CAMPEONATO NACIONA DE CLÁSSICOS

 

O Autódromo Internacional do Algarve, recebe o último Racing Weekend do ano e promete muita a animação e um programa de luxo, com os Campeonatos Nacionais de Clássicos, Clássicos 1300 e Legends e terem aqui os derradeiros confrontos de 2017.

1ª corrida CNCC + CNCC 1300

João Macedo e Silva (Porsche 911 RSR) partiu da pole-position e chegou em primeiro, sem grande stress à curva um. Do mesmo não se podia vangloriar Joaquim Jorge, pois completamente colado à traseira do Ford Escort, vinho outro carro idêntico, o de Rui Alves, que tentava a todo o custo passar para segundo. Neste grupo discutiam-se os H75.

Joaquim Soares (Lotus ELan) era o melhor H71. Alexandre Guimarães (Lotus Elan) era o líder do Grupo 5 e trazia Jorge Cruz (BMW 323i), o líder dos H81, a cobiçar a quinta posição da geral.

João Macedo e Silva seguiu para a box com um furo e baixou para último. Mesmo assim regressava à prova e ainda recuperava até ao sexto posto final.

Joaquim Jorge ganhava distância sobre Rui Alves e os dois primeiros estavam já confortáveis.  Lá mais atrás, o terceiro posto era muito discutido. Alexandre Guimarães comandava o Gr5, e era terceiro, depois de passar Joaquim Soares. Jorge Cruz e Rómulo Mineiro faziam parte deste grupo.

Pouco depois Alexandre Guimarães rumava para a box na sequência de um toque, que lhe danificava a roda traseira esquerda e de lá já não saía.

Joaquim Soares passava para terceiro e mantinha-se de pedra e cal na frente dos H71. Rómulo Mineiro (Ford Escort MKII) era quarto e passava a comandar o Grupo 5.

Jorge Cruz não se contentava com o quinto posto e passava Rómulo Mineiro, José Artur Teixeira (Austin Mini) aproveitava para se juntar à “liça”.

Entretanto com a corrida a aproximar-se do fim, Joaquim Jorge e Luís Alves estavam definitivamente nas posições da frente e eram os melhores H71.

Jorge Cruz dava o tudo por tudo, no que lhe restava de corrida, recuperava o terceiro posto e ganhava os H81, com Rómulo Mineiro a cortar a meta como vencedor do Grupo 5, a três décimas. José Artur era segundo do Grupo 5, um segundo e meio depois.

João Macedo e Silva era sexto, à frente de Duarte Fraga (Ford Escort MKII), Pedro Serrador (BMW 323i), vencedor do Grupo 1. No Grupo 3 Gonçalo Jordão (Porsche 928) era o vencedor.

portimao cncc jjorge Joaquim Jorge (Ford Escort) portimao cncc lotus Alexandre Guimarães (Lotus Elan) potimao podium cncc Pódium

CNCC 1300

Arnaldo Marques (Datsun 1200) era o melhor dos 1300 e simultaneamente dos H71 neste Campeonato.

Filipe Nogueira  (Morris Mini 1275GT) à terceira volta aproxima-se de Marques Luís Alegria (Datsun 1200) tinha-se atrasado, mas não perdia a liderança dos H75. Com a corrida a meio estava a 39 centésimas de Nogueira e na volta seguinte passava-o.

A fase final da corrida era marcada pelo ritmo mais forte de Luís Alegria, que pressionava Arnaldo Marques e à sétima volta passava a comandar o Campeonato 1300.

Arnaldo Marques era segundo, seguido por Filipe Nogueira, João Braga (Datsun 1200), Fernando Charais (datsun 120Y) e José Fafiães (Datsun 1200).

portimao cncc alegria Luís Alegria (Datsun 1200) portimao cncc1300 marques Arnaldo Marques (Datsun 1200)