In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player
Joomla! Slideshow

VELO CAB2012


VOLTA AO MUNDO COM FRANCISCO SANDE E CASTRO

VOLTA AO MUNDO COM MFRANCISCO SANDE E CASTRO

 

 

21 de dezembro de 2014

Sumbawa


Quando voltei ao restaurante buscar a moto depois da visita às cascatas ainda tinha as calças encharcadas mas, como estava calor, decidi arrancar mesmo assim para ver se chegava à vila do porto onde embarcaria para Sumbawa antes de anoitecer. A estrada era espetacular, com uma parte montanhosa mas bastante rápida e com o alcatrão a seguir as diferenças de inclinação do terreno, com lombas cegas e curvas com desníveis. Um gozo.
Passava pouco das seis e meia quando cheguei ao porto e me informaram que sairia um barco dentro de meia hora. A minha ideia inicial era ficar a dormir do lado de cá para não ter que andar de noite quando chegasse à outra margem mas não quis desperdiçar a oportunidade, sabendo que no dia seguinte não só o movimento seria muito maior como poderia mesmo não haver barco à hora que me desse jeito.
Fiz assim a travessia já de noite.
Tinham-me dito para tomar especial cuidado nestas ilhas a oriente de Lombok. Aqui já não há turismo, as populações são mais pobres e há bastantes assaltos.
Por essa razão deveria evitar, a todo o custo, andar de noite.
O barco levava não mais de uns 15 passageiros, quatro ou cinco camiões e outras tantas “scooters”. Não viajavam carros. Estacionei a moto, subi para o andar superior com um livro e sentei-me a ler. Passados uns dez minutos uma simpática gorda com um enorme tabuleiro de bananas chamou-me. “Bananas, my love”?
Lembrei-me que tinha almoçado há uma e meia da tarde e provavelmente não encontraria onde jantar na outra margem de maneira que lhe comprei quatro bananas que foram o meu jantar a bordo, acompanhadas de uma água.
Alguns dos passageiros meteram conversa, estranhando um estrangeiro naquelas andanças. Perguntei-lhes se encontraria hotel junto ao porto da outra margem e disseram-me que não. Teria que fazer uma dúzia de quilómetros até à primeira vila.
Um dos homens, de aspecto duvidoso, depois de várias perguntas sobre de onde eu vinha e para onde ia disse-me: “você é rico”. Respondi-lhe que não e cortei a conversa.
Desembarcado em Sumbawa pelas nove e meia arranquei, noite cerrada, por uma estrada quase deserta mas em bom estado a caminho de Alas, a tal vila que me tinham referido. Nesta ilha há praticamente uma única estrada, que a atravessa de ocidente para oriente. As derivações são estreitas vias, muitas das vezes em terra. Mas a ilha tem mais de 400 Km de comprimento.
Chegado a Alas perguntei onde havia um hotel e indicaram-me o que parecia ser o único. Um homem veio receber-me à porta e apresentou-me o filho, que “arranhava” umas coisas de inglês. Insistiu em mostrar-me o quarto mas eu não só já imaginava o que me esperava como, sem alternativa, teria que aceitar fosse o que fosse. O lençol e as almofadas nem tinham um ar sujo mas o edredon não tinha capa, o que não me espantou. Em Mataram, capital de Lombok, tinha insistido com o rapaz do Hotel para me fornecer um lençol para colocar debaixo do cobertor, sem qualquer sucesso. Aqui nem disse nada. Ou seja, limitei-me a dizer que estava ótimo. A casa de banho era um buraco no chão com um tanque de água ao lado, que parecia de um lago estagnado, com aranhas a boiarem. Dentro do tanque a habitual tijela plástica que os muçulmanos usam para se lavarem com água retirada destes tanques. Não há duche e a única torneira corre para dentro do tanque. Lavar os dentes, por exemplo, é uma operação complicada porque evidentemente não utilizamos a água do tanque.
As paredes tinham sujidade acumulada de anos. Impensável andar ali sem ser de sandálias.

17 de dezembro de 2014

Gili Travangan

 

Saí da capital de Lombok, Mataram, pelas onze da manhã e parti para Norte junto à costa, na direção onde eles me tinham indicado que ficava este grupo de três pequenas ilhas. O passeio é lindo porque aquela zona da costa forma várias pequenas baías com praias entaladas entre o mar e o palmeiral.
Quando vi as ilhas no horizonte e um pequeno porto de mar parei para perguntar se havia quem me levasse às ilhas. Pescadores que tratavam das redes responderam que sim mas pediram-me o equivalente a 30 euros que achei um exagero. Disseram-me então que, meia dúzia de quilómetros à frente, havia barcos que transportavam mais pessoas regularmente. Parti para o porto que me indicaram onde constatei que até tinham um armazém para se guardarem as muitas motos de quem ia para as ilhas trabalhar.
Embarquei num “speed boat”, com três motores de 200 cv. e outros tantos clientes e em dez minutos estávamos a desembarcar em Gili Travangan.
“Transport, sir, transport? where are you staying”?
Pequenas carroças puxadas por um cavalo esperam pelos turistas no porto para os levar aos hotéis. Eu não tinha nada marcado e preferi alugar uma bicicleta com um porta bagagens onde coloquei a pequena mala que trazia e fui explorar a zona.
Em menos de duas horas dei a volta à ilha por um estreito caminho onde se cruzam bicicletas e carroças. Durante o trajeto vários homens me perguntaram se não queria comprar erva, uma massagem ou a própria massagista.
Pelo caminho encontrei o hotel mais atrativo dentro do meu orçamento e deixei logo lá a mala. Era composto por várias cabanas de colmo junto à praia em que uma era a recepção e bar, outra um sítio para se estar sentado em almofadas a ler ou conversar e outras os quartos, com camas grandes de docel e mosquiteiro mas pouco espaço à volta. Do outro lado da entrada na cabana uma porta dava acesso à casa de banho que era ao ar livre, forrada a bamboo, tendo a minha uma enorme palmeira no meio. O duche era uma cana de bamboo de onde a água corria para o chão da casa de banho. Muito giro. 
Na praia tinham não só camas para se estar ao sol como algumas mesas e cadeiras à sombra de árvores e uns coloridos pufos que os empregados se apressavam a retirar de cada vez que começava a chover.
Depois de dar a volta à ilha e responder várias vezes que não me queria drogar nem receber massagens fui à procura de um sítio para almoçar, já pelas três e meia da tarde.
Encontrei um restaurante isolado, junto ao mar, com uma pequena loja de roupa ao lado, que pertence a um jamaicano que ali se instalou. Tinha um ambiente giríssimo com boa música e três empregadas muito animadas e divertidas, de maneira que acabei por voltar lá para jantar nesse dia e almoçar no dia seguinte.
Nas duas ultimas refeições elas andavam numa paródia pegada, a rirem muito até que uma delas me contou que a mais velha, dos seus trinta e muitos anos, estava apaixonada por mim. Convidei-a para jantar e ficou excitadíssima mas quando, num restaurante da vila sobre o mar, à luz das velas, caí na asneira de lhe dizer que partia no dia seguinte, já não quis ficar comigo no Hotel. Era mesmo amor.
Deixei Gili Tanwangan no barco da manhã com vontade de lá voltar, como me tem acontecido em tantos sítios. Na outra margem peguei na moto e arranquei para o lado oriental da ilha de Lombok, a caminho do porto onde apanharia o barco que me levar à seguinte, Sumbawa.
Tinham-me recomendado que, antes de partir, não deixasse de visitar uma zona montanhosa da ilha de Lombok com uma beleza invulgar e umas quedas de água espetaculares de maneira que, ficando até no meu caminho, foi para aí que me dirigi.
Quando lá cheguei, depois de subir a montanha com paisagem de floresta exuberante, vi um restaurante com bom aspecto e parei para almoçar. Tinha uma vista espetacular sobre o vale, com o mar ao longe.
Pouco depois entraram duas miúdas inglesas que se sentaram na mesa ao lado da minha e, quando disseram que também vinham visitar as quedas de água, sugeri irmos juntos.
Embora vários guias nos recomendassem que o caminho para a segunda cascata, que seria a mais espetacular, era quase impossível fazer sem acompanhamento, decidimos ir só os três e foi muito divertido. Atravessámos um rio várias vezes por entre pedras e corrente, ao princípio descalços e de calças arregaçadas mas para o fim com  sapatos e calças encharcadas. Pelo meio caí dentro de água, felizmente numa altura em que tinha passado o meu iphone à Laura.
A cascata era sensacional e tomámos os três um enorme banho debaixo da queda de água.

 

ARAN FAZ BALANÇO DE 2014

 

ARAN FAZ BALANÇO DE 2014

FOX 4153_Copy

A Associação Nacional do Ramo Automóvel reuniu recentemente uma série de jornalistas da especialidade no norte de Portugal, onde teve a oportunidade de debater o ano de 2014, onde o seu Presidente Teixeira Lopes abordou alguns dos assuntos, nomeadamente o balanço, afirmando” no meu ponto de vista o ano de 2014 não é positivo, nem mesmo com os resultados alcançados. Para 2015, é lógico que espero que os resultados sejam bem diferentes, pois a Aran não está para já muito optimista, creio que apenas as vendas poderão melhorar e pouco mais”. A crise que afectou o sector em profundidade, segundo Teixeira Lopes “na minha óptica o ano de 2013 começou  a haver um ligeiro aumento de vendas de carros, o ano de 2014 foi aquilo que eu chamo de consolidação, que curiosamente é igual aos valores alcançados em 2007.Por exemplo no caso dos concessionários, dos 353 existentes em Portugal, cerca de 41 estão com problemas financeiros. Aliás até posso acrescentar que no universo total dos concessionários, 12% debatem-se com problemas financeiros de diferente índole, e 60% com prejuízos”.

Com todos estes problemas, curiosamente não houve quebra no numero de associados da Aran, mas Teixeira Lopes, fez referencia a algumas marcas no mercado, “ por aquilo que vi, e aos dados que tive acesso  tanto a Audi como a BMW conseguiram este ano duplicar as suas vendas. Já em relação aos carros importados, houve uma subida nas categorias C e D”. Mas voltando de novo ao tipo de associado da Aran, o nosso entrevistado acrescentaria “por acaso sabe que 9,4% dos nosso associados  tem mais de nove trabalhadores, enquanto 76,5% tem apenas quatro trabalhadores, o que é deveras esclarecedor do tipo de associados que dispomos.”

Fazendo uma comparação de valores de serviços efectuados pelas oficinas em 2013 e 2014, segundo o Presidente da Aran “ os valores são muito idênticos, não vai salvar empresas, o que se procura é acima de tudo estabilidade. Vendo bem as dimensões das empresas de reparação com valores de 2012, em Portugal, o numero de oficinas em relação ao parque é três vezes superior em relação aos nosso vizinhos espanhóis, e sete vezes em relação a Inglaterra. Por outro lado em Portugal tem diminuído o numero de empresas e o numero de trabalhadores, e segundo estimativas que tivemos acesso existam 6.700 legais, e cerca de 2.500 não legais, mais os biscateiros, e por isso em Portugal há cerca de 900 milhões de euros que não são facturados”. Mas com este cenário quisemos saber o que já foi feito para fazer frente a um complexo assunto desta natureza, o que Teixeira Lopes logo avançou “com os cortes nos salários dos Portugueses ,é logico que todas as contas terão de ser feitas, e por isso o automobilista português estará de olho nas reparações mais baratas, independentemente de saberem que não estão a pagar impostos. Por isso somos apologistas dum maior apoio às empresas mais fragilizadas, ou mesmo que tenham encerrado, no sentido de serem reabertas. Por outro lado preconizamos que as seguradoras não podem indemnizar directamente o lesado, seja nas reparações, seja na perda total ,e a  obrigatoriedade de inscrição nas Associações, para além da cooperação das Associações com as Autoridades entre outras”.

Uma questão que colocamos ao nosso interlocutor, foi se o ano de 2015, seria óptimo nas vendas de carros novos, o que sem pensar muito logo retorquiu “ enquanto os Portugueses não tiverem mais dinheiro, não poderá haver grandes crescimentos de vendas. Por outro lado, o que poderá ter bons aumentos de vendas será as peças, pneus seminovos, nisso acredito num bom incremento em termos de números”.

Outro assunto que abordamos, e a merecer uma certa reflexão prende-se quais as propostas para 2015, o que depois de pensar um pouco respondeu” temos de apoiar os nossos associados com visitas no terreno, tentar a sua união para a defesa de interesses comuns, pressionar o Governo para a resolução da A.R 128/2013, não descurando o combate à reparação não legal, assim como o combate à venda automóvel ilegal. Por ultimo o desenvolvimento urgente de novas áreas de negócio, como auto clássicos, pneus, etc, desenvolvendo novos protocolos”.

 

Texto e fotos de João Raposo

 

LISTA DE INSCRITOS PARA AS 6 HORAS DE BRAGA

 

6 HORAS RESISTÊNCIA DE BRAGA
17ª EDIÇÃO
20 e 21 Dezembro 2014
LISTA DE INSCRITOS

 

 

6 MULTIPROJECTUS Rui Garcia Miguel Garcia Carlos Garcia Pedro Oliveira __________ BMW 635 CSI CLÁSSICOS 2
7 OLD SCHOOL FORD Pedro Martins Luis Aguiar Gil Dias Gustavo Simões __________ FORD ESCORT RS 2000 CLÁSSICOS 2
9 MÁRIO MESQUITA Mário Mesquita 3851 Mário Costa Mesquita 4089 __________ __________ __________ DATSUN CLÁSSICOS 2
13 AUGUSTO AUTOMÓVEIS César Caldas 1681 Miguel Melo Álvaro Vieira Hugo Pereira __________ DATSUN 1200 CLÁSSICOS 1
24 TRANSPORTES FREITAS António Freitas José Freitas António Marques __________ __________ FORD ESCORT MK2 CLÁSSICOS 2
33 JPF MOTORSPORT Pedro Dias Francisco Leite José Miguel Carvalho José Agostinho Carvalho Tiago Silva ALFA ROMEO 33 PÓS-CLÁSSICOS 5
34 RP MOTORSPORT 1573 Manuel Cabral
Menezes Ricardo Pereira Pedro Couceiro Nuno Soares __________ DATSUN 260Z CLÁSSICOS 3
40 PERFECTO MODELS Ricardo Osório Pedro Silva Helder Silva __________ __________ FORD ESCORT RS 2000 CLÁSSICOS 2
47 ANDRÉ PIMENTA André Pimenta Helder Pimenta __________ __________ __________ MERCEDES 190E 2.3 16V PÓS-CLÁSSICOS 6
48 COMVAL RACING I João Duarte Tiago Ramos Nuno Magalhães __________ __________ WESTFIELD 1600 WESTFIELD 10
49 PROZIS Jorge Silva Pedro Silva NN __________ __________ WESTFIELD 1600 WESTFIELD 10
52 FXS TEAM Fernando Xavier 1309 Francisco Pinto Pinto dos Santos Jorge Cruz __________ BMW 325i CLÁSSICOS 3
58 PDAUTO LDA João Paulo Silva Daniel Marques António Marques Marco Marques Tiago Moreira VAUXHALL CHEVETTE HSR CLÁSSICOS 3


58 PDAUTO LDA João Paulo Silva Daniel Marques António Marques Marco Marques Tiago Moreira VAUXHALL CHEVETTE HSR CLÁSSICOS 3
65 PREDIAL POVEIRA Tiago Silva Martine Pereira 1580 Carlos Cerca 1705 António Areal __________ BMW E30 B6 3.5 ALPINA PÓS-CLÁSSICOS 6
66 SÉRGIO FREITAS Sérgio Freitas Miguel Rodrigues NN NN NN HONDA LOGO MODERNOS 7
68 CAPELA MORAIS Capela Morais Eugénia Capela José Ribeiro Aldina Morais Francisco Gomes SKODA FABIA MODERNOS 9
69 COMISSÁRIOS EM PISTA Paulo Silva Nuno Lima Pedro Marques Carlos Dias Sandra Fonseca BMW 325i PÓS-CLÁSSICOS 6
70 ESCUDERIA RIAS BAIXAS CP-3- GA Marco Costas Alvarez ER994 GA Celso Martinez E1024G A David Pial Alonso Ruben Silva Rey Óscar Perez SKODA FABIA RS TDI MODERNOS 9
73 COMVAL RACING II Luciano Carvalho Luis Caetano Sérgio Magalhães Jorge Ribeiros Paulo Texeira WESTFIELD 1600 WESTFIELD 10
95 RECTIFICADORA DE GUIMARÃES Miguel Matos Paulo Antunes Óscar Coelho __________ __________ PEUGEOT 106 PÓS-CLÁSSICOS 4
96 IDEIA TEAM Rui Coelho Carlos Coelho Cláudio Alves João Pinheiro __________ CITROEN AX SPORT PÓS-CLÁSSICOS 4
97 POWER HOUSE Helder Silva Hugo Rodrigues Carlos Pacheco Angel Varela __________ TOYOTA STARLET PÓS-CLÁSSICOS 4
98 AMOB RACING Vasco Barros Manuel Barros Raul Delgado Luis Delgado __________ RENAULT CLIO RS PÓS-CLÁSSICOS 5
122 CARLOS GONÇALVES Carlos Gonçalves 1477 Diogo Gonçalves 1478 Pedro Monteiro 1479 __________ __________ FIAT UNO PÓS-CLÁSSICOS 4
200 FEUP 2 António Beça Jorge Ribeiro Rogério Gonzalez Tiago Ramos __________ FIAT PUNTO 85 DESAFIO ÚNICO FEUP2
203 AMOB RACING II Hélder Moura Gustavo Moura Pedro Salvador __________ __________ FIAT PUNTO 85 DESAFIO ÚNICO FEUP2
208 NUNO POMBO Nuno Pombo Pedro Matias Guilherme Lima __________ __________ FIAT PUNTO 85 DESAFIO ÚNICO FEUP2
211 ANDRÉ MARTINS André Martins José Monteiro André Barbosa Joaquim Soares José Artur Teixeira FIAT PUNTO 85 DESAFIO ÚNICO FEUP2
217 AUTO PARAÍSO DA FOZ Luís Carneiro Tiago Ribeiro José Cidrais Luis Martins Daniel Azevedo FIAT PUNTO 85 DESAFIO ÚNICO FEUP2
586 LUIS COSTA 1134 Luis Costa 1194 Paulo Conceição 3195 Paulo Teixeira __________ __________ DATSUN 1200 CLÁSSICOS 1

 

VOLVO OCEAN RACE

 

Por Rio-2016, comandante de barco espanhol não disputará etapa da Volvo Ocean Race


O velejador olímpico Iker Martínez será substituído no comando do MAPFRE na terceira etapa da Volvo Ocean Race, entre os Emirados Árabes Unidos e a China. O motivo é mais do que especial: o atleta quer manter as chances de disputar os Jogos Olímpicos de 2016 do Rio de Janeiro na classe Nacra 17. O espanhol Rafa Trujillo entra no lugar dele. "Tenho confiança na minha equipe e tenho certeza de que a união dos velejadores fará a diferença. Todos passaram pela maioria das funções nas etapas anteriores e acredito que nós vamos continuar em evolução", disse Iker Martinez.

O MAPFRE segue na quinta colocação da Volvo Ocean Race após um sétimo e um quarto lugares nas etapas iniciais. Na ausência temporária de Iker Martínez, que promete voltar depois das seletivas, Xabi Fernández será o comandante do barco, que também tem o brasileiro André 'Bochecha' Fonseca como integrante. “Ser o comandandante exige mais responsabilidade. Não dá para comparar com as etapas anteriores, pois o Iker estava. Porém, temos um grupo preparado", disse Xabi Fernández.

Rafa Trujillo é medalhista olímpico de Finn e treinou os brasileiros Bruno Prada e o campeão mundial de 2013, Jorge Zarif.

Os velejadores receberam uma folga de natal e voltaram aos seus países antes da regata local de Abu Dhabi, marcada para 2 de janeiro de 2015.

 

DUNLOP VAI SER O PNEU OFICIAL

 

DUNLOP VAI SER O PNEU OFICIAL DE MOTO2™ NO FIM CEV REPSOL 2015

 

  • Os pilotos vão dispor as mesmas especificações utilizadas no Campeonato do Mundo de Motociclismo da FIM na categoria de Moto2™

 

 

A Dunlop fornecedor oficial de pneus das categorias de Moto2™ e Moto3™ do Campeonato do Mundo de Motociclismo da FIM, será pela primeira vez o pneu oficial da categoria de Moto2 no FIM CEV Repsol 2015.

 

Este campeonato terá no seu calendário 11 provas que vão ser disputadas em 7 eventos. Os pilotos da categoria Moto2™ vão poder utilizar os pneus Dunlop com as mesmas especificações usadas atualmente no Campeonato do Mundo de Motociclismo da FIM.

 

Desta forma, os pilotos do FIM CEV Repsol 2015 vão contar com o mesmo material que os pilotos do Campeonato do Mundo, o que implica uma vantagem importante no caso de darem o salto para o mundial ou participar em alguma prova como pilotos convidados, já que vão conhecer perfeitamente o rendimento e comportamento destes pneus.

 

A Dunlop coloca assim ao serviço do FIM CEV Repsol 2015 toda a experiência adquirida como fornecedor oficial de Moto2™ no Campeonato do Mundo da FIM a desde 2010 e vai continuar a ser paralelamente fornecedor único de pneus na categoria de Moto3™.

Nas palavras de Hugues Després, diretor de marketing da Dunlop Ibéria: “Estamos muito satisfeitos por ser o fornecedor de pneus do FIM CEV Repsol também na categoria de Moto2™. Desta forma reforçamos o nosso compromisso com o motociclismo, não só a nível internacional, mas também a nível nacional, oferecendo aos pilotos os pneus com o melhor rendimento para a temporada de 2015”.

 

Sobre a Dunlop

A Dunlop é um dos principais fabricantes mundiais de pneus de altas e muito altas prestações, com um impressionante historial de êxitos em desportos motorizados. A Dunlop é o parceiro técnico da Suzuki Endurance, Honda TT Legends, Kawasaki e Honda e o único fornecedor de pneus para a Moto2 e Moto3.

A vasta experiencia da Dunlop em corridas deu lugar a tecnologias inovadoras aplicadas a pneus desenhados para a condução diária. 2013 foi o 125º aniversário da Dunlop e a introdução do nosso fundador de pneus.

Os pneus Dunlop estavam na mota que ganhou o primeiro campeonato de 500cc em 1949 e dominou as competições durante as décadas seguintes. Em 1991 uma mota de Superbikes com pneus Dunlop ganhou o primeiro de três campeonatos consecutivos do Mundo e em 2008 Marco Simoncelli escolheu pneus Dunlop, fazendo a vitória número 200 da Dunlop num Grande Prémio na categoria 250cc, numa fase em que a Dunlop conseguiu 17 Campeonatos do Mundo.

Em 2010 a Dunlop tornou-se no único fornecedor oficial de Moto2 e em 2012 também de Moto3. As corridas de resistência têm sido dominadas pelos pilotos e equipas Dunlop, com nove títulos mundiais dos 11 disputados desde 2002. Os pneus para corrida da Dunlop são o equipamento original de muitas marcas líderes do mundo das duas rodas como Honda, Kawasaki, KTM e Suzuki.

Para mais informações sobre a Dunlop e os seus produtos, visite www.dunlop-tires.com ou as nossas contas de Twitter e Facebook.

 439319 Copy441666 Copy

 

PORTUGAL GT TOUR 2015

 

Portugal GT Tour 2015

Uma forma desportiva diferente para usar o seu GT em Turismo de qualidade

O NDML vai realizar entre o dia 29 de Abril a 3 de Maio de 2015, a primeira edição do “Portugal GT Tour”, uma prova de topo vocacionada para o turismo de qualidade harmonizado com a componente desportiva, exclusiva para veículos de cariz GT, com 2 ou 2 + 2 lugares.

Pela qualidade do evento as inscrições estão limitadas a 50 concorrentes, salientando o especial cuidado que dedicamos à gastronomia e alojamentos de referência em unidades de 4/5 estrelas e pousadas.

Com início no Autódromo do Algarve percorrendo estradas míticas e paisagens sem igual, tem o seu términos na Pousada de Santa Luzia em Viana do Castelo. Além da utilização do Autódromo do Algarve, disputar-se-ão diversas Rampas nomeadamente, Portalegre, Serra da Estrela, Manteigas, Tua, Murça, Santa Luzia, algumas delas duas vezes e ainda um Slalom no Casino de Chaves todas realizadas em percursos fechados ao transito.

Serão disputadas no mínimo 2 provas por dia ( de manhã e à tarde ), num misto de regularidade e performance ao estilo do NDML.

O veículos aceites não poderão ter instalados aparelhos extras de medição de distancia e/ou tempo, permitindo-se somente os instrumentos de origem. Um relógio ou um cronómetro de mão serão suficientes, possibilitando que o navegador seja alguém sem qualquer experiência.

As horas de chegada às unidades hoteleiras estão sempre previstas para, descansar, utilizar um SPA, ou até para uma socialização em torno dum bom aperitivo antes do jantar.

No valor da inscrição estão incluídos os alojamentos das noites de 29 a 3 de Maio, assim como todas as refeições para os dois elementos da equipa.

As inscrições a valor reduzido estão abertas até 31 de Janeiro, fechando em definitivo em 31 de Março. Esclarecimentos através do e-mail  Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar " target="_blank"> Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar directamente no Kartódromo de Leiria ou pelo telefone 244 814 214.

 

FROTA DA GNR COM PASSAT

 

A frota da GNR acaba de ser apetrechada com 100 unidades do Volkswagen Passat TDI 140 cv, fornecidas pela SIVA, importador para Portugal das marcas Volkswagen, Audi, Bentley, Lamborghini, Škoda e Volkswagen Veículos Comerciais.

A entrega, no passado dia 10, decorreu na sequência de um concurso público para o reforço da frota de patrulhamento da Guarda Nacional Republicana. Com este lote de 100 viaturas, as marcas da SIVA totalizam já mais de 1000 unidades ao serviço da GNR, fazendo da empresa o maior fornecedor daquela força policial.foto1 Copyfoto2 Copyfoto3 Copy

 

RANGE ROVER SPORT SVR

 

RANGE ROVER SPORT SVR, TESTADO ATÉ AO LIMITE

EM VÍDEO ESPETACULAR

 

Range Rover_Sport_SVR_Dynamic_Development_Film_Copy 

 

•    Uma nova curta metragem de 90 segundos mostra a capacidade de resposta do novo Range Rover Sport SVR.

 

A Land Rover revelou imagens sensacionais do Range Rover Sport SVR durante algumas provas que testaram  até ao limite a sua capacidade de resposta. Neste vídeo espetacular, Mike Cross, Chief Engineer Vehicle Integrity da Jaguar Land Rover, faz uma demonstração da precisão, equilíbrio e comportamento dinâmico excecional do Range Rover mais potente da história.

Mike Cross explica como o avançado sistema de transmissão e a tração do Range Rover Sport SVR oferecem características de condução excecionais, durante o circuto britânico de Rockingham.

O sensacional Range Rover Sport SVR foi desenvolvido pelo departamento “Special Vehicle Operations” da Jaguar Land Rover e oferece uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em 4,7 segundos. O seu motor 5.0 V8 supercharged de 550 CV e binário de 680 Nm.

Como se pode ver no vídeo, o Range Rover Sport SVR tem um rendimento e controlo excepcionais, inclusivamente quando todas as ajudas eletrónicas desligadas.

O novo vídeo do Range Rover SVR pode ser visualizado em https://www.youtube.com/watch?v=7BV1OO_srcQ

Informações e imagens sobre a Land Rover em www.media.landrover.com

Mais vídeos em alta resolução em www.broadcast.jaguarlandrover.com

 

TECH CORNER

Com a chegada do inverno, portal Tech Corner da TRW dá destaque ao EPB

O EPB foi inventado pela TRW para melhorar o desempenho dos travões e a conveniência do condutor.

O centro de informação técnica online da TRW Automotive Aftermarket - "Tech Corner", cujo acesso é feito através de www.trwaftermarket.com, está a concentrar-se no seu sistema pioneiro, o Travão Elétrico de Estacionamento (EPB), dado que o clima frio, húmido e gelado de inverno está a chegar.

Lançado oficialmente na Automechanika Frankfurt, em Setembro deste ano, o "Tech Corner " é fácil de utilizar, atualizado regularmente e está repleto de guias práticos, pequenos vídeos de demonstração e tutoriais, para apoiar os instaladores durante a reparação e substituição de componentes TRW.

O EPB foi inventado pela TRW para melhorar o desempenho dos travões e a conveniência do condutor. Já é utilizado em mais de 30 milhões de automóveis por todo o mundo, incluindo os modelos seguintes: Renault Scenic, Volkswagen Passat e Audi A6. Com as estatísticas a sugerirem que o sistema estará instalado em quase um em cada três veículos em 2015, há uma necessidade cada vez maior de fornecer aos instaladores o know-how para reparar e substituir as pinças do EPB, quando os automóveis entrarem nas suas oficinas para assistência.

O responsável de marketing para a área digital e de oficinas da TRW, Alexander Knorn, referiu: “Desde a sua introdução em 2001, o sistema EPB tem crescido em popularidade; o que se deve, não só mas também, ao fato de se ter tornado mais acessível, podendo assim ser utilizado num maior número de plataformas. Esta é uma época empolgante para nós, porque os veículos vão precisar de componentes de substituição e os instaladores necessitarão de ter o conhecimento para montá-los. A solução "Tech Corner" completa a nossa oferta de serviços para os instaladores.”

O portal "Tech Corner" permite aos utilizadores acesso gratuito ilimitado e pode ser utilizado em várias plataformas, incluindo computadores, smartphones e tablets.



EPB_Caliper
 

TRELLEBORG DEALER LOCATOR

Trelleborg Dealer Locator agora disponível para Smartphone com mais de 5.000 novos distribuidores

5.000 distribuidores de pneus agrícolas e maquinarias foram adicionadas à aplicação Trelleborg Dealer Locator que foi otimizada para uso em Smartphones iOS e Android.

A app Trelleborg Dealer Locator, disponível em cinco idiomas para uso em Smartphones iOS e Android, identifica o distribuidor de pneus Trelleborg mais próximo do local selecionado. A app adaptada para a tecnologia do Google Maps, inclui visualização híbrida, mapa e satélite. A aplicação exibe de uma forma fácil e intuitiva o caminho mais curto para chegar a um distribuidor, mostrando todas as informações de contato, incluindo endereço, número de telefone, e-mail e site. O Dealer Locator dispõe também de uma previsão meteorológica em tempo real para os profissionais da agricultura, incluindo a temperatura, potencial evapotranspiração, humidade relativa e probabilidade de precipitação.

Roberto Angelucci, Diretor de Marketing Digital da Trelleborg Wheel Systems, disse: "A Trelleborg conta com uma rede de serviços em todo o mundo e em constante crescimento para os seus pneus agrícolas. Queremos que os profissionais da agricultura saibam onde encontrar as nossas melhores soluções e um serviço profissional para realizar as suas operações de forma mais produtiva e eficiente.”



Dealer-Locator
 

AXALTA DIVULGA RELATÓRIO GLOBAL

Axalta divulga o relatório global de popularidade de cor de 2014 e as futuras tendências

Durante 62 Anos o Relatório Anual Mais Abrangente da Indústria Automóvel.

A Axalta Coating Systems, um dos principais fornecedores globais de tintas líquidas e em pó, e uma autoridade no que respeita à cor no sector automóvel e à informação de tendências de cor, anuncia o seu Relatório de Popularidade de Cor Automóvel de 2014. O relatório, que tem acompanhado anualmente as preferências regionais de cor no sector automóvel desde 1953, é o mais abrangente da indústria. O relatório deste ano fornece uma introdução ao Color Matrix, a previsão da Axalta sobre cor automóvel para o seu uso na produção futura de veículos.

“Os dados constantes no nosso Relatório de Popularidade de Cor não nos permite apenas verificar as cores preferidas dos consumidores mas, e mais importante, permite prever futuras tendências. Todos os anos, os designers que trabalham nos nossos clientes OEM, dependem da nossa previsão avançada para tomar decisões críticas no que se refere a escolhas de cor para a sua linha de veículos, com uma antecedência de dois a quatro anos,” afirmou David Fischer, Vice Presidente de Marketing para o negócio OEM de veículos ligeiros da Axalta.

A previsão deste ano, que analisa as tendências para os próximos anos, inclui uma ampla variedade de tipos de cor que influenciará o mercado automóvel global. As próximas tendências revelam quatro grupos de cor: tons claros, cores brilhantes, versões suaves e tons escuros. A matriz de cores é apresentada numa variedade de cores metálizadas finas ou grossas, sólidas, tricamada e perladas. As tecnologias avançadas de cor das equipas globais de pesquisa e desenvolvimento da Axalta adicionam uma maior amplitude de combinações de estilos de cor.

“Os nossos especialistas globais de cor elaboram a próxima geração de cores para os acabamentos, uma vez que aspiramos, contínuamente, poder atender as necessidades de um mercado em constante mudança,” disse Nancy Lockhart, Color Marketing Manager da Axalta. “Na Axalta, estamos comprometidos numa relação de parceria com os nossos clientes a fim de fornecer os melhores produtos, combinando a nossa perspectiva sobre tendências futuras com o conhecimento dos fabricantes sobre os seus clientes e os mercados. O resultado que, de forma continuada, procuramos obter é uma paleta de cores em constante evolução para os designers automotivos.”

Destaques do Relatório de Popularidade de Cor de 2014

Os dados sobre cor a nível global indicam que o branco, com 29 pontos percentuais, continua a ser, pelo quarto ano consecutivo, a cor mais popular em veículos, enquanto que as cores vermelho, azul e amarelo estão a dar sinais de retoma com um aumento de um por cento cada um. O preto, com 19 pontos percentuais, continua forte no mercado em geral, mas desceu um por cento desde o ano passado.

América do Norte
· O branco encontra-se no topo dos gráficos com 25 pontos percentuais
· O vermelho, mais popular na América do Norte do que em outras regiões, subiu três por cento em popularidade
· O branco, prateado e preto desceram um por cento este ano
· Os perlados são as cores mais populares nos Estados Unidos
· O branco sólido é a cor preferida no México

América do Sul
· Uma forte preferência pelo branco, com 27 por cento dos veículos e o prateado, com 25 por cento, indica que as cores claras são as mais populares.
· O preto encontra-se em terceira posição, com 12 por cento de popularidade
· O vermelho aumentou este ano um por cento de popularidade, com um total de 11 por cento, indicando um aumento na preferência por cores vivas.

Europa
· A Europa dispõe do maior número de veículos azuis em circulação, com maior interesse nos tons médios e claros

· A maior incidência do azul verifica-se nas categorias de veículos compactos/desportivos e em monovolumes intermédios (MPV)

· O prateado continua a decrescer este ano

· A mega tendência do branco diminuiu em dois pontos percentuais
· O verde não está a captar a atenção dos compradores de veículos e permanece com apenas um por cento de popularidade

Ásia
· Existe uma forte preferência pelo branco, com 30 pontos percentuais, com maior incidência na Coreia do Sul, com 34 por cento de popularidade
· O preto caiu ligeiramente, mas detém a segunda posição, com 19 por cento
· O preto é a cor mais popular na China para veículos de luxo, com 24 pontos percentuais
· O azul é mais popular no Japão do que em qualquer outro país da Ásia

Esta informação da Axalta, abrangente e em constante evolução, sobre as tendências de cor permite que as suas três marcas globais de repintura – Cromax®, Spies Hecker e Standox – forneçam às suas oficinas um acesso extremamente rápido às fórmulas de cor para a repintura automóvel. Com uma ligação tão perfeita entre as OEM da Axalta e os negócios da repintura, as oficinas podem oferecer uma repintura com as cores e tendências OEM mais recentes.

Adrien Schrobiltgen, Vice Presidente de Axalta para Refinish Systems en Europe, Middle East e Africa Fischer afirma, “As nossas três marcas de repintura podem realmente beneficiar dos nossos dados sobre tendências OEM de cor. Por sua vez, os nossos clientes de repintura e utilizadores finais, assim como os proprietários dos veículos, podem tirar partido das nossas equipas de pesquisa e desenvolvimento, que nos ajudam a introduzir no mercado as novas fórmulas de cor de forma tão célere. E porque não nos focamos apenas no presente, mas também procuramos novas tendências para o futuro, destacamos o compromisso da Axalta de inovar com uma finalidade.”



Cores
 

AMORTECEDORES DESGASTADOS

Amortecedores desgastados são motivo de preocupação adicional em dias de chuva

Para muitos consumidores, a chegada do inverno traz uma maior consciencialização dos perigos das estradas cobertas de água, neve e/ou gelo.

Muitos podem não perceber que outro perigo potencial – um ou mais amortecedores desgastados - pode estar escondido debaixo do seu veículo.

Os amortecedores desempenham um papel vital em ajudar a manter o contacto firme entre os pneus de um veículo com a superfície da estrada, sob uma ampla gama de situações, incluindo as condições de condução invernais potencialmente perigosas, registadas na Europa. Quando os amortecedores estão degradados, não conseguem evitar que as rodas saltitem, causando uma perda óbvia de tracção dos pneus, pondo em risco todos os ocupantes do veículo.

"Muitos proprietários de veículos têm o cuidado de verificar os pneus da sua viatura antes do inverno, para terem a certeza que eles têm a profundidade do piso adequado para uma aderência firme à estrada. Mas, se o pneu em bom estado não estiver sempre em contacto com a estrada, este não pode fazer o seu trabalho, o que pode vir a afectar gravemente o desempenho na travagem e no controlo total do veículo", disse Eric Van Schuerbeeck, Gestor de Produtos de Controlo de Condução no Aftermarket Europa, da Tenneco, fabricante dos famosos amortecedores e componentes de suspensão Monroe®.

Além de ajudar a parar o veículo mais cedo, os amortecedores interagem com outros componentes debaixo do carro para proporcionar elevada segurança, desempenho na condução e estabilidade. Os amortecedores controlam a transferência do peso do veículo de lado para lado nas curvas, de trás para a frente sob travagens bruscas, ou de frente para trás nas acelerações.

Transferências de peso excessivo - particularmente nas curvas – podem aumentar a taxa de adorno do veículo e potencialmente levar a um acidente grave.

Como a maioria dos componentes de direcção e suspensão se vão desgastando progressivamente, dependendo do tipo de condução, da carga do veículo, do estado da estrada, entre outros factores. E como este desgaste pode ocorrer gradualmente ao longo do tempo, muitas vezes é difícil identifica-lo, por isso a Monroe® recomenda que os amortecedores devem ser inspeccionados por um técnico cada 20.000 Km, e substituídos por um profissional, a cada 80.000 km, à semelhança de outros componentes, como os pneus ou os travões, que necessitam de revisão e substituição periodicamente.

"Os amortecedores são componentes de segurança que adicionalmente ajudam a proporcionar uma viagem mais confortável e controlada", disse Pedro Santos, Country Manager da Tenneco para Portugal. "Ajudar a manter os condutores em segurança é o papel mais importante dos amortecedores da Monroe®, e é fundamental para os proprietários de veículos e seus fornecedores de serviços, substituir as unidades desgastadas antes de conduzir sob condições arriscadas neste inverno."

Para saber mais sobre produtos e programas Monroe®, por favor, contacte o seu distribuidor, a Tenneco, ou visite www.monroe.com.



MONROE
 

SUGESTÃO DO DIA

 

fotografia 3_Copy

Hoje 19 e Sábado 20 Dezembro, Fatucha Leite apresenta dois concertos no TRIBECA, Fatucha Overacting dois concertos diferentes, venha visitar-nos este fim de semana, e desfrute de uma noite agradável.

Jantar e Concerto 29 euros por pessoa, ou assista só ao concerto 10 euros consumíveis, aproveite este fim de semana!  

-- 

TRIBECA Jazz Club & Restaurante

Rua 31 de Janeiro 147

4000-543 Porto

Reservas 914922099

www.tribecajazzclub.com

 

CAMPEONATO BRASILEIRO DE TURISMO

J.Star Racing confirma Gustavo Myasava e Edson Coelho Jr para 2015 no Brasileiro de Turismo


O autódromo de Goiânia, em Goiás, recebe no dia 22 de março a etapa de abertura da temporada

Se depender do time de jovens pilotos formado pela J. Star Racing, a temporada 2015 do Campeonato Brasileiro de Turismo tem tudo para ser um grande sucesso. A equipe, conta com uma dupla, com resultados excelentes no Brasil e no exterior, e tem a presença confirmada de Gustavo Myasava e Edson Coelho Junior, que terão a disposição os bólidos que levarão os números #69 e #99 para disputa.

Em jantar na última quarta-feira (10), na Associação dos Auditores Fiscais de Cascavel, no Oeste Paranaense, em jantar à imprensa, familiares e amigos, foi anunciado que o piloto Gustavo Myasava renovou contrato com a Equipe J.Star Racing na terceira temporada do Brasileiro de Turismo. Já com o Edson Coelho Jr. a contratação foi oficializada nesta terça-feira (16). Os dois fizeram suas estreias na categoria de acesso à Stock Car em 2014 e afirmam que buscarão o título da categoria na próxima temporada.

Além das quatro últimas etapas do Brasileiro de Turismo pela J. Star neste ano, Gustavo disputou a USF 2000 nos Estados. Ele explica que a decisão de competir no Brasil em 2015 foi pela boa adaptação à categoria e também para se dedicar mais aos estudos. Gustavo Myasava fez a opção pelo automobilismo brasileiro para 2015 e também confirmou a defenderá as cores da Drugovich e Noma.

"Competindo no exterior, teria que deixar os estudos de lado. Foi uma decisão difícil abrir mão do sonho de um dia chegar à Fórmula 1 ou a Fórmula Indy, mas pesou mais a razão do que a emoção. Ficando no Brasil, vou dar prioridade aos estudos sem deixar de competir. O Brasileiro de Turismo é uma categoria competitiva e também muito técnica. Vou me dedicar ao máximo e já poderei colocar em prática alguns aprendizados acadêmicos", conta o cascavelense Gustavo Myasava, de 18 anos, que está cursando Engenharia Mecânica na FAG, em Cascavel.

"Em 2014 estreei, em uma equipe também estreante, e tivemos uma ótima adaptação ao carro. Logo no primeiro fim de semana subi ao pódio nas duas provas. No total, foram seis pódios em 12 corridas. Além disso, tive a felicidade de liderar o campeonato até a metade da temporada", destaca Edson Coelho Jr, que nasceu em João Monlevade e agora mora na capital mineira, Belo Horizonte, onde cursa Ciências da Computação na UFMG.

Para Edson, 20 anos, a expectativa é de uma temporada muito positiva. "Agora mais adaptado ao carro, quero conquistar o título do Campeonato Brasileiro de Turismo e sinto esse mesmo desejo por parte da J.Star. Tenho certeza que a nova parceria trará bons frutos, nos empenharemos muito na busca por esse objetivo comum", ressalta Edson que terá o patrocínio de Neide Buffet, EMC Sistemas.

A terceira temporada do Campeonato Brasileiro de Turismo com calendário composto por oito etapas terá sua primeira etapa disputada em março, no final de semana do dia 22, no Autódromo Internacional de Goiânia, em Goiás. No entanto, a Equipe J.Star Racing e seus jovens pilotos, Myasava e Coelho terão um primeiro contato em pista para realizar os testes e ajustes nos veículos de competição nos dias 07 e 08 de fevereiro, no Autódromo Internacional de Curitiba.

"Estou aproveitando o intervalo das corridas para descansar, passar um tempo mais próximo da família, mas não deixei de lado a preparação para a temporada. Continuo com uma rotina intensa de atividades físicas, a fim de manter o preparo. Além disso, venho fazendo treinos em simulador", enfatiza Edson Jr, que a princípio, se dedicará apenas ao Brasileiro de Turismo. "Há a possibilidade de participar em outras categorias como coach, instruindo outros pilotos, o que já venho fazendo a algum tempo com excelentes resultados", conclui.

A equipe J.Star Racing conta com patrocínio da IPQ Instituto de Psiquiatria, PPG, IbPré, DMP Sistemas, MADIS, Yuny, Unitalo - Centro Universitário Ítalo Brasileiro, Constructiva Engenharia, Malas Cruzeiro, TELEMABI Contac Center, Atua Construtora, Colonial Rodas e Benfica.

Calendário Copa Petrobras de Marcas 2015:

07 e 08 /02 - Curitiba/PR (treino extra)
22/03 - Goiânia/GO
26/04 - Brasília/DF
31/05 - Curitiba/PR
02/08 - Salvador/BA/Velopark/RS
16/08 - Goiânia/GO
13/09 - Brasília/DF
18/10 - Curitiba/PR
06/12 - Interlagos/SP

Mais informações:
Blog:
jstarracing.wordpress.com
Facebook: JStarRacing
Twitter: @JStarRacing


Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Carro número # 69 do piloto Gustavo Myasava
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Gustavo Myasava
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Calendário 2015 começa em fevereiro com treino extra
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Edson Coelho Jr. fará temporada completa em 2015 com a J.Star Racing
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Edson Jr. iniciou em provas de Turismo em 2012
Alta | Web

Divulgação
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Gustavo Myasava ladeado por Celso Jordão e Murillo Macedo
Alta | Web

 

TEAM VESTAS NA VOLVO OCEAN RACE

 

Time dinamarquês tentará recuperar o barco encalhado no Índico


O futuro do Team Vestas Wind ainda está indefinido, mas o objetivo de todos os envolvidos é colocar o barco novamente na disputa da Volvo Ocean Race 2014-15. O primeiro passo será o mais difícil: tirar o veleiro que está preso em Cargados Carajos Shoals (St Brandon), uma ilha do Oceano Índico. O comandante da equipe, Chris Nicholson, voltou para o local do incidente para supervisionar a operação de retirada do barco. Talvez seja o momento mais complicado da história e nada como o líder para ajudar nesse processo.

Chris Nicholson voou na noite de quarta-feira (17) para as Ilhas Maurício e se juntará o Neil Cox, que está conduzindo o processo. Cox é um dos homens mais experientes nesse segmento. "A nossa meta, que daria uma medalha de ouro se tivesse em disputa, é fazer com que o barco flutue novamente e saia de onde está espetado. Precisamos passar por uma pequena lagoa e chegar a uma área segura", disse Neil Cox. "Primeiro vamos evitar que o barco se desintegre. Depois ter chance de rebocar de volta para Maurício ou para um rebocador da Maersk Line".

O Team Vestas Wind encalhou no dia 29 de novembro, andando a 19 nós (35 km/h) e forçou Nicholson e os outros oito tripulantes a abandonar o barco. Todos saíram ilesos.

A equipe de resgate montará base em um navio, já que não há nenhuma maneira de ficar na ilha. Barcos de pesca locais foram fretados para atravessar todos os dias a 'lagoa' existente na ilhota. "Esta regata me colocou em situações bastante inusitadas como atleta, mas agora digo que isso é único, jamais visto. Precisamos saber como está o barco, se está podendo suportar. Nós vamos tentar levar todas as partes conosco para tentar reciclar ou fazer um novo", contou Neil Cox, que já correu outras edições da Volvo Ocean Race.

Os outros seis barcos e suas equipes estão descansando esperando o início da terceira etapa, que larga no início de janeiro de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, para a Sanya, na China.ExLarge vestasWind_0012_Copym31590 crop2_360x202_14177142570640_CopyVestas-on-reef-take2 0_CopyVestas-on-reef-take2 0_Copy

 

RALI DO CASTELO BRANCO O MELHOR EM 2014

RALI DE CASTELO BRANCO

O MELHOR RALI EM 2014

 

 

O Rali Castelo Branco 2014 foi considerado pela FPAK ( Federação Portuguesa Automobilismo e Karting),segundo alguns critérios de eleição; segurança, logística e organização o MELHOR RALI DO CAMPEONATO NACIONAL!



Parabéns Escuderia Castelo Branco!
10599189 961424913884468_8840321356576464096_n_CopyTaa Copy

 

PORSCHE 918 SPYDER ESTEVE NO ESTORIL

PORSCHE 918 SPYDER ESTEVE NO ESTORIL

 

Um Porsche 918 Spyder com as cores da Martini & Rossi esteve no autódromo do  Estoril, para uma acção, na qualp9181 Copyp9182 Copyp9183 Copy apresentamos hoje imagens deste bólide.

 

FROTA DA VOLVO OCEAN RACE EM DESCANSO

FROTA DA VOLVO OCENA RACE EM DESCANSO

 

Com toda a frota participante em Abu Dhabi, grande parte das equipas têm os seus barcos fora de água, para que as equipas de manutenção possam fazer as reparações necessárias depois de mais de 5.ooo milhas em pleno Oceano Indico.volvo1 Copyvolvo2 Copyvolvo3 Copyvolvo4 Copyvolvo5 Copy

 

CEE QUER RESTRIÇÕES À PUBLICIDADE DE BEBIDAS ALCOOLICAS

COMUNIDADE EUROPEIA QUER RESTRIÇÕES À PUBLICIDADE DE BEBIDAS ALCOOLICAS

 

A União Europeia está a preparar legislação para proibir que bebidas alcollicas sejam publicitadas na Europa.Assim a Fórmula 1, será com certeza uma das mais afectadas, isso depois de há uns anos a esta parte ter perdido a publicidade ao tabaco.Com esta nova medida, a Fórmula 1 poderá abandonar o Velho Continente, pois não será demais recordar que algumas empresas produtoras de bebidas alcoolicas, utilizam a F 1 e outras categorias para publicitar os seus produtos, e com esta medida, todos estes planos poderão ficar congelados.

 

Por exemplo a Johnnie Walker, conhecida marca de escosesa de wisky, tem patrocionado a Mclaren, na Sauber surge uma marca de tequilla, a José Cuervo, não esquecendo a Martini e Rossi que surgui nos flancos dos Williams Mercedes ao longo desta época.Depois temos a Smirnoff, conhecida marca de vodca, que surgui nos carros da Force Indias.

 

SE na realidade a CEE, banir o uso de publicidade a bebidas alccolicas, de certeza que a F 1, muda de continente, e basta ver que nesta fase 60% das provas já são disputadas fora da Europa,. o que vem atestar a solução das marcas construtoras para este impedimento.12518550763 aa361273f5_o_Copy

 

VOLVO E ALFA ROMEO PODEM IR PARA O WTCC EM 2016

VOLVO E ALFA ROMEO PODEM IR PARA O WTCC EM 2015

 

Nos meios internacionais, cada vez mais se fala insistentemente que em 2016, a Alfa RomeoVOLVOBTCC Copy e a Volvo poderão vir a participar no WTCC, coms dois carros para cada uma das equipas.

 

PILOTO CHINÊS CONTINUA NA CITROEN

PILOTO CHINÊRS CONTINUA NA CITROEN

 

O piloto chinês Ma Qing Hua, que na época que passou foi um dos pilotos oficias na equipa da Citoren no WTCC, p0ara 2015, irá continuar na mesma com a marca francesa, mas irá passar para a equipa de Sebastien Loeb, que para além deste piloto, tem já ao seu serviço o piloto marroquino Bennani, que trocou o Honda Civic WTCC pelo Elys´´e.AU1192294 Copy

 

MOHR VENCE CAPACETE DE OURO - BRASIL

Cristian Mohr vence o Capacete de Ouro


Depois de uma boa campanha nas pistas e com o título da Mercedes-Benz Challenge na categoria C250 Cup, o piloto da Rsports Racing vence a 18ª edição do Capacete de Ouro

A edição de 2014 do prêmio Capacete de Ouro reuniu na última quarta-feira (17) no Teatro Cetip (Instituto Tomie Ohtake), em São Paulo (SP), centenas de pilotos, dirigentes, promotores e patrocinadores do automobilismo brasileiro. A entrega do prêmio é promovida todos os anos pela Revista Racing, da editora Motorpress Brasil, que submete à votação de um colegiado formado por jornalistas especializados os três pilotos de melhor pontuação em cada categoria.

Na categoria Mercedes-Benz Challenge, o Capacete de Ouro foi conquistado por Cristian Mohr. Piloto da equipe Rsports Racing, ele obteve em 2014 seu primeiro título na competição pela categoria C250 Cup. Classificado à final do prêmio oferecido pela Racing, o catarinense da cidade de Blumenau foi escolhido por maioria dos jornalistas, vencendo a eleição em que também foram finalistas os pilotos Luís Sena Júnior e a dupla Marcos Paioli/Peter Gottschalk.

Por seu desempenho nas corridas desse ano, foi eleito aqui no Brasil, o melhor piloto da Mercedes-Benz Challenge de 2014 e levou o troféu Capacete de Ouro em uma cerimônia que reuniu pilotos, jornalistas e empresários no Teatro Cetip (Instituto Tomie Ohtake), em São Paulo. Essa foi a primeira vez que o piloto recebe o prêmio máximo do automobilismo nacional.

"Fico muito orgulhoso de ganhar esse troféu. O Capacete é um prêmio sério, onde gente muito competente e que entende do assunto, elege o melhor piloto não apenas por seu desempenho em um final de semana mas em uma temporada toda. Fico muito feliz que o Capacete tenha tomado grandes proporções e hoje esteja completando dezoito anos", festejou Cristian.

Mohr enumerou as pessoas e organizações com que faz questão de compartilhar as conquistas de 2014. "Tivemos um suporte fantástico da RSports Racing, a experiência dos conselhos do chefe de equipe Leandro Romera e do meu pai, também pelo apoio da minha esposa. Há toda uma equipe em que cada um faz, e muito bem, sua parte", afirmou o piloto.

A equipe Rsports Racing conta com patrocínio da Fiolux, Serwal, Copimaq e Grupo Max Mohr.

Resultado FINAL 2014, vencedores:

Categoria TOP

Felipe Massa

Categoria INTERNACIONAL TOP
Felipe Nasr

Categoria INTERNACIONAL
Pietro Fittipaldi

Categoria STOCK CAR
Rubens Barrichello

Categoria NACIONAL
Ricardo Maurício

Categoria FORMULA 3
Pedro Piquet

Categoria Mercedes-Benz CLA 45 AMG
Rodrigo Hanashiro

Categoria Mercedes-Benz C250
Christian Mohr

Categoria RALI
Ulysses Bertholdo/Marcelo Dalmut

Categoria OFF ROAD
Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin

Categoria KART
Renato Russo

Categoria REVELAÇÃO
Caio Collet

Capacete de Ouro
Data: 17 de dezembro de 2014
Local: Teatro Cetip (Instituto Tomie Ohtake)
Rua Coropés, 88 - Pinheiros, São Paulo - SP
Horário: 20h
Mais informações: www.capacetedeouro.com.br


Fernanda Freixosa/Vicar
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Pilotos da Mercedes-Benz Challenge premiados no Capacete de Ouro
Alta | Web

 

EDGAR REIS COMPROU SEAT LEON

EDAGR REIS COMPROU SEAT LEON

 

Depois de duas épocas ao volante do Renault Clio S 2000, Edgar Reis para 2015, já adquiru um Seat Leon Copa, com que irá paerticipar no Campeonato Nacional de MOntanha, sendo assim amis um maquinão para esta comeptição que para o ano promete.ed1 Copyedgar-reis-falperra em-ttverde_Copy

 

PEUGEOT APRESENTA FIGURAS

 

PEUGEOT PEUGEOT PEUGEOT apresenta figuras Art Toyz em edição limitada apresenta figuras Art Toyz em edição limitadaapresenta figuras Art Toyz em edição limitadaapresenta figuras Art Toyz em edição limitada apresenta figuras Art Toyz em edição limitada apresenta figuras Art Toyz em edição limitada apresenta figuras Art Toyz em edição limitada apresenta figuras Art Toyz em edição limitadaapresenta figuras Art Toyz em edição limitada apresenta figuras Art Toyz em edição limitadaapresenta figuras Art Toyz em edição limitadaapresenta figuras Art Toyz em edição limitada apresenta figuras Art Toyz em edição limitada apresenta figuras Art Toyz em edição limitada apresenta figuras Art Toyz em edição limitada apresenta figuras Art Toyz em edição limitada apresenta figuras Art Toyz em edição limitada apresenta figuras Art Toyz em edição limitada
A PEUGEOT apresenta a sua série de doze Art Toyz, denominados Léo’z, peças baseadas na mascote da marca, na sua gama e nos seus sucessos. Esta série, concebida pelo PEUGEOT Design Lab em colaboração com a empresa ARTOYZ, está já disponível na PEUGEOT Avenue Paris desde o passado dia 26 de Novembro, bem a tempo da época natalícia que se avizinha.
Em 2012, os designers do PEUGEOT Design Lab imaginaram uma primeira série exclusiva, composta por 10 leões Art Toyz inspirados no emblema da Marca e no trio de veículos Onyx: automóvel, bicicleta e scooter. Estas obras únicas estiveram expostas na PEUGEOT Avenue Paris no Natal de 2012.
Motivado pelo êxito obtido por essa primeira série, os elementos do PEUGEOT Design Lab lançaram-se na criação de uma série exclusiva e limitada de Art Toys PEUGEOT.
Léo’z: artistas inspirados pelo emblema PEUGEOT
Em permanente busca de novos espaços criativos, o PEUGEOT Design Lab lançou-se neste desafio contemporâneo de criação de uma série de 12 leões, metade deles desenhados por artistas de prestígio internacional como Huck Gee (Inglaterra), 64 Colors (EUA), Bunka (França), DGPH (Argentina), Tikka NG (Hong Kong) e Koralie (França). Os restantes seis foram concebidos internamente pelos designers do PEUGEOT Design Lab: os franceses Claire Panel, Thomas Josson, Hossein Borojeni, Flora Tai e Guillaume Daniel e o irlandês Damian O’Hara.
Art Toyz_001_CopyArt Toyz_002_CopyArt Toyz_003_Copy
Cada “Art Toy” colocado à venda é o resultado da viagem de cada artista que recorreu a um minucioso trabalho inspirado em motivos tão diferentes como a poesia, a arte contemporânea, a química, o origami, a arquitectura ou a moda. Estes itens exclusivos resultam num elo de ligação entre o mundo dos adultos e o infantil, com base no desenho do leão de peluche, a mascote da Marca, concebido pelo francês Christophe Pialat.
«Apaixonado por automóveis e pelo universo PEUGEOT, estava na dúvida em me inspirar entre dois modelos completamente diferentes, o 205 T16 Grand Raid ou o 2008 DKR. Por fim escolhi o 205 T16 de 1987, um carro que sabia como despertar a minha sensibilidade artística. É um carro simples e audaz que nos transporta de volta ao tempo em que os carros de ralis eram verdadeiros monstros, muito pouco refinados» refere Huck Gee, artista britânico, ilustrador, fabricante de brinquedos e designer contemporâneo.
«O rugido do leão e a potência do motor inspiraram-me, mas não são os cavalos os que emanam deste motor, mas sim um leão superpoderoso, pronto a incendiar o asfalto» acrescenta Bunka, ilustrador gráfico e Toy Designer parisiense.
Durante este período de Natal, também estará exposto na PEUGEOT Avenue de Paris o Concept Car EXALT, com uma apresentação específica que destaca os materiais nele empregues, como o aço em bruto, shark skin, tecido chino e newspaper

 

BAMP TESTOU PARA O DAKAR

 

Já está disponível um vídeo com a apresentação da equipa do projeto internacional BAMP (Brasil Angola Moçambique Portugal) que vai participar no Dakar 2015, encabeçada pelo piloto português Ricardo Leal dos Santos.

Ricardo Leal dos Santos, grande dinamizador deste projecto, irá participar pela 10ª vez no Dakar, no qual foi o primeiro português a aventurar-se de Quad, tendo triunfado na categoria solo auto em 2006. Ricardo Leal dos Santos foi ainda piloto oficial da equipa Mini, na edição de 2012, onde venceu a derradeira etapa da prova sul americana.

Para aceder ao vídeo clique aqui

Ou copie o seguinte link para a barra de endereços de internet: https://www.youtube.com/watch?v=c_rMuW5-itM&;feature=youtu.be
 

PAULO SILVA IMOBILIZADO MAIS SEIS MESES

PAULO SILVA IMOBILIZADO MAIS SEIS MESES

 

Depois do grave acidente que foi alvo na Rampa da penha 3, falamos hoje com Paulo Silva para saber o seu estado, o que logo retorquiu " estou a recuperar lentamente, mas o meu médico disse-me há dias que hnão poderei competir nos próximos seis meses, o que me vem estragara a vida desprotiva, pois tentarei fazer todos os esforços para poder estar presente na Rampa da Falperra".Sobre o estado do Seat leon" ficou muito estragada, é bem provável que và comprar outro Leon Copa, pois os custos para recuperação do acidentado são muito elevado e não conpensa", disse-nos.PAULOSILVA1 Copypaulosilva2 Copy

 

MR.WHEELER MOTORSPORT

Mr. Wheeler Motorsport com semana preenchida

No passado dia 14 de Dezembro decorreu o 7º CAM Rali Festival, com o tempo estável e com o piso a ficar mais seco a cada passagem, as duplas assistidas pela Mr. Wheeler Motorsport foram melhorando os seus registos, sem que os seus veículos apresentassem quaisquer problemas. Ficando o registo do 2º lugar na categoria 5 e na classe 5.2 para a dupla Carlos Dias/Pedro Marques, por seu turno a dupla Sofia Mouta/Filipa Sanguedo ficaram com o 9º lugar na categoria 5 e o 2º lugar na classe.

        

Nos dias 19 e 20 de Dezembro decorre a 17ª edição das míticas 6h de Resistência de Braga, mais uma vez com organização do Clube Automóvel do Minho (CAM). O dia 19 é reservado aos treinos livres às 12:45h e aos treinos cronometrados que ocorrem às 15h. No dia 20 ocorre o warm-up as 9h e a corrida inicia-se as 10h.

      

A Mr. Wheeler Motorsport estará presente nesta prova com a equipa Paulo Silva/Nuno Lima/Pedro Marques/Carlos Dias/Sandra Fonseca abordo de um BMW 325i E30, contando com os apoios da BOOM BAP WEAR FRANCE LDA (www.boombapwear.com), BBToldos, Ofirodas, ABACO Consultores, Bolypão, Socialys.

Paulo Silva destaca: “ Esta prova é uma boa forma de terminarmos o ano automobilístico. Voltamos a apostar no BMW, apesar de no ano passado o azar nos ter batido à porta, no entanto este ano voltamos convictos em terminar a prova sem quaisquer problemas”.

        

A equipa aproveita para convidar todos os seus patrocinadores e adeptos de automobilismo a comparecerem no Circuito Vasco Sameiro para que esta prova seja uma grande festa de encerramento do ano.Mr. Wheeler_Motorsport_com_semana_preenchida_Copy

 

19 MEO SUDOESTE


19º MEO Sudoeste


Reserva já a tua melhor semana de férias de sempre!


Novas Confirmações:
Clean Bandit
D.A.M.A
 
Novo ExpressPass MSW em parceria com a Rede Expressos:

Packs de Bilhete + Viagem de autocarro até ao Festival à venda na Blueticket e locais habituais. A quantidade é limitada.

 

Zambujeira do Mar.
5 a 9 de agosto, abertura do campismo a 1 de agosto.


www.meosudoeste.pt | www.facebook.com/meosudoeste
 

 

Dois novos convidados se anunciam para a edição de 2015 do MEO Sudoeste. Dois nomes de diferentes geografias dando corpo a um cartaz que se adivinha imperdível: Clean Bandit, em estreia em Portugal, e os portugueses D.A.M.A.

Os Clean Bandit são ingleses e fazem uma música singular no mundo da electrónica internacional. O quarteto junta elementos orgânicos e clássicos para, com o house e a pop mais dançável como base sonora, oferecerem composições contagiantes e festivas. Começaram em 2012 com a edição do single "A+E", um dos temas que constitui o LP de estreia editado este ano chamado “New Eyes”. As suas composições contam, geralmente, com cantoras convidadas; nomes como Jess Glynne, Sharna Bass ou Stylo G. Têm, a cada single, como são os casos de “Rather Be” ou mais recentemente “Real Love”, trepado as tabelas britânicas, atingindo neste momento um reconhecimento global. Vão estar pela primeira vez em Portugal, dia 7 de agosto, no Palco MEO.

Os lusos D.A.M.A já abriram para os One Direction e este momento serviria por si só para os apresentar como uma das grandes sensações musicais portuguesas. Com canções já bem conhecidas por muitos, Francisco Maria Pereira (Kasha), Miguel Coimbra e Miguel Cristovinho saltaram do YouTube para os ouvidos de muitos, correndo imensos palcos do nosso país com as canções cheias de hip-hop melódico que constituem o seu disco de estreia, “Uma Questão de Princípio”. Depois de terem passado pelo MEO Sudoeste em 2013, regressam em 2015 no dia 6 de agosto, desta feita ao Palco MEO.

O novo pack ExpressPass MSW resultante da parceria com a Rede Expressos, com a comodidade de adquirir de uma só vez o bilhete para todos os dias do Festival e a viagem de autocarro, está a partir de hoje à venda na Blueticket e locais habituais.
Custa apenas 120€, está disponível em quantidade limitada e inclui um passe geral para todos os dias do MEO Sudoeste e viagem ida e volta pela Rede Expressos a partir de qualquer origem que tenha como destino a Zambujeira do Mar, deixando e recolhendo os festivaleiros mesmo à porta do recinto. A reserva da viagem pode ser feita a partir de 1 de fevereiro de 2015 no site da Rede Expressos em www.rede-expressos.pt utilizando do código único impresso em cada bilhete.

 

MEO Sudoeste, A tua melhor semana de Férias de Sempre!


 

Já Confirmados:
 
6 de Agosto – Calvin Harris, D.A.M.A
7 de Agosto – Clean Bandit, Jimmy P
9 de Agosto / Dia D – Showtek


 

Mais novidades a anunciar brevemente.

 

Novas confirmações


 

Clean Bandit

Bio

Os Clean Bandit chegam de Cambridge, Inglaterra. Formados em 2009, constituem-se como um quarteto: Jack Patterson, Luke Patterson, Grace Chatto e Milan Neil Amin-Smith. O Lp debut deste ano, de título “New Eyes”, reúne, para além de outros originais, o conjunto de singles que lhes garantiram reconhecimento e que vinham lançando desde 2012. Temas como "A+E", “Mozart’s House” ou “Rather Me”, apresentam a sonoridade singular da banda, feita de electrónica e elementos da música house, mas com temperos da música erudita, às vezes barroca, tudo a funcionar num cozinhado pop moderno e muito dançável. Uma das marcas dos Clean Bandit são as colaborações, convocando para as vocalizações de muitas das suas canções nomes como Jess Glynne, Sharna Bass, Stylo G ou Florence Rawlings. A componente visual é igualmente importante, e todos os vídeos dos Clean Bandit são autênticas extensões dos temas, muitas vezes concebidos em simultâneo. 

 

Sites e Vídeos

Site Oficial

Facebook




"Rather Be"

 

D.A.M.A

Bio

Os D.A.M.A. (iniciais de “Deixa-me Aclarar-te a Mente Amigo”) são uma das sensações musicais do momento. Os três amigos, Francisco Maria Pereira (Kasha), Miguel Coimbra e Miguel Cristovinho, começaram por conquistar atenção através do You Tube. Entretanto, já abriram para os One Direction e, por entre variadíssimos concertos de norte a sul de Portugal, editaram no verão de 2014 o disco de estreia, “Uma Questão de Princípio”. A sua música assenta em bases hip hop muito melodiosas, com rimas que ficam no ouvido e que se querem logo cantar.
 

Sites e Vídeos

Facebook



"Ás vezes

 

 

Informação de Bilhetes


 

Preço dos Bilhetes

Preço dos Bilhetes
 
- Passe 5 dias: 95€
Preço promocional até 31 de dezembro 80€ (-15€)

- Bilhete Diário: 48€
 
- Fã Pack de Natal Exclusivo FNAC, edição limitada com passe 5 dias: 80€

- Pack MSW XBus Village: a partir de 135€ (www.xtravel.pt)
 

- ExpressPass MSW: 120€ (www.redeexpressos.pt

Locais de Venda

www.blueticket.pt - Call Center Informações e reservas 1820 (24 horas), no Facebook da Música no Coração, lojas FNAC, lojas Worten, El Corte Inglês, ABEP, Portimão Arena ;Turismo de Lisboa; lojas Media Markt; Bilheteiras MEO Arena; rede PAGAQUI; Agências Top Atlântico.

Get a Fest

Alemanha: www.ticketmaster.de

Espanha: www.breakpoint.es ; www.ticketmaster.es

França: lojas FNAC www.fnac.com, Carrefour www.carrefour.fr, Géant, Magasins U, Intermarché, www.francebillet.com

Reino Unido: www.seetickets.com

Festicket

 

 

ALBUQUERQUE REPETE 24 HORAS COM A AUDI

 

Filipe Albuquerque repete 24h de Le Mans com a Audi

 

A Audi Sport confirmou que Filipe Albuquerque vai voltar a disputar as 24h de Le Mans e as 6h de Spa-Francorchamps em 2015, à semelhança do que já aconteceu o ano passado com o Audi R18 com o #3. A única novidade é que o piloto português terá um novo companheiro de equipa, o alemão René Rast que se junta também a Marco Bonanomi.

 

O piloto português não têm ainda a totalidade do seu programa desportivo definido mas esta confirmação é de extrema importância: "É para mim um orgulho continuar a merecer a confiança da Audi integrado num número restricto de pilotos que integram as 24h de Le Mans. Depois dos percalços do ano passado neste evento estou muito focado em poder mostrar em pista todo o meu potencial. Vai ser um ano muito difícil para todas as equipas e vamos ter de trabalhar muito para poder voltar a dar à Audi a vitória", começou por dizer Albuquerque.

 

René Rest é novidade no Audi com o #3, mas Filipe Albuquerque sabe que conta com um bom piloto para conseguir alcançar os seus objectivos quer em Spa quer em Le Mans: "Tenho a certeza que vamos formar uma boa equipa. Estou efectivamente mais à vontade com o Bonanomi mas o René é um piloto experiente e acredito que vai estar igualmente a um bom nível. Temos vários meses de intenso trabalho pela frente e acredito que vamos chegar a Le Mans muito bem preparados e familiarizados em termos de equipa", rematou o piloto luso.

 

Para além das inúmeras sessões de testes previstas com o Audi R18, Filipe espera brevemente poder anunciar o restante programa para a época de 2015.

 audi motorsport_141217-8383_2_Copy
 

ANECRA COMEMORA 104 ANOS

 

ANECRA faz 104 anos
A ANECRA - Associação Nacional das Empresas do Comércio e da Reparação Automóvel comemora hoje
o seu 104.º aniversário.
Atuando em defesa dos seus associados e dos empresários em geral, conjugando esforços para manter a
união da classe empresarial tentando eliminar as barreiras que prejudicam os empresários, a ANECRA
comemora mais um ano de existência com êxito nas ações que tem vindo a dinamizar em prol das causas
empresariais do setor automóvel.
O cumprimento fiel dos nossos princípios e a manutenção de uma postura proativa e dinâmica no mercado,
bem como a forte componente tecnológica e a aposta numa rede de colaboradores internos e de Parceiros
de canal de elevada competência e sempre orientados pelos princípios da credibilidade, do respeito e do
orgulho, são algumas das pedras basilares que permitiram à ANECRA receber distinções por parte de
empresas, instituições financeiras, associações empresariais e também órgãos de comunicação social.
Desta forma, não queremos deixar passar esta data sem deixarmos um especial agradecimento, a todos
os órgãos de comunicação que nos têm acompanhado ao longo destes anos e têm promovido o merecido
respeito e reconhecimento da associação perante a sociedade

 

NISSAN ANUNCIA VENDAS

 

NISSAN ANUNCIA RESULTADOS DE VENDAS EM NOVEMBRO NA EUROPA

 

 

NISSAN ANUNCIA RESULTADOS DE VENDAS EM NOVEMBRO NA EUROPA

A Nissan anunciou que as suas vendas europeias de Novembro atingiram as 60.155 unidades, o que representa uma quota de mercado de 4,1%.

  • Quota Nissan no mercado europeu cresce 0,4 pontos, para 4,1%.
  • 1.644 LEAF vendidos em toda a região em Novembro.

2014

2013

Vendas de Novembro

60.155

51.651

Quota de Mercado Novembro

4,1%

3,7%

TOP 5 MERCADOS EUROPEUS NOVEMBRO 2014

#

MERCADO

VENDAS

1

RUSSIA

15.275

2

REINO UNIDO

11.059

3

FRANÇA

6.570

4

ALEMANHA

5.780

5

ITÁLIA

5.473

TOP 5 MODELOS NOVEMBRO 2014

#

MODELO

UNIT SALES

1

QASHQAI

22.139

2

JUKE

10.402

3

NOTE

4.699

4

MICRA

4.432

5

X-TRAIL

1.577


Imagens Relacionadas

Imagens Relacionadas

 

 

CARLOS BARBOT VENDEU LOLA T 70

CARLOS BARBOT VENDEU LOLA T 70

 

Carlos Barbot vendeu há duas semans o seu Lola T 70 de côr amarela.Por aquiloq ue apuramo0s o protótipo foi para um coelcionador inglês, e depois Barbot acabou por adquirir um Lotus Elan, com que participou na ultima prova organizada por Diogo Ferrão.barbot2 _500x332_CopyBoavista20090 Copy

 

CARLOS VIEIRA VAI TESTAR SEAT LEON DE TROFÉU

CARLOS VIEIRA VAI TESTAR SEAT LEON DE TROFÉU

 

O piloto português Carlos Vieira, tal como já tinhamso anunciado recentemente nestas paginas, para 2015, quer ir correr para fora de Portugal, e uma das alternativas poderá ser o EurocupVIEIRA Copy da Seat.Por isso Carlos Vieira irá fazer este fim de semana um teste na pista de Barcelona, para aquilatar as possibilidades de poder participar nesta compoetição monomarca.

 

NOVO CHEFE DE DESIGN NA SEAT

 

Stefan Lamm, novo Chefe de Design Exterior da SEAT

/    Até agora era o director de Design Exterior da Ford Europa

 Stefan Lamm (Dortmund, 1969) foi nomeado como novo responsável de Design Exterior da SEAT, substituindo Jorge Díez, actual responsável da Audi Automotive Concept Design em Munique. Lamm iniciará a actividade na companhia a 1 de Janeiro e reportará directamente ao Diretor de Design da SEAT, Alejandro Mesonero-Romanos.

Lamm é licenciado em ciências de Design e Transporte pelo Art Center College of Design de Vevey (Suíça), tendo também estudado na escola de Design da Universidade de Pforzheim. Chega agora à SEAT, vindo da Ford onde trabalhou nos últimos 10 anos, até 2009 como responsável de Design Exterior e posteriormente como diretor de Design Exterior da Ford Europa. Antes tinha desenvolvido a sua carreira no departamento de Design da Opel AG.

SEAT é a única companhia no seu sector com a capacidade total de desenhar, desenvolver, fabricar e comercializar automóveis, em Espanha. Membro do Grupo Volkswagen, a multinacional tem a sua sede em Martorell, Barcelona, exportando mais de 80% dos seus veículos, estando presente em mais de 75 países. As vendas globais da SEAT, em 2013, totalizaram um volume de 355,000 unidades traduzindo-se em 6,473 milhões de euros em receitas, valores recorde na história da marca.

           

O Grupo SEAT emprega 14,000 profissionais nos seus três centros de produção em Barcelona, El Prat de Llobregat e Martorell, onde fabrica, entre outros, os tão bem sucedidos modelos Ibiza e Leon. Adicionalmente, a companhia produz o modelo Alhambra em Palmela (Portugal), o Mii em Bratislava (Eslováquia) e o Toledo em Mladá Boleslav (República Checa).

 

A multinacional espanhola também tem um Centro Técnico, um ‘núcleo de conhecimento’, com um total de cerca de 900 engenheiros, que têm como objetivo, contribuírem como força impulsionadora de inovação, do investidor industrial número um em I&D em Espanha. Em linha com o seu compromisso declarado na proteção ambiental, a SEAT baseia a sua atividade central na sustentabilidade, nomeadamente na redução de emissão de CO2, eficiência energética e reciclagem de recursos, bem como a sua reutilização.

 

 

EQUIPA BRACARENSE NAS 6 HORAS DE BRAGA

 

Bracarenses na disputa pelo pódio das 6 horas de Resistência

 

Os pilotos bracarenses Sérgio Freitas, Ricardo Gomes, Paulo Mendes, Miguel Rodrigues e Ricardo Costa formaram uma equipa para disputar as 6 horas de resistência do circuito de Braga, prova que se realiza nos dias 20 e 21 de Dezembro, no Autódromo Vasco Sameiro.

Esta prova que juntará mais de três dezenas de equipas a disputar uma das mais exigentes provas de resistência, juntará no autódromo de Braga veículos de várias categorias, entre clássicos, pós-clássicos e modernos, que certamente farão as delícias do público.

Ao volante de um Honda Logo ex-troféu, a equipa assume que “a estratégia e a capacidade de ritmo é fundamental em provas com estas características, mas o mais importante é mesmo evitar problemas mecânicos ou outros que impeçam a conclusão da prova”, referem, acrescentando que “tentaremos encontrar a conjugação perfeita entre o ritmo de andamento necessário e o desgaste do carro nesta prova”, cujas características implicam uma ininterrupta durante 6 horas, sendo apenas permitido ao longo deste período o abastecimento das viaturas e a troca de pilotos.

Os treinos livres para esta prova de resistência decorrem hoje,  Sábado, dia 20 de Dezembro, entre as 12h45 e as 13h45, sendo que os treinos cronometrados se realizam entre as 15h00 e as 16h00. A prova realiza-se amanhã, Domingo, dia 21 de Dezembro de 2014, com início às 10h00 e final às 16h00.

 

 

resistencia logo0616_Copy

 

JOSÉ PEDRO GOMES PDOERÁ MUDAR DE CATEGORI

JOSÉ PEDRO GOMES PODERÁ MUDAR DE CATEGORIA

 

Depois de dois titulos de campeão ao volante do Ford Escort inscrito na categoria de clássicos, no Campeonato Nacional de MOntanha, para 2015, José Pedro Gomes gostaria de trocar de categoria, como nos explicou " é verdade, mas para mudar de categoria, tenho de ter os apoios necessários.Neste momento estou em conversações com os meus patrocionadores, ainda não tenho respostas, só depois disso é que tomarei uma decsião final".Sobre a máquina a escolher acrescentou-nos " tenho diversos carros em mente, mas gostava de poder correr num 4x4, mas tudo depende dos apoios que tiver.Em uNunOrganistA I-9_Copyltimo caso posso manter o Escort, que esta época deu-me mais uma alegria".

 

Foto : Nuno Organista - www.velocidadeonline.com

 

FPAK E MELLO BREINER APADRINHARAM

FPAK E MELLO BREINER APADRINHARAM

 

A FPAK e Manuel Mello Breiner apadrinharam a partida das Maxi 32 horas, a prova de automobilismo mais longa que se oragnizou na história do automobilismo.De referir que MNello Breine teve a companhia do Presidente da Federação Espanholamaxi200 Copy no autódromo de Portimão, conforme imagem anexa.

 

Foto de Rafa Sanchez - www.velocidadeonline.com

 

LUCAS DI GRASSI INTEGRADO NA EQUIPA DA AUDI

Lucas di Grassi segue como titular da Audi no Mundial de Endurance

Brasileiro, que fez sua primeira temporada completa no FIA WEC, continua ao lado do francês Loïc Duval e dá as boas vindas ao britânico Oliver Jarvis substituindo a lenda dinamarquesa Tom Kristensen, que se retirou das pistas

Lucas di Grassi segue como piloto titular da Audi Sport no Campeonato Mundial de Endurance (FIA WEC) e fará em 2015 sua terceira temporada pertencendo aos quadros de Ingolstadt. Quarto colocado no campeonato deste ano, com 117 pontos e tendo o segundo lugar nas 24 Horas de Le Mans e nas 6 Horas de Austin como principais resultados, o brasileiro terá um novo integrante no trio que será responsável por pilotar o Audi R18 e-tron quattro. Será o britânico Oliver Jarvis, que substitui o dinamarquês recordista de vitórias em Le Mans, Tom Kristensen, dono de nove triunfos e que anunciou sua aposentadoria em novembro.

Agora, Lucas di Grassi, Loïc Duval e Oliver Jarvis pilotarão o carro número 8 já inscrito para a próxima temporada do FIA WEC, que se inicia em 12 de abril com as 6 Horas de Silverstone. O ano se aproxima do fim, mas a Audi Sport Team Joest continua trabalhando forte visando a próxima temporada.

"Foi um ano muito bom, com a dobradinha da equipe nas 24 Horas de Le Mans e o melhor resultado do Brasil no geral da corrida, mas a temporada foi de algumas dificuldades, principalmente em questões relacionadas ao regulamento, que nos deixaram um pouco atrás em outras corridas do campeonato. Mas estou muito empolgado com o que está por vir. O time todo está trabalhando em ritmo intenso e tenho certeza de que resultados ainda melhores virão", disse o piloto de 30 anos.

Lucas fez sua primeira aparição pela Audi nas 6 Horas de São Paulo de 2012, substituindo o recém-aposentado Rinaldo Capelo. A participação do brasileiro, que não garantia nenhum tipo de vínculo com a marca das quatro argolas, impressionou os alemães. Correndo ao lado de Allan McNish e Tom Kristensen, Lucas fez a melhor volta da Audi na classificação e a melhor volta da corrida, terminando a prova em terceiro lugar.

Desempenho que fez a Audi lhe oferecer um contrato de longa duração. Em 2013 ele fez corridas esporádicas: foi segundo nas 12 Horas de Sebring (extra-campeonato), também foi ao pódio nas 6 Horas de Spa-Francorchamps e estreou com o terceiro lugar nas 24 Horas de Le Mans. Com a aposentadoria de Allan McNish no final de 2013, Di Grassi, de 30 anos, foi alçado à condição de titular.

"Vou para o meu segundo ano como titular da Audi, o que me deixa feliz e confiante. Acho que o sentimento é recíproco em relação à equipe, que confia no meu trabalho e me dá todo o suporte para que eu possa dar meu melhor na pista e nos testes. O que eu encontrei aqui na Audi é diferente de tudo o que eu já vivi no automobilismo: posso chamar este time de família, pois fui bem recebido da primeira vez que vesti o macacão com as lendárias quatro argolas. Estou feliz com a Audi como eu nunca fui na minha carreira", filosofou o atual líder da Fórmula E, primeira categoria de carros elétricos da FIA.

Lucas dividiu o carro com Oliver Jarvis nas 6 Horas de Spa e nas 24 Horas de Le Mans de 2013, quando o trio formado por eles e pelo espanhol Marc Genè terminou em terceiro no ano de estreia de Di Grassi em La Sarthe. "O Jarvis já está na Audi há pouco mais tempo, disputou o DTM com eles e fizemos as corridas de Spa e Le Mans juntos ano passado. É um piloto extremamente talentoso e versátil - que também já venceu em Macau, dois anos depois da minha vitória. Ele é muito comprometido com o time. Acho que a Audi acertou em trazê-lo conosco para substituir o Tom (Kristensen)", analisou.

Os patrocinadores pessoais de Lucas di Grassi, Eurobike e Aethra, juntos do piloto já há vários anos, continuam com o piloto brasileiro em 2015.








Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Lucas di Grassi fará seu segundo ano como titular da Audi no FIA WEC
Alta | Web

Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Ele formará trio ao lado do francês Loïc Duval e do britânico Oliver Jarvis
Alta | Web

Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Jarvis entra no lugar do dinamarquês Tom Kristensen, que se aposentou
Alta | Web

Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Di Grassi (à direita) já dividiu o R18 e-tron com Jarvis (à esquerda)
Alta | Web

Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload...
"A Audi é uma família. Estou feliz com eles como eu nunca fui na minha carreira"
Alta | Web

 

PARENTE DEFENDE AS CORES NA ARÁBIA SAUDITA

 

Álvaro Parente defende as cores da McLaren na Arábia Saudita

Álvaro Parente voltará a estar em acção no próximo fim-de-semana, tomando parte na primeira ronda do Campeonato Saudita de GT’s, que terá lugar no Reem International Circuit, ao volante de um McLaren MP4-12C da Dragon Racing.

Depois da bem-sucedida estreia do McLaren 650S GT3 – que pelas mãos do português, de Kévin Estre e Rob Bell alcançou o terceiro posto nas 12 Horas do Golfo – o piloto do Porto tem mais um fim-de-semana de corridas, depois de ter sido indigitado pela McLaren GT para assumir os comandos do carro de Woking inscrito pela Dragon Racing.

“A equipa pediu à McLaren um piloto oficial e foi decidido que seria eu a participar nesta prova, o que me deixa extremamente satisfeito, uma vez que, como piloto profissional, é em competição que me sinto feliz. Quero agradecer a todos os que permitiram poder tomar parte neste evento e conhecer uma pista e um país novos”, afirmou Álvaro Parente.

Para a prova em si, o português, apesar do seu total desconhecimento do circuito, que reabre depois de dois anos fechado, equipa e campeonato, mostra-se optimista, esperando fechar o ano com um bom resultado. “O McLaren MP4-12C GT3 é o único elemento que eu conheço, ignorando tudo o resto. Vou correr sozinho e vou dar o meu melhor para oferecer um bom resultado à Dragon Racing, para terminar 2014 em alta e para me despedir deste McLaren da melhor forma, uma vez que deverá ser uma das últimas provas que farei com ele”, concluiu Álvaro Parente.

O português entrará em acção já na quinta-feira, realizando três sessões de treinos-livres. A qualificação e a corrida, com duração de trinta minutos, serão disputadas no sábado.AParente FT_14043_Copy

 

HYUNDAI LANÇA NOVO SONATA

 

A Hyundai Motor lança o Novo Sonata Híbrido
 A Hyundai Motor expande a estratégia Blue Drive™ com um novo modelo
híbrido;
 O novo Sonata Híbrido apresenta um estilo aerodinâmico único;
 O inovador motor 2.0 GDI híbrido e a transmissão automática de seis
velocidades apresentam-no como líder na classe com 5,5 ℓ/100km;
 A Hyundai Motor lançará o seu primeiro Híbrido Plug-in em 2015,
expandindo a sua gama ecológica a todos os segmentos em 2020.
A Hyundai Motor Company, o maior fabricante de automóveis da Coreia do Sul,
revelou ontem em Seul, o novo Sonata Híbrido. O novo Sonata Híbrido,
apresenta um design híbrido único, avançados sistemas de conforto, espaçosos
habitáculo e bagageira e um grupo motopropulsor melhorado que oferece uma
economia de combustível líder na classe, 5,5 ℓ/100km.
O evento de lançamento, realizado no Grand Hyatt Seoul, contou com cerca de
250 membros dos órgãos de comunicação social e os executivos da empresa,
incluindo Jin Kwak, Vice-presidente Executivo da Hyundai Motor, responsável
pelas vendas no mercado interno.
“O lançamento do novo Sonata Híbrido, com economia de combustível líder na
classe e um poderoso desempenho de condução, numa altura em que os
veículos amigos do ambiente se estão a estabelecer como veículos
convencionais” referiu Mr. Kwak durante o seu discurso de boas-vindas “A
nossa mas recente oferta, baseada num dos nossos modelos mais vendidos,
sublinha os nossos esforços para ir ao encontro da crescente popularidade dos
veículos ecológicos em todo o mundo.”
O novo Sonata Híbrido, resultado de 27 meses de desenvolvimento e de um
investimento de aproximadamente 132 milhões de Euros (180 Biliões de WON –
KWR), será lançado nos maiores mercados fora da Coreia, no primeiro
semestre de 2015. O objectivo da Hyundai Motor é vender um total de 55.000
unidades (Coreia: 18.000 / Mercado Externo: 37.000) no próximo ano.
Em linha com o objectivo da Hyundai Motor Group em integrar o top 2 dos
fabricantes de automóveis ecológicos em 2020, a Hyundai Motor irá nessa
altura, expandir a sua gama de viaturas amigas do ambiente a todos os
segmentos, com a sub-marca Blue Drive™. Como parte desta iniciativa, ao
novo Sonata Híbrido será acrescentada uma variante Plug-in no próximo ano,
que será o primeiro Híbrido Plug-in da Hyundai Motor.
Com esta versão Híbrida Plug-in, a Hyundai Motor irá oferecer uma gama
completa de modelos amigos do ambiente, impulsionando ainda mais a
popularidade dos modelos. Enquanto o novo Sonata Híbrido fará a sua estreia
na América do Norte, no 2015 North American International Auto Show,
informação detalhada da versão Plug-in será disponibilizada no Salão de
Detroit, nos Estados Unidos da América.141216 All-New_Sonata_Hybrid_Copy

 

NOVO LEXUS F DESENVOLVIDO

 

Novo Lexus F desenvolvido para circuito com estreia mundial no Salão de Detroit 2015

• Novo modelo reforça gama de elevada performance - Lexus F

A Lexus vai apresentar um novo modelo pertencente à gama de elevadas performances F. O segundo carro desenvolvido com as performances em mente vai juntar-se ao recém apresentado Lexus RC F, um coupé equipado com o potente motor V8.

Um Lexus “F” é sinonimo de performance e puro prazer de condução. Esta sigla deriva do circuito de ’Fuji Speedway " local onde são testados e desenvolvidos estes modelos de cariz desportivo. Por outro lado, o conforto, os equipamentos, as tecnologias de segurança e a atenção a todos os detalhes são elementos sempre presentes em qualquer Lexus com vista facilidade e conveniência de utilização no quotidiano.

O novo F da Lexus vai ser revelado pela primeira vez ao mundo, no Salão Norte Americano de Detroit que vai abrir portas a 13 de Janeiro de 2015.Novo-Lexus-F-001 CopyNovo-Lexus-F-002 Copy

 

MIGUEL OLIVEIRA APRESENTA MINI GP MOTO

 

Miguel Oliveira apresenta Mini Moto GP Cup 2015 


Relançamento do troféu em Portugal decorreu hoje


DSC 0032_CopyO piloto português Miguel Oliveira esteve hoje no kartódromo do Bombarral a apresentar o projeto Oliveira Mini Moto GP Cup, um troféu agora relançado que descobriu talentos como o do próprio jovem de Almada. Este troféu visa a captação de pilotos dos 11 aos 17 anos e tem como objetivo dar oportunidade aos jovens portugueses de terem uma carreira nacional e internacional.

O objetivo deste troféu é o de criar a oportunidade de que os jovens aspirantes a pilotos possam competir num nível profissional, com um custo reduzido e com a atenção de profissionais com experiência em competição, que os vão ajudar no desenvolvimento das suas capacidades enquanto pilotos e atletas, como explicou também Miguel Oliveira: “Ao longo dos anos fomos sendo muitas vezes abordados por pessoas que não sabiam como se podiam iniciar e que tinham várias dúvidas sobre a modalidade. Por isso, decidimos recriar um pouco aquilo que já foi feito há uns anos em kartódromos, porque deve existir um passo base e inicial para depois se passar para um circuito. Andar em kartódromos deve ser o início de qualquer piloto e a Oliveira Moto 3 Cup dará essa oportunidade”. Explica o piloto português

Também Manuel Marinheiro, Presidente da Federação de Motociclismo engrandeceu a iniciativa: “Quando me apresentaram este projeto, achei que seria interessante apoiar e, apesar de termos tido iniciativas anteriores semelhantes, este projeto tem uma mais-valia e uma diferença comparativa e competitiva grande que é a presença do Miguel Oliveira e a disponibilidade que o Miguel tem dado à modalidade e que tem tido também para ensinar novos pilotos. Por isso, destaco principalmente o testemunho de saberem que o sonho é possível.

Já Paulo Oliveira, mentor do projeto salientou ainda importância desta modalidade na formação dos jovens: "Este é um desporto muito completo e que transmite muito sentido de responsabilidade aos jovens. A criação de uma categoria (Naked, Naked Gentleman) permite também aos pais acompanharem os seus filhos neste projeto." O Oliveira Mini Moto 3 Cup divide-se em Mini GP (11 aos 17 anos), Naked (18 aos 30) e Naked Gentleman (a partir dos 30) e terá inicio em 2015.

 

JOÃO GUIMARÃES TROCA DE MONTADA?

JOÃO GUIMARÃES TROCA DE MONTADA?

 

DEpois de três época no Campeonato Nacional de MOntanha, ao volante do Peugeot 206, eis que João Guimarães se preparaa para mudar de carro.Para já não se sabe qual a escolha, mas recorde-se que a familia GuimarãesJG1 Copy, tem na garagem um Mazda MX 5 com que o seu irmão Nuno participou há dois anos.Sobre o Peugeot 206, o piloto médico da Régua tem o carro á venda em sites internacioais.

 

KIKO MORA FALA-NOS DE 2015

KIKO MORA FALA-NOS DA ÉPOCA DE 2015

 

Pelos vistos a época de 2015, para Kiko Mora deverá ser muito semelhante á de 2014.Segundo Kiko MOra " irei participar em algumas provas, todas não o farei, pois com novos projectos profissionais, no seio  da empresa de navegação, não tenho tempo para tudo, por isso em 2015, a época será muito identica á de 2014.Irei  manter  como é óbvio o Porsche 911 RSR preparado pela Garagem Aurora. Com o RenauMORA12 Copylt 5 GT Turbo ainda não sei o que irei fazer com este carro", disse-nos.

 

FRANCISCO MORA PDOERÁ MUDAR DE CATEGORIA

FRANCISCO MORA PODERÁ MUDAR DE CATEGORIA

 

Francisco Mora poderá mudar de categoria em 2015.Recorde-se que o jovem piloto do Porto, integrado na equipa da Sports&Yiou, participou em algumas provas do CXampeonato Italiano de GT, ao volante do Merdes SLS AMG,( ex José Pedro Fontes/Miguel Barbosa) onde chegou a partilhar o volante com o piloto angolano Luis Sá Silva.Pelos vistos para 2015, segundo Mora " continuarei a ser apoiado pelo Paulo Ferreira da Sport&You, mas em principio deverei mudar de campeonato, deixando os GT em detrimento do novo Campeonato , o TCZ, na qual estamos em conversações para tripular um Mercedes, mas para já nada está ainda definido, pois a Mercedes vai participar a nível oficial com dois carros, e não tem planos para equipas privadas.É lógico que gostaria de poder correr num destes Mercedes, mas ainda estãop a decorrer negociações com o Paulo Ferreira e a marca alemãmora13 Copy, mas penso que lá para Janeiro já poderá haver mais noticias", disse-nos.

 

MARTINE PEREIRA EXPÕE ALFA EX-WTCC

MARTINE PEREIRA EXPÕE ALFA 156 EX WTCC

 

Martine Pereira tem exposto o seu Alfa Romeo 156, ex wtcc, no novo museu automóvel situado nos arredores de Vila NOva de Famalicão.Este carro muito bonito, poderá ser assim um novo atractivo para quem visita este novo espaço, que passa a dispôr de peças de colecção bem interessantes.De referir que este Alfa Romeo 156, participou em aolgumas provas do Campeonato de Montanha, onde lutou pelos lugares da frente em termos de categoria 1.MARTIENEXPOEALFA CopyMARTINEEXPOEALFA2 Copy

 

NOVO PROJECTO PARA CLÁSSICOS?

NOVO PROJECTO PARA CLÁSSICOS?

 

Pelos vistos existe um preparador que está a começar a recuperar este Volvo marreco, para alinhar nas provas do Nacionald e Clássicos, sabendo-se de antemão que já há interessados em competir com este clássico verdadeiro.VOLVOMARRECO2 CopyVOLVOMARRECO3 CopyVOLVOMARRECO4 CopyVOLVOMARRECO5 Copy

 

O DESCANSO DE LUIS VELOSO

O DESCANSO DE LUIS VELOSO

 

Curiosa imagens do nosso amigo e colaborador Rafa Sanchez alusivo às 32 Horas Máxi, com a equipa de Luis Veloso Motrorsport, a descansar um pouco depois da maratona de 32 horas de competição seguida, na qual foi a brilahnte vencedora com um Seat Leon Eurocup, conduzido pelo piloto português José  Monroy, e mais quatro companheiros de nacionalidade dinamarquesa.odescansodeluisveloso Copy

 

HONDAS INVADEM LEGENDS CUP

DIFERENTES HONDA INVADEM LEGENDS CUP

 

Pelos vistos para 2015, a Legend Cups, irá ser "pacificamente" invadida por diversos Honda, de diferentes modelos.Pelos vistos existe a prespectiva de vir para a pista quatro novos exemplares com destaque para o Integra que no passado foi conduzido por José Pedro Fontes.paulomiguelinformamaishondalegendcup Copy

 

O NOVO CORVETTTE DE JOÃO BARBOSA

O NOVO CORVETTE DE JOÃO BARBOSA

 

O piloto portuense João Bnovocorvette-joaobarbosa Copyarbosa, que venceu este ano o campeonato nos Estados Unidos já efectuou testes ao novo Cortette, com que irá alinhar na proxíma época.Segundo indicações dadas por João Barbosa, estes testes foram positivos, embora ainda falta algum trabalho a efectuar para tornar este carro ainda mais competititvo.

 

LOLA DE MARTINE PEREIRA ALVO DE PROFUNDA REVISÃO

LOLA T 70 DE MARTINE PEREIRA ALVO DE PROFUNDA REVISÃO

 

O LOla T 70 de Martine Pereira depois de ter recebido um novo motor oriundo dos Estados Unidos, está a ser alvo duma profunda revisão, conforme imagens enexas.É bem provável que em 2015, o Lola T 70 apareça no Campeonato Nacionald e Montanha, mas para já ainda não confirmação nenhumaEsta revisão está a ser efectuada nas instalações da A.Miranda..LOLAMARTINE1 CopyLOLAMARTINE2 Copy

 

RP MOTORSPORT NAS 6 HORAS DE BRAGA

 

6 HORAS DE BRAGA

 

RP MOTORSPORT NAS 6 HORAS DE BRAGA

RP1 Copy

A equipa da RP Motorsport, vai marcar presença já este fim de semana nas 6 Horas de Braga, onde desta feita, Ricardo Pereira, o” boss” da empresa preparadora será um dos pilotos que irá conduzir o Datsun 260 Z .Sobre esta participação Ricardo Pereira falou-nos um pouco “ esta participação surgiu com o convite do Manuel Cabral, e assim eu, o Pedro Couceiro e o Nuno Soares vamos participar com o Datsun 260 Z”.Sobre os objectivos “ terminar a prova o melhor classificado possível. Sabemos de antemão que não irá ser uma tarefa fácil, pois a lista de inscritos sabemos que ultrapassa as quatro dezenas de participantes, e vão alinhar máquinas até bem superiores ao nosso carro. Por isso há que não cometer excessos, esta é uma prova muito longa, e só espero que não haja contratempos com a mecânica e que consigamos o melhor resultado possível”.

O Datsun 260 X da RP Motorsport fará as verificações técnicas no sábado de manha, para da parte da tarde fazer os treinos livres e cronometrados.

 

Foto : Nuno Organista

 

21º SUPER BOCK SUPER ROCK

21º Super Bock Super Rock


 

Edição limitada de Fã Pack FNAC de Natal à venda.


16, 17, 18 de julho
Lisboa, Parque das Nações

www.superbocksuperrock.pt | facebook.com/sbsr



O Super Bock Super Rock regressa às origens junto ao Tejo, com um conceito inovador, urbano e cosmopolita. Numa área vedada de 75.000 m2, o Complexo do Parque das Nações em Lisboa é a estrutura urbana perfeita, oferecendo uma fusão de espaços indoor e outdoor, exemplarmente adaptáveis à realização de concertos, como o MEO Arena, a Doca dos Olivais e a Pala do Pavilhão de Portugal. Palcos de qualidade suprema para receber o melhor da Música ao vivo, estando já confirmado para dia 18 o concerto de Florence and the Machine.

A partir de hoje, está à venda a edição limitada de Natal do Fã Pack FNAC Super Bock Super Rock por 80€, que inclui:

- Passe para os 3 dias do Festival;
- Suporte acústico nas versões para iphone ou smartphone;                        
- 20 packs premiados com Super Vip Pass com acesso à zona VIP do Festival.




 

O passe de 3 dias e o bilhete diário estão também à venda na Blueticket, FNAC e locais habituais.
 
 
 

Já Confirmados:
Dia 18 – Florence and the Machine

 


 

 

Informação de Bilhetes


 

Preço dos Bilhetes

Passe 3 dias: 95€

Bilhete Diário: 50€
 


 

Locais de Venda

www.blueticket.pt, Call Center Informações e reservas 1820 (24 horas), no Facebook em www.facebook.com/blueticketbilhetes, lojas FNAC, lojas Worten, El Corte Inglês, ABEP, Portimão Arena ;Turismo de Lisboa; lojas Media Markt; Bilheteiras MEO Arena; rede PAGAQUI; Agências Top Atlântico.
 

Espanha: www.ticketmaster.es, www.breakpoint.es, lojas FNAC, Carrefour Viajes e Halcón Viajes

Reino Unido: www.seetickets.com

Alemanha: www.ticketmaster.de

França: lojas FNAC www.fnac.com, Carrefour www.carrefour.fr, Géant, Magasins U, Intermarché, www.francebillet.com
 

 

GOODYEAR E A SEGURANÇA

 

Pais correm mais riscos ao volante e mães são menos confiantes

. As mulheres belgas contrariam a tendência ao correr mais riscos do que os homens

A tendência dos homens correrem mais riscos do que as mulheres ao volante parece confirma-se e é significativamente mais acentuada em determinados países segundo um novo estudo sobre a segurança rodoviária realizado pelo fabricante de pneus, Goodyear para a Europa, Médio Oriente e África (EMEA). O inquérito concentrou-se nas atitudes dos pais de condutores inexperientes para com a segurança rodoviária.

O estudo mostra que os pais turcos e romenos  têm maior  probabilidade  de serem penalizados por excesso de velocidade do que as mães. Na Roménia, 29% dos pais tinham sido apanhados em excesso de velocidade em comparação com 7% das mães.  Os números são semelhantes na Turquia (28% dos pais em comparação com 6% das mães).

Na Áustria, Finlândia, Dinamarca e Rússia, a probabilidade dos pais de jovens condutores inexperientes serem penalizados por excesso de velocidade é duas vezes superior do  que as mães.  A média da União Europeia (UE) é de 24% dos homens em comparação com 18% das muheres[1].

Contrariando esta tendência, as condutoras belgas correm mais riscos do que os homens. Quase um terço das mulheres belgas (30%) entrevistadas admitiu ter cometido excessos de velocidade em comparação com 28% dos homens.

Além disso, 20% das mulheres belgas admitiu não utilizar pneus de inverno no inverno em comparação com 14% dos homens. De igual modo, existe também uma maior probabilidade de se zangarem com outros motoristas (34% das mulheres em comparação com 20% dos homens), valores superiores à média da UE.

A pesquisa da Goodyear baseia-se num inquérito abrangente realizado junto de mais de 6.800 pais de condutores inexperientes (na faixa etária dos 16-25) em 19 países. Esta pesquisa teve por objetivo compreender melhor as atitudes dos pais em relação à segurança rodoviária, tanto no que diz respeito no estabelecimento de exemplo como condutores, bem como no modo como apoiam os filhos que estão a aprender a conduzir. Constituiu a base da nova edição do relatório Goodyear "Driving Safety First - improving road safety for novice drivers" (Condução segura como prioridade - Melhoria da segurança rodoviária para condutores inexperientes) que pode ser visto em www.goodyear.eu. Os dados foram discutidos com responsáveis pelas políticas e peritos em segurança rodoviária numa mesa redonda realizada recentemente em Bruxelas, na Bélgica. Um vídeo do debate na mesa redonda e outro da conferência de imprensa onde foi apresentado o Livro Branco da Goodyear e discutidos os resultados do inquérito encontram-se disponíveis em: www.goodyear.eu/conference.

Segundo a pesquisa realizada anteriormente pela Goodyear junto de condutores inexperientes e instrutores de condução, os jovens homens são também mais propensos a cometer excessos de velocidade do que as jovens mulheres (70% vs. 62%). Os instrutores de condução parecem estar cientes deste comportamento, e a maioria destes instrutores da EU (52%) concorda que a cultura ocidental glorifica a condução rápida como um sinal de masculinidade.

Olivier Rousseau, Vice-Presidente de pneus para consumo da Goodyear, EMEA, declarou: “Os condutores homens de qualquer idade constituem um risco mais elevado do que as mulheres. Os rapazes e adolescentes copiam as atitudes dos seus pais desde uma idade precoce. Campanhas direcionadas especificamente aos condutores jovens homens ajudariam a aumentar a consciencialização e sensibilização dos riscos e promover a segurança nas estradas.”

São mais prudentes os pais ou as mães quando viajam com os seus filhos?

Na República Checa 70% dos homens  consideram que existem demasiadas restrições à velocidade nas estradas do seu país, e na Dinamarca os homens, relativamente às mulheres, têm o dobro de probabilidades  de serem multados por excesso de velocidade desde que têm o seu primeiro filho (30% das mulheres vs. 15% das mulheres).

Na Suécia, as mães tendem a serem mais conscientes da segurança do que os pais. 52% das mães declaram que utilizam sempre pneus de inverno no inverno quando tinham o seu filho no automóvel, em comparação com 36% dos pais que afirmaram fazer isto.

 

As mulheres são menos confiantes do que os homens na estrada

Existe uma enorme variação entre os sexos no que diz respeito à manutenção dos pneus: 20% das mulheres não se sente confiante em mudar um pneu furado em comparação com apenas 2% dos homens. Embora isto possa ser explicado em parte pelas diferentes em termos de capacidades físicas, existe também uma maior probabilidade dos homens serem mais confiantes na condução em condições climatéricas adversas (24% vs. 13%).

Os novos dados da Goodyear acerca das atitudes e comportamento dos pais em relação à segurança rodoviária têm como ponto de partida o trabalho realizado em anos anteriores, que abrangeu as atitudes dos jovens em relação à condução e segurança rodoviária (2012) e as dos instrutores de condução (2013). A Goodyear, ao realizar uma pesquisa nestes três grupos que são os mais importantes em termos de segurança rodoviária, oferece agora informações únicas e uma imagem mais completa das questões com as quais os condutores inexperientes se deparam.

A Goodyear colaborou com vários parceiros no âmbito desta pesquisa. Psicólogos da Associação Internacional de Psicologia do Trânsito auxiliaram esta iniciativa através do desenvolvimento do questionário e comentário perito para fornecer um comentário e opinião acerca da nossa investigação. A Associação Europeia de Pais forneceu igualmente a sua experiência.  Quando apropriado, os dados chave no Livro Branco da Goodyear "Driving Safety First - improving road safety for novice drivers" (Condução segura como prioridade - Melhoria da segurança rodoviária para condutores inexperientes) foram apoiados por comentários e opiniões peritos dos nossos parceiros, bem como estatísticas adicionais que apoiam a nossa análise.

A Goodyear gostaria de observar um maior envolvimento dos pais, condutores inexperientes, instrutores e escolas de condução para fortalecer a maneira como os condutores inexperientes são preparados para conduzir em segurança na estrada.

 

 



[1]Áustria (40 % vs. 23%), Finlândia (32% vs. 13%), Dinamarca (30% vs. 15%), Rússia (30% vs. 16%) 07 PT_pais_versus_maes_Copy

 

SPRINT RACE - BRASIL

 

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Quarta edição terá início em Março de 2015
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Sprint Race 2015
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Campeões da Sprint Race Brasil 2014
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Flávio Lisboa
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Adriano Amaral
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Pilotos Yuri e Yago Cesario
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Marcos Garcia
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Kau Machado
Alta | Web

Sprint Race Brasil: Estatística do ano mostra equilíbrio fantástico da categoria

Foram 16 corridas em oito etapas do calendário 2014 e disputas acirradas nas categorias PRO e GP, assim como nos minitorneios Winter Cup, Final Cup e Rookie Of The Year

Neste último fim de semana encerrou mais uma temporada da Sprint Race Brasil, a categoria de turismo do automobilismo nacional formadora de pilotos, com as corridas e pontos dobrados realizadas no domingo (07), no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais(PR), foram conhecidos os campeões da terceira edição. Esta temporada continua revelando grandes pilotos e a competição comprovou seu equilíbrio absoluto.

Na PRO, foram oito pilotos diferentes em sete carros diferentes. São eles os vitoriosos nessa categoria: Flávio Lisboa, Yuri e Yago Cesário, Marco Garcia, Gustavo Kiryla, Gustavo Martins, Guilherme Salas e Higor Hoffmann.

Pela categoria GP, também com oito vencedores diferentes em cinco carros diferentes. Estiveram no topo do pódio: Adriano Amaral, Kau Machado, Billy Zonta, Adriano Griecco, Daniel Daroz, Gustavo Trunci, Marcelo Maioli e Luca Milani.

"Em 16 corridas, tivemos essa diversidades de carros e pilotos diferentes no lugar mais alto do pódio. Essa talvez a estatística que mais me agrada, onde prova um equilíbrio incrível do equipamento cedido aos pilotos", disse o diretor e idealizador do evento, Thiago Marques.

"De fato, falo com a maior certeza que não consigo visualizar outra categoria no mundo com tamanho equilíbrio. É sem dúvida a maior escola para aqueles que querem aprender, e a maior diversão para aqueles que querem se divertir!", enfatiza Paulo de Tarso, organizador da Sprint Race.

Flávio Lisboa conquistou o título na categoria PRO com seis vitórias, sete poles e 13 pódios e, Adriano Amaral foi o campeão na categoria GP com três vitórias, três poles, quatro segundos lugares em uma disputa acirradíssima com Kau Machado até o final da última corrida. Nos minitorneios, Winter Cup e Final Cup, Flávio Lisboa também ficou com os prêmios e, no Rookie Of The Year, os gêmeos Yuri e Yago Cesário foram os vencedores.

No ranking das três edições da próspera Sprint Race Brasil o maior vencedor é Gustavo Martins com nove vitórias ao todo: quatro em 2012, quatro em 2013 e uma em 2014. Em segundo vem Flávio Lisboa, com seis vitórias em 2014 e em terceiro está Marco Garcia com duas em 2012, uma em 2013 e uma em 2014.


 

NOVO CORSA DA OPEL EM JANEIRO NO MERCADO

Opel lança novo Corsa em janeiro

 

 

  • Quinta geração dá continuidade a percurso de 32 anos de sucesso;
  • Conforto, dinâmica e economia: novo chassis e novos motores elevam a fasquia;
  • IntelliLink integra funcionalidades dos telefones inteligentes;
  • Sistemas inovadores de assistência à condução;
  • Mais apelativo: novas linhas seguem a assinatura mais recente da Opel.

O Opel Corsa figura há muito na História da indústria automóvel como um dos modelos mais vendidos de sempre. Até hoje, o percurso deste utilitário bem sucedido atravessou quatro gerações em 32 anos, ao longo dos quais foram vendidas 12,4 milhões de unidades. A par do Astra, o Corsa é o modelo mais popular da Opel, representando mais de um quarto do total de vendas do fabricante alemão. Disponível com carroçarias de três e cinco portas, o Corsa é, atualmente, o quarto modelo mais vendido na Europa ocidental no segmento dos utilitários. Na Alemanha e no Reino Unido, o modelo é o segundo no ‘ranking’ de vendas, com vantagem sobre o mais direto concorrente. O Corsa nasce nas fábricas da Opel de Eisenach, na Alemanha, e de Saragoça, em Espanha, as mesmas fábricas que já estão preparadas para iniciar a produção da nova geração - a quinta - antes de terminar o ano.

«O Corsa foi sempre, e continua a ser, o modelo Opel com maior expressão em Portugal. Até à data, vendemos quase 520.000 unidades, das quais ainda circulam 346.000, isto é, cerca de 70 por cento do total. Dificilmente se encontra maior prova de longevidade e de fiabilidade na indústria automóvel», sublinha o Diretor Geral da GM Portugal, João Falcão Neves. «Em Janeiro chega a quinta geração Corsa. O novo modelo surpreende todas as pessoas que o experimentam. É um digno sucessor face ao que as anteriores gerações alcançaram, dando um maior salto em qualidade, em conforto, em tecnologia e em sofisticação. Este é, sem dúvida, o melhor Corsa de sempre».

O novo Corsa tem todas as características necessárias para dar sequência ao sucesso das anteriores gerações. Para além de novas linhas exteriores e de novo habitáculo, a dinâmica surge num patamar mais elevado do que nunca graças a um novo chassis e a uma direção otimizada. Uma das tónicas está no motor 1.0 Turbo da nova geração, que lidera uma gama onde entram também propulsores turbodiesel profundamente revistos, tudo para assegurar níveis elevados de conforto e ‘performance’, e baixos consumos.

Precisão acrescida: nova suspensão e nova direção

A suspensão do novo Corsa não herda um único componente do modelo atual. A estabilidade em linha reta e o comportamento em curva surgem substancialmente melhorados graças a um centro de gravidade mais baixo em 5 mm, a um sub-chassis dianteiro mais rígido e a uma nova geometria de suspensão. Aspetos como a inclinação da carroçaria, bem como a resposta da direção e as características de subviragem, alcançam níveis superiores. Novas soluções em matéria de amortecimento, por seu turno, contribuem para dar ao novo Corsa maior eficácia na filtragem de irregularidades de múltiplos tipos de pisos. O desenvolvimento de uma arquitetura de eletricidade totalmente nova permite um grau de maior sofisticação na interação entre os diferentes sistemas do automóvel. A nova geometria da direção e a respetiva calibração de ‘software’ são razões decisivas para dar maior precisão de resposta, melhorando dessa forma o conforto da condução.

Novíssimo 1.0 Turbo ECOTEC com injeção direta

Um dos grandes destaques no lançamento da quinta geração Corsa vai para o avançado motor tricilíndrico 1.0 Turbo ECOTEC, com injeção direta de gasolina, que faz parte da mais recente geração de motores com que a Opel está a renovar a maior parte da sua linha de motorizações. Recentemente estreado no ADAM, este propulsor é o único 1.0 de três cilindros na indústria dotado de um veio de equilíbrio, o que lhe permite estabelecer novas referências em matéria de baixos níveis de ruído e vibrações. Com bloco e cabeça construídos em alumínio, o novo 1.0 Turbo da Opel está disponível à saída da fábrica em duas configurações, com potências diferentes: 90 cv e 115 cv. Ambas cumprem com a norma de emissões Euro 6, destacando-se a versão de 90 cv com um consumo médio de apenas 4,3 l/100 km e emissões de CO2 de apenas 100 g/km. Este novíssimo propulsor destaca-se numa série de parâmetros, desde a suavidade e baixíssimo nível de ruído, até à invulgar capacidade de resposta. Registe-se, neste aspeto, o notável binário máximo de 170 Nm, que é alcançado a um regime tão baixo como 1800 rpm. A gama de motores a gasolina é ainda composta por unidades 1.2 e 1.4 de quatro cilindros.

Do lado dos Diesel, há a registar a entrada de uma variante totalmente revista do 1.3 CDTI, com 95 cv, que passa a cumprir a norma Euro 6 e a apresentar um funcionamento mais refinado. Esta versão turbodiesel mais económica, com caixa manual de cinco velocidades e sistema de recuperação de energia de travagem, consegue reduzir as emissões de CO2 da variante de três portas para apenas 85 g/km e o consumo de gasóleo para 3,2 l/100 km no ciclo misto. Este desempenho permite-lhe ostentar a classificação alemã A+ em termos de eficiência energética, de acordo com o regulamento [EC] No 715/2007.

Mas não são apenas os novos motores que tornam o Corsa mais dinâmico e agradável de conduzir. A transmissão manual de seis velocidades acoplada ao novo 1.0 Turbo é totalmente nova, destacando-se pelo conceito de baixo atrito dos seus componentes internos e igualmente pela precisão e conforto de troca de mudanças. Na gama da nova geração surge também uma nova caixa automática de seis velocidades que traz ao segmento dos utilitários níveis elevados de conforto que antes estavam reservados a classes de automóveis de maiores dimensões.

Finalmente, outra novidade importante no capítulo das transmissões é a caixa manual robotizada Easytronic 3.0, destinada ao 1.4 de 90 cv, que impressiona pela elevada eficiência (4,7 l/100 km, 110 g/km de CO2) e uma operação em automático com passagens de mudanças muito mais suaves do que a anterior geração. A caixa Easytronic tem preço acessível - custa cerca de metade de uma caixa automática convencional com conversor de binário - e é uma alternativa válida que combina o conforto de uma transmissão automática com a eficiência de uma caixa de comando manual.

Mais estilizado: filosofia de ‘design Opel, por fora e por dentro

Os ‘designers’ do novo Corsa aliaram o popular perfil Corsa a linhas fluidas e detalhes vincados - afinal, o que caracteriza a filosofia de ‘design’ da Opel. Na secção dianteira destacam-se faróis cujo desenho exibe enorme atenção ao detalhe, encimados por luzes diurnas em LED com forma de ‘asa’, e uma grelha trapezoidal atravessada por uma barra cromada que sustenta o logótipo Opel. Este conjunto confere ao novo Corsa uma presença destacada na estrada. A secção traseira possui um formato simplificado, mais simples e ao mesmo tempo com porte mais volumoso. Os grupos óticos horizontais pretendem acentuar a largura do automóvel e proceder a uma ligação harmoniosa com os flancos. Com 4,02 metros de comprimento, o novo Corsa oferece espaço para cinco ocupantes, em ambas as variantes de carroçaria com três e cinco portas.

Em especial plano de evidência está o habitáculo, cujo requinte e qualidade o transportam para um nível superior de sofisticação. O desenho do ‘tablier’ segue longas linhas horizontais que enfatizam a sensação de espaço. Dependendo do nível de equipamento, na consola central surge o grande ecrã tátil policromático do IntelliLink, o sistema de informação e entretenimento da Opel que permite ‘importar’ para o automóvel várias funções de dispositivos móveis inteligentes. O IntelliLink é compatível com aparelhos Apple iOS e Android, aceitando comandos de voz. Neste particular, pode ser utilizado o sistema Siri Eyes Free, da Apple, o qual verbaliza mensagens escritas e permite ao condutor ditar ‘sms’ e e-mails, enviando-os de seguida, sem que precise de tirar os olhos da estrada ou as mãos do volante. Várias aplicações de ‘smartphones’ são transpostas automaticamente para o IntelliLink, como o BrinGo, para a navegação, ou o Stitcher e o TuneIn para a rádio de Internet.

Sistemas modernos de apoio à condução aumentam conforto e segurança

A direção oferece um modo de funcionamento City, acionado com um simples toque numa tecla, que reduz ao mínimo o esforço para rodar o volante quando o automóvel circula a baixa velocidade - algo especialmente útil em manobras no trânsito intenso das cidades. A Assistência ao Arranque em Subida é de série em todos os novos Corsa. Capaz de detetar se o automóvel está parado num plano inclinado, o sistema mantém os travões aplicados automaticamente durante cerca de dois segundos depois de o condutor soltar o pedal, eliminando a necessidade de efetuar ‘ponto de embraiagem’.

A quinta geração Corsa oferece uma longa lista de equipamentos de apoio à condução, muitos deles inéditos nesta classe de automóveis. O Advance Park Assist, comanda automaticamente a direção durante as manobras de estacionamento, depois de identificar espaços livres paralelos ou perpendiculares ao automóvel. Por sua vez, os sensores do Alerta de Ângulo Cego têm alcance de três metros para a esquerda e para a direita do automóvel, alertando para a presença de obstáculos e veículos. Sempre que surge um veículo ao alcance destes sensores, o sistema acende uma luz colocada no espelho retrovisor exterior do lado correspondente.

A segunda geração da Câmara Dianteira Opel Eye integra funções avançadas como Reconhecimento de Sinais de Trânsito, Aviso de Saída de Faixa, Comutação Automática Médios/Máximos, Indicação de Distância para o Veículo da Frente e Alerta de Colisão Iminente. O novo Corsa pode ser equipado com sistema de faróis Bi-Xénon que inclui luz de curva/cruzamento.

O novo Corsa em Portugal

O Corsa foi, desde sempre, o modelo da Opel com maior expressão em Portugal. Até à data foram comercializadas mais de 517.000 unidades, das quais ainda circulam 346.000, isto é, cerca de 70 por cento do total.

Com lançamento agendado para o mês de Janeiro de 2015, a quinta geração Corsa prepara-se para assumir cerca de metade das vendas da Opel no mercado português. O modelo surge em dois tipos de carroçaria - três e cinco portas - e três níveis de equipamento: Enjoy (acessível), Color Edition (pendor mais dinâmico) e Cosmo (o mais requintado).

Todos os Corsa em Portugal possuem vasto equipamento de série, com ar condicionado, vidros elétricos à frente, fecho centralizado de portas, computador de bordo, sistema de monitorização da pressão de pneus, assistência ao arranque em subida, airbags frontais, laterais e de cortina, ESP Plus e ABS com EBD, para citar apenas os mais relevantes.

Os preços iniciam-se em 14.490 euros. O Corsa equipado com o novíssimo motor 1.0 Turbo é proposto a partir de 15.390 euros. O profundamente revisto turbodiesel 1.3 CDTI ecoFLEX de 95 cv está disponível desde 18.990 euros.

Opel Corsa
Opel Corsa
Opel Corsa

 

 

BMW COM NOVIDADES

 

Hannibal Tour 2014: pelos Alpes de Munique a Roma

com o BMW i3 e BMW i8 equipados pela Bridgestone

 

“Esta viagem foi inesquecível”, esta foi a conclusão dos participantes no Hannibal Tour 2014. No final de outubro, os três vencedores de um concurso organizado pela Bridgestone e pela AutoBuild - uma das principais revistas de carro alemã - foram convidados a participar numa viagem de Munique a Roma nos novos desportivos da BMW: o i3, totalmente elétrico, e o i8, híbrido. Os carros foram equipados com pneus especialmente desenvolvidos para esta viagem, devidamente preparados para as diferentes condições de estrada. A Bridgestone é a fornecedora exclusiva de pneus para os novos desportivos da BMW.

 

BLIND TEST DRIVE

 

A Normajean Brand Culturing e a Škoda foram esta semana distinguidas nos prémios de Marketing da publicação Meios & Publicidade que decorreram nas instalações da Microsoft Portugal.

 

O projeto “Blind Test Drive” obteve a distinção de Prata na categoria Setores - Subcategoria Automóvel e Transportes. O projeto “Blind Test Drive” nasceu como resposta a um problema existente de perceção relativamente à Marca no mercado nacional.

 

A Škoda no mercado português ainda não é percepcionada como uma Marca de automóveis com a relação preço/qualidade que já dispões nos principais mercados europeus, o que influencia à priori qualquer test drive feito em carros da Marca. Como tal era necessário desbloquear este travão emocional e levar as pessoas a testarem e comprovarem a qualidade do novo Škoda Rapid Spaceback sem preconceitos e em ambiente neutro.KODA Blind_Test_Drive_01_CopyKODA Blind_Test_Drive_03_CopyKODA Blind_Test_Drive_02_Copy

 

WRC EM REVISÃO

 

Reviva o ano em que Ogier juntou lendas do WRC

 Sébastien Ogier juntaram às fileiras dos grandes ralis em 2014, quando ele entrou no clube exclusivo de pilotos que venceu o Campeonato do Mundo de Ralis FIA mais de uma vez.

Dezessete motoristas têm levantou o título desde a sua criação em 1979, mas apenas sete foram múltiplos vencedores até Ogier e co-piloto Julien Ingrassia conquistou o seu segundo título consecutivo na Espanha em outubro.

WRC Promoter comemorou a conquista ao produzir um filme, exibido pela primeira vez no 2014 FIA Entrega de Prémios no Qatar no início deste mês, que capta a emoção e drama da temporada ao lado de homenagens aos sete motoristas que precederam piloto Volkswagen Polo R Ogier.

O filme de três minutos inclui rolo espetacular de Andreas Mikkelsen, no México, acidente shakedown dramática de Thierry Neuville na Alemanha e voando alto ação de Salto do famoso Micky na fase Monte Lerno na Sardenha.

Este filme é livre apenas para uso editorial e está disponível para download em http://bit.ly/1BKw6Bt e via o canal do YouTube no WRC http://bit.ly/1wfUJpw. O código de incorporação para o filme é:

Mais emoção a partir de 2014 está disponível no WRC + (www.wrcplus.com), incluindo uma avaliação espetacular de 52 minutos temporada, mais de 3.000 vídeos de bordo e os melhores destaques de todas as provas do WRC do ano. Programas Archive spotlighting grandes nomes do WRC também estão disponíveis.

WRC + passa temporada 2015 já estão disponíveis até 22 de Janeiro 2015, com uma poupança especial de Natal de 20% usando o código de promoção 'WRC2015'.

Termina

Sobre WRC Promotor GmbH

WRC Promotor GmbH é uma empresa conjunta da Red Bull Mídia House e do
exploração media desportista. Ele é responsável por todos os aspectos comerciais do Campeonato do Mundo de Ralis FIA, incluindo formatos de transmissão, produção de TV e à comercialização de mídia global e direitos de patrocínio. O Promotor também tem a responsabilidade de aumentar o número de participantes e propor os locais que formam o calendário da FIA WRC.

O Campeonato Mundial de Rally é uma série de rali prémio da FIA. WRC mostra motorsport autêntico, carros de alta performance e melhores pilotos do mundo competem em ambientes dramáticos que vão desde o gelo ea neve da Escandinávia para o calor sufocante da Sardenha. Fundada em seu formato atual em 1973, WRC participantes batalha para os pilotos e dos fabricantes títulos mundiais em comícios, abrangendo 13 países e quatro continentes. Mais informações podem ser encontradas em www.wrc.com e www.wrcplus.com.

Próxima reunião: Rallye Monte-Carlo, 22 de - 25 jan 2015

 

Google TradutorSebastien Ogier_celebrates_Copy

 

CAMPEONATO NACIONAL DE RALIS

 

CAMPEONATO NACIONAL DE RALIS 2015
Na reunião de Direcção do passado dia 15, ficou decidida a composição do calendário do Campeonato Nacional de Ralis 2015.
Assim, este será composto por oito provas, seis no continente e duas nas ilhas (Açores e Madeira), sendo que estamos a envidar todos os esforços para que a sua repartição seja equitativa em termos de pisos, metade asfalto metade terra.
As provas que o compõem são:
 Rali Serras de Fafe
 Rali Cidade de Guimarães
 Rali Cidade de Castelo Branco
 Sata Rallye Açores
 Rali Vinho Madeira
 Rali Vidreiro Centro Portugal
 Rali de Mortágua
 Rali Casinos do Algarve
e desenrolar-se-ão de Fevereiro a Novembro.
Atendendo à proximidade do Rali de Portugal com o Sata Rallye Açores e apesar de inúmeros esforços junto às respectivas organizações, não foi possível qualquer alteração de datas, facto que lamentamos e que nos obriga a não incluir o Rali de Portugal no calendário do Campeonato.
A FPAK espera que no futuro seja possível alterar esta situação, de modo a que o Rali de Portugal volte a integrar o Campeonato Nacional.

 

AUDI COM GALARDÕES

 

• Quatro prémios no total como “Connected Car Award 2014”

• Vitória absoluta para novo Audi TT: “best connected car”

Primeiros lugares no sistema de Navegação, Internet e nas categorias de Entretenimento

 

“Well connected”: a Audi foi a marca mais bem sucedida no prémio “Connected Car", organizado pela Auto Bild e Computer Bild. A marca dos quatro anéis ganhou quatro prémios em termos absolutos. A marca conquistou o primeiro lugar nas categorias de Navegação, Internet e categorias de Entretenimento. O Audi TT é, globalmente, o melhor "Car Connected 2014."Audi virtual_cockpit_TT_Copy

 

COMVAL RACING NOS DOLCE VITA

 

COMVAL RACING NOS DOLCE VITA DE VILA REAL E PORTO

comvalrac Copy

A Comval Racing esteve presente nestes dois últimos fins de semana nos Dolce Vita de Vila Real e Porto, onde esteve exposto, os Fórmula Ford com que participaram no Campeonato dos Single Seaters, para além de promover os cursos de drift, contando com a presença dum Westfield.Sobre esta presença, Nuno Magalhães falou-nos um pouco “ para nós é sempre muito importante uma presença destas em dois locais que atraem largos milhares de visitantes, por cima ainda nesta época de Natal. Obviamente fomos contactados por muita gente interessada naquilo que fazemos, tivemos muitas inscrições para o curso de drift de nível 1, que tem um preço especial de 149 euros, e logicamente que fomos consultados no intuito de saberem custos para uma época de Fórmula Ford. Este tipo de evento é muito importante para nós, pois é uma excelente maneira de podermos chegar a outro tipo de público diferente do que vai assistir às corridas, por isso o balanço é francamente positivo, isso sem duvida alguma”.

 

FERNANDO XAVIER NAS 6 HORAS DE BRAGA

 

FERNANDO XAVIER NAS 6 HORAS DE BRAGA


FERN1 Copy

Tal como tem sido habitual, e este ano não será de modo algum excepção, a dupla Fernando Xavier ,Pinto dos Santos, Jorge Cruz e Francisco Pinto irão alinhar nas 6 Horas de Braga ao volante do VBMW 2002.Sobre os objectivos, Fernando Xavier começou por nos dizer “ o nosso objectivo é terminar a prova, no ano passado ficamos pelo caminho, este ano, o principal objectivo é terminar esta maratona, e se possível o melhor classificado possível. A toada a imprimir ao longo da corrida será calma, pois são muitas horas de corrida, e há que saber atacar na hora certa, e para mim vai ser u desafio ao volante deste BMW 2002, um carro novo para mim”.

 

JACINTO APRESENTA ÉPOCA 2015 NO PORTO

Elisabete Jacinto apresenta

época de 2015 no Porto

A equipa OLEOBAN® e a piloto Elisabete Jacinto apresentaram esta manhã no Porto, o seu calendário desportivo para a época de 2015.

A época desportiva desta equipa portuguesa incidirá mais uma vez em provas internacionais de todo-o-terreno e terá início com o rali Africa Eco Race 2015. Esta competição, organizada uma vez mais por René Mètge, vai ser disputada entre 28 de Dezembro de 2014 e 11 de Janeiro de 2015.

Elisabete Jacinto participará naquela que é a maior maratona Africana da actualidade, acompanhada pelo navegador José Marques e pelo mecânico Marco Cochinho com o camião de competição MAN TGS que a equipa tem vindo a desenvolver. Desta fazem ainda parte o coordenador Jorge Gil, o condutor Pedro Azevedo e o mecânico Hélder Anjos que prestarão assistência com o MAN KAT.

A equipa participará ainda no rali de Marrocos que terá lugar de 3 a 9 de Outubro de 2015. A grande novidade poderá consistir no regresso do rali da Tunísia sobre o qual se aguardam notícias em início de Fevereiro que serão divulgadas pela entidade organizadora. A realização deste, que foi o primeiro rali africano de Elisabete, foi suspensa desde 2012 face à grande perturbação politica verificada neste país.

Na agenda da piloto está também o rali Rallye Aicha des Gazelles. Esta que é a maior prova africana de navegação e uma das maiores do Mundo, atingiu o número record inscrições em 2014 com 160 equipas e cumpre, em 2015, a sua 25ª Edição. Elisabete fará equipa com a belga France Cleves e participará com uma VW Amarok integrada na equipa Volkswagen França com o estatuto de piloto da marca.

Aos jornalistas no Porto falou sobre as suas expectativas para a próxima época e para o Africa Eco Race: “Parto com vontade de conseguir um lugar no pódio embora reconheça que não vai ser tarefa fácil atendendo ao nível de preparação dos camiões presentes. Ganhar a categoria Camião seria a realização de um velho sonho” declarou Elisabete Jacinto.elisabete jacinto_esteve_no_porto_e_falou_dos_objetivos_para_2015_Copyequipa oleoban_apresenta_poca_desportiva_de_2015_no_porto_Copy
 

SOUSA COUTINHO ESTEVE PRESENTE NA COMIC ON

 

SOUSA COUTINHO ESTEVE PRESENTE NA COMIC ON

GTCOMPETIZIONE2 CopyGTCOMPETIZIONE9 Copy

De forma inesperada, o BMW 2.8 de Domingos Sousa Coutinho esteve presente na edição deste ano  na Comic On, que teve lugar nos pavilhões da Exponor em Matosinhos. Sobre a presença do seu BMW 2.8, Sousa Coutinho fez-nos referencia “ isto tudo surgiu de forma inesperada, pois foi mesmo à última da hora que a RP Motorsport me pediu o carro para expor, o que logo acedi. Foi uma presença excelente, pois segundo a organização, foram mais de 55.000 visitantes que visitaram o certame, o carro esteve no espaço da GT  Competizione, que conseguiu atrair muita, mas muita gente. Por outro lado acho este tipo de iniciativa muito importante, pois está é outra das formas de podermos divulgar a imagem das empresas que nos apoiam”.

De referir que para 2015, Domingos Sousa Coutinho pretende fazer uma época muito semelhante à que fez este ano, estando nesta  fase, a tentar angariar os apoios que lhe permitam abordar a época sem contratempos e sem limitações.

 

TT EM ANGOLA

 

Não queremos esperar mais.

A pedido de várias famílias da TRIBO do CARR apresentamos o calendário PROVISÓRIO para 2015.

Ainda não é definitivo porque estamos a aguardar a confirmação da data da prova na Província do Bié.

Se o Dakar Series sair temos que reformular o calendário.

Este não é um calendário ideal mas devido a outros afazeres profissionais este é o possível. Somos responsáveis por 7 das 8 provas.

O regulamento só deverá sair em Janeiro mas entretanto queremos já adiantar o seguinte:

- Todas as provas contam para a pontuação final. Não há provas para deitar fora.

- As classes E1 e E2 ficam unidas numa só E. Prometemos que se houver necessidade em 2016 retomaremos o figurino das classes E1 e E2.

- A classe TT vai manter-se. Se ao longo do ano as novas máquinas chegarem a Angola vamos criar as classe TT1 e TT2, para 2016calendrio provisrio_CARR_2015_Copy
 

BAMP TESTOU PARA O DAKAR

 

Equipa internacional BAMP testou para Dakar 2015

Equipa liderada por Ricardo Leal dos Santos testou nova versão da Nissan Navara V8

Elementos lusófonos ultimam os preparativos para a grande prova

 

Após meses de construção dos seus diversos componentes, produzidos em vários locais, decorreram no calor africano os derradeiros testes da nova versão da Nissan Navara V8 desenvolvida pela equipa BAMP para o mítico Rali Dakar. Toda a equipa marcou presença nos treinos de conjunto preparatórios e os seus elementos regressam agora aos vários países de origem para ultimar os preparativos para a grande maratona sul-americana que se inicia a 4 de Janeiro.

Ricardo Leal dos Santos, o grande dinamizador deste projecto, irá participar pela 10ª vez no Dakar onde foi o primeiro português a aventurar-se de Quad, já triunfou na categoria solo auto em 2006 e foi ainda piloto oficial da equipa Mini, na edição de 2012, onde venceu a derradeira etapa da prova sul americana.

Para o co-piloto, o brasileiro Maykel Justo, isso significou regressar a São Paulo, Brasil, de onde é natural. Com uma experiência formada em sete edições do Dakar, onde garantiu sempre um resultado no top 10 e um destacado 4º lugar à geral em 2006, a bordo de um camião, esta será a sua estreia na categoria automóvel.

Para a angolana Izilda Mussuela, responsável pelos pelouros das Relações Públicas e Logística da equipa, a azáfama é muita. Para a manequim e apresentadora da RTP África será a sua primeira prestação no Rali Dakar.

Bruno Caminha, brasileiro do Ceará, que tem a seu cargo a condução do camião de assistência técnica está ligado ao todo-o-terreno no Brasil há mais de uma década. É um experiente piloto de competição de camião há já vários anos.

De referir que o projeto lusófono BAMP consiste no desenvolvimento de um carro de alta competição mediante a colaboração de empresas, tecnologias e universidades do Brasil, Angola, Moçambique e Portugal (resumido no acrónimo BAMP).Bamp Dakar_2015_CopyNissan Bamp_Dakar_2015_01_CopyNissan Bamp_Dakar_2015_02_Copy

 

NISSAN REFORÇA-SE

 

A NISSAN REFORÇA A SUA EQUIPA: MAX MEYER TORNA-SE EMBAIXADOR DA MARCA

 

 

A NISSAN REFORÇA A SUA EQUIPA: MAX MEYER TORNA-SE EMBAIXADOR DA MARCA

  • Talento alemão vai estar na campanha Nissan na Liga dos Campeões da UEFA
  • O rosto da Nissan na Alemanha vai integrar também o programa "Engenheiros do Entusiasmo"

A Nissan contrata a próxima grande estrela da sua equipa: Max Meyer torna-se o mais recente embaixador da marca. O talentoso médio do FC Schalke 04 fará parte da campanha da Nissan para a Liga dos Campeões da UEFA na Alemanha. Desde o início desta época, a Nissan tem sido o parceiro exclusivo da área automóvel naquela que é a competição mais prestigiada da Europa.


Imagens Relacionadas

Imagens Relacionadas

 

HYUNDAI GENESIS FINALISTA

 

Hyundai Genesis, finalista no Carro do Ano 2015 da
América do Norte
No passado dia 9 de Dezembro, o Hyundai Genesis foi nomeado em Detroit pela
Automotive Press Association, como um dos três finalistas ao Carro do Ano 2015 da
América do Norte. Os outros dois finalistas que o acompanham, são o Ford Mustang e
o Volkswagen GTI.
“Estamos muito satisfeitos por termos o Genesis como finalista entre um leque incrível
de modelos da concorrência e esperamos ansiosamente pela votação final do júri em
Janeiro”, referiu Dave Zuchowski, presidente e CEO da Hyundai Motor América. “Em
2009 fizemos história com o Genesis ao tornar-se o nosso primeiro modelo a vencer o
Carro do Ano da América do Norte. Desde então, o Genesis tem contribuído para
orientar o desenvolvimento do produto e continua a ser um modelo disruptivo que
desafia convenções e redefine o segmento de luxo.”
Este ano, os jurados consideraram 28 modelos, por entre a sua longa lista, antes de
seleccionarem os três finalistas. Na categoria de Truck/Utility, os finalistas foram o
Chevrolet Colorado, o Ford F-150 e Lincoln MKC. O galardão Norte Americano “Car
and Truck/Utility of the Year”, é decidido por um júri de 59 jornalistas de automóveis
independentes, dos Estados Unidos da América e Canadá. Esta é a 22ª edição deste
prémio, que foi inspirado no prestigiado “Car of the Year” europeu. O programa
americano é gerido por um Comité Organizador e é exclusivamente financiado pelas
quotas dos membros do júri. Os jurados avaliam os automóveis com base numa série
de factores incluindo inovação, design, segurança, manobrabilidade, satisfação do
condutor e preço.
O vencedor será revelado no próximo dia 12 de Janeiro de 2015, no North American
International Auto Show em Detroit.
40749 1_1_Copy

 

FORD RANGER NO DAKAR 2015

 

RACING SUL E NEIL Woolridge MOTORSPORT Equipe-se com ARGENTINA DA VILLAGRA
Para executar um FORD RANGER NO RALLY DAKAR 2015

• aparência Second Rally Dakar para o ex-astro argentino WRC
• Villagra a equipa com co-piloto Andrés Memi no sul da Ford Africano-construído
• Corrida do Sul e Neil Woolridge Motorsport continuar parceria
• companhia de energia argentina YPF apóia projeto Dakar Ford Ranger
• Villagra atrai apoio pessoal de Ford Argentina para a reunião cansativa

 South Racing e Neil Woolridge Motorsport uniram forças com a estrela do rali argentino Federico Villagra, com o apoio da YPF, e será executado uma Ford Ranger no Rally Dakar em janeiro, o mais famoso esporte a motor off-road do mundo concorrência. O evento começa em Buenos Aires em 03 de janeiro e termina de volta na capital argentina em 17 de janeiro.

Esta será a segunda participação do Dakar Villagra e ele atraiu o apoio pessoal de Ford Argentina para o desafio emocionante. O ex-FIA World Rally Championship (WRC) estrela terminou um excelente 12º geral com co-piloto Jorge Perez Companc em janeiro passado e definir um tempo o quarto mais rápido em uma fase complicada entre Chilecito e San Juan, na Argentina. Desta vez a 45-year-old, de Córdoba, equipes com navegador Andrés Memi.

Villagra é uma figura bem conhecida nos círculos de ralis do WRC e sua Argentina natal e competiu na antiga série entre 1998 e 2011, alcançando dois quarto colocado acabamentos no Rally da Argentina e do Rali da Acrópole, na Grécia, em 2009.

Apelidado de "Coyote", Villagra tomou parte em uma ampla gama de atividades de esporte a motor, incluindo Supercross e Motocross, e terminou em nono lugar geral no Rally de Marrocos 2013 depois de tomar-se cross-country em ralis Baja daquele ano Polónia. Ele ganhou uma limpeza de títulos de campeão de rali da Argentina entre 2001 e 2007 antes de se concentrar mais no combate rodadas do WRC, embora ele voltou a vencer sua série interno em 2009, 2010 e 2011.

"Depois de experimentar o meu primeiro Dakar em Janeiro com um resultado muito bom, desta vez eu vou ter o privilégio de ter o apoio da YPF e Ford, com a assistência do Sul Racing e Neil Woolridge Motorsport", disse Villagra.

"Nosso objetivo é conseguir um bom resultado e chegar em Buenos Aires entre o grupo da frente. Dias atrás, tivemos a oportunidade de realizar um teste com excelentes resultados. O arqueiro tem poder inacreditável e é muito dócil em altas velocidades. É uma sensação muito estável, principalmente através das cristas das dunas e nas bordas de dunas no caminho para baixo.

"A participação no ano passado me ajudou muito. As descobertas foram importantes e me permitir encontrar o equilíbrio como motorista. Vai ser muito exigente para Andrés e eu, mas devemos estar preparados tanto fisicamente e mentalmente ".

Memi, 45 anos, é um concorrente experiente em seu próprio direito e correu motocicletas, carros e até mesmo caminhões no Dakar. Ele é um vencedor de rodadas de Cross-Country Rally Championship da Argentina e, como Villagra, tem uma experiência considerável de motocicletas de corrida no Motocross e Supercross, habilidades que são de valor inestimável na leitura das dunas e da mentira do terreno em eventos como o Rally Dakar.

Memi abordou o primeiro Dakar sul-americano em 2009, em uma motocicleta e terminou 29 na categoria 450 e vem trabalhando na formação e no off-road motorista nos últimos anos longe da cena do esporte a motor.

Scott Abraham, princípio da equipe do Sul Racing, estará a cargo de arranjos logísticos e de serviços de gestão de eventos. Ele e sua equipe também são responsáveis por garantir que os membros da equipe estão plenamente informados preparada e equipada e que cada veículo de assistência e apoio caminhão é equipado com o equipamento correto, peças e suprimentos.

Com base perto de Frankfurt, na Alemanha, o, a equipe orientada para o cliente jovem também tem oficinas em Portugal e é um parceiro no projeto Dakar com Neil Woolridge Motorsport.

"Nós estamos olhando para a frente para o Dakar imensamente. Federico e Andrés completaram seu shakedown final com a Ford Ranger na semana passada e, certamente, tem que lidar bem com o carro ", diz o diretor do Sul Racing, Scott Abraham.

De acordo com Abraão, este Dakar vai ser um verdadeiro desafio para todas as equipes. "Vai ser um teste difícil, não só para os carros, mas também sobre as equipes de serviço que são o coração e alma da equipe. Estou muito orgulhoso de ter um grupo de pessoas que são tão apaixonados e comprometidos com a causa. É um prazer para nós também estar trabalhando com um nível tão elevado de apoio da YPF e com a assistência da Ford Argentina com nossa logística. Eles ajudaram sem fim à recebendo o projeto pronto e funcionando para Federico e Sul Racing. "

Villagra da Ford Ranger foi projetado e construído por Neil Woolridge Motorsport, a operação com sede na África do Sul, que correu os dois carros com assistência de fábrica, em 2014, em conjunto com a Corrida do Sul que movimentou programa de logística complexa da equipe.

"Nós aprendemos muito com o nosso primeiro passeio no Rally Dakar, em janeiro, e aplico isso a desenvolver um veículo ainda mais competitivo para o evento de 2015," diz Neil Woolridge, chefe de Neil Woolridge Motorsport.

"A experiência adquirida com competindo em eventos internacionais selecionados e campeonatos nacionais com o arqueiro ao longo deste ano nos permitiram fazer uma ampla gama de melhorias para o chassis, suspensão e desempenho do veículo, e isso será uma vantagem significativa para o time em 2015 Dakar. "

Além da YPF, programa Dakar de Villagra é suportado por suspensão e OEM empresa de peças Fric Rot, Brenson (Concessionário Ford), Piamontesa e empresa de construção Natania. OMP, Michelin, Rudy Projeto e Gold Nutrition forneceram assistência técnica.

Ford Ranger em Dakar 2014

Dois cross country Ford Rangers fizeram sua estréia Dakar em 2014 nas mãos do argentino Lucio Alvarez e Chris Visser da África do Sul.

Após início de atrasos, Alvarez e seu navegador Ronnie Graue subiu de volta a partir da parte de trás do ajuste várias vezes palco top 10 em seu caminho para terminar em 22º altamente meritório total em campo. Visser e co-piloto Japie Badenhorst caiu fora da disputa no segundo dia.

Ford Ranger em 2014 temporada de cross country

Sob a gestão do Sul Corrida de uma Ford Ranger terminou em terceiro lugar nas mãos da dupla húngara de Imre Fodor e Mark Mesterházi no campeonato húngaro, vencendo dois eventos e uma impressionante quatro posições do pódio.

A dupla brasileira de Cristian Baumgart e Beco Andeotti foi vice-campeão na árdua sete dias Rally dos Sertões, no Brasil, ao volante de um NWM Ford Ranger.

Embora a construção de veículos para as equipes dos clientes, a roupa Neil Woolridge Motorsport também correu duas semelhantes Ford Racing Rangers no Sul Africano Cruz País Championship 2014, alegando um impressionante três vitórias e de sete eventos, juntamente com dois segundos lugares e um terceiro.

O cross country Ford Ranger

Villagra da Ford Ranger foi projetado e construído por Neil Woolridge Motorsport em sua base Sul-Africano em Pietermaritzburg, com a assistência da SVT Divisão da Ford grupo e Desenvolvimento de Produto Global da Ford Motor Company.

A versão cross country é baseado em uma Ford Ranger 4x4 Cabine Dupla e está homologado na categoria T1 FIA. Ele é alimentado por um motor V8 de 5,0 litros de alumínio Ford com duplo controlo de cam variável independente, e oferece aproximadamente 260 kW de potência e 560 Nm de torque a 4 100 rpm.

O corpo é feito de material compósito completo e Ranger monta na parte dianteira independente e suspensão traseira, amortecedores BOS individuais e frontal e barras estabilizadoras traseiras. O arqueiro possui freios dianteiros Brembo refrigerados a ar e traseiras refrigerados a água. A potência é transmitida às rodas motrizes por um sistema de tração nas quatro rodas permanente e um Sadev de seis velocidades sequencial.

O arqueiro também se beneficia de diferenciais dianteiros e traseiros limitados deslizamento, uma linha de transmissão GKN, rodas Evocorse e pneus Michelin. Ele tem uma velocidade máxima estimada de 170 km / h, e pesa 1,975 kg.

A sétima temporada para o Dakar na América do Sul

Depois de correr por todo o continente Africano desde a sua criação em 1978 até 2007, o Rally Dakar voltou ao calendário desportivo internacional, em 2009, e tem lugar na América do Sul para um sétimo ano em janeiro.

Em mais de duas milhões de pessoas são esperadas para as ruas e participar da largada promocional em Buenos Aires em 03 de janeiro, antes do evento caminhadas oeste através das pastagem remotos para a cidade de Vila Carlos Paz, sede do evento do Campeonato FIA World Rally em Argentina e notável por suas faixas espalhadas-rock moonscape-like.

A partir da província de Córdoba, os chefes de rota mais a oeste em direção a San Juan em 05 de janeiro e depois para o pé da cadeia montanhosa dos Andes poderoso e uma parada durante a noite a Chilecito. A caravana do Dakar passa a linha de neve e cruza a coluna vertebral da Cordilheira dos Andes em 07 de janeiro e atinge a cidade de mineração de cobre de Copiapó, no Chile.

A passagem punir através do deserto de Atacama leva equipes de Copiapó para o hub de mineração costeira de Antofagasta no dia 8 de janeiro e os treinos de rota mais para o extremo norte do país mineração chilena e da cidade de Iquique no dia 9 de janeiro.

Iquique vai sediar dois dias de descanso separadas para os carros e motos concorrentes. O evento cruza para a vizinha Bolívia, pelo segundo ano consecutivo e uma etapa Maratona para a cidade de Uyuni. Cars irá abordar a etapa Maratona, sem assistência de serviço em 10 de janeiro / 11 e beneficiar de um dia de descanso em 12 de janeiro.

Ação Corrida recomeça em 13 de janeiro com uma etapa especial entre a cidade costeira do Pacífico de Iquique e Calama, um centro de mineração em pequena no Alto Atacama negligenciado pela imponente mina de cobre Chiquicamata. As equipas vão voltar a atravessar a coluna vertebral da Cordilheira dos Andes para a Argentina em 14 de janeiro e enfrentar uma fase para a cidade de Salta.
O evento, em seguida, passa entre Salta e da cidade de Termas de Rio Honda pela primeira vez no dia 15 de janeiro e, em seguida, se move sobre a terceira maior cidade da Argentina, Rosario, em 16 de janeiro A fase final leva equipes de Rosario, na província de Santa Fe e para o acabamento fanfarra em Buenos Aires em 17 de janeiro.
2015 ARGENTINA-BOLÍVIA-CHILE - ROUTE DETALHES

Data Fase
03 de janeiro de início em Buenos Aires
04 de janeiro Buenos Aires - Vila Carlos Paz
05 de janeiro Vila Carlos Paz - San Juan
06 de janeiro San Juan - Chilecito
07 de janeiro Chilecito - Copiapó
08 de janeiro Copiapó - Antofagasta
09 de janeiro Antofagasta - Iquique
10 de janeiro Iquique -Uyuni, Bolivia
11 de janeiro Uyuni, Bolívia - Iquique
12 de janeiro Iquique - dia de descanso
13 de janeiro Iquique - Calama
14 de janeiro Calama - Salta
15 de janeiro Salta - Termas de Rio Honda
16 de janeiro Termas de Rio Honda - Rosario
Décimo sétimo janeiro Rosario - Buenos Aires
Concluir em Buenos Aires

 

 

Google TradutoirFederico Villagra_testing_his_new_Ford_Ranger_in_South_America_last_week._CopyScott Abraham_and_Federico_Villagra_Copy

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

 

 

AS 32 HORAS DE PORTIMÃO

 

 

Grupo de imagens do nosso amigo e colaborador Rafa Sanchez, referente à maratona do passado fim de semana na pista de Portimão depois duma prova com a duração de 32 HOras, que venceu um dos Seta leon preparados pela Veloso Motorsport.

 

Fotos de Rafa Sanchez em Portimão - www.velocidadeonline.commaxi1 Copymaxi2 Copymaxi3 Copymaxi4 Copymaxi5 Copymaxi8 Copymaxi9 Copymaxi10 Copymaxi11 Copymaxi12 Copymaxi14 Copymaxi15 CopyMAXI16 Copymaxi17 Copymaxi30 Copymaxi31 CopymAXI32 Copymaxi33 Copymaxi34 Copymaxi35 Copymaxi36 Copymaxi37 Copymaxi38 Copymaxi40 Copymaxi41 Copymaxi42 Copymaxi43 Copymaxi44 Copymaxi45 Copymaxi46 Copymaxi47 Copymaxi48 Copymaxi49 Copymaxi50 Copymaxi51 Copymaxi52 Copymaxi53 Copymaxi54 Copymaxi55 Copymaxi56 Copymaxi57 Copymaxi58 Copymaxi59 Copymaxi61 Copymaxi62 Copymaxi63 Copymaxi64 Copymaxi65 Copymaxi66 Copymaxi67 Copymaxi68 Copymaxi69 Copymaxi70 Copymaxi71 Copymaxi72 Copymaxi73 Copymaxi74 Copymaxi75 Copymaxi76 Copymaxi77 Copymaxi78 Copymaxi79 Copymaxi80 Copymaxi81 Copymaxi82 Copymaxi83 Copymaxi84 Copymaxi85 Copymaxi85 Copymaxi100 Copymaxi101 Copymaxi102 Copymaxi103 Copymaxi104 Copymaxi105 Copymaxi106 Copymaxi107 Copymaxi108 Copymaxi110 Copymaxi111 Copymaxi112 Copymaxi113 Copymaxi114 Copymaxi115 Copymaxi116 Copymaxi117 Copymaxi118 Copy

 

AMNSPORT E ANTÓNIO NOGUEIRA DEFINEM ÉPOCA 2015

 

 

AMN SPORT E ANTÓNIO NOGUEIRA DEFINEM ÉPOCA DE 2015



NOG1NOG2NOG4NOG5

A equipa da AMN Sport e António Nogueira tem quase tudo definido para a época de 2015, pois segundo o piloto da Régua “ a época de 2015 será muito semelhante ao que foi a de 2014, isto é, irei participar de novo no Campeonato Nacional de Montanha, com o Porsche GT 2, embora  possa utilizar o GT 3 R, mas  isso poderá depender de vários factores. Em relação ao Porsche GT 3  R branco, irei participar em algumas provas do Campeonato Nacional de Velocidade, como já o fiz este ano. Depois e isso dependendo do meu tempo poderei participar em algumas provas do GT Open, tudo isto em parceria com o meu colega de equipa António Coimbra. Nos clássicos o Ford Capri poderá fazer  algumas aparições, e nesta fase estamos a planear a participação do meu sobrinho em algumas provas de Montanha, mas só lá para finais de Janeiro teremos isso mais delineado”, disse-nos.

Sobre a época que passou fez-nos um balanço” foi o que foi possível, fizemos os melhores resultados possíveis, foi uma época positiva com mais uma série de vitórias em provas e mais um titulo. Não foi possível fazer mais , pois motivado por novos projectos profissionais não o permitiram. Tenho muita pena, que muitos dos GT que haviam em Portugal estejam, parados, a FPAK, deveria motivar pilotos e equipas para trazerem esses carros de novo para as pistas”

 

WSR EM JEREZ

WSR EM JEREZ

 

Grupo de imagens relaticas à passagem da World Series by Renault pela pista espanhola de Jerez de la Frontera.wsr1 Copywsr2-jerez Copywsr3 Copywsr4 Copywsr5 Copywsr6 Copywsr7 Copywsr8 Copywsr9 Copywsr10 Copywsr11 Copywsr12 Copywsr13 Copywsr14 Copywsr15 Copywsr16 Copywsr17 Copywsr18 Copywsr19 Copywsr20 Copywsr21 Copywsr22 Copywsr23 Copywsr24 Copywsr25 Copywsr26 Copywsr27 Copywsr29 Copywsr30 Copywsr31 Copy

 

TIAGO MONTEIRO TESTOU EM JEREZ

TIAGO MONTEIRO TESTOU EM JEREZ

 

 

SEmpre na busca de amiores evoluções para o CIviv do WTCC, a equipa da Honda esteve em Jerez para mais uma bateria de testes que inclui Tiago Monteiro e Grabriele Tarquini.monteirotestaemjerez Copy

 

VOLVO OCEAN RACE

 

Volvo Ocean Race contrata investigação independente para apurar acidente com barco da Dinamarca


A Volvo Ocean Race informou, nesta terça-feira (16), que está apurando mais incisivamente o acidente com o barco Team Vestas Wind. A embarcação da Dinamarca encalhou em uma ilhota no Oceano Índico durante a segunda etapa da Volta ao Mundo. O incidente ocorreu no dia 29 de novembro em Cargados Carajos Shoals (Saint Brandon), 240 milhas a nordeste das Ilhas Maurício. A tripulação deixou o barco sem nenhum arranhão, mas foi obrigada a abandonar a regata.

A organização da Volvo Ocean Race contratou peritos e especialistas em navegação para apurar as causas do problema com o Team Vestas Wind. O relatório será assinado pelo almirante Chris Oxenbould e entregue até 31 de janeiro de 2015.

Os representantes da Volvo Ocean Race planejam tornar público o documento para toda a comunidade e fãs da Volta ao Mundo. Isso deve acontecer na parada de Auckland, entre 27 de fevereiro e 15 de março de 2015.

O Team Vestas Wind, comandado por Chris Nicholson, e os patrocinadores trabalham em conjunto com os investigadores. O relatório será importante para a Volvo Ocean Race tomar decisões futuras para garantir segurança dos times.TEAMVESTAS Copy

 

HYUNDAI ANUNCIA PARCERIA

 

A Hyundai Motorsport anuncia parceria com a
Alpinestars para a temporada de 2015 do WRC
 O fabricante de roupa desportiva de alto desempenho para o
automobilismo, Alpinestars, juntou-se à Hyundai Motorsport para a
temporada de 2015 do Campeonato do Mundo de Ralis (WRC).
 A parceria prevê que a Alpinestars forneça roupa técnica e calçado aos
pilotos e co-pilotos da Hyundai Shell World Rally Team, para todas as
provas e testes do WRC.
 A Hyundai Motorsport terá uma vantagem competitiva ao utilizar os
produtos de alto desempenho da Alpinestars no seu segundo ano no
WRC.
A Hyundai Motorsport tem o prazer de anunciar uma parceria técnica com a
Alpinestars, o fornecedor líder de roupa e sapatos de alto desempenho para o
desporto automóvel.
Ao abrigo deste novo acordo, efectivo para a temporada de 2015 do
Campeonato do Mundo de Ralis FIA (WRC), a Alpinestars tornar-se-á num
Fornecedor Técnico para a Hyundai Shell World Rally Team, providenciando
todo o equipamento dos pilotos e co-pilotos.
A Hyundai Motorsport pretende continuar o sucesso do primeiro ano no WRC,
que incluiu a estreia numa vitória e três pódios, tendo escolhido a Alpinestars
para fornecer roupa de vanguarda às tripulações do i20 WRC em 2015.
Com fatos de competição, luvas, sapatos e roupa interior técnica, fabricados
com materiais ultraleves, os equipamentos Alpinestars oferecem um ajuste
anatomicamente optimizado com segurança e protecção lideres na classe. No
muito competitivo ambiente do WRC, os produtos Alpinestars são desenhados
para fornecer uma vantagem competitiva, incorporando os últimos
desenvolvimentos tecnológicos na procura da performance.
O Director da Hyundai Motorsport Team, Michel Nandan referiu: “Ao
prepararmos a segunda temporada no Campeonato do Mundo de Ralis FIA
(WRC), estamos muitos contentes que a Alpinestars possa contribuir para o
nosso esforço contínuo na redução de peso, ao mesmo tempo que garantimos
o conforto dos pilotos e co-pilotos, fundamental para que possam dar o seu
melhor.”
O Presidente e CEO da Alpinestars, Gabriele Mazzarolo comentou: “A nossa
tecnologia é baseada em testes ao mais alto nível do automobilismo e
estabelecer uma parceria com o programa da Hyundai Motorsport no WRC,
preenche esse critério. É impressionante a rapidez com que progrediram no
WRC e o nosso apoio centrar-se-á no desenvolvimento contínuo de produtos
tecnológicos que forneçam uma vantagem competitiva, como fazemos com as
equipas e pilotos na Formula 1, NASCAR, WEC e muitas outras séries de topo
do desporto automóvel”.Dani-Sordo CopyThierry-Neuville Copy

 

VOLTA AO MUNDO COM FRANCISCO SANDE E CASTRO

VOLTA AO MUNDO COM FRANCISCO SANDE E CASTRO

 

17 de dezembro de 2014

Gili Travangan

 

Saí da capital de Lombok, Mataram, pelas onze da manhã e parti para Norte junto à costa, na direção onde eles me tinham indicado que ficava este grupo de três pequenas ilhas. O passeio é lindo porque aquela zona da costa forma várias pequenas baías com praias entaladas entre o mar e o palmeiral.
Quando vi as ilhas no horizonte e um pequeno porto de mar parei para perguntar se havia quem me levasse às ilhas. Pescadores que tratavam das redes responderam que sim mas pediram-me o equivalente a 30 euros que achei um exagero. Disseram-me então que, meia dúzia de quilómetros à frente, havia barcos que transportavam mais pessoas regularmente. Parti para o porto que me indicaram onde constatei que até tinham um armazém para se guardarem as muitas motos de quem ia para as ilhas trabalhar.
Embarquei num “speed boat”, com três motores de 200 cv. e outros tantos clientes e em dez minutos estávamos a desembarcar em Gili Travangan.
“Transport, sir, transport? where are you staying”?
Pequenas carroças puxadas por um cavalo esperam pelos turistas no porto para os levar aos hotéis. Eu não tinha nada marcado e preferi alugar uma bicicleta com um porta bagagens onde coloquei a pequena mala que trazia e fui explorar a zona.
Em menos de duas horas dei a volta à ilha por um estreito caminho onde se cruzam bicicletas e carroças. Durante o trajeto vários homens me perguntaram se não queria comprar erva, uma massagem ou a própria massagista.
Pelo caminho encontrei o hotel mais atrativo dentro do meu orçamento e deixei logo lá a mala. Era composto por várias cabanas de colmo junto à praia em que uma era a recepção e bar, outra um sítio para se estar sentado em almofadas a ler ou conversar e outras os quartos, com camas grandes de docel e mosquiteiro mas pouco espaço à volta. Do outro lado da entrada na cabana uma porta dava acesso à casa de banho que era ao ar livre, forrada a bamboo, tendo a minha uma enorme palmeira no meio. O duche era uma cana de bamboo de onde a água corria para o chão da casa de banho. Muito giro. 
Na praia tinham não só camas para se estar ao sol como algumas mesas e cadeiras à sombra de árvores e uns coloridos pufos que os empregados se apressavam a retirar de cada vez que começava a chover.
Depois de dar a volta à ilha e responder várias vezes que não me queria drogar nem receber massagens fui à procura de um sítio para almoçar, já pelas três e meia da tarde.
Encontrei um restaurante isolado, junto ao mar, com uma pequena loja de roupa ao lado, que pertence a um jamaicano que ali se instalou. Tinha um ambiente giríssimo com boa música e três empregadas muito animadas e divertidas, de maneira que acabei por voltar lá para jantar nesse dia e almoçar no dia seguinte.
Nas duas ultimas refeições elas andavam numa paródia pegada, a rirem muito até que uma delas me contou que a mais velha, dos seus trinta e muitos anos, estava apaixonada por mim. Convidei-a para jantar e ficou excitadíssima mas quando, num restaurante da vila sobre o mar, à luz das velas, caí na asneira de lhe dizer que partia no dia seguinte, já não quis ficar comigo no Hotel. Era mesmo amor.
Deixei Gili Tanwangan no barco da manhã com vontade de lá voltar, como me tem acontecido em tantos sítios. Na outra margem peguei na moto e arranquei para o lado oriental da ilha de Lombok, a caminho do porto onde apanharia o barco que me levar à seguinte, Sumbawa.
Tinham-me recomendado que, antes de partir, não deixasse de visitar uma zona montanhosa da ilha de Lombok com uma beleza invulgar e umas quedas de água espetaculares de maneira que, ficando até no meu caminho, foi para aí que me dirigi.
Quando lá cheguei, depois de subir a montanha com paisagem de floresta exuberante, vi um restaurante com bom aspecto e parei para almoçar. Tinha uma vista espetacular sobre o vale, com o mar ao longe.
Pouco depois entraram duas miúdas inglesas que se sentaram na mesa ao lado da minha e, quando disseram que também vinham visitar as quedas de água, sugeri irmos juntos.
Embora vários guias nos recomendassem que o caminho para a segunda cascata, que seria a mais espetacular, era quase impossível fazer sem acompanhamento, decidimos ir só os três e foi muito divertido. Atravessámos um rio várias vezes por entre pedras e corrente, ao princípio descalços e de calças arregaçadas mas para o fim com  sapatos e calças encharcadas. Pelo meio caí dentro de água, felizmente numa altura em que tinha passado o meu iphone à Laura.
A cascata era sensacional e tomámos os três um enorme banho debaixo da queda de água.

15 de dezembro de 2014

Lombok

 

Quando regressei a Denpasar vindo de Ubud passei no Hotel do italiano onde tinha ficado antes, a buscar duas malas que lá tinha deixado e no registo em que tinha pedido uma extensão do meu Visto de entrada no país para depois seguir a caminho do barco que me levaria a Lombok, a próxima ilha a caminho de Timor.
O passaporte não estava pronto e quando saí, já perto das três da tarde, achei que dificilmente apanharia um barco nesse dia. De qualquer forma fiz-me à estrada, não sem antes ter parado num excelente restaurante italiano para almoçar a pensar que provavelmente iria enfrentar mais uns dias sem uma refeição decente.
O GPS tem um problema de regulação que tenho estado a tentar resolver mas que ainda me manda muitas vezes dar “a volta ao bilhar grande” antes de chegar ao destino. Desta vez programei-o para me guiar até à vila da doca e ele, felizmente, mandou-me para uma zona montanhosa mais a norte.
Quando fui a Ubud o italiano do Hotel de Bali tinha-me dito que não poderia deixar de visitar um lago fabuloso que existe na cratera de um velho vulcão extinto, ao estilo da nossa “lagoa das sete cidades” nos Açores que é daquelas paisagens que, quando vemos pela primeira vez do alto da montanha, ficamos de boca aberta de espanto pela beleza natural do local.
Pois desta vez o GPS mandou-me para a zona montanhosa junto ao lago Danau Batur. Quando lá cheguei acima, já depois de ter percebido a volta que estava a dar e de ter apanhado mais uma enorme chuvada, com ruas inundadas pelo caminho, vi um letreiro a indicar “Lake View Hotel”. Lembrei-me então da recomendação do italiano e, como já eram quase seis da tarde e estava um nevoeiro que não permitia ver lago nenhum, decidi por ali ficar. O Hotel estava vazio, ao ponto de ter passado aquele final de tarde a jogar “snooker” com a menina da recepção.
No dia seguinte, quando acordei e olhei para a vista pela janela do quarto, conclui que foi uma óptima ideia ter por ali ficado. O Hotel tinha uma situação fabulosa no alto da montanha, com vista deslumbrante sobre o lago. Estava uma manhã linda de sol e tomei o pequeno almoço no terraço superior a regalar os olhos com aquela paisagem fantástica.
Desci depois a serra por uma estrada muito sinuosa mas linda deste interior de Bali, com muita vegetação nas margens e, a certa altura, uma vista espetacular do alto da montanha para a costa com muitas palmeiras e um mar salpicado de pequenas ilhas.
Já no porto um polícia de alfandega perguntou-me onde ia e quando lhe respondi disse: “então talvez fosse boa ideia eu ver os documentos da moto”. É coisa que não me pedem nem nas fronteiras e não fazia ideia onde os tinha metido. O que vale é que quando ele percebeu que eu tinha que abrir e vasculhar várias malas disse: “deixe lá, deixe lá. Pode seguir”.
No barco para Lombok, a próxima ilha a oriente, numa travessia de mais de quatro horas, houve dois rapazes simpáticos que meteram conversa e combinámos que seguiria depois a moto deles para me indicarem um Hotel onde ficar. Pelo caminho pararam numa grande rotunda para se encontrarem com outros amigos, uma situação muito comum aqui. Os miúdos estacionam as “scooters” junto ao passeio central das rotundas e ficam à conversa, sentados nas rotundas. Quando não são rotundas são pontes. Sempre que há uma ponte sobre um qualquer rio vemos várias “scooters”, quando não são dezenas, estacionadas com miúdos à conversa.
Um dos rapazes pediu a um amigo para ir comprar à esquina umas maçarocas de milho e uma bebida à base de leite de coco misturado com um pouco de limão, leite e açúcar, que eles servem em pequenos sacos de plástico com gelo. Corta-se um canto do saco de plástico e bebemos por ali. Foi aquele o meu almoço e estava óptimo.
Estes rapazes recomendaram-me visitar uma pequena ilha próxima, Gili Trawangan que segundo eles era uma “free Island”.
- “O que querem dizer com isso de free Island”?
- “É uma ilha em que não há polícia e por isso pode-se fumar erva ou cheirar coca à vontade que ninguém diz nada. Cada um faz o que quer mas funciona tudo muito bem e não há crime porque é uma comunidade pequena e, se alguém se porta mal é simplesmente corrido da ilha. Não há veículos motorizados e só se pode circular de bicicleta ou a cavalo”.
Achei graça e no dia seguinte fui à procura de um barco que me levasse a Gili Trawangan.

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

EXTREME SAILING NA AUSTRÁLIA

 

 

 

DErradeiro grupo de imagens da Extreme Sailing no passado fim de semana em Sydney na Austrália.ext1 Copyext2 Copyext3 Copyext4 Copyext5 Copyext6 Copyext7 Copyext8 Copyext9 Copyext10 Copyext11 Copyext12 Copyext13 Copyext14 Copyext15 Copyext16 Copyext17 Copyext18 Copyext19 Copyext20 Copy

 

TOM TOM CONTRATA

 

TomTom contrata Peter Overmann, cocriador do WolframAlpha, como vice-presidente de Estratégia Tecnológica

 

4@11@9@11@9@5xe" filled="f" stroked="f">image002.jpg@01D01923.DE9DFCF0" >A TomTom (TOM2) acaba de anunciar que Peter Overmann vai integrar a companhia como vice-presidente de Estratégia Tecnológica. Overmann é um nome bem conhecido no setor da tecnologia e traz um vasto conhecimento à empresa.  

 

No novo cargo, este responsável, irá fornecer apoio estratégico para fortalecer a inovação tecnológica da TomTom. Peter Overmann ajudou a criar o mecanismo de conhecimento computacional[ WolframAlpha, que impulsiona as pesquisas em línguas nativas no Siri da Apple e no Bing da Microsoft, entre outros.

 

Mais recentemente Overmann ocupou o cargo de vice-presidente da divisão de Produto & Inovação da Deutsche Telekom, uma das principais empresas de telecomunicações integradas do mundo.

 

Estou bastante entusiasmado por integrar a TomTom,” refere Peter Overmann. “É uma grande e inovadora empresa na área de alta tecnologia, com um forte espírito empreendedor e uma história de criatividade inteligente.”

 

Estamos muito satisfeitos por dar as boas-vindas ao Peter Overmann à nossa equipa, de forma a fortalecer ainda mais os nossos talentos globais,” comenta Harold Goddijn, CEO da TomTom. “Peter é um inovador com provas dadas e possui uma vasta experiência técnica incluindo várias patentes em comunicação Internet of Things. Estou bastante confiante na sua capacidade em ajudar a elevar o futuro da TomTom na área da inovação tecnológica.”

 

 

Siga a TomTom Portugal:

 

Sobre a TomTom:    

                                                                                           

A TomTom (TOM2) dá força ao Movimento. Todos os dias milhões de pessoas em todo o mundo dependem da TomTom para tomarem decisões inteligentes. Criamos e desenvolvemos produtos inovadores que ajudam as pessoas a atingirem os seus objetivos. Conhecida por ser líder global em produtos de navegação e mapeamento, a TomTom também desenvolve Relógios de Desporto GPS, bem como soluções inovadoras de gestão de frotas e líderes em Location Based Services.

 

O nosso negócio é composto por quatro unidades de negócio orientadas para o cliente: Consumo, Automóvel, Licensing e Telematics.

 

Fundada em 1991 e com sede em Amesterdão (Holanda) tem 4.000 colaboradores em todo o mundo e comercializa os seus produtos em mais de 41 países.

 

BRISA OFERECE PRÉMIOS

 

Brisa oferece prémios de um ano de portagens grátis este Natal

A Brisa – Auto-estradas de Portugal lança hoje, 16 de Dezembro, a Campanha de Natal 2014, com um concurso através do qual irá premiar os utilizadores das suas auto-estradas com prémios de um ano de portagens grátis na rede Brisa.

A mecânica do concurso, que estará no ar até 6 de Janeiro, é simples. Para participar, os Clientes Via Verde, deverão registar-se no microsite criado para o efeito, acessível através de www.brisa.pt, e viajar nas auto-estradas que integram a concessão Brisa, entre hoje e 06 de Janeiro de 2015.

A acção é destinada a pessoas singulares, com identificadores das classes 1, 2 e 5.

Por cada 10km viajados em troço portajado, será gerado um cupão electrónico. No final, a Brisa sorteará entre todas as transacções registadas, um prémio por dia, de 1 ano de portagens grátis na rede Brisa.

O sorteio final decorrerá no dia 19 de Janeiro e os vencedores serão anunciados no dia 23 de Janeiro.

A acompanhar o concurso estará uma campanha publicitária, criada pela MSTF Partners, a qual abrangerá imprensa, rádio, internet e pontos de venda (cabines de portagem, áreas de serviço e lojas Brisa/Via Verde).

Com esta campanha, cujo conceito assenta na mensagem “Kms Brisa que aproximam as pessoas neste Natal!”, a Brisa aproxima-se também ela dos seus clientes, como o meio preferencial e mais seguro para unir os portugueses, de norte a sul do país.

 

 AFz BrisaNatal_Visao_127x128_AvoNeta_3_Copy

 

TOM TOM COM MAIS TECNOLOGIA

 

TomTom disponibiliza tecnologia de navegação nos smartphones Acer

 

 

A TomTom (TOM2) acaba de anunciar um acordo a longo prazo com a Acer Inc. para incluir a sua tecnologia de navegação de classe mundial nos novos smartphones da Acer.

 

"AcerNAV" é uma aplicação avançada de indicação de faixa de rodagem disponibilizada pelo equipamento de navegação da TomTom, NavKit. O novo aplicativo permite aos utilizadores navegar a partir de qualquer parte do mundo, sem tarifas de roaming extras, e fazer download de qualquer mapa TomTom gratuitamente.

 

O NavKit da TomTom oferece uma completa experiência da aplicação de navegação de mudança de faixa de rodagem, com mapas de bordo atualizados e avançado software de navegação. Este equipamento inclui planeamento rápido e preciso do percurso, entrada intuitiva do destino e mapas interativos 2D e 3D, sempre que disponíveis.

 

"Estamos muito satisfeitos por estarmos a trabalhar em conjunto com a Acer para disponibilizar aos seus utilizadores, o nosso conteúdo de mapas e software de navegação", comenta Charles Cautley, Managing Director da TomTom Licensing. "A TomTom está empenhada em fornecer os mapas e software de navegação de qualidade superior aos nossos clientes, permitindo-lhes beneficiar no seu dispositivo móvel totalmente personalizável, da aplicação avançada de indicação de faixa de rodagem."

 

"Estamos muito entusiasmados com a parceria que temos com a TomTom e por lançarmos o AcerNAV a pensar nos nossos utilizadores de smartphones", afirma ST Liew, Presidente da Acer Smartphone Business Group. "A posição de liderança global da TomTom e a sua inovação em tecnologia de navegação irá adicionar um valor extraordinário aos smartphones da Acer e permitir que os nossos utilizadores explorarem o mundo com maior confiança."

 

O primeiro lançamento terá início no quarto trimestre de 2014.

 

 

Siga a TomTom Portugal:

 

Sobre a TomTom:    

                                                                                           

A TomTom (TOM2) dá força ao Movimento. Todos os dias milhões de pessoas em todo o mundo dependem da TomTom para tomarem decisões inteligentes. Criamos e desenvolvemos produtos inovadores que ajudam as pessoas a atingirem os seus objetivos. Conhecida por ser líder global em produtos de navegação e mapeamento, a TomTom também desenvolve Relógios de Desporto GPS, bem como soluções inovadoras de gestão de frotas e líderes em Location Based Services.

 

O nosso negócio é composto por quatro unidades de negócio orientadas para o cliente: Consumo, Automóvel, Licensing e Telematics.

 

Fundada em 1991 e com sede em Amesterdão (Holanda) tem 4.000 colaboradores em todo o mundo e comercializa os seus produtos em mais de 41 países.

TomTom CMYK_logo_Copy
 

SUGESTÃO DO DIA

 

Entre no novo ano guiado pelos astros e pela esperança

ASTROLOGIA E GUIA DO AMOR 2015

de Paulo Cardoso

584 páginas

PVP 13,90€

Ebook: 9,99€

 

Saiba o que os dias lhe reservam no ano que se aproxima através das previsões do prestigiado astrólogo Paulo Cardoso.

Um novo ano pode trazer consigo velhas dúvidas e incertezas. Com este Astrologia e Guia do Amor 2015 veja o que os astros lhe revelam mês a mês, dia a dia, para a sua vida profissional e familiar – e nunca descurando o amor. Paulo Cardoso apresenta-nos uma análise exaustiva, dando-nos uma visão global, mas também pessoal, que o vai ajudar quando tiver de escolher o seu caminho.

As previsões realizadas para os 12 signos do Zodíaco (chamados, em Astrologia, Signos Solares) revelam o ambiente geral para todos os indivíduos nascidos sob um determinado signo, tendo em conta o dia de nascimento. Os Trânsitos de Júpiter, Saturno, Urano, Neptuno e Plutão indicam períodos mais importantes de crescimento e de transformação na vida dos indivíduos.

Um guia onde é descrito como é o amor de cada um dos nativos dos 12 Signos do Zodíaco e como são as compatibilidades amorosas entre esses 12 tipos de pessoas. Descrevendo a afetividade e a relação a dois.

Sobre o autor

Astrólogo, pintor e ensaísta, Paulo Cardoso já publicou, até ao momento, 41 livros e apresentou cerca de 30 exposições individuais e 40 coletivas.  Na área da Astrologia realizou, até ao momento, cerca de 18 500 estudos astrológicos, sendo considerado o mais prestigiado astrólogo português.  Entre a sua vasta obra destacam-se Frei Luís de Sousa – Uma Leitura Esotérica; O Seu Bebé e os Signos; Conheça os Seus Filhos Através da Astrologia; Indícios de Ouro – Às Portas de Um Novo Milénio; Fernando Pessoa – Cartas Astrológicas; Fernando Pessoa – Astrólogo; o Guia da Astrologia com publicação anual desde 1996; e o Guia do Amor desde 2002. CapaPEQ astrologia_e_guia_do_amor_2015_Copy

 

DUNLOP É NOTICIA

 

PROTÓTIPO DO CARRO DE COMPETIÇÃO DO FUTURO DA DUNLOP É PROTAGONISTA NA CONFERÊNCIA DE MOTORSPORT EM INDIANÁPOLIS

  • O famoso designer Sergio Rinland apresentou a sua visão do futuro da tecnologia motorsport em Indianápolis nos Estados Unidos

 

  • O protótipo foi inspirado na diversidade de ideias dadas pelos fãs da competição, estudantes e engenheiros 

4@11@9@11@9@5xe" filled="f" stroked="f">image003.png@01D01924.D29C2570" >Durante o ano de 2014, a Dunlop lançou um desafio aos fãs da competição, estudantes e engenheiros para pensar sobre como poderia evoluir o desporto automóvel nos próximos 125 anos. Recolhendo opiniões e ideias dos fãs das 24 Horas de Le Mans e através de debates online nas redes sociais, a empresa de pneus juntou um conjunto de opiniões sobre como poderia evoluir a tecnologia do desporto automóvel no próximo século.

A empresa escolheu Sergio Rinland para criar “o protótipo do carro de competição do futuro da Dunlop” inspirado em algumas das ideias recolhidas.

 

Sergio, que tem décadas de experiência no design de Fórmula Um e carros de competição para Le Mans, foi convidado a apresentar o protótipo na conferência de Engenharia de Motorsport em Indianápolis no dia 10 de dezembro. A conferência foi organizada pelo grupo Motorsports Engineering Activity (MSEA) com o lema: “O desporto automóvel deve mudar”- oportunidade ou obstáculo?”

 

Dunlop é o pneu com maiores êxitos na história da prova de resistência das 24 Horas de Le Mans (com 34 vitórias absolutas) e no ano passado celebrou os seus 125 anos desde a invenção do pneu. Com os olhos postos nos próximos 125 anos, o protótipo mostra uma mudança drástica com um conjunto de inovações que vão melhorar o rendimento, sustentabilidade e a aerodinâmica do veículo.

 

O protótipo do carro de provas do futuro da Dunlop inclui as seguintes tecnologias:

 

•Carregamento por indução através da energia gerada no contacto com a superfície da pista.

 

•Uma carroçaria adaptável que permite que o carro mude de forma durante provas para melhorar a aerodinâmica.

 

Pneus inteligentes que comunicam com o carro e o piloto para se adaptarem às superfícies e as condições.

 

•O Sistema de Recuperação de Energia será capaz de recuperar 100% da energia de travagem.

 

 

image005.png@01D01924.D29C2570" >Sergio Rinland, famoso designer:

 

“É uma honra ser convidado para participar num debate sobre o futuro dos desportos automóveis. O protótipo de carro de competição do futuro da Dunlop tem um design inovador. As ideias deveriam provocar um debate dinâmico sobre como os desportos motorizados podem continuar a ser campo de testes para tecnologias avançadas que deem forma ao futuro dos carros e à mobilidade.”

 

Neste link pode ver Sergio a criar o protótipo do carro de competição do futuro da Dunlop: https://www.youtube.com/watch?v=2zGJo16UW_o

 

 

 

Sobre a Dunlop

A Dunlop é um dos principais fabricantes mundiais de pneus de altas e muito altas prestações, com um impressionante historial de êxitos em desportos motorizados. A vasta experiencia da Dunlop em corridas deu lugar a tecnologias inovadoras aplicadas a pneus desenhados para a condução diária. Em 2013 a Dunlop comemorou o seu 125º aniversário e a introdução do seu primeiro pneu. Depois dos seus primeiros recordes em alta velocidade, a Dunlop celebrou o seu primeiro triunfo nas 24H da Le Mans em 1924 e atualmente é o fabricante de pneus com mais vitórias nesta corrida, somando um total de 34. Dunlop foi o pneu escolhido em 2013 pelos campeões da categoria LMP2 do Campeonato do Mundo de Resistencia FIA, e o vencedor geral das 24horas de Nurburgring. Os pneus Dunlop também têm demonstrado as suas mais-valias nos campeonatos de turismos de todo o mundo, incluindo o campeonato mundialmente famoso Australian V8 Supercar e o Campeonato Britânico de Touring Car. Os últimos pneus de corrida fabricados pela Dunlop são utilizados por veículos galardoados de fabricantes como a AMG, Porsche, Jaguar, Audi, Mercedes, VW, Renault sport e BMW. JaguarPara mais informações sobre a Dunlop e os seus produtos, visite www.dunlop.eu ou www.motorsport.dunlop.eu.

 

Sobre o Dunlop Future Race Car Challenge

Dunlop Future Race Car Challenge é um estimulante projeto de design coletivo, criado para explorar o excitante futuro de carros de corrida, e como podem ser em 125 anos. A Dunlop uniu-se com a GreenGT, BAE Systems, Imperial College of London and Flybrid Automotive (parte da Torotrak plc), e registou pequenos vídeos com as suas concepções do futuro de motorpropulsores, aerodinâmicas, travões e pneus. Os vídeos foram pensados para inspirar os entusiastas do automobilismo e designers iniciantes ou esboçar ou descrever as suas ideias do futuro de cada componente. Uma vez recebidos todos os esboços e ideias, os melhores serão selecionados e o "carro de corrida do futuro' será recriado por um reconhecido designer de automóvel, que combinará as ideias escolhidas com a sua própria visão especializada num esboço profissional. O designer foi anunciado no dia 10 de Julho de 2014 e o projeto final será revelado no dia 31 de Julho de 2014.

 

Sobre Sergio Rinland

Sergio Rinland tem uma longa e ilustre história no automobilismo, tendo trabalhado com várias equipas de corrida como Williams, Brabham, Sauber e Benetton, e também a Eagle-Toyota Indycar e a equipa Opel no German Touring Car Championship. Atualmente, Sergio tem a sua própria empresa de consultoria – Astauto Ltd (conhecida como Sergio Rinland Consulting) – e trabalha para carros de corridas de IndyCar, GP2 e LMP, entre outros. A sua consultoria também está muito envolvida na simulação e desenvolvimentos de projetos de energias alternativas, de carro elétrico e híbrido.

image003 Copyimage005 Copy
 

NOVO FORD FOCUS

 

Novo Ford Focus: Tecnologias Avançadas, Construção de Excelência e Eficiência Melhorada Sublimam o Modelo Mais Vendido do Mundo

 

  • O novo Focus apresenta-se com um design mais elegante, sublinhado pela nova e ousada imagem da Ford e também pelo novo desenho dos interiores

 

  • Gama de motores cresce na Europa, com uma elevada expectativa em termos de melhorias ao nível da eficiência de consumos na ordem dos 19 por cento, nela incluindo-se os novos blocos 1.5 EcoBoost e 1.5 TDCi

 

  • A dinâmica de condução do Focus, referencial na classe, surge ainda mais desenvolvida, graças a uma frente mais firme, suspensões e amortecedores revistos, Direcção Eléctrica Assistida e sistema de Estabilidade Transitória, uma estreia na indústria

 

  • O novo Focus estreia no novo sistema de conectividade SYNC 2 na Europa, integrando um ecrã de toque a cores e controlo por voz melhorado, para facilitar o acesso aos sistemas de áudio, navegação, controlo de climatização e telemóveis

 

  • O novo Focus estreia o Estacionamento Perpendicular autónomo, que ajuda os condutores a estacionar lado a lado com outras viaturas

 

 

NewFocus 18_CopyO novo Ford Focus reforça aquele que é o modelo mais vendido do mundo* com um design exterior mais ousado e mais emotivo, um novo interior de elevada qualidade e intuitivo, um conjunto de 18 novas ou melhoradas tecnologias de apoio à condução e importantes melhorias ao nível da economia.

 

Já à venda em Portugal, o novo Focus também estreia o avançado sistema de conectividade ‘in-car’ SYNC 2 da Ford na Europa, oferecendo uma mais potente, mas frugal, gama de motores, incluindo os novos blocos de 1,5 litros a gasolina EcoBoost e diesel TDCi.

 

Um design sofisticado

Através de uma recriação ao nível do design, a Ford criou um Focus mais sofisticado e avançado de modo a reflectir a linguagem global de design One Ford.

 

Disponível em variantes de quatro portas, cinco portas e carrinha, e na nova cor exterior Deep Impact Blue, o novo Focus tem uma posição mais baixa, mais ampla, com um novo capot, secção dianteira e grelha. O capot é esculpido com uma forma dinâmica desde o pilar da frente até aos cantos superiores da grelha trapezoidal invertida, dando-lhe um olhar forte e orgulhoso.

 

Os faróis dianteiros mais esguios e cinzelados e as luzes de nevoeiro alongadas dão à secção frontal um visual mais ousado. Pequenos detalhes cromados adicionam elegância, enquanto a traseira também se tornou mais elegante, com uma nova composição em termos de design, em conjunto com a nova porta traseira e luzes mais finas.

 

Ao remodelar o interior do novo Focus, a Ford teve em conta o ‘feedback’ dos clientes e respondeu com um ‘layout’ mais intuitivo, complementado por um volante e painel central com menos controlos e interruptores. A nova guarnição em preto acetinado e os detalhes cromados contribuem para um visual mais limpo e mais moderno.

 

O novo design da consola central de arumação conta com espaço adicional, bem como um apoio de braços integrado e móvel. A consola ajustável pode acomodar uma grande variedade de garrafas e copos, com capacidades que vão de uma garrafa de um litro a um copo de com 0,4 litros. Os clientes do Focus também irão poder experimentar uma tranquilidade interior ‘best-in-class’, alcançada através de forros de piso mais espessos, de vidros laterais mais grossos e de um melhor isolamento do compartimento de motor. Respondendo a um claro desejo dos clientes em terem maior simplicidade dentro do modelo, criou-se uma conexão visual mais clara entre os componentes principais e reduziu-se significativamente o número de botões no habitáculo.

 

Eficiência de consumos e condução divertida

O novo Focus garante melhorias ao nível da eficiência de consumos até aos 19 por cento em comparação com o modelo actual e uma redução significativa das emissões de CO2 em toda a gama.

 

No primeiro semestre de 2014, uma em cada três unidades Focus vendidas na Europa estavam equipados com o motor 1.0 EcoBoost, bloco que conquistou este ano o título de International Engine of the Year pelo terceiro ano consecutivo, um feito sem precedentes**.

 

A gama do novo Focus irá continuar a oferecer uma variante de 99 g/km de CO2, do motor 1.0 EcoBoost de 100 cv a gasolina. Recorde-se que a actual versão tornou-se, no início deste ano, no primeiro modelo familiar não-híbrido a gasolina na Europa a alcançar um registo inferior aos 100 g/km de emissões de CO2.***

 

O novo Focus será também proposto em alguns mercados europeus (não em Portugal) com um novo bloco Ford de 1,5 litros EcoBoost a gasolina, de baixo consumo, disponível em variantes de 150 cv e 182 cv. Quando acoplado a uma transmissão manual de seis velocidades regista-se uma melhoria em termos de eficiência de combustível de sete por cento em comparação com o bloco de 1,6 litros EcoBoost que substitui, com potência equivalente. Em 2015 o modelo poderá também ser dotado de uma transmissão automática de seis velocidades.

 

Já o novo motor diesel de 1,5 litros TDCi da Ford, com 120 cv e dotado de transmissão automática PowerShift de seis velocidades, deverá garantir uma melhoria na ordem dos 19 por cento nos consumos e emissões, comparativamente à actual versão de 115 cv do bloco 2.0 TDCi equipada com caixa PowerShift. A variante de 150 cv com caixa manual de seis velocidades será melhor em 15 por cento face à anterior variante de 140 cv.

 

Com uma maneabilidade e direcção melhoradas, o novo Focus leva a um novo nível a aclamada dinâmica de condução do modelo, referencial na classe, fruto do ADN de condução divertida. Os engenheiros da Ford tornaram-no mais sólido, mais ágil e mais ligado à estrada, através do aumento da rigidez estrutural à frente, da revisão da geometria de suspensão, aumentando a rigidez lateral dos apoios de suspensão, com influência directa na direcção, e pela afinação dos amortecedores.

 

A Direcção Assistida Eléctrica foi redefinida para que o condutor se sinta uma ainda maior ligação à estrada. A estreia na indústria do sistema de Estabilidade Transitória permite a monitorização da velocidade do veículo e dos inputs do condutor, antecipando uma eventual perda de motricidade antes que a mesma aconteça, pré-activando o Controlo Electrónico de Estabilidade para melhorar a segurança e permitir viagens mais suaves.

 

O novo Focus também estará disponível com patilhas no volante, permitindo ao condutor controlar as mudanças de velocidade, sem ter de retirar as mãos do mesmo. Este sistema estará disponível em opção com transmissões totalmente automáticas e com a PowerShift, nas versões diesel e a gasolina.

 

A aclamada experiência de condução viu-se ainda mais refinada com melhorias ao nível do ruído, vibrações e aspereza, ajudando a colocar os níveis de tranquilidade interior ao melhor da classe no modelo Focus, contribuindo para um ambiente mais relaxante e sem stress.

 

Ecrã de toque com SYNC 2

O novo Focus é o primeiro veículo Ford na Europa a oferecer SYNC 2, o avançado sistema de conectividade da Ford. O SYNC 2 conta com um ecrã de toque de alta resolução, com oito polegadas e a cores, e um avançado controlo por voz dos sistemas áudio, navegação, climatização e telemóveis.

 

O sistema de navegação associado ao SYNC 2 estreia, igualmente, na Europa um ecrã dividido entre intersecções detalhadas, nomes de ruas em alta voz, cruzamentos de auto-estrada e marcações em 3D e o guia MICHELIN.

 

Os condutores podem ainda dar ordens individuais para destinos de navegação ou pedir ao sistema que passe uma faixa de um determinado artista. A simples pressão do botão do comando de voz com a expressão "Estou com fome" faz surgir no ecrã uma lista de restaurantes nas redondezas, obtendo-se as respectivas direcções através do sistema de navegação.

 

 

Tecnologias de condução avançadas

O novo Focus é o primeiro modelo da Ford a integrar Estacionamento Perpendicular, uma nova tecnologia autónoma de estacionamento que ajuda os condutores a manobrar em marcha-atrás, colocando-o ao lado de outras viaturas.

 

O actual Focus estreou o sistema de Estacionamento Activo, feito pela pressão de um comando que activa um sistema que recorre a sensores ultra-sónicos para identificar lugares de estacionamento e orientar o veículo, enquanto o condutor apenas controla os pedais do acelerador e do travão. Dois novos sensores colocados na traseira do novo Focus permitem o Estacionamento Perpendicular, operando-se do mesmo modo.

 

Os sensores adicionais também permitem à Ford disponibilizar tecnologias que ajudam os condutores a realizar manobras para sair dos lugares de estacionamento, numa estreia na Europa:

  • Alerta de Trânsito Cruzado, que alerta os condutores quando saem de um lugar de estacionamento para os veículos que se podem atravessar atrás deles. Operando com um radar até uma distância de 40 metros, o sistema emitirá três sons de aviso distintos se detectar a aproximação de um veículo, independentemente do lado que este surja;
  • Assistência à Saída do Estacionamento, que ajuda os condutores a sair de um estacionamento em paralelo. Após o condutor ter escolhido a esquerda ou a direita, o sistema opera a direcção, enquanto aquele apenas acelerada e trava.

 

A Ford também melhorou o seu sistema de Travagem Activa em Cidade, que evita as colisões, através de sensores colocados na frente do modelo que detectem eventuais objectos colocados à frente, na estrada, efectuando uma pré-carga dos travões no caso do veículo deles se aproximar a uma velocidade elevada. Caso o condutor não responda em conformidade, o sistema reduz o binário do motor e aplicando automaticamente os travões para reduzir o impacto das colisões. No novo Focus, o sistema de Travagem Activa em Cidade passa a operar a velocidades até aos 50 km/h, comparativamente aos anteriores 30 km/h.

 

Para objectos em movimento, o sistema de Travagem Activa opera em moldes muito semelhantes ao do sistema de Travagem Activa em Cidade, mas com um raio de detecção entre os 8 km/h e os 180 km/h. Apoia o condutor a velocidades mais elevadas, como por exemplo em auto-estrada, mediante avisos sonoros e accionando os travões.

 

A presente tecnologia Cruise Control Adaptativo permite aos condutores do Focus manter uma distância definida para com o veículo à frente, mesmo quando o automóvel circula mais lentamente do que a velocidade de cruzeiro definida. Para quando o Cruise Control Adaptativo não estiver activo, a Ford introduz na Europa o novo sistema de Indicação de Distância, que permite aos condutores definir uma distância preferencial que gostariam de manter para com o veículo que circula à sua frente. Caso as viaturas se aproximem, o sistema exibe no painel três níveis de aviso – de cinza para amarelo e deste para vermelho.

 

O novo Focus também é equipado, pela primeira vez, com a tecnologia MyKey da Ford. O sistema MyKey permite aos proprietários programar uma chave – geralmente para jovens condutores – restringindo a velocidade máxima, reduzindo o volume máximo do sistema de áudio, ou impedindo o arranque do veículo se o condutor e os passageiros não estiverem com os cintos de segurança colocados. O sistema pode impedir o condutor de desactivar algumas das tecnologias de segurança.

 

Iluminando a estrada

O melhorado Sistema de Iluminação Dianteira Adaptativo ajusta, agora, os feixes dos novos faróis Bi-Xenon HID para melhor se adequarem ao desenho da estrada. O sistema avalia a luz ambiente em redor do veículo, bem como os objectos na estrada e, em seguida, ajusta o ângulo de feixe do farol e a intensidade da luz numa das sete configurações possíveis, dependendo da velocidade do veículo, direcção, ângulo do volante e distância a um determinado objecto.

 

Quando a velocidades mais elevadas, como em auto-estrada, os faróis elevam-se para projectar um feixe mais longo, mais rectilíneo, garantindo maior visibilidade à frente; nas cidades, onde as velocidades são inferiores e a iluminação de rua é mais intensa, o feixe espalhará a luz para fora e para baixo de modo, iluminando de modo mais intenso a estrada imediatamente à frente do veículo. Em curvas de baixa velocidade, o sistema irá projectar um feixe para a lateral da estrada, tornando mais visíveis ciclistas e peões. O sistema ajudará os condutores a descrever curvas de maior velocidade, direccionando a luz ainda mais para dentro da curva.

 

O novo Focus continuará a oferecer os conteúdos inovadores, características que os condutores têm vindo a apreciar e das quais dependem, tais como a Protecção das Portas, em estreia na indústria, que fornece uma segurança adicional contra danos acidentais, estendendo uma aba protectora que cobre os rebordos da porta numa fracção de segundo após a abertura da porta.

 

Adicionalmente, a Ford irá propor o novo Focus ST, derivativo apresentado no Goodwood Festival of Speed, no Reino Unido, fazendo-o, pela primeira vez, em versões a gasolina e diesel, a partir do início do próximo ano, em toda a Europa. O mais avançado Focus ST de sempre oferece novas tecnologias de controlo do chassis, suspensão e direcção com afinações específicas, e pneus com características específicas que asseguram uma melhor resposta, equilíbrio e uma refinada experiência de condução.

 

A Ford lançou primeiro o Focus em 1998 e, desde então, já vendeu mais de 12 milhões de unidades em todo o mundo, 6,9 milhões dos quais na Europa, continente onde a Ford produz um novo Focus a cada 90 segundos.

 

Para atender à crescente procura por parte dos clientes do Focus, modelo vendido em mais de 140 mercados, a Ford aumentou de modo significativo a capacidade de produção no mundo, fabricando-o em oito fábricas – Alemanha, EUA, Rússia, China, Tailândia, Vietname, Taiwan e Argentina – de quatro continentes, as quais têm uma capacidade de produção combinada superior a 1,5 milhões de unidades Focus por ano.

 

 

Principal equipamento de série:

 

Versões Trend+ - Ar condicionado automático, sistema de conectividade SYNC 1, volante em couro, Ford MyKey, ecrã TFT, consola central faróis de nevoeiro, controlo automático da velocidade, pneus suplente mini e como oferta de equipamento no lançamento, jantes liga leve 16”

 

Versões Titanium – (adicional ao equipamento Trend+) jantes liga leve de 16”, sistema de conectividade SYNC 2, consola central premium, ecrã táctil de 8”, Pack Visibilidade (faróis médios automáticos, faróis nevoeiro, sensor de chuva, retrovisor interior electrocromático), botão de arranque FordPower, bancos desportivos, retrovisores eléctricos e aquecidos e como oferta de lançamento Pack Driver III (Travagem Activa em Cidade e sistema estacionamento automático)

 

 

# # #

 

* O Ford Focus é o modelo mais vendido do mundo, de acordo com a análise da Ford ao mais recente relatório Polk, de registos globais, para o ano de 2013. O número de unidades Focus matriculadas aumentou 8,1 por cento em 2013, com 1.097.618 unidades vendidas em todo o mundo, comparativamente com o volume de 1.014.965 em 2012, incluindo 317.110 registos na Europa no ano passado, representando 29 por cento desse total.

 

** Dados de Vendas da Ford. Os 20 principais mercados da Ford são a Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Espanha, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Inglaterra, Irlanda, Itália, Noruega, Polónia, Portugal, República Checa, Roménia, Suécia e Suíça.

 

*** Os consumos de combustível e as emissões de CO2 declaradas são medidos de acordo com os requisitos técnicos e especificações da Regulamentação Europeia (CE) 715/2007 e (CE) 692/2008, nas suas mais recentes redacções. Os consumos de combustível e as emissões de CO2 referem-se a uma determinada variante de veículo e não para uma unidade automóvel única. O procedimento do teste padrão aplicado permite a comparação entre diferentes tipos de veículos e fabricantes. Para além da eficiência de consumos de um automóvel, o comportamento ao volante, bem como outros factores não-técnicos desempenham um papel na determinação das emissões de CO2 e dos consumos de combustível de um automóvel. O CO2 é o principal gás responsável pelo aquecimento global. Os resultados podem diferir dos de outras regiões do mundo devido aos diferentes ciclos e regulamentações utilizadas nesses mercados

 

 

 

Sobre a Ford Motor Company

A Ford Motor Company, empresa global da indústria automóvel, sediada em Dearborn, Michigan (EUA), produz e distribui automóveis em seis continentes. Com cerca de 186.000 empregados e 65 fábricas em todo o Mundo, conta no seu portfólio automóvel com as marcas Ford e Lincoln. A empresa disponibiliza serviços financeiros através da Ford Motor Credit Company. Para mais informações sobre a Ford e os seus produtos, por favor visite www.corporate.ford.com.

 

A Ford Europa é responsável pela produção, comercialização e pós-venda da marca Ford em 50 mercados individuais, empregando aproximadamente 50.000 pessoas nas suas instalações e cerca de 69.000 pessoas no âmbito das ‘joint-ventures’ e restantes parcerias. Em complemento à Ford Motor Credit Company, as operações da Ford Europa incluem a Ford Customer Service Division e 24 unidades fabris (13 detidas na totalidade ou em regime de ‘joint venture’ consolidada, mais 11 em regime de ‘joint venture’ não consolidada). Os primeiros automóveis Ford foram enviados para a Europa em 1903, o mesmo ano da fundação da Ford Motor Company. A produção na Europa teve início em 1911.

 

 

 

RECORDE DE VENDAS AUDI

Audi AG: novo recorde de vendas nos primeiros 11 meses

O volume de vendas já ultrapassou em novembro todo o ano de 2013.

A Audi continua a apresentar um crescimento de dois dígitos também em novembro: as vendas subiram 10,8 por cento para 146.250 veículos, o que constituiu um recorde num único mês.

A marca mais uma vez cresceu significativamente em todas as regiões do mundo. A procura pelos modelos da marca dos quatro anéis aumentou na região da Ásia-Pacífico, em especial, com as vendas a terem um incremento de 17,7 por cento. Desde janeiro, a Audi já vendeu cerca de 1.591.100 veículos (+ 10,1%), superando, assim, o total de vendas do ano passado, durante os primeiros 11 meses de 2014. No conjunto de 2013, a marca sedeada em Ingolstadt vendeu cerca de 1.575.000 unidades.

"O nosso desempenho em novembro mostra que estamos mantendo o ritmo à medida que nos aproximamos do final do ano", salienta Luca de Meo, Diretor de Vendas e Marketing da Audi AG. "Os nossos grandes mercados de exportação, em particular, estão impulsionando neste momento o crescimento da marca dos quatro anéis."

Na China, a Audi vendeu 52.544 veículos (+ 18,5%). O Audi Q3 teve um significativo crescimento, com a procura pelo SUV compacto a assegurar um crescimento de 49,8 por cento. Desde janeiro, a marca sedeada em Ingolstadt vendeu um total de 516.356 veículos nesta região, ultrapassando assim pela primeira vez mais de meio milhão de unidades.

Nos Estados Unidos, as vendas chegaram às 16.640 unidades (+ 22,0%), o que constituiu mais um recorde num único mês neste mercado. Bestseller nos EUA foi mais uma vez o Audi Q5 com 4.184 unidades (+ 16,8%). No Reino Unido (+ 21,6%), a Audi ultrapassou a barreira de 150 mil veículos pela primeira vez, com 11.295 unidades no passado mês, e um total de 150.856 veículos desde janeiro.

As vendas da Audi nos mercados do norte da Europa também continuaram a apresentar-se de forma positiva: a marca conseguiu aumentar ainda mais os seus volumes na Suécia (+ 20,7%), Dinamarca (+ 12,3%) e Noruega (+ 8,9%) em novembro. No sul da Europa também se está a revelar vendas mais estáveis do que há um ano: as entregas subiram 5,1 por cento em Itália e em Espanha chegaram até 9,2 por cento, para 36.507 veículos desde janeiro.

No mercado alemão, as vendas da Audi subiram 2,8 por cento, para 240.849 unidades desde o início do ano. Em comparação com o mês de novembro do ano passado, que coincidiu com as primeiras entregas do Audi A3 Limousine, as vendas caíram para 19.901 veículos (-4,3%) em novembro. A procura pela totalidade das nossas gamas aumentou 7 por cento no mesmo período. O Audi A6, em especial, continua a ter grande aceitação entre os clientes na Alemanha (+ 23,0%). A nova geração do modelo foi lançada nos primeiros mercados europeus em novembro.



Audi A6 allroad quattro
 

40 ANOS DE PROTECÇÃO MOBIL

Mobil 1: 40 anos de Proteção, Parceria e Performance

O ano de 2014 assinala o 40º aniversário da marca Mobil 1. Desde 1974 que o óleo sintético Mobil 1 é uma referência no que concerne a proteção e desempenho
elevado.

Ao longo destes anos, os cientistas da ExxonMobil têm feito um extenso trabalho na procura e desenvolvimento de novos componentes químicos e fórmulas para assegurar que qualquer um dos produtos Mobil 1 estará no primeiro lugar dos mais avançados óleos de motor.

Segundo Rebecca Pearson, a história da Mobil 1 começou por volta dos anos 60 quando o governo dos Estados Unidos da América pediu à ExxonMobil que sintetizasse um lubrificante para aviação que não congelasse a temperaturas abaixo dos 4,4ºC. Desta forma, foi desenvolvida a Mobilgrease™ 28 que ainda é usada hoje em dia na aviação.

Nascido em 1974, o óleo sintético Mobil 1 foi partilhado com o mundo para, de uma forma segura, permitir uma eficiência no consumo de combustível. Mais tarde, novas formulações permitiram uma proteção numa maior gama de temperaturas e condições de condução e também uma redução dos níveis de fósforo. À medida que esta linha de óleos foi expandindo, a sua reputação foi crescendo graças à sua excelente performance.

Actualmente, Mobil 1 continua a ser o óleo sintético número um existindo várias formulações no mercado em todo o planeta. Estes produtos apresentam uma extraordinária capacidade de proteção, excelente performance a baixas e altas temperaturas, proteção contra sedimentos e depósitos prejudiciais.

Mobil 1 é ainda a escolha para encher os veículos na altura do seu fabrico em mais de 60 modelos de marcas em todo o mundo incluindo a Porsche, Mercedes-AMG, Aston Martin, Bentley, McLaren e muitas mais.

Já em 1990, a ExxonMobil decidiu por à prova o óleo Mobil 1 num desafio chamado the Million Miles Test - Desafio do Milhão de Milhas, aproximadamente 1 609 344 quilómetros. Mobil 1 foi utilizado então num BMW 325i novo e depois passou 4 anos seguidos a trabalhar, apenas parando para manutenções de rotina. Após este desafio o motor foi retirado e examinado e o que encontraram foi extraordinário – não existia qualquer sinal significativo de uso. Não só o motor estava em excelentes condições de trabalho mas também a maior parte das peças estavam dentro que a BMW considera como “novas”.

Este ano marca também o 20º aniversário da parceria com a equipa de Fórmula 1 da McLaren Mercedes. Durante 2 décadas, a McLaren Mercedes tem usado os lubrificantes Mobil 1 e recebido suporte da equipa Mobil 1 em cada corrida. Esta parceria tem já acumulado 342 corridas, 231 presenças no pódio, 78 vitórias e 4 campeonatos mundiais.



Mobil
 

DUAS DECADAS DE SPIES HECKER

Permahyd da Spies Hecker - 20 anos marcantes

Em 1994, a Spies Hecker lançou uma verdadeira revolução nos sistemas de pintura – a sua base bicamada aquosa Permahyd.

Este ano, a Permahyd comemora o seu 20º aniversário. A Spies Hecker marca a ocasião com um logótipo de aniversário especialmente desenvolvido, e que será apresentado às oficinas através das latas. Foi renovada também a cor das embalagens, através de um rótulo azul pálido. A Base Bicamada Permahyd 280/285 faz parte do Sistema Clássico da Spies Hecker cujo objectivo é garantir a facilidade de uso e um resultado perfeito. A Base Bicamada Permahyd 280/285 e a Base Bicamada Permahyd Hi-TEC 480 continuam a ser a coluna vertebral da gama de produtos para veículos de passageiros da Spies Hecker.

Uma revolução no mercado da repintura

Joachim Hinz, Brand Manager Spies Hecker EMEA, diz, “com a sua tecnologia ecológica pioneira, a Base Bicamada Permahyd 280/285 abriu caminho há 20 anos atrás. Em 1994, a sua aplicação eficiente e o seu bom desempenho eram vanguardistas e foi considerado de facto uma revolução no mercado da repintura. Ao longo dos anos foram desenvolvidas milhares de novas fórmulas de cor enquanto inovações tecnológicas e o feedback dos clientes conduziram a melhorias nos produtos. Actualmente, a Base Bicamada Permahyd 280/285 ocupa um lugar bem definido no mercado com um sistema de pintura aquoso de confiança. É aprovada pelos principais fabricantes de carros e os utilizadores de 76 países contam com ela todos os dias.”

Elevada eficiência e precisão de cor

Uma das características principais da Base Bicamada Permahyd 280/285 é o elevado grau de eficiência. A tinta pode ser aplicada em somente 1,5 demão num único passo e pode ser revestida em húmido-sobre-húmido. Os dois componentes da aplicação da base bicamada – o corante e a Permahyd VE Aquosa 6000 – tornam o processo muito simples. O sistema possui também um elevado poder de cobertura e a sua utilização é económica.

“Com mais de 53,000 fórmulas de cor e ferramentas de cor completas, a excelente correspondência de cor é uma das qualidades mais notáveis dos corantes de mistura,” explica Joachim Hinz. “Na aplicação, os melhores níveis de brilho e profundidade são obtidos através da combinação da Base Bicamada Permahyd 280/285 com qualquer um dos vernizes Permasolid HS.”



SH_Permahyd_WB802_20_anniversary
 

BOSCH AUTOMOTIVE AFTERMARKET

Bosch Automotive Aftermarket leva distribuidores BDT à Alemanha

Sob o mote “Discovery Bosch”, distribuidores de equipamento oficinal da Bosch Diagnostics Team (BDT) de Espanha e Portugal foram convidados pela Bosch para uma viagem à Alemanha.

Sob o mote “Discovery Bosch”, distribuidores de equipamento oficinal da Bosch Diagnostics Team (BDT) de Espanha e Portugal foram convidados pela Bosch para uma viagem à Alemanha para conhecer a central de equipamentos oficinais e de diagnóstico da Bosch, sediada em Plochingen, nos arredores de Estugarda. Aproveitaram ainda para visitar o berço do automóvel na Alemanha.

Durante a viagem, puderam também visitar as instalações da Bosch em Schwieberdingen, um dos centros de investigação e desenvolvimento do Grupo na Alemanha. Neste local, onde atualmente trabalham mais de 5.000 colaboradores, os especialistas BDT puderam acompanhar os testes realizados a diferentes componentes e sensores de automóvel para a manutenção da elevada qualidade dos produtos Bosch. Testaram ainda os diferentes protótipos na pista de ensaios localizada nas suas instalações, comprovando “in loco” as diferentes tecnologias que a Bosch desenvolve com a finalidade de reduzir os consumos e as emissões dos veículos. Com o objetivo de demonstrar aos distribuidores a evolução e a inovação inerentes à marca Bosch, a empresa organizou ainda uma visita ao Museu Porsche, onde verificaram a evolução técnica desta marca que conta com muitos dos sistemas Bosch para aumentar o desempenho dos seus automóveis.

No segundo dia, a equipa, visitou, em Plochingen, o centro de desenvolvimento do software ESI[tronic], entre outros equipamentos, como é o caso do analisador eletrónico de sistemas KTS e que permitem às oficinas fazer um diagnóstico mais eficaz e eficiente, aumentando, desta forma, a qualidade e garantia do serviço. Além da linha de montagem deste produto, puderam ver igualmente como se desenvolve o ESI[tronic] e como é aplicada a normativa Euro V ao diagnóstico.

A última visita do grupo teve lugar na fábrica da Mercedes Benz. No seu centro de produção de Sindelfingen tiveram oportunidade de acompanhar o processo de fabrico dos modelos da série E e S. Desde a transformação da bobina de aço de grandes dimensões num capô e a soldadura autónoma robotizada das diferentes peças do chassis, até à montagem final e à personalização destes modelos exclusivos.

Atualmente, a Bosch tem vindo a fornecer as soluções de componentes automóveis para as principais marcas automóvel a nível mundial, contribuindo cada vez mais para a conectividade e interface do automóvel, bem como para uma condução mais segura, através dos sistemas de segurança automóvel lançados pela Bosch nestes últimos anos.

Desta forma, membros da equipa BDT tiveram acesso a uma ideia mais real do que representa o setor automóvel para a Bosch e a oportunidade de acompanhar todo o processo desde o desenvolvimento de uma peça ou sistema híbrido para um fabricante automóvel, até à montagem completa do automóvel com todos os seus componentes. Um circuito que termina apenas quando o automóvel entra na oficina para realizar um diagnóstico.



BoschAutomotiveAftermarket
 

SPARK PLUG EUROPE

SPARk Plug Europe apresenta o catálogo de sensores de gás de escape

A NGK Spark Plug, especialista em velas de ignição e sensores, lança o seu novo catálogo de sondas incluindo a nova gama de sensores de temperatura de gás de escape.

A NTK lança o seu novo catálogo de sondas incluindo a gama de sensores de temperatura de gás de escape nas suas 470 páginas. 426 destas páginas são dedicadas às Sondas Lambda e 44 aos novos sensores de temperatura de gás de escape. A secção dedicada às sondas Lambda enumera 822 tipos de sensores, entre os quais se encontram os sensores de dióxido de circonio, dióxido de titânio e de banda larga. Todos os sensores são fabricados com qualidade de equipamento original.

Juntos, formam um total de 13.562 aplicações equivalentes a 70% do parque europeu. Seja uma sonda de regulação ou de diagnóstico é mostrada de forma clara para uma rápida identificação. Além disso, o catálogo inclui informação adicional importante para as oficinas, por exemplo, o número e a longitude dos cabos. Os conectores são representados em tamanho original. O catálogo também mostra muitas aplicações de sondas lambda para motos.



NGK Sensor Catalogue
 

TENNECO EQUIPA NOVA ESPACE

Tenneco equipa nova Renault Espace com suspensão inteligente Monroe®

Tecnologia de última geração ajuda a Renault a proporcionar uma experiência totalmente nova de condução.

De acordo com a Renault, a nova Espace explora toda uma nova dimensão de prazer de condução. "É uma experiência totalmente imersiva, dando origem a sensações extraordinárias, colocando a escolha das emoções nas mãos do condutor."

Este conceito de prazer de condução é sustentado por uma nova tecnologia Renault, chamada multi-Sense®, um dispositivo que controla e coordena a entrada das tecnologias de última geração instaladas no novo Espaço. O MultiSense® gere o chassi 4Control®, sistema de controlo do amortecedor electrónico que comanda os amortecedores CVSAe. Estes melhoraram o conforto e a estabilidade de condução de um veículo, ajustando continuamente todos os quatro amortecedores em até 100 vezes por segundo, em função das condições da estrada e das situações de condução dinâmica existentes, como curvas apertadas, mudanças de faixa de rodagem, aceleração e travagem. Os amortecedores CVSAe permitem escolher entre modo padrão, desportivo ou conforto em qualquer momento, de acordo com as preferências do condutor, para uma viagem mais confortável, mais dinâmica ou mais desportiva.

Gérard Payen, Director Adjunto do Programa Renault, disse: "O novo Espace oferece uma experiência de condução única, que muda de acordo com o humor do condutor e de um espectro de características de desempenho em estrada. É capaz de adaptar as suas características para oferecer as sensações adequadas, tornando-se um pouco como ter vários carros numa só viatura". 

Sandro Paparelli, Vice-Presidente e Director Geral de Controlo de Condução Europa, disse: "Estamos comprometidos em atender as necessidades de nossos clientes conforme eles vão desenhando veículos capazes de se adaptar a diferentes ambientes, situações ou preferências condução para oferecer aos consumidores conforto e desempenho, e a liberdade de escolher a sua experiência de condução. Estamos muito satisfeitos que a Renault tenha escolhido a nossa tecnologia de suspensão inteligente CVSAe para este novo modelo de referência."

A tecnologia CVSA da Monroe® está em produção para 37 modelos de veículos em várias marcas de prestigio global.



Monroe_Kinetic_H2_CVSA
 

POLO SUL CONQUISTADO PELA TRELLEBORG E MASSEY FERGUNSON

Trelleborg e Massey Ferguson conquistam o Polo Sul

A Trelleborg desenvolveu um conjunto especial de rodas completas, pneus e jantes, o que permitiu ao MF 5610 enfrentar com êxito as traiçoeiras condições meteorológicas da Antártida.

A equipa Antarctica2 liderada pela “Tractor Girl”, Manon Ossevoort, chegou ao Polo Sul, completando assim a primera parte da expedição, uma viagem de ida e volta de 5.000 kilómetros num tractor MF 5610 ao Polo. Como patrocinador oficial da expedição, a Trelleborg desenvolveu um conjunto especial de rodas completas, pneus e jantes, o que permitiu ao MF 5610 enfrentar com êxito as traiçoeiras condições meteorológicas da Antártida.

Rigorosas provas de pneus agrícolas standards levadas a cabo antes da expedição pela Trelleborg e pela Massey Ferguson, revelaram que, devido às condições climatológicas adversas e ao ambiente severo da Antártida, o consumo de combustível e a tracção proporcionaram importantes resultados. Por isso, um pneu com fluatação Premium que oferece uma melhor distribuição da pressão no solo e uma tracção superior era essencial para garantir um reduzido consumo de combustível, aderência superior, maior conforto e manobrabilidade.



Trelleborg y Massey Ferguson conquistan el Polo Sur
 

MERCEDES BENZ PRODUZ PRANCHA

 

Mercedes-Benz produz prancha em espuma de aeronave para Garrett McNamara
Depois de uma prancha feita a partir de cortiça portuguesa, Garrett McNamara acaba de estrear nas ondas gigantes da Nazaré uma prancha produzida com base em foam de alta densidade, um material que o próprio Garrett trouxe da Califórnia, da Varial Surfboards, e que normalmente é utilizado nas asas dos aviões. Esta nova arma no arsenal de McNamara para enfrentar o Canhão da Nazaré é o capítulo mais recente de um ano em que o MBoard Project se lançou em busca de materiais inovadores, capazes de serem utilizadas na produção de pranchas de town in, desenvolvidas especialmente para Garrett e para as ondas da Nazaré. A nova prancha de Garrett recorre a tecnologias que permitem uma perfeita distribuição de peso, rigidez e flexibilidade de materiais.
Garrett McNamara já testou a sua nova prancha nas sessões dos passados dias 11 e 12 de dezembro, na Praia do Norte, na Nazaré. Nesta ocasião, o surfista americano elogiou a tecnologia da nova flecha negra, face à grande flexibilidade que este material permitiu obter de modo a dar uma maior capacidade de absorção das vibrações provocadas a mais de 60km/h sobre as grandes ondas da Nazaré.
O projeto MBoard tem vindo a ser desenvolvido pela Mercedes-Benz Portugal, BBDO e a Nazaré Qualifica.MBOARD-PROJECT 01_CopyMBOARD-PROJECT 02_CopyMBOARD-PROJECT 03_Copy

 

EDP COOL JAZZ

 

Edição 2015 do festival mais cool confirma uma grande noite

Chick Corea & Herbie Hancock juntos no
palco do edpcooljazz a 19 de julho

Chick Corea & Herbie Hancock, dois dos nomes maiores do Jazz, ocuparão juntos o palco do edpcooljazz a 19 de julho de 2015, nos Jardins do Marquês de Pombal em Oeiras, num dueto em piano acústico integrado numa restrita tour europeia, trazendo a Portugal um dos mais cobiçados espetáculos de Jazz da atualidade. Juntam-se assim ao cartaz da edição de 2015 que conta já também com Mark Knopfler.
 

Oeiras, 16 de dezembro de 2014 – O edpcooljazz 2015 já tem mais nomes confirmados. Chick Corea & Herbie Hancock fazem um dueto em piano acústico no dia 19 de julho, nos Jardins do Marquês de Pombal, Oeiras, trazendo para Portugal um dos mais cobiçados espetáculos de Jazz da atualidade.

Durante mais de meio século, Herbie Hancock e Chick Corea foram construindo os seus próprios caminhos na inovação artística ao piano. Desde a participação nas big bands de Miles Davis nos anos 60, passando pelos grandes concertos e sucessos, respetivamente, com os Headhunters e Return to Forever nos anos 70, e pelos muitos prémios de música ganhos, Hancock e Corea estão entre as influências mais importantes no Jazz do nosso tempo.

Num raro e histórico concerto, em duo, as duas realezas do Jazz reúnem-se para uma noite muito especial de música que só o edpcooljazz consegue produzir para o público que todos os anos enche os espaços emblemáticos de Oeiras para ver e ouvir um variado e eclético cartaz.

Os dois nomes fortes do Jazz juntam-se assim a mais um grande nome já anunciado, Mark Knopfler. O líder e ex-guitarrista da lendária banda Dire Straits vai atuar a 28 de julho, no edpcooljazz, no Estádio Municipal de Oeiras/Parque dos Poetas, para apresentação do novo álbum “Tracker”, que será lançado no próximo ano, e ainda os grandes clássicos da sua carreira.


DOWNLOAD DE MATERIAIS PARA IMPRENSA


Sobre o edpcooljazz

O edpcooljazz é um evento musical de referência realizado em cenários idílicos, ao longo do mês de julho, juntando natureza, património e a música. Foi lançado pela primeira vez em 2004 com o objetivo de oferecer um evento turístico e cultural distinto a todos os amantes de música de gosto eclético mas sempre com uma forte componente “cool”, que lhe dá o nome.



Ao longo destes 12 anos, o edpcooljazz já produziu mais de 120 concertos, juntando mais 275.000 pessoas que num ambiente intimista, perto dos palcos, e sem o aglomerado das grandes multidões, pôde assistir a espetáculos individuais numa junção única entre música cool, história, património e natureza, o verdadeiro conceito do edpcooljazz, Cool Energy.

PONTOS DE VENDA

Locais dos Concertos (abertura 16:00h e encerramento 30 minutos após início do último espetáculo), Lojas FNAC, Worten, El Corte Inglés (Lisboa e Gaia), Centro Comercial Dolce Vita (Amadora, Porto, Vila Real, Ovar, Coimbra e Funchal), Casino de Lisboa, Galerias Campo Pequeno, ABEP, Agência Alvalade, Agências Abreu, M M M Ticket, C.c. Mundicenter, Bilheteira Meo Arena, Arena de Portimão, Lojas Media Markt,Turismo de Lisboa, www.ticketline.sapo.pt, www.blueticket.pt, C.C.B e Shopping Cidade do Porto.

Reservas e informações:
Reservas e Informações: 1820
Ticketline Linha de apoio: 707 234 234
Blueticket Linha de apoio: 707 780 000

Classificação etária:
O EDPCOOLJAZZ é um festival com espetáculos para maiores de 6 anos. Entrada permitida a maiores de 6 anos, mediante pagamento de bilhete e desde que acompanhado por um adulto portador de bilhete.

Espectadores com mobilidade reduzida:
O edpcooljazz oferece condições especiais para espectadores com mobilidade reduzida nas plateias B de cada concerto. Informação para solicitar a reserva em breve disponível no site www.edpcooljazz.com.
No entanto, poderão optar por adquirir bilhetes para as plateias Vip, A, e C, sendo somente possível permanecer na lateral da plateia escolhida. Ou ainda, poderão optar pela plateia em pé, recomendando neste caso a chegada à hora de abertura de portas indicada em cada concerto, por forma a garantir um lugar com melhor visibilidade.
 

 

 

Sponsors



CONTACTOS:

O edpcooljazz é uma co-produção da Música no Coração com a Live Experiences.

www.musicanocoracao.pt : www.liveexperiences.pt

CorpCom - Prime Relations

Mécia Moura da Silva
M: +351 93 246 89 19
T: +351 21 302 61 50
Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

 

 

HYLUX PRONTA PARA O DAKAR 2015

 

Toyota Hilux pronta para o DAKAR 2015 através da preparação da equipa Imperial South Africa

Para os adeptos do desporto automóvel o mês de Janeiro é sinónimo de uma das mais duras competições: o Rali do Dakar. A corrida de 2015 promete estar à altura da imagem criada pelas anteriores 35 edições, que se tornou um dos eventos de deporto automóvel mais famosos pela sua dificuldade e pelos magníficos cenários. Tal como em 2012, 2013 e 2014, a equipa Toyota Imperial South Africa Dakar vai estar presente à partida, alinhando com a última evolução da Toyota Hilux preparada para a competição.

"Estamos muito confiantes com a mais recente evolução da conhecida e reputada Toyota Hilux Dakar,” afirma o Diretor da Equipa, Glyn Hall. “Esta é a terceira geração da Hilux que já terminou em 3º lugar nesta difícil prova que é o Dakar. E, ainda mais importante, os pilotos estão tão confiantes e satisfeitos como eu.”

O alinhamento de pilotos para 2015 não mudou relativamente ao Dakar 2014: Giniel de Villiers, que venceu o evento em 2009, será uma vez mais o piloto principal da equipa Toyota Imperial South Africa Dakar. Este será o 12ª ano de participação de Giniel de Villiers no rali. Ao seu lado estará o seu navegador de longa data, Dirk von Zitzewitz (Alemanha), ele próprio um veterano nestas andanças com presença em 14 edições do Dakar.

Leeroy Poulter e o navegador Rob Howie uma vez mais vão estar em ação na segunda  Toyota Hilux. Esta dupla deixou a sua marca em 2014 quando alcançou o 3º tempo mais rápido na terceira etapa, terminando na 33ª posição, após cumpridas as 13 etapas da corrida.

A nova Imperial Toyota Hilux é essencialmente uma evolução da anterior, mais do que um veículo desenvolvido de raiz. O que quer dizer que, para a sua preparação, se conservaram os pontos mais positivos das anteriores gerações, ainda que a Toyota Hilux 2015 foi a que mais mudou visualmente até hoje.

Imediatamente evidente é o facto da rodas suplentes terem saído da traseira do veículo. Uma das rodas foi agora colocada debaixo do cockpit, enquanto outras duas foram montadas nas partes laterais, atrás das portas. Esta alteração permitiu passar um peso considerável de cerca de 120 kg para uma zona, mais baixa e mais importante entre os eixos, o que resultou numa maior estabilidade com o rebaixamento do centro de gravidade.

“É uma diferença enorme,” explica o veterano do Dakar Giniel de Villiers quando se refere a estas alterações. “A nova pick-up é muito mais rápida nas secções sinuosas e trabalhámos também muito na suspensão para que pudesse aterrar melhor depois de cada salto.”.

A evolução desta configuração deveu-se principalmente aos novos regulamentos, que permitem que a Toyota Hilux seja 60 kg mais leve do que anteriormente. De modo a que pudesse retirar a máxima vantagem desta redução de peso, a equipa melhorou a distribuição de massas conferindo uma maior capacidade dinâmica e estabilidade mesmo em situações limite.

Além da poupança de peso, os regulamentos também permitem agora um restritor de ar ligeiramente maior. Esta medida foi tomada numa tentativa de equilibrar as forças entre os motores atmosféricos e turbodiesel que essencialmente competem na mesma categoria – tendo em conta a vantagem de os blocos turbo sofrerem menos com a elevada altitude e na passagem por areias grossas do que os motores atmosféricos, tal como o utilizado também pela Toyota Hilux.

Paralelamente, a nova Toyota Hilux dispõe de um sistema de suspensão totalmente revisto e desenvolvido na África do Sul, de um novo sistema de ar condicionado e de muitas outras melhorias relativamente à versão anterior.

Tudo isto será colocado à prova quando começar o Dakar de 2015 em Buenos Aires, na Argentina, a 4 de Janeiro de 2015. O percurso da prova mantem a travessia de vários países da América do Sul, com a visita ao Chile e à Bolívia, antes de regressar à Argentina para o final de volta a Buenos Aires, a 17 de Janeiro.

A Toyota Hilux da Imperial South Africa Dakar não será a única a participar, no Dakar 2015. Tal como na edição passada, a equipa sul-africana vai receber apoio logístico e de infraestrutura dos belgas da equipa Overdrive ao longo de toda a prova. A Overdrive dá igualmente apoio a outros concorrentes que alinham com outras Toyota Hilux, incluindo pilotos de reconhecidos méritos como Lúcio Alvarez (Argentina), Bernhard ten Brinke (Holanda) e Yazeed Alrajhi (Arábia Saudita).

As 2 Toyota Hilux oficiais partiram a 15 de Dezembro para a Argentina e, uma vez mais, vão ser transportadas pela SAA Cargo. Os fãs do Rally Dakar podem seguir a Equipa Toyota Imperial South Africa Dakar no Facebook, em www.facebook.com/toyotasouthafrica e pelo Twitter em www.twitter.com/toyotasa.Toyota Hilux_Dakar_2015_4_CopyToyota Hilux_Dakar_2015_1_CopyToyota Hilux_Dakar_2015_2_CopyToyota Hilux_Dakar_2015_3_Copy

 

TT EM ANGOLA

 

Este foi o 3º CARR.

Cumprimos integralmente com o calendário previsto no principio do ano. Não houve alterações de datas.

Somos a modalidade de Desportos Motorizados, o Todo-o-Terreno, com o maior numero de praticantes em Angola.

Pelas 8 provas do CARR 2014 passaram cerca de 80 pilotos entre 1º e 2º condutores.

Tivemos pilotos residentes nas Províncias de Luanda, Namibe, Huila, Huambo, Benguela e Kwanza Sul.

Percorremos 6 Províncias como Luanda, Namibe, Huila, Huambo, Benguela e Kwanza Sul.

Houve a estreia de muitas viaturas novas, desde as motos de 2 rodas, passando pelos UTV´s e terminando nos jipes.

Há milhares de fotos a circular, principalmente no Facebook, fruto do concurso de fotografia intitulado FOTORALI by CARGO.

Os ralis foram divulgados na Comunicação Social, desde as televisões angolanas TPA1, TPA2 e TV Zimbo ao SuperSport,  tendo passado no Jornal de Angola, Jornal dos Desportos, A Bola, Jornal Auto, revista Draft e revista M de Moçambique. Passaram pelos sites Welcome to Angola, Absolut Motors e ainda pelos sites portugueses Velocidade Online, Todooterreno.pt e Sapo.

Há ainda um mailing list, para divulgação de tudo o que se relaciona com o CARR, com mais de 700 endereços electrónicos.

Realce de enorme significado a participação do Team Angola, composto por 10 pilotos na Baja de Portalegre (Portugal), prova a contar para a Taça do Mundo de Todo-o-Terreno. Ainda uma referencia ao Romulo Branco que participou no Campeonato de Portugal de TT com a bandeira de Angola.

Os CAMPEÕES 2014

Classe M

1º Henrique Vu

2º Helder Coelho Vuty

3º Yvens dos Santos

Classe Q

1º Rui Cunha

2º Marco Vieira

3º Ludy Chaves

Classe TT – condutor1 Copy2 Copy3 Copy4 Copy5 Copy7 Copy8 Copy9 Copy10 Copy11 Copy12 Copy13 Copy14 Copy15 Copy16 Copy17 Copy18 Copy19 Copy20 Copy21 Copy22 Copy23 Copy24 Copy

1º Sandro Dias

2º Maló Almeida

3º Miguel Raposo

Classe TT – 2º condutor

1º Dário Guerreiro

2º João Paulo

3º Patricia Marques

Classe E1

1º Fábio Brunido

Classe E2

1º José Roxo

2º Carlos Maio

3º Luis Abrantes

A “Gala” da premiação e entrega dos trofeus será realizada no dia 16 de Janeiro em local ainda a definir.

As fotos são da autoria do Célio Sousa e referem-se ao Rali TT Sumbe.

Venha o CARR 2015.

 

KARTING NO BRASIL

Em última corrida do ano, Matheus Iorio conquista pódio nas 500 Milhas de Kart

Paulista liderou a equipe Spirit Sports ao quarto lugar na prova de longa duração e também competiu na categoria Shifter em Santa Catarina para encerrar temporada 2014, quando fez sua estreia como piloto da F3 Brasil Light

Depois da vitória na última etapa da F3 Brasil Light, onde fez sua primeira temporada em competições de carro, Matheus Iorio encerrou a temporada 2014 com corridas de kart e novamente conquistou um bom resultado. O paulista subiu ao pódio com o 4º lugar na famosa prova das 500 Milhas, realizada no último sábado (13) no kartódromo do Parque Beto Carrero World, em Penha (SC).

Iorio integrou os dois karts da tradicional equipe Spirit Sports, que também teve Marco Cozzi, Adriano Pizzonia, João Pretto e Nelson Rangel como pilotos. A prova teve a participação de 53 karts e 631 voltas em 11h45 de duração. O paulista pilotou durante quatro stints de mais de uma hora cada e teve atuação destacada quando uma forte chuva caiu, e ele chegou a ser o mais rápido da pista, recuperando muitas posições para colocar sua equipe entre as seis melhores. Esse foi o segundo pódio de Matheus em três participações na corrida.

O piloto de 17 anos também disputou a categoria Shifter, de karts com marcha, que contou com a participação de pilotos estrangeiros com títulos mundiais, e teve duas corridas no fim de semana. Na final, que aconteceu domingo, Iorio estava na sexta posição, quando foi tocado por um adversário, caindo para último, mas conseguiu se recuperar e cruzou a linha de chegada em 12º.

Após o desafio no kart, Matheus ainda tem mais um compromisso no ano e participará de treinos da Formula 3 nesta semana, intensificando sua preparação para a temporada 2015 da categoria.

Matheus Iorio:

"Foi um fim de semana bem intenso, e as corridas foram muito legais. Nas 500 Milhas, tivemos alguns problemas na estratégia das paradas, mas voltamos à briga quando começou a chover. Eu estava bem rápido na chuva, consegui recuperar várias posições e nossa equipe terminou em P4. Na final da Shifter, estava perto do top-5 depois de largar mais para trás, mas fui tocado por outro piloto e precisei fazer uma corrida de recuperação para chegar em 12º. De qualquer maneira, foi uma ótima forma de concluir o ano nas pistas, e não vejo a hora de iniciar a próxima temporada."

Resultado da 18ª edição das 500 Milhas de Kart (10 primeiros entre 53 karts):

1. #2 - Fittipaldi Voxx - 11h45min45s (Christian Fittipaldi, Danilo Dirani, Vitor Meira, Pedro Piquet, Adibe Marques e Felipe Fraga)
2. #72 - Hanier - a 2 voltas (Rubens Barrichello, Tony Kanaan, Rafael Suzuki, Felipe Giaffone e André Nicastro)
3. #100 - Chevrolet Serviços Financeiros - a 9 voltas (Bia Figueiredo, Marcos Breda, Allam Khodair, Galid Osman, Felipe Lapenna, Caio Castro, Rafael Cardoso, Paulo Nigro e Alan Synthes)
4. #13 - Spirit Sports - 9 voltas (Matheus Iorio, Adriano Pizzonia, Marco Cozzi, João Pretto e Nelson Rangel)
5. #319 - Bifarma/Car Racing - 10 voltas (Leandro Reis, Matheus Coletta, Keka Teixeira, Peterson Nakamura, Murilo Coletta, Marcel Coletta e Rafael Reis)
6. #1 - Fittipaldi Voxx - 10 voltas (Christian Fittipaldi, Danilo Dirani, Vitor Meira, Pedro Piquet, Adibe Marques e Felipe Fraga)
7. #3 - Chevrolet Serviços Financeiros - 11 voltas (Bia Figueiredo, Marcos Breda, Allam Khodair, Galid Osman, Felipe Lapena, Caio Castro, Rafael Cardoso, Paulo Nigro e Alan Syntes)
8. #88 - Locres Sports - 12 voltas (Beto Monteiro, Gustavo Yacamán, Nicolas Costa, Carlos Crespo, Sandro Soares e Renato Lopes)
9. #16 - Pinheiro Competições/Techspeed - 12 voltas (Roberto Wuthstrack, Diego Fernandes, Thiago Bittencourt, Ricardo Pinheiro e Gustavo Pinheiro)
10. #73 - Hanier - 15 voltas (Felipe Giaffone, Caio Collet, Carlinhos Barrichello, Adriano Amaral, Beto Cavaleiro, James Jakes, Rafael Martins e Will Stevens)

Clique nas fotos para baixar em alta resolução:

Matheus Iorio subiu ao pódio com o 4o lugar após quase 12h de corrida em SC
Divulgação

Clique na imagem para fazer o Donwload...

Piloto de 17 anos comemorou segundo pódio nas 500 Milhas de Kart
Divulgação

Clique na imagem para fazer o Donwload...

Com atuação destacada na chuva, Iorio conseguiu recuperar várias posições
Divulgação

Clique na imagem para fazer o Donwload...

Paulista ajudou equipe Spirit Sports a conquistar 4o lugar na tradicional prova
Divulgação

Clique na imagem para fazer o Donwload...

Matheus Iorio, Adriano Pizzonia, Marco Cozzi, João Pretto e Nelson Rangel
Divulgação

Clique na imagem para fazer o Donwload...

 

KARTING NO BRASIL

Rafael Suzuki encerra temporada com pódio nas 500 Milhas de Kart e já foca em 2015

No time de Rubens Barrichello e Tony Kanaan, Suzuki ficou com o 2º lugar após quase 12h de corrida em Santa Catarina. Agora, o piloto retoma preparação visando seu segundo ano na Stock Car

A temporada 2014 de corridas terminou com um pódio para Rafael Suzuki. Nas 500 Milhas de Kart, prova que aconteceu no último sábado (13) no Kartódromo do Parque Beto Carrero World, em Penha (SC), o piloto da Stock Car integrou pelo quinto ano consecutivo o time Hanier Racing, formado por Rubens Barrichello, Tony Kanaan, Felipe Giaffone e André Nicastro, e conquistou o 2º lugar após quase 12h de prova. A equipe vencedora foi a comandada por Cristian Fittipaldi, Vitor Meira, Danilo Dirani, Felipe Fraga, Pedro Piquet e Adibe Marques com o kart #2.

A tradicional prova que reúne grandes nomes do automobilismo contou com 53 karts e teve um total de 631 voltas, das quais Suzuki pilotou por quase 200, debaixo de muito sol. A corrida também foi marcada por fortes pancadas de chuva, mas durante toda a corrida o kart #72, que largou na 13ª posição, brigou pela vitória, inclusive liderando boa parte da disputa, e cruzou a linha de chegada sete voltas à frente do terceiro colocado.

Com 14 participações em 18 edições do evento, Rafael já conquistou uma pole-position e cinco pódios (quatro deles pela equipe de Barrichello), com destaque para a vitória em 2013. Agora, antes de alguns dias de descanso, o piloto volta a focar seus trabalhos já pensando na temporada 2015 da Stock Car, quando fará seu segundo ano na principal categoria do automobilismo brasileiro.

Rafael Suzuki:

"Terminar a temporada com esse pódio é excelente. Brigamos pela vitória quase a corrida inteira e por alguns detalhes não conseguimos, mas está de bom tamanho, a equipe esteve muito bem o tempo todo e nós mantivemos 100% da intensidade durante toda a prova para compensar um pouco de falta de performance do motor. A corrida foi bem desgastante por causa do calor, então é otimo ver a recompensa. Agora é pensar na Stock Car, que já começa dia 07 de fevereiro com os treinos oficiais."

Resultado da 18ª edição das 500 Milhas de Kart (10 primeiros entre 53 karts):

1. #2 - Fittipaldi Voxx - 11h45min45s (Christian Fittipaldi, Danilo Dirani, Vitor Meira, Pedro Piquet, Adibe Marques e Felipe Fraga)
2. #72 - Hanier - a 2 voltas (Rubens Barrichello, Tony Kanaan, Rafael Suzuki, Felipe Giaffone e André Nicastro)
3. #100 - Chevrolet Serviços Financeiros - a 9 voltas (Bia Figueiredo, Marcos Breda, Allam Khodair, Galid Osman, Felipe Lapenna, Caio Castro, Rafael Cardoso, Paulo Nigro e Alan Synthes)
4. #13 - Spirit Sports - 9 voltas (Adriano Pizzonia, Marco Cozzi, João Pretto, Nelson Rangel e Matheus Iorio)
5. #319 - Bifarma/Car Racing - 10 voltas (Leandro Reis, Matheus Coletta, Keka Teixeira, Peterson Nakamura, Murilo Coletta, Marcel Coletta e Rafael Reis
6. #1 - Fittipaldi Voxx - 10 voltas (Christian Fittipaldi, Danilo Dirani, Vitor Meira, Pedro Piquet, Adibe Marques e Felipe Fraga)
7. #3 - Chevrolet Serviços Financeiros - 11 voltas (Bia Figueiredo, Marcos Breda, Allam Khodair, Galid Osman, Felipe Lapena, Caio Castro, Rafael Cardoso, Paulo Nigro e Alan Syntes)
8. #88 - Locres Sports - 12 voltas (Beto Monteiro, Gustavo Yacamán, Nicolas Costa, Carlos Crespo, Sandro Soares e Renato Lopes)
9. #16 - Pinheiro Competições/Techspeed - 12 voltas (Roberto Wuthstrack, Diego Fernandes, Thiago Bittencourt, Ricardo Pinheiro e Gustavo Pinheiro)
10. #73 - Hanier - 15 voltas (Felipe Giaffone, Caio Collet, Carlinhos Barrichello, Adriano Amaral, Beto Cavaleiro, James Jakes, Rafael Martins e Will Stevens)

Clique nas fotos para baixar em alta resolução:

Rafael Suzuki subiu ao pódio com 2o lugar nas 500 Milhas de Kart em SC
Rodrigo Barbosa

Clique na imagem para fazer o Donwload...

Pelo quinto ano consecutivo, Suzuki integrou a equipe de Barrichello e Kanaan
Divulgação

Clique na imagem para fazer o Donwload...

Agora, Rafael retoma preparação para temporada 2015 da Stock Car
Rafael Gagliano/Hyset

Clique na imagem para fazer o Donwload...

 

PRÉMIOS AUDI

 

Quatro prémios no total como “Connected Car Award 2014”

• Vitória absoluta para novo Audi TT: “best connected car”

Primeiros lugares no sistema de Navegação, Internet e nas categorias de Entretenimento

 

“Well connected”: a Audi foi a marca mais bem sucedida no prémio “Connected Car", organizado pela Auto Bild e Computer Bild. A marca dos quatro anéis ganhou quatro prémios em termos absolutos. A marca conquistou o primeiro lugar nas categorias de Navegação, Internet e categorias de Entretenimento. O Audi TT é, globalmente, o melhor "Car Connected 2014."

 

 Audi virtual_cockpit_TT_Copy

 

NACIONAL DE MONTANHA VALE MILHÕES

 

Estudo de retorno de media desenvolvido pela Netpress/Manchete  avalia em € 2.850.782,32 a campanha desenvolvida durante o Campeonato Nacional de Montanha (CNM).

 

Colocado de uma forma simples: se a exposição que o CNM teve durante a época, que decorreu de Abril a Outubro, fosse paga teriam sido desembolsados mais de 2,8 milhões de Euros.

“Quando desenvolvemos o plano de comunicação para o Campeonato de Montanha, pensámo-lo com o objectivo de triplicar o retorno da época passada. Sensivelmente a meio da época compreendemos que esse objectivo estava superado e esperávamos com ansiedade os resultados do nosso desempenho, que foram francamente positivos.” Confessa Pedro Gil de Vasconcelos,FOX 3144_Copy

Para estes números contribuiu a elevada exposição que o CNM conseguiu: “Pretendemos consolidar a nossa posição nos órgãos de comunicação social que normalmente acompanham este campeonato, mas pretendemos também conquistar espaço em outros, em que normalmente não estaríamos presentes. Para isso foi fundamental a presença dos nossos convidados, a produção de um programa de televisão unicamente destinado à Montanha e os protocolos desenvolvidos com cadeias de televisão espanholas, que deram um grande relevo ao CNM, por força do desempenho de Pedro Castañon”. Rematou o Gerente da Completa Mente, Lda.

Recorde-se que Pedro Castañon foi o vencedor do Campeonato Nacional de Montanha 2014. 
 

VOLVO OCEAN RACE

 

Triplo empate na Volvo Ocean Race


A Volvo Ocean Race 2014-15 é a mais equilibrada da história e os números comprovam o sucesso do novo barco de design único, o Volvo Ocean 65. Após duas etapas disputadas, três equipes dividem a liderança com apenas quatro pontos perdidos. Outra estatística chama a atenção: os vencedores de cada perna cruzam a linha de chegada bem próximos dos vices. Na etapa da Espanha até a África do Sul, o Abu Dhabi venceu o Dongfeng por diferença de 12 minutos. No último sábado (13), o Team Brunel superou o Dongfeng por 16 minutos de vantagem. "Não dá para relaxar. Qualquer erro, o adversário te passa", disse Bouwe Bekking, líder do Team Brunel.

Depois da segunda etapa, entre a Cidade do Cabo e Abu Dhabi, a parte do meio da tabela de classificação tem o Team Alvimedica, em quarto lugar, o MAPFRE, em quinto, e o Team SCA, em sexto. O Team Vestas Wind, que encalhou em um banco de areia no Índico, perdeu oito pontos e está em último.

"A última perna foi cheia de altos e baixos", disse Charles Enright, comandante do Team Alvimedica. "Tivemos momentos importantes, como a ajuda ao Vestas, que estava encalhado nas Ilhas Maurício. Temos muito para refletir e muito o que melhorar".

Palavras da 'brasileira' do Team SCA

O último barco a chegar em Abu Dhabi foi o Team SCA, completando a regata, neste domingo, em 25 dias, 6 horas, 23 minutos e 34 segundos. O time 100% feminino repetiu a sexta colocação da perna inicial. A bordo da equipe está a holandesa com coração brasileiro Carolijn Brouwer. Com português perfeito e conservado - a atleta morou mais de 10 anos no Brasil - Carolijn falou das dificuldades da etapa.

"A etapa foi bem desgastante. Os ventos foram bem diferentes do que de costume na metade da regata. Acabamos cometendo erros e não conseguimos pegar boas rajadas para buscar os barcos da frente. Porém, é uma regata muito longa e ainda dá tempo de se recuperar", disse Carolijn Brouwer.

Classificação geral:

Team Brunel (Holanda) - 4 pontos perdidos
Abu Dhabi Ocean Racing (Emirados Árabes Unidos) - 4 pontos perdidos
Dongfeng Race Team (China) - 4 pontos perdidos
Team Alvimedica (EUA/Turquia) - 10 pontos perdidos
MAPFRE (Espanha) - 11 pontos perdidos
Team SCA (Suécia) - 12 pontos perdidos
Team Vestas Wind (Dinamarca) - 12 pontos perdidos

As equipes terão agora um tempinho para retomar o fôlego durante as festas de Natal. A regata local de Abu Dhabi, também chamada de In-port race, será realizada em 2 de janeiro. No dia seguinte, a flotilha parte para a terceira etapa, entre os Emirados Árabes Unidos e a China, prova que terá 4.670 milhas náuticas.volvo500 Copyvolvo501 Copyvolvo502 Copyvolvo503 Copyvolvo504 Copyvolvo505 Copyvolvo506 Copyvolvo507 Copyvolvo508 Copyvolvo509 Copyvolvo510 Copyvolvo511 Copyvolvo511 Copyvolvo512 Copyvolvo513 Copyvolvo514 Copyvolvo514 Copyvolvo515 Copyvolvo516 Copyvolvo517 Copyvolvo518 Copyvolvo519 Copyvolvo520 Copyvolvo521 Copyvolvo523 Copyvolvo524 Copyvolvo525 Copyvolvo526 Copyvolvo527 Copyvolvo528 Copyvolvo529 Copyvolvo530 Copy

 

PITA APRESENTOU ÉPOCA 2015

 

RENATO PITA PREPARA ÉPOCA 2015

O piloto português fecha oficialmente a época 2014 com uma apresentação pública dos resultados do ano, num evento que reuniu todos os seus patrocinadores e várias figuras ligadas ao desporto. O próximo ano está já a ser preparado com várias novidades que assinalam os 10 anos de carreira.

 

O balanço dos resultados da temporada 2014 é positivo, mas garante o piloto português “há sempre espaço para se fazer melhor”. Foi assim que Renato Pita iniciou a apresentação oficial dos seus resultados num dos mais emblemáticos locais da cidade do Porto – o Museu do Vinho do Porto. “Estou satisfeito com os meus resultados, mas sei que posso fazer mais e estou já a trabalhar nesse sentido para que, no próximo ano, me consiga superar e obter melhores classificações.”

 

Tiago Girão, jornalista e pivô do Porto Canal, foi o mestre de cerimónia no evento que resumiu os últimos 12 meses de trabalho. Entre os principais assuntos em destaque, estiveram as competições no ERC (Campeonato Europeu de Rali), no qual Renato Pita completou 4 participações na Irlanda, Bélgica, República Checa e Suíça. Campeonato que, aliás, está já na agenda para 2015 com novos destinos no caminho.

 

Com arranque no início de janeiro, Renato Pita volta às competições europeias numa desafiante prova na Áustria, cujo traçado e condições climatéricas (neve) prometem ser muito adversas. Seguem-se depois as participações confirmadas na Irlanda, Bélgica, República Checa e Córsega. Como habitual, Renato Pita vai acompanhado por Hugo Magalhães.

 

Além das habituais provas europeias, Renato Pita, que celebra em 2015 o 10º aniversário da sua carreira, está também a negociar a participação no Rali de Portugal que volta ao Norte do país no início do Verão. Uma prova especial e com muito significado para o piloto que, garante, “será uma enorme satisfação poder participar nesta prova que, finalmente, regressou às origens e a uma terra que significa muito para mim.” A confirmar-se esta participação, Renato Pita vai correr ao volante do Peugeot 208 R5 pela primeira vez. Também a Peugeot se fez representar no evento confirmando a disponibilidade e entusiasmo para apoiar mais um ano do piloto.

 

Quer nas provas internacionais quer na possível participação na prova rainha do rali em Portugal, Renato Pita vai poder contar com o apoio dos seus patrocinadores habituais e, mais do que nunca, da equipa francesa PH Sport. “Não podia estar mais satisfeito com esta parceria. É uma equipa de profissionais de topo, que trabalham até ao mais pequeno detalhe para que tudo esteja nas máximas condições para que eu consiga atingir os melhores resultados a cada etapa”. Um trabalho conjunto também partilhado e elogiado por Bernard Piallat, representante da PH Sport presente no evento.

E não vieram apenas de França os elogios ao piloto.

 

Também Arno Vogels, Diretor ibérico e Responsável de Patrocínios da BP, reforçou o prolongamento do patrocínio a Renato Pita até 2017. Este investimento estratégico é justificado pela “capacidade inigualável e empenho diário do Renato todos os dias. É o único piloto de Rali em Portugal que apoiamos e estamos certos que é uma escolha certeira. Estamos muito satisfeitos com esta parceria e pretendemos mantê-la durante muito tempo”.

 

O trabalho de Renato Pita é também reconhecido em Portugal pelas vozes do Hernâni Ribeiro, Vereador do Pelouro da Juventude e do Desporto da Câmara Municipal da Maia e do Manuel Barros, do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Em ambos os casos, foi elogiado o trabalho do piloto na promoção do desporto em Portugal entre os mais jovens, através do papel ativo enquanto Embaixador para a Ética no Desporto e representante do Município da Maia, Capital Europeia do Desporto em 2014.

 

Segundo o Manuel Barros, IPDJ, é “de extrema importância contar com o apoio do Renato Pita como Embaixador para a Ética no Desporto. O facto de ser um piloto promove não apenas os valores base da instituição, como fair play, respeito e trabalho em equipa, mas também valores que se estendem à cidadania. É o caso do excelente projeto Etapa Segura que leva aos mais jovens regras de prevenção rodoviária. Mais do que beneficiar o desporto, o trabalho do Renato contribui para todos nós enquanto sociedade”.

 

O projeto Etapa Segura esteve, também, na ordem do dia com a garantia do piloto de que “aconteça o que acontecer no futuro, este será um projeto que me vai acompanhar sempre!”

Renato Pita termina assim o ciclo da época de 2014 e prepara já o próximo ano encontrando-se neste momento em fase de testes para a primeira prova do ERC, na primeira semana de janeiro.

 Renato Pita_Apresentao_resultados_2014_CopyRenato Pita_CopyRenato Pita_II_Copy

 

João Raposo

Telemóvel: +351 961 686 867
E-mail: jraposo-air@portugalmail.pt