Velocidade Online

Nacional - Velocidade

NACIONAL - TCR IBÉRICO - FRANCISCO MORA E REFORÇA LIDERANÇA

Quarta, 10 Julho 2019 06:41 | Actualizado em Sábado, 19 Outubro 2019 05:54

Circuito de Vila Real (5/6/7 Julho)
Francisco Mora vence e reforça liderança
 
Francisco Mora (Cupra TCR) venceu, este domingo, em Vila Real, a corrida 2 do TCR Ibérico, o que lhe permitiu reforçar a liderança do campeonato, depois de no sábado ter desistido na corrida 1, na sequência de um despiste. Desta vez, assumiu o comando no arranque e manteve-o até ao final, embora passasse por alguns momentos de stress, devido ao toque sofrido logo a seguir ao arranque.
“Devido ao ‘toque’ que levei, ainda na primeira volta, do Robin Vaks, o carro ficou com a traseira desalinhada, tornando-o muito instável. Aliás, ainda tive um pequeno percalço e quase batia. O resultado acabou por ser bom e corresponde ao objetivo que eu perseguia, mas a parte aborrecida foi andar em pista com um carro difícil de guiar. De qualquer modo, vou embora satisfeito, porque das três vezes que corri aqui, em Vila Real, ganhei em duas”, comentou o vencedor.
Sem nunca colocar em risco a liderança de Mora, no início da corrida Robin Vaks (Honda Civic Type R) ainda teve que se bater com Edgar Florindo (Cupra TCR) na luta pela segunda posição, repetindo o duelo do dia anterior, mas o jovem estónio acabou por se destacar na parte final.
“Não podia ficar mais contente com este resultado. Alterei a afinação do carro e fiz um bom arranque, mas depois cometi um pequeno erro na chicane. De qualquer modo, para quem corria pela primeira vez em Vila Real, subir ao pódio foi incrível. Fora o pequeno incidente na corrida de sábado, adorei este circuito e o ambiente”, referiu Vaks.
Vencedor da corrida 1, no sábado, Edgar Florindo (Cupra TCR) adotou uma estratégia diferente nesta segunda corrida e o terceiro lugar deixou-o satisfeito, como fez questão de referir:
“O meu objetivo era conquistar um lugar no pódio. Não consegui ganhar qualquer posição no arranque e até estava mais rápido que o Vaks, mas evitei ao máximo correr riscos que pudessem comprometer este resultado”.
Quem teve em Vila Real uma jornada para esquecer foi Gustavo Moura. Se no sábado a quebra de uma transmissão o impediu de concluir a corrida 1, este domingo voltou a ficar pelo caminho e pelo mesmo motivo…
“Logo no início da corrida levei dois toques e o Audi ficou desalinhado. Depois, numa travagem partiu-se a transmissão, que foi a quarta a ceder desde sexta-feira. Gastei mais em transmissões do que em pneus. É um fim de semana para esquecer. Em tantos anos de corridas nunca me sucedeu nada igual”, lamentava o piloto de Paços de Ferreira.
Sem grande sobressaltos, Joaquim Santos levou o Seat Leon do Bompiso Racing Team ao quinto lugar.

Corrida 2 – Classificação final
1º Francisco Mora (Cupra TCR)
2º Robin Vaks (Honda Civic Type R)
3º Edgar Florindo (Cupra TCR)
4º Mattias Vahtel (Honda Civic Type R)
5º Joaquim Santos (Seat Leon)



PONTUAÇÕES
TCR Ibérico: 1º, Francisco Mora, 75 pontos; 2º, Robin Vacks, 66; 3º, Mattias Vahtel, 54; 4º, Edgar Florindo, 40; 5º, Gustavo Moura, 33; 6ºs, Joaquim Santos e Daniel Teixeira, 28; 8º, Gabriela Correia, 16; 9º, Pedro Marques, 14.
Equipas: 1º, Veloso Motorsport, 115 pontos; 2º, ALM Honda Racing, 105; 3º, Bompiso Racing Team, 46; 4º, Speedy Motorsport, 33; 5º, Vektra Motorsport, 20

A próxima ronda do TCR Ibérico, a terceira da época, está agendada para o circuito de Montmelo, em Barcelona, entre 20 e 22 do próximo mês de Setembro.

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos