Velocidade Online

Nacional - Autocross/Ralicross

CAMPEONATO NACIONAL DE RALICROSS - 61º RALICROSS DE LOUSADA

Segunda, 16 Abril 2018 07:15 | Actualizado em Quarta, 12 Dezembro 2018 18:49

61º Ralicross de Lousada - Sábado

logo ptrx preto

Foi há 27 anos, que neste mesmo dia e nesta mesma pista se realizou aquela que foi na altura apelidada da “mais espectacular prova de desporto automóvel até aí realizada em Portugal”. Em 14 de Abril de 1991 disputava-se a primeira prova do Campeonato da Europa de Ralicross, em Portugal.

Hoje, 27 anos depois, é realizada a primeira prova o Campeonato de Portugal de Ralicross, Kartcross e Super Buggy de 2018, um campeonato em que a introdução da Joker Lap para os Super Buggy e Kartcross e o regresso das quatro corridas de qualificação para o Ralicross, são algumas das novidades, que prometem mais e melhor competição para os pilotos e melhor espectáculo para o público.

As primeiras corridas de qualificação foram já disputadas e pelo desenrolar das mesmas, fica feita a promessa grandes finais para amanhã Domingo.

ralicross Ralicross kartcross sbuggy Kartcross e Super Buggy

Kartcross

Duas séries para definirem a classificação da primeira corrida e Jorge Gonzaga (ASK EVO18) levou a melhor sobre o Campeão de Portugal em Título, Pedro Rosário (Semog Bravo ER).

José Luís Pereira (AG Sport) conseguiu um terceiro posto “arrancado a ferros”, após as seis voltas da corrida estava a 1,5 segundos de Rosário, mas terminava com Nuno Bastos ((ASK EVO16) a uma décima (!). 

O quinto e sexto lugares foram respectivamente para Alexandre Borges (Semog) e para João Matias (Hsport).

A introdução da Joker Lap, ou seja: em cada corrida, cada piloto tem que passar pelo menos uma vez por um percurso mais longo, deu-nos corridas mais tácticas e com maior emoção.

Após a conclusão da corrida e por deliberação do Colégio de Comissários Desportivos, José Luís Pereira recebeu uma penalização de 30 segundos, por ter fechado a trajectória de outros pilotos na curva um na sequência da partida. Após a aplicação da penalização o piloto do Seraical Team optou pela desistência da prova.

lousada joca sabado Jorge Gonzaga (ASK EVO18)

Super Buggy

Paulo Godinho (PG0012) levou a melhor no primeiro “recontro” da época, para os Super Buggy. Mesmo assim não teve vida fácil, pois António Santos (Toniauto TT SB1300) cobiçou a posição e terminou a oito décimas do vencedor.

O terceiro posto foi posse de Rafael Teixeira (Toniauto TT SB1300), seguido de António Estêvão (GRT MXG) e Arménio Rodrigues (Atmos Storm).

lousada tt sabado Paulo Godinho (PG0012)

Super Iniciação

Rafael Rocha (Peugeot 106 XSi) esteve em bom plano e venceu as duas corridas da tarde, sempre com pressão por parte do Campeão em título, João Novo (Peugeot 106) e de Rodrigo Correia (Peugeot 205).

Com Rocha a partir da pole position e dessa forma a ganhar vantagem no início, Novo e Correia discutiam o segundo posto e Novo levava a melhor.

lousada iniciacao sabado Rafael Rocha (Peugeot 106 XSi)

Super Nacional 2RM

Santinho Mendes (Opel Astra Gsi) dominou as duas corridas que qualificação, que venceu. Nos treinos ainda passou por um uma situação de aperto, quando viu Vitor Sousa a capotar com violência na curva dois. Santinho escapou à confusão e parou de seguida, preocupado com a saúde do piloto, mas tudo não passava de um valente susto.

Luís Moreira (BMW 325i) somou dois segundo lugares, que lhe atribuem igual posição na classificação.

Nuno Magalhães (Ford Escort) teve na segunda corrida o melhor resultado, um terceiro, que o colocou em igual posição, tanto mais que José Sousa (Peugeot 306), que tinha sido terceiro na primeira corrida, teve um sexto lugar na segunda, que o atirava para quinto nas contas do dia. Fernando Silva (Seat Ibiza TDi), foi um regular quarto classificado.

O sexto posto coube a Paulo Reis (Peugeot 306), à frente de Andreia Sousa (Toyota Starlet), a senhora melhor classificada.

lousada santinho sabado Santinho Mendes (Opel Astra Gsi)

Super 1600

No cômputo das duas corrida de hoje, só deu João Ribeiro (Citroen Saxo S1600), provando que velhos são os trapos e o Citroen Saxo, já em fim-de-vida e extensão de homologação é ainda um carro a bater.

José Eduardo Rodrigues (Peugeot 206 S1600) coleccionou segundos postos, que lhe dão igual lugar para a primeira grelha de amanhã, Domingo.

Bruno Gonçalves (Citroen Saxo S1600) não começou da melhor forma, foi sexto, mas o terceiro posto na segunda manga, resolveu. Não terá escapado a um valente susto, quando na segunda corrida viu o Ford Fiesta de Mário Teixeira a atravessar-se positivamente no seu caminho.

Nuno Araújo (Citroen C2 S1600), com um quarto e um quinto postos, fechou as contas em quarto, à frente de Joaquim Machado (Peugeot 206 S1600) e de José Queirós (Peugeot 206 S1600).

Mário Teixeira viveu um momento de aflição, quando à saída da Joker Lap perdeu o controlo do Ford Fiesta, certamente devido a um problema de direcção. Felizmente tudo não passou de um susto.

lousada rbeiro sabado  João Ribeiro (Citroen Saxo S1600

Super Nacional A1.6

Pedro Tiago (Citroen Saxo) e Luis Morais (Peugeot 106 GTi) dividiram as primeiras posições após as duas corridas da tarde. Em ambas Tiago foi primeiro e Morais foi segundo.

O terceiro posto foi bastante mais discutido. Leandro Macedo (Citroen Saxo) levou a melhor, com um quarto e um sexto, batendo Daniel Sousa (Peugeot 106), Tiago Ferreira (Peugeot 106) e Jorge Costela (Citroen Saxo), que terminaram por estas posições, respectivamente.

Vitor Sousa não escapou a um valente susto logo nos treinos. Algo não correu bem na entrada da curva dois e o Citroen Saxo, terminava bastante danificado, após um valente capotanço. Felizmente tudo não passava de um susto e de bastante chapa amolgada e sem poder alinhar nas corridas de qualificação.

lousada ptiago sabado Pedro Tiago (Citroen Saxo)

Super Car e Super Nacional 4WD

Pedro Matos (Citroen DS3) terminou o dia na frente. Na primeira corrida foi segundo atrás de Joaquim Santos (Ford Focus), mas na segunda teve “pista livre” para vencer.

José Lameiro (Seat Leon) foi segundo. Na primeira corrida fez terceiro, na seguinte foi para segundo.

A segunda corrida da tarde foi madrasta para Joaquim Santos. O piloto da Bompiso começou bem, mas de seguida era traído pela mecânica e ficava de fora. O terceiro posto era possível graças à vitória na corrida de abertura.

Na Super Nacional 4WD, Miguel Moura (Ford Escort) levou a melhor sobre Ademar Pereira, que estreia um Subaru Impreza, mas com pouca sorte, a mecânica não cooperou.

lousada pmatos sabado Pedro Matos (Citroen DS3)

 


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos