In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player
Joomla! Slideshow

VELO CAB2012


ALBERTO PEREIRA NO PÓDIO DO RALI MESÃO FRIO

 

RALI DE MESÃO FRIO

 

 

ALBERTO PEREIRA SUBIU AO PÓDIOADRIANOPEREIRA1 CopyADRIANOPEREIRA2 CopyALBERTOPEREIRA1 CopyALBERTOPEREIRA2 Copy NO RALI DE MESÃO FRIO

 

O terceiro lugar obtido no rali de Mesão Frio por parte da dupla Alberto Pereira – Duarte Pereira foi sem dúvida alguma uma das maiores surpresas deste rali. O actual Presidente da Câmara Municipal de Mesão Frio, tudo fez para que este rali decorresse o melhor possível, e os resultados estão á vista, com uma luta tremenda pelos lugares da frente, onde Alberto Pereira se intrometeu com o seu Seat Ibiza de duas rodas motrizes na luta entre os Mitsubishi de tracção total.

Logo na primeira classificativa, na Super Especial de Mesão Frio com 1,8 km de extensão,  faria a quinta melhor marca com 1.40.8.No dia seguinte, logo na primeira classificativa da manhã, Cidadelhe com aproximadamente nove quilómetros, o Seat Ibiza 2.0 de Alberto Pereira – Duarte Pereira começaram a mostra “serviço”, e fizeram logo o quinto melhor tempo com 6.10.2, mas a verdade é que o actual autarca, começou a ganhar confiança, e  com isso começou a andar mais depressa, e logo na primeira  passagem pelo troço de Barqueiros, faria o terceiro melhor tempo com 3.45.1, para na segunda passagem por Cidadelhe conseguiria melhorar de forma significativa o seu tempo com 6.01.5, correspondente ao terceiro melhor tempo, para na derradeira classificativa, voltar a imprimir um excelente andamento na segunda passagem por Barqueiros, com 3.44.0 correspondente ao terceiro melhor tempo.

Por isso no final depois da cerimónia do pódio, o piloto de Mesão Frio fez-nos o balanço da prova “ correu muito melhor do que estava á espera, pois os meus objectivos antes de começar o rali era ficar entre os dez primeiros, e  acabamos por ficar entre os três primeiros, o que foi fabuloso. O rali correu muito bem, aos poucos fui andando um pouco mais depressa, os tempos obtidos são o melhor testemunho, mas o que mais me admirou foi ter-me conseguido intrometer na luta entre os Mitsubishi, que para todos os efeitos são carros bem mais potentes que o meu e têm quatro rodas motrizes, ao contrário do meu Seat Ibiza que tem apenas tracção à frente. Os troços estavam bons, com muita gente ordeira a assistir, e penso que foi uma grande festa. A super especial feita no sábado à noite em Mesão Frio foi outro sucesso, agora como piloto e autarca, há que começar a preparar a edição do próximo ano, para termos em 2016 mais participantes, recordo que esta edição teve à partida quatro dezenas de participantes. Quero aqui endereçar os meus parabéns aos meus irmãos Manuel e Adriano Pereira pela vitória obtida, aliás há dois anos a esta parte que perseguiam este resultado, que finalmente foi alcançado, em suma estamos todos de parabéns “


CLASSIFICAÇÃO GERAL FINAL


1º Manuel Pereira – Adriano Pereira – Mitsubishi Evo

2º Tiago Almeida – Ricardo Pinto – Mitsubishi Evo

3º ALBERTO PEREIRA – DUARTE PEREIRA – SEAT IBIZA 2.0

4º Ricardo Oliveira – Nuno Oliveira – Mitsubishi Evo

5º Vitor Azevedo – João Aguiar – Renault Mégane

6º Alfredo Guimarães – Mário Vilas Boas – Mazda 323

 

CLASSIFICAÇÃO CATEGORIA 4


1º ALBERTO PEREIRA – DUARTE PEREIRA – SEAT IBIZA 2.0

2º Capela Morais – Pedro Nogueira – Skoda Fabia

 

NOTICIAS DO WTCC

NOTICIAS DO WTCC

 

O terceiro Chevroelt  ( o chassi que estava destinado a Manuel Pedro fernandes no circuito de Vila Real) da Campos já tem dono para a penúltima prova do WTCC, na pista de Buriram. Trata-se do local Nanin Indra-Payoong de apenas 19 anos. O tailandês fez F3 no Japão (classe nacional) e nos dois últimos anos tem competido com regularidade nos GT300 japoneses, em 2015 com um Mercedes.

 

ELMS EM PAUL RICARD

ELMS EM PAUL RICARD

 

 

Enquanto os 29 competidores estão no caminho para o sul da França, o sistema ELMS ea organização estão se preparando para um fim de semana de entretenimento dentro e fora da pista para os milhares de fãs que se esperam estar no paddock. Com batalhas sobre o passeio e todo o entretenimento fora da pista, haverá algo para toda a família para desfrutar.
Acompanhe acção terá início no sábado, 05 de setembro às 10:30 com o primeiro dos dois sessão de treinos livres de 90 minutos para todos os competidores. Após a segunda sessão de treinos livres 15:00 - 16:30, eles tem que saber a pista e vai certamente Trabalhou-have no set up para a qualificação e quatro horas a corrida de domingo.

Na manhã de domingo, num terá a oportunidade de testemunhar as primeiras batalhas do fim de semana. A partir de 9:00 - 09:20 Eles vão ver o LM GTE e equipes GTC lutar pela pole position durante a sessão de qualificação. De 9:30 There Will Be adicional de 20 minutos de qualificação para os protótipos LMP2 e LMP3 e em seguida a grelha de partida será estabelecido para o início da corrida de três horas mais tarde.

Os espectadores com um passe paddock (€ 10 para o fim de semana) será confiável para chegar perto dos carros e pilotos durante o Pitwalk tradicional 10:30-11:45. It Will aussi dar aos fãs a oportunidade de tirar uma foto assinada por seus pilotos favoritos sessão de autógrafos durante o no pitlane 11:00-11:30.

A bandeira verde para o evento principal, as 4 horas de Le Castellet, em 1:00 Will Be acenou para começar a corrida.

Além disso os visitantes terão a oportunidade de passar algum tempo na área de descanso, tendo mais fácil na área de relaxamento. Este lugar com cadeiras reclináveis ​​e mesas está disponível gratuitamente, e você pode gastar algum tempo com uma bebida sob o guarda-sóis. Enquanto alguns vão estar descansando, ouro Aproveitando a área de massagem, outros a oportunidade de testar terá Tatuagens no "Station Tattoo" especialmente organizada. As senhoras aussi será ble para obter as suas unhas pintadas no "prego Bar".

Fãs da Riviera Francesa pode jogar "petanca" com seus amigos e / ou familiares no paddock na área designada e eles serão ble para tentar aussi Sua habilidade em Segway condução na área de entretenimento.

Aussi haverá grande para explorar o merchandising nas lojas, bem como alimentos e bebidas nos dois bares dentro do paddock. Graças ao DJ no local, os visitantes irão encontrar uma atmosfera aussi musical Deep House no período da tarde.

Os mais pequenos têm também será a sua Place, onde serão confiável para montar um touro mecânico ou estávamos merry-go-round ... ou desfrutar de um delicioso algodão doce Barbapapa.

Fora do paddock, acessível a todos os visitantes, o novo Xtreme Parque do Paul Ricard oferece várias experiências adrenalina completo, incluindo tirolesa e moto-quatro.

Vemo-nos em França, no sábado 5º e 6º domingo de setembro no Circuito Paul Ricard.

Entrada geral é gratuito com acesso à arquibancada livre.

Acesso Paddock (com Pitwalk e sessão de autógrafos): € 10 para os dois dias

Entrada gratuita para crianças com menos de 16 anos de idade com um adulto.

 

Google Tradutor

 

CURIOSIDADES DA WEC

CURIOSIDADES WEC.

 

 

Motores já utilizados nos protótipos - LMP1 : Toyota #1 (3), Toyota #2 (3), Audi #7 (4), Audi #8 (3), Porsche #17 (3), Porsche #18 (3)
LM P2 : G-Drive #26 (3), G-Drive #28 (2), ESM #30 (2), ESM #31 (2), Alpine (2), Strakka (2), SARD-MORAND (2), KCMG (3).
Peso dos carros LMP1 com a média dos três pilotos - Toyota #1 (887 kg), Toyota #2 (877), CLM #4 (864), Audi #7 (876), Audi #8 (878), Rebellion #12 (866), Rebellion #13 (856), Porsche #17 (885), Porsche #18 (887).

 

O QUE FALTA DO CALENDÁRIO DA WEC 2015

Faltam outras quatro provas no WEC 2015. Veja onde e quando. Relembro que no Texas há a transmissão total das 6 Horas no Eurosport, entre as 22h50 de sábado e as 5h15 de domingo.

 

RODRIGO CORREIA EM ACÇÃO

 

Rodrigo Correia piloto de Karting hoje a partir das 20.00h na Super Especial do Rali Município de Mesão Frio.

 

 

O jovem piloto que disputa o Campeonato Nacional de Karting na Categoria Juvenil, em que ocupa a 2ª posção, realiza hoje mais uma "demonstração" da modalidade, quer num Karting, quer numa Mini Moto4.

Integrada no programa de suporte do Rali Município de Mesão Frio, antes do início da Super Especial a disputar hoje sábado, Rodrigo Correia para além da "demonstração" no traçado da 1ª PE, estará na sua tenda para Sessões de Autógrafos e Sessões de Fotografia.

A Super Especial integrada no Rali Município de Mesão Frio, são organizados pelo Clube Automóvel da Régua e, Município de Mesão Frio e tem lugar na Av. Nova a partir das 21.09h. No domingo de manhã têm lugar as restantes 4 PE nas estradas do Município.11866384 1046241845394815_9108135105033644052_n_Copy11870708 1046242015394798_5440868392943298159_n_Copy

 

CARAMULO MOTORFESTIVAL

 

CARAMULO MOTORFESTIVAL 2015

 

 

 

De 4 a 6 de Setembro venha com a sua família e amigos desfrutar um fim de semana cheio de emoções onde não faltarão motivos de interesse


Para mais informações consulte a página:  www.caramulo-motorfestival.com

 

RODRIGUES NA TURQUIA

 

TransAnatolia 2015

22 a 29 de Agosto de 2015

 

Hélder Rodrigues na Turquia a preparar o Dakar

Piloto oficial da Yamaha está em 2º lugar, após os dois primeiros dias de prova

 

Hélder Rodrigues o líder da equipa oficial da Yamaha está na Turquia a disputar o TransAnatólia uma longa maratona de sete dias onde serão disputadas 14 especiais cronometradas. Tendo como principal objetivo a preparação pessoal e da equipa para o Dakar 2016, Hélder Rodrigues tem pautado a sua prestação por um ritmo cauteloso, particularmente na jornada inicial em que lhe coube abrir a pista tendo sido mais rápido na segunda etapa o que lhe permitiu subir duas posições.

 

Disputados que estão os dois primeiros dias de prova Hélder Rodrigues ocupa a segunda posição da classificação geral. Foram já cumpridas cinco especiais cronometradas com características muito diversas e em muitos casos tipo baja, o que favorece claramente as motos mais leves e detrimento das máquinas com a preparação tipo Dakar, como está a ser a opção do piloto português e de vários outros participantes.

 

“É um importante teste para nós. São sete dias, muitos quilómetros, especiais variadas, navegação bastante exigente, tudo isto é bom para ganhar ritmo e para testar toda a evolução desta nossa nova moto. No primeiro dia coube-me abrir a pista que foi uma dificuldade acrescida, mas no segundo dia já consegui um ritmo mais forte”, salienta Hélder Rodrigues.

 

Ao contrário do que estava inicialmente previsto Hélder Rodrigues já não seguirá diretamente para o Perú, onde o esperava mais uma edição do Desafio Inca, na medida em que esta prova, tal como toda a passagem do Dakar por aquele país da América do Sul, foi cancelada.5 Copy6 Copy7 Copy8 Copy9 Copy

 

BRIDGESTONE ACONSELHA

 

Viajar em segurança mesmo com reboque

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Apesar de as férias de verão estarem quase a acabar, algumas pessoas estão ainda a planear umas escapadelas de carro. Esta é a altura em que são concluídos os últimos preparativos e a Bridgestone, maior fabricante de pneus e borracha a nível mundial, gostaria de recordar todos aqueles que irão viajar de carro, caravana ou com reboqAuto Wohnwagen_Copyue, sobre a importância de verificarem o estado dos seus pneus, bem como de reverem os pontos da seguinte lista:

 

Os pneus adequados

 

A segurança na estrada começa com os pneus certos, tanto para o carro como para o reboque. Verificar a segurança dos pneus começa com a montagem de pneus adequados e adaptados à época do ano em que estamos. No caso de Portugal, onde a maior parte dos condutores conduz com pneus de verão o problema não é tão relevante, mas se conduzir com pneus de inverno durante o verão pode aumentar a distância de travagem até 30%.

 

Igualmente importante é aplicar a pressão correta do pneu. Um pneu com baixa pressão não só poderá comprometer a sua capacidade de travagem e manobra em segurança, como consome mais combustível, desgastando-se mais rapidamente. A pressão deve ser verificada com os pneus frios pois se estiverem quentes poderá obter valores imprecisos. Informações sobre quais os valores para o seu carro podem ser consultados no manual de operação, no interior da porta do condutor ou na zona do combustível. É preciso igualmente ter em mente que se o veículo estiver totalmente carregado, deverá aumentar a pressão nos pneus.

 

A profundidade do piso mínimo legal é de 1,6 mm. A maneira mais fácil de determinar a profundidade é utilizando um medidor de piso especial. Aqui vai uma dica: coloque uma moeda de 1 euro no piso; se chegar à zona amarela, está na altura de mudar os seus pneus!

 

Bem equipado para qualquer situação

 

O equipamento de segurança do veículo inclui o triângulo, uma caixa de primeiros socorros e os coletes de alta visibilidade. Antes da partida, deve verificar a data de validade do kit de primeiros socorros e o número de coletes de alta visibilidade. Em muitos países precisará de coletes de alta visibilidade para todos os passageiros. Estas pequenas verificações permitem-lhe preparar-se para as suas férias. Isto não só reduz o stress desnecessário como também evita avarias e outros danos. É importante não deixar até ao dia da viagem para verificar o seu veículo. Se precisar de peças ou até mesmo de pneus novos, isso pode levar algum tempo.

 

Especial atenção deve ser dada aos pneus do reboque

 

Os pneus envelhecem. Depois de oito anos, a maioria dos pneus perderam a sua maleabilidade começando a surgir pequenas fissuras. Além disso, ainda que o padrão do piso esteja adequado, eles devem ser substituídos, pois será mais fácil começar a derrapar numa situação de estrada molhada - com consequências fatais para o reboque. A Bridgestone aconselha a substituir todos os pneus, independentemente de sua condição, 10 anos depois da data de produção. Mais informação disponível aqui.

 

 

CHECKLIST

 

Ao colocar o reboque

 

• Certifique-se de verificar a carga. Uma pressão excessiva sobre o engate alivia a pressão sobre as rodas dianteiras do veículo de reboque, enquanto uma carga insuficiente (reboque sobrecarregado na parte traseira), pode resultar, muitas vezes, numa descida descontrolada.

• Nunca sobrecarregue o reboque!

• Apenas um pequeno número de reboques estão equipados com um pneu suplente. Kits de reparação de pneus com uma pistola de pulverização devem estar protegidos da luz solar direta, porque geralmente contêm gás propulsor inflamável. Por isso, kits de reparação com um compressor são mais práticos. No entanto, estes também podem ser utilizados apenas para furos com um diâmetro máximo de 6 mm. Além disso, destinam-se apenas a um reparo rápido permitindo chegar até ao revendedor de pneus mais próximo.

 

Certifique-se de verificar tudo antes de partir na sua viagem

 

• Verifique a profundidade do piso: A profundidade mínima do piso legal é de 1,6 mm.

• Verifique a pressão dos pneus: com a carga máxima a pressão dos pneus deve ser aumentada em conformidade.

• Verifique eventuais danos existentes nos pneus.

• Verifique a idade dos seus pneus: os últimos quatro dígitos do número na parede lateral do pneu indicam o ano de fabricação. Os dois primeiros dígitos indicam a semana do calendário.

• Verifique se os pneus têm capacidade de carga? Um revendedor de pneus será capaz de aconselhá-lo sobre os pneus corretos para o peso do reboque. A Bridgestone oferece uma ampla gama de pneus para todas as aplicações.

• Verifique que as luzes de presença, de travagem e da matrícula estão a funcionar. Isto é especialmente importante quando se viaja para países onde as luzes são obrigatórias, como Itália e Suécia.

• Verifique o travão. É aconselhável uma segunda pessoa para verificar se os travões do reboque estão a funcionar corretamente.

 

ALBUQUERQUE QUER MANTER LIDERANÇA

 

Filipe Albuquerque quer manter liderança no European Le Mans Series

Filipe Albuquerque chega à penúltima corrida da temporada do European Le Mans Series que este fim-de-semana, de 5 e 6 de Setembro, tem lugar em França no traçado de Le Castellet, na liderança do Campeonato. Determinado em conseguir o título que o ano passado lhe escapou por muito pouco, o piloto português está focado em conseguir o melhor resultado possível e chegar à última corrida no Estoril numa posição mais confortável.

Os dois pontos de vantagem para os mais directos adversários são demasiado curtos,  pelo que a vitória seria o cenário ideal para Filipe Albuquerque, Harry Tincknell e Simon Dolan. No entanto, o trio da JOTA Sport está ciente que o traçado de Le Castellet é o mais penalizador para o Gibson 015S e que é preciso um bom 'set-up' para contrariar este 'handicap': "Sabemos que vamos ter provavelmente o fim-de-semana mais difícil da época. O traçado não se ajusta da melhor forma ao nosso Gibson, mas face ao ano passado, este ano temos mais hipóteses de melhorar o carro, uma vez que tem mais configurações possíveis. Vai no entanto exigir muito de nós os três. Vamos ter de trabalhar bastante para encontrar o melhor compromisso", começou por explicar Filipe Albuquerque.

Depois da vitória na corrida anterior em Red Bull Ring, do segundo lugar em Silverstone, do terceiro posto em Imola e das duas 'pole positions' Filipe está ciente da importância desta prova para o desfecho do Campeonato: "Gostávamos de chegar ao Estoril confortavelmente na frente da tabela, mas para isso seria necessário uma vitória que não sabemos possível num traçado como este. Temos de ser realistas. Assim, o nosso principal objectivo passa por conseguir terminar as 4h de corrida na frente dos nossos mais directos adversários, isso já seria excelente em termos de Campeonato ", concluiu o piloto português.

As 4h de Le Castellet podem ser acompanhadas em directo no Motors TV no Domingo a partir das 11.40h ou no live timing em: http://www.europeanlemansseries.com/en/Jota ELMS_Red_Bull_Ring-01_Copy

 

FERRARI PORTUGAL EM PAUL RICARD

 

Ferrari Portugal apostada num bom resultado em Paul Ricard
Decorre este fim-de-semana no traçado francês de Paul Ricard a penúltima jornada do European Le Mans Series. A Ferrari Portugal, depois de um mês e meio longe da competição está ansiosa por regressar à actividade desportiva. Nesta corrida Filipe Barreiros não alinhará, estará em competição no International GT Open, por isso, Francisco Guedes e Mads Rasmussen terão como companheiro de equipa, o belga Adrien de Leener.
Depois da desistência na última prova em Red Bull Ring, Francisco Guedes está determinado em conseguir um bom resultado quando faltam apenas disputar duas corridas para o final da temporada: "Estou ansioso por voltar à competição e muito motivado para conseguir um bom resultado. A desistência na prova passada foi penalizadora em termos de pontuação pelo que é importante recuperar terreno", disse o piloto da Ferrari Portugal que ocupa o terceiro lugar no Campeonato.
Devido à ausência de Filipe Barreiros, Adrien de Leener junta-se a Guedes e Rasmussen: "É um piloto rápido que certamente nos vai ajudar a alcançar o nosso objectivo que passa por terminar a prova nos lugares do pódio. Paul Ricard é uma pista que conhecemos bem e que gostamos pelo que se fizermos o nosso trabalho como habitualmente, tudo irá correr pelo melhor", rematou Francisco entusiasmado com o regresso à actividade desportiva.
O programa do fim-de-semana decorrerá como habitualmente: as sessões de treinos livres no sábado e a qualificação e corrida no domingo. O Motors TV assegura a transmissão da corrida em directo pelas 11.40h de Domingo. Todos os detalhes sobre a prova em: http://www.europeanlemansseries.com/en/1815 7_277_Copy

 

GIL ANTUNES NAS ASTURIAS

 

Gil Antunes com Luís Cavaleiro no Rally Princesa das Asturias

Nos próximos dias 10, 11 e 12 de setembro terá palco o mítico Rally Princesa das Asturias, prova pontuável para o Fia European Rally Trophy, Campeonato de Espanha Ralis e para o Clio R3T European Trophy que contará com a presença do Português Gil Antunes.

O piloto de Sintra fará assim a sua quarta prova na competição monomarca, num rali bastante importante, já que o troféu da Renault Sport pontuará não só para a classificação ibéria, mas também para o Europeu.

A principal novidade do piloto do Renault Clio R3T será o seu navegador, que devido à impossibilidade de Diogo Correia estar presente na prova, Gil Antunes contará com o experiente Luís Cavaleiro que regressa assim após alguns anos ao Campeonato de Espanha de Ralis.

 A prova com palco na Cidade de Oviedo arranca na 5ª feira, dia 10 com a cerimónia de partida oficial.100 52_Copy

 

CAMPEONATO NACIONAL DE TRIAL

 

2014Pista mais difícil em Mação
O bem receber é uma imagem de marca de Mação e é isso que a vila quer provar na quintajornada do Campeonato Nacional de Trial 4x4. Aqueles que forem até Mação disputar esta etapaterão, à semelhança do ano passado, a oportunidade de degustar o presunto, vinho e enchidos nadegustação promovida pela Associação AMARMAÇÃO na tarde de sábado.
· Com o objetivo de atrair muitas equipas, o MAC TT tem mais uma vez o valor mais baixo para ainscrição de uma jornada no nacional. Já para atrair as equipas da região a organização criou, àsemelhança de Penafiel, um troféu para carros de série. Nesta 5.ª jornada o troféu foi apelidado deTroféu Auto Russo e permite a participação de viaturas de turismo de série, com ou semmodificações, que deverão respeitar as normas impostas pelo Regulamento Técnico do CNTrial4x4da classe promoção. A medida máxima permitida dos pneumáticos será até 37” inclusive.
Para os participantes está prometido, além de um dia de corridas e emoções fortes, umpresunto da marca Mação, como prémio de participação.
Quanto à pista, o MAC TT optou por aumentar um pouco a dificuldade do circuito, apesar detudo variar de acordo com as condições atmosféricas. Basta recordar a prova de 2014, quandoapenas 5 minutos de chuva elevaram o grau de dificuldade do final da resistência.
O local será o mesmo e melhor era impossível: a 5 minutos da autoestrada A23, entradaatravés da estrada nacional mesmo no início da vila, estacionamento à porta do recinto erestaurantes, cafés, supermercados e bombas de combustível a apenas 2 minutos.
A competição a cargo do Clube Todo-o-Terreno Trilhos do Norte em parceria com o MAC TT –Clube TT de Mação e sob a égide da Federação Portuguesa de Todo-o-Terreno Turístico Trial eNavegação 4x4 é então a 27 de setembro, em Mação.

 

 

Programa Oficial
SABADO 26 / 09 / 2015
16.00 - 20.00 Secretariado, verificações técnicas e administrativas
16.00 - 20.00 Parque fechado (Centro da Vila de Mação)
20.00 Cine-Teatro de Mação
20.00 Prova de Vinhos Regionais e Degustação do Presunto Marca Mação
20.30 Briefing c/ os pilotos
22.30 Festa 4x4 nos bares aderentes NOK BAR E CAFÉ CENTRAL
DOMINGO 27 / 09 / 2015
08.00 - 09.00 Abertura parque
09.00 Deslocação até local da prova
08.00 - 10.00 Secretariado, verificações técnicas e administrativas (Local da prova)
10.00 - 12.00 Prólogo para qualificações pré-grelha
12.15 Publicação de
13.00 - 14.00 Pausa para almoço
14.00 - 14.20 Entrada em Parque Fechado / Grelha de Partida
14.20 Neutralização/Briefing
14.25 Minuto de Silêncio em memória de José Costa
14.30 - 17.30 Inicio prova Resistência Campeonato Nacional Trial 4x4 (3 horas)
15.30 - 17.30 Inicio prova de Resistência Classes da Promoção e Troféu Auto Russo (2 horas)
17.30 Divulgação das classificações Oficiais Provisórias
18.00 Divulgação das classificações Finais Oficiosas
18.00 Cerimónia de entrega dos prémios
Direcção da Prova e outras Informações: Direcção da Prova e outras Informações:Direcção da Prova e outras Informações: Direcção da Prova e outras Informações:Direcção da Prova e outras Informações: Direcção da Prova e outras Informações:Direcção da Prova e outras Informações: Direcção da Prova e outras Informações:Direcção da Prova e outras Informações: Direcção da Prova e outras Informações:Direcção da Prova e outras Informações:
Sérgio Santos l 964447745 l Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar
site: www.mactt.pt
Informações e Documentos obrigatórios CNTrial4x4: Informações e Documentos obrigatórios CNTrial4x4:Informações e Documentos obrigatórios CNTrial4x4:Informações e Documentos obrigatórios CNTrial4x4:Informações e Documentos obrigatórios CNTrial4x4: Informações e Documentos obrigatórios CNTrial4x4:Informações e Documentos obrigatórios CNTrial4x4: Informações e Documentos obrigatórios CNTrial4x4:Informações e Documentos obrigatórios CNTrial4x4: Informações e Documentos obrigatórios CNTrial4x4:Informações e Documentos obrigatórios CNTrial4x4: Informações e Documentos obrigatórios CNTrial4x4:Informações e Documentos obrigatórios CNTrial4x4: Informações e Documentos obrigatórios CNTrial4x4:Informações e Documentos obrigatórios CNTrial4x4:Informações e Documentos obrigatórios CNTrial4x4: Informações e Documentos obrigatórios CNTrial4x4: Informações e Documentos obrigatórios CNTrial4x4:
Antero Bessa | 966501745 | geral@cntrial4x4.comsite: www.cntrial4x4.com
Secretariado: Vitor Martins | +351 919 666 501
VALOR DAS INSCRIÇÕES:
Classes Valor inscrição Seguro Ac. Pessoais TOTAL
Campeonato Nacional 100€15€+15€ 130€
(Ab;XL;SP)
Classe Promoção 50€15€+15€ 80€
Classe Promoção Troféu Auto 50€15€+15€ 80€
Russo

 

 

Inscrição inclui: Inscrição inclui: Inscrição inclui:Inscrição inclui:Inscrição inclui: Inscrição inclui:Inscrição inclui:
a) Apoio logístico, Seguros de R. Civil, Ac. Pessoais, 6 entradas no recinto, 2 almoços por equipa
no dia 27 (domingo) de Setembro de 2015;
b) O fecho das inscrições será até ao dia 19 de Setembro 2015.
c) Publicação da Lista Oficial das equipas inscritas será dia 21 de Setembro 2015.
d) As Inscrições só serão aceites quando acompanhadas com o respectivo pagamento até ao dia
26 Setembro 2015
e) Prémio de participação 1 Presunto Marca Mação por Equipa
Prémios Troféu Auto Russo
1º Lugar 200€ ; 2º Lugar 100€ ; 3º Lugar 50€
f) Inclui Duches quentes para todas as equipas no local da prova.
NOTA: As equipas na sua inscrição devem mencionar se têm boxes partilhadas com outras equipas.
EMERGÊNCIAS:
Bombeiros Voluntários Mação - 241519000.
GNR - 241 572 222
Centro Saúde de Mação - 241577020
Hospital - 241 360 700
COMO CHEGAR / Coordenadas GPS:
Parque Fechado: Parque Fechado:Parque Fechado: Parque Fechado:Parque Fechado: Pista:
39°33'25.41"N39°32'49.63"N
7°59'47.51"W 8° 0'11.67"W
ONDE DORMIR:
Residencial Mansinho Turismo Rural - A Tejada
Av. Sá CarneiroRua do Tejo, n.º 1
6120-724 Mação6120-526 Ortiga
Telefone: 241 572 585Telefone: 241 573 398
Quinta do RibeirinhoParque de Campismo de Ortiga
Vilar da Mó, GaviãoEstrada da Barragem
Telefone 241555010/11/12 6120-525 Ortiga
FAX: +351 300009172Telefone: 241 573 464
Fax: 241 573 482
Quinta do AlamalE-mail: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar
Aprt. 21, 6040-999 Gavião
Coordenadas GPS:
39º 29´ 18” N | 7º 58´ 05” O
Tel: 245 900 243
Fax: 245 900 240
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar
http://www.inatel.pt/unidhoteleira.aspx?menuid=678

 

 

RESTAURANTES:
Avenida: 241 572 585 / 966 225 784
Café da Manhã: 962 345 728
Frango à Tifas: 241 573 264 / 967 131 603
Pescador: 934 244 472
O Café Restaurante da Recta: 969 459 660
O Redondo: 241 571 079
O Godinho: 241 572 874Partida cnt_macao_Copy

 

AUTOCARROS MERCEDES BENZ

 

Autocarros Mercedes-Benz e Setra com novos sistemas de segurança, de série, AEBS e LDWS

Pioneira na introdução e na oferta dos mais eficazes sistemas de segurança ativa e passiva em autocarros, a Daimler passa a oferecer, de série, sistemas avançados de travagem de emergência (AEBS = Advanced Emergency Braking System ) e sistemas de aviso de afastamento da faixa de rodagem ( LDWS = Lane Departure Warning System).

 

Obrigatórios para todos os veículos das Classes 3 e 2&3 com primeiro registo a partir de 01-11-2015, estes dois sistemas há muito que opcionalmente equipavam os autocarros de ambas as marcas constituindo importantes elementos de segurança e protecção dos passageiros, assim como dos veículos que partilham as estradas.

 

  • A fase 1 AEBS obriga a uma redução da energia cinética em 23%.
  • A fase 2 AEBS que obrigará a uma maior redução de energia cinética – 43% – entrará em vigor em novembro de 2018.

 

E é exatamente o sistema AEBS fase 2 que há muito a Daimler incorpora, e agora se encontra disponível de série, em todos os Chassis e autocarros completos a homologar nas Classes 3 e 2&3.

 

Para poder conhecer melhor os novos sistemas e o 'estado da arte' em segurança em autocarros visite-nos em Daimler Bus Safety. Mercedes-Benz Copy

 

COPA ECPA

 

Copa ECPA de Velocidade e Arrancada serão disputadas em setembro

Autódromo recebe etapas dos dois certames

 

As emoções das competições automotivas retornam com toda velocidade ao Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo no mês de setembro, com a realização da penúltima etapa do ECPA de Arrancada e as provas da Copa ECPA de Velocidade.

 

O maior certame regional do país, o Campeonato ECPA de Arrancada terá suas provas válidas pela quarta etapa do certame sendo disputadas nos dias 11, 12 e 13 de setembro.

 

Já na semana seguinte, dias 18 e 19 de setembro, o autódromo recebe a Copa ECPA de Velocidade, com as categorias Marcas e Pilotos e Clássicos de Competição. As provas marcam a quinta etapa da competição que inicia segunda metade da temporada.

 

Serviço

Mais informações pelo telefone (19) 3438.7901 e 3438.7174, site www.ecpa.com.br, e-mail Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar "> Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar , facebook.com/ecpabrasil.DTB b_Copy

 

REGRESSO DE MIGUEL RAMOS A SPA

 

Regresso após pausa de Verão agendado para SPA-Francorchamps.

 

O International GT Open arranca para a segunda metade do Campeonato no circuito de SPA (Bélgica), com a nona e décima corridas da época. Com o final das férias de Verão, o fantástico traçado das Ardenas Belgas, será neste regresso à ação do GT Open, palco da intensa luta que tem acontecido este ano entre o McLaren da Teo Martín Motorport e os Ferrari da AF Corse.

 

O Circuito de Spa-Francorchamps recebe habitualmente o Grande Prémio da Bélgica de Formula 1 e as 24 horas de Spa, sendo considerada uma das mais exigentes pistas do Mundo, em parte devido ao seu traçado que aproveita o relevo natural e é extremamente rápida. Desde os longínquos anos 20, que o Circuito de SPA faz parte do imaginário de aficionados, de centenas de histórias desses fabulosos tempos, de gloriosos pilotos e automóveis de corrida.

Concebido pelos aristocratas de Liège, no triângulo mágico entre Francorchamps, Malmédy e Stavelot, o circuito atravessa o fantástico cenário das Ardenas, sendo esta uma das suas fortes imagens de marca. Em 1939 a imaginação deu origem a uma secção única “Raidillon - Eau Rouge” que é um Must para qualquer piloto e único em termos de circuitos de todo o Mundo. SPA tem-se mantido perfeitamente atualizado em termos das exigências de segurança da FIA, estando homologado para as mais prestigiantes provas como a Fórmula 1 ou o Mundial de Resistência.

Uma pista muito rápida e que Miguel Ramos conhece muito bem  conforme palavras do próprio “SPA é um circuito fantástico, com uma beleza fora do comum devido ao enquadramento natural. É uma pista muito rápida com zonas de alta velocidade, mas com partes muito técnicas e complicadas de abordar. Tenho participado regularmente em corridas em SPA desde 2003 e com vários pódios e vitórias, a ultima das quais no ano passado. Na Teo Martín Motorsport, estamos cientes do bom trabalho que fizemos na primeira metade da temporada e o resultado é o facto de estarmos na frente do Campeonato. No próximo fim de semana e apesar da luta que antevemos com os vários carros da Af Corse presentes, a nossa intenção é obviamente assim continuar e sair de SPA na liderança da classificação ”.

Classificação do Campeonato após as 8 corridas já disputadas:

1. Miguel Ramos / Alvaro Parente - 112 pts

2. Ezequiel Perez Companc / Raffaele Giammaria – 108 pts

3. Alessandro Balzan / Nicola Benucci- 107 pts

No programa do evento para além das corridas do GT Open, Do programa também fazem parte corridas do Euro Formula Open, Euro Series, 5Club MX5 Championship e do International DMV TCC e o Radical Sprint & Radical Endurance Championship. Como habitualmente, o International GT Open tem cobertura televisiva na: Motors TV (pan-European) e SportTV entre outras, para além da habitual live streaming TV no site www.miguelramossport.com

( Horário Previsto “CET”)

Sábado, 5 de Setembro

09:00 – 09:30    Qualifying 1 International GT Open

11:40 – 12:10    Qualifying 2 International GT Open

16:00                Race 1 International GT Open (70 minutos) live streaming em www.miguelramossport.com

MotorsTV – (15:50 CET Race 1 Live)

Sport TV5 – (15:20 PT Race 1)

 

Domingo, 6 de Setembro

14:00                Race 2 International GT Open (60 minutos) live streaming em www.miguelramossport.com

MotorsTV – (19:10 CET Race 2)

Sport TV5 – (21:40 PT Race 2)

 

Calendário 2015

 

    Paul Ricard 24-26/04/2015

 

    Estoril 09-10/05/2015

 

    Silverstone 05-07/06/2015

 

    Red Bull Ring 03-05/07/2015

 

   Spa 04-06/09/2015

 

    Monza 02-04/10/2015

 

    Barcelona 1-2/11/2015

 

 

BAIÃO RALLY TEAM FOI AO PÓDIO

 

Baião Rally Team no pódio do Rali de Cerveira

Terminou com a conquista de um excelente segundo lugar à geral e vitória no Grupo X2, a participação da equipa Baião Rally Team no Rali Vila Nova de Cerveira.

                       #3 – Vítor Pascoal / Pedro Alves – Mitsubishi Evo VII

Apesar do bom resultado final alcançado na prova organizada pelo CAMI, a participação da equipa nesta que foi a antepenúltima jornada pontuável para o Campeonato FPAK de Ralis Norte poderia ter tido melhor desfecho final não fosse os problemas verificados com a suspensão e aquecimento da viatura, dois dos factores que impossibilitaram Vítor Pascoal e Pedro Alves de uma luta ainda mais intensa pela vitória.

“A primeira especial de Domingo trouxe-nos o primeiro amargo de boca, pois verificamos que a suspensão do Mitsubishi não funcionou como queríamos no piso irregular da parte final da prova (Vilar de Mouros) o que nos fez perder bastante tempo para o líder. Mas não baixamos os braços e fomos à procura do tempo perdido, o que nos permitiu terminar a primeira secção a apenas dois segundos do primeiro lugar.” começou por declarar Vítor Pascoal. ‘

“Na passagem pela assistência tentamos atenuar o problema, mas voltamos a perder demasiado tempo na segunda passagem por ‘Gondarém / Vilar de Mouros’ e de imediato nas duas restantes especiais fomos obrigados a dosear o nosso andamento, em virtude do sobre aquecimento do motor, optando por assegurar a segunda posição final e a subida a idêntica posição no campeonato.

“Não foi possível subir ao degrau mais alto do pódio, mas saio daqui consciente de ter dado o meu melhor, desta feita com o Pedro Alves no banco do lado direito. Resta-me por isso agradecer a TODOS os meus patrocinadores a confiança que depositam no projecto “Baião Rally Team”, bem como aos meus familiares, amigos e ainda à M.CO Racing Team por todo o apoio que nos têm dado.

“Porque continuamos coerentes com afirmações anteriormente por nós proferidas, não iremos estar à partida do Rali de Gondomar. No entanto isso não significa que o nosso ano desportivo esteja concluído, até porque iremos estar à partida de mais algumas provas até ao final do ano!” Concluiu o piloto do Baião Rally Team.IMG 1402_Copy

 

PEUGEOT A MARCA MAIS VENDIDA

Grupo PSA Peugeot Citroën lidera mercado nacional em Agosto

Peugeot é a marca mais vendida

 

  • O mercado automóvel português em Agosto regista nova liderança do Grupo PSA Peugeot Citroën, com um volume de 1.887 unidades das suas três marcas. Em conjunto, Peugeot, Citroën e DS Automobile garantem uma quota de mercado de 16,6%.
  • A Peugeot foi a marca líder (Veículos de Passageiros + Comerciais Ligeiros) com um volume de 1.186 unidades, o que permitiu à marca do Leão alcançar uma quota de mercado de 10,43% neste mês e elevar para 10,40% (+0,96 pp) a sua quota no acumulado do ano.

Com um volume de 1.887 veículos comercializados em Agosto, o Grupo PSA Peugeot Citroën volta à liderança do mercado nacional de Veículos Ligeiros (VP + VCL). Um número que lhe garante uma quota de mercado de 16,6%, (+0,11 pp face ao mês homólogo de 2014), confirmando a excelente aceitação dos modelos das suas marcas. No acumulado do presente ano, o Grupo PSA regista 24.117 automóveis vendidos, que correspondem a uma quota de 16,60%, mais 0,84 pp do que no mesmo período de há um ano.

Particularizando, o maior destaque em Agosto vai para a posição de liderança absoluta da Peugeot no mercado nacional de Veículos Ligeiros (VP + VCL). Para tal performance contribuíram os níveis de procura das propostas da marca do Leão, nomeadamente do Peugeot 308 (203 unidades no mês) e do Peugeot 208 (177 unidades), os seus modelos de Passageiros mais vendidos. No domínio dos Veículos Comerciais Ligeiros, destaque-se o sucesso do Novo Peugeot Partner, modelo a quem coube uma fatia de 451 unidades nas vendas deste mês, uma performance que significa a conquista de 27,7% do mercado VCL. Com esta performance, a marca aproxima-se da liderança deste mercado, com 17,14% de penetração, mais 3,37 pp que no acumulado dos idênticos oito meses de 2014.

Assim, entre as marcas, a Peugeot vê crescer em cerca de 1 ponto a sua quota de mercado acumulada nos Veículos Ligeiros, sendo agora de 10,40%, face aos 9,44% de há um ano.

Quanto à Citroën registou em Agosto um total de 683 vendas (VP + VCL), num aumento de 23,3% face a igual mês de 2014, assegurando uma quota de mercado de 6,01%. No acumulado do ano, a marca do double Chevron é a 5ª mais vendida, com um volume de 9.055 viaturas, mais 24,5% do que em 2004, conquistando uma quota acumulada de 6,27%.

Já a DS Automobile, marca recém-criada, cujos volumes surgem agora de forma isolada nas estatísticas, totaliza 440 automóveis comercializados.

 

JET SKI NO BRASIL

 

UMBERTO BRITO É UM DOS DESTAQUES NAS

FINAIS DO 28º BRASILEIRO DE JET SKI

O paulistano competirá de sábado à segunda-feira, no Tahiti Náutica Club, em Ribeirão Pires (SP), nas duas etapas decisivas da mais tradicional e importante competição da modalidade no país.

 

 

O paulistano Umberto Brito é um dos destaques da segunda e terceira etapas do 28º Campeonato Brasileiro de Jet Ski, que serão realizadas a partir deste sábado até a segunda-feira (feriado nacional), na Represa Billings, no Tahiti Náutica Club, em Ribeirão Pires (SP). O piloto de São Paulo lidera em duas categorias, além de mais um segundo e um terceiro lugares.

Brito avaliou como boa sua performance na etapa de abertura, realizada no mês passado no Sul de Minas Gerais. ?Foi bem positiva, pois consegui ganhar duas categorias (Runabout Limited Turbo e Super Course Limited Turbo). Na Super Course GP Turbo estava liderando a bateria, mas por infelicidade a chave caiu e acabei em segundo lugar?, explicou o paulistano que ainda ocupa a terceira posição na Runabout GP Turbo, considerada a Fórmula 1 da modalidade.

De acordo com Brito, a equipe Jetco/Racing nessa temporada conta com ele e seu irmão Valdir Brito Júnior, por isso cada um está tentando priorizar algumas categorias para no final tentar somar o maior número de títulos possíveis. ?Uma tarefa difícil, porque serão muitas baterias que iremos disputar e o desgaste será grande. Já competi algumas vezes na Represa Billings, e é um local onde o jet costuma perder bastante rendimento, por essa razão estamos trabalhando para melhorar alguma coisa?, acrescentou.

Sobre o nível técnico do 28º Campeonato Brasileiro de Jet Ski, Brito gostou do que viu em Boa Esperança, na primeira etapa. ?Participaram vários pilotos experientes de nível internacional e isso é bastante positivo. Para essas etapas finais acredito em grandes disputas e por essa razão venho treinando forte fisicamente, para suportar o ritmo das baterias?, completou o paulistano que em 2014 terminou em 3º lugar na categoria Runabout Stock, no Campeonato Mundial.

A segunda e terceira etapas do 28º CAMPEONATO BRASILEIRO DE JET SKI GRAND PRIX 2015 é uma realização da BJSA ? ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE JET SKI, com homologação da IJSBA ? INTERNATIONAL JET SPORTS BOATING ASSOCIATION. Produção - CPM7 FULL PROMOTION. Patrocí­nio ? TAHITI NÁUTICA CLUB. Apoio oficial: PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO PIRES, SPETO IMPORT, YAMAHA DO BRASIL, NATURAL RACING, FLY X, GLOBOJET, RADICAL PEÇAS, REVISTA BOAT SHOPPING, www.photojetski.com.br, FULLPOWER ENERGY, TOALHAS SÃO CARLOS, COPTERCAM, CASARINI e LogiGO. O evento conta com a supervisão da MARINHA DO BRASIL e CORPO DE BOMBEIROS DO ESTADO DE SÃO PAULO, além da Polí­cia Militar do Estado de São Pauloumberto brito_1_Copy
 

RASLI DE MESÃO FRIO - VITÓRIA DOS IRMÃOS PEREIRA

 

Vitória de Manuel Pereira/Adriano Pereira Mitsubishi Evo VII no Rali Município de Mesão Frio

“Irmãos Pereira”, Manuel (Mistubishi) e Alberto (Seat) ocuparam o 1º e 3º lugar do pódio com Tiago Almeida (Mitsubishi) em 2º.

O Rali Município de Mesão Frio 2015 começou no sábado com a vitória exa quo na Super Especial (1m, 38,7s) das duplas do Mazda 323 – Alfredo Guimarães/Marco Vilas Boas e do Honda Civic - José Rodrigues/Nuno Lima, com os futuros vencedores Manuel Pereira/Adriano Pereira – Mitsubishi Evo VII a marcaram o 3º tempo a 4 décimos dos mais rápidos.

Disputada ao início da noite na Av. Nova de Mesão Frio, a 1ª PE proporciou ainda alguns bons resultados para Mário Teixeira/Coriolano Teixeira – Mitsubishi Evo III (4º + 1,2s), ou o 5º tempo de Alberto Pereira/Duarte Pereira (+ 2,1s) no Seat Ibiza 2.0T com que vieram a terminar o Rali Município de Mesão Frio na 3ª posição.

Tiago Almeida/Ricardo Pinto – Mitsubishi Evo VII, 2ºs no final da prova foram 6ºs na prova de abertura (+ 2,5s).

Com o domingo dedicado às Provas de Classificação em estrada, o 2º dia apresentou-se desde logo com temperaturas bem elevadas condizentes com a riqueza dos cenários únicos sobre o Rio Douro e, muita competição em perspetiva para as 41 equipas que iniciaram a 2ª Etapa.

A dupla do Honda Civic foi a mais rápida na 2ª PE com 5m e 57,7 segundos nos 9,9 kms de Cidadelhe 1, assumindo isolados a liderança com uma vantagem de 4,9s para Tiago Almeida/Ricardo Pinto. A dupla do Evo VII, fez o 2º tempo com mais 2,4s.

Os vencedores em 2014, Ricardo Oliveira / Nuno Oliveira – Evo VI foram 3ºs (+ 8,4s), enquanto Manuel Pereira foi 4º (+ 9,6s), colocando o Evo VII no 3º lugar da Geral a 10,0s do comandante.

Alberto Pereira foi o 5º mais rápido (+ 12,5s) que lhe permitiu ascender a 5º da Geral. Victor Azevedo/João Azevedo colocaram o Renault Megane em 6º (+14,5s), enquanto Alfredo Guimarães perdeu 16,4s não indo além do 7º tempo e descendo a 6º da Geral.

Empenhados em marcar o ritmo do Rali Município de Mesão Frio, Manuel e Adriano Pereira foram os mais rápidos nos 6,1 kms de Barqueiros 1 (3:36.1) recuperando 6,1s a José Rodrigues, 2ºs, mas que continuava a impor o 2 rodas motrizes da Honda no comando da prova, agora com a dupla de Mesão Frio no Evo VII em 2ºs (+ 6,2s).

Alberto Pereira não deixava os seus créditos por mãos alheias e coloca o bem preparado e potente Seat Ibiza como 3º mais rápido (+ 9,0s), que lhe permitiu consolidar a 5ª posição a 1,2s do 4º lugar de Ricardo Oliveira (5º na PE3).

Na segunda passagem de Cidadelhe e início da round final, Manuel Pereira impõe o Mitsubishi no ataque à liderança da prova e é mais rápido (5:48.4) com uma vantagem de 8,3s para o 2º, Tiago Almeida, assumindo o comando do Rali Município de Mesão Frio.

 

 

Tiago Almeida é 2º na Geral agora a 13,0s de Manuel Pereira, enquanto Alberto Pereira continua a fazer uma prova notável ascendendo a 3º (+ 26,7s) depois de ser o 3º mais rápido em Cidadelhe 2 (+ 13,1s).

Procurando lutar pela vitória, Tiago Almeida ataca na última PE, mas mesmo sendo 1,1s mais rápido que Manuel Pereira, este jogando pelo seguro, confirma a vitória com 11,9s de vantagem para o seu adversário.

Alberto Pereira dando tudo e com “mestria” confirma-se como 3º, com o 3º tempo na 5ª PE – Barqueiros 2.

Ricardo Oliveira, depois do 1º lugar o ano passado, terminou este ano em 4º numa prova que não correu tão bem como pretenderia para defender o pódio. Excelente a prova de Victor Azevedo / João Aguiar que colocam o Renault Megane em 5º, depois de se intrometerem classificativa a classificativa entre os mais rápidos.

Posicionados em 1º e 2º no Master Ralis Sprint do Norte antes desta prova, Francisco Azevedo em Mesão Frio a correr com Guilherme Coelho no Peugeot 205 GTI e Alfredo Guimarães/ Marco Vilas Boas, estes terminaram a prova em 6ºs, enquanto Coelho foi 8º, o que permite à equipa do Mazda recuperar preciosos pontos para a discussão do título 2015.

Entre outros destaques salientamos entre outros o 7º lugar de Mário Teixeira/Coriolano Teixeira – Mitsubishi Evo III, a 9ª posição da Geral para Capela Morais/Pedro Nogueira – Skoda Fabia RS TDI, 2ºs da Classe 4 e primeiros nos carros Diesel. Filipe Ferreira/Rui Rocha – Citroen Saxo VTS foram 11ºs e vencedores da Classe 2.

Dos pilotos de Espanha que participaram na prova organizada pelo Clube Automóvel da Régua, Roberto Torres/Jose Murado levaram o Renault Clio Sport ao 13º lugar final e 3ºs da Classe 3. David Gonzalez/Pedro Matilha – Seat Ibiza TDI terminaram em 15º e 2ºs da Classe 8. A Classe 8 foi ganha por Jorge Rodrigues/João Macedo – Subaru WRX, 14ºs da Geral.

Entre as várias presenças femininas destacamos o 12º lugar de Patrícia Fernandes, co piloto de Ivo Araújo que tripulou o Citroen Saxo ainda a 2º da Classe 2. Bia Pinto, co piloto de Rui Fonseca levaram o Opel Kadett C ao 16º final apesar dos 10 segundos de penalização e venceram a Classe 5. Filipa Azevedo que alinhou ao lado de Joaquim Maia – Ford Fiesta, terminara em 29º. Paula Santos e o seu piloto Rui Fonseca levaram o pequeno Fiat Uno 55 ao 31º lugar, tendo ainda terminado mais 3 equipas das 34 que concluíram a prova.

Desistentes, a única equipa feminina, Sónia Pereira/Cristiana Teixeira viram-se impossibilitadas de continuar em prova com problemas mecânicos no Seat Ibiza numa altura em que ocupavam um honroso 22º lugar.

A Direção da Prova e a Direção do CAR agradecem a todos os que permitiram a concretização do Rali Município de Mesão Frio que contou ainda com a colaboração de vários outros clubes e, da essencial presença e participação de pilotos, equipas, público, instituições públicas e privadas, voluntariado e, patrocinadores.

 Anexo sem_nome_00052_CopyAnexo sem_nome_00055_CopyAnexo sem_nome_00058_CopyAnexo sem_nome_00061_Copy

 

PEUGEOT CONTRATA

Fábrica de Mulhouse da PSA Peugeot Citroën cria um turno de fim-de-semana

e contrata 750 trabalhadores temporários

 

 

 

A Direcção da Fábrica de Mulhouse, do Grupo PSA Peugeot Citroën, anunciou hoje a criação temporária de uma equipa de fim-de-semana a partir de Janeiro de 2016, de modo a responder ao acréscimo de encomendas, fruto do aumento da procura nos mercados europeus e do sucesso comercial de modelos ali produzidos, o Peugeot 2008, o Citroën C4 e o DS 4.

 

Desde o mês de Abril que a fábrica produziu mais de 10.000 automóveis adicionais através de turnos suplementares.

 

A criação desta equipa exigirá cerca de 950 postos suplementares no primeiro semestre de 2016. Serão criados cerca de 750 postos temporários, sendo o restante satisfeito por via da mobilidade interna.

 

A fábrica de Mulhouse beneficia de um plano de transformação de 400 milhões de euros de investimento, destinado a torná-la, até 2020, uma das fábricas de automóveis da Europa com melhor performance.

 

Em Julho de 2015, a fábrica anunciou a introdução de um novo veículo da marca DS, cuja produção começará em 2018.

 

 

 

Sobre a PSA Peugeot Citroën

Formado por três Marcas de renome mundial – Peugeot, Citroën e DS – o Grupo PSA Peugeot Citroën comercializou 3 milhões de veículos no mundo em 2014. Segundo maior fabricante europeu de automóveis, registou um volume de negócios de 54 000 milhões de euros em 2014. É o líder europeu em matéria de baixas emissões de CO2, registando em 2014 uma média de 110,3 g/km de CO2. A PSA Peugeot Citroën está presente em 160 países. As suas actividades estendem-se, também, aos sectores de financiamento (Banco PSA Finance) e equipamentos do sector automóvel (Faurecia). Informações adicionais disponíveis em http://www.psa-peugeot-citroen.com

 

 Anexo sem_nome_00040_Copy

 

FILIPE BARREIROS EM SPA

 

Filipe Barreiros em Spa em busca de mais uma vitória no GT Open

 

austria ferrariportugal2_Copy
No próximo fim-de-semana de 5 e 6 de Setembro tem lugar a quinta jornada do International GT Open no mítico traçado belga de Spa-Francorchamps. A Ferrari Portugal vai ter Filipe Barreiros em pista com o intuito de lutar pela vitória nas duas corridas que compõem a jornada e ficar em posição de discutir o título na classe GTA no final da temporada.
Filipe Barreiros ocupa actualmente a segunda posição da tabela, a apenas 4 pontos dos líderes, quando faltam disputar três rondas e 30 pontos. Este fim-de-semana terá a particularidade de estará sozinho aos comandos do Ferrari 458: "Vai ser uma prova diferente, já que habitualmente partilho a condução, mas uma vez que há igualmente uma corrida do ELMS e por forma a estarmos presentes em ambas as competições, esta foi a solução encontrada e que considero a melhor, já que a Ferrari Portugal também está a discutir o título no ELMS. Vai ser um fim-de-semana diferente e mais exigente", começou por explicar Filipe Barreiros.
A possibilidade de conseguir discutir o título é uma motivação extra para esta corrida: "Faltam três provas para o final e esta será certamente a mais difícil uma vez que Spa é dos circuitos que conheço pior. No entanto, a probabilidade de chuva pode jogar a meu favor. O objectivo é ganhar e chegar ao título. É essa a minha missão nesta corrida e nas próximas onde já vou poder contar com a ajuda do Francisco Guedes. Esta tudo no caminho certo e estou muito confiante", concluiu Filipe Barreiros.
As corridas do International GT Open terão transmissão na Sporttv 5, a primeira no sábado pelas 15.20h e a segunda no Domingo pelas 21.40h.

 

ESPIMODEL 2015

 

O Núcleo de Modelismo de Espinho tem o prazer de anunciar que, como tem sido hábito, vai realizar a sua Exposição/Concurso de modelismo na sede da Junta de Freguesia de Espinho entre os dias 5 e 13 de setembro.

Aproveitamos também para informar que este ano a Espimodel vai-se realizar como de costume na sede da Junta de Freguesia de Espinho mas em lugar de ser no piso 1, irá ser realizada noESPIMODEL _2015_-_Cartaz_Oficial_final_com_publicidade_Copy piso -1; um novo espaço que esperemos seja do agrado de todos

 

MAIS UMA ETAPA DA RED BULL AIR RACE

 

Áustria no mapa da Red Bull Air Race

 

FÓRMULA 1 EM TERRA E NO AR

 

A caminhar para o final da época, a Red Bull Air Race World Championship aterra no próximo fim-de-semana (5 e 6 de setembro) na Áustria para transformar o circuito de Fórmula 1 de Spielberg em pista de aviões de corrida. Com a luta pelo título ao rubro, o britânico Paul Bonhomme está a um passo de se tornar campeão. A jogar em casa, o seu eterno rival Hannes Arch tudo fará para impedir a festa britânica, adiando para as últimas etapas a decisão final.

 

Depois de quatro etapas disputadas sobre água, a Red Bull Air Race World Championship virou-se para terra para proporcionar um espectáculo diferente do habitual. Foi assim em Ascot (na Grã-Bretanha) sobre as pistas que recebem as mais famosas corridas de cavalos do planeta e voltará a ser no próximo fim-de-semana (5 e 6 de setembro) quando a rainha das competições aeronáuticas regressar à Áustria. As bancadas onde habitualmente se assiste ao Grande Prémio de Fórmula 1 da Áustria, no Red Bull Ring de Spielberg, vão receber os fãs da aviação desportiva - com os melhores pilotos do mundo a mostrarem toda a emoção do único campeonato oficial que decorre sobre a égide da Federação Aeronáutica Internacional (FAI).

 

Lenda viva da aviação e recordista da Red Bull Air Race com 18 vitórias, o britânico Paul Bonhomme está a um passo de conquistar o título de 2015 - chegando à Áustria isolado no comando: “Não vejo a hora de começar a competição em Spielberg, estou muito motivado porque venho com uma vitória recente”. O australiano Matt Hall é o mais direto perseguidor de Bonhomme e já é apontado como o piloto sensação da época. No entanto, é Hannes Arch - o terceiro classificado - que mostra a postura mais agressiva a poucos dias da sua corrida de eleição, isto depois de uma frustrante prestação em Ascot, onde os problemas mecânicos não lhe permitiram brilhar: “É verdadeiramente frustrante quanto não temos hipótese de voar devido a problemas. Isso dá-me alguma agressividade que quero aproveitar para me ajudar na corrida já no próximo fim-de-semana”.

 

 

RANKING APÓS 5 ETAPAS: 1. Paul Bonhomme - 46 pontos (GBR), 2. Matt Hall - 38 pts  (AUS), 3. Hannes Arch - 30 pts (AUT), 4. Martin Sonka - 18 pts (CZ), 5. Nigel Lamb - 17 pts (GBR), 6. Pete McLeod - 14 pts (CAN), 7. Matthias Dolderer - 12 pts (GER), 8. Yoshihide Moroya – 11 pts (JAP), 9. Nicolas Ivanoff - 11 pts (FR); 10. Michael Goulian - 8 pts (EUA)

 

 

 

 

 

CALENDÁRIO 2015


Emiratos Árabes Unidos  Abu Dhabi | 13 e 14 fevereiro
Japão  Chiba | 16 e 17 maio
Croácia  Rovinj | 30 e 31 maio
Hungria  Budapeste | 4 e 5 julho
Grã-Bretanha  Ascot | 15 e 16 agosto

Áustria  Spielberg | 5 e 6 setembro
Estados Unidos da América  Fort Worth - Texas | 26 e 27 setembro
Estados Unidos da América  Las Vegas | 17 e 18 outubro

 

Mais informações e conteúdos:

www.redbullairrace.com

www.redbull.pt

 

 

 

 

 

RED BULL AIR RACE WORLD CHAMPIONSHIP

Criada em 2003 e transformada em Campeonato do Mundo em 2005, a Red Bull Air Race tem sido seguida por milhões de fãs, nas mais de 50 localizações que visitou até hoje. A competição envolve os melhores pilotos do mundo de corridas aéreas, num desafio que combina velocidade, precisão e destreza. Equipados com as mais modernas aeronaves da atualidade, os ases dos ares dão o seu melhor ao cronómetro num traçado delimitado por enormes pórticos insufláveis, atingindo velocidades acima dos 300 km/hora a baixa altitude.

 1 Copy2 Copy3 Copy

 

KARTING NO BRASIL

 

Nicola Pizarro/Radical Motors
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Campeonato Norte Brasileiro de Kart
Alta | Web

Nicola Pizarro/Radical Motors
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Campeonato Norte Brasileiro de Kart
Alta | Web

Nicola Pizarro/Radical Motors
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Campeonato Norte Brasileiro de Kart
Alta | Web

Mais de cem pilotos disputaram o Campeonato Norte Brasileiro de Kart

Segunda edição do maior torneio de kart do Norte-Nordeste foi disputado em São Luís (MA)

Um total de 103 pilotos participaram no último sábado (29) da segunda edição do Campeonato Norte Brasileiro de Kart, torneio disputado no kartódromo João Sallem, em São Luís (MA). O evento, que também contou com a terceira classificatória da Seletiva Petrobras, também garantiu os dois melhores competidores de cada categoria para a próxima edição da Copa das Federações de Kart, que será disputada na primeira semana de dezembro, em Penha (SC).

Debaixo de um forte calor, pilotos de 14 estados estiveram no kartódromo localizado na capital maranhense. Na sexta-feira, dia em que aconteceram as primeiras baterias, as atividades de pista foram acompanhadas pelo presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), Cleyton Pinteiro, e pelo vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão.

Um dos destaques do torneio foi a vitória de Marcelo Medeiros na categoria Graduados, que também definiu as três vagas para a decisão da Seletiva Petrobras. Correndo em casa, o piloto foi o símbolo máximo do domínio dos maranhenses na competição, que viu quatro competidores faturarem títulos. O Sergipe teve um campeão, mesmo número do Pará e do Ceará.

"O Campeonato Norte Brasileiro se caracterizou por ter encerrado suas inscrições antecipadamente após completar o número máximo de vagas disponíveis para a categoria que competia com motores dois tempos. Isto é fantástico, fenomenal!", comentou Giovani Guerra, presidente da Federação de Automobilismo do Estado do Maranhão (FAEM).

"Devemos enaltecer o trabalho dos organizadores José Luiz Medeiros, Gustavo Rabelo, Roberto Juquinha, que foram regidos por Macélio Gangussu, representante da FAEM. O piloto Manoel Carlos foi, sem dúvidas, o grande responsável pela divulgação e notoriedade que esta festa alcançou. Parabéns a todos os maranhenses, que souberam receber com brilhantismo os convidados de fora de nosso estado, nos enchendo de orgulho e motivação para realizarmos o terceiro Norte Brasileiro", completou o dirigente.

Confira os vencedores de todas as categorias do Campeonato Norte Brasileiro de Kart:

Cadete:
Campeão: Guilherme Figueredo - Aracaju (SE)
Vice-campeão: Antonio Neto - São Luis (MA)

Júnior:
Campeão: Manuel Jr - São Luis (MA)
Vice-campeão: Marcos Filho - São Luis (MA)

Novatos dois tempos:
Campeão: Pedro Henrique - São Luis (MA)
Vice-campeão: Raimundo Serra - São Luis (MA)

Sênior A dois tempos:
Campeão: Marcelo Medeiros - São Luiz (MA)
Vice-campeão: Carlos Eduardo - São Luis (MA)

Graduados dois tempos:
Campeão: Marcelo Medeiros - São Luis (MA)
Vice-campeão: Sergio Crispim - João Pessoa (PB)

F4 Novatos:
Campeão: Luis Keiji - Belém (PA)
Vice-campeão: Valdeci Dias - Brasília (DF)

F4 Graduados:
Campeão: Marcos Borges - Fortaleza (CE)
Vice-campeão: Júnior Pinto - Imperatriz (MA)

 

SEGUNDO AS PREVISÕES DA PIRELLI

 

talian Grand Prix Preview: Monza, 3-06 setembro de 2015
P ZERO BRANCO AMARELO MÉDIO E P ZERO para velocidades Soft Top
NA REGIÃO DE FORÇAS E 360KPH 4,5 g da Pirelli está em casa RACE
PNEUS o inquérito técnico INTO Vettel é AGORA EM SPA
TERMINADO. OS resultados serão apresentados em Monza

 


 Pirelli chega em casa e Monza este fim de semana; o "templo da velocidade", que apresenta os mais rápidos nas retas avaliações some do calendário da F1 é, o que levou o treinador a executar um específico de baixo arrasto aerodinâmico set-up. O meio P Zero Branco e P Zero Amarelo pneus de ter-sido suaves escolhido para o Grande Prêmio da Itália, qui são compostos versáteis que são ble para equilibrar as demandas de desempenho individual e durabilidade que Monza exige sempre. Com cargas de alta energia de até 4,5 g atravessando os pneus e algumas grandes impactos com o famoso Krebs, o composto e estrutura do pneu é desafiado em toda a volta.
Paul Hembery, diretor de automobilismo da Pirelli: "Monza é sempre um dos destaques de nossa época, com uma história incrível e atmosfera. Nós temos-os compostos médios e macios, um passo mais suaves do que a nossa nomeação no ano passado, qui deverias ser bem adequado para Monza ea ênfase na velocidade que este sistema sempre lugares. Estamos esperando um bom grau de desgaste e degradação, assim como sempre o trabalho feito Durante livre será muito grande driving range Quando se trata de calcular a melhor estratégia. Com os dois compostos potencialmente muito estreitamente alinhados em termos de ritmo, isso abre algumas opções.
Os carros correm baixo downforce em Monza e isso realmente aumenta o trabalho para os pneus em aceleração e frenagem consideravelmente, com menos força Porque empurrando para baixo em cima do carro, é os pneus que estão fornecendo boa toda a aderência mecânica. Aliada à Kerbs em Monza, este Fornece os nossos pneus com um desafio a toda a volta ampla Exigir consistem durabilidade e desempenho.
We-finalizaram a investigação do pneu de Sebastian Vettel em Spa. Resultados detalhados da análise técnica apresentada em Monza será ".
Os maiores desafios para os pneus:
Um rápido como Monza Circuit tendem a ser mais pneus do que nós Exigir um circuito lento, como toda a força no trabalho incentiva o acúmulo de calor, particularmente sobre o ombro do pneu. Existem demandas de energia laterais significativas em Monza, devido a cantos Parabolica longa, tais como, bem como grandes demandas longitudinais, por causa de toda a tração e frenagem.
Com um baixo downforce set-up como é usado em Monza, os motoristas precisam cuidar dos pneus traseiros em particular, a fim de não provocar wheelspin em aceleração. No entanto, o outro lado desta é aumentada a velocidade máxima, na área de 360kph.
A estratégia do ano passado e como a corrida foi ganha: Lewis Hamilton usou uma estratégia de uma paragem para a corrida de 53 voltas, com os compostos duros e médios Nomeado no ano passado. O piloto da Mercedes começou com o pneu médio e, depois, mudou para o colo dura 25.
Diferença de desempenho esperado entre les dois compostos: 0,8 - 1,0 segundo por volta.
A equipe Pirelli escolher seus números de competição: # 8 Fabrizio Tanfani Chief
"É um número que significa agrupamento muito para mim: Eu nasci lá 8 de Julho e quando eu estava jogando futebol quando era criança, de volta para casa em Piombino, eu joguei com o número 8. Há 8 anos de diferença eu e minha namorada between e 8 é o símbolo do infinito bem. "
Quem estamos seguindo no Twitter esta semana: It'sMotorSportRetro esta semana. Para quem ama os velhos tempos, esta conta no Twitter, ligado ao site do nome de Sami, vai comer a horas de seu dia com incríveis entrevistas, fotos e vídeos.
As escolhas de pneus até agora este ano:
 P Zero Amarelo Vermelho P Zero P Zero Branco Laranja P Zero
Austrália Suave Médio
Malásia Médio Difícil
China Suave Médio
Bahrain Suave Médio
Espanha Médio Difícil
Monaco Supersoft Macio
Canadá Supersoft Macio
Áustria Supersoft Macio
Grã-Bretanha Médio Difícil
Hungria Suave Médio
Bélgica Suave Médio
Itália Suave Médio

 

Google Tradutor

 

NISSAN É NOTICIA

 

QUALIDADE GARANTIDA: NISSAN ANUNCIA GARANTIA DE 5 ANOS PARA COMERCIAIS

  • A Nissan passa a garantir a qualidade dos seus veículos comerciais ligeiros a gasolina e diesel por cinco anos ou 160.000 km
  • Oferecida nos veículos comerciais ligeiros novos da Nissan, comprados na Europa a partir de hoje
  • A garantia e a assistência em viagem são totalmente transferíveis para novos proprietários
  • Garantia inovadora e líder no mercado dos comerciais ligeiros

A Nissan acaba de lançar mais uma inovação e afirmar-se como pioneira nos veículos comerciais ligeiros (LCV), desta feita com a introdução de uma garantia do fabricante de cinco anos ou 160.000 km para a sua gama de comerciais, furgões e camiões ligeiros a gasolina e a diesel, comprados nos mercados europeus, incluindo Portugal, a partir de hoje, 01 de setembro de 2015.

 

Imagens Relacionadas

Imagens Relacionadas

Comunicados Relacionados

Comunicados Relacionados

A NOVÍSSIMA NISSAN NP300 NAVARA: UM CONCEITO INOVADOR P ...

ago 25, 2015 | ID: 136279

 

CIRCUITO DA BOAVISTA PODERÁ SER RESSUSCITADO?

 

CIRCUITO DA BOAVISTA PODERÁ SER RESSUSCITADO ?

 

 

Nada está ainda confirmado, mas poderá haver algumas hipóteses do circuito da Boavista ser ressuscitado em 2016, com a possibilidade da vinda a Portugal do DTM.Por aquilo que apuramos tem havido contactos de aproximação entre a organização alemã do DTM, e os responsáveis da Câmara Municipal do Porto, mas nada esta ainda confirmado. Esta possibilidade surgiu quando o DTM na sua política de expansão em termos do calendário de provas para 2016,  encetou contactos para organizar uma corrida em Espanha, em principio em Barcelona, mas recorde-se que no ano passado falava-se que o WTCC que poderia vir para o circuito da Boavista, poderia ser substituído pelo DTM. Pelos vistos mais espectacular, e com um preço a pagar da sua vida, significativamente mais baixo que o WTCC.A verdade é  que o WTCC irá estar por três anos em Vila Real, e assim a possibilidade do DTM poder vir ao circuito da Boavista poderá a vir a ser uma realidade. Aliás os organizadores do DTM tinham a possibilidade de poderem fazer esta corrida no autódromo do Estoril ou em Portimão, mas a verdade é que se recorde, da ultima passagem do DTM pelo Estoril, o número de espectadores ficou aquém daquilo que os responsáveis do DTM esperavam.

 

Por isso a hipótese dum circuito citadino em Portugal, tem todo o interesse para os responsáveis do DTM, e no caso do circuito da Boavista, poderá significar a presença de mais de 130.000 espectadores, numero bem superior ao que se assistiu ao Grande Prémio de Motonáutica do Porto. Agora falta ver se o actual Presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira estará pelos ajustes para a realização e o ressuscitar do circuito da Boavista.

 

 

Não há muito tempo, tivemos conhecimento que Rui Moreira foi muito pressionado por um grupo de moradores no sentido de não se realizar o circuito da Boavista, isso pelos incómodos que provoca. Entendemos o ponto de vista destes moradores (serão apenas três dias, no máximo seis -caso de dois fins de semana de corridas), mas já que falamos de incómodos, temos de ver que há outras zonas do Porto que são alvo destes incómodos(com muitos fins de semana com ruas e avenidas fechadas, ruas cortadas, etc.), com ruas fechadas para outro tipo de eventos, desde atletismo, ciclismo, casamento entre outros, e ninguém se manifesta, há que apoiar. Por isso aqui tem de haver boa vontade, pois uma prova desta magnitude, como é o caso do DTM; onde a sua máquina de marketing em nada fica a dever à actual Fórmula 1, poderá ser uma importante mais valia para a promoção da cidade do Porto em alguns países da Europa, principalmente na Alemanha que continua desfrutar dum grande poder de compra, e com a permanência na cidade do Porto em hotéis, que poderão acolher todas as equipas participantes, para além dos participantes nas provas de apoio. Haja boa vontade política, e todos ficamos a ganhar, a cidade, o turismo, o nome da cidade do Porto, em suma é bom para todos, haja vontade política e não só Sr. Presidente da Câmara Municipal do Porto, Sr. Rui Moreira.

DTM300 Copy

ruimoreira1 Copyruimoreira CopyTexto de João Raposo e fotos de Edgar Alves – www.velocidadeonline.com

 

LINDE APRESENTA NOVO SISTEMA

 

Linde apresenta novo sistema

de deteção de gás para empilhadores antideflagrantes zonas 2

 

Inclui funções de proteção e dados relevantes para a segurança

 

 

. Os empilhadores utilizados para a proteção contra explosões em zonas 2 ATEX categoria 3 G (gás), requerem modificações de segurança adequadas (proteção passiva) ou a adaptação de um sistema de deteção que supervisione constantemente a concentração de gás na atmosfera circundante e desligue o empilhador de forma segura (proteção ativa), caso se ultrapassem os limites.

Os empilhadores elétricos Linde, com capacidades de carga de entre 1,4 e 3,5 toneladas e que se utilizem nas zonas 2 ATEX, já contam com a opção de incluir um inovador sistema certificado de deteção de gás. O sistema, de fácil manutenção, incorpora funções como controlo de acesso, verificações antes de cada turno e calibração automática. Todos os dados relevantes para a segurança, como a concentração de gás e a temperatura de funcionamento do motor, são mostrados num ‘display’. O pacote é completado com relatórios, planificação da manutenção e uma conexão sem fios a sensores de gás fixos.

 

Este sistema consiste num tablet PC com proteção contra explosões, um sensor com um pequeno depósito para a mistura de gases de ensaio e uma caixa de relés com controlador. A conexão sem fios entre os sensores de temperatura e o controlador é proporcionada através do protocolo ZIGBEE, que se caracteriza pela segurança e fiabilidade.

 

Toda a unidade de deteção de gás encontra-se num pequeno volume de dimensão idêntica a uma lata de refrigerante. A cada arranque do empilhador, o sistema verifica a funcionalidade dos sensores, o que o torna muito mais manejável em comparação com outros sistemas no mercado.

 

 

Durante o funcionamento, o sistema mostra constantemente ao condutor todas as condições de funcionamento relevantes para a proteção contra explosões, como a temperatura ou a concentração de gás no ar. A caixa com o sensor e a mistura de gases de ensaio apenas se terá que substituir anualmente, como parte de uma manutenção de rotina realizada por um técnico. O sistema pode ser utilizado simultaneamente para o controlo de acesso de veículo. Podem atribuir-se diferentes códigos PIN a condutores, gestores de operações e técnicos. Logo que o condutor tenha iniciado a sessão corretamente, existe a opção de apresentar um processo de reconhecimento breve antes de arrancar o empilhador, cujo objetivo é recordar ao condutor que está a operar um empilhador especializado com proteção contra explosões para zonas 2. Durante o turno, o sistema cria um registo contínuo de concentrações de gás, independentemente de estas ultrapassarem ou não os limites estabelecidos. Se estes forem ultrapassados, ocorre automaticamente uma paragem controlada e, se for necessário, o sistema pode enviar uma notificação mediante comunicação por rádio ao gestor de operações. Logo que a concentração de gás desça abaixo do limite aceitável, o condutor é notificado através do ‘display’ do sistema. Desta forma, o empilhador poderá ser validado por um supervisor e ser novamente colocado em funcionamento. Em alternativa, pode configurar-se o empilhador para que permita ao operador fazer o reinício de forma independente. 

 

Para os gestores de operações, a funcionalidade integrada de relatórios aumenta significativamente a transparência, uma vez que são capazes de registar ocorrências, como alarmes ou a progressão da concentração de gás. Utilizando este sistema de supervisão, um gestor de operações pode verificar o conceito de segurança operacional existente de forma frequente, afirma Herbert Kunkel, Diretor executivo da Proplan, filial da Linde Material Handling.

 

 

 

Desta forma, o sistema pode evitar que o empilhador aceda a uma área onde a concentração de gás já tenha ultrapassado os níveis admitidos. Além disso, os empilhadores ou frotas de empilhadores podem ser integrados num conceito de segurança interdepartamental para toda a unidade, com documentação diária e supervisão das condições relacionadas com a segurança.

 

 

 

 

  • O inovador sistema de deteção de gás controlado está disponível opcionalmente para os empilhadores elétricos Linde protegidos contra explosões com uma capacidade de carga de entre 1,4 e 3,5 toneladas e utilizadas em zonas 2 ATEX categoria 3 G (gás).

 

 

Acerca da Linde MHI

A Linde MHI é a filial em Espanha e Portugal da Linde Material Handling GmbH, líder mundial no fabrico de empilhadores e máquinas de interior que se destacam pela sua inovação, eficiência e baixos custos operacionais. Com presença em Espanha desde 1963, dispõe de 18 concessionários e 11 Delegações e Sub-delegações na Península Ibérica e ilhas. A Linde conta com uma completa gama de serviços pós-venda com elevados padrões de qualidade.

 

NOS STATES NA FÓRMULA INDY

NOS STATES NA FÓRMULA INDY

 

E vão quatro vitórias nesta época  para Scott Dixon. Foi preciso ganhar em Sonoma para o neozelandês da Ganassi garantir o título no desempate das vitórias com Ryan Hunter-Reay. Montoya saiu de Sears Point como o grande perdedor depois de liderar a IndyCar desde o início da temporada.

 

NICOI HULKENBERG MANTÉM-SE NA FÓRMULA 1

NICO HULKENBERG MANTÉM-SE NA FÓRMULA 1

 

Nico Hulkenbergrenova por mais dois anos com a Force Índia F1. Não se sabe se pode continuar a fazer uma "perninha" na Porsche WEC.

 

LISTA DE INSCRITOS PARA PAUL RICARD

LISTA DE INSCRITOS PARA PAUL RICARD

 

Lista de inscritos para as 4 Horas de Paul Ricard neste fim de semana. Para ver quem são os adversários de Filipe Albuquerque e Francisco Guedes na pista francesa e melhor melhor preparar a deslocação às 4 Horas do Estoril, percebendo quem vai estar na prova de fecho do campeonato. Um belíssimo plantel de pilotos e carros.

 

LUIS NUNES NO PÓDIO DE CERVEIRA

 

 

 

 

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

RAMPA DE CERVEIRA

 

LUIS NUNES NO PÓDIO EM CERVEIRA DRP 7269_Copy

 

Depois de ter vencido todas as rampas relativas a esta época em termos de categoria, desta feita a sorte não esteve com Luis Nunes, que acabou por se quedar na quarta posição em termos de categoria,  e terceiro em termos de classe. A verdade é que Luis Nunes nunca baixou os braços, e assim desde logo na primeira subida de treinos seria o autor do nono melhor tempo á geral, com 2.17.126, para na subida seguinte fazer um excelente tempo, com 2.12.572, correspondente ao sexto melhor crono desta segunda subida de treinos. Mais animado do que nunca, na primeira subida de prova faria 2.12.938, para na subida seguinte fazer 2.12.465, melhorando um pouco mais na derradeira subida com 2.12.160.

 

No final da prova, Luis Nunes fez-nos o resumo do que foi esta edição da Rampa de Cerveira, “terminei em segundo da classe, quarto na categoria, e oitavo à geral, correu bem, o carro estava impecável, da minha parte andei o que sabia, e o trabalho da Martinsspeed esteve uma vez mais impecável”. Sobre o terceiro lugar acrescentou “ era algo que esperava, mas para mim  a surpresa foi o  BMW do Luis Silva, que pelos vistos encontrou um percurso, quase diria perfeito para o carro que tripula, pois tenho de reconhecer que andou muito bem, e depressa. Depois a segunda posição do Seat Leon Eurocup do José Correia era algo que eu já estava à espera, isso porque está cada vez  mais adaptado ao carro, e para o meu Leon torna-se difícil bater o “seu irmão” mais novo, que é um carro com uma evolução muito grande. Por outro lado, foi a primeira vez que corri nesta rampa, tentei adaptar-me o melhor possível, e o resultado foi este, estou satisfeito “.

 

CLASSIFICAÇÃO GERAL FINAL

 

1º João Fonseca – Norma

2º Rui Ramalho – Juno

3º Paulo Ramalho – Juno

4º Edgar Reis – Porsche GT 4

5º Luis Silva – BMW

6º José Correia – Seat Leon Eurocup

7º Manuel Pereira – Mitsubishi Evo

8º LUIS NUNES – SEAT LEON COPA

 

 

CLASSIFICAÇÃO CATEGORIA

 

1º Luis Silva – BMW

2º José Correia – Seat Leon Eurocup

3º Manuel Pereira – Mitsubishi Evo

4º LUIS NUNES – SEAT LEON COPA

 

CLASSIFICAÇÃO DA CLASSE

 

1º José Correia – Seat Leon Eurocup

2º LUIS NUNES – SEAT LEON COPA

3º Francisco Marrão – Seat Leon

 

Foto : Rui Couto

 

 

FRACTAL DA PEUGEOT

 

FRACTAL, o PEUGEOT i-Cockpit® ampliado pelo som

 

 

Revelado pelo concept SR1 em 2010, o PEUGEOT i-Cockpit® já conquistou mais de 1,8 milhões de clientes desde o seu lançamento comercial, no 208, em 2012. Graças à sua ergonomia inovadora, este posto de pilotagem torna a condução instintiva e reforça o prazer sentido ao volante.

O PEUGEOT FRACTAL, um coupé eléctrico urbano, é um estudo prospectivo do PEUGEOT i-Cocpkit® que apela a um sentido suplementar. Após o olhar, materializado pelo painel de instrumentos elevado, e o tacto, concretizado pelo volante compacto e pelo ecrã táctil, é agora a vez do ouvido, que é estimulado por um tratamento sonoro inédito no mundo automóvel. A percepção auditiva das informações enriquece também a experiência de condução.

O PEUGEOT FRACTAL dispõe igualmente de uma assinatura sonora criada pelo designer sonoro Amon Tobin. Revela-se logo a partir da abertura das portas, comandada pelo relógio conectado ao condutor. Conduzir um coupé eléctrico torna-se assim uma experiência única e rica em sensações.

 

 

 

 

Os lançamentos simultâneos da geração 8 e do PEUGEOT i-Cockpit® insuflaram uma nova dinâmica à marca. O PEUGEOT i-Cockpit® é um elemento identitário dos nossos veículos. Transforma a condução, tornando-a mais instintiva e amplifica as sensações de condução

Maxime Picat, director-geral da PEUGEOT

 

 

O PEUGEOT i-Cockpit® garantiu a adesão dos clientes. Quando o usam, descobrem um novo prazer de condução. O PEUGEOT FRACTAL explora novas possibilidades juntando-lhes uma dimensão sonora. Esta enriquece a informação e reforça o prazer.

Jérôme Micheron, director de estratégia da PEUGEOT


O PEUGEOT FRACTAL em síntese

 

O PEUGEOT FRACTAL, coupé eléctrico urbano, é um estudo prospectivo do PEUGEOT i-Cocpkit® solicitando a audição em complemento do olhar e do tacto. A condução progride para uma ainda maior intuição, uma experiência incomparável.

 

O StelLab[1], entidade de pesquisa do Grupo PSA Peugeot Citroën, concebeu um sistema inovador acústico 9.1.2. Associa um conjunto 9.1 de alta-fidelidade a «subwoofers» integrados nas costas de cada assento.

 

O sistema acústico 9.1.2 torna a condução mais instintiva, veiculando uma informação enriquecida pelo som. Este componente adicional do PEUGEOT i-Cockpit® caracteriza-se pela espacialização e pela dinamização do som.

 

O PEUGEOT FRACTAL possui uma identidade sonora exterior e interior desenvolvida pela primeira vez em colaboração com um designer sonoro, Amon Tobin. Na cidade, o veículo evolui assim em harmonia com o seu ambiente.

 

O painel de instrumentos elevado do PEUGEOT FRACTAL está combinado com um ecrã táctil holográfico de alta definição numa lâmina em policarbonato inclinada a 45°. O condutor pode gerir o visor como desejar. A lâmina em policarbonato inclinada apresenta informações complementares com efeito de profundidade.

 

Laboratório de ideias, o PEUGEOT FRACTAL explora novos procedimentos de fabrico e de concepção. As peças saídas da impressão 3D representam mais de 80% da superfície do habitáculo. As superfícies absorventes são concebidas por design generativo, um processo que permite chegar à peça ideal.

 

A bateria de iões de lítio de 40kWh alimenta os motores eléctricos situados nos trens dianteiro e traseiro, para uma potência total de 150 kW / 204 cv. A autonomia em ciclo misto atinge os 450 km.

 

A altura ao solo é variável e adapta a viatura ao terreno encontrado. Regulada nos 7 cm em via rápida, a aerodinâmica é aperfeiçoada em benefício da autonomia. Na cidade, pode atingir os 11 cm para ultrapassar os passeios mais altos ou entradas em parques.

 

 

PEUGEOT FRACTAL, coupé eléctrico urbano

 

O PEUGEOT FRACTAL mexe-se em cidade com desenvoltura, em harmonia com o seu ambiente. Extremamente compacto, os seus 3,81 m de comprimento e 1,77 m de largura esgueiram-se sem a menor hesitação pelo meio do trânsito. Para facilitar as manobras, as rodas Tall&Narrow de 19’’ estão dispostas nas extremidades da viatura, com os vãos dianteiro e traseiro não medindo mais que 0,52 m.

 

Naturalmente equilibrado, o PEUGEOT FRACTAL tira proveito da mecânica eléctrica com uma nova arquitectura. Cada componente está colocado num local eficiente. As baterias de iões de lítio estão, assim, situadas no túnel central em benefício do abaixamento do centro de gravidade e da repartição de massas. Alimentam os dois motores eléctricos, desenvolvendo cada um 75 kW / 102 cv, instalados nos trens dianteiro e traseiro. Esta cadeia de tracção permite melhorar a aerodinâmica da viatura, melhoria que se manifesta pelas pequenas aberturas existentes na parte da frente, permitindo que o volume de ar necessário para alimentar e arrefecer a mecânica seja mínimo.

 

As linhas do PEUGEOT FRACTAL materializam esta desenvoltura urbana. As linhas dinâmicas estendem-se pela carroçaria desprovida de qualquer aspereza. A «Coupe Franche», a linha que separa de forma vincada dois acabamentos em cores bem distintas, reforça esta vitalidade alternando um branco intenso e um negro mate ao nível da articulação das portas. Na parte superior, o tejadilho é amovível, transformando o coupé num cabriolet.

 

Na parte de trás, dominando o difusor, uma banda luminosa informa sobre a recarga da bateria por indução graças a uma animação tipo equalizador. Constituída por LED, esta banda substitui a função das luzes traseiras com o PEUGEOT FRACTAL em movimento. Na frente, a assinatura luminosa nasce junto da grelha e acaba a aflorar os projectores. Abriga igualmente os indicadores de mudança de direcção sequenciais.

 

Na cidade, o PEUGEOT FRACTAL evolui no seu meio ambiente natural. O seu nível sonoro, já muito débil devido à sua motorização eléctrica, é ainda mais reduzido pelo emprego de pneus Tall&Narrow, com banda de rolamento estreita. Para uma performance acústica máxima, as capas das rodas acolhem elementos em forma de diedros, para atenuar os ruídos aerodinâmicos. Inspirados nas câmaras de absorção, estes elementos reduzem a intensidade das ondas e, assim, o nível sonoro, fazendo-as ressaltar de uma superfície para a outra. Impossíveis de produzir pelos processos clássicos, estas capas são realizadas por impressão 3D.

 

 

Para uma harmonia perfeita com os outros utilizadores, nomeadamente piões ou ciclistas, o PEUGEOT FRACTAL dispõe de uma assinatura sonora específica. Assim, um pião prestes a atravessar uma passadeira sem verificar a aproximação de um veículo é informado da presença do PEUGEOT FRACTAL.

 

Por fim, este concept facilita o quotidiano do seu proprietário por meio de um relógio Samsung Gear S conectado. Informando em permanência sobre o nível da bateria, a progressão da recarga, a temperatura do habitáculo, bem como da localização da viatura. Com uma simples pressão no vidro, o condutor comanda a abertura das portas e predispõe o habitáculo segundo os seus parâmetros: a climatização e o sistema HiFi adoptam os seus ajustes pessoais.

 

PEUGEOT i-Cockpit®, amplificação sensorial

 

O PEUGEOT i-Cockpit® permite uma experiência incomparável, conjugando ergonomia instintiva e ambiência inédita. Possui materiais inspirados nos auditórios e nos estúdios de gravação. Carvalho negro foi aplicado no painel de bordo, nos forros das portas e nos assentos tipo bacquet. Enquanto uma folha de cobre, fazendo lembrar as conexões rádio, percorre o habitáculo, motivos anecóicos impressos em 3D participam no conforto acústico. Por fim, uma malha têxtil 3D reveste os bancos, associando-se ao couro branco.

 

Para controlo perfeito de todos os instantes, o condutor acomoda-se num banco cuja regulação proporciona as sensações cinestésicas do comportamento do PEUGEOT FRACTAL. As suas mãos encontram intuitivamente o volante compacto com os touch pads integrados em cada um dos dois braços. Estas almofadas tácteis comandadas pelo polegar comandam funções e equipamentos do PEUGEOT FRACTAL.

 

À frente do condutor, mesmo no enfiamento do seu olhar, o painel de instrumentos elevado integra um ecrã táctil holográfico numa lâmina de policarbonato inclinada a 45°. Pode organizar como desejar a apresentação desse ecrã táctil, formado por um ecrã de 12,3’’ de alta definição. A lâmina de policarbonato inclinada reflecte, com um efeito em profundidade, as informações complementares projectadas por um ecrã AMOLED de 7,7’’.

 

Numa e noutra parte do volante, o condutor encontra mesmo à mão toggle switches dispostos em arcos. O arco direito suporta igualmente o comando de activação da motorização eléctrica. Por fim, um quadro táctil AMOLED de 7,7’’ está integrado na consola central para comandar o conjunto das funções do PEUGEOT FRACTAL. Os passageiros de trás dispõem também de um quadro para criar o seu próprio ambiente.

 

Laboratório de ideias, o PEUGEOT FRACTAL explora a impressão 3D para criar formas irrealizáveis de outra maneira. As peças assim produzidas representam mais de 80% das superfícies interiores e conjugam um novo estilo com funcionalidade. O volante compacto integra nos seus braços as passagens dos cabos das ligações dos touch pads.

 

O desenho das superfícies de absorção (motivos anecóicos), ocupando mais de 15 m² do habitáculo, é criado por design generativo. A potência de cálculo dos computadores actuais permite explorar a integralidade das formas e estruturas possíveis para uma mesma peça. O design generativo resultante da utilização de algoritmos tem formas eficientes, numa peça ideal. O PEUGEOT FRACTAL utiliza apenas o material necessário, assegurando sempre a maior eficiência acústica.

 

Pela primeira vez, um concept car integra tão intensamente a dimensão sonora na sua concepção. O PEUGEOT FRACTAL inova igualmente ao continuar a abordagem de materiais iniciada pelo ONYX num veículo do segmento B. A impressão 3D e a utilização do design generativo levam a eficiência ao extremo.

Matthias Hossann, responsável pelos concept cars da PEUGEOT

 

 

O som, campo de inovação para uma condução mais instintiva

 

Este estudo prospectivo do PEUGEOT i-Cockpit® dá à audição o lugar que é seu, ao lado da visão e do tacto. Para se deslocar no seu ambiente, o homem mobiliza, com efeito, estes seus três sentidos. O PEUGEOT FRACTAL inova com uma instalação acústica 9.1.2 e com o design sonoro.

 

O condutor recebe cada vez mais informações do seu veículo, mobilizando de forma crescente a sua atenção. A ergonomia sonora reforça as interacções com o PEUGEOT i-Cockpit® e liberta atenção visual. A espacialização das fontes sonoras permite ao condutor captar melhor e melhor compreender uma informação e isso ainda com menos esforço.

Vincent Roussarie, especialista de Nouvelles Prestations Sonores, Direcção Científica da PSA

 

 

O StelLab, entidade de pesquisa do Grupo, concebeu um conjunto 9.1.2 e o software necessário para uma imersão integral. O tratamento numérico aplicado aos sons simula o sistema auditivo humano. As fontes sonoras são então criadas virtualmente e a sua localização dinamizada para enriquecer a informação a transmitir ao condutor.

 

No caso de um trajecto com ajuda da navegação, a fonte da síntese vocal está localizada no eixo da viatura, à distância. À medida que o veículo avança, esta fonte aproxima-se do habitáculo, movimentando-se até se colocar do lado do cruzamento a tomar. Ao nível de uma intersecção, situa-se no habitáculo, na aproximação imediata, para prevenir o condutor da iminência de uma mudança de direcção. Além disso, a espacialização permite adaptar o som à morfologia do veículo e à sua evolução. O sistema desenvolvido pelo StelLab configura assim, de maneira autónoma, as diferentes fontes sonoras entre os modos coupé e cabriolet do PEUGEOT FRACTAL.

 

Para explorar todo o potencial do sistema, esta instalação 9.1.2 é composta por um sistema 9.1 integrando à frente três médios agudos, dois tweeters, dois woofers e um subwoofer e, atrás, dois médios, dois tweeters e um woofer. Para garantir a fidelidade do som, FOCAL, reconhecido especialista francês em equipamento áudio topo de gama, realiza a membrana dos seus altifalantes em fibras de linho.

 

Além disso, o PEUGEOT FRACTAL integra em estreia mundial nas costas de cada banco uma «almofada de baixos» ligada a duas vias. Este dispositivo revolucionário explica a denominação da instalação: 9.1.2.

 

Desenvolvido pela SUBPAC, start up americana, a «almofada de baixos» faz viver uma nova experiência sensorial. Com efeito, os baixos não são mais difundidos por via aérea, mas por um meio sólido, o banco. As ondas acústicas chegam assim ao ouvido interno do ouvinte por via do seu organismo, fazendo com que o ocupante do banco aprecie os baixos de forma imersiva e exclusiva, sem perturbar o ambiente. 

 

A dimensão acústica é igualmente explorada pelo PEUGEOT FRACTAL ao atribuir uma identidade sonora à cadeia de tracção eléctrica. Com efeito, esta última é desprovida das nossas referências ligadas às motorizações térmicas. A marca confiou esta tarefa ao designer sonoro brasileiro Amon Tobin. A assinatura sonora exterior do PEUGEOT FRACTAL permite-lhe uma coabitação harmoniosa com os outros utilizadores. Estes, nomeadamente os piões e os ciclistas, são informados da evolução do PEUGEOT FRACTAL por sons que distinguem os seus diferentes estados: aceleração, desaceleração ou velocidade estabilizada.

 

No habitáculo, a identidade da marca revela-se através de uma concepção áudio inédita, sonorizando funções como o contacto, os piscas ou os quatro piscas, a iluminação ou ainda as diferentes acções de navegação.

 

O PEUGEOT FRACTAL é o fruto de um encontro entre artistas que exploram novos terrenos de expressão. Com os designers, misturámos as nossas inspirações. O estilo é inspirado pelo som, as minhas criações são inspiradas pelas linhas e pelos materiais do PEUGEOT FRACTAL.

Amon Tobin, artista musical, designer sonoro

 

 

O contributo para a condução da espacialização e a qualidade desta instalação são revelados por uma obra sonora criada por Amon Tobin. Único, o PEUGEOT FRACTAL é o fruto do diálogo entre este artista e a equipa do Design PEUGEOT.

 

 

Uma cadeia de tracção eléctrica performante

 

Para lá da optimização da aerodinâmica, a mecânica eléctrica oferece prestações desconhecidas no segmento. O equilíbrio geral do PEUGEOT FRACTAL é assegurado pela colocação da bateria de iões de lítio no túnel central. As massas são, desta forma, recentradas e o centro de gravidade fica mais baixo.

 

Alimentando dois motores eléctricos de 75 kW / 102 cv cada, dispostos sobre os trens dianteiro e traseiro, a bateria de 40 kWh permite ao PEUGEOT FRACTAL uma autonomia em ciclo misto de 450 km.

 

O sistema gere a potência em função da situação da estrada. Os 150 kW / 204 cv são repartidos segundo a aderência a fim de optimizar a motricidade, bem como a recuperação de energia. Além disso, para ter em conta as transferências de massa, as relações de redução dos motores eléctricos são diferentes. Durante as acelerações, na faixa dos 0 aos 100 km/h, o motor tarseiro é solicitado e é progressivamente ligado ao motor dianteiro para lá dos 100 km/h.

 

Para uma considerável eficácia em cidade e estabilidade a alta velocidade, a direcção eléctrica age sobre as quatro rodas. Amortecedores pneumáticos, geridos de forma autónoma ou controlados pelo condutor, fazem variar a altura ao solo entre os 7 e os 11 cm. O valor mais baixo optimiza a aerodinâmica em estrada e prolonga a autonomia do PEUGEOT FRACTAL. Em posição elevada, permite evoluir facilmente em cidade, ultrapassando os passeios mais altos ou as entradas nos parques.

 

Graças ao seu peso de somente 1000 kg, o PEUGEOT FRACTAL acelera dos 0 aos 100 km/h em 6,8 s num novo ambiente sonoro e faz os 1000 m de arranque parado em 28,8 seg.

O PEUGEOT FRACTAL apresenta uma visão prospectiva do PEUGEOT i-Cockpit® para tornar a condução cada vez mais instintiva e fonte de prazer. Após a visão e o tacto, a audição é a partir de agora solicitada neste coupé eléctrico urbano inspirado pelo som.

 

Pode seguir a actualidade em #PEUGEOTFRACTAL



[1] Criado em 2010, o StelLab Science Technologies Exploratory Lean Laboratory  é uma estrutura de animação das parcerias científicas reunindo especialistas da PSA Peugeot Citroën e de universidades do mundo inteiro (França, Suíça, Polónia, Espanha, Brasil, Estados Unidos, China). A sua missão é identificar e desenvolver as novas tecnologias e inovações do automóvel do futuro.

PEUGEOT FRACTAL_01_CopyPEUGEOT FRACTAL_02_CopyPEUGEOT FRACTAL_03_CopyPEUGEOT FRACTAL_03_CopyPEUGEOT FRACTAL_Copy
 

NOVO SEAT IBIZA CUPRA

 

Máxima performance em formato compacto

Novo SEAT Ibiza CUPRA –
Mais Performance, Maior Diversão

/    Desempenho impressionante, chegando aos 192 CV

/    Alcança 100 km/h em 6.7 segundos, mas gasta em média apenas 6.0 litros

/    Novo interior premium – com design desportivo e distinto

/    Conetividade total, com Full Link

 

Ibiza CUPRA_Copy O novo Ibiza CUPRA revela a essência SEAT na sua forma mais pura – design emocionante, performance fora de série e a mais avançada tecnologia unem-se para criar um dos desportivos mais dinâmicos da classe.

Com um desenho compacto e excelente funcionalidade, o Ibiza CUPRA é o desportivo perfeito para o dia-a-dia. A performance assegurada pelo motor 1.8 TSI é impressionante - aceleração dos 0-100 km/h em apenas 6.7 segundos, velocidade máxima de 235 km/h – e está acompanhada por uma eficiência excecional. O novo interior reveste-se de um extraordinário ambiente de qualidade, enquanto o sistema SEAT Full Link, a DriveApp SEAT e a Connect App SEAT garantem uma conetividade ótima. Há, porém, um aspeto com pouca margem para melhorar: o design, emocionante e dinâmico, extremamente bem recebido pelos clientes e amplamente referido como principal motivo de compra deste modelo espanhol.

 

“O Ibiza CUPRA é um ícone na gama SEAT. O design avassalador e a performance de topo prometem prazer de condução quilómetro após quilómetro,” diz Jürgen Stackmann, Presidente da SEAT, S.A. “Com um nível de conetividade inovador, interior melhorado e com mais qualidade, o novo Ibiza CUPRA espelha a velocidade a que se desenvolve a nossa marca.”

 

A história de sucesso conhece um novo capítulo. A primeira geração do Ibiza CUPRA chegou às estradas em 1996, e desde então os modelos CUPRA criaram e desenvolveram um pilar fundamental na marca SEAT. O próximo capítulo desta história começa a ser escrito pelo novo Ibiza CUPRA: 192 CV, autoblocante eletrónico XDS, travões de elevada performance, o Drive Profile CUPRA com amortecimento ajustável; o topo de tecnologia no novo Ibiza CUPRA é tão marcante como o extenso equipamento repleto de detalhes. Um dos exemplos é o sistema de “infotainment”, que oferece soluções exclusivas que otimizam a integração dos smartphones com a função Full Link e a Drive App SEAT.  

 

“Agilidade, aceleração poderosa, precisão em curva, capacidade de tração e travões à prova de fadiga, são os argumentos que garantem a emoção que rodeia o nome CUPRA,” resume Dr. Matthias Rabe, Vice-Presidente para o R&D da SEAT S.A.: “O novo Ibiza CUPRA é o exemplo perfeito de como nós, na SEAT, reunimos a mais recente tecnologia disponível no Grupo Volkswagen num conjunto único e incomparável.”

 

Performance de exceção, tecnologia de ponta

O novo motor 1.8 TSI com turbocompressor e combinação de injeção direta com indireta é um bloco compacto de alta tecnologia que garante um rendimento excecional de 192 CV. A potência subiu 12 CV face ao antecessor, mas o ganho no binário é ainda mais impressionante. Em vez dos anteriores 250 Nm, estão agora disponíveis 320 Nm, lineares num amplo leque de rotações entre as 1,450 rpm e as 4,200 rpm. Esta capacidade de resposta garante pronta reação ao acelerador em qualquer situação. A aceleração dos 0-100 km/h é cumprida em 6.7 segundos e a velocidade máxima de 235 km/h coloca-o na linha da frente dos desportivos compactos. Apesar destes números impressionantes, o Ibiza CUPRA contenta-se com uma média de consumos de 6.0 por cada 100 quilómetros.

 

Drive Profile CUPRA com suspensão adaptativa

O novo Ibiza CUPRA traz de série jantes de 17 polegadas e suspensão acertada para a máxima agilidade e precisão. Um dos novos sistemas incluídos de série é o Drive Profile CUPRA, um sistema que permite ajustar, com o toque num botão, as características deste desportivo compacto às preferências do condutor. Atua na Suspensão Seletiva CUPRA, um sistema de suspensão adaptativa que permite escolher entre um amortecimento confortável e uma firmeza desportiva, modificando também o comportamento da direção. O diferencial autoblocante eletrónico XDS reduz a tendência de subviragem, melhorando a eficácia em curva, especialmente em andamento rápido. O controlo eletrónico de estabilidade ESP, que inclui auxiliar de arranque em subida, sistema de travagem multicolisão e aviso de cansaço também fazem parte do equipamento de segurança de série do Ibiza CUPRA. O Ibiza tem recebido a pontuação mais elevada, de cinco estrelas, nos “crash-test” Euro NCAP.

 

Design expressivo com linhas marcantes

O design expressivo anuncia o caráter do novo Ibiza CUPRA desde o primeiro olhar – o dinamismo deste automóvel compacto tem presença marcante e musculada. O design exterior é muitíssimo atual e incrivelmente elogiado pelos clientes e potenciais compradores. Os afilados faróis bi-xénon de série são um elemento típico da linguagem de design SEAT perfeitamente integrados nas linhas esculturais do Ibiza. As luzes de dia LED delineiam os faróis formando uma assinatura de luz exclusiva, tal como as luzes LED traseiras.

 

O perfil do coupé três portas é sublinhado com linhas vincadas. A linha de ombros atrás e as jantes exclusivas de 17 polegadas denunciam performance. Os espelhos exteriores em preto brilhante fazem o contraste perfeito com a pintura CUPRA. A marcante secção traseira, mais uma vez, destaca o papel do Ibiza CUPRA como uma referência entre os desportivos compactos, com um para-choques envolvente marcado pelo difusor pintado em preto baço que integra a ponteira de escape trapezoidal.

 

 

Interior muito melhorado

As melhorias no interior redesenhado são bem visíveis. O novo conceito de design inclui um harmonioso equilíbrio entre o carácter distinto, a funcionalidade e a precisão; evidente em todas as linhas e superfícies interiores. Proporções horizontais do tablier e configuração dos elementos, que estão revestidos em material suave e centrados no condutor. A atenção ao detalhe fica patente no novo volante oriundo da família Leon, nas saídas de ventilação, novo painel de instrumentos e sistemas de infotainment. Este novo “interface” cria uma relação total entre o condutor e a tecnologia, tendo utilização clara e sem funcionalidades ambíguas. O design interior reflete a inspiração em Barcelona, a casa da SEAT, reunindo as características puras e simples da marca SEAT.

 

Conetividade perfeita com Full Link

Além do sistema MirrorLinkTM, a conetividade SEAT Full Link inclui as funcionalidades Apple Car PlayTM e Android AutoTM. O condutor pode permanecer “online” sem desviar a atenção da estrada, fazendo uso seguro das diversas funcionalidades e conveniências através do ecrã sensível ao toque do novo Ibiza. No caso do Apple CarPlay, as funções atuais permitem gerir o telefone, mensagens, música e mapas, com mais novidades previstas. MirrorLink é outra das tecnologias que permite usar em segurança muitas das funcionalidades dos smartphones e das aplicações pessoais através do sistema de infotaiment do Ibiza que reproduz o ecrã do smartphone no ecrã do redesenhado tablier do Ibiza. Esta solução funciona com um número crescente de dispositivos compatíveis Android com função MirrorLink.

O sistema Android Auto proporciona acesso rápido à navegação, comunicação, aplicações de música e de serviços de forma mais fácil e segura do que fazê-lo através do telemóvel durante a condução.

 

A nova DriveApp SEAT

A nova DriveApp SEAT foi desenvolvida para uso exclusivo de utilizadores do SEAT FullLink e MirrorLink. Oferece um alargado leque de funções inovadoras que pode ser utilizado tanto no interior como no exterior do Ibiza CUPRA. O ecrã sensível ao toque do veículo pode, por exemplo, ser personalizado com a previsão meteorológica local ou com os contactos mais importantes. E melhor, a SEAT DriveApp usa a funcionalidade “text to speech” que lê em voz-alta os últimos posts do Facebook ou Twitter, enquanto a função “Challenger” oferece interessantes desafios para otimização da condução, focando na eficiência. Quando estacionamos o Ibiza, a função “onde está o meu carro” memoriza a posição do Ibiza e encontra-o de volta logo que necessário.

 

Nova SEAT ConnectApp

O construtor espanhol acordou com a Samsung o desenvolvimento de soluções inovadoras de conetividade e oferece a nova SEAT ConnectApp com tecnologia MirrorLink como um primeiro passo. Faz uso perfeito da integração MirrorLink – o condutor está “sempre ligado”, mas mantendo total concentração no trânsito. Uma das novas e exclusivas funções está no controlo gestual, que permite ativar funções de chamadas e de contactos através do Sistema de Media SEAT no ecrã sensível ao toque. O ecrã de boas-vindas SEAT ConnectApp pode ser personalizado com a informação meteorológica ou compromissos agendados. Com dicas personalizadas, a app aprende as preferências pessoais e recorda destinos frequentes ou agendamentos pessoais. Muitas outras funções estão já disponíveis com o lançamento do ConnectApp SEAT, e haverá atualizações regulares da plataforma para alargar a funcionalidade do sistema.

 

 

 

SEAT é a única companhia no seu sector com a capacidade total de desenhar, desenvolver, fabricar e comercializar automóveis, em Espanha. Membro do Grupo Volkswagen, a multinacional tem a sua sede em Martorell, Barcelona, exportando mais de 80% dos seus veículos, estando presente em mais de 75 países. Em 2014, a SEAT alcançou um volume de negócio de quase 7.500 milhões de euros, o valor mais alto da sua história, com vendas mundiais de 390,500 automóveis.

        

O Grupo SEAT emprega 14,000 profissionais nos seus três centros de produção em Barcelona, El Prat de Llobregat e Martorell, onde fabrica, entre outros, os tão bem sucedidos modelos Ibiza e Leon. Adicionalmente, a companhia produz o modelo Alhambra em Palmela (Portugal), o Mii em Bratislava (Eslováquia) e o Toledo em Mladá Boleslav (República Checa).

 

A multinacional espanhola também conta com um Centro Técnico, que em 2015 celebra o seu 40º aniversário, e que se configura como um ‘núcleo de conhecimento’ com um total de cerca de 900 engenheiros, que têm como objetivo, contribuírem como força impulsionadora de inovação, do investidor industrial número um em I&D em Espanha. Em linha com o seu compromisso declarado na proteção ambiental, a SEAT baseia a sua atividade central na sustentabilidade, nomeadamente na redução de emissão de CO2, eficiência energética e reciclagem de recursos, bem como a sua reutilização. 

 

ATENÇÃO A TODOS OS LEITORES

ATENÇÃO A TODOS OS LEITORES

 

 

 

Caros Amigos,

Acabei de ler e assinar a petição: «Petição Acordo Ortográfico - Exigimos decidir, Exigimos Referendar o Acordo Ortográfico!» no endereço http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=acortog

Pessoalmente concordo com esta petição e cumpro com o dever de a fazer chegar ao maior número de pessoas, que certamente saberão avaliar da sua pertinência e actualidade.

Agradeço que subscrevam a petição e que ajudem na sua divulgação através de um email para os vossos contactos.


 

NOVA SUBMARCA DA HYUNDAI

 

Nova Submarca de Alta Performance
da Hyundai Motor 'N'

 


assume lugar de destaque no Frankfurt Motor Show
 A submarca N vai criar uma nova dinâmica na performance de condução e proporcionar uma experiência de condução emocional para os consumidores.
 Será também apresentado no Salão Automóvel a mais recente competição de automobilismo e dois conceitos dinâmicos.

 

15a Copy15b Copy15c Copy150826 Hyundai-RM15-concept-RR_QTR1_Copy150826 Hyundai-RM15-concept-SIDE_Copy
A Hyundai Motor vai expor a sua submarca de alta performance “N” no Frankfurt International Motor Show 2015. Resultado de testes intensivos e desenvolvimento de produtos, a submarca “N” baseia-se em experiências de automobilismo bem-sucedidas da Hyundai Motor e na capacidade tecnológica para promover futuros modelos orientados para o desempenho e aptos para as pistas de corrida, trazendo 'a estrada mais sinuosa e emocionante' para os consumidores que realmente amam carros.
A N não se baseia apenas no contínuo avanço da Hyundai Motor como principal concorrente no Campeonato Mundial de Rali (WRC), mas também na dedicação da empresa e no investimento para criar carros de alto desempenho marcantes e pioneiros. A submarca conta com a força da Hyundai Motor, de rápido crescimento, e marca o ritmo da mudança dentro da marca, combinando a ambição da empresa em desafiar as perceções e proporcionando conexões reais e emocionais com os consumidores.
Destacando a paixão da Hyundai Motor pelo desempenho e pela competência de engenharia, uma pré-visualização do carro Nova Geração i20 WRC vai aparecer no palco durante o salão do automóvel para demonstrar a ambição de desempenho da Hyundai Motor.
Baseado na nova geração i20, o carro de rally é o primeiro protótipo para o veículo que vai lutar pelo pódio no WRC 2016. Já a decorrer um regime de testes, engenharia e desenvolvimento, o novo carro está a construir a sua especificação de rally final próximo da sua estreia no início do Campeonato do Mundo de Ralis FIA 2016, Rally de Monte Carlo.
Além disso, será introduzido durante a Motor Show, um carro-conceito final mostrando a perspetiva da marca sobre as características de desempenho futuras. O conceito 'Hyundai N Visão 2025 Gran Turismo'* destaca a tecnologia sustentável e o design do carro de corridas, representando verdadeiramente o futuro potencial da Hyundai N. Através deste novo conceito, a Hyundai Motor está a envolver mais os seus fãs e a comunidade online, fazendo com que a paixão e a performance da Hyundai sejam acessíveis a milhões de pessoas ao redor do mundo.
Concluindo, o carro conceito Hyundai RM15 será exibido, representando a paixão da empresa pelo desempenho e sugerindo como as tecnologias direcionadas para o condutor N Hyundai poderão entrar em produção. O conceito de motor central, com um motor 300PS 2.0-litro, está sofrer novos desenvolvimentos no sentido de aplicar a tecnologia de alto desempenho em carros Hyundai Motor de várias e emocionantes formas.
A conferência de imprensa da Hyundai Motor terá lugar no Corredor 6, às 11:30 (CET) na terça-feira, dia 15 de setembro de 2015.
* Hyundai N Visão 2025 Gran Turismo: Este conceito é um novo projeto da Hyundai Motor exclusivo para série de jogos da PlayStation® do Gran Turismo.

 

CHINA SILK ROAD ANULADO POR RAZÕES DE SEGURANÇA

 

TERCEIRO CHINA SILK ROAD RALLY STAGE LOOP
CANCELADO ON preocupações de segurança
 
• Corrida planejado para a cabeça de Alxa Zuoqi para Ejina Qi na quarta-feira de manhã
 
ALXA Zuoqi (Inner Mongolia, China): Funcionários-ter-sido corridas forçado a cancelar terceiro workshop da China Silk Road Rally de terça-feira é Preocupações de segurança.
 
As comunicações do Significou que la HAD equipe --outros nenhuma opção além de anular o curso laço em torno do acampamento perto de Swan Lake na Mongólia Interior Alxa Zouqi.
 
"Nós-encontraram problemas e meios de comunicação de cluster que não há marechais Entre link de comunicações e controle de corrida, por isso fomos deixados sem opção a não ser cancelar --outros o estágio", disse o funcionário da raça Hubert Auriol.
 
O evento está sendo branco Organizado pela China Silk Road Rally Auto Sports Management Company Limited, em associação com a CCTV Sports and Entertainment Company Ltd. e de Pequim Motorsports Development Company, com a plena cooperação da Federação de Desporto Automóvel da China (FASC) e do titular do cargo que ostenta de várias regiões chinesas.
 
Amanhã (quarta-feira) os chefes de rota de Alxa Zuoqi para a cidade de Ejina Qi e corre para 720,47 km. Um link leva 121,91 quilômetros de concorrentes para o início de uma quarta seção seletivo e uma segunda ligação orienta o campo para a parada durante a noite.
 
O palco tem-se encurtado 203,75 km para 159 km de ano para manter a área da segunda secção de ligação alteradas em conformidade e vegetação.
 
Ejina Qi está situado no noroeste do formulário da província de Gansu e foi-a bandeira da região autónoma da Mongólia Interior desde 1956. Ele é executado sob a administração do Alxa League

 

Google TradutorAnexo sem_nome_00001_Copy

 

SEGUNDO A OPINIÃO DE JOÃO CARLOS COSTA

SEGUNDO A OPINIÃO DO JORNALISTA JOÃO CARLOS COSTA

 

Muitas vezes se coloca a questão: qual a receita para tornar o Desporto Motorizado mais apelativo para o público? Na minha opinião, e de muitos outros, é preciso fazer com que os espectadores se sintam cada vez mais parte do show. Como bom americano, de há muito partilhando essa mesma forma de estar, Chip Ganassi levou-a a um patamar ainda mais elevado depois do seu piloto (Scott Dixon) ter ganho no domingo, em Sonoma, mais um título nos IndyCar. O patrão da equipa festejou fazendo... crowd surfing!

 

TEAM MANAIACAR NO PÓDIO

 

Team Manaiacar concluiu temporada com pódio em Cerveira

“Finalmente chegamos ao fim de uma prova este ano, só é pena que o resultado alcançado já não nos sirva de nada em termos de campeonato…” começou por dizer Joaquim Bernardes enquanto aguardava pela subida ao degrau intermédio do pódio no Rali Vila Nova de Cerveira.

       #40 – Joaquim Bernardes / Laurinda Alves – Volkswagen Golf GTi Gr2 : 2º Geral / 1º Grupo 2

O resultado final do “Team Manaiacar” bem poderia ter sido um pouco melhor nesta penúltima jornada do Campeonato Nacional Clássicos de Ralis 2015, não fosse alguns pequenos problemas mecânicos a impedir a dupla Joaquim Bernardes / Laurinda Alves de lutar abertamente pela vitória à geral, mas o facto de finalmente terem terminado uma prova esta temporada acabou por se tornar no prémio mais ambicionado.

”Foi um ano demasiado mau, com muitas avarias e muitas desistências, mas parece que, finalmente, tudo está no caminho certo para a resolução dos problemas com que nos debatemos ao longo da época, a qual terminou para nós após a subida ao pódio aqui em Cerveira, com o magro paladar ao título alcançado no Grupo 2 do “Nacional de Clássicos”. Gostaria de aproveitar a ocasião para dar os parabéns aos nossos sucessores e novos Campeões absolutos!

Agora vamos continuar a desenvolver o Golf tendo em vista a próxima época, na qual esperamos poder regressar com a máquina a 100% para que possamos lutar pela revalidação do título absoluto.

Resta-me agradecer a TODOS os que nos apoiaram ao longo da temporada, filhos, patrocinadores, familiares e amigos e ao mesmo tempo relembrar-lhes que até ao final do ano o Golf ainda vai lutar noutras provas pelo único resultado que nos interessa…a vitória!” concluíu Joaquim Bernardes.1GTL 3757_Copy2DPI22383 Copy

 

TIAGO REIS COM PROBLEMAS EM CERVEIRA

 

Cerveira devido a um diferencial partido.

 

O antigo campeão nacional absoluto e campeão em título da Categoria 3 começou a Rampa de Cerveira apostado em intrometer-se na luta com as melhores barchettas. Contudo, o Ford Fiesta RS Cosworth começou a apresentar problemas que viriam a agravar-se e a obrigar mesmo Tiago Reis a falhar a derradeira subida oficial, devido à quebra do diferencial dianteiro.

 

Foi pena mas são coisas que acontecem nas corridas. Desta vez foi a mecânica que não colaborou mas a equipa vai tentar perceber o que se passou para garantirmos que não volta a acontecer. Esta era uma rampa onde eu já tinha ganho em 2013 e como tal tinha aspirações a um bom resultado, comentou Tiago Reis, que fez a primeira subida de prova em 2m11,4s, vindo a terminar no 10º lugar da geral.

 

Apesar do azar na prova minhota, o piloto da Transfradelos está a caminho de novo título na Categoria 3 e também continua nos lugares cimeiros do campeonato absoluto, onde terá que deitar uma pontuação fora para as contas finais.

 DSC 1703_Copy

 

EDGAR REIS EM DESTAQUE EM CERVEIRA

 

Edgar Reis e Porsche 997 em destaque na Rampa de Cerveira

 

Além de garantir nova vitória na Categoria 2, Edgar Reis ficou no top 4 da geral logo atrás das melhores barchettas na Rampa de Cerveira, a sexta prova do Campeonato Nacional de Montanha.

 

Cada vez mais habituado ao potente e espectacular Porsche 997 GT3 Cup, Edgar Reis fez uma Rampa de Cerveira de excelente nível, terminando no quarto lugar da geral só atrás de três barchettas. O piloto da Transfradelos estabeleceu um tempo de 2m08,5s na segunda subida de prova, um registo que só foi melhorado pelos três protótipos que dominaram a rampa minhota.

 

Assim, Edgar Reis confirmou a terceira vitória da época na Categoria 2 e está cada vez mais próximo do título nesta competição.

 

“As coisas correm-nos bem em Cerveira. O carro esteve impecável e eu consegui entrar no segundo 08 logo na primeira subida de prova. Este bom resultado é um prémio para toda a equipa e agora esperamos confirmar o título da Categoria 2 para fecharmos o ano em beleza”, concluiu Edgar Reis.

 

No calendário do CNM, a próxima prova é a Rampa do Caramulo a 12 e 13 de Setembro que antecede o fecho do campeonato na Rampa da Penha, a 26 e 27 de Setembro.

 DSC 1736_CopyDSC 2254_Copy

 

LUIS MOTA EM CERVEIRA

 

Luís Mota com “boa colheita” em Cerveira»

Foi um resultado bastante positivo o da dupla Luís Mota e Alexandre Ramos na antepenúltima ronda do Campeonato FPAK Ralis Norte, o Rali Vila Nova de Cerveira.

Estando já há alguns meses sem realizar ralis em piso de asfalto, a dupla da Competisport regressou com o competitivo Mitsubishi EVO IV, centrando os seus objetivos na luta pelo campeonato entre os X3.

Num rali que contou com um bom lote de pilotos candidatos ao top 10, o piloto foi fazendo uma prova em crescendo melhorando especial após especial os resultados, terminando a última classificativa cronometrada “à porta do top five”.

Após as sete provas especiais de classificação, Luís Mota e Alexandre Ramos levaram o Mitsubishi EVO IV à 2ª posição no campeonato destinado ao X3, sendo os 6º da geral e 4ª em termos absolutos.

“A prova correu bem dentro daquilo que estávamos a contar. Tínhamos noção que contávamos com bons adversários, mas acima de tudo deu para divertir, estas especiais são bastante exigentes, o calor não ajudou em nada, mas conseguimos subir à segunda posição entre os X3, que era a nossa principal luta”, salientou o piloto do Cartaxo.

A Competisport prossegue, a 11 e 12 de setembro com o Rali Cidade de Gondomar.Luis Mota_1_CopyLuis Mota_2_Copy

 

SURF N O BRASIL

 

Divulgação
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Adriano de Souza
Alta | Web
Divulgação
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Adriano de Souza
Alta | Web
Divulgação
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Adriano de Souza
Alta | Web
Entrevista com Adriano de Souza: "Estar na liderança é bom, mas não é tudo"

Restando meia temporada do WSL pela frente, atual líder do ranking reflete sobre primeira metade do ano e diz quais serão seus desafios no caminho para o título mundial
Em Trestles, neste mês de setembro, Adriano de Souza (Hawaiian Dreams (HD), Red Bull, Oi, Mitsubishi, Oakley, G-Shock, CI Surfboards, FCS, Estácio, Welcome Surf Trips, All It Host) vestirá pela sétima vez a camisa amarela e se igualará a Gabriel Medina como o atleta que mais usou a lycra amarela endereçada ao líder do ranking desde que a ideia foi instituída em 2014. Além deles, Filipe Toledo também usou a camisa neste período e só Mick Fanning a utilizou durante uma etapa por conta de um critério de desempate quando estava empatado com Toledo na etapa de Margaret River.

Quem vê Adriano no topo do ranking não imagina o drama que o brasileiro passou no ano passado por conta de uma contusão que o tirou da etapa final de 2014. Às vésperas da etapa norte-americana, o atleta do Guarujá analisa a primeira metade da temporada e projeta o que espera para a reta final, uma vez que ainda é o nome a ser batido no topo do ranking na briga pelo que seria o segundo título brasileiro na WSL.

Confira o bate-papo:

Como foi seu final de ano, começo de ano? Você esperava ter começado o ano tão bem depois da seria contusão sofrida que te fez ficar de fora das etapas finais de 2014?
O final de ano foi bem complicado; na verdade não foi fácil assistir o Gabriel ser campeão do mundo de casa. Uma por que sempre lutei para ser o primeiro campeão do mundo e segundo por não estar la e dar um abraço nele por esse tao desejado título. Mas isso me deu uma grande motivação para iniciar o ano de 2015 com o pé direto e graças a Deus todo o planejamento deu certo ate o momento que seria chegar nessa fase final disputando o título. Comecei o ano muito bem, mas depois rolou uma certa pressão e posso dizer que tive uma certa dificuldade em manter o equilíbrio, mas se Deus quiser nessa reta final da California ate o Hawaii eu vou voltar a surfar como sei e como quero e tentar chegar ao meu tão sonhado titulo mundial.

Você ainda sente o joelho?
Graças a Deus não sinto mais nada no joelho. Não tenho nenhum receio de fazer as manobras e já nem lembro que tive a contusão tão seria ano passado.

Voltando ao começo do ano... Comentaram sobre a possibilidade de você não ter conseguido o visto para a Australia. Você chegou a temer por sua temporada de 2015?
Sobre o problema do cisto, realmente em um certo momento achei que não iria para a Australia. Estava muito difícil tentar explicar e ser perdoado por um erro que cometi. Eu acabei ficando mais tempo do que o visto era permitido, mas a verdade é que eu sabia que eu tinha o visto, mas não percebi a duração deste. Eu sempre peguei o visto apresentando o meu calendário de campeonatos e treinos e quando recebi o visto achei que tivesse conseguido para o período que eu havia pedido, porem não foi e isso que me atrapalhou. Mas graças a Deus que no dia que a minha passagem estava comprada para poder ir para a Austrália tive a notícia pela manha de que o meu visto tinha saído. Foi um presente que recebi do governo australiano no último minuto e talvez com isso vim tao inspirado para competir e consegui três grandes resultados.

Você sabia que os brasileiros são recordistas em usar a camisa amarela, né? Sei que você comentou que não se incomoda em perdê-la, pois o que importa é o final do ano, mas, para o Brasil e para você também, ter ela é bom, né?
É bem legal o Brasil estar liderando o circuito e mantendo um histórico com a camisa amarela e com grandes resultados, mas para o surfista em geral, estar em primeiro lugar ou não é indiferente, pois o que importa mesmo é chegar na última etapa com chances de conquistar o titulo mundial. Então o meu objetivo é de realmente chegar em Pipe com grandes chances de ser campeão mundial. Estar entre os cinco primeiros lugares, com grandes chances de conquistar o titulo será improtante. Estar na liderança é bom, mas não é tudo. O que vale realmente e o que eu quero é depois da ultima etapa: ter o meu nome em primeiro lugar.

Restando quatro etapas para terminar a temporada. O que você espera?
Acho que todas as etapas serão extremamente difíceis. Além da pressão natural, todos os atletas estão surfando muito bem. Acredito que estou em um bom ritmo, o que será um fator positivo para mim, e são etapas que ja tive resultados expressivos. Na California já tive um terceiro lugar, em Portugal já ganhei, na Franca já fiquei em terceiro, também…. Lógico que isso não significa nada, mas para me motivar e saber que se eu conseguir nesse ano de 2015 esses resultados que ja consegui obter no passado chegarei com grandes chances em Pipe de conseguir meu primeiro título mundial. Mas claro que competir não é tao fácil como falar, mas espero ir bem e com certeza atingir meu objetivo.

Para terminar, não vamos falar desse ano, pois você esta disputando um titulo, mas se tivesse que dar três nomes para futuros campeões brasileiros - tirando você e o Medina - quem vc acha que o mundo do surfe deveria se preocupar?
É bem complicado de falar nos dias atuais quem será o proximo atleta. O Brasil hoje está numa fase que cada dia que passa escutamos uma nova revelação surgindo, o que é muito bom para o surf. Mas hoje na atualidade o Filipe é o cara que pode ser campeão do mundo não somente esse ano mas também nos próximos anos. Ele esta com um surf afiadíssimo. O Gabriel também é outro que esta voltando ao nível dele do ano passado, surfa muito e com certeza poderá ganhar outros títulos mundiais também. Então eu acredito que o surf nacional ira se concentrar nesses dois nomes como os grandes talentos do Brasil nos próximos cinco anos com certeza.

 

PAULO GONÇALVES NA LIDERANÇA

 

Paulo Gonçalves já está no Chile e comanda classificação após prólogo do Atacama Rally

 

Anexo sem_nome_00004_Copy
Piloto português ocupa o 5.º lugar no “Mundial” de Ralis Todo-o-Terreno mas mantém as esperanças à conquista do título.
A quinta ronda do Campeonato do Mundo de Ralis Todo-o-Terreno – o Atacama Rally 2015 – decorre até ao próximo dia 5 de setembro no Chile com Paulo Gonçalves a ser um dos principais favoritos à vitória final.
A prova teve início hoje com um curto prólogo que definiu a ordem de partida para a primeira etapa e teve como vencedor o piloto português da equipa oficial Honda, Paulo Gonçalves, num total de 58 segundos.
“Hoje, com o prólogo, começamos a quinta prova do Campeonato do Mundo de Ralis Todo-o-Terreno. É uma corrida muito importante a todos os níveis, mais um importante teste para o próximo Dakar mas também para o campeonato. Depois desta prova temos apenas mais uma jornada em Marrocos e por isso todos os pontos são importantes na luta ainda possível pelo título mundial. Temos agora cinco etapas pela frente aqui no Chile, venci o prólogo e espero manter-me na liderança com a Honda CRF450 Rally até ao último quilómetro”, comentou Paulo Gonçalves.
Amanhã, terça-feira, realiza-se a primeira de cinco etapas que no final irão somar um total aproximado a 2.000 quilómetros, em grande parte na área de Copiapó, a capital da região de Atacama. Navegação exigente, deserto, pistas de areia, dunas e até mesmo algumas notas de montanha vão pôr à prova os concorrentes nesta penúltima prova do calendário mundial.
Paulo Gonçalves chegou a esta ronda no quinto lugar do Campeonato do Mundo de Ralis Todo-o-Terreno, com um total de 39 pontos, mas com duas provas ainda por disputar – além do Atacama Rally 2015 o “Mundial” terá ainda a derradeira jornada no início do mês de outubro em Marrocos – tudo está em aberto no que respeita à luta pelo título com a saída do espanhol Marc Coma.
Acompanhe Paulo Gonçalves em www.facebook.com/PauloGoncalvesFansPage

 

RESULTADO POSITIVO PARA ANDRÉ OLIVEIRA

 

André Oliveira «resultado é positivo»

André Oliveira e Sérgio Rocha prosseguiram o seu plano desportivo este fim de semana com a edição de 2015 do Rali Vila Nova de Cerveira, a penúltima ronda da Taça FPAK Ralis Asfalto.

A prova em piso de asfalto contou com um bom lote de pilotos, num rali que foi bastante disputado e onde o muito calor também fez questão de aparecer, não ajudando em nada a prestação das equipas.

Ainda antes da prova começar o jovem piloto famalicense sofreu uma contratura muscular no ombro prejudicando-o durante toda a prova sobretudo logo na primeira especial do rali que teve palco no sábado à noite.

No domingo, nas primeiras especiais entraram cautelosos, mas na segunda “ronda” pelas especiais entraram muito mais confiantes e fizeram uma notável recuperação, que os levou à 11ª posição da geral, 2º na Taça FPAK Ralis Asfalto – X5.

Como refere o piloto do Renault Twingo R2 “foi um rali muito positivo. Conseguimos por fim a uma série de azares que nos vinha acontecendo nas últimas provas e com um carro que esteve perfeito de princípio a fim, os resultados acabaram por surgir. Da parte da manhã entramos um pouco cautelosos demais e a contratura muscular no ombro dificultou um pouco a concentração e o ritmo na parte inicial do rali. Evoluímos bastante ao longo de toda a prova e isso resultou numa condução com garra e confiança nas segundas passagens.

Falhamos o objetivo principal de vencer a prova no entre os X5 da Taça, mas os nossos adversários disponham de carros bastante superiores ao nosso, pelo que só com um azar dos mesmos teríamos chegado à vitoria. Ainda assim, o segundo lugar é muito positivo e apesar das contas não estarem a nosso favor, temos ainda condições de vencer o campeonato.

Deixo ainda um agradecimento especial ao meu navegador e também à minha equipa por todo trabalho e dedicação neste rali e também aos nossos parceiros no projeto, Delta Cafés, Casa Pêga Restaurante, Grupo Mar Comercio de Bacalhau, Imagin Publicidade, Câmara Municipal da Maia, Casta Pura Garrafeira, Auto Reparadora Ribeirais, Gintáqua, nhclima e Presticar”.andre oliveira_1_Copyandre oliveira_2_Copyandre oliveira_4_Copy

 

MAIS NOVIDADES PARA O CARAMULO MOTORFESTIVAL

 

Mais de 30 mil pessoas esperadas na Serra do Caramulo para o evento

 


TUDO A POSTOS PARA A DÉCIMA EDIÇÃO DO CARAMULO MOTORFESTIVAL

 


 Plantel de pilotos de luxo conta com Pedro Lamy, Rui Madeira, Ernesto Nené Neves e António Peixinho
 80 automóveis, clássicos e modernos, alinham na mítica Rampa do Caramulo
 11 nacionalidades esperadas no 1000 Classic - Portugal em Mil Milhas que termina no Caramulo
 Feira de Automobilia do Caramulo completamente esgotada
 Ralis, concentrações e Air Show celebram o espírito dos clássicos
 Escalada, rappel e slide ampliam oferta de actividades outdoors
 Nova exposição “Micro Carros, Grandes Histórias” aberta em horário alargado no Museu do Caramulo durante os dias do festival

 


 É já este fim-de-semana que a emoção e a paixão pelos clássicos regressam à Serra do Caramulo. Na sua décima edição, o Caramulo Motorfestival – Festival Internacional de Automóveis Clássicos e Desportivos (4 a 6 de Setembro, Caramulo), que arranca sexta-feira, apresenta um programa recheado que conta com muitas novidades, actividades para toda a família, e um painel de pilotos convidados nunca visto em dez edições de evento.

Esperam-se mais de 30 mil pessoas este fim-de-semana no Caramulo, para participar no evento de referência dos clássicos em Portugal, que reúne, todos os anos nos primeiros dias de Setembro, aficionados e o público em geral para viver e celebrar o espírito dos clássicos.
Este ano, o Caramulo Motorfestival conta com leque de pilotos convidados sem precedentes. Estão confirmadas as presenças de Pedro Lamy, que estará pela primeira vez no Caramulo Motorfestival, de Rui Madeira, que regressa à Serra no ano em que assinala 25 anos de carreira em ralis, e dos super veteranos Ernesto “Nené” Neves e António Peixinho que que fizeram furor nos anos 60 e 70. Igualmente confirmado está Diogo Gago, piloto oficial da Peugeot Sport em 2015, apontado como a grande esperança dos ralis em Portugal. Em representação das duas rodas, estará Nuno Caetano da KS Racing Team, e, ainda, Rodrigo Correia, o jovem piloto que se encontra a disputar o Campeonato Nacional de Karting – Cadete e que percorrerá os palcos do Caramulo em duas ou quatro rodas. A completar este leque de pilotos de luxo, estarão Filipa Peres, Campeã Nacional de Downhill e Tiago Magalhães, Vice-Campeão de SuperBike e actual líder do Campeonato, que regressam também este ano ao Caramulo Motorfestival.
Um dos pontos altos do evento será, como já é a tradição, a Rampa Histórica do Caramulo, prova direcionada aos automóveis clássicos, históricos e de competição, que este ano vai alinhar mais de 80 automóveis, tanto em velocidade como em regularidade. Este plantel vai ainda incluir cerca de 30 automóveis clássicos participantes no 1000 Classic - Portugal em Mil Milhas, que partiu do Cascais Classic Motorshow e termina no Caramulo, depois de percorrer o país. São esperadas 11 nacionalidades diferentes na Rampa Histórica do Caramulo, fazendo desta a mais internacional de todas as rampas de Portugal.
Também regressam nesta edição o Rally Histórico Luso-Caramulo, o Passeio Histórico Viseu-Caramulo, o Passeio Clássico Tondela-Caramulo, o Rally Targa-Caramulo, os passeios ACP Clássicos, Salamanca-Caramulo, a concentração Vespa Caramulo, a Raiada, dedicada às bicicletas antigas, a Feira de Automobilia do Caramulo, e as Concentrações de automóveis e motociclos clássicos no Caramulo (Clubes).
Actividades para toda a família
Para além das iniciativas diretamente ligadas ao universo automóvel, a organização do Caramulo Motorfestival continua a apostar numa programa mais abrangente, dirigido ao público em

geral e às famílias em particular, e que inclui atividades lúdicas Outdoor, parques infantis insufláveis, e bares e zonas chill out com música durante todo o evento.
Entre estas actividades, destaque para a área de desportos radicais, instalada no centro do recinto, e que conta com uma torre de escalada, rappel e slide, uma pista todo-o-terreno com jeeps em demonstração e uma pista downhill.
Este ano marca também a chegada do Glamping à Serra do Caramulo, graças a uma parceria entre o Caramulo Motorfestival e Sleep em All, que traz ao evento uma nova solução de alojamento temporário.
Air Show e exposição “Micro Carros, Grandes Histórias” no Museu do Caramulo
Ao longo dos três dias de evento, o público vai poder desfrutar de outro clássico do Motorfestival que atrai todos os olhares: o espetáculo aéreo de aviões clássicos, a cargo do Aero Club Vintage e do Museu Aero Fénix, que conta com modelos históricos como o Beechcraft C45, pilotados por experientes aviadores. No ano em que se celebram 70 anos sobre o fim da Segunda Guerra Mundial, está de volta a parada “Jeep Attack”, constituída por veículos militares e que fará o desfile pela Rampa do Caramulo no Domingo, dia 6.
Como já é tradição, o Museu do Caramulo inaugura uma nova exposição que coincide com o Caramulo Motorfestival. Os microcarros serão as estrelas da exposição temporária “Micro Carros, Grandes Histórias”, patente no Museu do Caramulo, que estará aberto em horário alargado nos três dias do evento. A exposição é dedicada a alguns dos principais automóveis que caracterizam a revolução motorizada sentida nos períodos do pós-guerra, vivida um pouco por todo o mundo, assim como vários projectos portugueses, incluindo alguns que nunca vieram à luz do dia.
“Micro Carros, Grandes Histórias” serve também de enquadramento à primeira acção de crowdfunding lançada pelo Museu do Caramulo, intitulada “Salvem o Messi” e cujo objectivo é angariar fundos para o restauro de um microcarro Messerschmitt KR200 de 1958, que integra a colecção do Museu. A campanha “Salvem o Messi” tem por objectivo angariar os 5.000 euros necessários para o restauro do Messerschmitt e decorre, offline e online (www.salvemomessi.com), até 21 de Outubro de 2015.

 

NOVA GAMA DE PRODUTOS MERCEDES BENZ SPRINTER E VW CRAFTER

 

Nueva gama de productos adecuados para Mercedes-Benz Sprinter y
VW Crafter/LT II
DT Spare Parts aumenta su gama completa
Con la nueva gama de productos de la marca DT Spare Parts adecuados para Mercedes-Benz Sprinter y VW Crafter/LT II se aumenta sistemáticamente su gama completa de recambios para vehículos industriales. Con el nuevo catálogo de recambios, los socios distribuidores de la marca DT Spare Parts y sus clientes tendrán acceso a más de 1 200 recambios adecuados para furgonetas que se cruzan con alrededor de 1 700 números de referencia de Mercedes-Benz y unos 1 000 de VW. Se beneficiarán del ahorro de tiempo que supone el “One-Stop-Shopping”, de la búsqueda libre de recambios y del suministro de confianza de piezas adecuadas para Mercedes-Benz Sprinter y VW Crafter/LT II de calidad garantizada.
Además de información general, la introducción del catálogo incluye una extensa tabla de referencias cruzadas para identificar rápidamente los recambios de la marca DT Spare Parts. Los juegos de reparación especiales ("Special DT Kits") que incluyen, como servicio, todos los recambios necesarios para una reparación completa bajo un solo número de referencia, están marcados con una "S" en el catálogo. Además, se puede iniciar una búsqueda rápida para cada artículo utilizando los códigos QR.
El nuevo catálogo de recambios adecuados para Mercedes-Benz Sprinter y VW Crafter/LT II está disponible, como siempre, como catálogo digital online en http://dcat.dt-spareparts.com y, gracias a la combinación del número de referencia y de la función de búsqueda de texto, se identifica rápidamente al producto deseado.



Los usuarios de terminales móviles también pueden acceder a los catálogos digitales en la página web http://m.dt-spareparts.com. Los excelentes catálogos impresos de recambios se pueden solicitar utilizando el formulario de pedido en la web http://cat.dt-spareparts.com o, como siempre, a través de los socios distribuidores locales. Todos los productos también aparecen en TecDoc y en otros catálogos electrónicos de recambios.
Los vehículos Mercedes-Benz Sprinter y VW Crafter se encuentran entre los modelos más vendidos en el creciente mercado internacional de furgonetas. Su éxito tiene una historia común. La primera generación de Mercedes-Benz Sprinter es estructuralmente idéntica a VW LT (2ª generación). Ambas celebran su 20º aniversario este año. La segunda generación de la Mercedes-Benz Sprinter, cuya estructura es idéntica a VW Crafter, se produce desde el 2006. En ambos casos, existen diferencias en su motorización y en su apariencia visual.
Los vehículos industriales ligeros desempeñan un papel fundamental para comerciantes, proveedores de servicios, mensajeros, servicios de paquetería express, y transporte regional. Su versátil carrocería permite un sinfín de usos, desde el furgón hasta la autocaravana, pasando por el camión plataforma y el midibus. El comercio por internet y las nuevas demandas logísticas son los factores clave del crecimiento del parque móvil de furgonetas. Cada vez más flotas confían en los vehículos industriales ligeros para el transporte regional de productos y para amortiguar el efecto de los picos de demanda y las averías.
Europa es su mercado más importante, seguida por la región de la Gran China y Sudamérica. La importancia de los vehículos industriales más ligeros seguirá aumentando en las próximas décadas especialmente en América del Norte y del Sur, Europa, Gran China y Rusia.
DT Spare Parts es una marca líder de productos en el mercado independiente de recambios y ofrece una gama completa con más de 30.000 recambios para vehículos industriales con una calidad garantizada. Bajo la marca DT Spare Parts, Diesel Technic ofrece sus propios productos y no recambios originales del fabricante. Los socios distribuidores de 150 países aseguran un suministro fiable de recambios con productos de la marca DT Spare Parts y a nivel local ofrecen el mejor servicio posible. 

 

CRM MOTORSPORT QUER VENCER EM PORTIMÃO

 

Ambição renovada para Portimão

 

CRM Motorsport procura novo triunfo nas Single Seater Series

 

A CRM Motorsport aposta nas Single Seater Series e quer lutar mais uma vez pelas vitórias, desta vez no Autódromo Internacional do Algarve. Com três carros inscritos, a formação liderada por Tiago Raposo Magalhães assume a candidatura aos triunfos com Gonçalo Inácio, que lidera a competição.  João Pedro Cristóvão espera evoluir positivamente face à primeira jornada, enquanto Gonçalo Cardal se estreia na disciplina.

 

Para o vencedor das duas primeiras corridas, em Braga, e primeiro classificado nas Single Seater Series, a jornada de Portimão é uma oportunidade para cimentar a liderança na competição. Gonçalo Inácio tenciona, assim, dar um passo importante rumo ao título desejado.

 

João Pedro Cristóvão evoluiu de uma corrida para a outra na primeira jornada e agora procura subir na classificação. O objectivo é claro. Para o piloto do Mygale Sj97, chegar ao pódio é uma das metas definidas para esta época e acredita que pode fazê-lo já no circuito algarvio.

 

Gonçalo Cardal junta-se à CRM Motorsport nas Single Seater Series, e procura mostrar em competição o potencial evidenciado nos treinos já realizados com a equipa que o acompanha há algum tempo.

 

“Vamos para Portimão com o desejo de ser protagonistas. No geral, a temporada começou bem para a CRM Motorsport mas queremos melhorar os nossos resultados com boas prestações de todos os pilotos. O Gonçalo Inácio é candidato ao título e quer voltar a vencer. O João Pedro tem uma oportunidade de mostrar a sua competitividade, enquanto o Gonçalo Cabral já nos mostrou algum do seu potencial durante algumas sessões de testes e não temos dúvidas que está preparado para dar o passo seguinte”, afirmou Tiago Raposo Magalhães.

 

 01 antevisao_Copy

 

CRM MOTORSPORT ACREDITA NO TITULO

 

CRM Motorsport acredita no título

 

Equipa quer recuperar terreno em Portimão

 

José Pedro Faria e Miguel Cristóvão já esqueceram os azares vividos em Vila Real e renovam a ambição de lutar pelas vitórias nas corridas do campeonato nacional de sport protótipos que se realizam em Portimão já no próximo fim-de-semana.

 

A dupla do Wolf GB08 chega ao Algarve com o objectivo de recuperar os pontos perdidos na última jornada e reentrar na luta pelo título. A equipa sabe que não tem uma tarefa fácil pela frente. A concorrência é forte e preparou-se para esta ronda, mas José Pedro Faria e Miguel Cristóvão estão totalmente concentrados neste objectivo.

 

“A última prova não correu como desejávamos por factores que nos ultrapassam. Mas depois da demonstração de empenho e competência por parte de todos os elementos da equipa, acreditamos que estamos mais fortes. Sabemos que temos capacidade para vencer e vamos procurar ganhar em Portimão para voltar aos primeiros primeiros lugares da classificação no campeonato”, afirmou o líder da CRM Motorsport, Tiago Raposo Magalhães.

 

A primeira corrida do fim-de-semana realiza-se no sábado entre as 17h30 e as 18h20. No domingo está marcada o segundo confronto entre 12h15 e as 12h40.

 01portimao antevisao_Copy

 

JLR COM NOVA ORGANIZAÇÃO

 

NOVA ORGANIZAÇÃO NO

DEPARTAMENTO DE MARKETING JAGUAR LAND ROVER IBERIA

 

 

 

 

  • Jaguar Land Rover Iberia anuncia a nova estrutura do seu Departamento Marketing, efetiva a partir de , Anexo sem_nome_00001_Copy 1 de setembro de 2015.
  • O Departamento de Marketing, até agora estruturado por marcas, Jaguar ou Land Rover, passa a estar organizado segundo as diferentes áreas operacionais.
  • Oscar Oñate, Diretor Geral de Marketing, mantém a direção desta área e reporta, como até agora,  ao Presidente e Conselheiro Delegado da empresa, Luis Antonio Ruiz.
  • Com estas alterações, realizadas também noutros mercados europeus, a Jaguar Land Rover passa a ter um departamento Marketing ainda mais competitivo a nível mundial.

 

 

A Jaguar Land Rover Iberia anuncia a nova estrutura do seu Departamento de Marketing, organizado agora por áreas operacionais. A equipa liderada por Oscar Oñate, Diretor Geral de Marketing da empresa, levará a cabo todas as ações do departamento e é composta pelos seguintes elementos:

Diretora de Produto – Carmen Francés

Diretor de Publicidade – Juan Martin Quiñonero

Diretor de Estratégia de Clientes (CRM) – Julio Casanova

Coordenadora de Eventos e Patrocínios – Mariel Sirio

 

Oscar Oñate continua a reportar, como até agora, ao Presidente e Conselheiro Delegado da Jaguar Land Rover Iberia. Para Oñate, “até hoje, os departamentos de marketing a nível europeu estavam organizados por marcas: Jaguar ou Land Rover. Agora, com estas alterações, seremos muito mais operacionais, conseguindo assim dar um maior enfoque e atingir uma maior especialização em cada uma das áreas que compõem este departamento. Estou certo de que estas alterações vão refletir-se rapidamente no nosso dia a dia. Conto com toda a minha equipa, Francés, Martin Quiñonero, Casanova e Sirio para atingir excelentes resultados, no contacto com os nossos clientes e também com a Rede de Concessionários da Jaguar Land Rover Ibéria”.

 

Informação aos Editores

 

Carmen Francés, Diretora de Produto - Licenciada em Sociologia e Ciências Políticas e master em Marketing e Gestão Comercial, pela “ESIC - Business & Marketing School”, iniciou a sua carreira na Jaguar Hispania em 1993. Desempenhou diversas funções nas áreas de Atenção ao Cliente, Formação e em Marketing, como Brand Manager. Em 2007, assume a direção do Departamento de Desenvolvimento da Rede das marcas Jaguar e Land Rover para os mercados espanhol e português. Em janeiro de 2010 é nomeada Diretora de Operações de Pós-Venda da Jaguar & Land Rover Espanha e Portugal e, em maio de 2014, passa a dirigir a Direção de Marketing da marca Land Rover.

 

Juan Martin Quiñonero, Director de Publicidade Licenciado pela “ESIC - Business & Marketing School” e Honours Degree em Business Administration da Universidade de Lincolnshire & Humberside. Foi nomeado, em 2000, Diretor de Marketing da Land Rover e, em maio de 2014, assume a Direção de Marketing da marca Jaguar.

 

Julio Casanova, Diretor de Estratégia de Clientes (CRM) - Técnico Especialista Automóvel e Mestre em Gestão de Empresas pela Câmara de Comércio de Madrid. Desenvolveu praticamente toda a sua carreira profissional no sector automóvel. Em 2000, é nomeado Coordenador de Produto da Land Rover, posição que ocupa até janeiro de 2010, quando assume a Direção de Marketing da Jaguar Espanha e Portugal. Em 2012, passa a liderar a direção da área de CRM das duas marcas.

 

Mariel Sirio, Coordenadora de Eventos e Patrocínios - Licenciada em Gestão de Empresas e Marketing pela Universidade Crandon College, de Madrid, começou a trabalhar para o grupo, em 2001, como Responsável de Eventos e Publicidade de Concessionários. Em 2003, assume a área de publicidade das marcas Jaguar e Land Rover em Portugal e Espanha e é, desde 2009, responsável pela publicidade e eventos da marca Land Rover. A 1 de setembro assume a pasta de Eventos e Patrocínios da Jaguar Land Rover Iberia.

 

Jaguar Land Rover

 

  • Em 2015/16, a Jaguar Land Rover irá investir 3.600 milhões de libras na criação de novos veículos e em investimentos de capital. Neste mesmo período, a companhia irá lançar 12 novos veículos totalmente atualizados, produzidos nas suas instalações de produção britânicas, como o Jaguar F-PACE, produzido em Solihull.
  • A Jaguar Land Rover conta com três instalações de produção de veículos e com um novo Engine Manufacturing Centre no Reino Unido:
  1. oEm Castle Bromwich, com uma equipa de 3.500 colaboradores, são produzidos o Jaguar XF, o Jaguar XJ e o Jaguar F-TYPE
  2. oEm Halewood, com 4.500 funcionários, são produzidos o Range Rover Evoque e o Land Rover Discovery Sport.
  3. oEm Solihull, com 9.000 colaboradores, são produzidos o Range Rover, o Range Rover Sport, o Land Rover Discovery, o Land Rover Defender e o Jaguar XE.
  4. oNo Engine Manufacturing Centre é produzida a família de motores "Ingenium", começando com a versão diesel de 2,0 litros incorporada no Jaguar XE. Contará com uma equipa de 1.400 funcioná
  • A Jaguar Land Rover conta com duas instalações de produção fora do Reino Unido e com presença local na Índia, onde é realizada a montagem de veículos:
  1. oChery Jaguar Land Rover, a sua joint venture na China, produz o Range Rover Evoque e conta com mais de 2.500 funcionários.
  2. oO Brasil terá as primeiras instalações de produção propriedade da Jaguar Land Rover noutro continente. Estará operacional no início de 2016 e, com uma equipa de 400 funcionários, irá destinar-se à produção do Discovery Sport.
  3. oA Jaguar Land Rover conta com uma presença local na Índia, onde é realizada a montagem de veículos desde 2011. Atualmente são montados neste país os modelos Range Rover Evoque, Jaguar XF e Jaguar XJ.
  • Em 2014, a Jaguar Land Rover vendeu 462.678 veículos, o que representou um aumento de 9%. Deste valor, as vendas da Jaguar foram de 81.570 veículos e as da Land Rover ascenderam a 381.108 veículos.  

 

 

JET SKY NO BRASIL

 

FABIANO SILVA LIDERA EM DUAS CATEGORIAS

NO 28º CAMPEONATO BRASILEIRO DE JET SKI

O gaúcho de Canoas disputará a partir deste sábado, as duas etapas finais da competição, no Tahiti Náutica Club, em Ribeirão Pires (SP).

 

 O gaúcho Fabiano Silva lidera em duas categorias no 28º Campeonato Brasileiro de Jet Ski e está empolgado para disputa das duas etapas decisivas, que serão realizadas de sábado a segunda-feira (5 a 7). O piloto de Canoas é um dos destaques do evento que começará diariamente, às 10 horas, na Represa Billings, no Tahiti Náutica Club, em Ribeirão Pires, na Grande São Paulo.

Silva lidera na Runabout Pro Aspirado Stock e Super Course Pro Stock Aspirado, além da segunda colocação na Runabout Limited Aspirado, Super Course Limited Aspirado e Super Course GP Aspirado. Também está em terceiro na Runabout Limited Turbo. ?Na primeira etapa montamos um equipamento novo para Stock e venci ambas. Para disputar a Limited e GP utilizei um jet com menos potência que os outros, mesmo assim garanti a segunda colocação. Para essas duas etapas decisivas competirei com equipamento novo e tentarei garantir os títulos?, explicou.

O piloto do Rio Grande do Sul terá de disputar um grande número de baterias, por isso vem treinando forte em academia para adquirir resistência. Além disso, terá novo equipamento, o modelo Yamaha VXR 1.8 aspirado, e conta com a experiência de 17 anos em competições. Seu objetivo é aumentar o número de títulos nacionais no currículo que já conta com cinco.

Para a segunda e terceira etapas do 28º Campeonato Brasileiro de Jet Ski, Fabiano Silva espera muito equilíbrio nas baterias e maior número de pilotos participantes, em relação a etapa de abertura, em Boa Esperança (MG). ?Vou me empenhar ao máximo para obter bons resultados?, acrescentou.

Além do título nacional, os pilotos também lutam por vagas no Campeonato Mundial, que será realizado de 3 a 11 de outubro, em Lake Havasu, no Arizona (EUA). A definição acontecerá ao término dessas duas etapas Campeonato Brasileiro.

A segunda e terceira etapas do 28º CAMPEONATO BRASILEIRO DE JET SKI GRAND PRIX 2015 é uma realização da BJSA ? ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE JET SKI, com homologação da IJSBA ? INTERNATIONAL JET SPORTS BOATING ASSOCIATION. Produção - CPM7 FULL PROMOTION. Patrocí­nio ? TAHITI NÁUTICA CLUB. Apoio oficial: PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO PIRES, SPETO IMPORT, YAMAHA DO BRASIL, NATURAL RACING, FLY X, GLOBOJET, RADICAL PEÇAS, REVISTA BOAT SHOPPING, www.photojetski.com.br, FULLPOWER ENERGY, TOALHAS SÃO CARLOS, COPTERCAM, CASARINI e LogiGO. O evento conta com a supervisão da MARINHA DO BRASIL e CORPO DE BOMBEIROS DO ESTADO DE SÃO PAULO, além da Polí­cia Militar do Estado de São Paulofabiano silva_4_Copy
 

KARTING NO BRASIL

 

Henri Forest vence corrida em São Luís e é vice-campeão do Norte-Brasileiro de Kart
Maranhense também liderou a outra prova, mas teve de abandonar após quebra do chassi. Agora, o piloto se prepara para campeonato em Interlagos, o mais famoso kartódromo do país
O Kartódromo João Sallem, em São Luís, recebeu no último sábado (29) um grande evento do kartismo nacional, a 2ª edição do Campeonato Norte-Brasileiro de Kart, com cerca de 90 pilotos correndo em sete categorias. Na Junior, destinada a pilotos entre 12 e 15 anos, Henri Forest foi um dos grandes destaques. Correndo em casa, o maranhense foi o mais rápido dos treinos, chegou a liderar a primeira corrida e venceu a segunda com grande vantagem, terminando assim como vice-campeão.

Nesta temporada, Henri tem se dedicado ao principal campeonato estadual do país, em São Paulo, e também disputou o Campeonato Brasileiro e o Sul-Americano de Kart. Por isso, o piloto de 13 anos ficou muito feliz por voltar a competir na pista onde iniciou sua carreira, e desde as primeiras atividades da competição, Forest mostrou que brigaria pelo título.

O sábado foi um dia cheio de corridas, com duas baterias para cada categoria, sendo que o piloto com melhor pontuação, seria o vencedor. Largando na primeira fila na corrida 1, Henri assumiu a liderança na segunda volta e vinha com grande vantagem, até que foi obrigado a abandonar após a quebra do chassi de seu kart. A equipe MZ Racing trabalhou rápido no conserto, e Forest pode largar para a segunda corrida. Nessa, ele não deu chance aos adversários e venceu com seis segundos à frente do segundo colocado.

Com a soma dos resultados, Henri Forest se sagrou vice-campeão do Norte-Brasileiro de Kart. Agora, o piloto se prepara para a disputa de mais um campeonato nacional que participará, o Festival Brasileiro de Rotax, que acontece entre 17 e 19 de setembro, no tradicional Kartódromo de Interlagos, em São Paulo. Nesta disputa, o piloto vai em busca de uma vaga no Mundial de Kart, realizado em novembro, em Portugal.

Henri Forest tem o apoio de Governo do Maranhão e Fribal Franchising.

Henri Forest:

"Fiquei muito satisfeito com o resultado, e principalmente com meu desempenho ao longo de toda a competição. Nosso kart estava muito bom e andei na frente em todas as sessões. Uma pena que a quebra na primeira corrida nos tirou a chance do título, mas a vitória na segunda corrida foi muito legal, com toda a família e amigos torcendo de perto. Agora, vou continuar me preparando, pois temos uma competição muito importante em pouco mais de 15 dias lá em Interlagos, onde vou buscar uma vaga no Mundial".

Henri Forest venceu uma das corridas do Campeonato Norte-Brasileiro de Kart
Divulgação
Clique na imagem para fazer o Donwload...
O maranhense também liderou a primeira corrida, mas abandonou após uma quebra
Divulgação
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Henri recebeu o troféu de vice-campeão das mão de Jefferson Barbosa, da SEDEL
Divulgação
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto de 13 anos ficou feliz por voltar a competir no Kartódromo de São Luís
Divulgação
Clique na imagem para fazer o Donwload...

 

DTM EM MOSCOVO

DTM EM MOSCOVO - AUDI E MERCEDES REPARTEM VITÓRIAS

 

Teve lugar este fim de semana que passou mais uma jornada do DTM, desta feita em Moscovo na Russia, onde a Audi e a Mercedes repartiram as vitórias nas duas corridas.Assim na primeira corrida, seria o mercedes de Wehrlein a cortar a linha de chegada na 1ª posição, repartindo o pódio com os BMW de Wittmann e Spengler.Depois na 4ª e 5ª posição surgem os Audi de Green e Juncadella, e só depois na 7º posição surge o Mercedes de Pafett, que teve sempre na sua esteira os BMW de Blomqvist e Muller, ficando o "top ten" completo com o Audi de Rockenfeller.Quanto ao piloto portugues António Felix da Costa cortou a linha de chegada na 11ª posição.

 

Para a segunda corrida, seria a Audi com Rockenfeller, a ver a bandeira de xadrez, tedno atrás de si o BMW de Spengler e o Audi de Ekstrom.Na 4ª posição ficou oBMW de Martin, que teve sempre atrás de si o Audi de Green e o Mercedes de Pafett.O top ten ficou depois completo com o BMW de Wittmann, com os Audi de Muller, Mortara e MUller, e finalmente o Mercedes de Wehrlein.

 

Quanto a António Felix da Costa, a debater-se com problemas no seu carro cortou a linha de chegada na 23ª posição.dtm100 Copydtm101 Copydtm102 Copydtm103 Copydtm104 Copydtm105 Copydtm106 Copydtm107 Copydtm108 Copydtm109 Copydtm110 Copydtm111 Copydtm112 Copydtm113 Copydtm114 Copydtm115 Copydtm116 Copydtm401 Copydtm402 Copydtm403 Copydtm404 Copydtm405 Copydtm406 Copydtm407 Copydtm408 Copydtm409 Copydtm410 Copydtm411 Copydtm412 Copydtm400 Copy

 

LUIS NUNES NO PÓDIO EM CERVEIRA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

RAMPA DE CERVEIRA

 

LUIS NUNES NO PÓDIO EM CERVEIRA



Depois de ter vencido todas as rampas relativas a esta época em termos de categoria, desta feita a sorte não esteve com Luis Nunes, que acabou por se quedar na quarta posição em termos de categoria,  e terceiro em termos de classe. A verdade é que Luis Nunes nunca baixou os braços, e assim desde logo na primeira subida de treinos seria o autor do nono melhor tempo á geral, com 2.17.126, para na subida seguinte fazer um excelente tempo, com 2.12.572, correspondente ao sexto melhor crono desta segunda subida de treinos. Mais animado do que nunca, na primeira subida de prova faria 2.12.938, para na subida seguinte fazer 2.12.465, melhorando um pouco mais na derradeira subida com 2.12.160.

 

 

No final da prova, Luis Nunes fez-nos o resumo do que foi esta edição da Rampa de Cerveira, “terminei em terceiro da classe, quarto na categoria, e oitavo à geral, correu bem, o carro estava impecável, da minha parte andei o que sabia, e o trabalho da Martinsspeed esteve uma vez mais impecável”. Sobre o terceiro lugar acrescentou “ era algo que esperava, mas para mim  a surpresa foi o  BMW do Luis Silva, que pelos vistos encontrou um percurso, quase diria perfeito para o carro que tripula, pois tenho de reconhecer que andou muito bem, e depressa. Depois a segunda posição do Seat Leon Eurocup do José Correia era algo que eu já estava à espera, isso porque está cada vez  mais adaptado ao carro, e para o meu Leon torna-se difícil bater o “seu irmão” mais novo, que é um carro com uma evolução muito grande. Por outro lado, foi a primeira vez que corri nesta rampa, tentei adaptar-me o melhor possível, e o resultado foi este, estou satisfeito “.



CLASSIFICAÇÃO GERAL FINAL


1º João Fonseca – Norma

2º Rui Ramalho – Juno

3º Paulo Ramalho – Juno

4º Edgar Reis – Porsche GT 4

5º Luis Silva – BMW

6º José Correia – Seat Leon Eurocup

7º Manuel Pereira – Mitsubishi Evo

8º LUIS NUNES – SEAT LEON COPA



CLASSIFICAÇÃO CATEGORIA


1º Luis Silva – BMW

2º José Correia – Seat Leon Eurocup

3º Manuel Pereira – Mitsubishi Evo

4º LUIS NUNES – SEAT LEON COPA


CLASSIFICAÇÃO DA CLASSE


1º José Correia – Seat Leon Eurocup

2º LUIS NUNES – SEAT LEON COPA

3º Francisco Marrão – Seat Leon

DRP 7269_Copy

Foto : Rui Couto

 

 

A SUGESTÃO DO JORNALISTA JOÃO CARLOS COSTA

A SUGESTÃO DO JORNALISTA JOÃO CARLOS COSTA

 

PARA QUEM tiver saudades do Rock'n'Roll F1 team! 
Hesketh Racing Chrono by Omologato

 

PÓDIO PARA VITOR RIBEIRO EM CERVEIRA

 

Vítor Ribeiro com pódio e vitória em Cerveira
Terminou com um magnífico resultado conjunto a participação da dupla VÍTOR RIBEIRO / VALTER CARDOSO no Rali Vila
Nova de Cerveira.
A estreia do ‘novo’ Mitsubishi EVO IX do piloto Nortenho decorreu sem problemas de maior, permitindo assim à equipa
a obtenção de um excelente terceiro lugar no pódio do Campeonato FPAK de Ralis Norte e ainda uma fantástica vitória
no Grupo X5, um resultado que praticamente garante a conquista do título 2015 para Vítor Ribeiro neste agrupamento.
”No início da prova senti alguns problemas de adaptação a este carro, agravados na primeira secção por um
problema de suspensão que não tínhamos detectado no curto teste que efectuámos antes da prova e em virtude do
qual não nos foi possível imprimir o andamento que pretendíamos,” começou por referir Vítor Ribeiro.
“Na passagem pelo parque de assistência a nossa equipa tratou de minorar o problema dos amortecedores e na
segunda secção já nos foi possível andar um pouco mais forte. Tirando isso a adaptação a este ‘novo’ carro decorreu
da melhor forma, o que nos permitiu estar sempre na luta por um dos lugares do pódio final do ‘Ralis Norte’ e
confortavelmente na liderança entre os carros do Grupo X5, campeonato que agora lidero com ainda mais vantagem,
o que me permite estar a um curto passo do título.
“Apesar dos problemas sentidos e da minha pouca experiência e à vontade em pisos de asfalto, eu e o Valter
alcançamos um excelente resultado conjunto, o qual quero dedicar a TODOS os que continuam a acreditar neste meu
projecto e que o têm tornado possível, os meus patrocinadores, a minha família e também a M.CO Racing Team com
o excelente trabalho que tem desenvolvido.” Concluiu Vítor Ribeiro.
O Rali de Gondomar, a 11 e 12 de Setembro, é a próxima jornada do CFPAKRN.Anexo sem_nome_00134_CopyAnexo sem_nome_00137_Copy

 

LUIS SILVA VENCEU CATEGORIA EM CERVEIRA

 

Nacional de Montanha

Luís Silva vence em V. N. de Cerveira

No regresso à competição após o período de férias, o piloto de Famalicão Luís Silva participou este fim-de-semana em mais uma jornada do Campeonato Nacional de Montanha, a Rampa de Cerveira, onde conquistou uma meritória vitória na categoria 3.

Utilizando o espetacular BMW M3, a prova do piloto assistido pela Miranda Competições, quase foi isenta de problemas, pois a quebra de uma transmissão na segunda subida de prova colocou algum nervosismo no seio da equipa.

Mas a motivação de Luís Silva estava em alta, pois o piloto havia realizado o melhor crono na primeira subida, proeza que repetiu na derradeira subida de prova, e que dessa forma o conduziu à vitória na categoria 3, ao que juntou ainda o quinto lugar da classificação absoluta.      

 “Foi sem dúvida uma grande jornada, uma vez mais toda a equipa está de parabéns pela forma como se empenhou, e esta vitória é para eles”, começa por dizer o piloto apoiado da Famaconcret, Euroel, TDS, Cercosta, Macominho, Gintaqua, Realizona, Socarfam, Norcana, Tintas Barreiras que prossegue, “apesar do problema com a transmissão, a prova correu dentro da normalidade, estava motivado e com confiança de vencer. Esta é uma rampa ao meu gosto, técnica na parte inicial mas ao mesmo tempo muito rápida onde não havia margem para erros, estou muito feliz”.

Com este resultado Luís Silva subiu ao quinto posto do Nacional de Montanha, e estará de regresso à competição em mais uma edição da Rampa do Caramulo que se realiza a 12 e 13 de Setembro.LUIS CERVEIRA_1_CopyLUIS CERVEIRA_2_Copy

 

MANUEL PEREIRA - ADRIANO PEREIRA - À TERCEIRA FOI DE VEZ

 

RALI DE MESÃO FRIO

 

MANUEL PEREIRA E ADRIANO PEREIRA Á TERCEIRA FOI DE VEZ


manuelpereira4 Copy

MANUELPEREIRA5 CopyMANUELPEREIRA6 CopyPelos vistos o ditado é bem velho e antigo, quando diz que á terceira é de vez, e isso assentou no desempenho da dupla Manuel Pereira – Adriano Pereira, ao vencerem ontem o Rali de Mesão Fio, resultado que esta dupla já procurava há dois anos a estar parte. Por isso depois de subir ao pódio, Manuel Pereira descreveu-nos o que foi este rali “ participação muito positiva, o carro esteve impecável, ao contrário do que se tinha passado na véspera com a minha participação na prova do Campeonato Nacional de Montanha, na qual o outro Mitsubishi deu-me muitas dores de cabeça. O carro que utilizamos neste Rali de Mesão Frio, estava impecável, e finalmente vencemos depois de alguns duelos interessantes com os nossos adversários. Há dois anos a esta parte que já procurávamos este resultado, recorde-se que nos dois anos anteriores, acabamos na segunda posição, mas desta feita vencemos”. A seu lado Adriano Pereira, “pendura “ de Manuel Pereira  acrescentava “ correu tudo muito bem, muito público a assistir e a incentivar-nos, mas esta não foi uma vitória inesperada, pois era um resultado que já ambicionávamos a algum tempo”. Mas pelos vistos este foi um pódio quase familiar como  Adriano Pereira explicou “ é um facto, pois o meu irmão Alberto Pereira que esteve presente ao volante dum Seat Leon , também terminou na 3ª posição, por isso foi um pódio quase composto pela família Pereira, só foi pena a nossa irmã Sónia não ter conseguido chegar ao final com o Seat Leon, mas um problema técnico, acabou por originar a desistência, mas agora é tempo de festejarmos “.

 

DI GRASSI NA WEC

 

Mundial de Endurance: Em 3º, trio de Lucas di Grassi é o melhor Audi no grid na Alemanha

Porsche manteve 100% de aproveitamento em treinos classificatórios e domina a primeira fila para as 6 Horas de Nurburgring. Largada acontece neste domingo (30) às 8 horas de Brasília

O trio liderado por Lucas di Grassi foi o mais rápido entre os carros da Audi na sessão classificatória que definiu o grid para as 6 Horas de Nurburgring, na Alemanha, prova válida pela sexta etapa do Campeonato Mundial de Endurance (FIA WEC - World Endurance Championship). O Audi R18 e-tron quattro número 8 que o brasileiro divide com o britânico Oliver Jarvis e o francês Loïc Duval vai largar da terceira posição, atrás apenas dos dois Porsche 919 Hybrid - a pole ficou com o trio formado por Marc Lieb, Romain Dumas e Neel Jani. O Audi número 7, de André Lotterer, Marcel Fässler e Benoît Tréluyer fecha a segunda fila na quarta posição.

A definição do grid no WEC é feita pela média das duas melhores voltas de cada carro, e a condução é dividida entre dois pilotos, sempre definidos pelas equipes. Lucas e Jarvis fizeram a terceira melhor média, de 1min37s476. A Porsche conquistou até agora todas as poles da temporada, mas em três etapas a Audi venceu duas. Embora o ritmo de classificação da esquadra das quatro argolas inspire melhorias, é no ritmo de prova que está a aposta de Di Grassi.

"Ficamos felizes dentro do possível, pois tivemos um começo de temporada bem difícil. Classificar aqui em terceiro e ser o melhor Audi do grid era o que poderíamos fazer aqui, e conseguimos. Vai ser uma corrida difícil, porque ainda temos que trabalhar muito para alcançar estes adversários. Então, vamos fazer o possível para melhorar o carro para amanhã e tentar diminuir esta desvantagem para conseguirmos brigar por posições no pódio ou até mesmo pela vitória", afirmou o brasileiro.

Lucas di Grassi conta em sua campanha no FIA WEC com o patrocínio de Eurobike, Aethra e também da Audi. "O suporte tem sido imenso tanto por parte dos patrocinadores que continuam comigo após este retorno das ‘férias’ do WEC, assim como pelas redes sociais, onde tenho recebido apoio dos fãs constantemente. Só posso agradecer pelo imenso carinho e apoio de todos", agradeceu.

As 6 Horas de Nurburgring começam com largada às oito horas deste domingo (horário de Brasília). No Brasil, a transmissão ao vivo da corrida é feita pela internet, via streaming, com exclusividade pelo site www.veloxtv.com.br.


Grid de largada para as 6 Horas de Nurburgring (top-5)
1-) Romain Dumas/Marc Lieb/Neel Jani (Porsche 919 Hybrid) - 1min36s473
2-) Mark Webber/Timo Bernhard/Brendon Hartley (Porsche 919 Hybrid) - 1min36s542
3-) LUCAS DI GRASSI/Oliver Jarvis/Loïc Duval (Audi R18 e-tron quattro) - 1min37s476
4-) André Lotterer/Marcel Fässler/Benoît Tréluyer (Audi R18 e-tron quattro) - 1min37s783
5-) Anthony Davidson/Sébastien Buemi/Kazuki Nakajima (Toyota TS040 Hybrid) - 1min38s689

 

Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Lucas di Grassi larga em terceiro nas 6 Horas de Nurburgring
Alta | Web

Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Trio do Audi R18 e-tron quattro número 8 foi o melhor da equipe no grid
Alta | Web

Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
A etapa alemã é a quarta de oito do Campeonato Mundial de Endurance
Alta | Web

Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Brasileiro diz que ainda busca melhorias no carro para lutar por bom resultado
Alta | Web

 

APPAM ESCLARECE A RAMPA DO CARAMULO

A APPAM ESCLARECE

 

 

 

 

Diariamente temos sido confrontados com a dúvida que o público tem 

sobre a data da Rampa do Caramulo,  a contar para o Campeonato 

Nacional de Montanha, devido ao modo como está a ser feita a 

divulgação da prova.

O Museu do Caramulo está a divulgar a Rampa Histórica do Caramulo 

omitindo que a Rampa do Campeonato Nacional de Montanha este ano não 

se realiza no mesmo fim de semana da Rampa Histórica.

Devido à falta de informação o público que gosta das provas de 

Montanha e desta Rampa pensa que a Rampa do Caramulo do Campeonato 

Nacional de Montanha, este ano se realiza no mesmo fim de semana a 

exemplo dos anos anteriores.

O Museu do Caramulo ao fazer a divulgação da prova Histórica não teve 

ainda o cuidado de informar todo o publico que este ano as duas provas 

são em fins de semana diferentes.

Em face do exposto a APPAM achou que devia prestar este esclarecimento 

para repor a verdade de modo a que muitos espectadores que estão a 

pensar assistir à rampa do Caramulo a contar para o C. Nacional de 

Montanha não vão enganados no primeiro fim de semana.

A APPAM esclarece todo o publico que a RAMPA DO CARAMULO 7º PROVA CO 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA se realiza no dia 12 DE SETEMBRO.

A Direção da APPAM

 

 

MIGUEL OLIVEIRA PONTUOU

 

Miguel Oliveira pontua em corrida sob chuva em Silverstone

 

Piloto português desapontado mas de olhos postos em San Marino

 

 GH28766_Copy Foi um domingo difícil para Miguel Oliveira que, apesar de partir da 3ª linha da grelha de partida, esperava conseguir em pista recuperar posições. No entanto, a chuva intensa não permitiu ao jovem de Almada ganhar confiança e impor o ritmo que desejava. O piloto português da Red Bull KTM Ajo ainda conseguiu chegar aos pontos e terminar na 13ª posição, ficando a apenas 12 pontos do 3º lugar do campeonato, numa altura em que ainda faltam 6 corridas do final da temporada e que tudo está em aberto.

 

O GP da Grã-Bretanha fez-se debaixo de chuva, com pouca visibilidade e com uma pista muito molhada que foi responsável por inúmeras quedas e abandonos. Apesar dos esforços feitos, o piloto português não conseguiu ir além do 13º lugar, sendo no entanto o único piloto da Red Bull KTM a conseguir chegar ao fim da corrida e a pontuar: “Nestas pistas, quando o piso está molhado é preciso ter um bom feeling e a verdade é que eu não consegui tê-lo. Desde o início que estava muito tenso e não consegui estar relaxado na mota e ser rápido. E o meu objetivo era terminar a corrida a todo o custo e no final recolher estes três pontos, que não ajudam muito mas que podem ser importantes” Explica o piloto português.

 

A 13 de Setembro ocorre o GP de San Marino e o piloto português espera que aqui o desfecho seja diferente. “Agora é pensar em San Marino, tentar que na próxima corrida tenha um bom feeling com a mota desde o início, que consiga um bom resultado e que seja uma corrida mais normal.

 

 

GALERIA DE IMAGENS - RAMPA DE CERVEIRA

c2 Copyc3 Copyc4 Copyc5 Copyc6 Copyc7 Copyc8 Copyc9 Copyc10 Copyc11 Copyc12 Copyc14 CopyGALERIA DE IMAGENS

 

RAMPA DE CERVEIRA

 

Grupo de imagens referentes à prova do passado fim de semana, a Rampa de Cerveira, prova a contar para o campeonato Nacional de Montanha, que teve como vencedor o Norma de João Fonseca.Fotos da autoria de Filipe Correia - Red Line Motorsport

 

Fotos de Filipe Correia - Red LIne Motorsport - www.velocidadeonline.comc15 Copyc16 Copyc17 Copyc18 Copyc1-fotosredline Copy

 

KOPECKY VENCE NO RALI BARUN

Jan Kopecky ganha pela quinta vez no Barun, 11 anos depois do primeiro triunfo. Kajetanowicz faz uma grande operação no campeonato europeu. E a Skoda mostra que o Fabia R5 é mesmo a nova arma da categoria.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO DE TURISMO

 

Brasileiro de Turismo: J.Star Racing está confiante em bom resultado neste domingo em Cascavel

A largada da sexta etapa será às 11h25 e terá transmissão ao vivo do Portal Catve

A sexta etapa da temporada 2015 do Campeonato Brasileiro de Turismo, categoria de acesso à Stock Car, já tem seu grid definido. A corrida, com largada marcada para às 11h25. Pela equipe J.Star Racing, o mineiro Edson Coelho conquistou a 7ª posição e o cascavelense Gustavo Myasava largará da 14ª posição no grid da corrida deste domingo (30) no Autódromo Internacional Zilmar Beux, no oeste paranaense.

Insatisfeito com o resultado, Gustavo Myasava #69 espera uma boa prova para ganhar pontos importantes para o time. "O carro saia muito de frente (dianteiro) nos treinos e piorou o acerto para a tomada de tempos com pneu novo quase sete décimos, não correspondeu como esperávamos, a reação do ajuste foi contrária", diz o piloto de 19 anos.

Com o imprevisto, Gustavo Myasava diz que não pode testar o verdadeiro potencial do conjunto: carro e pneu. "Por isso, faremos algumas mudanças no veículo para a corrida e fazer uma boa largada para a prova de recuperação", ressalta.

Edson Coelho diz que o treino não saiu como o planejado. "Diante das circunstâncias, de praticamente não ter feito o segundo treino, foram apenas duas voltas devido há um problema na parte elétrica e fui para o 'qualy', quatro décimos mais lento que o pole. Um resultado satisfatório em um grid onde todos os pilotos estão bastante competitivos, qualquer deslize prejudica bastante", conta o piloto.

De toda forma, para Edson as perspectivas são boas para a prova da sexta etapa. "Vou andar de igual pra igual. Estou confiante em um bom ritmo de corrida e o objetivo é terminar. A pista é desgastante, onde acontecem muitos acidentes. O foco será fazer uma corrida tranquila e marcar pontos", finalizou Edson, de 20 anos.

A equipe J.Star Racing conta com patrocínio da IPQ Instituto de Psiquiatria, PPG, IbPré, DMP Sistemas, MADIS, Yuny, Unitalo - Centro Universitário Ítalo Brasileiro, Malas Cruzeiro, TELEMABI Contac Center, Atua Construtora, Colonial Rodas, Benfica, Drugovich, Noma, EMC Sistemas e Neide Buffet.

Confira o grid de largada da sexta etapa

1) 28 Danilo Dirani (Bravar) - 1min06s291 (média de 166,1 km/h)
2) 31 Márcio Campos (Motortech Competições) - 1min06s363
3) 23 Marco Cozzi (W2 Racing) - 1min06s377
4) 66 Felipe Guimarães (W2 Racing) - 1min06s503
5) 128 Dennis Dirani (Shell Racing) - 1min06s572
6) 35 Gabriel Robe (Motortech Competições) - 1min06s743
7) 99 Edson Coelho (JStar Racing) - 1min06s765
8) 79 Adibe Marques (Voxx Racing) - 1min06s842
9) 25 Renato Jader David (Hitech Racing) - 1min06s869
10) 11 Pedro Boesel (RSports Racing) - 1min06s891
11) 2 Mauri Zacarelli (RSports Racing) - 1min07s156
12) 33 Antonio Matiazi (R K L Motorsports) - 1min07s333
13) 36 Flavio (Matheus Hitech Racing) - 1min07s451
14) 69 Gustavo Myasava (JStar Racing) - 1min07s764
15) 111 Lukas Moraes (RR Racing) - 1min07s851
16) 52 Victor Amorim (RSports 2) - 1min07s949
17) 55 Renato Braga (R K L Motorsports) - 1min08s599

Programação do final de semana em Cascavel:

Domingo, 30 de agosto
09h00 - Largada (Corrida 2) F3 Brasil
09h50 - 10h35 - Volta Rápida
09h50 - 10h50 - Visitação aos Boxes
11h25 - Largada Campeonato Brasileiro de Turismo
13h10 - Largada (43 voltas ou 48 minutos + 1 volta) Stock Car
14h25 - Largada (24 voltas ou 28 minutos + 1 volta) Stock Car

Classificação após a quinta etapa (nove corridas):

PILOTOS
1º) Márcio Campos, 139 pontos;
2º) Dennis Dirani, 116;
3º) Edson Coelho Júnior, 95
4º) Pedro Boesel, 85
5º) Marco Cozzi, 82
6º) Gabriel Robe, 76
7º) Felipe Guimarães, 74
8º) Adibe Marques, 69
9º) Danilo Dirani e Felipe Donato, 67
11º) Gustavo Myasava, 61
12º) Renato Braga, 47
13º) Renato Jader David, 45
14º) Guto Matiazzi, 40
15º) Mauri Zacarelli, 38
16º) Lukas Moraes e Tito Morestoni, 31
18º) Flávio Matheus, 24
19º) Marco Túlio Souza, 17
20º) Gustavo Lima, 11
21º) Wilson da Costa Júnior, 4
22º) Victor Amorim, 2

Calendário Campeonato Brasileiro de Turismo:

Etapa 1 - 21 e 22 de março - Goiânia/GO
Etapa 2 - 25 e 26 de abril - Velopark/RS (rodada dupla)
Etapa 3 - 31 de maio - Curitiba/PR (rodada dupla)
Etapa 4 - 27 e 28 de junho - Santa Cruz do Sul/RS (rodada dupla)
Etapa 5 - 15 e 16 de agosto - Goiânia/GO (rodada dupla)

Etapa 6 - 29 e 30 de agosto - Cascavel/PR
Etapa 7 - 07 e 08 de novembro - Tarumã/RS
Etapa 8 - 12 e 13 de dezembro - São Paulo/SP

 

#99 J.Star Racing (Foto: Claudinei Zonta)

#99 J.Star Racing (Foto: Claudinei Zonta)
Alta  | Web

Edson Coelho Júnior (Foto: Claudinei Zonta)

Edson Coelho Júnior (Foto: Claudinei Zonta)
Alta  | Web

Carro #69 do piloto Gustavo Myasava nos boxes no autódromo de Cascavel (Foto: Claudinei Zonta)

Carro #69 do piloto Gustavo Myasava nos boxes no autódromo de Cascavel (Foto: Claudinei Zonta)
Alta  | Web

#69 (Foto: Claudinei Zonta)

#69 (Foto: Claudinei Zonta)
Alta  | Web

Gustavo Myasava (Foto: Claudinei Zonta)

Gustavo Myasava (Foto: Claudinei Zonta)
Alta  | Web

Equipe no trabalho de box em Cascavel/PR (Foto: Claudinei Zonta)

Equipe no trabalho de box em Cascavel/PR (Foto: Claudinei Zonta)
Alta  | Web

 

RAMPA DE CERVEIRA

RAMPA DE CERVEIRA: OS VENCEDORES

João Fonseca (Norma M20FC), Rui Ramalho (Juno SSE) e Paulo Ramalho (Juno CN09) foram os três primeiros classificados à geral e na Categoria 1 na Rampa de Cerveira, sexta prova do Campeonato Nacional de Montanha (CNM). 

Cerveira JF João Fonseca em Norma M20FC

Nas restantes categorias assitimos a lutas bem interessantes. Ausencias de pilotos como António Nogueira, Joaquim Teixeira, ou José Pedro Gomes, assim como os problemas mecânicos sentidos por Tiago Reis e Manuel Pereira, diexaram abertas novas opções opções em termos de vitórias, ou ajudaram a consolidar pontuações nas contas do CNM. 

203 GTI 8713

Edgar Reis levou o Porsche 997 GT3 ao quarto posto da geral, vencendo a Categoria 2 e dessa forma coloca-se mais à frente nas contas da Categoria.

349 GTI 8666

Na Categoria 3 Luís Silva venceu ao volante do BMW M3, tendo interrompido a serie de cinco vitórias consecutivas de Tiago Reis, que em Cerveira teve problemas no diferencial dianteiro do Ford Fiesta RS. 

403 GTI 7571

Mário Mesquita, cumpriu as subidas da prova e venceu a Categoria 4, na ausencia de adversários, como foi o caso de José Pedro Gomes.

 

UPS É NOTICIA

 

UPS com forte investimento em combustíveis alternativos

Cerca de 250 milhões de quilómetros percorridos com recurso a combustíveis ambientalmente sustentáveis em 2014.

A UPS acaba de lançar o seu 13º Relatório Anual de Sustentabilidade onde destaca o forte investimento em combustíveis alternativos e a aposta numa nova frota com 5.000 veículos tecnologicamente avançados e 1.100 veículos movidos a gás natural. A multinacional anunciou também que em 2014 foram percorridas, no total, 154 milhões de milhas (cerca de 250 milhões km) com recurso a combustíveis ambientalmente sustentáveis

Líder global em serviços de logística, a UPS assinou recentemente acordos com três grandes fornecedores de combustíveis alternativos – a Neste, o Renewable Energy Group (RGE) e a Solazyme – para o abastecimento de aproximadamente 175 milhões de litros de combustíveis renováveis ao longo dos próximos três anos. Este investimento faz da UPS um dos maiores utilizadores de biodiesel do mundo.

A aposta da empresa em energias ambientalmente sustentáveis e tecnologia de última geração vai permitir uma redução anual de 12% no consumo de gasolina e diesel convencionais até ao final de 2017, ano em que a multinacional espera ter atingido a meta de percorrer mil milhões de milhas (aprox. 1,6 mil milhões km) com recurso exclusivo a combustíveis alternativos.

Tendências globais para as indústrias do Transporte e da Logística

O 13º Relatório Anual de Sustentabilidade da UPS destaca igualmente duas tendências globais que as indústrias do Transporte e da Logística enfrentam: a expansão do e-commerce, que só em 2014 gerou um aumento de 6,8% no volume de pacotes movimentados a nível mundial, e o crescimento da urbanização.

Os envios potenciados pelo e-commerce são tipicamente B2C, registando um menor número de embalagens por paragem quando comparadas com as entregas B2B. Isto leva a que as transportadoras percorram distâncias maiores para fazer entregas menores, consumindo assim mais combustível.

Por outro lado, a população global tem vindo a concentrar-se cada vez mais nas áreas urbanas, o que se traduz num maior congestionamento do trânsito e no aumento do ruído e poluição nas cidades. Para fazer face a esta realidade, a UPS tem vindo a trabalhar em estreita colaboração com clientes, líderes governamentais e outras organizações com o objectivo de desenvolver novos métodos de entrega nas áreas urbanas mais densas.



UPS - Hybrid Electric Vehicle

 

NISSAN PULSAR

Nissan Pulsar: Espaçoso, elegante e recheado com tecnologia

2

O novo cinco portas Pulsar leva a paixão pela inovação e o gosto pelo design a um público mais vasto e redefine as expectativas no segmento C com tecnologias galardoadas.

A paixão da Nissan pela inovação e tecnologia esteve na base da transformação do panorama de automóveis familiares ao longo dos últimos sete anos. Agora, utilizando a mesma abordagem de pensamento original que produziu uma gama de crossovers, a Nissan está a expandir de novo o seu catálogo de produtos com um desafiador dois volumes totalmente novo: o Pulsar. 

Ao combinar estilo arrojado, inovações técnicas e espaço interior topo de gama, o Nissan Pulsar traz uma nova dimensão ao segmento C, oferecendo todas as qualidades dos veículos familiares da Nissan numa nova e elegante solução automóvel. 

ESTILO E PRAGMATISMO

Exuberante, espaçoso e generosamente equipado, o novo Pulsar combina as três qualidades que definem a abordagem da Nissan ao design automóvel. Ao utilizar a mesma assinatura de estilo que está presente nos crossovers de sucesso da marca e os inovadores produtos da marca para o segmento B, o Pulsar surge como um membro inconfundível da família da Nissan. 

A frente do novo Pulsar caracteriza-se por um conjunto de grelha e para choques arrojado, influenciado pelos recentes modelos Qashqai e X-Trail. O símbolo da Nissan é delimitado pelo V cujos lados se “prolongam” pelo capot. 

Ao realçar os guarda-lamas arqueados, a equipa de estilo da Nissan criou um automóvel com uma postura potente e confiante. A linha vincada da traseira estende-se desde o arco da roda dianteira até aos núcleos das características luzes traseiras em forma de bumerangue da marca, ligando de forma natural ambas as extremidades do automóvel. A parte lateral do Pulsar define-se também por uma linha vincada inferior, finalizada com elegância na direção da traseira, o que lhe proporciona uma cintura personalizada. 

No interior, o novo Pulsar redefine o que os compradores podem esperar de um dois volumes do segmento C. Enquanto a maioria da concorrência secundariza os aspetos práticos ao estilo e aos materiais, o Pulsar privilegia de igual forma estes três aspetos. Graças à grande distância entre eixos (2.700 mm) e ao inteligente posicionamento dos bancos, o Pulsar usufrui do melhor espaço traseiro para as pernas do segmento.

Completando um pacote de referência em praticabilidade encontra-se uma bagageira que combina uma grande capacidade (385 litros) com uma ampla abertura de carga. Para os utilizadores que necessitem ainda de mais espaço, os bancos traseiros são facilmente rebatíveis para disponibilizar 1.395 litros de espaço. 

TECNOLOGIAS AVANÇADAS

A paixão da Nissan em disponibilizar a mais recente tecnologia a todos os condutores representa mais um avanço significativo com o lançamento do novo Pulsar. Concebido e construído com uma vasta gama de tecnologias acessíveis e intuitivas, o novo Pulsar possui várias funcionalidades topo de gama, como Deteção de Objeto em Movimento, e estabelece novos padrões de segurança, conforto e equipamento para o condutor.

Câmara de Visão 360º (AVM - Around View Monitor)
No coração do novo pacote de tecnologia do Pulsar encontra-se o galardoado sistema de Câmara de Visão 360º da Nissan. Esta notável inovação continua a ser o sistema mais avançado e repleto de funcionalidades no sector dos automóveis de baixa e média gama e constitui uma plataforma para as funcionalidades de segurança, visibilidade e comodidade do Pulsar. 

Escudo de Protecção Nissan 
Graças a inovadoras funcionalidades de segurança, o Escudo de Proteção Nissan proporciona aos condutores do Pulsar uma excecional proteção e visibilidade. O Escudo de Proteção Nissan personalizado especificamente para o Pulsar é composto pelas seguintes tecnologias: 

Deteção de Objeto em Movimento (MOD – Moving Object Detection)
Esta inovação topo de gama tem como base as capacidades do sistema de Câmara de Visão 360º e proporciona ao condutor um “co-piloto digital” que o ajuda a ver o que se encontra no trajeto nas manobras de marcha atrás com o Pulsar. 

Aviso de Ângulo Morto
Anteriormente, apenas reservado aos automóveis de luxo e topo de gama, o sistema de Aviso de Ângulo Morto da Nissan utiliza a câmara de vista traseira do sistema de Câmara de Visão 360º para detetar veículos nos ângulos mortos ocultos em ambos os lados do Pulsar. 

Aviso de Mudança de Faixa
O Aviso de Mudança de Faixa deteta se o Pulsar começa a deslocar-se para fora da faixa. Ao contrário do habitual nos sistemas concorrentes, não é necessária a montagem de uma câmara no para brisas ou de um dispendioso sistema de radar para esta função; o Pulsar utiliza apenas, uma vez mais, a câmara de visão traseira de grande angular do AVM. 

Câmara de limpeza automática 
Um componente essencial do Escudo de Proteção e da Câmara de Visão 360º do Pulsar é a pequena câmara de grande angular colocada na traseira. Embora as câmaras de estacionamento não sejam uma novidade para a Nissan o dispositivo do Pulsar tem alguns truques inteligentes na manga. Uma vez que os três sistemas de Escudo de Proteção do Pulsar (Deteção de Objecto em Movimento, Aviso de Mudança de Faixa e Aviso de Ângulo Morto) se baseiam em informações precisas fornecidas pela câmara, a lente deverá estar sempre limpa, o que nem sempre é fácil num dispositivo exposto aos elementos. 

Para resolver o problema de uma lente suja, o Pulsar está equipado com um notável sistema inteligente e totalmente automático de «lavagem e secagem». 

Sistema Anti-colisão Frontal 
Este sistema altamente avançado pode acionar os travões do Pulsar automaticamente se detetar que o impacto é inevitável. 

Ao analisar a estrada em frente com um sistema de radar incorporado no elemento inferior do pára choques da frente, o Sistema Anti Colisão Frontal proporciona três níveis de assistência. O primeiro é um aviso sonoro, alertando o condutor se o espaço até o veículo em frente reduzir. Em segundo lugar, se o condutor não reagir, os travões são aplicados parcialmente de modo automático. Finalmente, caso o espaço continue a diminuir, os travões serão aplicados com maior veemência, caso necessário. O inovador sistema foi concebido e construído para evitar ao máximo os acidentes e pelo menos reduzir o grau de perigo iminente. 

NissanConnect
Tanto a Câmara de Visão 360º como o Escudo de Proteção Nissan estão incorporados no novo sistema NissanConnect de navegação por satélite, Bluetooth e áudio do Pulsar. O sistema beneficia de um ecrã táctil de 5,8 polegadas e inclui a integração do smartphone, dando acesso a uma lista de aplicações cada vez maior, através do visor do Pulsar. Com aplicações como o Google, Facebook, Trip Advisor e Eurosports, o Pulsar pode navegar na cidade como um residente local e estar a par das mais recentes notícias desportivas e nas redes sociais. O sistema inclui transmissão de áudio e integração de telemóvel por Bluetooth, assim como entradas Aux-in e USB e rádio DAB.

Faróis LED
Os novos faróis LED ajudam o Pulsar a brilhar com mais intensidade, destacando-se dos seus concorrentes da classe. Equipado de série nos modelos N-tec e Tekna, o uso de LED em vez de xénon é mais do que um artifício. Os faróis LED do Pulsar produzem uma luz mais branca e nítida, não só usando 50 por cento menos energia que as lâmpadas de xénon como também produzindo uma luz com uma tonalidade mais próxima da luz do sol, o que cria uma melhor visibilidade noturna.

Active Trace Control (Controlo Activo de Chassis).
Para realçar ainda mais a experiência de condução, o Pulsar inclui também o Controlo Ativo de Chassis da Nissan. Este sistema inteligente monitoriza o comportamento e trajetória do automóvel e aplica uma travagem subtil a cada roda para fornecer uma função similar a um diferencial de deslizamento limitado. O resultado é um comportamento em curva mais suave e uma excelente tracção quando se acelera forte. 

TRANSMISSÕES EFICIENTES E POTENTES

Em sintonia com a abordagem da Nissan de inovação e de redução de custos para os proprietários, a gama de motores turbo-comprimidos do Pulsar proporciona a combinação perfeita de desempenho e eficiência. A unidade a gasolina de 1,2 litros DIG-T supera as expectativas com uma potência de 115cv, enquanto o dCi de 1,5 litros gera 110cv e 260Nm de binário. Um motor a gasolina turbo de 1,6 litros 190cv ainda mais potente irá juntar-se a esta gama no início de 2015, expandindo o interesse do Pulsar a um público ainda mais vasto. Ambos os motores estão equipados com o sistema "Stop-start" de série, que permite reduzir as emissões e aumentar a eficiência do combustível.

1.5 dCi 110cv (81 kW)
A opção a gasóleo do Pulsar é o motor turbodiesel de 1,5 litros dCi de quatro cilindros. Esta unidade desenvolvida de 110cv emite apenas 94 g/km de CO2 e permite um valor combinado de consumo de combustível de apenas 3,6 l/100 km. 

A unidade dCi de 1,5 litros de sexta geração é mais suave, eficiente e refinada do que as versões anteriores. As alterações significativas do motor resultaram num funcionamento mais silencioso e numa redução da vibração, enquanto o peso total da unidade foi reduzido graças a novos componentes mais leves.

Na sua versão específica para o Pulsar, inclui várias funcionalidades de poupança de energia, como o sistema Stop-Start de série. Foi realizado um considerável esforço na redução do ruído e vibração durante o processo, sendo o resultado, um arranque suave e sem dificuldades.

A Nissan também envidou vários esforços na utilização do sistema Stop-Start do Pulsar, aperfeiçoando consideravelmente a lógica de controlo de processo de reinício. Por exemplo, se o condutor aplicar uma quantidade significativa de esforço na direção durante uma paragem, o Start-Stop antecipa a aplicação do acelerador e reinicia o motor.

Transmissões e dinâmica
O novo Pulsar está equipado com uma caixa de seis velocidades de série. Produzida para corresponder aos exigentes padrões dos condutores europeus, inclui cabos de baixa fricção e um amortecimento de vibrações do pêndulo que oferecem a mudança precisa e suave exigida pelos condutores europeus. 

O novo Pulsar está equipado com um chassis que proporciona excelentes características de maneabilidade e uma condução suave e requintada. Incluindo conjuntos McPherson à frente e um compacto eixo de torção na traseira, o sistema de suspensão foi aperfeiçoado de acordo com as exigências específicas dos condutores europeus.



Nissan Pulsar (2) Nissan Pulsar (3) Nissan Pulsar (1) Nissan Pulsar (4)

 

SEGUNDO O JORNALISTA JOÃO CARLOS COSTA

SEGUNDO A OPINIÃO DO JORNALISTA JOÃO CARLOS COSTA

 

Se não se conhecer, não se chega lá. O Mundial de Motocross foi a Assen... sim ao circuito de velocidade! E dá estas imagens incríveis. Com boa vontade, com ideias, com dinheiro (e não é uma fortuna...), tudo se faz. Fica o "recado" para os novos proprietários do Autódromo do Estoril.

(Lembram-se do que escrevi há umas semanas sobre o WRX na Boavista? É algo assim...)

 

MANUEL PEREIRA COM JORNADA DIFICIL EM CERVEIRA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

RAMPA DE CERVEIRA

 

MANUEL PEREIRA COM JORNADA DIFICIL EM CERVEIRA


DRP 7260_Copy

MANUELPEREIRA1 CopyMANUELPEREIRA2 CopyMANUELPEREIRA3 CopyMANUELPEREIRA CopyUm sétimo lugar final, foi o prémio de consolação para o Mitsubishi Evo de Manuel Pereira, que não teve o seu carro em perfeitas condições, por isso ficou muito limitado em termos de desempenho, que não lhe permitiram melhor que esta posição.

A verdade é que uma série de problemas com a electrónica do carro japonês não permitiu que Manuel Pereira pudesse lutar pelos lugares das frente, mas logo na primeira subida de treinos, começaram logo a manifestarem os problemas e o piloto do Porto, não faria melhor que 2.17.138, correspondente ao décimo lugar da geral. Mas esperança foi algo que nunca faltou a Manuel Pereira, e apostado em fazer uma boa classificação, sem nunca baixar os braços para a luta,  partiu para a segunda subida de treinos apostado nas obtenção dum melhor tempo, objectivo esse alcançado com 2.13.826, correspondendo ao sétimo melhor tempo, mas não suficiente para conseguir bater os seus principais adversários.

Na 1ª subida de prova, Manuel Pereira conseguiria melhorar os seu tempo, fazendo 2.12.182, correspondendo ao sétimo melhor tempo, para na subida seguinte alcançar um crono um pouco melhor com 2.11.884, para na derradeira subida de prova, não ter conseguido fazer melhor do que 2.13.913.Mesmo assim Manuel Pereira acabaria em sétimo da classificação geral, e terceiro em termos de categoria, tendo apenas á sua frente o BMW de Luis Silva, e o Seat Leon Eurocup de José Correia. No final depois de tirar o capacete falou-nos um pouco da prova dizendo “ foi uma jornada difícil, os problemas de electrónica que eu pensava estarem resolvidos, continuam na mesma, e isso veio a limitar e muito a minha actuação em prova, o que foi pena, pois aqui nesta rampa estava apostado num bom resultado, mas a verdade é que o automobilismo tem destes imponderáveis. Agora há que começar a preparar a Rampa do Caramulo, e ter todos estes problemas solucionados, para assim poder tirar partido das potencialidades deste Mitsubishi Evo”

CLASSIFICAÇÃO GERAL FINAL

1º João Fonseca – Norma

A2º Rui Ramalho – Juno

3º Paulo Ramalho – Juno

4º Edgar Reis – Porsche GT 3

5º Luis Silva – BMW – 1º categoria 3

6º José Correia – Seat Leon Eurocup

7º MANUEL PEREIRA – MITSUBISHI EVO

CLASSIFICAÇÃO POR CATEGORIA

1º Luis Silva – BMW

2º José Correia – Seat Leon Eurocup

3º MANUEL PEREIRA – MITSUBISHI EVO

 

Fotos : Rui Couto

 

 

EIS MAIS ESBOÇOS DO NOVO MERCEDES

EIS MAIS ESBOÇOS DO NOVO MERCEDES

 

Ontem publicamos apenas um dos esboços do que poderá vir a ser o novo Mercedes AMG para o DTMmerc1 Copymerc2 Copymerc3 Copymerc4 Copy

 

AUGUSTO PALMA DEIXOU-NOS

AUGUSTO PALMATEAMPALMA Copy DEIXOU-NOS

 

O fundador do famoso Team Palma, que fez correr uma série de carros nas pistas portuguesas de seu nome, Augusto palma deixou-nos esta amnhã, ficando o automobilismo em Portugal um pouco mais pobre.A toda a sua familia e a todos os amantes do automobilismo em Portugal, toda a equipa do www.velocidadeonline.com,  apresenta as mais sentidas condolências.

 

PEDRO LAMY SUBIU AO PÓDIO

 

Campeonato do Mundo FIA de Resistência

Lamy sobe ao pódio na Alemanha

 

 

Pedro Lamy, Mathias Lauda e Paul Dalla Lana cortaram a meta da corrida alemã do Campeonato do Mundo FIA de Resistência (WEC), disputada hoje em Nurburgring na segunda posição. Mais um importante resultado para o trio da Aston Martin Racing que soma já 2 vitórias e um segundo lugar (categoria GTE Am) nas quatro provas disputadas este ano.

 

Depois de ter conquistado o segundo posto na qualificação para as 6 Horas da Alemanha, coube ao piloto português ser o primeiro a assumir os comandos do Aston Martin Vantage e depois de um duplo “stint”, entregou o carro a Paul Dalla Lana na primeira posição, lugar que mantiveram durante praticamente toda a corrida. “No início do fim-de-semana estávamos um pouco apreensivos pois não sabíamos ao certo como estaria a concorrência desde a última corrida (mais de dois meses), mas uma vez mais demonstrámos que temos um carro bastante competitivo e fiável e conseguimos impor um bom ritmo durante toda a corrida que nos permitiu assegurar mais um importante pódio neste disputadíssimo campeonato”, referiu Pedro Lamy no final da prova.

 

A próxima corrida de Pedro Lamy serão as 6 Horas do Circuito das Américas, nos EUA, a 19 de Setembro.

 PL04 Copy

 

PILOTOS PORTUGUESES EM DESTAQUE

 

Mais pódio internacional com portugueses no Desporto Automovel em 2015: para Pedro Lamy foi o terceiro do ano nos GTE-Am (dois primeiros lugares e um segundo). Para Rui Águas foi o quarto (dois segundos e dois terceiros).

 

 

CAMPEONATO BRASILEIRO DE TURISMO

 

BR de Turismo: Edson Coelho (J.Star) mantém a 3ª posição no campeonato após etapa de Cascavel

A sétima etapa da temporada está agendada para o dia 08 de novembro no circuito gaúcho do Tarumã, em Viamão (RS)

A sexta etapa da 4ª edição do Campeonato Brasileiro de Turismo que aconteceu neste domingo (30) na cidade de Cascavel (PR), contou com um cenário de céu aberto, clima agradável e trouxe o público da região para assistir o certame que teve largada às 11h25, no Autódromo Internacional Zilmar Beux. Na corrida da categoria de turismo brasileira formadora de pilotos para a Stock Car, Edson Coelho completou na 13ª posição e Gustavo Myasava abandonou logo no início.

Edson #99 comentou como foi a corrida após 28 voltas do circuito com 3.058 metros de extensão. "Estava com um excelente ritmo no começo, logo nas primeiras voltas furou o pneu, mesmo assim de sétimo pulei para a quinta posição e o carro correspondia bem. Mas, não tinha como manter a posição e tive que entrar para box para a troca. No retorno à pista mais um imprevisto, fiquei sem direção hidráulica. Daí em diante, foi uma luta para manter o carro no traçado, terminar e marcar alguns pontos", descreveu o piloto mineiro, que ocupa a 3ª colocação na tabela do campeonato e soma 99 pontos.

Myasava largou de 14o. na corrida, mas foi obrigado a abandonar a corrida na segunda volta, depois de uma batida na curva de entrada da reta dos boxes. "Com as avarias no carro após o acidente não tive condições de continuar. Agora vamos para a próxima no Rio Grande do Sul daqui a dois meses", contou o piloto de Cascavel/PR, que soma 61 pontos no campeonato.

A equipe J.Star Racing conta com patrocínio da IPQ Instituto de Psiquiatria, PPG, IbPré, DMP Sistemas, MADIS, Yuny, Unitalo - Centro Universitário Ítalo Brasileiro, Malas Cruzeiro, TELEMABI Contac Center, Atua Construtora, Colonial Rodas, Benfica, Drugovich, Noma, EMC Sistemas e Neide Buffet.

Confira o resultado da sexta etapa:
1) 28 Danilo Dirani, Bravar, 27m874
2) 23 Marco Cozzi, W2 Racing, a 0s961
3) 128 Dennis Dirani,Voxx Racing, a 3s247
4) 11 Pedro Boesel, R Sports Racing, a 4s406
5) 111 Lukas Moraes, RR Racing, a 4s429
6) 25 Renato Jader David, Hitech Racing, a 5s175
7) 31 Márcio Campos, Motortech Competições, a 5s371
8) 35 Gabriel Robe, Motortech Competições, a 8s532
9) 33 Antonio Matiazi, R K L Motorsports, a 9s569
10) 79 Adibe Marques, Voxx Racing, a 10s827
11) 52 Victor Amorim, R Sports 2, a 13s878
12) 55 Renato Braga, R K L Motorsports, a 26s381
13) 99 Edson Coelho, J. Star Racing, a 42s762
14) 66 Felipe Guimarães, W2 Racing, a 1 volta
15) 2 Mauri Zacarelli, R Sports Racing, a 6 voltas
Não completaram 75% da prova:
16)36 Flávio Matheus, Hitech Racing, a 11 voltas
17) 69 Gustavo Myasava, J. Star Racing, a 26 voltas

Após nove corridas, a classificação do Brasileiro de Turismo ficou assim:

PILOTOS (10 primeiros)
1) Márcio Campos - 149 pontos
2) Dennis Dirani - 130
3) Edson Coelho - 99
4) Marco Cozzi - 98
5) Pedro Boesel - 98
6) Danilo Dirani - 87
7) Gabriel Robe - 85
8) Felipe Guimarães - 77
9) Adibe Marques - 76
10) Felipe Donato - 67


Calendário Campeonato Brasileiro de Turismo:

Etapa 1 - 21 e 22 de março - Goiânia/GO
Etapa 2 - 25 e 26 de abril - Velopark/RS (rodada dupla)
Etapa 3 - 31 de maio - Curitiba/PR (rodada dupla)
Etapa 4 - 27 e 28 de junho - Santa Cruz do Sul/RS (rodada dupla)
Etapa 5 - 15 e 16 de agosto - Goiânia/GO (rodada dupla)
Etapa 6 - 29 e 30 de agosto - Cascavel/PR

Etapa 7 - 07 e 08 de novembro - Tarumã/RS
Etapa 8 - 12 e 13 de dezembro - São Paulo/SP

 

O campeonato chega na reta final (Foto: Claucinei Zonta)

O campeonato chega na reta final (Foto: Claucinei Zonta)
Alta  | Web

A próxima etapa será no primeiro domingo de novembro em Tarumã (RS) (Foto: Claucinei Zonta)

A próxima etapa será no primeiro domingo de novembro em Tarumã (RS) (Foto: Claucinei Zonta)
Alta  | Web

#99 Edson Coelho Júnior (Foto: Claucinei Zonta)

#99 Edson Coelho Júnior (Foto: Claucinei Zonta)
Alta  | Web

Edson Coelho Júnior (Foto: Claucinei Zonta)

Edson Coelho Júnior (Foto: Claucinei Zonta)
Alta  | Web

Gustavo durante os treinos do sábado (Foto: Claucinei Zonta)

Gustavo durante os treinos do sábado (Foto: Claucinei Zonta)
Alta  | Web

Gustavo Myasava (Foto: Claucinei Zonta)

Gustavo Myasava (Foto: Claucinei Zonta)
Alta  | Web

#69 Cascavelense Gustavo Myasava (Foto: Claucinei Zonta)

#69 Cascavelense Gustavo Myasava (Foto: Claucinei Zonta)
Alta  | Web

 

JOÃO FONSECA VENCEU A RAMPA DE CERVEIRA

RAMPA DE CERVEIRA

Classificações finais em: http://cami.cronobandeira.com/docs/cnm_final_oficial.pdf

João Fonseca (Norma M20FC) dominou as subidas de prova da sexta jornada do Campeonato Nacional de Montanha (CNM), disputada em Cerveira e dessa forma coloca-se na liderança do Campeonato.

O somatório das duas melhores subidas de prova do piloto da Covilhã foi de 3m 53,172s, deixando o seu principal adversário, quer na prova, quer nas contas do CNM, Rui Ramalho (Juno SSE) a 2, 670s. Paulo Ramalho (Juno CN 09) arrecadou a terceira posição do pódium. 

Na Categoria 2 destaque para Edgar Reis (Porsche 997 GT3), que dominou com à vontade, tendo nas contas finais somado menos 9,7s que o seu principal adversário, Manuel Correia (Skoda Fabia S2000).  Pedro Coelho Saraiva (Mitsubishi Lancer Evo IX) foi o terceiro da Categoria, com um lugar arrancado a ferros a Mário Teixeira (Ford Fiesta S1600).

Azar para Tiago Reis, que viu o diferencial dianteiro do Ford Fiesta ceder e impedi-lo de mais uma vez vencer na Categoria 3. Dessa forma Luís Silva teve a porta aberta para ser quinto da geral e vencer a Categoria; pelo meio o piloto do BMW M3 ainda teve um susto, com um problema de transmissão.

Lutas bem interessantes marcaram a prova, nomeadamente na Categoria 3, onde José Correia (Seat Leon MK3) era o segundo classificado, à frente de Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer Evo VI), que se debateu com inúmeros problemas electricos no carro nipónico.

Por fim a Categoria 4, em que Mário Mesquita (Datsun 1600SSS) foi o vencedor.

O troféu para a melhor Senhora foi vencido por Joana Barbosa (Abarth 500).

O Clube Aventura do Minho (CAMI) foi responsável pela organização.

A próxima prova do CNM, é disputada no fim-de-semana de 12 e 13 de Setembro, no Caramulo.

IMG 2054 João Fonseca (Norma M20FC) IMG 2053 Rui Ramalho (Juno SSE)

Antes do arranque para a sessão de treinos livres, foram plantadas duas sementes de carvalho, junto à linha de partida da Rampa de Cerveira.

Joaquim Capelo, em representação da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK) e Joaquim Teixeira, em representação da Associação Portuguesa de Pilotos de Automóvel de Montanha (APPAM), foram os responsáveis pelo acto.

“Ao lançarmos esta semente, pretendemos plantar uma árvore, mas mais importante ainda, queremos plantar ideias. Queremos despertar consciências de que a protecção da floresta é fundamental e é algo que compete a todos nós.” Afirmava Joaquim Capelo, após plantar a semente.

Joaquim Teixeira realçava ainda “o trabalho e o empenho dos bombeiros durante este e tantos Verões, no combate aos fogos e na defesa da floresta. Desta forma, além de realçar a importância de mantermos a floresta tradicional portuguesa, entendo que é também uma maneira de prestar homenagem ao trabalho dos bombeiros.”

Agora resta esperar que a semente germine e que para o ano, existam mais dois carvalhos portugueses junto à rampa, mas sobretudo haja cada vez mais motivação para que a defesa da floresta seja uma realidade para todos.

IMG 2048 Joaquim Teixeira (APPAM) à esquerda; Joaquim Capelo (FPAK) à direita.

IMG 2050 Joaquim Teixeira (APPAM) à esquerda; Joaquim Capelo (FPAK) à direita.

3ª Subida de prova

João Fonseca (Norma M20FC) confirmou os resultados das duas subidas de prova precedentes e assinou na derradeira subida o melhor tempo do dia, com 1m 56,453s, aumentando a diferença para Rui Ramalho (Juno SSE), em 2,3s.

Paulo Ramalho (Juno CN 09) confirmou o terceiro posto, à frente do vencedor incontestado da Categoria 2, Edgar Reis. Menos sorte teve o seu irmão Tiago Reis, que optou por seguir para parque fechado, pois os problemas da transmissão do Ford Fiesta, não estavam totalmente resolvidos.

Luís Silva esteve em “dia sim” e não fosse o susto que a transmissão lhe “pregou” na subida anterior teria tido um dia perfeito. Mesmo assim, voltou a assinar o melhor tempo da Categoria 3.

Sérgio Nogueira (Citroen Saxo) saiu de estrada e a prova terminou mais cedo para o homem do Saxo, logo no Posto 1.

Mário Mesquita (Datsun 1600SSS) venceu a Categoria 4.

Classificações 3ª subida

1º João Fonseca (Norma M20FC) 1º Cat. 1m 56.453s;  2º Rui Ramalho( Juno SSE) 1 a 2.320s; 4º Paulo Ramalho (Juno CN 09) a 3.125s; 4º Luís Silva (BMW E30-M3) 1º Cat. 3 a 13.100s; 5º Edgar Reis (Porsche 997 GT 3) 1º Cat. 3 a 13.872s; 6º José Correia (Seat Leon MK3) a 15.006s; 7º Luís Nunes (Seat Leon) a 15.707s; 8º Manuel Correia (Skoda Fabia S2000) a 16.661s; 9º Manuel Pereira (Mitsubishi Evo VI) a 17.460s; 10º Francisco Marrão (Seat Leon 1.8) a 22.761s.

Classificaram-se mais sete concorrentes

2ª Subida de prova

João Fonseca (Norma M20FC) voltou a vencer e dilatou mesmo a vantagem sobre Rui Ramalho. O piloto da Covilhã rodou em 1m 57,582s, e dilatou a vantagem para 1,6s sobre Rui Ramalho (Juno SSE).

Na Categoria 2 nada de novo, com Edgar Reis (Porsche 997 GT3) a manter-se no primeiro lugar.

Na Categoria 3 é agora José Correia (Seta Leon) quem assina o melhor tempo.

Tiago Reis (Ford Fiesta RS) encontra público em pleno traçado e tem que se desviar, para não tocar em nenhum dos espectadores que decidiram “invadir” a pista. Não quis repetir a subida, tanto mais que a transmissão do Fiesta não está definitivamente nas melhores condições.

Luís Silva é obrigado a parar por problemas de transmissão no BMW M3, ficando assim impedido de manter a liderança na Categoria 3. Manuel Pereira, que tem vindo a sentir problemas eléctricos no Mitsubishi Lancer EVO VI, repetiu a subida e roda com a segunda melhor marca da Categoria 2.

Vítor Ramos ficou parado, com problemas mecânicos no Ford Escort, o que obrigou à repetição das subidas de Rocio Lorenzo (Citroen Saxo) e de Paulo Nogueira (Citroen Saxo).

Classificações 2ª subida

1º João Fonseca (Norma M20FC) 1º Cat. 1m 57.582s; 2º Rui Ramalho (Juno SSE) a 1.666s; 3º Paulo Ramalho (Juno CN 09) a 2.486s; 4º Edgar Reis (Porsche 997 GT 3) 1º Cat.2 a 11.007s; 5º José Correia (Seat Leon MK3) 1º Cat. 3 a 13.787s; 6º Manuel Pereira (Mitsubishi Evo VI) a 14.302s; 7º Luís Nunes (Seat Leon) a 14.883s; 8º Manuel Correia (Skoda Fabia S 2000) a 16.268s; 9º Tiago Reis (Ford Fiesta) a 20.349s; 10º Francisco Marrão (Seat Leon 1.8) a 21.016s.

Classificaram-se mais oito concorrentes

1ª Subida de prova

João Fonseca (Norma M20FC) realizou o melhor tempo da primeira subida de prova. Subiu em 1m 56,719s, batendo Rui Ramalho (Juno SSE) pela escassa margem de 35 centésimas de segundo.

Sem surpresa, Paulo Ramalho (Juno CN09) é terceiro, a 4,2 segundos do líder.

Na Categoria 2 é Edgar Reis (Porsche 997 GT3) quem comanda, é quarto da geral e detém uma vantagem de 5,1 segundos sobre Manuel Correia (Skoda Fábia S2000).

Tiago Reis alinhou nesta subida, mas optou por um andamento mais cauteloso, para não esforçar o diferencial, órgão mecânico que lhe deu problemas durante a manhã. Luís Silva (BMW M3 E30) é assim o líder, com uma vantagem  de 1,2 segundos, sobre Reis.

Classificações 1ª subida

1º João Fonseca (Norma M20FC) 1º Cat. 1, 1m56.719s; 2º 102 Rui Ramalho (Juno SSE) a 0.350s; 3º Paulo Ramalho (Juno CN 09) a 4.287s; 4º Edgar Reis (Porsche 997 GT 3) 1º Cat.2, a 11.886s; 5º Luis Silva (BMW E30-M3) 1º Cat. 3, a 13.532s; 6º Tiago Reis (Ford FiestaRS) a 14.717s; 7º Manuel Pereira( Mitsubishi Evo VI) a 15.463s; 8º Luis Nunes (Seat Leon) a 16.219s; 9º Manuel Correia (Skoda Fabia S 2000) a 17.062s; 10º José Correia (Seat Leon MK3) a  19.458s.

Classificaram-se mais 10 concorrentes.

2ª Sessão de treinos

João Fonseca (Norma M20FC) encurta substancialmente a diferença para Rui Ramalho (Juno SSE). A diferença entre ambos é agora de duas décimas de segundo.

Paulo Ramalho (Juno CN 09) é o terceiro da Categoria 1 e da geral, onde está  à frente de Edgar Reis (Porsche 997 GT 3), que comanda na Categoria 2.

Com Tiago Reis (Ford Fiesta RS) a não alinhar nesta subida, enquanto substitui o diferencial dianteiro, é Luís Silva (BMW M3 E30), quem lidera na Categoria 3.

Mário Mesquita é uma espécie de vencedor obrigatório na Categoria 4. `

1ª Sessão de treinos

Rui Ramalho (Juno SSE) foi o mais rápido na primeira sessão de treinos da Rampa de Cerveira. João Fonseca (Norma M20FC) a 4,335s foi o segundo mais rápido no 3,5 Km´s do traçado minhoto.

Tiago Reis viu o diferencial dianteiro do Ford Fiesta RS ceder e não vai alinhar na segunda subida de treinos.

 

WALTER CARDOSO FALA DO RALI DE CERVEIRA

Terminado o rali de Cerveira com um honroso 5o lugar á geral e 3o lugar na categoria X5. Obrigado MCO Racing Team pela boa preparação do novíssimo Evo IX , obrigado Vítor Ribeiro pela confiança uma vez mais no meu trabalho. Evoluímos com o decorrer do rali num piso que dizias não ser a tua praia. 

 

PORSCHE DE LE MANS EXPOSTO

PORSCHE VENCEDOR DE LE MANS EXPOSTO

 

Aqui está o vencedor de Le Mans 2015 "imaculadamente" sujo... "imaculadamente" impecável depois de 24 horas de uma grande batalha de 24 horas. Exposto no espaço Porsche em Nurburgring.

 

MANUEL E ADRIANO PEREIRA QUEREM A VITÓRIA NO RALI DE MESÃO FRIO

 

RALI DE MESÃO FRIO

 

MANUEL E ADRIANO PEREIRA QUEREM A VITÓRIA NO RALI DE MESÃO FRIO

 

Depois de ter obtidos por duas vezes o segundo lugar, nas ultimas duas edições do rali de Mesão Frio, a dupla Manuel Pereira e Adriano Pereira aspiram como é óbvio a subir ao degrau mais alto do pódio , na edição deste ano do rali de Mesão Frio. Por isso o optimismo reina no seio da equipa, onde Manuel Pereira começou por nos dizer “ tudo faremos para vencer, não vai ser uma tarefa nada fácil, pois a concorrência está com muitos bons carros, e estou a prever que irá ser uma luta até aos últimos metros do ultimo troço, mas o importante é que não hajam problemas técnicos, não se cometam erros, e consigamos chegar ao final o melhor classificados possível “.Adriano Pereira, o navegador de Manuel Pereira acrescentava “ não há duas sem três, pois nas duas ultimas edições acabamos sempre na segunda posição, tudo faremos para que este ano consigamos vencer este rali, que promete a todos os níveis. Basta ver a lista de inscritos, com um naipe de 4x4 incrível, isso para além doutras máquinas que com certeza irão dar o seu melhor, e com isso aumentar o espectáculo. Espero que o Rali de Mesão Frio nos corra de feição, e que este ano consigamos chegar ao objectivo que pretendemos, que é vencer o rali “.MP1 CopyMP2 Copy

 

ELS EM PAUL RICARD

A  A quarta jornada da temporada 2015 do European Le Mans Series (ELMS), que terá lugar a 5 e 6 de Setembro no circuito de Paul Ricard, marca o “regresso às aulas” após as férias de Verão. A prova dará o tom para a grande final, a realizar no Autódromo do Estoril, em Outubro. Situado no Sul de França, Paul Ricard é um circuito com condições ideais para as provas de Resistência. Oferece a pilotos e equipas um desafio bem diferente daquele que encontraram nas pistas visitadas desde o início da temporada (Silverstone, Imola e Red Bull Ring), com a longa recta de 1,8 quilómetros a fazer lembrar a linha direita das Hunaudieres nas 24 Horas de Le Mans.

29 carros para a penúltima prova da temporada

16 equipas nos Sport-Protótipos

A categoria LMP2 será uma vez mais aquela que reune uma lista de inscritos mais dilatada para as 4 Horas du Castellet. Em Paul Ricard vão estar 12 Sport-Protótipos à partida, com o destaque para os vencedores em Red Bull Ring e líderes do campeonato, a JOTA Sport. O português Filipe Albuquerque, acompanhado de Simon Dolan e Harry Tincknell, estão na frente da classificação geral com dois pontos de vantagem para a equipa francesa Thiriet by TDS Racing (Pierre Thiriet, Ludovic Badey e Tristan Gommendy) e 10 pontos para os vencedores em Silverstone,  a Greaves Motorsport (Gary Hirsch, Björn Wirdheim e Jon Lancaster).

Após ter conseguido o primeiro pódio na Áustria, graças a Mikhail Aleshin, Victor Shaytar e Kirill Ladygin, os russos da AF Racing (ex SMP Racing) chegam à pista francesa com motivação renovada, desejosos de confirmar a valia dos seus dois BR01 Nissan.

O Ligier JSP2 da Krohn Racing, guiado pelo trio Tracy W. Krohn, Osvaldo Negri e Olivier Pla, ocupa o quarto lugar da tabela, tendo conseguido pontos com enorme regularidade desde o início da temporada. O único LMP2 em pista que não tem motor Nissan - usa um Judd -  terminou duas vezes na quinta posição e foi quarto na outra prova.

Mesmo tendo realizado uma bela corrida nas 24 Horas de Le Mans e garantido o segundo lugar em Imola, a equipa irlandesa Murphy Prototype não vai além do sexto lugar na geral. Nathanaël Berthon, muito à vontade na pista da região do Var, e os seus companheiros, Michael Lyons e Mark Patterson, apostam num grande resultado em Paul Ricard para se aproximarem dos lugares dianteiros da classificação. O segundo dos quatro ORECA 03b Nissan presentes nas 4 Horas du Castellet é inscrito pela Eurasia Motorsport. Para a prova francesa, o chinês Pu Jun Jin e o holandês Nico Pieter vão ter o reforço do britânico Richard Bradley, vencedor da classe nas 24 Horas de Le Mans 2015. A Ibanez Racing completa a lista dos ORECA 03b com dois carros.

A Pegasus alinhará o único Morgan Nissan do plantel ELMS, guiado pelo francês Léo Roussel na companhia de David Cheng, enquanto a equipa portuguesa Algarve Pro Racing Team inscreve um Ligier Nissan para James Winslow, Michael Munemann e Andrea Roda.

Na categoria LMP3, contam-se quatro Ginetta Nissan para esta penúltima jornada do ELMS 2015. Vencedor em Silverstone e no Red Bull Ring, o nº 3 da da equipa LNT volta a ser guiado por Charlie Robertson e Sir Chris Hoy. O “GT Academy boy”, Gaëtan Paletou, conseguiu mais um pódio na Áustria com o Ginetta nº 2, então na companhia de Mark Shulzhitskiy, mas desta feita volta a ser secundado pelo britânico Michael Simpson, com quem conseguiu um segundo lugar em Silverstone.

A equipa 100 por cento italiana Villorba Corse faz alinhar o Ginetta nº 5 para Roberto Lacorte e Giorgio Sernagiotto. Após o segundo lugar na Áustria querem desafiar o domínio de Hoy e Robertson.

Os espanhóis da SVK by Speed Factory ocupam o quarto posto do campeonato, depois de terem ficado a zeros na última jornada. Desta feita, os habituais pilotos, Konstantin Calko e Dainius Matijosaltis, vão ser acompanhados pelo holandês Mirco van Oostrum.

Regresso com 13 GT em pista e tudo em aberto

Antes da jornada francesa do ELMS, apenas 14 pontos separam os sete primeiros classificados na categoria LMGTE. Ou seja, quase todos os oito inscritos estão verdadeiramente em liça pelo título.

A equipa Formula Racing, com o Ferrari 458 Italia n° 60 de Johnny Laursen, Andrea Rizzoli e Mikkel Mac, lidera depois da vitória na Áustria, tendo cinco pontos de avanço sobre o Ferrari n° 55 da AF Corse, guiado Duncan Cameron, Matt Griffin e Aaron Scott.

A AT Racing, vencedora em Imola, alinhará o F458 Italia para Alessandro Pier Guidi e pai e filho Alexander Talkanitsa. Sem sorte no Red Bull Ring, a equipa desceu do primeiro para o quarto lugar no campeonato, logo atrás do Porsche n° 88 da Proton Competition, tripulado por Richard Lietz, Marco Mapelli e Christian Ried.

Três provas no ELMS 2015, significaram um igual número de quartos lugares para o BMW do Team MarcVDS, o único Z4 do plantel. A equipa belga e os seus pilotos, Andy Priaulx, Henry Hassid e Jesse Krohn, esperam finalmente subir ao pódio.

Michael Wainwright, Adam Carroll e Dan Brown, ao volante do Porsche 911 n° 86 da Gulf Racing UK, desejam também regressar aos bons resultados. Após ganhar em Silverstone, a formação britânica apenas somou mais 10 pontos na duas provas seguintes, descendo para o sexto lugar da geral. Ainda assim, estão a 13 pontos dos líderes quando há ainda 52 pontos para atribuir nesta ponta final do campeonato. E na luta pelo título estão também os terceiros classificados na Áustria, Matteo Cresoni e Peter Mann. Para Paul Ricard, a dupla vai ter a ajuda do vencedor de Le Mans, Andrea Bertolini, para guiar o Ferrari 458 Italia da AF Corse com o n°51.

A JMW Motorsport, a segunda equipa 100 por cento britânica, volta a marcar presença com o seu F458 Italia entregue a Robert Smith e George Richardson.

Nos GTC, descortinam-se na lista de inscritos cinco carros de três construtores - BMW, Ferrari e Aston Martin. Graças à vitória em Silverstone e ao segundo lugar na Áustria, o BMW Z4 GT3 da formação francesa TDS Racing lidera a classificação com cinco pontos de vantagem antes da prova onde joga em casa. Segue-se o Ferrari 458 Italia GT3 da AF Corse (n° 62), tripulado por Francesco Castellacci e Stuart Hall, que com a ajuda de Thomas Flohr venceram em Imola.

Mads Rasmussen, Adrien De Leener e o português Francisco Guedes vão estar ao volante do F458 GT3 da AF Corse (n° 64), enquanto o trio Giorgio Roda, Marco Cioci e Ilya Melnikov dividem o carro idêntico da equipa italiana (n° 63).

Finalmente, o Aston Martin Vantage GT3 da equipa Massive Motorsport conta com o trio dinamarquês Casper Elgaard, Kristian Poulsen e Simon Moller.

As 4 Horas du Castellet, quarta e penúltima jornada  do ELMS 2015 realizam-se no Circuito Paul Ricard, a 5 e 6 de Setembro.

 

SEGUNDO A OPINIÃO DO JORNALISTA JOÃO CARLOS COSTA

SEGUNDO A OPINIÃO DE JOÃO CARLOS COSTA

 

E se o WEC de 2016 tivesse mais uma prova? E que prova! Pode ser que as 6 Horas de Monza venham a abrir o Mundial no final de Março, início de Abril. Para confirmar na jornada do Texas, quando o calendário for anunciado. Montreal e Cidade do México também podem ser hipótese num mundial que apontaria então para 10 corridas dentro de dois anos.

 

HELDER RODRIGUES VENCEU NA ANATOLIA

 

TransAnatolia 2015

22 a 29 de Agosto de 2015 

Hélder Rodrigues venceu hoje derradeira etapa

e terminou TransAnatólia no 2º lugar 

Exceltente teste com vista ao Dakar por parte do piloto oficial da Yamaha 

 

Hélder Rodrigues foi hoje o vencedor da 7ª e derradeira etapa do TransAnatólia, a longa maratona de sete dias que o piloto português tem estado a disputar na Turquia. Com este resultado o líder da equipa oficial da Yamaha confirmou o 2º lugar na classificação geral posição a que ascendeu no terceiro dia de prova.

Recorde-se que, já este ano, Hélder Rodrigues venceu na Tunísia e subiu ao pódio na Sardenha.Hlder Rodrigues_PdioPartidaTransAnatlia_01_Copy

 

OS MICRO CARROS NO MUSEU DO CARAMULO

Museu do Caramulo inaugurou Exposição «Micro Carros, Grandes Histórias»

Exposição temporária dedicada aos automóveis de pequena cilindrada inaugurada dia 22 de agosto.

O Museu do Caramulo inaugurou sábado, dia 22 de Agosto, às 17 horas, a exposição temporária “Micro Carros, Grandes Histórias”, dedicada aos automóveis de pequenas dimensões que fizeram história, e que estará patente até 6 de Dezembro de 2015.

Os carros não se medem aos palmos. Os mais pequenos, muitas vezes, reservam-nos grandes narrativas. Por isso, o Museu do Caramulo apresenta uma nova exposição temporária que reúne alguns dos mais emblemáticos e raros automóveis de pequena cilindrada do mundo – incluindo os micro carros portugueses, como o Lusito, o IPA e o SADO 550 – alguns deles nunca antes expostos.

A exposição, que conta com um micro carro Peugeot com mais de 100 anos (uma voiturette de 1914), irá revelar todos os detalhes da revolução motorizada protagonizada por estes pequenos veículos.

Ao longo da história da indústria automóvel, sempre houve o fascínio por produzir pequenas viaturas. Especialmente nos períodos entre Guerras e em épocas de recessão, quando a escassez de recursos e a necessidade de mobilidade, independência e liberdade estimularam a produção de carros de pequenas dimensões.

Pequenos fabricantes, mas também os gigantes da indústria automóvel que viram neste nicho de mercado uma oportunidade, desenvolveram automóveis de pequenas dimensões que permitiram adaptar de forma inteligente os escassos materiais existentes, salvaguardar postos de trabalho e sustentar um mercado economicamente frágil, assegurando a necessária mobilidade.

“Micro Carros, Grandes Histórias” é uma exposição diferente de todas as anteriormente produzidas pelo Museu do Caramulo, na medida em que para além dos veículos, apresenta uma abordagem visual nova, com um enquadramento assente em vários objetos do quotidiano, todos de época, que, em conjunto, compõem uma visão “pop” das décadas de 50, 60 e 70.

Os micro carros portugueses são um dos grandes focos da exposição. Serão apresentados quatro modelos: um Lusito, dois IPA (incluindo um raríssimo protótipo e o IPA 300, na foto) e um SADO 550, o primeiro automóvel português a ser produzido em série.

Segundo Tiago Patrício Gouveia, director do Museu do Caramulo, “apesar de cada micro carro ter características muito próprias, todos partilham um espírito comum que é o espírito de uma época de adaptação e superação. Foram produzidos por pequenos e grandes fabricantes, em vários pontos do mundo, muitas vezes com materiais excedentários provenientes da indústria aeronáutica, para dar resposta a um contexto difícil, em que a escassez de recursos não podia impedir a mobilidade e liberdade das pessoas. São essas histórias, enquadradas numa grande História, que queremos trazer ao público, através de uma experiência de proximidade com automóveis que muitos reconhecem mas poucos conhecem”.

Com a exposição “Micro Carros. Grandes Histórias”, o Museu do Caramulo lança a sua primeira acção de crowdfunding. Trata-se de um projecto inédito no Museu, que, no final da exposição, faz um apelo aos visitantes para se juntarem à acção “Salvem o Messi”, para restaurar um Messerschmitt KR200 de 1958, um micro carro do Museu do Caramulo. Através deste programa, as pessoas poderão contribuir para o restauro e beneficiar de vantagens únicas, como ter o seu nome associado ao carro que ajudaram a restaurar, receberem publicações do Museu, e até mesmo ganharem uma subida da Rampa do Caramulo no Messerschmitt KR200, no lugar de copiloto, depois de concluído o restauro.

Bubblecars, Microcars, Microcoches, Microcotxes, Motocars ou Voiturettes são algumas das designações internacionais que os Microcarros assumem. A história automóvel nunca poderia ser escrita esquecendo estes projetos, muitas vezes experimentais, que fizeram parte do progresso económico do pós-guerra na Europa e contribuíram para o entusiasmo e a liberdade de um grande número de cidadãos.

Durante a 10º edição do Caramulo Motorfestival, que regressa à Serra do Caramulo nos dias 4, 5 e 6 de Setembro, a exposição “Micro Carros, Grandes Histórias” poderá ser visitada em horário alargado.



Micro-Carros

 

O VERÃO DAS RENT A CAR

O verão dos Rent-a-Car

O setor de rent-a-car está a registar no começo do Verão um nível de ocupação francamente satisfatório, tendo para tal contribuído o aumento do número de turistas e por outro lado o melhor ajustamento da frota disponível á procura.

A perseverança e o bem-fazer têm sido grandes conselheiros no desenvolvimento do negócio de rent-a-car em Portugal. E no rent-a-car sabemo-lo bem, pois temos trabalhado intensamente, remando, às vezes, contra a corrente, sem esquecermos nunca de apontar na direção certa: A satisfação do cliente.

O esforço desenvolvido pelo setor de rent-a-car tem contribuído para a recuperação positiva do mesmo.

Este setor de grande importância para a economia nacional muitas vezes olhado de forma menos atenta pelos nossos governantes é certamente um dos setores que mais contribui para a receita fiscal do país, pois é importante não esquecer que cerca de 26% das viaturas vendidas em Portugal destinam-se a empresas de rent-a-car, sendo por isso com toda a certeza e sem margem para qualquer dúvida o setor que contribui de maior forma para a receita do ISV – imposto sobre Veículos, IUC – Imposto Único de Circulação e IVA – Imposto sobre o Valor Acrescentado.

Este ano o rent-a-car adquirirá mais de 30.000 viaturas sendo responsável anualmente pelo pagamento em média de 80 milhões de euros de ISV, 350 milhões de euros de IVA e 15 milhões de euros de IUC.

O rent-a-car onde o peso do turismo é de 60% é assim um dos setores de grande peso na economia nacional, parceiro estratégico do Turismo e do setor automóvel nacionais.

É urgente que este setor seja dotado de um quadro legislativo ao nível dos demais países europeus de forma a permitir o seu crescimento harmonioso e captador de
divisas que tão importantes são para o nosso país.

A atividade de aluguer de automóveis sem condutor em regime de curta duração (rent-a-car) em 2014 registou um significativo crescimento, na sequência do que já havia acontecido em 2013, verificando-se um aumento da faturação de cerca de 11% no que respeita ao aluguer de veículos ligeiros de passageiros.

No que respeita ao ano de 2015, tendo em conta os elementos estatísticos disponíveis até Junho estima-se um aumento da faturação de 5 a 8% face ao ano anterior.

O sector de rent-a-car espera que em Portugal se registe uma diminuição da sazonalidade e que com tal situação o sector tenha taxas de ocupação nos meses de Setembro a Dezembro melhores do que as registadas em anos anteriores.

Seguramente o sector de rent-a-car registará em 2015 um bom ano em matéria de Turismo. Portugal tem registado um aumento da procura turística a que não é alheia
a melhor coordenação entre os agentes do sector, a crescente atratividade do destino Portugal e o trabalho de promoção efectuado pelas instituições ligadas á promoção turística.

Sendo certo que Portugal tem sido premiado nos últimos tempos como destino turístico, tais prémios ainda não são suficientes para recuperar os lugares perdidos,
devendo continuar a investida na forte promoção do destino Portugal e a consequente recuperação das empresas ligadas ao turismo, onde naturalmente se inclui o rent-a-car.

Urge pois:
1- Reforçar o turismo português para a realização de megaeventos;
2- Aumentar a captação de divisas e a entrada de turistas estrangeiros, com o consequente aumento das receitas oriundas do turismo internacional;
3- Incentivar os portugueses a viajar em Portugal, melhorando a qualidade e competitividade do produto turístico destinado a clientes nacionais, criando  inclusivamente pacotes específicos para turistas nacionais, com vista a claro aumento das taxas de ocupação.

Deverão também os vários operadores do sector trabalhar no sentido de conhecer cada vez melhor o turista, o mercado e o território, bem como estruturar da melhor forma os destinos turísticos.

A nível político dever-se-á fomentar e qualificar os serviços turísticos; estimular o desenvolvimento sustentável da atividade turística; fortalecer a gestão descentralizada, atribuindo às associações sectoriais um papel de colaboração e parceria cada vez mais importante, bem como promover a melhoria de um ambiente jurídico favorável ao desenvolvimento da atividade turística, eliminando os custos de contexto que são muitas das vezes responsáveis pela estagnação no exercício das atividades económicas.

A atividade de aluguer de automóveis sem condutor (rent-a-car) é um sector com grande significado para a economia portuguesa e especial para o Turismo, representando em grande parte o produto turístico nacional, pois não podemos esquecer que é o primeiro e o último produto turístico utilizado por quem nos visita.

O número de veículos adquiridos por empresas de rent-a-car em 2015 é francamente superior ao de 2014, registando um aumento nos primeiros 6 meses do ano de 25% no que respeita a veículos de passageiros e de 2% no que respeita a veículos de mercadorias.

Também ao nível do mercado empresarial, o rent-a-car tem ganho, ou melhor dizendo recuperado importância a nível da escolha deste produto por parte das empresas.

No ano em curso o aluguer de curto e médio prazo tem vindo a aumentar a sua procura - O empresário tem uma grande flexibilidade de ajustar a frota às suas necessidades.



Rent a Car

 

MANN HUMMEL COMPRAM AFFINIA GROUP

MANN + HUMMEL chega a um acordo para a aquisição da Affinia Group

A união destas empresas soma 150 anos de conhecimentos sobre a produção de filtros.

O Grupo MANN + HUMMEL, com sede na cidade alemã de Ludwigsburg, chegou a um acordo definitivo para adquirir o negócio global de filtragem da Affinia Group Inc., fabricante das marcas de filtros Wix e Filtron, excluindo as operações da Affinia Sudamérica"ASA".

A transação está sujeita às aprovações legais correspondentes, assim, no futuro imediato, as duas empresas continuarão a operar separadamente.

A empresa filtragem Affinia é especializada na fabricação de filtros de óleo, combustível, ar, hidráulicos e de resfriamento para o mercado de peças de reposição. Por seu lado, a MANN + HUMMEL é uma empresa global de capital privado especializada em filtro que oferece soluções de filtragem a clientes de primeiro equipamento e do mercado de peças substituição, tanto do setor industrial e como automóvel. Entre as duas empresas, empregam 20.000 trabalhadores em todo o mundo.



Alfred Weber

 

NOTICIAS DO BRASIL

Flávio Bergmann
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Circuito dos Cristais
Alta | Web

Flávio Bergmann
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Cleyton Pinteiro no Circuito dos Cristais
Alta | Web

Flávio Bergmann
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Cleyton Pinteiro no Circuito dos Cristais
Alta | Web

Minas Gerais se prepara para ter novo autódromo

Circuito dos Cristais está sendo asfaltado e, quando pronto, será o primeiro Autódromo Resort da América Latina

A cidade de Curvelo, distante 143 quilômetros de Belo Horizonte, receberá a mais nova casa do automobilismo brasileiro. Trata-se do Circuito dos Cristais, autódromo construído em uma área de quatro milhões de metros quadrados e que possui um trajeto de 4.200 metros de extensão e 18 curvas, sendo sete para a esquerda e outras 11 para a direita. Previsto para ser entregue no início de 2016, o local já conta com dois terços da pista já receberam camadas de asfalto.

Situada na região central do estado e tido como o maior polo comercial da região, Curvelo possui 77 mil habitantes é uma região de reservas minerais, principalmente ardósia, quartzo e cristais, daí o nome do novo autódromo. O empreendimento, que está em fase adiantada de construção, foi visitado por promotores como Maurício Slaviero, da Vicar (Circuito Schin Stock Car, Brasileiro de Turismo, Fórmula 3 Brasil e Mercedes-Benz Challenge), e Neuza Navarro Félix, da Fórmula Truck.

"O empreendimento é grandioso e muito importante para o automobilismo brasileiro, que ficará mais próximo de tantos adeptos e profissionais do esporte a motor do estado de Minas", lembra Cleyton Pinteiro, presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). O dirigente esteve no Circuito dos Cristais e ficou impressionado com o empreendimento dirigido pelos empresários Alfredo Rodrigues e Marco Tulio dos Santos, diretores responsáveis pela TecRacing.

"Tivemos preocupação em construir um traçado que o piloto goste inclusive do visual, onde cuidamos de toda a vegetação com muitas árvores, mantendo a nossa preocupação com o meio ambiente", diz Alfredo Rodrigues. O local tem o conceito de "Clube Casa de Pista", uma vez que terá um condomínio de casas. Quase todas as 140 cotas comercializadas foram vendidas e cada cotista poderá construir uma residência, tendo direito a circular pelo paddock em dias de eventos.

Além do asfaltamento do circuito, os itens de segurança já estão sendo providenciados de acordo com as regulamentações da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e da CBA. "Estivemos conversando sobre áreas de escape, zebras e toda a infraestrutura e posso garantir que o Circuito dos Cristais é um empreendimento que já nasceu bom", afirma Jhonny Bonilla, presidente da Comissão Nacional de Circuitos (CNC) da CBA.

Com a construção do Circuito dos Cristais, o estado de Minas Gerais voltará a contar com corridas em nível nacional depois de quase meio século, quando corridas de carros eram disputadas na região da Pampulha. Nomes como Clemente de Faria, Vinicius Pimentel, Toninho da Matta e José Alberto Junqueira (os dois últimos pais de Cristiano da Matta e Bruno Junqueira, respectivamente), correram na época das provas na Pampulha.

"Minas sempre teve pilotos de talento e um kart muito ativo, com campeonatos regionais e brasileiros, como a Copa Brasil de Kart deste ano, que será disputada no RBC Racing, em Vespasiano, a partir do dia 18 de outubro. E agora teremos um autódromo para nossos pilotos seguirem suas carreiras nas pistas", diz um animado presidente da Federação Mineira de Automobilismo (FMA), Pedro Sereno.

 

RALI DE MANGUALDE

 

QUASE 30 ANOS DEPOIS, MANGUALDE VOLTA A TER RALLYE 

I RALLYE DE MANGUALDE

CONFERÊNCIA DE IMPRENSA DE APRESENTAÇÃO DA PROVA:

30 DE AGOSTO, DOMINGO, 17H00, LARGO DAS CARVALHAS

 

A Câmara Municipal de Mangualde, juntamente com o Clube Automóvel da Marinha Grande, trazem o rallye de volta a Mangualde, na expetativa de fazer desta primeira edição uma tradição da cidade. A apresentação oficial do evento está marcada para o dia 30 de agosto, domingo, pelas 18h00, no Largo das Carvalhas (junto à Casa das Associações, antiga escola primária), em Mangualde.Cartaz Mangualde_Rallye_Copy

 

JET SKI NO BRASIL

28º BRASILEIRO DE JET SKI: HERALDO ESTRELLA

RETORNA ÀS COMPETIÇÕES, EM RIBEIRÃO PIRES

O gaúcho de Porto Alegre não competiu em 2014, depois de passar por cirurgia na coluna.

 

Depois de cerca de nove meses afastado de competições o gaúcho Heraldo Estrella retorna para disputar a segunda e terceira etapas do 28º Campeonato Brasileiro de Jet Ski. O evento será realizado de 5 a 7 de setembro, na Represa Billings, no Tahiti Náutica Club, em Ribeirão Pires, na Grande São Paulo. O piloto de Porto Alegre passou em março último, por uma cirurgia de hérnia de disco e agora foi liberado para competir. Essas etapas também definirão os pilotos com direito às vagas do Campeonato Mundial, que acontecerá de 3 a 11 de outubro em Lake Havasu (EUA).

“Minha última corrida foi no Sudamericano, no Paraguai, nos dias 8 e 9 de novembro, com equipamento emprestado e terminei em quarto lugar. As dores na coluna voltaram de forma intensa e resolvi fazer a cirurgia em março, para retirada de duas hérnias de disco L4 e L5. Agora já recuperado volto a competir nessas duas etapas do Brasileiro. Na verdade vou me testar nessas corridas”, explicou o campeão brasileiro de 2011, da categoria Super Course Turbo GP.

Estrella competirá pela primeira vez no Tahiti Náutica Club, mas tem informações que o local oferece boas condições para receber essas etapas do 28º Campeonato Brasileiro de Jet Ski, e espera disputas muito acirradas. Lembrou das baterias na abertura no campeonato, em Boa Esperança, com muitos competidores nas categorias ski (jet sem banco), que fizeram excelentes disputas. Nas categorias Runabout (jet com banco), foram marcadas pelo equilíbrio. Espera que essa boa performance dos pilotos se repita em Ribeirão Pires.  O gaúcho utilizará um equipamento novo, modelo SeaDoo RXP-X.

A segunda e terceira etapas do 28º CAMPEONATO BRASILEIRO DE JET SKI GRAND PRIX 2015 é uma realização da BJSA – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE JET SKI, com homologação da IJSBA – INTERNATIONAL JET SPPORTS BOATING ASSOCIATION. Produção - CPM7 FULL PROMOTION. Patrocí­nio – TAHITI NÁUTICA CLUB. Apoio oficial: PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO PIRES, SPETO IMPORT, YAMAHA DO BRASIL, NATURAL RACING, FLY X, GLOBOJET, RADICAL PEÇAS, Site BOMBARCO, REVISTA BOAT SHOPPING, www.photojetski.com.br, FULLPOWER ENERGY, TOALHAS SÃO CARLOS, COPTERCAM, CASARINI, SAFE WAVE e LogiGO. O evento conta com a supervisão da MARINHA DO BRASIL e CORPO DE BOMBEIROS DO ESTADO DE SÃO PAULO, além da Polí­cia Militar do Estado de São Paulo.photojetski Heraldo_Copy

 

ENCONTRO UMM

 

ENCONTRO UMM: Celebrar o Troféu e o espírito

 

É já no próximo dia 5 de setembro que os amantes dos consagrados e míticos UMM se vão reunir num almoço, aproveitando a oportunidade para mostrar um modelo que, sem sombra de dúvidas, faz parte da história do TT em Portugal. Quem não se lembra das inúmeras aventuras, das renhidas competições, ou simplesmente de um passeio fora de estrada sentado num modelo que teve o orgulho de ser português. O Clube UMM resolveu homenagear todos os que estiveram ligados às diversas edições do Troféu UMM, que com tantas emoções contribuiu para esta vertente do desporto automóvel. Hoje, muito relembram com saudade aqueles tempos, que foram também uma importante escola de pilotagem e navegação para muitos. Alguns deram seguimento às suas carreiras desportivas, outros ficaram com a eterna paixão de ter estado ao volante de um UMM.

Mas muito mais importante que assinalar as edições do Troféu, é tentar recuperar a saudar o espírito UMM. Por essa razão os organizadores convidam todos os proprietários deste saudoso TT a estarem presentes numa concentração e num almoço que terá por certo muitas coisa para planear e recordar. A região escolhida será Torre Vedras, mais concretamente o Turcifal,  onde todos se poderão concentrar a partir das 10h00 do próximo sábado, dia 5 de setembro no Hotel Dolce Campo Real. As inscrições, que por certo serão imensas, podem ser feitas para Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar  ou para um dos seguintes contactos: 917 841 071/916 196 404/969 779 811UMM2 CopyUMM Copy

 

ISLAY LAND ROVER

 

A Land Rover regressa à ilha onde foi criado o seu nome para uma concentração de clássicos única. A ilha de Islay, na Escócia, foi o palco dos testes levados a cabo por Spencer Wilks em 1947, onde foram postos à prova muitos dos primeiros protótipos do Series Land Rover.LR Islay_Celebration_Drive_02_CopyLR Islay_Celebration_Drive_04_CopyLR Islay_Celebration_Drive_07_CopyLR Islay_Celebration_Drive_08_Copy

 

RODRIGUES NO TRANSANATOLIA

 

TransAnatolia 2015

22 a 29 de Agosto de 2015 

Hélder Rodrigues venceu hoje derradeira etapa

e terminou TransAnatólia no 2º lugar 

Excelente teste com vista ao Dakar por parte do piloto oficial da Yamaha 

 

Entrevista final com Hélder Rodrigues (italiano + português) aqui: https://www.youtube.com/watch?v=1rUfeQmY0Zs

Hélder Rodrigues foi hoje o vencedor da 7ª e derradeira etapa do TransAnatólia, a longa maratona de sete dias que o piloto português tem estado a disputar na Turquia. Com este resultado o líder da equipa oficial da Yamaha confirmou o 2º lugar na classificação geral posição a que ascendeu no terceiro dia de prova.

 

“Estou contente com a nossa prestação nesta corrida. Alcancei um bom 2º lugar e foi também um bom resultado para o Botturi que terminou em terceiro. O Gerard esteve sempre muito forte, principalmente no início da corrida. Tentei sempre acompanhar o ritmo, mas foi um bom resultado para mim e para a Yamaha. Foram sete dias de corrida, o que deu para testar diversas coisas e para fazer muitos quilómetros. É muito bom continuar a subir ao pódio em cada corrida que faço e não ter problemas na moto ”, comentou Hélder Rodrigues no final do rali que terminou na capital turca Ancara.

 

Recorde-se que, já este ano, Hélder Rodrigues venceu no regressado Rali da Tunísia e subiu ao pódio na etapa do mundial de TT, disputada na ilha italiana da Sardenha.

Veja aqui o vídeo da 6ª etapa: https://www.youtube.com/watch?v=v11r900Vfks

Mais informações, declarações do piloto e fotos seguirão oportunamente.a1 Copya2 Copya3 Copy

 

SUGESTÃO DO DIA

 

Festival Caixa Alfama'15



Troca de dia de atuação por motivo de agenda:
Raquel Tavares atuará no dia 18 de setembro e Marco Rodrigues no dia 19 de setembro

18 e 19 de setembro
 

Palco Caixa, Museu do Fado (Auditório e Restaurante), Largo das Alcaçarias, Igreja de São Miguel, Palco Caixa Futuro - Sociedade Boa União, Grupo Sportivo Adicense, Centro Cultural Dr. Magalhães Lima, Igreja de Santo Estevão, Escadaria da Igreja de Santo Estevão, Fado à Janela – Largo do Chafariz de Dentro e Largo de São Miguel, Lavadouro Municipal de Alfama.
 


www.caixaalfama.pt www.facebook.com/caixaalfama
 

Por motivos de agenda, Raquel Tavares atuará no dia 18 de setembro e Marco Rodrigues no dia 19. Dois concertos que prometem muitos dos temas dos novos discos que os artistas têm para apresentar e que serão certamente dois dos grandes momentos do Caixa Alfama 2015.

alt


 

O bilhete único, já à venda nos locais habituais, tem o preço de 38€, passando a 45€ nos dias do Festival, e deverá ser colocada ao próprio pela Organização nas bilheteiras do festival sediadas no Museu do Fado, a partir de dia 17 de setembro. A pulseira garante acesso a todos os espaços do Festival até ao limite de lotação de cada um.

Os clientes da Caixa Geral de Depósitos terão 10% de desconto nos bilhetes adquiridos com qualquer cartão de débito ou crédito, na bilheteira do Museu do Fado.
 

Informação de Bilhetes

Preço do Bilhete

Preço único:  38€, passando a 45€ nos dias do Festival

Colocação obrigatória de pulseira ao próprio pela Organização nas bilheteiras do Festival / Museu do Fado, a partir de dia 17 de setembro.

Locais de Venda

Bilheteira do Museu do Fado, www.blueticket.pt; - Call Center 707 780 000, lojas FNAC, lojas Worten, El Corte Inglês (Lisboa e V. N. Gaia), Centros Comerciais Dolce Vita, Casino de Lisboa, Galerias Campo Pequeno, Abep, Estações de Correios, www.ctt.pt, lojas Media Markt, Turismo de Lisboa, Delegações ACP, MMM Ticket, C.C. Mundicenter, U-Ticketline, MMM Ticket,www.ticketline.pt - Reservas e informações 1820 (24 horas) | A partir do estrangeiro + 351 21 794 14 00 | Mobilidade Condicionada + 351 21 780 36 70Facebook Música no Coração

 

NOVOS REGULAMENTOS NA WEC

NOVOS REGULAMENTOS

 

Já há titulo mundial de marcas nos GT / WEC. Está em estudo um possível título mundial de pilotos da categoria.

 

SEGUNDO A INFORMAÇÃO DO JORNALISTA JOÃO CARLOS COSTA

SEGUNDO A  OPINIÃO DO JORNALISTA JOÃO CARLOS COSTA

 

Para além da Audi, também a Toyota parece apostar na configuração de low-drag para as 6 Horas de Nurburgring. Já a Porsche irá estrear o 919 "High Downforce".

 

KARTING NO BRASIL

 

Arena Brasil Kirin sedia a 5ª etapa do Campeonato Skin Kantan de Kart no próximo domingo

 

Campeonato conta com etapas mensais até dezembro de 2015, atraindo pilotos nacionais e internacionais

 

O Campeonato Skin Kantan de Kart 2015 volta a ser disputado no próximo domingo, 30 de agosto, em sua quinta etapa.  As corridas acontecerão no Kartódromo Arena Brasil Kirin,  em Itu (SP), com a organização do Ituano Motor Sport Club e do Speedteam. A competição conta com provas oficiais supervisionadas pela Federação de Automobilismo de São Paulo (FASP) e atrai pilotos que fazem parte da elite do kartismo nacional e internacional.

O alto nível técnico dos pilotos e a qualidade da pista, que já foi berço de grandes nomes do automobilismo, como: Átila Abreu, Bia Figueiredo, Lucas Di Grassi e Nelsinho Piquet, deixam as disputas ainda mais acirradas em todas as categorias: Cadete, U13/Top, Iame 125, Shifter, F4T KTT, F4T Iniciantes, F4T Novatos e F4T Graduados. 

Com etapas mensais até dezembro, as corridas são abertas ao público e a entrada é franca. A Arena Brasil Kirin é também um dos mais bem preparados espaços da região para sediar festas, rodeios, shows, eventos esportivos e empresariais, em meio a uma área total de 50 mil m² com uma infraestrutura composta por 60 boxes fechados, restaurante, lanchonete, vestiários, loja, ambulatório, arquibancada e estacionamento para 500 carros.

Premiações

 

Este ano, os pilotos que estão participando do campeonato concorrem a uma série de premiações que os levará a competições fora do país. Os pilotos da KTT que participam deste campeonato concorrem a um teste nos Estados Unidos num Ginetta, carro inglês GT3 . Já os campeões das categorias Cadete e U13 deste ano ganharão 70% de desconto nos custos das disputas de 2016 do Campeonato Schin Kantan de Kart .

O Speedteam, departamento de kart da Arena Brasil Kirin, também anunciou que em agosto serão selecionados pilotos das categorias Senior, Graduados e Junior, um de cada categoria, para participar do Grande Prêmio Arequipa de Kart. A prova internacional comemora os 475 anos de fundação da 2ª maior cidade do Peru e será organizada pelo Kart Club local com colaboração do Speedteam.

Os resultados do campeonato podem ser conferidos no site www.arenabrasilkirin.com.br.

 

Sobre a Arena Brasil Kirin

Inaugurada em 24 de abril de 1994, a Arena Brasil Kirin atrai kartistas de todo o Brasil. Sua pista com 1.240 metros de extensão e oito metros de largura está classificada entre as mais bem estruturadas do País. Berço de grandes pilotos do automobilismo como Átila Abreu (Stock Car), Bia Figueiredo (Fórmula Indy), Lucas Di Grassi e Nelsinho Piquet. O kartódromo também recebeu pilotos como Rubinho Barrichello, Max Wilson e Nelson Piquet, que correu na Copa Pakalolo de Kart, no dia de sua inauguração.

A pista é frequentemente utilizada por montadoras como pista de testes para novos carros, já que o tamanho e o traçado são considerados, por muitas montadoras, como excelente para avaliação de novos carros. A Arena Brasil Kirin foi a única pista do Brasil a sediar o Mundial de Kart CIK/FIA, uma das principais competições da categoria no mundo.  Também sediou a 2ª edição da 24h de Kart, competição similar às 24h de Le Mans.

Outras informações pelo site www.arenabrasilkirin.com.br. Siga o Kartódromo nas redes sociais: Facebook –facebook.com/brasilkirinarena.

Serviço:

5ª Etapa do Campeonato Schin Kantan de Kart

Quando: 30 de agosto (domingo)

Horário: a partir das 9h

Local: Arena Brasil Kirin

Endereço: Estrada do Canguiri s/n – Itaim – Itu/SP

Informações: (11) 4403.8222 /  Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar .b4a. Etapa_Campeonato_Skin_Kantan_de_Kart_Copyabertura 4a._Etapa_Campeonato_Schin_Kantan_de_Kart_Copy

 

INICIATIVA DO MUSEU DO CARAMULO

 

Iniciativa pretende angariar fundos para restauro de um Messerschmitt KR200 de 1958

 

MUSEU DO CARAMULO LANÇA CAMPANHA DE CROWDFUNDING PARA RESTAURAR O “MESSI”

 

 O Museu do Caramulo anunciou o lançamento da sua primeira acção de crowdfunding, intitulada “Salvem o Messi”, com o objectivo de restaurar um automóvel Messerschmitt KR200 de 1958, que integra a colecção do museu. Esta acção inédita tem por meta angariar os 5.000 euros necessários para o restauro deste peculiar automóvel, e está a decorrer online, através da plataforma PPL, e offline, através de donativos feitos no próprio Museu do Caramulo. É a primeira vez que o Museu do Caramulo, uma instituição com mais de 60 anos de história, lança uma acção de crowdfunding, com o intuito de preservar o património histórico e cultural associado a um automóvel único, trazendo-o para perto do público em perfeito estado de conservação. Para Tiago Patrício Gouveia, director do Museu do Caramulo “esta é uma forma de abrirmos o museu à sociedade civil, aos nossos visitantes e a todos os entusiastas e envolvê-los na vida e nas acções do museu”. E acrescenta “O mundo e a cultura estão hoje globalizados, e o Museu do Caramulo tem tirar partido disso, utilizando as tecnologias para aproximar as pessoas daquilo que fazemos”. O Messerschmitt KR200  O Messerschmitt KR200 é um dos microcarros históricos no espólio do Museu do Caramulo e um dos automóveis que integram a exposição “Micro Carros, Grandes Histórias”, inaugurada no passado sábado e que pode ser visitada no museu até 6 de Dezembro. O restauro do Messerschmitt, orçamentado em 5.000 euros, inclui a colocação de vidro de cabine novo, reparação de chaparia, uma pintura nova, a reparação dos estofos no interior, a reparação mecânica do motor e da caixa de velocidades, a reparação dos componentes eléctricos, a colocação de jogo de pneus novo e a colocação de farolins novos. A campanha “Salvem o Messi” A campanha “Salvem o Messi” tem por objectivo angariar os 5.000 euros necessários para o restauro do Messerschmitt e decorre, offline e online, até 21 de Outubro de 2015. Museu do Caramulo criou o domínio www.salvemomessi.com, que direcciona para o site onde os apoiantes poderão fazer donativos de qualquer valor, e pagar através de diferentes formas, contribuindo assim para este projecto. Para donativos superiores a 10 euros, os crowdfunders irão receber, como é habitual neste tipo de programas, um conjunto de vantagens únicas, como ter o seu nome associado ao carro que ajudaram a restaurar, receberem publicações exclusivas do museu, e até ganhar uma subida da mítica Rampa do Caramulo a bordo do Messerschmitt KR200, no lugar de co-piloto, depois de concluído o restauro. Para saber mais sobre a campanha “Salvem o Messi”, conhecer as vantagens e contribuir para o restauro, dirija-se a www.salvemomessi.com

 

M.CO RT NO RALI DE CERVEIRA

 

M.CO RT com 4 equipas no Rali de Cerveira O Rali Vila Nova de Cerveira marca o regresso dos ralis ao panorama Nacional após o final das férias de Verão e nele a M.CO Racing Team estará também de regresso com quatro equipas competindo em duas distintas frentes. # Vítor Pascoal / Luís Ramalho – Mitsubishi EVO VII_FPAK Norte # Vítor Ribeiro / Valter Cardoso – Mitsubishi EVO VII_FPAK Norte # Joaquim Bernardes / Laurinda Alves – VW Golf GTi_CNCR # Marta Neves / Márcia Gonçalves – Citroen Saxo_FPAK Norte Integrado no Cerveira Speed Festival, a prova organizada pelo CAMI será pontuável para o Campeonato FPAK de Ralis Norte, Campeonato Nacional Clássicos de Ralis e ainda para a Taça FPAK Ralis de Asfalto. “Cerveira marca o regresso dos campeonatos FPAK e Clássicos, nos quais estamos fortemente envolvidos na luta pela discussão de títulos. No FPAK Norte vamos agora iniciar a segunda metade do campeonato e o Vítor Pascoal está a apenas um ponto e meio do líder, pelo que tudo está ainda em aberto. No Grupo X5 o Vítor Ribeiro tem aqui uma excelente oportunidade de se distanciar ainda mais no comando do campeonato e a Marta uma boa oportunidade para conservar uma posição de pódio no Grupo X1. Apesar dos azares que o têm perseguido, estamos certos que o Joaquim Bernardes vai voltar a estar na luta pela vitória entre os Clássicos. Os ralis estão de volta e nós com vontade do que nunca para subir ao degrau mais alto dos pódios com as nossas equipas.” Declarou Miguel Costa. O Rali Vila Nova de Cerveira tem início ao princípio da noite do próximo sábado (29) com a disputa de uma Super-Especial no centro da Cidade Minhota, prosseguindo a prova ao longo do dia de Domingo com a realização das seis especiais classificativas. A cerimónia de pódio decorrerá ao início da tarde.M.COrt 4_Copy

 

LAPIERRE NO WTCC

Coso já se tinha aventado há muitos meses: Nico Lapierre ao lado de Rob Huff e Nick Catsburg na Lada para as últimas jornadas do WTCC.

 

ANDRÉ OLIVEIRA NO RALI DE CERVEIRA

 

André Oliveira prossegue com Rali Vila Nova de Cerveira André Oliveira e Sérgio Rocha irão estar este próximo fim de semana na edição de 2015 do Rali Vila Nova de Cerveira, prova esta que está inserida no evento Cerveira Festival of Speed. O piloto do Renault Twingo R2 centra os seus objetivos na Taça FPAK Ralis Asfalto, competição esta que terá a sua penúltima jornada em Cerveira, estando tudo em aberto na obtenção do título. O famalicense parte para a prova em piso de asfalto centrado em sobretudo terminar o rali, até porque é essencial somar o máximo de pontos para o campeonato. Como salienta o mesmo “ a nossa grande ambição em Cerveira é terminar o rali e por fim a uma série de azares mecânicos que tivemos nas últimas provas. Em termos desportivos vamos tentar vencer o rali no nosso campeonato, o X5, tentando desta forma ascender à liderança da competição. Por outro lado é sempre importante somar quilómetros e evoluir ainda mais com o carro de forma a sermos o mais competitivos em cada rali que alinharmos. Quando ao Twingo R2, a Macominho Sport fez uma revisão profunda ao carro, e no pequeno teste que efetuámos, ficamos com um bom feedback do mesmo, o que nos deixa bastante motivados num bom andamento nesta prova”. André Oliveira conta com os apoios da Delta Cafés, Casa Pêga Restaurante, Grupo Mar Comercio de Bacalhau, Imagin Publicidade, Câmara Municipal da Maia, Casta Pura Garrafeira, Auto Reparadora Ribeirais, Gintáqua, nhclima e Presticar. A prova a cargo do CAMI vai para a estrada no sábado com arranque da Super especial no sábado à noite. No domingo seguem-se mais seis especiais com uma dupla passagem pelas classificativas de Gondarém/Vilar dos Mouros, Gondar e Covas, num total de 68,92 km de especiais e 103,11 de percurso total.andre oliveira_1_Copyandre oliveira_2_Copy

 

VITOR RIBEIRO EM CERVEIRA

 

Vítor Ribeiro no Rali de Cerveira A dupla VÍTOR RIBEIRO / VALTER CARDOSO será uma das equipas concorrentes ao Rali Vila Nova de Cerveira a disputar já este fim-de-semana nas montanhas circundantes a esta vila ribeirinha ao rio Minho. Após a excelente estreia da dupla na mais recente edição do Rali de Portugal, Vítor Ribeiro e Valter Cardoso apresentam-se em Cerveira com a responsabilidade de manter a liderança que o piloto detém no Grupo X do campeonato FPAK Norte. ”A nossa presença em Cerveira representa mais um importante desafio neste meu regresso aos ralis e aos pisos de asfalto, pelo que, vamos tentar rodar mantendo um ritmo que nos permita terminar no melhor lugar possível da geral, sem nunca esquecer que o resultado final é também importante para a manutenção da liderança entre os Grupo X,” começou por dizer Vítor Ribeiro. “Esta prova marca também o regresso ao meu EVO IX após a revisão a que foi submetido pela M.CO Racing Team, mas estou certo que a readaptação à ‘nova máquina’ não se fará sentir e estamos confiantes na obtenção dos objectivos a que nos propomos. Quero ainda aproveitar a oportunidade para voltar a agradecer a TODOS os nossos patrocinadores o apoio que nos têm concedido, pois sem eles não nos seria possível estar a viver esta magnífica experiência!” Concluiu Vítor Ribeiro. Inserida no ‘Cerveira Festival of Speed’, a prova organizada pelo CAMI é pontuável para o Campeonato FPAK de Ralis Norte, Taça FPAK de Ralis Asfalto e ainda para o Campeonato Nacional de Clássicos Ralis. A prova inicia-se ao início da noite de sábado com a realização de uma ‘Super-Especial’ no centro de Vila Nova de Cerveira, prosseguindo na manhã de Domingo com uma dupla passagem pelas ‘especais’ de Gondarém / Vilar dos Mouros, Gondar e Covas, estando a cerimónia de pódio marcada para o início da tardeVtor Ribeiro1_Copy

 

RALIS NO BRASIL

 

Rally de Ponta Grossa vai levantar a poeira dos Campos Gerais

Acontece nos dias 11 e 12 de setembro o Rally de Ponta Grossa, valendo para os campeonatos Brasileiro e Paranaense de Rally de Velocidade. 

A edição 2015 do Rally de Ponta Grossa será realizada nos dias 11 e 12 de setembro e promete agitar ainda mais os campeonatos brasileiro e paranaense. A prova terá 120km de trechos cronometrados, divididos em 9 especiais de alta velocidade, onde pilotos, navegadores e suas máquinas levantarão poeira em busca de mais pontos na classificação.

Na principal categoria, RC2N – para veículos 4x4 com mais de 300 cavalos, a liderança está com a dupla gaúcha Ulysses Bertholdo / Alexander Soares, que competem a bordo de um Mitsubishi Lancer EVO X. Com apenas sete pontos de diferença vem a dupla paranaense Maurício Neves / Leandro Ferrarini, que a bordo do seu Peugeot 207 XRC, prometem dar trabalho na prova dos Campos Gerais. 

Entre os carros 4x2 com preparação, RC4, Rafael Tulio / Gilvan Jablonski, com um Peugeot 207 lideram o campeonato com uma diferença de apenas 3 pontos para os catarinenses Luis Tedesco / Sidinei Broering, de Fiat Palio. 

Já na categoria RC5, para veículos 1.6 de produção, a dupla Toninho Genoin / Maicol Souza, de Peugeot 206, lidera com uma certa vantagem, deixando a disputa mais quente entre as duplas Leo Zettel / Fred Zettel, a bordo de um VW Gol, e os gaúchos Cassandro Maloz / Luis Felipe Trentin, de Fiat Palio, pelo segundo lugar no campeonato. 

O Rally de Ponta Grossa também será válido pelo Campeonato Paranaense de Rally, onde Maurício Neves / Leandro Ferrarini lideram a categoria RC2, Rafael Tulio / Gilvan Jablonski a categoria RC4 e Leo Zettel / Fred Zettel a categoria RC5. 

Neste ano o evento estará integrado à EFAPI – Exposição Feira Agropecuária, Industrial e Comercial dos Campos Gerais e terá sua largada promocional do Centro de Eventos de Ponta Grossa na sexta-feira a noite. No sábado durante o dia as duplas partem para as disputas nas especiais e, no fim da tarde, o público conhecerá os vencedores do rali. 

Confira mais informações sobre o Rally de Ponta Grossa 2015 no site www.rallypr.com.br.

Para realização do Rally de Ponta Grossa 2015 o RPMC conta com apoio de Prefeitura Municipal de Ponta Grossa e FumTur – Fundação Municipal de Turismo de Ponta Grossa.

 2015-07-03 -_rally_de_piraquara_alexandre_amorim_3_Copy2015-07-04 -_rally_de_piraquara_-_f_shuartz-52_Copy2015-07-04 -_rally_de_piraquara_-_f_shuartz-57_Copy

 

João Raposo

Telemóvel: +351 961 686 867
E-mail: jraposo-air@portugalmail.pt