Velocidade Online

Nacional - Karting

NACIONAL - KARTING - NORMA RACING EM LEIRIA

Quinta, 16 Maio 2019 16:15 | Actualizado em Quinta, 23 Maio 2019 15:58

A 3ª etapa do Campeonato de Portugal de Karting KIA, disputada este fim de semana no Kartódromo Internacional de Leiria, revelou-se uma interminável fonte de problemas para a Norma Racing Team. A falta de segurança e condições de utilização da pista foi a maior contrariedade a afetar a formação da margem sul.

A Norma Racing Team não vai recordar de forma positiva a 3ª etapa do Campeonato de Portugal de Karting KIA, disputada no passado fim de semana no Kartódromo Internacional de Leiria, com organização a cargo do Núcleo de Desportos Motorizados daquela cidade. A equipa esteve presente com os seus dois pilotos, Pedro Perino (Júnior) e Álvaro Garcia (X30), mas sofreu muito com as más condições da pista que recebeu um novo tapete de asfalto, apresentando-se bastante mais rápida, ao mesmo tempo que escorregadia e extremamente perigosa.

Na categoria Júnior, Pedro Perino sofreu a bom sofrer com a falta de aderência do traçado, muito diferente das condições que havia encontrado a semana passada na pista alemã de Wackersdorf em que foi o único representante português do FIA Academy Karting Trophy. Sempre a lutar com um traçado escorregadio, em que quando se saía da linha de trajetória ideal a aderência pura e simplesmente desaparecia, o piloto de Oeiras não fez melhor que o 9º tempo dos treinos cronometrados (47.867s), ficando a 0,356s da pole position. Na tarde de sábado, na 1ª manga de qualificação, Pedro Perino ganhou dois lugares, colocando o seu Tonykart no 7º lugar final.

Domingo disputaram-se a 2ª manga de qualificação e a Final da categoria. Na corrida da manhã, o jovem de Oeiras continuou em crescendo, vindo de 7º para garantir o 5º lugar. Saindo de 6º para a Final, Pedro Perino fez uma corrida consistente, vindo a concluir na posição em que iniciou a prova.

Após três etapas do Campeonato de Portugal de Karting KIA, Pedro Perino ocupa o nono lugar da classificação, com 28,5 pontos.

O espanhol Álvaro Garcia foi o representante da Norma Racing Team na categoria X30. Vindo de uma semana de exames escolares, o 'nuestro hermano' praticamente não teve tempo de treinar e preparar a prova e isso teve consequências na sua prestação em Leiria. No sábado, nos treinos cronometrados, aos comandos de um Tonykart, Álvaro Garcia não fez melhor que o 13º tempo, com a volta em 47.341s a deixá-lo a 1.305s da pole position. Na 1ª manga de qualificação, Álvaro Garcia fez uma excelente corrida que poderia ter terminado no top cinco. No entanto, uma penalização por danos na carenagem frontal, deu-lhe o 8º lugar final. Ainda assim, o espanhol concluiu oito posições acima do seu lugar à partida.

No Domingo, na 2ª manga de qualificação, disputada de manhã, Álvaro Garcia saiu da nona posição, concluindo a prova em 10º, lugar que lhe garantiu o 9º lugar da grelha de partida para a Final. Numa corrida difícil, recheada de incidentes num traçado incompreensivelmente perigoso, Álvaro Garcia foi precisamente vítima de um acidente. A salvo de consequências físicas, o espanhol abandonou à 12ª volta, ficando classificado no 14º lugar.

Nas contas do campeonato, Álvaro Garcia ocupa atualmente o 7º lugar da X30, com 48 pontos.

Este foi um fim de semana complicado, para nós e para todas as equipas, devido às condições da pista, em que puseram alcatrão, mas este começou-se a degradar completamente, o que já havia acontecido no fim de semana anterior à prova”, disse Nuno Martins, responsável máximo da Norma Racing Team. “Tentaram remediar a situação, mas basicamente chegámos a Domingo sem pista. No caso do Pedro Perino, veio do Campeonato da Europa a semana passada em que correu numa pista com ótimas condições, vindo para uma prova em que a pista não tinha aderência nenhuma. Na sexta feira de manhã choveu, a seguir ao almoço, teve alguma dificuldade de adaptação devido à falta de aderência na pista. Conseguimos de certa forma equilibrar o chassis à sua forma de condução, fomos evoluindo e no Domingo estávamos a andar bem na 2ª manga de qualificação. No entanto, os muitos toques numa pista em que os pilotos não tinham culpa, mas as condições de condução dos karts eram muito difíceis, tornaram tudo muito complicado. Na Final, chegou a estar próximo da frente, mas não conseguiu melhor que sexto. Na X30, estreámos um chassis novo para o Álvaro Garcia na sexta feira, mas com pouco tempo que ele teve para treinar não houve muito a fazer. No sábado ainda tivemos um problema mecânico nos treinos cronometrados, que conseguimos resolver. Na Final, quando estávamos em terceiro, entrou na reta da meta pela zona suja e, com o alcatrão novo que se ia desfazendo nesse local, ele bateu forte e por sorte não se magoou, já que o chassis ficou muito maltratado. Um fim de semana numa pista sem condições nenhumas, impensável.”


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos