In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player
Joomla! Slideshow

VELO CAB2012


SILVA APOSTADO NA VITÓRIA

 

Estoril Racing Festival – 29 e 30 de Novembro

Mário Silva apostado em vencer

 

A época 2014 do Historic Endurance termina no dia 29 de Novembro no Autódromo do Estoril, numa jornada mais longa que o habitual, com Mário Silva a apostar claramente em vencer.

Desta vez o piloto de Lisboa terá como colega de equipa Gonçalo Gomes, e está preparado para enfrentar estes 250 quilómetros do Estoril com o empenho e determinação de sempre, a que junta a performance que nos habitou ao longo dos muitos anos da sua carreira recheada de sucessos.

Aos comandos de um Ford Escort RS 1600 revisto recentemente, naturalmente que o objetivo principal passa por terminar o ano com a subida ao lugar mais alto do pódio: “É uma corrida longa, muita coisa se há-de passar, mas as expectativas são muito boas para podermos lutar pelos primeiros lugares”, adianta Mário Silva.

Depois de uma jornada menos feliz no Algarve, houve que actuar no carro e isso foi feito: “Sim, foi todo revisto e ficou pronto mesmo em cima da hora. Demorou um pouco mais, pois a revisão foi grande”, esclareceu ainda.

De qualquer forma, a ambição é grande, embora a equipa esteja consciente das dificuldades: “Estarão presentes alguns carros da Categoria GT, mas queremos andar nos lugares cimeiros e lutar também pela vitória na nossa categoria”, esclarece ainda o piloto que vai formar dupla, pela primeira vez, com Gonçalo Gomes, que ainda recentemente venceu em Vila Real: “Ele já correu várias vezes em provas do Campeonato Nacional e a expectativa é terminar o ano da melhor maneira e, se possível, com uma vitória”, concluiu o piloto que conta o patrocínio do BancoBIC e da PRIME Advertising.

Esta etapa do Estoril começa com a qualificação entre as 11h35 e as 12h35. A partida para a corrida está agendada para as 16h00, prevendo-se que termine às 18h00.

 Mrio Silva_HE_2014_Copy

 

KARTING NO BRASIL

 

Mineiro Paulo Victor faz prova de superação e é o melhor
brasileiro em sua categoria no Skusa, em Los Angeles

 

Encarar pela primeira vez o Skusa Supernationals, verdadeiro mundialito de kart, na pista montada no estacionamento do Rio All-Star Suite & Casino, em Las Vegas, já não é tarefa das mais fáceis. Imagine então ter de lutar pela classificação à final de sua categoria depois de enfrentar problemas nas duas classificatórias e ter de passar pelo hospital antes de voltar a acelerar. Por isso mesmo, a condição de finalista na Tag Jr. e melhor brasileiro na disputa foi bastante comemorada. Uma semana de aprendizado para o mineiro Paulo Victor (Hermes Pardini/Gasmig/Santanense Textil/Cemig Telecom).

Correndo com os motores IAME Leopard, o piloto de 15 anos foi um dos destaques do treino classificatório, rapidamente se adaptando ao traçado de 1.360m, o que era fundamental para superar a peneira de 70 inscritos, em busca de uma vaga na grande final. Sempre entre os 15 primeiros, acabou concluindo a qualificação em 24º. Na primeira bateria de seu grupo, sofreu um toque de um adversário, que danificou totalmente o kart. Na segunda, brigava pelo quarto lugar quando teve a perna atingida pelo chassi de outro competidor.

Com a região examinada e suturada (levou cinco pontos), Paulo Victor mostrou muita garra no sábado, conseguindo uma sexta posição que lhe valeu uma boa posição no grid da corrida de repescagem. Nela, apenas os seis primeiros se classificariam, e o piloto de Belo Horizonte recebeu a bandeirada. A partir daí, a ordem foi aproveitar a final e ganhar mais experiência. Para quem largou em 39º, o 23º posto final foi motivo de orgulho.

"Lógico que buscava terminar mais à frente e tive a certeza de que conseguiria depois dos treinos, mas, diante do que enfrentei, só posso ficar feliz e satisfeito. Não abaixei a cabeça, segui acreditando até o fim e fui recompensado com a classificação. E nela ainda consegui ganhar muitas posições, mesmo não sendo uma pista tão simples para ultrapassar. Valeu bastante a experiência", concluiu.


 

OLIVEIRA ESTREIA PROTO

 

Hélder Oliveira estreia DEpieres Proto 2RM na grande festa do todo-o-terreno

 

Depois de três provas disputadas no Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, o DEpieres Proto 2RM terá pela frente, no próximo fim-de-semana, um duro teste que será simultaneamente uma excelente oportunidade para dar passos significativos na sua evolução. A máquina contruída pela DEpieres Competição e pilotada por Helder Oliveira vai estar na vila alentejana de Fronteira para disputar as famosas 24 H TT, competição internacional onde participam mais de uma centena de equipas e cerca de 400 pilotos.HelderOliveira Baja500Portalegre_02_CopyHelder Oliveira_no_prlogo_da_Baja_Portalegre_500_Copy

 

NOVA VERSÃO RENAUTL CLIO GT

 

Temperamento desportivo, imagem exclusiva, caixa de velocidades comandada por patilhas no volante, sistema de telemetria… Por pouco mais de 20 mil euros, eis o novo Renault Clio GT 120 EDC! Uma proposta que vai de encontro aos espíritos mais individualistas, mas também às famílias que não dispensam a emoção ao volante – também é comercializado em versão Sport Tourer!

 

Não é um Renault Clio R.S. 200 EDC, mas também foi desenvolvido pela Renault Sport. Partilha a imagem desportiva, mas com uma identidade própria e até herda soluções que têm feito o sucesso da versão com 200 cavalos de potência, como a caixa de velocidades comandada por patilhas no volante e um sistema de telemetria que nem sequer é comum em muitos superdesportivos.

 

O novo Clio GT 120 EDC assume-se como um desportivo acessível, mas, ao mesmo tempo, cheio de personalidade. Aliás, a imagem exterior revela, desde logo, o carácter da nova proposta da Renault muito próxima da do Clio R.S.!

 

Design específico

 

O Clio GT 120 EDC recebe uma ‘roupagem’ personalizada, com destaque para os pára-choques específicos (o traseiro com difusor e dupla saída de escape cromada), as bonitas jantes em liga leve de 17 polegadas, os espelhos retrovisores laterais em prateado, o defletor traseiro e a assinatura GT na dianteira e na traseira, aqui complementada pela da Renault Sport. Detalhes que lhe conferem uma imagem bem mais ‘musculada’ comparativamente às versões TCe ou dCi.

 

 

 

 

 

 

 

Mas se as linhas exteriores são marcadas pelo carácter dinâmico e diferenciador do Clio GT 120 EDC, uma vez no habitáculo a sensação não é diferente… Os bancos dianteiros desportivos impressionam, desde logo, pelo apoio lateral. O volante com assinatura GT recebe as patilhas da caixa de velocidades, os manómetros do painel de instrumentos são específicos, os cintos de segurança são da Renault Sport, os pedais são em alumínio e ainda há que destacar a inserção ‘Renault Sport’ no tablier.

 

 

 

Recheado de equipamento

 

Ainda no habitáculo, marcado pelas tonalidades cinza, mas também pelas inserções de cromados e de preto brilhante, destaque para equipamentos como o ar condicionado automático, o regulador e limitador de velocidade, os sensores de chuva e luminosidade, a câmara de ajuda ao estacionamento traseiro (em opção) e o R-Link. Um sistema multimédia com navegação e ligação à Internet, rádio com Bluetooth ®, telefone mãos livres, entrada USB, mas também o R.S. Monitor 2.0 (em opção).

 

A segunda geração do R.S. Monitor pode mesmo ser considerado o mais completo sistema de telemetria montado em fábrica num automóvel de grande produção, mesmo comparando com alguns superdesportivos. Já no segmento, é uma proposta… única!

 

Por estar incorporado no R-Link, o R.S. Monitor 2.0 beneficia da amplitude conferida pelo ecrã de sete polegadas em 3D, com comando táctil ou através do joystick colocado na consola central. Os grafismos, as cores, mas também as múltiplas informações e funções que disponibiliza satisfazem até o mais exigente amante de condução desportiva (ver caixa ao lado).

 

Mas para explorar o R.S. Monitor 2.0 e perceber os limites do Clio GT 120 EDC, é fundamental pressionar o botão “RS Drive”, colocado junto à manete da caixa de velocidades. Ao invés do modo “Normal”, que privilegia a suavidade e o conforto, o condutor passa a desfrutar do modo “Sport” que, para além de modificar a cartografia da caixa de velocidades (tornando as passagens de caixa mais rápidas), torna o ESP menos reactivo, altera a sensibilidade da direção (ainda mais precisa e rápida), bem como a resposta do pedal de acelerador. Ou seja, o Renault Clio GT 120 EDC transforma-se num interessante desportivo e para isso também em muito contribui a sonoridade desportiva do motor.

 

Motor 1.2 TCe associado à caixa EDC de dupla embraiagem

 

Na realidade, com a ajuda do chassis com afinações específicas desenvolvidas pela Renault Sport, o motor turbo e injecção directa, 120 TCe, é capaz de proporcionar momentos de diversão ao volante. Um bloco com 1.2 cc de cilindrada, 120 cavalos de potência (às 4.900 rpm) e 190 Nm de binário (às 2.000 rpm), que é acoplado à caixa EDC de dupla embraiagem. Com seis velocidades e com comandos por patilhas no volante, esta caixa tem também a vantagem de conciliar o conforto, nomeadamente em percursos urbanos.

 

Para ir dos 0 aos 100 km/h, o Clio GT 120 EDC precisa de 9,4 segundos – mais 2,7 segundos que o Clio R.S. 200 EDC!

 

Em relação a consumos, a nova proposta da Renault reivindica 5,2 L/100km em ciclo misto e emissões de CO2 limitadas a 120 g/km.

 

O Renault Clio GT 120 EDC é comercializado partir de 20.550€ (21.400€ para o Renault Clio Sport Tourer GT 120 EDC) e, a exemplo da restante gama da marca, é abrangido pelos 5 anos de Garantia Renault.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Clio GT_Copy

 

FORD PLANEIA CONSTRUIR TUNEL DE VENTO

 

Ford Planeia Construir o Mais Avançado Túnel de Vento no Mundo no Centro de Testes Climáticos na Alemanha

  • Túnel de vento no centro de testes climáticos da Ford em Colónia, Alemanha, está planeado para ser o mais avançado da indústria automóvel a nível global
  • Túnel de vento capaz de produzir velocidades na ordem dos 250km/h – praticamente Categoria 5 na escala usada para os furacões
  • Novo centro de testes simulará altitudes desde o nível do mar até 5,200 metros – mais elevado que a altura média do planalto do Tibete
  • Testes podem ser realizados a temperaturas de menos 40 graus Celsius, em condições árcticas, até 55 graus Celsius, 2,8 graus abaixo da temperatura do ar mais elevada de sempre registada no Saara 
  • Humidade pode ser ajustada de 10 a 95 por cento, simulando as condições de alguns dos desertos mais secos até às das florestas tropicais mais húmidas no planeta

FordWindTunnelCentre 02_CopyRZ Infografic_windtunnel_21112014_CopyA Alemanha será em breve o local de algumas das temperaturas mais quentes e mais frias, das condições mais áridas e húmidas, velocidades do vento com a força de um furacão, e as mais elevadas altitudes que podem ser encontradas em qualquer lugar do planeta, graças a um novo túnel de vento no centro de testes climático a ser construído pela Ford, no centro de engenharia de Merkenich, Colónia.

A nova instalação, que custará vários milhões de dólares, está planeada para ser o centro mais avançado de testes em túnel de vento na indústria automóvel mundial quando for inaugurada dentro de poucos anos. Contará com dois túneis de vento capazes de funcionar com velocidades de vento até 250 quilómetros por hora - quase na classificação de Categoria 5 para a velocidade do vento de furacões.

O centro de teste também vai abrigar um laboratório de altitude capaz de simular alturas desde o nível do mar até aos 5.200 metros – mais alto do que a altura média do planalto do Tibete, muitas vezes descrito como “O Tecto do Mundo”.

“Cerca de 50 por cento dos veículos que comercializamos em todo o mundo são vendidos em áreas que estão a mais de 1.000 metros acima do nível do mar, incluindo regiões como os Alpes e os Pirenéus aqui na Europa”, disse Barb Samardzich, Chief Operating Officer da Ford Europa, na cerimónia de lançamento da primeira pedra.

“Este novo centro de testes climático e o seu túnel de vento sublinha o compromisso permanente da Ford em investir nas mais avançadas tecnologias de testes de veículos para proporcionar aos nossos clientes produtos da mais elevada qualidade.”

 

O centro de testes climáticos também contará com quatro células separadas, onde os carros podem ser arrefecidos a temperaturas de menos 40 graus Celsius, semelhante às condições do Árctico, até aos 55 graus Celsius positivos, apenas 2,8 graus abaixo da temperatura do ar mais elevada de sempre a nível mundial registada no deserto do Saara. Além disso, irá ser possível ajustar a humidade no centro desde as mais secas condições do deserto de apenas 10 por cento de humidade, para o mais húmido das florestas tropicais com 95 por cento.

 

O novo centro de testes - que terá uma área de 5.500 metros quadrados, o equivalente a um campo de futebol - sublinha também a importância contínua do centro de engenharia da Ford em Merkenich, Colónia, que tem a liderança global para a concepção e desenvolvimento de todos os veículos Ford dos segmentos B e C a nível mundial.

 

 

# # #

 

Sobre a Ford Motor Company
A Ford Motor Company, empresa líder da indústria automóvel global, com sede em Dearborn, Michigan (EUA), produz e distribui automóveis em seis continentes. Com aproximadamente 189.000 empregados e 65 fábricas em todo o mundo, as marcas automóveis da empresa incluem Ford e Lincoln. A companhia presta serviços financeiros através da Ford Motor Credit Company. Para mais informações sobre a Ford e os seus produtos em todo o mundo, por favor consulte www.corporate.ford.com.

 

A Ford Europa é responsável por produzir, comercializar e assistir os veículos da marca Ford em 50 mercados e emprega aproximadamente 50,000 trabalhadores nas suas instalações e aproximadamente 69,000 incluindo as ‘joint-ventures’. Em conjunto com a Ford Motor Credit Company, as operações da Ford Europa incluem a Divisão de Serviço ao Cliente e 24 instalações fabris (13 detidas integralmente ou instalações em ‘joint-ventures’ consolidadas e 11 em 'joint-ventures' não consolidadas). Foi em 1903 que os primeiros veículos Ford foram transportados para a Europa, no mesmo ano em que a Ford Motor Company foi fundada. A produção europeia iniciou-se em 1911.

 

 

 

ESTORIL RACING FESTIVAL

 

Estoril Racing Festival terá um cartaz ímpar e
está garantida a emoção e a competição
O Estoril Racing Festival, organizado pela PROmotorsport em conjunto com o Motor
Clube do Estoril, realiza-se já no próximo fim de semana e assegura à partida, muita
emoção e competição, até porque em qualquer das categorias, as grelhas estão muito
bem preenchidas.
As grandes novidades desta semana, passam pela apresentação das listas de inscritos – ainda provisórias – e
pela definição da forma como os pilotos dos CSS vão abastecer os seus carros na corrida das 2h de Endurance.
Em termos de listas de inscritos, a organização do Estoril Racing Festival, não poderia estar mais satisfeita com
o que conseguiu:
Entre os Super 7 by KIA, uma grelha completa, ou seja, nada menos do que 47 equipas à partida – o máximo
permitido para esta categoria no Autódromo do Estoril – com forte participação estrangeira, que inclui pilotos
vindos das terras de sua majestade e também uma equipa proveniente de Angola, em estreia absoluta na pista
do Estoril.
Nesta competição está tudo em aberto, em termos de vencedor final, tal como entre os “Seven” ingleses, que
serão por certo um dos maiores aliciantes do fim de semana, tanto na pista como no paddock, onde a sua
presença será mais do que notada.
Em termos de CSS, que viram a corrida conjunta com uma outra categoria, ser substituída por uma
competição designada por 2h Endurance, vão agora para a pista apenas no domingo, discutir os títulos nas
diversas divisões e por certo passar para a pista, todas as emoções de uma corrida que tem tudo para prender
as atenções de início ao fim.
Acerca do Reabastecimento, o mesmo irá acontecer tal como planeado inicialmente no final do pit-lane, em
total segurança e conforme as normas exigidas pela FIA. Estará um Camião dos Bombeiros "extra" localizado
nessa zona conforme foto 1. Só é obrigatório utilizar este serviço no decorrer da corrida, mas durante todo o
restante fim de semana, o serviço estará disponível para o utilizaram caso os pilotos / equipas, o desejam.
Todos as equipas terão de entregar uma caução em dinheiro num envelope juntamente com os seus dados de
faturação numa das salas da Torre (1º piso), com designação na porta de "Fuel/Reabastecimento" . No final
será faturado o combustível consumido e será devolvido o troco. O custo do combustível será de 2€ + iva
(2,46€) / litro de combustível 98 sem chumbo.
Finalmente, o Estoril Racing Festival, incluirá no ainda seu programa, as últimas provas do ano dos Single
Seater Séries a realizar no domingo – treinos no sábado - e uma outra categoria, cujos treinos e corrida se
realizarão no sábado.
Os Single Seater Series têm também uma boa e diversificada grelha, cujo aliciante principal é a definição dos
primeiros lugares, nas diversas categorias destes interessantes monolugares, que continuam a despertar
muitas emoções, junto do público.
Para final de festa, a PROmotorsport vai juntar-se aos pilotos, equipas e aos Comissários e Organizadores do
Motor Clube do Estoril, festejando em local próprio – na tenda da Silvestre Festas – com todos os nossos
parceiros da fantástica Praça da Restauração, o encerramento da competição de velocidade em Portugal,
neste ano de 2014.

 

TIP TRAILER AMPLIA CONTRATO COM A GOOD YEAR

 

TIP Trailer Services amplia o seu contrato de pneus com a Goodyear

Com uma frota de 50.000 veículos, a TIP irá celebrar 10 anos com pneus Goodyear

A TIP Trailer Services alargou o seu contrato de pneus com a Goodyear até ao final de 2016, altura em que se irá celebrar 10 anos de colaboração entre as duas companhias. 

A TIP Trailer Services, que conta com uma frota de mais de 50.000 veículos, é um dos fornecedores de equipamento líder na Europa, especializados em aluguer e arrendamento de reboques, camiões cisterna e outros equipamentos.

O contrato, que inclui o fornecimento, serviço e gestão dos pneus para TIP Trailer Services teve início em 2016. Os posteriores alargamentos ao contrato correspondem à confiança que a companhia tem na qualidade dos produtos, dos serviços e soluções que a Goodyear tem vindo a oferecer há já quase 10 anos.

Para TIP Trailer Services a segurança, a fiabilidade e o rendimento do nosso equipamento é a nossa máxima prioridade. A Goodyear tem-nos proporcionado excelentes produtos, um excelente serviço de abastecimento e as melhores soluções que nos proporcionam os níveis mais altos para atingir esses objetivos. No que diz respeito à gestão dos pneus, os programas da Goodyear permitem uma faturação simples e de confiança. Agora somos capazes de carregar detalhes de trabalhos e faturas diretamente no nosso sistema reduzindo, desta forma, o trabalho administrativo”, declarou Peter Sijs de TIP Trailer Services.

Estamos muito contentes pela TIP Trailer Services nos ter ampliando ainda mais o nosso extenso contrato, o que significa que não nos vêm apenas como um simples fornecedor de pneus, mas que valorizam também a manutenção e gestão dos pneus através do nosso programa de gestão Goodyear FleetFirst”, comentou Jan-Piet Huylebroeck, Diretor de Vendas de Pneus de Camião Goodyear para a EMEA.

O que respeita à gestão dos pneus, o programa Goodyear Fleet Online Solutions (FOS) é um elemento fundamental do contrato. Este programa de gestão online de pneus está disponível para a TIP e para a Goodyear, assim como para a rede de oficinas de ambas as companhias. Proporciona detalhes da política dos pneus aprovada, juntamente com informação para cada veículo da rede de serviço TruckForce. Esta ferramenta online reduz os tempos de espera e a burocracia, ao mesmo tempo que envia relatórios à central sobre o rendimento do pneu e custos associados.

Os pneus fornecidos incluem as duas marcas, Goodyear e Dunlop, assim como os recauchutados da companhia TreadMax e NextTread. As principais medidas utilizadas por TIP são as 385/65R22.5, 385/55R22.5 e 435/50R19.5, para além do recentemente lançado FUELMAX T da Goodyear na medida 435/50R19.5, com foco na eficiência de combustível, um pneu que alcança a classe “A” e “C” nas categorias de rotulagem europeias de eficiência de combustível e aderência em piso molhado, respetivamente. O uso posterior de pneus recauchutados de alta qualidade permite oferecer um melhor rendimento.

 

Sobre a Goodyear

A Goodyear é uma das maiores empresas de pneus do mundo. Emprega aproximadamente 69.000 pessoas e fabrica os seus produtos em 51 fábricas em 22 países em todo o mundo. Os seus dois centros de inovação em Akron (Ohio) e Colmar-Berg (Luxemburgo), trabalharam para desenvolver produtos de ponta e serviços que estabeleçam os standards da tecnologia e rendimento na indústria

 

A gama de pneus da Goodyear Dunlop Europa para veículos comerciais e autocarros incluem mais de 400 pneus diferentes em mais de 55 tamanhos. Muitos dos principais fabricantes comerciais do mundo usam pneus Goodyear de série, entre eles a DAF, Iveco, MAN, Mercedes-Benz, Camiões Renault, Scani e Volvo. A Goodyear também fornece pneus aos principais serviços de reboque. Graças à Fleet First, que inclui a rede de serviços TruckForce, a linha 24h de assistência na estrada, o sistema de gestão online FleetOnlineSolutions e as tecnologias para recauchutar da Goodyear, a empresa oferece uma das mais amplas gamas de serviços específicos para o sector.

 TIP extends_Goodyear_contract_Copy

 

ANTEVISÃO HISTORIC ENDURANCE NO ESTORIL

 

Iberian Historic Endurance
250Km do Estoril 2014
 Corrida de final de ano evoca as grandes corridas de resistência do Estoril
 Historic Endurance confirma carácter internacional com equipas de 7 países
diferentes inscritas
 Qualidade e quantidade de inscritos durante a noite é espectáculo garantido
para os amantes dos Clássicos
O Iberian Historic Endurance organiza a sua prova de final de ano no Autódromo do
Estoril. Com o habitual ecletismo do Historic Endurance, no qual cada Piloto
compete com o carro que lhe é mais querido, a lista de inscritos volta a incluir 14
marcas diferentes com equipas provenientes de 7 países distintos.
Com a corrida a iniciar-se Sábado pelas 16H00 e a terminar às 18H00, esta será uma
prova especial de final de ano. Uma verdadeira corrida de resistência com vários
factores a lembrar as míticas corridas de Le Mans: a prova começa de dia e acaba já
de noite, com as luzes do circuito ligadas. Cada equipa terá de efectuar 3 trocas de
piloto e fazer um reabastecimento obrigatório. Assim, torna-se extremamente
interessante para os aficionados das grandes resistências e na qual a estratégia
será determinante.
Entre a lista de inscritos composta por 46 carros, apresentam-se como cabeças de cartaz
os dois Ford GT40 Alemães e o Bizarrini 5300 GT. No entanto, as equipas espanholas, ao
volante dos habituais Porsche 911 3.0RS, irão dar luta. Entre os portugueses, destaque
para o vencedor da prova em 2013, Domingos Sousa Coutinho / Luís Sousa Ribeiro que
ao volante do fiel BMW 2800CS se preparam para utilizar a estratégia e experiencia da
dupla de Pilotos aproveitando os erros dos carros mais competitivos para vencerem com
mestria.
No entanto, outra grande atracção das corridas do Historic Endurance está na diversidade
de carros presentes. Em destaque estarão os dois Porsche 356 Espanhóis, a estreia de
um VW Karmann Ghia e os invulgares Mini Marcos, Opel 1900GT e Morgan Plus 8.
Diogo Ferrão, homem-forte do Historic Endurance, aguarda ansiosamente pelos 250KM
do Estoril: “Como amante das corridas de resistência, este será um fim-de-semana
inesquecível, num formato que concebi em 2013 e volta este ano com algumas melhorias.
Apesar da adesão em 2013 não ter sido extraordinária, todas as equipas participantes
adoraram a prova e regressaram em 2014 com alguns „reforços‟.”
O espectáculo do Historic Endurance estará em pista apenas sábado com os treinos
cronometrados Sábado às 11H40 para a realização dos treinos cronometrados, com a
corrida a ser disputada entre as 16H00 e as 18H00.

 

 

CAMPANHA CLUB 46 DA BRIGGESTONE

 

Campanha Club46 da Bridgestone Europe recebe prémio de “Best Content Creation”

 

Depois de ter encantado os fãs de motociclismo por toda a Europa neste verão, a campanha Club46 da Bridgestone Europe, protagonizada pela lenda do MotoGP™ Valentino Rossi, ganhou o prémio ‘Best Content Creation’ na edição deste ano dos prémios Wirehive 100, no Reino Unido.

 

O prémio The Wirehive 100 foi atribuído ao Club 46 da Bridgestone por ser ‘uma campanha rica em conteúdo e altamente partilhável que envolveu fãs de todas as idades.’ O prémio marca o encerramento de uma campanha de sucesso, na qual o público foi convidado a participar em diversos concursos online habilitando-se a ganhar diversas prémios, incluindo um encontro exclusivo com Valentino Rossi numa corrida do MotoGP, com todas as despesas incluídas.Club46 winners_meet_their_hero_Valentino_Rossi_CopyRossi no_pdio_-_Australian_Grand_Prix_CopyRossi on_set_of_the_Bridgestone_promotional__movie_Copy

 

NOVA SHOOTING BRAKE DA MERCEDES

 

Novo Mercedes-Benz CLA Shooting Brake

As proporções desportivas de cortar a respiração e um idioma de design poderosamente dinâmico já tornaram o CLA inconfundível na sua versão Coupé de quatro portas. Agora, é seguido por mais um ícone de design, o CLA Shooting Brake. A altura reduzida e a linha de contorno do tejadilho com estilo coupé alongado e o habitáculo baixo constituem as principais características de design do seu perfil distinto. Também a ligeira inclinação descendente da linha do tejadilho, que cria significativamente mais espaço em altura do que o Coupé. O CLA Shooting Brake (comprimento/largura/altura: 4630/1777/1435 mm) estará disponível inicialmente com dois motores Diesel e três motores a gasolina, bem como com tração integral 4MATIC. Inicia as vendas em janeiro de 2015, sendo os primeiros modelos entregues aos clientes no final de março de 2015.

 

O princípio orientador ao trabalho dos designers reflete a pureza sensorial como uma expressão do luxo moderno. "O novo CLA Shooting Brake oferece uma interpretação contemporânea de pureza sensorial e representa a síntese perfeita entre a emotividade de um coupé e a inteligência de um Shooting Brake", explica Gorden Wagener, responsável de Design na Daimler AG. "O estilo do nosso CLA Shooting Brake é extremamente progressivo e também inconfundível. Criámos de novo uma classe totalmente nova de veículo."

 

Os detalhes de design do modelo especial da edição limitada OrangeArt Edition asseguram uma nota excitante para o lançamento no mercado. Os anéis de realce laranja em redor dos faróis bi-xenon sobressaem com um estilo espetacular. Os rebordos dos aros das jantes de liga leve AMG são pintados em cor-de-laranja na OrangeArt Edition. Os bancos desportivos laranja/pretos e as costuras laranja contrastantes ajudam a definir o interior.

 

Tão espaçoso como parece: beleza na sua expressão mais prática

A traseira elegante do Shooting Brake, em conjunto com a variabilidade que oferece, garante um valor recreativo excecional sem comprometer a aspiração do CLA para representar o design ao mais alto nível. Simultaneamente, o espaço em altura na traseira é significativamente maior do que no CLA de quatro portas.

 

Com 94,7 cm, o espaço em altura efetivo na traseira é 4 cm maior do que no modelo parceiro. O acesso à segunda fila de bancos é também muito mais fácil. Este espaço é um dos pontos fortes do Shooting Brake. O compartimento de carga oferece uma capacidade que varia entre 495 e 1354 litros (quando está carregado até à extremidade superior dos encostos dos bancos traseiros ou carregado até ao teto com o banco traseiro rebatido). Se os bancos traseiros forem deslocados para a posição de "carga" mais inclinada, a capacidade de carga aumenta para 595 litros, deixando ainda espaço para cinco ocupantes.

 

A largura da bagageira, até 1328 mm, é líder neste segmento. Pequenos detalhes inteligentes, incluindo o fecho magnético na aba da abertura de carga no encosto do banco traseiro para itens longos, tais como esquis, constituem exemplos típicos deste conceito cuidadosamente pensado.

 

Opções como a porta traseira EASY-PACK acionada eletricamente ou o Pack Compartimento de Carga ajudam a melhorar a conveniência e a variabilidade quando utiliza a bagageira. Para além da opção de posicionamento de "carga" para os encostos dos bancos traseiros, o Pack Compartimento de Carga inclui uma caixa desmontável, uma tomada de 12 V e uma rede de arrumação adicional na parte lateral da bagageira. Para adicionar um ambiente exclusivo, estão disponíveis faixas de alumínio com encaixes anti deslizantes como opção para o fundo da bagageira.

 

Com um valor Cd de 0,22 na sua versão BlueEFFICIENCY Edition, o CLA de quatro portas estabelece uma nova referência – tanto no portfólio de modelos da Mercedes como entre todos os veículos de produção em série. O CLA Shooting Brake também revela a sua característica própria de campeão mundial com aerodinâmica extraordinária, liderando igualmente o seu segmento com um valor Cd de 0.26. A área de atrito Cd x A, um fator decisivo em termos de resistência ao vento, é de 0,57 m2 no CLA Shooting Brake.

 

A gama de motores disponíveis no CLA Shooting Brake será extensa logo no início das vendas, incluindo duas unidades Diesel e três a gasolina. Todos os motores impressionam com o seu desempenho ágil, níveis de ruído baixos e emissões reduzidas. O CLA 200 CDI, com uma potência de 100 kW (136 cv), é particularmente eficiente: tem uma velocidade máxima de 215 km/h e um consumo combinado de apenas 3,9 l/100 km, com emissões de 101 g de CO2/km.

 

Todas as versões estão equipadas de série com a função de Start/Stop ECO e cumprem a norma Euro 6. A tração integral está também disponível desde o lançamento no mercado, inicialmente no CLA 250 4MATIC e CLA 250 Sport 4MATIC (as funcionalidades incluem: estilo dinâmico, configuração desportiva do motor, acelerador e transmissão, bem como som desportivo do motor). As versões Diesel, CLA 200 CDI 4MATIC e CLA 220 CDI 4MATIC, surgirão em setembro de 2015.

 

Design: contornos pronunciados e superfícies sensoriais

Há dois anos atrás, sob a forma de CLS Shooting Brake, a Mercedes-Benz criou um veículo desportivo nunca visto anteriormente. Com cinco lugares e uma porta da bagageira de grandes dimensões. Os fundadores deste conceito de veículo continuam agora com uma versão mais pequena, o CLA Shooting Brake - um segundo modelo Shooting Brake que emana uma elegância desportiva elegante e luxo moderno, com linhas que são a essência de pureza sensorial.

 

Muitos dos elementos do CLA Shooting Brake, tais como os vidros laterais sem moldura, parecem defini-lo como um Coupé, mas oferecem simultaneamente a versatilidade e o sentido prático de um veículo Station. Com o seu capot longo, perfil suave dos vidros com um vidro traseiro integral e a ligeira inclinação descendente do seu tejadilho à medida que flui para a traseira, demonstra a mesma postura rebaixada do CLS Shooting Brake. A longa inclinação do tejadilho até à traseira do veículo significa que oferece mais espaço em altura na traseira do que o modelo Coupé CLA de quatro portas, permitindo igualmente um entrada mais fácil.

 

A interligação entre as linhas claramente definidas e a superfície grande fazem aumentar alguns efeitos excitantes e característicos da luz, resultando numa aparência única que destaca o CLA Shooting Brake dos outros veículos de segmentos relacionados.

 

O design desportivo da sua secção dianteira dá ao CLA a sua aparência típica. Entre as funcionalidades evidentes que contribuem para esta aparência dinâmica, encontram-se os relevos no capot, típicos dos coupés da Mercedes-Benz e a grelha do radiador em forma de diamante com a estrela da Mercedes no centro. O modo como o capot está embutido na frente fá-lo parecer mais longo e, em conjunto com a grelha do radiador vertical e a forma em V proeminente da dianteira, atribui ao veículo a sua postura rebaixada. A disposição dos módulos de iluminação e LED atrás das lentes dos faróis permite criar o efeito de "pálpebra" característico das luzes de condução diurna e dos indicadores de mudança de direção.

 

O habitáculo aerodinâmico, a linha de contorno alongada do tejadilho, a linha dos cintos de segurança elevada com vidros laterais baixos e uma janela traseira adicional, e também o pilar D que afunila para a traseira, constituem os elementos de estilo particulares do CLA Shooting Brake, quando é observado de perfil. Duas linhas de caráter definem este perfil: a interpretação nova e moderna da "linha descendente" e o aumento adicional da dimensão dos flancos sobre a "linha descendente". Isto suporta o pilar D que, por sua vez, prolonga a linha arredondada até à porta traseira. As linhas precisas e o efeito tridimensional do design lateral criam uma evolução vigorosa e animada de luzes e sombras.

 

O design elegante em forma de seta dos conjuntos da iluminação traseira conduzem o fluxo harmonioso dos contornos arredondados da parte lateral para a traseira, e a orientação horizontal serve para realçar a largura poderosa do veículo. As unidades da iluminação traseira numa só peça estão instaladas habilmente na carroçaria e refletem a relação do CLA Shooting Brake com o modelo CLA Coupé de quatro portas e com o CLS Shooting Brake maior. As funções de iluminação são apresentadas numa disposição de seta. Todas as antenas estão integradas no spoiler desportivo traseiro.

 

 

Interior: materiais de alta qualidade e bancos integrais

A aparência progressiva e desportiva do exterior é prolongada no interior do veículo. O interior denota igualmente uma sensação de qualidade muito especial devido ao idioma de design de pureza sensorial, bem como à seleção e às combinações disponíveis dos materiais escolhidos. Os packs de equipamento especial incluem costuras coloridas contrastantes.

 

O painel de instrumentos com dois tubos inclui dois mostradores redondos grandes, cada um deles com um pequeno mostrador redondo no seu interior. Quando estão parados, os ponteiros estão posicionados nas 6 horas. Os ponteiros prateados têm pormenores vermelhos, enquanto o fundo dos mostradores tem uma superfície texturada cinzenta-prateada. Outro realce é o volante de 3 raios de última geração com diferentes versões, incluindo um volante desportivo multifunções com secção inferior plana e costuras vermelhas ou pretas.

 

O painel de instrumentos incorpora cinco aberturas de ventilação redondas. Os anéis exteriores das aberturas de ventilação redondas em todos os modelos têm um acabamento galvanizado cromado de alta qualidade. A direção do fluxo de ar é controlada por uma patilha galvanizada bem enquadrada que revela uma atenção meticulosa aos detalhes. O CLA Shooting Brake está equipado com a última geração de sistemas de telemática. O visor autónomo possui um ecrã grande com 17,8 cm de diagonal, em conjunto com um painel frontal preto lacado brilhante, uma estrutura embutida em Silvershadow e um ecrã totalmente em vidro. Opcionalmente, em conjunto com o COMAND Online ou como opção do sistema Audio 20, o visor está disponível com um ecrã ainda maior, com uma diagonal de 20,3 cm. As funções apresentadas no ecrã combinam uma abordagem intuitiva com imagens e gráficos atrativos, assegurando assim uma experiência positiva ao utilizador, e adiciona um apelo de design excecional do interior como um todo.

 

O CLA Shooting Brake nas linhas de equipamento AMG e Urban está equipado com bancos integrais à frente e atrás, sublinhando o caráter desportivo. A ênfase do banco traseiro encontra-se nos bancos exteriores (2+1 lugares). As costuras contrastantes com cores combinadas estão disponíveis de acordo com o equipamento escolhido. O sistema de iluminação ambiente inclui um total de 13 fontes de luz no interior, entre as quais uma luz na abertura entre a retenção da cabeça e o encosto. O sistema de iluminação ambiente está disponível como opção com várias cores: pode ser selecionado qualquer um dos doze esquemas de cores para se adequar ao gosto e ao estado de espírito, ajudando a criar uma atmosfera individual no interior.

 

Equipamento e pormenores: OrangeArt Edition, linhas AMG e Urban

Os detalhes emotivos de design do modelo especial da edição limitada OrangeArt Edition asseguram que contribui com uma nota excitante para o lançamento no mercado. O revestimento cor-de-laranja com as funcionalidades do equipamento selecionado, tais como o linha AMG e Pack Night, realça a elegância desportiva deste modelo. A aparência desportiva distinta é assegurada também pelas jantes de liga leve AMG multi-raios com 45,7 cm, pintadas em preto com um rebordo do aro cor-de-laranja, em conjunto com os realces laranja nos para-choques dianteiro e traseiro. Os faróis bi-xenon têm anéis destacados cor-de-laranja.

 

Também o interior está impregnado com uma sensação de dinamismo exclusivo, graças ao Pack Exclusive, bancos desportivos com revestimento de pele/microfibra DINAMICA em preto/cor-de-laranja e costuras contrastantes laranja, em conjunto com cintos de segurança pretos com faixas cor-de-laranja acentuadas. O volante desportivo multifunções de 3 raios em pele, o painel de instrumentos em pele ARTICO artesanal e o revestimento em alumínio com granulado de padrão alveolar, e também detalhes como as costuras contrastantes cor-de-laranja recorrentes no interior, transmitem uma sensação de deleite pouco habitual.

 

O CLA Shooting Brake está disponível também com uma das duas linhas de equipamento Urban e AMG, cada uma delas com inúmeros detalhes específicos da linha, tanto no exterior como no interior. A linha AMG aumenta o caráter desportivo e a exclusividade do CLA Shooting Brake. Esta linha de equipamento inclui um exterior mais dinâmico com carroçaria AMG, jantes de liga leve AMG com 5 raios duplos de 45,7 cm e um sistema de escape com tubos duplos e acabamento prateado. O interior emana também uma elegância desportiva, com bancos desportivos em pele ARTICO artesanal/microfibra DINAMICA, um volante desportivo multifunções com secção inferior plana e alavanca seletora de velocidades em pele. A suspensão desportiva rebaixada melhora o comportamento e o prazer de condução.

 

A linha de equipamento Urban utiliza equipamento exterior e interior e pormenores selecionados de modo semelhante para realçar o apelo dinâmico do veículo, permitindo assim uma individualização adicional. Os destaques de dinamismo do exterior incluem uma grelha do radiador em forma de diamante com pinos pretos brilhantes, jantes de liga leve de 5 raios duplos com 45,7 cm e sistema de escape com dois tubos e revestimento cromado. Contribuindo para o caráter desportivo no interior encontramos os bancos desportivos com costuras contrastantes, um volante multifunções em pele com zona da pega perfurada e um elemento de revestimento com aparência ondulada.

O teto panorâmico deslizante opcional, com a sua grande área envidraçada, proporciona um ambiente interior especialmente brilhante e acolhedor. Inclui um teto de vidro deslizante acionado eletricamente para ventilação individual do interior, em conjunto com um defletor de vento. Isto reduz a turbulência e o ruído do vento quando o teto está aberto.

 

Segurança: travagem autónoma se for detetado risco de colisão

Os investigadores de acidentes da Mercedes-Benz calcularam recentemente que o COLLISION PREVENTION ASSIST PLUS pode reduzir o número de colisões de traseira graves até 30%, comparando com veículos que não têm um sistema de proteção correspondente. No seu prognóstico, os especialistas em segurança utilizaram valores do Instituto Federal de Estatística Alemão para avaliar a eficácia do COLLISION PREVENTION ASSIST  instalado de série no Classe B até à data e dados de acidentes digitais simulados.

 

O CLA Shooting Brake está equipado de série com o COLLISION PREVENTION ASSIST PLUS. Este sistema de assistência expande a funcionalidade do COLLISION PREVENTION ASSIST adicionando a travagem autónoma para reduzir o risco de colisões de traseira. Se o condutor não atuar quando é detetado um risco de colisão, apesar do indicador de aviso no painel de instrumentos e do aviso sonoro intermitente, o sistema aciona automaticamente a travagem. A velocidade do veículo é assim bastante reduzida. Dependendo da velocidade relativa, esta intervenção pode ser suficiente para evitar uma colisão de traseira com veículos que se deslocam mais lentamente, que estão a parar ou parados, ou reduzir significativamente a sua gravidade.

 

 

Mercedes connect me

O sistema "Mercedes connect me" liga o CLA Shooting Brake ao mundo à sua volta. O módulo de comunicações, que está disponível de série em determinados países Europeus (não disponível para já em Portugal), possibilita a utilização da gama de Serviços da aplicação Mercedes connect me.

 

Os serviços disponíveis incluem, por exemplo, gestão de manutenção e gestão de avarias. Em caso de acidente, o sistema de chamada de emergência da Mercedes-Benz liga automaticamente os ocupantes ao Centro de Chamadas de Emergência da Mercedes-Benz e envia a posição e a condição do veículo para o centro de operações de salvamento. Pode assim ser enviado imediatamente um veículo de emergência. O sistema funciona automaticamente, mas também pode ser acionado manualmente. A funcionalidade Remote Online disponível opcionalmente permite que o cliente se ligue ao seu veículo em qualquer local e em qualquer altura através do "connect.mercedes.me" e, por exemplo, utilizar o seu smartphone para saber o nível do tanque de combustível.

 

História de sucesso: a família de veículos compactos da Mercedes-Benz

O novo CLA Shooting Brake é o quinto membro a juntar-se à família de veículos compactos da Mercedes-Benz. E que família de sucesso: com um total de 375.000 veículos nas Classes A, B, CLA e GLA, foram comercializados mais modelos compactos do que nunca nos primeiros dez meses de 2014. Mais de um quinto dos veículos compactos produzidos pela Mercedes-Benz ficou na Alemanha, sendo a Grã-Bretanha e a Itália os maiores mercados seguintes.

 

A introdução de novos modelos de veículos compactos assistiu a um processo em que a marca Mercedes-Benz tem agora um apelo mais jovem - em todo o mundo, a idade média dos seus clientes diminuiu.

 

Em todo o mundo, cerca de 900.000 veículos compactos da nova geração estão agora nas mãos dos nossos clientes, incluindo 100.000 modelos CLA. A taxa de crescimento de vendas do CLA em todo o mundo situa-se em redor dos 50%. O CLA Shooting Brake é fabricado em Kecskémet, Hungria.CLA SB_1_CopyCLA SB_2_CopyCLA SB_3_Copy

 

300 MILHÕES DE HONDA FABRICADAS

 

Honda alcança produção acumulada
de 300 Milhões de Motos
A Honda anunciou hoje que a sua produção mundial acumulada de motos atingiu a marca dos 300 milhões de unidades no passado mês de Setembro de 2014, com direito a uma cerimónia na fábrica de Kumamoto (principais instalações de produção de motos Honda no Japão), como celebração por se ter atingido este marco histórico.
O modelo Gold Wing, edição 40ºAniversário, produzida na fábrica de Kumamoto foi a moto nº 300 milhões a sair das linhas de produção da Honda, à escala global.
O marco dos 300 milhões de unidades foi alcançado 66 anos após o início da produção de motos, em 1949 com a Dream Type-D.
A história da divisão de motos da Honda teve início em 1949, com a massificação da produção. A saída da produção do Japão deu-se apenas em 1963, com o início das actividades na Bélgica e, desde então, a Honda tem vindo a alagar a produção local a diversos outros países em todo o mundo, com base no lema "fabricar os produtos junto dos clientes a que se destinam". Com uma longa paixão pela criação de tecnologias que tornem a vida das pessoas mais divertidas e fáceis, a Honda tem vindo a desenvolver produtos que se enquadrem nas necessidades dos clientes de vários países e regiões em todo o mundo.
Actualmente a Honda produz motos em 33 fábricas espalhadas por 22 países, partilhando alegrias com todos os seus clientes.
Nas palavras de Takanobu Ito, Presidente e CEO da Honda Motor Co., Ltd
"Graças aos nossos clientes e a todos os envolvidos no desenvolvimento, produção e vendas, a Honda conseguiu alcançar este marco histórico dos 300 milhões de unidades. Vamos continuar a fabricar produtos que agradem aos nossos clientes, em todos os países e regiões do mundo."

HondaAssembling 2015_Model_Goldwing_at_Kumamoto_Factory_CopyDream Type-D_Copy

 

BMW NO SALÃO DE LOS ANGELES

BMW NO SALÃO DE LOS ANGELES

 

Foi este o looking do espaço da BMW no Salão Automóvel de Los Angeles, com especial destaque para a linha X, totalmente fabricada nos Estados Unidos.bmw1-emlosangeles Copybmw2 Copybmw3 Copybmw4 Copybmw5 Copybmw6 Copybmw7 Copy

 

HUGO ARAUNO DE REGRESSO AO ESTORIL

 

Hugo Araújo espera um grande Festival Super Seven Com uma grelha record de 47 Super Seven “espero que seja um fim-de-semana em grande para este troféu!” afirma entusiasmado o piloto bracarense. Com a questão do título ainda em aberto o piloto apoiado pelo Grupo COPEFI, Seegno, OPT e Btennis refere que “Matematicamente, tudo é ainda possível, apesar de ser muito difícil! Dependo apenas de mim para conquistar o pódio no Troféu Super Seven by KIA 2014 e é com esse objectivo, aliado à vontade de subir ao pódio no circuito do Estoril, que encaro esta prova.” A somar aos adrenalínicos Super Seven portugueses estarão também cerca de 30 carros vindos do troféu inglês. Hugo Araújo refere que uma grelha tão cheia “irá dar um colorido interessante ao nosso Estoril e certamente proporcionar grande espectáculo, no entanto, com tanto para decidir na última prova, a mais longa, com pontuação a dobrar e com 47 carros em pista, a concentração forçosamente será um factor determinante!” Com 4 corridas de 30 minutos, será praticamente o dobro de uma prova normal. O piloto afirma que “não é uma prova de sprint, é mais uma mini-endurance, as provas que mais aprecio, pelo que a mecânica terá também que ser poupada e gerida. No entanto confio plenamente na minha equipa CRM Motorsport e estou certo que terei um carro a 100%”e com a época a chegar ao final, Hugo Araújo espera ver um “Estoril bem composto” e aproveita para agradecer, uma vez mais, o inexcedível apoio dos seus patrocinadores, amigos, fãs e família. Horário Super 7 by Kia Festival Sábado – 29 de Novembro 08.55 – 09.45 – Treinos 10.45 – 11.35 – Treinos 14.00 – 15.00 – Qualificação Domingo – 30 de Novembro 11.10 / 11.40 - Corrida 1 12.00 / 12.30 – Corrida 2 13.45 / 14.15 – Corrida 3 14.35 / 15.05 – Corrida 4
14978571777 c57aa9a85d_o_Copy

 

NOVA GERAÇÃO AUDI TT

 

A nova geração de um clássico modelo está pronta para circular nas estradas portuguesas: o Audi TT Coupé e o Audi TTS Coupé, cativante em todos os sentidos, com o seu design emocional e qualidades dinâmicas de exceção. O novo Coupé é caracterizado pela utilização de tecnologias inovadoras nas suas motorizações e no conceito de visualização e controlo do display, incluindo o Audi virtual cockpit.Audi TTS_Coupe_01_CopyAudi TTS_Coupe_02_CopyAudi TT_Coupe_02_CopyAudi TT_Coupe_04_Copy

 

SPRINT RACE - BRASIL

 

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#7 Adriano Amaral, vice-líder (GP)
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#77 Roberto Millani
Alta | Web

Leonardo Cardoso/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#39 Eduardo Serrato/Marcelo Rodriguez
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#44 Líder categoria GP, Kau Machado
Alta | Web

Sprint Race Brasil: Pilotos da GP ansiosos para acelerar na última etapa em Curitiba

No dia 07 de dezembro serão conhecidos os campeões da edição 2014. As duas corridas da etapa final serão disputadas no circuito misto no autódromo de Curitiba

 A temporada da Sprint Race Brasil chega à sua oitava e última etapa nos dias 05, 06 e 07 de dezembro, no Autódromo Internacional de Curitiba. Entre os pilotos inscritos na terceira edição na categoria GP estão: Eduardo Serratto, Marcelo Rodriguez, Roberto Milani e Adriano Amaral. O quarteto da Sprint está ansioso para a etapa final e querem diminuir as chances de título do líder da GP, Kau Machado.

Eduardo Serratto que divide o carro com Marcelo Rodriguez, aguarda com muita expectativa a etapa final da temporada. "Estamos muito ansiosos, pois temos chances no campeonato. Esta é uma situação onde nunca estivemos, então temos que controlar essa euforia e tentar andar rápido sem cometer erros", conta Serratto, de 38 anos.

A dupla do Sprint #39 (Serratto/Rodriguez) pretende permanecer no campeonato em 2015. "Tivemos uma evolução grande. Resultado disso é chegar no final da temporada disputando o campeonato", disse Eduardo Serratto que completa sua terceira edição na Sprint Race e marca também seu terceiro ano como piloto.

Já Adriano Amaral depois de vencer a última corrida disputada no oval de Curitiba, pretende correr em busca do título nas duas provas da oitava etapa do circuito misto do autódromo da capital paranaense. "Estou focado em ser campeão na categoria GP. Evolui muito esse ano, não só em ser rápido mas como administrar a corrida", disse o piloto de 38 anos, que conta com passagem pelo Kart, Stock Car Jr, Pickup Racing e Mini Challenge.

Roberto Milani diz que ainda falta um pouco para se considerar um verdadeiro piloto. "Eu sou exceção na Sprint Race, não posso me considerar piloto. A primeira vez que entrei em um carro de corrida ou em uma pista foi no início deste ano e pela Sprint. Com 54 anos, aprender a pilotar toma mais tempo do que quando se é mais jovem. Portanto, foi um ano de aprendizado, onde adquiri confiança no carro e conheci um pouco das pistas. Não tinha nenhuma pretensão de disputa. Para a última etapa no dia sete de dezembro, devo seguir na mesma linha", declara.

"Mesmo assim me diverti muito com o carro, toda a turma e a equipe da Sprint, além da oportunidade de estar com meu filho, o Luca, que estreou comigo este ano na competição. A experiência não poderia ser mais positiva, tanto é que eu e o Luca já estamos confirmados para a temporada de 2015, quando eu espero já estar em condições de brigar no pelotão intermediário", acrescentou o paulista do Sprint #77.

O calendário de 2014 consiste de oito etapas divididas em quatro praças diferentes: Interlagos teve duas, Curitiba (duas no traçado tradicional e uma no anel externo), no Paraná, Santa Cruz do Sul, Londrina (corrida noturna) e Cascavel (preliminar da F-Truck). Os canais por assinatura BandSports e a Play TV seguem como emissora oficial, e as disputas são narradas por Luc Monteiro.

Na última etapa, além da disputa do título da categoria PRO e da GP, será conhecido o campeão do Rookie Off The Year, minitorneio que envolve todas as etapas do ano, para pilotos estreantes e que participaram em até três etapas nos anos anteriores da categoria. Receberá como prêmio um troféu diferenciado e cheque de R$20.000,00.

A Sprint Race têm patrocínio da Alpina, Pirelli, Ecopads, Bardhal, Fremax e Rio Custom.

Classificação do Campeonato da Sprint Race, após a sétima etapa:

Categoria PRO

1) Flávio Lisboa, 305 pontos
2) Gustavo Frigotto, 202
3) Yago/ Yuri Cesário, 200
4) Marco Garcia, 178
5) Caito Vianna, 160
6) Luiz Santos/ Matheus Biriba, 159
7) Gustavo Kiryla, 128
8) G. Salas/ Olin Galli, 41
9) Higor Hoffman, 33
10) Yurik Carvalho, 28

Categoria GP
1) Kau Machado, 273
2) Adriano Amaral, 255
3) Eduardo Serratto/ Marcelo Rodriguez, 232
4) Luca Milani, 214
5) Roberto Milani, 194
6) Alline Cipriani, 111
7) Marcelo Maiolli,109
8) Adriano Nogueira, 103
9) Gustavo Trunci, 92
10) Marcelo Ramaciotti, 34

Mais informações:
Site:
www.sprintrace.com.br
Facebook: Sprint Race Brasil
Twitter: Sprint Race

m

 

VOLVO OCEAN RACE

 

As sete equipes da Volvo Ocean Race estão acelerando pelo Oceano Índico rumo aos Emirados Árabes Unidos numa das etapas mais equilibradas da história da regata de Volta ao Mundo. A segunda perna, que começou na quarta-feira (19), não tem nenhum barco despontando na frente. A cada atualização de posição, os números apontam para uma Volvo Ocean Race no melhor estilo das eleições brasileiras: empate técnico. Às 15h (Horário de Brasília) desta segunda-feira (24), por exemplo, a diferença do líder Team Brunel (Holanda) para o MAPFRE (Espanha) era de menos de um quilômetro. Sem contar os que estão atrás, na margem de erro, podendo assumir a ponta a qualquer momento. Isso é só o começo, já que a perna terá quase um mês de duração até chegar aos Emirados Árabes Unidos.

Na prática, a flotilha está dividida em duas: Abu Dhabi e Team Vestas Wind estão mais a Noroeste. Já Team Brunel, MAPFRE, Dongfeng e Team Alvimedica rumam a Nordeste. As meninas do Team SCA ainda estão indecisas!

"Queremos a recuperação", disse Iker Martínez, comandante do barco espanhol. "Nosso objetivo é pegar pódio após a primeira etapa ruim". De fato, o MAPFRE, que também tem o brasileiro André 'Bochecha' Fonseca a bordo, está mostrando reação, ficando sempre entre os primeiros.

O espanhol Xabi Fernández descreveu a ação deles no Índico: "Passamos todo o dia e toda a noite olhando para os adversários e para a nossa navegação. Parece uma regata local, de curta duração. É muita pressão, pois não podemos cometer erros. Estamos a 100%".

A segunda etapa, entre a Cidade do Cabo e Abu Dhabi, tem ao todo 5.125 milhas náutica ou 9.500 quilômetros de distância e pode durar até um mês para terminar.volvo1 Copyvolvo6 Copyvolvo5 Copyvolvo4 Copyvolvo3 Copyvolvo2 Copy
 

1º ENCONTRO NDML

 

Com enorme sucesso, realizou-se no passado sábado no auditório do IPL - Instituto Politécnico de Leiria o "1º Encontro Desporto Automóvel - Presente e Futuro" promovido pelo NDML ( Núcleo Desportos Motorizados de Leiria ) e pela ESTG ( Escola Superior de Tecnologia e Gestão ).
Os temas focados e o elevado nível dos participantes determinou o grande interesse demonstrado entre as mais de duas centenas de presenças.
Os painéis em discussão sobre os temas "Engenharia Automóvel", "Marketing", "Comunicação Social", "Direcção de Provas", "Formação de Karting", "Pilotos e Navegadores", "Estudantes de Engenharia Automóvel no Desporto Automóvel".
Entre outros, os painéis foram desenvolvidos pelos oradores  Manuel Mello Breyner ( Presidente da FPAK ), José Ribeiro ( Editor de Desporto da "AutoHoje"), Eduardo Freitas ( Director WEC/FIA ), Pedro Abecasis ( Director da Cepsa ), Ricardo e Manuel Porém ( Campeões Nacionais de Todo o Terreno ), Pedro Martinho ( Director da ESTG ), Nuno Martinho ( Coordenador da licenciatura de Engenharia Automóvel ), Richaad Sacoor ( Director da Brand Hunters ), João Pereira ( Coordenador do mestrado em Engenharia Automóvel ), Dário Luís ( Associação Académica de Desportos Motorizados de Leiria ).

Este Encontro finalizou com a assinatura dum protocolo de colaboração entre o NDML e o IPL firmado entre Pedro Mendes Alves ( Prseidente do NDML ) e João Paulo Marques ( Vice Presidente do IPL ) e uma visita ao Laboratório de Engenharia Automóvel.
À noite foi a vez do jantar de distribuição de prémios do Critério NDML 2014 no qual também foram homenageados os Patrocinadores bem como diversas Personalidades entre as quais, Cândida Lages, António Paiva, António Polido, António Cabeço, Pedro Abecasis, Filipe Albuquerque, Ricardo Porém, Manuel Porém, António Perpétuo e José Manuel Cordeiro.
Em ambiente solene mas muito descontraído o Presidente  teve oportunidade de fazer um balanço das actividades de 2014 e apresentar o calendário das 11 provas, entre automóveis e karting, que o NDML vai levar efeito em 2015 seguindo-se a distribuição dos prémios do Critério NDML 2014.
Nos links em baixo, no nosso site em www.rallyeverdepino.com e no Facebook podem ser encontradas as fotos dos dois  eventos,
 

RALI DE GÓIS

 

Terminou da melhor forma a época para os pilotos da Freixianda que
este fim-de-semana alinharam no Rali de Góis, ultima prova do Trofeu
Regional de Ralis Centro 2014.
A dupla Paulo Ferraz e Luís Pêgas em Subaru Impreza terminou a prova
em 4º da Geral e 3º da Classe Tração Total. No final do Rali ouvimos
Paulo Ferraz que nos referiu “a próxima temporada eu ainda não sei bem
como vai ser. A intenção e fazer o TRRC completo, mas ainda não
consegui apoios suficientes para o fazer, sendo assim devo fazer três
ou quatro provas deste trofeu apenas para me divertir e tentar a
melhor classificação possível”.
Quanto a Paulo Marques e Ana Santos em Ford Escort MK II terminaram em
17º da Geral e 6º na Classe Tração Traseira. Paulo Marques referia no
final da prova que “o ultimo rali da época correu bem sem percalços e
foi mesmo só para divertir e tirar a ferrugem de não fazer já á um mês
um rali. Ainda fizemos na 2ª passagem da manhã um excelente tempo mas
depois caiu um diluvio e tudo se estragou em termos de piso que não
dava para mais, era só mesmo tentar manter o carro na estrada.” Em
relação á próxima temporada o piloto do Ford referiu “para o ano vamos
ver! vou tentar arranjar patrocínios e ver o que se consegue depois
logo se vê, mas a minha vontade é continuarmos , eu e a Ana Santos
novamente no TRRC !
Quanto a Sérgio Silva e Marco Neves acabaram por não alinhar nesta prova.

O Rali de Góis foi a oitava prova do TRRC 2014 e marcou o encerramento
deste troféu, organizado pelo Penela Race Events Club. O vencedor do
Rali foi Ricardo Lopes acompanhado de Luís Henriques em BMW 325IX.
O Troféu Regional Ralis do Centro 2014 chega assim ao fim estando
marcada para a noite do dia 13 de Dezembro a gala de entrega de
prémios no Pavilhão Municipal de Penela.10387569 577657855697443_4634198756052876796_n_Copy

 

OPEL REVELA GAMA E PREÇOS DO NOVO CORSA

 

Opel revela gama e preços do novo Corsa

A Opel deu a conhecer o alinhamento do novo modelo Corsa, numa gama onde se destacam as estreias do novo motor 1.0 Turbo a gasolina e do turbodiesel 1.3 CDTI ecoFLEX profundamente revisto. O foco da quinta geração Corsa está no conforto, nas ‘performances’ e nos baixos consumos. Para além de novas linhas exteriores e de um novo habitáculo, a dinâmica surge num patamar mais elevado do que nunca graças a um novo chassis e a uma direção otimizada. O novo Corsa tem lançamento em Portugal agendado para Janeiro e já pode ser encomendado nos distribuidores Opel. A gama arranca com preços a partir de 14.490 euros. O novo motor 1.0 Turbo está disponível a partir de 15.390 euros e o turbodiesel 1.3 CDTI ecoFLEX desde 18.990 euros. A Opel estabeleceu três níveis de equipamento - Enjoy, Color Edition e Cosmo - enriquecendo a lista de dotação de série. Por exemplo, todos os novos Corsa oferecem sistema de monitorização da pressão de pneus, assistência ao arranque em subidas, rádio com sistema mãos-livres Bluetooth e entrada USB, ar condicionado, computador de bordo e espelhos retrovisores com regulação elétrica, para além de vidros elétricos e fecho centralizado de portas com comando à distância, para citar apenas alguns.  (...)

 

 

A PÁGINA DO FACEBOOK DA MERCEDES

 

Mercedes-Benz tem a página de Facebook mais valiosa entre as marcas automóveis
A comunidade de fãs da Mercedes-Benz no Facebook ultrapassou a marca dos 17 milhões em novembro de 2014. Em julho passado, a marca com sede em Estugarda recebeu o fã 15 milhões. Este novo marco está a ser celebrado pela marca da estrela com um impressionante trabalho. Os designers da Mercedes-Benz decidiram realizar um impressionante trabalho em fita adesiva com o novo desportivo, o Mercedes-AMG GT. O vídeo encontra-se disponível em http://youtu.be/AoV4_Fay9zE.
O tamanho da comunidade de fãs não é o único número impressionante de acordo com o estudo feito pela socialBench, uma das principais empresas de análise de estudos de social media. A Mercedes-Benz tem, de longe, a página mais valiosa no Facebook de todas as marcas automóveis, com um valor de mais de 7.2 milhões de euros. Além disso, a marca de Estugarda é a primeira fabricante de automóveis a utilizar a plataforma Instagram na Europa para fins de publicidade no futuro. Esta é sem dúvida mais uma prova do sucesso e inovação da Mercedes-Benz, na forma como a marca usa as redes sociais para abordar clientes e potenciais clientes.
O mais recente estudo realizado pela socialBench, e que abrange o terceiro trimestre de 2014, analisou 75 páginas alemãs e internacionais de facebook de fabricantes de automóveis. O primeiro lugar na categoria “Valor Comunidade”, para páginas internacionais de Facebook, foi ocupado pela Mercedes-Benz com um valor de 7.2 milhões de euros. Posicionando-se assim muito à frente dos seus rivais. O segundo e
Mercedes-BenzMercedes-AMG GT_1_CopyMercedes-AMG GT_2_Copy

 

GOODYEAR ELEITA

 

Goodyear eleita uma das "Melhores Empresas para Líderes"

 

Estudo realizado pela Aon Hewitt Top Companies for Leaders sobre liderança nas empresas a nível mundial é um dos mais abrangentes e completos

 

A Goodyear foi eleita uma das "Melhores Empresas para Líderes" tendo sido reconhecido o papel que desempenha na captação e desenvolvimento de liderança pela Aon Hewitt Top Companies for Leaders 2014. Este ano o júri composto por profissionais independentes foi encarregue de selecionar e classificar as empresas com base numa série de critérios incluindo a força da liderança na cultura da empresa, exemplos de desenvolvimento de liderança global, alinhamento da estratégia de negócios e liderança, reputação corporativa e desempenho empresarial e financeira, entre outros.

 

image003.png@01D007DD.97C98E40" >"Estamos muito orgulhosos por termos sido considerados uma das melhores empresas para atrair e desenvolver líderes", disse Richard J. Kramer, presidente e CEO da Goodyear. "Reter talentos e formar equipas líderes é uma prioridade para a empresa, e parte da nossa missão e estratégia. Os melhores líderes inspiram outros grandes líderes, promovendo uma cultura de colaboração que impulsiona o crescimento e sucesso do nosso negócio. Esta distinção é a prova de que a nossa estratégia está a funcionar."

 

Realizado desde 2001, o estudo Aon Hewitt Top Companies for Leaders consiste numa ampla análise sobre gestão de talentos e liderança em organizações em todo mundo. Com mais de 1500 pontos de recolha de dados e mais de 300 entrevistas com executivos, este estudo sobre liderança é o mais exaustivo e global do mercado, já que examina a relação entre as práticas e os resultados financeiros. Este estudo explora a forma como as organizações avaliam, selecionam, desenvolvem e recompensam os seus líderes, ao mesmo tempo que examina o desempenho de práticas de liderança e a estratégia subjacente.

 

"No panorama atual, complexo e imprevisível dos negócios, no Top Companies for Leaders fazemos questão de fidelizar os líderes que investem o seu tempo no desenvolvimento do seu talento e que percebem que experiências necessitam para se destacar", explica Pete Sanborn, o Responsável Global de Práticas de Liderança de Aon Hewitt. "Parabenizamos a Goodyear por estar entre o grupo restrito de organizações que se destacam na construção e crescimento de um ambiente de liderança".

 

A Goodyear tem sido reconhecida por apresentar um alinhamento total entre a estratégia de negócios e a estratégia de talentos globais, bem como por desenvolver uma abordagem sistemática e padronizada sobre o desenvolvimento de liderança através de uma série de práticas inovadoras. "Projetamos e implementamos um Processo de Gestão Global de Talentos e Liderança que nos permite ter um grupo de grandes líderes em todos os níveis da organização", confirma Joseph B. Ruocco, Vice-Presidente Sénior de Recursos Humanos Globais Goodyear. "Estes grandes líderes têm conduzido a empresa para os melhores resultados de negócios em 115 anos de história e continuarão a ajudar-nos a crescer no futuro."

 

Para mais informações e para conhecer a lista completa de premiados visite http://www.aon.com/topcompanies-winners

 

Sobre a Goodyear

A Goodyear é uma das maiores empresas produtoras de pneus a nível mundial. Tem cerca de 69.000 empregados e fabrica os seus produtos em 50 instalações localizadas em 22 países em todo o mundo. Os seus dois Centros de Inovações, em Akron, no Ohio, e em Colmar-Berg, no Luxemburgo, esforçam-se por desenvolver produtos e serviços de última geração que estabelecem o padrão da indústria em termos de tecnologia e desempenho. Para mais informação acerca da Goodyear, consulte www.goodyear.com/corporate.

A13 6736_Copy_-_CpiaA13 6769_Copy_-_Cpia
 

VODAFONE MEXEFEST

Vodafone Mexefest



Faltam 4 dias…

Sérgio Godinho junta-se a Samuel Úria no concerto especial dos Clã para o Festival.


Vodafone Band Scouting: Cave Story, Pista, Toulouse e Big Red Panda são as bandas que atuarão no Estúdio Vodafone FM.

 

28 e 29 de novembro, Avenida da Liberdade, Lisboa
 

Cinema São Jorge (Sala Manoel de Oliveira, Sala Montepio), Palácio Foz, Estação Vodafone FM (Estação Ferroviária do Rossio |Refer), Starbucks, Sala Super Bock Super Rock|Garagem EPAL, Ateneu Comercial de Lisboa (Ginásio e Salão Nobre), Sociedade de Geografia de Lisboa, Coliseu dos Recreios, Igreja de S. Luís dos Franceses, Casa do Alentejo, Vodafone Bus I e II
 

www.vodafonemexefest.com | facebook.com/vodafonemexefest

 


A edição do Vodafone Mexefest de 2014 contará com concerto especial dos Clã com convidados de luxo. Depois de anunciada a presença em palco de Samuel Úria, revela-se o segundo convidado, um colaborador de sempre da banda nortenha: Sérgio Godinho.

A relação entre os Clã e Sérgio Godinho é antiga e já se materializou inclusive em disco, com o registo ao vivo “Afinidades”, de 2001. Para o último álbum da banda de Hélder Gonçalves e Manuela Azevedo, “Corrente”, Sérgio Godinho participa em três das canções que constituem a edição. Daqui a precisamente quatro dias, os Clã contarão em concerto com esta referência maior da música portuguesa, cantando ao lado da banda as letras que o próprio criou, dia 28, na Sala Manoel de Oliveira do Cinema São Jorge.

Confirmadas estão também as quatro bandas que, via Vodafone Band Scouting, atuarão no estúdio Vodafone FM nos dois dias do Festival: Cave Story, Pista, Toulouse e Big Red Panda. Do quarteto escolhido sairá um vencedor, garantindo o lançamento de um LP pela editora Pontiaq.



 


Vodafone Mexefest. De palco em palco, a Música mexe na cidade.


 

Cartaz completo:
Adult Jazz; Ana Cláudia; Bristol; Capicua; Clã & Convidados; Cloud Nothings; Coro Africano; Curtis Harding; Deers; Duquesa; Éme; Francis Dale; Globaile curado por Branko com: Branko, Dengue Dengue Dengue! e MGDRV; Jay-Jay Johanson, JJ; Johanna Glaza; Kindness; King Gizzard & The Lizard Wizard; Meu Kamba Soundsystem; Mike Bek; NBC; Old Yellow Jack; Os Modernos; Palma Violets; Pedro Lucas; Perfume Genius; Pharoahe Monch; Príncipe Showcase: DJ Maboku & DJ Lilocox, DJ Marfox, Niagara (live), DJ Nigga Fox, Puto Márcio, DJ Spoko; Salto; Sara Paço; Savanna; Sensible Soccers; Sharon Van Etten; Shura; Sinkane; St. Vincent; Stereossauro; Throes + The Shine; Tunder & Co.; Tiago Iorc; Tune-Yards; Turbo Balkan Beats; Wild Beasts; Zanibar Aliens.
 

 

Informação de Bilhetes


 

Preço dos Bilhetes

Preço único: €40

Troca obrigatória pelo próprio por pulseira no Coliseu de Lisboa a partir de dia 27 de novembro

Locais de Venda

Facebook Música no Coração, www.blueticket.pt - Call Center 707 780 000, lojas FNAC, lojas Worten, El Corte Inglês (Lisboa e V. N. Gaia), Centros Comerciais Dolce Vita (Amadora, Porto, Vila Real, Ovar, Coimbra e Funchal), Casino de Lisboa, Galerias Campo Pequeno, Abep, Estações de Correios, lojas Media Markt, Turismo de Lisboa, www.ticketline.pt - Reservas e informações 1820 (24 horas), www.bilheteiraonline.pt, Coliseu dos Recreios.

App Vodafone Mexefest com desconto de 5€ para clientes Vodafone.

Packs Get a Fest

No estrangeiro:

Packs Festicket: Pacotes integrados com Bilhete + Alojamento + Transporte para o Festival.

Espanha: www.breakpoint.es, lojas FNAC, Carrefour Viajes e Halcón Viajes

Inglaterra: www.seetickets.com

Alemanha: www.ticketmaster.de
 

 

TROFEU ASTON MARTIN

TROFÉU ASTON MARTIN NO SLOT CLUBE DO PORTO

 

 

 

Márcio Teixeira vence a última prova do Troféu Aston Martin e garante a vitória no mesmo. Zé Carlos Nobrega e Carlos Batista sobem ao pódio em noite de estreia das competições oficiais no novo Autódromo SCP.
Parabéns aos 3 pilotos que subiram ao pódio e a todos os restantes 20 pilotos que estiveram na prova e que abrilhantaram e de que maneira as 3 mangas.
SLOT1 CopySLOT2 Copy

 

SEGUNDO AS PREVISÕES DA PIRELLI

 

LEWIS HAMILTON afirma que seu título do campeonato em primeiro lugar com PIRELLI PNEUS
Depois de vencer em ABU DHABI
Diferentes estratégias CONFIGURAR A TERMINAR ENTRE ANFITEATRO
Hamilton e Felipe Massa
  DANIEL Ricciardo RECLAMAÇÕES QUARTA depois de largar da PITLANE
AJUDADO POR estratégia alternativa
 Lewis Hamilton afirmou campeonato de segunda pilotos de sua carreira, mas o seu primeiro com pneus Pirelli, depois de vencer o decider título em Abu Dhabi, usando uma estratégia de duas paradas. O piloto da Mercedes começou no pneu supermacio P Zero Vermelho da segunda posição da grelha, mas assumiu a liderança no início, antes de completar dois stints na P Zero Amarelo macio.
A vitória por 16 Mercedes nesta temporada quebrou o recorde de todos os tempos, de 15 anteriormente detida pela Ferrari e McLaren. Hamilton também se torna o primeiro campeão mundial Mercedes desde Juan Manuel Fangio, ter reclamado 11 vitórias no total este ano.
Durante os estágios finais da corrida, Hamilton foi desafiado por Williams piloto Felipe Massa, que usou uma estratégia de duas paradas diferente para ele. Massa começou na supersoft da quarta posição da grelha, mudou para o macio, e, em seguida, correu as 13 voltas finais sobre o supersoft de novo, que foi em torno de um segundo por volta mais rápido do que o macio.
Isso permitiu que o brasileiro para fechar até menos de três segundos atrás de Hamilton no fim, enquanto seu companheiro de equipe Williams Valtteri Bottas completou o pódio. Bottas usou uma estratégia supersoft-soft-soft.
Depois de ser excluído da qualificação, os dois pilotos da Red Bull começou a partir do pitlane, adotando uma estratégia de soft-soft-supersoft similar. Isso ajudou Daniel Ricciardo para terminar em quarto, depois de ter subido tão alto como em terceiro lugar, e estabeleceu a volta mais rápida da corrida. Ricciardo também foi o maior finalizador colocado para começar a corrida com o pneu macio, com todos, mas seis pilotos de iniciar o grand prix na supersoft.
Com a queda dos temperaturas da pista e do ar, o circuito tendem a chegar mais rápido como a corrida progrediu, o que significa que as equipes tiveram que controlar o desgaste dos pneus e degradação cuidadosamente. Ambos os compostos realizado exatamente em linha com as expectativas, permitindo que pilotos e equipes para empurrar ao máximo.
Diretor de automobilismo da Pirelli, Paul Hembery, disse: "Parabéns a Lewis Hamilton para a conquista do título, e também para Nico Rosberg, que lhe forneceu fantástica oposição durante todo o ano. Os pneus realizada como se esperava-los para cá, em linha com os dados que havia coletado antes da corrida. Vimos uma grande variedade de estratégias interessantes no trabalho hoje, com Massa mostrando a velocidade do supersoft no final da corrida, e Ricciardo colocando em um grande desempenho na parte de trás depois de iniciar no macio. Tem sido um fim fascinante para uma temporada convincente, mas já estamos voltando nossa atenção para 2015, tal como nós embarcar no teste final da temporada aqui na próxima semana na terça-feira e quarta-feira, onde alguns dos nossos novos pneus farão sua estréia. "
Vezes mais rápido do dia por composto:
  Supersoft macio Intermediate Wet
Primeiro Ric 1m44.496s Ham 1m45.599s N / A N / A
Segunda Mas 1m44.826s Bot 1m45.727s N / A N / A
Terceiro Vet 1m45.552s Ric 1m46.098s N / A N / A
Longest stint da corrida:
Supersoft Hulkenberg (18 voltas)
Macio Grosjean (33 voltas)
Truth-O-Meter:
Nós previmos duas paradas como sendo a estratégia mais rápida para a corrida de 55 voltas, com início no supersoft e depois mudar para o suave no voltas oito e 31. Hamilton seguiu exatamente essa estratégia, mas foi um pouco mais longo do que o esperado em sua primeira passagem supersoft, parando em voltas 10 e 31.

 

Google Tradutorf22 Copyf23 Copyf24 Copyf25 Copyf26 Copyf27 Copyf28 Copyf29 Copyf30 Copyf31 Copyf32 Copyf33 Copyf34 Copyf35 Copyf36 Copyf37 Copyf38 Copyf39 Copyf40 Copyf41 Copyf42 Copyf43 Copyf44 Copyf45 Copyf46 Copyf48 Copyf49 Copyf50 Copy

 

TERMINOU A AVENTURA DE REBELO MARTINS

 

Terminou a aventura de João Rebelo Martins no Cross Egypt Challenge

Terminou sábado, em frente às grandes pirâmides de Giza, a aventura de João Rebelo Martins no Cross Egypt Challenge.

O piloto português atravessou o Egipto durante 9 dias, perfazendo 3.000 km, numa scooter. Foram 9 dias de aventura, desafio e, claro está, de superação de objectivos.

A caravana começou na cidade de Alexandria, junto ao Mediterrâneo, rumando a sul, junto ao Mar Vermelho. À quarta etapa, os aventureiros entraram no deserto profundo, entre Marsa Alam e Aswan para, a partir daí, continuarem em direcção a Abu Simbel e à fronteira com o Sudão.

Foi também na quarta etapa, a mais dura e complicada de todas, que vários pilotos sofreram acidentes e foi necessária a intervenção médica.

Para os restantes pilotos, a aventura continuou com destino a norte, tendo o Nilo como referência. Cidades como Aswan, Luxor e Asyut ficarão na memória de todos.

João Rebelo Martins, na cerimónia de encerramento nas pirâmides de Giza, perante o Ministro do Turismo, o piloto elevou bem alto a bandeira portuguesa e as cores da Konica Minolta, Agencia Paraíso, Monte Campo e Polisport.

Sendo um rally raid em aventura, não havia classificação. O percurso foi de asfalto, pedra, terra batida e areia. Os pilotos eram divididos em quatro grupos conforme a sua rapidez e experiência. João Rebelo Martins esteve, desde a primeira secção da primeira etapa no grupo que liderava a caravana.

No final, o piloto referiu “ estou muito feliz. Propus-me a fazer 3.000 km de scooter, pelo Egipto, e consegui. Vi e vivi uma experiência única e senti, mesmo à distância, através das redes sociais, o apoio de muitas pessoas, muitos amigos. Obrigado.”

Em breve será editado o diário de bordo do piloto oliveirense, com textos e fotos inéditos.chegada cairo_Copyno deserto_Copypensando Copy

 

LISTA DE INSCRITOS PROVISÓRIA ESTORIL RACING FESTIVAL

LISTA DE INSCRITOS PROVISÓRIA

 

 

1- Nuno Carvalho
2- Luis Lisboa
3- Duarte Lisboa
6- Miguel Couceiro
7- Duarte Porto-André Caiado-Filipe Paiva
9- Ramiro Barreira - Francisco "Lili" Guedes - Nuno André - Luis Gonçalves
10- Pedro Alves
12- José Kol de Almeida
14- Paulo Teixeira - Joaquim Alves
21- Manuel M. Matos - Luis Santa-Bárbara
23- Hugo Araújo-
24- Ricardo Leitão-
27- José Pacheco - João Galvão-
28- Diego Narbona - Pedro Falé -
30- Gonçalo L. Vale-
46- Manuel Caetano - Nuno Caetano-
77- Nuno Santos-
50- Rick Potter - Alex Potter
51- Trevor Carvey - Neil Shinner
52- Carlton Brown - Ben Gower
53- Carl Woodwiss - Martin Webb
54- Mark Farmer - Jon Barnes
55- Aaron Head - Dale Head
56- Martin Amison
57- Andy West - David Wilkins
58-Chris Wright - Chris Lay
59- John Toshack - Kurt Brady
60- Clive Richards - Andy Jupp
61- Robert Cooper - Tim Abbott
62- Ian Payne - Ben Tompkins
63- Nick Pancisi-Andy Sagar
64- Steve Day - Lee Wiggins
65- John Reid - David Briault
66- Paul Thacker - John Whitehouse
67- Avon - John Barnes - Avon - Aaron Head
68- Paul O'Reilly - Peter Young
69- André Correia
70- Ian Dyble -Tony Jaffe
71- Brent Millage - Luke Kidsley
72- Martin Jeffs - Gary Burke
73- Terry Langley - Mike Hart
74- Tim Jump
75- John Ogilvie - Brett Ray
76- Giles Wardle - Neil Gill
78- Andrew Connolly - Spencer Fortag
79- Tristan Judge - Zoltan Csabai
80- Rob Winrow - Jamie Winrow
TODOS EM SUPER 7
LISTA DE INSCRITOS
(provisória)
504 Madalena Gaspar / Fernando Gaspar / Fernando M. Gaspar Datsun 1200 GX C2
507 Vitor Sampaio / Pedro Grilo / Pedro Ágoas Datsun 1200 C2
509 Paulo Duarte / João Faria VW Golf GTI D4
511 Paulo Sousa / Pedro Charais Saab 96 V4 D2
513 Francisco Calheiros / José Paulo Amaral / Pedro Corrêa Mendes Porsche 924 Turbo F4
515 Francisco Leitão / Frederico Figueiredo de Castro Toyota Starlet 1,3S C4
516 Filipe Martins / João Diogo Lopes /Luis Prates / Nuno Alves Datsun 1200 GX C2
517 Manuel Cabral Menezes / Jorge Santos Datsun 260Z F3
535 João Andrade / João Carlos Andrade Toyota Starlet 1,3S C4
538 Rui Moura / António Magalhães VW Golf GTI D4
540 Nuno Matos / Carlos Matos VW Golf GTI D4
543 João Cruz / Joaquim Carreira Datsun 1200 C2
549 J. Miguel Ribeiro / Miguel Ribeiro Alfa-Romeo Giulia Super 1.6 D2
550 José Mota / José Nobre Jaguar XJS F4
558 Ant.Mª Raposo de Magalhães /Gonç. Raposo de Magalhães Ford Escort II RS2000 E4
567 João Vasconcelos / António Sousa Machado Datsun 1200 C2
573 Carlos Fernandes / Jorge Leite BMW 2002 Ti E2
574 Simplício Pinto / Marco Pinto BMW 2002 Ti E2
579 Miguel Ferreira / Diogo Ferrão Ford Escort II RS2000 E4
581 Abel Marques / Sergio Monteiro Autobianchi A112 Abarth INV
588 Rafael Pinto / Carlos Pedro VW Golf GTI D4
594 Veloso Amaral / Miguel Barata Hillmam Imp B1
595 António Fresco / José Fresco Ford Capri 2300 F4
661 Luis Carlos / Gonçalo Carlos / António Santos Mendonça Ford Escort II RS2000 Open OPEN
LISTA DE INSCRITOS
(provisória)
3 Rui Silva Van Diemen RF96Z FZ
4 Fernando Gaspar Quest FF86 FK80
7 Vasco Sampaio Ray FK98 FK90
9 Eduardo Bianchi de Aguiar Van Diemen FVJr VJ8
21 Paulo Sousa Van Diemen RF88 FK80
29 Duarte Pires Mygale SJ00 FZ
23 Tiago R. Magalhães Mygale SJ03 FZ
31 António R. Magalhães VanDiemen RF81 FK80
45 Gonçalo Inácio Ray GR02 FZ
77 Vítor Sampaio Vector MG01 FZ
90 António M. Rodrigues Swift SC97Z FZ
95 Diogo Sousa Swift SC95Z FZ
LISTA DE INSCRITOS
(provisória)
Categoria H-65 : 14 cars
Nº Concorrente País 1ºPiloto 2ºPiloto 3ºPiloto Viatura CC
15 Fabrica Italiana PT Antonio Silva João Paulo Sousa Abarth 1000 TC 903
23 João Vieira PT João Vieira José Castro VW Karmann Ghia 1500
3 Manuel Ferrao PT Manuel Ferrao Camilo Figueiredo Ford Cortina Lotus 1558
10 João Sardinha PT João Sardinha Rui Bevilacqua Alfa Romeo Giulia Super TI 1592
16 ASM Team PT José Albuquerque Francisco Albuquerque Lotus Elan 26R 1596
14 Joao Mira Gomes PT Joao Mira Gomes João Teves Costa Lotus 7 1596
27 Carlos Barbot PT Carlos Barbot Carlos Cruz Lotus Elan 26R 1596
12 AECD SP Manuel Capelo Javier Basagoiti Porsche 356 1600
19 AECD SP Juan Antonio Zorrila Iria Fernández Porsche 356 1600
6 ASM Team PT Francisco Sá Carneiro Antonio Simões (Pro) Porsche 911 2.0 SWB 1991
8 Pablo Tarrero SP Pablo Tarrero Carlos Beltran Porsche 911 2.0 SWB 1991
13 Georg Nolte DE Georg Nolte Michael Funke (Pro) Ford GT40 4700
12 Afschin Fatemi DE Afschin Fatemi Ford GT40 4700
11 Frank Stippler (Pro) DE Frank Stippler (Pro) Georg Nolte Bizzarini 5300 GT 5200
Categori a H-71 : 16 Cars
Nº Concorrente País 1ºPiloto 2ºPiloto 3ºPiloto Viatura CC
54 J. Alvarez Del Manzano SP J. Alvarez Del Manzano Mini Cooper S 1275
30 Antonio Paquete PT / UK Antonio Paquete Richard Perry Mg Midget 1293
32 Alberto Rola PT Alberto Rola Ford Escort 1300 1300
45 Pedro Pitta PT Pedro Pitta Mini Marcos 1300
51 Alexandre Guimarães PT Alexandre Guimarães Manuel Melo Lotus Elan Sprint 1594
40 ASM Team PT TBA TBA Ford Escort RS1600 1845
49 Miguel Ferreira PT Miguel Ferreira (Pro) João Pina Cardoso Ford Escort RS1600 1845
LISTA DE INSCRITOS
(provisória)
47 Fabrica Italiana SP / PT Roberto Ricon Francisco Sottomayor Alfa Romeo 1750 GTAm 1962
42 Antonio Gutierrez SP Antonio Gutierrez Guillermo Velasco Porsche 911 - R 1987
35 Albert Pecanins SP Albert Pecanins Porsche 911 2.0 E LWB 1991
38 Antonio Cubero SP Antonio Cubero Porsche 911 2.0 S LWB 2000
82 Pedro Dias Fernandes PT Pedro Dias Fernandes Pedro Fernandes Pedro Rio Opel 1900 GT 2000
41 Alexis Raoux FR Alexis Raoux Porsche 911 2.3 S/T 2381
57 Peter Mülder DE Peter Mülder Patrick Simon Porsche 911 2.5 S/T 2400
33 Domingos Sousa Coutinho PT
Domingos Sousa
Coutinho Luis Sousa Ribeiro BMW 2800 CS 2800
37 Paul Conway UK Paul Conway Morgan Plus 8 3528
Categori a H-76 : 15 Cars
Nº Concorrente País 1ºPiloto 2ºPiloto 3ºPiloto Viatura CC
80 Miguel Vaz PT Miguel Vaz Fernando Soares Fiat 128 Sport Coupé 1300
58 Mario Silva PT Mario Silva (Pro) Goncalo Gomes Ford Escort RS1600 1845
71 Rui Azevedo PT Rui Azevedo Jorge Areias Ford Escort RS2000 MKII 1993
83 Fernando Xavier PT Fernando Xavier Pinto Dos Santos VW Scirocco 1995
84 Paul Parlange FR Paul Parlange Benoit Villette Alfa Romeo 2000 GTV 2000
63 Alfredo Martinez SP Alfredo Martinez Jesus Fuster Porsche 911 3.0 RS 2700
74 José Marti SP José Marti José Luis Boiria Porsche 911 3.0 RS 2800
62 Jorge Correia PT Jorge Corrêa Gilberto Corrêa Ford Capri 3000 GT 2994
88 Luis Lopez SP Luis Lopez Alvaro Rodriguez (Pro) Porsche 911 3.0 RS 2996
76 ASM Team PT Pedro Bastos Rezende
Miguel Pais do Amaral
(Pro) Porsche 911 3.0 RS 2996
65 Club Porsche Espãna SP Rafael Alcala Carlos Castillo Porsche 911 2.7 RS 3000
70 Miguel Moreno PT Miguel Moreno Carlos Peres Porsche 911 3.0 RS 3000
68 Salvador Albinana SP Salvador Albinana José Ramon Porsche 911 3.0 RS 3000
85 Juan Carlos Zorrilla SP Juan Carlos Zorrilla Tomas Moreno Porsche 911 3.0 RS 3000
60 Jean-Charles Faulx BE / CH Jean-Charles Faulx Dominique Vananty De Tomaso Pantera 5700
Catego ria H-C : 3 Cars
Nº Concorrente País 1ºPiloto 2ºPiloto 3ºPiloto Viatura CC
95 Jorge Cruz PT Jorge Cruz Francisco Pinto BMW 323i 2300
91 Paul Daniels UK Paul Daniels Joel Camathias (Pro) Porsche 911 3.0 RS 2996
78 Fabrica Italiana PT Cesar Freitas Rui Ribeiro BMW 323i 2315

 

TT EM ANGOLA

TT EM ANGOLA

 

 

 

 

O CARR 2014 está a chegar ao fim. Só falta o 6º Rali TT do Sumbe (6 e 7 de Dezembro).

A classe M ainda não tem Campeão antecipado. Quer Henrique Vu quer Helder Coelho Vuty ainda podem ser Campeões. Para o ultimo lugar do pódio tudo leva a crer que ficará o Yvens do Santos pois Zé Comando ainda não está totalmente recuperado do acidente no Huambo.

Também na classe Q ainda não há Campeão. Qualquer dos 3 pilotos, Rui Cunha, Marco Vieira e Ludy Chaves, que se encontram classificados nos 3 primeiros podem ser Campeões. A diferença entre o 1º e o 3º é de 6 pontos. Vai haver competição nas picadas do Sumbe.  

Sandro Dias é CAMPEÃO 2014 antecipado na classe TT. Teve uma participação muito regular pois pontuou em todas as provas e entre estas ganhou 3. A grande luta vai ser entre Maló Almeida e Miguel Raposo pelos lugares vagos no pódio. Se Hugo Carvalho participar e ganhar o rali no Sumbe ainda pode chegar ao lugar mais baixo do pódio.

Na classe TT para segundos condutores nada se vai alterar. Os 2 primeiros já estão definidos, Dário Guerreiro (CAMPEÃO) e João Paulo. Se a Patricia participar no Sumbe, faz a sua 5ª participação e fica em 3º lugar.

A classe E1 já tem CAMPEÃO antecipado – Fábio Brunido.

Na classe E2 os 2 primeiros estão separados por 19 pontos. Se o Lito Maio ganhar a prova e o Zé Roxo não pontuar, o Lito é CAMPEÃO. Para o Zé Roxo ser CAMPEÃO basta chegar ao fim. Mas para a luta do lugar mais baixo do pódio há 5 candidatos – João Lota, Luis Abrantes, Mário Fontes e Márcio Ruivo. Vai ser muito interessante.

As fotos que anexamos são do Rali de Luanda e são da autoria do Adriano Alexandre.64741 10154824645460015_6318522805646063846_n1_Copy250283 10154824763145015_9125008485409346506_n1_Copy397565 10154824965280015_7205574516215773191_n1_Copy1016491 10154827191685015_6464967143202685882_n1_Copy1506722 10154827252025015_7825773999987406904_n2_Copy1512449 10154824833430015_6502372785322941464_n1_Copy1800249 10154824772250015_2053829559218216938_n1_Copy1932231 10154824826745015_8650988438383123162_n1_Copy1981935 10154827317670015_759123291303211890_n1_Copy10381980 10154827286180015_5688873545520517398_n1_Copy10384577 10154824717400015_2155406471838086085_n1_Copy10404335 10154850868715015_4608150491855017267_n1_Copy10418168 10154824879560015_4169389295022206547_n2_Copy10419528 10154827141630015_8013355615504095738_n1_Copy10426779 10154824720385015_8309884477918296271_n1_Copy10428558 10154850085255015_5320384255117859292_n2_Copy10440815 10154827244650015_4502307793417062840_n1_Copy10462928 10154827264120015_2583668398732817462_n1_Copy

 

GAGO SEM SORTE

 

Penalização retira pódio a Diogo Gago

 

Diogo Gago e Jorge Carvalho fecharam este fim-de-semana a sua passagem pela Copa Suzuki Swift Espanha, com a dupla portuguesa a terminar o Rally de Madrid com a vitória nas três últimas especiais da prova.

 

Apostados em se despedirem do troféu espanhol com um bom resultado, Diogo Gago e Jorge Carvalho cedo começaram a prova madrilena com bom ritmo, demonstrando que uma posição no pódio final estaria perfeitamente ao seu alcance.

 

No entanto, a prova da jovem dupla portuguesa cedo ficou comprometida com uma penalização, que não só os levou a cair para o último lugar, como hipotecou por completo a possibilidade de um bom lugar.

 

Ainda assim, Diogo Gago e Jorge Carvalho não baixariam os braços, vindo a realizar uma série de excelentes tempos nas especiais, completando a prova madrilena com a vitória nos últimos três troços.

 

Após o final da prova, o jovem Diogo Gago que conta com os apoios do Hotel Pedras Rubras, Pedro Pinto Automóveis, Mariscos Galvão e do Município de São Brás de Alportel dizia que “vínhamos apostados em conseguir um bom resultado, mas devido a um erro nosso, acabámos por ser penalizados em tempo na terceira especial, o que nos custou a possibilidade de lutar pelo pódio. Apesar de tudo não baixámos os braços e mantivemos um bom ritmo, demonstrando sempre uma evolução constante ao longo da prova, que culminou com a vitória nos últimos três troços”.

 

Diogo Gago assume ainda assim que “Olhando para esta passagem pela Copa Suzuki, temos que fazer um balanço positivo. Este é um troféu muito competitivo e fomos evoluindo ao longo do ano. Vencemos especiais em vários ralis e terminámos a competição logo a seguir aos pilotos galegos, cujas provas conhecem muitissimo bem. Sinto que com maior conhecimento do carro poderiamos ter feito melhor, pois nunca me senti verdadeiramente confiante no Suzuki, um carro que exige um grande conhecimento, mas estou satisfeito pela aprendizagem que representou este troféu”.

 

O piloto de São Brás de Alportel não terminou sem antes “deixar um grande agradecimento aos nossos patrocinadores por nos terem permitido esta presença em Espanha, assim como á nossa equipa, a Race Seven, que foi incansável em todas as provas, muito profissional e que sempre nos entregou o carro em perfeitas condições.”

 

Diogo Gago e Jorge Carvalho terminaram assim a sua presença na Copa Suzki Swift, terminando o troféu espanhol na sexta posição final.Diogo Gago_Rally_de_Madrid_2014_Copy

 

HAMILTON VENCE MUNDIAL DE F 1

 

Lewis Hamilton vence Mundial de Pilotos da Fórmula 1 em 2014
• MERCEDES AMG PETRONAS alcança os dois primeiros lugares no mundial de pilotos da Fórmula 1;
• Lewis Hamilton é o primeiro condutor dos míticos Silver Arrows a vencer o título desde Juan Manuel Fangio, em 1955;
• Nico Rosberg termina a época com a segunda posição no mundial de pilotos;
• 16 vitórias, 18 pole positions e 31 pódios em 2014 para a primeira época dos Silver Arrows na nova era hibrida da Formula 1;
• Mercedes-Benz celebra deste modo 120 anos de desporto automóvel e o 80º aniversário do Silver Arrows.
Foi um final de época de Fórmula 1 triunfante para a equipa MERCEDES AMG PETRONAS, com Lewis Hamilton a vencer o título mundial de pilotos no circuito de Yas Marina, em Abu Dhabi, e a sagrar-se assim bicampeão de Fórmula 1 na sua carreira.
O seu colega de equipa Nico Rosberg termina o campeonato na segunda posição no mundial de pilotos. Em conjunto, Hamilton e Rosberg acumularam 16 vitórias em 2014, 18 pole positions, 12 das voltas mais rápidas e um total de 31 pódios para a equipa.
Com 11 vezes a terminaram na primeira e segunda posição, a equipa MERCEDES AMG PETRONAS ultrapassou o recorde estabelecido pela McLaren em 1988. A 16ª vitória alcançada no Grande Prémio de Abu Dhabi faz da MERCEDES AMG PETRONAS a equipa com o maior número de vitórias numa única época de Fórmula 1.
Lewis Hamilton_1_CopyLewis Hamilton_2_Copy

 

SEGUNDO AS PREVISÕES DA PIRELLI

 

2014 Abu Dhabi Grand Prix - pneu Começando line-up
No Abu Dhabi Grand Prix 2014 os motoristas começaram a corrida com os seguintes pneus:
VETTEL SOFT
Ricciardo SOFT
HAMILTON SUPERSOFT
ROSBERG SUPERSOFT
Raikkonen SUPERSOFT
ALONSO SUPERSOFT
MALDONADO SUPERSOFT
GROSJEAN SUPERSOFT
BUTTON SUPERSOFT
MAGNUSSEN SOFT
PEREZ SOFT
Hulkenberg SOFT
GUTIERREZ SUPERSOFT
SUTIL SUPERSOFT
VERGNE SOFT
Kvyat SUPERSOFT
Bottas SUPERSOFT
MASSA SUPERSOFT
KOBAYASHI SUPERSOFT
ERICSSON SUPERSOFTf1 Copyf2 Copyf3 Copyf5 Copyf6 Copyf7 Copyf8 Copyf9 Copyf10 Copyf11 Copyf12 Copyf13 Copyf15 Copyf16 Copyf17 Copyf18 Copyf19 Copyf20 Copyf21 Copy

 

VOLTA AO MUNDO COM FRANCISCO SANDE E CASTRO

24 de Novembro de 2014

Cikampek

Arranquei perto do meio dia com a ideia de fazer tranquilamente os 150 Km que me separavam de Bandung até às quatro ou cinco da tarde.
Só que não previ a loucura que é sair de Jakarta sem poder entrar na auto estrada pois as motos estão proibidas de as usar na Indonésia. É que esta ilha de Java que, não sendo a maior é a mais populosa, tem 140.000 Km2 ou seja, um tamanho de cerca de uma vez e meia a área de Portugal e nada menos que 135 milhões de habitantes que parecem ter cada um uma “scooter” ou moto de 125 c.c.
É a loucura total. Passadas duas horas de um para arranca entre milhares de motos e carros, debaixo de uma temperatura de 38º, com uma humidade altíssima e níveis de poluição assustadores, comecei a sentir as mesmas tonturas que tinha tido uma vez na Índia que acho se devem a uma baixa tensão. Parei para descansar uma meia hora durante a qual bebi um litro de água e fiquei novo.
Pelo caminho apanhei, por sorte, a feira de antiguidades da Jalan Surabaya que é fantástica. Um dos comerciantes, enquanto me mostrava um maravilhoso escafandro, réplica dos utilizados pela marinha Norte americana durante a segunda grande guerra, cotava-me que já tinha tido a visita dos Clinton’s e de Mick Jaeger, por mais que uma vez.
Tinha deixado a feira há pouco quando um miúdo numa 125 meteu conversa nuns sinais luminosos. Perguntou-me de onde vinha e quando lhe disse Portugal ficou espantado por eu vir sozinho: “Alone? Crazy, crazy”.
Achei graça ao miúdo e quando nos sinais seguintes me perguntou se não queria ir até casa dele que era ali perto, imaginei uma mãe a cozinhar um almoço maravilhoso e disse-lhe que sim. O miúdo dos seus vinte anos foi então à minha frente a afastar o transito em sinais com as mãos e pernas, tanto o que vinha no nosso sentido como em sentido contrário, qual policia motorizado.
Levou-me por umas ruas estreitas até um beco onde vivia. Entrámos então numa barraca com três pequenas divisões onde morava com um casal amigo. Na primeira divisão estavam uma moto e uma scooter meia desmontadas e com peças amontoadas no meio de muita tralha. A divisão seguinte era o quarto onde dormia o casal amigo com um colchão no chão, lençóis revoltos com ar muito sujo, vários cinzeiros cheios de beatas e papéis e lixo à volta. Não teria mais de dois metros por três e o único sítio sem ser o colchão do casal onde alguém se pudesse sentar era uma almofada onde descansava um rafeiro, com três meses de idade, a quem tinha caído o pelo quase todo e que os amigos do rapaz disseram ter sido causado por uma alergia. A miúda da casa deu uma limpeza rápida no cubículo, que consistiu em levar os cinzeiros lá para fora e amontoar a um canto papéis e lixo e ficámos os quatro ali em pé à conversa, pois a divisão seguinte era a cozinha que calculo fosse também quarto do rapaz e onde não me atrevi a entrar.
Ofereceram-me café mas disse que tinha acabado de beber muita água e tinha que voltar à estrada para tentar chegar ainda de dia a Bandung.
Depois de uma sessão fotográfica na barraca e junto à moto lá consegui arrancar, novamente guiado por este amigo com vocação para polícia de transito a quem desta vez recomendei que não mandasse afastar os outros carros do meu caminho pois dava muito nas vistas.
Voltei ao inferno do transito Indonésio onde não se vêm tantos camiões como na Índia mas muitas mais motos que parecem um enxame de abelhas a atacar quem lhes foi ao mel.
Só tinha tomado o pequeno almoço às dez da manhã mas durante o dia não passei por nenhum restaurante com aspecto minimamente limpo onde me apetecesse almoçar de maneira que às cinco da tarde começou a chover e decidi  parar numa destas tascas de beira de estrada. Um simpático velho disse-me que pusesse a moto abrigada da chuva quase dentro da tasca e a mulher veio perguntar o que queria. Em cima da mesa tinham uns peixes e outros fritos com aspecto de terem passado pela frigideira há mais de um mês de maneira que lhe pedi quatro bananas que vi a um canto e um chá que me soube maravilhosamente.
Quando arranquei estava a ficar noite e ainda faltavam 80 Km para Bandung que com aquele transito e estradas esburacadas era coisa para me levar a fazer em duas horas de maneira que, ao cheguei à próxima cidade, Cikampek, procurei um Hotel no GPS que me encaminhou para o único existente na zona. Não é dos piores onde tenho ficado e o pessoal é simpático.

 

RP MOTORSPORT COM CINCO CARROS

 

ESTORIL RACING FESTIVAL

 

 

RP MOTORSPORT COM CINCO CARROS


Imagem 131_CopyImagem 132_Copy

Mais um fim de semana em “pleno” para a equipa da RP Motorsport que vai ter a seu cargo já este fim de semana  cinco carros, que alinharão e duas categorias distintas. Assim Ricardo Pereira como é óbvio espera uma jornada completa como nos explicou “ é lógico, vão ser cinco carros, e só espero que não hajam muitos problemas, e que todos os nossos pilotos consigam chegar ao final isentos de problemas, pois as corridas em que vão participar irão ser muito disputadas, pois as listas de inscritos são excelentes, por isso antevejo muita luta em pista. Assim vamos ter em pista o BMW 2.8 de Domingos Sousa Coutinho/Luís Sousa Ribeiro, o Lotus Elan de Alexandre Guimarães-Manuel Melo, o BMW 323 de Jorge Cruz-Francisco Pinto. Depois na categoria dos Super Stock vamos ter o Datsun 260 Z do Manuel Cabral-Jorge Santos, e o Volkswagen Golf do Rafael Pinto-Carlos Pedro, que têm a possibilidade de se tornarem campeões. Por isso desafios será algo que não irá faltar no Estoril, só espero que todos os nossos pilotos tenham bons resultados, e acima de tudo consigam terminar as corridas “, disse-nos.

 

JOÃO PAULO MATOS NO ESTORIL

 

SINGLE SEATERS

 

JOÃO PAULO MATOS PRONTO PARA O ESTORIL

FOX 8165_Copy

Depois da desanimadora jornada há umas semanas atrás em que João Paulo Matos alinhou ao volante dum Fórmula Ford Van Diemen, eis que o piloto do Porto, regressa ao volante do seu Hawke, e desta vez ciente na obtenção dum bom resultado” depois do que me aconteceu na prova anterior, venho para esta corrida com fome de “andar”, e é meu objectivo andar o melhor possível, e ficar o mais bem classificado possível. Ainda não vi a lista de inscritos, mas o meu objectivo é andar o mais depressa possível, para assim conseguir o  melhor resultado possível, esperando que não surjam contratempos de ordem técnica. Na sessão de treinos será para encontrar o set up mais adequado à pista, para depois na corrida poder fazer um bom arranque e poder lutar pelos lugares da frente”, disse-nos.

 

MUSEU AUTOMÓVEL EM FAMALICÃO

MUSEU AUTOMÓVEL EM FAMALICÃO

 

Um novo museu automóvel já está montado em Vila Nova de Famalicão.Assim um conjunto de colecionadores cederam os modelos que tinham guardados nas suas garagens e concentraram tudo num antigo armazém situado numa zona industrial, junto da pista de karting, onde assim, calmamente se pode observar esta colecção fabulosa.

 

Fotos de António Faria e Museu do Automóvel - wwww.velocidadeonline.comexp1 Copyexp2 Copyexp3 Copyexp4 Copyexp5 Copyexp6 Copyexp7 Copyexp8 Copyexp9 Copyexp10 Copyexp11 Copyexp12 Copyexp13 Copyexp14 Copyexp15 Copyexp16 Copyexp17 Copyexp18 Copyexp19 Copyexp20 Copyexp21 Copyexp22 Copyexp25 Copyexp26 Copyexp27 Copyexp28 Copyexp29 Copyexp30 Copyexp31 Copyexp32 Copyexp33 Copyexp34 Copyexp35 Copyexp36 Copyexp37 Copyexp38 Copyexp39 Copyexp40 Copyexp41 Copyexp42 Copyexp43 Copyexp44 Copyexp45 Copyexp46 Copyexp47 Copyexp48 Copyexp49 Copyexp50 Copyexp51 Copyexp52 Copyexp53 Copyexp54 Copyexp55 Copyexp56 Copyexp57 Copyexp58 Copy

 

SUPER 7 COM LOTAÇÃO ESGOTADA

 

Lotação esgotada no Super 7 by Kia Festival
A Super 7 by Kia organizada pela CRM Motorsport atingiu o limite máximo de carros
permitidos para a sua categoria: 47! É o número mágico para uma grelha que bateu o
record de sempre numa corrida exclusiva de Super 7. Se com 14 S7’s em pista, média
habitual de participantes neste Troféu, assistimos a corridas adrenalinicas e impróprias
para cardíacos, com 47 adivinham-se as corridas mais loucas do ano.
Para Tiago Raposo de Magalhães da CRM Motorsport "Este fim de semana que se avizinha é o concretizar
de um sonho que se iniciou no 1º Estoril Racing Festival também Organizado pela CRM Motorsport há
cerca de 2 anos. Ter atingido o limite de inscritos possíveis nesta grelha é sem dúvida um marco
importante e um prémio para todos os que comigo têm acreditado e trabalhado para atingir estes
resultados. Fico sem palavras para explicar o sentimento que é ver este sonho concretizado, ainda por
cima integrado num evento que vê outras grelhas a bateram records de inscritos...parece que esta
energia se contamina de forma positiva e isso deixa-me sem palavras. Obrigado CRM Mortorsport,
Obrigado McMillan Motorsport, Obrigado Formula G, Obrigado Historic Endurance, Obrigado Pro
Motorsport, Obrigado MCE, Obrigado Circuito do Estoril, Obrigado FPAK, Obrigado Kia Portugal e todos
os parceiros deste Projecto. OBRIGADO, MUITO OBRIGADO!"
Domingo saberemos quem será o vencedor da edição 2014 da Super 7 by Kia: Na luta, Nuno Santos,
Gonçalo Lobo do Vale, estão muito próximo na soma de pontos das provas já disputadas. No entanto,
como nesta prova que tem aproximadamente o dobro do tempo de corrida das restantes, a mesma
contará a dobrar. Assim este esquema de pontuação permite que nesta ultima prova os 10 primeiros
classificados possam matemáticamente sagrar-se Vencedores do Super 7 by Kia 2014, conferindo-lhe assim
um estimulo adicional para fechar as contas do Campeonato.
Horário Super 7 by Kia Festival
Sábado – 29 de Novembro
08.55 – 09.45 – Treinos
10.45 – 11.35 – Treinos
14.00 – 15.00 – Qualificação
Sábado – 29 de Novembro
11.10 / 11.40 - Corrida 1
12.00 / 12.30 – Corrida 2
13.45 / 14.15 – Corrida 3
14.35 / 15.05 – Corrida 5
LISTA DE INSCRITOS PROVISÓRIA
1- Nuno Carvalho
2- Luis Lisboa
3- Duarte Lisboa
6- Miguel Couceiro
7- Duarte Porto-André Caiado-Filipe Paiva
9- Ramiro Barreira - Francisco "Lili" Guedes - Nuno André - Luis Gonçalves
10- Pedro Alves
12- José Kol de Almeida
14- Paulo Teixeira - Joaquim Alves
21- Manuel M. Matos - Luis Santa-Bárbara-
23- Hugo Araújo-
24- Ricardo Leitão-
27- José Pacheco - João Galvão-
28- Diego Narbona - Pedro Falé -
30- Gonçalo L. Vale-
46- Manuel Caetano - Nuno Caetano-
77- Nuno Santos-
50- Rick Potter - Alex Potter
51- Trevor Carvey - Neil Shinner
52- Carlton Brown - Ben Gower
53- Carl Woodwiss - Martin Webb
54- Mark Farmer - Jon Barnes
55- Aaron Head - Dale Head
56- Martin Amison
Estoril, 22 de Novembro de 2014 O Gabinete de Imprensa
57- Andy West - David Wilkins
58-Chris Wright - Chris Lay
59- John Toshack - Kurt Brady
60- Clive Richards - Andy Jupp
61- Robert Cooper - Tim Abbott
62- Ian Payne - Ben Tompkins
63- Nick Pancisi-Andy Sagar
64- Steve Day - Lee Wiggins
65- John Reid - David Briault
66- Paul Thacker - John Whitehouse
67- Avon - John Barnes - Avon - Aaron Head
68- Paul O'Reilly - Peter Young
69- André Correia
70- Ian Dyble -Tony Jaffe
71- Brent Millage - Luke Kidsley
72- Martin Jeffs - Gary Burke
73- Terry Langley - Mike Hart
74- Tim Jump
75- John Ogilvie - Brett Ray
76- Giles Wardle - Neil Gill
78- Andrew Connolly - Spencer Fortag
79- Tristan Judge - Zoltan Csabai
80- Rob Winrow - Jamie WinrowS7 2_1_CopyS7 2_2_CopyS7 3_Copy

 

FERNANDO ALONSO REGRESSA À MCLAREN

FERNANDO ALONSO REGRESSA À FÓRMULA 1

 

O piloto espanhol Fernando Alonso vai regressar em 2015 ao volate do McLaren,depois dumas épocas na Ferrari.Nada foi ainda comunicado oficialmente, mas no paddock, rapidamente se soube da nova equipa, numa altura em que Vettel já foi anunciado na marca italiana, no lugar de Alonso, tendo como colega de equipa Raikonen.

 

No seio da McLaren, para já tudo em silencio, mas o mais provavel seja Button a sair, pois no mercado falou-se no Campeonato da WEC, inicialmente a Porsche, mas agora fala-se igualmente na Toyota e na Nissan, mas vamos ter de esperar para ver qual a decisão do piloto inglês, que pelos vistos segue os mesmos passos de Mark Webber, que no ano passado deixou a Red Bull e foi para a Porsche.f639 Copy

 

VOLVO OCEAN RACE

VOLVO OCEAN RACE

 

TEAM BRUNEL NA LIDERANÇA

 

 

Estando a faltar cerca de 3.991,4 milhas nauticas para chegar ao final da 2ª etapa em Abu Dhabi, o Team Brunel continua na frente, tendo atrás de si a uma pequena distância o Dongfeng Racing Team e o Mapfre com 3.993,9 e 3.994,2 milhas para percorrer.

 

Na 4ª posição encontra-se o Team Alvimedia com 3.999,9 milhas por percorrer, seguido elo Abu  Dhabi com 4.003,1, ficando as ultimas posições pertença do Team Vestas e Team SCA com 4.009,0 e 40.24,3 milhas para chegar ao final do destino.volvo1 Copyvolvo25 Copyvolvo24 Copyvolvo23 Copyvolvo22 Copyvolvo21 Copyvolvo20 Copyvolvo19 Copyvolvo18 Copyvolvo17 Copyvolvo16 Copyvolvo15 Copyvolvo14 Copyvolvo13 Copyvolvo12 Copyvolvo11 Copyvolvo10 Copyvolvo9 Copyvolvo8 Copyvolvo7 Copyvolvo6 Copyvolvo5 Copyvolvo4 Copyvolvo3 Copyvolvo2 Copyvolvo1 Copy

 

POBRE COLECIONADOR

POBRE COLECIONADOR

 

 

Foi o que aconteceu em Moscovo a um colecionador, que teve no seu parque um incêndio de grande proporções, que acabou por destruir uma série de carros de colecção, um Rolls Roye, um Bentley, dois Ferrari, um Lamborghini entre outros.As imagens são bem elucidativas da ocorrência.in1-moscovo Copyin2 Copyin6 Copyin5 Copyin4 Copyin3 Copy

 

XAVIER E PINTO DOS SANTOS PRESENTES NO ESTORIL

 

XAVIER E  PINTO DOS SANTOS PRESENTES NO ESTORIL RACING FESTIVAL


Imagem 139_Copy

Tudo pronto para que Fernando Xavier – Pinto dos Santos possam participar já este fim de semana no Estoril racing Festival, numa prova com uma duração de duas horas, onde uma vez mais o Volkswagen Scirocco vai ser posto à prova. Sobre o que o espera Fernando Xavier começou por nos dizer “ é mais um desafio para respondermos prontamente, vamos para terminar a corrida, que por aquilo que me apercebi não vai ser nada fácil. Já vi a lista de inscritos, é excelente, com um naipe de máquinas bem variada, por isso prevejo que irá ser uma corrida bem disputada. Espero que o carro corresponda, sem nos dar problemas, pois se tudo correr bem, acredito que possamos chegar ao fim, e se assim o fôr, é para chegar o melhor classificado possível, são esses os nossos objectivos”.Pinto dos Santos acrescentaria” irei tentar imprimir o mesmo ritmo que o meu primo Fernando, de forma a podermos rodar de forma consistente, pois esta é uma prova de resistência e não sprint, por isso temos de ir para andarmos com uma toada calma, sem cometer erros, para que tudo nos corra pelo melhor”, disse-nos

 

COPA PETROBRAS

Última rodada da Copa Petrobras de Marcas será de superação para a J.Star Racing


O cascavelense Daniel Kaefer será o 10º e o curitibano Thiago Marques é o 14º no grid da corrida 1 programada para as 9h30. A segunda corrida da etapa final da temporada terá largada às 12h45. A Band e o Portal Terra transmitem ao vivo

 A etapa final da quarta edição da Copa Petrobras de Marcas, acontece neste domingo (23), no Autódromo Internacional de Goiânia, na capital de Goiás, e os paranaenses Thiago Marques e Daniel Kaefer, equipe J.Star Racing, buscarão uma corrida de recuperação com os Chevrolet Cruze, para 30 minutos de prova + 1 volta cada uma, no circuito de 3.835 metros de extensão. A chuva compareceu na tarde deste sábado e o treino classificatório foi realizado com pneus para pista molhada.

Nessa etapa da competição a pontuação será dobrada. No lugar dos 50 pontos (25 por vitória em cada corrida) serão 100 pontos (50 na prova de abertura que acontecerá às 9h30 e 50 na prova das 12h45. A segunda prova tem a inversão de posições dos oito primeiros na prova da manhã. Junto à Copa Petrobras de Marcas acontecerá a F3 Brasil. A Band transmite ao vivo a segunda prova e VT da primeira disputa a partir das 12h30. Já o Portal Terra transmite ao vivo a primeira corrida.

Daniel Kaefer # 17, que faz sua primeira temporada completa pelo Brasileiro de Marcas, buscará tirar o maior conhecimento possível das duas corridas do final de semana, pensando na temporada 2015. "Dei poucas voltas nos treinos livres e no shakendow em função de acertos, mas no classificatório tive um carro excelente. Se chover amanhã não será problema, até gosto de correr no molhado e temos um o setup muito bom. Vou tentar fazer uma boa largada e manter um ritmo constante para concluir bem as duas corridas", finaliza Kaefer.

Para Thiago Marques #1 o dia de treinos foi bastante proveitoso, mas lamentou o resultado no classificatório. "Não consegui nenhuma volta limpa, fui atrapalhado nos 10 minutos da tomada de tempos, fiquei muito longe da realidade. Para a corrida o carro está equilibrado para qualquer condições, na chuva ou no seco. Difícil avaliar em que posição poderia estar no grid, pois tenho um carro bem rápido, sendo assim na corrida temos um rendimento melhor e a estratégia estará em recuperar boas posições e garantir um boa colocação para a segunda corrida", explica o piloto.
A equipe J.Star Racing conta com patrocínio da IPQ Instituto de Psiquiatria, Schahin, PPG, IbPré, DMP Sistemas, MADIS, Yuny, Unitalo - Centro Universitário Ítalo Brasileiro, AC Delco, Constructiva Engenharia, Malas Cruzeiro, TELEMABI Contac Center, Atua Construtora, Colonial Rodas, Benfica, Alpina, Vivamil, Technology ClimSystem, Lanali Análises de Alimentos, Palmali, Frango Delícia e Motul Óleos Lubrificantes.

Confira o grid de largada Corrida 1 da 8ª etapa da Copa Petrobras de Marcas, em Goiânia:

1) 90 Ricardo Maurício, JLM Racing, Honda Civic, 1:40.074
2) 18 Allam Khodair, RZ Motorsport Toyota, Toyota Corolla, 1:40.332
3) 5 Denis Navarro, Toyota Bassani, Toyota Corolla, 1:40.778
4) 28 Galid Osman, RZ Motorsport Toyota, Toyota Corolla, 1:40.895
5) 77 Felipe Gama, Toyota Bassani, Toyota Corolla, 1:41.144
6) 8 Yuri Cesário/Yago Cesário, C2 Team, Chevrolet Cruze, 1:41.313
7) 3 Vitor Meira, Amir Nasr Racing, Ford Focus, 1:41.637
8) 98 Carlos Souza, Júpiter Racing Team Ford Focus, 1:41.988
9) 43 Vicente Orige, JLM Racing Honda Civic, 1:41.989
10) 17 Daniel Kaefer, J. Star Racing, Chevrolet Cruze, 1:42.453
11) 83 Gabriel Casagrande, C2 Team, Chevrolet Cruze, 1:42.564
12) 13 Eduardo Rocha, Full Time Competições, Honda Civic, 1:42.582
13) 99 César Bonilha, Júpiter Racing Team, Ford Focus, 1:43.005
14) 1 Thiago Marques, J. Star Racing, Chevrolet Cruze, 1:43.376
15) 82 Alceu Feldmann, Full Time Competições, Honda Civic, 1:43.605
16) 20 Fábio Ebrahim, Ebrahim/AGB Motors, Mitsubishi Lancer GT, 1:47.567

Programação 8ª etapa

Domingo,23 de novembro:

09h30 - Largada Corrida 1 Copa Petrobras de Marcas
10h45 - Largada Corrida 2 F3 Brasil
11h25 - 11h35 - Ação Seu Carro Nas Pistas
11h35 - 12h15 - Visitação aos boxes
12h47 - Largada Corrida 2 Copa Petrobras de Marcas

Mais informações:
Blog: jstarracing.wordpress.com
Facebook: JStarRacing
Twitter: @JStarRacing


Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Thiago Marques #1
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Band e Portal Terra farão a transmissão da oitava etapa
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Primeira corrida será às 9h30
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Daniel Kaefer
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Treino classificatório foi com pista molhada
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#17 Daniel Kaefer_J.Star Racing
Alta | Web

 

SEGUNDO AS PREVISÕES DA PIRELLI

 

2014 Abu Dhabi Grand Prix - Qualifying
  Nico Rosberg RECLAMAÇÕES POLE PARA CAMPEONATO DECIDER
ON P ZERO RED SUPERSOFT PNEUS
  TWO-STOP estratégia mais prováveis: TRÊS-STOP SPRINT ESTRATÉGIA
TAMBÉM É POSSÍVEL
  Temperaturas da pista superior a 30 graus, até mesmo à noite
  f218 -_Cpia_Copyf411 Copyf412 Copyf413 Copyf414 Copyf415 Copyf416 Copyf417 Copyf418 Copyf419 Copyf420 Copyf421 Copyf435 Copyf434 Copyf433 Copyf432 Copyf431 Copyf430 Copyf429 Copyf428 Copyf427 Copyf426 Copyf425 Copyf424 Copyf423 Copyf422 Copyf421 Copyf420 Copy o piloto da Mercedes Nico Rosberg assumiu a pole position para o Grande Prêmio de Abu Dhabi a partir de seu companheiro de equipe Lewis Hamilton, usando o pneu supermacio P Zero Red, que é pouco mais de um segundo mais rápido que o macio P Zero Amarelo pneu que também foi nomeado para a última corrida da temporada. Estatisticamente, em cinco corridas realizadas até agora em Abu Dhabi, a posição pole só passou a ganhar o grand prix uma vez (Sebastian Vettel em 2010), enquanto o segundo lugar no grid ganhou três vezes. Mercedes agora iguala o recorde mundial de 12 bloqueios da linha de frente em uma temporada.
Condições permaneceu seco e quente, como tem sido o caso todo fim de semana, com a sessão Q3 definitiva início logo após a 17:40 com a temperatura da pista de 31 graus centígrados e ambiente de 27 graus centígrados. Temperaturas da pista caiu ao longo da sessão, que alterou o padrão habitual da evolução pista e tornava difícil saber em que ponto em cada sessão do circuito foi o mais rápido.
Williams Valtteri Bottas foi o único piloto a completar Q1 usando apenas o pneu macio, com todos os outros que usam o supermacio. Com o esperado macio para ser o principal pneu de corrida, as equipes geralmente usado o mais rápido supersoft na qualificação.
Em ambos Q1 e Q2, os pilotos da Mercedes usado apenas um conjunto de supersofts em cada sessão, juntamente com a da Red Bull, Daniel Ricciardo. A posição contendores pólo todos completou duas corridas no pneu supermacio no Q3, com Rosberg indo mais rápido na primeira corrida depois de Hamilton cometeu um pequeno erro. Hamilton escolheu para executar passado para a parte final do Q3, mas não conseguiu bater o seu companheiro de equipe, enquanto Bottas qualificado terceiro.
Após Hamilton foi o mais rápido nas duas sessões de treinos livres de ontem, Rosberg foi o mais rápido nas condições quentes do FP3 esta tarde, usando o pneu supermacio.
Diretor de automobilismo da Pirelli, Paul Hembery, disse: "Com tanta coisa em jogo, foi uma sessão de qualificação emocionante que, como de costume desci até os segundos finais muito. Desempenho do pneu ficou em linha com as nossas expectativas, e com o primeiro stint em especial amanhã no pneu supermacio será crucial na determinação do comprimento stint para o resto do grand prix. Nós ainda estamos olhando para duas paradas para a corrida, com a possibilidade de três para alguns concorrentes ".
O preditor estratégia Pirelli:
A estratégia de duas paradas é teoricamente mais rápido para a corrida de 55 voltas. A estratégia mais rápida vai: começar em supersoft, mude para suave na oitava volta, então macio novamente na volta 31. A estratégia de sprint de três paradas também é viável, mas traz riscos em termos de tráfego. A estratégia de três paradas mais rápida é: comece em supersoft, mude para suave na sétima volta, macio novamente na volta 23 e macio, mais uma vez na volta 39. Enquanto não há também muitos altos preensão com tráfego, esta estratégia é, em teoria menos de dois segundos mais lento ao longo da distância da corrida cumulativo 305,355 quilômetros. Com apenas uma probabilidade de carro de segurança de 40%, isso não é, historicamente, um fator-chave na estratégia.
Compostos mais rápidos FP3:
  Rosberg 1m41.424s novo Supersoft
  Hamilton 1m41.793s novo Supersoft
  Massa 1m42.429s novo Supersoft
Top 10 utilização de pneus:
  Rosberg 1m40.480s novo Supersoft
  Hamilton 1m40.866s novo Supersoft
  Bottas 1m41.025s novo Supersoft
  Massa 1m41.119s novo Supersoft
  Ricciardo 1m41.267s Supersoft usado
  Vettel 1m41.893s novo Supersoft
  Kvyat 1m41.908s Supersoft usado
  Botão 1m41.964s novo Supersoft
  Raikkonen 1m42.236s novo Supersoft
  Alonso 1m42.866s novo Supersoft

 

FORMULA E NA MALÁSIA

Nervos de aço, 16 posições e a liderança do campeonato: foi o sábado de Di Grassi na Malásia

Mesmo com uma batida durante o treino de definição do grid e apenas o 18º lugar para a largada, primeiro vencedor da história da Fórmula E cruzou a linha de chegada na segunda posição e manteve a ponta na tabela

O calor e a umidade elevados são características típicas da Malásia, país que recebeu, na cidade de Putrajaya, a segunda etapa da Fórmula E, primeiro campeonato de carros elétricos chancelado pela FIA. E o objetivo do brasileiro Lucas di Grassi, primeiro vencedor da história da categoria, era manter a liderança do campeonato.

O piloto da Audi Sport ABT viu que a missão seria das mais complicadas após um toque no muro do circuito de 2,5 quilômetros montado nas ruas de Putrajaya, durante o treino classificatório. Com três horas entre a sessão que define o grid e a largada, a missão da equipe era difícil, mas tinha que ser cumprida com rapidez e eficiência.

Assim, Di Grassi foi relegado ao 18º lugar entre os 20 inscritos, com pole position do espanhol Oriol Servià em uma corrida muito mais movimentada do que a que foi vista na abertura da temporada na capital chinesa. Alguns acidentes, uma entrada do safety car, um ritmo seguro, rápido e eficiente, Lucas foi subindo de posições mesmo após o pit stop para troca de carro.

"Lucas mostrou ter nervos de aço", destacou o chefe da equipe Audi Sport ABT, Hans-Jürgen Abt. "Fazer o que ele fez apenas três horas depois de ter escorregado no treino de classificação mostra sua verdadeira força", elogiou.

Ao final das 31 voltas de prova, o brasileiro cruzou a linha de chegada em segundo lugar, apenas 4s175 depois do vencedor da prova, o britânico Sam Bird, da Virgin. A dupla é a que teve o melhor aproveitamento na soma de pontos nas duas primeiras corridas da temporada: Bird foi terceiro em Pequim e venceu em Putrajaya, somando agora 40 pontos, ao passo que Di Grassi venceu na China e foi segundo na Malásia e conta agora 43. Os dois pilotos abriram grande distância para o restante do grid na tabela: o terceiro colocado é Franck Montagny, com 18 pontos, empatado com Karun Chandhok, Jerôme D’Ambrosio e Nicolas Prost.

"O fim de semana foi além das minhas expectativas. Todos estão aqui para vencer, todos forçam até o limite e o traçado provou que estes carros são manhosos de pilotar. A menor margem pode arruinar seu fim de semana e foi o que me aconteceu no treino classificatório; então, ir do final do grid para o segundo lugar na corrida, em uma pista de rua, traz um sentimento incrível. Sinto que fiz uma corrida muito melhor aqui do que em Pequim, onde venci", falou o piloto da Audi.

Além da comparação no próprio desempenho, Lucas também destacou que o segundo e-Prix da Fórmula E foi melhor, em termos gerais, do que a estreia da categoria.

"Parabéns aos vencedores e também para os organizadores. Foi um evento perfeito. Naturalmente, eu nem sonhava com um resultado como o de hoje depois do treino classificatório que tive. Antes da corrida, no entanto, conversamos na equipe e dissemos que nunca desistiríamos - essa força de vontade valeu a pena e é uma de nossas forças. Trabalhar junto, como equipe, é extremamente divertido. Agora temos mais duas corridas dentro das próximas sete semanas, então a Fórmula E está agora embalando - e mal posso esperar".

O terceiro e-Prix da temporada acontece em Punta del Este, no Uruguai, no dia 13 de dezembro. Antes disso, porém, Lucas di Grassi retorna ao Brasil para a disputa das 6 Horas de São Paulo no circuito de Interlagos, etapa final do Campeonato Mundial de Endurance, onde também compete pela Audi.

Confira o resultado do e-Prix de Putrajaya (top-10):
1-) Sam Bird (GBR/Virgin) - 31 voltas;
2-) Lucas di Grassi (BRA/Audi ABT) - a 4s175
3-) Sébastien Buemi (SUI/e.Dams) - a 5s739
4-) Nicolas Prost (FRA/e.Dams) - a 9s552
5-) Jerôme D’Ambrosio (BEL/Dragon) - a 13s722
6-) Karum Chandhok (IND/Mahindra) - a 17s158
7-) Oriol Servià (ESP/Dragon) - a 18s621
8-) Antonio Felix da Costa (POR/Aguri) - a 19s926
9-) Jaime Alguersuari (ESP/Virgin) - a 20s053
10-) Daniel Abt (ALE/Audi ABT) - a 45s663

Classificação da Fórmula E após duas etapas (top-6):
1-) Lucas di Grassi, 43 pontos;
2-) Sam Bird, 40
3-) Franck Montagny, 18
4-) Karun Chandhok, 18
5-) Jerôme D’Ambrosio, 18
6-) Nicolas Prost, 18



Curta Lucas di Grassi no Facebook: Lucas di Grassi Official

Siga Lucas di Grassi no Twitter: @lucasdigrassi

E também no Instagram: @lucasdigrassi

Conheça a categoria em: www.fiaformulae.com



FIA Formula E
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Depois de toque no muro em treino, Lucas concluiu que missão seria difícil
Alta | Web

FIA Formula E
Clique na imagem para fazer o Donwload...
E após a bandeira quadriculada, brasileiro comemorou efusivamente com o time
Alta | Web

FIA Formula E
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Recuperação espetacular fez Lucas (de vermelho) comemorar como vitória
Alta | Web

FIA Formula E
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Comemoração foi mais efusiva que até mesmo na ocasião da vitória em Pequim
Alta | Web

FIA Formula E
Clique na imagem para fazer o Donwload...
O e-Prix de Putrajaya foi mais movimentado que a prova inaugural de Pequim
Alta | Web

FIA Formula E
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Circuito de 2,5 km foi montado em um dos belos cartões postais da cidade malaia
Alta | Web

FIA Formula E
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Di Grassi elogiou o trabalho da equipe no curto tempo entre treino e largada
Alta | Web

FIA Formula E
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Próxima missão é as 6 Horas de São Paulo, pelo WEC, em Interlagos
Alta | Web

FIA Formula E
Clique na imagem para fazer o Donwload...
E o próximo encontro da Fórmula E será em 13/12 em Punta del Este, no Uruguai
Alta | Web

 

KARTING NO BRASIL

 

Mineiro Paulo Victor encara feras em Las Vegas no
Skusa Supernationals, verdadeiro mundialito de kart


Mais de 500 pilotos de todo o mundo divididos em nove categorias, num circuito montado no estacionamento do Rio All-Suite Hotel e Casino, em Las Vegas. Se a terra é a do jogo e das apostas, o que a grande maioria dos inscritos no Skusa Supernationals, verdadeiro mundialito de kart disputado pelo 18° ano consecutivo, quer, é mostrar serviço diante das principais equipes e olheiros do automobilismo internacional, pensando no prosseguimento da carreira. E é exatamente esse vestibular o desafio do fim de semana para o mineiro Paulo Victor (Hermes Pardini/Gasmig/Santanense Textil/Cemig Telecom), que encara as feras na categoria Tag Jr. (motores com embreagem Iame Leopard), para pilotos até 15 anos.

Um encerramento e tanto para uma temporada marcada pelos ótimos resultados no Top Kart Brasil; no Paulista, na Copa São Paulo Light e no Brasileiro - nas duas primeiras venceu etapas e brigou pelo título até o fim, enquanto no último conseguiu uma suada e merecida terceira posição. E um desafio de gente grande - entre os inscritos estão craques como o norte-americano Logan Sargeant, apontado como grande promessa de seu país; ou Colton Herta, filho do ex-piloto da F-Indy Bryan Herta.

Com 70 inscritos e um equilíbrio impressionante, o primeiro desafio é se garantir na final, o que dependerá das baterias classificatórias deste sábado. Seu grupo, o B, fará três corridas contra os pilotos de A, C e D, das quais sairão os finalistas, que seguirão na luta pelo título domingo. Paulo conta, mais uma vez, com o chassi Techspeed, que encara de igual para igual os mais tradicionais fabricantes do esporte.

"É uma experiência única, com certeza muito mais difícil do que tudo o que já enfrentei até aqui, mas estou animado e confiante em um bom desempenho. A cada treino me sinto mais à vontade e consciente de que posso andar nas primeiras posições. É muito competitivo, mas vim para fazer meu melhor", explica o piloto de Belo Horizonte, que, para este evento, precisou trocar o número habitual (77), que já havia sido dado a outro piloto, mas encontrou uma solução criativa, e vai à pista com o 770.


 

SLOT NO SLOT CENTER DE MATOSINHOS

SLOT NO SLOT CENTER DE MATOSINHOS

 

Foi na passada 5ª feira que teve lugar mais uma jornada, por sinal a quarta do Grupo 5, que reuniu uma série de equipas, aliás esta competição mais parece um troféu Ford Capri, que foi o modelo escolhido por todas as equipas.

 

A vitória pertenceu à equipa do Malange Speedway composta por Joaquim Neves e Oscar Lemos, tendo logo atrás de si a equipa da Seapec SRT, composta por Alvaro e Serafim carvalho, ficando o pódio completo com Diogo Matos e Nuno Abreu.slot1 Copyslot3 Copyslot4 Copyslot5 Copyslot6 Copyslot7 Copyslot8 Copy

 

MARTINE PEREIRA DE PORSCHE?

MARTINE PEREIRA DE PORSCHE?

 

O piloto de Vila NOva de Famalicão tem ainda em sua posse um Porche GT 4, que possivelmente em 2015 poderá utilizar o mesmo no Nacional de Montanha.Nada está anunciado oficialmente, mas recorde-se que esta época1782060 1517099888540459_8993973811016358564_n_Copy que passou Martine Pereira utilizou ao longo da época os seus Alfa Romeo 147 e 156.

 

NOVA DECORAÇÃO PARA O CARRO DE BERNARDES

NOVA DECORAÇÃO PARA O VOLKSWAGEN DE BERNARDES

 

 

Eis a decoração que o novo Volkswagen Golf de Joaquim Bernardes irá ostentar na próxima época, nas provas de rali onde irá participar.De realçar a originalidade da decoração, quase inédita em Portugal.bernardes-novadecorao Copy

 

SMART DÁ MAIS VIDA EM LISBOA

 

smart vai dar mais vida à cidade de Lisboa
Entre 27 e 30 de novembro, a smart vai estar em festa na Gare do Oriente,
em Lisboa. Durante 4 dias, das 10h às 22h, todos os interessados poderão
visitar o espaço exclusivo smart e aqui efetuar test drives com os novos
modelos da marca – fortwo e forfour. Poderão ainda assistir no palco smart
a concertos em direto, com bandas portuguesas e internacionais, bem
como participar em várias animações com toda a família. Este evento, sob o
tema “smart FOR Lisboa”, faz parte do roadshow da marca que irá
percorrer um total de 15 cidades europeias.
A cidade de Lisboa vai receber nos próximos dias o smart roadshow, um
evento da marca smart que irá apresentar os novos smart fortwo e smart
forfour a todos os interessados em efetuarem test drives dinâmicos aos
mais recentes modelos da smart.
O evento terá início na próxima quinta-feira, dia 27, na Gare do Oriente,
onde se encontra montada a estrutura smart para receber todos os
visitantes. Esta inclui um palco para os vários concertos que irão entreter
todos os que por ali passarem. Entre os artistas que estarão em palco,
destaque para Cais Sodre Funk Connection, D’Alva e Frankie Chavez, entre
muitos outros.
Será ainda efetuada uma emissão em direto na Rádio Comercial pela
Catarina Miranda no dia 28. Por fim, será ainda possível participar em
várias animações planeadas para toda a família, entre estas pinturas
faciais, cabines para fotos, matraquilhos, jogo da memória e muitas
lembranças smart.
smart roadshow_Copy

A smart vai dar mais vida à cidade de Lisboa durante 4 dias. Estão todos desde já convidados a participar nesta festa muito smart.
Horários das animações e concertos:
27.11.2014 (quinta-feira)
14:00 - Tape Art By Klebebande Berlin
18:30 - Cais Sodre Funk Connection
28.11.2014 (sexta-feira)
11:00 - Emissão em Direto Rádio Comercial
16:30 / 18:30 - Sebastian Zoppi
19:00 - D’Alva
20:00 - Discoteca Silenciosa
29.11.2014 (sábado)
13:30/ 15:30/ 17:00 - Kate Skateshop + Cpt. Luvlace
14:30 / 16:30 - Sebastian Zoppi
19:00 - Sequin
20:00 - Discoteca Silenciosa
30.11.2014 (domingo)
11:30 - Programa Familiar
18:00 - Frankie Chavez

 

FORD É NOTICIA

 

Ford Coloca Bandeira no Médio Oriente & África com Evento em Directo; Novo Mustang Apresentado no Burj Khalifa, o Edifício Mais Alto do Mundo

 

 

  • Bill Ford colabora na inauguração da mais recente unidade de negócio da Ford no Médio Oriente e África, uma região emocionante e vibrante que representa a última fronteira para o crescimento da indústria automóvel
  • Ford comprometeu-se a lançar 25 veículos na região até 2016, incluindo o novo Mustang no próximo ano
  • Espera-se que as vendas da indústria no Médio Oriente e África cresçam 40 por cento com 5,5 milhões de veículos até 2020
  • BillFordBurjKhalifa 057_LR_Copy

 A Ford Motor Company, sublinhando os seus objectivos de crescimento no Médio Oriente e África, apresentou o novo Mustang no Burj Khalifa, o edifício mais alto do mundo.

 

O Presidente Executivo da Ford, Bill Ford, liderou o evento em directo colocando o icónico emblema do pónei no Mustang 2015 amarelo exposto no 112º andar do arranha-céus. O evento foi seguido em directo em todo o mundo através do Youtube e por cerca de 10,000 pessoas que se juntaram na baixa do Dubai, com vista para a Fonte do Dubai e para o Burj Khalifa. (Para visionar basta clicar neste link).

 

“Hoje plantámos a bandeira Ford no Médio Oriente e África, uma região emocionante, vibrante, que representa a última fronteira para o crescimento na indústria automóvel”, disse Bill Ford. “Também enviámos uma mensagem ao mundo de que o Mustang será global, após 50 anos como o maior ícone automóvel da América”.

 

A Ford estabeleceu este ano a sua nova unidade de negócio no Médio Oriente e África que abrange o negócio automóvel da empresa em 67 mercados da Ford no Norte de África, África Subsaariana, África do Sul e regiões do Médio Oriente. As vendas do sector no Médio Oriente e África deverão crescer 40 por cento, para 5,5 milhões de veículos até 2020. Para corresponder à procura dos novos clientes, a Ford comprometeu-se a lançar 25 veículos na região até 2016, incluindo o novo Mustang que se estreará no próximo ano.

 

Os espectadores deste espectáculo de acção testemunharam uma viagem dramática que começou com um herói no alto de um penhasco no Arizona a receber uma chamada urgente. O protagonista desconhecido viajou a cavalo, de avião, de carro, de helicóptero e de mota de água até ao Dubai para entregar o icónico emblema do pónei. Apenas na cena final no 112º andar do Burj Khalifa - 399 metros acima do solo – se revelou que o protagonista em, nem mais nem menos, Bill Ford, bisneto de Henry Ford.

 

“Há um século, Henry Ford teve uma visão para abrir as estradas para toda a humanidade”, disse Jim Benintende, presidente da Ford Médio Oriente e África. “Estabelecer a nossa sede regional no Dubai permite-nos usufruir da inovação e imaginação que floresce aqui, ajudando-nos a trazer a visão do nosso fundador a esta parte do mundo.”

 

Além do novo Mustang, a Ford também anunciou previamente um plano para introduzir novos veículos como o Ford Focus, Ford Fusion e Lincoln MKC no Médio Oriente e África. A empresa também anunciou o lançamento acelerado de muitas novas tecnologias para a região, incluindo motores EcoBoost, SYNC de conectividade ‘in-car’, cintos de segurança traseiros insufláveis, MyKey e outras tecnologias de assistência ao condutor.

 

Ford Mustang 2015

O novo Mustang é a versão mais avançada até à data do icónico desportivo, oferecendo mais avançadas tecnologias de assistência ao condutor do que qualquer outro modelo do seu segmento. O novo design elegante do Mustang ‘fastback’ e ‘convertible’ conta com o desempenho de classe mundial a partir de uma gama de motores disponíveis, incluindo um novo EcoBoost® 2.3 litros turbo e um 5.0 litros V8 com mais de 420 cv de potência. Além dos sistemas de conectividade de última geração, o Mustang incorpora aplicações para circuito, controlo de arranque e muito mais.

 

O Ford Mustang foi revelado mundialmente com uma campanha de publicidade na noite de 16 de Abril de 1964, antes de ser exibido publicamente na Feira Mundial de Nova Iorque a 17 de Abril. O modelo iniciou oficialmente a sua comercialização nesse mesmo dia e os concessionários Ford acumularam um recorde de 22,000 vendas e encomendas nesse primeiro dia. As vendas alcançaram mais de 418,000 unidades no primeiro ano e 1 milhão em menos de dois anos. Durante as últimas cinco décadas, venderam-se mais de 9 milhões de Mustangs.

 

“Há quase 50 anos atrás a Ford captou a atenção do mundo colocando um Mustang Convertible de 1965 no topo do que era então o edifício mais alto do mundo, o Empire State Building em Nova Iorque”, disse Bill Ford. “O evento de hoje no Dubai, local do actual edifício mais alto do mundo, completa uma viagem mundial incrível para a Ford e para o Mustang.”

 

Uma equipa de seis engenheiros viajou com o Mustang especial da sede mundial da Ford em Dearborn, Michigan, para Dubai, a bordo de um voo da Emirates Airlines. Assim que o carro chegou ao Dubai foi transportado para a base do Burj Khalifa e cuidadosamente separado em seis secções para que pudesse ser transportado para o 112º andar nos elevadores do edifício. A equipa remontou o veículo ao longo de aproximadamente 12 horas.

 

“Fizemos com que o novo Mustang atingisse novos patamares em termos de tecnologia e refinamento, pelo que levá-lo literalmente para novas alturas no topo do Burj Khalifa é uma conquista incrível para a nossa equipa”, disse Benintende. “Não existem guindastes que cheguem tão alto e o uso de um helicóptero está fora de questão. Fazer isso acontecer é verdadeiramente um exemplo da perícia dos engenheiros da Ford.”

 

A Ford associou-se a várias organizações para tornar este evento possível, incluindo o Departamento de Turismo e de Marketing do Comércio do Dubai, Câmara de Comércio do Dubai e a Emaar Properties.

 

“ O Dubai é um destino que oferece uma variedade notável de impressionantes experiências, pelo que a ambição da Ford para este evento ajustou-se na perfeição”, disse Sua Excelência Helal Saeed Almarri, director-geral, Turismo do Dubai. "Foi um privilégio trabalhar com a Ford e os nossos parceiros para organizar o evento e demonstrar mais uma vez que o Dubai é uma cidade que continua a alargar os limites do possível.”

 

# # #

 

Sobre a Ford Motor Company
A Ford Motor Company, empresa líder da indústria automóvel global, com sede em Dearborn, Michigan (EUA), produz e distribui automóveis em seis continentes. Com aproximadamente 189.000 empregados e 65 fábricas em todo o mundo, as marcas automóveis da empresa incluem Ford e Lincoln. A companhia presta serviços financeiros através da Ford Motor Credit Company. Para mais informações sobre a Ford e os seus produtos em todo o mundo, por favor consulte www.corporate.ford.com
 

SEGUNDO AS PREVISÕES DA PIRELLI

 

2014 Abu Dhabi Grand Prix - sessões de treinos
  PERFORMANCE GAP de cerca de 1,2 segundos entre SOFT
E SUPERSOFT compostos assim FAR
  QUEDA temperaturas da pista IN FP2 CLOSELY REPRESENTANTE
DA PROVA: HAMILTON mais rápido na SUPERSOFT
  Uma variedade de estratégias diferentes são possíveis para o GRAND PRIX
  f216 Copyf217 Copyf218 Copyf219 Copyf220 Copyf221 Copyf222 Copyf223 Copyf224 Copyf225 Copyf226 Copyf227 Copyf228 Copyf230 Copyf231 Copyf232 Copyf233 Copyf234 Copyf235 Copyf236 Copyf237 Copyf238 Copyf239 Copyf240 Copyf300 Copyf301 Copyf302 Copyf303 Copyf304 Copyf400 Copyf402 Copyf403 Copyf404 Copyf405 Copyf406 Copyf407 Copyf408 Copyf409 Copyf410 Copy A GP de Abu Dhabi começa no final da tarde e termina à noite, o que significa que raramente acompanhar as temperaturas tendem a cair à medida que a corrida continua. Condições em FP2, iniciada em 17:00, vai ser representativa da corrida, mas a FP1 anterior seguiu padrão diferentes, com temperaturas pista e ar subindo.
Isto teve um efeito sobre o desempenho dos pneus, com os dois pneus mais macios no intervalo indicado para o grand prix final do ano no circuito de baixa abrasão Yas Marina: P Zero Amarelo macio e supermacio P Zero Vermelho. Na segunda sessão, houve alguma granulação de luz com o supermacio só no pneu frontal direito em particular.
As equipes se concentrou na sessão da tarde, a fim de determinar a qualificação e corrida set-up, em ambos os compostos com cargas altas e baixas de combustível. As informações obtidas irão decidir a estratégia utilizada para a corrida, com dois pit stops olhando como a opção mais provável, neste ponto, para a maioria dos concorrentes. O tempo mais rápido do dia foi estabelecido pelo piloto da Mercedes Lewis Hamilton em FP2 no pneu supermacio, que estabeleceu um valor de referência de 1m42.113s.
A diferença de desempenho entre os dois compostos é atualmente cerca de 1,2 segundos, mas é provável que desça para cerca de um segundo sobre o resto do fim de semana como as borrachas de trilha em e evolui. Os dois protagonistas do campeonato dominado as sessões de treinos livres, com Hamilton e Nico Rosberg terminar em primeiro e segundo lugar de cada um.
Paul Hembery: "Temos que fora ao começo que esperávamos em Abu Dhabi: a corrida que vai decidir o campeonato mundial. O desgaste e degradação é baixa no pneu macio, que esperamos ser o principal pneu de corrida. Com um intervalo de pouco mais de um segundo entre os dois compostos, pensamos que o supermacio será a melhor escolha para a qualificação, mas esta diferença de tempo deixa muitas opções de estratégia aberta: talvez com alguns ganhos interessantes a serem gerados pela execução da estratégia inversa e utilizando o primeiro pneu suave no início da corrida. "
FP1: FP2:
1.Hamilton 1m43.476s macio usado 1.Hamilton 1m42.113s novo Supersoft
2.Rosberg 1m43.609s macio usado 2.Rosberg 1m42.196s novo Supersoft
3.Alonso 1m45.584s macio 3.Magnussen novo 1m42.895s novo Supersoft
Estatísticas de pneus do dia:
  Supersoft macio Intermediate Wet
kms conduzido * 1460 4737 0 0
conjuntos utilizados global ** 19 0 0 62
maior número de voltas ** 19 31 0 0
* O número acima apresenta o montante total de quilómetros percorridos no FP1 e FP2 hoje, todos os drivers combinados.
** Por composto, todos os drivers combinado.
Pirelli fato do dia:
Abu Dhabi organizou um teste exclusivo para Pirelli em janeiro de 2011: a única vez na história da Fórmula Um que um carro foi executado no molhado durante a noite. Pedro de la Rosa dirigiu Toyota TF109 carro de teste da Pirelli no teste de pneus de chuva, com o circuito artificialmente umedecido com 140 mil litros de água.

 

CLASSIC SUPER STOCK NO ESTORIL

 

Corrida de 2h para os Classic Super Stock é o
grande cartaz para Domingo
A realização do Estoril Racing Festival, está a atrair um grande número de
participantes, para aquele que vai ser o último evento da velocidade nacional e
talvez o mais animado do ano, pois tanto no Sábado como no Domingo,
continuam a ser acrescentados aliciantes para que ninguém possa faltar.
O facto de termos recebido um número inesperado de inscrições para a corrida dos 250 Km, que reunia
numa mesma grelha, os participantes do Historic Endurance e dos Classic Super Stock, limitou o interesse
pela “Open Cup”, que não era mais do que uma tentativa de criar uma fórmula “descontraída” de participar
no Estoril Racing Festival. Tal aumento de participantes criou um ”over-booking” na grelha dos 250 Km do
Estoril e forçou a PROmotorsport a decidir-se pela criação de uma nova competição, designada por 2 Horas
de Endurance, apenas para os Classic Super Stock.
Apesar de sabermos quem há quem defenda a realização de uma corrida com a grelha completa (59 carros)
mesmo que para a concretizar tenham que ficar de fora os que deixaram para a última hora a sua reserva de
inscrição, foi tomada esta decisão pela PROmotorsport, em conjunto com a Fórmula G, para permitir que
todos possam ter possibilidades iguais em termos de pontuações para os respetivos campeonatos e para
garantir que correm em maior segurança, entre carros com andamentos aproximados.
Por certo que poderíamos ter aplicado esta solução mais cedo, mas o próprio Diogo Ferrão, promotor da HE,
foi apanhado de surpresa com muitas inscrições com as que não contava! Teria talvez sido interessante
tentarmos uma corrida com 55 carros ou até 59, porque qualquer destes números seriam um marco na
história do Circuito do Estoril, pois nunca antes aconteceu. Tentaremos alcançar este recorde para 2015 e
para já, estão garantidas duas grandes grelhas com lugar para todos, o que supomos ser a solução mais
acertada.
A juntar a estas duas grelhas, “casa cheia” também nos Super 7, com 47 inscritos e julgamos ter quase todos
os Single Seater existentes na pista do Estoril, pelo que tudo se conjuga para ser um fim de semana épico,
sob a batuta organizativa do competente Motor Clube do Estoril.
Em relação ao Slalom - que terá o seu momento alto no Domingo - por solicitação da FPAK, o evento passou
a designar-se por Troféu de Portugal de Slalom, pois a “Taça” é um nome reservado a organizações
diretamente intervencionadas pela Federação. Manterá a animação prevista – para além dos especialistas,
foram muitos os clássicos que já solicitaram a sua inscrição ao Slalom Clube de Portugal – e assim o tempo
ajude, para que todo o público possa também apreciar em pleno, o desenvolver desta competição tão
particular.
De referir que a promoção da prova está nesta altura no seu auge, com spots publicitários a passar
continuamente no AutoSport e na 105.4 Cascais FM e que está igualmente a despertar um grande interesse
o desafio lançado pela GT Competizione, que estará presente com simuladores, na fantástica tenda montada
no paddock pela Silvestre Festas, junto à “saborosa” Praça da Alimentação.
A disposição do paddock está quase concluída e será distribuída no início da próxima semana. Juntamos a
esta informação os novos cartazes das 2h Endurance e Troféu de Portugal de Slalom, assim como a versão

 

GAMOBAR CONVIDOU EMPRESÁRIOS

GAMOBAR convidou 60 empresários a visitarem o local onde é produzido o PEUGEOT PARTNER

A aproximação da PSA de Mangualde à congénere de Vigo cria oportunidades às empresas portuguesas para serem fornecedoras da unidade onde sai o Peugeot Partner.

A GAMOBAR cumpre mais uma etapa e “dá mais gás” às iniciativas que assinalam os 50 anos da presença da PEUGEOT em Portugal. Ao convite lançado há poucas semanas por Hamid Mezaib, diretor-geral da PSA Mangualde, em Serralves, por altura do Made in Portugal: Exemplos de sucesso, para uma visita à unidade que dirige, responderam 60 empresários, clientes da GAMOBAR do Norte do País.

Estes gestores, que na sua maioria representam empresas exportadoras, foram ontem conhecer o local (PSA Mangualde) onde é fabricado o Peugeot Partner. Num percurso que se prolongou por quase duas horas, puderam observar in loco os vários momentos de montagem da viatura, desde a ferragem, passando pela pintura e a montagem, até à qualidade e a logística.

O «interesse e a satisfação» manifestados no final da visita pelos convidados da GAMOBAR permitem, segundo o diretor-geral, Paulo Cunha, traçar um balanço «extremamente positivo». O responsável referiu ainda que para alguns gestores representou mesmo uma estreia a visita a uma unidade fabril que, no caso, produz diariamente 192 viaturas, das quais 95% se destinam à exportação.

O momento serviu ainda para Hamid Mezaib explicar as vantagens da aproximação da PSA de Mangualde à congénere de Vigo (Galiza), o que, no futuro, poderá criar várias oportunidades às empresas portuguesas para serem fornecedoras da PSA. Este eixo sinergético entre a unidade espanhola e portuguesa pode permitir uma maior valorização do polo industrial Vigo-Mangualde.

GAMOBAR incentiva negócios do Portugal exportador

Numa ação inédita no setor, a GAMOBAR abre, na próxima semana, as portas à produção nacional e apela: “Compre presentes de Natal Made in Portugal”. O concessionário dá assim forma ao desejo de muitas das empresas que estiveram presentes na conferência em Serralves (Made in Portugal) e exprimiram vontade de dar a conhecer internamente os produtos que exportam.

Desta feita, dia 29, sábado, a rotina de um dos principais concessionários do País vai ser alterada, «ganhando dinamismo», no entender de Paulo Cunha, diretor-geral da GAMOBAR, pois conferirá ao «espaço múltiplos motivos de interesse», para além da tradicional venda de automóveis. Constituir-se-á ainda como «uma boa oportunidade de comprar por cá o que geralmente se comercializa lá fora», sublinha o responsável.

Assim, várias dezenas de empresas exportadoras de referência terão à sua disposição 2.000 metros quadrados, nas instalações da GAMOBAR na Zona Industrial do Porto, para divulgarem e comercializarem os seus produtos. Aqueles que habitualmente «são apenas de exportação» e «muitas vezes não se encontram disponíveis para venda em Portugal», adianta Paulo Cunha. Portanto, em exposição e à venda vão estar os produtos do ramo têxtil, calçado, conservas, vinhos e azeites, bem como a produção nacional ao nível do mobiliário, arte, joias, entre outros.

19 anos de corridas levam António Rodrigues à GAMOBAR

O cartaz da iniciativa aponta para mais motivos de interesse: a apresentação do livro “19 anos de corridas”, seguida de uma sessão de autógrafos do autor, o piloto António Rodrigues (às 16h00); o lançamento da nova imagem da GAMOBAR; e ainda o “Natal solidário”, um espaço de recolha de alimentos, roupa, brinquedos, livros e material didático a doar posteriormente a duas instituições de solidariedade social. Está ainda garantida animação, com a colocação de insufláveis, música e oferta de brindes.

Em ano de festividades, a GAMOBAR continuará a dar nota desta e outras iniciativas para assinalar os 50 anos de atividade com ligação à PEUGEOT.



Grupo_de_empresarios_convidados_Gamobar
 

VENDAS DE LIGEIROS DE PASSAGEIROS CRESCEU

Vendas de Ligeiros de Passageiros cresceram 6,5% em Outubro

Mercado Automóvel na União Europeia/Outubro de 2014.

As vendas de automóveis ligeiros de passageiros novos em Outubro aumentaram face ao ano anterior, cifrando-se em 1.072.837 veículos, marcando o décimo quarto mês consecutivo de crescimento. Com excepção de França (-3,8%), os mercados de maior dimensão registaram aumentos significativos, nomeadamente, Espanha (+26.1%), Reino Unido (+14,2%), Itália (+9.2%) e Alemanha (+3,7%) o que determinou um crescimento do mercado na UE de 6,5%, face ao mês homólogo do ano anterior.

Nos primeiros dez meses do ano 2014 as vendas de veículos ligeiros de passageiros totalizaram 10.645.907 unidades o que significa um crescimento de 6,1%, face ao período homólogo do ano anterior, para o qual contribuíram os acréscimos registados em Espanha (+18.1%) e no Reino Unido (+9,5%). Também em Itália (+4,2%), na Alemanha (+3%) e em França (+1,4%) os mercados cresceram.



Vendas Automóveis Mercado 2014
 

NOVO PROGRAMA DE AUTOMOBILISMO

 

Miguel Barbosa apresenta Pit Stop

“Pit Stop” é o nome do novo programa semanal da RTP dedicado ao mundo automóvel.

Um programa que arranca amanhã, Sábado dia 22 de Novembro e no qual Miguel Barbosa é um dos elementos do trio de apresentação composto ainda por Jorge Gabriel e Patricia Bull.

As gravações começaram no início deste mês, no Vidago e para o piloto do BP Ultimate Vodafone Team, atual Campeão Nacional de Velocidade, este está a ser um desafio muito aliciante.

“Estou muito entusiasmado com este novo desafio. Se os automóveis já faziam parte da minha vida todo este processo de preparar e lançar um programa de televisão é uma novidade. Tenho dois excelentes parceiros e espero que gostem…” explica Miguel Barbosa

Horários:

RTP Informação:

Estreia:                       11:10 Sábado

Repetições:                 20:30 Sábado

17:30 Domingo

15:30 e 20:30 Quinta-feira

15:30 e 20:30 e 03:00 Sexta-feira

RTP 2:                                    23:00 Quinta-feira

23:00 Sexta-feira

00:10 Sábado

O programa pode também ser visto na RTP Internacional e na RTP África

 

ROSBERG COM O MELHOR TEMPO EM ABU DHABI

 

ROSBERG COM O MELHOR TEMPO

 

 

Niko Rosberg foi o autor do melhor tempo de treinos para o Grande Prémio do Abu Dhabi, que irá encerrar a época do Mundiald e Fórmula 1.A seu lado Rosber, terá o seu coelga de equipa Hamilton, enquato a segunda linha da grelha será ocuipada pelos Williams  de Bottas e Massa, ficando a lina seguinte nas ma~so dos Red Bull, com Ricciardo e Vettel.A 4º linha foi pertença do Toro Rosso com Kvyat e o McLaren de Button, ficando o "top ten" completo em termos de grelha com os Ferrari de Raikonen e Alonso.f161 Copyf162 Copyf163 Copyf164 Copyf165 Copyf166 Copyf167 Copyf168 Copyf169 Copyf170 Copyf171 Copyf172 Copyf173 Copyf175 Copyf176 Copyf177 Copyf178 Copyf179 Copyf180 Copyf182 Copyf183 Copyf184 Copyf185 Copyf186 Copyf187 Copyf188 Copyf189 Copyf190 Copyf214 Copyf213 Copyf212 Copyf211 Copyf210 Copyf209 Copyf206 Copyf205 Copyf204 Copyf203 Copyf202 Copyf201 Copyf200 Copyf199 Copyf198 Copyf196 Copyf195 Copyf194 Copyf193 Copyf192 Copyf191 Copyf190 Copy

 

PEUGEOT CITY É MONTRA

 

PEUGEOT CITY PEUGEOT CITY PEUGEOT CITY é Montra de Montra de Jogos EJogos E lectrónicos lectrónicoslectrónicoslectrónicos lectrónicos
Desta vez não é para meninos Desta vez não é para meninos Desta vez não é para meninos Desta vez não é para meninosDesta vez não é para meninos Desta vez não é para meninos Desta vez não é para meninos Desta vez não é para meninosDesta vez não é para meninosDesta vez não é para meninosDesta vez não é para meninos Desta vez não é para meninos Desta vez não é para meninosDesta vez não é para meninos Desta vez não é para meninos
Os Jogos Electrónicos são a 10ª arte que o projecto MONTRA - Mostra de Artes By Peugeot City vai celebrar no mês Novembro.
Considerada por muitos a mais completa de todas as artes, os jogos electrónicos integram a 1ª arte - Musica (som), 3ª arte – pintura (cor), 4ª arte Escultura/Arquitectura (volume), 6ª arte Literatura (palavra), 9ª arte Banda desenhada (cor, palavra, imagem) e por fim a 11ª arte, a Arte Digital (artes gráficas computorizadas 2D, 3D e programação).
Neste âmbito, o projecto MONTRA eleva os vídeo jogos a outro nível e desafia todos os amantes de consolas a passar para o terreno a sua sabedoria ou seja agora é a sério. O fã PEUGEOT só tem de provar que é merecedor desde prémio e terá como prémio o Curso RCZ Racing School, no Autódromo Internacional do Algarve. Este passatempo decorre exclusivamente no Facebook até ao dia 26 de Novembro.
A MONTRA - Mostra de Artes é uma iniciativa levada a cabo no PEUGEOT CITY (o espaço nobre da marca inaugurado o ano passado em Lisboa) que visa sublinhar o elo existente entre a Peugeot e o mundo das artes por via do design, uma área em que a marca se destacou desde sempre. A programação irá continuar em Dezembro com a Fotografia e a Arte digital.RCZR 001_CopyRCZR 004_CopyRCZR 003_CopyRCZR 002_Copy

 

MERCEDES BENZ E BBDO VENCEM GALA

 

Noite de Gala entrega 40 galardões de eficácia

                                                                              

Mercedes Benz Portugal e BBDO vencem Grande Prémio à Eficácia 2014

 

A Mercedes Benz Portugal e a BBDO Portugal arrecadaram o Grande Prémio à Eficácia 2014, com a campanha “MBoard Project”, lançada em 2013. A campanha – que envolve o desenvolvimento de uma prancha concebida especialmente para o surfista Garrett McNamara – recebeu mais dois galardões de Ouro, ao vencer nas categorias de «Ativação e Patrocínios» e de «Comunicação Institucional».

A gala de entrega dos Prémios à Eficácia 2014, que assinalou os 10 anos da iniciativa em Portugal, contou com a presença de mais de 800 pessoas, que rapidamente encheram o auditório. Durante a gala, apresentada por Alexandra Lencastre e Paulo Fernandes, destacaram-se as intervenções de António Casanova, presidente da APAN, e Luís Prata, presidente do júri deste ano, cujas mensagens reforçaram a qualidade dos casos finalistas, e importância da eficácia em comunicação numa fase de maior contenção e constrangimentos económicos. Neste contexto, a eficácia é apontada como ferramenta essencial ao sucesso das organizações e, por conseguinte, à dinamização do tecido económico e à promoção de uma comunicação comercial responsável.

Em clima de grande ansiedade e expetativa, foram revelados os vencedores dos 40 Prémios à Eficácia atribuídos. Ao todo foram entregues 13 galardões de Ouro, em cada uma das categorias a concurso, 13 galardões de Prata, 12 de Bronze, e um Grande Prémio. Por sua vez, a FUEL foi distinguida como “Agência Criativa do Ano” e a Initiative como “Agência de Meios do Ano”.

 

Também Manuela Botelho, secretária-geral da APAN, e Pedro Loureiro, Partner do Grupo Consultores, ambos representantes da organização do evento, evidenciaram a relevância destes Prémios no mercado da comunicação em Portugal: “São prémios únicos, desejados pela indústria, e que ano após ano têm vindo a demonstrar o papel que a eficácia tem, e pode ter, no sucesso das empresas e das instituições”.

Ao mesmo tempo, deixam claro que este é um contexto de comemoração, tão importante como necessário: “É fundamental proporcionarmos este espaço de festa, de reconhecimento e de valorização, que é algo único no setor e inequivocamente merecido por todos os profissionais que trabalham diariamente em busca da eficácia”, reforça Manuela Botelho.

 

 

TRELLEBORG PARCEIRO

Trelleborg parceiro no novo jogo Farming Simulator 15

No jogo, as máquinas agrícolas e florestais são equipadas com pneus líderes da Trelleborg.

A Trelleborg foi selecionada pela GIANTS Software como parceira oficial do novo jogo Farming Simulator 15. No jogo, as máquinas agrícolas e florestais são equipadas com pneus líderes da Trelleborg.

O Farming Simulator 15 convida os jogadores para enfrentarem os desafios da agricultura moderna. Isso inclui o cultivo do solo, a colheita, trabalhar com animais e aumentar os rendimentos. Com mais de 4 milhões de cópias vendidas da sua edição de 2013, o Farming Simulator 15 conta com mais de 100 tratores e máquinas agrícolas e florestais, dos 34 maiores fabricantes, totalmente equipados com pneus Trelleborg.

Roberto Angelucci, Diretor de Marketing Digital da Trelleborg Wheel Systems, disse: "Estamos muito satisfeitos por poder associar a nossa marca com o Farming Simulator 15, um jogo de vídeo muito esperado para a indústria agrícola”.



Farming-Simulator
 

CONVENÇÃO TOPCAR 2014

Convenção TOPCAR 2014

O mote da Convenção deste ano será “On the Top”.

A TOPCAR, rede de oficinas multimarca especialista em manutenção e reparação automóvel, anuncia que a Convenção TOPCAR 2014, terá lugar no Centro de Congressos Freeport, Alcochete, no próximo dia 22 de novembro, sábado.

Este evento, sob o mote “On the Top” como referência ao percurso de ascensão da marca, assinala o 3º Aniversário de rede em Portugal e contará com a presença dos representantes das oficinas da AS Parts, rede AS Partners e ONEDRIVE, fornecedores de peças aftermarket ligeiros do grupo Nors, representantes da Gropauto Ibérica, parceiros de formação e representantes das empresas de retalho de peças associadas do grupo.



Top Car
 

FUCHS PRESENTE NA EMAF 2014

Fuchs presente na EMAF 2014

A 15ª Feira Internacional de Máquinas, Equipamentos e Serviços para a Indústria tem as suas abertas de 19 a 22 de novembro.

A EMAF - Feira Internacional Máquinas, Equipamentos e Serviços para Indústria já abriu as suas portas. A grande feira da indústria aguarda pelos profissionais do setor até sábado, dia 22, na Exponor.

A Feira Internacional de Máquinas, Equipamentos e Serviços para a Indústria abre as portas com mais 40% de expositores face à edição anterior, uma série de compradores vindos do estrangeiro e um Concurso de Inovação que analisa 22 candidaturas de projetos criativos, mas orientados para a solução de problemas concretos.

A Fuchs está presente nesta 15ª edição da EMAF e tem como principais novidades para apresentar os seguintes produtos:

- Novo fluido de electroerosão inteiramente sintético – ECOCUT FEL SYNTH

- Fluido solúvel de corte sintético, de nova geração, para maquinação de todo o tipo de metais – ECOCOOL SYNTH 1000

- Os mais recentes desenvolvimentos em tecnologia de óleos para Compressores de Ar e Compressores de Frio – RENOLIN SYNAIR 46 e RENISO ULTRACOOL 68



Fuchs
 

ATENÇÃO LEITORES

A Associação de Estudantes/ Núcleo de Desportos Motorizados da Universidade de Aveiro está organizar uma Exposição e Tertúlia para promoção do DESPORTO AUTOMÓVEL em PORTUGAL. Convidamos todos os nosso aficionados e também os aficionados do desporto automóvel a visitarem a mesma e a sua respetiva Tertúlia.

Foto de Núcleo de Desportos Motorizados.

Gasolina? Borracha queimada? Emoções ao rubro? Bem-vindo ao mundo do Desporto Automóvel!

Nesta Tertúlia estarão presentes pilotos conceituados de todas as variantes do Desporto Automóvel Português, comentadores desportivos de relevo no panorama nacional, entre outros... 

A tertúlia será complementada com a exposição de vários veículos de competição (e não só...) durante toda a semana, bem como a presença de algumas entidades, e ainda de um simulador de corridas profissional no dia 26/11.

Inscreve-te já na Tertúlia através do seguinte email, indicando o teu Nome e Telemóvel: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar
(Inscrições limitadas por ordem de chegada)

 

G.P.F 1 EM ABU DHABI

GRANDE PRÉMIO DE FÓRMULA 1 EM ABU DHABI

 

HAMILTON PARA JÁ NA FRENTE DE ROSBERG

 

 

Nos treinos livres para o derradeiro Grande Prémio deste ano, para já é Lewis Hamilton quem está na liderança, tendo logo atrás de si, o seu colega de equipa Niko Rosberg, ambos ao volante dos Mercedes.Depois na 3ª posição surge o McLaren de Magnussen, seguido pelo Red Bull REnault de Vettel, e o Willima sde Bottas.Na 6ª posição ficou o Red Bull de Ricciardo, seguido pelo Ferrari de Raikonen, ficando o "top ten" completo com o McLaren de Button, o Toto Rosso de Kvyat e o Williams de Filipe Massa.f1 Copyf2 Copyf3 Copyf4 Copyf5 Copyf6 Copyf7 Copyf8 Copyf9 Copyf10 Copyf11 Copyf12 Copyf13 Copyf14 Copyf15 Copyf16 Copyf17 Copyf18 Copyf19 Copyf100 Copyf101 Copyf102 Copyf103 Copyf104 Copyf105 Copyf106 Copyf107 Copyf150 Copyf160 Copyf159 Copyf158 Copyf157 Copyf156 Copyf155 Copyf154 Copyf153 Copyf152 Copyf151 Copy

 

VILA REAL NO WTCC?

VILA REAL NO WTCC?

 

Na edição deste ano do circuito de Vila Real, um dirigente da FPAK, dizia-nos em off, que os organizadores de Vila Real, queriam em 2015 ter uma prova de cariz internacional, e poderia ser o DTM, pois recorde-se que na altura falava-se que o WTCC iria para o circuito da Boavista.Como infelizmente o circuito da Boavista não se vai realizar,enquanto o circuito de Vila Real vai mesmo para a frente, levou a que ontem estivesse na cidade transmontana uma comitiva de membros do Eurosport, para além do presidente da FPAK, Manuel Mello Breiner, o Presidente da Câmara de Vila Real e Tiago Monteiro com o objecto de aquilatar a possibilidade de já no próximo ano, este circuito citadino poder ser incluido no calendário.Por aquilo que apuramos os responsáveis da Eurosport, do que viram gostaram, embora há que rever alguns aspectos da pista, para além das boxes e respectivo paddock.A questão de alojamento não é assim tão dificil, pois como é de conhecimento público nas cidades à volta de Vila Real, dispõem de diversas unidades hoteleiras, e isso já para não falar das inumeros  turismos de habitação situados em muitas quintas produtores de diferentes tipos de vinhos.Sob o ponto de vista turistico seria excelente, pois era mais uma forma do Douro poder entrar pela porta grande a nível mundial, mas nada mais  resta do quee sperar, para ver o que os relatórios dirão da pista transmontana.

 

VOLVO OCEAN RACE

VOLVO OCEAN RACE

 

TEAM ALMEDIA NA FRENTE

 

 

Com quase 48 horas de navegaç«ao, o Team Alvimedia segue na liderança, com cerca de 4668, 4 milhas para chegar ao final desta 2ª etapa, que se tem cartericado por ventos fortes, tempostade no mar, em suma mais dificuldades para as sete tripulações, que para já navegam todas à vsita umas das outras.Na 2ª posição encontra-se o Team Dongfeng com 4.668,9 milhas para percorrer, logo seguido pelo Team Abu Dhabi com 4.669, 7.Depois a 4ª posição é para o barco da Mapfre com 4.679, 2, logo seguido pelo Team SCA, a unica equipa de senhoras a participar com 4.675,5, ficsndo a classificação completa com o Team Brunel e Team Vestas Wind.Nesta faze todas as embarcações rumama para sul, sendo provavel que amanha começem a subir em paralelo a umas largas centenas de milhas da costa africana.volvo120 Copyvolvo118 Copyvolvo117 Copyvolvo116 Copyvolvo115 Copyvolvo114 Copyvolvo113 Copyvolvo112 Copyvolvo111 Copyvolvo110 Copyvolvo109 Copyvolvo108 Copyvolvo107 Copyvolvo106 Copyvolvo105 Copyvolvo104 Copyvolvo103 Copyvolvo102 Copyvolvo101 Copyvolvo99 Copyvolvo10 Copyvolvo11 Copyvolvo12 Copyvolvo13 Copyvolvo14 Copyvolvo15 Copyvolvo16 Copyvolvo17 Copyvolvo18 Copyvolvo19 Copyvolvo20 Copyvolvo21 Copyvolvo22 Copyvolvo23 Copyvolvo24 Copyvolvo50 Copyvolvo70 Copy

 

VOLVO OCEAN RACE

volvo1 Copyvolvo2 Copyvolvo3 Copyvolvo4 Copyvolvo5 Copyvolvo6 Copyvolvo7 Copyvolvo8 Copyvolvo8 Copyvolvo9 Copyvolvo10 Copyvolvo12 Copy

Ventos fortes e ondas gigantes marcam primeiras 24 horas da segunda etapa da Volvo Ocean Race

A segunda etapa da Volvo Ocean Race começou pra valer com muitas emoções para os sete barcos que disputam a regata de Volta ao Mundo. Depois de uma largada com média de 30 nós de vento, intensidade considerada forte na vela oceânica, as equipes agora se deparam com ondas gigantes após a passagem pelo Cabo da Boa Esperança. Porém, segundo os últimos relatos, os ventos estão ficando mais fracos na medida em que os times se afastam da costa. A flotilha já está no Oceano Índico depois de deixar a Cidade do Cabo, na África do Sul, nesta quarta-feira (19).

Os barcos permanecem próximos, com maior predomínio na liderança do turco/norte-americano Team Alvimedica. Era tanto vento que o tripulante Dave Swete até brincou. “Desse jeito vou perder o único boné que trouxe para essa perna. Poucas vezes vi um começo de etapa como essa”.

O espanhol MAPFRE deixou o conservadorismo de lado e foi ao ataque para sair da lanterna. “Claro que queremos ir bem. Nosso objetivo é fazer uma boa etapa e brigar pelas primeiras posições”, disse o espanhol Xabi Fernandez, do MAPFRE. Ele é companheiro do brasileiro André ‘Bochecha’ Fonseca no barco ibérico.

Líderes do campeonato, os árabes do Abu Dhabi estão mais conservadores com a condições apresentadas. “Vamos administrando a situação para sair sem quebras. É assim que funciona”, contou o navegador Simon Fischer.

A largada foi uma das mais 'radicais' dos últimos anos, com várias trocas de posições, ventos tão fortes que faziam os mastros se aproximarem da água e, em alguns períodos, apagões. Nada mais emocionante para um início de perna para o Oriente Médio.

O percurso está menor, de acordo com a organização. De 6.125 milhas náuticas passou para 5.183. Zonas de exclusão na costa africana para evitar a pirataria reduziram o caminho até os Emirados Árabes Unidos. Além disso, há também outros pontos proibidos com vários icebergs no meio. A Volvo Ocean Race restringiu a passagem pela costa iraniana.

 

MERCEDES MAYBACH

 

Mercedes-Maybach Classe S
Na estreia mundial em Guangzhou e na apresentação em Los Angeles, o novo Mercedes-Maybach Classe S foi revelado quase em simultâneo em dois mercados-chave, os EUA e a China. Com 5453 mm de comprimento e uma distância entre eixos de 3365 mm, o veículo de referência da série de modelos da Mercedes-Benz é 20 cm maior que o Classe S Limousine com distância entre eixos longa. Os passageiros beneficiam deste aumento de tamanho e do equipamento de série, que inclui bancos executivos e outros detalhes exclusivos. Na traseira, o Mercedes-Maybach Classe S é igualmente a limousine de produção mais silenciosa a nível mundial.
O Mercedes-Maybach Classe S funde a perfeição do Mercedes-Benz Classe S com a exclusividade da Maybach. Os veículos Mercedes-Maybach simbolizam exclusividade inigualável. Algumas das funcionalidades que distinguem estes veículos dos outros modelos incluem o espaço adicional com interiores luxuosamente desenhados, oferecendo extensas possibilidades de individualização. Como resultado, os veículos cumprem os requisitos dos clientes mais exigentes.
Mercedes--Maybach não é uma linha de equipamento – é uma submarca que, no futuro, fornecerá veículos Mercedes-Benz de uma forma ainda mais exclusiva. Em conjunto com a Mercedes-AMG, a Mercedes-Maybach é assim a segunda submarca no universo da marca Mercedes-Benz. Oferecendo prestígio e exclusividade, está destinada a clientes para quem o estatuto é importante.
Mercedes-Maybach 1_CopyMercedes-Maybach 2_Copy
O lançamento no mercado do Mercedes-Maybach Classe S está agendado para fevereiro de 2015. O modelo topo de gama é o Mercedes-Maybach S 600 com o motor V12 biturbo e uma potência de 390 kW (530 cv). Com uma cilindrada de 5980 cc e um binário máximo de 830 Nm está disponível a partir de 1900 rpm. O motor V8 biturbo no Mercedes-Maybach S 500 gera uma potência de 335 kW (455 cv) a partir de uma cilindrada de 4663 cc. O seu pico de binário é de 700 Nm. O consumo de combustível NEDC combinado para a limousine é de apenas 8,9 litros/100 km (gasolina premium). As emissões de CO2 são de 207 g/km. O Mercedes-Maybach S 500 4MATIC estará também disponível a partir de junho de 2015.
No interior do Mercedes-Maybach Classe S, o nível do ruído do vento é impressionantemente baixo e, na traseira, apesar dos vidros grandes, consegue bater o veículo mais silencioso do mundo – o Classe S Coupé. Para os passageiros na traseira, o Mercedes-Maybach Classe S é a limousine de produção em série mais silenciosa a nível mundial. No interior, os passageiros são envolvidos num luxo moderno, semelhante a um lounge. Com a sua arquitetura clara, materiais refinados e comandos de estilo, o veículo personifica uma elegância sensual. Para alcançar uma aparência ainda mais exclusiva, os apoios dos braços centrais à frente em pele ou os estofos exclusivos em pele apresentam os brasões da Maybach em relevo. Outra funcionalidade especial no painel de instrumentos é o relógio analógico com um design IWC.
Os elevados padrões de qualidade do Mercedes-Maybach Classe S são evidentes nas portas, que possuem um revestimento cosido à mão como parte do equipamento de série. Esta extravagância faz parte do luxuoso acabamento manual "Manufaktur" do interior. As funcionalidades exclusivas utilizadas no Mercedes-Maybach Classe S incluem revestimento em madeira/cromadas e pele nos painéis das portas, grelhas dos tweeters cromadas e cabos de fibra ótica para iluminação ambiente na parte lateral do apoio dos braços. Em conjunto criam uma atmosfera única que transmite uma sensação de estilo espaçoso.
No seu design exterior, o Mercedes-Maybach Classe S combina superioridade natural de estilo com exclusividade. Em conjunto com a distância entre eixos aumentada, as linhas sugerem potência e dinamismo.

 

TOYOTA INAUGURA NOVO CENTRO DE FORMAÇÃO

 

Toyota Caetano Portugal inaugura novo Centro de Formação Profissional em Braga

A Toyota Caetano Portugal inaugurou, hoje, um novo Centro de Formação Profissional situado em Braga, que visa a qualificação de jovens em áreas de atividade relacionadas com o setor automóvel. Os cursos realizados conferem equivalência ao 12º ano de escolaridade e, simultaneamente, uma qualificação de nível IV.

Com o este novo Centro de Formação, que representa um investimento próximo dos 120 mil euros, a Toyota Caetano Portugal passa a ter Pólos de qualificação de jovens nas zonas geográficas em que o Grupo Salvador Caetano tem maior atividade - Gaia, Ovar, Carregado, Sintra e Braga. Desde a abertura do primeiro centro, em 1983, em Vila Nova de Gaia, já foram lecionados 207 cursos, qualificando mais de 3300 jovens em profissões como a Mecânica, Pintura, Chapeiro, Mecatrónica, Receção Oficinal, Eletromecânica, Produção de Compósitos, entre outras.

Na passada semana, nas instalações da sede da Toyota Caetano Portugal foi assinado novo protocolo de colaboração para o desenvolvimento de cursos de Aprendizagem Dual, nos Centros de Formação da Toyota Caetano, através do Presidente da Toyota Caetano Portugal, José Ramos e o IEFP - Instituto de Emprego e Formação Profissional, representado pelo Presidente e Vice-Presidente do Conselho Diretivo, na presença do Sr. Secretário de Estado do Emprego e Formação Profissional – Octávio Oliveira.

O Sistema de Aprendizagem Dual, que é comparticipado pelo IEFP, prepara os jovens para integrarem o mercado de trabalho através de cursos profissionais com duração de cerca de 3 anos e caracterizados por uma forte componente prática, pois mais de 40% da formação é feita em contexto real de trabalho. Como resultado desta modalidade de formação, são atingidos níveis de empregabilidade na ordem dos 85%.Formacao-Toyota-Braga-001 CopyFormacao-Toyota-Braga-002 CopyFormacao-Toyota-Braga-003 Copy

 

VODAFONE MEXEFEST

Vodafone Mexefest



Salão Nobre do Ateneu Comercial de Lisboa junta-se às salas do Vodafone Mexefest.



Por razões alheias ao Festival, o Ritz Clube não poderá integrar o conjunto de salas.

 

28 e 29 de novembro, Avenida da Liberdade, Lisboa
 

Cinema São Jorge (Sala Manoel de Oliveira, Sala Montepio), Palácio Foz, Estação Vodafone FM (Estação Ferroviária do Rossio |Refer), Starbucks, Sala Super Bock Super Rock|Garagem EPAL, Ateneu Comercial de Lisboa (Ginásio e Salão Nobre), Sociedade de Geografia de Lisboa, Coliseu dos Recreios, Igreja de S. Luís dos Franceses, Casa do Alentejo, Vodafone Bus I e II
 

www.vodafonemexefest.com | facebook.com/vodafonemexefest

 


Habituado a mostrar novos locais da cidade de Lisboa, o Vodafone Mexefest apresenta uma nova sala. No Ateneu Comercial de Lisboa, ao Ginásio junta-se agora o Salão Nobre.

O Salão Nobre do Ateneu Comercial de Lisboa receberá, no dia 28 de Novembro, alguns dos nomes anunciados para o Príncipe Showcase - Puto Márcio, Niagara (Live), DJ Maboku e DJ Lilocox e Dj Spoko. No mesmo dia e ainda no âmbito do Príncipe Showcase, Nigga Fox e Marfox atuarão no Coliseu dos Recreios, logo após o concerto de St. Vincent. Stereossauro que estava programado para o Ateneu Comercial de Lisboa, tocará na Estação Vodafone FM.

No dia 29, Throes + The Shine e os MGDRV nome incluído no GLOBAILE – curadoria de Brankotocarão no Salão Nobre do Ateneu Comercial de Lisboa. Dengue Dengue Dengue! e Branko (GLOBAILE), encerrarão em beleza o Festival, no espaço maior do Coliseu dos Recreios.

Horários e distribuição por salas atualizados AQUI.


 


Vodafone Mexefest. De palco em palco, a Música mexe na cidade.

Mais novidades a anunciar brevemente.


 

Cartaz completo:
Adult Jazz; Ana Cláudia; Bristol; Capicua; Clã & Convidados; Cloud Nothings; Coro Africano; Curtis Harding; Deers; Duquesa; Éme; Francis Dale; Globaile curado por Branko com: Branko, Dengue Dengue Dengue! e MGDRV; Jay-Jay Johanson, JJ; Johanna Glaza; Kindness; King Gizzard & The Lizard Wizard; Meu Kamba Soundsystem; Mike Bek; NBC; Old Yellow Jack; Os Modernos; Palma Violets; Pedro Lucas; Perfume Genius; Pharoahe Monch; Príncipe Showcase: DJ Maboku & DJ Lilocox, DJ Marfox, Niagara (live), DJ Nigga Fox, Puto Márcio, DJ Spoko; Salto; Sara Paço; Savanna; Sensible Soccers; Sharon Van Etten; Shura; Sinkane; St. Vincent; Stereossauro; Throes + The Shine; Tunder & Co.; Tiago Iorc; Tune-Yards; Turbo Balkan Beats; Wild Beasts; Zanibar Aliens.
 

 

Informação de Bilhetes


 

Preço dos Bilhetes

Preço único: €40

Troca obrigatória pelo próprio por pulseira no Coliseu de Lisboa a partir de dia 27 de novembro

Locais de Venda

Facebook Música no Coração, www.blueticket.pt - Call Center 707 780 000, lojas FNAC, lojas Worten, El Corte Inglês (Lisboa e V. N. Gaia), Centros Comerciais Dolce Vita (Amadora, Porto, Vila Real, Ovar, Coimbra e Funchal), Casino de Lisboa, Galerias Campo Pequeno, Abep, Estações de Correios, lojas Media Markt, Turismo de Lisboa, www.ticketline.pt - Reservas e informações 1820 (24 horas), www.bilheteiraonline.pt, Coliseu dos Recreios.

App Vodafone Mexefest com desconto de 5€ para clientes Vodafone.

Packs Get a Fest

No estrangeiro:

Packs Festicket: Pacotes integrados com Bilhete + Alojamento + Transporte para o Festival.

Espanha: www.breakpoint.es, lojas FNAC, Carrefour Viajes e Halcón Viajes

Inglaterra: www.seetickets.com

Alemanha: www.ticketmaster.de
 

 

LEAL DOS SANTOS COM NISSAN NO DAKAR 2015

 

Ricardo Leal dos Santos no Dakar

com a nova Nissan V8

Projeto BAMP encabeçado pelo piloto português associa-se à Sul-africana Red-Lined Motorsports, empresa fabricante da Nissan V8 de todo o terreno, para desenvolver um carro de alta competição para o Rali Dakar

 

A nova Nissan está de regresso à competição de todo o terreno no Rali Dakar com a Navara V8 de motor 5.024 cc. Trata-se de uma evolução do antigo modelo que conquistou vários sucessos para a marca nipónica no Dakar onde contou com alguns dos mais conceituados pilotos mundiais de TT. Este regresso é feito em parceria com o projeto BAMP, uma equipa que une pilotos, estrutura técnica bem como estudantes dos países lusófonos Brasil, Angola, Moçambique e Portugal (resumidos no acrónimo BAMP).

 

Terence Marsh, proprietário da Red-Lined Motorsports fala sobre a parceria: “O projeto BAMP é para nós uma ótima plataforma para apresentar o nosso carro de corrida Nissan na que é a maior prova de todo o terreno do mundo.” E explica: “A nova Nissan Navara apetrechada com o motor V8 foi desenhada para as especificidades do Rali Dakar, tendo sido desenvolvida e testada na África do Sul ao longo dos últimos dois anos. Agora com o know-how adicional do Ricardo Leal dos Santos e a sua equipa, estamos entusiasmados com a possibilidade de internacionalizar o carro”.

 

Ricardo Leal dos Santos acrescenta: “Já estávamos a desenvolver o projeto BAMP quando surgiu o convite de parceria com a Red-Lined Motorsports e este modelo da Nissan, que muito me entusiasmou. Aliando esta Nissan V8 com o nosso background de Dakar, temos em mãos um grande programa centrado no desenvolvimento mecânico do carro, que é uma das minhas paixões, mas que envolve muitas mais áreas de intervenção. É muito desafiante, com o pouco tempo antes do primeiro Dakar, mas simultaneamente é muito empolgante”.

 

A equipa internacional procede com o trabalho nas suas múltiplas vertentes para a estreia no Rali Dakar 2015. De uma vasta equipa e complexa logística, o camião exclusivo da equipa já está pronto e parte hoje rumo à Argentina, estando o processo de desenvolvimento do veículo a ser executado nos cinco países, com produção de peças em Lisboa e em São Paulo e os treinos finais agendados para Moçambique.

 Ricardo Leal_dos_Santos_e_Terrence_March_Copy

 

LEXUS APRESENTA CONCEPT EM LOS ANGELES

 

Lexus LF-C2 Concept em estreia mundial no Salão Automóvel de Los Angeles' 14 destaca-se entre as novidades

# Concept Roadster Descapotável explora novo conceito de Design  Lexus#

Um belo pôr-do-sol, calor e estradas sinuosas são os complementos perfeitos para o novo concept Lexus LF-C2 que se estreou mundialmente no Salão Automóvel de Los Angeles de 2014.

O LF-C2 é um estudo de design em forma de roadster 2+2 que explora as diretrizes de design da Lexus de uma forma mais ousada e mais futurista. O LF-C2 é também é um Concept de um Grand Touring de luxo inspirado no prazer e paixão de condução, uma característica da Lexus.

"O Concept LF-C2 apresenta quais as diretrizes de design de futuro da nossa marca", comenta Jeff Bracken, vice-presidente e diretor-geral do grupo Lexus nos EUA. "Este concept mostra aos consumidores em todo o mundo o empenho da Lexus na criação de design emotivo, bem como a nossa paixão por uma experiência de condução excecional.".

O concept LF-C2 materializa-se numa configuração 2+2 com um design marcante e arrojado, derivando de uma ideia pura e simples de coupé desportivo. A sua natureza de veículo descapotável permite que condutor e passageiros sintam o vento a passar, ao mesmo tempo que desfrutam das características dinâmicas do carro, por exemplo na sua estrada sinuosa preferida. Imbuído do conceito Roadster, o LF-C2 não tem qualquer tipo de capota a cobrir o habitáculo.

O design exterior do LF-C2 foi influenciado pelo modo como várias superfícies interagem com diferentes tipos de luz. Os designers criaram arestas, zonas planas e de curvatura que permitem que o LF-C2 revele um caráter diferente segundo o ângulo e as diferentes condições de iluminação em que é observado. Quando combinado com o processo de pintura por camadas da Lexus este objetivo resulta numa interpretação desportiva e elegante de um GT descapotável de luxo.

A cor brilhante amarelo dourado é produzida por um processo de pintura por multi-camadas. A primeira camada é um primário, seguida de uma prata em metalizado, e depois o amarelo que reflete o rateado para produzir o brilho final. Uma última camada superior é então aplicada.Lexus-Concept-LF-C2-001 CopyLexus-Concept-LF-C2-002 CopyLexus-Concept-LF-C2-003 Copy

 

PAIS DE CONDUTORES JOVENS

 

Pais de jovens condutores a favor de cursos de atualização obrigatórios

 

De acordo com o novo estudo levado a cabo pela Goodyear, cerca de metade (46%) dos pais de jovens condutores em toda a Europa são a favor da realização de cursos de renovação obrigatórios para melhorar as suas capacidades ao volante. A necessidade de receber estes cursos manifesta-se ainda mais quando os filhos estão a aprender a conduzir.

image003.png@01D004BB.D0B34770" >O apoio dos pais por toda a Europa aumenta para 66% se o curso comportar uma redução dos prémios dos seguros ou um incentivo financeiro. Na Roménia o apoio é ainda mais elevado, onde 67% apoiariam o curso, sendo que esse número aumentaria para 81% se o curso estivesse ligado a uma redução dos prémios dos seguros.

Fora da UE, o apoio aos cursos de atualização obrigatórios é muito elevado, sendo que 80% dos pais turcos apoiariam a realização do curso. Na Turquia o apoio desce para 68% mediante sugestão de veicular os cursos a prémios de seguro mais baixos.

A pesquisa salientou ainda que os pais sirvam de exemplo para os condutores inexperientes, a verdade é que muitos admitem ter maus hábitos de condução. Um quarto dos pais (26%) admitiu que adquiriu maus hábitos ao longo dos anos, especialmente no Reino Unido (51%) e França (46%). 

Os dados estão na nova edição do Livro Branco da Goodyear "Driving Safety First - improving road safety for novice drivers". A Goodyear realizou um inquérito junto de mais de 6.800 pais de condutores inexperientes (entre os 16 e 25 anos) em 19 países com o objetivo de compreender as atitudes dos pais em relação à segurança rodoviária na Europa, Médio Oriente e África (EMEA), tanto no exemplo que dão enquanto condutores, bem como na forma como apoiam os filhos que estão a aprender a conduzir.

 

Apenas 54% dos pais afirma que passaria num exame de condução atualmente

Os pais finlandeses são os mais confiantes da Europa (70% acredita que passaria no exame de condução atualmente), seguido dos dinamarqueses (64%), dos alemães (41%) e por último dos austríacos (39%).

Entre os países não pertencentes à UE, os pais turcos dos condutores inexperientes são mais confiantes: 90% deles afirmou que passaria num exame de condução hoje. Os poucos que acham que não passariam no teste admitem que o principal motivo de reprovação seriam os maus hábitos adquiridos ao longo dos anos. 

image005.png@01D004BB.D0B34770" >A necessidade de cursos de atualização obrigatórios para melhorar as competências e hábitos de condução dos pais é igualmente defendida por peritos na área. Lucy Rackliff, professora na Universidade de Aston no Reino Unido e perita em transportes e segurança rodoviária, afirmou: “Todos deveriam ser encorajados a fazer um curso de atualização das suas capacidades e competências de condução. Abre-se assim uma janela de oportunidade enorme para os instrutores de condução fazerem algo inovador.”

No entanto, a maioria dos pais não concorda qua os cursos de atualização sejam pagos: 82% dos pais alemães não quereriam pagar por um curso de atualização da condução, ainda que o propósito do curso seja bem recebido por 46% destes pais. Isto é comparável aos 68% de oposição ao pagamento de tais curso em toda a Europa.

Olivier Rousseau, Vice-Presidente de pneus de Turismo da Goodyear para a EMEA, declarou: “Estamos a pedir aos governos nacionais e regionais que encorajem os condutores experientes a realizar cursos de atualização da condução para tornar os pais melhores exemplos. Para permitir isto, encorajamos também a indústria de seguros a fornecer incentivos aos pais que demonstrarem interesse numa condução segura.”

Os novos dados da Goodyear têm como ponto de partida o trabalho desenvolvido em anos anteriores, que abrangeu as atitudes dos jovens em relação à condução e segurança rodoviária (2012) e as dos instrutores de condução (2013). Ao realizar estes estudos, em termos de segurança rodoviária, junto dos grupos intervenientes mais importantes, a Goodyear oferece agora informações únicas e uma imagem completa das questões com as quais os condutores inexperientes se deparam.

A Goodyear colaborou com vários parceiros no âmbito desta pesquisa. Os psicólogos da Traffic Psychology International ajudaram no desenvolvimento do questionário e na facultação de opinião especializada sobre o tema. A Associação Europeia de Pais contribuiu igualmente com a sua experiência.  Quando necessário, as principais conclusões sustentaram-se nos comentários de colaboradores da Goodyear especialistas na segurança rodoviária, bem como noutras estatísticas que suportam a análise.

A nova edição do Livro Branco de Segurança Rodoviária da Goodyear pode ser descarregada em www.goodyear.eu. Está disponível um vídeo de debate da mesa redonda e da conferência de imprensa onde foi apresentado o Livro Branco da Goodyear e discutidos os resultados do inquérito em: www.goodyear.eu/conference.

3PR Photo_Mandatory_refresher_Copy03 PT_Copy
 

RECORDA PARA A BRIDGESTONE

 

Mais um ano recorde para a Bridgestone enquanto fornecedora oficial de pneus do MotoGP™

 

 

A temporada do MotoGP™ foi concluída de forma emocionante no circuito de Valência no passado dia 9 de Novembro, com a Bridgestone a concluir com sucesso a sua 13ª temporada na categoria de motociclismo e a sua 7ª enquanto fornecedora oficial de pneus do MotoGP™.

 

O fornecimento das mais recentes tecnologias de compostos e pneus Bridgestone utilizados no MotoGP ajudaram, uma vez mais, a proporcionar níveis de performance nunca antes vistos. Um total de dez novos recordes de volta e nove de melhores voltas de qualificação foram alcançados durante a temporada de 2014 com pneus de corrida Battlax, da Bridgestone.

 

 MARQUEZ P1_CopyOther 2_Copy

 

SEGUNDO AS PREVISÕES DA PIRELLI

 

GP de abu dhabi  de 20  a 23  de NOVEMBRO  de 2014

 

pneus macios e super macios para o último grande prémio da época

 

excelente piso e curvas a 90º graus para a decisão do campeonato, com pontos a dobrar por atribuir

 

testes de dois dias, após o grande prémio

 

 

O ultimo grande prémio da temporada terá lugar em Abu Dhabi e serão usados os pneus com compostos macios e super macios, uma opção mais suave que os seleccionados no ano passado(compostos médios e macios). Yas Marina é um circuito que a Pirelli conhece bem, uma vez que realizou testes privados em 2011, antes de entrar novamente na Formula Um, como assim, Abu Dhabi também é um local bem conhecido pelos testes oficiais. Este ano, não será excepção com dois dias de testes de final de época, agendados para terça e quarta-feira, logo após o Grande Prémio.

 

O piso da pista é excelente, e possui uma série de curvas a 90 graus. A outra característica deste grande prémio, tal como o Bahrein, ambos começam ao final da tarde e terminam à noite, o que significa que a pista tende a arrefecer com o desenrolar da corrida, o que condiciona a estratégia.

 

No presente ano, o dobro dos pontos estão em disputa, originando que os riscos são acrescidos e que as equipas irão concentrar-se mais que nunca na estratégia a adoptar, para que seja prioritário terminar a corrida.

 

O clima tende a ser quente e seco, com a pista a proporcionar a utilização dos pneus com os compostos macios e supermacios, os pneus mais rápidos da gama Pirelli.

 

 

Paul Hembery (Responsável da Pirelli Motorsport): ” É sempre um prazer regressar a Abu Dhabi, e este ano, a prova ainda terá mais significado que o costume, com o campeonato de pilotos a decidir com a atribuição do dobro dos pontos disponíveis. Normalmente a estratégia é condicionada pela invulgar evolução das condições da pista, devido à queda das temperaturas ao longo da tarde, quando a corrida tem o seu inicio. Este caso, é o mesmo que no Bahrein, no inicio do ano, acabou por ser uma das mais espectaculares e imprevisíveis corridas da época. Como resultado, as sessões de treinos livres serão cruciais para as equipes reunirem a máxima informação possível, acerca do comportamento dos carros com ambos os compostos, não apenas com as diferentes cargas de combustível, mas também pelas diferentes temperaturas da pista. Com tantos pontos em disputa, existe uma grande oportunidade para as equipes que têm menos a perder para tentar uma estratégia inesperada, de modo a obter alguns pontos significativos.“

 

Jean Alesi (Consultor da Pirelli): “ Eu nunca conduzi um carro de Fórmula Um em Abu Dhabi, mas gosto da pista, especialmente pelos elevados níveis de segurança e a longa recta proporciona várias oportunidades para ultrapassar, também graças ao uso do DRS. A capacidade de adaptação às situações de mudança é um factor essencial, uma vez que a corrida tem o seu inicio às 5 da tarde e as temperaturas de ambiente e pista baixam gradualmente, o que afectam a pressão dos pneus. Tenho dito, que a maior pressão que os pilotos vão sentir este ano, é o facto que os pontos desta corrida são a dobrar. Mesmo com a vantagem dos pontos normal, o actual líder do campeonato poderia dar tudo a perder, apenas por um pequeno erro ”.

O circuito do ponto de vista dos pneus:

O pneu com composto super macio é um composto de baixa gama de trabalho, capaz de alcançar um ótimo desempenho, mesmo numa vasta gama de temperaturas baixas. O pneu macio é um composto de alta gama de trabalho. Com os dois compostos mais macios da gama e o excelente piso da pista, certamente que o Warm-up não será um problema.

 

Esperamos um certo índice de degradação térmica que pode influenciar as estratégias  e a afinação dos carros. A primeira e terceira sessões de treinos livres, geralmente são realizadas em condições que não representam a corrida e qualificação, porque são disputadas durante o dia, com temperaturas muito mais altas.

 

A primeira parte do circuito contém uma série de curvas rápidas, as quais aquecem repentinamente o pneu, em seguida este arrefece numa longa recta, com os carros em aceleração total durante aproximadamente 15 segundos, o equivalente a 800 quilos de “downforce”.

 

De modo a obter a máxima aderência, geralmente em Abu Dhabi os carros são afinados para colocar a parte traseira mais macia, no entanto este facto, poderá ocasionar um aumento do desgaste do pneu traseiro. Se a afinação é dura na traseira, o problema oposto poderá acontecer com o excessivo “patinar” dos pneus, que também degrada os pneus.

 

A estratégia vencedora no ano passado foi de duas trocas de pneus, com Sebastian Vettel em Red Bull a parar nas voltas 14 e 37. O Alemão iniciou com o composto macio, e completou os dois últimos turnos com pneus de composto médio.

 

Mais informações sobre Abu Dhabi, e procura de informação sobre os pneus, pode ser visualizado numa animação realizada em 3D com um novo visual produzido pela Pirelli.

 

Videos e fotografias de livre utilização, disponíveis em www.pirelli.com/f1pressarea

 

As escolhas de pneus até agora:

 

 

P Zero vermelho

P Zero

Amarelo

P Zero

Branco

P Zero Laranja

Australia

 

Macio

Medio

 

Malasia

 

 

Medio

Duro

Bahrein

 

Macio

Medio

 

China

 

Macio

Medio

 

Espanha

 

 

Medio

Duro

Mónaco

Super macio

Macio

 

 

Canadá

Super macio

Macio

 

 

Áustria

Super macio

Macio

 

 

Inglaterra

 

 

Médio

Duro

Alemanha

Super macio

Macio

 

 

Hungria

 

Macio

Medio

 

Bélgica

 

Macio

Medio

 

Itália

 

 

Médio

Duro

Singapura

Super macio

Macio

 

 

Japão

 

 

Médio

Duro

Russia

 

Macio

Medio

 

USA

 

Macio

Medio

 

Brasil

 

Macio

Medio

 

Abu Dhabi

Super macio

Macio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Revista P Zero:

A nova revista P Zero, uma inovação da Pirelli para a presente temporada, contém factos sobre o Grande Prémio de Abu Dhabi e do seu ilustre património. Esta nova e dinâmica revista electrónica, contém um vídeo e outros conteúdos interativos atualizados no fim de semana.

Podemos visitar através do site Pirelli, com o seguinte link : http://magazine.pzero.com

 

NISSAN CONFIRMA PARCERIA COMA HERTZ

 

Nissan confirma parceria exclusiva com a HERTZ

A Nissan, marca internacional de automóveis e patrocinador oficial da Liga dos Campeões (UEFA Champions League) e da Super Taça (UEFA Super Cup), escolheu a Hertz como parceiro exclusivo na área da mobilidade.

 

Lisboa, Portugal – Novembro, 2014 – A Nissan Motor Company escolheu a Hertz (NYSE:HTZ), a maior companhia de serviços de aluguer de veículos do mundo, para se tornar parceiro oficial na mobilidade. Esta parceria surge após a Nissan ser nomeada como patrocinador oficial da Liga dos Campões (UEFA Champions League) e da Super Taça (UEFA Super Cup), e dos eventos relacionados, onde participam também equipas portuguesas. Os clubes nacionais que estão em prova na Liga dos Campeões voltam a entrar em campo na próxima semana. No dia 25 de Novembro, o FC Porto desloca-se à Bielorrússia para defrontar o Bate Borisov e Sporting recebe em casa o Maribor da Eslovénia. No dia seguinte será a vez do Benfica se deslocar à Rússia para defrontar o Zenit.

 

Relativamente à parceria, a Hertz vai providenciar o suporte logístico à Nissan, com uma frota de veículos oficial para os torneios, incluindo deslocações oficiais dos estádios, de forma a facilitar a mobilidade das equipas durante o evento.

 

Com base no acordo, a Hertz vai fornecer à Nissan os novos Nissan Qashqai série 5, o novo Nissan X-Trail série 5 e o série 7. Com aproximadamente 11555 concessionários em 145 países, com locais específicos para reservar e contactar, a Hertz garante à Nissan um serviço rápido e eficiente.

 

O Presidente do Grupo Hertz Internacional Michel Taride, diz: “ A reputação da Hertz como operadora rent-a-car de confiança, foi criado graças à participação e apoio da marca, em eventos como o Campeonato de Tenis de Wimbledon Lawn (The Wimbledon Lawn Tennis Championships) durante 20 anos e a Taça Mundial de Rugby 2013 (The Rugby World Cup). Nós estamos muito satisfeitos por apoiar uma equipa de renome como a Nissan. Estamos entusiasmados com a época futebolística, em que vamos auxiliar a Nissan com os meios que colaboram na mobilidade nos eventos.”

 

A parceria com a Nissan arrancou em Cardiff, a 12 de Agosto, com a Super Taça da UEFA (UEFA Super Cup), onde foram necessários mais de 70 veículos envolvidos na organização. A Hertz também apoiou a Nissan no transporte executivo e VIP da equipa do sorteio da primeira fase do campeonato, a 28 de Agosto.

 

A Nissan vai usar quatro veículos da Hertz para a Liga dos Campeões (UEFA Champions League) por cada jogo da fase de grupos, enquanto que na final de dia 6 de Junho em Berlim, serão necessário entre 20 a160 veículos, já a contar com os restantes eventos relacionados. A Nissan e a Hertz têm como estimativa a utilização de 400 veículos na cobertura do campeonato 2014-2015.

 

 Nissan-Qashqai 2014_CopyNissan-X-Trail 2014__Copy

 

SUGESTÃO PARA ESTA NOITE

 

Bom noite

Este fim de semana, Minnemann TRIO com Wolfram Minnemann, ManuZé e Carlos Polonia, Sexta e Sábado - Noites de Blues às 23h30

Pode jantar e ver concerto 29 euros, só concerto 10 consumíveis 

--

TRIBECA Jazz Club & Restaurante

Rua 31 de Janeiro 147

4000-543 Porto

www.tribecajazzclub.com

 

VOLTA AO MUNDO COM FRANCISCO SANDE E CASTRO

21 de Novembro de 2014

Indonésia


A Indonésia é o 15º país maior do mundo, com perto de dois milhões de quilómetros quadrados espalhados por mais de 17.500 ilhas, das quais cerca de 1.000 são permanentemente habitadas. Com mais de 250 milhões de habitantes é o quarto país mais populoso do mundo, a seguir à China, Índia e Estados Unidos. E sentimos isso quando circulamos nas ultra congestionadas ruas de Jakarta, a capital.
O país é menos civilizado que os vizinhos Malaios, Tailandeses ou, principalmente, de Singapura. Aqui já se vê muito lixo nas ruas, embora não atinja as proporções indianas, rios transformados em enormes esgotos e um transito caótico onde voltamos a ouvir o barulho das buzinas. Os motoristas de táxi já escarram para fora da janela e dão arrotos.
Os processos burocráticos para a moto entrar nos muitos países que tenho atravessado é o que podemos chamar um 8 ou 80. Na Malásia, por exemplo, mal olharam para a moto e não me pediram qualquer documento. Em Singapura também entrei sem qualquer problema embora à saída me dissessem que deveria ter carimbado o Carnet na entrada. Aqui na Indonésia foi um processo complicado que durou vários dias e incluiu pedidos de papelada a múltiplas instituições. Ontem felizmente resolveu-se, até porque quando estou sem a moto me sinto como que descalço.
Mas o dia não começou bem. Ao sair do Hotel de fraca qualidade situado nos últimos três andares de uma espécie de enorme centro comercial para ferramenta e material mecânico e electrónico, o elevador travou de repente entre dois andares levando a que eu e um casal que também ali viajava, quase fôssemos atirados ao chão. A mulher assustou-se mas o namorado ainda estava com mais medo. O que vale é que a cena durou pouco tempo. Sem tocarmos em qualquer botão o elevador voltou a arrancar e parou tranquilamente no rés do chão. Felizmente era a ultima vez que tinha que andar nele. Apanhei um táxi à porta já munido do que pensava serem todos os papéis necessários para levantar a moto mas o taxista não deu com o local onde estava a moto no caos que é o porto de Jakarta e acabou por me deixar noutro táxi local, que dizia saber muito bem onde eu queria ir. Não tínhamos andado mais de cinco minutos quando percebi que me estava a levar para longe do sítio previsto. Fartei-me de refilar e insultar o homem mas às tantas comecei a achá-lo com um ar estranho. Só me dizia “slow, slow” , revirava a cabeça e quando eu me chegava à frente e olhava para ele puxava a camisa para cima a tapar-lhe a cara até aos olhos.
Fiquei preocupado, até porque me estava a levar para uma zona do porto com muito mau aspecto. Comecei então a trata-lo bem e a dizer-lhe que era exatamente ali onde estávamos que eu queria ficar. “Pode parar aqui que é aqui mesmo”.
“No, no, slow, slow” e o homem não havia maneira de me deixar em lado nenhum. Eu a ver-me cada vez mais afastado do local onde estavam os escritórios da alfândega ia-lhe dizendo para parar junto a cada edifício que eu ficava ali mas o homem não parava mesmo. Sem saber falar inglês só repetia “slow, slow”. Passados três quartos de hora foi ter ao sítio onde eu realmente queria ir e só então percebi que nunca tinha estado perdido nem era maluco mas quis apenas dar uma martelada no taxímetro.
Cheguei ao escritório da alfândega eram uma e meia da tarde e só tinha tomado o pequeno almoço. Só consegui sair do porto com a moto às oito e meia da noite. Nessa manhã tinha deixado a mala num Hotel pior do que aquele em que estava antes mas mais barato e, quando lá regressei com a moto, duas raparigas que bebiam um chá numa pequena esplanada de rua em frente, meteram conversa e por ali fiquei a beber uma cerveja antes de ir jantar.
Uma delas falava pouco inglês mas convenceu-me que era muito boa massagista ... e era. No dia seguinte tinha aprendido a dizer “I want to ride your motorcycle”, de maneira que a levei a dar um passeio pela cidade. Fomos ver um teatro e uma exposição de pintura e a seguir pretendíamos ir até à praia mas perdemo-nos no caos da cidade. Quando parei para pôr gasolina caiu uma carga de água daquelas que parece que o céu nos vai cair em cima. Fiquei um quarto de hora à espera que passasse mas um homem avisou-nos que as ruas da cidade estavam a ficar intransitáveis e então lá arrancamos debaixo de chuva torrencial. Talvez por não chover há uns tempos e os esgotos estarem entupidos houve ruas em que a água chegava a meio das rodas da “Cross Tourer”.

 

JAGUAR É NOTICIA

 

JAGUAR COLABORA COM A BLOODHOUND SSC

NA SUA TENTATIVA DE RECORDE

 

FTYPE AWD_EXCLUSIVE_Copy

 

·           A Jaguar revela mais detalhes sobre a sua parceria inovadora com a equipa britânica detentora do recorde mundial de velocidade sobre o solo e cujo objetivo é atingir os 1.609 km/h em 2016.
·           O motor Jaguar 5.0 V8 de 550 CV instalado no Bloodhound SSC irá disponibilizar potência para alimentar o sistema hidráulico do veículo e a bomba de oxidante do foguetão.
·           A Jaguar irá desenvolver uma gama de soluções tecnológicas inovadoras para o design do habitáculo em parceria com o piloto Andy Green.
·           A Jaguar irá disponibilizar também “Veículos de Resposta Rápida” adaptados para cada função específica, que participarão como veículos de apoio na tentativa de bater o recorde mundial de velocidade sobre o solo em 2015 e a tentativa de elevar este valor acima dos 1.609 km/h em 2016.
 

A Jaguar revelou hoje mais detalhes sobre a sua nova parceria com o projeto Bloodhound World Land Speed Record no seguimento do teste de alta velocidade que decorreu na África do Sul no início do mês e que assinalou o início de uma importante parceria técnica entre a Jaguar a Bloodhound.

O teste foi realizado na superfície relativamente macia do deserto de Hakskeen Pan, na Província Setentrional do Cabo, África do Sul, onde a capacidade dinâmica do novo F-TYPE R Coupé com tração AWD, que foi hoje apresentado no Salão Automóvel de Los Angeles, tornou possível a realização com sucesso de um teste de comunicações vital para a equipa do Bloodhound SSC.

A Jaguar encontra-se numa posição ideal para proporcionar conhecimentos técnicos e propostas inovadoras que beneficiam diretamente o desempenho do programa Bloodhound. Como `Patrocinador Principal´ e `Parceiro de Inovação´ a Jaguar irá contribuir para elevar o recorde mundial de velocidade sobre o solo até aos 1.609 km/h, o que servirá de inspiração para a próxima geração de cientistas e engenheiros, um dos objetivos gerais do projeto. O recorde atual é de 1.228 km/h, velocidade atingida por Andy Green ao volante do Thrust SSC em 1997. O próprio Andy Green, como piloto do Bloodhound Supersonic Car, irá desafiar mais uma vez os limites do possível, dado que terá a seu cargo a tentativa de recorde em 2015 e de ultrapassar os 1.609 km/h em 2016.

No stand da Jaguar no Salão Automóvel de Los Angeles, Andy Green divulgou hoje publicamente mais detalhes sobre esta parceria, como a incorporação do motor Jaguar no Bloodhound SSC. O motor 5.0 V8 Supercharged de 550 CV da marca irá desempenhar um papel chave no desempenho do veículo, dado que irá disponibilizar serviços hidráulicos essenciais e alimentará a bomba de oxidante do motor do foguetão. Esta bomba irá fornecer 800 litros de peróxido de hidrogénio HTP ao motor do foguetão em apenas 20 segundos, o que equivale a 40 litros por segundo.

A Jaguar está também a colaborar no desenvolvimento do design do habitáculo a bordo do qual se encontrará Andy Green, criando o melhor ambiente de condução possível para proporcionar a Andy um controlo preciso dos sistemas elétrico, hidráulico, de arranque e de controlo do motor, de controlo da segurança e de travagem.

Por último, a Jaguar confirmou que irá fornecer dois “Veículos de Resposta Rápida” de alta performance que prestarão assistência ao Bloodhound SSC no deserto durante as tentativas de recorde em 2015 e 2016.

Segundo Phil Popham, Global Marketing Director da Jaguar: “O projeto Bloodhound é, atualmente, um dos mais inspiradores e inovadores. A Jaguar congratula-se por integrar um projeto que serve de inspiração para a próxima geração de cientistas e engenheiros e, simultaneamente, reforça o compromisso da Jaguar para a tecnologia de alta performance e a nossa missão de fomentar o conhecimento e melhorar a vida das pessoas. Estamos muito satisfeitos por apoiar diretamente a engenharia do projeto Bloodhound e de contribuir para o cumprimento dos seus objetivos; e é fantástico ter o Andy Green aqui hoje a dar o seu apoio ao anúncio da parceria da Jaguar”.

O piloto do Bloodhound SSC, atualmente detentor do recorde mundial de velocidade sobre o solo, Andy Green, comentou: "É muito bom poder contar com a Jaguar como Parceiro Principal e Parceiro de Inovação no projeto Bloodhound. Os conhecimentos que a Jaguar possui no âmbito da engenharia e inovação são inestimáveis, e a experiência tecnológica que a Jaguar traz à integração do motor irá resultar numa grande melhoria no desempenho do projeto. Ao volante do Bloodhound SSC necessito de saber que posso contar com a capacidade de resposta, a performance e a fiabilidade necessárias para alimentar a bomba de combustível do veículo, e o motor da Jaguar é a ferramenta perfeita".

 

Richard Noble, diretor do Projeto Bloodhound e antigo detentor de um recorde mundial de velocidade sobre o solo, declarou: “O recente teste de comunicações na África do Sul demonstrou que a Jaguar é o parceiro perfeito para o projeto Bloodhound. O F-TYPE R Coupé com tracção às quatro rodas (AWD) obteve resultados excecionais em Hakskeen Pan e mal podemos esperar para tentar bater o recorde mundial de velocidade sobre o solo no próximo ano com a ajuda dos Veículos de Resposta Rápida preparados especialmente para cumprir este objetivo. Encontramo-nos num momento realmente emocionante do projeto e estamos muito contentes por a Jaguar fazer parte da nossa viagem”.

O BLOODHOUND SSC encontra-se atualmente em processo de montagem no Centro Técnico Bloodhound em Bristol, Reino Unido. O primeiro teste está previsto para o verão de 2015, quando se realizarão as provas em pista no Aerohub de Newquay, Reino Unido, onde será atingida a velocidade de 321 km/h. Posteriormente, a equipa irá deslocar-se à África do Sul para iniciar os testes de alta velocidade com o objetivo de atingir 1.287 km/h. Após ao regresso ao Reino Unido para revisão dos dados, a equipa voltará novamente à África do Sul em 2016 com o objetivo levar o conta-quilómetros até aos 1.609 km/h. 

 

JOÃO BARROS FALA

 

João Barros: “É muito duro perder ralis assim”

 

João Barros e Jorge Henriques voltaram a ser prejudicados pela mecânica do Ford Fiesta R5 quando estavam na frente de um rali, desta feita no Algarve, na prova que atribuiu a Taça de Portugal de Ralis. Um problema no alternador condenou a dupla da Fibromade a um final de época inglório.

 

Depois de tanto esforço pessoal e do trabalho de toda uma equipa, João Barros e Jorge Henriques voltaram a ser perseguidos pelo azar no encerramento da época, no Rali Casinos do Algarve. Tal como já acontecera no passado – mais recentemente no Rali de Castelo Branco –, a dupla da Fibromade estava no comando quando a mecânica do Fiesta R5 os impediu de lutar até ao final. João Barros já tinha ganho as três primeiras especiais do rali e esperava aumentar a sua vantagem de 7,7s nas últimas quatro classificativas da prova. Por tudo isto, era perfeitamente natural o sentimento de desilusão de um piloto que se sagrou campeão do CPR2 em 2013 e que deu excelentes indicações na sua época de estreia ao volante de um quatro rodas motrizes.

Toda a gente sabe que eu sou uma pessoa emotiva, referiu João Barros. Sou uma daquelas pessoas que está no desporto automóvel por paixão, porque é aqui que me sinto realizado, muitas vezes com grandes sacrifícios profissionais e familiares. Mas há pouco tempo, alguém disse uma coisa que me fez pensar: os ralis dão muito mais tristezas do que alegrias, é um desporto imprevisível e onde muitas vezes as coisas não estão sob o nosso controlo. Só estou nos ralis desde 2012 mas entretanto já tive momentos muito bons, o último dos quais a nossa vitória em Mortágua, e agora esperava conquistar a Taça para acabar a época com um bom feeling. Desta vez foi o alternador que cedeu na ligação para o primeiro troço de domingo, numa altura em que íamos tranquilos a caminho da especial, quando nada, absolutamente nada o fazia prever. É muito duro perder ralis assim, não só para mim e para o Jorge como para toda a equipa. Tivemos demasiados problemas ao longo do ano, coisas que nem uma estrutura como a M-Sport consegue explicar. Vamos esperar uns dias e depois decidiremos o que fazer no futuro, afirmou o piloto de Paredes.

 

Apesar da desilusão, João Barros fez questão de destacar o espírito de fair play e de amizade da equipa do Ricardo Teodósio e da equipa Sports&You. A eles o meu obrigado e também a todas as pessoas que nos apoiaram das mais variadas formas ao longo da época.DSC 1088_CopyDSC 1106_Copy

 

NOVO TOUAREG DA VOLKSWAGEN

 

Volkswagen Touareg com novo desenho e inovadoras tecnologias
O Volkswagen Touareg V6 TDI de 262 Cv
apresenta um consumo de apenas 6,6 l/100 km
• Parte dianteira e traseira com um novo desenho; faróis bi-xénon de série
• Tecnologia: motor TDI segundo a norma EU6 com catalisador SCR
e função de condução “roda livre”
Dez dados importantes sobre o novo Volkswagen Touareg:
1. Exterior – Parte dianteira e traseira com um novo desenho, novas cores e novas jantes.
2. Todas as versões com faróis bi-xénon de série.
3. A partir de agora com travões multicolisões de série para evitar colisões em cadeia.
4. Interior – Novas cores para os revestimentos em couro, elementos decorativos, botões e comandos; agora com comandos iluminados em branco exclusivo.
5. Os novos pacotes “R-Line” conferem um aspeto ainda mais dinâmico ao interior e ao exterior.
6. Os motores V6 TDI com o novo catalisador SCR cumprem a norma de emissões EU6.
7. Todos motores V6 TDI do Touareg estão equipados com a função de condução “roda livre”.
8. Os serviços online como o “Google Earth™ mapping service”, “Google Street View™” e “informação online sobre o tráfego” serão oferecidos no decorrer do próximo ano.
9. Suspensão pneumática de série em todas as versões.
10. Novembro é o mês de início de comercialização do novo Touareg em Portugal.

 


 O Volkswagen Touareg combina as características de conforto de um SUV de topo de gama com as qualidades off-road dos mais exigentes veículos de todo-o-terreno. Esta configuração do SUV da Volkswagen topo de gama com tração às quatro rodas e, ao mesmo tempo, todo-o-terreno robusto para qualquer tipo de viagem oferece um fascínio exclusivo.
A Volkswagen acaba de redesenhar o aspeto visual do Touareg, tendo ainda introduzido novos desenvolvimentos técnicos e tecnológicos em todas as áreas. A nova geração do Touareg caracteriza-se pelo novo desenho da parte dianteira e traseira, novos sistemas de assistência (caso dos travões multicolisões de série), uma nova geração do sistema adaptativo cruise control ACC, novos serviços online, motores V6 TDI com potência mais elevada, consumos claramente inferiores e, com o catalisador SCR, emissões segundo a norma EU 6.
· Exterior com novo desenho dianteiro e traseiro. Como já foi anteriormente referido, o novo Touareg caracteriza-se visualmente pelo novo desenho da parte dianteira e traseira. O traço distinto na dianteira reporta-se aos faróis bi-xénon de série com um novo desenho. Na parte traseira sobressaem novos farolins. Na variante “Chrome & Style”, o Touareg é enriquecido através de um perfil cromado que contorna a parte inferior da carroçaria. Passam também a ser disponibilizadas novas jantes em liga, num total de 16 variantes distintas: entre as quais se destacam as jantes em liga leve “Arica” de 18 polegadas; “Salvador” de 19 polegadas (da Volkswagen R), “Masafi” de 20 polegadas “Talladega” de 20 polegadas (também da Volkswagen R).
· Interior com novos materiais, cores e comandos. No interior o Touareg oferece também novidades, casos dos comandos de alumínio típicos do Touareg; agora apresentam um aspeto visual como se tivessem sido moldados a partir de um sólido bloco metálico. Uma iluminação branca de todos os comandos e botões (anteriormente vermelha) enriquece agora o ambiente interior. A gama de cores e de equipamentos de couro do interior também foi ampliada.

· Norma EU 6 para o motor V6 TDI com função de condução “roda livre”. O centro da atenção no desenvolvimento tecnológico aconteceu especialmente nos motores V6 TDI, uma vez que na Europa mais de 90% dos Touareg vendidos estão equipados com uma das duas variantes de potência do bloco V6 TDI. Os dois motores de seis cilindros foram modificados e acrescentam agora um catalisador SCR. Com a «Selective Catalytic Reduction» (redução catalítica seletiva) reduzem-se de forma significativa os óxidos nítricos incluídos nos gases de escape; graças aos catalisadores SCR, os Touareg 4MOTION V6 TDI BlueMotion Technology estão, a partir de agora, em conformidade com a exigente norma de emissões de gases de escape EU 6.
Outra novidade incluída no bloco V6 TDI é a função de condução “roda livre” (rolamento por inércia). Durante o rolamento por inércia da condução em “roda livre”, o motor é desengrenado da transmissão automática de 8 velocidades com a finalidade de aproveitar a energia cinética nas fases em que não requer aceleração, o que permite reduzir ainda mais o consumo de combustível. O preciso trabalho aerodinâmico na área da carroçaria e do piso inferior do veículo, assim como a introdução de pneus com resistência otimizada ao rolamento também tiveram uma repercussão positiva sobre a poupança de consumo: o potente bloco V6 TDI, cuja potência foi incrementada de 245 Cv para 262 Cv, viu o seu consumo ser reduzido, apesar do aumento da potência, de 7,2 para 6,6 l/100 km (emissões de CO2: 174 g/km). No caso da versão “Terrain Tech” – o Touareg equipado com um pacote especial e dotado de tração integral com redutoras – concebido para exigentes deslocações off-road foi assegurada uma melhoria no consumo de 7,3 para 6,9 l/100 km.
· Atualização do chassis. O Touareg vem equipado de série com uma suspensão pneumática através da qual se pode aumentar até 300 mm a distância ao solo (para transitar em percursos fora-de-estrada). A velocidades mais elevadas (a partir de 140 km/h), a carroçaria volta a baixar automaticamente, graças à sua suspensão pneumática.
Volkswagen _novo_Touareg_01_CopyVolkswagen _novo_Touareg_02_CopyVolkswagen _novo_Touareg_03_Copy
· Sistemas de informação e de entretenimento com novos serviços online. O Touareg oferece pela primeira vez “serviços móveis online” em combinação com o sistema de rádio e navegação “RNS 850” e sistema Bluetooth. Neste caso são disponibilizadas as funções de procura de “pontos de interesse” (POI) através do Google, a representação de mapas através do serviço “Google Earth™ mapping service”, a função “Google Street View™” e a “informação online sobre o tráfego”.
· Lançamento a partir de Novembro de 2014. O novo Touareg inicia a sua comercialização a partir de Novembro deste ano, com os motores diesel V6 TDI e numa variante híbrida (V6 TSI com motor elétrico).

 

AUSI PROLOGUE SHOWCAR

 

Audi prologue showcar: o início de uma nova era de design
 A Audi está a iniciar uma nova era de design. Marc Lichte, Diretor de Design da marca irá apresentar no Salão Automóvel de Los Angeles o protótipo deste novo conceito da Audi. Lichte está a transferir uma nova direção de estilo aos modelos da Audi através deste coupé, o prologue.
"Quando iniciou a sua atividade na Audi, Marc Lichte traçou no mesmo dia uma ofensiva no campo do design", destaca o Prof. Dr. Ulrich Hackenberg, Membro do Conselho para o Desenvolvimento, e também responsável pela chegada de Lichte a Ingolstadt em 2014. "Com a sua filosofia clara e uma compreensão precisa do ADN da Audi, desenvolveu uma estratégia de design que nos abre perspetivas completamente novas. É moderna e altamente emocional e expressa perfeitamente em toda a sua amplitude a competência e qualidade tecnológica reivindicada pela marca. O Audi prologue é o primeiro representante desta estratégia; um veículo de referência para a Audi".
Marc Lichte descreve o carácter deste show car destacando: “A Audi é sinónimo de desportivismo, construção leve e de tração integral permanente quattro. O Audi prologue reúne todo este know-how num novo envolvimento. Criámos o veículo mais desportivo do segmento de luxo. A nossa equipa inovou tanto no desenho exterior como no interior."
O design da Audi passa a expressar de forma ainda mais progressiva a moderna tecnologia. O coupé de duas portas destaca um desenho elegante e fluido e, ao mesmo tempo, desportivo e tenso. As suas formas e linhas são inconfundíveis e introduzem muitas novas ideias. Num claro e desobstruído habitáculo funde-se a arquitetura com o conceito operacional e de manuseamento para criar um novo tipo de unidade. Toda a parte dianteira do painel de instrumentos converteu-se num visor tátil e parte do manuseamento é processado através de um novo display OLED constituído por díodos luminosos orgânicos.

A tecnologia do show car alia potência, conforto e eficiência. O motor 4.0 TFSI debita uma potência de 605 Cv (445 kW) e um binário máximo de 750 Nm, acelerando o Audi prologue em 3,7 segundos dos 0-100 km/h. A direção dinâmica às quatro rodas, que permite que as rodas traseiras possam girar até 5 graus, converte este coupé num veículo extremadamente maneável e estável em andamento.
Proporções harmoniosas: o exterior
Com 5,10 metros de comprimento, 2,94 metros de distância entre eixos, 1,95 metros de largura e 1,39 metros de altura, o Audi prologue é mais curto e mais plano que o atual A8. A frente é dominada pela grelha Singleframe que foi integrada na arquitetura do veículo e incorpora os quatro anéis. A grelha do radiador está mais larga e foi posicionada de maneira mais baixa que nos atuais modelos de produção. O seu marcante efeito horizontal expressa uma imagem poderosa e plena de dinamismo. As barras transversais têm um padrão de diamante finamente estruturado e as suas extremidades são divididas.
Os faróis – largos com cunha plana - estão localizados nos contornos acima da grelha Singleframe. Apresentam a tecnologia Matrix laser de alta definição: uma inovação da Audi que abre novos horizontes no desenho de faróis e permite funcionalidades completamente novas. Os faróis são compostos por uma lente de projeção com uma fonte de luz laser, que produz uma matriz que ilumina toda a rua em alta resolução. Debaixo deste elemento estão cinco lentes de plástico que recebem luz através de um feixe de fibras de vidro, as quais estão montadas numa estrutura em construção leve; com elas aumenta ainda mais o feixe de luz dos “máximos”. A nova tecnologia a laser permitiu que os designers de iluminação criassem uma forma similar a um olho extremamente leve, compacto e elegante.
Uma clara referência ao ADN quattro da Audi
Outra novidade é a forma escultural das entradas de ar sob os faróis. Além de serem muito apelativas, têm um padrão em diamante no seu interior. Uma lâmina dinâmica, separada do para-choque por uma intervalo, provoca a associação desporto automóvel. Incorpora dois spoilers adicionais em preto brilhante que transmitem ao show car uma postura ainda mais poderosa e larga na estrada.
No perfil lateral, a sua silhueta fluida expressa o caráter de movimento para a frente do Audi prologue. As equilibradas proporções também realçam a ênfase nas rodas dianteiras e traseiras, uma clara referência ao ADN quattro da Audi. As jantes de 22 polegadas estão alojadas em cavas das rodas largas e salientes. Está equipado com pneus na dimensão 285/30.As jantes de 10 raios entrelaçados em forma de Y projetam uma imagem de requinte, tridimensional e poderosa.

Contornos acima das cavas das rodas recordam o Ur-quattro
Um aspeto característico do Audi prologue é a saliência na zona de cintura sobre as rodas dianteiras e traseiras. Como já acontecia no blister do Audi Ur-quattro dos anos 80, visualiza-se o sistema de tração quattro, ainda que neste caso os contornos não se encontram sobrepostos, mas foram integrados com fluidez na arquitetura base. Numa perspetiva lateral, constituem duas suaves curvaturas por cima das rodas, que interrompem a linha de cintura que percorre de uma forma mais baixa entre as rodas.
Os para-choques, portas e painéis laterais traseiros evidenciam superfícies curvas musculadas. A zona inferior da porta tem uma forma côncava baixa e que se vai elevando para a parte traseira. Trata-se de uma opção em perfeita consonância com o desenho das entradas de ar. As soleiras laterais deslocam-se para dentro; já as embaladeiras em preto brilhante são a continuação do spoiler dianteiro. Todas as linhas e superfícies no Audi prologue são logicamente interligadas entre si, o que é típico na Audi.
Componentes de alumínio com qualidade artesanal
Os espelhos retrovisores exteriores são pequenas esculturas de alumínio: a caixa do retrovisor em forma de concha cria uma transição fluida até à moldura oca da janela. Esta integra também as superfícies dos sensores para a abertura das portas. As portas não possuem manípulos e são abertas eletro-mecanicamente após se tocar nas superfícies iluminadas dos sensores.
A rígida carroçaria do Audi prologue foi concebida em diferentes tipos de materiais de alumínio e de aço com a máxima resistência. As janelas possuem um contorno em alumínio polido e mate. No extremo do tejadilho plano, o contorno das janelas termina numa superfície sólida de alumínio. Todos os acabamentos são um exemplo que ilustra a qualidade artesanal da Audi e permite abrir e baixar o vidro da janela apesar dos pilares C.
Esta zona integra no lado direito deste show car o tampão do depósito de combustível. Possui um mecanismo de abertura elétrico e pode ser envolvido por completo no pilar C após premir um botão desde o interior. Um fecho sem tampa proporciona um maior conforto na hora de abastecer. A cor clara Cinzento Diva, com um novo efeito pérola, transmite uma aparência plena de elegância.
www.audi-mediaservices.com www.4 audi.pt
Seção traseira “empurra” todo o veículo para a frente
A seção traseira do Audi prologue também quebra com todas as convenções. Está inclinado na direção do andamento e desde uma perspetiva lateral e traseira é uma reminiscência que faz recordar um luxuoso iate. A união em forma de foice entre o painel lateral e o para-choques realça este dinamismo. O contorno da tampa da bagageira que integra um discreto spoiler, é uma continuação da linha blister procedente do painel lateral. Entre os pilares C encontra-se um arqueado óculo traseiro em forma côncava até ao interior. Tal permite um habitáculo em separado e possibilita cómodas operações de carga e descarga através de um portão traseiro independente. Deste modo o Audi prologue combina as melhores propriedades de uma limousine com as vantagens estéticas de um coupé.
O design pouco convencional dos farolins em LED com vidro 3D, dá às luzes traseiras todos os benefícios do novo design, estendendo-se em toda a largura traseira do veículo. Finalmente ilumina a moldura em relevo do vidro 3D. As delgadas linhas no vidro 3D parecem pairar no meio da luz. A luz dos travões está aprofundada no interior da unidade de iluminação. Ao travar, a parte inferior do cunho 3D também é iluminado fazendo, aparentemente, com que a luz se mova em direção a quem a observe. Esta configuração tem diferentes níveis e a alternância entre funções de iluminação em 2D e 3D permite observar nas luzes traseiras um dinamismo completamente novo.
Debaixo do para-choques encontra-se um difusor em alumínio anodizado preto; como a lâmina dianteira, estende-se como um corpo independente ao longo da largura total traseira do veículo. O difusor integra duas entradas de ar trapezoidais que se correspondem visualmente com os farolins em relevo e que alojam o sistema de escape.
Luxuoso e inovador: interior e conceito operacional
O espaçoso interior do Audi prologue parece ser um autêntico salão de luxo. O design é baseado num Gran Turismo e permite não só uma condução desportiva como viajar de forma confortável e relaxante. O interface adapta-se visualmente ao correspondente estilo de condução. O interior assinala o início de uma nova era na Audi em que a arquitetura funde-se numa só unidade com o conceito de manuseamento. As superfícies para os monitores e controlos são inovadoras e integradas no painel de instrumentos e consola do túnel central e o sistema de infotainment estabelece o diálogo entre o condutor e o passageiro.
www.audi-mediaservices.com www.5 audi.pt
Ao entrar no veículo, o coupé de quatro lugares recebe os seus passageiros com uma discreta hospitalidade. O "mordomo" - um programa de software inteligente inovador - identifica-os com base nos seus smartphones e regula os bancos e controlo de temperatura do sistema de acordo com suas preferências. O sistema também faz recomendações em termos de música e no planeamento de rotas que são orientadas para as preferências do proprietário. O Easy Slot System, uma avançada evolução do Audi phone box, está localizado sob uma cobertura na consola central. Um mecanismo especial conecta os smartphones dos passageiros com o sistema de infotainment do veículo, além de recarregá-los.
Generosa amplitude do espaço interior
Linhas tensas e finas formas geométricas transmitem ao interior um ambiente leve e luminoso. Com uma orientação estritamente horizontal, sem qualquer interrupção, o tablier possui uma aparência leve e elegante e enfatiza a generosa largura interior. Tem dois níveis de profundidade. O nível superior situa-se como um teto sobre o Audi virtual cockpit future (um avançado desenvolvimento do Audi virtual cockpit) e acima da linha dos difusores de saídas de ar. É parte integrante do wrap-around - o grande arco que circunda o condutor e o passageiro da frente.
Um segundo wrap-around une as seções frontais e traseiras do interior e já é bastante visível a partir do exterior. A consola central com a sua abertura parece flutuar, à semelhança dos bancos dianteiros, cujos trilhos são montados sobre o túnel e soleiras laterais. Os apoios de cabeça dos dois bancos individuais traseiros são recolhidos quando não estiverem em utilização; emergem automaticamente quando um passageiro acede à parte traseira do veículo com a ajuda da função elétrica easy entry.
Quando o sistema de som é ativado, emerge da chapeleira traseira um novo um novo tipo de spoiler acústico para expandir de uma forma otimizada o som Premium típico da Audi.
Toda a parte frontal do painel de instrumentos converte-se num display
Na elegante arquitetura foi integrado um display com um conceito de indicação e de manuseamento radicalmente novo. A parte dianteira do painel de instrumentos foi desenhada como uma superfície de visualização e integra três ecrãs tácteis. O display orientado para o condutor à esquerda do volante é usado para controlar as funções dos sistemas de iluminação e dos sistemas de assistência. A unidade operacional direita, também orientada para o condutor, possui os comandos multimedia. O passageiro da frente, por sua vez, possui à sua frente um grande ecrã que é integrado na superfície total do painel de instrumentos, podendo controlar de forma individual e cómoda as suas funções de entretenimento.
www.audi-mediaservices.com www.6 audi.pt
O novo display do passageiro permite pela primeira vez una interação digital entre o condutor e o passageiro da frente. Um movimento de varrimento por parte do passageiro é tudo o que é preciso para enviar rotas pré-configuradas para exibição e entrada no display do condutor e introduzi-las então no Audi virtual cockpit future.
Na consola do túnel central, há um quarto display tátil adaptado de forma flexível e ergonómica ao condutor para o controlo da temperatura da climatização, entrada de texto manuscrito e outras configurações do veículo. È composto basicamente por uma finíssima lâmina OLED flexível (OLED: organic light emitting diodes) e exibe imagens extremamente nítidas e ricas em contraste. Quando não estiver em utilização, o display OLED é recolhido na consola central sendo praticamente impercetível. Quando o veículo entra em funcionamento o display flexível emerge. A curvatura garante uma distância constante entre o ecrã e a mão e, como tal, uma melhor ergonomia. Quando o display é operado, o pulso repousa sobre a baixa alavanca seletora da transmissão tiptronic de 8 velocidades.
Os designers também redesenharam a alavanca shift-by-wire, que agora está posicionada de forma discreta na consola central. Suportes para copos e slots de smartphones estão posicionados sob a cobertura na consola central, à esquerda e à direita.
O Audi virtual cockpit future reproduz gráficos em três níveis
O Audi virtual cockpit future permite-nos um “primeiro olhar” ao futuro do cockpit digital: os ecrãs de alta resolução e três espelhos produzem um cenário virtual com três níveis, uma visão verdadeiramente fascinante. Em termos de navegação, o primeiro nível apresenta a informação mais importante sobre a condução; os níveis dois e três produzem o efeito de profundidade no cockpit. A estruturação da informação em diferentes níveis torna melhor a organização e uma mais fácil compreensão para o condutor. Os conteúdos e as cores do Audi virtual cockpit future variam em função do estilo de condução; em condução desportiva, o visor muda para o modo Sport com apresentação particular das informações mais relevantes, tais como a rotação do motor, as temperatura ou a pressão de sobrealimentação.
Dentro do Audi prologue, cada detalhe ilustra claramente o seu caráter exclusivo. Um painel perfurado harmoniosamente trabalhado circunda as aberturas dos difusores de ventilação. Se o condutor regular o ventilador para um nível superior, o painel retrai para baixo.
As distintas linhas do interior são delineadas por fios condutores em LED, começando nas portas. Os raios do volante são constituídos por uma grande inserção em alumínio, harmonizando com as molduras dos ecrãs e dos manípulos das portas. Todas as aplicações de alumínio evidenciam a perfeição artesanal: as suas superfícies têm acabamentos mate e os contornos são polidos numa verdadeira interação entre diferentes níveis de brilho.
www.audi-mediaservices.com www.7 audi.pt
Materiais naturais transportam a um novo luxo
Para os desenhadores da Audi do departamento Color & Trim, os materiais naturais são um novo luxo; todos os materiais no showcar fascinam pela sua autenticidade. As superfícies dos bancos e os respetivos encostos, o painel de instrumentos, a consola no túnel central e os apoios de braços são revestidos em couro "Passion" em tonalidade clara; trata-se de um novo tipo de couro suave que respeita as características naturais da pele do animal.
A parte traseira dos bancos e os revestimentos laterais traseiros recorrem ao couro Nubuck, também em tonalidade clara. No painel de instrumentos, a parte inferior é revestida em cor Castanho e Cinzento que lhe transmite um toque especial. O wrap-around é revestido em couro "Passion" escuro; aqui e muitas outras zonas, as molduras de alumínio contrastam com embelezadores concebidos em madeira de olmo com poros abertos de cor cinzenta prata.
Desportivo mas confortável: a tecnologia
A tecnologia do Audi prologue é tão sofisticada quanto o seu interior evoca emoção. O motor 4.0 TFSI é uma verdadeira obra-prima tecnológica que debita uma potência de 605 Cv (445 kW) e um binário máximo de 700 Nm; no modo overboost, que o condutor pode aplicar em cerca de 15 segundos, o binário disponível é aumentado para 750 Nm. Este bloco V8 biturbo com uma sonoridade única acelera o coupé, de duas portas e 1.980 kg, dos 0-100 km/h em 3,7 segundos.
O consumo de combustível combinado é de apenas 8,6 l/100 km, o que equivale a emissões de CO2 de 199 g/km. Contributo para esta elevada eficiência é um novo subsistema de 48 volts do sistema elétrico do veículo; esta é uma tecnologia que em breve será apresentada em modelos de produção da Audi.
O sistema de 48 volts é alimentado por um poderoso alternador de arranque por correia, que converte o sistema de propulsão num híbrido parcial, com recuperação de energia na travagem de até 12 kW. A caixa de 8 velocidades tiptronic envia a potência do motor para o sistema quattro com vectorização do binário (gestão do binário individual para cada roda).
www.audi-mediaservices.com www.8 audi.pt
Nova geometria das suspensões com cinco braços
No chassis, a suspensão pneumática adaptativa sport oferece uma ampla escolha de amortecimentos: entre um modo suave e uma manobrabilidade desportiva e firme; além disso varia a altura livre ao solo deste show car em vários níveis. As suspensões dianteira e traseira apresentam uma geometria de cinco braços. Os discos de travão cerâmicos e fibra de carbono permitem uma poderosa desaceleração ao Audi prologue. Os travões dianteiros de 20 polegadas têm pinças fixas de seis pistões.
Um elemento em destaque no âmbito tecnológico no Audi prologue é a direção dinâmica às quatro rodas, que incrementa o dinamismo e o conforto em andamento através de uma combinação inteligente da direção dinâmica e da direção às quatro rodas. O condutor dispõe, assim, de um veículo com uma excelente manobrabilidade. A baixas velocidades, aquela manobrabilidade caracteriza-se pela elevada agilidade e rapidez nas mudanças de direção. A elevadas velocidades, os engenheiros melhoraram a capacidade de resposta, conseguindo assim uma grande estabilidade ao veículo.
Em conjunto, a direção dinâmica às quatro rodas com ângulos de viragem até cinco graus no eixo traseiro facilita as manobras de estacionamento e, ao mesmo tempo, proporciona um andamento preciso e desportivo em estradas sinuosas e um comportamento e conforto majestoso em auto-estrada.

O Grupo Audi vendeu 1.575.500 veículos da marca Audi em 2013. A Companhia registou uma receita bruta de € 49.9 mil milhões e um lucro operacional de € 5.03 mil milhões em 2013. A Audi está presente em mais de 100 mercados e produz veículos em Ingolstadt e Neckarsulm (Alemanha), Györ (Hungria), Bruxelas (Bélgica), Bratislava (Eslováquia), Martorell (Espanha), Kaluga (Rússia), Aurangabad (Índia), Changchun (China) e Jacarta (Indonésia). A marca dos quatro anéis produz veículos também em Foshan (China) desde dezembro de 2013, bem como em São José dos Pinhais (Brasil) a partir de 2015 e em San José Chiapa (México) a partir de 2016. Subsidiárias integrais da Audi AG incluem a quattro GmbH (Neckarsulm), Automobili Lamborghini SpA (Sant'Agata Bolognese / Itália) e o fabricante de motos desportivas Ducati Motor Holding S.p.A. (Bolonha / Itália). O Grupo emprega mais de 73.500 colaboradores em todo o mundo, incluindo 52.500 na Alemanha. O investimento total estimado é de cerca de € 22 mil milhões entre 2014 e 2018 - principalmente em novos produtos e na ampliação e na sustentabilidade de novas tecnologias. Paralelamente, a Audi faz jus à sua responsabilidade corporativa estabelecendo como estratégia o princípio da sustentabilidade para os seus produtos e processos de produção. O objetivo final é o de alcançar níveis neutros de CO2 em termos de mobilidade.
Audi prologue_01_CopyAudi prologue_02_CopyAudi prologue_03_CopyAudi prologue_04_Copy

 

NOVO BENTLEY

 

O descapotável mais sofisticado e elegante
Bentley Grand Convertible redefine luxo
na condução de um descapotável
• Desenvolvido para expressar os futuros objetivos da Bentley
• A expressão mais recente do automóvel de luxo britânico
• Apresentação no Salão Automóvel de Los Angeles a partir de 19 de novembro, juntamente com o novo Mulsanne Speed sedan


L O luxo automóvel britânico conhece a sua mais recente e máxima expressão com o Bentley Grand Convertible, o veículo descapotável mais sofisticado jamais criado pela Bentley. Este emblemático modelo porta-estandarte de luxo, de estilo discreto e concebido inteiramente de forma artesanal com os melhores materiais, oferece uma incomparável sensação de potência e sensualidade ao circular com a capota rebaixada.
Wolfgang Dürheimer, Presidente e Diretor Executivo da Bentley, que apresentará este automóvel em Los Angeles, destaca: “este protótipo evidencia a capacidade da Bentley para continuar a explorar novas formas na combinação entre luxo e elevadas prestações e criar um novo e ícone modelo Grand Tourer convertible dotado de uma elegância incomparável, capaz de conciliar as sensações ao volante do luxuoso Mulsanne e o prazer de condução de um descapotável.”

«Estamos ansiosos por conhecer a reação dos nossos clientes perante este novo automóvel. Garantimos que este veículo, se alguma vez chegar a ser produzido, será uma verdadeira peça de coleção exclusiva e de edição extremamente limitada.”
O Bentley Grand Convertible vai estar em exposição no Salão Automóvel de Los Angeles, a partir do dia 19 de novembro.
Potente, purista e requintado
O Grand Convertible resplandece em Sequin Blue, originariamente uma cor personalizada criada a partir de uma só lentejoula de um vestido de alta-costura de uma cliente e que apresenta um acabamento prateado “liquid metal”” no capot do motor e na moldura do para-brisas. Em contraste com a riqueza da tonalidade azul da carroçaria é o desenho das rodas direcionais da Bentley e o acabamento manual antes de ser submetido a um processo de polimento de modo a dotá-lo de um elevado nível de brilho.
As jantes anunciam a enorme magnitude da potência e do binário ocultado debaixo do capot do motor. O Grand Convertible está equipado com o lendário motor V8 de 6.75 litros e duplo turbocompressor do modelo almirante Mulsanne da Bentley, capaz de debitar uma potência de 537 Cv (395 kW) e um binário máximo de 1.100 Nm para oferecer o luxo das prestações sem qualquer esforço e aguardadas pelo seu incomparável desenho.
O interior do Grand Convertible, acolhedor e impressionante em todos os sentidos, é um verdadeiro compêndio das aptidões dos mestres artesãos da Bentley. Catorze peles curtidas por métodos naturais misturam-se num acolchoado com motivos em forma de diamante cujo padrão varia progressivamente ao longo dos painéis das portas e bancos num habitáculo com espaço para acomodar quatro adultos. A extraordinária perícia dos especialistas em guarnições da Bentley é realçada pelo fio azul de lantejoulas usado no ponto aplicado ao linho da cor da pele.
Bentley Grand_Convertible_01_CopyBentley Grand_Convertible_02_CopyBentley Grand_Convertible_03_CopyBentley Grand_Convertible_04_Copy
O tom de pele clara tem a sua contrapartida na elegância brilhante do couro Beluga encontrada perto da parte superior das portas e da cobertura da bagageira, emoldurada em cromado polido.
A própria cobertura enaltece o mais significativo exemplo e máxima expressão artesanal da Bentley. Com acabamento espelhado e escuro e com laivos Burr Walnut, a cobertura caracteriza-se por exibir a maior peça em folheado de madeira jamais aplicada num Bentley. Inteiramente fabricada à mão, esta extensa peça apenas pode ser comparada com as criações dos melhores fabricantes de mobiliário do mundo; o seu acabamento apresenta umas elegantes linhas paralelas em aço cromado.
Depois da sua apresentação em Los Angeles, o Grand Convertible viajará em dezembro para o emblemático Art Basel de Miami, a feira internacional de arte moderna e contemporânea mais importante do mundo.

 

NOVA SUGESTÃO PARA ESTE DIA

 

Um pintor obscuro à beira do abismo emerge do anonimato graças a um talento inconveniente. Sexo e comportamentos bizarros são a chave de um sucesso improvável.

Um Homem Escandaloso

de Tiago Rebelo

PVP 15,90€

e-book  11,99€

pág. 328

Chega amanhã, 18 de novembro, às livrarias portuguesas, o novo romance do jornalista e escritor Tiago Rebelo. Com a chancela da ASA e sob o título “Um Homem Escandaloso”, o livro conta como, em plena crise económica, um pintor com uma vida catastrófica, persiste em boicotar a própria carreira. Mas quando o seu casamento termina e tudo parece perdido, eis que a sorte muda: de um dia para o outro, torna-se a figura do momento e o artista português de maior projecção internacional. Uma brusca mudança da percepção da realidade fará com que este homem, que se esconde do mundo com uma tenacidade doentia, passe a ser um alegre provocador de escândalos públicos – e, também, o conquistador da deslumbrante Cristiane. Um Homem Escandaloso é um romance sobre a sociedade moderna, onde o sucesso se conquista com ostentação e fingimento. Divertido e certeiro, o livro é um retrato de uma época onde a imagem é tudo e o abstracto se sobrepõe ao concreto.

Com uma década de produção literária recheada de êxitos, Tiago Rebelo é um dos autores preferidos do público português, sendo os seus livros uma presença habitual nos lugares cimeiros das principais tabelas de vendas nacionais. A sua obra está disponível em países como Angola, Brasil, Moçambique, Itália, Suíça e Argentina. A par da actividade literária, Tiago Rebelo tem uma longa carreira no jornalismo. É actualmente coordenador de informação na CMTV e escreve semanalmente na revista «Domingo» do Correio da Manhã.  Em Setembro deste ano o seu romance “Uma Noite em Nova Iorque” foi publicado no Brasil pela LeYa.

 

LANÇAMENTO DO PROJECTO KART RACE CUP - BRASIL

 

Lançamento Oficial do Projeto Kart Race Cup.

A LRM Group e KGPE lançam projeto para desenvolver o kartismo.

São José dos Campos - SP, No próximo dia 18 de novembro a LRM Group junto com a KGPE, promotores do evento, estarão lançando oficialmente com o apoio do Grupo Bandeirantes de Comunicação, o Projeto KRC - Kart Race Cup.

O projeto tem como objetivo fomentar o automobilismo no Brasil e a cidade escolhida para a largada foi São José dos Campos, onde está baseado todo o desenvolvimento do projeto, e as corridas serão realizadas no Kartodromo de Guaratinguetá, por se tratar de uma pista segura e homologada.

"A alguns meses fui convidado pelo Ricardo para unir forças e idealizar o projeto KRC, não imaginava que tomaria a proporção que tomou, e a aceitação dos parceiros foi incrível, estou muito feliz em poder realizar e incentivar o automobilismo no Vale do Paraíba" Comentou, Joir de Lacaille - CEO da LRM Group

"Sempre desejei poder contribuir para o automobilismo brasileiro e com a falta de talentos e incentivos resolvi me aliar a um especialista do segmento, o projeto KRC tem como a principal finalidade trazer os amantes e jovem de volta para o esporte, de forma segura e com uma estrutura profissional" Comentou, Ricardo Kozlowski - Diretor da KGPE

O que é o Kart Race Cup ?

O Primeiro Campeonato de Kart Indoor Pro-Amador do Vale do Paraíba !

Uma competição na qual os pilotos participantes disputarão o titulo de campeã, além de troféus terá um prêmio especial na etapa final, cada piloto competirá em duas copas, e os sete melhores formarão a Super Final.

 

NOVO PEUGEOT BOXER

 

Novo PEUGEOT Boxer Combi Novo PEUGEOT Boxer CombiNovo PEUGEOT Boxer CombiNovo PEUGEOT Boxer Combi Novo PEUGEOT Boxer Combi Novo PEUGEOT Boxer CombiNovo PEUGEOT Boxer CombiNovo PEUGEOT Boxer Combi Novo PEUGEOT Boxer Combi
Para não renunciar a nada
A variante Combi do Novo Boxer oferece uma capacidade de carga de mercadorias e espaço para transporte de passageiros referenciais. O Novo PEUGEOT Boxer Combi está disponível com um PVP desde os 37.650 euros
O novo PEUGEOT Boxer chegou ao mercado no passado mês de Abril e destaca-se pelo seu design moderno, robustez e durabilidade, pelos seus motores eficientes e equipamentos tecnológicos. Graças à variedade de versões, abrange todas as necessidades dos profissionais, destacando-se, entre todas elas, a variante Combi com capacidade de transporte de mercadorias e espaço para acomodar entre cinco e nove passageiros.
Para satisfazer todas as exigências, o novo PEUGEOT Boxer Combi está disponível numa única silhueta, com dimensões de 4,96 metros de comprimento, 2,25 de altura e 2,05 de largura. Em termos de transporte de mercadorias, o novo PEUGEOT Boxer Combi atinge um máximo de 4,5 m3 de capacidade de carga na sua configuração de 6 lugares e 2,0 m3 na configuração 9 lugares. No que se refere a motores, o Novo PEUGEOT Boxer Combi apresenta duas unidades HDi: 2.2 HDi 110 cv e 2.2 HDi 130 cv. Estes propulsores oferecem o rendimento necessário para permitir o transporte de uma carga útil superior a 800 kg.
Fazem parte do equipamento de série do novo PEUGEOT Boxer Combi elementos como o volante ajustável em altura, o banco do condutor com ajuste longitudinal, lombar, em altura e inclinação, regulação dos faróis, luzes diurnas, controle de estabilidade, ABS, ASR (anti-patinagem), Hill Assist (ajuda ao arranque em inclinação), sensor de pressão dos pneus e airbag duplo para o passageiro.
Adicionalmente, o Novo Boxer Combi dispõe também, como opcionais, de um conjunto de pacotes de equipamentos concebidos para aumentar o conforto do condutor e dos passageiros, facilitando a vida a bordo: Pack City (espelhos rebatíveis electricamente; sistema de ajuda ao estacionamento e câmara de visão traseira) e Pack Look (luzes diurnas em LED, faróis de nevoeiro e tampões de rodas).
PEUGEOT BOXER_2014_001_CopyPEUGEOT BOXER_2014_002_CopyPEUGEOT BOXER_2014_004_CopyPEUGEOT BOXER_2014_003_Copy

 

MUNDO SENAI - BRASIL

Fábio Davini/DFotos
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Leo Zettel e Fred Zettel
Alta | Web


Clique na imagem para fazer o Donwload...

Alta | Web

José Mário Dias/RallyPR
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Peugeot 206 #17 _ categoria CBR3
Alta | Web

Fábio Davini/DFotos
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Exposição no SENAI será no próximo final de semana
Alta | Web

 

MUNDO SENAI recebe exposição sobre competições esportivas de rali nacionais


Dupla Leonardo e Frederico Zettel, que participa do Campeonato Paranaense Rally de Velocidade, estará presente ao evento e convida público a conhecer e vivenciar o rali na unidade do SENAI Boqueirão em Curitiba (PR)

O Senai Boqueirão em Curitiba (PR) com a realização do evento anual simultâneo em todas as unidades brasileiras do MUNDO SENAI está recebendo este ano uma exposição de rali, com carros, pneus e fotos, fruto da parceria da instituição com o RPMC - Rallye Pista & Motor Clube para mostrar um pouco do seu trabalho. A exposição está aberta ao público nos dias 21 e 22 de novembro.

O objetivo do MUNDO SENAI é de promover uma visita às instituições onde os alunos podem apresentar os cursos e as instalações aos futuros alunos e outros interessados em conhecer o trabalho. A RPMC montou uma exposição com quatro tendas de apoio mecânico, painéis com fotos, pneus de rali e alguns carros, entre eles, o Peugeot 206 de competição #17, do piloto Leonardo Zettel e do navegador Frederico Zettel.

"No sábado estaremos no evento o dia todo explicando para o público como funcionam as competições no Brasil e poderemos contar um pouco mais sobre o nosso esporte", explica o piloto curitibano Leonardo Zettel.

Mais informações da equipe no site www.zettel.com.br e www.rallypr.com.br.

Leo e Fred Zettel contam com o patrocínio da WZ Studio (www.wz.com.br), Aline Andrade Glasses e Balaroti.


Programação completa do SENAI - Unidade Boqueirão em Curitiba/PR:

Sábado, 21 de novembro:
Manhã: 09:00 às 12:00
- Recepção e credenciamento
- Apresentação das Oficinas pedagógicas (alunos do curso técnico e aprendizagem)
Tarde: 13 às 17:30 h.
- Apresentação de Oficinas Pedagógicas (alunos dos cursos: técnico e aprendizagem)
Noite - 19 às 21:00 h
- Palestra com Dr. André M. Rodrigues
Tema: "Corridas no Deserto De Sal"
Local: auditório Senai - bloco 2

Domingo, 22 de novembro:
Exposição dos carros antigos
- Feira de peças e vestuário;
- Cenário fotográfico com roupas de época;
- Feira Empresarial do Curso Técnico de Administração de Empresas;
- Modelos de época;
- Exposição, montagem e estrutura dos carros de "Rally";
- Exposição de carros da Fiat 147;
- Demonstração com "DRONES";
- Robótica;
- Show com as Bandas da academia do Rock;
- 18:00h - encerramento

http://www.mundosenai.com.br/programacao/pr/senai-boqueirao/

Serviço

Evento: MUNDO SENAI - Exposição Rally
Data: 21 e 22 de novembro de 2014
Local: SENAI Boqueirão - Rua: Dr. Heleno da Silveira, 343 - Curitiba/PR
Horário: 6ª das 13h às 17h30, Sábado pela manhã das 9h às 12h, à tarde das 13h às 17h30 e Domingo das 9h às 19h
Entrada: Brinquedo, produto de higiene ou alimento não perecível


 

TOYOTA MIRAI

 

Toyota Mirai o sedan a célula de combustível

A Toyota vai comercializar o novo Mirai1, um veículo a célula de combustível movido a hidrogénio (FCV). O novo Toyota Mirai vai estar à venda nos concessionários "Toyota"2 e "Toyopet"2 a partir do dia 15 de Dezembro no Japão. Na Europa, o carro vai chegar aos mercados selecionados em Setembro 2015.

O Mirai marca uma nova era de veículos. Utilizando o hidrogénio como combustível – uma fonte de energia importante – para produzir eletricidade, o Mirai alcança uma performance ambiental única aliado ao prazer de condução e uma conveniência igual ao de um veículo convencional.Toyota-Mirai-001 CopyToyota-Mirai-002 CopyToyota-Mirai-003 CopyToyota-Mirai-005 CopyToyota-Mirai-007 CopyToyota-Mirai-008 CopyToyota-Mirai-009 CopyToyota-Mirai-010 Copy

 

SUGESTÃO DO DIA

 

Um livro que faz perdurar a memória de Manuel Forjaz

28 MINUTOS & 7 SEGUNDOS DE VIDA

de Manuel Forjaz e José Aberto Carvalho

PVP 13,90€

248 páginas

Chega esta semana, às livrarias, o livro que nos faz acreditar que “a vida só faz sentido se formos inconvenientes”, afirma, no prefácio, José Alberto Carvalho.

Em Janeiro de 2014, dois homens tiveram uma ideia: um programa de televisão. Nascia o «28 Minutos e 7 Segundos de Vida». Uma conversa entre Manuel Forjaz e José Alberto Carvalho sobre a vida. A nossa. A dos outros. A do nosso país. Ao longo de dez semanas ouvimos falar de assuntos tão diversos como economia, religião, prazer, morte. Não foram os temas escolhidos que convenceram quem assistiu aos programas, mas a sim a forma inquietante como os dois homens discutiam as temáticas e a mensagem que sempre conseguiam transmitir: obrigar-nos e ensinar-nos a pensar. De uma ideia de dois amigos criou-se um espaço de discussão, e por isso logo luminoso, na televisão nacional e na memória de quem acompanhou estes dois homens da comunicação. 28 Minutos e 7 Segundos de Vida é um livro que faz perdurar a memória de Manuel Forjaz, cumpre um desejo e deixa-nos uma mensagem a que devemos, muitas vezes, voltar.

Porque ele tinha toda razão: vale mesmo a pena sonhar tudo, pedir tudo, para termos quase tudo” Helena Forjaz

“Esperamos que as páginas deste livro sejam uma inspiração quase tão real, como aquela que em vida ele nos ofereceu” António e José Maria Forjaz. 

Manuel Forjaz nasceu em Moçambique, em Agosto de 1963. Economista pela Universidade Católica Portuguesa, foi director-geral da Bertrand e CEO da Medipress. Em 1997, tornou-se empresário e fez parte da Direcção da Associação Nacional de Jovens Empresários, ajudando igualmente a dinamizar uma série de iniciativas ligadas ao empreendedorismo empresarial e também, sob a forma de voluntariado, ao empreendedorismo social. Foi fundador do projecto Pais Protectores, do Instituto do Empreendorismo Social, lançou o TEDxOPorto e tornou-se um orador de relevo. Em 2010, foi-lhe detectado um nódulo no pulmão que se revelou cancerígeno e lutou desde essa data contra a doença. Morreu em Lisboa, onde vivia, em Abril de 2014.

José Alberto Carvalho nasceu em Penacova, em 1967. Formado em Jornalismo pela Escola Superior de Jornalismo do Porto, iniciou a sua carreira na TSF de onde saiu para RTP. Na estação de televisão pública tornou-se a voz, e o rosto, do Telejornal. Em 1992 estreou o terceiro canal, a SIC, onde ficou uma década. Regressou à RTP e em 2011 mudou-se para a TVI, onde é Director de Informação. CapaPEQ 28_minutos_e_7_segundos_de_vida_Copy

 

KARTING NO BRASIL

Gianluca Petecof fecha 2014 com disputa do Skusa Supernationals em Las Vegas em nova categoria

Decisão polêmica da direção da prova norte-americana colocou o brasileiro em meio a um grid com pilotos de até 15 anos. No entanto, o paulista quer aproveitar a etapa como mais um aprendizado na sua carreira vitoriosa

Campeão do Super Kart Brasil 14, do Florida Winter Tour e da Rok Cup USA, Gianluca Petecof encerra a vencedora temporada 2014 nesta semana (19 a 23 de novembro) com a disputa do Skusa Supernationals, um dos principais campeonatos de kart do mundo, em Las Vegas, nos Estados Unidos. A competição no estado de Nevada, que reúne cerca de 600 pilotos de diversos países, servirá como um novo passo na carreira do piloto brasileiro que completou 12 anos no último sábado. Isso porque uma decisão polêmica por parte da direção de prova o colocou no grid da categoria TaG Junior e não mais da TaG Cadet, onde ele estava previamente inscrito. Desta forma, o jovem paulista terá pela frente um grid com pilotos muito mais velhos e experientes, de até 15 anos.

Nos últimos dias, alguns pilotos se juntaram para protestar contra a participação de Petecof no grid da TaG Cadet em Las Vegas, considerando que o brasileiro está num nível muito acima dos adversários, que tomaram como base uma corrida-treino que Gianluca disputou em Homestead na semana passada na categoria Junior — na qual teve desempenho competitivo. Porém, apesar disso, o regulamento do Skusa Supernationals prevê a inscrição do paulista na TaG Cadet por ele estar na faixa entre 8 e 12 anos.

Gianluca lamentou o polêmico episódio, uma vez que o piloto terá de pular uma etapa importante no seu desenvolvimento no kartismo norte-americano. Mas apesar da dificuldade imposta de forma imprevista, Petecof encara o novo desafio com muita motivação. Mesmo reconhecendo que entrará no kartódromo de 1,37 km instalado no estacionamento do Rio All-Suite Hotel and Casino, tendo pela frente campeões mundiais, europeus e competidores muito mais velhos, o paulista quer fazer disso mais uma oportunidade para aprender e crescer como atleta. Essa será a quarta participação de Gianluca no campeonato. Em 2013, o brasileiro foi um dos destaques da categoria TaG Cadet, ficando com o 7o lugar entre 85 competidores.

A programação da 18ª edição do Skusa Supernationals começa com a realização dos primeiros treinos livres na quarta e na quinta-feira, tomada de tempo e as três baterias classificatórias na sexta e sábado, e a finalíssima no domingo. Diferente dos campeonatos nacionais, as baterias classificatórias têm caráter eliminatório e também ajudarão a formar o grid de largada com os 40 pilotos que buscarão o título em Las Vegas no ‘Super Sunday’. A competição distribuirá, ao todo, US$ 100 mil em prêmios.

Gianluca Petecof:

"Vou fazer minha estreia na categoria TaG Junior agora no Skusa. Não foi algo que planejamos, e sei que vou enfrentar grandes desafios, mas vou me esforçar muito, junto com toda a equipe da AM Engines, para tirar o melhor dessa nova experiência, que com certeza vai me ajudar muito para a próxima temporada. O Skusa é sempre um campeonato especial, já conheço a pista e todo o ambiente, então vamos em busca do melhor resultado possível."

 

Gianluca Petecof fecha temporada 2014 com disputa do Skusa Supernationals
Frederico Baggio

Clique na imagem para fazer o Donwload...

O piloto correrá na categoria TaG Junior, contra adversários de até 15 anos
Adam Parker

Clique na imagem para fazer o Donwload...

Petecof quer tirar o melhor desta nova experiência na sua carreira no kartismo
Jackson de Souza

Clique na imagem para fazer o Donwload...

 

COPA PETROBRAS

Na etapa final da Copa Petrobras de Marcas a equipe J.Star Racing quer o maior número de pontos


A rodada dupla da oitava etapa será neste final de semana e terá transmissão ao vivo pela Rede Bandeirantes

A oitava prova do calendário do Campeonato Brasileiro/Copa Petrobras de Marcas que acontece neste domingo (23/11), no Autódromo Internacional de Goiânia (GO), promete disputas acirradas e aquece a busca pela melhor pontuação na fase final do campeonato. Os pilotos Thiago Marques e Daniel Kaefer, da equipe J.Star Racing, estarão a bordo do número #1 e #17 e seguem confiantes para mais um excelente resultado em terras do Centro-Oeste brasileiro.

A oitava etapa marca o fim do campeonato, e a prova de abertura no domingo será às 9h30, sendo a segundo programada para as 12h45. No sábado, às 16h10, acontece o treino classificatório, que define o grid de largada.

Daniel Kaefer, que faz sua primeira temporada completa na competição, vem de um bom resultado na pista goiana (etapa de junho). "Essa pista me traz boas recordações, me identifiquei com o traçado, uma pista muito gostosa de se guiar. Vou tentar fazer o melhor possível em pontos, espero repetir o resultado e poder brigar por pódio", disse. "Mas, o foco principal agora no fim da temporada é concluir bem meu ano de aprendizado. Consegui aprender bastante com a equipe e meu companheiro de equipe
Thiago que me ajudou muito a evoluir", destaca o piloto de Cascavel (PR).

Thiago Marques faz uma análise da segunda prova do ano no Autódromo Internacional de Goiânia. "Visualizo uma corrida difícil. Na etapa anterior de Goiânia, pois pouco andamos pelos diversos incidentes no fim de semana daquela corrida", lembra o representante de Curitiba.

"Foi uma temporada não exatamente da forma que esperávamos. Em alguns momentos conseguimos ser competitivos principalmente no começo da temporada, mas não revertemos em bons resultados. Deixamos escapar duas vitórias por bobeira que nos tirou da briga pelo título, mas infelizmente faz parte do automobilismo", finaliza Marques.

A equipe J.Star Racing conta com patrocínio da IPQ Instituto de Psiquiatria, Schahin, PPG, IbPré, DMP Sistemas, MADIS, Yuny, Unitalo - Centro Universitário Ítalo Brasileiro, AC Delco, Constructiva Engenharia, Malas Cruzeiro, TELEMABI Contac Center, Atua Construtora, Colonial Rodas, Benfica, Alpina, Vivamil, Technology ClimSystem, Lanali Análises de Alimentos, Palmali, Frango Delícia e Motul Óleos Lubrificantes.

Programação Copa Petrobras de Marcas:

Sábado, 22 de novembro
08h00 - 08h10 - Briefing para fotógrafos e jornalistas
08h40 - 08h50 - Shakedown Copa Petrobras de Marcas
09h00 - 09h40 - 1o Treino Livre F3 Brasil
09h50 - 10h35 - 1o Treino Livre (Grupo A) Copa Petrobras de Marcas
10h45 - 11h30 - 1o Treino Livre (Grupo B) Copa Petrobras de Marcas
11h40 - 12h20 - 2o Treino Livre F3 Brasil
12h30 - 13h15 - 2o Treino Livre (Grupo A) Copa Petrobras
13h25 - 14h10 - 2o Treino Livre (Grupo B) Copa Petrobras
14h20 - 14h40 - Classificação F3 Brasil
16h10 - 16h20 - Classificação Copa Petrobras de Marcas
16h55 - Largada Corrida 1 F3 Brasil

Domingo, 21 de novembro
09h30 - Largada Corrida 1 Copa Petrobras de Marcas
10h45 - Largada Corrida 2 F3 Brasil
11h25 - 11h35 - Ação Seu Carro Nas Pistas
11h35 - 12h15 - Visitação aos boxes
12h47 - Largada Corrida 2 Copa Petrobras de Marcas

Calendário de 2014 do Camp. Bras. de Marcas (Copa Petrobras):

Etapa 1 - 04 de abril - Tarumã/RS
Etapa 2 - 04 de maio - Brasília/DF
Etapa 3 - 25 de maio - São Paulo/SP
Etapa 4 - 08 de junho - Goiânia/GO
Etapa 5 - 27 de julho - Curitiba/PR
Etapa 6 - 07 de setembro - Nova Santa Rita/RS
Etapa 7 - 19 de outubro - Curitiba/PR

Etapa 8 - 23 de novembro - Goiânia/GO

Mais informações:
Blog: jstarracing.wordpress.com
Facebook: JStarRacing
Twitter: @JStarRacing
Site: www.brasileirodeturismo.com.br


Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
A rodada dupla será neste domingo (23)
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Daniel Kaefer
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#17 Cruze, Daniel Kaefer (J.Star)
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Thiago Marques
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#1 Chevrolet Cruze_Thiago Marques
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Treinos livres e classificatório serão no sábado (22)
Alta | Web

 

DI GRASSI NA MALÁSIA

Fórmula E: Di Grassi busca manter liderança na Malásia

Categoria dos velozes monopostos elétricos desembarca para a segunda etapa, na cidade de Putrajaya

Lucas di Grassi já escreveu seu nome na história do automobilismo ao vencer a primeira etapa da Fórmula E, categoria já conhecida pelo ineditismo de colocar, em circuitos de rua, velozes monopostos movidos a eletricidade e que vão de zero a 100 km/h em 2,5 segundos. Com o intervalo de mais de um mês entre a etapa inaugural, em Pequim, e a prova deste final de semana em Putrajaya, na Malásia, o brasileiro da equipe Audi ABT busca usar a experiência adquirida para manter a liderança do campeonato.

Di Grassi, com a vitória, soma 25 pontos diante de 18 do francês Franck Montagny e 15 do britânico Sam Bird. "Depois de um começo como o da China, com a vitória, foi até difícil esperar tanto tempo para entrar no carro da Fórmula E novamente. O bom é que neste intervalo eu estive completamente concentrado no FIA WEC e disputamos três etapas. Pelo menos agora estou chegando ao final da maratona!", disse Lucas.

O brasileiro encara no mês de novembro uma verdadeira maratona. Com a Audi, disptou as 6 Horas de Xangai no dia 2; e as 6 Horas do Barein no último fim de semana; disputa agora a segunda etapa da Fórmula E na Malásia e no dia 30 volta ao cockpit do Audi R18 e-tron quattro para as 6 Horas de São Paulo no autódromo de Interlagos.

Só de avião, nos deslocamentos, foram mais de 90 horas de voo. E ele ainda arrumou um tempo para disputar uma prova de triatlo com distância equivalente a meio IronMan. "Já estava no clima de maratona, então disputei um triatlo em Dubai com equipamento emprestado, e deu tudo certo", disse. Lucas disputou o Dubai International Triathlon. O percurso tinha 1,9 quilômetro da prova de natação, 21,1 de corrida e 90 pedalando. Ele completou a prova em 5h37min, tendo ingerido sete litros de líquidos durante a prova, queimando 4.836 Kcal e eliminando no total 2,7 quilos

O circuito urbano de Putrajaya tem 2,5 quilômetros de extensão e 12 curvas, girando no sentido horário. "Comparado com o traçado de Pequim, é um pouco mais curto, e parece ser mais exigente. O grande barato é que todos os circuitos são novos para todos os pilotos, então o segredo é se adaptar o mais rápido possível", afirmou.

"Claro que, como piloto, o objetivo é vencer sempre, mas a Fórmula E é imprevisível. Todos dispõem do mesmo material em mãos, a diferença nos tempos de volta é mínima e em pistas novas cada piloto reage de uma maneira e coloca suas características de maneira distinta e em pontos distintos do traçado. Nosso objetivo é o de sempre: vencer. E se não for possível, então vamos para um pódio ou somar pontos valiosos", resumiu o primeiro vencedor da história de uma competição de carros elétricos sancionada pela FIA.

Concentração é o ingrediente principal, de acordo com o piloto da Audi ABT. "A vitória em Pequim é uma bela lembrança - não mais que isso. Por isso que agora estamos nos preparando com a mesma concentração e vamos buscar outro fim de semana impecável com o time", concluiu.

O segundo e-Prix da temporada da Fórmula E acontece neste sábado (22), com transmissão ao vivo pelo canal Fox Sports. Treinos livres, classificação e corrida acontecem no mesmo dia. A largada acontece às quatro horas da madrugada de sexta (21) para sábado (22).


Curta Lucas di Grassi no Facebook: Lucas di Grassi Official

Siga Lucas di Grassi no Twitter: @lucasdigrassi

E também no Instagram: @lucasdigrassi

Conheça a categoria em: www.fiaformulae.com


l

Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Lucas di Grassi diz que experiência do primeiro e-Prix ajudará na fluidez
Alta | Web

FIA Formula E
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Pilotos, segundo ele, já entendem melhor o comportamento do carro
Alta | Web

FIA Formula E
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Brasileiro lidera o campeonato após a vitória no e-Prix de Pequim
Alta | Web

FIA Formula E
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Prova da Malásia terá transmissão pelo Fox Sports às 4 da manhã do dia 22
Alta | Web

 

NOVO PROJECTO DESENVOLVIMENTO DA AUDI

 

Novo projeto de desenvolvimento de e-combustíveis da Audi:
e-diesel a partir da atmosfera, da água e da eletricidade “verde”
• Nova atividade da Audi no desenvolvimento de combustíveis isentos de CO2
• Fábrica piloto para a produção de e-diesel inaugurada em Dresden
• Uma parceria da Audi com a Climeworks e Sunfire


 A Audi estendeu a sua atividade ao desenvolvimento de combustíveis sintéticos neutros em emissões de CO2. O projeto mais recente é uma fábrica piloto em Dresden inaugurada no final da semana passada, que produz gasóleo a partir de água, CO2 e eletricidade verde. A Audi conta para este projeto com a parceria da Climeworks e Sunfire.
Com esta cooperação, a Audi e os seus parceiros comprovam ser possível a industrialização de e-combustíveis. A fábrica piloto foi oficialmente inaugurada na passada sexta-feira na presença do Prof. Dra. Johanna Wanka, Ministra Alemã da Educação e Pesquisa e do Dr. Hagen Seifert, Diretor de Avaliação Ambiental, Energias Renováveis e Novos Materiais da Audi AG.
A fábrica Sunfire, que trabalha de acordo com o princípio “power-to-liquid”, recorre como matérias-primas ao dióxido de carbono, água e eletricidade. O dióxido de carbono é extraído diretamente do meio ambiente capturando diretamente o ar, uma tecnologia desenvolvida pelos parceiros Suíços da Climeworks.
Num processo em separado, uma unidade de eletrólise alimentada com eletricidade verde decompõe a água em hidrogénio e oxigénio. O hidrogénio reage, então, com o dióxido de carbono em dois processos químicos realizados a 220 graus Celsius e a uma pressão de 25 bar para produzir um líquido energético composto de hidrocarbonetos, denominado por “Blue Crude”. Este processo aumenta a eficiência até 70 por cento.

A fábrica piloto atualmente construída nos terrenos de Dresden-Reick pode produzir diariamente cerca de 160 litros de “Blue Crude”. Cerca de 80 por cento do que pode ser convertido em gasóleo sintético. Este combustível - Audi e diesel - é isento de enxofre e de aromáticos. Também contém um número elevado de cetano, o que significa que se inflama com muita facilidade. As suas propriedades químicas permitem que seja misturado em qualquer proporção com diesel de origem fóssil. Isto significa que pode ser utilizado como um combustível “drop-in”.
A Audi combina duas tecnologias inovadoras neste projeto, que é financiado em parte pelo Ministério Federal Alemão de Educação e Pesquisa, o qual foi precedido por uma pesquisa e desenvolvimento de dois anos: do ar do meio ambiente é capturado CO2 e o processo “power to liquid” para a produção de combustíveis sintéticos. A Audi é a parceira exclusiva na indústria automóvel.
Mesmo antes de a fábrica ser tido inaugurada, o reputado Cleantech Group de San Francisco acrescentou a sunfire GmbH na sua lista das 100 empresas ecotech mais inovadoras em todo o mundo, o “Global Cleantech 100”.
As atividades da Audi no desenvolvimento de combustíveis neutros em CO2, além da parceria com a sunfire, iniciaram-se em 2009. A fábrica de e-gas da Audi em Werlte, na Baixa Saxónia, já produz metano sintético (Audi e-gas) de uma forma similar; os condutores do Audi A3 Sportback g-tron podem abastecer usando um cartão de combustível especial. A Audi também está realizar uma pesquisa conjunta para a produção sintética da Audi e-gasolina com a empresa francesa Global Bioenergies. Também integra um projeto conjunto com a empresa norte-americana Joule para produzir os combustíveis sintéticos Audi e-diesel e Audi e-etanol, com a ajuda de micro-organismos.
Audi fabrica_piloto_de_e-diesel_Copy
O Grupo Audi vendeu 1.575.500 veículos da marca Audi em 2013. A Companhia registou uma receita bruta de € 49.9 mil milhões e um lucro operacional de € 5.03 mil milhões em 2013. A Audi está presente em mais de 100 mercados e produz veículos em Ingolstadt e Neckarsulm (Alemanha), Györ (Hungria), Bruxelas (Bélgica), Bratislava (Eslováquia), Martorell (Espanha), Kaluga (Rússia), Aurangabad (Índia), Changchun (China) e Jacarta (Indonésia). A marca dos quatro anéis produz veículos também em Foshan (China) desde dezembro de 2013, bem como em São José dos Pinhais (Brasil) a partir de 2015 e em San José Chiapa (México) a partir de 2016. Subsidiárias integrais da Audi AG incluem a quattro GmbH (Neckarsulm), Automobili Lamborghini SpA (Sant'Agata Bolognese / Itália) e o fabricante de motos desportivas Ducati Motor Holding S.p.A. (Bolonha / Itália). O Grupo emprega mais de 73.500 colaboradores em todo o mundo, incluindo 52.500 na Alemanha. O investimento total estimado é de cerca de € 22 mil milhões entre 2014 e 2018 - principalmente em novos produtos e na ampliação e na sustentabilidade de novas tecnologias. Paralelamente, a Audi faz jus à sua responsabilidade corporativa estabelecendo como estratégia o princípio da sustentabilidade para os seus produtos e processos de produção. O objetivo final é o de alcançar níveis neutros de CO2 em termos de mobilidade.

 

MARCO FERREIRA COM PARTICIPAÇÃO POSITIVA

 

Marco Ferreira com prova positiva na Taça de Portugal

 

Depois de terem estado grande parte da temporada afastados da competição, Marco Ferreira e Edgar Gonçalves regressaram com o Citroen Saxo no Rali Casinos do Algarve – Taça de Portugal, com a dupla a realizar uma prova bastante positiva.

 

Marco Ferreira e Edgar Gonçalves estreavam algumas novidades no pequeno carro francês, tendo começado a prova algarvia com naturais cautelas.

 

“Entrámos algo cautelosos, primeiro porque nunca tinha andado com uma caixa com estas características e também porque sentia que não tinha ritmo para fazer face à rapidez que exigia o rali, principalmente o segundo troço, onde se atingiram médias superiores a 110 km/h. Era um troço muito rápido e ideal para perceber se a nova caixa era uma mais valia, o que acabou por não se confirmar. O período de paragem traduziu-se numa natural dificuldade em encontrar o andamento certo, e isso refletiu-se nos tempos dos primeiros dois troços”, começou por admitir Marco Ferreira.

 

O piloto de Santiago do Cacém contou que ao longo da prova “deu para ir percebendo o carro e também o comportamento dos pneus cujo composto usámos pela primeira vez nesta prova e que foram uma agradável surpresa. Fomos ganhando confiança e na segunda passagem pelo troço de Lagos conseguimos tirar cerca de meio minuto ao nosso primeiro tempo. Na segunda passagem pela Super Especial não conseguimos melhorar, uma vez que foi efetuada já de noite, mas conseguimos dar algum espetáculo ao público que nos aguardava no interior do Kartódromo”.

 

O piloto que conta com os apoios de Tudóptica, JBJF, TransmissãoSado, Hora D’Impacto, Jorge Amortecedores e Eni prosseguiu dizendo-nos que “no domingo arrancámos bem, fomos sempre com um bom ritmo e não cometemos erros de maior, o que se traduziu em bons tempos. Em algumas zonas das especiais foram evidentes as limitações desta caixa, assim como as do motor, que nas zonas a subir não tinha o rendimento que pretendíamos. Notei que nas zonas mais fluídas dos troços o nosso ritmo era competitivo, mas nas zonas lentas tínhamos grandes dificuldades”.

 

Marco Ferreira finalizou dizendo que “conseguimos chegar ao final do rali que era o principal objectivo e ainda fomos os mais rápidos no Slalom que se disputou no final do Rali e que contou com muito público, pelo que estamos satisfeitos por termos feito uma prova sem problemas, terminando da melhor forma a nossa presença na Taça de Portugal de Ralis. O que conseguimos fazer neste fim de semana deve-se ao apoio dos nossos patrocinadores e à disponibilidade de alguns amigos, aos quais muito agradeço, nomeadamente, ao Pedro Lança, Ricardo Veríssimo, Marcílio Martins, João Vilhena, Miguel Porfírio e Paulo Gamito”.

 

Marco Ferreira e Edgar Gonçalves que realizaram uma prova em crescendo acabariam o Rali Casinos do Algarve na segunda posição entre os Duas Rodas Motrizes do Campeonato de Ralis Sul.

 Marco Ferreira_Pdio_Casinos_do_Algarve_Copy

 

NISSAN É NOTICIA

 

SUCESSO TRIPLO NCAP - O NOVO PULSAR É O TERCEIRO NISSAN A CONQUISTAR A PONTUAÇÃO MÁXIMA EuroNCAP EM 2014

 

 

SUCESSO TRIPLO NCAP - O NOVO PULSAR É O TERCEIRO NISSAN A CONQUISTAR A PONTUAÇÃO MÁXIMA EuroNCAP EM 2014

  • O Novo Pulsar recebeu a classificação de cinco estrelas da organização independente de testes EuroNCAP
  • Pontuação máxima na Protecção de Crianças num teste com manequim simulando 18 meses de idade
  • O Pulsar junta-se aos novos X-Trail e Qashqai nas classificações de cinco estrelas

A Nissan tem reforçado as suas credenciais enquanto marca na qual se pode confiar para oferecer os mais altos níveis de segurança. Ao obter outra classificação de cinco estrelas pela organização independente de testes EuroNCAP, o Pulsar estabelece uma trilogia de classificações de cinco estrelas para a marca apenas algumas semanas após o novo X-Trail e o novo Qashqai terem também sido pontuados com a classificação máxima de segurança de cinco estrelas.


Imagens Relacionadas

Imagens Relacionadas

 

NISSAN TESTA SISTEMA DE GESTÃO DE OFERTA

 

A NISSAN TESTA SISTEMA DE GESTÃO DA OFERTA E DA PROCURA DE ENERGIA UTILIZANDO O SISTEMA "LEAF TO HOME"

 

 

A NISSAN TESTA SISTEMA DE GESTÃO DA OFERTA E DA PROCURA DE ENERGIA UTILIZANDO O SISTEMA "LEAF TO HOME" 

  • A Nissan está a avaliar o potencial dos veículos eléctricos como parte integrante dos sistemas de gestão de energia
  • Em conjunto com autoridades governamentais e empresas parceiras no Japão, a Nissan está a fornecer energia à rede numa base de resposta à procura

A Nissan Motor Corporation começou a testar um sistema para utilizar tecnologia de veículos eléctricos para ajudar as redes eléctricas a lidar com os picos de procura. O sistema de gestão de energia tem ainda o potencial de contribuir para a continuidade de fornecimento durante desastres naturais. Pode também tornar a electricidade a partir de fontes renováveis mais eficiente ao armazenar energia para ser utilizada em períodos de maior procura. A Nissan está a utilizar os seus veículos eléctricos Nissan LEAF e o sistema de alimentação "LEAF to Home" para estes testes em condições reais.


 

APORVELA É NOTICIA

 

A Aporvela  - Associação Portuguesa de Treino de Vela, como é habitual, deslocou-se até à International Sail Training & Tall Ships Conference, cuja edição de 2014 decorreu em La Coruña, Espanha, nos dias 14 e 15 de Novembro.

A Aporvela é membro fundador desta organização mundial de treino de mar e grandes veleiros e, nos últimos anos, vem sendo convidada para apresentar as suas iniciativas à comunidade mundial: este ano participámos na sessão sobre ambiente e conservação marinha e apresentámos as mais recentes ideias da nossa associação numa sessão dedicada às organizações nacionais de treino de mar na qual, entre outros, foi apresentado o projecto “Mar de Oportunidades” que a Fundação Calouste Gulbenkian apoia e que foi muito bem recebido pela comunidade ligada aos grandes veleiros e ao treino de mar.

Paralelamente, apresentámos, através de um pequeno stand promocional, a organização da regata transatlântica The Tall Ships Races 2017 que passará por Sines (local de nascimento de Vasco da Gama) e que será co-organizada pela Aporvela, pela Câmara Municipal de Sines, pela Administração do Porto de Sines e pelo Turismo do Alentejo.

Uma jovem associada da Aporvela, Marta Carvalho Martins, recebeu o prémio de melhor jovem voluntária do ano “em reconhecimento do seu extraordinário contributo através do conhecimento, talento, tempo despendido e dedicação”.

A Aporvela, por seu turno, recebeu das mãos da embaixadora de Omã em Espanha, Sua Alteza Kfaiah bint Khamis bin Myah Al-Rasi e do Comodoro da Marinha Real de Omã Yaqub Al-Kamshki, o prémio Sultan Qaboos Sailing Trophy, entregue a “uma organização de treino de mar por relevantes serviços prestados à juventude”.
Paul Bishop, director da Sail Training International resumiu desta forma o prémio entregue:
“o vencedor do troféu este ano é uma organização verdadeiramente inspiradora que coloca centenas de jovens no mar e em grandes veleiros todos os anos. Desenvolve e apoia programas educativos e organiza eventos de grandes veleiros regularmente, inspirando e juntando Câmaras Municipais, Autoridades portuárias, Agências de Turismo nacionais e regionais, associações de Comércio entre outros stakeholders. Desde 1982, já organizou cinco Tall Ships Races em Portugal e prepara-se para organizar mais dois grandes eventos em 2016 [Lisboa] e 2017 [Sines].
Esta organização multi-facetada opera uma réplica das caravelas do século XV que é tripulada exclusivamente por voluntários. Este ano juntou-se à maior expedição científica nacional no Mar e recrutou jovens e cientistas de todo o país.
Mais de mil pessoas navegaram na caravela este ano.
Ainda encontraram tempo para colocar outros 250 jovens a bordo do Creoula e de outros grandes veleiros, sempre com o objectivo de incluir jovens desfavorecidos, em risco ou de minorias.”Marta premio_STI2014_CopySultanQaboos premio_Aporvela_STI2014_Copy

 

OTR DA GOODYEAR

 

Volvo elege os novos pneus OTR da Goodyear para as suas retroescavadoras

Goodyear RT-5D para pedreiras de mármore em Itália

Os pneus RT-5D, os mais recentes para o segmento Off-The Road (OTR) foram eleitos pela Volvo para o equipamento de série das suas retroescavadoras que se destinam às pedreiras de mármore em Itália. 

Os pneus Goodyear RT-5D com as medidas 875/65R33 são os escolhidos para equipar a Volvo L350F, atualmente a maior retroescavadora disponível entre os fabricantes com uma capacidade de carga até 56 toneladas e um motor com uma potência de 397 Kw (540 hp). O operador que os utiliza é IN.GR.A SRL, uma empresa italiana especializada na extração de mármore. A pedreira de céu aberto dispõe de um enorme túnel por baixo da terra, onde se encontram um dos mais incríveis e conhecidos depósitos de mármore branco.

“Estamos muito satisfeitos pelo fato dos novos pneus Goodyear RT-5D terem sido selecionados para estas máquinas”, comentou Octavian Velcan, Diretor Geral da Goodyear OTR para a EMEA. “Comparando com os RT-5C[1], o novo RT-5D nas medidas 29.5R25, aportam uma melhoria de 25% na capacidade de carga, maior conforto e uma tração melhorada. Estes pneus ajudam os nossos clientes a reduzir o seu Custo Total de Propriedade através da redução dos custos. Para além disso permitem também ao condutor melhores condições no trabalho”.

O pneu Goodyear RT-5D constitui um nível 250 (L5) de tração em condições severas, como por exemplo, nas pedreiras, na utilização de materiais industriais complexos e reciclados assim como em minas a céu aberto ou subterrâneos. O pneu incorpora a tecnologia Hi-Stability, que combina reforços na zona de base, na cintura da carcaça e no fim da tela, resultando numa melhoria na produtividade, uma maior proteção para os flancos em condições adversas e uma mínima deformação. Comparando com o RT-5C, o lançamento anterior ao RT-5D, a medida 29.5R25, proporciona uma carga adicional de 25%, conseguindo um aumento da produtividade e, portanto, da rentabilidade. O pneu RT-5D para retroescavadoras de grande porte está disponível nas medidas 29.5R25 e 875/65R33. Irão ser incluídas medidas adicionais brevemente.

 

Sobre a Goodyear

 

 

A Goodyear é uma das maiores empresas de pneus do mundo. Emprega aproximadamente 69.000 pessoas e fabrica os seus produtos em 51 fábricas em 22 países em todo o mundo. Os seus dois centros de inovação em Akron (Ohio) e Colmar-Berg (Luxemburgo), trabalharam para desenvolver produtos de ponta e serviços que estabeleçam os standards da tecnologia e rendimento na indústria



[1] Baseado em testes internos realizados pela Goodyear no seu Centro de Inovação de Luxemburgo em 2012Goodyear RT-5D_First_Volvo_Fitment_2_CopyGoodyear RT-5D_First_Volvo_Fitment_3_Copy

 

NOVA HONDA CB 125 EM PORTUGAL

 

HONDA CB125F de 2015
CB125F amarelo_CopyCB125F branca_CopyCB125F preto_CopyCB125F vermelho_Copy
A nova CB125F adaptou o estilo "naked" da família CB-F e apresenta uma nova e evoluída ciclística com jantes de 18 polegadas e seis raios. Idealizada para uma utilização diária, este modelo vem equipado com um sistema PGM-FI actualizado e refrigeração por ar, oferecendo um binário forte, a baixa e média rotação, apresentando ainda um veio de equilíbrio para redução de vibrações. A qualidade de construção é elevada e os custos de aquisição e de manutenção são extraordinariamente atractivos e económicos.
1. Introdução
Actualmente uma moto de 125 cm³ tem de ser um modelo multi-facetado. Para alguns, é a forma mais económica para as suas deslocações, tanto em termos de acessibilidade de preço, como de custos de manutenção. Para esses, a moto terá de ser durável, fácil de conduzir e económica: o meio de transporte fundamentalmente mais simples e isento de problemas.
Mas para muitos recém-chegados ao mundo das motos, uma 125 representa o começo da aventura em duas rodas, a sua primeira moto "a sério". Por isso, uma 125 terá de estar à altura e ser tudo e mais ainda que uma moto deve ser: o entusiasmo, a liberdade e o prazer instintivo que as duas rodas acrescentam à vida de todos os dias. Mas, por outro lado, também deve ser fácil de conduzir para um novato, à medida que este aprende e se vai apercebendo das particularidades da condução de uma moto, exibindo uma qualidade de construção que faz sentir orgulho de propriedade e reflecte um estilo que lhe dá credibilidade na estrada.
Informação de Imprensa
Qualquer que seja o fabricante, não podemos ignorar a importância dos recém-chegados ao universo das duas rodas nem da conquista de novos adeptos. Se a primeira experiência for boa, poderá resultar numa dedicação para toda a vida, especialmente se se tiver em conta a progressão do condutor na gama de modelos da marca, à medida que a sua idade e experiência aumentam.
Desde o lançamento da anterior CBF125, a Honda provou ser uma moto de entrada robusta e fácil de conduzir. Para 2015, a nova CB125F apresenta uma nova versão mas mantém os pontos fortes subjacentes ao modelo anterior ou seja, a qualidade e a facilidade de utilização, com um aspecto novo e atraente. É uma moto fantástica que o leva onde é preciso - ou ao começo de uma relação para a vida.
2. Generalidades do Modelo
O estilo da nova CB125F tem grande parecença de família com a bicilíndrica CB500F e a tetracilíndrica CB650F. Uma injecção de atitude "streefighter" agressiva, conjugada com a posição de condução vertical e o guiador largo, oferece controlo excelente.
O quadro em aço totalmente novo oferecendo a rigidez necessária e uma ciclística de geometria reactiva e abrangente para uma condução de confiança. As jantes de 18 polegadas (anteriormente, de 17 polegadas) absorvem as imperfeições da estrada e ajudam à estabilidade, juntamente com a forquilha telescópica e os dois amortecedores traseiros, um de cada lado. A travagem potente mas fácil de aplicar e de controlar pelo condutor novato é fornecida por um sistema hidráulico de pinça e disco à frente com um tambor atrás.
No coração da nova CB125F, a sua alma é o motor monocilíndrico robusto e de injecção de combustível. Este motor foi desenvolvido para oferecer um binário forte a baixa e média rotação, com acelerações vivas e de boas respostas. Em ambiente urbano, a aceleração é rápida e forte, com uma utilização suave e fácil em toda a gama de rotação, graças à inclusão de um veio de equilíbrio. A economia também faz parte dos atributos desta unidade, que exibe sempre um arranque muito fácil, mesmo em situações de más condições atmosféricas, devido à utilização do sistema de alimentação de combustível PGM-FI.
O toque final, a "cereja-no-topo-do-bolo", é que a CB125F de 2015, equipada com uma série de melhorias tecnológicas e repleta da reconhecida tecnologia Honda, vai estar disponível a um preço extremamente competitivo.
Informação de Imprensa
3. Características-chave
3.1 Estilo e Ciclística
No seguimento da actual preferência europeia por motos naked de todas as cilindradas, a CB125F apresenta o mesmo estilo "street" que as suas irmãs maiores, com uma aparência musculada e avançada. As protecções laterais de formato angular estendem-se para a frente a partir do depósito e as carenagens laterais recortadas estreitam-se de forma perfeita, minimizando a diferença na altura entre o condutor e passageiro.
Completando o aspecto agressivo, o farol multi-reflector e o painel de instrumentos são rodeados pela carenagem frontal compacta. Os indicadores de lentes brancas e lâmpadas laranja acrescentam um toque de elegância aos acabamentos.
O motor, o colector e o silenciador de escape, as bainhas da suspensão e as jantes são de cor preta, sublinhando as linhas vivas e a pintura brilhante. Os detalhes subtis a vermelho embelezam as molas dos amortecedores e os logótipos Honda nas tampas do motor. É uma moto fabricada para sobreviver aos rigores atmosféricos da Europa, com um estilo novo, uma qualidade de construção e de acabamentos que contribuem bastante para a satisfação de quem opta por este modelo.
Sendo uma moto que será usada nas deslocações do dia-a-dia, como modelo robusto de aprendizagem para quem só agora chegou ao mundo do motociclismo ou como porta de entrada para outro voos no mundo das motos, a sua posição de condução é vertical e descontraída, com os poisa-pés em posição mais avançada e um guiador mais largo (ligeiramente recuado, com posição de tranca a 45°, tanto para a esquerda, como para a direita), permitindo um controlo óptimo e oferecendo excelente confiança e visibilidade geral ao condutor. O banco tem 775 mm de altura.
O quadro integrado em aço suspende o motor a partir de uma "espinha central" muito robusta e possui uma geometria que oferece o melhor equilíbrio entre conforto e estabilidade de condução a direito, com foco numa direcção de sensibilidade leve e desportiva, a qualquer inclinação. O ângulo da coluna da direcção e o eixo de arraste (trail) são de 26° e 97 mm, respectivamente, numa distância entre eixos de 1.295 mm. O peso em ordem de marcha é de apenas 128 kg.
Os dois amortecedores traseiros possuem 5 níveis de regulação na pré-carga das molas e complementam os 120 mm de curso suave e de qualidade da forquilha; as elegantes jantes de 18 polegadas em alumínio aumentam a estabilidade e a qualidade de condução nos pavimentos irregulares das ruas da cidade. Os pneus têm dimensões de 80/100 à frente e 90/90 atrás. O disco dianteiro de 240 mm possui uma pinça de duplo êmbolo e é complementado pelo tambor traseiro de 130 mm.
A CB125F vai estar disponível em quatro esquemas cromáticos: preto, branco, vermelho e amarelo
Informação de Imprensa
3.2 Motor
O motor de 124,7 cm³ da nova CB125F é refrigerado por ar, alimentado por injecção de combustível, possui arquitectura de 2 válvulas à cabeça (OHC) e é uma unidade comprovadamente robusta e eficiente. O diâmetro e o curso são de 52,4 x 57 mm e a relação de compressão é de 9,2:1. A cabeça do cilindro foi revista para 2015 e a inclusão de um veio de equilíbrio neutraliza as vibrações. A caixa de 5 velocidades oferece uma gama alargada e útil de mudanças. O pico de potência é de 10,5CV (7,8 kW) e chega às 7.750 rpm, com os 10,2 N·m de binário máximo a surgirem às 6.250 rpm.
Mas os números só contam metade da história; a equipa de desenvolvimento centrou a sua atenção na obtenção de um motor que fosse realmente fácil de usar – por outras palavras, que oferecesse um binário forte a baixa e média rotação, com excelentes respostas para acelerações rápidas e vivas logo desde o arranque, como convém a uma moto usada na condução urbana. As respostas do motor e as acelerações estão notoriamente mais fortes.
Os consumos de 1,96 litros/100 km (51,3 km/l), em modo WMTC, permitem autonomias superiores a 600 km por cada depósito de 13 litros de combustível e o sistema PGM-FI usa o mais recente tipo de solenóide, facilitando muito o arranque em temperaturas extremamente frias ou em tempo adverso.
4. Especificações Técnicas
MOTOR
Tipo Monocilíndrico, 4T, 2 válvulas, OHC, refrigeração por ar
Cilindrada 124,7 cm3
Diâmetro x Curso 52,4 mm x 57,8 mm
Taxa de compressão 9,2:1
Potência máxima 10,5 CV (7,8 kW) / 7.750 rpm
Binário máximo 10,2 Nm / 6.250 rpm
Depósito de Óleo 1,0 lt
SISTEMA DE COMBUSTÍVEL
Tipo Injecção electrónica PGM-FI
Depósito do combustível 13 litros
Consumo de combustível 1,96Lt/100 km (51,3 km/l) *
SISTEMA ELÉCTRICO
Arranque Eléctrico
Bateria 12 V/6 AH
Capacidade ACG 202W
TRANSMISSÃO
Embraiagem Multi-disco banhada em óleo
Tipo da transmissão 5 Velocidades
Transmissão final Por corrente
Informação de Imprensa
QUADRO
Tipo Em aço configuração diamante
CICLÍSTICA
Dimensões (CxLxA) 2.035 mm x 765 mm x 1.080 mm
Distância entre eixos 1.295 mm
Ângulo da coluna da direcção 26°
Avanço (trail) 97 mm
Altura do assento 775 mm
Distância mínima ao solo 160 mm
Peso em ordem de marcha 128 kg
SUSPENSÃO
Dianteira Forquilha telescópica de 31mm com curso de 120mm
Traseira Dois amortecedores com 5 níveis de regulação de pré-carga de mola
RODAS
Dianteira Jante de 18” em liga de alumínio com 6 raios
Traseira Jante de 18” em liga de alumínio com 6 raios
Dimensão dos pneus Dianteiro 80/100-18M/C 47P
Traseiro 90/90-18MC/C 51P
TRAVÕES
Dianteiro Disco único de 240 mm com pinça de duplo pistão.
Traseira Tambor de 130mm
INSTRUMENTOS e ELECTRÓNICA
Instrumentos Painel com velocímetro, indicador de combustível e indicação mudança engrenada.
Farol 12V 35W (médio), 35W (máximos)
Todas as especificações apresentadas estão sujeitas a alterações sem aviso prévio
*Consumo de combustível - os dados apresentados são resultados obtidos pela Honda sob condições padronizadas de teste prescritas pela WMTC. Os testes são realizados em estrada plana, com uma versão normal do modelo, apenas com o condutor e sem qualquer equipamento adicional. O consumo de combustível pode variar dependendo da sua condução, da manutenção da moto, das condições climatéricas, das condições da estrada, da pressão dos pneus, da instalação de acessórios, da bagagem, do peso do condutor e do passageiro e outros factores.

 

JLR INTRODUZ JUSTDRIVE

 

JAGUAR LAND ROVER INTRODUZ justDRIVE NO MERCADO,

UMA NOVA APLICAÇÃO PARA SMARTPHONES QUE

UNIFICA A CONECTIVIDADE A BORDO NUMA ÚNICA PLATAFORMA

 

Jaguar Land_Rover_JustDrive_2_CopyJaguar Land_Rover_JustDrive_CopyPortland Facility_Techs_CopyPortland Facility_Virtual_Driving_Copy

 

 

  • A Jaguar Land Rover anuncia a próxima etapa de InControl, a sua plataforma galardoada de informação, entretenimento e conectividade.
  • A empresa CloudCar, com sede em Silicon Valley, desenvolveu a aplicação multiuso de ativação por voz justDrive para integração com o sistema patenteado InControl Apps nos veículos da Jaguar Land Rover.
  • justDrive utiliza um dos pacotes de reconhecimento de voz mais avançados do mundo para proporcionar ao condutor uma interface unificada ativada por voz com uma variedade abrangente de aplicações e serviços, tais como Spotify, Twitter e Yelp.
  • A Jaguar Land Rover inaugura o seu primeiro centro de I + D fora do continente europeu em Portland, Oregon, para o desenvolvimento das tecnologias futuras de informação, entretenimento e conectividade nos seus veículos.

 

A Jaguar Land Rover anunciou o lançamento de justDrive, uma aplicação revolucionária única no mercado que integra diversas aplicações de smartphone numa única plataforma ativada através de instruções por voz.

 

Desenvolvida pela empresa CloudCar™ com sede em Silicon Valley, a Jaguar Land Rover otimizou justDrive para a sua plataforma InControl™, compatível com telefones Apple iOS8 e Android. ‘justDrive for Jaguar Land Rover’ integra aplicações e serviços populares como Spotify, Twitter ou Yelp, entre outros, para proporcionar aos condutores da Jaguar e Land Rover um nível de conectividade sem precedentes em serviços como a navegação, serviços de informação e meios de comunicação, nas interações sociais e pesquisas por voz, reduzindo as distrações do condutor ao mínimo.

 

justDrive irá juntar-se às 17 apps que já se encontram integradas no sistema de informação e entretenimento a bordo InControl Apps da Jaguar Land Rover como o Stitcher, iHeartRadio e Parkopedia. justDrive estará disponível gratuitamente a partir do início de 2015 e irá disponibilizar aos condutores aplicações e serviços sempre atualizados durante a vida útil do veículo.

 

O Dr. Wolfgang Epple, Director of Research and Technology da Jaguar Land Rover, comentou: O nosso sistema InControl já permite ao condutor ligar o seu smartphone ao veículo e controlar de forma segura as suas aplicações através do ecrã táctil do veículo. As aplicações foram otimizadas para utilização a bordo do veículo, pelo que é exatamente como ter um smartphone instalado no tablier.

 

“Com o lançamento de justDrive, o nosso sistema avançado InControl posiciona-se na vanguarda desta tecnologia. O condutor pode passar da utilização táctil de aplicações com uma tarefa específica ao controlo geral de todo o conteúdo através de comandos de voz com linguagem simples ou uma interface táctil”.

 

justDrive utiliza um dos pacotes mais avançados do mundo de reconhecimento de comandos por voz com uma linguagem simples para que os clientes possam comunicar de forma natural com o seu veículo, em vez de utilizarem comandos de sintaxe simples. O sistema inteligente justDrive encarrega-se de encontrar os melhores resultados para as solicitações de um utilizador entre as diversas aplicações e serviços instalados. Desta forma, o condutor não necessita especificar por exemplo em que sistema deverá pesquisar o posto de abastecimento mais próximo, pode simplesmente solicitar a justDrive que lhe indique o percurso.

 

O condutor pode ditar e enviar um tweet ou um SMS dizendo simplesmente: “Diz ao Jorge que vou a chegar tarde”, e justDrive lê o conteúdo da mensagem antes de a enviar. Pode também pedir que reproduza uma canção específica e justDrive irá compreender.

 

Apesar do nosso objetivo ser melhorar significativamente a experiência de condução através de níveis de conectividade sem precedentes, queremos também reduzir as distrações do condutor. Para isto, trabalhámos em estreita colaboração com a equipa da CloudCar para assegurar que justDrive é apropriado para a condução”, complementou o Dr. Epple. “A utilização da linguagem como fator chave, em conjunto com a interface de utilizador simples e nítida de justDrive, significa que apenas é apresentada a informação essencial para ajudar a criar um ambiente seguro, sem distrações na condução.”

 

 

Abertura de um novo centro de investigação tecnológica em Portland

Para suportar o desenvolvimento futuro das tecnologias inovadoras de informação e entretenimento, a Jaguar Land Rover inaugurou as suas primeiras instalações de I + D fora do continente europeu, concretamente em Portland, Oregon.

O Open Software Technology Center, com um custo de 3 milhões de dólares, irá concentrar-se no desenvolvimento e aplicação de tecnologias avançadas de conectividade e liderar o desenvolvimento dos sistemas futuros de informação e entretenimento da Jaguar Land Rover.

As instalações, com uma área de 1.400 m2, dispõem de uma sala multimédia criativa, espaços dedicados à inovação, um laboratório de desenvolvimento e uma oficina para seis veículos. Conta com uma equipa de cerca de 30 especialistas em informação e entretenimento, incluindo 16 engenheiros de software altamente qualificados.

O Dr. Epple comentou: ”O nosso novo Open Software Technology Center irá criar muito mais oportunidades de colaboração para Jaguar Land Rover com algumas das empresas tecnológicas mais inovadoras e pioneiras do mundo.”

A equipa de Portland irá não apenas aumentar as capacidades da nossa equipa de 240 engenheiros de informação e entretenimento no Reino Unido, como irá também desenvolver e liderar projetos de investigação com grandes e pequenas empresas de tecnologia da costa oeste dos E.U.A. Queremos contribuir para o progresso tecnológico que estas empresas inovadoras estão criar e, simultaneamente, beneficiarmos da sua colaboração no desenvolvimento experiências a bordo novas e emocionantes para os nossos clientes.”

Mais informação e imagens e vídeos sobre a Jaguar Land Rover disponível em www.media.jaguarlandrover.com

Mais vídeos em alta resolução em www.broadcast.jaguarlandrover.com

 

 

  • justDrive junta-se às outras 17 aplicações disponíveis no sistema InControl Apps de Jaguar Land Rover: AudioBooks, Calendar, Cityseeker, Contacts, Eventseeker, Hotelseeker, iHeartRadio, Mileage tracker, MobileDay, Music Player, NewsBeat, Parkopedia, News on Board, NPR, Rivet Radio, Stitcher e Sygic.
  • Em 2013, a Jaguar Land Rover foi nomeada Responsible Bu.siness of the Year pela Business in the Community (BITC)
  • Em 2013, a Jaguar Land Rover vendeu 425.006 veículos, o que representou um aumento de 19%. Deste valor, as vendas da Jaguar cifraram-se em 76.668 veículos e as da Land Rover ascenderam a 348.338 veículos.
  • A Jaguar Land Rover irá investir cerca de 3.500 milhões de libras esterlinas na criação de produtos e CAPEX no exercício que termina em março de 2015.
  • A Jaguar Land Rover é um dos maiores exportadores do Reino Unido e 85% das suas receitas procedem das exportações. A companhia tem uma Rede de Concessionários Oficiais com 2.520 distribuidores em 170 países.
  • Nos 12 meses que terminaram a 31 de março de 2013, a Jaguar Land Rover obteve resultados de 1.675 milhões de libras antes de impostos, com receitas de 15.800 milhões de libras.
 

TT NO BRASIL

Rally Rota Sudeste: Após prova de superação, Deyama continua disputando a liderança do Rally Baja


A representante feminina marcou pontos preciosos na reta final da temporada Campeonato Brasileiro de Rally Baja

-Após duas etapas, a piloto Helena Deyama tem provado que o rali não é um esporte só para os homens, mas é também uma modalidade para as mulheres corajosas que gostam de uma boa aventura, sem deixar a feminilidade de lado. A bordo do UTV Polaris, no Rally Rota Sudeste que aconteceu neste final de semana, ela enfrentou com grandeza os aproximados 366 quilômetros entre trechos cronometrados e deslocamentos no carro, exaltando exemplo de garra e perseverança. Mais uma vez, a piloto da Luart Rally/Brasil Off Road se superou ao concluir o rali repleto de dificuldades.

"Fiz um rali excelente, super prazeroso. Entrei para a disputa com ritmo bom e confiante, meu Polaris RZR 800 estava apresentando um bom desempenho, adaptada a temperatura que esteve alta nos dois dias. O conjunto, concentração, preparo físico, entrosamento com o equipamento me deu a compensação de missão bem cumprida. O problema elétrico que o carro teve com apenas 25 km de prova no primeiro dia do Rally foi um susto, muito inesperado. Fiquei triste de não conseguir prosseguir na especial, mas não desanimei, me preocupei em estar pronta para a segunda etapa", contou a determinada piloto Helena.

No 8º Rally Rota Sudeste, Helena conseguiu terminar o rali na vice liderança do Brasileiro de Rally Baja, na categoria Marathon 850cc. "Gosto de rali com desafios de trechos desconhecidos, mas provas como essa com dois dias no mesmo percurso, considero o segundo dia sem surpresas como um treino, onde posso arriscar mais", comemorou Helena.

"Meu objetivo era conquistar o máximo de pontos possíveis para manter a liderança no Campeonato. Mas mesmo com o problema que tive na primeira etapa, pontuei bem no segundo dia e continuamos todos embolados nas três primeiras colocações, todos com chances de conquistar o Campeonato, e o legal é que a disputa final ficou para a ultima etapa" , acrescentou.

Na reta final da temporada do Brasileiro de Rally Baja, a piloto paulista fez elogios ao evento. "Após resolvido o problema na fiação elétrica do UTV, pude curtir plenamente a especial do segundo dia. Os organizadores da prova (Arena Promoções e Eventos) estão de parabéns pela especial rápida e gostosa de acelerar, com muitos saltos, curtindo muito os voos com o carro. A equipe técnica conseguiu levantar um rali com muita variedade de terreno e com muita segurança. Terminei a especial querendo fazê-la de novo, para compensar o que não consegui andar na primeira etapa", enfatizou Helena.

A próxima disputa será o Rally dos Amigos dia 13 de dezembro, na cidade de Avaré, interior paulista, onde serão conhecidos os campeões do Campeonato Brasileiro de Rally Baja 2014.

Helena Deyama conta com patrocínio da Polaris e apoio da Luart Studio e Academia Bio Ritmo.


Classificação do Campeonato Brasileiro de Rally Baja 2014

Categoria UTVs Marathon 850cc


1) Cesar Augusto Herwig - 205 pontos
2) Helena Deyama - 197 pontos
3) André Macedo Corrêa - 196 pontos
4) Rodrigo Cordaro - 147 pontos
5) Rodrigo Faiad - 105 pontos
6) João Ricardo Wolf Campos - 36 pontos



Ney Evangelista/DFotos
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Foram 366 km de roteiro por trilhas de fazendas da região de Lençóis Paulista/SP
Alta | Web

Fábio Davini/DFotos
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Largada da primeira especial do sábado (15/11)
Alta | Web

Doni Castilho/DFotos
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Muitos saltos no percurso dos dois dias do Rota Sudeste
Alta | Web

Fábio Davini/DFotos
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Deyama deu show no Super Prime em Lençóis Paulista
Alta | Web

Fábio Davini/DFotos
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Helena Deyama
Alta | Web

 

GAGO ENCERRA COPA SUZUKI

 

Diogo Gago encerra Copa Suzuki em Madrid

 

Diogo Gago e Jorge Carvalho vão estar nos próximos dias 21 e 22 de Novembro no V Rally da Comunidade de Madrid, derradeira prova da Copa Suzuki Swift Espanha.

 

A jovem dupla portuguesa que este ano apostou igualmente na competição espanhola terá dentro de dias a sua última prova no país vizinho, com esta Rally da Comunidade de Madrid a ser considerado já como uma das provas mais importantes do panorama desportivo espanhol, contando sempre com extensas listas de inscritos e com massiva presença de público, ou não fosse a mesma disputada nos arredores da capital espanhola.

 

Em jeito de antevisão sobre a prova, o jovem piloto que conta com os apoios do Hotel Pedras Rubras, Pedro Pinto Automóveis, Mariscos Galvão e do Município de São Brás de Alportel começou por dizer que “sendo esta prova em Madrid a última da temporada espanhola para nós, gostaríamos de conseguir um bom resultado, de forma a despedirmo-nos da Copa Suzuki da melhor forma.”.

 

Diogo Gago assume ainda assim que “para não fugir à regra, esta é mais uma prova que a nossa concorrência bem conhece, enquanto para nós será uma novidade total. Ainda assim, vamos tudo fazer para que essa desvantagem em termos de conhecimento não se faça sentir e vamos como sempre dar o nosso melhor e procurar um lugar entre os primeiros”.

 

A prova madrilena terá lugar nos próximos dias 21 e 22 de Novembro, com a sexta-feira a contar logo cinco provas especiais de classificação, ficando outras oito por disputar no sábado seguinte. Como particularidade da prova madrilena, a maioria das especiais é disputada já ao final da tarde/noite.picture-36 Copy

 

TT NO BRASIL

Rali: Marcos e Kleber conquistam o primeiro título brasileiro para o X Rally Team

Dupla venceu as duas especiais do último final de semana no Rally Rota Sudeste, em Lençóis Paulista (SP), e não pode mais ser alcançada na pontuação da categoria Protótipos; na Pró-Brasil, navegador da equipe garantiu o bicampeonato

Marcos Baumgart e Kleber Cincea venceram no último final de semana o Rally Rota Sudeste na categoria Protótipos e conquistaram, com uma etapa de antecipação, o título do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country de Velocidade. Piloto e navegador chegaram aos 67 pontos e não podem mais ser alcançados na principal categoria por Marcos Moraes e Du Sachs.

Das 13 provas disputadas até agora (em sete etapas, sendo que o Rally de Barretos, na quarta etapa, teve apenas uma prova realizada), a dupla do X Rally Team venceu seis. Tal desempenho, principalmente na primeira metade da temporada, quando Marcos e Kleber conquistaram quatro vitórias e um terceiro lugar, ajudou a consolidar o título mesmo sem pontuar no Rally dos Sertões.

O Sertões teve três especiais válidas pelo Campeonato Brasileiro, mas como a dupla competiu no principal rali brasileiro em outra categoria - a T1 FIA, com os Ford Ranger V8 - Baumgart e Cincea não tiveram pontos computados na disputa nacional.

É o primeiro título brasileiro de uma das duplas mais longevas do rali nacional. "Só havíamos feito a temporada completa em 2005, quando ficamos com o vice. Depois não chegamos a fazer mais o campeonato todo, apenas algumas provas, sempre procurando testar alguma coisa no carro visando o Sertões, que para nós sempre foi o principal, além do que nossas agendas de trabalho não permitiam", lembrou Marcos. "Mas desta vez teve um sabor especial. Levamos a sério, com muita dedicação e bastante esforço. A concorrência foi muito forte neste ano e a estratégia era ir bem no primeiro semestre porque sabíamos que não iríamos pontuar no Sertões", apontou Baumgart, que pilotou o protótipo X-10 de 320 cavalos preparado pelo X Rally Team.

"Via de regra o Brasileiro sempre nos serviu como preparação para o Sertões; era - e é - o melhor laboratório que há. Mas acima de tudo, disputar a temporada toda, em diferentes estados, diferentes pisos... Foi cross country na essência, e isso foi muito legal. O título reflete toda a evolução que a equipe teve, desde a parte técnica aos detalhes. Todos os integrantes se dedicam 100%, vivem do time e pelo time, e nesta temporada tivemos um entrosamento que foi bonito de se ver", destacou Kleber Cincea.

O título, segundo a dupla, veio para coroar o ano de trabalho do X Rally Team, uma das equipes mais tradicionais do fora-de-estrada brasileiro. O time, que tem 15 anos de experiência no Rally dos Sertões, foi eleita a melhor equipe do rali em 2014.

Mais um - Beco Andreotti, que há 15 anos navega ao lado de Cristian Baumgart no Rally dos Sertões pelo X Rally Team, disputa regularmente o campeonato brasileiro ao lado do piloto Lucas Moraes. E no final de semana o navegador garantiu o título da categoria Pró-Brasil, o que somado à conquista de 2013 na categoria Protótipos rende à dupla o bicampeonato brasileiro.

O desempenho de Lucas e Beco, que conquistaram o título pelo segundo ano consecutivo a bordo do protótipo Sherpa, foi avassalador: até então, a dupla venceu todas as etapas do campeonato - exceto no Sertões, em que Beco terminou em terceiro lugar no geral ao lado de Cristian no Ford Ranger V8 da categoria T1 FIA, enquanto Lucas fazia parte da organização do evento - e somente no Rally Rota Sudeste não teve desempenho 100%. Foi uma vitória na primeira prova e o abandono da segunda com um problema técnico no carro. Foram 81 pontos somados.

"Foi muito bacana e fico feliz em ter contribuído para o sucesso da dupla. Mais contente ainda fico pelo Marcos e pelo Kleber, que também garantiram o título na categoria Protótipos. É um excelente fechamento de ano, em que só evoluímos, e pode apostar que no ano que vem viremos mais fortes", afirmou Beco.


A equipe X Rally Team é patrocinada por Center Norte e Vedacit, com apoios Arai e GoPro

Conheça a equipe em: www.xrallyteam.com.br


E também no Instagram: @xrallyteam



Angelo Savastano
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Com o X-10, Baumgart e Cincea conquistaram o primeiro título brasileiro
Alta | Web

Gustavo Epifânio/Fotoarena
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Foram seis vitórias em 13 provas disputadas nas sete etapas até agora
Alta | Web

Jonne Roriz/Fotoarena
Clique na imagem para fazer o Donwload...
"Título mostra a evolução que a equipe teve neste ano", resumem Marcos e Kleber
Alta | Web

Arquivo Pessoal
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Beco Andreotti (esq) chegou ao bi ao lado do piloto Lucas Moraes na Pro Brasil
Alta | Web

Ricardo Leizer/Fotoarena
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Em agosto, X Rally Team foi escolhida a melhor equipe do Rally dos Sertões
Alta | Web

 

NOVO MOTOR PARA OPEL ADAM

 

Novo motor 1.0 Turbo relança a gama Opel ADAM

Pouco mais de um ano volvido sobre o primeiro arranque, a gama ADAM ganha renovada competitividade com a estreia do muito aguardado motor 1.0 Turbo da nova geração de motores da Opel. Esta motorização, com 115 cv de potência, cumpre com a norma de emissões Euro 6 e eleva a fasquia em matéria de refinamento entre os motores de três cilindros, garantindo níveis de ruído e vibrações extremamente baixos. Igualmente baixos são os consumos médios, que se fixam em apenas 4,9 l/100 km. Com a apresentação do citadino ‘fashion’ ADAM, em 2013, a Opel alargou as fronteiras da individualização do automóvel e entrou na faixa de mercado dos modelos citadinos, que não tem cessado de crescer nos últimos anos. De dimensões compactas, o ADAM mede quase 3,70 metros de comprimento e 1,72 metros de largura. Tratando-se de um moderno dois volumes com três portas, este ‘mini’ da Opel ajusta-se idealmente aos ambientes urbanos. Mas a sua dinâmica de condução evidencia-se também fora da cidade, já que a conceção de componentes-chave como o chassis e a direção pôs a tónica no prazer da condução e na agilidade.  (...)

 

   -

 

João Raposo

Telemóvel: +351 961 686 867
E-mail: jraposo-air@portugalmail.pt