In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player
Joomla! Slideshow

VELO CAB2012


MERCEDES BENZ CHALLENGE - BRASIL

Claudio Kolodziej
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Linneu Linardi
Alta | Web

Claudio Kolodziej
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Linneu Linardi
Alta | Web

Claudio Kolodziej
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Linneu Linardi
Alta | Web

Linneu Linardi supera 11 concorrentes e faz mais um top-10 no Mercedes-Benz Challenge

Mesmo após revisão da Mercedes, CLA AMG 45 do piloto da SBC Trans/Linardi Sports enfrentou problemas de embreagem durante todo o final de semana

Mais uma corrida de recuperação. Assim foi o domingo de Linneu Linardi na sexta etapa do Mercedes-Benz Challenge, disputada no Autódromo Internacional de Curitiba, na cidade de Pinhais (PR). Após enfrentar problemas graves com a embreagem de seu Mercedes CLA AMG 45 ao longo de todo o sábado, o piloto da equipe SBC Trans/Linardi Sports conseguiu superar 11 concorrentes para terminar com a nona colocação.

Apesar do resultado da prova, considerado bom, Linardi fez questão de mostrar seu descontentamento com a Mercedes após a corrida. "O carro passou por uma revisão após a etapa do Velopark, mas aqui a embreagem voltou a apresentar problemas e isso se refletiu em todo nosso trabalho do final de semana", disse o piloto. "É a quarta vez em seis etapas que algo que não é de nossa responsabilidade nos atrapalha. Isso prejudicou demais o meu campeonato", reclama Linneu.

"Aqui em Pinhais o problema de embreagem prejudicou todo o final de semana. Além de ficar impossibilitado de conseguir uma boa posição para a largada, tive um desgaste excessivo dos pneus. A Mercedes precisa tomar alguma atitude", seguiu o piloto, que ainda assim destacou o bom desempenho na corrida deste domingo. "Consegui superar vários adversários e terminar entre os dez melhores da corrida. Isso mostra que, com o carro em boas condições desde o começo, poderíamos brigar mais a frente".

A etapa de Pinhais marcou ainda a estreia de Daniel Correa na categoria C250, terminando na oitava colocação em sua primeira experiência no Autódromo Internacional de Curitiba. O piloto maranhense recebeu elogios de Linneu Linardi após a corrida. "O Daniel teve uma estreia muito promissora, conseguindo ganhar muitas posições. É a prova da competência de nossa equipe, que mais uma vez desenvolveu um ótimo trabalho", conclui Linardi.

A próxima etapa do Mercedes-Benz Challenge acontece no dia 15 de novembro, no circuito montado no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador (BA).

Veja como terminou a corrida:
1. Rodrigo Hanashiro (CLA) - 28 voltas em 48min20s808
2. Lorenzo Varassin/Paulo Varassin (CLA) - a 0.990
3. Fernando Junior/Roger Sandoval (CLA) - a 4.207
4. Neto De Nigris (CLA) - a 4.746
5. Peter Feter (CLA) - a 7.547
6. Claudio Dahruj (CLA) - a 8.131
7. Cristian Hahn/Marcelo Hahn (CLA) - a 8.493
8. Carlos Kray (CLA) - a 10.991
9. Linneu Linardi (CLA) - a 11.892
10. Fernando Amorim (CLA) - a 12.587
11. Adriano Rabelo (CLA) - a 15.502
12. Arnaldo Diniz Filho (CLA) - a 16.213
13. Pierre Ventura (CLA) - a 18.600
14. Paulo Totaro/Ralf Pufleb (CLA) - a 21.064
15. Fernando Poeta/Luis Carlos Ribeiro (CLA) - a 23.894
16. Alexandre Molles Silva (CLA) - a 26.962
17. Danilo Pinto (CLA) - a 1 volta
18. Cesar Urnhani (C250) - a 1 volta
19. Cesare Marrucci (C250) - a 1 volta
20. Carlos Alberto Fonseca (CLA) - a 1 volta
21. Marcos Paioli/Peter Gottschalk (C250) - a 1 volta
22. Leo De Nigris (C250) - a 1 volta
23. Peter Michel Gottschalk (C250) - a 1 volta
24. Theo De Nigris/Thiago De Nigris (C250) - a 1 volta
25. Cristhian Mohr (C250) - a 1 volta
26. Daniel Correa (C250) - a 1 volta
27. Luiz Sena Jr (C250) - a 1 volta
28. Marcos Ramos/Claudio Simão (C250) - a 1 volta
29. Beto Rossi (C250) - a 1 volta
30. Flavio Andrade (C250) - a 2 voltas
31. Roberto Santos (C250) - a 2 voltas
32. Victor Amorim (C250) - a 2 voltas
33. Betinho Sartório (C250) - a 4 voltas
Não completaram 75% da prova
34. Max Mohr (C250)
35. Rodney Felício (CLA)
36. Eduar Merhy Neto (CLA)
37. Fernando Fortes (CLA)
38. Rodrigo Ferre/Bruno Alvarenga (C250)
39. Renato Camargo (C250)
Resultado sujeito a verificações técnicas e desportivas

 

NOVOS SUCESSO DA RP MOTORSPORT

 

ALGARVE HISTORICAL FESTIVAL

 

NOVOS SUCESSOS DA RP MOTORSPORT NO ALGARVE HISTORICAL FESTIVAL



Uma vez a RP Motorsport, esteve em bom plano no passado fim de semana no Algarve Historical Festival, onde os pilotos assistido por Ricardo Pereira estiveram em destaque.

Por isso Ricardo Pereira no final de mais um fim de semana estava deveras satisfeito “ correu tudo bem, pois os nossos pilotos foram quase todos ao pódio, nomeadamente Domingos Sousa Coutinho – Luís Sousa Ribeiro ao volante do BME 2.8, na 5ª feira no decorrer dos treinos livres acabaria por partir o motor, tendo sido mudado. Depois na primeira corrida, faria o segundo lugar em termos de categoria, e nono da geral. Na segunda corrida, o motor deu problemas, mas deu para acabar a prova e assi o BMW 2.8 cortou a linha de chegada em 12º da geral, e 3º da classe. Em relação ao Rafael Pinto, sem problemas de maior ao volante do seu Volkswagen Golf, na 1ª corrida foi o 2º da sua classe, enquanto na corrida seguinte acabou por vencer, um resultado bem positivo. Quanto ao Alexandre Guimarães _Manuel Melo, do Team Mancha, na 1ª corrida a meio, surge um stress, com problemas de bateria, na qual mudamos, e depois de Manuel Melo retomar a corrida, foi autor duma recuperação fabulosa, acabando em 10ª da geral, e 3º da classe, numa prova com cinquenta carros em pista. Na segunda corrida, não houve qualquer tipo de problemas, e a dupla Alexandre Guimarães-Manuel Melo trouxeram o Lotus Elan até final, em 8º da geral, e primeiro da classe”.

 

 

Mas os sucesso da RP Motorsport não se ficaram por aqui, como nos explicou o nosso interlocutor “ o Luís Sousa Ribeiro ao volante do seu Jaguar XJS ganhou as duas corridas na sua categoria, e segundo à geral, sem qualquer tipo de problemas. Finalmente o BMW 323 do Jorge Cruz ficariam em 18ª da geral, mas na segunda corrida teve problemas na caixa de velocidade”.


RP2 -_CpiaRP8 CopyRP7 CopyRP6 CopyRP4 CopyRP3 Copy_-_Cpia

RP MOTORSPORT PRESENTE NA RAMPA DA PENHA

 

No próximo fim de semana a RP Motorsport vai estar presente na Rampa da Penha 3, com o Opel 1904 SR de Pedro Couceiro. Sobre esta prova Ricardo Pereira começou por nos dizer “ estou confiante que o Pedro Couceiro vai dar o seu máximo, desta feita vai participar no Nacional de Montanha, e só espero que não hajam contratempos de ordem técnica”

 

JOAQUIM RINO QUER LUTAR PELA VITÓRIA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

RAMPA DA PENHA 3

 

 

JOAQUIM RINO QUER LUTAR PELA VITÓRIA


FOX 1703_Copy_CopyFOX 1706_Copy_Copy

Depois da excelente prova na anterior  passagem pela Rampa da Penha, Joaquim Rino regressa já no próximo sábado ao mesmo cenário, onde o piloto da Batalha está deveras motivado pela obtenção dum bom resultado.

Joaquim Rino explicou-nos quais as suas expectativas “ antes de mais espero que não chova, pois sou muito penalizado, com o BRC, e não consigo tirar partido das potencialidade do carro de origem espanhola.Caso o piso esteja seco, é lógico que irei para discutir os lugares da frente, ainda não vi a lista de inscritos, mas estou confiante poder lutar pelos lugares da frente, só espero que o meu BRC CM 05, esteja a 100%”.

Joaquim Rino tem as verificações  técnicas marcadas para sábado de manhã, coma s subidas de treinos marcados para  a parte da tarde dos mesmos dias.

 

FAISCA BRILHOU NO ESTORIL

 

MIGUEL FAÍSCA E NISSAN BRILHARAM NO CIRCUITO DO ESTORIL

 

 

MIGUEL FAÍSCA E NISSAN BRILHARAM NO CIRCUITO DO ESTORIL

A brilhante actuação de Miguel Faísca e o título conquistado pelos motores Nissan marcaram as 4 Horas do Estoril, a derradeira prova do calendário do European Le Mans Series. Na prova de estreia no Circuito do Estoril e aos comandos de um protótipo de Le Mans, o português terminou a corrida na 7ª posição. Uma rara demonstração de talento e de maturidade do jovem piloto, que disputou apenas a 7ª corrida da carreira e há 13 meses "só" realizava corridas virtuais na PlayStation.

Para Miguel Faísca, mais do que o resultado, fica a satisfação de ter cumprido dois turnos consecutivos em que chegou a ser o mais rápido em pista. Depois de 1h30m aos comandos do Zytek-Nissan, o campeão europeu da GT Academy'2013 admitiu: "Estou satisfeito, mas gostava de ter sido ainda mais rápido. Eu sei que era a minha estreia, que tenho pouca experiência, mas tenho de ser ambicioso se quero chegar longe na carreira. No entanto, claro que estou satisfeito. Aprendi bastante e graças à Nissan vivi uma experiência fantástica, frente a milhares de portugueses. O apoio ao longo da prova foi fantástico e até nas redes sociais foram muitas as manifestações de apoio que me sensibilizaram".


Imagens Relacionadas

 

 

Mais

 

 

8º LUGAR PARA A FERRARI PORTUGAL

 

Oitavo lugar para a Ferrari Portugal no ELMS no Estoril

 XN_9568_Copy
O oitavo lugar dos pilotos da Ferrari Portugal, Filipe Barreiros e Francisco Guedes, no European Le Mans Series no Estoril não espelha o andamento que os pilotos portugueses impuseram entre os GTC. Um problema na caixa de velocidades logo após o arranque obrigou a uma entrada prematura nas boxes para resolver o problema que durou cerca de duas voltas.
Com este 'handicap' logo desde o início, por melhor que fosse o andamento dos pilotos, seria impossível recuperar. Filipe Barreiros foi bastante consciente num circuito bastante técnico e exigente: "Depois do problema que o Rasmussen teve logo no início havia pouco que pudéssemos fazer para recuperar posições. Por isso concentrei-me em impor o meu ritmo e não cometer excessos. Correu tudo conforme planeado", explicou Barreiros.
A Francisco Guedes coube a tarefa de concluir a corrida, e fê-lo muito bem sempre entre os pilotos mais rápidos dos GTC: "Percebemos que temos andamento para andar neste campeonato e para fazer boas corridas. Foi uma experiência óptima. Com a desvantagem que tínhamos não havia necessidade de correr demasiados riscos. Penso que fiz um bom 'stint' e estou bastante satisfeito. Foi uma boa forma de terminar a época desportiva", concluiu Francisco.
A Ferrari Portugal dá para já como concluída a sua temporada desportiva onde arrecadou o título no Blancpain Endurance Series na categoria

 

ALBUQUERQUE FOI VICE-CAMPEÃO NO ESTORIL

 

estoril elms1_Copyestoril elms_Copy

 

Filipe Albuquerque vice-campeão do European Le Mans Series

 

Filipe Albuquerque enfrentou hoje uma das corridas mais complicadas da sua carreira, aquela que decidia o título do European Le Mans Series e logo no Circuito do Estoril. Ciente da sua missão, o piloto português fez, de forma exemplar, o seu trabalho deixando nas mãos dos seus companheiros de equipa manter a primeira posição. Infelizmente, Simon Dolan protagonizou um toque com um adversário, sofreu com problemas de travões no Zytek que resultaram numa saída de pista e nem mesmo o bom andamento de Harry Tincknell e as penalizações aos seus adversários foram suficientes para garantir a vitória. Albuquerque viria a ficar com o terceiro lugar na sua corrida 'em casa' e o vice-Campeonato.

 

No final, o piloto português não escondia alguma frustração mas ao mesmo tempo consciente que fez sempre tudo o que estava ao seu alcance: "Claro que gostava de ter conseguido o título. Mas também não me posso queixar com o vice-campeonato no ano em que me estreio no ELMS. Foi por muito pouco que não o conseguimos. Mas as corridas são mesmo assim, não podemos dar nada como certo", explicou Filipe Albuquerque.

 

A corrida foi a mais dramática da época com uma sequência de incidentes e penalizações que mudavam sistematicamente o rumo dos acontecimentos: "Acho que só na altura em que eu estive ao volante é que as coisas correram com normalidade. Mas mesmo assim, foi um turno muito difícil. O circuito do Estoril não facilita as ultrapassagens e exige muita concentração. Mas consegui uma margem de mais de 12 segundos para os nossos adversários que me deixou satisfeito. Mas ainda faltava muita corrida", continuou.

 

Numa época em que conseguiu uma vitória, um segundo lugar, um terceiro lugar e um quarto, a sua missão foi bem sucedida: "Cheguei ao fim satisfeito com o meu trabalho. Para o ano há mais", rematou Filipe Albuquerque.

 

A época desportiva termina para Filipe Albuquerque centrando agora atenções no projecto LMP1 com a Audi Sport.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO DE MARCAS

Brasileiro de Marcas: Dia difícil para pilotos paranaenses e J.Star já pensa na próxima etapa


A oitava e última etapa da temporada será no Autódromo de Goiânia no dia 23 de novembro

A sexta etapa da Copa Petrobras de Marcas, realizada neste final de semana no Autódromo Internacional de Curitiba, não favoreceu os pilotos paranaenses da equipe J. Star Racing. Na segunda corrida, o curitibano Thiago Marques largou em 15º e logo na primeira volta já estava em 4ª, quando teve problemas no volante.

"Soltou o parafuso do volante e fiquei com ele na mão, sem reação. Para não correr risco tive que parar", lamenta o piloto do carro #1. Na primeira corrida, o piloto também teve problemas: houve um superaquecimento no motor, que apagou.

Na primeira bateria, Daniel Kaefer, natural de Cascavel (PR), teve problema no eixo. Espanou a porca que segura o eixo e a coifa, do lado de fora da homocinética, mas o problema foi resolvido para a segunda corrida. Já na segunda prova, o piloto abandonou logo no início da corrida.

"Dei uma escapada para não bater no Vicente Orige. Tive que puxar para o outro lado da pista, e nisso perdi a traseira do carro. Foi muito em cima da hora, escapou e bati. Estragou o carro, bati muito forte", explica o piloto.


Calendário

A última etapa da Copa Petrobras de Marcas será realizada no dia 23 de novembro em Goiânia (GO).

A equipe J.Star Racing conta com patrocínio da IPQ Instituto de Psiquiatria, Schahin, PPG, IbPré, DMP Sistemas, MADIS, Yuny, Unitalo - Centro Universitário Ítalo Brasileiro, AC Delco, Constructiva Engenharia, Malas Cruzeiro, TELEMABI Contac Center, Atua Construtora, Colonial Rodas, Benfica, Alpina, Vivamil, Technology ClimSystem, Lanali Análises de Alimentos, Palmali, Frango Delícia e Motul Óleos Lubrificantes.

Resultado sétima etapa Copa Petrobras de Marcas

1. Felipe Gama (Toyota Corolla) - 20 voltas em 00:32:42.151 -
2. Gabriel Casagrande (Chevrolet Cruze) - 00:32:47.469 a 5.318
3. Denis Navarro (Toyota Corolla) - 00:32:54.096 a 11.945
4. Vitor Meira (Ford Focus) - 00:32:54.228 a 12.077
5. Ricardo Mauricio (Honda Civic) - 00:32:54.714 - a12.563
6. Galid Osman (Toyota Corolla) - 00:32:58.913 - a 16.762
7. Allam Khodair (Toyota Corolla) - 00:33:02.696 - a 20.545
8. Victor Correa (Ford Focus) - 00:33:22.327 a 40.176
9. Thiago Oliveira/F. Miranda (Mitsubishi Lancer GT) - 00:33:30.700 a 48.549
10. Alceu Feldmann (Honda Civic) 00:33:37.860 a 1 volta
11. Cesar Bonilha (Ford Focus) 00:26:55.539 - a 4 voltas
12. Yuri Cesario/Yago Cesario C2 Team 00:25:51.797 - a 5 voltas
13. Carlos Souza (Ford Focus) - 00:15:02.464 a 12 voltas
14. Fabio Ebrahim (Mitsubishi Lancer GT) - 00:15:04.854 - a 12 voltas
15. Thiago Marques (Chevrolet Cruze) - J. Star Racing 00:09:43.911 - a 15 voltas
16. Vicente Orige (Honda Civic) - 00:05:04.195 - a 17 voltas
17. Eduardo Rocha (Honda Civic) - 00:03:15.968 - a 18 voltas
18. Daniel Kaefer (Chevrolet Cruze) - J. Star Racing - 00:06:01.796 - a 18 voltas


Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Grid de larga da segunda corrida do final de semana.
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Thiago Marques
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#1
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Daniel Kaefer e o chefe de equipe Murillo Macedo
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#17
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#1
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#17 Daniel Kaefer
Alta | Web

 

MÁRIO SILVA SEM SORTE NO ALGARVE

 

Algarve Classic Festival – 18 e 19 de Outubro


Sorte não acompanhou Mário Silva no Algarve

Mrio Silva_Algarve3_Copy
Não correu de feição a Mário Silva, fazendo equipa com Carlos Tavares, esta quarta jornada do Historic Endurance, tendo como palco o Autódromo Internacional do Algarve.
Depois de um problema com o acelerador que prendeu no máximo, na primeira corrida disputada no sábado, este domingo a sorte voltou na não querer nada com o piloto de Lisboa e o seu colega de equipa, pois o Ford Escort RS 1600 voltou a não colaborar. Desta vez a presença em pista durou pouco tempo, ou seja, apenas uma volta com Carlos Tavares ao volante, piloto que cumpria o primeiro turno de condução: “Estávamos com boas perspectivas para esta segunda corrida, mas o meu colega pouco mais deu que uma volta”, adiantou Mário Silva, que ainda não sabia o que se tinha passado com o carro: “Inexplicavelmente o motor parou e não houve mais nada a fazer. Não sabemos bem o que se passou e só quanto o carro for visto é que podemos saber o problema que originou esta desistência”.
Naturalmente triste com este incidente, Mário Silva, com a sua experiência, sabe que neste desporto tudo pode acontecer: “Infelizmente são contingências das corridas de automóveis e quando não esperamos, um problema deita tudo a perder”.
Agora resta esperar pela derradeira jornada em Novembro: “Onde queremos estar com toda a força e determinação para lutar pela vitória”, concluiu o piloto que conta o patrocínio do BancoBIC e da PRIME Advertising.
A próxima e derradeira jornada do Historic Endurance está agendada para os dias 29 e 30 de Novembro no Autódromo do E

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

 

WOLRD SERIES BY RENAULT EM JEREZ

 

Mais um grupo de imagens da WSR que ewste fim de semana disputaram a ultima jornada dos troféus.ren100 Copyren117 Copyren116 Copyren115 Copyren114 Copyren113 Copyren112 Copyren111 Copyren110 Copyren102 Copyren103 Copyren104 Copyren105 Copyren106 Copyren107 Copyren108 Copyren109 Copyren110 Copy

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

 

MUSEU DA PORSCHE - ESTUGARDA

 

 

Eis um grupo de imagens do Museu da Porsche em Estugarda, fotos gentilemnte cedidas por Máqui Quintaneiro, por ocasião duma visiat que fez a este "santuário".

 

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.commuse7 Copymuseu1-portche-mario quintaneiro_Copymuseu2 Copymuseu3 Copymuseu4 Copymuseu5 Copymuseu6 Copymuseu8 Copymuseu9 Copymuseu10 Copymuseu12 Copymuseu13 Copymuseu14 Copymuseu15 Copymuseu16 Copy

 

O APELO DUM PILOTO - RAFAEL PINTO

O APELO DUM PILOTO.....RAFAEL PINTO

 

 

Dedico esta espectacular foto-galeria dum jornal da especialidade aos nossos políticos que não conseguiram um acordo para viabilizar Circuito da Boavista 2015.
Estive no Algarve Classic Festival, ou melhor estive nesta festa que reuniu mais de 300 carros clássicos e 450 pilotos de várias nacionalidades, o maior encontro ibérico de automóveis clássicos de competição.
Dr. Rui Moreira, com WTCC ou não, há que encontrar formas e soluções para dar continuidade ao Circuito da Boavista , tal como prometeu na sua campanha eleitoral.
Pela Continuidade do Circuito da Boavista;

 

 

RICARDO GOMES TERMINA NACIONAL DE MONTANHA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2014

 

 

RAMPA DA PENHA 2

 

 

 

Ricardo Gomes termina Nacional de Montanha com olhos postos em 2015


Em termos de classificação absoluta, a piloto da capital do Minho ainda está na luta por um lugar no pódio em termos de Categoria 1, agora que se cumpre a penúltima etapa do ano: “Acima de tudo pretendo divertir-me e espero que as condições atmosféricas estejam favoráveis”, concluiu.
A prova, organizada pela Demoporto, começa no dia 20 de Setembro com os treinos oficiais a partir das 14h30 a que se seguirá a primeira subida de prova oficial às 16h30. No dia seguinte, têm lugar as restantes duas subidas oficiais com início marcado para as 11h00.

O piloto Bracarense, Ricardo Gomes, regressa no próximo final-de-semana, dias 25 e 26 de Outubro, à Rampa da Penha, naquela que será a oitava e última prova do Campeonato Nacional de Montanha, prova que, por decisão da FPAK se substitui à inicialmente prevista Rampa da Sra. da Graça, que acaba assim por não se realizar. Regressando ao mesmo palco onde se iniciou o Nacional de Montanha, Ricardo Gomes revela fortes ambições, mas com os olhos já postos no Campeonato Nacional de 2015.  

Recorde-se que o piloto Bracarense conquistou, na última Penha o 2º lugar da sua categoria tendo anteriormente conquistado o 3º lugar na Rampa de Murça o que, para um primeiro ano a fazer o Nacional de Montanha, o deixou numa posição muito confortável. "Este ano foi extremamente positivo", revelou-nos o piloto em jeito de balanço, acrescentando que "este foi um ano zero no Campeonato Nacional de Montanha, em que o meu objectivo central, bem como o de toda a equipa, a Vettra Motorsport, seria a adaptação aos traçados e essencialmente ao carro. Tal revelou-se um processo relativamente rápido e os resultados começaram já a surgir este ano, pelo que me sinto bastante satisfeito, sem que no entanto isso nos retire o foco do objectivo que é o campeonato de Montanha 2015".

Com o novo carro e as prestações já alcançadas Ricardo Gomes acredita “cada vez mais nos bons resultados”.

O Campeonato Nacional de Montanha, um dos mais competitivos campeonatos nacionais de automobilismo disputou-se, este ano, em oito provas, tendo começado precisamente na Rampa da Penha, em Guimarães, em Abril de 2014.

Ricardo Gomes e toda a equipa preparam já o regresso ao Nacional de Montanha em 2015. FOX 1199_CopyFOX 1622_Copy

 

TT NO BRASIL

Jérémy Dubois é campeão do Rally Serra Azul nos Quadris


Após dois dias de bons resultados, piloto da SAT Racing marca importantes pontos para o Campeonato Brasileiro de Rally Baja e sobe na classificação

 Neste domingo, Jèrèmy Dubois (#35), da equipe SAT Racing, finalizou a prova com o tempo de 1h19m11s e chegou na quinta colocação entre os quadriciclos. Mas com a somatória dos dois dias, 3h15m06s, o piloto sagrou-se Campeão do Rally Serra Azul na categoria e marcou importantes pontos na classificação no Campeonato Brasileiro de Rally Baja, a bordo de seu KTM 525 XC.

Nascido na França, mas radicado em Taubaté (SP), Dubois teve um fim de semana bem produtivo em Itupeva e se manteve entre os cinco primeiros nos quadriciclos, nas quarto Especiais. Foram dois trechos cronometrados de cerca de 90 quilômetros e mais dois Super Primes de 20 quilômetros em cada dia. No sábado (18) venceu a primeira Especial e depois fez o quarto tempo no Super Prime. Já neste domingo, começou o dia vencendo o Super Prime e finalizou a Especial na quinta colocação.

"A prova foi muito boa, bastante técnica, cansativa e bem sinalizada nas áreas de perigos e não tive problemas com nada nesse sentido, tive sorte também. Mas o principal feito foi vencer a prova e marcar pontos para o campeonato", ressalta Dubois.

Segundo o piloto, foi essencial se recuperar no campeonato e avalia como positiva a sua evolução a cada etapa. "Tirando a primeira etapa, em todas as outras consegui obter resultados bons. Então venho em uma crescente, desde o início da temporada. E a meta para o restante do calendário é o de manter o resultado conquistado aqui em Itupeva", explica o piloto da SAT Racing.

Após a vitória, Dubois também falou sobre o desempenho do KTM 525 XC. "O quadriciclo correspondeu bem às expectativas. Os testes, treinos e o esforço pré-prova valeram a pena! E cada vez que termino uma etapa, independentemente do resultado, sei completar é o essencial", finaliza.

O Rally Serra Azul contou com a participação de aproximadamente 70 inscritos entre as categorias Motos, Quadriciclos, UTVs, Carros e Caminhões. A prova de dois dias foi válida pela quinta etapa do Campeoanto Brasileiro de Rally Baja e também pela 12ª etapa do Campeonato Brasileiro Rally Cross Country para Carros e Caminhões.

A próxima etapa da equipe SAT Racing será o Rally Rota Sudeste, nos dias 16, 17 e 18 de novembro em Lençóis Paulista, interior paulista.

A equipe SAT Racing, de São José dos Campos (SP), conta com o patrocínio da Circuit Equipment, Buffalo, Pronal, Bieffe e SAT. Apoio da Fine Art Studios.

Resultados Rally Serra Azul - Acumulado após dois dias

Categoria Quadricilos (19/10)


1) 35 Jérémy Dubois, 03:15:06
2) 33 Diogo Zonato, 03:17:16
3) 32 Osmar de Mendonça Junior, 03:18:34
4) 36 Leonardo Milesi, 03:33:35
5) 38 Caio Vassimon Guidi, Qda / 5, 03:48:26
6) 39 Fernando Augusto Coelho da Silva, 03:52:13
7) 37 Geison Pinheiro Belmont, , 03:52:40
8) 31 Gabriel Varela, Qda / 9, 06:51:03
9) 34 Richard Amaral, Qda / 2, 08:38:16


David Santos Jr/Webventure
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto da equipe SAT Racing marca pontos importantes no campeonato
Alta | Web

Marco Guimarães/Webventure
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Jèrèmy Dubois durante briefing do rali
Alta | Web

David Santos Jr/Webventure
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#35 quadriciclo do francês, Jèrèmy Dubois
Alta | Web

David Santos Jr/Webventure
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Jérémy Dubois, categoria quadriciclos
Alta | Web

 

MOTA EM JEREZ

 

Bom ritmo sem recompensa

Fábio Mota voltou a mostrar um ritmo muito competitivo na jornada de domingo da ronda de Jerez de la Frontera da Clio Eurocup, conquistando um bom oitavo lugar na qualificação matinal. No entanto, problemas electrónicos no seu carro acabaram por o impedir de ir além do décimo primeiro posto na segunda corrida do programa.

O jovem português demonstrou ao longo de todo o fim-de-semana um bom nível competitivo, figurando consistentemente entre os dez primeiros da tabela de tempos num plantel extremamente forte. A qualificação de hoje não foi excepção e com uma boa volta conseguiu alcançar o oitavo crono, o que o deixava esperançado num bom resultado para a corrida desta tarde.

No entanto, cedo Fábio Mota começou a experimentar problemas electrónicos no seu carro, o que o impediu de ir além do décimo primeiro lugar final. “A qualificação correu bem e consegui assinar o oitavo tempo, o que me permitia acalentar a esperança de um resultado entre os cinco primeiros, apesar de saber que a habitual competitividade da Clio Eurocup me iria obrigar a aplicar a fundo. Contudo, rapidamente o motor começou a cortar às 5.700 r.p.m., quando habitualmente isso acontece apenas às 6.400 r.p.m.. Nestas condições era impossível poder rodar nos tempos que demonstrei estarem ao meu alcance e não pude ir além décimo primeiro lugar”, apontou o piloto de Gaia.

Apesar de um fim-de-semana conturbado, com diversos problemas a impedirem o português de concretizar em resultados o ritmo demonstrado, Fábio Mota retira alguns aspectos positivos da ronda de Jerez de la Frontera da Clio Eurocup. “Os resultados não foram os melhores devido a um conjunto de circunstâncias anormais mas, num pelotão muito forte e aguerrido, demonstrámos um bom ritmo competitivo, rodando sempre entre os mais rápidos, o que evidencia que temos capacidade para ombrear com os melhores da Europa. Para além disso, prossegui a minha readaptação a uma categoria muito especial e vou para Jarama, onde se disputa a derradeira etapa do Clio Cup España, mais forte”, sublinhou o piloto apoiado pela Würth, Sika, Projectiva, Serafim Marques, Wetor e Glassdrive.

O próximo compromisso de Fábio Mota terá lugar em Jarama, Madrid, nos próximos dias 8 e 9 de Novembro, ronda que terminará a temporada de 2014 da Clio Cup España.FMota FT_14023_Copy

 

TT NO BRASIL

David Santos Jr/Webventure
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#103 Nuno Fojo (Polaris) venceu entre os UTVs
Alta | Web

Márcio Machado/Webventure
Clique na imagem para fazer o Donwload...
# 3 Gregório Caselani, campeão na Geral Motos e Super Production
Alta | Web

David Santos Jr/Webventure
Clique na imagem para fazer o Donwload...
# 35 Jèrèmy Dubois, Quadriciclos
Alta | Web

 

Após dois dias de competições, Rally Serra Azul revela campeões


Gregório Caselani Azevedo (motos), Jèrèmy Dubois (quadris) e José Hélio Rodrigues Filho (UTVs) faturam o título da 1ª edição da prova

 O cenário para a disputa da 5ª etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Baja foram as paisagens das fazendas e trilhas da região próxima ao Shopping Serra Azul, em Itupeva, interior paulista. Os competidores superaram uma variedade de obstáculos e terreno diversificado, trechos de erosões, grandes retas, curvas sinuosas, travessia por riachos e lombadas com forte calor e muita poeira. Ao todo foram 352 quilômetros de percurso entre especiais cronometradas e deslocamentos, em dois dias de disputas, divididos em quatro voltas para os competidores das motos, quadriciclos e UTVs, vindos de diversos estados do País.

O gaúcho Gregório Caselani Azevedo, categoria Super Production, venceu todas as especiais e Super prime nos dois dias na classificação geral das Motos, com o tempo de 2h58min53s. "Estou muito feliz. "Hoje foi um dia mais puxado, eu estava um pouco cansado, cheguei no abastecimento e fiquei controlando o tempo do Rodolpho e na parte final apertei um pouco ritmo para garantir a vitória do Rally Serra Azul. Estou vivo no campeonato e tenho mais três etapas que só dependem de mim para buscar o título", contou satisfeito o piloto Gregório Caselani Azevedo.

O líder do campeonato, Rodolpho Costa (Super Production) ficou com a segunda posição. "Uma prova muito boa, bem organizada, bem sinalizada e prazeroso de competir. A moto foi perfeita, aguentou todas as especiais com excelência. Agora espero melhorar o ritmo até o final do campeonato e conquistar o título", disse o piloto paulistano.

Entre os Quadriciclos, quem venceu a prova foi Jèrèmy Dubois (#35/KTM 525 XC), que vem em uma excelente recuperação na temporada. "A prova foi muito boa, bastante técnica, cansativa e bem sinalizada nas áreas de perigos e não tive problema com nada nesse sentido. Tive sorte e o principal foi de marcar pontos para o campeonato, recuperar o atraso. Fora a primeira etapa, todas as outras consegui obter resultados bons, então venho de uma crescente desde o início da temporada. E a meta para o restante do calendário é de manter o resultado desse final de semana", explicou o piloto francês radicado em Taubaté/SP que fechou com o tempo de 3h15m06s.

Segundo Adilson Kilca, diretor de rali da CBM - Confederação Brasileira de Motociclismo a etapa superou as expectativas. "Apesar de ser uma prova nova e tudo novidade, não sabíamos o que iríamos enfrentar, mas a organização e o pessoal que se envolveu fez tudo certinho e temos a comprovação dos pilotos e as equipes que vieram prestigiar e tem tudo para ficar no cenário", disse Kilca.

DOBRADINHA POLARIS NA UTV

Para José Hélio Gonçalves Rodrigues Filho, Polaris RZR XP1000, é o campeão do Rally Serra Azul 2014 na UTV, com o tempo de 3h08m20s. E, segundo ele a prova foi um enorme teste para a equipe Polaris. "Hoje foi espetacular, A nossa missão está cumprida. Eu sabia que tinha que ser muito forte porque os adversários, estavam no mesmo nível. Então quem errasse menos ou quem não tivesse problemas levaria, por isso me empenhei bastante", contou o multicampeão da categoria Production.

Fábio Wolf Campos, ficou em segundo na geral entre os UTVs e primeiro na categoria Super Produciton, com o Polaris RZR XP1000, com o tempo de 3h11m52s. "Estar com pilotos que são rápidos é importante. Meu companheiro de equipe é rápido e nos respeitamos muito e funcionou muito bem o trabalho. Eu tinha a função de ganhar na minha categoria (Super Production) e ele na dele (Production) e cumprimos com nosso objetivo. A intenção é essa cada vez melhorar", declarou o piloto que marcou o tempo de 3h11m52s.

O grid do Rally Serra Azul foi formado por mais de 70 veículos, entre motos, quadriciclos, UTV´s, carros e caminhões. O parque de apoio do rali, vistorias, briefings, largadas, parque fechado e premiação estiveram montados no Quality Resort & Convencion Center, localizado na Rodovia dos Bandeirantes - km 72, ao lado do Shopping Serra Azul, em Itupeva, no interior paulista.

Evento válido pelo Campeonato Brasileiro de Rally Baja contou pontos para a quinta etapa do torneio nacional. A próxima etapa será o Rally Rota Sudeste, nos dias 16, 17 e 18 de novembro em Lençóis Paulista, interior paulista, e as inscrições estarão abertas a partir desta segunda-feira (20) no site da prova www.rallyrotasudeste.com.br.

O Rally Serra Azul é uma realização de Arena Promoções e Eventos. Tem patrocínio Polaris, e apoio do Shopping Serra Azul, Prefeitura Municipal de Itupeva e Loja Sacramento Store. Supervisão da CBA - Confederação Brasileira de Automobilismo, da CBM - Confederação Brasileira de Motociclismo.

Classificação Geral (SS1+ SS2+SS3 + SS4)

Motos
1) 3 Gregório Caselani Azevedo, Spr / 1, 02:58:53
2) 2 Rodolpho Lambach Ferreira da Costa, Spr / 2, 03:00:10
3) 6 Ricardo Martins, Spr / 3, 03:11:12
4) 11 Richard Fliter, Pda / 1, 03:16:09
5) 9 Luiz Fernando Menuzzo , Pda /21, 03:16:55
6) 8 Leandro Nelson Silveira , Pda / 3, 03:19:57
7) 4 Beto Do Carmo, Over 40 / 1, 03:23:28
8) 7 Renato Martins, Over 40 / 2, 03:25:11
9) 12 José Mauro de Almeida Júnior, Mar / 1, 03:30:18
10) 22 Yuri Aizemberg, Mar / 2, 03:37:24
11) 21 Luis Henrique Rodrigues, Over 40 / 3, 03:42:50
12) 17 Fernando Poli, Pd2 / 1, 03:43:57
13) 10 Moara Sacilotti, Pda / 4, 3:47:32
14) 13 Vicente De Benedictis Neto, Spr / 4, 03:55:47
15) 18 Carlos Rodrigo Barros, Mar / 3, 03:59:40
16) 16 Edison Tamura, Over 40 / 4, 06:51:03
17) 19 Neder Fiorilli, Mar / 4, 11:19:42
18) 14 Rafael Minal, Mar/5, 14:57:21

Quadricilos
1) 35 Jérémy Dubois, 03:15:06
2) 33 Diogo Zonato, 03:17:16
3) 32 Osmar de Mendonça Junior, 03:18:34
4) 36 Leonardo Milesi, 03:33:35
5) 38 Caio Vassimon Guidi, Qda / 5, 03:48:26
6) 39 Fernando Augusto Coelho da Silva, 03:52:13
7) 37 Geison Pinheiro Belmont, , 03:52:40
8) 31 Gabriel Varela, Qda / 9, 06:51:03
9) 34 Richard Amaral, Qda / 2, 08:38:16

UTVs
1) 112 José Hélio Gonçalves Rodrigues Filho, Upda / 1, 03:08:20
2) 102 Fábio Wolf Campos, Uspd /1, 03:11:52
3)125 André Sawaya, Uspd / 2, 03:12:31
4) 132 Marcelo Mistrorigo, Upda / 2, 03:14:49
5)106 Gilberto Augusto Mayorga Junior, Uspd / 3, 03:19:14
6) 103 Nuno Fojo, Uspd / 4, 03:20:00
7) 121 Luiz Sidnei Azevedo, Upda / 3, 03:20:14
8) 107 Richard James S. B. Carida, Uspd /5, 03:21:46
9) 133 Roberto Prado Sampaio (Botcha), Upda / 4, 03:22:56
10) 131 Fábio Citro, Upda / 5, 03:23:48
11) 110 Leandro Torres, Uspd /6, 03:24:35
12) 122 Rodrigo Faiad, Umar / 1, 03:28:18
13) 123 André Macedo Corrêa, Umar / 2, 03:28:46
14) 116 Helena Deyama, Umar / 3, 03:31:52
15) 134 Vinicius Gomes da Silva, Upda /69, 03:33:56
16) 111 Marcos Lara Gouvea, Uspd /7, 03:34:35
17) 104 Paulo Rugna, Uspd / 8, 03:39:42
18) 114 Valdir Amaral, Upda /7, 03:41:10
19) 130 Erik Evandro Donatto, Upda /8, 03:43:31
20) 115 Cesar Herwig, Umar / 4, 03:55:47

PROGRAMAÇÃO:
Data: 17, 18 e 19 de outubro de 2014
Local: Itupeva - SP
Parque de Apoio para Motos, Quadris e UTVs: Shopping Serra Azul
Parque de Apoio para Carros e Caminhões:
QUALITY RESORT & CONVENTION CENTER
Rodovia dos Bandeirantes - km 72

18/10 - Sábado
7:00h às 7h30 - Secretaria de Prova
8:00h - Previsão de Largada- Motos, Quadris e UTVs
10h - Previsão de largada - Carros e Caminhões
13h - Previsão de chegada - Motos, Quadris e UTVs
15h - Previsão de chegada - Carros e Caminhões
15:00h- Largada Super Prime
19h - Briefing Motos, Quadris e UTVs
20h - Briefing Carros e Caminhões
Local: QUALITY RESORT & CONVENTION CENTER

19/10 - Domingo
8h - Previsão de Largada Motos, Quadris e UTVs
10h - Previsão de largada Carros e Caminhões
13h - Previsão de Chegada Motos, Quadris e UTVs
15h - Previsão de chegada Carros e Caminhões
15h- largada Super Prime
17h - Premiação
Local: QUALITY RESORT & CONVENTION CENTER


 

VILLORBA CORSE EM ZOLDER

 

Villorba Corse aumenta o ritmo na Sprint Series Blancpain
Balzan / Salaquarda trazer pontos preciosos em casa enquanto o seu Ferrari 458 é constantemente entre os mais rápidos
na pista de Zolder na sexta rodada do campeonato
Villorba Ferrari_458_fighting_on_track_at_Zolder_Copy Scuderia Villorba Corse conquistou alguns pontos valiosos e, acima de tudo,
melhorou suas performances em uma sexta rodada muito exigente do Sprint Series Blancpain em Zolder. Atrás do
volante do Ferrari 458 Villorba italiano Alessandro Balzan e Tcheco Filip Salaquarda foram capazes de aumentar
seu ritmo durante todo o fim de semana e estavam prestes a definir a volta mais rápida da principal corrida de domingo. depois de sua
grande recuperação de 13 a 9 na corrida de qualificação no sábado, a tripulação Villorba Corse fez outra boa
retorno até a sétima posição, apesar da disposição estreita da pista belga onde a ultrapassagem é tão difícil.
"Depois da classificação corrida de sábado, que conquistou o melhor resultado possível de novo - diz Raimondo Amadio, Equipe
Principal -. Nós melhoramos ainda mais as nossas performances em um circuito muito difícil para o nosso pacote técnico. Nós
ainda conseguiu lutar ferozmente com os nossos adversários serem muito agressivos, especialmente na corrida principal ".
Calendário Blancpain Sprint Series: 19-21 abril Nogaro (FRA); 17-18 maio Brands Hatch (GBR); 5-6 julho Zandvoort (NED);
23-24 agosto Eslováquia Ring (SLK); 06-07 setembro Portimão (POR); 18-19 outubro Zolder (BEL); 1-02 novembro Baku (AZ

 

MERCEDES BENZ CHALLENGE - BRASIL

MB Challenge: Etapa de Curitiba mantém Rsports Racing no topo


Pilotos da equipe chegam à reta final da temporada com chances de títulos em diversas categorias

A sexta etapa do Mercedes-Benz Challenge, realizada neste domingo (19) no Autódromo Internacional de Curitiba, foi primordial para os pilotos da equipe Rsports Racing que estão disputando o campeonato. A prova foi realizada debaixo de muito sol, e a que temperatura dentro dos carros chegou a 47º C.

Mesmo terminando a corrida na sétima colocação, Cristian Mohr continua na vice-liderança da categoria C250 Cup, com 76 pontos, apenas quatro atrás no líder.

"Larguei bem, até o momento que fui fechado no muro dos boxes por outro piloto. Tive que tirar o pé para não dar um acidente muito grave e acabei perdendo várias posições. Consegui me aproximar mais dois pontos do líder, ainda estamos na briga pelo campeonato. Temos que buscar. A equipe está ciente de que vamos para as próximas etapas com chances reais do título", avalia o piloto do carro #3.

Na categoria C250 Cup Master, Beto Rossi chegou na quarta colocação e está em terceiro lugar na classificação do campeonato, com 81 pontos, apenas seis a menos que o vice-líder.

"A corrida foi boa, o carro estava excelente. A largada foi tumultuada e consegui ganhar várias posições, mas no S de baixa acabei perdendo mais posições que ganhei. Não deu pódio por uma posição. Está bom, vamos continuar na briga", destaca Rossi.

Victor Amorim terminou a prova na 14ª posição na categoria e Max Mohr bateu o carro no final da prova, mas passa bem.

Categoria CLA

Fernando Amorim chegou na décima colocação na corrida deste domingo. No campeonato, o piloto ocupa a sétima colocação na categoria, com 49 pontos.

"Larguei bem, mas tive que frear para não bater em outro carro, perdi velocidade e posições. Na corrida vim constante. Infelizmente na parada de box perdemos 15 segundos, o que prejudicou bastante, poderíamos chegar entre os cinco primeiros. Mas está bom, os dois líderes do campeonato chegaram atrás. Vamos confiantes para a próxima corrida", ressalta Amorim.

Calendário

Faltam apenas duas etapas para o fim da temporada. A próxima corrida será realizada no dia 15 de novembro em Salvador (BA) e a última no dia 30 de novembro em Curitiba (PR).

A equipe Rsports Racing conta com patrocínio da Fiolux, Serwal, Copimaq e Grupo Max Mohr.

Veja como terminou a corrida:
1. Rodrigo Hanashiro (CLA) - 28 voltas em 48min20s808
2. Lorenzo Varassin/Paulo Varassin (CLA) - a 0.990
3. Fernando Junior/Roger Sandoval (CLA) - a 4.207
4. Neto De Nigris (CLA) - a 4.746
5. Peter Feter (CLA) - a 7.547
6. Claudio Dahruj (CLA) - a 8.131
7. Cristian Hahn/Marcelo Hahn (CLA) - a 8.493
8. Carlos Kray (CLA) - a 10.991
9. Linneu Linardi (CLA) - a 11.892
10. Fernando Amorim (CLA) - a 12.587
11. Adriano Rabelo (CLA) - a 15.502
12. Arnaldo Diniz Filho (CLA) - a 16.213
13. Pierre Ventura (CLA) - a 18.600
14. Paulo Totaro/Ralf Pufleb (CLA) - a 21.064
15. Fernando Poeta/Luis Carlos Ribeiro (CLA) - a 23.894
16. Alexandre Molles Silva (CLA) - a 26.962
17. Danilo Pinto (CLA) - a 1 volta
18. Cesar Urnhani (C250) - a 1 volta
19. Cesare Marrucci (C250) - a 1 volta
20. Carlos Alberto Fonseca (CLA) - a 1 volta
21. Marcos Paioli/Peter Gottschalk (C250) - a 1 volta
22. Leo De Nigris (C250) - a 1 volta
23. Peter Michel Gottschalk (C250) - a 1 volta
24. Theo De Nigris/Thiago De Nigris (C250) - a 1 volta
25. Cristhian Mohr (C250) - a 1 volta
26. Daniel Correa (C250) - a 1 volta
27. Luiz Sena Jr (C250) - a 1 volta
28. Marcos Ramos/Claudio Simão (C250) - a 1 volta
29. Beto Rossi (C250) - a 1 volta
30. Flavio Andrade (C250) - a 2 voltas
31. Roberto Santos (C250) - a 2 voltas
32. Victor Amorim (C250) - a 2 voltas
33. Betinho Sartório (C250) - a 4 voltas

Não completaram 75% da prova
34. Max Mohr (C250)
35. Rodney Felício (CLA)
36. Eduar Merhy Neto (CLA)
37. Fernando Fortes (CLA)
38. Rodrigo Ferre/Bruno Alvarenga (C250)
39. Renato Camargo (C250)


Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Largada da sexta etapa Mercedes-Benz Challenge
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Grid de largada da sexta etapa Mercedes-Benz Challenge
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#88 - Piloto Fernando Amorim Jr., CLA AMG Cup
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#52 - piloto Victor Amorim, C250 Cup
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#03 - Piloto Cristian Mohr, C250 Cup
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#225 - Piloto Max Mohr, C250 Cup
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#13 - Beto Rossi, C250 Cup
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Trabalho de box da equipe Rsports Racing
Alta | Web

 

FILIPE ALBUQUERQUE EM DISCURSO DIRECTO

 

Declarações de Filipe Albuquerque após o seu turno no ELMS no Estoril

"O meu turno foi concluído com sucesso. O arranque correu bem. Mantive o primeiro lugar e procurei ganhar margem para os meus adversários. Apesar de ter entregue o carro com cerca de 12 segundos de vantagem, não foi tarefa fácil, pois o Estoril é de todos os circuitos que visitámos este ano o mais difícil para as ultrapassagens. Vamos ver como decorrem as restantes 3 horas de prova".

 

 

 

MARTINE PEREIRA ENCERROU ÉPOCA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2014

 

 

RAMPA DA PENHA 3

 

 

MARTINE PEREIRA ENCERROU A ÉPOCA


FOX 1191_CopyFOX 1692_Copy

O piloto de  Vila Nova de Famalicão vai estar ausente na derradeira prova do Campeonato Nacional de Montanha deste ano, que terá lugar já este fim de semana. Segundo Martine Pereira “ motivado por compromissos pessoas não vou poder alinhar na Rampa da Penha 3, e assim para mim, o campeonato está encerrado”.

Não será demais recordar que Martine Pereira esteve presente nas diferentes provas ao volante dos Seus Alfa Romeo 147 e 156.

 

DOMINGOS FERNANDES AUSENTE NA RAMPA DA PENHA 3

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2014

 

 

RAMPA DA PENHA 3

 

 

DOMINGOS FERNANDES  AUSENTE NA RAMPA DA PENHA 3



FOX 1283_Copy_Copy

Domingos Fernandes não vai alinhar no próximo fim de semana na Rampa da Penha 3, isso motivado por assuntos familiares, que assim  impediram a  participação do Autobianchi A 112, na derradeira prova do campeonato deste ano.

Segundo o piloto de Armamar, “ a época do Campeonato Nacional de Montanha está encerrado para mim, não vou alinhar na Penha 3, pois compromissos familiares não mo permitem. Assim o A 112 irá seguir dentro de dias para a revisão geral, que é sempre feita no final da época, e daqui a uns tempos irei anunciar quais os meus planos para a próxima época”, disse-nos.

 

GALERIA DE IMAGENS - ELMS ESTORIL

GALERIA D EIMAGENS

 

 

ESTORIL - ELMS

 

 

Grupo de imagens relativas à prova do European Le Mans Serites que teve lugar este fim de semana no autódromo do Estoril, com um assinalavel sucesso no regresso dos sport prototipos ao nosso país.

 

Fotos ELMS - www.velocidadeonline.come1 -_Cpia_Copye2 -_Cpia_Copye3 -_Cpia_Copye4 -_Cpia_Copye5 -_Cpia_Copye6 -_Cpia_Copye7 Copye8 Copye9 Copye10 Copye11 Copye12 Copye13 Copye14 Copye15 Copye16 Copye17 Copye18 Copye19 Copye20 Copye21 Copye22 Copye23 Copye24 Copye25 Copye26 Copye27 Copye28 Copye29 Copye30 Copye31 Copye32 Copye33 Copye35 Copye36 Copye37 Copye38 Copye39 Copye40 Copye100 Copye101 Copy

 

MERCEDES VENCEU EM ZOLDER

MERCEDES BENZ VENCEU EM ZOLDER

 

 

A Mercedes foi a grande vencedora este fim de semana em mais uma jornada do Blancpain, que desta feita passou por Zolder na Belgica, onde o carro da HTP levou a mmelhor numa prova bem disputada, conseguidondo bater os Lamborghini e os Audi R 8 LM, presentes.BLA29 Copybla100 Copybla101 Copybla102 Copybla103 Copybla104 Copybla105 Copybla106 Copybla109 Copybla200 Copybla201 Copybla202 Copybla203 Copybla204 Copybla205 Copybla206 Copybla207 Copybla208 Copybla209 Copybla210 Copybla211 Copybla212 Copybla212 Copybla213 Copybla214 Copybla215 Copybla216 Copybla217 Copybla218 Copybla219 Copybla220 Copybla221 Copybla222 Copybla223 Copybla224 Copy

 

TT NO BRASIL

Ângelo Savastano/SavaPhoto
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Dupla é décima colocada no ranking da Graduados
Alta | Web

Ângelo Savastano/SavaPhoto
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Mitsubishi Pajero Full da Niterói Rally Team
Alta | Web

Ângelo Savastano/SavaPhoto
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Ricardo Barra e Vanderlei Hirt
Alta | Web

 

Mit. Motorsports: Etapa de Joinville foi considerada pela Niterói Rally Team a melhor dos últimos


Ricardo Barra e Vanderlei Hirt mantiveram a regularidade de resultados, concluíram na sétima posição pela Graduados

 A sexta e penúltima etapa da 20ª temporada do maior rali de regularidade do País, a Mitsubishi Motorsports, reuniu neste sábado (18), em Joinville (SC), os amantes de adrenalina e aventura. O dia amanheceu nublado e chuvoso, deixando a prova mais emocionante e desafiadora. Para os competidores foram duas provas distintas, a primeira parte com muitos laços, em estradas vicinais e de reflorestamento e, no final, trechos de areia.

Esta foi a terceira vez que Joinville sediou uma etapa da competição. O piloto Ricardo Barra e o navegador Vanderlei Hirt, da equipe Niterói Rally Team, consideraram o traçado bastante técnico no rali que reúne o maior grid das competições nacionais da modalidade. Na categoria Graduados estiveram 43 veículos inscritos que partiram do Expoville e depois os inscritos seguiram sentido às cidades de Barra Velha, São João de Itaperiu e Araquari.

E, ainda, a dupla elogiou e avaliou como uma prova bem completa. "Esta foi a melhor etapa organizada pela Mitsubishi Motorsport dos últimos cinco anos", observa o navegador Vanderlei Hirt. "Hoje a disputa foi bem acirrada. Todos andaram juntos", exalta Hirt. "O percurso foi aumentando aos poucos de dificuldade e ainda contamos com uma chuvinha para deixar ainda mais desafiador", completa.

"A competição contou com pisos variados e belas paisagens. Choveu bastante no dia anterior a prova e no sábado o tempo esteve nublado com alguns períodos de chuva, que exigiram da força e resistência do nosso valente veículo 4×4. Por isso, principalmente na primeira parte, na passagem por reflorestamento o piso estava liso, escorregava, dando trabalho para a pilotagem e para a navegação", contou o piloto Ricardo Barra.

Já na segunda parte do roteiro estabelecido para o dia, a dupla representante do Rio de Janeiro se deparou com travessia em mineração e o piso predominante era o arenoso. "O trajeto nesse trajeto estava bastante sinuoso, com muita mudança de direção, pegadas e que exigiu correções de ôdometro e concentração da dupla", relata Barra.

A bordo do novo Mitsubishi Pajero Full, Ricardo e Vanderlei conquistaram a sétima posição na categoria depois de desbravar um percurso de aproximadamente 200 quilômetros de trilhas da região. "Ficamos bem próximos do pódio e estamos entre os sete melhores da categoria, nas últimas etapas foram um sexto, um quinto e agora um sétimo lugar. Isso tem nos deixado satisfeitos, e fazer parte da nossa evolução e nos deixa confiantes em um desempenho muito bom no ano que vem", ressaltou o piloto.

"O objetivo foi cumprido e veio novamente endossar o bom desempenho que estávamos tendo desde o inicio da temporada, mas que por um detalhe ou outro acabava por nos tirar do pódio", afirma Barra.

A sétima e última etapa do Mitsubishi Motorsports Sudeste acontece no dia 15 de novembro, em Ribeirão Preto (SP).

A equipe Niterói Rally Team conta com o patrocínio e Cerveja Petra e Natsu - Mitsubishi Niterói. Mais informações:www.niteroirallyteam.com.br

Resultado da 6ª etapa Mitsubishi Motorsports (Joinville/SC):

Categoria Graduados
1) Paulo Roberto Goes/Jhonatan Ardigo - Joinville (SC) - 444 pontos perdidos
2) Acyr Hideki Rodrigues da Silva/Renan Pamplona Medeiros - Corupá (SC) - 506 p.p.
3) Renato Martins/Enedir Junior - Belo Horizonte (MG) - 510 p.p.
4) Otávio Enz Marreco/Allan Enz - Apucarana (PR) - 516 p.p.
5) José Marques Souza Junior/Claudio Roberto Flores - Belo Horizonte (MG) - 525 p.p.
6) Robson Garcia / Marcos Maia Panstein, Jaraguá do Sul (SC), 540 p.p.
7) Ricardo Barra/Vanderlei Hirt - Niterói (RJ), 598 p.p.
8) Antonio Magno Aragao / Marcelo Nestor Bortoluz, 614 p.p.
9) Hamilton Medeiros / Rafain Walendowsky, 680 p.p.
10) Marcelo Mendes / Breno a Rezende, 695 p.p.

Categoria Turismo
1) Rafael Brochier Cardoso/Marcelo Mello - Novo Hamburgo (RS) - 12429 pontos perdidos
2) Charles Marcelo Ritter/Marcelo Almada Coelho Ritter - Florianópolis (SC) - 12493 p.p.
3) José Carlos Selbach Eymael/Claudia Renata Bernt Eymael - Santana de Parnaíba (SP) - 12602 p.p.
4) Carlos Frederico Bauer Bauer/Alexandro Silva - São Bento do Sul (SC) - 12889 p.p.
5) Sidnei Rank/Leandro José Machado - São Bento do Sul (SC) - 13871 p.p.

Categoria Turismo Light
1) Eduardo Sanches/Ilidio Paulino Sanches - São Paulo (SP) - 309 pontos perdidos
2) Adriana de Azevedo Roldan/Amanda Azevedo Roldan - São Paulo (SP) - 326 p.p.
3) Marcio Ferreira Agostinho/Iran Andrade de Assis - São Paulo (SP) - 355 p.p.
4) Patricia Bertozzi/Monica da Costa Trindade - São Paulo (SP) - 364 p.p.
5) Neosandro Pires Domingues/Dea Marcia Azevedo Domingues - Rio de Janeiro - 381 p.p

Resultado acumulado - Classificação campeonato 2014 (Graduados)

Piloto
1º) Otávio Enz Marreco, Apucarana, Pajero Full 3 Portas, 111 pontos
2º) Acyr Hideki Rodrigues da Silva, Corupá, Pajero Full 3 Portas, 87
3º) Paulo Roberto Goes, Joinville, Pajero Full 3 Portas, 81
4º) Hamilton Medeiros, Curitiba, Pajero Full 3 Portas, 79
5º) José Marques Souza Junior, Belo Horizonte, Pajero Full 3 Portas, 78
6º) Ernesto Kabashima, São Paulo, Pajero Full 3 Portas, 75
7º) Fábio Vernizi, São Paulo, Pajero TR4 4x4, 60
8º) Renato Martins, Belo Horizonte, Pajero Full 3 Portas, 58
9º) Marcos Bortoluz, Caxias do Sul, Pajero Full 3 Portas, 55
10º) Ricardo Barra, Niterói, Pajero Full 3 Portas, 55

Navegador
1º) Allan Enz, Apucarana, Pajero Full 3 Portas, 111 pontos
2º) Alexandre Martinez, São Paulo, Pajero TR4 4x4, 83
3º) Rafain Walendowsky, Curitiba, Pajero Full 3 Portas, 79
4º) Claudio Roberto Flores, Belo Horizonte, Pajero Full 3 Portas, 78
5º) Renan Pamplona Medeiros, Corupá, Pajero Full 3 Portas, 77
6º) Luiz Durval Brenelli Paiva, São Paulo, Pajero Full 3 Portas, 75
7º) Marcelo Bortoluz, Caxias do Sul, Pajero Full 3 Portas, 64
8º) Enedir Junior, Belo Horizonte, Pajero Full 3 Portas, 58
9º) Jhonatan Ardigo , Apucarana, Pajero Full 3 Portas, 57
10º) Vanderlei Hirt, Apucarana, Pajero Full 3 Portas, 55

Calendário do Mitsubishi Motorsport Sudeste/2014:
Etapa 1 - 05 de abril - Campos do Jordão (SP)
Etapa 2 - 10 de maio - Goiânia (GO)
Etapa 3 - 07 de junho - Curitiba (PR)
Etapa 4 - 23 de agosto - Uberlândia (MG)
Etapa 5 - 27 de setembro - Penedo - Itatiaia (RJ)
Etapa 6 - 18 de outubro - Joinville (SC)

Etapa 7 - 15 de novembro - Ribeirão Preto (SP)



 

ELMS - FESTA NO PADDOCK

 

Festa no Paddock do Estoril
Milhares de espectadores portugueses deslocaram-se ao Autódromo do Estoril para o final do Euroepan Le Mans Series 2014.
Mesmo com entrada livre para as bancadas, os bilhetes de paddock a 5 Euros, que davam acesso à sessão de autógrafos e ao pit-walk, estavam esgotados no início da semana. Os entusiastas que conseguiram um ingresso aproveitaram o bom tempo e participaram activamente na sessão de autógrafos, ao mesmo tempo que confraternizavam e tiravam fotos com os pilotos favoritos.
As 4 Horas do Estoril têm partida marcada para as 13h30m, sendo que a corrida pode ser seguida através de streaming no site oficial www.europeanlemansseries.com ou em canal aberto na RTP2.
Sobre a ACDME:
A A.C.D.M.E. – Associação de Comissários de Desportos Motorizados do Estoril, foi fundada a 20 de Novembro e oficializada a 18 de Dezembro de 1979, sem fins lucrativos. As suas actividades desenvolveram-se no campo desportivo, promovendo e organizando eventos de desportos motorizados. Durante os seus trinta e quatro anos de existência, esta Associação promoveu e organizou várias manifestações desportivas, desde a mais simples prova de Karting às mais complexas provas de Fórmula 1.estoril elms1_Copyestoril elms_Copy

 

ELMS NO ESTORIL

 

Cinco chassis em cinco lugares na primeira classe LMP2, a Aston Martin GTE primeira pole position, quatro fabricantes Tome Top 4 GTC Posições


A sessão final de qualificação da temporada europeia Le Mans Series 2014 teve início esta manhã no circuito de Estoril, às 09h30 com GTE e GTC categorias, foi seguido, mas a LMP2 às 10h00.

Cada uma das entradas full-temporada 10 LMP2 deu tudo para tentar ganhar uma vantagem sobre seus rivais em uma Estoril ensolarado, e tudo está no lugar para uma corrida final de alta qualidade, com condições de ser ideal.

Temperaturas: Pista 20c ° Air 21C °

Harry Tincknell reivindicou sua quarta pole position da temporada hoje em preparação para desta tarde 4 Horas de Estoril, dirigindo o No.38 JOTA Esporte Zytek Nissan Z11SN com uma volta de 1: 29.497, o tempo mais rápido do fim de semana. Ele bateu Tristan Gommendy, que estava ao volante do No.46 Ligier JS P2 do Thiriet pela equipe TDS Racing e quem vai se juntar a ele na primeira fila do grid. Em terceiro lugar ficou a Signatech Alpine No.36 Alpine A450b que foi qualificado por Nelson Panciatici, e ele vai começar ao lado do No.48 Murphy Prototypes Oreca 03R Nissan - o carro nas mãos de recente recruta resistência Pipo Derani. A quinta vez melhor tempo foi definido pelo No.43 Morgan Judd nas mãos de Christian Klien (NewBlood por Morand Racing).

Haverá cinco chassis diferentes nos primeiros cinco lugares no grid de largada para as 4 Horas de Estoril, e houve quatro vencedores diferentes em quatro corridas!

Quem vai subir ao topo do pódio no Estoril; uma quinta equipe diferente?

E quem vai levar os louros para a temporada 2014?

Tudo é possível, as equipes e pilotos estão animados e determinados, e os espectadores estão migrando para o Estoril, de modo a não perder o início das 4 Horas de Estoril, que será às 13h30 (14h30 CET).

Aston Martin colheres Primeira ELMS Pólo de 2014

Aniversariante Stuart Hall marcou a primeira pole da temporada 2014 ELMS no no85 Golfo Corrida de Aston Martin com um 1m37.269, apenas 0.096s à frente do no66 JMW Motorsport Ferrari de Daniel Zampieri. Os candidatos ao título LMGTE Matt Griffin no no55 AF Corse Ferrari e Andrea Bertolini no no72 SMP Corrida Ferrari vai alinhar para esta tarde 4 Horas de Estoril na segunda linha da grelha na terceira e quarta posições, respectivamente.


Em GTC Luca Persiani na Corrida NO71 SMP Ferrari 458 ficou em terceiro pólo da equipe da temporada 2014 com uma volta em 1m38.783, 0.091s à frente da ART GP no98 McLaren de Kevin Korjus. Na verdade, os quatro primeiros lugares foram preenchidos por quatro fabricantes diferentes - Ferrari, McLaren, Porsche e BMW - sublinhando o incrível desempenho das equipes e um equilíbrio de desempenho que está funcionando muito bem.


O líder do Campeonato Olivier Beretta no no73 SMP Ferrari conseguiu apenas uma volta de 1m39.495 e vai começar a corrida em oitavo, três lugares atrás de seus rivais título GTC na Corrida no60 Formula Ferrari.


As equipes e pilotos vão alinhar às 13:30 / 14:30 CET esta tarde para o início das 4 Horas de Estoril para o que promete ser um final emocionante para a temporada 2014.

 

Google Tradutor

 

ELMS NO ESTORIL

 

Títulos LMGTE e GTC para decidir em Portugal
Se nos LMP2 as contas do campeonato são complicadas, a decisão dos títulos LMGTE e GTC obriga a
menos matemática. Contudo, apenas existe uma certeza: os títulos 2014 em ambas as classes GT no
European Le Mans Series vão ficar para equipas e pilotos Ferrari.
Nos LMGTE, Duncan Cameron, Matt Griffin (campeão da classe em 2013) e Michele Rugolo
venceram três das quarto corridas do ano no Ferrari 458 Italia da AF Corse (nº 55). Contudo, apenas
os dois primeiros podem sagrar‐se campeões tendo em conta que Rugolo não participou em Imola ‐
a única prova que a equipa não ganhou. O italiano ficou assim com menos seis pontos que o
britânico e o irlandês, que somam 81, mais 21 que os adversários directos: Andrea Bertolini, Sergey
Zlobin e Viktor Shaitar no SMP Racing Ferrari 458 Italia. Assim sendo, basta‐lhes um sétimo lugar
nas 4 Horas do Estoril para obterem o título, tanto nos pilotos como nas equipas.
Entre os GTC, a vantagem está no campo do SMP Racing Ferrari 458 Italia GT3 com o nº 73. Anton
Ladygin, David Markozov e Olivier Beretta conseguiram três segundos lugares e a vitória na última
jornada em Paul Ricard. Isso confere‐lhes um avanço de 18,5 pontos sobre os rivais mais próximos,
o Formula Racing Ferrari 458 Italia GT3 nº 60 de Johnny Laursen e Mikkel Mac. Desta equipa faz
também parte o ex‐piloto de F1, e pai de Kevin (actual piloto da McLaren F1), Jan Magnusson, que
por não ter estado em Imola ficou arredado da possibilidade de dividir o título com os seus
compatriotas dinamarqueses. Um ceptro que será difícil pender para o lado dos nórdicos, pois ao
Ferrari da SMP Racing basta terminar em sexto na prova portuguesa para conseguir os títulos de
pilotos e equipas no Domingo à tarde.
As 4 Horas do Estoril são a quinta e derradeira jornada do European Le Mans Series 2014. A acção
em pista começa no Sábado, 18 de Outubro, com duas sessões de treinos livres de 90 minutos cada.
No Domingo, 19 de Outubro, terão lugar as qualificações (9:30 locais/10:30 CET) e a corrida (13:30
locais/14:30 CET).

 

1º OBJECTIVO ALCANÇADO

 

Primeiro objectivo conseguido para Filipe Albuquerque

Filipe Albuquerque, Harry Tincknell e Simon Dolan conseguiram o primeiro objectivo previsto para o fim-de-semana do ELMS no Autódromo do Estoril ao conseguirem a 'pole position' que lhes confere o primeiro ponto do evento.

A corrida que arranca às 13.30h terá Filipe Albuquerque ao volante do Zytek para protagonizar o arranque: "Cumprimos a primeira meta que era conseguir a pole. O próximo passo é ganhar a corrida e esperar que os nossos adversários, o carro 36, fique em terceiro para sermos campeões. Temos quatro horas de corrida pela frente, muita coisa pode acontecer. A mim compete-me manter o primeiro lugar no arranque e entregar o carro na mesma posição com a maior margem possível", concluiu Filipe Albuquerque.

Para quem não pode estar no Circuito do Estoril a RTP2 transmite em directo as quatro horas de corrida.estoril albuquerque1_Copy

 

OLIVEIRA EM 7º NA AUSTRÁLIA

 

Miguel Oliveira termina GP da Austrália em 7º lugar

 

Português recuperou 8 posições na corrida

 

 GH11344_CopyA 16.ª etapa do Campeonato do Mundo de MotoGP no circuito de Phillip Island, Austrália, terminou hoje em 7.º lugar para Miguel Oliveira. Depois de um fim-de-semana duro para o piloto português, que partiu da 5ª linha da grelha de partida, do 15ª posto, o jovem de Almada conseguiu recuperar várias posições ao longo da corrida e cruzar a linha da meta no 7º lugar.

 

O português da Mahindra Racing teve uma boa partida e fez uma corrida muito estável, consistente e ponderada, num ritmo muito forte o que lhe permitiu ganhar segurança para a próxima etapa na Malásia. “Foi um fim-de-semana muito complicado desde sexta-feira a tentar recuperar as sensações que tínhamos tido em Motegi, depois da queda. Mas hoje o dia da corrida foi bastante produtivo. De qualquer das maneiras, nas primeiras voltas não consegui arriscar muito, preferi tentar apenas terminar a corrida.” começa por explicar Miguel Oliveira.

 

Apesar de estar no grupo perseguidor, o seu tempo por volta foi sempre semelhante ao da frente e, em determinados momentos, a diferença para este grupo foi extremamente reduzida. No entanto, o piloto português voltou a ser prejudicado pela posição de arranque e pelo próprio piloto que vinha no mesmo grupo. “A meio da corrida vi que tinha um bom ritmo e que conseguia chegar à frente mas, aqui sem cones de ar e já estando o grupo um pouco distanciado, era difícil conseguir, e tendo também o Kornfeil em luta comigo não ajudou muito.” refere.

 

O piloto que representa Portugal no Campeonato do Mundo de motociclismo, ficou a somar 102 pontos ocupando um sólido 11º lugar, com grandes hipóteses de chegar a 7º classificado na geral até ao final da época: “Vamos agora para a Malásia um pouco mais tranquilos, mais seguros, principalmente eu, com muito mais confiança. E ainda faltam duas corridas; recuperei agora uma posição e ainda posso chegar a sétimo, portanto vamos estar focados nisso.”

 

Com a confiança renovada, a  próxima etapa está marcada já para o próximo fim-de-semana na Malásia dias 24, 25 e 26 de Outubro.

 

 

GALERIA DE IMAGENS

FÓRMULA 1 DOS MARES

 

Grupo de imagens dos Fórmula 1 dos mares, em amis uma prova disputada do calendário.bar1 Copybar2 Copybar3 Copybar4 Copybar5 Copybar6 Copybar7 Copybar8 Copybar9 Copybar10 Copybar11 Copybar12 Copybar14 Copybar15 Copybar16 Copybar17 Copybar18 Copybar19 Copybar20 Copybar21 Copybar22 Copybar23 Copybar24 Copybar25 Copybar26 Copybar27 Copybar28 Copybar29 Copybar30 Copy

 

ALGARVE CLASSICA FESTIVAL

 

Algarve Classic Festival

 

 

 

De Tomaso Pantera vence primeira corrida do Historic Endurance

                                                                                                                            

  • Historic Endurance apresenta-se no Algarve com uma grelha de 51 carros
  • Patrick Hals e Hugo Pereira, no De Tomaso Pantera “Candy”, confirmaram o favoritismo
  • Corrida incerta, marcada pela entrada de safety cars
  • Index de Performance liderado por James Willis, em MG Midget Coupe

 

O Iberian Historic Endurance regressou ao moderno circuito do Algarve para o seu quarto evento do ano, prometendo muita animação, uma extensa grelha de carros históricos e o habitual espírito de Gentlemen Drivers que caracteriza esta competição. A primeira corrida, que teve lugar no Sábado, foi ganha pela dupla Patrick Hals e Hugo Pereira, no seu carismático De Tomaso Pantera “Candy”, com o qual já tinham obtido a pole-position. No Index de Performance Frederique Constant, destaca-se para já o inglês James Willis, em MG Midget Coupe.

 

Com uma grelha completa de 50 carros e muita diversidade, aguardava-se uma primeira corrida do Historic Endurance bastante animada. Partindo da pole-position, no De Tomaso Pantera, o belga Patrick Hals e Hugo Pereira, filho de “Tino Pereira”, comprovaram as previsões, liderando a corrida do início ao fim. Contudo, com algumas interrupções e entrada de safety cars a grelha ficou mais compacta, possibilitando que o Ford GT 40, de Nolte e Stippler, então pilotado pelo piloto oficial da Audi, ameaçasse a liderança do De Tomaso Pantera, não conseguindo, no entanto, melhor que o segundo lugar. De assinalar a curiosidade de o De Tomaso ter acabado a corrida sem gasolina, comprovando a competitividade da corrida.

 

Atrás dos líderes seguiu um pelotão muito competitivo e compacto, onde se destacaram Peter Mulder, vencedor da categoria H-71, em Porsche 911 2.5 ST, seguido pelo BMW 2800 CS da dupla portuguesa Domingos Sousa Coutinho e Luis Sousa Ribeiro. Nos H-75, os Lotus Elan 26R de Wilson e da dupla Albuquerque completaram o pódio liderado pelo Ford GT 40 de Nolte/Stippler, enquanto que nos H-76 o Ford Capri de Pochciol garantiu o segundo lugar atrás dos vencedores da geral. De destacar também a vitória de Paulo Antunes, no seu Datsun 1200 Coupé, nos carros até 1300cc.

 

O Index de Performance é liderando por James Willis, no seu MG Midget Coupé, seguido de perto pelo trio de Lotus Elan, de Graham Wilson, da dupla Albuquerque e de Carlos Barbot, prevendo-se uma competição apertada na segunda corrida pelo exclusivo relógio da Frederique Constant.

 

A segunda corrida terá lugar no Domingo, fechando de forma fantástica mais um memorável Algarve Classic Festival em Portimão.IMG 6981_CopyIMG 7279_CopyIMG 7476_Copy

 

JOANA BARBOSA NA RAMPA DA PENHA

 

Campeonato Nacional de Montanha

 

 

JB Penha2_2014_2_CopyJB Penha2_2014_CopyJoana Barbosa quer terminar bem na Rampa da Penha
Depois da Rampa da Senhora da Graça ter sido anulada, o Campeonato Nacional de Montanha vai terminar nos dias 25 e 26 de Outubro na Penha em Guimarães, jornada que vai contar com Joana Barbosa.
Será a terceira vez esta época que a competição cumprirá o percurso da cidade berço e onde a jovem piloto de Braga quer terminar esta sua primeira época da melhor maneira possível e também como terceira classificada da Categoria 1: “A Rampa da Penha, é um traçado que me diverte bastante, talvez pelo facto de ser o que conheço melhor”, revela, prosseguindo: “A última prova lá correu muito bem, embora tenha ficado sem turbo na última subida o que me impossibilitou de tirar o melhor partido do carro”.
Depois da prova de Mondim de Basto ter sido anulada, Joana Barbosa ficou com alguma curiosidade em a conhecer: “Tinha alguma vontade de conhecer um novo traçado que seria a Senhora da Graça, mas a Penha será mais uma vez um óptimo desafio, possivelmente com chuva”.
Em termos de carro, este acusou alguns problemas na última prova, mas já estão ultrapassados: “Vai estar a 100% novamente para esta prova e eu também, com a mesma vontade de sempre de me divertir e fazer o melhor resultado possível”, concluiu.
O programa desta Rampa da Penha começa no dia 25 de Outubro com treinos livres a partir das 14h30. Ainda nesse dia terão lugar os treinos oficiais, agendados para as 14h30, e a primeira subida de prova marcada para as 16h30. No dia seguinte, as restantes duas subidas oficiais começam às 11h00.

 

ELMS NO ESTORIL

ELMS NO ESTORIL

 

 

 

HIRIET por TDS também no clima para a vitória


O vento aumentou no Estoril esta tarde e, ao mesmo tempo que pode ter havido algumas nuvens sobre a pista em direção ao final da sessão, as equipes e pilotos teve uma pista completamente seca durante toda a segunda sessão de treinos livres. O resultado da segunda sessão do dia da corrida mostrou que a qualificação tanto quanto a corrida de amanhã poderia causar uma surpresa.

Com efeito, a classificação de hoje realmente não refletir a ordem dos pontos para o campeonato; com apenas algumas horas restante para o final da temporada, é fácil imaginar que haverá algumas surpresas para amanhã ... vamos esperar para ver!

Enquanto Murphy estava à frente esta manhã com uma volta de 1: 33,381, o Thiriet Francês pela equipe TDS Racing levantou a barra no final da sessão de hoje com um melhor tempo global de 1: 31,422. Tristan Gommendy, Ludovic badey e Pierre Thiriet estão definitivamente prontos para mostrar o que o Ligier JS P2 pode fazer no circuito do Estoril - o carro sendo o único protótipo telhado fechado actualmente inscritos na ELMS.

JOTA Esporte não era para ser superado como a equipe britânica, que inclui em suas fileiras estrela local Filipe Albuquerque, defina o segundo melhor tempo de 1: 31.455, apenas 0,033 segundo atrás dos franceses de Montpelier. Despediu-se para alcançar o título europeu para a equipe, Simon Dolan e Harry Tincknell vai fazer tudo ao seu alcance para apoiar Filipe na frente de seus fãs portugueses; que terminou à frente do No.48 Murphy Prototypes Oreca Nissan 03R. Em quarto lugar na sessão foi para o No.36 Alpine A450b de Signatech Alpine dirigido pelo trio de Nelson Panciatici, Oliver Webb e Paul-Loup Chatin. Atualmente liderando a classe LMP2 na classificação, o carro azul continuou com o seu trabalho criado para a qualificação de amanhã.

Outro candidato ao título, o No.43 NewBlood por Morand Corrida Morgan Judd definir o quinto tempo mais rápido e menos de um segundo separou os primeiros cinco carros. Basta dizer que os preparativos para a qualificação estavam tomando o seu curso, e que as equipes lutando pelo título 2014 ainda não tenha mostrado o seu lado.

Race Performance alegou 6 º lugar à frente do No.24 Sébastien Loeb Corrida Oreca 03 e No.28 Greaves Motorsport Zytek Nissan Z11 SN. A segunda entrada Greaves mudou de cor para a rodada final da temporada, eo No.41 reivindicou 10 nos treinos livres esta tarde à frente da No.29 Morgan Nissan da Pegasus Racing.

A ação retoma amanhã no circuito de Estoril das 9h30 (10h30 CET) para a sessão de qualificação de 20 minutos reservados para as categorias LMGTE e GTC. Os LMP2s seguirá às 10h00 e no final da sessão o grid de largada para a corrida final da temporada 2014 ELMS será conhecido. O início das 4 Horas de Estoril será dado às 13h30 (14h30 CET).

 

Google Tradutor

 

 

 

SMP Corrida Empurrando para o topo da tabela de tempos em Portugal
Equipe russa SMP Corrida terminou a segunda sessão de treinos livres do dia onde parou na parte da manhã - no topo da tabela de tempos LMGTE e GTC. Houve uma interrupção durante a sessão de 90 minutos para recuperar o no67 IMSA Matmut Desempenho Porsche que se tornou encalhado no cascalho na última curva.
 

A sessão recomeçou com 15 minutos no relógio, que viu vários carros definir suas voltas mais rápidas do dia antes da bandeira quadriculada foi mostrada para terminar a última sessão de treinos livre da temporada 2014.

Os candidatos ao título LMGTE no no72 Ferrari, Andrea Bertolini, Viktor Shaitar e Sergey Zlobin cabeça na sessão de qualificação de amanhã em boa forma depois de definir o tempo mais rápido GT do dia, a 1m37.712, 0.029 à frente do no85 Golfo Corrida de Aston Martin Vantage . Mais uma vez o no72 Ferrari estava bem à frente de seus rivais do campeonato, o no55 AF Corse Ferrari de Matt Griffin, Duncan Cameron e Michele Mugolo. A melhor volta da equipe italiana era um 1m39.151, 1.4 segundos fora do ritmo de seus rivais russos à frente do campo. Com uma vantagem de 21 pontos do trio AF Corse têm a vantagem, mas eles terão de fechar a lacuna na qualificação de amanhã de manhã ea perspectiva de uma corrida emocionante para o título LMGTE é sobre os cartões.

A Corrida de NO71 SMP Ferrari de Kirill Ladygin, Aleksey Basov e Luca Persiani foi o carro mais rápido em GTC com uma volta em 1m39.782, 0,2 segundos à frente do carro de irmã no73, e líder do campeonato, Olivier Beretta, David Markozov e Anton Ladygin . Seus únicos rivais para os títulos da série são a toda a tripulação dinamarquesa da Corrida no60 Formula Ferrari conduzido por Mikkel Mac, Johnny Laursen e Jan Magnussen, mas conseguiu apenas 9 mais rápido, 1,6 segundo mais lento do que o carro que conduz.

A sessão final de qualificação do ano terá lugar às 09:30 de amanhã de manhã, com os 4 Horas de Estoril previsto para começar às 13:30. Transmissão ao vivo estará disponível no site oficial ELMS em www.europeanlemansseries.com

 

TT NO BRASIL

Rally Serra Azul: Jérémy Dubois vence entre os Quadris


Piloto da equipe SAT Racing foi o mais rápido na prova deste sábado e também no Super Prime. O rali acontece até este domingo em Itupeva

 O piloto francês, radicado em Taubaté (SP), Jèrèmy Dubois (#35), da equipe SAT Racing, venceu neste sábado o primeiro dia do Rally Serra Azul, na categoria quadriciclos. A bordo de seu KTM 525 XC o competidor foi o mais rápido para completar a Especial, entre os nove quadriciclos que participam do certame neste fim de semana. Depois, Dubois também venceu o Super Prime disputado em uma pista de 20 quilômetros e finalizou com o tempo total de 1h38m33s.

Além da vitória na categoria, o resultado em Itupeva (SP), foi um grande feito para Dubois, pois conseguiu ficar também entre os dez melhores entre motos, UTVs e quadriciclos,. "A prova surpreendeu a todos, realmente uma prova curta, mas cansativa demais. Piso muito duro, bastante erosões, lugares perigos com dep's que poderiam jogar o quadriciclo para frente e o calor não ajudou, pois me desgastou muito fisicamente", explica o piloto.

O calor intenso não foi o único obstáculo para os competidores, que tiveram de driblar, ainda, muita poeira ao longo do percurso. "Já nos primeiros 20 quilômetros ultrapassei oito adversários de moto, que irão largar amanhã mais atrás e isso vai ajudar, pois será mais sossegado. O raio da especial que era de oito quilômetros, em alguns lugares também atrapalhou. Vinha pó não só da frente, mas de todos os lados, pois cruzávamos com competidores de todas as categorias o tempo todo", explica Dubois.

O piloto da SAT Racing está focado em buscar importantes pontos para o Campeonato Brasileiro de Rally Baja, uma vez que a prova soma pontos para as categorias quadriciclos e UTVs. "No início da temporada eu largava atrás no grid, mas vim em uma crescente e, agora, está cada vez melhor e mais fácil de avançar posições", afirma animado Dubois que atualmente ocupa a quinta posição na categoria.

O Rally Serra Azul prossegue neste domingo (19), com o mesmo percurso na Especial e também no Super Prime. Para encarar mais um dia, o piloto francês vai seguir a seguinte estratégia. "Para amanhã dá para atacar um pouquinho mais e, como já conheço também o percurso do Super Prime vou imprimir um ritmo maior", finaliza Dubois.

A competição apresentou um roteiro inédito de 352,72 quilômetros para motos, quadriciclos e UTVs, com uma especial de 90,14 quilômetros, com abastecimento no km 50,34 e o total de cada dia será de 110, 85 quilômetros, somando o Super Prime. Participam ainda, as categorias carros e caminhões.

A equipe SAT Racing, de São José dos Campos (SP), conta com o patrocínio da Circuit Equipment, Buffalo, Pronal, Bieffe e SAT. Apoio da Fine Art Studios.

Resultados Rally Serra Azul - Categoria Quadricilos (18/10)
1) 35 Jérémy Dubois, Qda / 1, 01:38:33,540
2) 34 Richard Amaral, Qda / 2, 01:39:16,740
3) 33 Diogo Zonato, Qda / 3, 01:40:50,990
4) 32 Osmar De Mendonça Junior, Qda / 4, 01:41:51,040
5) 38 Caio Vassimon Guidi, Qda / 5, 01:54:42,300
6) 36 Leonardo Milesi, Qda / 6, 01:58:41,780
7) 39 Fernando Augusto Coelho da Silva, Qda / 7, 02:01:07,260
8) 37 Geison Pinheiro Belmont, Qda / 8, 02:03:42,540
9) 31 Gabriel Varela, Qda / 9, 05:15:00,000
Programação Domingo (19/10)
7h30 às 8h30 - Secretaria de Prova
9h - Previsão de Largada Motos, Quadris e UTVs
11h - Previsão de largada Carros e Caminhões
13h - Previsão de Chegada Motos, Quadris e UTVs
15h - Previsão de chegada Carros e Caminhões
17h - Premiação
Local: QUALITY RESORT & CONVENTION CENTER


Márcio Machado/Webventure
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Quadriciclo #35 de Jèrèmy Dubois venceu o primeiro dia de disputas
Alta | Web

 

FÁBIO MOTA EM JEREZ

 

Fábio Mota concentra-se em domingo

Fábio Mota teve um dia difícil em Jerez de la Frontera, onde se disputa este fim-de-semana a derradeira etapa da Clio Eurocup, estando já centrado na jornada de amanhã, que será composta por uma qualificação e pela segunda corrida do programa.

O jovem português mostrou-se muito competitivo ao longo de todo o dia num pelotão extremamente forte, rodando consistentemente entre os dez primeiros, o que lhe abria boas perspectivas para um bom resultado.

No entanto, depois de ter assinado um bom oitavo crono na qualificação, foi penalizado em dois lugares devido aquilo que foi considerado pela organização conduta antidesportiva durante a ronda de Motorland da competição europeia, o que o atirou para o décimo posto da grelha de partida.

O arranque também não correu da melhor forma a Fábio Mota, perdendo alguns lugares, mas o pior estaria para vir pouco depois, com um toque de um adversário que condicionou toda a corrida, terminando no décimo quarto lugar. “Na qualificação mostrámos que tínhamos um bom andamento, mas aconteceram inúmeros contratempos que acabaram por impedir que concretizássemos esse andamento em resultados. Depois da penalização e do mau arranque, acabei por levar um toque de um perseguidor meu, que simplesmente não travou. Tive que sair de pista para evitar os pilotos que estavam à minha frente e fiquei com o carro completamente desequilibrado. Perdi muitos lugares e, com o Clio totalmente desalinhado, foi impossível recuperar”, reconheceu o piloto de Gaia.

O piloto apoiado pela Würth, Sika, Projectiva, Serafim Marques, Wetor e Glassdrive está já focado no dia de amanhã, esperando concretizar em resultados o bom andamento evidenciado hoje. “Por vezes as corridas são assim, não há nada a fazer! O melhor que temos que fazer é focarmo-nos na qualificação e na corrida de domingo. Vamos ter que recuperar o carro, mas tenho plena confiança na equipa e estou seguro de que voltarei a ter um Clio competitivo amanhã. Vou dar o meu melhor para conseguir um bom lugar na grelha de partida para depois realizar uma prova de ataque e conquistar uma boa classificação”, afirmou Fábio Mota.

A qualificação de amanhã será realizada às 10h10m, Hora de Lisboa, ao passo que a corrida, com a duração de vinte e cinco minutos mais uma volta, será disputada a partir das 14h25m, contando com transmissão em diferido no Motors TV às 17h50m.

 

TT NO BRASIL

Márcio Machado/Webventure
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#313 Jorley Jr e Maykel Justo, primeiro colocados na Geral e cat. Pro Brasil
Alta | Web

Márcio Machado/Webventure
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Glauber Fontoura e Minae Miyauti venceram na Super Production
Alta | Web

Márcio Machado/Webventure
Clique na imagem para fazer o Donwload...
# 318 Sylvio A. de Barros Netto/Luís Felipe Eckel, Protótipos T1
Alta | Web

Márcio Machado/Webventure
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Briefing no Quality Resort & Convention Center, ao lado do Shopping Serra Azul
Alta | Web

 

Calor foi o maior desafio no primeiro dia do Rally Serra Azul, em Itupeva


Jorley Junior e Maykel Justo fizeram o melhor tempo na geral dos Carros

 A primeira parte da 1ª edição do Rally Serra Azul aconteceu neste sábado (18) e as atividades estiveram concentradas no Quality Resort & Convencion Center, localizado na Rodovia dos Bandeirantes - km 72, ao lado do Shopping Serra Azul. Contando com um grid de 14 carros e caminhões, 17 motos, nove quadriciclos e 32 UTVs o rali reuniu competidores em uma disputa acirrada.

Nos carros Jorley Junior e Maykel Justo fecharam o dia com o tempo de 1h37m40s, em seguida a dupla Glauber Fontoura e Minae Miyauti completou com o tempo de 1h40min53s. Nos caminhões, vitória para o trio de Guido Salvini, Flávio Bisi e Fernando Chwaigert. A prova segue neste domingo com a segunda e última etapa do rali, com largada para os carros a partir das 10h, partindo do Quality Resort & Convencion Center.

Com objetivo de somar pontos para o Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country de Velocidade (12ª etapa), as equipes inscritas na competição percorreram uma especial de 103 quilômetros, um Super Prime de 20,71 quilômetros e deslocamento de 34 quilômetros em fazendas e trilhas da região de Itupeva (SP), em meio a plantações de batatas, cana-de-açúcar e reflorestamento de eucalipto. O percurso contou com erosões, piso duro, saltos, travessia de riachos secos e dep's fundos.

Satisfeito com o resultado obtido, Jorley Junior (#313), da equipe MEM Motorsport, venceu ao lado de Maykel Justo o primeiro dia no geral dos carros e na categoria Protótipos T1, com o tempo de 1h57m29s. "Foi umamuito prova difícil, bem técnica, navegação complicada, trabalhamos bastante, além disso, o calor é que pesou mais, o desgaste físico foi enorme. Mesmo assim, conseguimos ganhar a etapa", disse o piloto Jorley.

Segundo o navegador Du Sachs foi uma prova que exigiu muito da navegação. "É uma prova dura. Foi dura porque não tinha descanso. Nos surpreendemos com a segunda especial do dia que era curta e rápida e poderia dar alguma diferença. Foi uma prova prazerosa, o equipamento chegou inteiro e o nosso carro é legal em termos de confiabilidade", acrescentou.

Na Super Production, Glauber Fontoura e Minae Miyauti garantiram a primeira posição e ficaram na segunda colocação na classificação geral entre os carros. Já Michel Terpins e Fabrício Bianchini fizeram o 4o. melhor tempo, com 02h08min42s, mas venceram na categoria Protótipos T1. Pai e filho, Pedro Prado e Patrick Prado ficaram na 5a posição geral, mas faturou a primeira posição da categoria Production T2 com o tempo de 2h10m37.

O piloto Guido Salvini, da Mobil Delvac Salvini Racing, comentou sobre a participação na prova deste sábado. "Aceleramos forte por uma especial bem travada de 103 quilômetros, que entre os obstáculos, apresentou várias curvas, depressões, algumas travessias de riacho seco, lombas e erosões. A planilha pediu muita atenção do navegador, com referências bem próximas", disse. "O primeiro passo foi dado, mas amanhã tem mais. O Rally Serra Azul só termina neste domingo, e temos mais 103 quilômetros para percorrer. Só respiraremos tranquilos quando cumprirmos 100% o nosso objetivo", concluiu Guido.

Neste domingo (19) as equipes prometem levantar poeira novamente na terceira especial da prova, pois a previsão é de sol e calor durante todo o dia. Motos, Quadriciclos e UTVs largam às 08h do Quality Resort & Convention Center, e Carros e Caminhões têm largada prevista para às 10h. Na sequência, a programação prevê ainda a realização do Super Prime, às 17h, e premiação às 17h, no Quality Resort & Convention Center, localizado ao lado do Shopping Serra Azul, na Rodovia dos Bandeirantes km 72.

O Rally Serra Azul é uma realização de Arena Promoções e Eventos. Tem patrocínio Polaris, e apoio do Shopping Serra Azul, Prefeitura Municipal de Itupeva e Loja Sacramento Store. Supervisão da CBA - Confederação Brasileira de Automobilismo, da CBM - Confederação Brasileira de Motociclismo.

Classificação geral categoria Carros e Caminhões - especial 1 (Extra-oficial)

Carros
1) 313 Jorley Jr/ Maykel Justo, Pro Brasil, 1h57m29s
2) 318 Sylvio A. de Barros Netto/Luís Felipe Eckel, Protótipos T1, 1h58m38s
3) 302 Glauber Fontoura/Minae Miyauti, Super Production, 2h00m45s
4) 340 Michel Terpins/Fabricio Bianchini, Protótipos T1, 2h08m42s
5) 308 Pedro H. Prado Filho/Joaquim Bicudo Filho, Production T2,2h10m37s
6) 317 Thiago Rizzo da Silva/Carlos E. Piacentini, Production T2, 2h11m58s
7) 323 Marcos Moraes/Edu Sachs, Protótipos T1, 2h15m50s
8) 346 Pietro Branchina Neto/Henry Kristy, Production T2, 2h19m50s
9) 356 Helena Soares/Weidner Moreira, Super Production, 2h25m34s
10) 310 Luiz Facco/Humberto Ribeiro, Pro Brasil, 4h00m00s
11) 303 Marcos Baumgart Stroczyski/ Kleber Cincea, Protótipos T1, 4h00m00s
12) 305 Roberto Reijers/Fausto Dallape, Protótipos T1, 4h10m00s
13) 314 Mauro Schenekenberg/Neurivan Calado, Pro Brasil, 5h00m00s

Caminhões
1) 401 Guido Salvini Netto / Flávio Bisi/Fernando Chwaigert, Caminhões, 2h23m30s

PROGRAMAÇÃO:
Data: 17, 18 e 19 de outubro de 2014
Local: Itupeva - SP
Parque de Apoio para Motos, Quadris e UTVs: Shopping Serra Azul
Parque de Apoio para Carros e Caminhões:
QUALITY RESORT & CONVENTION CENTER
Rodovia dos Bandeirantes - km 72

18/10 - Sábado
7:00h às 7h30 - Secretaria de Prova
8:00h - Previsão de Largada- Motos, Quadris e UTVs
10h - Previsão de largada - Carros e Caminhões
13h - Previsão de chegada - Motos, Quadris e UTVs
15h - Previsão de chegada - Carros e Caminhões
15:00h- Largada Super Prime
19h - Briefing Motos, Quadris e UTVs
20h - Briefing Carros e Caminhões
Local: QUALITY RESORT & CONVENTION CENTER

19/10 - Domingo
8h - Previsão de Largada Motos, Quadris e UTVs
10h - Previsão de largada Carros e Caminhões
13h - Previsão de Chegada Motos, Quadris e UTVs
15h - Previsão de chegada Carros e Caminhões
15:00h- largada Super Prime
17h - Premiação
Local: QUALITY RESORT & CONVENTION CENTER


 

TT NO BRASIL

Márcio Machado/Webventure
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#3 Gregório Caselani Azevedo_SProduction
Alta | Web

Márcio Machado/Webventure
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#2 Rodolpho Costa ficou em segundo no primeiro dia nas Motos
Alta | Web

Márcio Machado/Webventure
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#103 Nuno Fojo melhor colocado nos UTVs
Alta | Web

Márcio Machado/Webventure
Clique na imagem para fazer o Donwload...
# 35 Jèrèmy Dubois_primeiro nos quadriciclos
Alta | Web

Marcelo Machado/Webventure
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Briefing no Quality Resort & Convention Center, ao lado do Shopping Serra Azul
Alta | Web

Marcelo Machado/Webventure
Clique na imagem para fazer o Donwload...
UTVs formam o maior grid do rali, 30 veículos ao todo
Alta | Web

 

Rally Serra Azul - Motos, quadriciclos e UTVs dão show em disputa eletrizante


Prova conta pontos para 5ª etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Baja e a segundo dia de provas acontece neste domingo (19/10), na região de Itupeva (SP)

 Muito calor, piso duro, saltos, erosões, travessia em riachos e poeira em fazendas de batatas, cana-de-açúcar e eucaliptos não foram obstáculos para as equipes inscritas na primeira edição do Rally Serra Azul. A prova reúne as categorias carros, caminhões, motos, quadriciclos e, conta com um número expressivo de inscritos na UTV, em uma disputa de tirar o fôlego.

As equipes enfrentaram a primeira especial da competição partindo do Parque de Apoio montado no Quality Resort & Convencion Center, localizado na Rodovia dos Bandeirantes - km 72, ao lado do Shopping Serra Azul, em Itupeva, no interior paulista, percorrendo 82 quilômetros de especial , 34 quilômetros de deslocamentos e 20 quilômetros de Super Prime. A prova segue neste domingo, dia 19, com a última etapa do rali.

Com 17 pilotos no grid das motos, o grande vencedor do sábado no Rally Serra Azul foi Gregório Caselani Azevedo (#3). Competindo pela categoria Super Production, o piloto acelerou forte e fechou o dia com o tempo de 01h30m04s, seguido de perto por Rodolpho Costa (#2), com 01h30m56s. "Especial bem rápida, gostei muito da prova. Como sempre, estava muito bem sinalizada, impecável. Enfrentamos um trajeto muito prazeroso e seguro. Amanhã é outro dia e vamos acelerar de novo para assegurar a posição", contou Gregório.

Para Rodolpho Costa o calor foi seu principal adversário. "Estava muito quente, o traçado com muitos buracos, bem sinuoso e exigia bastante, por isso com o calor foi desgastante. Uma prova bem segura e técnica. Tentei não errar para não perder tempo e agora vou buscar a diferença. revisar a moto e apertar mais o ritmo", disse o piloto que comanda a KX 450, pela equipe Bike Box Kawasaki.

O piloto Beto do Carmo (#4), líder nas motos pela Over 40, garantiu que a maior dificuldade foram as mudanças de direção. "Como é num canavial, com laços e por isso as mudanças e referências próximas exigiu atenção redobrada para não errar o trajeto. Maravilhosa a prova, cansativa demais, ainda mais eu que sou da Over40. Consegui abrir uma certa vantagem e amanhã é só administrar para garantir a vitória da etapa na categoria", destacou o piloto da KTM 450 exc.

Para Jèrèmy Dubois (#35/KTM 525 XC), inscrito entre os quadriciclos, o resultado em Itupeva foi um grande feito, já que conseguiu ficar entre os dez melhores entre motos, UTVs e quadriciclos, obtendo ainda o melhor tempo da categoria que compete e deixou para trás oito adversários. "A prova surpreendeu a todos, realmente uma prova curta, mas cansativa demais. Piso muito duro, bastante erosões, lugares perigos com dep's que poderiam jogar o quadriciclo para frente e com certeza o calor não ajudou, desgastou fisicamente, estou muido. Para amanhã dá para atacar um pouquinho mais os 20 quilômetros da especial (Super Prime) já conheço o percurso então também dará para imprimir um ritmo maior", comemorou o piloto francês radicado em Taubaté (SP) da equipe SAT Racing.

O segundo colocado entre os quadriciclos foi Richard Amaral (#34). "Foi uma prova muito difícil bem sofrida pra mim, depois da primeira etapa (Rally da Ilha) sofri uma lesão no ombro, estou sem nenhum ligamento e aguardando o final da temporada para fazer uma cirurgia. Mas é uma prova gostosa de andar, uma das melhores etapas do campeonato brasileiro, pena que tive que aliviar nos últimos 30 quilômetros por conta da dor. Amanhã vou andar forte e tentar tirar a diferença", relatou o piloto de 19 anos.

Na categoria UTV, Nuno Fojo fechou com o melhor tempo em meio a um grid recheado de competidores: 32 inscritos. O piloto da Polaris ainda ficou na terceira colocação na geral entre as motos com o tempo de 1h34m02 e aprovou o percurso preparado pela organização. "Gostei muito da prova, com percursos variados e técnicos. Enfrentamos vários trechos de alta velocidade. O UTV aguentou bem e amanhã vamos tentar andar mais forte", finalizou.

Neste domingo (19) as equipes prometem levantar poeira novamente na terceira especial da prova, pois a previsão é de sol e calor durante todo o dia. Motos, Quadriciclos e UTVs largam às 08h do Quality Resort & Convention Center, e Carros e Caminhões têm largada prevista para às 10h. Na sequência, a programação prevê ainda a realização do Super Prime, às 17h, e premiação às 17h, no Quality Resort & Convention Center, localizado ao lado do Shopping Serra Azul, na Rodovia dos Bandeirantes km 72.

O Rally Serra Azul é uma realização de Arena Promoções e Eventos. Tem patrocínio Polaris, e apoio do Shopping Serra Azul, Prefeitura Municipal de Itupeva e Loja Sacramento Store. Supervisão da CBA - Confederação Brasileira de Automobilismo, da CBM - Confederação Brasileira de Motociclismo.

Classificação Geral: Especial 1 + Especial 2 (Super Prime) - EXTRA-OFICIAL

Motos
1) 3 Gregório Caselani Azevedo, Spr / 1, 01:30:04,440
2) 2 Rodolpho Lambach Ferreira da Costa, Spr / 2, 01:30:56,800
3) 6 Ricardo Martins, Spr / 3, 01:37:14,870
4) 9 Luiz Fernando Menuzzo , Pda / 1, 01:39:51,110
5) 11 Richard Fliter, Pda / 2, 01:40:04,860
6) 4 Beto Do Carmo, Over 40 / 1, 01:41:14,760
7) 8 Leandro Nelson Silveira , Pda / 3, 01:41:56,190
8) 7 Renato Martins, Over 40 / 2, 01:43:45,770
9) 12 Josá Mauro de Almeida Júnior, Mar / 1, 01:46:29,410
10) 22 Yuri Aizemberg, Mar / 2, 01:52:14,960
11) 21 Luis Henrique Rodrigues, Over 40 / 3, 01:52:57,330
12) 10 Moara Sacilotti, Pda / 4, 1:53:31,240
13) 17 Fernando Poli, Pd2 / 1, 01:54:05,030
14) 13 Vicente De Benedictis Neto, Spr / 4, 02:01:02,300
15) 18 Carlos Rodrigo Barros, Mar / 3, 02:03:19,950
16) 16 Edison Tamura, Over 40 / 4, 04:15:24,910
17) 19 Neder Fiorilli, Mar / 4, 04:25:00,000

Quadricilos
1) 35 Jérémy Dubois, Qda / 1, 01:38:33,540
2) 34 Richard Amaral, Qda / 2, 01:39:16,740
3) 33 Diogo Zonato, Qda / 3, 01:40:50,990
4) 32 Osmar De Mendonça Junior, Qda / 4, 01:41:51,040
5) 38 Caio Vassimon Guidi, Qda / 5, 01:54:42,300
6) 36 Leonardo Milesi, Qda / 6, 01:58:41,780
7) 39 Fernando Augusto Coelho da Silva, Qda / 7, 02:01:07,260
8) 37 Geison Pinheiro Belmont, Qda / 8, 02:03:42,540
9) 31 Gabriel Varela, Qda / 9, 05:15:00,000

UTVs
3) 103 Nuno Fojo, Uspd / 1, 01:34:02,400
4) 112 José Hélio Gonçalves Rodrigues Filho, Upda / 1, 01:34:52,200
5) 102 Fábio Wolf Campos, Uspd / 2, 01:36:20,200
6) 104 Paulo Rugna, Uspd / 3, 01:36:38,800
7)125 André Sawaya, Uspd / 4, 01:36:57,400
8) 132 Marcelo Mistrorigo, Upda / 2, 01:38:37,680
9) 108 Rafael Braga Pinho, Uspd / 5, 01:38:46,800
10)106 Gilberto Augustoa Mayorga Junior, Uspd / 6, 01:39:37,400
11) 121 Luiz Sidnei Azevedo, Upda / 3, 01:39:56,900
12) 100 Denisio Casarini Filho, Uspd / 7, 01:40:21,200
13) 107 Richard James S. B. Carida, Uspd / 8, 01:42:24,600
14) 118 Wander Manoel Garcez Ribeiro, Uspd / 9, 01:42:34,600
15) 133 Roberto Prado Sampaio (Botcha), Upda / 4, 01:43:22,870
16) 110 Leandro Torres, Uspd / 10, 01:43:41,270
17) 122 Rodrigo Faiad, Umar / 1, 01:44:46,800
18) 123 Andre Macedo Corrêa, Umar / 2, 01:44:58,210
19) 131 Fábio Citro, Upda / 5, 01:45:15,060
20)135 Giuseppe Mirone, Upda / 6, 01:45:28,390
21) 109 José Mauro de Almeida, Upda / 7, 01:47:05,500
22) 114 Valdir Amaral, Upda / 8, 01:47:05,980
23) 116 Helena Deyama, Umar / 3, 01:47:14,290
24) 134 Vinicius Gomes da Silva, Upda / 9, 01:50:29,410
25) 127 Alex Sandro Aparecido Oliveira Costa, Upda / 10, 01:53:07,680
26) 111 Marcos Lara Gouvea, Uspd / 11, 01:53:43,500
27) 130 Erik Evandro Donatto, Upda / 11, 01:56:48,640
28) 115 Cesar Herwig, Umar / 4, 02:17:58,700
29) 126 Bruno Varela, Uspd / 12, 02:47:14,600
30) 101 Rodrigo Varela, Uspd / 13, 02:47:59,880
31) 120 Reinaldo Tadeu Cangueiro, Upda / 12, 05:45:00,000
32) 119 Rodrigo Cordaro, Umar / 5, 05:45:00,000

PROGRAMAÇÃO:
Data: 17, 18 e 19 de outubro de 2014
Local: Itupeva - SP
Parque de Apoio para Motos, Quadris e UTVs: Shopping Serra Azul
Parque de Apoio para Carros e Caminhões:
QUALITY RESORT & CONVENTION CENTER
Rodovia dos Bandeirantes - km 72

19/10 - Domingo
8h - Previsão de Largada Motos, Quadris e UTVs
10h - Previsão de largada Carros e Caminhões
13h - Previsão de Chegada Motos, Quadris e UTVs
15h - Previsão de chegada Carros e Caminhões
15h- largada Super Prime
17h - Premiação
Local: QUALITY RESORT & CONVENTION CENTER


 

DTM ENCERRA ÉPOCA

DTM ENCERRA ÉPOCA COM VITÓRIA DA AUDI

 

A época do DTM encerrou o fim de semana nque passou na pista de Hockenheim, onde o  Audi fechou com chave de ouro através de Miguel Molina, que no pódio teve a seu lado o seu colega de equoa Mattias Ekstrom e Edorado Mortara, num pódio 100% Audi.Na 4ª posição cortou a linha de chegada  o BMW de Farfus Junior, seguido pelo Audi de Jamie Grren, que por sua vez teve na sua esteira o Mercedes de Wehhlein, ficando o top ten completo com o Audi de Rockenfeller e Scheider, o BMW de António Felix da Costa e finalemtne o Mercedes de Paul di Resta.dtm1 Copydtm2 Copydtm3 Copydtm4 Copydtm5 Copydtm6 Copydtm7 Copydtm8 Copydtm10 Copydtm11 CopyDTM12 CopyDTM13 CopyDTM15 CopyDTM16 CopyDTM17 CopyDTM18 CopyDTM19 CopyDTM20 CopyDTM21 CopyDTM22 CopyDTM23 CopyDTM24 CopyDTM25 CopyDTM26 CopyDTM27 CopyDTM28 CopyDTM29 CopyDTM30 CopyDTM31 CopyDTM32 CopyDTM33 CopyDTM35 CopyDTM36 CopyDTM37 CopyDTM38 CopyDTM39 CopyDTM40 CopyDTM42 CopyDTM43 CopyDTM44 CopyDTM45 CopyDTM46 CopyDTM47 CopyDTM48 CopyDTM49 CopyDTM50 CopyDTM51 CopyDTM52 CopyDTM53 CopyDTM54 CopyDTM55 CopyDTM56 CopyDTM57 CopyDTM58 CopyDTM59 CopyDTM60 CopyDTM61 CopyDTM62 CopyDTM63 CopyDTM64 CopyDTM65 Copy

 

MERCEDES BENZ CHALLENGE - BRASIL

MB Challenge: Três pilotos da RSports largam no Top 10


Sexta etapa do Mercedes-Benz Challenge acontece neste final de semana no Autódromo Internacional de Curitiba. A corrida será às 11h10

Os paranaenses poderão prestigiar a sexta etapa do Mercedes-Benz Challenge, que acontece neste fim de semana, no Autódromo Internacional de Curitiba, na cidade de Pinhais (PR). Neste sábado (18/10) foram realizados os treinos e a definição do grid da corrida deste domingo, com largada prevista para às 11h10.

Três pilotos da equipe RSports Racing ficaram entre os dez mais rápidos da categoria C250 no treino classificatório. Victor Amorim ficou em sétimo, Cristian Mohr em oitavo e Beto Rossi em décimo.

"O treino classificatório foi um pouco conturbado. Já na primeira volta choveu, fomos virar só no final, na última volta. Não deu para ver quais eram os melhores pilotos, então acredito que amanhã na corrida terá bastante troca de posição, devido à confusão. Tínhamos carro para largar mais na frente, mas amanhã meu objetivo é ir pra cima e buscar o pódio", explica Victor.

Já Cristian conta que chegou para o primeiro treino com o carro muito acertado para aquela condição de pista. "Fui segundo tempo no primeiro treino, mas para o seguinte a pista mudou e não conseguimos uma boa performance. Já na tomada, aconteceu a mesma coisa. Amanhã é outro dia, a corrida tem 50 minutos, com parada de box, e ainda tem muita coisa para acontecer. Vamos tentar mexer em mais alguma coisa no carro para melhorar e ir pra frente", considera Mohr, do carro #3.

Beto Rossi vem desde a etapa anterior, realizada no Velopark, no Rio Grande do Sul, com problema no ABS. "No primeiro treino de hoje o ABS continuava não funcionando, a equipe mexeu, trocamos algumas peças e conseguimos fazer funcionar para o segundo treino e tomada de tempo. Mas sou piloto de corrida e não de classificação. Dificilmente classifico bem, mas na corrida sempre recupero. Então vamos torcer para dar tudo certo amanhã e tentar fazer um pódio, somar pontos para o campeonato", afirma.

O dono do carro #13 está em quarto no campeonato, com apenas dois pontos atrás do terceiro colocado, um do segundo colocado e 16 do primeiro.
"São 60 pontos em jogo. O campeonato está aberto, está difícil, mas ainda temos chances", complementa Rossi.

Max Mohr, pai de Cristian, largará na 14ª posição. "Conheço muito bem a pista, corro há 33 anos e muitos nesta pista. O carro para mim é novo, pois ainda é a minha segunda etapa na categoria. Mas estou contente de disputar a categoria, ao lado do meu filho. Tenho muito orgulho disso", destaca o piloto.

Na categoria CLA, Fernando Amorim largará na 11ª posição. "No primeiro treino da manhã ficamos em quinto, mudamos o carro para o treino da tarde e não ficou bom, tivemos que voltar ao acerto da manhã. Tínhamos um acerto para ficar entre os cinco na classificação, mas infelizmente na volta do pneu fui atrapalhado por um concorrente que estava mais lento à frente e perdi tempo. O Mercedes está rápido, constante, tomamos apenas oito décimos da pole, muito próximo, então tudo é possível", ressalta Amorim.

A equipe Rsports Racing conta com patrocínio da Fiolux, Serwal, Copimaq e Grupo Max Mohr.

Veja como ficou o grid de largada:
1. Rodrigo Hanashiro (CLA) - 1:29.608
2. Eduar Merhy Neto (CLA) - 1:29.833
3. Lorenzo Varassin/Paulo Varassin (CLA) - 1:30.000
4. Fernando Junior/Roger Sandoval (CLA) - 1:30.004
5. Paulo Totaro/Ralf Pufle (CLA) - 1:30.116
6. Carlos Alberto Fonseca (CLA) - 1:30.119
7. Peter Feter (CLA) - 1:30.147
8. Cristian Hahn/Marcelo Hahn (CLA) - 1:30.148
9. Arnaldo Diniz Filho (CLA) - 1:30.267
10. Adriano Rabelo (CLA) - 1:30.443
11. Fernando Amorim (CLA) - 1:30.480
12. Carlos Kray (CLA) - 1:30.652
13. Fernando Poeta/Luís Carlos Ribeiro (CLA) - 1:30.668
14. Neto De Nigris (CLA) - 1:30.835
15. Claudio Dahruj (CLA) - 1:30.852
16. Fernando Fortes (CLA) - 1:31.044
17. Pierre Ventura (CLA) - 1:31.094
18. Danilo Pinto (CLA) - 1:31.582
19. Alexandre Molles Silva (CLA) - 1:31.599
20. Linneu Linardi (CLA) - 1:31.820
21. Rodney Felício (CLA) - 1:32.715
22. Cesare Marrucci (C250) - 1:34.978
23. Cesar Urnhani (C250) - 1:34.979
24. Renato Camargo (C250) - 1:35.102
25. Marcos Ramos/Claudio Simão (C250) - 1:35.314
26. Marcos Paioli/Peter Gottschalk (C250) - 1:35.561
27. Peter Michel Gottschalk (C250) - 1:35.578
28. Victor Amorim (C250) - 1:35.603
29. Cristhian Mohr (C250) - 1:35.849
30. Leo De Nigris (C250) - 1:35.965
31. Beto Rossi (C250) - 1:36.217
32. Theo De Nigris/Thiago De Nigris (C250) - 1:36.369
33. Betinho Sartório (C250) - 1:36.647
34. Roberto Santos (C250) - 1:36.823
35. Max Mohr (C250) - 1:37.197
36. Flavio Andrade (C250) - 1:37.786
37. Daniel Correa (C250) - 1:37.789
38. Rodrigo Ferre/Bruno Alvarenga (C250) - 1:38.826
39. Luiz Sena Jr (C250) - sem tempo
*Resultado sujeito a verificações técnicas e desportivas


Programação

Domingo (19/10)
09h00 - Largada (30 minutos de prova + 1 volta) Copa Petrobras
09h45 - 09h55 - Ação Seu Carro Nas Pistas
09h55 - 10h35 - Visitação aos boxes
11h10 - Largada (45 minutos de prova + 1 volta) Mercedes-Benz Challenge
12h47 - Largada (30 minutos de prova + 1 volta) F3 Brasil
14h05 - Largada (30 minutos de prova + 1 volta) Copa Petrobras


Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Fernando Amorim
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Cristian Mohr
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Victor Amorim
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Max Mohr
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Beto Rossi
Alta | Web

 

CAMPEONATO BRASILEIRO DE MARCAS

Brasileiro de Marcas: Paranaenses buscam recuperação na corrida deste domingo


Correndo em casa, Thiago Marques e Daniel Kaefer estão confiantes para a sétima etapa da temporada

 O dia foi de treinos e definição do grid da sétima etapa da Copa Petrobras de Marcas, que acontece neste final de semana no Autódromo Internacional de Curitiba, na cidade de Pinhais (PR). Thiago Marques e Daniel Kaefer tiveram problemas nos treinos e buscarão a recuperação na corrida deste domingo (19).

Thiago Marques teve problemas no carro já na primeira volta do treino inicial do dia e largará na 11ª posição. "Não andamos em nenhum dos treinos e fomos direto para a classificação. Tivemos que trocar o motor, que estava muito ruim, mas o carro está muito bom. Tomar só seis décimos do primeiro colocado acaba sendo satisfatório. Se conseguirmos achar este problema no motor, ou até trocá-lo novamente, teremos um ótimo carro para amanhã", analisa o curitibano do carro #1.

Daniel Kaefer, natural de Cascavel (PR), teve problema nos dois treinos livres: no primeiro rodou e atolou na brita, e no segundo o escape do carro rachou-se. O piloto do carro #17 largará na 16ª posição.

"Dei duas voltas nos treinos e fui direto para a tomada. Não encontramos um acerto ideal para o meu carro e o motor também estava perdendo rendimento. Já achamos as falhas no motor e vamos tentar arrumar para recuperar na corrida", ressalta Kaefer.

Além da torcida, Thiago Marques destaca histórico favorável nesta pista. Na última corrida aqui, há dois meses, fizemos um quarto lugar e por pouco não pegamos pódio. O acerto que nós temos é ótimo, por isso estamos confiantes", finaliza o piloto.

A equipe J.Star Racing conta com patrocínio da IPQ Instituto de Psiquiatria, Schahin, PPG, IbPré, DMP Sistemas, MADIS, Yuny, Unitalo - Centro Universitário Ítalo Brasileiro, AC Delco, Constructiva Engenharia, Malas Cruzeiro, TELEMABI Contac Center, Atua Construtora, Colonial Rodas, Benfica, Alpina, Vivamil, Technology ClimSystem, Lanali Análises de Alimentos, Palmali, Frango Delícia e Motul Óleos Lubrificantes.

Veja como ficou o grid de largada:

1. Denis Navarro (Toyota Corolla) - 1:26.718
2. Galid Osman (Toyota Corolla) - 1:26.767
3. Gabriel Casagrande (Chevrolet Cruze) - 1:26.870
4. Cesar Bonilha (Ford Focus) - 1:26.948
5. Vicente Orige (Honda Civic) - 1:27.082
6. Eduardo Rocha (Honda Civic) - 1:27.109
7. Alceu Feldmann (Honda Civic) - 1:27.127
8. Allam Khodair (Toyota Corolla) - 1:27.281
9. Vitor Meira (Ford Focus) - 1:27.313
10. Ricardo Mauricio (Honda Civic) - 1:27.409
11. Thiago Marques (Chevrolet Cruze) - 1:27.414

12. Felipe Gama (Toyota Corolla) - 1:27.430
13. Yuri Cesario/Yago Cesario (Chevrolet Cruze) - 1:27.566
14. Carlos Souza (Ford Focus) - 1:27.711
15. Fabio Ebrahim (Mitsubishi Lancer GT) - 1:27.985
16. Daniel Kaefer (Chevrolet Cruze) - 1:28.970
17. Victor Correa (Ford Focus) - 1:29.243
18. Thiago Oliveira/F. Miranda (Mitsubishi Lancer GT) - 1:33.876
*Resultado sujeito a verificações técnicas e desportivas


Programação

Domingo (19/10)

09h00 - Largada (30 minutos de prova + 1 volta) Copa Petrobras
09h45 - 09h55 - Ação Seu Carro Nas Pistas
09h55 - 10h35 - Visitação aos boxes
11h10 - Largada (45 minutos de prova + 1 volta) Mercedes-Benz Challenge
12h47 - Largada (30 minutos de prova + 1 volta) F3 Brasil
14h05 - Largada (30 minutos de prova + 1 volta) Copa Petrobras



Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Box da equipe JStar Racing
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Thiago Marques
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Thiago Marques largará na décima primeira colocação.
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
# 1 Chevrolet Cruze_Marques
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Daniel Kaefer
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
A largada da sétima etapa será ás 9hs deste domingo.
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#17 Cruze, Daniel Kaefer (J.Star)
Alta | Web

 

FIESTA DA I-DRIVE CUP APTO

 

Rali de Castelo Branco

Fiesta Ecoboost da i-drive Cup apto

para discutir título da classe R1 em 2015

O Ford Fiesta Ecoboost do projeto i-drive Cup está pronto para novos desafios em 2015 na classe R1, depois do teste exaustivo a que foi submetido no Rali de Castelo Branco, última prova da temporada e na qual estreou com sucesso um novo conjunto da transmissão (caixa de velocidades e autoblocante), ainda que um pequeno problema de origem elétrica ditasse, a duas classificativas do final, o abandono da jovem dupla Rafael Cardeira/André Couceiro.

“Apesar do contratempo que motivou a desistência, o balanço desta participação é extremamente positivo, já que a nova caixa de velocidades  revelou um ótimo desempenho, ficando claro que os problemas surgidos nos dois ralis anteriores estão, finalmente, solucionados. De resto, o Fiesta Ecoboost esteve impecável ao longo da prova, revelando  todo o seu potencial. Agora, vamos analisar uma série de pormenores e tomar as opções que entendermos serem melhores em termos de futuro. Uma coisa é certa: o Fiesta Ecoboost tem potencial para em 2015 andar na frente da classe R1”, declarou Mário Quintaneiro, da Q&F, empresa promotora do projeto i-drive Cup.

Rafael Cardeira, por seu turno, revelava um misto de tristeza e de satisfação, na sequência do abandono do Rali de Castelo Branco, a duas classificativas do final, explicando:

“Foi mesmo azar... De manhã tentámos ganhar o pulso ao carro e, sem exageros, imprimi um bom ritmo. A caixa de velocidades foi de cinco estrelas e na segunda parte do rali procurei ser um pouco mais rápido. Estava a correr tudo de feição, até surgir o problema elétrico que nos impediu de terminar. Mesmo assim, não deixou de ser uma boa experiência. Adorei o Ford Fiesta Ecoboost, pela sua estabilidade, comportamento em curva, tudo... Creio que ficou provada a sua competitividade na classe R1, tendo em vista o futuro”.FiestaCasteloBranco Copy

 

FAISCA EM EVOLUÇÃO CONSTANTE

 

MIGUEL FAÍSCA EM EVOLUÇÃO CONSTANTE NO CIRCUITO DO ESTORIL

Boas perspectivas de Miguel Faísca para as 4 Horas do Estoril, depois do piloto oficial da Nissan ter registado uma evolução constante nas duas sessões de treinos livres realizadas hoje no Circuito do Estoril. O jovem lisboeta efectuou um total de 23 voltas, naquela que foi a estreia na pista, mas também aos comandos de um protótipo de Le Mans; sendo de destacar que os motores Nissan dominaram o primeiro dia, com cinco equipas nos cinco primeiros lugares.

 

Como admite Miguel Faísca, o Zytek-Nissan revelou-se “uma boa surpresa, pois esperava que fosse bastante mais difícil de pilotar. Honestamente, no início da época senti mais dificuldades de adaptação com o Nissan GT-R GT3. No entanto, sei que ainda tenho muito para evoluir, sobretudo nas travagens para as curvas mais lentas”.

 

Nesse sentido, as perspectivas para a corrida de amanhã passam “fundamentalmente, por continuar a aprendizagem e não cometer erros. Aliás, também é esse o objectivo dos meus colegas de equipa”, reconhece Miguel Faísca, que reparte os comandos do Zytek-Nissan com o americano Matt McMurry e o inglês James Fletcher.

 

Mas o dia de hoje foi também marcado pelo “apoio de muitos entusiastas, familiares e amigos, o que muito me sensibilizou”, admite Miguel Faísca. “Um ambiente fantástico que amanhã ainda promete ser melhor, até porque as previsões meteorológicas apontam para um dia de sol”.

 

Para além da estreia de Miguel Faísca numa corrida do European Le Mans Series, a luta pelo título vai estar no centro das atenções das 4 Horas do Estoril. Com cerca de dois terços dos protótipos da categoria mais competitiva equipados com motores Nismo VK45DE (um V8 de 4.494cc de cilindrada, com mais de 450 cavalos de potência, que equipa o Nissan GT-R do campeonato Super GT), não se estranha que as duas equipas melhor posicionadas para chegar ao ceptro confiem nos blocos da marca e com a particularidade de uma integrar Filipe Albuquerque. Sim, o Estoril pode consagrar um português como campeão da disciplina – com motores Nissan!

 

Nissan oferece bilhetes para quem testar um Nissan no Estoril

Como parceira das 4 Horas do Estoril, a Nissan está a desenvolver várias acções de activação da marca, com destaque para a oferta de bilhete paddock com acesso ao lounge VIP Nissan para os primeiros que fizerem um ensaio de um dos muitos modelos da gama Nissan que estão disponíveis na Praça Ayrton Senna, junto às bancadas da recta da meta.

 

Amanhã (domingo), a qualificação está marcada para as 09h30 e a partida para a corrida para as 13h30, com a duração de quatro horas. A RTP2 fará a transmissão integral da prova.

 

###

 

Sobre a Nissan na Europa

A Nissan tem uma das presenças mais abrangentes na Europa entre todos os fabricantes de raiz não europeia, empregando mais de 14.500 pessoas distribuídas pelas operações de desenho, pesquisa e desenvolvimento, produção, logística, vendas e marketing. No ano passado, as instalações da Nissan no Reino Unido, Espanha e Rússia produziram 635 mil veículos incluindo automóveis compactos, crossovers premiados, SUV’s, veículos comerciais e o Nissan LEAF, o veículo eléctrico mais popular do mundo com um nível de satisfação de 97% e com um nível de recomendação de 95% de clientes que o aconselhariam aos seus amigos. A Nissan disponibiliza actualmente aos seus clientes na Europa 24 gamas de produtos diversos e inovadores e está posicionada para se tornar na marca asiática número um neste continente. 

 

Sobre a Nissan em Portugal

Com 20 concessionários em todo o território nacional, a Nissan propõe uma linha completa de produtos, que inclui veículos de passageiros, crossovers, 4X4’s e pickup’s e automóveis de alta performance, para além de veículos comerciais ligeiros e pesados. Disponibiliza ainda um alargado conjunto de serviços de apoio aos seus Clientes, Parceiros e Concessionários.

 

A Nissan vendeu em Portugal durante o ano de 2013 um total de 4.458 veículos ligeiros de passageiros, a que corresponde uma quota de mercado de 4,2% e um crescimento de 13,8% em relação ao ano calendário anterior. Nesse período, a Nissan reafirmou a sua liderança no segmento Crossover em Portugal, com o Qashqai e o Juke e cimentou a posição do Nissan LEAF como veículo 100% eléctrico mais vendido de sempre em Portugal, com cerca de 36% de quota de mercado.

 

 

MÁRIO SILVA NO ALGARVE HISTORICAL FESTIVAL

 

Algarve Classic Festival

 

 

Mrio Silva_Algarve1_CopyMário Silva foi nono dos Históricos 71 Mário Silva, fazendo equipa com Carlos Tavares, conseguiu ser o nono classificado da Categoria Históricos 71, na primeira das duas corridas do programa do Algarve Classic Festival que está a decorrer no Autódromo Internacional do Algarve, este fim-de-semana.
Não foi, nem de longe, nem de perto, a classificação esperada e possível no Historic Endurance, para esta primeira das duas corridas do programa, mas alguns imponderáveis não deixaram que a posição fosse outra. Aos comandos de um Ford Escort RS 1600, o piloto de Lisboa conseguiu impor o seu ritmo rápido numa primeira fase da corrida, colocando-se no terceiro posto em termos absolutos, mas depois teve um percalço que o fez perder muito tempo: “Arranquei bem, cheguei a andar em terceiro lugar e estava a ser uma corrida muito animada. Entretanto, entrou o «safety-car» e mais tarde fiquei com o acelerador preso no máximo quando seguia em quinta velocidade a fundo”, explicou o piloto, acrescentando ainda: “Trata-se de um carro novo com alguns problemas de juventude, mas consegui desligar o corta circuitos e tive que ir à boxe para arranjar o problema, tendo ainda uma ligeira saída de pista. O motor chegou a fazer 14 mil rotações, mas com isto ficámos com a prova estragada, naturalmente”. Foi então a vez de entrar em pista o seu colega de equipa, tentando recuperar até onde foi possível: “O Carlos Tavares cumpriu o resto da prova, mas sem este contratempo, penso que podíamos ter ficado nos três primeiros em termos absolutos”, explicou o piloto que ainda fez a terceira volta mais rápida da corrida na sua Categoria. A sessão de qualificação teve um sabor agridoce, pois a equipa conseguiu o segundo tempo dos H71, e sétimo em termos gerais, mas o carro acusou alguns pequenos problemas mecânicos, denotando que podiam ter sido mais rápidos, obtendo assim um melhor resultado. Agora, resta esperar pela segunda das duas corridas do programa que tem lugar amanhã, domingo, a partir das 17h25 com mais 50 minutos de duração: “Vamos tentar o tudo por tudo por fazer um melhor resultado e sem problemas, acho que o vamos conseguir”, concluiu o piloto que conta o patrocínio do BancoBIC e da PRIME Advertising

 

FERRARI PORTUGAL NO ESTORIL

 

Treinos Livres produtivos para os pilotos da Ferrari Portugal no European Le Mans Series no Estoril
Os pilotos da Ferrari Portugal, Filipe Barreiros e Francisco Guedes tiveram duas sessões de treinos livres bastante trabalhosas com o Ferrari 458 hoje no Circuito do Estoril. Apesar do oitavo e sétimo lugares entre os GTC os pilotos portugueses confrontaram-se com alguns problemas de travões que não ajudaram à melhoria nos cronos.
Ainda assim, os dois pilotos estavam satisfeitos: "Apesar dos problemas de travões e do desgaste rápido dos pneus, as duas sessões correram bem. O circuito é estreito face ao que estou habituado e há muito carro em pista. Exige uma enorme concentração mas está a ser uma experiência muito boa", referiu Filipe Barreiros que se prepara para fazer a sua segunda corrida no ELMS.
Já Francisco Guedes estreia-se na modalidade e espera: "Termos os problemas de travões resolvido para conseguirmos extrair todo o potencial do carro. Estamos com tempos perto dos da frente e por isso é possível continuarmos a evoluir e a ganhar terreno. Vamos ver o conseguimos fazer amanhã, mas estou muito esperançado", concluiu Francisco Guedes.
Amanhã, a dupla lusa que se faz acompanhar M. Rasmussen terá a sessão de qualificação às 9.30h e a corridas às 13.30h que terá transmissão em directo na RTP2.
Toda a informação sobre a prova em www.4hestoril.acdme.pt 14_1792_2_medium_Copy

 

ALBUQUERQUE EM 2º

 

Filipe Albuquerque começa com o segundo lugar no Estoril

Já arrancou a última ronda do European Le Mans Series no Autódromo do Estoril. Filipe Albuquerque começou da melhor forma ao conseguir colocar o Zytek da JOTA na segunda posição em ambos os treinos livres com uma diferença de apenas 0.033s para o líder. Tudo no caminho certo para o assalto à 'pole position' e à vitória na corrida de amanhã.

A manhã começou chuvosa no Estoril, mas o dia foi ganhando novo brilho à medida que o sol decidiu dar as boas vindas ao muito público que hoje já se deslocou ao Circuito mas também aos pilotos que foram gradualmente sendo mais rápidos em pista.

"No início do treino da manhã a pista ainda estava bastante molhada, mas foi gradualmente secando e fomos baixando os nossos tempos por volta como seria normal. À tarde, já completamente seco, os tempos começam a ser mais próximos face aos testes que aqui em fizemos nos testes de pré-época. Um bom indicador portanto", começou por dizer o piloto português.

"Está tudo a correr como planeámos. Hoje o tempo em pista foi sobretudo para o Simon Dolan e para ajustarmos o carro. Tudo no caminho certo, até porque os nossos adversários, para já, estão atrás de nós. Amanhã não podem existir erros e vamos continuar a trabalhar para conseguirmos logo na qualificação a 'pole' que nos dará um ponto importante", concluiu Filipe Albuquerque bastante confiante para o resto do fim-de-semana.

Apesar de os bilhetes para o 'paddock' já estarem esgotados, a entrada para as bancadas é gratuita e o apoio do público português é importante para o sucesso do 'nosso' piloto.

Resultados do Treino Livre 1:

1º Derani/Littlejohn/Wells - Oreca com 1.33.381

2º Albuquerque/Dolan/Tincknell - Zytek a 0.053

3º Thiret/Badey/Gommendy - Ligier a 0.458

 

Resultados do Treino Livre 2:

1º Thiret/Badey/Gommendy - Ligier a 1.31.422

2º Albuquerque/Dolan/Tincknell - Zytek a 0.033

3º Derani/Littlejohn/Wells - Oreca a 0.530

 

 estoril albuquerque_Copy
 

GALERIA DE IMAGENS

galeria de imagens

 

 

WSR EM JEREZ

 

 

Grupo de imagens da Wolrd Series by Renault que este fim de semana se encontram na pista espanhol de Jerez de la Frontera.ren1 Copyren2 Copyren3 Copyren4 Copyren5 Copyren6 Copyren7 Copyren8 Copyren9 Copyren12 Copyren13 Copyren14 Copyren15 Copyren16 Copyren17 Copyren18 Copyren19 Copyren20 Copyren21 Copyren22 Copyren23 Copy

 

OLIVEIRA EM 15º LUGAR

 

Miguel Oliveira qualifica em 15º lugar

 GH11337_Copy Miguel Oliveira assinou hoje o 15º tempo na qualificação com vista ao Grande Prémio da Austrália, na 16ª jornada do Campeonato do Mundo de Moto GP, que decorre no circuito de Phillip Island, saindo assim da quinta linha da grelha de partida.

Na última sessão de treinos livres do dia, uma queda impediu que o jovem de Almada conseguisse cumprir os objetivos traçados, nomeadamente no reforço da confiança com a sua MGP3O, tendo cumprido apenas 5 voltas: “A queda da manhã fez-nos perder o tempo que necessitava para ganhar outra vez confiança.” começou por adiantar o jovem de 19 anos.

Já na qualificação, o piloto da Mahindra Racing, completou a sua melhor volta ao circuito em 1’36,865s, tendo também sido travado por alguns pilotos mais lentos no decorrer da sessão: “Na qualificação dei o meu máximo, acabando na 5ª fila da grelha apenas a 0,8s da pole position. Tendo em conta que 0,1 segundos me dariam 5 posições, acabar onde acabámos e, considerando a queda de hoje, não foi negativo de todo.”

O piloto de Almada tem agora trabalho pela frente, com a sua equipa, com vista à corrida de amanhã, e procurará tirar o melhor partido do warm-up: “O meu ritmo não é mau, acredito que consigo acompanhar os da frente. Apenas estou concentrado em fazer uma boa primeira volta, avançar no pelotão e lutar ate ao fim.” explica o piloto de 19 anos ciente de que a corrida que encerra o Tissot Australian Grand Prix será dura.

O único piloto português no campeonato mundial de motociclismo volta à pista para os importantes 20 minutos de warm-up pelas 00h40, com a corrida a ter início marcado para as 03h00 (hora de Lisboa): “. O meu objetivo é acabar a corrida o mais a frente possível, como sempre, mas sobretudo acabar.” Conclui.

 

ESTORIL NO CALENDÁRIO 2015 DO ELMS

 

Estoril no calendário 2015 do ELMS
As 4 Horas do Estoril voltam a fazer parte do calendário 2015 do European Le Mans Series (ELMS). O anúncio foi feito hoje, 18 de Outubro, quando na pista do Estoril se iniciam os treinos para a derradeira prova da presente temporada, mostrando que o trabalho de preparação do evento por parte dos organizadores nacionais, ACDME, agradou aos responsáveis do campeonato, o Automobile Club de l’Ouest (ACO).
"Só podemos estar satisfeitos com esta nota de confiança. Mostra que as 4 Horas do Estoril são um evento que perdurará, tendo tudo para se tornar uma prova clássica da Endurance europeia, palco ideal para se fazer a festa do campeonato, até pela envolvência do Autódromo do Estoril, sempre do agrado de quem nos visita", palavras de Carlos Lisboa, o presidente da ACDME.
O calendário 2015 do ELMS será em tudo idêntico ao deste ano, com cinco corridas de 4 horas em pistas visitadas na presente temporada e nas mesmas datas. Em equipa vencedora não se mexe, apenas se procura fazer ainda melhor como refere Pierre Fillon, presidente do ACO: “O calendário provisório de 2015 reflecte a excelente saúde do European Le Mans Series. Desde o início de 2013 que o ELMS tem visto as grelhas de partida crescer e os aficionados têm podido assistir a corridas apaixonantes nos mais belos circuitos da Europa. Em 2015, poderemos contar com uma nova categoria, com o lançamento dos LMP3, carros que tem suscitado um grande interesse por parte de equipas dos quatro cantos da Europa. Estamos convencidos que o calendário de 2015 continuará atractivo para a maioria das actuais equipas e para as novas que consideram o repto de vir medir-se com os melhores especialistas de endurance europeus”.
Calendário provisório do European Le Mans Series 2015
23/24 de Março: Ensaios Oficiais – Circuito de Paul Ricard (FRA)
10/11 de Abril: 4 Horas de Silverstone (GBR)
16/17 de Maio: 4 Horas de Imola (ITA)
11/12 de Julho: 4 Horas de Red Bull Ring** (AUT)
5/6 de Setembro: 4 Horas de Paul Ricard (FRA)
17/18 de Outubro: 4 Horas do Estoril (PRT)
** à espera de confirmação
Sobre a ACDME:
A A.C.D.M.E. – Associação de Comissários de Desportos Motorizados do Estoril, foi fundada a 20 de Novembro eaustria albuquerque4_Copy

 

GRUPO DE IMAGENS

GRUPO DE IMAGENS

 

 

BLANCPAIN EM ZOLDERbla1 Copybla2 Copybla4 Copybla5 Copybla6 Copybla8 Copybla9 Copybla10 Copybla11 Copybla12 Copybla14 Copybla15 Copybla16 Copybla17 Copybla18 CopyBLA19 CopyBLA20 CopyBLA21 CopyBLA22 CopyBLA23 CopyBLA24 CopyBLA25 CopyBLA26 CopyBLA27 CopyBLA28 Copy

 

MAIS IMAGENS

MAIS IMAGENS

 

Do novo camião de Joaquim Bernardes para assim poder transportar os seus carros de competição, assim como tornar-se no ponto de assistência nas provas de rali onde participa.bernardes1 Copybernardes2 Copybernardes3 Copy

 

4 HORAS DO ESTORIL

 

Em suas marcas! Get Set! Go!

Este fim de semana a corrida para o título Europeu Le Mans Series esquente e os dez pilotos e quatro equipes na classe LMP2 estão todos prontos para uma longa batalha quatro horas na tarde de domingo.

O trio Signatech Alpine de Nelson Panciatici, Paul-Loup Chatin e Oliver Webb estão na frente, um pouco à frente da linha de JOTA Esporte-se de Filipe Albuquerque, Simon Dolan e Harry Tincknell. Newblood por Morand da Corrida de Christian Klein e Gary Hirsch ainda tem uma chance de disputar o título, companheiro e 2013 ELMS Champion Pierre Ragues não pode reter a coroa de seu motorista, mas ele pode ajudar a equipe Morand título. Michel Frey e Franck Mailleux ter uma chance fora de levantar o título 2014, mas eles vão precisar de um monte de coisas para seguir o seu caminho no domingo.

Falamos com os drivers para os seus pensamentos sobre o que promete ser um final dramático para uma emocionante 2014 Le Mans Series Europeia.
 

no36 Signatech Alpine - Alpine A450-Nissan: Paul-Loup Chatin (PLC), Nelson Panciatici (NP), Oliver Webb (OW) - 68 pontos
  ELMS título deste ano é ainda mais difícil do que no ano passado, como você tem 10 drivers para um título. Como você se sente antes da última corrida?
PLC: "O campeonato ELMS é muito quente este ano, com equipes muito competitivas. Eu estou olhando para a frente a Estoril para ser capaz de lutar na pista e fazer todo o possível para ajudar a equipe Signatech-Alpine manter o título. "

NP: "A competição é dura, mas estou confiante, porque toda a equipa Signatech-Alpine está motivado para ter sucesso e todos têm trabalhado duro para isso! Com os meus companheiros de equipe, Paul Loup e Oliver, a gente mostrou muitas vezes que éramos capazes de performances fortes. Pessoalmente, eu não irá se concentrar no título indo para essa corrida, mas, como de costume, com o objetivo de ganhar e não haverá tempo para rever a nossa estratégia nesse sentido, mas a coisa mais importante será o de estar à frente dos nossos adversários disputam a título! "

OW: "É um ano muito difícil e um muito competitivo, o que significa para ganhar este ano será a melhor sensação novamente uma competição incrível."

Qual seria a conquista do título ELMS significa para você?

PLC: "Ganhar o campeonato seria algo especial para mim. Depois de ganhar o título no ano passado, este seria o perfeito acompanhamento da minha carreira como motorista de resistência, a fim de continuar o meu desenvolvimento e espero alcançar ainda mais. Além disso, seria a melhor maneira de agradecer a toda a equipa Signatech-Alpine, que tem feito um excelente trabalho desde o início da temporada ".

NP: "Se vencermos, espero que o título irá permitir-me para participar de uma equipe de fábrica na LMP1 porque esse é o meu objetivo imediato é a minha meta de curto prazo, com a vitória nas 24 Horas de Le Mans na minha mira. Eu me sinto pronto depois de três anos com Signatech que me ensinaram sobre o espírito das corridas de resistência e me treinou nos conceitos básicos da disciplina! Este seria o meu segundo título que tornaria as emoções ainda mais intensa! "

OW: "Significaria tudo para mim, pois é meu primeiro ano na resistência, como um piloto de fábrica e com a equipe francesa. Tem sido o melhor ano de corrida da minha vida. "

Quais são os seus pontos fortes como uma equipe que vai lhe dar a melhor chance de ganhar o título ELMS?

PLC: "pontos fortes da equipe são muitos. Primeiro de tudo, a experiência de todos na equipe Signatech-Alpine nos permite chegar totalmente pronto e preparado para esta corrida final, e nós também somos três pilotos rápidos que todos como o carro se comportar da mesma maneira que nos permite otimizar a configurar. Mas é sobretudo a ligação entre Nelson, Oliver e eu que é a nossa força; nós somos bons amigos com um objetivo comum e que é, provavelmente, a nossa maior força. "

NP: "O trabalho duro, questionando tudo, capacidade de resposta, trabalho em equipe e os conhecimentos de todos na equipe. Isto dá-nos pit stops de topo e um carro de alto desempenho; em suma, é uma equipa de topo! "

OW: "Nossos pontos fortes como uma equipe é que temos todos a mesma velocidade, é uma loucura o quão perto nós todos começamos em ritmo e consumo de combustível, a estratégia de corrida e estilo de condução. Todos nós trabalhamos muito bem juntos como uma equipe e Signatech Alpine tem sido uma equipa incrível trabalhar com ele. "

 
NO38 Jota Esporte Zytek-Nissan Z11SN: Harry Tincknell (HT), Filipe Albuquerque (FA), Simon Dolan (SD) - 58 pontos
ELMS título deste ano é ainda mais difícil do que no ano passado, como você tem 10 drivers para um título. Como você se sente antes da última corrida?

HT:.. "Estou me sentindo muito bem Fomos competitivos em todas as corridas e Estoril deve se adequar ao nosso carro muito mais do que a corrida anterior, em Paul Ricard Estou me sentindo muito feliz com a temporada, tivemos resultados fantásticos e pode ir para a última corrida com ataque máximo e sem pressão. é claro que vai ser muito difícil, mas nós temos o que é preciso para se qualificar na pole e vencer a corrida.


FA: "Estou me sentindo muito animado antes da última corrida em Estoril Estes são os momentos em que um piloto de corridas vive para a corrida final é onde todo o trabalho duro do ano está em jogo A pressão em cada mecânico, engenheiro... e motorista é alto e que controla a tensão a melhor vai levar tudo.


SD:. "A equipe e eu estamos sentindo ótimo em tanto quanto nós amamos sendo os perseguindo Fizemos o mesmo em Le Mans este ano temos nada a perder e, portanto, pode ir flat out para ganhar..

Qual seria a conquista do título ELMS significa para você?

HT:. "Significaria muito para ganhar os ELMS em meu primeiro ano de corridas em Sportscars eu aprendi uma quantidade incrível desde que assinou com JOTA e eu estou ansioso para tentar selar o título neste fim de semana No entanto, nós. já tenha alcançado o nosso objetivo principal ao vencer o Le Mans 24 Horas, então tudo o que acontece no Estoril, tem sido um ano brilhante. Para ganhar tanto seria especial.

FA:.. "Ganhar o título ELMS significaria muito para mim, por muitas razões que eu iria ganhar-lo como um 'Rookie' na série Seria um título na minha estreia em corridas de endurance desportivo depois de anos em corridas de 'Sprint' e é claro, seria ganhar um título na frente da minha torcida, eu nunca esqueceria nem o povo português.

SD: "Para vencer Le Mans e ELMS na mesma temporada seria um feito incrível e um testamento ao trabalho duro todos no JOTA Esporte coloca em todo o ano."

Quais são os seus pontos fortes como uma equipe que vai lhe dar a melhor chance de ganhar o título ELMS?

HT: "Temos um carro muito forte em um circuito como Estoril, que exige muita tração e força para baixo do carro para ser rápido Toda a equipa tem vindo a preparar muito difícil e tivemos um bom teste em Monza alguns. semanas. Nós temos uma linha piloto muito forte com Simon sempre sólida durante os três turnos durante a corrida e ele está melhorando a cada dia que trabalhamos juntos, embora seja corrida em casa de Filipe para que não haja dúvida de que ele vai ser super rápida em uma circuito que ele conhece bem na frente de sua torcida. "

FA: "Nós temos um espírito de equipa fantástico e todos estão cheios de confiança Já faz um ano incrível para JOTA esporte tendo vencido as 24 Horas de Le Mans eo título ELMS seria a cereja no topo do bolo."

SD: ". Nós temos uma força incrível em profundidade em nossa equipe Todo mundo é incrivelmente talentoso e sempre dá 100%, assim se sua estratégia, confiabilidade ou condução sabemos que temos o melhor pacote."

NO43 Newblood por Morand Corrida Morgan Judd: Christian Klien (CK), Gary Hirsch (GH) - 50 Pontos

O ELMS Championship 2014 é mais competitivo do que em 2013 e 10 pilotos estão disputando um título. Como você se sente indo para essa corrida?

CK: "O campeonato é mais forte este ano, embora eu só correu nas duas últimas corridas do ano passado. Vimos muitos vencedores de corrida diferentes este ano, a combinação de Ouro, Prata e Bronze motoristas é muito importante e que parecia ter uma combinação forte desde Anel Red Bull com Pierre Ragues a bordo. Mas o principal é que o Racing Team Morand é agora um concorrente regular para vitórias, é ótimo ver o quanto nós melhoramos e crescemos juntos. "

  GH: "O campeonato é muito competitivo e estamos nos aproximando da fase final com muita calma, sabendo que a pressão não é sobre os nossos ombros como o resultado do campeonato não depende apenas de nós. Estamos prontos, com a equipe, para ir para este título e eu estou abordando esta corrida como qualquer outro e estou focado na tarefa na mão. No ano passado, ganhou o título LMPC com Paul-Loup Chatin e este ano vamos tomar o início como rivais, é bastante agradável.

2) O que esse título significa para você eo que você vai fazer com ele?

CK: "Nós ainda temos uma pequena chance de ganhar o título. Sem a falha técnica em Imola 5 min para o final da corrida que iria liderar o campeonato, mas este é Motorsport. Seria, evidentemente, um grande sucesso para toda a equipe a conquistar o título ELMS em seu segundo ano no Campeonato! Vamos tentar o máximo para conseguir isso, mas não é totalmente em nossas mãos desde Alpine tem uma 18 pontos levam em nós. "

GH: "Vamos resolver isso uma vez a linha de chegada foi cruzada na noite de domingo. Eu vou ser capaz de responder em seguida. "

3) Quais são os pontos fortes da equipe para conseguir isso?

CK: "Não temos muita pressão vai Estoril, estamos em 3 º no campeonato e chegamos com uma vitória para o evento. Sabemos que somos fortes e podemos usar a força para vencer a última corrida da temporada. Vamos fazer as contas após a corrida e ver onde estamos. Mas, para terminar no top 3 do campeonato tem que ser o nosso alvo. "

GH: "Temos trabalhado para ser competitivo desde o início. Com Christian e Pierre, o que cada um de nós traz para o programa está bem definido e cada um de nós fazer uma contribuição que nos permite ter um carro de corrida muito forte, mas também figura na qualificação. Você pode ter certeza de uma grande equipe, que fez uma corrida impecável em Paul Ricard. Esta vitória recente é certamente um fator significativo na nossa abordagem para essa última corrida.

No34 Oreca Race Performance 03 - Judd: Michel Frey (MF), Franck Mailleux (FM) - 45 pontos

ELMS título deste ano é ainda mais difícil do que no ano passado, como você tem 10 drivers para um título. Como você se sente antes da última corrida?

MF: "Nós estamos tendo um grande campeonato e eu pessoalmente estou curtindo a imensa qualidade de motorista e times neste campeonato. Por um lado, podemos estar orgulhosos do que conseguimos alcançar este ano, por outro lado eu me sinto um pouco desapontado com a grande diferença para os líderes que nos deixa com apenas chances teóricas para o campeonato. Infelizmente, tivemos alguns problemas técnicos durante a última corrida. Sem isso eu assumo a luta pelo título seria ainda mais perto do que é agora. Vou dar o nosso melhor e, se não é a batalha para o campeonato, então ele deve pelo menos ser a batalha pelo pódio final. "

FM: "Cheio de emoções como nós tivemos um monte de momentos memoráveis ​​deste ano, compartilhá-los com esta nova equipe Race Performance e especialmente com Michel Frey. Eu estou contente que nós estamos ainda em condições de ganhar o campeonato mesmo que eu estou ciente nosso destino não está em nossas próprias mãos. "

Qual seria a conquista do título ELMS significa para você?

MF: "Isso significaria muito para mim, especialmente quando se considera a qualidade do campo e da série em 2014"

FM: Seria simplesmente fantástico para toda a equipe. Eu ficaria orgulhoso de ter feito mais do que suficiente para estar em pé de igualdade com as equipes que são mais experientes e mais bem financiados. Da mesma forma, gostaria de destacar o que considero ser uma das minhas melhores temporadas a partir de um ponto de vista pessoal, uma forma muito satisfatória.

Quais são os seus pontos fortes como uma equipe que vai lhe dar a melhor chance de ganhar o título ELMS?

MF: "Enquanto isso, podemos olhar para trás e 5 anos na ELMS e equipe se tornou muito próximo durante estes anos. Os mecanismos estão funcionando bem e que a equipe irá preparar o carro e fazer os pitstops no seu melhor, com certeza. "

FM: "Ninguém está nos esperando para fazê-lo de modo que não temos qualquer tipo de pressão para esta última corrida. Não vamos deixar nada ao acaso do nosso lado, e nós estaremos em 120% durante toda a corrida. Com um pouco mais de sorte do que nas rodadas recentes, estou convencido de que vamos ter o nosso lugar no pódio final da temporada.

 

gOOGLE tRADUTOR"

 

ARAN FAZ ANÁLISE

 

ARAN faz análise fria ao “desconto” no ISV para usados
importados
A proposta do Orçamento do Estado para 2015 prevê que a tabela de descontos consoante
a idade para importados usados se altere. Os veículos usados importados com mais de
seis anos terão descontos superiores aos que tinham em 2014, chegando aos 80% em
veículos com mais de 10 anos, como acontecia no passado.
A ARAN discorda, por princípio, que se promova a entrada em Portugal de viaturas mais
antigas e, logo, mais poluentes no país. Mas importa analisar esta questão de forma fria.
Primeiro, porque uma viatura com 10 anos apresenta sempre níveis de emissões de CO2
bastante mais elevados do que uma mais recente, pelo que, por muito desconto que
tenha, a componente ambiental do ISV a liquidar é sempre alta a quando da importação.
Segundo, o IUC que virá a liquidar será sempre alto e não justificará a importação.
Terceiro, porque a justificação para a opção do Governo poderá prender-se com uma
imposição da União Europeia. Por último virão a ser penalizados pela “fiscalidade verde”
em termos de ISV.
Recorde-se que em janeiro último, a Comissão Europeia instou o Governo português a ter
em conta a desvalorização real na tributação dos veículos em segunda mão. “O cálculo do
valor tributável dos veículos usados introduzidos em Portugal em proveniência de outro
Estado-Membro não tem em conta o valor real do veículo. Não é tida em conta qualquer
desvalorização antes de o veículo ter um ano de idade nem qualquer desvalorização
adicional no caso de veículos com mais de cinco anos. Esta situação pode levar a uma
tributação superior à que é aplicada aos veículos adquiridos no mercado nacional. O
pedido da Comissão assume a forma de um parecer fundamentado (segunda fase de um
processo por infração). Na ausência de resposta satisfatória no prazo de dois meses, a
Comissão poderá interpor recurso contra Portugal no Tribunal de Justiça da União

 

RALIS NO BRASIL


Doni Castilho
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Marcos Baumgart/Kleber Cincea
Alta | Web

Rally Serra Azul acontece neste final de semana no interior paulista

Prova válida pelo Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country será realizada em Itupeva entre o sábado e o domingo

O Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country desembarca neste final de semana em Itupeva (SP), onde será realizado o sexto evento da atual temporada. Trata-se do Rally Serra Azul, prova que contará pontos para a 11ª etapa do torneio nacional.

As equipes enfrentarão um percurso total de 379 quilômetros ao longo dos dois dias de disputas, sendo 206 deles cronometrados. Além disso, mais 20 quilômetros serão percorridos no Super Prime.

"As duas etapas serão bem técnicas. Será uma prova de puro rali e os competidores têm que encarar o que vier pela frente. Vamos procurar fazer um Rally Serra Azul com o mesmo carinho atenção e cuidado que a gente tem com a planilha, e esperamos mais uma vez o grid cheio", comenta Henrique Arena, organizador do evento.

Após a realização de dez etapas, Marcos Baugart lidera a tabela de pontos entre os pilotos da categoria Protótipo, com 47 pontos, onze a mais em relação ao segundo colocado, Marcos Moraes, que aparece com 36. João Franciosi e Roberto Reijers estão empatados no terceiro lugar, com 34 pontos. Entre os navegadores, Kleber Cincea tem 47 pontos e lidera, seguido por Rogério Almeida, segundo colocado com 41. Du Sachs é o terceiro com 36 pontos, apenas dois a mais que Rafael Capoani, quarto com 34 pontos.

Na Pró Brasil, Lucas Moraes e Beco Andreotti lideram com 71 pontos. Na sequência, Mauro Guedes e Neurivan Calado têm 45 e Jorley Júnior e Maykel Justo aparecem com 40.

Régis Braga é o piloto mais bem colocado da classe Super Production, com 46 pontos, quatro a mais em relação a Glauber Fontoura, vice-líder com 42. Célio di Pace é o terceiro, com 41. Entre os navegadores, Ana Carolina Braga tem 46 pontos e leva quatro pontos de frente para Minae Miyauti. Luciano Wanderley é o terceiro, com 30.

Pela classe Production, Thiago Rizzo é o líder entre os pilotos, com 56 pontos, sete a frente do segundo colocado, Pietro Branchina. Já entre os navegadores, Henry Kirst aparece na frente na tabela de pontos, com 49, contra 39 de Tony Matias, vice-líder do campeonato.

Esta sexta-feira (17) foi reservada para a secretaria de prova e as vistorias técnicas dos carros e caminhões que participarão do Rally Serra Azul, que terá a disputa das especiais entre sábado e domingo.

Veja a programação do Rally Serra Azul:

17/10 - Sexta feira
13h às 19h - Secretaria de Prova
Local: QUALITY RESORT & CONVENTION CENTER
Fone: (11)2136-5300
Rodovia dos Bandeirantes - km 72
De 13h às 15h - Apresentação para a vistoria técnica CBA - todas as categorias (QUALITY RESORT & CONVENTION CENTER)
De 15h às 18h - Vistoria CBM:- Shopping serra Azul - Motos , UTV e Quadris
17h30 - apresentação para a 2ª vistoria técnica CBA - com multa (QUALITY RESORT & CONVENTION CENTER)
19h - Briefing- Motos, utvs e Quadris
20h - Briefing Carros e Caminhões

18/10 - Sábado
7:00h às 7h30 - Secretaria de Prova
8:00h - Previsão de Largada- Motos, Quadris e UTVs
10h - Previsão de largada - Carros e Caminhões
13h - Previsão de chegada - Motos, Quadris e UTVs
15h - Previsão de chegada - Carros e Caminhões
15:00h- Largada Super Prime
19h - Briefing Motos, Quadris e UTVs
20h - Briefing Carros e Caminhões

19/10 - Domingo
8h - Previsão de Largada Motos, Quadris e UTVs
10h - Previsão de largada Carros e Caminhões
13h - Previsão de Chegada Motos, Quadris e UTVs
15h - Previsão de chegada Carros e Caminhões
15:00h- largada Super Prime
17h - Premiação
 

HYUNDAIRALLY TEAM É NOTICIA

 

Hyundai Shell World Rally Team pronta para
enfrentar superfícies mistas no Rali de Espanha
 A Hyundai Shell World Rally Team vai participar no RallyRACC Catalunya –
Costa Daurada, Rally de España na próxima semana, a penúltima prova e
13º evento do World Rally Championship e a única da temporada com
superfícies mistas.
 Thierry Neuville (Hyundai i20 WRC nº7) e Dani Sordo (Hyundai i20 WRC
nº8) vão mais uma vez representar a equipa da Hyundai Motorsport,
enquanto Hayden Paddon (Hyundai i20 WRC nº20) marcará para a
Hyundai Motorsport N.
 A equipa realizou um teste completo em ambas as superfícies na semana
passada, com os três pilotos ao volante do Hyundai i20 WRC para
preparação para o Rali de Espanha.
A Hyundai Shell World Rally Team prepara-se para a penúltima ronda do 2014
FIA World Rally Championship e a única com superfície mista da temporada –
RallyRACC Catalunya – Costa Daurada, Rally de España, na próxima semana.
Três Hyundai i20 WRC vão enfrentar uma combinação de especiais de terra e
asfalto com Thierry Neuville e Nicolas Gilsoul no carro nº7, os heróis locais
Dani Sordo e Marc Martí com o carro nº8 e os Kiwis Hayden Paddon e John
Kennard, que marcam o seu regresso ao Hyundai i20 WRC nº20.
O rali terá a sua base na cidade costeira de Salou, com o primeiro dia de
competição em percurso de terra (com SS4/7 Terra Alta em piso misto) e os
dois últimos dias em especiais de asfalto. O Rali de Espanha representa um
desafio para as tripulações e técnicos; após as seis especiais de asfalto na
sexta-feira, a equipa terá que adaptar os três Hyundai i20 WRC à corrida de
asfalto. Adicionalmente ao trabalho normal de reparação e afinação, os
mecânicos irão mudar transmissões, travões e suspensões dos carros em
apenas 75 minutos.
A Hyundai Shell World Rally Team preparou-se para o rali, realizando um teste
curto em terra, com Sordo, e um mais longo em asfalto com os três pilotos, na
semana passada em Espanha, para se adaptar ao tipo especifico de superfície
do evento. Ao contrário da Alemanha e de França, a área de asfalto do rali é
lisa e abrasiva, e em alguns lugares, as estradas são similares a circuitos de
corrida, exigindo uma afinação mais rígida.
O principal objectivo para o rali continua a ser chegar ao final com os três
carros, mas a equipa vai usar o rali para avaliar o seu nível de performance em
asfalto.
O Chefe da Equipa Michel Nandan comentou: “O Rali de Espanha vai ser um
grande desafio não só para os pilotos, mas para toda a equipa, pois é como se
fossem dois ralis num só, com especiais de terra e asfalto em simultâneo. O
Serviço da noite de sexta-feira, vai ser difícil para os nossos engenheiros e
mecânicos, que terão de preparar o carro para asfalto em apenas 75 minutos.
Sendo este, o último rali de asfalto da temporada, vamos pedir aos nossos
pilotos que puxem mais para ver a que nível chegámos desde França e o teste
pré-evento. É claro que não esperamos ficar exactamente no topo porque
esta, ainda é uma temporada de desenvolvimento para nós, mas seria bom ver
Dani, Thierry e Hayden subirem um pouco mais sem comprometerem o nosso
principal objectivo, que é, como sempre, aprender o máximo possível para o
futuro, levando todos os nossos carros até ao final".
Neuville, que terminou o Rali de Espanha em quarto lugar no ano passado, vai
usar ao máximo a sua experiência no evento e contribuir positivamente para a
Hyundai Shell World Rally Team.
Neuville referiu: “Como este é o único evento com superfície mista do ano, o
Rali de Espanha é seguramente bastante diferente dos restantes ralis que
disputamos ao longo da temporada. Testámos em asfalto para acumular
quilómetros nesta superfície com o i20 WRC e encontrarmos a melhor
configuração possível para o tipo específico de asfalto que encontraremos em
Espanha. Avançamos para este rali com o objectivo de terminarmos o evento
sem problemas e tentaremos manter um bom ritmo ao longo do fim-desemana.
O Nicolas e eu, aprendemos imenso sobre este rali no ano passado e
daremos o nosso melhor para obtermos um desempenho positivo.”
Na sua 12ª participação no rali “em casa”, o herói local Sordo, está ansioso
para continuar a série de resultados positivos que tem atingido este ano em
asfalto com a Hyundai Shell World Rally Team. Correr em “casa” dar-lhe-á um
impulso adicional pois terá muitos fãs e simpatizantes a torcer por ele no
terreno.
Sordo comentou: “Há sempre uma atmosfera especial no Rali de Espanha e as
especiais de asfalto são muito rápidas e agradáveis. Claro que é especial para o
Marc e para mim pois vamos ter muito apoio dos espectadores. Vamos ter o
primeiro dia em terra e eu prefiro que assim seja; a minha posição no
campeonato faz com que tenha uma boa posição de partida e, com sorte, uma
superfície da estrada mais limpa que poderá ajudar no resultado final. Não é
tão difícil mudar para asfalto nos dois últimos dias pois vamos passar de uma
superfície com pouca aderência para outra com mais aderência. Na verdade, é
mais difícil o contrário.”
O jovem neozelandês Paddon, fez a sua estreia no World Rally Car no Rali de
Espanha do ano passado terminando num notável oitavo lugar. Este ano, o Rali
de Espanha marca a sua estreia em asfalto com a Hyundai Shell World Rally
Team.
Paddon comentou: “É óptimo voltar ao Rali de Espanha, um rali que já fiz
algumas vezes e de que gosto particularmente. O John e eu, vamos enfrentar o
rali com os pés bem assentes na terra, dado que é a nossa primeira vez em
asfalto com o Hyundai i20 WRC, pelo que há muito para aprender. Mas fizemos
um bom teste e preparativos para o evento e penso que estamos à altura da
tarefa. As especiais de terra na sexta-feira, podem ser um desafio importante
pelo que as faremos com calma, para atacar um pouco mais nas bonitas e
rápidas especiais de asfalto dos últimos dois dias. Estas são especiais onde me
sinto à vontade, é apenas uma questão de conseguir uma boa sensação com o
carro. Penso que se conseguir isso rapidamente, conseguiremos obter um bom
resultado.”
Com o Parque de Assistência e a Sede baseados em Port Aventura Resort, o
Rali de Espanha começará oficialmente na quinta-feira, 23 de Outubro, em
Barcelona com uma Super Special que terá lugar na zona de Montjuic. Na
sexta-feira, dia 24 de Outubro, os concorrentes vão enfrentar seis especiais de
terra e uma especial de superfície mista antes de mudarem para asfalto no
sábado e no domingo, num itinerário total de 372 competitivos quilómetros.
Para comemorar a sua 50ª edição, o rali contará com uma especial de 50km no
sábado (SS9/11 Escaladei), uma das mais longas do campeonato deste ano.Neuville Copy

 

LAND ROVER DISCOVERY

 

PRIMEIRA UNIDADE DO NOVO LAND ROVER DISCOVERY SPORT

A CAMINHO DA VIRGIN GALACTIC

 Primeiro LR_Discovery_Sport_Murray_Dietsch_Director_of_Land_Rover_Programmes_CopyPrimeiro LR_Discovery_Sport_rumo__Virgin_Galactic_Copy

  • A Virgin Galactic vai estrear a primeira unidade do novo Land Rover Discovery Sport, fabricada em Halewood, nas suas instalações no Reino Unido.
  • A produção do novo Land Rover Discovery Sport implicou um investimento de 220 milhões de libras e a criação de 250 novos postos de trabalho na renovada fábrica de Halewood.
  • No concurso `Galactic Discovery´, a Land Rover, em parceria com a Virgin Galactic, oferece a oportunidade única a quatro amigos de ganharem uma viagem ao espaço.

 

O primeiro Land Rover Discovery Sport saiu hoje da sua linha de produção, em Halewood, no Reino Unido. O veículo vai iniciar o seu percurso até à sede da Virgin Galactic, onde será utilizado pela sua equipa, enquanto ultimam os detalhes da primeira linha aeroespacial da história.

O Land Rover Discovery Sport é o SUV compacto Premium mais versátil e potente do mundo. O Discovery Sport, primeiro membro da nova família de veículos Discovery, oferece a configuração opcional de 5 + 2 lugares, com dimensões que não superam as dos atuais SUV Premium de cinco lugares. A apresentação do novo Land Rover Discovery Sport está integrada na estratégia da Jaguar Land Rover, que prevê introduzir 50 novos produtos ou atualizações nos próximos cinco anos.

A entrega do primeiro Land Rover Discovery Sport, que aconteceu hoje numa cerimónia celebrada em Halewood, foi feita a Stephen Attenborough, Commercial Director da Virgin Galactic, com a qual a Land Rover assinou, este ano, um acordo exclusivo de colaboração. Esta unidade será usada, no Reino Unido, no trabalho da empresa pioneira de voos aeroespaciais, e é a primeira de uma série de Land Rover que vão reforçar os laços entre estas duas empresas britânicas.

“Estou orgulhoso por ver sair o primeiro Discovery Sport da linha de produção das renovadas instalações de Halewood. Estamos ainda muito satisfeitos por poder entregar as chaves à equipa da Virgin Galactic. Este novo modelo representa fielmente o nosso espírito `Above and Beyond´, pelo que parecia lógico que fosse usado por outra empresa pioneira, como a Virgin Galactic”, disse Murray Dietsch, diretor da Land Rover Programmes.

A fábrica de Halewood, lugar onde nasceu o Land Rover com maior sucesso de todos os tempos - o Range Rover Evoque -, foi alvo de um investimento de 220 milhões de libras para a produção do novo Land Rover Discovery Sport e triplicou o número de trabalhadores ao longo dos últimos quatro anos, alcançando um total de 4.750 colaboradores.

O lançamento do Land Rover Discovery Sport tem também um importante impacto na cadeia de fornecimento, com novos contratos celebrados com 55 fornecedores no valor de 3,5 mil milhões de libras.

O Land Rover Discovery Sport fez a sua primeira aparição digital, no ‘Spaceport America’ (Novo México, Estados Unidos), no passado dia 3 de setembro.  Simultaneamente, foi lançado o concurso Land Rover `Galactic Discovery´ (disponível em www.landrover.com/gotospace), no qual quatro amigos podem ganhar uma viagem ao espaço. Esta é uma iniciativa pioneira da qual, graças à parceria entre a Land Rover e a Virgin Galactic, sairá vencedor um grupo de aspirantes a astronautas que vão viver a derradeira aventura das suas vidas.

Informação, imagens e vídeos sobre a Land Rover em www.media.landrover.com

Mais vídeos em alta resolução em www.broadcast.jaguarlandrover.com

 

 

Sobre a Land Rover

-         A Land Rover produz autênticos veículos 4x4 que proporcionam uma verdadeira abrangência de capacidades em toda a gama disponível desde 1948. O Defender, Freelander, Discovery, Range Rover Sport, Range Rover e Range Rover Evoque definem cada um dos diferentes setores do mundo 4x4. Atualmente, os produtos Land Rover são comercializados em aproximadamente 180 mercados de todo o mundo.

Sobre o Land Rover Galactic Discovery:

-         As inscrições para o concurso `Land Rover Galactic Discovery´ estão abertas até ao dia 21 de novembro de 2014. Para mais informação sobre as termos e condições, visite: http://www.landrover.com/gotospace

Sobre o novo Discovery Sport:

-         A Land Rover apresentou o novo Discovery Sport, o SUV compacto Premium mais versátil do mundo e o mais recente membro da família de veículos Discovery. Único no seu segmento, o avançado design do Discovery Sport define a nova família de veículos Discovery. O seu design atrativo aliado a avançadas soluções de engenharia, tornam este veículo no SUV compacto Premium mais polivalente do mercado, graças aproveitamento de espaço interior e à configuração opcional de 5 + 2 lugares. Para tal, o Discovery Sport introduz, pela primeira vez, uma série de inovações no segmento SUV compacto Premium. Uma avançada suspensão multibraço de longo curso e um eixo traseiro multibraço totalmente novo resultam numa combinação de agilidade, requinte e comportamento em estrada inigualável, mantendo a incrível capacidade todo-o-terreno pela qual a Land Rover é reconhecida internacionalmente.

 

 

 

 

 

 

Sobre Land Rover e Virgin Galactic

-         A Land Rover e a Virgin Galactic anunciaram a sua parceria global em abril de 2014 durante a apresentação do Virgin Galactic SpaceShipTwo, o primeiro veículo espacial comercial de passageiros do mundo, e do novo carro da Land Rover, o Discovery Vision Concept. Esta colaboração reflete uma visão partilhada do espírito pioneiro, da inovação tecnológica e do espírito de aventura e ilustra o desejo de superar os limites dos viajantes das próxima geração.

-         A colaboração entre a Land Rover e a Virgin Galactic centra-se em partilhar a sua experiência em engenharia e design com vista à melhoria da investigação e desenvolvimento, de possíveis colaborações ao nível do design, de projetos exclusivos e de iniciativas únicas e envolventes de ambas as marcas.

-         Tanto a Land Rover como a Virgin Galactic partilham a vontade de inspirar e motivar os jovens de hoje a dedicarem-se profissionalmente à engenharia, à ciência e à tecnologia, áreas que contribuem para mudar a forma como vamos viajar no futuro.

-         A premiada iniciativa “Inspiring Tomorrow´s Engineer´s”, destina-se a melhorar a formação nas áreas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática e já formou mais de 328 mil jovens britânicos. Este programa educativo utiliza os Education Business Parternship Centres, os seus cinco centros, desenvolvendo formações e desafios criativos aos estudantes, que reproduzem os processos reais do design, testes e sistemas de engenharia. Este programa promove ainda eventos em escolas e career shows.

-         O ‘Galactic Unite’ foi criado pela comunidade “Virgin Galactic Future Astronaut” de forma a promover a criação de mais oportunidades nas áreas STEM, para os jovens do mundo inteiro, e a desenvolver as suas competências através da formação, empreendedorismo e inspiração “espacial”. O objetivo do ‘Galactic Unite’ é motivar e oferecer qualificações a uma geração de pessoas que vai potenciar a emergente indústria espacial e aplicar as suas capacidades na resolução de desafios globais. Esta iniciativa aproveita a dinamização e fascínio das viagens espaciais para estimular toda uma nova geração a interessar-se por estes temas, bem como para desenvolver conteúdo educativo inovador, programas de formação premiados e atividades relacionadas com o espaço.

 

 

 

 

VOLTA AO MUNDO COM FRANCISCO SANDE E CASTRO

VOLTA AO MUNDO COM FRANCISCO SANDE E CASTRO

 

 

Em Ranong jantei a melhor refeição desde que estou na Tailândia . Foi num restaurante que me indicaram no Hotel onde estava a ficar. Era um sítio sem grandes requintes, com um sistema em que os clientes iam a um buffet buscar os ingredientes crus para depois os cozinharem na mesa com um sistema em que por cima de um pote de brasas colocavam uma peça em cobre onde se fritava na parte central ou cozia na água que estava à volta. Um dos segredos do sucesso do local era a qualidade dos produtos que tinham no tal buffet cru. Comi um peixe cozido com legumes fantástico.
No dia seguinte parti para a ilha de Phuket já sem chuva, o que me soube lindamente. Estava farto de apanhar água e, embora o fato que tenho da Spidi seja excelente e não a deixe passar, acaba sempre por entrar para as malas, uma delas com a parte de alumínio furada, após um dos acidentes na Índia. Visitei uma ou outra praia pelo caminho, tendo aproveitado para almoçar numa esplanada à beira mar duma delas e, da parte da tarde, apanhei uma fantástica estrada de montanha em bom piso, de curvas rápidas que me deu imenso gozo percorrer.
Em Phuket, pelo que me tinham contado, já estava à espera do pandemónio que encontrei. Construção de má qualidade e desenfreada nas bordas da estrada com todo o tipo de negócios que se pode imaginar para sacar algum ao turista mas, obviamente, sem faltar uma casa de massagens quase porta sim porta não, com as meninas à porta a chamarem os clientes.
Fui até à zona da praia de Patong,  a mais movimentada da ilha e, ao parar junto a uma espécie de quiosque para beber uma cerveja, um grupo de ocidentais, impressionados com a moto, fez-me sinal do restaurante em frente e, mais tarde um deles, suíço, veio ter comigo. Disse-me que alugava quartos em casa dele, no melhor local da vila e que, se eu quisesse lá ficar me fazia um preço especial.
Instalei-me em casa deste simpático suíço. Da parte da tarde veio mostrar-me o mercado, o centro comercial e, de um modo geral, como funcionava a cidade. Jantámos numa tasca local.
Constatei que há muitos suíços que para aqui vêm viver o que não me admirou. Quando aqui chegam para passar férias vindos da pasmaceira de Genéve ou Lausanne ficam “embebedados” pelo clima e as mulheres e já não saem de cá.
Muitos deles casam com Tailandesas mas, como nós acidentais perdemos a técnica de saber manter um casamento, a maioria acaba por se divorciar.
Depois do jantar o Ernest mostrou-me a vida noturna e bebemos um copo num bar de um amigo dele. Nesse aspecto tudo se resume praticamente a uma rua de bares, vedada ao transito, que é uma espécie de cabaré gigante. Nos bares cheios de “néons” meninas dançam em cima das mesas para chamar os clientes, algumas vezes agarradas a postes metálicos, ou vêm-nos buscar à rua. Como nunca faz frio os bares e restaurantes não têm a parede da frente e são assim  abertos para a rua, muitos deles com música ao vivo. Uma festa constante e muito animada.
O Ernest explicou-me que o cliente pode beber um copo num bar e escolher a menina que quer levar para casa nessa noite. Se a levar antes do bar fechar paga também uma comissão ao bar além do preço negociado com a menina que, em função da sua beleza, varia entre os dois e os três mil Bahts, qualquer coisa como 50 a 75 euros. No fundo chegamos à conclusão que, tal como os produtos da Macintosh, a prostituição tem um preço quase fixo em todo o mundo.
O local está repleto de turistas que as compram por uma noite ou vários dias. Pelas praias, ruas e restaurantes vemos centenas de casais em que o homem é um turista ocidental e a mulher tailandesa.
Felizmente não vi pedofilia na ilha, que parece ser um dos problema que o regime militar ditatorial, que governa o país desde que, no início do ano os partidos democráticos não se entenderam, envolvendo-se em disputas sanguinárias, resolveu.
Aliás, por muitos defeitos que tenha este sistema parece ter posto mais ordem no país. Aqui em Phuket, por exemplo, os bares e cadeiras de aluguer que havia nos areais das praias eram ilegais e explorados pela mafia local. O militares destruíram tudo. Agora terão que resolver o problema por estar a chegar a época alta e os turistas não terem onde se sentar nas praias mas, pelo menos, correram com a mafia do local.
Embora não haja muito crime nestes países maioritariamente budistas outro processo que deu muito que falar a semana passada foi o de um revisor de comboio que foi condenado à morte apenas três meses depois de ter cometido um crime em que violou uma miúda de 13 anos, assassinou-a e atirou o corpo pela janela do comboio. Embora não concorde com a pena de morte, não só por considerar que o homem não tem o direito de tirar a vida a outro, seja por que razão for, como por a considerar uma pena mais leve que uma de prisão perpétua ou até de 25 ou trinta anos, a maioria da população aqui achou que se fez justiça e estão até satisfeitos com muitas das ações deste regime ditatorial.

 

VILLACORBA EM ZOLDER

 

Balzan / Salaquarda volta na Série Blancpain Sprint em Zolder

Scuderia Villorba Corse eo único Ferrari 458 do campeonato pronto para a penúltima rodada a ser realizada em outubro 17-19 na Bélgica

Treviso (Itália), 16 de outubro de 2014 Um mês a partir de seus títulos da equipe e motorista na Série Endurance, Scuderia Villorba Corse recebe de volta no mundo de corrida Blancpain pela sexta rodada muito desafiador da Sprint Series Blancpain em Zolder no fim de semana de 19 de outubro equipe italiana liderada por Raimondo Amadio vai alinhar o único Ferrari 458 do campeonato, com Alessandro Balzan, que substituirá Andrea Montermini (o ex-piloto de F1 tem um evento concomitante, que havia sido planejado no início da temporada) e Tcheco Filip Salaquarda. O par Villorba já correram juntos em Zandvoort durante o verão e estará de volta no caminho certo de abrir o fim de semana belga na sexta-feira, 17 de outubro, com duas sessões de treinos livres. No sábado, treinos de qualificação está prevista às 9h15, enquanto a raça de qualificação terá lugar às 14:15. Corrida principal terá início às 13:45 no domingo.

"Zolder - diz Amadio, Team Principal - significa o início da parte final desta temporada muito longa e exigente Blancpain GT série, onde sempre estiveram entre os principais candidatos, capazes de competir em um nível muito alto. Balzan irá juntar-se Filip novamente e no fim de semana é esperado para ser muito desafiador. Seria ótimo para conquistar nosso primeiro pódio na Série Sprint nesta temporada. "

Blancpain Sprint Series penúltima rodada em Zolder será transmitido (ao vivo, diferido e destaques) a nível mundial em vários canais de TV e em www.blancpain-gt-series.com (clicando no GT TV).Villorba Ferrari_458_in_action_in_the_BSS_Copy

 

NOVO OPEL CORSA FIXA REFERENCI9AS

 

Novo Opel Corsa fixa referências no segmento dos utilitários

O Opel Corsa figura há muito na História da indústria automóvel como um dos modelos mais vendidos de sempre. Até hoje, o percurso deste utilitário bem sucedido atravessou quatro gerações em 32 anos, ao longo dos quais foram vendidas 12,4 milhões de unidades. O novo Corsa, com lançamento agendado para o início de 2015, tem todas as características necessárias para dar sequência ao sucesso das anteriores gerações. Para além de novas linhas exteriores e de novo habitáculo, a dinâmica surge num patamar mais elevado do que nunca graças a um novo chassis e a uma direção otimizada. Uma das tónicas está no motor 1.0 Turbo da nova geração, que lidera uma gama onde entram também propulsores turbodiesel profundamente revistos, tudo para assegurar níveis elevados de conforto e ‘performance’, e baixos consumos. A suspensão do novo Corsa não herda um único componente do modelo atual. A estabilidade em linha reta e o comportamento em curva surgem substancialmente melhorados graças a um centro de gravidade mais baixo em 5 mm, a um sub-chassis dianteiro mais rígido e a uma nova geometria de suspensão. Aspetos como a inclinação da carroçaria, bem como a resposta da direção e as características de subviragem, alcançam níveis superiores. Um dos grandes destaques no lançamento da quinta geração Corsa vai para o avançado motor tricilíndrico 1.0 Turbo ECOTEC, com injeção direta de gasolina, que faz parte da mais recente geração de motores com que a Opel está a renovar a maior parte da sua linha de motorizações. Recentemente estreado no ADAM, este propulsor é o único 1.0 de três cilindros na indústria dotado de um veio de equilíbrio, o que lhe permite estabelecer novas referências em matéria de baixos níveis de ruído e vibrações. Com bloco e cabeça construídos em alumínio, o novo 1.0 Turbo da Opel está disponível à saída da fábrica em duas configurações, com potências diferentes: 90 cv e 115 cv.  (...)

 

 

4 HORAS DO ESTORIL

 

Em suas calculadoras ... a batalha começar!

4 Horas de Estoril que irão competir domingo, 19 de outubro será o palco para a grande final da Le Mans Series Europeia em 2014, somente após a corrida finalmente conhecer os campeões da temporada. Há 10 motoristas e quatro equipes para jogar no título!


Enquanto as equipes e pilotos não têm direito a mais do que 26 pontos (25 pela vitória e um pela pole position), e apenas 23 pontos separam os protagonistas, o gerente da equipe têm suas calculadoras na mão ...
 


O título da equipe campeã europeia Signatech Alpine está liderando a equipe de classificação geral, com 68 pontos, 10 melhor do que o seu maior rival, a equipe britânica JOTA Sport. Se eles querem manter a preensão do título da Europa, Panciatici, Oliver Webb e campeão Chatin necessariamente terminar em primeiro ou segundo domingo.

Por contras, se Filipe Albuquerque, Harry Tincknell e Simon Dolan da equipe JOTA Esporte venceu a corrida e terminou em terceiro Signatech é o ponto do pólo irá fazer o truque. Se os dois carros leva a pole position, ambas as equipes poderiam ser amarrados com 83 pontos, mas JOTA é declarado campeão por vencer duas corridas durante a temporada, contra um para Signatech.

NewBlood por Morand Racing e seus pilotos Christian Klien e Gary Hirsch hoje acumula 50 pontos, 18 a menos do que Signatech e 8 atrás JOTA Sport. Com a pole position e uma vitória, a equipe suíça obter 76 pontos, mas eles podem pagar o título Signatech Alpine não deve terminar melhor do que sexto. E se JOTA Esporte teve que ficar no segundo degrau do pódio, NewBlood ainda ganhar porque eles acumularam duas vitórias contra uma para a equipe britânica.

A equipe Race Performance e seus drivers Michel Frey e Franck Mailleux também estão na corrida, com 45 pontos em 23 atrás Signatech Alpine. Eles ainda têm uma chance de título europeu. Se eles percebem a pole position e vitória, eles vão acumular 71 pontos e para mantê-los em mente, Signatech não deve fazer melhor que nono e JOTA não se deve concluir além quarto. Neste cenário, o desempenho de NewBlood por Morand competência não couber conta porque não conseguiu marcar pontos suficientes, mesmo em segundo lugar.

Em resumo, cada contendor campeão ELMS deve terminar no degrau mais alto do pódio para levar o título. Será então tempo para ver os resultados de outras equipes. Se a contagem é muito complicado, é prova de que a temporada da Le Mans Series Europeia em 2014, foi jogado maravilhosamente na classe LMP2.

Cruzamento 04:00 Estoril será realizada domingo, 19 de outubro, em Portugal. A ação trilha começa sábado 18, com duas sessões de treinos livres. Ir para a qualificação domingo, 19 às 9:30 am (10:30 CET) eo início da corrida será às 13:30 (14:30 CET).

 

Google Tradutor

 

RUDOLFO ÁVILA QUER TERMINAR EM ALTA

 

Ávila quer terminar temporada em alta

 

A 10ª temporada da Taça Porsche Carrera Ásia chega ao fim este fim-de-semana no Circuito International de Xangai e o piloto português de Macau, Rodolfo Ávila, quer encerrar a sua sexta época na categoria em alta.

O Team Jebsen quer capitalizar o bom momento de forma, cujo melhor exemplo são os resultados das últimas corridas, para terminar lugares acima do actual quinto lugar que agora ocupa.

“É indiscutível que o nosso andamento está bem melhor do que no arranque da temporada. Estou muito mais confortável com o carro e a equipa fez um trabalho brilhante. Temos estado sempre na frente, num pelotão incrível de 28 carros, e já provamos a nossa boa forma com quatro pódios ”, explicou o piloto do Team Jebsen.

Ávila é actualmente o quinto classificação no campeonato com 114 pontos, apenas quatro pontos de desvantagem para os dois concorrentes que estão imediatamente à sua frente, quando há 41 pontos ainda em jogo. O Circuito Internacional de Xangai é um traçado de boas memórias para o piloto apoiado pelo Team Jebsen e Asia Creative Group e a confiança é a nota dominante.

“Xangai é uma pista que eu conheço e gosto. Espero maximizar a experiência nesta pista e tirar partido a favor do Team Jebsen. Nada me faria mais feliz do que terminar a época com um resultado que nos permitisse subir na classificação geral. Os pontos estão lá para se ganhar e eu irei à luta desde o primeiro momento em que os carros se farão à pista”, disse o piloto que defende as cores da RAEM nos mais prestigiados circuitos asiáticos.

O fim-de-semana da Taça Porsche Carrera Ásia em Xangai é composto por duas sessões de treinos-livres de 30 minutos na sexta-feira, dia 17 de Outubro, uma qualificação no sábado, dia 18 de Outubro, e duas corridas de 12 voltas, uma ainda no Sábado às 13h00 (GMT +8) e outra no domingo, dia 19, às 12h225 (GMT +8). Ambas as corridas poderão ser acompanhadas em directo pela internet através da ligação: https://www.youtube.com/watch?v=byM__C-hTc8

 RodolfoAvila 1_CopyRodolfoAvila 2_Copy

 

UM EXEMPLO PARA OS PILOTOS PORTUGUESES

UM EXEMPLO PARA OS PILOTOS PORTUGUESES

 

 

João Barbosa é sem dúvida alguma um dos exemplos para os pilotos portugueses, que só pensam na Fórmula 1, quando em termos de carreiras poderão fazer o mesmo precurso que fez o piloto originário de Valongo, e que agora dá os seus frutos, sendo um dos pilotos mais cotados nos Estados Unidos, aliás não deixa de ser curioso, que a dupla campeã, fala português, pois o companheior de equipa de Barbosa, é Christian Fitipaldi, sobrinho do ex piloto de Fórmula 1 Emersom Fitipaldi.Pode não parecer mas singrar numa carreira nos Estados Unidos pdoerá ser uma boa forma de poder correr num país com horizontes completamente diferentes daqueles que a actual Europa oferece.joaobarbosa1 Copyjoaobarbosa2 CopyJOOBARBOSANOSPRINICPAISCANAIS USA_Copy

 

CAMPEONATO NACIONAL DE TRIAL

 

Recorde de inscrições

Campeonato Nacional de Trial 4x4 

 

  A lista de inscrições para a sexta e última prova do Campeonato Nacional de Trial 4x4 está oficialmente fechada. Serão 36 as equipas a entrar na pista de Rebordosa, fazendo com que a prova do Clube TT Rota dos Móveis seja a mais participada da edição 2014. 

 

LISTA OFICIAL INSCRITOS

 

 

A 6.ª prova do CNTRial 4x4 faz parte do evento "Aventura Off-road" organizada pelo Clube TT Paredes Rota dos Móveis. Tudo começou com um passeio TT, no passado sábado,  de outubro.
Assista à reportagem...

 

Aventura Off-Road

Watch the Video

 

SUGESTÃO DO DIA

 

Conselhos, Truques e Dicas

IDEIAS COM AMOR E LIMA

de Maria de Melo Santos

PVP 17,90€

272 páginas

Com quatro ingredientes essenciais, Amor, Confiança, Inspiração e Motivação, apresentamos 89 ideias para fazer você mesma.

Ideias com Amor e Lima desperta o lado mais curioso de cada um de nós e ensina como tornar pequenas ideias em magníficos projetos, através materiais e técnicas simples. Projetos para nós, para os que nos rodeiam, para a casa, como forma de distribuir carinho e viver mais intensamente o dia a dia.

Aprenda a fazer presentes diferentes e especiais, a decorar a sua casa reutilizando materiais ou objetos antigos, a criar os seus próprios eventos sem ter de recorrer a mais ninguém. E delicie-se ainda com receitas inspiradoras e decorações florais de sonho.

Um livro apaixonado que a vai deixar viciada e adepta de trabalhos manuais.

Autora do projeto Amor e Lima, Maria de Melo Santos é uma jovem apaixonada e muito curiosa perante a vida.  Foi esta curiosidade, a paixão pelo romantismo das coisas e a constante procura pela inovação que levaram Maria a lançar o projeto AMOR E LIMA, e a começar a criar os seus desafios. A sua formação profissional, em gestão de marcas, nada tem a ver com a bricolagem, a decoração ou até mesmo com a culinária e, por isso, costuma dizer que é o exemplo de que qualquer pessoa é capaz de criar projetos tão ou mais giros que estes.

 É apenas necessário ser curioso, e muito atento. Visite em https://www.facebook.com/momentosamorelima <https://www.facebook.com/momentosamorelima>  

 

GARAGEM AURORA NO ALGARVE HISTORICAL FESTIVAL

 

   ALGARVE HISTORICAL FESTIVAL

 

 

 

GARAGEM AURORA NO ALGARVE HISTORICAL FESTIVAL




aurora1 Copyaurora2 Copy

Uma vez mais a Garagem Aurora vai marcar presença este fim de sema a no autódromo de Portimão para participar em mais uma edição do Algarve Historical Festival, na qual está a dar assistência aos Porsche 911 RSR de Rui e João Macedo e Silva.

Sobre a prova deste fim de semana, Eduardo Santos Júnior explicou-nos os seus objectivos” espero que corra tudo bem, para já temos o melhor tempo na nossa categoria, esperemos que continue assim e que consigamos que os nossos carros cheguem ao final, o melhor classificados possível. Não via ser tarefa nada fácil, pois este ano a lista de inscritos no Algarve Historical Festival é simplesmente fabulosa, e por isso nos nossos pilotos vão ter grandes adversários em pista, por isso prevejo que irão ser duas corridas muito disputadas, e só espero que tudo corra pelo melhor “, disse-nos.

 

JOÃO PAULO MATOS COM FIM DE SEMANA PARA ESQUECER

 

JOÃO PAULO MATOS COM FIM DE SEMANA PARA ESQUECER


org550 Copy_Copy

Foi à última da hora que João Paulo Matos alterou a sua inscrição para a prova dos Single Seaters, trocando o seu habitual Hawke por um Zitek um monolugar de geração mais actual no seio da Fórmula Ford.

Mas a verdade é que foi um fim de semana para esquecer, pois segundo o piloto do Porto, “ apenas consegui fazer uma volta e meia  à pista do Estoril, pois os problemas no carro foram tantos q       eu passei grande parte do tempo nas boxes para ver o que se passava, com um carro que já tinha sido campeão pelas mãos do José Peres.O pouco que andei, vi logo as potencialidades do carro bem superior à do meu Hawke, o meu monolugar com que habitualmente participo nas provas dos Fórmula Ford. Tive muita pena que a catadupa de problemas tivesse surgido, pois fiquei curioso para saber até que ponto poderia ir com o carro, isso em termos dos seus predicados”.

Na próxima prova, João Paulo Matos irá alinhar de novo no autódromo do Estoril ao volante do seu carro habitual.

 

Foto : Nuno Organista

 

SEGUNDO A OPINIÃO DE MIGUEL LACERDA

SEGUNDO A OPINIÃO DE MIGUEL LACERDA SOB A ANULAÇÃO DO CIRCUITO DA BOAVISTA

 

MUito curiosa a opinião de Miguel lacerda, sobre a extinção do Circuito da Boavista, que nos faz na realidade pensar sobre o futuro deste país em termos de turismo, pois pelos vistos vamos começar a "importar" amarelinhos", para visitar o nosso país, e como sempre com o futebol a mandar....

 

 

 

 

Depois do escândalo,sim é um escândalo,o turismo de Portugal retirar a verba à câmara do Porto,para pôr de pé o WTCC(campeonato do mundo de turismo),a realizar em 2015. 
Como se sabe a Eurosport cobre integralmente o evento,com fantásticos planos,difundidos para todo o mundo.
Depois temos o comércio que gira à volta da cidade,com lucros muito superiores à média habitual.
E a revolta atinge o seu auge,quando o mesmo turismo de Portugal,compra a imagem do Cristiano Ronaldo para publicitar na China.
São os inúmeros negócios da China que têm vindo a desacreditar a idoneidade do país. 
Para concluir,mais um grande negócio de Jorge Mendes,o homem mais influente...desta república das bananas.

 

HOJE CONDUZIMOS

 

HOJE CONDUZIMOS

 

MERCEDES 220 C

 

APOSTA MUITO VÁLIDA DA MARCA ALEMÃ

 

 

A série C é a grande aposta da Mercedes em termos de segmento médio, por isso o empenho da marca de Estugarda foi muito grande, mas o trabalho apresentado é deveras marcante. A aerodinâmica do novo Class C é dominante, e contorna elegantemente a resistência ao ar, estando equipado com uma suspensão pneumática, que operando de forma inteligente, oferece uma excelente sensação de condução, surgindo com novos propulsores, que para o mercado português surge com duas versões a gasolina com 180 e 156 cv de potência e a C 220 com 184 cv de potência. A versão diesel que recebeu a designação de C 220 Blue Tec, tem 170 cv de potência.

A série C significa para a Mercedes um segmento muito importante nas suas vendas, que em certos países chegam à liderança de segmento. Em comparação com a série anterior, o novo Mercedes Class C surge com uma nova suspensão pneumática Airmatic, que opera de modo automático, e doseia de forma inteligente o amortecimento de cada rodado. Depois com o uso do selector Agility Select com cinco programas distintos de condução que permite diferentes tipos de conforto. A nível exterior surge o Intelligent Light System – sistema de luzes inteligentes, onde todas as funções com a luz direccional, e a luz de berma, ou mesmo o assistente adaptativo das luzes de máximos “ilumina” bem a estrada, com o auxilio da tecnologia LED com economia de energia e longevidade. A luz branca oferece uma segurança acrescida, ficando completa com uma unidade óptica transparente. Entre os muitos extras que equipa o novo Mercedes C 220 surge o Mercedes Connect, que integra diversas tecnologias opcionais, com o sistema multimédia Command online, e a Mercedes Benz APPS, que permite o acesso fácil aos serviços móveis, como por exemplo o rádio, internet, live traffic, ou o touchpad.De referir o novo head-up display que dá todas as informações relevantes no campo da visão do condutor. Outro detalhe que surge neste novo Mercedes é o Intelligent light System, que congrega uma série de funções, tais como a luz activa direccional, luz de berma que usufrui de tecnologia led, deixando o condutor desfrutar duma luz branca, por sinal muito eficiente.

Quanto ao equipamento de série, como não poderia deixar de ser, pois estamos a falar dum Mercedes, que nesse aspecto não descura em nada, pois estamos a falar dum dos ponta de lança da marca. O novo C 220 cuja frente foi alvo de renovação com duas lamelas, surgindo no habitáculo novos bancos com estofos em tecido Aberdeen, com elementos ornamentais em lacado preto, no entanto os estofos em pele são opção. Mas a Mercedes tem no novo C 220 D três níveis de equipamento, que se inicia na linha Avantgarde, que surge com bancos desportivos, design interior com duas tonalidades, volante multifunções, nos bancos em pele e elementos ornamentais em alumínio escovado. Na versão Exclusive surge outro tipo de grelha com um radiador tridimensional com lamelas e u eixo vertical cromado. Em termos de interiores aparece uma nova consola central de uma só peça, numa combinação com a caixa de velocidades automática. Os bancos surgem com uma nova combinação de pele e microfibra. Por últimos temos a componente desportiva da Mercedes, por isso esta versão tem uma personalidade muito própria, a começar pelo chassi, que é rebaixado, com jantes de liga leva, bancos em pele, e volante desportivo multifunções.

Para o mercado nacional, a Mercedes dispõe de duas cores sólidas, oito metalizadas. Em termos de propulsores estão disponíveis duas versões a gasolina e uma a diesel.

Deveras agradável o Teste que fizemos no Mercedes C 220, aliás a aposta da marca alemã é muito vasta, mas antevê-se que este modelo irá ser um novo sucesso em termos de vendas. As linhas em si são muito bonitas, ostentando uma personalidade muito própria, e facilmente identificável. Para terminar, nada melhor do que os nosso leitores, visitarem um concessionário, e fazerem o mesmo que fizemos, isto é, um test drive, e depois verem aquilo que o novo Mercedes C 220 tem para lhe oferecer.

FOX 0578_CopyFOX 0579_CopyFOX 0581_CopyFOX 0582_CopyFOX 0583_CopyFOX 0584_CopyFOX 0584_CopyFOX 0586_CopyFOX 0587_CopyFOX 0590_CopyFOX 0592_CopyFOX 0592_CopyFOX 0593_CopyFOX 0593_CopyFOX 0594_CopyFOX 0597_CopyFOX 0600_CopyFOX 0601_CopyFOX 0602_CopyFOX 0604_CopyFOX 0605_CopyFOX 0607_CopyFOX 0609_CopyFOX 0611_CopyFOX 0612_CopyFOX 0613_CopyFOX 0615_Copy

Texto e fotos de João Raposo – www.velocidadeonline.com

 

A UM PASSO DO 1º TITULO

A UM PASSO DO 1º TITULO

 

 

Tudo indica que em finais de Novembro, Victor Rodrigues obtenha o seu primeiro titulo em termos  de categoria nso Sinlge Seaters, onde participa ao volante dum Royale.

 

Fotos de Nuno Organista - www.velocidadeonline.comvictorrodrigues1 Copyvictorrodrigues3 Copyvictorrodriugues Copyvictorrodrigues Copy

 

MIGUEL FAISCA ESTREIA-SE NUM PROTÓTIPO

 

MIGUEL FAÍSCA ESTREIA-SE NUM PROTÓTIPO DE LE MANS

 

 

MIGUEL FAÍSCA ESTREIA-SE NUM PROTÓTIPO DE LE MANS

Apenas 13 meses depois de deixar o conforto do sofá e os comandos da PlayStation, uma dupla estreia para Miguel Faísca: o campeão europeu da GT Academy 2013 vai descobrir o Zytek-Nissan e participar, pela primeira vez, numa prova em Portugal. As 4 Horas do Estoril, que encerram o calendário do European Le Mans Series, constituem, assim, um enorme desafio para o jovem de 25 anos de idade. Afinal, Miguel Faísca vai apenas disputar a 7ª corrida internacional da sua carreira que começou oficialmente em Janeiro...


Imagens Relacionadas

Imagens Relacionadas

 

RALIS NO BRASIL


Edson Castro
Clique na imagem para fazer o Donwload...
LuccasArnone/AndreyKarpinski
Alta | Web


Edson Castro
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Toninho Genoin/Maicol Sousa
Alta | Web


Edson Castro
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Ulysses Bertholdo/Marcelo Dalmut
Alta | Web

Após três anos, Panambi volta ao calendário das competições off road

Cidade recebe entre sexta-feira e domingo a penúltima etapa do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade

Panambi (RS) recebe entre a sexta-feira (17) e o domingo (19) a penúltima etapa do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade, com a realização do Rally de Panambi. O evento, que também contará pontos para o torneio estadual da modalidade, marca o retorno da cidade gaúcha as competições após três anos.

A prova terá 150 quilômetros de percurso em trechos cronometrados, a serem percorridos ao longo de dois dias de provas. "O percurso será todo em estrada de terra, porém em locais novos", aponta Hardy Hartmann, organizador do evento.

"A primeira especial, Condor, é mais curta e será mais dura e um pouco travada. A segunda, Pontual, terá 22 quilômetros e será rápida com freadas fortes, que vai exigir muito cuidado no reconhecimento, especialmente. Nas especiais de domingo, válidas somente para o Brasileiro, a Auto Panambi será mais longa e mais exigente que as de sábado, com trechos rápidos. A última, Aclupa, é praticamente toda em descida com trechos travados e outros rápidos, reunindo neste trecho as características de todos os outros, será uma superespecial de tirar o fôlego", explica Hartmann.

O campeonato tem a disputa do título de suas três categorias ainda em aberto. Pela CBR1, os atuais campeões Ulysses Bertholdo e Marcelo Dalmut aparecem na liderança do campeonato, com 119 pontos, contra 88 dos segundos colocados Ricardo Malucelli e Giovani Bordin. Dimas Pimenta III e Rodrigo Konig fecham a lista dos três melhores, com 84 pontos.

Luccas Arnone e Andrey Karpinski são os líderes da classe CBR2, com 135 pontos, 37 a mais em relação a Felipe Müller e Felipe Costa, atuais segundos colocados com 98 pontos. Rafael Túlio e Gilvan Jablonski aparecem na terceira posição, com 80.

Diferente das duas primeiras divisões, onde todos as equipes participaram das etapas mantendo os mesmos pilotos e navegadores, a classe CBR3 possui diferenças nas duas tabelas de classificação. Toninho Genoin lidera entre os pilotos, com 118 pontos, apenas seis a mais em relação ao segundo colocado, Marco Malucelli. Evandro Carbonera, com 103, é o terceiro, seguido por Gerson Lange, com 100 pontos. Entre os navegadores, Maicol Souza (companheiro de Genoin) é o líder, com 118 pontos, 15 a frente de Eduardo Tonial, parceiro de Carbonera. Rafaela Trapp é a terceira colocada, com 100 pontos.

A programação será iniciada nesta sexta-feira, com a realização do reconhecimento das especiais, vistorias técnicas e o shakedown. As especiais serão disputadas no sábado e no domingo. Confira os horários:

Sexta-Feira - 17 de Outubro de 2014
07h00 Abertura da Secretaria de Prova - Parque Municipal
08h00 Abertura da Sala de Imprensa - Parque Municipal
08h00 Inicio do reconhecimento das Provas Especiais
08h30 Limite para apresentação para a Vistoria Técnica - Cat. CBR1
09h30 Limite para apresentação para a Vistoria Técnica - Cat. CBR2
10h30 Limite para apresentação para a Vistoria Técnica - Cat. CBR3
11h30 Limite para apresentação para a Vistoria Técnica - Cat. Convidados
14h00 Inicio da 2ª Vistoria Técnica - todas as categorias brasileiro (com multa)
14h30 Inicio da Vistoria Técnica do Gaúcho
15h00 Encerramento da 2ª Vistoria Técnica do Brasileiro
15h00 Inicio do SHAKEDOWN (todas as categorias)
17h00 Encerramento do Credenciamento de Imprensa
17h00 Encerramento do SHAKEDOWN
18h00 Encerramento do reconhecimento das Provas Especiais
18h00 Encerramento da Vistoria Técnica do Gaúcho
19h00 Largada Promocional (participação obrigatória de pilotos e navegadores)
21h00 Divulgação da Ordem de Largada

Sábado - 18 de Outubro de 2014
09h23 Largada do primeiro carro na PE-1
09h41 Largada do primeiro carro na PE-2
11h44 Largada do primeiro carro na PE-3
12h03 Largada do primeiro carro na PE-4
14h02 Largada do primeiro carro na PE-5
14h20 Largada do primeiro carro na PE-6
18h00 Divulgação da Ordem de Largada de Domingo

Domingo - 19 de Outubro de 2014
08h43 Largada do primeiro carro na PE-7
09h21 Largada do primeiro carro na PE-8
09h54 Largada do primeiro carro na PE-9
11h47 Largada do primeiro carro na PE-10
12h20 Largada do primeiro carro na PE-11
14h00 Divulgação dos resultados / Premiação
 

VELOSO MOTORSPORT EM MONZA

 

Veloso Motorsport leva irmãos Montez até Monza

 

A Veloso Motorsport desloca-se no fim-de-semana de 24 a 26 de Outubro, até ao mítico traçado italiano de Monza, onde vai disputar a derradeira jornada das GT4 European Series em 2014. Ao volante do Aston Martin Vantage V8 GT4 da equipa da Póvoa do Lanhoso, vão estar os irmãos Sérgio e Eugénio Montez da Luxevile Racing Team, numa nova experiência para os dois jovens, que este ano disputaram de forma meritória o Campeonato Nacional de Velocidade, com um protótipo Norma M20FC.

 

Para a Veloso Motorsport este é um regresso às provas internacionais de GT, onde a equipa esteve vários anos envolvida ao mais alto nível europeu, com presenças consecutivas no Campeonato Espanhol de GT, na GT4 Cup 2013 com este mesmo Aston Martin GT4, assim como nas FIA GT Series 2013, com um Lamborghini Gallardo GT3. A experiência internacional da Veloso Motosport, será certamente uma mais-valia para os dois jovens pilotos apoiados pela Luxevile, que enfrentam um novo desafio nas suas carreiras.

 

Vamos muito motivados para esta nova “aventura”, que se destina sobretudo a gerar um pouco mais de experiência, mas também como de forma de avaliar uma eventual aposta neste tipo de provas para 2015. Vamos sem qualquer tipo de pressão e com a convicção que será uma experiência para recordar. Tudo será novo para nós, desde o carro, com o qual só fizemos um teste na pista de Braga, assim como a pista e a natural competitividade de um campeonato de alto nível.“ Afirmou Eugénio Montez.

 

Estamos muito curiosos com esta experiência e é com muita vontade que aguardamos a oportunidade de andar numa das pistas mais famosas do mundo, a “catedral” da velocidade! Apesar do desconhecimento da pista, do carro e do fortíssimo conjunto de pilotos presentes nesta competição, a motivação gerada pela experiência inesquecível que certamente nos espera, é muito alta. Vamos sem pressão, mas queremos andar bem e dar o nosso máximo. Depois no final faremos uma análise cuidada de como tudo correu e avaliaremos em conjunto com outras possibilidades, o que faremos em 2015.” Disse Sérgio Montez.

 

GT4 European Series / Horário:

Sexta-Feira – 24.10.2014

09:00 - 09:50 Treinos Livres 1

13:25 - 14:15 Treinos Livres 2

 

Sábado – 25.10.2014

09:00 - 09:15 (PRO) Qualificação 1

09:25 - 09:40 (AM) Qualificação 2

16:35 - 17:25 Corrida 1 (48m + 1 volta)

 

Domingo – 26.10.2014

09:50 - 10:40 Corrida 2 (48m + 1 volta)

 VMS171014A CopyVMS171014B Copy

 

JANTAR DE DEGUSTAÇÃO

 

JANTAR DE DEGUSTAÇÃO

A Roadgalaxy está a organizar uma noite memorável na Quinta de Santiago, em Oliveira de Azeméis, com sabor Vadia.

Saboreie quatro cervejas Vadia, artesanais, acompanhadas  com as maravilhas  com que o Chef Fernando Ramos  nos vai presentear.

Uma noite Vadia, para si e os seus amigos!

1.11.2014 | 20:30 | Quinta de Santiago | Oliveira de Azeméis | 30 € | Inscrições: 914623511 | Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar "> Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

Mais informação em:

 

KARTING - BRASIL

 

Granja Viana – De volta à Granja Viana, Thommy Kühne quer reduzir a diferença para o líder da Cadete Rookie

 

Nesta sexta-feira e sábado (17 e 18/10) o kartista germano-brasileiro Thomas Kühne (TR3 Motorsport/ Audi/ Kienbaum) estará de volta ao Kartódromo Internacional Granja Viana, para as disputas da nona rodada da Copa São Paulo de Kart Granja Viana. A etapa, desta vez, será disputada em dois dias consecutivos, já que terá evento conjunto com o Festival Brasileiro de Rotax

 

E a semana já foi de muito trabalho nos ajustes do veloz #241 ao traçado adotado peço Clube Granja Viana para a rodada, trazendo a expectativa da conquista de bons resultados nas duas provas e, consequentemente, pontos que lhe permitam reduzir a desvantagem para o líder do campeonato na categoria Cadete Rookie. Kühne é o vice-líder na tabela de pontos em sua classe e sétimo colocado na tabela “Geral” da Cadete, adiante de competidores com bem mais experiência no mundo das competições, já que esta é sua primeira temporada no kartismo.

 

Para isso conta com importante orientação de seu novo chefe de equipe, o ex-piloto Waltinho Travaglini, decerto o maior kartista de todos os tempos e professor de Ayrton Senna e o competente trabalho dos guys da equipe TR3 Motorsport, onde agora é companheiro de equipe dos atuais campeões brasileiros Luca Travaglini (Graduados) e Caio Collet (Junior Menor).

 

No ultimo treino livre da quinta-feira (16/10) Thomas Kühne foi o terceiro mais rápido na “Geral” da Cadete e o segundo de sua classe, a Cadete Rookie. Nessa sexta-feira (17/10) acontecem as tomadas de tempos classificatórios e a primeira das duas corridas que compõem a rodada. No sábado (18/10) a prova final da etapa.

 

Percorrendo uma nova vereda

 

A vida é uma escada que devemos ir galgando paulatinamente em busca dos objetivos que traçamos. Cada novo degrau é um novo desafio e a expectativa de estar um tantinho mais perto de nossos sonhos. Todavia, cada degrau que deixamos para trás nos deixa saudades por tudo que por lá vivemos e guardamos com carinho tudo que lá enriquecemos quando fincávamos os pés em um patamar de segurança.

 

Há pouco mais de um mês Thomas Kühne deixou a equipe Espanhol Racing Team para unir-se ao staff de pilotos da TR3 Motorsport. Foi na Espanhol Racing Team, sob os atenciosos cuidados do team owner Luciano “Espanhol” Piñero e seus incansáveis “mecas” que Thommy aprendeu a pilotar o kart, e em qual conquistou sua primeira e inesquecível vitória, bem como o titulo de vice-campeão do primeiro turno da Copa São Paulo de Kart Granja Viana. Desvelo, atenção e carinho que jamais serão esquecidos e sempre serão referidos como uma parte importante da história desportiva – e de vida – do jovem kartista germano-brasileiro.

 

Estreia em Aldeia da Serra

 

No final de semana passado Thomas Kühne disputou sua primeira competição fora da Granja Viana. Era a vez da oitava etapa da Copa São Paulo Light de Kart e o novo pupilo de Waltinho Travaglini tomou seu primeiro contato com um circuito de alta velocidade. “A pista é rápida e é até fácil, mas ela não permite o menor erro, que se acontecer a gente perde muito tempo e fica difícil de recuperar”, segredou Thommy.

 

Na tomada de tempos Kühne teve problemas com um dos pneus de seu kart, o que significou garantir apenas a oitava posição do partidor. Na primeira corrida travou um duelo fantástico com Enrico de Lucca. Uma disputa limpa em qual ambos se revezavam continuamente na quinta colocação e catalisavam as atenções do publico presente. Mais experiente, De Luca ficou com a quinta posição e o estreante em Aldeia da Serra com o sexto posto.

 

Na segunda bateria o combate continuou, agora também com a presença do pernambucano Rafael Câmara. Todavia, na oitava volta da prova seu micromonoposto começou a perder o rendimento em função de um vazamento de óleo do motor. Para complicar o óleo caia na roda traseira e deixava o kart completamente sem aderência para as curvas para a esquerda. Mesmo assim o representante da TR3 Motorsport/ Kiembaum não arrefeceu o pé do acelerador e conseguiu divisar a bandeira a quadros na sétima colocação, adiante de Enrico de Lucca e colado em Rafael Câmara.

 

Na soma dos pontos obtidos Thomas foi ao pódio na sexta posição em sua prova de estreia na Copa São Paulo Light de Kart.

 

Como foi a etapa anterior, de estreia na nova casa

 

Mudar de equipe significa descortinar um mundo novo, mas também de um novo inicio, com a consequente adaptação a novos profissionais, novo sistema de trabalho e novos ajustes no kart. Não bastasse isso, a oitava da Copa São Paulo de Kart Granja Viana foi marcada pelo tempo instável, com alternância constante de pista seca, com pista molhada e escorregadia.

 

Mas nada disso intimidou Thommy Kühne, que superou as dificuldades e classificou seu #241 para partir da nona posição da “Geral” no grid e na P3 de sua categoria, já que a grelha é composta por bólidos da Cadete, Cadete Rookie e Mirim, competindo em conjunto, mas com classificações separadas.

 

Thomas largou bem e fechou a segunda volta já na sétima posição geral (P2 na Rookie). O objetivo era de conquistar o maior numero de pontos possível, o que significava evitar riscos desnecessários na pista escorregadia com combate direto de pilotos de outras categorias. Dessa forma Kühne acabou superado por dois pilotos da Cadete “geral”, para completar a corrida na segunda posição de sua classe.

 

Na segunda corrida acabou levando um toque em seu kart na largada, pelo que Thomas caiu para a decima segunda posição e com o kart completamente desalinhado. Difícil de pilotar. Mas o aguerrido piloto germano-brasileiro não se deu por vencido e na volta seguinte já era o P11, na quarta passagem o décimo colocado na “geral”, mas o terceiro na Cadete Rookie. Heroicamente Thommy manteve o posto até a linha de chegada, o que lhe permitiu auferir os pontos da terceira colocação na etapa para o palmarés do campeonato.

 

Confira os resultados da Cadete e Mirim na 8ª etapa da Copa São Paulo de Kart Granja Viana:

 

Prova 2 (15:35):

1.- #78 (M) Gabriel Gomez, com 11 voltas em 12:18.972

2.- #170 (C- R) Pedro Braga, a 0.062

3.- #177 (C) João Vitor, a 0.476 (+0.414)

4.- #7 (C) Gabriel Crepaldi, a 0.629 (+0.153)

5.- #32 (C) Enrico De Luca, a 5.192 (+4.563)

6.- #35 (C- R) Pedro Aizza, a 5.585 (+0.393)

7.- #95 (C) Bruno Monte, a 5.936 (+0.351)

8.- #128 (C) Waldner Bernardo, a 7.779 (+1.843)

9.- #241 (C- R) Thomas Kühne (TR3 Motorsport/ Kiembaum), a 7.916 (+0.137)

10.- #14 (C- R) Jacopo Mannelli, a 21.478 (+13.562) ADV

11.- #17 (C- R) Pedro Henrique, a 27.214 (+5.736)

12.- #9 (C- R) Lucca Zucchini, a 51.232 (+24.018)

13.- #10 (C- R) Rodrigo Sergio, a 57.437 (+6.205)

14.- #77 (M) Theo Manna, a 1 Volta

15.- #37 (C- R) Miguel Fernandes a 1 Volta (+52.116)

DQ.- #111 (C) Leonardo Rufino, Faltou Peso

DQ.- #1 (M) Emmo Fittipaldi, Faltou Peso

Melhor Volta: ##7 Gabriel Crepaldi, com 58s717

 

Prova 1 (14:05):

1.- #7 (C) Gabriel Crepaldi, com 11 voltas em 12:36.828

2.- #111 (C) Leonardo Rufino, a 0.405

3.- #128 (C) Waldner Bernardo, a 0.646 (+0.241)

4.- #170 (C- R) Pedro Braga, a 1.338 (+0.692)

5.- #177 (C) João Vitor, a 1.687 (+0.349)

6.- #32 (C) Enrico De Luca, a 4.838 (+3.151)

7.- #78 (M) Gabriel Gomez, a 5.475 (+0.637)

8.- #95 (C) Bruno Monte, a 6.106 (+0.631)

9.- #241 (C- R) Thomas Kühne (TR3 Motorsport/ Kiembaum), a 9.924 (+3.818)

10.- #77 (M) Theo Manna, a 14.832 (+4.908)

11.- #35 (C- R) Pedro Aizza, a 22.495 (+7.663)

12.- #17 (C- R) Pedro Henrique, a 26.582 (+4.087)

13.- #14 (C- R) Jacopo Mannelli, a 29.999 (+3.417)

14.- #1 (M) Emmo Fittipaldi, a 34.105 (+4.106)

15.- #37 (C- R) Miguel Fernandes, a 42.267 (+8.162)

16.- #10 (C- R) Rodrigo Sergio, a 47.368 (+5.101)

17.- #9 (C- R) Lucca Zucchini, a 50.175 (+2.807)

Melhor Volta: #128 Waldner Bernardo, com 1m05s055

 

Somatória da Cadete Rookie:

1.- #170 Pedro Braga, 92 pontos

2.- #35 Pedro Aizza, 85

3.- #241 Thomas Kühne (TR3 Motorsport/ Kiembaum), 83

4.- #14 Jacopo Mannelli, 79

5.- #17 Pedro Henrique, 79

6.- #9 Lucca Zucchini, 74

7.- #10 Rodrigo Sergio, 74

8.- #37 Miguel Fernandes, 74

 

Copa São Paulo Light de Kart 2014 - 8ª Etapa

Cadete - 1ª Prova

1.- #170 Pedro Braga, com 15 voltas em 10:35,744

2.- #111 Leonardo Rufino, à 0.058

3.- #88 Rafael Câmara, à 0.480 (+0.422)

4.- #284 Ryan Riquelme, à 7.536 (+7.056)

5.- #32 Enrico de Lucca, à 9.280 (+1.744)

6.- #241 Thomas Kühne (TR3 Motorsport/ Kiembaum), à 10.292 (+1.012)

7.- #6 Thallis Daniel, à 20.625 (+10.333)

8.- #19 Matheus Oliveira, à 2 voltas

DQ.- #95 Bruno Monte Filho, DQ

Melhor volta: #6 Thallis Daniel, 41,022 (média 70,206 km/h), 12ª volta

Announcements

#19, #241, #284 penalizados em 1,500s por uso de pneus novos

#6 penalizado em 20 seg por atitude antidesportiva

#95 faltou peso

 

Cadete - 2ª Prova

1.- #111 Leonardo Rufino, com 15 voltas em 10:40.243

2.- #170 Pedro Braga, penalizado 1P

3.- #95 Bruno Monte Filho, à 1.600 (+0.713)

4.- #6 Thallis Daniel, à 1.645 (+0.045)

5.- #284 Ryan Riquelme, à 1.883 (+0.238)

6.- #88 Rafael Câmara, à 3.505 (+1.622)

7.- #241 Thomas Kühne (TR3 Motorsport/ Kiembaum), à 4.453 (+0.948)

8.- #32 Enrico de Lucca, à 6.369 (+1.916)

9.- #19 Matheus Oliveira, à 1 volta

Melhor volta: #95 Bruno Monte Filho, 40,828 (média 70,539 km/h), 6ª volta

Announcements

#170 perdeu uma posição por atitude antidesportiva

#88 advertido por atitude antidesportiva

 

Somatória da etapa:

1.- #111 Leonardo Rufino, com 20 pontos

2.- #170 Pedro Braga, 20

3.- #284 Ryan Riquelme, 13

4.- #88 Rafael Câmara, 13

5.- #6 Thallis Daniel, 11

6.- #241 Thomas Kühne (TR3 Motorsport/ Kiembaum), 9

7.- #32 Enrico de Lucca, 9

8.- #95 Bruno Monte Filho, 8

9.- #19 Matheus Oliveira, 5

 

 

Thomas Kuehne_-_Foto_Cris_Reis-PlanetKart_Images_Copy
 

RP MOTORSPORT EM FORÇA NO ALGRAVE HISTORICAL FESTIVAL

 

ALGARVE HISTORICAL FESTIVAL

 

 

RP MOTORSPORT EM FORÇA NO ALGARVE HISTORICAL FESTIVAL


FOX 5621_CopyFOX 5664_Copy

A RP Motorsport vai estar em força este fim de semana no Algarve Historical Festival que irá ter lugar no autódromo de Portimão. Assim, a RP Motorsport irá ter em pista cinco carros, como Ricardo Pereira, o “boss”  nos explicou “ vão ser cinco carros o Volkswagen Golf do Rafael Pinto, o Jaguar XJS do Luís Sousa Ribeiro, isto nos CSS.NO Historic Endurance, o Jorge Cruz irá alinhar a solo com o seu BMW 323, o Domingos Sousa Coutinho e o Luís Sousa Ribeiro vão estar ao volante do BMW 2.8, e finalmente o Alexandre Guimarães  e o Manuel Melo que Irão conduzir o Lotus Elan  do Team Manta”.

Sobre os objectivos o preparador acrescentou “ espero que não haja muito trabalho, e que os pilotos consigam as melhores classificações possíveis, são esses os meus objectivos”

 

MANUEL CORREIA COM JORNADA POSITIVA NO LUXEMBURGO

 

FIA HILL CLIMBERS – LUXEMBURGO

 

 

MANUEL CORREIA COM JORNADA POSITIVA NO LUXEMBURGO



MANUELCORREIA Copy

Manuel Correia foi um dos pilotos portugueses que esteve presente no passado fim de semana no Luxemburgo no FIA Hill Climbers, onde alinhou ao volante do seu Skoda Fabia S 2000, sendo para o piloto de Braga uma nova experiência desportiva, como nos explicou “ sem duvida alguma, tive a oportunidade de ver a “fina flor” da Montanha, e dos principais participantes. Por isso esta minha participação foi deveras positiva, gostei muito, correu tudo muito bem, diria até cinco estrelas. A organização foi excelente, a rampa em si era pequena em termos de extensão, mas engraçada em termos de condução. Outro detalhe importante foi a recepção por parte dos emigrantes portugueses no Luxemburgo, que quando se aperceberam que havia concorrentes portugueses, nunca mais nos deixaram e nunca faltou nada. A equipa de pilotos portugueses foi fabulosa, os meus agradecimentos ao Edgar Reis e ao Luís Silva”.

Em termos de classificação, Manuel Correia acrescentariam “ o trabalho da ARC foi perfeito, e assim fiquei em 114º da geral, 14ª da categoria e 3º da classe, por isso foi uma participação muito positiva, que para o ano gostaria de repetir”.

 

SPORT PROTOTIPOS NO ESTORIL

 

Breve história das corridas de Sport‐protótipos e GT no Autódromo do Estoril
Foi há cerca de 42 anos atrás que se realizou a primeira corrida conjunta de sport‐protótipos e GT’s no
Autódromo do Estoril, precisamente no fim‐de‐semana da inauguração do primeiro circuito permanente
de Portugal Continental, em Junho de 1972.
No entanto, uma prova deste tipo não era propriamente uma novidade em Portugal, pois as viaturas de
“Grande Turismo, Desporto e Protótipos ” eram desde sempre o topo do Campeonato Nacional de
Velocidade, nascido em 1966. Mas mesmo antes disso, alguns dos “Grandes Prémios de Portugal” em
Monsanto ou na Boavista já tinham sido disputados com carros da categoria “Sport” e o mítico Circuito
de Vila Real organizava provas para estes carros desde os anos 50, por vezes com os GT à mistura, como
era habitual no “Mundial de Marcas”.
Estoril
Foi por isso, com naturalidade, que na jornada de inauguração da primeira pista permanente de
Portugal Continental se disputou uma prova para carros de “Grande Turismo e Desporto”.
As viaturas presentes não eram muito numerosas, mas dificilmente poderiam ser mais variadas:
Chevron B21, Lotus 62, Lola T280, Porsche 906, Porsche 911, Lotus 47, Alpine A 110 e até um Mini
Cooper S protótipo estiveram presentes na primeira grelha de partida para estes carros, no Estoril. Para
a história, esta jornada inaugural de “Grande Turismo, Desporto e Protótipos” disputada no Estoril
conheceu como vencedor o português Carlos Gaspar, ao volante do Lola T‐280/DFV do Team BiP. Estas
corridas eram então o topo da velocidade em Portugal e disputaram‐se algumas no Estoril, por vezes
com forte presença internacional, numa curta sequência que apenas teria continuidade até ao final de
1973, momento da interdição dos desportos motorizados no nosso país, em virtude da crise do petróleo
resultante da Guerra do Yom Kippur.
Antes da proibição, ainda houve tempo também para duas provas do Europeu de GT, em 1972 e 1973, o
primeiro campeonato internacional do género a organizar uma prova no Estoril. No entanto, apesar das
mangas destas corridas terem perto de 50 minutos de duração, não se tratava verdadeiramente de
provas de resistência tradicionais, com abastecimentos e trocas de pilotos. Estas estiveram de facto
previstas, mas acabariam por não se realizar, pois à crise do petróleo sucedeu‐se a revolução de Abril e
a agitação resultante da profunda mudança na sociedade portuguesa.
Só em 1977 se viria a realizar no Estoril uma verdadeira corrida de endurance, o G.P. do ACP, a contar
para o Campeonato do Mundo de Sport.
O vencedor da corrida ‐ encurtada para 2h30 ‐ foi o Alfa Romeo 33SC12 de Arturo Merzario, num pódio
exclusivamente Alfa Romeo , a única equipa oficial a participar com protótipos de 3 litros. Para a
história, refira‐se a presença discreta de um carro português, o Bravo RR 77 Ford de Orlando Gonçalves.
Na realidade, tratava‐se de um GRD S‐73, modificado de acordo com as ideias do Eng. Bravo Marinho.
Este GP do ACP também foi marcante pela negativa para os muitos aficionados portugueses que se
deslocaram ao Estoril, não só pela fraca adesão de concorrentes, mas porque representou o início de
uma longa travessia do deserto. Num país em que o desporto automóvel se baseava fundamentalmente
no Rali de Portugal, ao qual se viria a juntar a Fórmula 1 em 1984, os entusiastas de corridas do “tipo Le
Mans” teriam que esperar 23 longos anos para voltar a ver uma nova corrida internacional de GT no
Estoril com uma manga do campeonato FIA GT e ainda mais um ano, para poderem assistir a uma prova
internacional conjunta para GT’s e sport‐protótipos , com a vinda a Portugal do novo European Le Mans
Series, em 2001.
A corrida de 2001
A notícia da realização dos 1000 km do Estoril foi recebida com surpresa e agrado, até porque se
adivinhou desde logo que poderiam atrair muitos dos habituais concorrentes estrangeiros da série e,
porque não, alguns dos melhores pilotos portugueses. Os pilotos nacionais tinham redescoberto a
“endurance” quatro ou cinco anos antes, com as aventuras dos irmãos Mello‐Breyner e de Pedro Lamy
por terras de La Sarthe, e por isso, não deixariam de quer marcar presença numa prova com as regras de
Le Mans disputada em território nacional.
No entanto, apesar de faltarem alguns dos inscritos, tratou‐se de um momento único para os
aficionados portugueses. Simplesmente, foi a primeira vez que puderam assistir a uma corrida com todo
o ritual de Le Mans, que tem como mote um grande respeito pelos espectadores. Assim, os aficionados
tiveram acesso a uma série de ofertas até então pouco comuns no nosso país, como a possibilidade de
esta no "paddock", contactar com os pilotos, sessão de autógrafos, distribuição gratuita de posters e a
tradicional "espinha" de carros na recta da meta, antes de alinhar na grelha de partida.
Em termos desportivos, a pole foi conquistada pelo Audi R8 de Stephan Johansson, que apresentou no
Estoril as cores mais clássicas das provas de resistência: o laranja e azul da Gulf. A corrida conta‐se em
poucas linhas: o Audi à frente desde o início e o Courage C60 de Boillion, Redon e Derichebourg a tentar
não perder muito terreno para o carro azul e laranja. Na 192ª volta, ao fim da recta da meta, o Courage,
conduzido nessa altura por Derichebourg, tocou o Audi de Tom Coronel, fazendo com que o carro da
Gulf se despistasse violentamente.
Cinco voltas depois terminava a prova, com o Courage a cortar a meta no primeiro posto e a ser
desclassificado em seguida, devido ao acidente com o carro azul e laranja. O Saleen S7R de Ray Mallock
foi então declarado vencedor dos 1000 Km do Estoril. Pela primeira vez nas provas do ALMS/ELMS a
vitória iria para um carro da categoria GTS.
Mas, alguns dias depois, uma reclamação do "boss" Henry Pescarolo foi considerada precedente e o
Courage‐Peugeot foi reclassificado como vencedor da prova, para espanto de Stephan Johansson e de
muitos eficionados.
Esta primeira época do ELMS acabou por não ter continuidade imediata, deixando um vazio que bem ou
mal foi sendo preenchido por outras séries de GT’s e Sport‐Protótipos. Mas nenhuma verdadeiramente
com as mesmas características. Assim, o Estoril recebeu o FIA GT entre 2003 e 2003, o Campeonato
Espanhol de GT (entre 2000 e 2011) e duas edições do SRWC (Sports Racing World Cup) em 2002 e
2003, uma competição exclusiva para sport‐protótipos, realizada com o beneplácito da FIA.
Entretanto, a partir de 2005 os sport‐protótipos e os GT foram de novo admitidos em provas nacionais,
passando a ser comum a presença de carros como o Porsche 911 GT2, 911 GT3 e até o Lister Storm do
britânico Bobby Verdon‐Roe, em confronto com sport‐protótipos como o CVO/Honda, os diversos
Radical ou mesmo o português Semog /Suzuki, que apareceu brevemente, num original projecto que
infelizmente não teve continuidade.
As corridas internacionais de sport‐protótipos e GT’s regressariam em grande estilo em 2011, para uma
prova de 6 Horas do Le Mans Series (LMS) que contou com uma excelente lista de inscritos e foi muito
animada do primeiro ao último segundo. Um novo triunfo em Portugal para a equipa de Henri Pescarolo
teve um sabor muito especial, por ter sido a derradeira vitória da equipa do lendário quadruplo
vencedor das 24 Horas de Le Mans.
Um fim‐de‐semana entusiasmante que deixou a todos os aficionados lusos aquele sentimento traduzido
por uma palavra que apenas existe na língua portuguesa: Saudade.
Saudade essa que irá ser agora atenuada com o regresso a Portugal das corridas “tipo Le Mans”, com as
4 Horas do Estoril, a prova final do European Le Mans Series de

 

SEGUNDO AS PREVISÕES DA PIRELLI

 

NOMEAÇÃO DE PNEUS PARA GRAND PRIX BRASILEIRA ALTERADO
 Depois de uma reunião do Grupo de Trabalho dos pneus, a nomeação de pneus para o Grande Prêmio do Brasil (06-09 novembro) foi alterado, na sequência da proposta da Pirelli e com o acordo unânime de todas as equipes.
Embora a nomeação duro e meio tem sido utilizado no Brasil nos últimos dois anos, o recente recapeamento da pista de Interlagos tem solicitado a mudança a médio e macio. Esta nova opção é a mesma nomeação como o Grande Prêmio dos Estados Unidos no fim de semana antes.
O diretor de automobilismo da Pirelli, Paul Hembery, disse: "Nós sempre dissemos que estaríamos abertos a quaisquer alterações, se tal for necessário. Após nova análise técnica do impacto da superfície do circuito revista, juntamente com uma avaliação de risco, sugerindo uma baixa probabilidade de superaquecimento composto devido a temperaturas extremas de pista, fizemos esta mudança com o acordo unânime de todos os 11 times. "
Escolhas de pneus de 2014:
  P Zero Red P Zero Yellow P Zero Branco P Zero Laranja
Austrália Suave Médio
Malásia Médio Difícil
Bahrain Suave Médio
China Suave Médio
Espanha Médio Difícil
Monaco Supersoft Macio
Canadá Supersoft Macio
Áustria Supersoft Macio
Grã-Bretanha Médio Difícil
Alemanha Supersoft Macio
Hungria Suave Médio
Bélgica Suave Médio
Itália Médio Difícil
Cingapura Supersoft suave
Japão Médio Difícil
Rússia Suave Médio
EUA Suave Médio
Brasil Suave Médio
Abu Dhabi Supersoft Macio
Versão PDF (228,06 KB)

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

A RENAULT EM JEREZ DE LA FRONTERA

 

Grupo d eimagesn da passagem da World Series by Renault pela pista espanhol de Jerez de la Frontera.ren1-jerez Copyren2 Copyren3 Copyren4 Copyren5 Copyren7 Copyren8 Copyren9 Copyren10 Copyren11 Copyren12 Copyren13 Copyren14 Copyren15 Copy

 

PRODUÇÃO AUTOMOVEL CRESCE 5,6%

Produção Automóvel cresce 5,6% em Setembro e 6,7% nos primeiros nove meses de 2014

No mês de Setembro de 2014 foram produzidos 14.055 veículos automóveis, o que representa um acréscimo de 5,6 por cento face ao mês homólogo do ano anterior.

No mês de Setembro de 2014 foram produzidos 14.055 veículos automóveis, o que representa um acréscimo de 5,6 por cento face ao mês homólogo do ano anterior.

No período acumulado de Janeiro a Setembro de 2014 a produção de veículos automóveis, em Portugal, cresceu 6,7 por cento relativamente ao período homólogo do ano anterior, cifrando-se em 125.352 veículos.

O acréscimo no número total de veículos fabricados em Portugal no mês de Setembro de 2014 foi determinado pelo crescimento da produção de todos os tipos de veículos automóveis, nomeadamente, de ligeiros de passageiros (4,2%), de comerciais ligeiros (8,7%) e de veículos pesados (31,6%).

Do total de 125.352 veículos automóveis produzidos nos primeiros nove meses do ano, 121.135 destinaram-se à exportação, o que representa 96,6 por cento da produção total e um crescimento de 5,3 por cento em relação ao número de veículos exportados no período homólogo do ano anterior.

No que respeita as regiões de destino das nossas exportações nos primeiros nove meses do ano, a União Europeia absorveu 74,7 por cento da produção nacional, sendo de destacar a Alemanha que importou 21,6 por cento dos veículos produzidos em Portugal, seguida da França (13,3%) e do Reino Unido (10,1%). A Ásia absorveu 17,8 por cento das nossas exportações, sendo que a China importou 16 por cento da nossa produção, pelo que tem sido, a seguir à Alemanha, o principal país de destino das nossas exportações de veículos automóveis.



Fábrica
 

CONTITECH DÁ CONSELHOS

ContiTech: Conselhos dos especialistas sobre a substituição de correias dentadas

A ContiTech mostra como se podem evitar erros durante a substituição da correia.

Durante a substituição da correia dentada são muitas vezes cometidos erros importantes. Para garantir uma substituição da correia sem problemas, o ContiTech Power Transmission Group fornece instruções auxiliares de montagem detalhadas aos técnicos de instalação. Os especialistas da ContiTech explicam passo-a-passo o processo da substituição da correta num veículo Fiat 500.

O fabricante recomenda a realização de um controlo a cada 60.000 km ou de dois em dois anos e, caso necessário, a substituição da correia dentada aos 120.000 km ou após cinco anos (no caso de veículos utilizados em condições difíceis, após 120.000 km ou após quatro anos).

A substituição das correias dentadas demora 2,35 horas.

Conselho: No momento de substituição da correia dentada devem também ser substituídas as polias tensoras e de desvio, assim como a bomba de água.

Para a substituição, os técnicos de instalação precisam das seguintes ferramentas especiais:

Ponte para montagem/desmontagem de motores - suporte transversal – OE (1870595000)
Chumaceira de apoio - ponte para montagem/desmontagem de motores – OE (1870650000)
Ponte para montagem/desmontagem de motores - suporte longitudinal – OE (1860851003)
Suporte(s) - ponte para montagem/desmontagem de motores – OE (1871001300)
Ferramenta de bloqueio das cambotas – OE (2000004500)
Ferramenta de ajuste da(s) árvore(s) de cames – OE (2000004400)
Ferramenta tensora – OE (1860987000)
Trabalhos de preparação:

Identificar o veículo com base no código do motor.
Desligar os cabos da bateria do veículo.
Não rodar a cambota nem a árvore de cames depois de a correia dentada ser retirada.
Rodar o motor no sentido de rotação normal (para a direita).
Rodar o motor APENAS pela roda da cambota (não através de outras rodas dentadas).
Ter em atenção todos os binários de aperto. Levantar e suportar o veículo na parte da frente com um macaco.
Se a bomba de água também se destinar a ser substituída, drenar a água de refrigeração.

Desmontagem: Desmontar a tampa do motor, proteção inferior do compartimento do motor, roda dianteira direita, revestimento da cava da roda dianteira direita, desmontar escoras de apoio/travessa da carroçaria, retirar a mangueira de aspiração de ar da caixa do filtro de ar e a caixa do filtro de ar, retirar a correia dos agregados auxiliares, desmontar a polia da correia da cambota, aplicar a ponte para montagem/desmontagem de motores utilizando as ferramentas 1 a 4, retirar a tampa das válvulas, suportar o motor com o macaco, desmontar a chumaceira do motor e o suporte do motor, remover a proteção da correia dentada superior e inferior e montar o estribo de retenção OE 1871001300 para suspender a ponte para montagem/desmontagem de motores.

Desmontagem – Correias das árvores de cames:

1. Colocar a régua de árvore de cames OE 2000004400 na árvore de cames, para tal rodar a cambota com uma ferramenta adequada no sentido de rotação do motor até as marcas da árvore de cames (entalhes) fiquem em cima, na posição das 12 horas, aqui a régua de árvore de cames e o entalhe estão marcados a vermelho).

2. Fixar a régua de árvore de cames com dois parafusos (2. Fixar a régua de árvore de cames com dois parafusos.

3. Montar a ferramenta de bloqueio OE 2000004500 para a cambota na roda da cambota.

4. Desapertar a porca da polia tensora e afrouxar a polia tensora.

5. Retirar a correia dentada.

Montagem – Correias das árvores de cames:

1. Substituir a polia tensora e, se necessário, a bomba de água.

Limpar e desengordurar muito bem a superfície de encosto da bomba de água no motor! Aplicar cuidadosamente pasta vedante apenas na superfície de vedação da bomba de água. Utilizar apenas a quantidade indicada. O excesso de pasta vedante, no caso de vedações rotativas mecânicas, conduz frequentemente a fugas. Se a bomba de água tiver sido montada com ajuda de pasta vedante, aguardar aprox. uma hora com o circuito da água de refrigeração vazio (tempo de cura/tempo de vulcanização)!

2. Colocar a correia dentada na roda da cambota no sentido contrário ao dos ponteiros do relógio. A correia dentada é o último elemento a ser colocado na polia tensora. Tem de se ter cuidado para não vincar/dobrar a correia durante a colocação! A correia dentada tem de ficar firmemente esticada no lado de tração, entre as rodas dentadas!

3. Rodar a polia tensora com a ferramenta tensora OE 1860987000 no sentido contrário ao dos ponteiros do relógio, a direção do batente, até a polia tensora se encontrar na sua posição de ajuste máxima; apertar agora a porca da polia tensora. A correia dentada está agora esticada ao máximo!

4. Remover as ferramentas de bloqueio da cambota e da árvore de cames.

5. Rodar a cambota duas voltas no sentido de rotação do motor. Uma sobretensão da correia dentada fará com que os dentes engrenem melhor nos discos! Com isto pretende-se evitar um assentamento posterior da correia dentada durante a condução normal e a consequente redução da tensão da correia.

6. Verificar a afinação do motor. Voltar a colocar as ferramentas de bloqueio para a cambota e a árvore de cames como anteriormente.

7. Ajustar a tensão da polia tensora em relação à marca. Para tal, desapertar a porca da polia tensora. Rodar a polia tensora com a ferramenta tensora OE 1860987000 no sentido contrário ao dos ponteiros do relógio, até que o indicador fique alinhado com a marca de referência. Apertar a porca da polia tensora com o binário de 25 Nm. Como as marcas só são visíveis por baixo, é necessário utilizar um pequeno espelho.

8. Remover as ferramentas de bloqueio da cambota e da árvore de cames.

Rodar a cambota duas voltas no sentido de rotação do motor.

Verificar a afinação do motor. Voltar a colocar as ferramentas de bloqueio para a cambota e a árvore de cames como anteriormente.

Se não for possível colocar as ferramentas de bloqueio, corrigir os tempos de distribuição. Verificar novamente a tensão da correia dentada. Verificar o ajuste da polia tensora e, se necessário, reajustá-la.

9. Retirar as ferramentas de bloqueio e o gabarito de controlo, retirar a ferramenta de fixação e montar os componentes pela ordem inversa da desmontagem.

10. Montagem: Proteção da correia dentada, polia da correia da cambota (25 Nm), correia dos agregados auxiliares, chumaceira do motor e respetivos parafusos, mangueira de aspiração de ar da caixa do filtro de ar e a caixa do filtro de ar, tampa do motor, proteção inferior do compartimento do motor, roda dianteira direita, revestimento da cava da roda.

11. Registar a substituição da correia dentada original ContiTech no autocolante fornecido e afixá-lo no compartimento do motor.

No final, realizar um funcionamento ou uma viagem de teste.

Utilizar o líquido de refrigeração de acordo com as indicações do fabricante; purgar o ar e verificar a estanquidade.

http://www.contitech.de/pr141003pt



ContiTech
 

BALNCPAIN EM ZOLDER

BALNCPAIN EM ZOLDER

 

Eis uma série de imagens da sessão de treinos de hoje em Zoldoer, em mais uma prova da Balncpain, onde a McLaren dominou as "operações".bla1 Copybla2zolder Copybla2 Copybla4 Copybla5 Copybla6 Copybla7 Copybla8 Copybla9 Copybla10 Copybla11 Copybla12 Copybla14 Copybla15 Copybla16 Copy

 

BILSTEIN GROUP

O bilstein group celebra aniversários na Automechanika 2014 com 450 convidados

Entre os convidados encontravam-se clientes e parceiros de todo o mundo.

Para o bilstein group e as suas reconhecidas marcas febi, SWAG e Blue Print, há muitos motivos para comemorar em 2014. Para além da comemoração do 170º aniversário da Ferdinand Bilstein GmbH + Co. KG, a marca SWAG (60 anos) e Blue Print (20 anos) também atingiram marcos importantes este ano. Para o bilstein group acumula-se um total combinado de 250 anos de experiência no aftermarket.

Na Automechanika 2014, a empresa focou a atenção para os aniversários da empresa e das suas marcas. No âmbito desta feira líder no mercado das peças auto, a longa história do grupo e das suas marcas foi comemorada em grande estilo com 450 convidados no Kameha Suite em Frankfurt.

Entre os convidados encontravam-se clientes e parceiros de todo o mundo, que foram recebidos com um discurso de abertura do Managing Director Karsten Schüßler-Bilstein, que aproveitou a oportunidade para agradecer aos parceiros de negócios internacionais pela confiança que colocaram nas marcas e produtos do bilstein group desde há já muitos anos.

O evento foi propositadamente planeado sem um programa fixo, sendo que o conceito foi de que os convidados pudessem explorar a Kameha Suite e aproveitar ao máximo a experiência. Uma banda móvel criou um pano de fundo musical e as ilhas de restauração espalhadas por todo o piso superior ofereceram uma vasta seleção de iguarias. No lounge de fumadores, os convidados puderam assistir à arte de enrolar charutos no momento, o que também atraiu muito a atenção dos presentes.

Os convidados internacionais desfrutaram de uma noite muito agradável num ambiente descontraído. Para o Managing Director Karsten Schüßler-Bilstein, o evento também reforçou a filosofia da empresa: "As parcerias de negócios são um dos principais fatores para o sucesso do bilstein group, assim quissémos aproveitar esta celebração em particular como uma forma de expressar a nossa gratidão para com aos nossos parceiros."



Aniversário Bilstein Group
 

HELLA GUTMANN COM NOVIDADES

Hella Gutmann integra o serviço de ar condicionado

O Grupo Hella Gutmann assume inteiramente a Hella Nussbaum Solutions GmbH e estende a sua competência em matéria de equipamento oficinal em relação ao serviço de ar condicionado.

Com o agrupamento do equipamento oficinal da Hella Gutmann dentro do Grupo HELLA é dado um passo em frente: Depois da integração da gama de equipamentos oficinais Hella que inclui produtos como lanternas e carregadores de bateria, a linha de produtos inclui agora também produtos oficinas da Hella Nussbaum Solutions GmbH para a reparação e manutenção de sistemas de ar condicionado e de arrefecimento do motor.

Este portfólio é composto por unidades de serviços de ar condicionado da linha do modelo Husky, bem como, ferramentas especiais, acessórios e abrangentes serviços do produto. No 6 de outubro de 2014, o Grupo Hella Gutmann assumiu as restantes ações da Hella Nussbaum Solutions GmbH da Automotive Testing Technologies GmbH, uma subsidiária da Otto Nussbaum GmbH. O Grupo Hella Gutmann passou a deter 100% das ações da anterior Joint Venture Hella Nussbaum Soluções. Este investimento estratégico fornece uma base sólida para desenvolvimentos inovadores na área do serviço de ar condicionado e cria sinergias com o diagnóstico de veículos, dados e competência de serviço, bem como, a gama de equipamento oficinal da Hella Grupo Gutmann.



HNS_Husky_150
 

CUIOSIDADE NA RUSSIA

CURIOSIDADE NA RUSSIA

 

 

Embora Portugal não faça parte do calemdário dos Grandes Prémios de Fórmula 1, no passado fim de semana eo Sochi, surgui a bandeira portuguesa hasteada, conforme imagem anexa, o que não deixa de ser curioso.bandeiraportugueemsochi Copy

 

JOAQUIM BERNARDES COM NOVO CAMIÃO

JOAQUIM BERNARDES COM NOVO CAMIÃO

 

Joaquim Bernardes, está a preparar um novo camião para a sua equipa de ralis, na qual apresentamos uma imagem da preparação do mesmo.camiaobernardes Copy

 

GRUPO DE IMAGENS

GRUPO DE IMAGENS

 

Pequeno grupo de imagens da "incursão" dos três pilotos portugueses que participaram no passado fim de semana no FIA Hill Climbers.portlux1 Copy_Copyportlux2 Copy_Copyportlux3 Copy_Copyportlux4 Copy_Copyportlux5 Copy_Copy

 

AVIÕES DA RED BULL AIR RACE JÁ ESTÃO NA EUROPA

AVIÕES DA RED BULL AIR RACE JÁ ESTÃO NA EUROPA

 

DEpois de no passdado fim de semana participarem em mais um,a jornada do calendário deste ano, em Las Vegas, nos Estados Unidos da América, chegou ontem à tarde um Boein 747 Cargueira com todos os doze aviões que participam na Red Bull Air Race.Neste Boeing 747 Jumbo que aterrou em Graz na Austra, trouxe todos os aviões para alem dos hangares e todo o material de apoio.As fotos da descarga, são bem ilustrativas da logistica que rodeou este transporte especial.rchegadaredbull1 Copyrchegadaredbull2 Copyrchegadaredbull3 Copyrchegadaredbull4 Copyrchegadaredbull5 Copy

 

AUMENTO NOTÁVEL DE EXPOSITORES

Aumento notável de expositores para a próxima edição da Autopromotec

As inovações tecnológicas aumentam os números da Autopromotec.

Os organizadores da Autopromotec 2015, a feira internacional mais especializada do setor de equipamentos e aftermarket automóvel, que será realizada na Feira Bolonha de 20 a 24 maio de 2015, anunciam uma ampla adesão por parte dos expositores, tão ampla mesmo, que antes do fim oficial das inscrições previsto para o 31 de outubro, já estão esgotadas as entradas em algumas categorias de produtos, como as dedicadas aos sistemas de elevação, pneus e equipamentos para vendedores de pneus. Também foi positivo o reconhecimento para a área de peças de reposição, que já registou a participação de muitos expositores tradicionais e que será aumentada com a participação de novas e importantes empresas do setor.



Autopromotec

 

VODAFONE MEXEFEST

Vodafone Mexefest


Novas confirmações:
Pharoahe Monch
Stereossauro
Salto
Francis Dale

The Fresh & Onlys cancelam Tour Europeia.

 

28 e 29 de novembro, Avenida da Liberdade, Lisboa


 

www.vodafonemexefest.com | facebook.com/vodafonemexefest

 


A pouco mais de um mês do Vodafone Mexefest, o cartaz está cada vez mais rico, de nomes e estilos. Pharoahe Monch, Stereossauro, Salto e Francis Dale são os quatro novos representantes da edição de 2014 do Festival.

De Nova Iorque, Pharoahe Monch, um dos mais extraordinários representantes do hip-hop atual. Muitíssimo querido pelos pares (Eminem tem-no como ídolo) dada a riqueza e qualidade intimista e confessional das suas rimas e beats, mantém-se como um precioso tesouro. A solo tem um repertório constituído por quatro obras que lhe garantem um lugar na história do género: Internal Affairs (1999), Desire (2007), W.A.R. (We Are Renegades) (2011) e PTSD: Post Traumatic Stress Disorder (2014). Corrosivo, quase impiedoso, as suas letras – e a forma como as projeta – criam um impacto intenso e muito emocional. Concerto absolutamente imperdível no Vodafone Mexefest.

Stereossauro. É um génio do scratch - foi campeão do mundo com os Beatbombers, projeto que partilha com DJ Ride, e estreia-se com o LP “Bombas em Bombos”. O primeiro avanço, com a colaboração de Gonçalo Santos e de Helena Veludo, chama-se “Hold On”. Ao vivo, com um gira-discos e um sampler, faz e espalha magia. A não perder.

Da Maia, Salto. Formados pelos primos Gui Tomé Ribeiro e Luís Montenegro, ganharam projeção com o brilhante single “Deixar Cair”. A música, e o LP de estreia que a abraçou, tem aquelas qualidades únicas de um clássico pop que faz dançar, orelhudo na dose certa e muito melódico. Em 2014 dão um twist no som apresentando o EP “Beat Oven”, e passam a quatro com a chegada de Tito Romão e Filipe Louro, com quem preparam agora o lançamento do segundo álbum. Num jeito eletrónico, imperando beats e sintetizadores, os Salto confirmam-se esteticamente diversificados. Muitos e bons são os caminhos da banda do norte.

Por último, Francis Dale, um extraordinário cantor que se define como soul alternativo de um ‘Jeff Buckley meets Marvin Gaye’. As suas músicas vivem da sua voz, da guitarra contida, mas nada secundária, e de ritmos refinados e muito temperados de soul e pop. Francis Dale tem um EP – “Lost In Finite” – que o apresenta na perfeição. As canções do autor são belíssimas e com uma sofisticação que, sem contradição, sabem inspirar-se no passado para serem incrivelmente atuais.

Informa-se ainda que, por questões pessoais, os The Fresh & Onlys tiveram que cancelar a digressão europeia prevista para os meses de Novembro e Dezembro, e que incluía passagem pelo Vodafone Mexefest.

 


Vodafone Mexefest. De palco em palco, a Música mexe na cidade.

Mais novidades a anunciar brevemente.


 

Já confirmados:
Adult Jazz, Bristol, Capicua, Cloud Nothings, Curtis Harding, Deers, Duquesa, Éme, Francis Dale, I Break Horses, JJ, Johanna Glaza, Kindness, King Gizzard & The Lizard Wizard, Meu Kamba Soundsystem, Modernos, Palma Violets, Perfume Genius, Pharoahe Monch, Salto, Savanna, Sensible Soccers, Sharon Van Etten, Shura, Sinkane, St. Vincent, Stereossauro, Throes + The Shine, Tiago Iorc, Tune-Yards.
 

 

Novas confirmações


 

image

Pharoahe Monch

 

Bio

Troy Donald Jamerson mas é conhecido por Pharoahe Monch.  Vem de Queens, Nova Iorque, e, como representante excelso do melhor hip hop, tem, ainda assim, mantido uma projeção mediática discreta, vivendo sob uma áurea e elogiosa dimensão underground. Com Prince Po criou os Organized Konfusion. Entre 1991 e 1997 editaram 3 discos. Porém, é a solo que a força das narrativas de Pharoahe Monch explode no máximo do seu esplendor. Quase sempre na primeira pessoa, plasmando em palavras as vivências duras do seu ambiente, rimam de forma intricada, complexa até, mil e uma histórias, quase sempre num tom e registo confessionais. Diz-se que é um dos artista preferidos de Eminem e, se atentarmos às suas edições em nome próprio, “Internal Affairs” (1999), “Desire” (2007), “W.A.R. (We Are Renegades)” (2011) e “PTSD: Post Traumatic Stress Disorder” (2014), é caso para dizer que Marshall Bruce Mathers III (aka Eminem) tem muito bom gosto.




 

Sites e Vídeos

Site Oficial


Facebook

"Broken Again"

 

 

image

Stereossauro

 

Bio

As artes plásticas e o design ficaram para trás no que mais importa na vida de Stereossauro. É a música que o faz andar. Com um gira-discos e um sampler, manipula de forma genial e virtuosa beats infinitos e sons cantados e tocados: tudo fundido singularmente. Já foi campeão do mundo de scratch, em 2011, com os Beatbombers, projeto que partilha com DJ Ride, e a solo estreia-se, em 2014, com “Bombas em Bombos”. O primeiro avanço chama-se “Hold On” e é incrivelmente contagiante. 







 

Sites e Vídeos

Site Oficial

Facebook


"Hold On"

 

 

image

Salto

Bio

Gui Tomé Ribeiro e Luís Montenegro são primos de sangue mas a ligação que os une tem outro elemento: a música. Em 2006 criaram os Salto, manifesto da pulsão criativa que ambos partilham em doses grandes de talento. Já passaram pelos maiores festivais e palcos nacionais, sobretudo depois da estreia em formato Lp em 2012, que inclui o hit-single que ainda perdura, “Deixar Cair”. Em 2014 lançaram em o Ep “Beat Oven”. Se com o primeiro registo a banda apresentou-se vibrante de guitarras pop, com uma energia celebratória e muito orgânica, agora, sem prometeram uma definitiva viragem estética, oferecem-se mais eletrónicos, experimentando beats e muitos sintetizadores.





 

Sites e Vídeos

Site Oficial


Facebook

"Can't You See Me"

 

 

image

Francis Dale

Bio

O que salta à vista, imediata e infalivelmente, é a voz de Diogo Ribeiro (aka Francis Dale). Também guitarrista, Dale canta magnificamente, sobre camadas melódicas soul-pop que tanto lembram Jeff Buckley como os melhores representantes do som da Motown. Enquanto prepara o primeiro LP, que com certeza passará, em primeira mão, no Vodafone Mexefest, Francis Dale tem disponível, para download gratuito, o Ep, “Lost In Finite”. É com deleite que se escutam as composições do músico: sofisticadas, elegantes e muitíssimo bem interpretadas. Um artista a não perder.




 

Sites e Vídeos

Site Oficial


Facebook




"Pie in The Sky"
 

 

 

Informação de Bilhetes


 

Preço dos Bilhetes

Preço único: €40

Troca obrigatória pelo próprio por pulseira no Coliseu de Lisboa a partir de dia 27 de novembro

Locais de Venda

www.blueticket.pt - Call Center 707 780 000, lojas FNAC, lojas Worten, El Corte Inglês (Lisboa e V. N. Gaia), Centros Comerciais Dolce Vita (Amadora, Porto, Vila Real, Ovar, Coimbra e Funchal), Casino de Lisboa, Galerias Campo Pequeno, Abep, Estações de Correios, lojas Media Markt, Turismo de Lisboa, www.ticketline.pt - Reservas e informações 1820 (24 horas), www.bilheteiraonline.pt, Coliseu de Lisboa.
Bilheteira do festival no Coliseu de Lisboa a partir de dia 27 de novembro.

App Vodafone Mexefest com desconto de 5€ para clientes Vodafone.


Espanha: www.breakpoint.es, lojas FNAC, Carrefour Viajes e Halcón Viajes

Inglaterra: www.seetickets.com

Alemanha: www.ticketmaster.de

França: lojas FNAC www.fnac.com, Carrefour www.carrefour.fr, Géant, Magasins U, Intermarché, www.francebillet.com
 

 

LUIS MOTA DE EVO

 

100ª prova para o EVO IV de Luís Mota
Não estando esta temporada a disputar o Campeonato Ralis Centro a Competisport irá contudo alinhar na edição de 2014 do Rali de Castelo Branco.
A dupla Luís Mota e Alexandre Ramos, aceitaram assim de bom agrado o contive da Escuderia Castelo Branco, aproveitando a prova em piso de asfalto para testar para o Rali Casinos do Algarve, prova pontuável para o Campeonato de Ralis Sul.
A prova da ECB será um rali especial para toda a equipa da Competisport, pois será o 100º rali do Mitsubishi EVO IV em Portugal sempre com o piloto Luís Mota ao volante!
O já famoso Mitsubishi Lancer EVO IV “D 0566” conta com um vasto palmarés tendo vencido inúmeras provas e levado Luís Mota a diversos títulos no Regional Norte, Centro e Sul. Vendido pela Ralliart Inc Japão em 1997, esteve vários anos pelas mãos de Richard Ginesca em França e depois Marty Jean Philipe, chegando ao piloto do Cartaxo em 2004, deixando em 2007 as especificações Gr. N, para passar para Gr. A!
Inseridos no Campeonato Ralis Centro, o principal objetivo para Luís Mota e Alexandre Ramos será mesmo terminar, rodar com o carro e desta forma preparar a próxima ronda do Campeonato Ralis Sul, na qual a dupla está na luta pelo título.
O Rali de Castelo Branco arranca Sexta-feira (dia 17) com a realização da Super especial bem no centro da cidade. No sábado os concorrentes do CRC fazem uma única passagem pelas especiais de Alvito da Beira, Forneas/Estreito, Paiágua e a terminar mais uma passagem pela Super especial citadina. No total serão 162,43 quilómetros, dos quais 70 em contra relógio.
Piloto/Co-Piloto
Luís Mota/Alexandre Ramos
André Mota/Eurico Adãoluis mota_1_Copyluis mota_2_Copyluis mota_Copy

 

OLIVEIRA NA AUSTRÁLIA

 

Miguel Oliveira procura restabelecer a confiança com a MGP3O depois da queda

 

14º lugar para piloto português no primeiro dia de treinos na Austrália

 

 GH10882_Copy Miguel Oliveira foi hoje o 14º mais rápido na sessão de arranque para o grande prémio em solo australiano. O jovem de Almada sentiu algumas dificuldades ao nível da confiança com a sua moto, depois da queda aparatosa no último fim-de-semana, em Motegi o que dificultou a sua performance do dia. Porém, o piloto português e a equipa estão já a trabalhar arduamente para resolver este assunto.

 

No primeiro dia de treinos em Phillip Island, Miguel Oliveira terminou dia com uma marca de 01m37.772s, registo obtido nos segundos treinos livres, onde conseguiu melhorar face ao tempo obtido na primeira sessão e ficar apenas a 730 milésimos de segundo da melhor marca do dia. Os treinos de hoje permitiram ao jovem de 19 anos apurar fragilidades na sua MGP3O, e trabalhar no sentido de as ultrapassar a tempo da qualificação para a 16ª etapa do campeonato do mundo de Moto GP: “O primeiro dia de treinos aqui em Phillip Island foi um pouco complicado para mim. Depois da queda no Japão sinto que ainda tenho que voltar a ganhar a confiança que tinha com a mota. Neste momento a pista parece estar em boas condições, apenas as temperaturas estão a fazer com que tenhamos um pouco mais de movimento na roda de trás do que o normal mas a equipa está a trabalhar nisso. Apenas espero reencontrar-me outra vez comigo mesmo, voltar a conseguir andar como andava antes.” começa por explicar o jovem piloto de Almada.

 

No palco de um dos seus pódios, Miguel Oliveira aproveitou os treinos desta manhã para recolher alguns dados e sensações sobre um circuito com características muito específicas: “Aqui os cones de ar são mais que essenciais, há muito vento, muitas rectas, muitas curvas que se fazem a fundo, por isso é muito importante ter um cone de ar.” refere o único piloto português no campeonato do mundo de Moto GP.

 

No segundo treino os 18 pilotos da frente ficaram separados por apenas meio segundo deixando evidente que a qualificação de amanhã não será fácil. Miguel Oliveira, que no ano passado qualificou em 8º, espera que amanhã (durante a madrugada portuguesa) lhe seja possível qualificar na frente devido à importância de uma partida nos primeiros lugares da grelha: “Para amanhã, é preciso ajustar alguns pontos da mota e tentar estar com o grupo da frente na qualificação. Sair aqui na frente é muito importante. Neste momento a equipa está a tentar ajudar-me naquilo que é possível em relação ao setting da mota para fazer sentir-me um pouco mais confortável e amanhã é tentar continuar este trabalho.” Conclui.

 

Os pilotos de Moto3 regressam ainda amanhã à pista para a terceira e última sessão de treinos livres marcada para as 00h00 e para a sessão de qualificação às 03h35 (hora de Lisboa)

 

AUTOCREW REUNE PARCEIROS

 

AutoCrew reúne parceiros num importante evento para a marca

 

„  Enquadrado numa estratégia de aproximação da Bosch aos parceiros da rede oficinal AutoCrew, realizou-se o evento de Boas-Vindas que juntou todas as oficinas da rede em Portugal.

„  AutoCrew já abriu cerca de 30 oficinas em Portugal

„  Perspetivas de crescimento muito positivas

 

Sob o mote “Somos uma realidade”, a rede oficinal AutoCrew reuniu no passado dia 10 de Outubro toda a sua rede.

 

O evento, que contou com cerca de 80 participantes, teve lugar num dos locais mais emblemáticos do Oeste - o Hotel Dolce Campo Real em Torres Vedras. Um dos principais objetivos deste encontro consistiu em dar a conhecer a dimensão da marca Bosch assim como apresentar um balanço das atividades realizadas até hoje. Foram igualmente apresentadas todas as ferramentas que a rede tem ao seu dispor de forma a potenciar e promover a marca AutoCrew e a sua oficina, e ainda, algumas novidades importantes para o desenvolvimento do seu negócio.

Este tipo de encontro é, para nós e para os nossos parceiros, muito importante pois tem como intuito reforçar e estreitar a ligação entre todos os intervenientes de negócio”, explica Miguel Gavilanes, Diretor Ibérico de Conceitos oficinais Bosch

Responsáveis da área automóvel da Bosch e das oficinas AutoCrew juntaram-se numa iniciativa única que contou com apresentações de: Rui Silva, Diretor de Vendas em Portugal; Miguel Gavilanes, Diretor Ibérico de Conceitos oficinais Bosch; Mónica Alves, Responsável da rede AutoCrew em Portugal; Cristina Mourão, Trade Marketeer de Equipamento Oficinal e AutoCrew, e Mário Maia, Coordenador da Assistência Técnica em Portugal.

O evento contou com uma palestra do Professor Jorge Sequeira, que abordou temas direcionados para a motivação e foco no cliente de uma forma particularmente interativa envolvendo todos os participantes. Durante mais de uma hora, todos os intervenientes puderam assistir a uma apresentação orientada para: desenvolvimento do negócio, ferramentas de marketing, trabalho em equipa, importância da coesão dum grupo e compromisso com a marca.

Mónica Alves afirma ainda que “A nossa intenção é dotar a rede de diferentes mecanismos e ferramentas para o desenvolvimento e expansão do negócio, simultaneamente pretendemos alargar a rede a outras zonas do país. A manutenção automóvel é cada vez mais complexa, o cliente tem cada vez mais acesso à informação e exige uma atenção personalizada, ninguém melhor do que a própria Bosch para ajudar os parceiros através de uma formação técnica, empresarial, assessoria de marketing e gestão de qualidade”, explica.

Integrado numa estratégia de desenvolvimento e aproximação à marca Bosch, este evento permitiu ainda aos parceiros aderentes conhecer toda a estrutura das diferentes áreas que apoiam o negócio AutoCrew, alargar a sua rede de contactos, trocar experiências e, acima de tudo, fomentar o espirito de equipa.

 

Com mais de 30 oficinas, a rede oficinal AutoCrew tem vindo a crescer gradualmente no mercado português, tendo já conquistado um posicionamento de confiança junto de parceiros e consumidores finais.

 

“AutoCrew está a fazer um percurso bastante positivo e pretendemos continuar a crescer por todo o país. Os nossos parceiros têm sido uma parte fundamental neste crescimento e queremos que saibam que, sem eles, não seria possível ir tão longe”, conclui Mónica Alves.

AutoCrew apresentou-se ao mercado português em Outubro de 2012, como um conceito integral que garante a parceiros e clientes um serviço diferenciador e fiável, permitindo o acesso a ferramentas de marketing, branding, apoio à oficina, formação e aumento de competências, de forma a fornecer ao cliente final um serviço único, personalizado e adaptado às suas necessidades.

Neste evento foram ainda eleitos os representantes regionais da rede AutoCrew, futuros interlocutores entre a rede e a Bosch, na transmissão de opiniões, sugestões e outro tipo de preocupações da rede, com o objetivo de um trabalho conjunto para uma parceria de sucesso. Foi igualmente apresentada uma nova e atrativa campanha dirigida ao consumidor final, que estará em vigor já a partir de Novembro de 2014.Autocrew 01_CopyAutocrew 02_Copy

 

A 6 CONDICIONADA

 

Condicionamento de trânsito na A6

Entre 20 a 25 de Outubro

 

A Brisa Concessão Rodoviária (BCR) informa que, no âmbito das obras de beneficiação do pavimento do sublanço Évora Poente/Évora Nascente da A6 - Auto-estrada Marateca/Caia, irá proceder irá proceder aos seguintes condicionamentos de trânsito:

De 20 (segunda-feira) para 21 (terça-feira) de Outubro
Entre as 20:00 e as 08:00, corte de via direita no ramo de saída da A6, sentido Marateca/Caia, para a Nacional 14 no sentido Évora

Entre as 21:00 e as 07:00, corte de via esquerda, sentido Marateca/Caia, entre os kms 58,5 e 60,5

De 21 (terça-feira) para 22 (quarta-feira) de Outubro
Entre as 20:00 e as 08:00, corte de via direita no ramo de saída da A6, sentido Marateca/Caia, para a Nacional 14 no sentido Évora

Entre as 21:00 e as 07:00, corte de via esquerda, sentido Marateca/Caia, entre os kms 59,5 e 61,5

De 22 (quarta-feira) para 23 (quinta-feira) de Outubro
Entre as 20:00 e as 08:00, corte de via direita no ramo de saída da A6, sentido Marateca/Caia, para a Nacional 14 no sentido Évora

Entre as 21:00 e as 07:00, corte de via esquerda, sentido Marateca/Caia, entre os kms 60,5 e 62,5

De 23 (quinta-feira) para 24 (sexta-feira) de Outubro
Entre as 20:00 e as 08:00, corte de via direita no ramo de saída da A6, sentido Marateca/Caia, para a Nacional 14 no sentido Montemor-o-Novo

Entre as 21:00 e as 07:00, corte de via esquerda, sentido Marateca/Caia, entre os kms 61,5 e 63,5

De 24 (sexta-feira) para 25 (sábado) de Outubro
Entre as 20:00 e as 08:00, corte de via direita no ramo de saída da Nacional 14, proveniente de Évora, para a A6

Entre as 21:00 e as 07:00, corte de via esquerda, sentido Marateca/Caia, entre os kms 62,5 e 64,5

A Brisa Concessão Rodoviária apela à prudência na passagem pelo local e agradece antecipadamente a compreensão e colaboração dos automobilistas, esperando contribuir para reduzir eventuais inconvenientes decorrentes desta operação.

Para informação actualizada poderá ainda consultar o site www.brisa.pt.

 

ALGARVE RECEBE TAÇA DE PORTUGAL

 

Algarve recebe Taça de Portugal de Ralis
Nos dias 15 e 16 de Novembro disputa-se a edição de 2014 do Rallye Casinos do Algarve, prova da Taça de Portugal de Ralis 2014. Um evento renovado com novo figurino e moldes inovadores, que percorrerá as estradas do barlavento algarvio.
A Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting decidiu criar uma competição denominada Taça de Portugal de Ralis (TPR). Trata-se de uma competição que será um ensaio de modo a definir no futuro o seu figurino, com o intuito que seja uma festa do desporto automóvel, num único evento e em moldes inovadores. Pelas características, a Taça de Portugal de Ralis, é uma competição única que agrupa todas as viaturas de ralis num só evento e pretende reunir todos os intervientes dos campeonatos nacionais.
O Clube Automóvel do Algarve está empenhado em montar uma prova diferenciadora quer ao nível da configuração quer da localização, optando por restruturar completamente o Rallye Casinos do Algarve. Começou por dividir o rali em dois dias, com duas secções com características distintas. Centrando a ação no Autódromo Internacional do Algarve, no sábado estão previstas quatro especiais. Duas passagens na inovadora Prova Especial do AIA, que utilizará parte do traçado do Kartódromo Internacional do Algarve, virado para o concorrente e para o público. A outra novidade é a nova especial de Lagos, com 10 quilómetros que será percorrida por duas vezes. O parque de partida e assistências será no parque de estacionamento do autódromo.
No domingo, a competição segue para Monchique, com 2 especiais novas – Monchique e Marmelete percorridas por duas vezes. Para reduzir as distâncias e concentrar as equipas de apoio, o Parque de Assistência será no Parque de Feiras de Monchique. Para acabar, e depois da vertente competitiva estar finalizada, um regresso ao passado, com uma exibição desportiva no Passeio Ribeirinho de Portimão.
A prova candidata ao Campeonato Nacional de Ralis 2015, também é elegível para o Campeonato de Ralis Sul, uma competição renovada que ganhou uma importância com a substituição do Open. O Rallye Casinos do Algarve é a quinta prova da temporada, e será fulcral na definição dos campeões, com protagonismo dividido entre a geral, promoção e duas rodas motrizes.
Para mais informações pode consultar a página oficial: www.clubeautomovelalgarve.pt , ou a página do rali: http://clubeautomovelalgarve.pt/docs/Alg14/index.html
O Rallye Casinos do Algarve tem o patrocínio da Solverde – Casinos do Algarve, e os apoios das edilidades locais de Portimão, Lagos e de Monchique.Cartaz Rallye_Casinos_do_Algarve_2014_Copy

 

TT NO BRASIL


Edson Castro
Clique na imagem para fazer o Donwload...
LuccasArnone/AndreyKarpinski
Alta | Web


Edson Castro
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Toninho Genoin/Maicol Sousa
Alta | Web


Edson Castro
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Ulysses Bertholdo/Marcelo Dalmut
Alta | Web

Após três anos, Panambi volta ao calendário das competições off road

Cidade recebe entre sexta-feira e domingo a penúltima etapa do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade

Panambi (RS) recebe entre a sexta-feira (17) e o domingo (19) a penúltima etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, com a realização do Rally de Panambi. O evento, que também contará pontos para o torneio estadual da modalidade, marca o retorno da cidade gaúcha as competições após três anos.

A prova terá 150 quilômetros de percurso em trechos cronometrados, a serem percorridos ao longo de dois dias de provas. "O percurso será todo em estrada de terra, porém em locais novos", aponta Hardy Hartmann, organizador do evento.

"A primeira especial, Condor, é mais curta e será mais dura e um pouco travada. A segunda, Pontual, terá 22 quilômetros e será rápida com freadas fortes, que vai exigir muito cuidado no reconhecimento, especialmente. Nas especiais de domingo, válidas somente para o Brasileiro, a Auto Panambi será mais longa e mais exigente que as de sábado, com trechos rápidos. A última, Aclupa, é praticamente toda em descida com trechos travados e outros rápidos, reunindo neste trecho as características de todos os outros, será uma superespecial de tirar o fôlego", explica Hartmann.

O campeonato tem a disputa do título de suas três categorias ainda em aberto. Pela CBR1, os atuais campeões Ulysses Bertholdo e Marcelo Dalmut aparecem na liderança do campeonato, com 119 pontos, contra 88 dos segundos colocados Ricardo Malucelli e Giovani Bordin. Dimas Pimenta III e Rodrigo Konig fecham a lista dos três melhores, com 84 pontos.

Luccas Arnone e Andrey Karpinski são os líderes da classe CBR2, com 135 pontos, 37 a mais em relação a Felipe Müller e Felipe Costa, atuais segundos colocados com 98 pontos. Rafael Túlio e Gilvan Jablonski aparecem na terceira posição, com 80.

Diferente das duas primeiras divisões, onde todos as equipes participaram das etapas mantendo os mesmos pilotos e navegadores, a classe CBR3 possui diferenças nas duas tabelas de classificação. Toninho Genoin lidera entre os pilotos, com 118 pontos, apenas seis a mais em relação ao segundo colocado, Marco Malucelli. Evandro Carbonera, com 103, é o terceiro, seguido por Gerson Lange, com 100 pontos. Entre os navegadores, Maicol Souza (companheiro de Genoin) é o líder, com 118 pontos, 15 a frente de Eduardo Tonial, parceiro de Carbonera. Rafaela Trapp é a terceira colocada, com 100 pontos.

A programação será iniciada nesta sexta-feira, com a realização do reconhecimento das especiais, vistorias técnicas e o shakedown. As especiais serão disputadas no sábado e no domingo. Confira os horários:

Sexta-Feira - 17 de Outubro de 2014
07h00 Abertura da Secretaria de Prova - Parque Municipal
08h00 Abertura da Sala de Imprensa - Parque Municipal
08h00 Inicio do reconhecimento das Provas Especiais
08h30 Limite para apresentação para a Vistoria Técnica - Cat. CBR1
09h30 Limite para apresentação para a Vistoria Técnica - Cat. CBR2
10h30 Limite para apresentação para a Vistoria Técnica - Cat. CBR3
11h30 Limite para apresentação para a Vistoria Técnica - Cat. Convidados
14h00 Inicio da 2ª Vistoria Técnica - todas as categorias brasileiro (com multa)
14h30 Inicio da Vistoria Técnica do Gaúcho
15h00 Encerramento da 2ª Vistoria Técnica do Brasileiro
15h00 Inicio do SHAKEDOWN (todas as categorias)
17h00 Encerramento do Credenciamento de Imprensa
17h00 Encerramento do SHAKEDOWN
18h00 Encerramento do reconhecimento das Provas Especiais
18h00 Encerramento da Vistoria Técnica do Gaúcho
19h00 Largada Promocional (participação obrigatória de pilotos e navegadores)
21h00 Divulgação da Ordem de Largada

Sábado - 18 de Outubro de 2014
09h23 Largada do primeiro carro na PE-1
09h41 Largada do primeiro carro na PE-2
11h44 Largada do primeiro carro na PE-3
12h03 Largada do primeiro carro na PE-4
14h02 Largada do primeiro carro na PE-5
14h20 Largada do primeiro carro na PE-6
18h00 Divulgação da Ordem de Largada de Domingo

Domingo - 19 de Outubro de 2014
08h43 Largada do primeiro carro na PE-7
09h21 Largada do primeiro carro na PE-8
09h54 Largada do primeiro carro na PE-9
11h47 Largada do primeiro carro na PE-10
12h20 Largada do primeiro carro na PE-11
14h00 Divulgação dos resultados / Premiação
 

TOM TOM FIRMA CONTRATO COM A SMART E DAIMLER

 

TomTom assina acordo de navegação com a Smart da Daimler

 

A TomTom (TOM2) anuncia que assinou um novo acordo com a Daimler para fornecer o seu sistema de navegação completo à linha Smart. O contrato estabelece que os produtos de navegação da TomTom vão equipar a linha Smart a partir de 2014 na Europa, com os EUA e a China a seguirem-se em 2015.

 

O sistema de infoentretenimento “Smart Media” virá equipado com o software de navegação TomTom, mapas e 3 anos de serviço TomTom Live Traffic. Em conjunto com o touch screen 7”, reconhecimento de voz e integração de smartphone vão garantir que os condutores têm um sistema de infoentretenimento de classe mundial.

 

A TomTom tem um conhecimento único da forma como as pessoas se deslocam com cerca de 5000 milhões de medições de fluxo de tráfego por dia e 200.000 edições de mapas por mês. Processar e partilhar esta informação com os condutores num formato fácil de usar tornou a TomTom líder mundial em navegação. Combinar este facto com a ampla experiência da empresa ajuda os fabricantes de automóveis a criarem sistemas de infoentretenimento competitivos ambicionados pelos condutores.

“Alargar a nossa ligação com a Daimler é bastante gratificante” refere Jan-Maarten de Vries, VP Automotive da TomTom. “Sabemos que os fabricantes de automóveis estão cada vez mais focados em criar sistemas de infoentretenimento que permitam uma ótima experiência de utilizador. Acreditamos que o nosso conhecimento dos consumidores em conjunto com os nossos mapas digitais de classe mundial, software de navegação e serviços de trânsito em tempo real tornam a TomTom num parceiro chave para os principais fabricantes de automóveis do mundo.”

 

A lançamento inicial do sistema de navegação da TomTom vai ocorrer nas linhas Smart Fortwo e Forfour. 

TomTom CMYK_logo_Copy
 

CIRCUITO DE VILA REAL EM LIVRO

 

O AUTOMÓVEL CLUBE DE PORTUGAL E O CIRCUITO DE VILA REAL

Na próxima quinta-feira, dia 23 pelas 18h30, em Vila Real, junto á loja do ACP no Dolce Vita Shopping Douro, vai decorrer o lançamento do Livro “Circuito de Vila Real – Velocidade na Cidade” á venda na cadeia de lojas daquele que é o maior Clube Português dedicado ao Automóvel e que de 1931 a 1973 foi o responsável pela organização desportiva do mais antigo circuito de velocidade nacional.

Aproveitando a recente alteração e ampliação da sua loja naquele Centro Comercial de Vila Real, o Automóvel Clube de Vila Real e a Retro Edições, promovem um encontro entre o autor daquele livro, Eduardo Passos e os seus leitores, celebrando o facto de o mesmo estar á venda nas suas lojas, contando com a presença do Presidente do Município de Vila Real, Eng. Rui Santos, principal responsável pelo regresso daquele mítico circuito urbano em 2014, estando também presentes naquela ocasião alguns dirigentes do ACP, bem como da Associação Promotora do Circuito Internacional de Vila Real, e ainda alguns pilotos e outros protagonistas dos mais de oitenta anos de história daquele circuito.

Na ocasião estarão expostos alguns automóveis que brilharam no traçado transmontano e vai ser possível, para lá de adquirir um exemplar do livro, ouvir algumas das histórias que preenchem as mais de 250 páginas do mesmo, profusamente ilustrado com muitas fotografias inéditas e dos arquivos de diversas entidades, relatando todas as edições do circuito, até ao corrente ano.

Todos os que são adeptos dos desportos motorizados ou dos livros, estão convidados a participar neste evento e no Porto de Honra incluído no mesmo, compartilhando o passado de ligação, quer do ACP, quer do autor do livro, às corridas de Vila Real, numa altura em que já se anuncia a sua quadragésima quinta edição, a realizar em 2015.

 

PEDRO NUNO FICOU PELO CAMINHO

 

Pedro Nuno não foi apurado para a Redbull Rookies Cup

 

Pedro Nuno, piloto português orientado por Miguel Oliveira, esteve em Guadix, Espanha, nos últimos dois dias, nos testes de captação da Red Bull Rookies Cup. Apesar de ter passado à fase final, ainda não foi desta que o jovem de 14 anos conseguiu fazer parte da caravana 2015 da equipa. De regresso ao campeonato nacional, onde assume a liderança, o português afirma que para 2015 está nos seus planos uma procura de novas soluções.

 

Focado agora em continuar os bons resultados no campeonato nacional e em redefinir a estratégia para o próximo ano, Pedro Nuno está seguro que deu o seu melhor e de que se dedicou a 100%, restando-lhe voltar às vitórias nacionais até que nova estratégia esteja traçada:  “Foi uma experiência fantástica e que gostei muito. Embora não tenha sido seleccionado, fico satisfeito por ter ficado para final: o que significa que tenho tanto potencial como os pilotos que foram seleccionados.” começa por explicar o piloto de Vila Franca de Xira. “Todos desconhecemos os critérios de seleção, por isso, não quero deixar de agradecer à Red Bull por esta oportunidade. Vamos agora procurar outra solução para 2015 e, quem sabe, no próximo ano voltarei para uma nova oportunidade.” Conclui.

 

O jovem de 14 anos aponta agora baterias para a última prova do Campeonato Nacional de Velocidade, que se realizará em Portimão já no dia 2 de Novembro (na mesma altura em que a penúltima prova do FIM-CEV visita o nosso país) onde o objectivo é pontuar já que nesse cenário o piloto português que é acompanhado por Miguel Oliveira será campeão nacional.

 

TT NO BRASIL

Divulgação
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Competidores enfrentarão todo o tipo de terreno
Alta | Web

Divulgação
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Moara Sacilotti, representante feminina nas motos
Alta | Web

Divulgação
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Bruno Varela fará estreia no Brasileiro entre os UTVs
Alta | Web


Clique na imagem para fazer o Donwload...

Alta | Web

Divulgação
Clique na imagem para fazer o Donwload...
José Mauro de Oliveira Junior
Alta | Web

Foto: Rodolfo Bazetto
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Rodrigo Faiad
Alta | Web

 

Em Itupeva, motos, quadriciclos e UTVs prometem muita disputa no Rally Serra Azul


Pilotos vão brigar por pontos válidos pela 5ª etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Baja. Carros e caminhões também entram na disputa

 Itupeva, no interior paulista, será tomada por apaixonados por adrenalina. Entre os dias 17 a 19 de outubro a cidade será palco do 1º Rally Serra Azul, e irá reunir competidores de motos, quadriciclos, carros, caminhões e UTVs. Com muitos desafios, e a prova irá testar a habilidade dos inscritos na competição, em dois dias de disputa, onde serão percorridos aproximadamente 350 quilômetros entre especiais cronometradas e deslocamentos. O Super Prime terá 20,71 metros de extensão, em circuito montado anexo ao completo do Shopping Serra Azul no km72 da Rodovia dos Bandeirantes.

Nas motos, competindo pela Production Aberta, a piloto Moara Sacilotti, da equipe Kawasaki Rinaldi marcará presença no certame, no comando da sua Kawasaki KLX 450. " Minha expectativa para o Rally Serra Azul é grande, pois é uma prova nova, numa região que conheço pouco. Além disso tenho chances de ganhar posições importantes no campeonato, então quero fazer o melhor possível. Estou sem competir desde o Sertões e espero que isso não atrapalhe meu desempenho, embora esteja treinando muito", afirma a piloto de 35 anos.

O experiente Beto do Carmo, Moto KTM 450 exc/Over 40, participa do Rally Baja a mais de sete anos e está ansioso para acelerar no Rally Serra Azul. "Todos nós pilotos estamos curiosos para esta prova por se tratar de um percurso totalmente novo e tão perto dos grandes centros", declara o piloto de 45 anos da equipe Arames Farpado Racing Team.

Quadriciclos

Osmar Mendonça Junior, espera andar bem em Itupeva para buscar do título, pela categoria quadriciclos aberta com o modelo Polaris XP 1000 4x4. "Comecei a correr no Campeonato Brasileiro no ano passado. Este ano, estou com o quadriciclo da marca Polaris e nesta etapa vou estrear o novo Strambler XP-1000", conta o piloto da equipe Mendonça Racing Team.

O piloto catarinense espera conseguir um ótimo resultado. "Acredito que esta prova será muito competitiva, pois estamos na reta final do campeonato (Baja) e porque estamos a pouco mais de três meses sem competir, desde a última etapa que foi em Barretos. O objetivo é o pódio e fazer o máximo para me aproximar do líder da tabela de classificação. O rali tem pilotos muito técnicos e competitivos, será uma àrdua tarefa", declara o piloto de 32 anos que defende as cores da Mendonça Materiais de Construção, Adrenalina e Cal Chimelli.

UTVs

Em sua primeira participação no campeonato, o jovem Bruno Varela (18 anos), filho do multicampeão Reinaldo Varela fará a prova com um veículo Maverick 1000, pela categoria Production. "Como será minha estreia, e ainda não me adaptei 100% ao UTV, vou tentar fazer uma prova cautelosa para terminar bem!", disse o piloto paulista da equipe Divino Fogão Rally Team.

Para Rodrigo Faid, da Equipe Grupo EIF Rally Team, a prova será a oportunidade para correr perto de casa. "Tenho quatro participações no Brasileiro este ano e posso assegurar que as provas do Arena são as melhores do calendário", destaca o piloto de 36 anos, que comanda o UTV modelo RZR 800S Polaris Cup, inscrito na categoria 800 Marathon.

A prova - O roteiro para Carros e Caminhões será de 379,68 quilômetros. A Especial do sábado (18) terá 103,62 quilômetros e mais um Super Prime de 20,71 quilômetros (total de 124,33 quilômetros), além de 65,51 quilômetros de deslocamentos. O mesmo percurso será percorrido no domingo (19). Já para Motos, Quadriciclos e UTVs o roteiro será menor, com 352,72 quilômetros, dos quais 110,85 quilômetros de Especial cronometrada, já a soma do Super Prime e os deslocamentos terão 65,51 km em cada dia de prova. O parque de apoio para Carros e Caminhões, assim como o briefing, serão no Quality Resort & Convention na Rodovia dos Bandeirantes km 72. E para as demais categorias no Shopping Serra Azul, todos localizados no mesmo complexo.

As inscrições continuam abertas no site oficial www.rallyserraazul.com.br, ou (17) 99773-2797 (Vivo) / 98109-2794 (Tim), com Nelson. Mais informações: (14) 98114-9760, com Henrique Arena.

O Rally Serra Azul é uma realização de Arena Promoções e Eventos. Tem patrocínio Polaris, e apoio do Shopping Serra Azul, Prefeitura Municipal de Itupeva e Loja Sacramento Store. Supervisão da CBA - Confederação Brasileira de Automobilismo, da CBM - Confederação Brasileira de Motociclismo.

PROGRAMAÇÃO RALLY SERRA AZUL
Data: 17, 18 e 19 de outubro de 2014
Local: Itupeva - SP
Parque de Apoio para Motos, Quadris e UTVs: Shopping Serra Azul
Parque de Apoio para Carros e Caminhões:
QUALITY RESORT & CONVENTION CENTER
Rodovia dos Bandeirantes - km 72
Waypoint:
S - 23º 06.526
W - 047º 00.526

17/10 - Sexta feira
13h às 19h - Secretaria de Prova
Local: QUALITY RESORT & CONVENTION CENTER
Fone: (11)2136-5300
Rodovia dos Bandeirantes - km 72
De 13h às 15h - Apresentação para a vistoria técnica CBA - todas as
categorias (QUALITY RESORT & CONVENTION CENTER)
De 15h às 18h - Vistoria CBM:- Shopping serra Azul - Motos , UTV e Quadris
17h30 - apresentação para a 2ª vistoria técnica CBA - com multa (QUALITY RESORT & CONVENTION CENTER)
19h - Briefing- Motos, utvs e Quadris
20h - Briefing Carros e Caminhões
Local: QUALITY RESORT & CONVENTION CENTER

18/10 - Sábado
7:00h às 7h30 - Secretaria de Prova
8:00h - Previsão de Largada- Motos, Quadris e UTVs
10h - Previsão de largada - Carros e Caminhões
13h - Previsão de chegada - Motos, Quadris e UTVs
15h - Previsão de chegada - Carros e Caminhões
15:00h- Largada Super Prime
19h - Briefing Motos, Quadris e UTVs
20h - Briefing Carros e Caminhões
Local: QUALITY RESORT & CONVENTION CENTER

19/10 - Domingo
8h - Previsão de Largada Motos, Quadris e UTVs
10h - Previsão de largada Carros e Caminhões
13h - Previsão de Chegada Motos, Quadris e UTVs
15h - Previsão de chegada Carros e Caminhões
15:00h- largada Super Prime
17h - Premiação
Local: QUALITY RESORT & CONVENTION CENTER


 

EQUIPA BRACARENSE NO RALI DE BARCELOS

Equipa bracarense destaca-se no 5º Rali de Barcelos – Vinho Verde

O 5º Rali de Barcelos foi positivo para a equipa bracarense Mr. Wheeler Motorsport. Num sábado em que a chuva deu tréguas, a duplas conquistaram o primeiro e segundo lugar na categoria 5 e na classe 5.2, numa prova com registo de alguns problemas mecânicos.

Paulo Silva e Sandra Fonseca, apoiados pela BOOM BAP WEAR FRANCE LDA (www.boombapwear.com), BB Toldos, Tipografia de Priscos e Ofirodas, foram os mais afectados pela falta de colaboração do carro. “O rali não nos correu bem, [o carro] tinha uma falta de potência notória que não me permitia andar mais rápido" justifica o piloto Paulo Silva, ressalvando "no entanto conseguimos terminar e esse era o principal objectivo.” Apesar dos contratempos, a dupla terminou no 7º lugar da geral, 2º da categoria e na classe, um resultado positivo na opinião do piloto: “Com estes problemas fiquei satisfeito pelo resultado final.”

Já a outra dupla da equipa Mr. Wheeler Motorsport teve uma experiência distinta. Carlos Dias, piloto, salienta: “Entramos no rali com o objectivo de fazer a nossa prova e evoluir, no final fiquei muito satisfeito com a nossa competitividade, o carro esteve perfeito e ajudou-nos muito a atingir este resultado.” Carlos Dias e Pedro Marques, que contam com o apoio da Bolypão, Socialys, Climastar e Conceitos Diferentes, terminaram o 5º Rali de Barcelos – Vinho Verde no 4º lugar da geral e conquistaram a vitória na categoria e na classe. No final da prova, a dupla estava bastante satisfeita com a prestação, e destacou que o apoio dos patrocinadores tem sido um contributo fundamental para a prestação da equipa.20141011 095011_Copy

 

HYUNDAI DÁ PRÉMIO

 

Estrela do futebol francês Pogba, recebe
o ‘Troféu Jogador Jovem Hyundai’ em Paris
A estrela do futebol francês, Paul Pogba recebeu o ‘Troféu Jogador Jovem
Hyundai’ ontem em Paris, como reconhecimento pelo seu excelente
desempenho durante o 2014 FIFA World Cup Brazil™.
A estrela da Juventus, com 21 anos, que teve um papel preponderante na
passagem da selecção francesa aos quartos-de-final, com um golo e uma
assistência, foi o vencedor do cobiçado troféu no final do 2014 FIFA World Cup
Brazil™ em Julho. A cerimónia de entrega do prémio, realizou-se no stand da
Hyundai Motor no Salão de Paris 2014, com a presença de Paul Pogba e
representantes da Hyundai Motor e da FIFA.
“Receber o ‘Troféu Jogador Jovem Hyundai’ é um orgulho para mim. Penso
nos anos de trabalho e sinto-me recompensado. Jogar no FIFA World Cup 2014
já foi um sonho – este prémio é mais um. O meu próximo sonho é ser o Melhor
Jogador do Mundial,” referiu Paul Pogba.
“Paul Pogba foi um jogador em destaque durante o 2014 FIFA World Cup,
demonstrando uma habilidade excepcional, força física e maturidade. Após
cinco jogos pela França e um golo, o Grupo de Estudos Técnicos da FIFA e a
Hyundai, concordaram que Pogba merecia ganhar o prestigiado ‘Troféu
Jogador Jovem Hyundai’. Desde que foi considerado o melhor jogador no FIFA
U-20 World Cup Turkey 2013, Pogba continuou a melhorar em todas as áreas
de jogo e rapidamente se tornou num dos mais influentes jogadores para o seu
país, a um nível sénior”, referiu Jean-Paul Brigger, Director do Grupo de
Estudos Técnicos da FIFA.
“Revelar a próxima estrela em ascensão é uma das maiores alegrias do FIFA
World Cup e estamos muito contentes por fazer parte deste emocionante
galardão” , referiu John Kim, Presidente da Hyundai Motor France, durante o
evento. “A Hyundai Motor, como parceiro oficial do FIFA World Cup, manterá o
seu apoio à descoberta de jovens talentos através do ‘Troféu Jogador Jovem
Hyundai.’”
Atribuído pela primeira vez em 2006, o ‘Troféu Jogador Jovem Hyundai’ é um
dos prémios oficiais da FIFA que selecciona jovens jogadores nascidos após 1
de Janeiro de 1993 que tenham, entre outras competências, um estilo de jogo
jovem e fresco e que sejam um modelo para os jovens jogadores. O vencedor
é escolhido pelo Grupo de Estudos Técnicos, um grupo nomeado de treinadores
de futebol de topo, ex-jogadores e analistas FIFA. Os últimos dois galardões
atribuídos, formalmente designados ‘Troféu Melhor Jogador Jovem’,
pertenceram a Lukas Podolski em 2006 e Thomas Muller em 2010,
respectivamente.
HYPA ceremony_Copy

 

A HISTÓRIA DE SONHO DE MIGUEL FAISCA

 

A HISTÓRIA DE SONHO DE MIGUEL FAÍSCA: DA PLAYSTATION PARA UM PROTÓTIPO DE LE MANS

 

Out 16, 2014 | ID: 125687

A HISTÓRIA DE SONHO DE MIGUEL FAÍSCA: DA PLAYSTATION PARA UM PROTÓTIPO DE LE MANS

O espírito e as emoções das míticas 24 Horas de Le Mans têm encontro marcado para o Circuito do Estoril, o palco da derradeira prova do calendário do European Le Mans Series. E a estreia de Miguel Faísca num protótipo de Le Mans, mas também numa prova em Portugal, é um dos grandes motivos de interesse do próximo fim-de-semana.

Mas quem é este português de 25 anos, hoje piloto oficial da Nissan em competições internacionais que, há um ano, apenas participava em corridas virtuais?

 

Imagens Relacionadas

Imagens Relacionadas

 

João Raposo

Telemóvel: +351 961 686 867
E-mail: jraposo-air@portugalmail.pt