In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player
Joomla! Slideshow

VELO CAB2012


CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 - VALVOLINE - JC GROUP

 

 

RAMPA SERRADA ESTRELA

 

Bastidores

 

 

Fotos de JoFOX 7643_CopyFOX 7644_CopyFOX 7655_CopyFOX 7657_CopyFOX 7659_CopyFOX 7661_CopyFOX 7664_CopyFOX 7665_CopyFOX 7670_CopyFOX 7671_CopyFOX 7676_CopyFOX 7671_CopyFOX 7680_CopyFOX 7673_CopyFOX 7681_CopyFOX 7682_CopyFOX 7683_CopyFOX 7684_CopyFOX 7688_CopyFOX 7689_CopyFOX 7691_CopyFOX 7695_CopyFOX 7696_CopyFOX 7699_CopyFOX 7700_CopyFOX 7702_CopyFOX 7703_CopyFOX 7704_CopyFOX 7705_CopyFOX 7707_CopyFOX 7709_CopyFOX 7710_CopyFOX 7711_CopyFOX 7712_CopyFOX 7713_CopyFOX 7714_CopyFOX 7715_CopyFOX 7716_CopyFOX 7718_Copyão Raposo Photography - www.velocidadeonlione.com

 

LUIS NUNES PERDE TITULO DE CAMPEAO DE 2016

LUIS NUNES PERDE TITULO DE CAMPEÃO DE 2016

 

 

Campeonato Nacional de Montanha 2016
 
 
Na sequência do processo disciplinar nº. 01/2017 afecto ao licenciado Luís Filipe Paulo Nunes e do consequente acórdão proferido pelo Conselho de Disciplina no dia 12 de Junho de 2017 e publicado como habitualmente no site da FPAK, informamos que as classificações finais do Campeonato Nacional de Montanha 2016 sofreram alterações no que ao Campeonato Absoluto, Categoria 4 e Grupo TRF diz respeito, conforme mapas em anexo.  
 
Salientamos desta forma que o Campeão Nacional de Montanha 2016 na categoria 4 e Grupo TRF passa a ser agora: Joaquim Belmiro Alves de Oliveira Teixeira. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Comunicado 063/2017-FPAK Lisboa, 28 de Julho 2017

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 - VALVOLINE - JC GROUP

 

RAMPA DA FALPERRA

 

Grupo de imagens como ficou o BRC dum piloto espanhol apósFOX 6729_CopyFOX 6731_CopyFOX 6732_CopyFOX 6733_CopyFOX 6735_CopyFOX 6736_CopyFOX 6738_CopyFOX 6740_CopyFOX 6742_CopyFOX 6744_CopyFOX 6746_CopyFOX 6748_CopyFOX 6752_CopyFOX 6754_Copy um "encontro imediato " com os rails de protecção.

 

Fotos de João Raposo Photography - www.velocidadeonline.com

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 - VALVOLINE - JC GROUP

 

RAMPA DA FALPERRA

 

O GELADO DE JOÃO FONSECA

 

DeFOX 6764_CopyFOX 6765_CopyFOX 6766_CopyFOX 6767_CopyFOX 6768_CopyFOX 6769_Copypois da derradeira subida da rampa da Falperra, e ter retirado o capacete, João Fonseca "atirou-se" logo a este gelado, conforme imagens anexas.....

 

Fotos de João Raposo Photography - www.velocidadeonline.com

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 - VALVOLINE - JC GROUP

 

RAMPA DA FALPERRA - GALERIA DE IMAGENSFOX 6516.JPG1_CopyFOX 6517.JPG1_CopyFOX 6520.JPG1_CopyFOX 6521.JPG1_CopyFOX 6522_CopyFOX 6524.JPG1_CopyFOX 6528_CopyFOX 6549_CopyFOX 6550_CopyFOX 6552_CopyFOX 6550_CopyFOX 6553_CopyFOX 6555_CopyFOX 6562_CopyFOX 6565_CopyFOX 6566_CopyFOX 6567_CopyFOX 6568_CopyFOX 6569_CopyFOX 6570_CopyFOX 6571_CopyFOX 6573_CopyFOX 6574_CopyFOX 6575_CopyFOX 6576_CopyFOX 6578_CopyFOX 6580_CopyFOX 6581_CopyFOX 6582_CopyFOX 6583_CopyFOX 6584_CopyFOX 6585_CopyFOX 6586_CopyFOX 6587_CopyFOX 6588_CopyFOX 6589_CopyFOX 6590_CopyFOX 6592_CopyFOX 6593_CopyFOX 6594_CopyFOX 6597_CopyFOX 6599_Copy

 

 NOS BASTIDORES

 

Mais um grupo de imagens dos bastidores da Rampa da Falperra.

 

Fotos de João Raposo Photography - www.velocidadeonline.com

 

 

GALERIA DE IMAGENS - RAMPA DE MURÇA

GALERIA DE IMAGENS

 

CAMPEONATO NACIOANL DE MONTANHA 2017 - VCALVOLINE - JC GROUP

 

RAMPA DE MURÇA

 

Pódios

 

Fotos de João Raposo Photography - www.velocidadeonline.comFOX 1951_Copy_CopyFOX 1952_CopyFOX 1953_Copy_CopyFOX 1954_Copy_CopyFOX 1955_Copy_CopyFOX 1956_Copy_CopyFOX 1957_Copy_CopyFOX 1958_Copy_CopyFOX 1959_Copy_CopyFOX 1960_Copy_CopyFOX 1961_Copy_CopyFOX 1962_Copy_CopyFOX 1963_Copy_CopyFOX 1964_Copy_CopyFOX 1966_Copy_CopyFOX 1967_Copy_CopyFOX 1968_Copy_CopyFOX 1969_Copy_CopyFOX 1970_Copy_CopyFOX 1974_Copy_CopyFOX 1975_Copy_CopyFOX 1976_Copy_CopyFOX 1977_Copy_CopyFOX 1978_Copy_CopyFOX 1981_CopyFOX 1983_CopyFOX 1986_CopyFOX 1987_CopyFOX 1988_CopyFOX 1989_CopyFOX 1990_CopyFOX 1993_CopyFOX 1995_CopyFOX 1996_CopyFOX 1997_Copy

 

GRUPO DE IMAGENS - RAMPA DE MURÇA

GALERIA DE IMAGENS

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 - VALVOLINE - JC GROUP

 

RAMPA DE MURÇA

 

Pódios

 

Fotos de João Raposo Photograpphy - www.velocidadeonline.comFOX 1901_Copy_CopyFOX 1904_Copy_CopyFOX 1905_CopyFOX 1907_Copy_CopyFOX 1908_Copy_CopyFOX 1909_Copy_CopyFOX 1910_Copy_CopyFOX 1911_Copy_CopyFOX 1912_Copy_CopyFOX 1913_CopyFOX 1915_Copy_CopyFOX 1917_Copy_CopyFOX 1918_Copy_CopyFOX 1919_Copy_CopyFOX 1920_Copy_CopyFOX 1922_CopyFOX 1922_CopyFOX 1924_CopyFOX 1926_Copy_CopyFOX 1927_Copy_CopyFOX 1928_Copy_CopyFOX 1931_Copy_CopyFOX 1933_Copy_CopyFOX 1934_Copy_CopyFOX 1936_Copy_CopyFOX 1938_Copy_CopyFOX 1940_Copy_CopyFOX 1941_Copy_CopyFOX 1944_Copy_CopyFOX 1945_Copy_CopyFOX 1948_Copy_CopyFOX 1950_Copy_Copy

 

GALERIA DE IMAGENS - RAMPA DE MURÇA

GALERIA DE IMAGENS

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 - VALVOLINE- JC GROUP

 

RAMPA DE MURÇA

 

Grupo de imagens de uma das descidas na rampa de Murça

 

Fotos de JoFOX 1829_CopyFOX 1830_CopyFOX 1831_CopyFOX 1832_CopyFOX 1833_CopyFOX 1834_CopyFOX 1835_CopyFOX 1836_CopyFOX 1837_CopyFOX 1838_CopyFOX 1839_CopyFOX 1840_Copyão Raposo Photography - www.velocidadeonçline.com

 

GRUPO DE IMAGENS - RAMPA DE MURÇA

GALERIA DE IMAGENS

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 - VALVOLINE - JC GROUP

 

RAMPA DE MURÇA

 

GrFOX 1788_CopyFOX 1789_CopyFOX 1790_CopyFOX 1791_CopyFOX 1792_CopyFOX 1793_CopyFOX 1794_CopyFOX 1795_CopyFOX 1796_CopyFOX 1797_CopyFOX 1798_CopyFOX 1799_CopyFOX 1800_CopyFOX 1801_CopyFOX 1802_CopyFOX 1803_CopyFOX 1804_CopyFOX 1805_CopyFOX 1807_CopyFOX 1808_CopyFOX 1809_CopyFOX 1810_CopyFOX 1811_CopyFOX 1812_CopyFOX 1813_CopyFOX 1814_CopyFOX 1815_CopyFOX 1816_CopyFOX 1817_CopyFOX 1818_CopyFOX 1819_CopyFOX 1820_CopyFOX 1821_CopyFOX 1822_CopyFOX 1823_CopyFOX 1824_CopyFOX 1826_CopyFOX 1827_CopyFOX 1828_Copyupo de imagens duma das descidas dos participantes.

 

Fotos de João Raposo Photography - www.velocidadeonline.com

 

GALERIA DE IMAGENS - RAMPA DE MURÇA

GALERIA DE IMAGENS

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANAH 2017 - VALVOLINE - JC GROUP

 

RAMPA DE MURÇA

 

Mias uma serie de imagens duma das subidas da Rampa de Murça

 

Fotos de JoFOX 1757_CopyFOX 1758_CopyFOX 1759_CopyFOX 1760_CopyFOX 1761_CopyFOX 1762_CopyFOX 1764_CopyFOX 1765_CopyFOX 1766_CopyFOX 1767_CopyFOX 1768_CopyFOX 1769_CopyFOX 1770_CopyFOX 1771_CopyFOX 1773_CopyFOX 1774_CopyFOX 1775_CopyFOX 1776_CopyFOX 1777_CopyFOX 1779_CopyFOX 1780_CopyFOX 1781_CopyFOX 1782_CopyFOX 1783_CopyFOX 1785_CopyFOX 1786_CopyFOX 1787_Copyão Raposo Photography - www.velocidadeonline.com

 

GALERIA DE IMAGENS - RAMPA DE MURÇA

GALERIA DE IMAGENS

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 - VALVOLINE - JC GROUP

 

RAMPA DE MURÇA

 

Mais imagens das subidas da Rampa de Murça

 

Fotos de João Raposo Photography - www.velocidadeonline.comFOX 1717_CopyFOX 1718_CopyFOX 1719_CopyFOX 1720_CopyFOX 1721_CopyFOX 1722_CopyFOX 1723_CopyFOX 1724_CopyFOX 1725_CopyFOX 1726_CopyFOX 1727_CopyFOX 1728_CopyFOX 1729_CopyFOX 1730_CopyFOX 1731_CopyFOX 1732_CopyFOX 1735_CopyFOX 1736_CopyFOX 1737_CopyFOX 1738_CopyFOX 1739_CopyFOX 1740_CopyFOX 1741_CopyFOX 1742_CopyFOX 1743_CopyFOX 1744_CopyFOX 1745_CopyFOX 1746_CopyFOX 1747_CopyFOX 1748_CopyFOX 1749_CopyFOX 1750_CopyFOX 1755_CopyFOX 1756_Copy

 

GALERIA DE IMAGENS - RAMPA DE MURÇA

GALERIA DE IMAGENS

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 - VALVOLINE - JC GROUP

 

Rampa de Murça

 

Fotos de JoFOX 1674_CopyFOX 1675_CopyFOX 1676_CopyFOX 1677_CopyFOX 1678_CopyFOX 1679_CopyFOX 1680_CopyFOX 1681_CopyFOX 1682_CopyFOX 1684_CopyFOX 1685_CopyFOX 1686_CopyFOX 1687_CopyFOX 1688_CopyFOX 1689_CopyFOX 1690_CopyFOX 1692_CopyFOX 1693_CopyFOX 1694_CopyFOX 1695_CopyFOX 1696_CopyFOX 1697_CopyFOX 1698_CopyFOX 1699_CopyFOX 1700_CopyFOX 1701_CopyFOX 1702_CopyFOX 1703_CopyFOX 1704_CopyFOX 1706_CopyFOX 1707_CopyFOX 1708_CopyFOX 1709_CopyFOX 1710_CopyFOX 1711_CopyFOX 1712_CopyFOX 1713_CopyFOX 1714_CopyFOX 1715_CopyFOX 1716_Copyão Raposo Photography - www.velocidadeonline.com

 

GALERIA DE IMAGENS - RAMPA DE MURÇA

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 - VALVOLINE - JC GROUP

 

GALERIA DE IMAGENS

 

RAMPA DE MURÇA

 

Grupo de imagens relativas  à FOX 1788_CopyFOX 1789_CopyFOX 1790_CopyFOX 1791_CopyFOX 1792_CopyFOX 1793_CopyFOX 1794_CopyFOX 1795_CopyFOX 1796_CopyFOX 1797_CopyFOX 1798_CopyFOX 1799_CopyFOX 1800_CopyFOX 1801_CopyFOX 1802_CopyFOX 1803_CopyFOX 1804_CopyFOX 1805_CopyFOX 1807_CopyFOX 1808_CopyFOX 1809_CopyFOX 1810_CopyFOX 1811_CopyFOX 1812_CopyFOX 1813_CopyFOX 1814_CopyFOX 1816_CopyFOX 1817_CopyFOX 1818_CopyFOX 1819_CopyFOX 1820_CopyFOX 1821_CopyFOX 1822_CopyFOX 1823_CopyFOX 1824_CopyFOX 1825_CopyFOX 1827_CopyFOX 1828_CopyFOX 1830_CopyFOX 1831_CopyFOX 1833_CopyFOX 1835_CopyFOX 1836_CopyFOX 1837_CopyFOX 1839_CopyFOX 1840_Copy primeira descida da Rampa de Murça , na manha de domingo.

 

Fotos de João Raposo Photography - www.velocidadeonline.com

 

GALERIA DE IMAGENS - RAMPA DE MURÇA

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 - VALVOLINE - JC GROUP

 

RAMPA DE MURÇA

 

Grupo de imagens da primeira subida da Rampa de Murça.

 

Fotos de JoFOX 1340_CopyFOX 1341_CopyFOX 1342_CopyFOX 1343_CopyFOX 1344_CopyFOX 1345_CopyFOX 1346_CopyFOX 1348_CopyFOX 1349_CopyFOX 1350_CopyFOX 1351_CopyFOX 1352_CopyFOX 1353_CopyFOX 1354_CopyFOX 1355_CopyFOX 1356_CopyFOX 1357_CopyFOX 1358_CopyFOX 1359_CopyFOX 1360_CopyFOX 1361_CopyFOX 1362_CopyFOX 1363_CopyFOX 1364_CopyFOX 1365_CopyFOX 1366_CopyFOX 1368_CopyFOX 1369_CopyFOX 1370_CopyFOX 1371_CopyFOX 1372_CopyFOX 1373_CopyFOX 1374_CopyFOX 1375_CopyFOX 1376_CopyFOX 1378_CopyFOX 1379_CopyFOX 1380_Copyão Raposo Photography - www.velocidadeonline.com

 

PARCIDIO SUMMAVIELLE PODERÁ PARAR DE CORRER

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 VALVOLINE - JC GROUP

 

PARCIDIO SUMMAVIELLE PODE PARAR DE CORRER ESTA ÉPOCA

 

Embora nada ainda esteja confirmado a nivel oficial,  Parcidio Summavielle, poderá não participar nas duas provas que faltam do Campeonato Nacional de  Montanha,as Rampas da Senhora da Graça e Boticas,  isso motivado por afazeres politicos.Assim soubemos, que o piloto de Fafe está envolvido com uma força politica que irá participar nas próximas eleições autárquias, e na altura em que irão decorrer estas provas, está a decorrer ao mesmo tempo o periodo de campanha, daí o motivo para esta possivel ausencia.FOX 1633_Copy

 

GALERIA DE IMAGENS - CIRCUITO DO ESTORIL

GALERIA DE IMAGENS

 

CIRCUITO DO ESTORIL - NOS BASTIDORES

 

Foto de João Raposo Photogrpahy - www.velocidadeonline.comFOX 3760_CopyFOX 3763_CopyFOX 3765_CopyFOX 3768_CopyFOX 3770_CopyFOX 3773_CopyFOX 3776_CopyFOX 3773_CopyFOX 3776_CopyFOX 3781_CopyFOX 3784_CopyFOX 3784_CopyFOX 3792_CopyFOX 3800_CopyFOX 3806_CopyFOX 3809_CopyFOX 3810_CopyFOX 3816_CopyFOX 3820_CopyFOX 3821_CopyFOX 3822_CopyFOX 3822_CopyFOX 3826_CopyFOX 3827_CopyFOX 3830_CopyFOX 3831_CopyFOX 3832_CopyFOX 3833_Copy

 

CARLOS OLIVEIRA E HELDER SILVA NO PÓDIO EM MURÇA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

RAMPA DE MURÇA

 

CARLOS OLIVEIRA E HELDER SILVA NO PÓDIO EM MURÇA

 

Agora é que se poderá dizer que Carlos Oliveira já trata o seu BMW, “por tu”, pois desta feita na Rampa de Murça, sexta prova do calendário do Campeonato Nacional de Montanha, acabaria por vencer a sua categoria, de forma bem determinada, sempre muito concentrado, não cometendo erros.

 

Logo na primeira subida de treinos seria o autor do 18º tempo à geral com 2.40.782, para na subida seguinte fazer 2.38.943, mostrando aos seus adversários que estava ali para vencer.Na derradeira subida de treinos, ainda faria um tempo melhor com 2.38.904.Animado com estes tempos e com as prestações do carro, Carlos Oliveira apostou fortemente nas subidas de prova, e se assim pensou, assim concretizou, fazendo logo na primeira subida o tempo de 2.38.199.Não muito satisfeito dizia-nos “ penso que posso fazer melhor, gostaria de vencer aqui na Rampa de Murça na minha categoria “.

 

A verdade é que o piloto da Póvoa de Varzim não se fez rogado e rubricou um tempo fabuloso de 2.34.454, para na derradeira subida obter 2.35.058.Depois de colocar o BMW no parque fechado, descreveu-nos como foi o fim de semana “ ganhei, melhor não poderia ter corrido, o carro esteve impecável, e isso viu-se logo pelos tempos obtidos que dizem tudo.Rapidamente encontramos o “set-up” adequado para esta rampa, que gosto muito.Depois foi concentração máxima, e os resultados estão à vista.Estou cada vez mais adaptado ao carro, foi a minha 3ª victória com o BMW, quero dedicar este resultado à minha mulher que me acompanha sempre nas provas, assim como toda a equipa da Power House, o meu muito obrigado “

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL TROFÉU NACIONAL DE CLÁSSICOS

 

1º CARLOS OLIVEIRA – BMW

2º Fernando Salgueira – Ford Escort

3º Ricardo Louteiro – Ford Escort

4º Rui Gama – Volkswagen Type 14

 

 

Quanto à participação de Helder Silva ao volante do Juno, acabaria por obter uma posição no pódio em termos de categoria.De referir que o Juno chegou à Rampa de Murça, sexta prova do Campeonato Nacional de Montanha com novas especificações técnicas com o intuito de poder melhorar a sua competividade, onde  Helder Silva não teve tempo de testar estas novas soluções técnicas.Mas logo nas subidas de treinos, Helder Silva ao volante do Juno rubricaria os tempos de 2.16.525 e 2.13.918, para na derradeira subida fazer 2.16.628.

 

Sem nunca baixar os braços, Helder Silva atacou a 1ª subida de prova fazendo um tempo fabuloso de 2.15.142, para na subida seguinte melhorar ainda mais com 2.13.749, para na derradeira subida alcançar um tempo de 2.13.961.

 

No final, depois de sair do carro, respirou um pouco e disse-nos logo “ o carro está muito melhor, o meu objectivo para esta prova era o 2º lugar, mas tal não foi possivel.Tenho ainda muito trabalho pela frente, esta 3ª posição já foi uma pequena reconpemsa, mas vamos continuar a trabalhar no carro, para que melhore ainda mais nas duas próximas provas na Sra da Graça e Boticas “.

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL

 

1º Pedro Salvador – Silver Car

2º Paulo Ramalho – Osella

3º HELDER SILVA -.JUNOFOX 1387_CopyFOX 1560_Copy

 

GALERIA DE IMAGENS - RAMPA DE MURÇA

GALERIA DE IMAGENS

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 - VALVOLINE - JC GROUP

 

O final de mais uma prova.

 

Fotos de João Raposo Photography - www.velocidadeonline.comFOX 1855_CopyFOX 1856_CopyFOX 1857_CopyFOX 1858_CopyFOX 1859_CopyFOX 1860_CopyFOX 1861_CopyFOX 1862_CopyFOX 1863_CopyFOX 1864_CopyFOX 1867_CopyFOX 1868_CopyFOX 1870_CopyFOX 1871_CopyFOX 1872_CopyFOX 1874_CopyFOX 1875_CopyFOX 1877_CopyFOX 1878_CopyFOX 1880_CopyFOX 1882_CopyFOX 1883_CopyFOX 1885_CopyFOX 1886_CopyFOX 1888_CopyFOX 1889_CopyFOX 1890_CopyFOX 1891_CopyFOX 1892_CopyFOX 1893_CopyFOX 1894_CopyFOX 1895_CopyFOX 1897_Copy

 

PARCIDIO SUMMAVIELLE COM MAIS UM PÓDIO EM MURÇA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

 

RAMPA DE MURÇA

 

PARCIDIO SUMMAVIELLE COM MAIS UM  PÓDIO EM MURÇA

 

Uma vez mais o Datsun 240 Z de Parcidio Summavielle esteve em destaque ao conseguir alcançar uma posição no pódio na rampa de Murça, sexta jornada do Campeonato Nacional de Montanha, organizado sob a égide do Cami.

 

O piloto de Fafe, logo nas subidas de treinos começou por fazer os tempos de 2.43.499, para na subida seguinte atingir um crono de 2.41.367, para na derradeira subida ficar pelos 2.43.971.

 

Para as subidas de prova, Parcidio Summavielle passou “ao ataque”, e faria logo nesta primeira subida  um tempo de 2.40.133, para de seguida conseguir melhorar um pouco mais com 2.39.945, finalizando com 2.41.394.Na chegada, depois de tirar o capacete, começou por nos dizer “ correu bem, mas tive alguns problemas com os pneus, cuja escolha não foi a mais adequada para este traçado da rampa de Murça.Mesmo assim fui o 1º da classe, e 3º da categoria”.

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL

 

1º José Pedro Gomes – Ford Escort

2º Flávio Sainhas – Ford Escort

3º PARCIDIO SUMMAVIELLE – DATSUN 240 ZFOX 1635_Copy

 

JOAQUIM RINO COM BOM RESULTADO EM MURÇA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

RAMPA DE MURÇA

 

JOAQUIM RINO COM BOM RESULTADO EM MURÇA

 

Um 1º Lugar na classe foi o resultado alcançado por Joaquim Rino no passado fim de semana na Rampa de Murça, sexta prova do Campeonato Nacional de Montanha, organizada sob a égide do Cami.

 

Esta participação por parte de Joaquim Rino ao volante do seu BRC CM 05 Evo não estava prevista, mas quando o piloto teve a oportunidade, aproveitou a mesma da melhor maneira, como nos afirmou “ não podia falhar, pois é uma rampa que gosto muito de participar” Logo nas subidas de treinos seria o autor dos tempos de 2.22.935, para de seguida fazer 2.23.226 e 2.24.611 na derradeira de treinos. Nas três subidas de prova, meteu “mãos à obra”, e faria logo um exclente crono com 2.18.640, para depois obter 2.18.842, terminando com 2.18.630.

 

Após ter subido ao pódio para receber o seu troféu começou logo por nos dizer “não correu mal, o carro não deu problemas. O que deu problemas foram os pneus que já fizeram bastantes provas e por isso não estão nas melhores condições e não me permitiram fazer melhor. De qualquer maneira esta prova não constava no meu plano de participação, mas no geral foi um bom resultado, e agora a minha próxima participação será na Rampa de Boticas, já que na Rampa da Senhora da Graça estarei ausente por razões profissionais”.

 

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL CATEGORIA 1

 

1º Pedro Salvador – Silver Car

2º Paulo Ramalho – Osella

3º Helder Silva – Juno

4º JOAQUIM RINO – BRC CCM 05 EVO

 

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL CLASSE CM

 

1º JOAQUIM RINO – BRC CM 05 EVO

2º Nuno Guimarães – BRC CM 02

 FOX 1746_Copy

 

JOSÉ PEDRO GOMES VENCEU EM MURÇA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

RAMPA DE MURÇA

 

JOSÉ PEDRO GOMES VENCEU EM MURÇA

 

José Pedro Gomes ao volante do seu já habitual Ford Escort, foi o brilhante vencedor da Rampa de Murça  no passado fim de semana,  sexta prova do calendário do campeonato Nacional de Montanha.

 

Depois dos problemas com que se debateu na prova anterior na Rampa do Caramulo, José Pedro Gomes vinha determinado para vencer, e se assim pensou, assim concretizou, pois logo nas subidas de treinos seria o autor de excelentes tempos, com 2.33.639, para na segunda  subida não chegar a terminar, isso fruto de alguns problemas no desempenho do Ford Escort.Mesmo assim na derradeira subida de treinos o piloto- advogado faria o tempo de 2.34.782.Querendo vencer, José Pedro Gomes faz a sua aposta, e dá o máximo, sempre muito concentrado, e assim conseguiu impor a sua lei, e fez na primeira suibida de prova o melhor tempo da sua categoria com 2.30.175, para na subida seguinte fazer de novo 2.30.564, para na ultima subida ficar pelos 2.31.173.

 

No final fez-nos o balanço “ correu bem, tivemos na sessão de treinos um pequeno problema, que foi rapidamente solucionado, o que me permitiu logo fazer o melhor tempo da categoria em todas as subidas de prova, conseguinto atingir o objectivo que era vencer.Graças a este resultado, consegui consolidar a liderança no campeonato em termos de categoria, o que é  exceçlente, pois o objectivo seguinte será a obtenção do titulo de Campeão, embora ainda faltem duas provas para terminar.Por outro lado, os meus mais directos adversários estão com um andamento fabuloso, não dando qualquer tipo de trégua, por isso não posso cometer qualquer tipo de erro”.

 

Quanto ao objectivo da obtenção do titulo,  José Pedro Gomes acrescentou “ esse é o meu objectivo, mas ainda é cedo para se falar nisso, temos de ir de prova em prova, e volto a recordar que ainda faltam as rampas da Senhora da Graça e Boticas para terminar, e muita coisa pode acontecer.Agora depois deste periodo de férias, há que começar a preparar a proxima prova que será a rampa da Senhora da Graça, para uma vez mais podermos lutar pela vitória”, disse-nos.

 

 

CLASSIFICAÇÃO CAMPEONATO NACIONAL DE CLÁSSICOS DE MONTANHA

 

1º JOSÉ PEDRO GOMES – FORD ESCORT

2º Flávio Sainhas – Ford Escort

3º Parcidio Summavielle – Datsun 240 Z

 FOX 1617_Copy

 

RAMPA DE MURÇA

 

Pedro Salvador dominou a Rampa Porca de Murça e dessa forma fez o pleno em pontuações, que o colocam a três pontos da liderança do Campeonato.

O que inicialmente parecia ser uma prova vitória difícil, acabou por ser uma vitória mais  simples. “Gosto muito deste traçado, dou-me bem nesta rampa, mas só isso não chega. Pode ser suficiente se estivermos a lutar com armas iguais, mas não é o caso. À partida o Silver Car perderia para o Osella, com chassis mais eficiente  e muito melhor aerodinâmica, por isso, a desistência do Rui Ramalho, acabou por tornar mais fácil o nosso desempenho.” Começa por explicar o Campeão Nacional de Montanha em título.

Mas a presente vitória começou a desenhar-se nas semanas precedentes, pois “o motor foi completamente revisto e o problema que nos impediu de vencer anteriormente, parece estar finalmente solucionado. Em Murça, o Silver Car esteve irrepreensível e devo-o ao trabalho desenvolvido pela marca e pela minha equipa, que me permitiram ganhar e reforçar a minha aposta em andar na frente e desenvolver o EF10. Por fim, gostaria de dar os meus sinceros parabéns ao Paulo Ramalho, pelo segundo lugar conseguido”. Rematou Pedro Salvador.

000 1470 Pedro Salvador (Silver Car EF 10)

 

RICARDO LOUREIRO COM PÓDIO EM MURÇA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

RAMPA DE MURÇA

 

RICARDO LOUREIRO COM PÓDIO EM MURÇA

 

Um excelente 3º lugar na estreia, foi a posição obtida por Ricardo Loureiro no passado fim de semana na rampa de Murça, sexta prova do Campeonato Nacional de Montanha organizada siob a égide do Cami.

 

O piloto do Caramulo Racing Team, começou logo nos subidas de treinos por fazer um tempo de 2.44.824 e 2.44.601.A tentar adaptar-se às inumeras tipos de curvas diferentes na rampa de Murça, Ricardo Loureiro procurou nas subidas de prova obter melhores cronos, fazendo logo na primeira subida o tempo de 2.41.450, para na seguinte baixar de forma considerável com 2.39.042, para encerrar “em beleza” com 2.39.368.

 

Depois de ter subido ao pódio, Ricardo Loureiro fez-nos o balanço desta jornada dizendo “correu bem, esta foi a   minha  estreia nesta rampa, que tem que se lhe diga, é muito gira, com curvas para todos os gostos, mas para se andar depressa tem de se conhecer bem…senão.Tentei fazer o melhor possivel, e o que estava ao meu alcance, com a obtenção do 3º lugar na categoria.Estou satisfeito, penso que melhor era impossivel, e se arriscasse mais, o final poderia ser outro….Consegui pontuar com vista ao Campeonato, o carro esteve bem, agora vamos para um periodo de férias, e em Setembro estamos de regresso para a Rampa da Senhora da Graça “

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL

 

1º Carlos Oliveira – BMW

2º Fernando Salgueiro – Ford Escort

3º RICARDO LOUREIRO – FORD ESCORT

4º Rui Gama – Volkswagen Type

 FOX 1574_Copy

 

RAMPA DE MURÇA

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 - VALVOLINE - JC GROUP

 

RAMPA DE MURÇA

 

Grupo de imagens referentes aos bastidores e parque de assistencia.

 

Fotos de JoFOX 1156_Copy_CopyFOX 1157_Copy_CopyFOX 1158_Copy_CopyFOX 1159_Copy_CopyFOX 1160_Copy_CopyFOX 1161_Copy_CopyFOX 1162_Copy_CopyFOX 1163_Copy_CopyFOX 1164_Copy_CopyFOX 1165_Copy_CopyFOX 1166_Copy_CopyFOX 1167_Copy_CopyFOX 1168_Copy_CopyFOX 1169_Copy_CopyFOX 1170_Copy_CopyFOX 1171_Copy_CopyFOX 1172_Copy_CopyFOX 1173_Copy_CopyFOX 1174_Copy_CopyFOX 1175_Copy_CopyFOX 1176_Copy_CopyFOX 1177_Copy_CopyFOX 1178_Copy_CopyFOX 1179_Copy_CopyFOX 1180_Copy_CopyFOX 1181_Copy_CopyFOX 1182_Copy_CopyFOX 1183_Copy_CopyFOX 1184_Copy_CopyFOX 1185_Copy_CopyFOX 1186_Copy_CopyFOX 1187_Copy_CopyFOX 1188_Copy_CopyFOX 1189_Copy_CopyFOX 1190_Copy_CopyFOX 1191_Copy_CopyFOX 1192_Copy_CopyFOX 1193_Copy_CopyFOX 1194_Copy_CopyFOX 1195_Copy_CopyFOX 1196_Copy_CopyFOX 1197_Copy_CopyFOX 1198_Copy_CopyFOX 1201_Copy_CopyFOX 1202_Copy_CopyFOX 1203_Copy_Copyão Raposo Photography - www.velocidadeonline.com

 

RAMPA DE MURÇA

 

Gonçalo Manahu em “dia não”

O Campeão Nacional de Montanha da Categoria Dois não conseguiu ir além do segundo posto da categoria, na Rampa da Porca de Murça.

Gonçalo Manahu começou bem. “No sábado acho que fiz um bom tempo, encontrei boas condições e rodei em 2m 16,953s, que me colocou como o melhor não protótipo.”

No domingo tudo foi inexplicavelmente diferente. “Não consigo entender os tempos conseguidos. Bastava-me manter o andamento do dia anterior para ganhar, mas acabei por piorar substancialmente no Domingo. Já estive a ver as imagens, deu para ver onde perdi, mas não consigo entender o porquê, o carro aparentemente estava bom, por isso só consigo explicar o mau resultado pelo meu mau desempenho.”

Gonçalo Manahu, vira a gora as atenções para Mondim de Basto, onde se vai disputar a próxima prova, em Setembro.

000 1637 Gonçalo Manahu (Porsche 997 GT3) 

 

FERNANDO SALGUEIRO DE NOVO NO PÓDIO

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

 

RAMPA DE MURÇA

 

FERNANDO SALGUEIRO DE NOVO NO PÓDIO EM MURÇA

 

Fernando Salgueiro ao volante do seu Ford Escort subiu ao pódio no passado fim de semana na Rampa de Murça, sexta prova do Campeonato Nacional de Montanha.Sempre na busca da vitória, Fernando Salgueiro começou logo ao ataque nas subidas de treinos, conseguindo fazer os tempos  de 2.40256, para logo de seguida rubricar um cromo de 2.39.479.Na primeira subida de prova, Fernando Salgueiro faria um excelente cromo com 2.36.978, para depois fazer 2.42.785 e 2.37.824.No final, antes de subir ao pódio para receber os seus prémios, começou por nos dizer “ correu bem, mas não fiz o suficiente para conseguir bater o BMW do Carlos Oliveira, que diga-se de passagem que estavam muito rápidos, quase diria imbativeis.Na segunda subida de prova, acabei por abusar dos pneus, e fruto disso o cronometro ressentiu-se, mesmo assim foi uma jornada positiva, consegui fazer todas as subidas, cheguei ao fim, e consegui pontuar com vista ao campeonato, por isso dentro do possivel estou satisfeito “.

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL – TROFÉU NACIONAL DE CLÁSSICOS DE MONTANHA

 

1º Carlos Oliveira – BMW

2º FERNANDO SALGUEIRO – FORD ESCORT

3º Ricardo Loureiro – Ford Escort

4º Rui Gama – VolkswagenFOX 1584_CopyFOX 1585_Copy

 

RAMPA DE MURÇA

 

Teve lugar no passado fim-de-semana, em Murça, a 6ª prova do Campeonato Nacional de Montanha 2017.

Tal como se adivinhava, o calor marcou uma vez mais presença, com as temperaturas a ultrapassarem os 30º C, o que dificultou a tarefa dos Pilotos e das suas Equipas, bem como as mecânicas dos carros para ultrapassarem com distinção as inúmeras e fantásticas curvas deste traçado. O Team PRMiniracing não foi excepção, sendo obrigado a encontrar forma de ultrapassar mais este desafio.

RUI RAMALHO # OSELLA PA2000 EVO2 (E2-SC) # 102
 
Rui Ramalho depois de 3 vitórias em 5 possíveis e líder do Campeonato, apresentava-se nesta prova com o único objectivo de lutar pela vitória. Assim, com esse objectivo em mente, o Piloto do Porto e sua Equipa, prepararam uma vez mais esta prova com o afinco que lhes é reconhecido, mesmo tendo em conta que o traçado sinuoso em questão não era dos mais favoráveis ao Osella PA2000 EVO2.

No sábado, durante as 2 subidas de treinos Rui Ramalho e os elementos técnicos da sua Equipa levaram a cabo diversos ajustes de suspensão, com o intuito de melhorarem o "grip" do seu Osella que reagia bruscamente às irregularidades do traçado, trabalho esse bem sucedido, permitindo ao piloto melhorar substancialmente o seu tempo na 1ª subida de prova de sábado, ficando acerca de 2,5 segundos do melhor registo e destacado na 2ª posição provisória para as 2 derradeiras subidas de prova de Domingo. Com diversas situações de pilotagem a melhorar da sua subida de sábado, tudo estava em aberto para recuperar esses preciosos segundos e com isso uma vez mais lutar freneticamente pela vitória, infelizmente, no arranque para a subida matinal de "warm up" de Domingo, um percalço técnico no motor do Osella PA2000 EVO2 impediram por completo Rui Ramalho de levar a cabo a sua restante prova. Foi um final prematuro e inglório, mas que neste desporto infelizmente faz parte do mesmo.

"Obviamente que esta percalço me deixou agastado por me impedir de lutar uma vez mais pela vitória, ainda para mais num traçado que mesmo não sendo o mais adequado ao meu Osella me agrada bastante. Assim sendo, este resultado nulo deste fim-de-semana será para já o resultado que colocarei fora das contas do Campeonato, uma vez que dos 8 resultados possíveis, apenas 7 serão contabilizados nas contas finais. Mesmo assim mantenho a liderança do Campeonato, agora com uma vantagem escassa de 3 pontos, o que faz com que as 2 derradeiras provas que restam realizar após este interregno de férias sejam encaradas por mim com uma redobrada atenção. Felizmente os traçados da Sr.ª da Graça e de Boticas são do meu inteiro agrado, onde o ano passado andei muito bem. Gostaria ainda de enaltecer o árduo trabalho levado a cabo pela minha Equipa na tentativa de recuperar no local a avaria do motor, mas que por motivos de segurança e fiabilidade do motor, em conjunto, decidimos não arriscar a dispendiosa unidade motriz do PA2000 EVO2. Regressaremos mais fortes com certeza após este interregno para férias e mais motivados do que nunca para lutar pelas vitórias !"

alt
Best of Rui Ramalho
PAULO RAMALHO # OSELLA PA21S EVO (CN) # 103
 
Paulo Ramalho apresentou-se nesta prova com o objectivo de lutar mais uma vez por um dos lugares do pódio e depois de uma 1ª subida de treinos tradicionalmente cautelosa, o Piloto mais velho da PRMiniracing solicitava à sua Equipa idênticas alterações de suspensão no seu Osella PA21S EVO, já que o mesmo tinha reacções bruscas à irregularidade do traçado e às suas bermas pronunciadas. Após estes ajustes, Paulo melhorou imediatamente o seu tempo na subida de treinos seguinte, ascendendo à 4ª posição provisória, posição essa que manteria na derradeira subida de prova de sábado, deixando-o a menos de 8 décimas de segundo da 3ª posição, o que deixava tudo em aberto para Domingo a tentativa de alcançar o seu objectivo pessoal. Infelizmente o percalço técnico no Osella do seu irmão Rui logo na manhã de Domingo, deixavam o piloto e mentor da PRMiniracing bastante agastado com a situação, preocupado e concentrado no trabalho que os técnicos da sua Equipa desenvolviam na tentativa de recuperar o motor do Osella do seu irmão, fazendo com que o seu desempenho passasse para 2º plano. Estes momentos de stress afectaram indiscutivelmente a sua performance na 2ª subida de prova, deixando-o agora acerca de 9 décimas de segundo da 2ª posição. Para a derradeira subida de prova e após ter em conjunto com a sua Equipa decidido não arriscar a vida útil da unidade motriz do Osella do seu irmão, Paulo tinha agora duas possibilidades, ou manter o ritmo desmotivado que apresentou durante grande parte de Domingo ou "virava o jogo" e lutava arduamente pela 2ª posição…

"Efectivamente foi um fim-de-semana bastante duro para mim, pois em termos pessoais não estou preparado fisicamente à data para suportar de uma forma confortável os esforços laterais que este traçado impõem ao Osella PA21S EVO, causando-me desconforto físico e com isso a natural reacção de ser mais lento. A somar a este handicap pessoal e que esperemos seja rapidamente ultrapassado, o facto ocorrido com o meu irmão desconcentrou-me por completo, desmotivando mesmo a minha participação para a derradeira subida de prova, contudo e depois de um momento muito pessoal de introspecção conclui que tinha como obrigação pessoal demonstrar ao meu irmão e restante Equipa de que são nestes momentos de adversidade que nos deveremos reerguer e lutar por aquilo que pretendemos alcançar, portanto, foi em modo de superação pessoal que levei a cabo a derradeira subida de prova, com um esforço físico para além daquilo que estava preparado, mas que me permitiu alcançar a 2ª posição, retirando cerca de 3,5 segundos ao tempo anterior, batendo inclusive o meu record pessoal neste traçado. Este resultado é dedicado ao meu irmão e a toda a Equipa que trabalharam uma vez mais arduamente, servindo-lhes como exemplo de resiliência, luta e superação. Com este resultado, reforcei a minha 3ª posição no Campeonato, o que me deixa bastante satisfeito. Parabéns ao vencedor, Pedro Salvador e ao meu adversário directo, Hélder Silva, pela disputa aguerrida pela 2ª posição proporcionada.  Agora é tempo de trabalhar afincadamente na manutenção dos Osella´s para as 2 derradeiras provas que faltam disputar em Setembro e no que respeita a mim, regressar ao ginásio para fortalecer o corpo e já agora a mente para a recta final do Campeonato que se adivinha imprópria para cardíacos."

alt
On Board Paulo Ramalho
alt
Best of Paulo Ramalho

 

FLAVIO SAINHAS NO PÓDIO DA CATEGORIA EM MURÇA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

 

RAMPA DE MURÇA

 

FLÁVIO SAINHAS NO PÓDIO DA CATEGORIA EM MURÇA

 

Novo pódio para Flávio Sainhas,que ao volante do seu Ford Escort no passado fim de semana na Rampa de Murça, sexta prova do Campeonato de Montanha, onde o piloto da Covilhã, recolheu importantes pontos com vista ao campeonato.

 

O piloto da Covilhã bem tentou a vitória, mas uma série de situações não lhe permitiram atingir esse objectivo, mesmo assim Flávio Sainhas faria nas subidas de treinos os tempos de 2.50.551 e 2.34.982, para na ultima subida chegar aos 2.34.666.Animado com estes tempos Flávio Sainhas esteve confiante que poderia lutar pela vitória, e se assim pensou, rapidamente passou à acção, e faria nas subidas de provas os tempos de 2.34,206, 2.34.218 e 2.35.259, tempos excelentes, mas insuficientes para conseguir bater o Ford Escort de José Pedro Gomes.

 

No final Flávio Sainhas contou-nos aquilo que foi o fim de semana, dizendo “ fiz o que estava ao meu alcance, correu bem, mas tive muitos problemas com os pneus, cuja aderencia não era a mais indicado para o piso da rampa de Murça, pois escorregava muito, e com isso perdia tempo.Assim este “jogo” de pneus vai para o lixo, tal o estado em que ficaram que nem servem para treinos.O carro esteve bem, dei o meu melhor, mas temos de ser realistas , o carro do José Pedro Gomes é qualquer coisa de fabuloso , mas nada é impossivel……É dificil,  mas não impossivel, e já tivemos provas disso . Mesmo assim, e tendo em conta, foi um fim de semana positivo, correu bem, consegui uma boa pontuação para o campeonato e  estou de novo no pódio “.

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL CAMPEONATO NACIONAL DE CLÁSSICOS

 

1ºJosé Pedro Gomes – Ford Escort

2º FLÁVIO SAINHAS – FORD ESCORT

3º Parcidio Summavielle – Datsun 240 Z

 FOX 1278_CopyFOX 1279_Copy

 

LEONEL BRAS SEM SORTE EM MURÇA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

RAMPA DE MURÇA

 

LEONEL BRAS SEM SORTE EM MURÇA

 

Não haja duvida que a prova de Leonel Bras ao volante do seu Citroen AX no passado fim de semana na Rampa de Murça foi para esquecer, pois o motor partido foi o suficiente, para que não  pudesse continuar em prova,  na sexta jornada do Campeonato Nacional de Montanha.

 

Logo nas subidas de treinos, Leonel Brás ao volante do competitivo Citroen AX, faria logo os tempos de 3.02.591 e 2.48.639.Só que depois, antes de fazer a primeira subida de prova, ao fazer a descida o piloto de Murça notou que algo de estranho se passava com o carro em termos de comportamento.Chegado junto da sua equiipa, logo verificou que o motor estava partido.A equipa ainda tentou resolver a situação para que o AX alinhasse nas subidas de domingo, mas acabou pro não ser bem sucedida, pois havia componentes que não foram encontrados, e perante esse facto nada mais restou do que a desistencia.

 

Muito desapontado dizia-nos “ foi na realidade “um galo “ de todo o tamanho, estava tudo ok, queria aqui “ vingar” a ultima prova, mas ainda não  foi desta…..e assim fiquei bem longe dos objectivos pretendidos, foi pena, mas as corridas tem destas situações, com a qual temos de saber viver….”05 30_59_Copy

 

GALERIA DE IMAGENS - RAMPA DE MURÇA

GALERIA DE IMAGENS

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

RAMPA DE MURÇA

 

Nos bastidores e no parque de assistencia da Rampa de Murça.

 

Fotos de JoFOX 1126_Copy_CopyFOX 1127_Copy_CopyFOX 1128_Copy_CopyFOX 1129_Copy_CopyFOX 1130_Copy_CopyFOX 1131_Copy_CopyFOX 1132_Copy_CopyFOX 1133_Copy_CopyFOX 1134_Copy_CopyFOX 1135_Copy_CopyFOX 1136_Copy_CopyFOX 1137_Copy_CopyFOX 1138_Copy_CopyFOX 1140_Copy_CopyFOX 1141_Copy_CopyFOX 1142_Copy_CopyFOX 1144_Copy_CopyFOX 1145_Copy_CopyFOX 1146_Copy_CopyFOX 1147_Copy_CopyFOX 1148_Copy_CopyFOX 1149_Copy_CopyFOX 1150_Copy_CopyFOX 1151_Copy_CopyFOX 1152_Copy_CopyFOX 1153_Copy_CopyFOX 1154_CopyFOX 1155_Copy_Copyão Raposo Photography - www.velocidadeonline.com

 

PÓDIO ESCAPA POR POUCO A PEDRO CARVALHO EM MURÇA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

RAMPA DE MURÇA

 

PÓDIO ESCAPA POR POUCO A PEDRO CARVALHO EM MURÇA

 

Foi por pouco que Pedro Carvalho não subiu ao pódio em termos de categoria no passado fim de semana na Rampa de Murça, sexta prova do Campeonato Nacional de Montanha, isto logo na sua segunda aparição ao volante do seu Citroen AX, que não se fez rogado em termos de andamento nas famosas curvas de Murça.

 

Ainda numa fase de adaptação ao carro, depois, da complicada estreia na Rampa Serra da Estrela, desta feita o piloto de Vila Real mais confiante com o carro, apostou, e logo na primeira subida de treinos faria o tempo de 3.02.489, para de imediato na segunda subida obter 2.59.823, para continuar a melhor na terceira subida com 2.52.748.Mas a primeira subida de treinos não foi assim muito fácil, pois não conseguiu fazer melhor do que 2.57.259, para logo de seguida conseguir atingir o crono de 2.53.257.Na derradeira subida faria o tempo de 2.52.525.

 

Após ter saido do carro, e ter retirado o capacete, Pedro Carvalho respirou fundo e disse-nos logo “ correu bem, agora sim , o carro está melhor do que esteve na Rampa da Covilhã.Penso que se poderia ter feito um pouco melhor, se eu tivesse uma maior adaptação ao Citroen AX, o que infelizmente não foi o caso.Deu já para mostrar um pouco da sua competividade, mas há ainda uma série de melhoramentos a fazer,e penso que estão concluidos antes do final da época na Rampa de Boticias, podendo eventualmente marcar presença na Rampa da Senhora da Graça, onde ainda não tenho a certeza .Estou satisfeito com o resultado aqui obtido, foi por pouco que não fui ao pódio da categoria, mas tenho de admitir que era dificil bater o Toyota Starlet do Torres da Silva, isso pelo actual estado de prepação do meu Citroen AX, mas estou plenamente convencido que nas próximas provas terei carro para assim poder aspirar a uma posição no pódio “.

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL

 

TAÇA NACIONAL DE MONTANHA 1300

 

1º Armando Freitas – Toyota Starlet

2º Francisco Leite – Fiat PuntoFOX 1538_Copy

3º Torres da Silva – Toyota Starlet

4º PEDRO CARVALHO – CITROEN AX

 

ANTÓNIO TORRES DA SILVA NO PÓDIO EM MURÇA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

 

RAMPA DE MURÇA

 

ANTÓNIO TORRES DA SILVA NO PÓDIO EM MURÇA

 

 

De regresso ao Campeonato Nacional de Montanha, António Torres da Silva terminou  com mais um pódio logo na sua estreia na Rampa de Murça, sexta prova do calendário, que decorreu no passado fim de semana.

 

 

 

Logo na sessão de treinos o piloto do Toyota Starlet vermelho começou com algumas cautelas, fazendo logo um tempo de 2.56.137, para logo de seguida  fazer 2.52.155, para na derradeira subida conseguir melhorar um pouco com 2.51.826.Nas subidas de prova, António Torres da Silva mais confiante, rubricaria os cronos de 2.53.360, 2.50.730, para na ultima subida de prova ser autor dum “tempo canhão” com 2.48.894, o que lhe deu o natural acesso a uma posição no pódio em termos de categoria.

 

Após ter estacionado o Starlet começou logo por nos dizer “  foi muito bom, na realidade nas duas primeiras subidas de treinos foram feitos com um certo cuidado, pois eu não conhecia o traçado da rampa.Mas depois em cada subida feita, os meus tempos melhoraram sempre, o carro esteve impecável, sem problemas de maior, e logicamente que estou satisfeito “, disse-nos.

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL CATEGORIA

 

1º Armando Freitas – Toyota Starlet

2º Francisco Leite – Fiat Punto

3º ANTÓNIO TORRES DA SILVA – TOYOTA STARLETFOX 1525_Copy

 

RAMPA DE MURÇA

 

Francisco Marrão esteve endiabrado em Murça!

 

A sexta jornada do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline, que no passado fim-de-semana teve lugar em Trás-os-Montes na conhecida Vila de Murça, teve grandes momentos de grande animação, revelando-se como uma óptima propaganda para a modalidade. Muito calor e bastante público receberam toda a caravana que deu corpo à Rampa Porca de Murça 2017.

Francisco Marrão optou por alinhar na Categoria 4, em detrimento da 5 onde competiu até ao Caramulo e em boa hora o fez, já que o piloto de Vila Real foi uma das figuras em destaque nesta prova, conseguindo excelentes tempos e um magnífico segundo lugar final com o SEAT Leon Supercopa, preparado e assistido pela Speedy Motorsport.

“Estou muito feliz com o que consegui este fim-de-semana aqui em Murça. Entrei para uma categoria onde há adversários, emoção e disputas. Assim é fácil um piloto motivar-se e andar cada vez melhor. Bati o meu tempo do ano passado, fui sempre rápido e consistente e no final o segundo lugar foi um prémio muito justo para todos nesta equipa. Estava um pouco descontente com o desenrolar do campeonato até agora, mas desta forma fico com vontade que Mondim de Basto chegue depressa. O meu carro esteve sempre óptimo, deu-me também ele confiança e por isso foi possível chegar aos resultados que consegui. Apesar de já me sentir muito à vontade com o SEAT, acredito que ainda tenho muito mais para tirar do carro e estou certamente no bom caminho para que isso aconteça dentro em breve.” Adiantou  Marrão.

Após numa pausa para retemperar forças, o campeonato regressa ao activo a 09 e 10 de Setembro, para disputar a Rampa da Senhora da Graça em Mondim de Basto.

 a638 Copy

 

 

RAMPA DE MURÇA

 

Joaquim Teixeira vence em toda a linha!


A Rampa Porca de Murça, sexta prova do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline 2017, disputou-se no passado fim-de-semana e constituiu uma jornada animada, marcada pelo bom tempo. Com o aproximar do final do campeonato, todas as tiradas são decisivas e esta não fugiu à regra, com excelentes lutas nas diversas categorias e campeonatos a dar um brilho especial à prova transmontana.

Para Joaquim Teixeira a passagem pelas famosas curvas de Murça, não poderia ter corrido melhor, com o triunfo inequívoco do homem da casa, em todas as frentes em que esteve envolvido. O piloto do Renault Megane Trophy V6, levou a melhor nos Turismos e na Categoria 5, cujo título já lhe pertence, garantindo um excelente resultado de conjunto.

“Correu tudo muito bem no que diz respeito aos resultados conseguidos, que me permitiram concretizar todos os objectivos para esta prova disputada no “meu quintal”. No entanto não foi fácil, já que um ligeiro toque na segunda subida de treinos de Sábado, provocou danos numa das rodas da frente, afectando a direcção e isso impediu-me de fazer a primeira subida de prova. A equipa conseguiu reparar o carro para Domingo, mas ficamos com a obrigação de completar as duas subidas de prova para nos classificarmos e isso, constituiu uma pressão extra que felizmente conseguimos superar com distinção. Fiquei muito satisfeito com este resultado e sobretudo com a vitória nos Turismos, que me deixa em boa posição para discutir o título até ao final.” Disse Joaquim Teixeira.

O campeonato entra agora em tempo de férias, regressando a 09 e 10 de Setembro para disputar a Rampa da Senhora da Graça em Mondim de Basto.a637 Copy

 

RAMPA DE MURÇA

 

João Sousa cumpriu objetivos na Rampa Porca de Murça

 

Apostado em ganhar experiência ao volante do SEAT León Mk2, João Sousa regressou ao Campeonato Nacional de Montanha e saiu satisfeito da tradicional Rampa Porca de Murça. Problema mecânico no sábado condicionou evolução ao longo do fim-de-semana.

 

Depois de ter disputado as rondas de Portimão e Vila Real do Campeonato Nacional de Velocidade de Turismos, João Sousa sentiu necessidade de acumular quilómetros em competição ao volante do SEAT León, encontrando na Rampa Porca de Murça a oportunidade ideal para disputar um evento com forte tradição na sua região-natal. O piloto de Vila Real só por uma vez tinha disputado uma prova de Montanha, a Rampa da Penha de 2012, mas o principal problema encontrado em Murça foi uma anomalia eletrónica que afetou o SEAT durante todo o dia de sábado.

 

Apenas durante a noite de sábado para domingo foi possível resolver o problema em definitivo, com João Sousa a mostrar depois uma rápida evolução nas restantes subidas oficiais, conseguindo o tempo de 2m27.980s na derradeira subida de prova. Apesar de não estar inscrito no CNM, o tempo global de prova de João Sousa daria ao piloto do SEAT um lugar muito próximo do top-10 na geral absoluta.

 

“De uma forma geral os objetivos desta participação foram cumpridos”, referiu João Sousa no final. “No sábado o carro fazia rotação mas não tinha a correspondente resposta do turbo, algo que era originado por um problema eletrónico. No domingo melhorei logo o meu tempo no warm up e depois fui sempre mais rápido em cada subida oficial. Ainda havia margem de progressão e poderia ter sido mais rápido mas aquele tempo perdido no sábado condicionou a nossa prova. Acima de tudo pude aprender ainda mais sobre o estilo de pilotagem do carro, sobretudo em estradas estreias como estas, onde necessariamente ganhamos maior traquejo”, apontou o líder da categoria TCR2 do CNVT.

 

“Tenho que agradecer à minha família, aos amigos que me apoiaram durante rampa e também a toda a equipa Garagem Veiga Competição”, concluiu João Sousa, que agora terá um interregno até à próxima prova da Velocidade nacional, agendada para os dias 2 e 3 de Setembro no Circuito Vasco Sameiro, em Braga.000 1012_Copy000 1580_Copy

 

RAMPA DE MURÇA

 

Manuel Correia sagra-se bicampeão nacional de Montanha

 

A Rampa Porca de Murça confirmou o segundo título consecutivo de Manuel Correia na Categoria 4 do Campeonato Nacional de Montanha. O piloto do Ford Fiesta R5+ acumulou mais um triunfo na sua época mas teve de ultrapassar um problema mecânico no sábado.

A tradicional rampa transmontana foi o palco da consagração para Manuel Correia e o Ford Fiesta R5+, que já tinham demonstrado ser o binómio mais forte da Categoria 4 ao acumularem cinco vitórias nas cinco provas anteriores.

 

Em Murça, o piloto bracarense teve de ultrapassar um contratempo mecânico logo na primeira subida de treinos, contando depois com o trabalho e ajuda da equipa ARC Sport rumo a nova vitória na categoria e ao desejado título de bicampeão nacional.

 

“A caixa de direcção do carro partiu 400 metros depois do arranque da primeira subida de treinos”, revelou Manuel Correia. “Isto obrigou o Augusto Ramiro (diretor da ARC Sport) a viajar logo desde Aguiar da Beira com uma nova caixa de direcção que a equipa montou ainda no sábado, permitindo-me fazer a primeira subida oficial. Depois no domingo de manhã foquei-me em completar a segunda subida que precisava para ganhar a categoria”.

Manuel Correia destacou mais uma vez “o papel da ARC Sport não só nesta prova como em todo o campeonato. Eles são fundamentais em todo este sucesso e quero dedicar também este título a toda a minha família e amigos que me apoiam. Corro para me divertir mas claro que fico orgulhoso quando atingimos estes resultados”, concluiu o novo bicampeão nacional.

 

Agora o Campeonato Nacional de Montanha fará uma paragem até aos dias 9 e 10 de Setembro, altura em que será disputada a Rampa da Senhora da Graça, também na região transmontana.000 1388_Copy

 

RAMPA DE MURÇA

 

José Correia esteve em destaque na Rampa Porca de Murça

 

José Correia levou o Nissan Nismo GT-R GT3 à vitória na Categoria 2/GT em Murça e a um excelente 4º lugar da geral absoluta. O piloto da JC Group Racing Team vai discutir o título de campeão nacional nas duas últimas provas.

 

Está ao rubro a luta pelo título da Categoria 2/GT no Campeonato Nacional de Montanha. Depois de já ter ganho as rampas da Falperra e da Serra da Estrela, José Correia chegou à terceira vitória da época durante a tradicional Rampa Porca de Murça, onde o piloto de Braga conseguiu inclusive o 4º lugar da geral absoluta, só atrás de três barchettas.

 

Depois de ter obtido a volta mais rápida dos Supercars no último Circuito de Vila Real, José Correia mostrou um ritmo muito forte em Murça, estabelecendo um tempo de 2m16.786s na segunda subida oficial e vencendo confortavelmente a categoria (além da Classe 5).

 

“Murça não é um traçado fácil para o Nissan mas penso que estivemos muito bem durante o fim-de-semana e mostrámos um excelente andamento. Esta vitória deixa-nos motivados para as duas últimas provas do ano, onde já teremos rampas mais favoráveis ao nosso carro. Sinto que estou mais confiante com o Nissan e também fizemos algumas alterações na afinação de suspensão que tiveram bons resultados”, afirmou o piloto e fundador da JC Group Racing Team.

 

A penúltima prova do Campeonato Nacional de Montanha será a Rampa da Senhora da Graça, agendada para os dias 9 e 10 de setembro, precisamente uma semana depois da ronda dos Supercars no Circuito Vasco Sameiro, onde José Correia também vai alinhar com o Nissan Nismo GT-R GT3.

 000 0971_Copy000 1627_Copy7K4A4796 copy_Copy7K4A5374 Copy

 

RAMPA DE MURÇA

 

Edgar Reis garante novo pódio após duelo emocionante

 

A disputada Categoria 2 do Campeonato Nacional de Montanha voltou a proporcionar um excelente espectáculo na Rampa Porca de Murça, sexta prova da temporada. Edgar Reis e o Porsche 997 GT3 Cup terminaram no 3º lugar da categoria por escassos 0.810s.

Murça é um dos palcos mais tradicionais das provas de Montanha em Portugal e desta vez a vila transmontana assistiu a um interessante duelo na Categoria 2, onde alinham os potentes carros de GT. Edgar Reis e o Porsche do Team Transfradelos lutaram até à última subida de prova pelo lugar intermédio do pódio mas terminariam no 3º lugar da categoria por uma diferença de apenas 0.810s.

“Esta prova é sempre das mais complicadas para os GT, devido ao traçado estreito e escorregadio, mas demos o nosso máximo e acho que até estivemos bem. O carro inicialmente estava a fugir um pouco de traseira mas depois fomos acertando a afinação e pudemos lutar pelo 2º lugar. Fomos mais rápidos que o nosso adversário direto nas duas subidas oficiais de domingo mas ele tinha conseguido um tempo melhor na subida de sábado e isso foi decisivo. Ainda assim, a diferença entre nós foi muito curta e isso deixa-me confiante para as duas últimas provas do campeonato”, referiu o piloto de Famalicão.

A próxima prova de Edgar Reis será a Rampa da Senhora da Graça, penúltima ronda do Campeonato Nacional de Montanha e agendada para os dias 9 e 10 de Setembro.

 000 1632_Copy7K4A5026 copy_Copy7K4A5381 Copy

 

RAMPA DE MURÇA

5º lugar absoluto, 1º Turismos e 1º Categoria 5 na Rampa Porca de Murça 2017.
Embora o fim de semana não tivesse iniciado da melhor forma no final o resultado desportivo em pista foi bom e de acordo com os meus objetivos iniciais.
A Rampa foi tão boa que pela primeira vez este ano após seis provas existiu uma verificação a serio a componentes mecanicos das viaturas " por coincidencia foi à minha", mas para desilução de alguns o resultado final foi APROVADA de acordo com o regulamento.Sei que não foi, nem má fe de quem a mandou fazer ( o CCD), nem sequer foi por ser a prova da minha terra, e nem sequer foi porque alguem que não dá a cara publicamente a pediu. Que foi estranho só ao fim de seis provas e logo em Murça isso foi de certeza.Mais estranho foi tudo estar pensado desde o inicio pois mais nenhuma viatura vencedora de categorias ou do absoluto foi verificada. Felizmente a minha como ficou provado esta legal, será que todos poderão dizer o mesmo?, mais estranho foi o CCD na ânsia de encontrar alguma coisa até ter inicialmente suspenso a entrega de premios da categoria 5 ( ilegalmente porque os premios com base numa classificação provisória não podem ser suspensos) para isso só poderiam faze-lo após os resultados finais das verificações. Sempre fui e sou um defensor da legalidade e que se façam verifiacações a componentes mecanicos e não só a largura das pinças ou a distancia entre eixos, mas tem é de ser para todos. Estou de consciencia tranquila mas se calhar quem na ansia de me penalizar e prejudicar em casa até adulterou as regras das entregas de premios, neste momento está triste porque afinal não conseguiu os seus objetivos ou o do seu amigo que lhe encomendou o serviço. Sou dos que acreditam que para se desempenhar determinadas funções é necessario ser competente e saber o que que o cargo nos exige, mas infelizmente neste pais isso nem sempre acontece. Obrigado a todos, principalmente à minha familia, equipa e amigos, que embora impedido de publicamente receber o premio a que tinha direito, continuam a acreditar em mim.
ei vencer mas tambem sei perder sempre com a mesma postura o que infelizmente nem todos conseguem.

 

RAMPA DE MURÇA

 

Vitória para Pedro Salvador em Murça!

Terminou em festa para Pedro Salvador, a edição 2017 da Rampa Porca de Murça. O piloto flaviense levou o seu Silver Car EF10 ao triunfo na sexta jornada do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline, registando o tempo final de 4:02s384, no cômputo das suas duas melhores subidas da prova organizada pelo CAMI Motorsport, com o importante apoio da Câmara Municipal de Murça.

No segundo lugar final ficou Paulo Ramalho em Osella PA21s Evo, com o piloto do Porto a conseguir bater Hélder Silva em Juno CN09, depois de uma excelente última subida de prova. Estes três pilotos deram corpo ao pódio da classificação absoluta e da Categoria 1, competição onde pontuaram ainda Joaquim Rino (BRC CM05 Evo) e Nuno Guimarães em BRC CM02.

A existir, o prémio do azar este fim-de-semana seria entregue ao líder do campeonato, Rui Ramalho, que se viu impossibilitou de fazer qualquer subida no dia de hoje. O motor do Osella PA2000 Evo 2 decidiu, forçando-o a desistir e a não pontuar em Murça. Também João Fonseca, que ontem partiu o motor do seu BRC CM05 Evo, não pode alinhar no dia de hoje e por isso não se classificou.

“Tive finalmente o meu carro nas condições ideais e por isso saio daqui muito satisfeito por isso e obviamente pelo triunfo que consegui. Para mim era muito importante ganhar esta prova, de forma a manter intactas as minhas possibilidades de chegar ao título. Tenho pena pelo Rui, não gosto de ganhar assim, mas penso sinceramente que mesmo sem os problemas dele, hoje a vitória seria minha. O meu ritmo foi bom nesta prova e quero manter este “momento” para as próximas provas e lutar pelo título até ao fim, mesmo sabendo que não vai ser fácil bater o Rui nas duas provas que faltam”. Disse Pedro Salvador.

Na Categoria 2 o triunfo final sorriu a José Correia, que impôs o imponente Nissan GT-R GT3 a toda a concorrência com a marca total de 4:34s285. A quarta posição na classificação geral e o triunfo entre os carros de GT, mostram a rapidez de Correia, que bateu Gonçalo Manahu e Edgar Reis, ambos em Porsche 997 GT3 Cup.

“Resolvemos alguns problemas ao nível da suspensão que nos afectaram desde o início do ano e por isso consegui este bom resultado aqui em Murça. Relanço as minhas possibilidades para o campeonato e por isso saio desta jornada com os objectivos completamente cumpridos.” Adiantou José Correia.

Com o tempo de 4:36s786, Joaquim Teixeira levou o seu Renault Megane Trophy V6 ao triunfo na Categoria 5, selando ainda a vitória nos Turismos e um magnífico quinto posto absoluto na rampa da sua terra. Luis Delgado em Toyota Carina E e Jorge Meira em Citroen Saxo, completaram o pódio na categoria, com estes dois pilotos a ficarem separados por 101 milésimos!

“Cumpri integralmente os meus objectivos para esta prova disputada “em casa”. Venci a categoria e os turismos, metas que eu achava possível atingir e cumpri, por isso estou muito satisfeito.” Sintetizou Joaquim Teixeira.

O melhor na Categoria 4, registando o sexto triunfo da época, foi Manuel Correia em Ford Fiesta R5+, que finalizou as suas duas melhores subidas de prova com o registo final de 4:46s456. Em grande esteve Francisco Marrão, que colocou o seu SEAT Leon Supercopa na segunda posição final, ele que se estreava em Murça nesta categoria. Daniel Teixeira em Mazda MX5 ficou com o degrau mais baixo do pódio, com Simplício Taveira a ser o quarto com o seu Peugeot 306 S16.

Com uma prova para esquecer, Luis Silva teve problemas com umas das transmissões do BMW M3 e acabou por não conseguir pontuar, depois de falhar as duas subidas oficiais de hoje. Azar também para Marco Guerra, que não completou qualquer subida de prova depois de ter sido afectado por problemas mecânicos no seu Peugeot 306, ainda nas subidas de treinos.

“Não foi um fim-de-semana fácil, tive alguns problemas ontem com a caixa de direcção a ceder e já hoje, quando o carro me parou na última subida. Ainda assim foi possível vencer e por isso estou muito feliz.” Referiu Manuel Correia

Solitário na Taça Nacional TCR/TCS, João Sousa levou o seu SEAT Leon Supercopa até ao final, melhorando progressivamente os seus tempos para terminar com um total de 4:56s058 e o 12º lugar da geral.

“Gostei desta participação em Murça. Fui evoluindo os tempos e só tenho pena de ontem o meu carro não estar em condições, porque teria sido ainda melhor. “ Confessou João Sousa.

Na Categoria 3 o vencedor foi Pedro Coelho Saraiva, que com o Mitsubishi Lancer Evo. IX, completou a prova com a marca de 5:05s417. João Guimarães em Peugeot 206 RC, Sérgio Nogueira em Citroen Saxo e José Oliveira em Subaru Impreza, completaram por esta ordem a classificação da categoria. 

“Apesar da vitória não estou muito satisfeito, porque o meu carro falha e não conseguimos perceber porquê. Fica o resultado positivo…” Disse Pedro Saraiva

Na Taça Nacional de Montanha 1300, o triunfo pertenceu a Armando Freitas, que ao volante do seu Toyota Starlet dominou em Murça. Com um registo de 5:30s922, Freitas bateu Francisco Leite em Fiat Punto, António Torres da Silva (Toyota Starlet) e Pedro Carvalho em Citroen AX Sport. Azar para Leonel Brás, que não conseguiu pontuar devido a problemas mecânicos no seu Citroen AX Sport.

“Não foi um triunfo fácil, mas acabou bem e isso é o mais importante.” Resumiu Armando Freitas.

Vitória no Campeonato Nacional de Clássicos Montanha para José Pedro Gomes, com o experiente piloto do Ford Escort MKI a marcar o “crono” final de 5:00s739. Flávio Sainhas não deu descanso a Gomes, finalizando a prova na segunda posição com o seu Ford Escort MKI. Completou o pódio Parcídio Summavielle em Datsun 240Z.

“Hoje saio daqui completamente satisfeito, não só tive um carro em excelentes condições como consegui vencer e reforçar a minha liderança do campeonato” Afirmou José Gomes.

No Troféu Nacional de Clássicos, a vitória acabaria por sorrir a Carlos Oliveira e ao seu BMW 323i, que registaram 5:09s512 e bateram Fernando Salgueiro e Ricardo Loureiro, ambos em Ford Escort MKI. Rui Gama em VW “Carocha” foi o quarto, enquanto Carlos Fava em VW 1303S não completava a prova devido a problemas mecânicos.

“É nestas provas muito exigentes em termos técnicos que me dá mais gozo vencer. Estive bem e a vitória é uma justa recompensa para todos na equipa. “ Disse Carlos Oliveira.

Sozinho na Taça Nacional de Clássicos Montanha 1300, Aníbal Rolo cumpriu objectivos com o seu Datsun 1200 Coupé, registando o tempo final de 5:24s733. “Cumpri objectivos, diverti-me e isso é o suficiente para sair de Murça muito satisfeito!” Resumiu Aníbal Rolo.a600 Copya601 Copya603 Copya604 Copya605 Copya606 Copya607 Copya608 Copy

 

RAMPA DE MURÇA

 

 

RAMPA DE MURÇA 2017

 

 

LUIS SILVA COM JORNADA COMPLICADA...EM MURÇA


Dia complicado... caixa de velocidades e embraiagem danificadas que originou um pequeno toque. Um dia para esquecer mas que com o esforço da equipa de mecânicos que temos, em princípio, amanhã será um novo dia e de ataque...

 

RAMPA DE MURÇA

 

Pedro Salvador bate recorde e lidera ao intervalo em Murça

A Rampa Porca de Murça 2017 está ao rubro, com a primeira subida de prova a resultar em mais um recorde batido para Pedro Salvador, que com o Silver Car EF10 registou o excelente tempo de 2:00s966, para liderar a classificação absoluta e na Categoria 1, face à oposição do líder do campeonato, Rui Ramalho, segundo com o Osella PA2000 Evo2. Adivinha-se grande emoção para Domingo, com mais duas subidas de “faca nos dentes” por parte de ambos os pilotos.

Hélder Silva (Juno CN09) registou a terceira melhor marca na frente de Paulo Ramalho em Osella PA21s Evo. Joaquim Rino em BRC CM05 Evo foi o melhor no Grupo CM, sendo de lamentar o acidente de João Fonseca, sem consequências para o piloto covilhanense, mas que deixou o seu BRC em mau estado e forçou a interrupção da prova. Problemas com o BRC CM02, impediram Nuno Guimarães de fazer esta subida de prova. 

Mas não é só a luta pela classificação absoluta, que está a prender as atenções na prova organizada pelo CAMI Motorsport, com o apoio da Câmara Municipal de Murça. Conseguindo a quinta posição absoluta, Gonçalo Manahu em Porsche 997 GT3 Cup, foi o mais rápido na Categoria 2 e entre os carros de GT com o tempo de 2:16s953, o que deixa tudo em aberto numa luta a três, que inclui ainda José Correia (Nissan GT-R GT3) e Edgar Reis (Porsche 997 GT3 Cup).

Depois de um problema ao nível da caixa de direcção do Ford Fiesta R5+, que o impediu de subir nos treinos, Manuel Correia registou o melhor tempo na Categoria 4 e nos Turismos, com 2:23s837, suplantando Francisco Marrão (SEAT Leon Supercopa) e Daniel Teixeira (Mazda MX5). Com problemas ao nível da caixa de velocidades do BMW M3, Luis Silva registou apenas a quarta posição nesta última categoria, onde se classificou ainda Simplício Teixeira em Peugeot 306 GTi. Em carro idêntico, Marco Guerra não pode subir devido a problemas mecânicos. 

Registando o “crono” de 2:32s411, Pedro Coelho Saraiva foi o mais rápido na Categoria 3, suplantando João Guimarães em Peugeot 206 RC, Sérgio Nogueira em Citroen Saxo Cup e José Oliveira em Subaru Impreza.

Jorge Meira e o Citroen Saxo Cup, registaram o melhor tempo na Categoria 5 ao realizarem 2:39s068, com Luis Delgado em Toyota Carina E a ser o segundo mais rápido. Joaquim Teixeira não fez a subida de prova, depois de um ligeiro toque ter deixado uma das rodas e também a suspensão do Renault Megane Trophy V6 fora de serviço.

Na Taça Nacional TCR/TCS, João Sousa e o SEAT Leon Supercopa terminaram esta subida de prova com o tempo de 2:37s270. Na Taça Nacional de Montanha 1300, o líder é Armando Freitas, com o piloto do Toyota Starlet a obter a marca de 2:2:46s409, Francisco Leite em Fiat Punto é segundo, seguido por António Silva (Toyota Starlet), e ainda Pedro Carvalho e Leonel Brás, ambos em Citroen AX Sport.

Com o Ford Escort MKI recuperado dos problemas nos treinos, José Pedro Gomes fez 2:30s175 e foi o melhor no Campeonato Nacional de Clássicos Montanha, batendo Flávio Saínhas em carro idêntico e Parcídio Summavielle em Datsun 240Z.

No Trofeu Nacional de Clássicos Montanha, onde a emoção é grande, o mais rápido foi Fernando Salgueiro em Ford Escort MKII, que registou o tempo de 2:36s978, na frente de Carlos Oliveira em BMW 323i e de Ricardo Loureiro (Ford Escort MKII). Carlos Fava e Rui Gama, ambos em VW “Carocha” fecham a classificação.

Sozinho na Taça Nacional de Clássicos Montanha 1300, Aníbal Rolo (Datsun 1200 Coupé) fez o tempo de 2:43s088.

Amanhã tem lugar mais uma subida de treinos e as duas decisivas subidas de prova, onde tudo se vai decidir.

Programa/Horário:

30.07.2017 – Domingo

10H30 – Fecho da pista
11H30 – Warm Up
14H00 – 2ª Subida Oficial
15H15 – 3ª Subida Oficial

 

PEDRO CARVALHO NA RAMPA DE MURÇA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

 

RAMPA DE MURÇA

 

PEDRO CARVALHO NA RAMPA DE MURÇA

 

Depois da estreia na Rampa Serra da Estrela com o Citroen AX , Pedro Carvalho espera melhor prestação  já este fim de semana na Rampa de Murça, sexta prova do Campeonato Nacional de Montanha.Segundo os objectivos do piloto de Vila Real, “ antes de mais espero que os problemas com que me debati na rampa da Serra da EStrela em que fiz a estreia do carro estejam já ultrapassados, de forma  poder tirar partido da competividade deste carro.Depois é encontrar  o melhor set up para o carro, para depois bem concentrado, começar a tentar superar sempre os meus tempos feitos nas subidas anteriores,esperando conseguir ir ao pódio em termos de categoria “.

 

Pedro Carvalho e o seu Citroen AX irão fazer as verificações técnicas e documentais no sábado de manhã, para da parte da atrde dar lugar às duas subidas de treinos e à primeira de prova.AS restantes subidas terão lugar no domingo.

 FOX 8054_Copy_Copy

 

DOMINGOS FERNANDES AUSENTE NA RAMPA DE MURÇA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

RAMPA DE MURÇA

 

DOMINGOS FERNANDES AUSENTE NA RAMPA DE  MURÇA

 

O piloto de Armamar, Domingos Fernandes habitualmenteFOX 6500_Copy ao volante do seu Autobianchi A 112, vai estar ausente da Rampa de Murça, isso motivado por ter sido alvo duma intervenção cirurgica numa unidade hospitalar no Porto.

 

Segundo Domingos Fernandes “ há uns tempos a esta parte, estava a debater-me com umas dores no joelho esquerdo, que afectava o meu dia a dia.Assim a única solução encontrada foi ser operado, cuja intervenção correu bem, e agora tenho de estar num perido de recuperação e repouso, na qual para já será a ausencia em Murça.Vamos lá ver se já estarei em condições de participar na prova seguinte em Boticas, mas tudo irá depender deste periodo de recuperação “.

 

HELDER SILVA E CARLOS OLIVEIRA EM MURÇA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

 

RAMPA DE MURÇA

 

HELDER SILVA DE REGRESSO E CARLOS OLIVEIRA QUEREM IR AO PÓDIO  EM MURÇA

 

Depois das ausencias nas Rampas da Covilhã, Santa Marta e Caramulo, eis que o Juno de Helder Silva está de regresso ao Campeonato Nacional de Montanha.Segundo o piloto da Póvoa de Varzim “ esta ausencia deveu-se ao atraso na recepção duma série de peças para incrementar a competividade do Juno, cujo objectivo é poder rodar mais próximo dos Osella dos irmãos Ramalho, que são os actuais lideres do campeonato” Sobre os objectivos para  a rampa de Murça, Helder Silva acrescentou “ espero que estas novas especificações me permitam dar o “salto” pretendido em termos de competividade do meu Juno para assim poder lutar pelos lugares da frente com acesso ao pódio, tendo a noção da dificuldade e de ainda não ter testado a novas especificações, por isso vou com o intuito de testar todas estas soluções “.

 

 

Quanto a Carlos Oliveira, cada vez mais adaptado ao BMW 323, os objectivos estão à vista como nos disse “ é para lutar pela vitória, sinto que de prova para prova estou cada mais adaptado ao comportamento em pista do BMW 323, e prova disso são os ultimos resultados obtidos, com posições no pódio em termos de categoria.Quero estar o mais concentrado possivel para não cometer erros, e não ter problemas mecâncios, para  assim poder tirar partido do BMW 323,  “.

 

Helder Silva e Carlos Oliveira irão fazer as verificações técnicas e documentais no sábado de manha, tendo da parte da tarde, as duas subidas de treinos e a orimeira subida de prova.As restantes subidas terão lugar no domingo ao longo do dia.A111 CopyAB1 Copy

 

RAMPA DE MURÇA

 

João Sousa regressa à Montanha na Rampa Porca de Murça

 

Atualmente a disputar o Campeonato Nacional de Velocidade de Turismos, João Sousa vai aproveitar a Rampa Porca de Murça para acumular experiência ao volante do SEAT León Mk2. É o regresso do piloto de Vila Real às provas de Montanha.

 

Depois de disputar o emblemático Circuito de Vila Real, João Sousa prepara-se para competir noutra prova com tradição em Portugal e nomeadamente na região de Trás-os-Montes: a Rampa Porca de Murça. O atual líder do CNVT na categoria TCR2, onde partilha o SEAT León com Rita Graça, espera prosseguir a aprendizagem e adaptação ao carro espanhol, participando ao mesmo tempo numa rampa que se habituou a seguir ao longo dos anos.

 

“Lembro-me de ir ver esta rampa quando era miúdo, por isso sei que é uma prova com tradição. Como piloto, a minha primeira e única experiência na Montanha foi a Rampa da Penha de 2012, na altura com o Peugeot 306 Maxi. Na prática, decidi participar em Murça porque é uma prova na minha região e é uma boa oportunidade de acumular quilómetros com o SEAT, num traçado que me parece particularmente interessante por ser muito sinuoso e técnico”, comentou João Sousa, cuja época na Velocidade apenas será retomada em setembro.

 

A edição de 2017 da Rampa Porca de Murça começa às 15h00 deste sábado (dia 29), com a primeira subida de treinos oficiais. No domingo (dia 30), João Sousa e o SEAT León entram em pista a partir das 11h30.

 000 1824_Copy

 

LEONEL BRAS CORRE EM CASA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

RAMPA DE MURÇA

 

LEONEL BRAS CORRE EM CASA ESTE FIM DE SEMANA

 

Depois da ausencia na rampa do Caramulo, motivado por assuntos de foro familiar, eis que Leonel Bras está já pronto para a prova do próximo fim de semana a ter lugar em Murça, local onde reside.Tendo já o seu Citroen AX pronto para mais esta jornada do Campeonato Nacional de Montanha, Leonel Brás, começou por nos descrever quais os objectivos para a  prova “ vencer a categoria, estou a “correr em casa”, por isso é para andar no meu máximo, esperando que o carro esteja a 101%, e consiga assim ter acesso aos meus objectivos.Sei que os mais directos adversários não vão dar qualquer tipo de facilicade, mas estou pronto para lutar pela vitória perante o meu público.Quero estar super concentrado, sem cometer erros, tentar em cada subida bater o tempo feito na subida anterior, e vencer “, disse-nos.

 

Leonel Brás e o seu Citroen AX irão fazer as verificações técnicas e documentais no sábado da parte da manhã , para da parte da tarde dar lugar às duas subidas de treinos e à primeira de prova.No domingo FOX 7215_Copyterão lugar as subidas de prova.

 

RAMPA DE MURÇA

 

Manuel Correia próximo da consagração no Campeonato Nacional de Montanha

 

Com cinco vitórias nas cinco provas já disputadas, Manuel Correia está em posição privilegiada para confirmar o seu segundo título de campeão nacional de Montanha na Categoria 4. O piloto do Ford Fiesta R5+ compete este fim-de-semana na Rampa Porca de Murça.

 

Manuel Correia tem sido o grande protagonista da Categoria 4 das rampas nacionais, além de ter feito algumas incursões esporádicas em ralis como no passado fim-de-semana, onde subiu ao pódio da prova extra do Rali de Sernancelhe-Aguiar da Beira, uma prova que venceu à geral no ano passado.


Agora, o piloto de Braga volta a concentrar-se no Nacional de Montanha e tentará prosseguir a  senda vitoriosa com o Ford Fiesta R5+ assistido pela equipa ARC Sport. “Vamos tentar a sexta vitória”, afirmou Manuel Correia. “Murça é uma rampa com tradição, que tem algumas zonas bonitas no traçado mas a nossa expectativa é sempre a mesma: lutar por um bom resultado à geral, ganhar a categoria e desfrutar da competição. O facto de estar próximo do segundo título de campeão é algo que me deixa orgulhoso mas vou para cada prova para me divertir e para dar o máximo com o carro”, concluiu o piloto bracarense.

 

Primeira de três provas consecutivas na região transmontana, a prova em Murça começa este sábado (dia 29) às 15h00, com a primeira subida de treinos oficiais. No domingo (dia 30) os pilotos do Campeonato Nacional entram em pista a partir das 11h30.000 8344_Copy21333 Copy

 

TORRES DA SILVA FAZ A SUA ESTREIA EM MURÇA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

RAMPA DE MURÇA

 

TORRES DA SILVA FAZ A SUA ESTREIA NA RAMPA DE MURÇA

 

Depois da ausencia na Rampa do Caramulo, eis que António Torres da Silva está de regresso já este fim de semana ao Campeonato Nacional de Montanha, onde irá participar na Rampa de Murça, ao volante do seu já habitual Toyota Starlet.

 

Segundo António Torres da Slva “ esta prova irá ser outro desafio que vou ter pela frente, pois nunca corri em Murça,sei que é uma rampa carismática, mas dificil, isso pelos muitos tipos de curva que possui.Por isso as duas primeiras subidas irão ser feitas com algum cuidado, de forma a encontar o melhor acerto para o Toyota, para depois nas subidas de prova poder atacar, e poder assim obter uma posição no pódio, e porque não  a luta para a vitória? Para conseguir atingir este objectivo, espero que o carro esteja impecável como nas provas anteriores, consiga em cada subida suplantar os tempos feitos anteriormente, não cometa erros, estar sempre o mais concentrado possivel, e que tudo corra de feição, e que assim consiga superar mais este desafio “, disse-nos.

 

António Torres da Silva e o seu Toyota Starlet irão fazer as verificações técnicas e documentais no sábado de manha, para da parte da tarde dar lugar às subidas de prova , e `a primeira subida de pFOX 7211_Copyrova.No domingo terão lugar as restantes subidas de prova.

 

RAMPA DE MURÇA

 

José Correia volta a lutar pela vitória com Nissan Nismo GT-R GT3

 

A luta pelo título da Categoria 2 do Campeonato Nacional de Montanha está animada e José Correia está em posição de discutir o triunfo entre os GT. O piloto e fundador da JC Group está motivado para a tradicional Rampa Porca de Murça.

 

A temporada do Nacional de Montanha entra na sua fase decisiva com três provas disputadas na região de Trás-os-Montes, a primeira delas já este fim-de-semana em Murça, um dos locais com maior tradição no calendário das rampas portuguesas. O piloto bracarense, que recentemente também se estreou com o Nissan nos Supercars da Velocidade, conseguindo a melhor volta do Circuito de Vila Real, volta a estabelecer o objetivo de lutar pelo primeiro lugar da Categoria 2, sabendo no entanto que o traçado de Murça não é muito favorável ao GT-R GT3.

 

“Há algumas rampas no campeonato onde é mais difícil ser competitivo com o Nissan. Murça é uma delas. O traçado é muito técnico mas nós vamos tentar fazer o nosso melhor e lutar pela vitória na categoria e pelo melhor lugar possível à geral. O campeonato está equilibrado e nós estamos a apenas 10 pontos do primeiro lugar. Ainda faltam três provas e há muito campeonato para disputar”, referiu José Correia.

 

A Rampa Porca de Murça começa este sábado (dia 29) com a primeira subida de treinos marcada para as 15h00. No domingo (dia 30) os pilotos do CNM entram em pista a partir das 11h30. 

 a521 Copya522 Copy

 

RAMPA DE MURÇA

 

Edgar Reis quer regressar aos bons resultados na Rampa Porca de Murça

 

O piloto do Porsche 997 GT3 Cup aposta em lutar pela vitória na Categoria 2 em Murça, iniciando a fase decisiva da temporada na região de Trás-os-Montes. Pensamento prova a prova é agora o foco de Edgar Reis.

 

O Campeonato Nacional de Montanha ruma a uma das rampas com maior tradição no calendário, na vila de Murça, palco da antepenúltima prova da temporada. Edgar Reis vai iniciar esta fase da época concentrado em lutar pelo primeiro lugar dos GT em cada rampa, ciente de que já não é possível chegar ao segundo título de campeão nacional.

 

“Tivemos alguns azares ao longo do ano que nos colocaram mais longe do primeiro lugar no campeonato. Agora vamos pensar apenas prova a prova, tentando discutir a vitória da categoria sem pensar em mais nada. Na semana passada fizemos o Rali de Famalicão e por isso estamos com um bom ritmo. Murça é um traçado com algumas curvas rápidas e outras zonas muito técnicas, não é fácil para os GT mas vamos entrar com o pensamento nos primeiros lugares da categoria”, afirmou o piloto do Team Transfradelos.

 

A Rampa Porca de Murça tem início às 15h00 deste sábado (dia 29), com a primeira subida de treinos oficiais. No domingo (dia 30), Edgar Reis e o Porsche 997 GT3 Cup entram em pista a partir das 11h30. 

 000 8102_Copy000 8186_Copy

 

FERNANDO SALGUEIRO QUER NOVA VITÓRIA EM MURÇA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

 

RAMPA DE MURÇA

 

FERNANDO SALGUEIRO QUER NOVA VITÓRIA NA CATEGORIA EM MURÇA

 

Após a vitória na Rampa do Caramulo, Fernando Salgueiro quer continuar sobre a onda vitoriosa, já este fim de semana na sua participação na Rampa de Murça, sexta prova a contar para o Campeonato Nacional de Montanha, onde o piloto do Caramulo Racing Team  irá alinhar ao volante do seu competititvo Ford Escort.

 

Segundo Fernando Salgueiro “ na realidade o resultado da prova anterior, foi bom, por isso o meu objectivo para Murça será o mesmo; a vitória na categoria, mas tenho de reconhecer que os meus mais directos adversários estão cada vez mais competitivos, e não vão dar qualquer tipo de facilidade.Por isso estou a crer que irá ser uma prova muito disputada, tenho de dar o meu máximo, estar o mais concentrado possivel, para assim poder chegar ao objectivo.Espero igualmente que o meu Ford Escort esteja a 101% “, disse-nos.

 

 

Fernando Salgueiro e o Ford Escort irão fazer as verificações técnicas e documentais no sabado de manhã, para da parte da tarde ter lugar as duas priFOX 9908_Copymeiras subidas de treinos e a primeira subida de prova.As restantes subidas de prova terão lugar no decorrer de domingo.

 

 

 

CARLOS FAVA QUER DAR O MÁXIMO EM MURÇA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

 

RAMPA DE MURÇA

 

CARLOS FAVA QUER DAR O MÁXIMO EM MURÇA

 

Após o bom resultado alcançado na prova anterior na Rampa do Caramulo, Carlos Fava já com os problemas de carburação resolvidos no propulsor do seu Volkswagen 1303, vai para a próxima prova, a ter lugar já este fim de semama em Murça, com a vontade de poder lutar por uma posição no pódio em termos de categoria.

 

Segundo o piloto do Volkswagen 1303 “ com todos os problemas do carro resolvidos, só me resta dar o meu máximo para fazer a melhor classificação possivel, sem cometer erros, e tentar em cada subida superar sempre os meus tempos anteriores.Tenho plena consciência que não irá ser fácil, pois os meus mais directos adversários, estão com um grande andamento, mas quero estar o mais concentrado possivel, dar o meu máximo, para assim poder atingir os objectivos que pretendo para esta rampa, esperando que tudo me corra de feição, não esquecendo o convivio com a familia e os amigos, e um fim de semana excelente”.

 

Carlos Fava e o Volkswagen 1303, irão fazer as verificações técnicas e documentais no sábado de manha, para da parte da tarde dar lugar às duas suFOX 9367_Copybidas de treinos, e à primeira subida de prova.No dia de domingo terão lugar as restantes subidas.

 

 

JOAQUIM RINO DE REGRESSO AO NACIONAL DE MONTANHA

 

RAMPA DE MURÇA

 

JOAQUIM RINO DE REGRESSO AO NACIONAL DE MONTANHA

 

Após a ausencia na Rampa do Caramulo por razões de ordem profissional, eis que o BRC CM 05 Evo de Joaquim Rino está de regresso ao Campeonato Nacional de Montanha, onde vai marcar presença já este fim de semana na Rampa de Murça.

 

Sobre o que o espera, o piloto da Batalha começou por nos dizer “ a Rampa de Murça é uma prova que gosto muito, dá-me muito gozo correr lá, mas para se andar depressa tem de se conhecer bem o traçado, que não tolera erros, e tem de se estar muito concentrado.Sei que é completamente impossível bater os Osella, mas irei fazer tudo para me aproximar o mais possível dos pilotos das frente, esperando que o meu carro esteja impecável, e consiga assim atingir os meus objectivos em termos de classificação geral e categoria ".

 

Joaquim Rino e o BRC CM 05 Evo irão fazer as verificações técnicas e documentais no próximo sábado de manhã, tendo as duas subidas de treinos para a parte da tarde, assim como a primeira subida de prova.As restantes subidas terão lugar no decorrer de domingo.

 FOX 3616_Copy

 

RAMPA DE MURÇA

 

Francisco Marrão com novo desafio na Montanha

Disputa-se no próximo fim-de-semana a Rampa Porca de Murça, sexta prova do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline 2017. A pequena vila do distrito de Vila Real é um lugar de referência quando se fala em provas de montanha, esperando-se uma jornada onde reine o entusiasmo.

Uma das principais novidades para esta prova é mudança de categoria protagonizada pelo piloto vila-realense, Francisco Marrão, que decidiu abandonar a Categoria 5 para ingressar na 4, onde a concorrência é bem maior que na anterior. Este será um novo desafio para Marrão, que se dizia desmotivado pela falta de competitividade patente nas duas últimas provas.

“Optei por mudar de categoria porque não estava a fazer nada na anterior, onde estávamos só dois. Acabava por correr sozinho porque o outro carro é muito mais competitivo que o meu e depois não havia mais ninguém. Estava algo desmotivado e ponderei parar de imediato. Surgiu, entretanto, a hipótese de passar o meu SEAT Leon Supercopa para a Categoria 4, onde espero encontrar uma forte oposição e vencer aquilo que for possível vencer, sabendo que existem máquinas muito competitivas nesta categoria. Assim será certamente diferente, correr com objectivos de competir traz-me motivação e espero eu, vontade de continuar.” Assumiu Francisco Marrão. 

Programa/Horário:

29.07.2017 – Sábado

14H30 – Fecho da pista
15H00 – 1ª Subida de Treinos
16H00 – 2ª Subida de Treinos
18H30 – 1ª Subida Oficial

30.07.2017 – Domingo

10H15 – Fecho da pista
11H30 – “Warm Up”
14H00 – 2ª Subida Oficial
15H15 – 3ª Subida Oficial

 a515 Copy

 

RAMPA DE MURÇA

 

Gonçalo Manahu quer reforçar a liderança em Murça

O piloto do Porsche 997 GT3, está de partida para Trás-os-Montes, onde vai disputar a sexta prova do Campeonato Nacional de Montanha.

Gonçalo Manahu é actualmente o líder da Categoria Dois e ocupa a quinta posição do Campeonato à geral. “Acho que seria difícil fazer melhor. Em termos de geral, apenas tenho os protótipos à minha frente e na Categoria tenho mantido uma luta muito interessante com o José Correia e após cinco prova estamos separados por uns escassos dez pontos, o que é um bom espelho de como as provas estão a ser disputadas.”

“Em Murça gostava de voltar a vencer e assim consolidar a minha posição. No entanto tenho consciência de que é um traçado difícil e complicado para o Porsche, nomeadamente nas zonas mais enroladas e lentas, onde a saída do carro, fica penalizada face aos meus adversários. No entanto vou dar o meu melhor.” Remata o piloto assistido pela Fabela Sport e apoiado pela VMFlex.

manahu.estrela sabado Gonçalo Manahu (Porsche 997 GT3) - arquivo 

 

RAMPA DE MURÇA

 

Vettra Motorsport quer vitória nas curvas de Murça

 

José Correia promete lutar pela vitória até à última curva da última subida de prova da Rampa de Murça. O piloto bracarense e a Vettra Motorsport estão empenhados em melhorar as prestações de Santa Marta de Penaguião e do Caramulo.

Em Murça é altura de empetar as vitorias de Manahu e relançar a luta pelo título de Campeão Nacional de Montanha GT. Gonçalo Manahu ganhou três das cinco corridas disputadas até ao momento e José Correia, com o potente Nissan Gt-R GT3 preparado pela Vettra Motorsport, ganhou as outras duas: Falperra e Serra da Estrela; sendo que na prova bracarense ganhou igualmente a classificação destinada ao Europeu da modalidade.

Luís Borges acredita que “ o Nissan estará à altura de contrariar o Porsche e trazer a vitória para Braga”.

Murça e as suas famosas curvas que outrora ligavam as duas principais cidades do Nordeste português vão marcar o Campeonato Nacional de Montanha como a última corrida antes das merecidas férias dos guerreiros.

Luís Borges mostrou-se crítico em relação ao campeonato, dado uma situação que há muito previa: “ seis corridas até ao final de Julho e apenas mais duas, disputadas em Setembro, até ao final do ano. É um calendário desiquilibrado, cansativo e em alguns casos desmotivador. Nós chegamos a oito automóveis inscritos e para Murça vamos apenas com o Nissan GT-R GT3. Não é a Vettra Motorsport que perde com esta situação, é o Campeonato Nacional de Montanha”.

 

 

 a512 Copy

 

RAMPA DE MURÇA

 

Campeão em título reforça as apostas: andar rápido, desenvolver o Silver Car e lutar pelo campeonato.

Foram dias de muito trabalho, com a preparação da próxima prova do Campeonato Nacional de Montanha, que se vai disputar em Murça no próximo fim-de-semana. “O motor foi completamente revisto na Silver Car, pois há que resolver os problemas que têm afectado o carro nas últimas provas. Dentro das suas limitações naturais, já conseguimos por o carro rápido, agora temos que trabalhar na fiabilidade… são coisas normais da juventude (risos)”.

Para a próxima prova, Pedro Salvador, promete o empenho de sempre: “claro. Vou dar o meu melhor, vou levar o Silver Car ao limite, pois o desenvolvimento do carro é o objectivo principal da época e certamente que vou tentar ser o mais rápido possível. Esta rampa, que não faço desde 2008 tem um traçado espectacular, com curvas “enroladas” e zonas rápidas muito encadeadas em que qualquer hesitação tem um custo elevado, é do meu agrado e espero sair de Murça com mais um pódium.” Rematou o Campeão em título.

salvador caramulo Pedro Salvador (Silver Car EF10) - foto de arquivo

 

RAMPA DE MURÇA

 

Joaquim Teixeira aponta ao triunfo nos Turismos

A simpática vila de Murça, palco de alguns dos melhores momentos das provas de Montanha em Portugal, recebe no próximo fim-de-semana a sexta jornada do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline 2017. Esta é uma altura em que a competição se aproxima de uma fase de extrema importância, e a Rampa Porca de Murça, vai certamente ajudar a definir algumas decisões no que à luta pelos títulos diz respeito.

Numa temporada em que as coisas lhe têm corrido de feição, Joaquim Teixeira chega à prova disputada na sua terra com o título da Categoria 5 já garantido, apostando agora o piloto transmontano do Renault Megane Trophy V6, em tentar chegar ao ceptro entre os carros de turismo, campeonato onde ocupa actualmente a segunda posição a seis pontos do líder.

“Vou para Murça com vontade de surpreender e conseguir, - tal como consegui no ano passado -, um lugar logo seguir às “barquettas” e com isso triunfar entre os turismos. Penso que tenho boas hipóteses de conseguir atingir os meus objectivos para esta prova e se o Megane colaborar, quero comemorar a vitória no Domingo. Na Categoria 5 já está tudo arrumado e por isso ambiciono agora um pouco mais alto, sabendo que não será fácil lutar contra adversários valorosos e com boas máquinas. Costumo dar-me bem nesta prova, que conheço naturalmente muito bem e na qual estou sempre com a máxima motivação.” Adiantou Joaquim Teixeira.

Programa/Horário:

29.07.2017 – Sábado

14H30 – Fecho da pista
15H00 – 1ª Subida de Treinos
16H00 – 2ª Subida de Treinos
18H30 – 1ª Subida Oficial

30.07.2017 – Domingo

10H15 – Fecho da pista
11H30 – “Warm Up”
14H00 – 2ª Subida Oficial
15H15 – 3ª Subida Oficiala509 Copy

 

FLÁVIO SAINHAS QUER NOVA VITÓRIA EM MURÇA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

 

RAMPA DE MURÇA

 

 

FLÁVIO SAINHAS QUER NOVA VITÓRIA EM MURÇA

 

Somando mais uma vitória na Rampa dFOX 9916_Copyo Caramulo, Flávio Sainhas está deveras motivado para a Rampa de Murça, que irá ter lugar já no próximo fim de semana, sendo a sexta prova do calendário do Campeonato Nacional de Montanha.

 

Para a Rampa de Murça, Flávio Sainhas aposta na luta pela vitória, o que aliás tem sido o seu objectivo em todas as provas, e que para a Murça a “receita” será a mesma como nos confirmou “ sempre que corro é para lutar pela vitória, e na Rampa de Murça isso não irá ser excepção.Na prova anterior na rampa do Caramulo consegui vencer, e em Murça quero repetir nova vitória, mas tenho plena consciencia que não irá ser fácil, pois os meus principais adversários estão com um andamento fabuloso, e não vão dar qualquer tipo de trégua, por isso já estou a prever que irá ser uma prova muito renhida “, disse-nos.

 

Flávio Sainhas e o Ford Escort irão fazer as verificações técnicas e documentais no sábado de manhã, para da parte da tarde dar lugar às duas subidas de treinos e à primeira subida de prova.As restantes subidas terão lugar no decorrer de domingo.

 

 

 

Flávio Sainhas tem os apoios de :

 

Belmonte Município
Sildicons
Clube Nacional de Montanhismo
VCR-mobile / VCR Spare parts
A Salsicharia 
Villand - Imóveis e Importações, Lda
M. Xavier da Costa, Lda
INTERPREV
graph&co DESIGN DE COMUNICAÇÃO
Covilhã Município
Desafio dos Numeros
Matos & Prata BMW
Fio de Azeite - Casa de Petiscos 
Vitor Trindade - Estofador Auto 
Fuchs Oil
AutoDionisio Lda
Tacofrota, Lda
Serrapeças, LDA
JDeus Covilhã
2Q by Vitor Sousa

 

RAMPA DE MURÇA

 

NEWS PRMINIRACING - JULHO #2017
Será já no próximo fim-de-semana que terá lugar a 6ª prova do Campeonato Nacional de Montanha 2017 no técnico e sinuoso traçado da Rampa de Murça.

Este característico traçado prima praticamente pela ausência de rectas, o que exigirá bastante dos chassis dos carros, seus pneus e claro está, dos dotes de pilotagem dos Pilotos.

Faltando neste momento disputar 3 provas das 8 previstas no Calendário, significa portanto que entramos na recta final do Campeonato e como tal, os resultados alcançar são deveras importantes para a definição do Campeão Nacional de Montanha 2017, o que coloca as emoções ao rubro. Depois desta prova o Campeonato terá uma breve pausa para férias, regressando depois em Setembro para levar a cabo as 2 restantes provas – Mondim de Basto e Boticas.

Tal como nas duas provas anteriores, Santa Marta e Caramulo, prevê-se temperaturas elevadas em Murça a superarem os 30º C, normais para esta época do ano e para a região em questão, mas que certamente complicará o desempenho dos Pilotos, carros e respectivas Equipas.

RUI RAMALHO # OSELLA PA2000 EVO2 (E2-SC) # 102
 
Rui Ramalho depois de 3 vitórias em 5 possíveis e dois segundos lugares, apresenta-se nesta prova como líder da classificação do Campeonato e como tal, tudo fará para lutar novamente pela vitória nesta prova para lhe permitir não só manter a liderança, mas também dilatar a sua actual vantagem nas contas do Campeonato. No entanto, o Piloto mais jovem da PRMiniracing está bem ciente das dificuldades que enfrentará, pois provavelmente este traçado poderá não ser o mais adequado ao seu Osella PA2000 EVO 2, que se sente mais à vontade nos traçados mais rápidos, onde pode tirar partido das suas excelentes capacidades aerodinâmicas, contudo, o Piloto mais jovem da PRMiniracing tudo fará juntamente com a sua Equipa para ultrapassar estas dificuldades com distinção.
 
PAULO RAMALHO # OSELLA PA21S EVO (CN) # 103
 
Paulo Ramalho apresenta-se em Murça como actual 3º classificado do Campeonato, tendo como objectivo principal voltar a lutar por um dos lugares do pódio e defender a sua actual posição do Campeonato. Tal como o seu irmão Rui, Paulo terá possivelmente as mesmas dificuldades, pois as dimensões e características de chassis do seu Osella PA21S EVO não deverão ser as mais adequadas ao sinuoso traçado de Murça face aos protótipos equipados com motor de moto, contudo, combativo como é reconhecido, não baixará braços com toda a certeza.
 

PROGRAMA / HORÁRIO:

Sábado # 29.07.2017
15H00 Treinos Livres 1
16H00 Treinos Livres 2
18H30 Subida Oficial 1
 
Domingo # 30.07.2017
11H00 Treinos Livres 3
14H00 Subida Oficial 2
15H15 Subida Oficial 3

 

CARAMULO RACING TEAM

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA VALVOLINE | RAMPA PORCA DE MURÇA

CARAMULO RACING TEAM QUER REPETIR A DOBRADINHA

Depois do excelente resultado alcançado na última prova, a equipa serrana parte para a próxima rampa com vontade e ambição de dar seguimento a esse bom resultado.

 

É já nos próximos dias 29 e 30 de julho que tem lugar mais uma prova do Campeonato Nacional de Montanha, desta feita na vila transmontana de Murça.

Como tem acontecido em todo campeonato de 2017, o Caramulo Racing Team volta a marcar presença com duas viaturas.

Ricardo Loureiro e Fernando Salgueiro marcam presença com os seus Ford Escort MKII, ao estarem inscritos no Troféu Nacional de Clássicos Montanha, com as espectativas e ambições reforçadas depois dos resultados alcançados “em casa”.

Com dois segundos lugares nas últimas duas rampas, Ricardo Loureiro quer pelo menos repetir essas classificações: “Consegui repetir o segundo lugar do pódio nas últimas provas. Chegar ao primeiro lugar não é fácil, o Fernando Salgueiro e o Carlos Oliveira estão neste momento com um nível de preparação ligeiramente acima do meu, no entanto vou ficar atento, e se a oportunidade surgir… vou tentar não a deixar escapar.”

Por seu lado, Fernando Salgueiro, na luta direta pelo campeonato do Troféu Nacional de Clássicos Montanha, quer continuar na senda das vitórias, depois do primeiro lugar alcançado no Caramulo, e chegar assim à liderança do troféu: “O meu objetivo é assumidamente o campeonato, o primeiro lugar na última prova foi decisivo para que eu me mantenha nesta luta. O meu adversário direto poderá ter alguma vantagem por ter um carro mais potente, mas neste momento estamos muito iguais na pontuação do campeonato, e a verdade também é que esse fator não impediu que eu já tenha ganho três provas este ano. Vamos continuar a somar pontos, e só no final vamos poder fazer as contas.”

A competição inicia no sábado, dia 29, às 15h00 com a primeira das duas subidas oficiais de treinos, e mais uma de prova. No domingo será a partir das 11h30 com uma subida livre, seguindo-se uma subida oficial de treinos e mais duas de prova.

 

LISTA DE INSCRITOS OFICIAL RAMPA DE MURÇA

LISTA DE INSCRITOS OFICIAL RAMPA DE MURÇA

 

 

 

101 Speedy Motorsport Pedro Salvador Silvar Car EF 10 1 E2 - SC 3
102 Rui Ramalho Rui Ramalho Osela PA2000 EVO 2 1 E2 - SC 3
103 Paulo Ramalho Paulo Ramalho Osela PA21S EVO 1 CN 3
111 Helder Silva Helder Silva Juno CN 29 1 E2 - SC 3
151 Joaquim Rino Joaquim Rino BRC 05-EVO 1 CM 1
152 João Fonseca João Fonseca BRC CM 05 EVO 1 CM 1
155 Nuno Guimarães Nuno Guimarães BRC CM-02 1 CM 1
201 Gonçalo Manahu Gonçalo Manahu Porsche 997 GT3 Cup 2 GT 5
202 Edgar Reis Edgar Reis Porsche 997  2 GT 5
210 JC Group Racing Team José Correia Nissan GT3 2 GT 5
319 José Oliveira José Oliveira Subaru Impreza 3 A2 8
324 Sérgio Nogueira Sérgio Nogueira Citroen Saxo 3 A1 6
326 João Guimarães João Guimarães Peugeot 206 RC 3 A1 7
341 Pedro Coelho Saraiva Pedro Coelho Saraiva Mitsubishi Lancer Evo IX 3 N2 8
401 Manuel Correia Manuel Correia Ford Fiesta ST 4 E1-FIA 10
421 Luis Silva Luis Silva BMW M3 E30 4 E1-B 10
424 Marco Guerra Marco Guerra Peugeot 306 4 E1-B 9
426 Speedy Motorsport Francisco Marrão Seat Leon Super Copa 4 E1-B 10
433 Daniel Teixeira Daniel Teixeira Mazda MX5 4 E1-B 9
434 Simplicio Taveira Simplicio Taveira Peugeot 306 S 16 4 E1-B 9
511 Bompiso Racing Team Joaquim Teixeira Renault Megane Trophy 5 TRF 14
520 Jorge Meira Jorge Meira Citroen Saxo Cup 5 TRF 12
521 Luis Delgado Luis Delgado Toyota Carina E 5 TRF 13
 
Campeonato Nacional Clássicos Montanha (CNCM) Cat. GR. CL
626 Parcidio Summavielle Parcidio Summavielle Datsun 260 Z 6 4-H71 17
634 José Pedro Gomes José Pedro Gomes Ford Escort 6 2-H75 16
637 Flávio Saínhas Flávio Saínhas Ford Escort MKI 6 2-H75 16
 
Taça Nacional de Montanha 1300 (TNM 1300) Cat. GR. CL
724 Armando Freitas Armando Freitas Toyota Starlet 3T A1 19
727 Pedro Carvalho Pedro Carvalho Citroen AX Sport 3T A1 19
738 Leonel Brás Leonel Brás Citroen AX Sport 3T A1 19
739 António Torres da Silva António Torres da Silva Toyota 1300 3T E1-B 19
777 Francisco Leite Francisco Leite Fiat Punto  5T TRF 19
 
Taça Nacional de Montanha Clássicos 1300 (TNMC 1300) Cat. GR. CL
844 Aníbal Rolo Aníbal Rolo Datsun 1200 Coupé 6T 2-H75 20
 
TROFÉU NACIONAL DE CLÁSSICOS MONTANHA (TNCM)   GR. CL
904 Fernando Salgueiro Fernando Salgueiro Ford Escort MK II   5 22
905 Ricardo Loureiro Ricardo Loureiro Ford Escort MK II   5 22
909 Carlos Oliveira Carlos Oliveira BMW E21   5 23
927 Carlos Fava Carlos Fava VW 1303 S   5 22
929 Rui Gama Rui Gama VW Type I   5 22
 
TROFÉU NACIONAL TCR / TCS MONTANHA (TNTM)    GR. CL
957 Veloso Motorsport Miguel Lobo Audi RS3 LMS   TCR 25
958 João Sousa João Sousa Seat Leon MK2   TCR 25
39 Inscritos          
LISTA DE INSCRITOS 
RAMPA REGIONAL
NR CONCORRENTE  CONDUTOR  VIATURA   GR. CL
  Leandro Macedo Leandro Macedo VW Polo   X1 8

 

RICARDO LOUREIRO APOSTA NA VITÓRIA EM MURÇA

 

CAMPEONATO NACIONAL  DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

RAMPA DE MURÇA

 

 

RICARDO LOUREIRO APOSTA NA VITÓRIA EM MURÇA

 

Na prova anterior na rampa do Caramulo, Ricardo Loureiro terminou na 2ª posição em termos de categoria, mas para o próximo fim de semana, o piloto do Caramulo Racing Team quer vencer a categoria, objectivo esse que já persegue há algum tempo.

 

Assim, Ricardo Loureiro está animado com nos confirmou “ as ultimas provas tem corrido bem, sem problemas, e tenho sido autor de bons resultados.Gostava muito de vencer a Rampa de Murça na minha categoria, tenho um bom carro,, e é um desafio a mim  próprio tentar vencer, sabendo que não vai ser nada fácil, pois os meus mais directos adversários não vão dar qualquer tipo de trégua, mas quero estar o mais concentrado possivel, dar o meu máximo, para assim atingir o objectivo pretendido . Por outro lado é a minha estreia na Rampa de Murça, e o desafio é muito grande“.

 

Ricardo Loureiro e o Ford Escort irão fazer as verificações técnicas e documentais no sábado da parte da manha, para da parte dar lugar às subias de treinos e à 1ª subida de prova.As restantes subidas terão lugar no decorrer de domingo.




FOX 9897_Copy
 

PARCIDIO SUMMAVIELLE APOSTA NO PÓDIO EM MURÇA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

 

RAMPA DE MURÇA

 

 

PARCIDIO SUMMAVIELLE APOSTA NO PÓDIO EM MURÇA

 

Depois da subida ao pódio na Rampa do Caramulo, Parcidio Summavielle tem o mesmo objectivo para a prova do próximo fim de semana a  ter lugar na Rampa de Murça, sexta prova do Campeonato Nacional de Montanha.

 

Assim os objectivos de Parcidipo Summavielle para esta prova “ antes de mais fazer todas as subidas, sempre a melhorar os meus tempos, sempre muito concentrado, e sem cometer erros.O carro tem estado impecável, espero que continue assim, para assim conseguir assegurar os meus objectivos, que é lutar pela vitória e ter acesso a uma posição no pódio.Sei de antemão que a missão não será de modo algum fácil, mas espero que tudo me corra pelo melhor “.

 

Parcidio Summavielle e o Datsun 240 Z irão fazer as verificações técnicas e documentais no sábado da parte da manhã, para da parte da tarde dar lugar à subidas de treinos e à primeira subida de prova.As restantes subidas tFOX 9943_Copyerão lugar no decorrer de domingo.

 

 

RAMPA DE MURÇA

 

Gonçalo Manahu quer reforçar a liderança em Murça

O piloto do Porsche 997 GT3, está de partida para Trás-os-Montes, onde vai disputar a sexta prova do Campeonato Nacional de Montanha.

Gonçalo Manahu é actualmente o líder da Categoria Dois e ocupa a quinta posição do Campeonato à geral. “Acho que seria difícil fazer melhor. Em termos de geral, apenas tenho os protótipos à minha frente e na Categoria tenho mantido uma luta muito interessante com o José Correia e após cinco prova estamos separados por uns escassos dez pontos, o que é um bom espelho de como as provas estão a ser disputadas.”

“Em Murça gostava de voltar a vencer e assim consolidar a minha posição. No entanto tenho consciência de que é um traçado difícil e complicado para o Porsche, nomeadamente nas zonas mais enroladas e lentas, onde a saída do carro, fica penalizada face aos meus adversários. No entanto vou dar o meu melhor.” Remata o piloto assistido pela Fabela Sport e apoiado pela VMFlex.

manahu.estrela sabado Gonçalo Manahu (Porsche 997 GT3) - arquivo 

 

RAMPA DE MURÇA

 

Campeão em título reforça as apostas: andar rápido, desenvolver o Silver Car e lutar pelo campeonato.

Foram dias de muito trabalho, com a preparação da próxima prova do Campeonato Nacional de Montanha, que se vai disputar em Murça no próximo fim-de-semana. “O motor foi completamente revisto na Silver Car, pois há que resolver os problemas que têm afectado o carro nas últimas provas. Dentro das suas limitações naturais, já conseguimos por o carro rápido, agora temos que trabalhar na fiabilidade… são coisas normais da juventude (risos)”.

Para a próxima prova, Pedro Salvador, promete o empenho de sempre: “claro. Vou dar o meu melhor, vou levar o Silver Car ao limite, pois o desenvolvimento do carro é o objectivo principal da época e certamente que vou tentar ser o mais rápido possível. Esta rampa, que não faço desde 2008 tem um traçado espectacular, com curvas “enroladas” e zonas rápidas muito encadeadas em que qualquer hesitação tem um custo elevado, é do meu agrado e espero sair de Murça com mais um pódium.” Rematou o Campeão em título.

salvador caramulo Pedro Salvador (Silver Car EF10) - foto de arquivo

 

RAMPA DE MURÇA

 

Murça recebe a 6ª etapa do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline
 
Considerado por muitos como um dos traçados mais técnicos de Montanha, as
famosas Curvas de Murça serão o palco da 6ª edição do Campeonato Nacional de
Montanha Valvoline. Sob alçada do CAMI Motorsport, a Rampa Porca de Murça vai
para a estrada nos próximos dias 29 e 30 de Julho.
O Campeonato está ao Rubro. Os pilotos das diversas categorias não podem dar
tréguas na Rampa Porca de Murça o que, por si só, enaltecerá o espectáculo que
promete ser muito.
“O apoio do Município de Murça tem sido essencial para que se possa organizar um
evento com esta dimensão. Trata-se de uma prova pertencente a um Campeonato
Nacional. O Campeonato Nacional de Montanha Valvoline detém um dos melhores
parques automóveis de Competição a nível Nacional e é considerado um dos
melhores Campeonatos de Montanha a nível Europeu. Murça merece, tem todas as
condições para receber uma prova com este nível. A Rampa Porca de Murça, como
evento, é um excelente dinamizador da economia local e um excelente meio
promocional de Murça.” Nuno Loureiro Presidente do CAMI Motorsport.
As inscrições decorrem a bom ritmo e espera-se uma recheada lista de inscritos na
Rampa Porca de Murça.
Programa:
Sábado dia 29      Domingo dia 30
14.30 hrs Fecho de Pista     10.15 hrs Fecho de Pista
15.00 hrs Treinos Livres     11.30 hrs Treinos Livres
16.00 hrs Treinos Oficiais     14.00 hrs 2ª Subida Oficial
18.30 hrs 1ª Subida Oficial     15.15 hrs 3ª Subida Oficial
        16.30 hrs Pódio 
        (Parque Urbano de Murça)

 

RAMPA DE MURÇA

 

RAMPA DE MURÇA É JÁ NO PRÓXIMO FIM DE SEMANAa200 Copy

 

 

É já no próximo fim-de-semana, que o Campeonato Nacional de Montanha Valvoline se desloca até às famosas curvas de Murça, para disputar a sexta jornada da competição em 2017. A Rampa Porca de Murça será a última prova antes do período de férias e assume uma grande importância nas lutas pelos diversos títulos em disputa. A organização da prova está a cargo do CAMI Motorsport, com o apoio da Câmara de Murça.

A começar pelo topo, onde a luta entre o líder Rui Ramalho (Osella PA2000 Evo2) e Pedro Salvador (Silver Car EF10) está ao rubro, até porque nada está ainda decidido. Ramalho detém uma vantagem de 29 pontos para Salvador, mas têm ainda de prescindir de um resultado até ao final do ano, o que vai equilibrar mais as contas entre ambos, sendo por isso grande a indefinição em relação ao nome do campeão de 2017.

Ainda na Categoria 1 e numa luta à parte, Paulo Ramalho e o Osella PA21s Evo volta a ter a forte oposição de João Fonseca em BRC CM05 Evo, eles que têm travado belas lutas em todas as provas. Joaquim Rino, Nuno Guimarães, ambos em BRC e Hélder Silva em Juno, completam o lote de inscritos nesta categoria.

Também na Categoria 2, onde pontificam os GT, a luta é, e vai continuar a ser emocionante, com o campeão em título Gonçalo Manahu (Porsche 997 GT3 Cup), a levar para já a melhor face à apertada oposição de José Correia em Nissan GT-R GT3 e de Edgar Reis em Porsche 997 GT3 Cup.

Depois de falhar a primeira prova do ano, Pedro Saraiva e o Mitsubishi Lancer Evo IX conquistaram quatro triunfos consecutivos na Categoria 3, ganhando vantagem na luta pelo título. João Guimarães (Peugeot 206 RC), que liderou desde o início da época até à jornada anterior, está agora na segunda posição, mas não desarma na luta pelo triunfo na competição. Sérgio Nogueira (Citroen Saxo) e José Oliveira (Subaru Impreza) vão lutar pelo derradeiro lugar do pódio.

Com cinco vitórias em cinco provas, Manuel Correia e o Ford Fiesta R5+ são reis e senhores na Categoria 4 e o título já não lhes deverá fugir. Sempre na sombra de Correia, Luis Silva (BMW M3) mantém a pressão possível, esperando um erro do favorito para chegar ao lugar mais alto do pódio. Na luta pelo derradeiro lugar do pódio vão estar Marco Guerra em Peugeot 306, Daniel Teixeira em Mazda MX5 e os estreantes nesta categoria, Simplício Taveira (Peugeot 306) e Francisco Marrão (SEAT Leon Supercopa), este último a deixar a Categoria 5, optando por ingressar na quatro.  

Com a passagem de Marrão para a Categoria 4, Joaquim Teixeira e o Renault Megane Trophy V6 garantem desde já a conquista do ceptro na Categoria 5, sendo agora a luta pelo título no Campeonato Nacional de Montanha - Turismos, o principal foco de Teixeira. Jorge Meira em Citroen Saxo 16V e Luis Delgado em Toyota Carina E, lutam entre si para definir a ordem dos outros lugares do pódio.

Miguel Lobo e o Audi RS3 TCR estão de regresso à Taça Nacional TCR/TCS, numa competição que recebe para esta prova a participação de João Sousa em SEAT Leon MK2.

No que diz respeito à Taça Nacional de Montanha 1300 (TNM 1300), o dominador Armando Freitas (Toyota Starlet) volta a ser o principal favorito, recebendo em Murça a oposição dos Citroen AX Sport de Leonel Brás e Pedro Carvalho e ainda de Francisco Leite em Fiat Punto e António Silva em Toyota Starlet.

Está emocionante a luta pelo título no Campeonato Nacional de Clássicos Montanha, com José Gomes (Ford Escort MKI) certamente motivado depois assumir a liderança da competição no Caramulo. Também em Ford Escort MKI Flávio Saínhas, venceu as duas últimas provas e está ao ataque da liderança, sendo este resultado em Murça decisivo para as aspirações dos dois pilotos, separados na classificação geral por Parcídio Summavielle (Datsun 240Z).

Tudo em aberto no Troféu Nacional Clássicos de Montanha, com o líder Carlos Oliveira em BMW 323i, a ter de se aplicar para defender a sua posição face aos ataques de Fernando Salgueiro (Ford Escort MKII). O piloto do Caramulo venceu a última ronda disputada em “casa” e soma já três triunfos em 2017.

À espreita do que pode “sobrar” da luta entre os dois primeiros, o regular Ricardo Loureiro e o Ford Escort MKII podem também ter uma palavra a dizer na luta pelo primeiro lugar. Carlos Fava e Rui Gama, ambos em VW “Carocha”, completam a lista de inscritos nesta categoria.

Na Taça Nacional de Clássicos Montanha 1300, o domínio de Aníbal Rolo (Datsun 1200 Coupé) tem sido avassalador, com o veterano piloto a ser o único a confirmar a presença nesta prova.

Programa/Horário:

29.07.2017 – Sábado

14H30 – Fecho da pista
15H00 – 1ª Subida de Treinos
16H00 – 2ª Subida de Treinos
18H30 – 1ª Subida Oficial

30.07.2017 – Domingo

10H15 – Fecho da pista
11H30 – Warm Up
14H00 – 2ª Subida Oficial
15H15 – 3ª Subida Oficial

 

JOSÉ PEDRO GOMES QUER VENCER CATEGORIA NA RAMPA DE MURÇA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

 

RAMPA DE MURÇA

 

JOSÉ PEDRO GOMES QUER VENCER CATEGORIA NA RAMPA DE MURÇA

 

Fruto de alguns problemas relacionados com a falta de potência no motor do Ford Escort não permitiu que José Pedro Gomes  pudesse vencer a sua categoria na Rampa do Caramulo.Sobre as expectativas para a próxima prova a ter lugar já no próximo fim de semana, com a Rampa de Murça, José Pedro Gomes começou por nos dizer “ na realidade na Rampa do Caramulo não sei o que se passou com o carro, pois o motor não estava a debitar toda a potencia necessária, e por causa disso não alcançei a vitória em termos de categoria.Espero que para o próximo fim de semana o carro esteja a 101%, para assim poder alcançar os meus objectivos que é vencer a minha categoria e fazer a melhor classificação à geral.Sei de antemão que não irá ser uma rampa fácil, pois os mais directos adversários estão cada vez mais rápidos, e por isso conto com grande oposição, mas espero poder atingir os objectivos a que me proponho “, disse-nos.

 

José Pedro Gomes e o Ford Escort irão realizar as verificações técnicas e documentais no sábado da parte da manhã, para da parte da  tarde dar lugar às duas subidas de treinbos e à primeira de prova.NoFOX 9929_Copy domingo terão lugar as restantes subidas.

 

 

LISTA DE INSCRITOS RAMPA DE MURÇA

 

101 Speedy Motorsport Pedro Salvador Silvar Car EF 10 1 E2 - SC 3
102 Rui Ramalho Rui Ramalho Osela PA2000 EVO 2 1 E2 - SC 3
103 Paulo Ramalho Paulo Ramalho Osela PA21S EVO 1 CN 3
111 Helder Silva Helder Silva Juno CN 29 1 E2 - SC 3
151 Joaquim Rino Joaquim Rino BRC 05-EVO 1 CM 1
152 João Fonseca João Fonseca BRC CM 05 EVO 1 CM 1
155 Nuno Guimarães Nuno Guimarães BRC CM-02 1 CM 1
201 Gonçalo Manahu Gonçalo Manahu Porsche 997 GT3 Cup 2 GT 5
202 Edgar Reis Edgar Reis Porsche 997  2 GT 5
210 JC Group Racing Team José Correia Nissan GT3 2 GT 5
319 José Oliveira José Oliveira Subaru Impreza 3 A2 8
324 Sérgio Nogueira Sérgio Nogueira Citroen Saxo 3 A1 6
326 João Guimarães João Guimarães Peugeot 206 RC 3 A1 7
341 Pedro Coelho Saraiva Pedro Coelho Saraiva Mitsubishi Lancer Evo IX 3 N2 8
401 Manuel Correia Manuel Correia Ford Fiesta ST 4 E1-FIA 10
421 Luis Silva Luis Silva BMW M3 E30 4 E1-B 10
424 Marco Guerra Marco Guerra Peugeot 306 4 E1-B 9
426 Speedy Motorsport Francisco Marrão Seat Leon Super Copa 4 E1-B 10
433 Daniel Teixeira Daniel Teixeira Mazda MX5 4 E1-B 9
434 Simplicio Taveira Simplicio Taveira Peugeot 306 S 16 4 E1-B 9
511 Bompiso Racing Team Joaquim Teixeira Renault Megane Trophy 5 TRF 14
520 Jorge Meira Jorge Meira Citroen Saxo Cup 5 TRF 12
521 Luis Delgado Luis Delgado Toyota Carina E 5 TRF 13
 
Campeonato Nacional Clássicos Montanha (CNCM) Cat. GR. CL
626 Parcidio Summavielle Parcidio Summavielle Datsun 260 Z 6 4-H71 17
634 José Pedro Gomes José Pedro Gomes Ford Escort 6 2-H75 16
637 Flávio Saínhas Flávio Saínhas Ford Escort MKI 6 2-H75 16
 
Taça Nacional de Montanha 1300 (TNM 1300) Cat. GR. CL
724 Armando Freitas Armando Freitas Toyota Starlet 3T A1 19
727 Pedro Carvalho Pedro Carvalho Citroen AX Sport 3T A1 19
738 Leonel Brás Leonel Brás Citroen AX Sport 3T A1 19
739 António Torres da Silva António Torres da Silva Toyota 1300 3T E1-B 19
777 Francisco Leite Francisco Leite Fiat Punto  5T TRF 19
 
Taça Nacional de Montanha Clássicos 1300 (TNMC 1300) Cat. GR. CL
844 Aníbal Rolo Aníbal Rolo Datsun 1200 Coupé 6T 2-H75 20
 
TROFÉU NACIONAL DE CLÁSSICOS MONTANHA (TNCM)   GR. CL
904 Fernando Salgueiro Fernando Salgueiro Ford Escort MK II   5 22
905 Ricardo Loureiro Ricardo Loureiro Ford Escort MK II   5 22
909 Carlos Oliveira Carlos Oliveira BMW E21   5 23
927 Carlos Fava Carlos Fava VW 1303 S   5 22
929 Rui Gama Rui Gama VW Type I   5 22
 
TROFÉU NACIONAL TCR / TCS MONTANHA (TNTM)    GR. CL
957 Veloso Motorsport Miguel Lobo Audi RS3 LMS   TCR 25
958 João Sousa João Sousa Seat Leon MK2   TCR 25
39 Inscritos          
LISTA DE INSCRITOS 
RAMPA REGIONAL
NR CONCORRENTE  CONDUTOR  VIATURA   GR. CL
  Leandro Macedo Leandro Macedo VW Polo   X1 8
1 Inscrito          

 

CARLOS LUIS COM O 2º LUGAR NO CARAMULO

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

RAMPA DO CARAMULO

 

CARLOS LUIS COM O 2ºLUGAR NA CATEGORIA 3 NA RAMPA DO CARAMULO

 

Depois de uma ausencia de duas provas por razões de ordem profissional, eis que o Seat Leon de Carlos Luis esteve de regresso ao Campeonato Nacional de Montanha , onde no passado fim de semana correu “ em casa”.Carlos Luis começou por fazer nas três subidas de treinos os tempos de  1.36.871, 1.37.367 e 1.36.200.

 

Animado com estes tempos, o piloto do Caramulo Racing Team, nas subidas de prova, acabaria por não alinhar na primeira subida, isso motivado por contratempos mecânicos.Mas para as outras duas subidas de prova, o Seat Leon TDI esteve na linha de partida, tendo sido o autor dos tempos de 1.36.947, para depois na derradeira subida ser “autor dum tempo canhão “, com 1.34.364 respectivamente.Depois de ter subido ao pódio, para receber os troféus por este resultado, Carlos Luis disse-nos “ poderia ter corrido melhor, houve alguns problemas nas subidas de prova, no entanto foram solucionados.Depois foi  concentração máxima, sem cometer erros, acabei por conseguir fazer dois excelentes tempos que me permitiram ver o nível de competividade do meu Seat Leon TDI, e concluir que mais não posso fazer e chegar ao Mitsubishi Lancer de Pedro Saraiva está colocada de lado. 

 O resultado alcançado é  muito especial para mim, pois o Caramulo é a terra onde se encontra aquela estrelinha mais brilhante no Ceú e responsável por esta minha paixão, para ele vão todos os trofeus.

 

CLASSIFICAÇÃO CATEGORIA 3

 

1º Pedro Saraiva – Mitsubishi Lancer

2º CARLOS LUIS – SEAT LEON TDi

3º João Guimarães – Peugeot 206

4º Sérgio Nogueira – Citroen Saxo

5º José Oliveira – Subaru ImprezaFOX 9506_Copy

 

NOVO PROJECTO PARA OS FIAT UNO E PUNTOS

 

PROJECTO A NASCER PARA OS UNOS E PUNTO

 

Um grupo de entusiastas, onde alguns deles são possuidores dos Fiat Uno e Punto que participaram   , nos troféus da Feup, têm em mente um novo projecto, que poderá nascer em breve.Aquilo que se sabe até ao momento, é que há interesse em pegar nos Fiat Uno e Punto, que correram no passado, e com estes carros fazer uma competição  a ser integrada no Campeonato Nacional de Montanha.

 

Para já isto não passa de um projecto, que ainda terá de ser aprovado pela entidade federativa, para além da Appam, como promotora/organizadora das provas do Campeonato Nacional de Montanha.Por aquilo que apuramos, caso este projecto vá em frente, terá algumas caracterisitcas de participação , algumas delas bem curiosas.Assim todos os carros participantes terão de estar matriculados, para poderem rodar nas estradas, e isso porque todos os participantes terão de se deslocar nos seus próprios carros de comeptição até aos locais das provas.A assistencia  a cada carro estará a cargo de apenas um preparador, que terá sob a sua responsabilidade a assistencia em prova,  havendo um limite do numero de pneus a usar ao longo a época.O objectivo deste projecto, é poder trazer o maior numero de participantes, que irão competir da forma mais económica possível, tendo apenas que pagas as inscrções nas provas, cujo preço será algo a  definir.Por ultimo caso este projecto vá para a frente poderá ser  uma competição  na qual podem apenas competir os Fiat Uno e Puntos numa espécie de troféu monomarca. MONOMARCA

 

PARCIDIO SUMMAVIELLE NO PÓDIO DA CATEGORIA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

RAMPA DO CARAMULO

 

 

PARCIDIO SUMMAVIELLE NO PÓDIO DA CATEGORIA NO CARAMULO

 

Parcidio Summavielle ao volante do seu Datsun 240 Z, subiu ao pódio  no passado fim de semana na Rampa do Caramulo, quinta prova do Campeonato Nacional de Montanha.Logo nas subidas de treinos, Parcidio Summavielle rubricaria logo os tempos de 1.45.946, 1.42.490 e 1.42.710.Já nas subidas de prova, Parcidio Summavielle  deu o seu melhor, e conseguiria obter os cronos de 1.42.288, 1.41.163 e 1.41.913.

 

No final, depois de subir ao pódio, Parcidio Summavielle começou por nos dizer “ não correu mal, foi até uma boa prova, sem problemas de maior, penso ate´que melhor seria impossivel, pois para o fazer teria de retirar muito peso ao meu Datsun 240Z, o que no meu ponto de vista iria desfigurar o carro, e isso eu,  francamente não gosto.Estou satisfeito, sei que era impossivel bater o Ford Escort do Sainhas e do José Pedro Gomes, mas para todos os efeitos consegui juntar mais uns pontos com vista ao Campeonato”, disse-nos.

 

CLASSIFICAÇÃO GERAL FINAL

 

1º Rui Ramalho – Osella

2º Pedro Salvador – Silver Car

3º Paulo Ramalho – Osella

4º João Fonseca – BRC

5º Nuno Guimarães – BRC

22º PARCIDIO SUMMAVIELLE

 

CLASSIFICAÇÃO CAMPEONATO NACIONAL DE CLÁSSCISO MONTANHA

 

1º Flávio sainhas – Ford Escort

2º José Pedro Gomes – Ford Escort

3º PARCIDIO SUMMAVIELLE – DATSUN 240 Z

4º Luis Moutinho – Ford Escort

5º Mário Mesquita – Datsun 1600 SSSS

 FOX 9945_Copy

 

LUIS MOUTINHO DE REGRESSO AO NACIONAL DE MONTANHA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE –JC GROUP

 

RAMPA DO CARAMULO

 

 

LUIS MOUTINHO DE REGRESSO AO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

Luis Moutinho regressou no passado fim de semana na Rampa do Caramulo ao volante do seu Ford Escort, onde esteve em destaque.Nas três subidas de treinos, o piloto preparador de Lisboa, foi o  autor dos tempos de 1.46.100, 1.45.561 e 1.49.042.Tentando apanhar o ritmo de corrida, nas subidas de prova, Luis Moutinho “ arregaçou as mangas”, e seria o autor dos tempos de 1.45.421, 1.44.852, para terminar com 1.42.214.

 

Depois da cerimónia de entrega de prémios, Luis Moutinho fez-nos um resumo da prova, começando por dizer “ correu bem, sem problemas no Ford Escort, objectivos alcançados, pois cheguei ao final, sempre a melhorar os tempos, por isso estou satisfeito.Está nos meus planos fazer mais provas do Campeonato Nacional de Montanha, no entanto não poderei participar na próxima prova na Rampa de Murça, isso por razões profissionais, mas queria ver se na Rampa da Senhora da Graça  já poderei alinhar” “

 

CLASSIFICAÇÃO CAMPEONATO NACIONAL CLÁSSICOS MONTANHA

 

1º Flávio Sainhas – Ford Escort

2º José Pedro Gomes – Ford Escort

3º Parcidio Summavielle – Datsun 240 Z

4º LUIS MOUTINHO – FORD ESCORT

5º Mário Mesquita – Datsun 1600 SSS

 FOX 9968_Copy

 

RAMPA DO CARAMULO

 

Vettra Motorsport com pódio no Caramulo

 

Num fim-de-semana de muito calor, a Vettra Motorsport colocou os dois carros que assiste, o Nissan Gt-R GT3 de José Correia, e o Datsun SSS de Mário Mesquita,  no pódio.

O Caramulo recebeu a mais recente etapa do Campeonato Nacional de Montanha e a Vettra Motorsport, como tem sido hábito, compareceu ao mais alto nível.

José Correia, com o poderoso Nissan Gt-R GT3, lutou pelo primeiro lugar com o endiabrado Gonçalo Manahu, em Porsche. Ao contrário da Falperra e da Serra da Estrela, José Correia não levou a melhor sobre o piloto do Porto, ainda assim “ (…)falta muito campeonato. Está tudo em aberto”. Referiu o piloto que também afirmou “O nosso objetivo era ganhar e penso que fizemos uma boa rampa. Fomos melhorando os nossos tempos em cada uma das três subidas de prova mas não deu para ganhar. É muito importante sermos consistentes e é um facto que esta época estivemos sempre no pódio.”.

Mário Mesquita, o gentleman driver da Vettra Motorsport, levou o Datsun SSS ao terceiro lugar do pódio nos Históricos 71. O piloto tentou subir na classificação mas fortes dores na mão impediram-no de estar a 100%.

No final dos dois dias de CNM, Luís Borges referia que “ este traçado, como já sabiamos de anos anteriores, pela sua extensão e com zonas estreitas, não é o melhor para o Nissan de José Correia. Apesar disso, o piloto fez um excelente trabalho e está na luta pelo título”.

Sobre Mário Mesquitaa396 Copya397 Copy, numa altura que os problemas com o Datsun parecem  sanados “ fortes dores na mão – à qual já fora operado – impediram de estar ao nível que sempre nos presenteou; e aproveito para desejar as melhoras para estar a 100% na Rampa de Murça, dentro de 15 dias”.

 

 

CARLOS FAVA PRESENTE NO CARAMULO

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

RAMPA DO CARAMULO

 

CARLOS FAVA EM DESTAQUE NA RAMPA DO CARAMULO

 

Uma vez mais o Volkswagen 1303 de Carlos Fava esteve â partida de mais uma jornada do Campeonato Nacional de Montanha, que no fim de semana passado esteve na Rampa do Caramulo.

 

Logo nas subidas de treinos, Carlos Fava tentou dar o seu melhor, tendo alcançado os cronos de 1.54.873, 1.53.745 e 1.54.163.A debater-se com problemas de carburação no propulsor do Volkswagen, Carlos Fava não baixou os braços e nas subidas de prova, conseguiria alcançar os tempos de 1.56.853, 1.58.603 e 1.49.423 respectivamente.No final da prova fez-nos o balanço da mesma acrescentando “ poderia ter corrido melhor, debati-me com problemas no motor que não me permitiram poder explorar toda a competividade do meu Volkswagen 1303.Mesmo assim os problemas foram solucionados, mas já era tarde demais, pois nas duas ultimas subidas é que consegui andar mais depressa, mas estou satisfeito “, disse-nos.

 

Carlos Fava tem os apoios de :

 

 

 

Tacofrota, Lda

Belmonte Município
Maquesonda
AutoDionisio Lda
Fio de Azeite - Casa de Petiscos
Clube Nacional de Montanhismo

 

 

CLASSIFICAÇÃO GERAL FINAL

 

TROFÉU NACIONAL CLÁSSICOS DE MONTANHA

 

1º Fernando Salgueiro – Ford Escort

2º Ricardo Loureiro – Ford Escort

3º Carlos Oliveira – BMW 323

4º CARLOS FAVA – VOLKSWAGEN 1303

5º Rui Gama – VolkswagenFOX 9368_CopyFOX 9369_Copy

 

MARIO MESQUITA SATISFEITO

 

RAMPA DO CARAMULO

MÁRIO MESQUITA SATISFEITO COM A SUA PRESTAÇÃO NA RAMPA DO CARAMULO

De pois de tantos problemas com que se debateu nas jornadas anteriores  do Campeonato Nacional de Montanha, o Datsun 1600 SSS de Mário Mesquita, esteve em bom plano na Rampa do Caramulo, tendo chegado ao final no top five da sua categoria.

Nas subidas de treinos, Mário Mesquita começou por fazer um tempo de 2.02.329, conseguindo depois melhorar de forma substancial nas subidas seguintes com 1.54.650 e 1.52.706.Para as subidas de prova, Mário Mesquita começou por fazer os tempos de 1.52.750, 1.52.264 e 1.53.153.Satisfeito , no final da prova dizia-nos “ desta vez a mecănica esteve à altura, o carro está bom, fiz uma boa prova, e agora há que começar a pensar já na prova seguinte. Por motivos particulares não estarei presente na Rampa de Murça, rampa que gosto muito. “.

 

CLASSIFICAÇÃO CAMPEONATO CLÁSSICOS DE MONTANHA

 1º Flávio Sainhas – Ford Escort

2º José Pedro Gomes – Ford Escort

3º Parcidio Summavielçle – Datsun 240 Z

4º Luis Moutinho – Ford Escort

5º MÁRIO MESQUITA – DATSUN 1600 SSSMARIO1 Copy

 

CARLOS OLIVEIRA PRESENTE NO CARAMULO

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 - VALVOLINE - JC GROUP

 

RAMPA DO CARAMULO

 

CARLOS OLIVEIRA NO PÓDIO NA RAMPA DO CARAMULO

 

Carlos Oliveira subiu ao pódio na sua categoria,  no passado fim de semana na Rampa do Caramulo, ao volante do seu já habitual BMW 323.O piloto da Pòvoa de Varzim nunca baixou os braços, e logo nas duas subidas de treinos fez os tempos de 1.436.157, 1.42.789 e 1.41.729, sempre a melhorar.Para as subidas de prova, Carlos Oliveira mais animado do que nunca, obteria na primeira subida de prova um crono de 1.41.672, para depois rubricar 1.39.642 e 1.38.876.

 

No final depois de ter subido ao pódio, para receber o seu troféu, Carlos Oliveira dizia-nos ? correu bem, sem problemas de maior a, andar cada vez mais depressa, sem cometer erros.Bem tentei  atacar o 1º e o 2º lugar, mas a partir duma certa altura estava a correr riscos desnecessários, mesmo assim estou satisfeito com os objectivos alcançados.Na  ultima subida fiz ainda  o 2º melhor tempo mas não chegou para ascender ao 2º lugar que ficou a 1.51 décimos de segundo e que os dois concorrentes  dos dois Ford Escort são da equipa do Caramulo Racing Team,  logo corriam em casa.”.

 

 

 

 

 

 

 

CLASSIFICAÇÃO TROFÉU NACIONAL CLÁSSICOS MONTANHA

 

CLASSIFICAÇÃO GERAL

 

1º Rui Ramalho - Osella

2º Pedro Salvador - Silver Car

3º Paulo Ramalho - Osella

4º João Fonseca - BRC

5º Nuno Guimarães - BRC

20º CARLOS OLIVEIRA - BMW 323

 

CLASSIFICAÇÃO CATEGORIA

 

1º Fernando Salgueiro - Ford Escort

2º Ricardo Loureiro - Ford Escort

3º CARLOS OLIVEIRA ? BMW 323

4º Carlos Fava - Volkswagen 1303

5º Rui Gama – VolkswagenFOX 9375_Copy

 

RAMPA DO CARAMULO

 

Teve lugar no passado fim-de-semana, no Caramulo, a 5ª prova do Campeonato Nacional de Montanha 2017.

Tal como se adivinhava, o calor marcou fortemente presença, superando mesmo as previsões, com as temperaturas a ultrapassarem os 35º C, o que dificultou a tarefa dos Pilotos e das suas Equipas, bem como as mecânicas dos carros. O Team PRMiniracing não passou incólume a estas vicissitudes, sendo obrigado a encontrar formas para ultrapassar estas contingências. Uma palavra de agradecimento para o muito público, que mesmo nestas condições de calor, marcou presença ao longo do traçado, podendo assim assistir de "plateia" a mais uma épica disputa do Campeonato Nacional de Montanha de 2017.
RUI RAMALHO # OSELLA PA2000 EVO2 (E2-SC) # 102
 
Rui Ramalho depois de 2 vitórias em 4 possíveis e líder do Campeonato, apresentava-se nesta prova com o único objectivo de lutar pela vitória. Assim, com esse objectivo em mente, o Piloto do Porto e sua Equipa, trabalharam arduamente ao longo de todo o fim-de-semana na busca da afinação "perfeita" do Osella PA2000 EVO 2, dando atenção máxima a todos os pormenores de afinação do mesmo, desde a aerodinâmica até ao perfeccionismo da pressão dos pneus, que uma vez mais tiveram aqui um importante papel.
Assim, logo na 1ª subida de prova de sábado, Rui batia inapelavelmente o antigo record do traçado por cerca de 4 segundos (!!!), assumindo provisoriamente a 1ª posição da prova, posição essa que nunca mais a cedeu, pois no Domingo, na 2ª subida de prova voltava a baixar o seu record do dia anterior, demonstrando efectivamente ao que se propunha para a 3ª e derradeira subida de prova… que era uma vez mais manter a 1ª posição e selar mais uma fantástica vitória num palco de excelência como é o Caramulo.
Novo recorde do traçado, 3ª subida de prova mais rápida que lhe atribui mais 1 ponto extra nas contas do Campeonato… à distância parece que foi tudo bastante acessível, mas desenganem-se aqueles que não tiveram oportunidade de vibrar in loco, pois tratou-se uma vez mais de uma prova novamente discutida à milésima de segundo, contudo, em todas as subidas de prova a serem dominadas por Rui Ramalho, que uma vez mais teve como acérrimo adversário Pedro Salvador, que até ao último metro lutou de todas as formas pela vitória.
Rui Ramalho possui agora 3 vitórias e 2 segundos lugares, o que lhe permite dilatar a sua liderança nas contas do Campeonato, sendo desde já uma excelente motivação para preparar a Rampa de Murça que terá lugar no final deste mês (29 e 30 Julho), antes do período normal de interregno para férias.
alt
On Board Rui Ramalho
alt
Best of Rui Ramalho
PAULO RAMALHO # OSELLA PA21S EVO (CN) # 103
 
Paulo Ramalho apresentou-se nesta prova com o objectivo de lutar por um dos lugares do pódio e depois de uma 1ª subida de treinos cautelosa, nas seguintes demonstrou que tal objectivo estava ao seu alcance, pois a partir da 2ª subida de treinos assumia a 3ª posição, posição essa que viria a manter nas subidas de prova com relativa à vontade, terminado assim a Rampa do Caramulo no degrau mais baixo do pódio, posição essa que tinha inicialmente como objectivo e que lhe permite assim, reforçar a actual 3ª posição que ocupa no Campeonato. De referir que no decorrer desta prova, não existiu qualquer percalço técnico no seu Osella PA21S EVO, o que reflecte uma vez mais o elevado nível de profissionalismo dos elementos da sua Equipa, ao disponibilizarem o protótipo Italiano "au point" para que o Piloto mais velho da Equipa tivesse "apenas" de se concentrar na pilotagem. Contudo, este fim-de-semana seria logo à partida um fim-de-semana muito especial para Paulo Ramalho, pois independentemente dos resultados a alcançar por si e pelo seu Irmão, Paulo queria homenagear o seu Amigo Ricardo Mendes, que durante algumas Épocas fez parte da sua Equipa, fazia também precisamente 10 anos que neste mesmo palco Paulo obtinha a sua primeira vitória absoluta e como tal, o sentimento de nostalgia assumia na sua mente uma forte cota parte nas emoções que percorreram a sua mente ao longo deste fantástico fim-de-semana. Assim, nada melhor que mais uma vitória do seu Irmão Rui para celebrar os 10 anos da sua 1ª vitória no mesmo local, o que o encheu de orgulho fraterno e nada melhor como homenagear a partida de Ricardo Mendes com esta mão cheia de resultados, que foram inteiramente dedicados à sua memória. Paulo Ramalho no final agradeceu a todos aqueles que de uma forma ou de outra têm contribuído para os sucessos da sua Equipa.
alt
On Board Paulo Ramalho
alt
Best of Paulo Ramalho

 

RICARDO LOUREIRO NO PÓDIO NA RAMPA DO CARAMULO

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

RAMPA DO CARAMULO

 

RICARDO LOUREIRO NO PÓDIO NA RAMPA DO CARAMULO

 

A “correr em casa”, Ricardo Loureiro obteve o 2º lugar em termos de categoria no passado fim de semana na Rampa do Caramulo, quinta prova para o Campeonato Nacional de Montanha.

 

Logo na subida de treinos, Ricardo Loureiro seria o autor do 13º melhor tempo à geral, com 1.40.367, para de seguida fazer 1.39.772 e 1.40.948.Nas tres subidas de prova, Ricardo Loureiro foi eficiente, rubricando os tempos de 1.39.407, 1.38.651 e 1.39.105.No final, depois da cerimónia do podio começou por nos dizer “ correu muito bem, o carro esteve bem, sem grandes problemas, fiz a minha prova, sempre a lutar pela vitória na categoria, não fiquei longe, mas o  meu amigo e colega de equipa,  Fernando Salgueiro esteve superior e nada havia a fazer.Por isso estou satisfeito, e agora há que começar a preparar a próxima rampa que será em Murça “.

 

CLASSIFICAÇÃO GERAL FINAL

 

1º Rui Ramalho – Osella

2º Pedro Salvador – Silver Car

3º Paulo Ramalho – Osella

4º João Fonseca – BRC

5º Nuno Guimarães – BRC

19º RICARDO LOUREIRO – FORD ESCORT

 

CLASSIFICAÇÃO CATEGORIA

 

1º Fernando Salgueira – Ford Escort

2º RICARDO LOUREIRO – FORD ESCORT

3º Carlos Oliveira – BMW 323

4º Carlos Fava – Volkswagen 1303

5º Rui Gama – Volkswagen

 FOX 9897_Copy

 

FLAVIO SAINHAS COM NOVA VITÓRIA NA RAMPA DO CARAMULO

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

RAMPA DO CARAMULO

 

FLÁVIO SAINHAS COM NOVA VITÓRIA NA RAMPA DO CARAMULO

 

Foi chegar, ver e vencer, foi este o lema aplicado à participação de Flávio Sainhas no passado fim de semana na Rampa do Caramulo, quinta jornada do Campeonato Nacional de Montanha.

 

O piloto da Covilhã, ao volante do seu Ford Escort não deixou “ os créditos por mãos alheias “, e logo nas saubidas de treinos, seria o autor do melhor tempo da categoria 6, com os cronos de 1.43.528, para logo na segunda subida, haveria de conseguir melhorar de forma significativa com 1.39.178.Na warn-up , ainda a fazer os ultimos acertos no Ford Escort,voltaria a conseguir melhorar os tempos feitos com 1.38.625.Assim as prespectivas pra a primeira subida de prova eram as mais animadoras, e assim faria o 12º melhor tempo na classificação geral, e o 1º entre a categoria 6 com um tempo de 1.36.493.Na 2ª subida de prova, Flávio Sainhas voltaria a rubricar um excelente tempo com 1.35.786, batendo de forma sistemática os cronos anteriores.Na derradeira subida, Flávio Sainhas levantou um pouco o pé do acelarador, tendo feito mesmo assim um tempo de 1.38.104.

 

No final, depois da cerimónia do pódio em plena escadaria do Museu do Caramulo, Flávio Sainhas fez-nos um resumo “ correu muito bem, as duas subidas de treinos foram feitas com pneus usados, mesmo assim consegui melhorar os meus tempos.Depois para a 1ª sibida de prova “calçei” pneus novos, e aí a situação alterou-se, e foi sempre a melhorar os meus tempos, até que na derradeira subida levantei um  pouco o pé, pois pouco mais havia a fazer.O carro esteve impecável, e dedico este resultado a toda a minha equipa, familia e patrocinadores “.

 

Flávio Sainhas tem os apoios de :

 

Belmonte Município
Sildicons
Clube Nacional de Montanhismo
VCR-mobile / VCR Spare parts
A Salsicharia 
Villand - Imóveis e Importações, Lda
M. Xavier da Costa, Lda
INTERPREV
graph&co DESIGN DE COMUNICAÇÃO
Covilhã Município
Desafio dos Numeros
Matos & Prata BMW
Fio de Azeite - Casa de Petiscos 
Vitor Trindade - Estofador Auto 
Fuchs Oil
AutoDionisio Lda
Tacofrota, Lda
Serrapeças, LDA
JDeus Covilhã
2Q by Vitor Sousa

 

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL

 

CAMPEONATO NACIONAL DE CLÁSSICOS DE MONTANHA

 

CLASSIFICAÇÃO CATEGORIA

 

1º FLÁVIO SAINHAS – FORD ESCORT

2º José Pedro Gomes – Ford Escort

3º Parcidio Summavielle – Datsun 240 Z

4º Luis mOutinho – Ford Escort

5º Mário Mesquita – Datsun 1600 SSS

 

CLASSIFICAÇÃO À GERAL

 

1º Rui Ramalho – Osella

2º Pedro Salvador – Silver Car

3º Paulo Ramalho – Osella

4º João Fonseca – BRC

5º Nuno Guimarães – BRC

15º FLÁVIO SAINHAS – FORD ESCORT

 FOX 0291_CopyFOX 9917_Copy

 

FERNANDO SALGUEIRO VINGOU-SE DO RESULTADO DE SANTA MARTA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

 

RAMPA DO CARAMULO

 

 

FERNANDO SALGUEIRO VINGOU-SE DO RESULTADO DE SANTA MARTA

 

VITÓRIA NA CATEGORIA

 

Fernando Salgueiro ao volante do seu Ford Escort, foi o brilhante vencedor da categoria de GR 5 na Rampa do Caramulo, que conhece como as suas mãos, vingando-se do resultado  negativo obtido na Rampa de Santa Marta.

 

Logo nas subidas de treino, Fernando Salgueiro atacou e fez logo  o tempo de 1.40628, para de seguida fazer 1.38.402,  e na “warn-up” obter 1.38.816.Para a primeira subida de prova, Fernando Salgueiro “passou ao ataque”, sendo o autor do melhor tempo na categoria com 1.36.919, para nas duas subidas seguintes de prova melhorar um pouco mais com  1.36.327 e 1.37.685.

 

No final depois de colocar o seu Ford Escort no parque fechado, começou por nos dizer “ correu bem sem probelmas de maior, surge sempre uma ou outra coisa, mas sem grande importancia, e de fácil solução, o que me permitiu rubricar nova vitória, que teve um sabor muito especial por dois motivos, um por esta ser a minha rampa  preferida, e estar em “casa”, e a outra  razão ter conseguido superar com distinção  o mau resultado da prova anterior na Rampa de Santa Marta, em que fui obrigado a desistir.Os objectivos foram alcançados, pois foi sempre a melhorar os meus tempos em cada subida, por isso estou satisfeito “, disse-nos.

 

CLASSIFICAÇÃO GERAL FINAL

 

1º Rui Ramalho – Osella

2º Pedro Salvador – Silver Car

3º Paulo Ramalho – Osella

4º João Fonseca – BRC

5º Nuno Guimarães – BRC

16º FERNANDO SALGUEIRO – FORD ESCORT

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL CATEGORIA 5

 

1º FERNANDO SALGUEIRO – FORD ESCORT

2º Ricardo Loureiro – Ford Escort

3º Carlos Oliveira – BMW 323

4º Carlos Fava – Volkswagen 1303

5º Rui Gama – Volkswagen

 FOX 9908_Copy

 

RAMPA DO CARAMULO

 

Joaquim Teixeira soma mais um triunfo na Montanha

 

Foi com mais uma vitória que Joaquim Teixeira terminou o dia de Domingo no Caramulo, com o experiente piloto transmontano a levar a melhor na Categoria 5 e a imiscuir-se na luta pela vitória ao nível dos Turismos.

Ao volante de um Renault Megane Trophy V6, preparado e assistido pela MartinsSpeed, Joaquim Teixeira, começou mal a prova, com problemas ao nível da alimentação do motor da bonita máquina francesa, a impedirem a sua presença nas duas subidas de treinos de Sábado.

“De facto o fim-de-semana não começou bem para nós, com as bombas de gasolina a não querem colaborar. Conseguimos resolver parcialmente o problema e depois de falhar duas subidas, fizemos a primeira subida de prova ainda no Sábado. No Domingo tudo correu bem e com isso a vitória na Categoria 5 foi mais uma vez nossa. Também nos Turismos quase consegui vencer, mas acabei por não o conseguir por apenas 4 décimos, reforçando mesmo assim a segunda posição no campeonato. As subidas falhadas no Sábado atrasaram um pouco o acerto do carro e isso reflectiu-se na nossa prestação global. Saio muito satisfeito do Caramulo e vou para Murça muito motivado para vencer nas duas frentes em que estou envolvido. Temos um campeonato equilibrado nos Turismos e tudo pode ainda acontecer.” Referiu Joaquim Teixeira.

O Nacional de Montanha prossegue dentro de duas semanas com a realização da Rampa Porca de Murça, sexta jornada do campeonato em 2017.a333 Copy

 

RAMPA DO CARAMULO

 

Francisco Marrão cumpriu na passagem pelo Caramulo

 

O Campeonato Nacional de Montanha Valvoline, prosseguiu no passado fim-de-semana com a realização da Rampa do Caramulo, quinta jornada da competição em 2017. O calor marcou forte presença nesta localidade da zona centro, brindando todos os presentes com dois agradáveis dias de Verão.

Com o SEAT Leon Supercopa preparado e assistido pela Speedy Motorsport, Francisco Marrão teve uma passagem positiva por esta prova, apesar de o piloto vila-realense não se mostrar totalmente satisfeito, com a prestação que o levou até ao segundo lugar final da Categoria 5.

“Esta prova não me correu bem, esperava ser mais rápido, mas os tempos por esta ou por aquela razão não saíram. Penso que no meu subconsciente estava ainda o que de menos bem me correu no Circuito de Vila Real e isso talvez tenha tido reflexo na minha prestação aqui no Caramulo. Por outro lado, a motivação não é muito elevada, porque a Categoria 5 está neste momento sem interesse e não me puxa para tentar fazer melhor. Era bom que aparecessem mais concorrentes, mas com carros ao nível do meu, para criar emoção e aquelas lutas que ainda no ano passado tivemos. Este é também uma boa altura para a Federação reflectir ao nível dos regulamentos, penso que algo tem de ser feito para trazer de volta a emoção a esta categoria e a outras que sofrem do mesmo mal. O meu carro esteve sempre muito bem, mais uma vez graças ao excelente trabalho da equipa, eu é que sinto, estive uns furos abaixo do que esperava. Vamos pensar já na próxima prova e ganhar moral para fazer melhor que aqui no Caramulo.” Disse Francisco Marrão.

O Nacional de Montanha prossegue dentro de duas semanas em Murça, com a histórica rampa local a albergar a sexta jornada desta época.   

 a332 Copy

 

DOMINGOS FERNANDES PRESENTE NO CARAMULO

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

 

RAMPA DO CARAMULO

 

 

DOMINGOS FERNANDES NO PÓDIO DA CATEGORIA NO CARAMULO

 

Uma vez mais o pequeno Autobianchi A 112 de Domingos Fernandes chegou ao final da Rampa do Caramulo, que se disputou no passado fim de semana.Domingos Fernandes faria logo nas subidas de treinos os tempos de 2.02.329, 2.02.066 e 2.12.115.Para as subidas de prova, o piloto de Armamar acabaria por conseguir melhorar de forma significativa, fazendo respectivamente os tempos de 1.59.877, 1.59.337 e 1.56.535.

 

No final, depois de ter subido ao pódio, fez-nos um resumo desta prova começando por nos dizer “  correu bem. Sem problemas de maior, o carro estava perfeito.Esta é uma rampa muito rápida, que nada tem a haver com o meu carro, fiz o que estava ao meu alcance, e cheguei ao final com uma ida ao pódio, por isso estou satisfeito “, disse-nos.

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL

 

1º Rui Ramalho – Osella

2º Pedro Salvadro – Silver Car

3º Paulo Ramalho – Osella

4º João Fonseca – BRC

5º Nuno Guimarães – BRC

33º DOMINGOS FERNANDES – AUTOBIANCHI A 112

 

CLASSIFICAÇÃO POR CATEGORIA

 

TAÇA NACIONAL DE CLÁSSICOS – MONTANHA

 

1º Anibal Rolo – Datsun 1200 Coupé

2º José Pedro Figueiredo – Datsun 1200

3º DOMINGOS FERNANDES – AUTOBIANCHI A 112

 

 

AUSENTE EM MURÇA

 

Para já Domingos Fernandes não vai poder alinhar com o seu Autobianchi A 112, mas o piloto de Armamar, explicou-nos o porque “ tenho um problema no joelho esquerdo e na proxima 4ª feira vou ser operado no Hospital da CUF no Porto, para tentar resolver isto de uma vez por todas.Por isso o periode de convalescença irá ser um pouco prolongado, para já será a ausencia na Rampa de Murpa, e vamos lá ver se estarei em condições de poder alinha na Rampa Senhora da Graça ou então Boticas, vamos lá ver “.FOX 9334_Copy

 

JOSÉ PEDRO GOMES NA RAMPA DO CARAMULO

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GRUPO

 

 

RAMPA DO CARAMULO

 

JOSÉ PEDRO GOMES NA RAMPA DO CARAMULO

 

José Pedro Gomes rubricou um 2º lugar no passado fim de semana na Rampa do Caramulo, quinta jornada do Campeonato Nacional de Montanha, onde uma vez mais alinhou ao volante do seu Ford Escort.

 

O piloto-advogado começou logo nas duas subidas de treinos por alcançar os tempos de 1.46.262 e 1.39.322, tendo feito na warn-up o tempo de 1.39.335.

 

Logo na primeira subida de prova, conseguiu melhorar de novo o seu tempo, com 1.37.578, para na subida seguinte fazer ainda melhor com 1.37.060, não sendo suficiente para bater o primeiro classificado, o Escort de Flávio Sainhas.

 

Com estes resultados, José Pedro Gomes acabaria por não fazer a derradeira subida, mesmo assim depois de colocar o seu Ford Escort no parque fechado, disse-nos “ o carro ainda não está bem, falhava um pouco, e nem sei porquê.Assim não consegui bater o Sainhas, fiz de tudo o que estava ao meu alcance, mas temos de ver o que na realidade motiva o comportamento do carro.Foi mais um segundo lugar, eu queria a vitória, mas não foi possivel.Vamos lá ver se em Murça corre melhor”, disse-nos.

 

CLASSIFICAÇÃO GERAL FINAL

 

1º Rui Ramalho – Osella

2º Pedro Salvador – Silver Car

3º Paulo Ramalho – Osella

4º João Fonseca – BRC CM 05

5º João Guimaraes – BRC

17º JOSÉ PEDRO GOMES – FORD ESCORT

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL CATEGORIA

 

1º Flávio Sainhas – Ford Escort

2º JOSÉ PEDRO GOMES – FORD ESCORT

3º Anibal Rolo – Datsun 1200 Coupé

4º Domingos Fernandes – Autobianchi A 112

 

 FOX 9414_Copy

 

RAMPA DO CARAMULO

 

Manahu na frente do Campeonato

Sexto à geral e vitória na Classe Dois é o balanço final da Rampa do Caramulo para Gonçalo Manahu, na quinta prova do Campeonato Nacional de Montanha 2017.

Assim que começou a primeira subida oficial, começou o domínio do piloto do Porsche 997 GT3.  “Preferimos ser mais rápidos nas subidas oficiais e nos treinos optamos por terminar de afinar alguns pontos  fundamentais do carro” pois em termos de alinhamento ainda havia algum trabalho a refazer, após o circuito de Vila Real “e dessa forma,  nas subidas de prova, assegurar a vitória desde o início.” Começou por declarar Gonçalo Manahu.

O Campeão Nacional de Montanha em título, apesar de sempre muito pressionado por José Correia (Nissan GTR) conseguiu ditar lei nas subidas de prova e paulatinamente impor-se com o Porsche 997 GT3.“No início consegui colocar-me na luta pelos cinco primeiros, mas tal como eu evoluí também os concorrentes dos protótipos evoluíram. Consegui o meu tempo e no final tinha uma vantagem de cerca de dois segundos (sobre José Correia n.d.r.).” Concluiu o novo líder da Categoria Dois do Campeonato Nacional de Montanha.

manahu caramulo Gonçalo Manahu (Porsche 997 GT3)

 

RAMPA DO CARAMULO

 

O traçado do Caramulo não foi bom para Pedro Salvador, que não pode vencer a quinta prova do Campeonato Nacional de Montanha, tendo terminado no segundo posto.

Faltaram duas décimas para que Pedro Salvador pudesse vencer a Rampa do Caramulo.

No Sábado começou a correu bem e nas subidas de treinos Pedro Salvador estava na frente. Depois começaram os problemas de motor e “não conseguimos resolver. Na primeira subida de prova senti que algo não estava bem no motor do Silver Car e apesar de o motor ter sido completamente revisto, voltamos a sentir problemas. O motor falhava e isso aconteceu justamente na subida em que encontramos as melhores condições de piso e os pneus em melhor estado.”

No Domingo, o Campeão Nacional em título, referiu ainda que “sabíamos que este traçado não era o ideal para o nosso carro. Tentamos andar o mais rápido possível, como sempre, mas com os problemas de motor (no sábado n.d.r.) não foi possível tirar proveito dos pneus novos e as condições ideais que tínhamos no sábado. Fomos segundos à geral e perdemos apenas duas décimas… acho que foi, um bom resultado, se tivermos em conta as várias condicionantes. Dentro de duas semanas temos a próxima prova e aí as condições serão mais favoráveis. Resta-me dar os parabéns ao Rui Ramalho, que foi um adversário à altura.” Rematou Pedro Salvador.

salvador caramulo Pedro Salvador (Silver Car EF10) 

 

RAMPA DO CARAMULO

 

Edgar Reis queria mais na Rampa do Caramulo

 

 

O Campeonato Nacional de Montanha prosseguiu na tradicional Rampa do Caramulo, onde Edgar Reis não conseguiu repetir a vitória dos últimos dois anos, terminando no 3º lugar da Categoria 2 e no top-10 da geral. A afinação do Porsche 997 GT3 Cup retirou confiança ao piloto de Famalicão para andar no máximo.

O asfalto do Caramulo já é um dos locais emblemáticos das rampas nacionais e Edgar Reis costuma dar-se bem com esta prova, tendo vencido a categoria dos GT em 2015 e 2016. Contudo, este ano o piloto do Team Transfradelos não encontrou a afinação ideal para o Porsche 997 GT3 Cup e terminou no 3º lugar da Categoria 2 e nos 10 primeiros da geral absoluta.

“Ao longo do fim-de-semana o carro fugia imenso de traseira e isso retirou-me confiança para atacar. Nesta rampa, com várias zonas de curvas rápidas, isso condiciona muito e não pude lutar pela vitória como queria. Foi pena mas também acho que existiram intervalos demasiado longos entre subidas. Para um piloto não é bom ficar uma hora e meia à espera da subida seguinte, retira ritmo. Agora vamos ter de pensar no futuro e equacionar o que fazer a seguir”, afirmou Edgar Reis, campeão nacional da categoria em 2015 e vice-campeão em 2016.

A sexta prova do Campeonato Nacional de Montanha será a tradicional Rampa Porca de Murça, agendada para 29 e 30 de Julho.

a230 Copya231 Copya232 Copy
 

RAMPA DO CARAMULO

 

José Correia garante novo pódio na Rampa do Caramulo

 

A quinta prova do Campeonato Nacional de Montanha trouxe o quinto pódio para José Correia em 2017. No Caramulo, o piloto do Nissan Nismo GT-R GT3 foi o 2º classificado da Categoria 2 e 7º da geral absoluta.

 

Uma semana depois de ter obtido a melhor volta dos Supercars no famoso Circuito de Vila Real, José Correia disputou a tradicional Rampa do Caramulo, naquele que foi o seu regresso ao Campeonato Nacional de Montanha. O piloto de Braga, que esta época já venceu as rampas da Falperra e da Serra da Estrela na categoria dos GT, lutou novamente pelo triunfo no asfalto do Caramulo, terminando no 2º lugar da classe e no top-7 da geral.

 

Um resultado que o mantém na luta pelo título, numa categoria normalmente muito equilibrada. “O nosso objetivo era ganhar e penso que fizemos uma boa rampa. Fomos melhorando os nossos tempos em cada uma das três subidas de prova mas não deu para ganhar. Ainda assim, é muito importante sermos consistentes e é um facto que esta época estivemos sempre no pódio. Ainda falta muito campeonato. Está tudo em aberto”, referiu o piloto e fundador da JC Group Racing Team.

 

José Correia e o bonito Nissan Nismo GT-R GT3 vão agora preparar a Rampa Porca de Murça (29 e 30 de Julho), outro evento com tradição no panorama nacional e que inicia um trio de provas transmontanas que decidirá a edição de 2017 do Campeonato Nacional de Montanha.

a220 Copya221 Copy
 

RAMPA DO CARAMULO

 

Vitória no Caramulo deixa Manuel Correia à beira do título

 

Cinco vitórias em cinco provas formam um balanço perfeito para Manuel Correia no Campeonato Nacional de Montanha. O piloto do Fiesta R5+ voltou a dominar a Categoria 4 e está próximo de ser bicampeão nacional.

 

A Rampa do Caramulo é um dos eventos com história no Nacional de Montanha e o traçado da prova também é do agrado de quase todos os pilotos do campeonato. Manuel Correia não é exceção e o piloto de Braga aproveitou a quinta prova da época para garantir novo triunfo indiscutível na Categoria 4, além de mais um top-10 na geral absoluta.

 

Apesar de ter sido obrigado a falhar a primeira subida de prova, Manuel Correia fez uma gestão perfeita nas duas últimas subidas e garantiu um triunfo que o deixa muito próximo de revalidar o título com o Ford Fiesta R5+.


“Como não disputei a primeira subida tive de ser mais cauteloso nas duas últimas subidas, para garantir que ganhava a categoria. O objetivo foi cumprido e quero dar os meus parabéns a toda a equipa de mecânicos da ARC Sport, que mais uma vez fizeram um trabalho excecional, e também a toda a minha família e amigos, que me apoiam e incentivam. Vamos entrar na última fase do campeonato com a mesma motivação e determinação”, prometeu Manuel Correia, que continua invicto esta época.

 

O calendário do Nacional de Montanha terá agora outra prova com ampla tradição, a Rampa Porca de Murça, agendada para os dias 29 e 30 de Julho000 4568_Copy000 4863_Copy000 7524_Copy
 

RAMPA DO CARAMULO

 

Rui Ramalho com triunfo espectacular no Caramulo!


Terminou com máxima emoção a Rampa do Caramulo, uma edição espectacular desta mediática prova organizada pelo Targa Clube, com o apoio do Museu do Caramulo e edilidades locais. Rui Ramalho e o Osella PA2000 Evo2 foram os brilhantes vencedores da rampa, conseguindo o tempo total de 2:29s555 no cômputo das duas melhores tentativas, ficando ainda na sua posse, o novo recorde da rampa com o tempo de 1:14s670.

Com recordes batidos em todas as subidas excepto na última, Rui Ramalho e Pedro Salvador deram um grande espectáculo, com o piloto do Silver Car a nunca baixar os braços, batendo-se até ao último metro pelo triunfo, mas tendo de se contentar com o segundo lugar final a somente 260 milésimos do vencedor!  Paulo Ramalho em Osella PA21S foi o terceiro na frente de João Fonseca em BRC CM05 Evo e Nuno Guimarães (BRC CM02), estes, os cinco primeiros da classificação geral e da Categoria 1.

“Como é fácil de ver esta foi uma vitória muito difícil, face a um opositor de enorme valor como é o Pedro. Tive de andar sempre nos limites para conseguir vencer, o que acabou por acontecer e me leva a sair daqui muito feliz. O carro esteve sempre impecável, graças ao excelente trabalho da equipa, a quem quero dedicar este triunfo “tirado a ferros” e que se pode revelar muito importante em termos de campeonato. Precisava de vencer aqui, uma rampa favorável ao meu carro e preparar assim da melhor forma a recta final desta emocionante competição”. Disse Rui Ramalho.

Na Categoria 2 Gonçalo Manahu (Porsche 997 GT3 Cup) mostrou-se implacável, consumando o triunfo com o tempo total de 2:52s665, na frente de José Correia em Nissan GT-R GT3 e de Edgar Reis em Porsche 997 GT3 Cup.

“Foi mais uma vitória importantíssima para mim, numa rampa ligeiramente favorável ao meu carro e onde precisava mesmo de vencer. Tal como nas provas anteriores este foi mais um triunfo difícil, com a minha equipa a estar em grande plano depois de ontem termos tido alguns problemas ao nível da afinação, hoje o carro esteve muito bom e consegui vencer.” Sintetizou Gonçalo Manahu.

Depois da ausência na subida oficial de Sábado, Manuel Correia esteve imparável nas duas subidas de hoje, triunfando na Categoria 4 com a marca final de 2:55s850. Luis Silva em BMW M3 foi segundo, com o último lugar do pódio a pertencer a Nuno Pinto em Mazda MX5. Marco Guerra e o Peugeot 306 GTi completou o lote de pilotos que pontuaram nesta categoria.

“Ontem tive um problema no arranque e não consegui largar, o que aumentou a pressão para hoje, já que tinha necessariamente de completar as duas subidas de prova para me poder classificar. Correu bem e consegui mais um triunfo o quinto do ano em cinco corridas. O título está assim mais perto e isso deixa-me muito satisfeito.” Contou Manuel Correia.

Joaquim Teixeira venceu destacado a Categoria 5, obtendo o tempo total de 2:56s246 com o seu Renault Megane Trophy V6, na frente de Francisco Marrão em SEAT Leon Supercopa.

“Foi mais uma vitória importante em direcção ao título, com o meu foco a centrar-se agora no grupo dos turismos onde conseguimos também um bom resultado. Ontem tive problemas com as bombas de gasolina do Megane e tive de falhar as duas subidas de treinos, mas a equipa resolveu os problemas e por isso hoje estive ao meu nível habitual.” Disse Joaquim Teixeira.

Sempre na liderança da Categoria 3 ao longo das três subidas de provas, Pedro Saraiva (Mitsubishi Lancer Evo IX) não foi incomodado no caminho até à vitória, que conseguiu com a marca total de 3:06s490. No segundo lugar ficou o piloto local Carlos Luis em SEAT Leon TDi, seguido por Carlos Guimarães em Peugeot 206 RC. Sérgio Nogueira em Citroen Saxo e José Oliveira em Subaru Impreza, completaram a classificação desta categoria.

“Este foi um triunfo complicado, já que apesar de termos estado quase sempre na frente, tivemos de resolver vários pequenos problemas e por isso, este é um triunfo saboroso que dedico a toda a equipa. Com este resultado reforço a minha luta pelo título e por isso vamos continuar na luta.” Afirmou Pedro Saraiva.

Vitória fácil para Armando Freitas (Toyota Starlet) na Taça Nacional de Montanha, com o piloto a obter o registo de 3:29s625. Ricardo Sousa foi o segundo com o seu Fiat Uno 45s.

“Foi uma vitória fácil, numa prova onde fui conseguindo melhorar os meus tempos subida após subida. Saio satisfeito por isso satisfeito daqui com objectivos concretizados.” Disse Armando Freitas.

No Campeonato Nacional de Clássicos Montanha, o grande vencedor foi Flávio Sainhas. O piloto do Ford Escort MKI completou a prova em 3:12s279, batendo o favorito José Pedro Gomes em carro idêntico e Parcídio Summavielle em Datsun 240Z. Luis Moutinho em Ford Escort e Mário Mesquita em Datsun SSS, fecharam o lote de pilotos que pontuaram no Caramulo.

“Não foi nada fácil este triunfo. Tive de me aplicar ao máximo para derrotar a forte oposição e a muita competitividade que existe nos clássicos. Isto torna esta vitória ainda mais gratificante e recompensadora, face ao esforço que tivemos de desenvolver em dois dias de muito calor.” Afirmou Flávio Sainhas.

No Troféu Nacional de Clássicos Montanha, a vitória pertenceu aos pilotos da casa, com Fernando Salgueiro em Ford Escort MKI a ser o melhor com o tempo final 3:13.246. Completaram o pódio, Ricardo Loureiro, também em Escort MKI e Carlos Oliveira em BMW 323i. Carlos Fava e Rui Gama completaram a classificação ao volante dos seus VW “Carocha”.

“Esta é uma vitória que me deixa muito feliz, porque é na prova disputada na minha terra e porque consegui imprimir um andamento forte e com isso surpreender os meus adversários que não me deram descanso.” Adiantou Fernando Salgueiro.

Sempre na frente, Anibal Rolo e o Datsun 1200 Coupé venceram a Taça Nacional de Clássicos 1300 com o registo final de 3:27s144. José Pedro Figueiredo (Datsun 1200) e Domingos Fernandes em Autobianchi A112.

“Não há vitórias fáceis e esta também não o foi, apesar de nunca me ter sentido ameaçado. O carro esteve sempre impecável e isso contribui para um fim-de-semana quase perfeito”. Disse Aníbal Rolo.

O Campeonato Nacional de Montanha Valvoline prossegue dentro de duas semanas, com a realização da Rampa Porca de Murça.a204 Copya205 Copya206 Copya207 Copya208 Copya209 Copya210 Copya211 Copya212 Copy

 

RAMPA DO CARAMULO

Rampa do Caramulo recebe quinta prova de velocidade de montanha CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA REGRESSA À RAMPA DO CARAMULO
 
– A velocidade e a emoção estão de volta à Serra do Caramulo a 15 e 16 de Julho, com a quinta prova do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline 2017, organizado pelo TARGA Clube em parceria com o Museu do Caramulo, a Associação Eventos do Caramulo e o apoio da Câmara Municipal de Tondela.
 
Disputadas que estão quatro provas até este momento, o campeonato entra agora na sua recta final, assumindo esta jornada uma assinalável importância na definição do nome dos favoritos aos diversos títulos em disputa.  
 
Com dois triunfos para cada um, Rui Ramalho (Osella PA2000 Evo2), líder do campeonato, e Pedro Salvador (Silver Car EF10), prosseguem na prova disputada no Caramulo a luta que iniciaram na primeira rampa do ano e que só vai terminar mesmo no fim do campeonato, tal a emotividade nesta luta a dois.
 
 
 
 

 
 
 
 
Atrás destes dois pilotos, Paulo Ramalho em Osella PA21S Evo e João Fonseca, que tem dominado a Categoria CM com o seu BRC CM05 EVO, voltam a lutar pelo derradeiro lugar no pódio absoluto e da Categoria 1.    
 
Num ano em que defende o título conquistado na época passada, Gonçalo Manahu chega ao Caramulo como líder da Categoria 2 e em excelente momento de forma. O piloto do Porsche 997 GT3 Cup enfrentará mais uma vez a forte oposição de José Correia em Nissan GT-R GT3 e de Edgar Reis, também ele ao volante de um Porsche 997 GT3 Cup.
 
Na Categoria 3, o líder é João Guimarães em Peugeot 206 RC, com o piloto da Régua a ter a oposição de Pedro Saraiva (Mitsubishi Lancer Evo IX), que depois de faltar à primeira rampa do ano, venceu as três últimas provas disputadas. Mais atrás, José Oliveira (Subaru Impreza STi) e Sérgio Nogueira em Citröen Saxo Copa, vão lutar pelo pódio.
 
Com quatro vitórias em outras tantas provas, Manuel Correia e o Bonito Ford Fiesta R5+ chegam naturalmente ao Caramulo, como os principais favoritos à vitória na Categoria 4, numa caminhada aparentemente triunfal em direcção à renovação do título. Luís Silva em BMW M3 é o principal opositor de Correia e dará a luta possível ao líder. Marco Guerra em Peugeot 306 e Francisco Morgado em Mitsubishi Lancer Evo IX digladiam-se pelo último lugar do pódio.
 
Joaquim Teixeira em Renault Megane Trophy V6, vai dar no Caramulo mais um passo em direcção ao título da Categoria 5, cuja classificação o piloto transmontano lidera isolado, na frente de Francisco Marrão em SEAT Leon MKII, com quem vai discutir as posições com direito a pódio.  
 
Depois da ausência em Santa Marta, Miguel Lobo e o Audi RS3 TCR regressam ao Caramulo, para dar corpo à Taça Nacional de Montanha TCR/TCS.
 
Na Taça Nacional de Montanha 1300, o grande dominador desde o início do ano, Armando Freitas tem nesta prova mais um importante desafio. Entre a oposição, o destaque vai para Francisco Leite (Fiat Punto) e Leonel Brás (Citroën AX). 
 
O líder do Campeonato Nacional de Clássicos Montanha continua a ser Parcidio Summavielle em Datsun 240Z, com o piloto a fazer da regularidade a sua principal arma. Sempre ao ataque, José Pedro Gomes (Ford Escort MKI), que venceu três das quatro provas que disputou, pode em
 
 
 

 
 
 
 
caso de vitória assumir o comando das operações. Com excelentes prestações nas provas em que alinhou, Flávio Saínhas, tem também uma palavra a dizer na luta pela vitória.
 
No Troféu Nacional Clássicos de Montanha, o favorito é o líder do campeonato, Carlos Oliveira em BMW 323i, com oposição a cargo de Fernando Salgueiro, que já venceu por duas vezes este ano, e Ricardo Loureiro, ambos em Ford Escort MKII.
 
Por último, na Taça Nacional de Clássicos Montanha 1300, poder-se-á assistir a novo domínio de Aníbal Rolo (Datsun 1200 Coupé), com José Magalhães (Toyota Starlet), José Figueiredo (Datsun 1200) e Domingos Fernandes (Autobianchi A112), a terem também uma palavra a dizer na luta pelos lugares de pódio.
 
Com um desenho ímpar, sinuoso e bem asfaltado, o traçado da Rampa do Caramulo estende-se ao longo de 2,8 Km. Sem curvas lentas, assume-se como uma rampa rápida, com duas rectas onde os automóveis podem atingir elevadas velocidades, terminando a prova no sopé da Serra. 
 
A prova da Rampa do Caramulo, organizada pelo Targa Clube em parceria com o Museu do Caramulo, vai ser disputada Sábado e Domingo, dias 15 e 16, com o início dos treinos marcado para as 15h00 no Sábado, e às 11h00 no Domingo. A última subida de prova está prevista para 16h00 de domingo.
Com boas condições climatéricas previstas para o fim-de-semana da prova, o público poderá desfrutar das emoções ao rubro pela velocidade e perícia dos pilotos em competição pela conquista do pódio.
Esta jornada do Campeonato Nacional de Montanha conta com o apoio da Câmara Municipal de
Tondela, do banco BPI e do Jornal dos Clássicos.
 
Programa/Horário: 15.07.2017 – Sábado 16.07.2017 – Domingo 14H00 – Fecho da pista 15H00 – 1ª Subida de Treinos 16H30 – 2ª Subida de Treinos 18H00 – 1ª Subida Oficial 10H00 – Fecho da pista 11H00 – Warm Up 14H30 – 2ª Subida Oficial 16H00 – 3ª Subida Oficial
 

 

RAMPA DO CARAMULO

 

Rui Ramalho lidera no Caramulo com recorde!

As emoções estão ao rubro na Rampa do Caramulo, quinta jornada do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline 2017, numa prova organizada pelo Targa Clube e apoiada pelo Museu do Caramulo e pelas edilidades locais.

Rui Ramalho pulverizou o recorde do traçado e vai para “intervalo” no comando da prova. O piloto do Osella PA2000 Evo 2, conseguiu a marca de 1:15s389 para bater Pedro Salvador em Silver Car EF10 e Paulo Ramalho em Osella PA21S Evo. Atrás destes três pilotos, líderes em termos absolutos e na Categoria 1, está João Fonseca em BRC CM05 Evo, com o piloto covilhanense a ser o líder no Grupo CM.

“Adormecido” nas duas subidas de treinos, Gonçalo Manahu em Porsche 997 GT3 Cup, foi o melhor na Categoria 2 com 1:28:195, batendo José Correia em Nissan GT-R por meio segundo, ficando Edgar Reis (Porsche 997 GT3 Cup) logo a seguir.

Com a marca de 1:30s400, Luis Silva em BMW M3 foi o melhor na Categoria 4, aproveitando da melhor forma a ausência de Manuel Correia, cujo Fiesta R5 foi abaixo no momento da partida e depois não pegou a tempo de o piloto largar para esta subida de prova. Marco Guerra em Peugeot 306 e Nuno Pinto em Mazda MX5, ocupam para já os restantes lugares de pódio.

Joaquim Teixeira (Renault Megane Trophy V6), ausente nos treinos devido a problemas no bonito carro francês, conseguiu uma boa subida (1:30s150) e lidera a Categoria 5 na frente de Francisco Marrão em SEAT Leon Supercopa. Pedro Saraiva em Mitsubishi Lancer Evo IX foi o melhor na Categoria 3 com o tempo de 1:34s737, suficiente para bater João Guimarães em Peugeot 206RC e Sérgio Nogueira em Citroen Saxo.

Armando Freitas e o Toyota Starlet, obtiveram 1:45s998 e dominaram sem surpresa a Taça Nacional de Montanha, na frente de Ricardo Sousa em Fiat Uno.

No Troféu Nacional de Clássicos Montanha, o mais lesto nesta subida de prova voltou a ser Fernando Salgueiro em Ford Escort MKII, com o piloto da “casa” a fazer 1:36s919, superando Ricardo Loureiro, - em carro idêntico -, e Carlos Oliveira em BMW 323i.

Com o registo de 1:36s493, Flávio Sainhas em Ford Escort MKI foi o mais rápido no Campeonato Nacional de Clássicos, onde a luta é acesa com José Pedro Gomes, que igualmente ao volante de Ford Escort MKI, foi segundo na frente de Parcídio Summavielle em Datsun 240Z.

Na Taça Nacional de Clássicos 1300, Anibal Rolo e o Datsun 1200 Coupé lideram com total à vontade. O veterano piloto conseguiu 1:45s892, suplantando José Figueiredo (Datsun 1200) e Domingos Fernandes (Autobianchi A112).


Programa/Horário:

16.07.2017 – Domingo

10H00 – Fecho da pista
11H00 – Warm Up
14H30 – 2ª Subida Oficial
16H00 – 3ª Subida Oficiala151 Copya152 Copya153 Copya154 Copya155 Copya156 Copya157 Copya158 Copya159 Copy

 

RAMPA DO CARAMULO

 

Manuel Correia quer manter invencibilidade na Categoria 4

 

 

A tradicional Rampa do Caramulo é a próxima prova do Campeonato Nacional de Montanha e Manuel Correia espera manter a série de vitórias ao volante do Ford Fiesta R5+. O piloto bracarense é o líder destacado da categoria.

 

A época de 2017 confirmou a ascensão de Manuel Correia no seio do Campeonato Nacional de Montanha, onde o piloto do Ford Fiesta ostenta o título de campeão nacional da categoria. As primeiras quatro provas resultaram em mais quatro vitórias para Manuel Correia, que agora espera manter esse registo num dos eventos com maior tradição nas rampas nacionais.

 

Até agora ganhámos as provas todas mas nunca é fácil e temos de manter a concentração. Estamos na frente do campeonato mas o meu objetivo continua a ser pensar prova a prova. Se chegarmos às cinco vitórias ficamos muito perto da revalidação do título mas eu gosto sobretudo é de me divertir e de desfrutar de cada traçado. O Caramulo é uma das rampas de que quase toda a gente gosta, afirmou Manuel Correia.

 

Os concorrentes do CNM terão a sua primeira sessão de treinos no Caramulo a partir das 15h00 do próximo sábado (dia 15). No dia de domingo os procedimentos em pista começam às 11h00.

 

 000 1962_Copy000 1964_Copy

 

RAMPA DO CARAMULO

 

José Correia motivado para a Rampa do Caramulo

 

Depois da estreia oficial com o Nissan Nismo GT-R GT3 em circuitos (Vila Real), José Correia volta ao Campeonato Nacional de Montanha para lutar pela vitória na categoria na emblemática Rampa do Caramulo

 

O piloto de Braga já ganhou este ano as Rampas da Falperra e da Serra da Estrela na equilibrada Categoria 2, onde alinham os potentes carros de GT da Montanha. Agora, José Correia quer voltar ao lugar mais alto do pódio com o Nissan, apostando em recuperar o comando do campeonato.


“O objetivo é o mesmo: sempre que entramos numa rampa é para ganhar a categoria e conseguir o melhor lugar possível à geral. O campeonato está muito disputado e há três pilotos com capacidade para lutar pelas vitórias nesta categoria. Nós ganhámos na Falperra e na Covilhã e agora quero recuperar a liderança do campeonato, se possível com nova vitória. É com esse pensamento que vamos para o Caramulo, uma rampa bonita e que normalmente atrai muito público”, referiu o piloto da JC Group, que no passado fim-de-semana conseguiu a melhor volta dos Supercars no sempre exigente Circuito de Vila Real.


Uma das provas mais tradicionais do calendário da Montanha, a Rampa do Caramulo começa no próximo sábado (dia 15) com os primeiros treinos às 15h00. No domingo (dia 16), os concorrentes do Campeonato Nacional entram em pista a partir das 11h00

 

 a144 Copya145 Copy

 

RAMPA DO CARAMULO

 

 

Edgar Reis procura terceira vitória na Rampa do Caramulo

 

 

Depois de ter ganho a categoria no Caramulo em 2015 e 2016, Edgar Reis parte naturalmente confiante para a quinta prova do Campeonato Nacional de Montanha. O piloto do Porsche 997 GT3 Cup quer reentrar nas contas do título.

 

A Rampa do Caramulo é sempre um dos pontos alto do calendário do Nacional de Montanha, num evento que normalmente atrai milhares de espetadores e que conta com um dos traçados mais apreciados pelos pilotos do campeonato. Edgar Reis não é exceção e o piloto do Team Transfradelos foi mesmo o mais rápido da categoria dos GT nas duas últimas edições, tentando agora repetir esse feito no próximo fim-de-semana.

 

“O Caramulo tem um traçado com curvas rápidas e onde é preciso arriscar para conseguir um bom tempo. Gosto da rampa e ganhei lá nos últimos dois anos, por isso espero voltar a lutar pela vitória e ganhar pontos aos nossos adversários diretos na categoria. Temos tido alguns azares esta época mas as corridas são mesmo assim e é importante manter a pressão porque o campeonato ainda não está decidido”, apontou o piloto de Famalicão, campeão nacional da categoria em 2015 e vice-campeão nacional em 2016.

 

Edgar Reis e os concorrentes do Campeonato Nacional de Montanha disputam a Rampa do Caramulo a partir do próximo sábado (dia 15), com a primeira subida de treinos marcada para as 15h00. No decisivo dia de domingo a ação em pista começa a partir das 11h00.

 000 1506_Copy000 6981_Copy

 

CARLOS OLIVEIRA PRESENTE NO CARAMULO

 

COMUNICADO DE IMPRENSA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2017 – VALVOLINE – JC GROUP

 

RAMPA DO CARAMULO

 

CARLOS OLIVEIRA PRESENTE NO CARAMULO

 

Depois da vitória alcançada na Rampa de Santa Marta ao volante do seu BMW 323, Carlos Oliveira quer já no próximo fim de semana rubricar novo sucesso na Rampa do Caramulo, quinta prova do calendário deste ano do Campeonato Nacional de Montanha.

 

 

Segundo o piloto da Póvoa de Varzim “ os objectivos são os mesmos de sempre, lutar pela vitória na categoria.Estou cada vez mais adaptado ao comportamento do carro em prova, e fruto disso são os resultados que tenho alcançado.Ao inicio custou um bocado, a adaptação, que não foi a melhor, mas agora a “musica “ é outra.O carro tem estado impecável, e esse contributo tem sido muito importante para a consolidação de resultados.Para além disso, tenho conseguido bater de forma sistemática os tempos que tenho feito em cada subida de prova, sempre muito concentrado, para não cometer erros desnecessários”.

 

 

 

Carlos Oliveira  ira fazer as verificações técnicas e documentais ao BMW no sabado da parte da manha, para da parte da tarde dar lugar às duas subidas de treinos, e à primeira subida de prova.No domingo terão lugar as restantes subidas de prova “.FOX 3472_Copy

 

RAMPA DO CARAMULO

 

Venha a próxima!

Gonçalo Manahu está motivado para uma boa classificação na próxima prova de Montanha.

É já no próximo fim-de-semana que o Campeonato Nacional de Montanha tem a próxima prova, a quinta da época, que vai ser disputada no traçado clássico do Caramulo.

“Estou muito motivado para conseguir um boa classificação. Gosto do traçado e venho de duas vitórias consecutivas. Uma em Santa Marta de Penaguião e a outra ainda no fim-de-semana passado em Vila Real, onde participei nas duas corridas dos Supercar e ganhei.”  Recorda o Campeão Nacional de Montanha da Categoria Dois, em título.

Nos últimos dias o Porsche 997 GT3 foi totalmente revisto na oficinas da Fabela Sport. “Quisemos ter a certeza de que está tudo bem e prevenirmos um azar. Tenho consciência de que o meu carro é o menos competitivo dos três da frente e por isso cada ponto é importante. Não podemos descurar a luta pela renovação do título e como já disse, estou muito motivado... Venha a próxima!.” Rematou.

falperra manahu Gonçalo Manahu (Porsche 997 GT3)

 
Mais artigos...

João Raposo

Telemóvel: +351 961 686 867
E-mail: jraposo-air@portugalmail.pt