which took months to build.
  • Depending on ultrasoft wear and degradation rates, we may see a multiple-stop Monaco GP.

OTHER THINGS THAT HAVE CAUGHT OUR EYE RECENTLY:

  • Max Verstappen. Can he repeat his stellar form of Barcelona in what is now his home race?
  • The Chinese GT championship, where Pirelli is now sole supplier in a burgeoning market.
  • F1 in-season testing has got underway last week, with Sebastian Vettel and his Ferrari emerging quickest in Barcelona.

TYRES NOMINATED SO FAR:

Purple Red Yellow White Orange
Australia Supersoft Soft Medium
Bahrain Supersoft Soft Medium
China Supersoft Soft Medium
Russia Supersoft Soft Medium
Spain Soft Medium Hard
Monaco Ultrasoft Supersoft Soft
Canada Ultrasoft Supersoft Soft
Azerbaijan Supersoft Soft Medium
Austria Ultrasoft Supersoft Soft
Great Britain Soft Medium Hard
Hungary Supersoft Soft Medium

alt

alt

 

TT NO BRASIL

 

Com determinação, Helena Deyama vence na Marathon Master o Rally Cuesta Off Road

Piloto paulista encarou a bordo do UTV Polaris RZR 900 o rali em Botucatu (SP) e mantém a liderança no campeonato

Helena Deyama, da Luart Rally/Brasil Off Road, mostrou mais uma vez que não está para brincadeira, e fez bonito frente aos adversários. Após dois dias de disputa, a bordo do UTV Polaris RZR 900, a piloto terminou a disputa com vitória na categoria Marathon Master, no sábado ficou com 1ª posição e, neste domingo, fechou o dia também com o melhor tempo em 2h07m16s.

Apaixonada pela região, Helena ainda se surpreende com as belezas da Serra do Cuesta. "É uma prova maravilhosa, com variedade de terrenos, que é um verdadeiro cross country. Tanto a organização, quanto a região nos receberam muito bem. A cidade nos dá força e apoio, por ser mulher na competição, em alguns trechos havia torcida", declarou a piloto, pioneira entre as mulheres no mundo de competições de alto nível do rali cross country e baja, sendo que neste mês completa 21 anos em provas fora de estrada.

Os dois dias contaram com radares e exigiu atenção redobrada. "Esse Cuesta, na minha opinião, foi um rali muito legal. Na especial de ontem era muita chuva e é bom ter trecho desafiador, não pode cometer erros, o carro escorrega bastante. E, hoje, foi fantástico, porque o piso não secou completamente e então não tinha nada de poeira, alguns trechos lisos outros rápidos e, como já conhecemos o percurso tem confiança de acelerar mais", complementou.

O UTV RZR 900 (#112) correspondeu bem as expectativas e superou todos obstáculos, esteve perfeito. "Gosto de provas assim, exigentes, nas quais preciso da máxima concentração. Estou muito feliz por conseguir desempenhar as duas funções de navegador e de piloto e, vencer na minha categoria mais uma vez. Foi um fim de semana perfeito, me diverti muito pilotando meu RZR 900 neste belo rali, e estando junto com todos os meus amigos nesta semana do meu 'niver'", comemorou Helena Deyama.

Segundo a piloto paulistana, o Rally Cuesta - válido pelo Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country-, é uma das melhores competições do país. "Sem dúvida de altíssimo nível. O Henrique Arena (organizador) está de parabéns, pois conseguiu montar uma prova excelente aqui em Botucatu com um evento tradicional na cidade, não houve cancelamento de trechos e não teve atrasos. Estou com a sensação de dever cumprido, e de ter feito o meu melhor", finalizou.

Helena Deyama conta com patrocínio da Polaris e apoio da Academia Bio Ritmo, Luart Rally, Fontoura Dias Stands,Motul e Brasil Off Road.

Calendário do Campeonato Brasileiro de Rally Baja 2016:

1ª e 2ª etapas - 06/03 - Rally de Barretos
3ª e 4ª etapas - 20/03 - Rally da Ilha
5ª e 6ª etapas - 22/05 - Rally Cuesta Off Road

7ª etapa - 02/07 - Rally Baja Jalapão
8ª e 9ª etapas - 30 e 31/07 - Rally Rota SC
10ª e 11ª etapas - 06/11 - Rally Rota Sudeste
12ª e 13ª etapas - 10/12 - Rally dos Amigos

 

O próximo desafio será o Rally Baja Jalapão500 (Gustavo Epifanio/DFotos)

O próximo desafio será o Rally Baja Jalapão500 (Gustavo Epifanio/DFotos)
Alta  | Web

UTV Polaris RZR 900 inscrito na categoria Marathon Master (Luciano Santos/DFotos)

UTV Polaris RZR 900 inscrito na categoria Marathon Master (Luciano Santos/DFotos)
Alta  | Web

Pódio da categoria Marathon Master (Doni Castilho/DFotos)

Pódio da categoria Marathon Master (Doni Castilho/DFotos)
Alta  | Web

As duas etapas do Brasileiro marcou a décima edição do Rally Cuesta Off Road (Gustavo Epifanio/DFotos)

As duas etapas do Brasileiro marcou a décima edição do Rally Cuesta Off Road (Gustavo Epifanio/DFotos)
Alta  | Web

Helena Deyama participou de nove das dez edições do Rally Cuesta Off Road (Luciano Santos/DFotos)

Helena Deyama participou de nove das dez edições do Rally Cuesta Off Road (Luciano Santos/DFotos)
Alta  | Web


 

LUCAS DI GRASSI NA FORMULA E

 

Em bela corrida de recuperação, Lucas di Grassi cumpre objetivo em Berlim com mais um pódio

Brasileiro esteve sete vezes entre os três primeiros - com três vitórias - em oito corridas e parte para corridas finais em Londres com um ponto de vantagem na liderança do campeonato

Com cinco ultrapassagens em corrida bastante disputada, Lucas di Grassi cumpriu seu objetivo de somar o maior número possível de pontos e terminou em terceiro lugar o e-Prix de Berlim, oitava e antepenúltima prova da temporada da Fórmula E, disputada na manhã deste sábado (21) nas ruas da capital alemã.

A vitória ficou com Sébastien Buemi, ainda confirmando o status de melhor carro por parte da Renault e.Dams. O resultado fez o suíço diminuir sua desvantagem em relação ao brasileiro de 11 para apenas um ponto a duas corridas do final - na rodada dupla marcada para os dias 2 e 3 de julho em Londres.

"Foi bem difícil, tivemos estratégias diferentes. Fui prejudicado quando o (Jean-Eric) Vergne danificou a asa dianteira de seu carro e perdi muito tempo. O safety car dificultou um pouco mais porque tínhamos mais energia para forçar mais o ritmo no final, e isso acabou equalizando as coisas para quem tinha menos energia", afirmou Lucas após a prova.

Depois de um qualifying em que Lucas foi sorteado para fazer sua volta rápida ainda no primeiro grupo, quando a pista ainda estava suja e pouco emborrachada, o brasileiro havia conseguido apenas a décima colocação no grid, mas acabou sendo promovido para a oitava posição com as punições a Bruno Senna e Nick Heidfeld - que largariam em quarto e quinto, respectivamente - por motivo de inconformidade com a pressão de pneu estabelecida por regulamento.

"Na Malásia larguei em sexto e sétimo em Buenos Aires. Não era a posição que queríamos, mas a corrida é longa, vamos fazer o melhor para somar o maior número de pontos. Paris era difícil de ultrapassar e aqui parece mais fácil por causa da largura da pista", prometeu Lucas antes da corrida. Promessa cumprida.

Já na largada o piloto da ABT Schaeffler Audi Sport ganhou duas posições e completou a primeira volta na sexta posição. No 12º giro, Lucas passou ao quinto lugar depois que Sam Bird foi obrigado a ir aos boxes para trocar o bico do carro da Virgin DS.

A estratégia de Lucas baseou-se na economia de energia na primeira metade da prova: o brasileiro mantinha um ritmo sempre com quatro ou 5% a mais de energia nas baterias em relação aos líderes, o que permitiu ao paulistano dar uma volta extra antes do pit stop para a troca de carro.

Seus adversários à frente pararam na volta 25, enquanto Di Grassi completou uma volta extra em ritmo forte para tentar ganhar colocações após a parada. Deu certo: o piloto Eurobike ganhou uma posição e reapareceu em quarto lugar, garantindo mais pontos importantes na disputa do campeonato.

A 28ª volta da prova foi completada sob regime de bandeira amarela em toda a pista para que fossem retirados detritos do carro de Jean-Eric Vergne do meio da pista - que inclusive causaram uma rodada de Bruno Senna. Com 2% de energia a mais que os adversários à frente, Lucas di Grassi passou a atacar Nicolas Prost - companheiro de equipe de Sébastien Buemi na Renault e.Dams - pela terceira posição (e mais três pontos).

Di Grassi ascendeu ao terceiro lugar com bela ultrapassagem no hairpin sobre Prost, colocando-se atrás de seu companheiro de equipe Daniel Abt. O safety car teve de entrar na pista na volta 44 quando o carro de Loïc Duval bateu na curva 7 do circuito. A intervenção do carro de segurança eliminou a distância e a diferença de energia que separava os primeiros colocados, reabrindo a disputa a duas voltas do final.

No fim, os cinco primeiros mantiveram suas colocações, apesar dos ataques de Lucas ao companheiro de equipe Abt. O terceiro lugar trouxe mais 15 pontos para o brasileiro, que subiu ao pódio pela sétima vez em oito corridas na atual temporada. Embaixador da TAG Heuer, Di Grassi soma também três vitórias.

"Ainda estamos liderando por um ponto, e agora tudo vai para Londres. Foi uma prova muito boa, disputada como tem de ser, e a equipe está feliz em colocar os dois pilotos no pódio. O trabalho feito por todos, com o carro e a estratégia, foi excelente", concluiu.

A etapa final da Fórmula E é composta por uma rodada dupla. Londres, na Inglaterra, recebe a definição do campeonato nos dias 2 e 3 de julho. Antes, porém, o piloto Audi Sport torna suas atenções completamente à disputa da terceira etapa do Campeonato Mundial de Endurance (FIA WEC) nos dias 18 e 19 de junho, nas tradicionais 24 Horas de Le Mans - categoria na qual ele venceu a prova de anterior de seis horas na Bélgica.

Na França, Lucas é o dono do melhor resultado geral de um piloto brasileiro na prova: um segundo lugar conquistado em 2014, que ele busca melhorar para escrever seu nome na história e ser o primeiro representante do país a subir no alto do pódio da mais exigente prova de resistência do mundo.


Resultado do e-Prix de Berlim (Top-10):
1-) Sébastien Buemi (SUI/Renault e.Dams) - 48 voltas
2-) Daniel Abt (ALE/ABT Schaeffler Audi Sport) - a 1s767
3-) LUCAS DI GRASSI (BRA/ABT Schaeffler Audi Sport) - a 2s381
4-) Nicolas Prost (FRA/Renault e.Dams) - a 3s328
5-) Jean-Eric Vergne (FRA/Virgin DS) - a 4s927
6-) Robin Frijns (HOL/Andretti) - a 6s501
7-) Nick Heidfeld (ALE/Mahindra) - a 7s700
8-) Mike Conway (GBR/Venturi) - a 8s305
9-) Simona de Silvestro (SUI/Andretti) - a 12s473
10-) Stéphane Sarrazin (FRA/Venturi) - a 13s241

Classificação do Campeonato (Top-5):
1-) LUCAS DI GRASSI, 141 pontos;
2-) Sébastien Buemi, 140
3-) Sam Bird, 82
4-) Jerôme D’Ambrosio, 64
5-) Nicolas Prost, 62



ABT Schaeffler Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Por um ponto a duas provas do final. Lucas segue na liderança do campeonato
Alta | Web

ABT Schaeffler Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Brasileiro fez fantástica corrida de recuperação, partindo da oitava colocação
Alta | Web

ABT Schaeffler Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Para terminar em terceiro lugar
Alta | Web

ABT Schaeffler Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Sétimo pódio em oito corridas para o piloto da ABT Schaeffler Audi Sport
Alta | Web

ABT Schaeffler Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Pela segunda vez na temporada, os dois companheiros de equipe juntos no pódio
Alta | Web

ABT Schaeffler Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Buemi diminui vantagem, mas Di Grassi segue na liderança da disputa
Alta | Web

ABT Schaeffler Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
As duas etapas finais do campeonato acontecem em Londres dias 2 e 3 de julho
Alta | Web

 

MARTINE PEREIRA PRONTO PARA A RAMPA DA COVILHÃ

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 – VALVOLINE

 

MARTINE PEREIRA PRONTO PARA A RAMPA DA COVILHÃ


FOX 7847_Copy

Depois de duas provas em que o Lola T 70 de Martine Pereira se debateu com problemas na caixa de velocidades, ao que tudo indica, para a prova deste fim de semana na Rampa da Covilhã, esses problemas foram solucionados, como nos explicou o piloto de Vila Nova de Famalicão “ depois de todos os problemas que tive nas duas provas, o Sr. Miranda, que é a pessoa responsável pela preparação e manutenção  do meu carro, localizou que todo este problema estava na embraiagem que não aguentava o esforço solicitado. Por isso tivemos de pedir umas peças a um fornecedor nos Estados Unidos, essas mesmas peças já chegaram na passada sexta feira, irão ser montadas durante esta semana, e conto com isso ter o carro a 100%, para assim poder lutar por melhores posições nesta rampa. Para além  disso, quero também poder divertir-me o mais possível, e estar com os amigos, pois isso também é importante”.

Martine Pereira irá fazer as verificações técnicas no sábado de manhã tendo as subidas de treinos marcadas para sábado de tarde, e as subidas de prova para o dia de domingo.

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS01 Copy02 Copy03 Copy04 Copy05 Copy06 Copy07 Copy08 Copy09 Copy10 Copy11 Copy12 Copy13 Copy14 Copy15 Copy16 Copy17 Copy18 Copy19 Copy20 Copy

 

CIRCUITO DE BRAGA

 

Grupo de imagens da autoria do nosso amigo e colaborador Armindo Cerqueira da Foto GTI

 

DOMINGOS FERNANDES AUSENTE NA RAMPA DA COVILHÃ

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 – VALVOLINE

 

DOMINGOS FERNANDES AUSENTE NA RAMPA DA COVILHÃ



FOX 2968_Copy

O Autobianchi A 112 de Domingos Fernandes vai estar ausente na rampa da Covilhã. Segundo o piloto de Armamar “ com muita pena minha, gostava de estar presente, mas acontece que tenho um compromisso familiar a que não posso faltar, e como não posso estar nos dois locais ao mesmo tempo, tive de tomar esta decisão. Dê resto estarei à partida  da prova a seguir, a Rampa de Santa Marta de Penaguião”, conclui Domingos Fernandes.

 

`GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

LEGENDFOX 0035_CopyFOX 0036_CopyFOX 0037_CopyFOX 0038_CopyFOX 0040_CopyFOX 0041_CopyFOX 0042_CopyFOX 0043_CopyFOX 0045_CopyFOX 0046_CopyFOX 0049_CopyFOX 0050_CopyFOX 0052_CopyFOX 0053_CopyFOX 0054_CopyFOX 0057_CopyFOX 0058_CopyFOX 0059_CopyFOX 0061_CopyFOX 0065_CopyFOX 0066_CopyFOX 0067_CopyFOX 0068_CopyFOX 0069_CopyFOX 0070_CopyFOX 0071_CopyFOX 0072_CopyFOX 0073_CopyFOX 0074_CopyFOX 0075_CopyFOX 0076_CopyFOX 0078_CopyFOX 0079_CopyFOX 0081_CopyFOX 0082_CopyFOX 0090_CopyFOX 0091_CopyFOX 0092_CopyFOX 0093_CopyFOX 0094_CopyFOX 0095_CopyFOX 0097_CopyS CUP EM BRAGA

 

Mais um grupo de imagens da prova reservada aos Legend´s Cup.

 

Fotos de JOão Raposo - www.velocidadeonline.com

 

TT NO BRASIL

 

Rally Cuesta Off Road: Top Rally Team compõe grid em Botucatu e quer manter liderança

A 5ª e 6ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country será nos dias 20, 21 e 22 de maio

Pronta para mais uma etapa da temporada 2016 do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, a 10ª edição do Rally Cuesta Off Road, Top Rally Team, de Petrópolis (RJ), irá para a disputa no próximo final de semana em busca de melhorar a posição na classificação geral. Em Botucatu, interior paulista, os competidores oriundos de todas as partes do país terão dois dias de provas com percursos de aproximadamente 350 quilômetros de trechos cronometrados e deslocamentos.

A novidade fica por conta de Ivo Mayer na navegação, que estará a bordo do Mitsubishi L200 Triton ER ao lado do piloto Thiago Rizzo para as etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country e da 23ª edição do Rally dos Sertões. A equipe Top Rally Team é bicampeã do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country (2014/2015) e é campeã do Rally dos Sertões em 2015, na categoria Super Production.

"As expectativas são de terminar a prova no pódio, e tentar melhorar nosso desempenho. É uma prova com muitos saltos, diversidade de piso e alguns trechos travados e, é sempre bem desgastante para a mecânica e também a parte física. Mas é um estilo de prova que nos ajudará bastante na preparação para o Rally dos Sertões", diz o piloto Thiago Rizzo.

A novidade fica por conta de Ivo Mayer na navegação, que estará a bordo do Mitsubishi L200 Triton ER ao lado do piloto Thiago Rizzo para as etapas do Brasileiro e da 23ª edição do Rally dos Sertões. "Estou um pouco ansioso, o Rally Cuesta é uma etapa importante do campeonato , entretanto nosso objetivo também é o Rally dos Sertões", declarou o navegador, que encara com grande responsabilidade o desafio em Botucatu.

A equipe terá ainda no grid do Rally Cuesta Off Road as duplas formadas por Wellington Diogo da Costa e David Pereira.

A tradicional prova com passagens belíssimas pela Serra do Cuesta será válida pela 5ª e 6ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country para os carros. O grid terá aproximadamente 90 competidores entre motos, quadriciclos, UTVs e carros.

A equipe Top Rally Team, representante de Petrópolis (RJ), conta com o patrocínio da 3W Distribuidora de Malhas, Marcobrás Transportes e, apoio da Estravaganzza Jeans, AcquaSports Academia, Speedway Confecções, KNF Confecções e Posto Mineirão.

Classificação do campeonato na categoria Super Production:

Pilotos
1º) Cristian Domecg, 29 pontos
2º) Thiago Rizzo, 20
3º) Bartolomeu Nunes, 13
4º) Diogo Rocha Nasser, 12
5º) André Miranda, 10

Navegadores
1º) Weidner Moreira, 29 pontos
2º) Cadu Sachs, 20
3º) Du Sachs, 13
4º) Amaury Souza,12
5º) Caio Boscolo, 8

Programação Rally Cuesta Off Road 2016:

20/05 - Sexta feira
13h30 às 19h00 - Secretaria de Prova
Ginásio de Esportes Mário Covas
13h30 às 18h00 - Ginásio de Esportes Mário Covas
14h - Ação social do Projeto Ideia Fixa na EMEF Professor Américo Virgínio dos Santos
20h00 - Briefing e lançamento do Evento (Carros) - Primar Plaza Hotel (Jantar Opcional)

21/05 - Sábado - 1ª Prova
07h00 às 7h30 - Secretaria de Prova (Ginásio de Esportes Mário Covas)
08h00 - Largada 1ª Moto no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas)

10h00 - Largada 1º Carro no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas)
15h30 - Super Prime (Pista anexa ao Ginásio de Esportes Mário Covas)
20h30 - Briefing - carros e caminhões - (Primar Plaza Hotel - Jantar opcional)

22/05 - Domingo - 2ª Prova
07h00 - Largada 1ª Moto no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas)
09h30 - Largada 1º Carro no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas)
15h00 - Premiação (Primar Plaza Hotel - Almoço opcional)

Calendário do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country

Etapa 1 e 2 - 5 e 6/3 - Rally de Barretos
Etapa 3 e 4 - 21 a 24/4 - Rally RN 1500

Etapa 5 e 6 - 21 e 22/5 - Rally Cuesta Off Road
Etapa 7 e 8 - 30 e 31/07 - Rally Rota SC
Etapa 8 e 9 - 3 a 10/9 - Rally dos Sertões
Etapa 10 e 11 - 5 e 6/11 - Rally Rota Sudeste
Etapa 12 - 10/12 - Rally dos Amigos

 

O piloto Thiago Rizzo segue na vice liderança do campeonato (Gustavo Epifanio/DFotos)

O piloto Thiago Rizzo segue na vice liderança do campeonato (Gustavo Epifanio/DFotos)
Alta  | Web

O Rally Cuesta começa na sexta-feira (20) com vistorias e briefing (Gustavo Epifanio/DFotos)

O Rally Cuesta começa na sexta-feira (20) com vistorias e briefing (Gustavo Epifanio/DFotos)
Alta  | Web

Equipe de Petrópolis quer se manter à frente na classificação do campeonato (Doni Castilho/DFotos)

Equipe de Petrópolis quer se manter à frente na classificação do campeonato (Doni Castilho/DFotos)
Alta  | Web



 

TCR EM IMOLA

WestCoast Racing welcomes Grachev and Menu in TCR International reshuffle

Russian driver Mikhail Grachev and experienced Swiss Alain Menu will join WestCoast Racing’s line-up from this weekend’s rescheduled fourth round of the TCR International Series at Autodromo Enzo e Dino Ferrari di Imola (22 May).
 
Grachev has been part of the series from the start of 2015 and moves over to WestCoast Racing-run Honda machinery in the hope of leveraging the team’s experience to move up the grid and deliver results he feels capable of.
 
Menu, a veteran of multiple FIA World Touring Car Championship appearances and victories, most notably with the works Chevrolet team, will make his return to the TCR International Series after sporadic outings with Subaru last season.
 
They replace Aku Pellinen who lies fourth in the Drivers’ standings after an impressive start to the season that includes a great maiden victory last time out at Circuit de Spa-Francorchamps.
 
Pellinen cites budget complications as the reason for his departure after his key sponsor was no longer able to commit to the series, while TCR regular and race winner, Kevin Gleason, has also been forced to step down while negotiations with a key backer continue.
 
The team’s lead driver, Gianni Morbidelli, will continue his title challenge from third position in the standings and just four points behind leader, Pepe Oriola.
 
WestCoast Racing/Sportpromotion Team Principal, Greger Petersson, welcomed Grachev to the fold, saying: “Mikhail (Grachev) has shown commitment to the TCR International Series and we are delighted that he sees WestCoast Racing as a team that can help him meet his racing goals. And with Alain (Menu) we add great experience in touring cars that will be a benefit to any team.
 
“Of course, we are very disappointed to have lost the services of Aku (Pellinen) and Kevin (Gleason), with Aku showing great speed and promise and Kevin having delivered wins for the team in the TCR International Series. But this is the reality of motorsport where commercial partners are needed to meet budgets and I hope both of them will be able to return to us and the series soon.”
 
Grachev said: “For me it is important to grow as a racing driver and, in a team like WestCoast Racing and with experienced teammates like Gianni (Morbidelli) and Alain (Menu), I have that opportunity.”
 
Menu added: “It’s nice to be back in the TCR International Series and I am grateful for the opportunity I have been given. WestCoast Racing is one of the top teams in the championship with one of the front-running cars, so I am very much looking forward to it, although it will be tough, as I haven’t had an opportunity to test the Honda Civic ahead of what will be a single-day event.”

 

LINDE É NOTICIA

 

Linde Material Handling apresenta a automatização como um dos tópicos principais no World of Material Handling (WoMH)

 

A logística muda para o sistema automático

 

Aschaffenburg/Offenbach, 9 de maio de 2016 - Perante a oferta crescente de equipamentos de movimentação com deslocação e elevação autónomas, esboça-se uma mudança de paradigma: os limites entre o manual e o completamente automático esbatem-se cada vez mais. No evento para clientes no World of Material Handling (WoMH), a Linde Material Handling apresenta novas ideias e novos produtos no contexto da logística automatizada. Trata-se aqui de lançar um olhar sobre o futuro próximo e o futuro mais distante: Como é possível implementar a “smart factory”, a fábrica inteligente, e em que medida a automatização e a interligação estão relacionadas?

 

Um empilhador de corredor estreito recolhe uma palete de uma estante, pousa-a num ponto de transferência, onde esta é recolhida por um stacker, sendo depois depositada num tapete transportador após um breve trajeto de transporte. Depois de a palete seguir o curso do tapete transportador e chegar à outra extremidade, ela é recolhida por um Linde Factory Train em espera, que a transporta até outra estante – tudo isto acontece de forma completamente automática, sem que um condutor tenha de controlar os equipamentos. Com este ciclo de trabalho de várias etapas, a Linde mostra no WoMH o que já seria possível com equipamentos de movimentação autónomos e como é que uma transferência automatizada de cargas entre veículos autónomos pode ocorrer. Esta é uma visão para a “smart factory”, a fábrica inteligente do futuro. E a Linde já está, com a sua gama de produtos, a caminho deste futuro.

 

O assunto do futuro: a interação entre vários equipamentos

“Rebocar, transportar, armazenar – teremos uma solução automatizada para todas as categorias”, afirma Tobias Zierhut, Head of Product & Service Marketing da Linde MH. Muitas aplicações constituirão, no futuro, um sistema interligado. Zierhut está convencido de que “A interação completamente automatizada entre vários modelos de equipamentos é um tema do futuro, especialmente na ligação entre produção e espaço de armazém.” Incluindo uma integração no Warehouse Management, onde os dados são avaliados, ordens de condução são geradas e onde os colaboradores têm uma visibilidade permanente da posição de todos os equipamentos ou mercadorias.

 

O empilhador de corredor estreito ampliará a frota automatizada

Simultaneamente, desenvolvem-se, sobretudo na logística do armazém, cada vez mais combinações entre equipamentos de movimentação controlados manualmente e sistemas de transporte e de estantes completamente automatizados. Um outro elemento é o empilhador de corredor estreito K-MATIC, que será apresentado no WoMH como pré-estreia: com o novo equipamento “driven by Balyo” da Linde Robotics, que deverá chegar ao mercado no final do ano, a área de trabalho da frota autónoma da Linde expande-se ao nível vertical. O empilhador automático para corredores estreitos desloca-se pela estante através de um guiamento por carris ou fio de guia e recolhe ou descarrega mercadorias dos dois lados. Assim que tiver de mudar de corredor durante o trabalho, ele desloca-se sem guiamento mecânico através de geonavegação. “Existe uma clara tendência para corredores estreitos na Europa devido aos preços crescentes dos terrenos e à grande rotatividade de mercadorias”, afirma Zierhut. “A automatização oferece aos nossos clientes a possibilidade de conseguir outros aumentos da eficiência.” Corredores estreitos, densidades de carga elevadas e alturas de elevação de 12 metros e superiores representam o ambiente ideal para o K-MATIC da Linde. O order-picker para estantes altas é o quinto modelo da frota Linde Robotics, que abrange já dois stackers de grande elevação (L-MATIC), um trator de reboque (P-MATIC) e um porta-paletes (T-MATIC).

 

Os clientes querem introduzir os sistemas autónomos gradualmente

“A automatização não será a única solução para todos os desafios logísticos futuros, mas desempenhará um papel importante”, afirma Massimiliano Sammartano, Vice President de Sales & Service Marketing & Operations, Linde MH. A médio prazo, o programa deve, por isso, continuar a ser desenvolvido. A particularidade dos equipamentos da linha Linde Robotics é a geonavegação, através da qual os equipamentos conseguem orientar-se livremente no espaço sem qualquer outra infraestrutura. Outras vantagens da frota MATIC consistem no seu elevado potencial para a interligação com máquinas e instalações, a elevada segurança rodoviária através de componentes como sensores, scanners e câmaras, bem como a possibilidade de alternar a qualquer momento entre a condução autónoma e a operação manual. “Por parte do cliente, existe um grande interesse em soluções automatizadas que possam ser integradas gradualmente na logística operacional existente”, diz Zierhut. E a Linde oferece a solução perfeita para o efeito.

 

Tendências de futuro: interligação, automatização, individualização, sistemas energéticos

 

Sob o lema "Linked Perspectives", o WoMH dá resposta aos maiores temas do futuro na área da logística: paralelamente à individualização, também a interligação, a automatização e os sistemas energéticos são abordados. “A logística interna será cada vez mais interligada, digitalizada e automatizada”, afirma Sammartano. Em 12 000 metros quadrados encontram-se áreas de exposição, apresentações em 3D, fóruns de especialistas, amostras de produtos e áreas de experiências. Os conteúdos podem ser esclarecidos em dinâmicas de grupo ou descobertos individualmente. "Depois do espetáculo de desempenho abrangente de há dois anos, este ano concentrámo-nos nos quatro grandes campos de competências, que num futuro próximo irão desempenhar um papel decisivo para os nossos clientes", diz Manfred Höhn, Head of Marketing Communication and Branding.

 Linde WoMH_-Automatizacao1_Copy

 

CRN COMPETITION

 

Dakar Series

Merzouga Rally

21 a 27 de Maio

 

CRN Competition no Merzouga Rally

Fausto Mota e Rui Oliveira no primeiro grande teste para o Dakar

Arranca hoje mais uma edição do Merzouga Rally, competição de Todo-o-Terreno que se disputa em Marrocos, exclusivamente para Moto, Quad e UTV e que este ano tem a particularidade de fazer parte do calendário das Dakar Series. Uma prova que é encarada por todos como um grande teste para o Dakar 2017 tendo em conta não só a exigência da sua navegação como também o facto de estar em jogo uma inscrição para o Dakar.

 

A equipa CRN Competition participa no Marzouga Rally com naturais ambições de ver os seus pilotos terminarem bem classificados. Tanto Fausto Mota, que recentemente competiu em Marrocos mas no Titan Desert, como Rui Oliveira que em 2015 foi 3º na Taça do Mundo de Bajas são pilotos com experiência em navegação e que se têm preparado afincadamente para o Dakar 2017.

 

Para Fausto Mota “esta é uma prova muito exigente, recheada de bons pilotos e que vamos encarar com muito rigor e naturalmente com alguma ambição, salienta o piloto de Marco de Canaveses que, tal como o seu companheiro de equipa já participou com sucesso na edição do Dakar 2011.

 

Para Rui Oliveira “esta é seguramente uma das melhores oportunidades de treinar, competindo a sério, tendo em vista o Dakar 2017. Estão aqui reunidos todos os elementos que valorizam uma prova: Pistas rápidas, dunas, navegação, muita dureza e uma longa lista de inscritos. A minha principal preocupação é não cometer erros dando o máximo todos os dias.

 

A equipa CRN Competition inscreve ainda, neste Merzouga Rally, Pedro Oliveira que também vai participar no Dakar 2017 e o espanhol Oscar Romero.

 

Ontem e hoje realizam-se as verificações administrativas e técnicas estando o arranque desportivo previsto para as 18 horas com a disputa do prólogo.

 

Acompanhe Fausto Mota em www.facebook.com/motafausto

Mais informações sobre a prova em www.afriquiamerzougarally.com Equipa Fausto_e_Rui_2_Copy

 

GALERIA DE IMAGENS - CIRCUITO BRAGA 1

GALERIA DE IMAGENS

 

CAMPEONATO NACIONAL DE VIATURAS DE TURISMO

 

CIRCUITO CAM 1

 

Fotos de JoFOX 0002_CopyFOX 0004_CopyFOX 0005_CopyFOX 0006_CopyFOX 0017_CopyFOX 0019_CopyFOX 0020_CopyFOX 0023_CopyFOX 0024_CopyFOX 0025_CopyFOX 0026_CopyFOX 0027_CopyFOX 0028_Copyão Raposo - www.velocidadeonline.com

 

VAIRINHOS REGRESSA

 

Finalmente!

João Vairinhos, já pode voltar a correr em provas oficiais da FPAK

 

 

Finalmente fez-se justiça! João Vairinhos alcançou a sua mais importante vitória. Um triunfo significativamente superior a todos aqueles que alguma vez poderá alcançar na sua carreira desportiva no karting. O jovem piloto vai poder competir e voltar a disputar, como piloto federado, as provas oficiais do Campeonato Nacional.

 

Esta situação estava-lhe negada pelo Tribunal de Família e Menores da Amadora na sequência de uma disputa parental. No recurso então interposto pelo pai para o Tribunal da Relação solicitando que o jovem fosse ouvido a este respeito a proibição manteve-se com o caricato de terem sido as provas federadas o alvo principal alegando perigosidade, situação que, na altura, foi motivo de uma tomada de posição da FPAK.

 

Uma situação que foi agora revertida por via do enorme profissionalismo dos advogados Dr. Diogo Barreiros e Dr.ª Isabel Seatra Camelo da sociedade de advogados Barreiros & Associados, que aconselharam o João a tomar a iniciativa processual.

 

Com efeito, após a entrada em vigor da Lei 141/2015 de 8 de Setembro ( Regime Geral do Processo Tutelar Cível), a iniciativa processual cabe, também, nos termos do art. 17º, à criança com idade superior a 12 anos. A Lei dispõe ainda que é obrigatória a nomeação de advogado à criança quando os interesses do menor e de algum dos progenitores sejam conflituantes e ainda quando a criança com maturidade adequada o solicitar ao tribunal.

 

Numa estreita colaboração do João com o Dr. Diogo Barreiros e a Drª Isabel Seatra Camelo, da Barreiros & Associados foi então instruído este novo processo.Fica também o agradecimento e reconhecimento especial à Drª Ana Rita Barroca, advogada oficiosa nomeada para representar os interesses do menor na conferência de pais, que decorreu no tribunal de família e menores da Amadora.

 

Termina assim um caso, que ficará para a história na medida em que João Vairinhos, foi o primeiro menor em Portugal a ser requerente de um Processo contra os pais, que foi defendido por um advogado.

 

João Vairinhos, começou a andar de kart em 2008, quando tinha apenas 5 anos. Em 2012 iniciou-se no Karting de Competição, por ter sido o grande vencedor de um concurso de captação de “Jovens Talentos” para a modalidade organizado pelo Jornal Autosport e pela Escola de Karting do Oeste.Joo Vairinhos_Copy

 

RALIS NO BRASIL

 

Rally Cuesta Off-Road: evento histórico será no próximo final de semana em Botucatu

Em sua 10ª edição, prova será carimbada como evento tradicional no centro-oeste paulista

O Rally Cuesta Off-Road é esperado por competidores de diversos estados brasileiros e já se firmou no calendário do off-road nacional. Faltando três dias para a largada da 10ª edição, pilotos e navegadores inscritos no rali fazem contagem regressiva para a competição. A prova reúne em Botucatu (SP) entre os dias 20 e 22 de maio as modalidades motos, quadriciclos, UTVs e carros em uma disputa que promete levantar muita poeira no interior de São Paulo.

Contando pontos para o Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country de Velocidade e Baja, muitas equipes estão preparadas para brigar por preciosos pontos, além de testar equipamentos e os veículos como preparação para o Rally dos Sertões 2016 no certame que terá um percurso total de 350 quilômetros, em duas etapas - sábado e domingo, passando pela Serra da Cuesta e propriedades de reflorestamento de eucalipto.

Ao lado do experiente piloto Glauber Fontoura, a navegadora Minae Miyauti (Equipe FD Racing Team), tentará a vitória na categoria Pro Brasil. Em sua segunda participação na prova, e agora a bordo de uma Triton SR, ela parte otimista para o rali. "A expectativa é muito boa, pois já corri o Cuesta e foi minha segunda prova de cross country, ao lado de Cristiano Camargo, mas teve um gosto muito especial, pois foi com vitória na categoria. O objetivo é de superar as adversidades e cumprir com louvor o trajeto, e claro, com o menor tempo da categoria", destacou Minae.

A equipe Top Rally Team fundada em 2014, conta com três carros este ano e todos inscritos na Super Production e acumula excelentes resultados nas duas primeiras etapas da temporada. "Essa é uma prova de excelente organização, muito bem planejada, e isso nos permite maior confiança para acelerar e dar o nosso máximo. O objetivo é testar os três veículos da equipe e suas duplas para o desafio mais aguardado do ano, o Rally dos Sertões", contou Thiago Rizzo de Petrópolis (RJ).

A dupla da Microcity Rally, Luiz Carlos Nacif e Filipe Bianchini de Oliveira participam do Rally Cuesta inscrita na categoria Protótipo T1 quer aprimorar a confiabilidade da Range Rover Evoque. "Estamos confiantes e queremos beliscar uma boa posição para o Campeonato Brasileiro", afirmou o navegador Filipe Bianchini, 26 anos, de Brasília (DF).

Paulo Pichini, equipe Go2neXt Offtech Rally Team, também utilizará a prova como teste preparatório para o Rally dos Sertões. "Não só colocaremos à prova o veículo, mas testaremos também todas as tecnologias de IoT que levaremos para o evento", explicou o piloto que preparou uma versão aperfeiçoada desta tecnologia para este ano.

A Go2neXt, foi a primeira empresa brasileira de integração e construção de ambientes de computação em nuvem, a levar a tecnologia IoT para as trilhas e competições off road do Brasil. "O veículo estará repleto de sensores IoT que transmitem dados online sobre os medidores do carro (temperatura, pressão, consumo, entre outros) e sua localização geográfica; permitindo a análise dessas estatísticas, trazendo precisão e rapidez às decisões da equipe sobre como vencer os desafios de cada dia do Rally dos Sertões", enfatizou Paulo.

"Em uma competição como o Rally Cuesta, que envolve lindas paisagens e dificuldades como trechos de Serra, reflorestamento de eucalipto, terrenos variados com obstáculos, pedras, lombadas, poças, areia, terra e grama. Nossa primeira meta é competir em alto nível, buscando ótima colocação na prova", disse o piloto de 51 anos do Evoque/Protótipo T1, com cinco participações no Rally Cuesta e terá como navegador Paulo Simões (41 anos).

SUPER PRIME

A Arena Promoções e Eventos, organizadora do rali, finaliza os últimos ajustes antes da largada inicial. "Teremos novamente a super pista para o Super Prime no sábado à tarde, ao lado do parque de apoio, acompanhando o relevo da Cuesta será um show a parte", contou o diretor de prova, Henrique Arena.
As inscrições permanecem abertas e para confirmar uma vaga no Rally Cuesta Off-Road é só acessar www.rallycuesta.com.br.

O 10º Rally Cuesta Off-Road é uma realização da Prefeitura Municipal de Botucatu e organização da Arena Promoções e Eventos, válido para a 5ª e 6ª provas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country de Velocidade e Baja para carros, caminhões, motos, quadriciclos e UTVs. Tem patrocínio de Can-Am, Penna Off-road e Primar Hotel. Supervisão da CBA - Confederação Brasileira de Automobilismo, da CBM - Confederação Brasileira de Motociclismo e da FASP - Federação Paulista de Automobilismo.

Programação Rally Cuesta Off Road 2016:

20/05 - Sexta feira
13h30 às 19h00 - Secretaria de Prova
Ginásio de Esportes Mário Covas
13h30 às 18h00 - Ginásio de Esportes Mário Covas
Vistoria Motos , Quadris e UTV
Vistoria CBA: Carros e Caminhões
Local: Ginásio de Esportes Mário Covas
14h00 às 15h30 - Apresentação Protótipo-T1
- Apresentação Production-T2
- Apresentação Super Production e Pró Brasil
- Apresentação Caminhões
17h00 - Apresentação 2ª vistoria (com multa - 1 UP)
19h30 - Briefing e lançamento do Evento (Moto, Quadri e UTV) - Primar Plaza Hotel (Jantar Opcional)
20h00 - Briefing e lançamento do Evento (Carros e Caminhões) - Primar Plaza Hotel (Jantar Opcional)

21/05 - Sábado - 1ª Prova
07h00 às 7h30 - Secretaria de Prova (Ginásio de Esportes Mário Covas)
07h00 às 7h30 - vistoria motos, quadris, UTV (Ginásio de Esportes Mário Covas)
08h00 - Largada 1ª Moto no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas).
08h30 - Largada 1ª Moto na especial.
10h00 - Largada 1º Carro no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas).
10h30 - Largada 1º Carro na especial.
15h30 - Super Prime (Pista anexa ao Ginásio de Esportes Mário Covas)
19h30 - Briefing motos, quadris e UTVs (Primar Plaza Hotel - Jantar opcional)
20h30 - Briefing - carros e caminhões - (Primar Plaza Hotel - Jantar opcional)

22/05 - Domingo - 2ª Prova
07h00 - Largada 1ª Moto no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas).
07h30 - Largada 1ª Moto na especial.
09h30 - Largada 1º Carro no parque de apoio (Ginásio de Esportes Mário Covas).
10h00 - Largada 1º Carro na especial.
15h00 - Premiação (Primar Plaza Hotel - Almoço opcional)

Hotel Oficial:
Primar Plaza Hotel
Rua José Freire Villas Boas, 468 - Botucatu - SP
Fone/Fax: (14) 3815-3177

 

Serão dois dias de disputas válidas para o Brasileiro de Cross Country e Baja (Divulgação)

Serão dois dias de disputas válidas para o Brasileiro de Cross Country e Baja (Divulgação)
Alta  | Web

A etapa marca a décima edição do Rally Cuesta Off Road (Doni Castilho/DFotos)

A etapa marca a décima edição do Rally Cuesta Off Road (Doni Castilho/DFotos)
Alta  | Web

As atividades do Rally Cuesta terão início na sexta-feira (20/05) com vistorias (Divulgação)

As atividades do Rally Cuesta terão início na sexta-feira (20/05) com vistorias (Divulgação)
Alta  | Web

As provas exigiram muita destreza dos pilotos e navegadores (Divulgação)

As provas exigiram muita destreza dos pilotos e navegadores (Divulgação)
Alta  | Web

 

SURF NO BRASIL

 

Terceiro no Rio Pro, Mineirinho evolui sete posições no ranking mundial

Campeão Mundial agradece carinho do público local no Postinho e em Grumari e se diz satisfeito com desempenho na etapa brasileira da WSL

Atual campeão mundial de surf, Adriano de Souzarepresentou no Oi Rio Pro. Vencedor da etapa em 2011, Mineirinho chegou muito perto da final do Rio Pro ao ficar em terceiro lugar, atingindo as semifinais e perdendo apenas para o campeão da etapa, o havaiano John John Florence.

O resultado, seu melhor na temporada até o momento, elevou Mineirinho ao sexto lugar no ranking mundial com 15.200 pontos - um salto considerável de sete posições em relação à etapa anterior, disputada em Margaret River. Com grandes atuações (uma média de 13.86 pontos por bateria), o surfista do Guarujá levantou os torcedores presentes na areia e manteve o bom retrospecto na etapa brasileira ao terminar pela quinta vez entre os cinco melhores, sendo um dos nomes mais concorridos pela mídia e pelos fãs.

"Foi um grande campeonato. Parabéns Oi e World Surf League por proporcionarem essa grande oportunidade aos fãs de estarem perto de seus ídolos. Obrigado a todos que compareceram ao Postinho e a Grumari pelo apoio; os locais nos receberam super bem. Parabéns ao Gabriel Medina, que foi sem dúvidas o atleta a ser batido, e também ao vencedor John John Florence, que arrebentou. Obrigado ao mestre Leandro Dora, meu treinador, que foi fundamental para mim neste campeonato. Estou super cansado, foram altas bombas no Postinho, e saio satisfeito com meu desempenho e com o resultado. Valeu, Rio, até o ano que vem!", comenta o brasileiro, que volta a atuar a partir do dia 7 de junho, com a abertura da janela do Fiji Pro.

Adriano de Souza é apoiado por Hawaiian Dreams (HD), Red Bull, Oi, Mitsubishi Motors do Brasil, Oakley, XP Investimentos, G-Shock, JBL, Nossolar, Estácio e All It Host.

 

LINDE É NOTICIA

 

A Linde Material Handling apresenta tecnologia de iões de lítio e de células de combustível no WoMH

 

Energia total para as transmissões do futuro

Aschaffenburg/Offenbach, 9 de maio de 2016 – A disponibilidade dos empilhadores é um fator decisivo nos processos logísticos, pois tem um efeito direto sobre a eficiência dos processos. Sobretudo nos equipamentos elétricos, o sistema energético desempenha um papel central: os tempos de carga, a manutenção e a substituição das baterias consomem tempo. Os sistemas alternativos prometem um carregamento ou abastecimento rápido e uma melhor eficiência energética. No “World of Material Handling”, a Linde Material Handling apresenta desenvolvimentos inovadores em termos de tecnologia de iões de lítio e de células de combustível: paralelamente aos equipamentos de armazém, também estão presentes os primeiros empilhadores Linde com bateria de iões de lítio, bem como equipamentos movidos a células de hidrogénio, utilizados, por exemplo, na DB Schenker, Daimler ou BMW. Ambas as tecnologias melhoram a disponibilidade e, consequentemente, a produtividade na logística.

 

Os ciclos cada vez mais curtos determinam os processos na logística da empresa. Os períodos de inatividade originam atrasos dispendiosos: quando, por exemplo, é necessário carregar ou substituir a bateria de um equipamento. Este é o ponto fraco da convencional tecnologia de baterias de chumbo-ácido, que tem um efeito negativo sobretudo na operação em vários turnos. “Queremos disponibilizar ao cliente o sistema energético mais eficiente para a sua aplicação específica”, diz Christophe Lautray, Chief Sales Officer na Linde Material Handling. “Neste sentido, continuamos a promover o desenvolvimento das tecnologias que, com base na nossa experiência, sabemos que oferecem as maiores vantagens.”

 

Mais energia, carga mais rápida, maior segurança

 

Uma destas tecnologias é a bateria de iões de lítio. Este tipo de bateria é carregado por completo em pouco tempo (nos equipamentos de armazenamento da Linde, por exemplo, em uma ou duas horas) e a qualquer momento é possível uma carga intermédia sem que a vida útil da bateria seja prejudicada. Além disso, as baterias disponibilizam, de facto, cerca de 95% da energia acumulada, nomeadamente sem perdas no desempenho, quando o nível de carga diminui. Tudo isto faz com que sejam supérfluas as baterias suplentes e a substituição das baterias na operação em vários turnos, poupando assim tempo, espaço e dinheiro. As baterias de iões de lítio não emitem, além disso, quaisquer gases nocivos para a saúde durante a carga  e são isentas de qualquer manutenção. Os equipamentos podem, assim, ser carregados em qualquer local dentro da empresa, sendo possível abdicar da zona de acesso e do espaço destinado à sala de carga, e os colaboradores não têm de manusear ácidos. “Neste sentido, os equipamentos são especialmente adequados para a produção de géneros alimentares e para outras indústrias sensíveis”, explica Tobias Zierhut, Head of Product & Service Marketing na Linde.

 

Novos produtos: stackers e empilhadores contrapesados

 

Até à data, a Linde fornece porta-paletes, order-pickers e tratores de reboque com bateria de iões de lítio. No WoMH, a empresa apresenta agora uma stacker e um empilhador contrapesado com capacidades de carga entre 1,4 e 1,8 toneladas, equipados com esta inovadora tecnologia. Para maiores capacidades, a Linde desenvolveu, paralelamente às baterias de 24 volts já disponíveis, um outro tamanho com uma tensão nominal de 48 volts. Dependendo do tipo de utilização, o operador pode escolher entre dois tamanhos de bateria e dois carregadores diferentes, com uma potência de 9 ou 18 kW.  

 

Meticulosa integração no sistema

 

“Durante o desenvolvimento, demos especial importância à meticulosa integração do equipamento, do sistema da bateria e do carregador no sistema, por forma a garantir um elevado nível de eficiência e segurança”, salienta Tobias Zierhut. As baterias e os carregadores foram desenvolvidos especialmente para a utilização em equipamentos de movimentação de cargas. A estrutura modular e celular e o tipo de construção do compartimento da bateria fazem com que estas baterias estejam particularmente protegidas. “Além disso, a bateria comunica com o empilhador ou com o sistema de carga, transmitindo, entre outras, informações sobre o estado exato da bateria em horas e minutos, bem como sobre eventuais anomalias”, explica Zierhut. Os sensores de choque permitem que a bateria seja colocada no estado de segurança em caso de impactos muito fortes.

 

A Linde alargará continuamente a sua gama de equipamentos elétricos com baterias de iões de lítio e prosseguirá igualmente com o desenvolvimento da tecnologia de carga: no futuro, os equipamentos com bateria de iões de lítio deverão poder ser carregados também de forma indutiva. Para isso, apenas terão de ser colocados sobre uma placa de carga. O princípio de funcionamento deste sistema é demonstrado no WoMH. Os visitantes podem, aliás, não apenas ver os equipamentos com bateria de iões de lítio como também conduzi-los numa pista de ensaio.

 

A célula de combustível – limpa e eficiente

 

A par da bateria de iões de lítio, a Linde trabalha também intensivamente no desenvolvimento contínuo da célula de combustível como sistema energético alternativo: os empilhadores e os equipamentos de armazém movidos a hidrogénio da Linde comprovaram o seu desempenho em várias aplicações de longa duração em clientes como a DB Schenker, a BMW e a Daimler. No WoMH, a Linde apresenta, entre outros, um porta-paletes T 20 SP, utilizado durante três anos numa operação de vários turnos num terminal de carga da DB Schenker em Linz. “As vantagens da célula de combustível revelam-se sobretudo em aplicações intensivas, uma vez que o sistema fica abastecido em apenas alguns minutos”, diz Tobias Zierhut, Head of Product & Service Marketing. “A tecnologia do hidrogénio já é utilizada atualmente de forma económica em determinadas condições e, se o hidrogénio for produzido a partir de recursos renováveis, então é também, no que se refere à sustentabilidade, uma verdadeira alternativa à tecnologia convencional.” No WoMH, os visitantes poderão obter todo o tipo de informações e aconselhamento sobre os desenvolvimentos ainda possíveis para continuar a reduzir os custos, e a forma como as empresas podem criar uma produção de hidrogénio sustentável, bem como a infraestrutura necessária para o respetivo abastecimento.

 

Tendências de futuro: interligação, automatização, individualização, sistemas energéticos

 

Sob o lema "Linked Perspectives", o World of Material Handling dá resposta aos maiores temas do futuro na área da logística: paralelamente aos sistemas energéticos, também são abordadas a interligação, a individualização e a automatização. “A logística interna será cada vez mais interligada, digitalizada e automatizada”, conclui Massimiliano Sammartano, Vice President de Sales & Service Marketing & Operations na Linde. Em 12 000 metros quadrados encontram-se áreas de exposição, apresentações em 3D, fóruns de especialistas, amostras de produtos e áreas de experiências. Os conteúdos podem ser esclarecidos em dinâmicas de grupo ou descobertos individualmente. "Depois do espetáculo de desempenho abrangente de há dois anos, este ano concentrámo-nos nos quatro grandes campos de competências, que num futuro próximo irão desempenhar um papel decisivo para os nossos clientes", diz Manfred Höhn, Head of Marketing Communication and Branding.

 Linde Sistemas_energeticos-WoMH_Copy

 

MEGRE NO TOP TEN

 

Dakar Series 

Merzouga Rally

21 a 27 de Maio

 

David Megre no Top 10 do prólogo marroquino

 Luís Portela de Morais foi o 12º

 

Excelente arranque dos pilotos do Team KTM villas-boas acp no prólogo esta tarde disputado do Merzouga Rally. Aos comandos das suas KTM 450 Rally a equipa teve David Megre a fechar o Top 10 e Luís Portela de Morais a fazer mais 2 segundo e a averbar a 12ªposição.

 

Para David Megre “o dia começou com um Free Practice de 35 quilómetros que deu para treinar um pouco e agora ao final do dia tivemos o prólogo que me correu bem, fiz o 10º tempo que foi bastante bom, mas amanhã irei ser o 5º a partir porque os 15 primeiros partem pela ordem inversa, o que nos coloca com poucas marcas na pista, mas vamos dar o nosso melhor e tentar chegar ao final da etapa numa boa posição”, salienta o piloto.

 

Para quem tinha pouco treino a prestação de Luís Portela de Morais é excelente embora o piloto confesse que “tive a vantagem de já ter o percurso todo marcado e a pista parecia um traçado de motocross. Não arrisquei fiz um bom tempo mas amanhã sei que vou sentir dificuldades na navegação pelo que hoje vi no Free Practice onde andei completamente aos papéis. Tenho de ir aos poucos e poucos entrando no ritmo e acima de tudo evitar cometer erros para chegar ao fim”.

 

Acompanhe David Megre em www.facebook.com/davidmegre411

Mais informações sobre a prova em www.afriquiamerzougarally.com

 DM Merzouga3_Copy

 

TT NO BRASIL

 

O Team Rinaldi está pronto para buscar vitórias em cinco competições importantes do motociclismo nacional neste final de semana (21 e 22). A equipe oficial da fábrica de pneus tem programação agitada e confirmou presença em etapas do Arena Cross, Brasileiro de Rally Baja, Brasileiro de Enduro de Regularidade, CACC e Gaúcho de Velocross. Confira os detalhes:

Arena Cross – A terceira etapa do Arena Cross, co-patrocinado pela Rinaldi, promete grande público neste sábado em Ilhabela, litoral paulista. Destaque do Team Rinaldi, o atual campeão Rafael Becker luta para ampliar invencilibidade na classe 50cc. “Vai ser uma bela prova e treinei bastante para o desafio. Vou fazer de tudo para ganhar e ficar invicto esse ano”, disse o jovem catarinense.

A equipe Honda Ipiranga IMS Rinaldi também estará no gate com os pilotos Caio Lopes (MX2) e Wellington Garcia (MX Pró). Os pilotos utilizarão os pneus SR 39, RW 35, HE 40 e RMX 35, modelos da linha off-road da Rinaldi. 

Brasileiro de Rally Baja –
 O Campeonato Brasileiro de Rally Baja realiza a quinta e a sexta etapas do calendário no 10º Rally Cuesta Off-Road, em Botucatu (SP). Ramon Sacilotti, líder da classificação geral e da categoria Super Production, comanda o Team Rinaldi na tradicional prova. “Estou muito confiante, tenho seguido rotina de treinos pesada, com muitas horas na moto e na academia. Acredito que isso irá ajudar muito quando enfrentarmos as areias de Botucatu”, disse o piloto.

Com dois dias de disputas, o percurso terá 350 quilômetros de trechos cronometrados na Serra da Cuesta e em propriedades de reflorestamento. O parque de apoio será o Ginásio Mário Covas. O Team Rinaldi ainda conta com a experiência de Moara Sacilotti na Super Production e a estreia de Daniel Crema na Marathon. Eles vão acelerar com os pneus Rinaldi RMX 35, HE 40, SR 39 e HE 42, específico para os praticantes de rally.

“O Cuesta é o meu preferido no calendário do Brasileiro de Rally Baja, a expectativa é grande porque a prova é muito desafiadora”, comentou Moara. Crema falou sobre a experiência inédita. “Estou muito empolgado, é uma modalidade nova para mim. Estou preparado e acredito que posso fazer uma boa prova. A ideia é ganhar experiência na classe Marathon para, no ano que vem, estar na Production Aberta.”

Brasileiro de Enduro de Regularidade – Emerson Loth “Bombadinho” encara o Enduro da Polenta, em Venda Nova do Imigrante (ES), válido como nona e décima etapas do Brasileiro de Enduro de Regularidade. Atual campeão, o piloto do Team Rinaldi é o vice-líder da categoria Master. Ele irá competir com pneus Rinaldi SH 31 na dianteira e SR 39 na traseira da motocicleta.

“Venci a etapa anterior do Brasileiro na Bahia e tenho boas expectativas para a prova. O Enduro da Polenta sempre é técnico e muito bom de andar, e eu venci lá no ano passado. Quero ganhar para somar o máximo de pontos e subir na tabela de classificação”, explicou Bombadinho.

CACC – O Team Rinaldi mostra a força feminina na segunda etapa do CACC, neste domingo no Centro de Treinamento de Arujá (SP). Tainá Aguiar defende a liderança da classe para mulheres, mas Janaína Souza, segunda colocada, está de olho na vitória. “Vou bastante animada para a prova e espero andar com consciência e evitar os erros que cometi na abertura do campeonato”, disse Janaína, que separou os pneus off-road dos modelos HE 40 e SR 39. A Rinaldi patrocina o evento, que é destaque no calendário da modalidade cross country, e a corrida terá uma hora de duração mais uma volta.

Gaúcho de Velocross – A abertura do Gaúcho de Velocross será na pista da Fenachim, em Venâncio Aires (RS), e os irmãos Basso estão prontos para defender o Team Rinaldi. Lucas e Mateus aceleram pelas classes VX Pró e VX2, enquanto Maiara disputa a VX3, VX4 e VXF. Eles utilizarão os pneus Rinaldi RMX 35 e SR 39. “Estamos treinando forte e com bom ritmo de prova. Gosto muito das pistas de Venâncio Aires, mas como desta vez o circuito será novo estou ansiosa para correr e fazer excelentes corridas”, concluiu Maiara Basso.

Sobre a Rinaldi – A Rinaldi iniciou as atividades em 1969 com 60 colaboradores e 15 mil m² de área fabril para produção de materiais de recauchutagem em Bento Gonçalves (RS). A empresa ampliou a produção com as câmaras de ar para as linhas automotiva, transporte e industrial na década de 80, além de introduzir a fabricação de pneus e câmaras de ar para as linhas de motocicletas, agrícola, industrial (não motorizada) e charretes.

A busca pela excelência refletiu em credibilidade no mercado e fortes parcerias. Muito mais que em espaço físico, com área fabril de 35 mil m², a Rinaldi cresceu na geração de empregos diretos, atualmente com 700 colaboradores, e conquistou reconhecimento no mercado.

A fábrica conta com a Certificação da Gestão de Qualidade ISO 9001:2008 e com o aval do INMETRO nos seus produtos da linha de motocicletas. Na área ambiental, a empresa possui o Certificado de Destruição Térmica, por destinar 100% dos seus resíduos sólidos a uma cimenteira para geração de energia. Para conhecer os produtos da Rinaldi, acesse o site oficial


Ramon Sacilotti, piloto de rally do Team Rinaldi
Cr�dito: Arthuro Paganini/DFotos

Rafael Becker, piloto de motocross do Team Rinaldi
Cr�dito: Caf� Fotos/Mundo Press

 

MIGUEL OLIVEIRA EM QUALIFICAÇÃO RENHIDA

“Vou lutar por recuperar posições e tentar pontuar”

 

Piloto português em qualificação renhida


DSC 8138_CopyEm dia de qualificação para o GP de Itália, Miguel Oliveira sentiu-se melhor com a sua mota e conseguiu melhorar os registos na qualificação, fazendo a sua melhor volta do fim-de-semana. O jovem luso vai partir da 21ª posição da grelha de partida e, embora saiba que o espera uma corrida difícil, com o seu espírito batalhador estabelece como objetivo recuperar posições e pontuar num pelotão competitivo como nunca.

 

“Hoje tivemos uma qualificação muito apertada com 20 pilotos separados por 7 décimas. Foi uma das qualificações mais renhidas que tivemos este ano.” Começa por apontar o jovem piloto.

“Estou um pouco desapontado por não poder ter juntado todos os meus melhores parciais para fazer uma volta melhor. Ainda assim, a mota já melhorou um pouco em relação a ontem e consegui melhorar ainda mais do que nos terceiros treinos livres.” Remata o piloto almadense que para a corrida de amanhã espera: “Uma corrida difícil, mas com recuperação de muitas posições. Vou lutar por recuperar posições e tentar pontuar.” Concluiu.

 

A corrida de amanhã tem hora marcada para as 11h20, hora de Lisboa.

 

STOCK CAR - BRASIL

 

Se dois raios podem cair no mesmo lugar, o pneu traseiro também pode estourar duas vezes, não é?

"Inacreditável", diz Lucas Foresti sobre o acontecido na etapa de Goiânia da Stock Car. Por conta de acontecido, brasiliense prefere abdicar da etapa para poupar equipamento de olho para encontro de daqui duas semanas no Rio Grande do Sul.

Mesmo largando para lá do Deus me livre por conta de um problema no bico da vela de seu motor, Lucas Foresti até tinha esperança de levar para casa um bom resultado na rodada dupla de Goiânia da Stock Car, acontecida neste fim de semana. Afinal, são duas corridas e tudo poderia acontecer.

Porém, neste amplo leque de opções de acontecimento, Lucas deu azar e passou na fila do estouro de pneu por duas vezes. De forma inacreditável, o brasiliense teve dois pneus estourados - os dois traseiros, um em cada corrida. Na primeira corrida nem doeu, por conta do cenário criado no sábado; mas a segunda... Essa deixou a alma dolorida.

Largando de 26º, Lucas teve a manha de cruzar a primeira volta entre os 15 primeiros. A reação tem justificativa tática: com o resultado comprometido pelo estouro no pneu traseiro, Lucas optou por sacrificar a primeira corrida e poupar não só os "sapatos", como todos os botões de ultrapassagem para a segunda. Com isso, ele passou a ter um acionamento volta-sim-volta-não e, com pneus novos e tanques cheios, não havia a necessidade de parar - ao contrário de pelo menos quase dois carros do grid.

Este panorama deixou Lucas em nono na segunda volta, mas aí veio o raio. Ou melhor, o estouro. E aí o negócio foi recolher e guardar pneus e equipamentos para o encontro de daqui duas semanas, em Santa Cruz do Sul (RS), no dia 5. Vai que estouram outros pneus...

"A gente sabia que o fim de semana já estava completamente comprometido e traçamos uma estratégia privilegiando a segunda corrida. Por isso o furo da primeira não foi um grande incômodo, apesar de ter impedido uma posição melhor no grid para a segunda prova. Só que foi inacreditável o que aconteceu na segunda. O carro estava fantástico, tinha pleno potencial de terminar entre os cinco primeiros, mas paciência, corridas são assim", lamenta o piloto da CVC Full Time, que saiu de Goiânia sem levar nenhum pontinho.

E vida que segue.


Veja todos os resultados do fim de semana em Goiânia
Clique aqui para ver a programação completa do fim de semana em Goiânia
Clique aqui para acompanhar o live timing das atividades da Stock Car em solo goiano
Clique aqui para consultar a classificação, o calendário e os ingressos da Stock Car 2016


- Veja mais notícias de Lucas Foresti: www.lucasforesti.com.br
- Curta a fanpage de Lucas Foresti no Facebook: www.facebook.com/lucasforesti
- Siga Lucas Foresti no Twitter @lucasforesti
- Acompanhe Lucas Foresti no Instagram: @pilotolucasforesti
- Veja vídeos exclusivos no canal do Lucas Foresti no YouTube
- Baixe o app de Lucas Foresti para IPhone ou Android

Lucas Foresti tem o apoio de CVC Viagens e Harry's Brinquedos.

 

NOVO FORD GT

 

6.506 Inscrições Num Mês Para a Compra do Novo Ford GT; Cerca de 200.000 Configurações do Ford GT de Sonho

 

  • A Ford recebeu no período de um mês 6.506 inscrições totalmente completas de pessoas de todo o mundo para se candidatarem à compra do novo supercarro em fibra de carbono com motor EcoBoost

 

  • Centenas desses candidatos submeteram vídeos com as suas inscrições de modo a aumentarem as suas hipóteses de compra de um dos primeiros 500 exemplares do novo Ford GT

 

  • Cerca de 200.000 fãs visitaram o configurador virtual no site www.FordGT.com, permitindo que todos pudessem construir o Ford GT dos seus sonhos online, disponibilizando ligações para partilha de imagens da sua construção virtual através das redes sociais

 

 

Ford GT_Application_Copy Num total de mais de 10.800 pessoas que mostraram interesse online em comprar um novo Ford GT, a Ford recebeu 6.506 inscrições totalmente completas de todo o mundo, numa janela temporal de apenas um mês, para se candidatarem à compra do novo supercarro em fibra de carbono e com motor EcoBoost, durante a sua primeira oportunidade de candidatura.

 

O número de candidatos disparou nos últimos seis dias, durante os quais 32 por cento do total das inscrições totalmente completas foram registadas antes do fecho do processo.

 

“Estamos empolgados pelo enorme entusiasmo dos fãs pelos fãs pelo novo Ford GT,” disse Dave Pericak, director, Global Ford Performance. “Esta janela inicial de candidatura é apenas uma das muitas maneiras que os fãs e potenciais compradores têm para se ligarem com o nosso novo supercarro muito antes dele chegar aos mercados.”

 

A Ford está agora a rever as candidaturas dos 6.506 potenciais compradores do supercarro e iniciará os contactos com os potenciais futuros donos dentro dos próximos 90 dias.

 

Centenas de candidatos juntaram vídeos às suas inscrições durante o mês de duração do processo, na expectativa de potenciarem as suas possibilidades de adquirirem um dos primeiros 500 novos Ford GT.

 

Algumas das inscrições mais criativas incluíram crianças, efeitos de luzes, imagens de competição, motores em aceleração, visitas em garagens e histórias de vida para mostrar por que razão deveriam possuir um novo Ford GT.

 

O novo supercarro de produção está previsto começar a chegar às garagens dos clientes no final de 2016.

 

Embora a página de inscrição já se encontre encerrada, os fãs do Ford GT podem continuar a construir e a partilhar os seus modelos virtuais no site www.FordGT.com.

 

 

# # #

 

 

Sobre a Ford Motor Company

A Ford Motor Company é uma empresa global da indústria automóvel e de mobilidade, com sede em Dearborn, Michigan, EUA. Com aproximadamente 201,000 empregados e 67 fábricas em todo o mundo, o negócio principal da empresa inclui a concepção, produção, marketing, financiamento e assistência a uma gama completa de veículos Ford de passageiros, comerciais, SUV e veículos eléctricos, bem como aos veículos de luxo Lincoln. Ao mesmo tempo, a Ford investe agressivamente em oportunidades emergentes através da ‘Ford Smart Mobility’, o plano da empresa para se tornar líder em conectividade, mobilidade, veículos autónomos, experiência do cliente, dados e análise. Para mais informação sobre a Ford, os seus produtos em todo o mundo, ou sobre a Ford Motor Credit Company, visite a página www.corporate.ford.com.​​

 

A Ford Europa é responsável por produzir, comercializar e assistir os veículos da marca Ford em 50 mercados e emprega aproximadamente 53,000 trabalhadores nas suas instalações e aproximadamente 68,000 incluindo as ‘joint-ventures’. Em conjunto com a Ford Motor Credit Company, as operações da Ford Europa incluem a Divisão de Serviço ao Cliente e 24 instalações fabris (16 detidas integralmente ou instalações em ‘joint-ventures’ consolidadas e 8 em 'joint-ventures' não consolidadas). Foi em 1903 que os primeiros veículos Ford foram transportados para a Europa, no mesmo ano em que a Ford Motor Company foi fundada. A produção europeia iniciou-se em 1911.

 

 

RODRIGUES FOI 6º NO PRÓLOGO

 

Merzouga Rally (Dakar Series)

21 a 27 de Maio

 

Hélder Rodrigues foi 6º no prólogo

Piloto oficial da Yamaha regressa à competição depois de pódio no Qatar

 

Depois de ter completado a sua participação no Sealine Cross Country Rally subindo ao pódio da segunda etapa do Cross Country Rallies World Championship, Hélder Rodrigues, aos comandos da sua Yamaha WR450F regressou hoje aos palcos das grandes competições internacionais realizando o 6º melhor tempo no prólogo do Merzouga Rally prova marroquina incluída nas Dakar Series onde estão perto de uma centena de pilotos.

 

"Foi um dia fácil para nós. Começou com as habituais verificações administrativas e técnicas necessárias, antes atacarmos as dunas para o prólogo. Foi uma jornada agradável que determinou a nossa ordem de partida para a primeira etapa de amanhã. Fiz o sexto melhor tempo no prólogo, pelo que vou ser o 10º piloto a partir etapa de amanhã. Até agora tudo é perfeito, a minha moto está excelente e a nossa equipe está muito motivada. A verdadeira corrida começa amanhã e vamos dar o nosso melhor para conseguir um bom resultado " salientou o piloto do Yamalube Yamaha Official Rally Team.

 

A etapa que amanhã se disputa, a primeira desta edição de 2016 do Merzouga Rally terá 229 quilómetros e um troço cronometrado com 159 quilómetros.

 

Acompanhe Hélder Rodrigues em: www.facebook.com/HelderRodriguesOfficial BAR7031_Copy BAR7038_Copy

 

TT NO BRASIL

 

Rally Cuesta: Thiago Rizzo e Ivo Mayer concluem em segundo pela Super Production o primeiro dia

Neste domingo (22) os competidores farão um novo desafio, serão mais 151 quilômetros de especial cronometrada e deslocamentos, a largada será às 11 horas

Depois de um dia de dificuldades ao longo dos 151 quilômetros pelas trilhas de Botucatu, onde a equipe Top Rally Team enfrentou os desafios do Rally Cuesta. Thiago Rizzo e Ivo Mayer conquistaram a segunda colocação na Super Production, ao completarem a etapa em 2h39min52s. Neste domingo acontece mais uma etapa do 10º Rally Cuesta Off Road e serão mais 151 quilômetros de disputas, com largada às 11 horas para os carros.

A chuva que caiu colaborou para a etapa ficar ainda mais técnica e eletrizante. "Vinha bem na prova,com muita chuva e lama e, no km 107 tinha uma direita (2) acabei calçando o carro e capotamos, ficamos de lado e o carro de traz nos desvirou. Depois disso, continuamos na prova sem para-brisa, muito caco de vidro, muita lama e, mesmo assim,perante o acontecido o resultado foi bom", declarou Thiago Rizzo, campeão do Campeonato Brasileiro de Cross Country 2015 e bicampeão do Rally dos Sertões.

O Mitsubishi L200 Triton ER não sofreu nenhuma avaria maior de mecânica, pois foram danos na parte externa. "A equipe checou e está tudo certo para a disputa do segundo dia. O time da equipe Top Rally Team tem feito um excelente trabalho de preparação e deixando-o confiável", detalhou o piloto.

Para Thiago e Ivo foi um dos desafios mais técnicos que já encararam. "Com a experiência que temos, aplicamos tudo o que aprendemos nesta prova. Estávamos bem focados", contou o navegador.

A equipe já tem uma estratégia definida para o segundo dia de prova. "Amanhã conhecendo o percurso melhor, dá para impor um ritmo bom e somar importantes pontos para a classificação do Brasileiro", finalizou Rizzo.

O Rally Cuesta Off Road conta pontos para a 5ª e 6ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country.

A equipe Top Rally Team, representante de Petrópolis (RJ), conta com o patrocínio da 3W Distribuidora de Malhas, Marcobrás Transportes e, apoio da Estravaganzza Jeans, AcquaSports Academia, Speedway Confecções, KNF Confecções e Posto Mineirão.

Classificação Geral do primeiro dia de disputas (Especial 1 + Super Prime) EXTRA-OFICIAL:

CARROS - categoria Super Production
1) 321 André Miranda/Alison Pedroso, 2h37min44
2) 317 Thiago Rizzo/Ivo Maia, 2h44min00
3) 323 Pietro Bianchini Neto/Joá Bicudo, 3h01min24
4) 327 Sandra Dias/NA, 3h46min00
5) 350 Wellington da Costa/ David Pereira, 3h46min00

Programação Rally Cuesta Off Road 2016:

22/05 - Domingo - 2ª Prova
09h00 - Largada 1ª Moto + Quadriciclos + UTVs
12h00 - Largada 1º Carro
16h30 - Premiação (Primar Plaza Hotel - Almoço opcional)

Calendário do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country

Etapa 1 e 2 - 5 e 6/3 - Rally de Barretos
Etapa 3 e 4 - 21 a 24/4 - Rally RN 1500

Etapa 5 e 6 - 21 e 22/5 - Rally Cuesta Off Road
Etapa 7 e 8 - 30 e 31/07 - Rally Rota SC
Etapa 8 e 9 - 3 a 10/9 - Rally dos Sertões
Etapa 10 e 11 - 5 e 6/11 - Rally Rota Sudeste
Etapa 12 - 10/12 - Rally dos Amigos

 

A largada neste domingo será às 12 horas para mais 151 km de especial (Luciano Santos/DFotos)

A largada neste domingo será às 12 horas para mais 151 km de especial (Luciano Santos/DFotos)
Alta  | Web

Thiago Rizzo e Ivo Mayer (Luciano Santos/DFotos)

Thiago Rizzo e Ivo Mayer (Luciano Santos/DFotos)
Alta  | Web



 

GT OPEN EM SPA

 

Triumph after disaster for Teo Martín’s BMWs, as Ramos-Rodríguez take first win following Monje’s heavy crash

Spanish squad takes maiden win with their new M6, poleman Monje hits barriers but escapes injury
Pastorelli-Webster (V8 Racing Renault) shine up to 2nd, first podium for West-Ledogar (Garage59 McLaren)
‘Half’ home win in GT-Am for Lémeret-Sdanewitsch (AF Corse Ferrari)
Fourth gives championship lead to Balfe-Keen (Balfe Ferrari)


It was a definitively a sweet-and-sour Saturday Race 1 at Spa for BMW Team Teo Martín. On one side, the Spanish squad posted its first win of the season, and the first with their new BMWs M6, thanks to reigning co-champion Miguel Ramos and team mate Roldán Rodríguez, who takes his maiden major GT win upon his return to competition.  On the other, the team lost its other car, as Fernando Monje, who started from the pole position, crashed heavily in lap 3. The car suffered significant damage but the Spaniard escaped with no injury, except for an aching foot. The V8 Racing Renault RS01 of Nicky Pastorelli and Joshua Webster took a surprising and fantastic second in their first appearance, with Alexander West and Côme Ledogar signing their maiden GT Open podium with the Garage59 McLaren 650S.

By taking fourth after another excellent race, the Balfe Motorsport Ferrari F458 of Shaun Balfe and Phil Keen keep the lead in the point standings. Reigning double GT-Am champion Claudio Sdanewitsch and local hero Stéphane Lémeret took their first GT Am success of the year with their AF Corse Ferrari. 1- Copy2- Copy3- Copy

 

GT OPEN EM SPA

 

Pastorelli-Webster (V8 Racing Renault RS01) emerge from the waters…

Rain-soaked Race 2 puts V8 Racing back on victory lane
The Dutch squad also wins in GT-Am with Barreiros-Braams
Benham-Tappy (Garage59 McLaren) and Moiseev-Cioci (AF Corse Ferrari) complete the overall podium
Again 4th, Balfa-Keen continue leading the standings


V8 Racing swept the (wet) floor in Race 2 this afternoon in a rain-soaked Spa-Francorchamps track. A typical Spa storm broke out shortly before the start, with the field behind the safety-car for the first 20 of the 60 minutes of the race.  The treacherous conditions didn’t scare a Dutchman and a Brit, and Nicky Pastorelli and Josh Webster took a beautiful win at the wheel of the Renault RS01 of the Dutch squad, which returns this year to the GT Open. They are the fourth different (as car brand, team and driver pair) of the season. V8 Racing also won in GT-Am, with Filipe Barreiros and Maximiliaan Braams.

Duncan Tappy-Michael Benham (Garage59 McLaren 650S) and Marco Cioci-Alex Moiseev (AF Corse Ferrari F458) completed the podium after a strong final charge. Again fourth today, Balfe-Keen (Balfe Ferrari F458) continue to lead in the overall standings.16-07 Pastorelli-Webster_Copy16-07 Pastorelli_Webster_Copy16-07 Podium_Race_2_Copy

 

MERCEDES BENZ CHALLENGE

 

Romualdo Magro faz estreia no Mercedes-Benz Challenge

O piloto paulista participa neste final de semana da segunda etapa da temporada no Autódromo Internacional de Goiânia. A largada está marcada para as 11h05

A Rsports Racing tem mais um novo integrante para a temporada do Mercedes-Benz Challenge 2016. Quem chega para completar o time é o paulista Romualdo Magro. A primeira corrida do piloto é neste domingo, dia 22 de maio, em Goiânia (GO), no Autódromo Internacional Ayrton Senna, para a segunda etapa da competição.

Romualdo correrá com o C 250 Turbo de número 99. "Como uma primeira experiência até que fui bem, claro que falta muito para poder desenvolver e pegar as manhas da pista. Mesmo de longe tento seguir o que os pilotos mais experientes fazem, as retomadas de curva e tudo mais. Mas estou contente com resultado até agora", disse o estreante.

O piloto já conhecia o circuito goiano de metros de extensão. "Estive no autódromo no mês passado e fiz um treino de aproximadamente 80 voltas. Para me adaptar e ter uma noções de como seria meu desempenho nessa pista. Agora, nesse final de semana é pra valer e vamos ver como será na corrida", comentou.

A paixão de Romualdo Magro veio depois de aceitar o convite de um amigo para assistir a uma corrida. "Acompanhei as etapas do Mercedes-Benz Challenge no ano passado e o meu interesse por velocidade, pela categoria e pelo automobilismo foi aguçado. Fiz um curso de pilotagem e pude fazer um treino preparatório de dois dias no autódromo de Goiânia. Foram mais de 80 voltas pelo circuito e com isso me sinto preparado para a estreia. Meu objetivo é realmente aprender bastante para ter vida longa no campeonato", comentou o paulista, que será parceiro de Idenis de Souza na equipe RSports.

No domingo, a prova terá sua largada às 11h05 (45 minutos e mais uma volta). A transmissão será do canal BandSports (TV por assinatura), Portal Terra e, também conferir o tempo, ao vivo, pelo site www.chronon.com.br

Confira o grid de largada da segunda etapa do Mercedes-Benz Challenge:

C 250 Cup
1) 111 Marcos Paioli/Peter Gottschalk, M, Paioli Racing, 1:39.797
2) 21 Peter Michel Gottschalk, Paioli Racing, 1:39.983
3) 65 Claudio Simão, M, Center Bus Sambaiba Racing, 1:40.489
4) 166 Vinicius Simão, Center Bus, Sambaiba Racing, 1:40.797
5) 55 Fabio Escorpioni, Ensite Racing Team, 1:41.006
6) 26 Flavio Andrade, M, Hot Car Competições, 1:41.185
7) 67 Sergio Maggi, M, Center Bus Sambaiba Racing, 1:41.320
8) 225 Max Mohr, M, RSports Racing, 1:41.361
9) 41 João Lemos, M, Ensite Racing Team, 1:41.641
10) 100 Mateus Biriba, Hot Car, Competições, 1:41.955
11) 64 C.A.Guilherme, M, Center Bus Sambaiba Racing, 1:41.974
12) 73 Raphael Teixeira, Lagoa Racing, 1:43.176
13) 99 I.R.Souza/R.Magro, M, RSports Racing, 1:44.043
14) 13 Beto Rossi, M,RSports Racing, 1:45.066

CLA AMG Cup
1) 32 Fernando Fortes, Mottin Racing, CLA, 1:34.622
2) 27 Claudio Dahruj M L3 Motorsport CLA 7 1:34.708
3) 33 Adriano Rabelo, Cordova Motorsports, 1:34.742
4) 37 Lorenzo/PauloVarassin, Cordova Motorsports, 1:35.012
5) 60 Betão Fonseca, M, Center Bus Sambaiba Racing, 1:35.101
6) 77 Arnaldo Diniz Filho, Comark Racing, 1:35.305
7) 555 Renato Braga, RSports Racing, 1:35.416
8) 88 Fernando Amorim, M, Sul Racing, 1:35.423
9) 19 Luiz Carlos Ribeiro, Ourocar, 1:35.454
10) 3 Cristian Mohr, RSports Racing, 1:35.461
11) 11 Neto De Nigris, M L3 Motorsport, 1:35.594
12) 10 Pierre Ventura, CKR Racing, 1:35.639
13) 20 Roger Sandoval, Mottin Racing, 1:35.674
14) 46 Carlos Kray/J.H.Assunção, M, CKR Racing, 1:35.834
15) 18 Fernando Poeta, M, Sul Racing, 1:36.333

Confira a programação do evento:

Domingo (22/05):
08h25 - Largada Brasileiro de Turismo (Corrida 2)
09h05 - 09h15 - Seu Carro nas Pistas
09h45 - Largada Copa Petrobras (Corrida 2)
11h05 - Largada Mercedes-Benz Challenge
13h00 - Largada Stock Car (Corrida 1)
14h10 - Largada Stock Car (Corrida 1)
15h00 - 16h00 - Visitação aos boxes / Volta rápida
Calendário do Mercedes-Benz Challenge 2016:

Etapa 1 - 06 de março - Curitiba/PR
Etapa 2 - 22 de maio - Goiânia/GO
Etapa 3 - 26 de junho - Viamão/RS
Etapa 4 - 17 de julho - Cascavel/PR
Etapa 5 - 11 de setembro - São Paulo/SP
Etapa 6 - 06 de novembro - Goiânia/GO
Etapa 7 - 20 de novembro - Curvelo/MG
Etapa 8 - 11 de dezembro - São Paulo/SP

 

A expectativa é grande para a corrida deste domingo em Goiânia (GO) (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)

A expectativa é grande para a corrida deste domingo em Goiânia (GO) (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)
Alta  | Web

Mercedes C 250 #99 comandado por Romualdo Magro (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)

Mercedes C 250 #99 comandado por Romualdo Magro (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)
Alta  | Web

Piloto Romualdo Magro (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)

Piloto Romualdo Magro (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)
Alta  | Web

Romualdo Magro durante os treinos livres do Mercedes-Benz Challenge (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)

Romualdo Magro durante os treinos livres do Mercedes-Benz Challenge (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)
Alta  | Web



 

TCR É NOTICIA

 

Rounds 7 & 8 – Imola, Italy – 22 May 2016

PREVIEW

 

International touring cars return to Imola after seven years


The fourth race meeting of the TCR International Series takes place this week at Imola, on another legendary racetrack in motorsport history that is named after Enzo and Dino Ferrari.

The event marks the return, after seven years, of an international Touring Car series to the Italian circuit that was home of the 1980 Formula 1 Italian Grand Prix and the San Marino Grand Prix between 1981 and 2006.

Inaugurated in 1953 as a semi-permanent road course, the circuit hosted in 1963 an F1 non-championship race won by Jim Clark’s Lotus-Climax and in 1968 the Cycling Road World Championship with the victory of Italy’s Vittorio Adorni. The layout of the track was redesigned in 1972 and then it was slightly modified twice in 1994 and 2006.

This weekend the whole TCR International Series action will be concentrated on the Sunday, with only one 60-minute Free Practice in the early morning, followed by theQualifying in the late morning and the two races that will be run back-to-back in the early afternoon.

 

TCR in Imola – the event at a glance

 

Lap distance: 4.51 km

Race distance: 14 laps

Start: standing

Grids: determined by Qualifying results (Q1+Q2) with top-10 reversed for Race 2

 

Timetable:    Sunday, 09:00/10:00               Free Practice

                        Sunday, 11:30/12:05               Qualifying (Q1 + Q2)

                        Sunday, 14:15                          Race 1

                        Sunday, 15:30                          Race 2

 

                        all times: GMT +2

 

ENTRY LIST

 

 

Alain Menu and Mikhail Grachev join WestCoast in Imola

 

WestCoast Racing has significantly reshuffled its driver line-up for the upcoming TCR International Series event that takes place this weekend at Imola.

Touring Car legend Alain Menu and Mikhail Grachev will replace Aku Pellinen and Kevin Gleason at the wheel of two of the team’s three Honda Civic TCR cars; they will join Gianni Morbidelli who is currently third in the Drivers’ Championship.

According to the team, after winning his maiden TCR race in Spa, Pellinen cited budget complications after his key sponsor was no longer able to commit to the series as the reason for his departure, TCR regular and race winner Gleason has also been forced to step down while negotiations with a key backer continue.

Returning to the championship after a couple of appearances last year in the Top Run Subaru, Menu said: “It’s nice to be back and I am grateful for this opportunity. WestCoast is one of the top teams in the series with one of the front running cars, so I am very much looking forward to it, although it will be tough as I haven’t had any opportunity to test the car ahead of what will be a single day event.”

As for Grachev, he has switched from the Liqui Moly Team Engstler for which he had driven since the past season: “For me it is important to grow as a driver and in a team such as WestCoast with an experienced team mate such as Gianni Morbidelli now I fully have it.”

Team Owner Greger Petersson commented: “Grachev has shown commitment to the TCR International series and we are delighted that he sees WestCoast as a team that can help him meet his racing goals. And with Alain we add great experience in Touring Cars that would be a benefit to any team. Of course we are very disappointed to have lost Aku and Kevin with Aku, but this is the reality of racing where commercial partners are needed to meet budgets and hopefully both of them will be able to return to us and the series soon.

 

 

Liqui Moly Team Engstler hires Jordi Gené for Imola

 

Experienced Spanish Touring Car driver Jordi Gené has been hired by the Liqui Moly Team Engstler for this week’s TCR International Series event at Imola.

Gené replaces Mikhail Grachev and joins Davit Kajaia in the second Volkswagen Golf Gti TCR run by the German outfit.

The Spaniard was one of the leading players in last year’s TCR International Series; he scored three race wins for Craft-Bamboo Lukoil at Sepang, Sochi and Singapore, and eventually was classified third in the Drivers’ Championship.

He also knows the Golf Gti TCR very well as he took part in the technical development of the German car.

 

 

Carlotta Fedeli and Diego Romanini join with B.D. Racing

 

Two Italian drivers will join the TCR International Series field for their home event at Imola, this weekend. Carlotta Fedeli and Diego Romanini will drive a couple of SEAT León cars run by B.D. Racing Motorsport.

Fedeli, 24 years old from Rome, has built enough experience in recent years, taking part in SEAT Italia’s one-make trophies. She was classified a brilliant sixth in the 2014 Ibiza Cupra Cup and improved to fifth last year; in both seasons she managed to claim podium results at Imola.

She has been upgraded to the León Cup for the current season, achieving an outstanding third place for B.D. Racing in the opening round at Adria.

A former competitor in the FIA Touring Car championships and the Superstars Series, the experienced Romanini will return to the TCR International Series after making a few appearances last year in a Ford Focus.

B. D. Racing will field a León TCR for Fedeli and a Cup Racer for Romanini; the team directed by Davide Bernasconi had already visited the TCR International Series last year, running Antonio D’Amico’s SEAT at Monza.

 

 

Jordi Oriola rejoins the championship at Imola

 

After taking part in the TCR International Series opener at Bahrain, Jordi Oriola will make his return to the championship at the wheel of a Honda Civic TCR run by Target Competition.

Target team manager Walter Gummerer explained the situation: “Following the decision taken by Opel Motorsport to have a break from racing and focusing on testing to develop the Astra TCR, we have been looking for an alternative solution that could enable Jordi to rejoin the championship. Now the plan is to race at Imola and Salzburgring with the Honda. Afterwards we will reconsider the situation according to any further developments.”

 

 

Success ballast for Pepe Oriola and Jean-Karl Vernay

 

It would have been the WestCoast Racing Honda Civic of Aku Pellinen to carry the maximum 30-kilos of success ballast at Imola. In fact, the young Finn was the highest point scorer in Spa, with a victory (his maiden one in TCR) and a fifth place in the two Belgian races that, added to third in qualifying, granted him 38 points. However, Pellinen will not take part in the event.

This will leave Craft-Bamboo Lukoil’s Pepe Oriola – who retook the championship lead in Spa – and Leopard Racing’s Jean-Karl Vernay – the other rookie winner in Belgium – as the only drivers with the ballast. Oriola will carry 20 extra kilos on board his SEAT León, while the remaining 10 kilos will be imposed to Vernay’s Volkswagen Golf Gti.

In terms of the title fight, Oriola’s closest competitors – his teammate James Nash and WestCoast Racing’s Gianni Morbidelli – will have the advantage of driving ballast-free cars on the ups and downs of the Italian racetrack.

 

 

Live streaming and timing from Imola

 

Both live streaming and timing from Imola will be available on the websites www.tcr-series.com and www.tcr-series.tv .

The live timing will cover all the sessions and races, while streaming will cover qualifying and both races.

Live streaming of the qualifying session will begin Sunday at 11:20 local time (GMT +2) and will be followed by the delayed broadcasting of Race 1 at 14:05 and the live broadcasting of Race 2 at 15:20.

 

 

Live from Belgium and Thailand on www.tcr-series.tv

 

This weekend will also mark the opening of TCR Benelux and TCR Thailand. The website www.tcr-series.tv will offer a full coverage of both series.

Live timing and live streaming will be available according to the timetable here below.

 

TCR Benelux from Spa-Francorchamps

Friday, 20 May: 17:15 (CET) Practice – timing

Saturday, 21 May: 10:50 (CET) Qualifying Race, 60 minutes – timing

Sunday, 22 May: 11:00 (CET) Races 1 & 2, 40 minutes – timing & streaming

Sunday, 22 May: 16:55 (CET) Race 3 & 4, 40 minutes – timing & streaming

 

TCR Thailand from Buriram

Friday, 20 May: 10:55 (05:55 CET) Practice – timing

Friday, 20 May: 15:50 (10:50 CET) Qualifying – timing

Saturday, 21 May: 14:20 (09:20 CET) Race 1, 12 laps – timing & streaming

Sunday, 22 May: 14:10 (09:10 CET) Race 2, 12 laps – timing & streaming


Click to Download
DOWNLOAD down_pdf.jpg
Click to Download
DOWNLOAD down_pdf.jpg
Click to Download2016 photo_news_157_Copy2016 photo_news_161_Copy2016 photo_news_165_Copy2016 photo_news_166_Copy2016 photo_news_168_Copy2016 photo_news_168_Copy2016 photo_news_176_Copy2016 photo_news_174_Copy

 

TCR EM IMOLA

 

Rounds 7 & 8 – Imola, Italy – 22 May 2016

RACE REPORT

 

Comini and Grachev shared race victories in eventful day

 

The all-in-one-day event at Imola provided plenty of drama, glory for new faces and a shake-up on top of the Drivers’ Championship.

Stefano Comini (Leopard Racing Volkswagen Golf Gti) and Mikhail Grachev (WestCoast Racing Honda Civic) shared the race victories. It was the first one in the season so far for Comini and the first one ever for Grachev.

Two other drivers were able to achieve the first podium results for themselves and their teams: Mat’o Homola (B3 Racing SEAT León) who was second in Race 2, and Davit Kajaia (Liqui Moly Team Engstler Volkswagen Golf Gti) who finished third in Race 1.

The dark side of the day consisted in the merciless bad luck that hit Gianni Morbidelli and James Nash. They both had arrived in Imola with the hopes to move further up in the standings, but eventually came away empty-handed, and not because of their faults.

Pepe Oriola was able to stay away of troubles and scored precious points that stretched his leadership to 15 points ahead of Comini, who is now his closest competitor.

Maybe it a prelude to a repeat of last year’s duel that ended up only at the last race in Macau. But it’s not granted, because the fight is closer than ever and provides continuous surprises as it is proved by the fact that seven different drivers in three different types of cars have been victorious in the eight races held so far.

The series will resume in fifteen days at the Salzburgring, Austria, on June 4 and 5, for rounds 9 and 10.

 

 

Stefano Comini wins a Race 1 full of drama

 

Reigning champion Stefano Comini claimed his first victory of the season at the end of a race that was plenty of drama and gave Leopard Racing amd Volkswagen their second consecutive win after Jean-Karl Vernay’s in Spa Race 2.

The outcome of the first race in Imola spoke in favour of Pepe Oriola as far as the title fight is concerned, because the Spaniard’s closest rivals – Gianni Morbidelli and James Nash – were both scoreless. The Italian seemed on the way to secure a comfortable win when a power steering failure resulted in a dramatic incident that involved his own teammate Alain Menu. As for Nash, he was first slowed down by engine misfire and then hit by another car.

Door-to-door fights resulted in a number of contacts and clashes that eliminated or slowed down some of the top players such as Jordi Oriola, Borkovi ć and Vernay .

The Frenchman was later demoted from 6th to 12th by the Stewards who imposed him a double penalty for trespassing the limits of the track and for his incident with Borkovi ć.

Attila Tassi, Carlotta Fedeli and Alessandra Neri managed to finish in seventh, ninth and tenth positions respectively and scored their first points in the championship.

 

Key facts

Start – Morbidelli takes the best start ahead of Comini, Kajaia and Pepe Oriola who nearly stalled the engine

Lap 1 – Comini tries to overtake Morbidelli on the outside line at the Tosa, but to no avail

Lap 2 – Kajaia defends third place from P. Oriola; Nash drops with his rear bumper hanging loose

Lap 3 – Kajaia struggles to keep P. Oriola behind; Grachev is fifth right behind them

Lap 4 – P. Oriola tries an overtaking move but drives wide at Rivazza 2 and drops to fifth

Lap 5 – Morbidelli struggles with power-steering problems, slows down before the Variante Alta and is hit by Menu; they both are out of the race

Lap 6 – Comini is now leading from Kajaia, P. Oriola and Grachev

Lap 7 – the safety car is deployed to recover Menu’s car

Lap 8 – the race resumes and P. Oriola manages to steal second from Kajaia

Lap 9 – Homola and J. Oriola make contact and the latter retires

Lap 10 – P. Oriola sets fastest lap and chases Comini

Lap 11 – Grachev makes a mistake and drops from fourth to ninth

Lap 12 – Genè defends fourth place from Afanasyev, Borkovi ć and Vernay

Lap 13 – Gené also makes a mistake and drops to seventh; Borkovi ć and Vernay have a tough fight for fifth, they make contact at Rivazza 1 and Borkovi ć spins off onto the gravel

Lap 14 – Comini wins from P. Oriola and Kajaia; Afanasyev finishes fourth ahead of Homola, Vernay and Gené

 

RESULTS R1

 

 

Mikhail Grachev claims first victory in new car

 

Motorsport can be funny sometimes. The very same car that had won Race 1 in Spa, was victorious in Race 2 at Imola, but with a different driver: Mikhail Grachev who has just joined WestCoast Racing in the place of Aku Pellinen.

The Russian had reasons to rejoice, as this move granted him that first TCR race win he was chasing since last year. And the icing on the cake for him was that he took the lead overtaking the very same car he had driven until the previous event.

Mat’o Homola finished second and climbed on the TCR podium for the first time, while Stefano Comini secured third place after an epic battle with Pepe Oriola.

With both, Gianni Morbidelli and James Nash sidelined by technical issues, Oriola and Comini are now first and second in the Drivers’ Championship, separated by only 14 points.

 

 

Key facts

Grid – Borkovi ć and Nash are missing, as their cars could not be repaired; Menu takes the start from the pit lane

Start – Gené darts from the pole, followed by Grachev, Tassi and Homola; Afanasyev retires with a broken drive-shaft

Lap 1 – Morbidelli recovers to 10th after starting from 13th

Lap 2 – Morbidelli slows down and retires with brake problems

Lap 3 – Tassi tries to defend the third position, but is passed by Homola and Pepe Oriola

Lap 4 – Grachev steals the lead from Gené

Lap 5 – Comini and Vernay run abreast fighting for sixth; Homola and P. Oriola overtake Gené moving up to second and third

Lap 6 – Gené drops further down behind Tassi and Comini

Lap 7 – Gené and Vernay overtake Tassi who drops to 7th; Vernay passes Gené for 5th

Lap 8 – Kajaia skids wide over the gravel at Villeneuve, but rejoins

Lap 9 – the leading quartet – Grachev, Homola, P. Oriola, Comini – is covered by 1.5 seconds

Lap 10 – Grachev creates a gap; Homola is chased by P. Oriola and Comini

Lap 11 – Comini overtakes P. Oriola for third at Rivazza 2; Kajaia passes Jordi Oriola for eighth

Lap 12 – P. Oriola loses also the fourth place to Vernay

Lap 13 – Grachev takes the chequered flag ahead of Homola, Comini, Vernay and P. Oriola

 

RESULTS R2

 

 

What the two race winners had to say

 

Stefano Comini, Race 1: “The most important thing about this victory was from Leopard Racing. They did an incredible job with the Volkswagen; now the car is competitive. To win here in Imola is like winning at home, since Lugano is really nearby. The race was quite perfect – I managed my tyres as I didn’t want to stress them too much, the car was consistent and I think I did a perfect job. It’s good for me, good for Leopard and good for the Championship because I was the Champion last year and I want to be Champion again this year. The fight with Pepe was very fair and quite fun. I wanted a little more combat with him, but I was faster as I think he had stressed his tyres. I wanted more of a show for the people watching at home and the people here in Imola.”

 

Mikhail Grachev, Race 2: “I am very, very happy with this victory. I’m afraid I don’t have the words to say how happy I am, as I’m not used to saying this! I will have to learn some more English words, I think. The deal for me to drive the Honda was quite late in being done, so I have to thank WestCoast Racing for all their hard work and for welcoming me. We had a problem with the car after we tested, so they had to put in a lot of work to fix the problem. I want to thank them and say well done to the team for this result. It was somehow strange to chase what was my car until the previous race, but it made things easier because I know it well and figured out where and how to overtake it.”

 

 

Morbidelli was on pole position for his home event

 

Italian fans’ favourite Gianni Morbidelli achieved his first pole position of the season for his home event at Imola. The former F1 driver set the pace throughout the Qualifying session, posting the fastest laps in both Q1 and Q2.

His best lap of 1:53.228 was only 0.057 faster than Pepe Oriola’s 1:53.285, which promises a very close fight between them in Race 1.

Davit Kajaia and Stefano Comini will fill the second row of the grid, while Mikhail Grachev and Mat’o Homola will share the third row.

The Qualifying session was also incredibly close, with the nine fastest drivers covered by less than eight tenths.

Jordi Gené and Sergey Afanasyev qualified in tenth and ninth respectively and will be on the front row of the top-ten reversed grid for Race 2. Actually James Nash had posted the ninth fastest lap, but he was demoted to 11th after the Stewards disallowed his fastest lap for trespassing the track limits.

 

Morbidelli said: “I think this was the maximum we could do and we scored five points for the championship, so I am happy. I wasn’t able to do better than this, even though I expected a little bit more, but when the temperature goes high for us it’s a little bit complicated. The SEAT is very close, even when Oriola has extra kilos, it’s unbelievably quick; twenty kilos in Imola is worth around half a second. Let’s see in the race. Imola is my home circuit and the atmosphere is good so we are happy. Up until now we’ve done a good job but we have to carry on.”

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA NA COVILHÃ

 

Nacional de Montanha Valvoline a caminho da Serra da Estrela

A terceira jornada de 2016 do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline disputa-se já no próximo fim-de-semana de 28 e 29 de Maio, com a realização da Rampa da Covilhã - Serra da Estrela.

Com uma lista de inscritos que volta a atingir as quatro dezenas de pilotos inscritos, a deslocação do campeonato até à serra mais alta de Portugal, tem tudo para ser um sucesso em termos de espectáculo e competitividade. Dúvidas quanto às condições meteorológicas, com as previsões a apontar para mais uma prova à chuva, o que a acontecer faz com que este campeonato fique para já marcado pela chuva, já que choveu nas duas primeiras provas do ano.

Na categoria principal, Pedro Salvador volta a estar na linha da frente para vencer com o seu Norma M20FC. O experiente piloto transmontano tem-se mostrado muito dificil de bater, aproveitando da melhor forma as dificeis condições para se salientar e ganhar desde já uma vantagem que se pode revelar decisiva, na altura de fazer as contas finais do campeonato.

A considerar ainda na luta pela vitória na Categoria 1, Rui Ramalho, - que estreia esta época um Osella PA21S EVO -, tem sido o principal opositor de Salvador, se bem esteja ainda em fase de adaptação ao novo carro.  O seu irmão Paulo Ramalho fez o pleno dos pódios até agora, sendo um dos nomes a ter em linah de conta na luta pelos primeiros lugares, ao volante do seu Juno CN09. Luta essa que recebe para esta prova um reforço de peso, com a presença de João Fonseca.

O piloto local, campeão em 2015, faz aqui um regresso esporádico para disputar a rampa “da sua terra” ao volante de um BRC. Joaquim Rino e Nuno Guimarães, igualmente em BRC, completam a lista de pilotos desta categoria.

Uma das mais animadas desde o início do campeonato, a Categoria 2 será também uma das mais interessantes de seguir na Covilhã. António Nogueira e o Porsche 911 GT2 venceram as duas rampas anteriores e vão certamente querer manter esta senda vitoriosa. A forte oposição será encabeçada por José Correia em Nissan GT-R GT3, assim como por Gonçalo Manahu e Edgar Reis em Porsche 997 GT3.

Daniela Marques (Subaru Impreza STi), Pedro Saraiva (Mitsubishi Lancer Evo. IX), João Guimarães (Peugeot 206 RC) e Jorge Gonçalves (Fiat Punto), estão também inscritos na Categoria 2.

Com um bonito Ford Fiesta R5, Manuel Correia dominou na Falperra e chega por isso à Serra da Estrela como um dos principais favoritos ao triunfo na Categoria 3. Também presente está José Pedro Gomes, que tem vindo a assumir-se como um dos crónicos candidatos aos lugares cimeiros com o seu Ford Escort WRC, a exemplo do que acontece com Luis Silva (BMW M3) e Manuel Correia em Mitsubishi Lancer EVO VI. Também inscritos estão Sérgio Nogueira em Citroen Saxo e Pedro Cerqueira em BMW E30.

Outra das categorias mais competitivas do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline, é a Categoria 4, onde Luis Nunes tem dominado com o seu SEAT Leon Cup Racer. Nunes conta por triunfos as duas provas disputadas, numa categoria onde Joaquim Teixeira em Renault Megane Trophy, assim como Paulo Silva e Ricardo Gomes em SEAT Leon Supercopa, têm uma palavra a dizer na luta pela vitória. José Cerqueira e Francisco Marrão (SEAT Leon Copa) e ainda João Vilas Boas (Renault Clio), animam também esta categoria.

Na Categoria 5, o favoritismo para esta prova recai em Carlos Oliveira e no seu Porsche 911 SC, que estiveram em grande plano na Rampa da Falperra. Parcídio Summavielle em Datsun 260Z e Mário Mesquita em Datsun 1600 SSS, tem também uma palavra a dizer na luta pelo pódio final.

Depois do domínio exercido na Rampa da Falperra, Hélder Silva em BMW 323i é o favorito ao triunfo na Categoria 6, onde vai ter a oposição de Fernando Salgueiro e Ricardo Loureiro em Ford Escort MKII, Martine Pereira em Lola T70 e ainda Flávio Sainhas e Victor Ramos, ambos em Ford Escort MKI.

Na Taça Nacional de Clássicos Montanha 1300, Cândido Monteiro e José Pedro Figueiredo, vão lutar pelo triunfo ao volante dos seus Datsun 1200.

 

 

 

 

LISTA DE INSCRITOS PROVISÓRIA

 

40 CONCORRENTES

 

 

Bompiso Racing Team Joaquim Teixeira Renault Megane Trophy
Carlos F. Santos Carlos F. Santos VW 1303 S
Candido Monteiro Candido Monteiro Datsun 1200
Carlos Oliveira Carlos Oliveira Porsche 911
Daniela Marques Daniela Marques Subaru Impreza
Edgar Reis Edgar Reis Porsche 997 GT3 Cup
Fernando Salgueiro Fernando Salgueiro Ford Escort MK II
Flávio Saínhas Flávio Saínhas Ford Escort MKI
Francisco Marrão Francisco Marrão Seat Leon Super Copa
Gonçalo Manahu Gonçalo Manahu Porsche 997 GT3 Cup
Helder Silva Helder Silva Bmw e 21
Joaquim Rino Joaquim Rino BRC 05-EVO
JC Group Racing Team Ricardo Gomes Seat Leon MK 2
JC Group Racing Team José Correia Nissan GT-R GT3
João Fonseca João Fonseca BRC CM 05
João Guimarães João Guimarães Peugeot 206 RC
João Oliveira João Oliveira Subaru Impreza
João Vilas Boas João Vilas Boas Renault Clio
José Cerqueira José Cerqueira Seat Leon 1.8
José Pedro Figueiredo José Pedro Figueiredo Datsun 1200
José Pedro Gomes José Pedro Gomes Ford Escort
Jorge Gonçalves Jorge Gonçalves Fiat Punto 1.6
Luis Nunes Luis Nunes Seat Leon Super Copa
Luis Silva Luis Silva BMW M3 E30
Manuel Correia Manuel Correia Ford Fiesta ST
Mário Mesquita Mário Mesquita Datsun 1600 SSS
Martine Pereira Martine Pereira Lola T70
Nuno Guimarães Nuno Guimarães BRC CM-02
Parcidio Summavielle Parcidio Summavielle Datsun 260 Z
Paulo Ramalho Paulo Ramalho Juno CN-09
Paulo Silva Paulo Silva Seat Leon Super Copa
Pedro Cerqueira Pedro Cerqueira BMW 325 E30
Pedro Marques Pedro Marques Seat Leon TDI
Pedro Rosário Pedro Rosário Audi S 3 4x4
Pedro Saraiva Pedro Saraiva Mitsubishi Lancer EVO IX
Pedro Salvador Pedro Salvador Norma M20-FC
Ricardo Loureiro Ricardo Loureiro Ford Escort MK II
Rui Ramalho Rui Ramalho Osela PA21S EVO
Sérgio Nogueira Sérgio Nogueira Citroen Saxo
Victor Ramos Victor Ramos Ford Escort
40 - Inscritos
28 e 29 de Maio de 2016
PRCNMV 08016_Copy

 

VODAFONE RALI DE PORTUGAL 2016

VODAFONE RALI DE PORTUGAL 2016

 

KRIS MEEKE VENCEU MESMO

 

O Citroen DS 3 de Kris Meeke foi o grande vencedor do Vodafone Rali de Portugal, depois de ter conseguido consolidar um pequeno avanço no primeiro dia de prova, que foi determinante.Atras de si ficaram os dois Volkswagen Polo de Mikelsen e Ogier, que por sua vez teve na sua esteira o Hyundai de Dani Sordo, e o Ford Fiesta de Camili.

 

Fotos de Ricardo Costa,António Silva - Zoom Motorsport  Paulo Maria e André Lavadinho /World - www.velocidadeonline.comw1ricardocastro Copyw2 Copyw3 Copyw4 Copyw5 Copyw6 Copyw7 Copyw8 Copyw9 Copyw10 Copyw11-fotosaricardocastro Copyw12 Copyw14 Copyw15 Copyw16 Copyw17 Copyw18 Copyw19-paulomaria Copyw20 Copyw21 Copyw22 Copyw23 Copyw24 Copyw25 Copyw26 Copyw27 Copyw28 Copyw29andrelavadinho Copyw30 Copyw31 Copyw32 Copyw33 Copyw34 Copyw35 Copyw36 Copyw37 Copyw38 Copyw39 Copyw40 Copyw41 Copyw42 Copyw43 Copyw44 Copyw45 Copy

 

FÁBIO MOTA PREPARADO

FÁBIO MOTA PREPARADO PARA GRANDE DESAFIO

 


Hoje tive formação com vídeo no centro RSR NÜRBURG para ficar mais bem preparado para os segredos do Green Hell. Muito Obrigado ao Matthias Pahlke(Vencedor em 2006 das 24 horas de Nürburgring na classe SP3T) e a toda a equipa da RSR NÜRBURG!

 

FELIX DA COSTA COM CORRIDA ESTRAGADA

DTM 2016

 

 

Mortara acaba com corrida de Félix da Costa
em Spielberg

O italiano Edoardo Mortara acabou com todas as hipóteses de António Félix da Costa subir ao pódio na segunda corrida deste fim-de-semana do DTM que decorreu esta tarde em Spielberg, Áustria. Félix da Costa que realizou uma excelente qualificação esta manhã, assegurando a segunda melhor marca da sessão, estava com um excelente ritmo, seguindo na terceira posição quando foi abalroado pelo piloto da Audi, ficando com o seu carro danificado e sem qualquer hipótese de recuperar posições.

Se na qualificação para a corrida de hoje tudo correu de feição a Félix da Costa que apenas foi batido nos minutos finais por Jamie Green e por apenas 2 milésimos de segundo, já na corrida desta tarde o piloto da BMW Team Schnitzer estava a realizar uma boa prova, com um ritmo muito forte, quando na 25.ª volta e numa altura que seguia no terceiro posto foi atirado para fora da pista por Edoardo Mortara: "Não há muito a dizer. É pena, a este nível de pilotos profissionais, ainda haver toques deste género, que acabaram com a minha corrida, mas também com a dele. Já tinha ultrapassado o Mortara para terceiro, mas ele simplesmente travou na traseira do meu carro atirando-me para fora. Ainda consegui regressar à pista, mas com a pancada o carro ficou danificado, retirando-me qualquer hipótese de regressar aos lugares da frente. Apesar de tudo gostaria de agradecer o excelente trabalho da minha equipa que me proporcionou um carro muito competitivo. As corridas por vezes são ingratas e agora há que olhar para a próxima prova em Lausitzring" , referiu António Félix da Costa no final da corrida. O incidente de Félix da Costa e Mortara irá ser analisado pelo colégio de comissários e ao que tudo aponta será alvo de penalização para o piloto italiano, que definitivamente teve um comportamento pouco ao nível de um piloto de DTM.

 

O vencedor da segunda corrida do fim-de-semana foi Timo Glock (BMW), seguido de Matias Ekstrom (Audi) e Jamie Green (Audi), segundo e terceiro classificados, respectivamente. António Félix da Costa concluiu a prova no 21.º posto. A próxima prova terá lugar de 3 a 5 de Junho em Lausitzring.

 

TIAGO MONTEIRO VOLTA A VENCER

TIAGO MONTEIRO VOLTA A VENCER

 

TCR

 

2 vitórias e um 2º lugar. Grande fim de semana aqui em Spa no TCR Benelux. Bom trabalho de toda a equipa Boutsen Ginion Racing e da Honda. Próximo fim de semana estou de volta ao WTCC para a incrível corrida de Nordschleife 



 

MIGUEL RAMOS COM A 1ª VITÓRIA DA ÉPOCA

 

A primeira corrida do International GT Open em SPA, foi também a nossa primeira vitória do ano.

Nada como uma boa participação em SPA para afastar os fantasmas do Estoril, onde não fomos felizes. A Race 1 foi excelente pois com uma estratégia de boxe perfeita, a corrida correu-nos muito bem. Aproveitamos a presença do safety car em pista para redefinirmos a nossa estratégia e correu na perfeição. Assim que apanhamos bandeira verde, procedemos à troca e o Roldan fez um excelente turno, aguentando muito bem a forte pressão que estar na frente da corrida sempre coloca. A equipa fez um excelente trabalho neste interregno entre o Estoril e SPA e o carro manteve-se muito estável durante toda a corrida.

Na Race 2 deste domingo e com a chuva, tudo foi mais complicado. A partida foi dada com a presença do safety car em pista e assim se desenrolou a primeira metade da corrida sempre em ritmo muito lento. O nosso BMW #1 com o Roldan ao volante estava em segundo e assim se manteve até ser dada a bandeira verde que coincidiu com a abertura da janela para troca de pilotos, fazendo nós essa troca quase de imediato. Quando entrei e sempre com a pista muito molhada, voltaram os problemas de tração sentidos na pré-época e no Estoril, só que com este dilúvio as coisas tornam-se ainda piores. Não sei se foi com a pancada que levei do Lambo do Crestani, na saída da chicane da paragem de autocarro, que o nosso carro piorou ou não. O certo é que procurei grip em toda a largura da pista e não conseguia colocar a potência no chão, ou então quando ela entrava era de tal forma brusca, que o controle de tração atuava tarde e podíamos acabar no muro. A determinada altura e percebendo a dificuldade com que estávamos, entendi que o objetivo passava a ser trazer o carro até ao fim sem danos, pois já bastava à equipa ter perdido um carro ontem.

 

Race 1
1 Miguel Ramos PT / Roldan Rodriguez ESP BMW M6 GT3
2 Nicky Pastorelli NLD /Joshua Webster GBR Renault RS01 GT3
3 Alexander West GBR / Côme Ledogar FRA McLaren 650 S GT3

Race 2
1 - Nicky Pastorelli NLD /Joshua Webster GBR Renault RS01 GT3
2 - Duncan Tappy GBR / Michael Benham GBR McLaren 650 S GT3
3 - Marco Cioci ITA / Alex Moiseev RUS Ferrari 458 Italia GT3
8 - Miguel Ramos PT / Roldan Rodriguez ESP BMW M6 GT3

Classificação do Campeonato após SPA
1 - Phil Keen / Shaun Balfe 52 pts
2 - Michael Benham / Duncan Tappy 44 pts
3 - Nicky Pastorelli / Joshua Webster 40 pts
4 - Fabrizio Crestani / Thomas Biagi 38 pts
5 - Miguel Ramos / Roldan Rodriguez 27 pts

A próxima prova do GT Open terá lugar a 4 e 5 de Junho em Paul Ricard (França)

 

VODAFONE RALI DE PORTUGAL 2016

VODAFONE RALI DE PORTUGAL

 

O FIM DE BERNARDO SOUSA E A FALTA DE SORTE

 


Nós estamos fora, mas ambos ok!!! Perdi o ponto de travagem, fim da história! 

 

HISTORIC ENDURANCE EM PAU

 

Iberian Historic Endurance Grand Prix Historique Pau

 

 Historic Endurance regressa ao prestigioso Grand Prix Historique de Pau.  Tal como em 2015, grande adesão das equipas possibilita uma grelha esgotada com 44 equipas de 7 nacionalidades  O Historic Endurance ganha ainda mais projecção ao ser cabeça de cartaz em Horário Nobre É já no próximo fim-de-semana que as equipas do Historic Endurance participarão no lendário circuito citadino de Pau. Este circuito citadino comemora em 2016, a sua 75º edição e foi o originário do conceito “Grand Prix”, nome que mantem até hoje. A vila de Pau orgulha-se de já ter recebido todas as grandes competições Automóveis, como a Formula 1, Formula 3000, WTCC entre outros. Depois dos sucessos nos últimos anos, o circuito do sul de França recebe novamente o Historic Endurance já nos próximos dias 21 e 22 de Maio. As expectativas não podiam deixar de ser altas. O comité organizador dentro das inscrições recebidas teve particular interesse em seleccionar não só carros valiosos, mas sobretudo carros diferentes que proporcionem um bom espectáculo com os “Gentlemen Drivers” a utilizarem os modelos que são mais queridos ao coração. Assim, entre os 44 veículos seleccionados estão representadas 15 marcas diferentes numa fantástica representatividade de equipas de 7 países diferentes. Destaques para os três Porsche 356 presentes, óbvios candidatos ao Index de Performance Cuervo & Sobrinos que terão luta do muito raro Triumph Spitfire LM, do Alpine A110 1300 e do Mini Cooper S presentes. Por outro lado, carros muito valiosos como o Jaguar E-Type Lightweight, os Lotus Elan 26R, o raro Diva F10 e os tradicionais Porsche 911 3.0 Carrera RS e os Ford Escort BDA dos vencedores de 2015 são todos candidatos à vitoria final neste estreito e encadeado circuito que proporciona sempre corridas com o vencedor indefinido até final. Como Pilotos, destaque para o Campeão Francês de Turismo de 1978 e ex-piloto da NART Ferrari em Le Mans (Lucien Guitteny), para o especialista no circuito de Pau e ex-Piloto das 24H de Le Mans (Bernard Salam). Como curiosidade, este último correu em 1976 no circuito de Pau com o mesmo carro que irá utilizar no próximo fim-de-semana. A defender as cores nacionais estará a Dupla Ferreira / Pina Cardoso em Ford Escort, Francisco Pinto que venceu em Jarama a categoria H1971 e a estreia bonitos Porsche 911 SWB das duplas Carvalhosa/Maso e Torres da Silva/ Abreu. Diogo Ferrão, organizador do Iberian Historic Endurance, tinha um sorriso nos lábios: “Prevemos um fim-de-semana muito entusiasmante. Esta prova tem um ambiente único, num circuito que mais parece um troco de Rali no centro Histórico da cidade. Com os hotéis totalmente reservados e os bilhetes para as bancadas praticamente esgotados, aguarda-nos um bom espectáculo onde os espectadores vão poder reviver os Turismos e GT’s da década de 60 e 70. Este ano, os organizadores deram-nos prime Time com a prova a começar às 14H50.” Os Treinos Livres e Cronometrados têm lugar no Sábado, enquanto a tão aguardada corrida será às 14h50 de Domingo, horas locais

 

LISTA DE INSCRITOS

 

 

Grand Prix Historique de Pau 2016 Provisional Entry List 12 de Maio de 2016 1/2 N º Concorrente/Concursante País 1ºPiloto 2ºPiloto Viatura/Vehículo Cilindrada 5 0 Frederic Clot FR Frederic Clot Alain Serpaggi Triumph Spitfire LM 1149 6 4 Jacque Tillos FR Jacque Tillos Francois Tillos Austin Cooper S 1293 8 NOU ONZE ES Pablo Tarrero Carlos Beltran Porsche 356 Pre-A 1500 108 John Bradshaw UK John Bradshaw Tom Bradshaw Lotus Elan 26R 1558 2 7 Carlos Barbot P T Carlos Barbot Lotus Elan 26R 1560 105 Lucien Guitenny FR Lucien Guitenny Maxime Bochet Alfa Romeo GTA 1570 110 NOU ONZE J P Masami FUJITA Alfa Romeo Giulia Sprint GTA 1590 1 5 Club Porsche España ESP Iria Fernández María Fernández Porsche 356 C 1600 1 AECD ES Guillermo Velasco Porsche 356 SC 1600 123 Peter Tognola UK Peter Tognola Porsche 911 2.0 SWB 1991 118 Simon Hutson UK Simon Hutson Stephen Monk Porsche 901 1991 2 5 António Torres da Silva PT António Torres da Silva José de Abreu Porsche 911 2.0 SWB 1991 5 Jean-Charles Faulx BE Jean-Charles Faulx Matthieu Watillon Porsche 911 2.0 SWB 1991 109 Michel Cazalot FR Michel Cazalot Didier Marty Austin Healey 3000 2967 106 Cliff Gray UK Cliff Gray Martin Brewer Jaguar E-Type Semi Lightweight 3800 Categoria H-65 : 15 cars Nº Concorrente/Concursante País 1ºPiloto 2ºPiloto Viatura/Vehículo Cilindrada 1 1 Florent Cazalot FR Florent Cazalot Lotus 7 S2 1596 112 Damien Kohler FR Damien Kohler Diva F10 1598 Categoria H-GTP and Sport Cars 1965: 2 Cars N º Concorrente/Concursante País 1ºPiloto 2ºPiloto Viatura/Vehículo Cilindrada 5 4 AECD ESP José Alvarez del Manzano Mini Cooper S 1300 6 5 CLUB PORSCHE ESPAÑA ESP Rafael Sanchez Alcalá Eduardo sánchez-Alcalá Renault Alpine 1300 444 Eric Baumard FR Eric Baumard Guillaume Blancardi Alfa Romeo Giulia Sprint Super 1570 143 Adrien Audibert FR Adrien Audibert Balaresque Alfa Romeo Giulia Sprint GT 1600 131 Philippe Bonny FR Philippe Bonny Michel Renavand BMW 2002 Ti 1990 5 3 Francisco Pinto P T Francisco Pinto BMW 2002 1990 3 0 Gonzalo Mateo Buisan ESP Gonzalo Mateo Buisan BMW 2002 TII 1990 3 6 Carlos Rivera ESP Carlos Rivera BMW 2002 TII 1990 4 2 AECD ESP António Gutiérrez Porsche 911-R 2000 4 4 José Carvalhosa P T José Carvalhosa Piero dal Maso Porsche 911-S SWB 2100 134 AECD ESP Alvaro Ochagavías Porsche 911T 2200 2 6 Alexis Raoux FR Alexis Raoux Porsche 911 2.3 ST 2300 133 Paul Conway UK Paul Conway Morgan +8 Moss Box 3528 Categoria H-71 : 13 Cars 2/2 N º Concorrente/Concursante País 1ºPiloto 2ºPiloto Viatura/Vehículo Cilindrada 8 0 Miguel Vaz P T Miguel Vaz Fiat 128 Coupé 1300 181 Philippe Angelin FR Philippe Angelin Jean Jacques Lesage Ford Escort RS 2000 1990 5 6 Paul Parlange FR Paul Parlange Alfa Romeo 2000 GTV 1990 307 Koge van der Woude NL Koge van der Woude Hans van der Woude Porsche 911 3.0 RS 2992 187 Pierre Arraou FR Pierre Arraou Porsche 911 3.0 RS 2997 6 8 AECD ESP Salvador Albiñana José Ramón Diaz Tejeiro Porsche 911 3.0 RS 2997 8 4 AECD ESP Jorge López Porsche 911 3.0 RS 3000 7 4 NOU ONZE ESP José Mª Martí José Luis Boiria Porsche 911 3.0 RS 3000 8 8 AECD ES Luis López Alvaro Rodríguez Porsche 911 3.0 RS 3000 Categoria H-76 : 9 Cars Nº Concorrente/Concursante País 1ºPiloto 2ºPiloto Viatura/Vehículo Cilindrada 195 Christopher Blewett UK Christopher Blewett Ginetta G12 1297 9 9 NOU ONZE ES Antonio García Porsche 924 2000 9 3 Vasco Nina P T Vasco Nina Talbot Lotus 2173 185 Bernard Salam FR Bernard Salam Porsche 3L RS 2997 9 6 NOU ONZE ES Joan Sole Porsche 911 SC 3000IMG 1145_Copy

 

VODAFONE RALI DE PORTUGAL 2016

 

Kris Meeke led Vodafone Rally de Portugal on Friday night after dominating an action-packed day in the hills overlooking northern Spain.

The Briton, returning to the WRC after missing the previous two rounds, claimed the lead by winning this morning’s opening speed test. He was fastest in four more to head world championship leader Sébastien Ogier by 31.9sec with two days remaining.

Hayden Paddon, winner of the previous round in Argentina, and Ott Tänak provided the drama. Both rolled at the same place this afternoon and their cars caught fire, fierce flames reducing Paddon’s car to a shell in minutes. Both drivers and co-drivers were unhurt.

Two stage wins this morning enabled Meeke to build a 11.5sec lead in Citroën’s DS 3 over Ogier, fastest in last night’s curtain-raising test. As the gravel roads became heavily rutted, he stretched his lead to 35.2sec in the repeat pass, before Ogier narrowed the gap in the final two asphalt street tests in Porto.  

Road opener Ogier had the worst of the conditions as he cleaned the gravel in his Volkswagen Polo R to leave better grip for others. An inspired Dani Sordo demoted the Frenchman from second before a front left puncture cost 10sec and the Spaniard dropped 5.4sec behind in his Hyundai i20. 

A cautious approach paid dividends for Andreas Mikkelsen who was fourth in a Polo R, ahead of Thierry Neuville, who climbed the order after a cautious start. Stéphane Lefebvre was sixth despite a puncture in his DS 3.

Mads Østberg had difficulty downshifting his Ford Fiesta RS but improvements enabled the Norwegian to climb to seventh, with team-mate Eric Camilli eighth.

Jari-Matti Latvala held fourth despite a set-up that was too stiff for the conditions. However, the Finn hit a hole and broke his Polo R’s power steering, dropping more than three minutes wrestling it through the remaining stages. He finished 1.1sec ahead of WRC 2 leader Pontus Tidemand 

The afternoon’s opening stage was cancelled after the crashes of Paddon and Tänak. Paddon and co-driver John Kennard could only save their crash helmets from the burning wreckage, while locals helped Tänak fight the flames with a hose pipe to save his car.

The only other major retirement was Kevin Abbring, sidelined with a broken steering arm after clipping a bank.

Saturday’s leg is the longest of the weekend. Competitors cover two identical loops of three stages, east of the rally base of Matosinhos, totalling 165.28km.



Direct Download Download
alt
More Photos and Videos
alt
alt
alt
alt

 

MERCEDES BENZ CHALLENGE

 

Mercedes-Benz Challenge: Max Mohr tem um bom rendimento no treino de abertura da segunda etapa

O piloto da Rsports Racing foi apenas o terceiro colocado, mas diz que "equipe tem bom ritmo e está na direção certa"

Nesta sexta-feira (21) aconteceu o primeiro treino da segunda etapa do Mercedes-Benz Challenge no Autódromo Internacional Ayrton Senna, na capital de Goiás. O piloto da equipe Rsports Racing, Max Mohr garantiu a terceira posição com o tempo de 1min41seg509, após ter percorrido 23 voltas na sessão livre que teve duração de uma hora. Neste sábado os carros voltam à pista para o segundo treino às 10h15 e o treino classificatório será a partir das 16h20 para as categorias CLA AMG Cup e C 250 Cup. A corrida será no domingo às 11h05.

Ao falar do dia de atividades em Goiânia, o catarinense revelou que tem um carro bem. "No primeiro treino voltando aqui para essa terra quente de Goiânia. Temos mais pequenos ajustes para fazer, mas acredito que é uma questão de calibragem e pneus. Além disso, a concentração será primordial para imprimir um bom ritmo e de estar focado para que o resultado seja bom, tanto no classificatório, quanto na corrida", declarou.

O piloto que considera o circuito goiano um dos seus favoritos. "Realmente é uma pista seletiva e desafiadora, quero melhorar o desempenho no próximo treino, mesmo assim hoje fiquei em uma boa colocação", concluiu o piloto.

A equipe Rsports Racing conta com patrocínio da Votorantim Cimentos, Grupo Max Mohr, Cifarma, Dream Route, Academias Primatas CrossFit e Motul.

Resultado do primeiro treino do Mercedes-Benz Challenge na categoria C 250 Cup:

1) 166 Vincicius Simão, Center Bus Sambaiba Racing, C250, 1:40.377
2) 65 Claudio Simão, M, Center Bus Sambaiba Racing, C250, 1:41.197
3) 225 Max Mohr, M, RSports Racing, C250, 1:41.509
4) 21 Peter Michel Gottschalk, Paioli Racing, C250, 1:41.605
7) 55 Fabio Escorpioni, Ensite Racing Team, C250, 1:41.663
8) 111 Marcos Paioli/Peter Gottschalk, M, Paioli Racing, C250, 1:42.441
9) 64 C.A.Guilherme, M, Center Bus Sambaiba Racing C250, 1:42.519
10) 67 Sergio Maggi, Center Bus Sambaiba Racing, C250, 1:42.640
11) 100 Mateus Biriba, Hot Car Competições, C250, 1:42.814
12) 99 I.R.Souza/R.Magro, RSports Racing, C250, 1:43.048
13) 41 João Lemos Ensite, Racing Team, C250, 1:43.377
14) 73 Raphael Teixeira, Lagoa Racing, C250, 1:44.252
15) 26 Flavio Andrade, M, Hot Car Competições, C250, 1:53.671
16) 13 Beto Rossi/Idenis R. de Souza, M, RSports Racing, C250, 1:57.095

Confira a programação do evento:

Sábado (21/05):
08h00 - 08h10 - 3o Treino Brasileiro de Turismo
08h20 - 09h00 - 2o Treino Stock Car (Grupo 1)
09h05 - 09h45 - 2o Treino Stock Car (Grupo 2)
09h55 - 10h05 - Classificação Copa Petrobras
10h15 - 11h15 - 2o Treino MBC (CLA AMG e C250)
11h25 - 11h35 - Classificação Brasileiro de Turismo
12h00 - 13h00 - Classificação Stock Car
14h10 - Largada Copa Petrobras de Marcas (Corrida 1)
15h35 - Largada Brasileiro de Turismo (Corrida 1)
16h20 - 16h40 - Classificação MBC (CLA AMG)
16h50 - 17h10 - Classificação MBC (C250)

Domingo (22/05):
08h25 - Largada Brasileiro de Turismo (Corrida 2)
09h05 - 09h15 - Seu Carro nas Pistas
09h45 - Largada Copa Petrobras (Corrida 2)
11h05 - Largada Mercedes-Benz Challenge
13h00 - Largada Stock Car (Corrida 1)
14h10 - Largada Stock Car (Corrida 1)
15h00 - 16h00 - Visitação aos boxes / Volta rápida

Calendário do Mercedes-Benz Challenge 2016:

Etapa 1 - 06 de março - Curitiba/PR
Etapa 2 - 22 de maio - Goiânia/GO
Etapa 3 - 26 de junho - Viamão/RS
Etapa 4 - 17 de julho - Cascavel/PR
Etapa 5 - 11 de setembro - São Paulo/SP
Etapa 6 - 06 de novembro - Goiânia/GO
Etapa 7 - 20 de novembro - Curvelo/MG
Etapa 8 - 11 de dezembro - São Paulo/SP

 

A corrida da segunda etapa do MBC será neste domingo às 11h05 (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)

A corrida da segunda etapa do MBC será neste domingo às 11h05 (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)
Alta  | Web

Max Mohr #225 (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)

Max Mohr #225 (Claudio Kolodiziej/Photo Racing)
Alta  | Web

 

OLIVEIRA SATISFEITO

 

Piloto português melhora tempo entre sessões

 

 DSC0712_Copy Começou hoje a sexta etapa do Campeonato do Mundo de Moto GP no circuito italiano de Mugello. Miguel Oliveira começou o dia com a 17ª melhor marca, posição que manteve na segunda sessão, embora com uma melhoria de tempos muito significativa. 

O primeiro dia de treinos em Itália, permitiu a Miguel Oliveira recolher algumas informações para trabalhar durante o fim-de-semana. O português da Leopard Racing registou o 17º melhor tempo no final das duas sessões, tendo, no entanto, registado a 6ª melhor marca durante grande parte da segunda sessão do dia. O piloto português melhorou a sua marca da primeira (1m55,532s) para a segunda sessão (1m53,651s) de uma forma expressiva: “O dia de hoje foi um dia complicado. Começamos, de manhã, com condições intermédias numa pista não totalmente seca; encontrámos logo de início algumas limitações na mota. Além de estar bastante pesada, é difícil de ter confiança com o trem dianteiro.” Começa por explicar o jovem almadense.

“De tarde acabamos por melhorar bastante também o tempo por volta. Ainda assim, existem algumas coisas que melhorar no balanço geral da mota,  mas estou optimista para amanhã para fazer uns bons treinos e uma boa qualificação.” Remata Miguel Oliveira.

Os pilotos de Moto2 regressam amanhã à pista para a derradeira sessão de treinos livres pelas 09h55, seguindo-se a importante sessão de qualificação marcada para as 14h05.

 

SURF NO BRASIL

 

Como foi a rotina dos surfistas brasileiros enquanto o Mundial de Surf rolou no Rio?

Acredite: os surfistas tiveram a vida mais fácil nas ondas... Encontros com patrocinadores, sessões de autógrafos com fãs, negócios e ativações diferenciadas fazem com que os atletas tivessem praticamente mais atividades fora que dentro da água.

Com o "boom" do surf nos últimos três anos, os surfistas brasileiros tiveram uma rotina de rockstar no mês de maio, quando acontece a etapa do Rio de Janeiro da Liga Mundial de Surf (WSL). A exigência da mídia, dos patrocinadores e dos milhares de fãs que lotaram as areias do Postinho e de Grumari nas últimas duas semanas fizeram com que os atletas tenham praticamente mais atividades fora que dentro da água.

Com a janela do evento sendo longa (11 dias) e imprevisível (os atletas só sabem se vão competir às 7h do dia, quando acontece a chamada oficial), os dias sem atividades acabam não tendo nada de descanso: a agenda de compromissos é extensa e concorrida. Adriano de Souza, em sua primeira competição como campeão mundial no Brasil, que o diga.

No primeiro dia (9), foi a coletiva de imprensa oficial e uma sessão de autógrafos, com apenas 30 minutos de treinos forçados - ele deu um jeito e se jogou na água entre os dois acontecimentos. Depois, na quinta (12), após os dois primeiros dias de competição em Grumari, Adriano foi uma das principais estrelas da inauguração do Museu do Surf, criado pela lenda Rico de Souza. Ele, inclusive, doou uma prancha novinha para o acervo.

Na sexta-feira (13), apresentou sua nova identidade visual em um evento realizado no início da noite com a presença de todos os seus patrocinadores (HD, Red Bull, Oakley, Oi, G-Shock, Mitsubishi do Brasil, XP Investimentos, Banana Wax, JBL, Nossolar e Estácio, faculdade carioca que sediou o encontro), algo que não acontecia desde a chegada no Brasil após o título no ano passado; o dia seguinte foi de "folga" com as competições, mas o domingo (15) viu uma sessão de autógrafos no estande da Oi montado na Praia do Postinho. E quando não é evento, Adriano resolvia assuntos do dia-a-dia. Como um mero mortal, pegou fila no banco e nos Correios, onde fez questão de postar pessoalmente um prêmio de uma promoção feita em suas redes sociais. E também teve de se preocupar com outras coisas como renovação de contratos, por exemplo.

Cansou só de ler? Acrescente a isso então o fato de Adriano acordar todos os dias em torno das 4 e 5h da manhã, tendo competição ou não, e também os treinos, que são imprescindíveis. "A gente sabia que seria um período bem agitado. Mal conseguimos respirar, acabamos comendo coisas erradas em horas erradas e brigamos para conseguir tempo para treinar, pois esta é a coisa mais importante. É corrido, mas é gostoso. É algo parecido com a Fórmula 1 quando é época do GP do Brasil. Certamente são as duas semanas mais importantes do ano para a gente fora das ondas", analisa Mineirinho.

Mas não é só o campeão mundial que é requisitado. Estreante em 2016, Caio Ibelli foi um dos destaques de uma concorrida sessão de autógrafos da Oakley ao lado de Mineirinho, Filipe Toledo e Jadson André, além de ter concretizado um acordo de patrocínio com a Furnas. "A etapa brasileira é vital para conseguirmos fechar algumas parcerias, pois é muito difícil termos tempo durante o calendário para vir ao Brasil. E nossa presença junto às empresas é vital para conseguirmos fechar algo", destaca o estreante do ano até o momento no ranking mundial.

Vice-campeã mundial em duas oportunidades, Silvana Lima também participou de sessões de autógrafos, além de visitar o SporTV para uma participação ao vivo e de uma clínica de surf feita com filhos de clientes da Oi - sem contar os encontros na área dos atletas com membros da Furnas: "A clínica é uma forma interessante de ativação da marca e que nos agrada muito, pois vamos todos para o mar. É muito legal ter esse tipo diferenciado de contato, onde ensinamos algo para os convidados e eles guardam esse momento para sempre. Na clínica deste ano eu nunca tinha visto tantas meninas juntas surfando, o que é muito legal para a sequência do surf feminino no esporte."

Com o fim do campeonato nesta quinta-feira (19), Adriano, Caio e Silvana retomam suas rotinas tranquilas de treinos. No caso de Adriano e Caio, com o foco na etapa de Fiji, que começa dia 7 de junho; já Silvana segue na luta para retornar à elite mundial do surf feminino após vencer a etapa da divisão de acesso na Praia do Forte e disputar o Rio Pro como convidada.

 

A 14 ABERTA AO TRAFEGO

 

Abertura total da A14

 

A Autoestrada da Figueira da Foz/ Coimbra abriu totalmente durante a madrugada de 21 de Maio.

Obras de reparação da A14 foram realizadas exatamente em 7 semanas, cumprindo o prazo inicial estipulado no dia 2 de Abril.

 

A Brisa empenhou-se totalmente neste problema, resolvendo dentro do prazo o aluimento no Rio Foja, e o problema nas passagens hidráulicas, que também estavam em risco, na Vala Real.

 

Na resposta às comunidades locais, em termos de alternativas para este percurso, a colaboração e o envolvimento da Câmara Municipal da Figueira da Foz, do Exército Português e da Autoridade Nacional de Protecção Civil, foi fundamental e permitiu garantir uma resposta eficiente e eficaz no conforto e bem-estar das comunidades envolventes, nomeadamente com a instalação da Ponte Militar.

 

Para informação actualizada poderá ainda consultar o site www.viaverde.pt ou o número de serviço ao cliente 707 500 900.

 

 

TIAGO MONTEIRO VENCEU MESMO EM SPA

TCR - SPA

 

E TIAGO MONTEIRO VENCEU MESMO COM O HONDA CIVIC

 

Ganhámos! Sim, digo ganhámos porque esta hoje é também vossa, de todos vocês que votaram em mim e me deram a pole de hoje! Obrigado a todos. Amanhã há mais


2016 photo_news_157_Copy

 

TCR EM SPA

TCR BENELUX: HONDA WINS AND OPEL SURPRISES

After starting from the pole thanks to the ‘Make the Grid’ votes, Tiago Monteiro and Stéphane Lémeret won the 60-minute Qualifying Race at Spa in the TCR Benelux inaugural event. However, the duo at the wheel of the Boutsen Ginion Racing Honda Civic TCR had to face a strong opposition from the DG Sport Opel Astra TCR of Pierre-Yves Corthals and Fred Caprasse that led until the mid-race pit stop and also set the fastest lap.

Corthals was the quickest at the start and took the lead ahead of Lémeret. The Honda driver managed to move back at the front during the first lap, but Corthals overtook him again and led the race until the mid-race pit stop.
Behind them the SEAT cars of Dupont and Guillaume Mondron were in a close fight with the Volkswagen cars of van de Poele, Richard and Latinne, and the Honda of Kuppens.
After replacing Corthals, Caprasse was able to keep the lead for a while, until Monteiro (who had took over from Lémeret) overtook him for good and pulled away. Caprasse was able to finish second despite some gearbox issues, while de Leval claimed third position in the Golf he shared with van de Poele.
Tomorrow the TCR Benelux competitors will take part in four 20-minute sprint races.2016 photo_news_156_Copy2016 photo_news_157_Copy2016 photo_news_158_Copy2016 photo_news_159_Copy2016 photo_news_166_1ca26b39c985d346c76eab13b348a0bf_Copy

 

João Raposo

Telemóvel: +351 961 686 867
E-mail: jraposo-air@portugalmail.pt