Velocidade Online

Nacional - Autocross/Ralicross

CAMPEONATO PORTUGAL RALICROSS 2019 - NUNO ARAUJO COM ESTREIA POSITIVA COM O SKODA

Terça, 02 Julho 2019 17:15 | Actualizado em Sexta, 11 Outubro 2019 23:43

RALICROSS MAÇÃO VERDE HORIZONTE I

Skoda Fabia de Nuno Araújo
com estreia muito positiva

A estreia do Skoda Fabia S1600 do ENI/EQS Racing Team foi a grande novidade da primeira passagem do Campeonato de Portugal de Ralicross 2019 por Mação. O carro levou Nuno Araújo ao 6º lugar final, deixando sinais de que será um projeto bem sucedido.

Quando em Mação, soou, pela primeira vez, o forte “roncar” do motor instalado no Skoda Fabia S100 do ENI/EQS Racing Team, ficaram justificadas as longas horas investidas na construção e preparação da nova “arma” da equipa, que promete proporcionar a Nuno Araújo voos mais altos na luta pelos lugares da frente, na mais competitiva categoria do Campeonato de Portugal de Ralicross 2019.
7º nos treinos, Nuno Araújo viria a repetir o resultado nas duas primeiras corridas de qualificação.
Estes primeiros quilómetros exigiam cautela e serviram sobretudo para perceber se todos os sistemas do carro estavam operacionais, sendo de destacar que, apesar da juventude do projeto, o Skoda Fabia rodou sem problemas de maior.
A terceira manga foi a menos positiva, com um 9º lugar final, mas Nuno Araújo esteve muito forte na quarta e derradeira qualificação, subindo a sexto, garantindo assim um lugar na Final, onde iria partir da terceira linha da grelha.
Na corrida decisiva, o piloto do ENI/EQS Racing Team logrou subir até ao 6º lugar, garantindo assim um resultado positivo na estreia do Skoda Fabia S1600.

No rescaldo, o piloto do ENI/EQS Racing Team, mostrou-se “muito satisfeito por termos terminado num bom 6º lugar, que nos faz amealhar preciosos pontos para o campeonato”. Nuno Araújo salientou ainda que “cumprimos os objectivos da nossa vinda a Mação. O importante era estrar o Skoda Fabia e rodar em condições de competição, para podermos aquilatar da sua competitividade”.
E a valia do novo carro, construído na Simpa Racing, ficou provada, sendo também certo que “o carro tem uma enorme margem de progressão. Não foi possível realizar muitos testes antes desta estreia e acabou por ser em mação que realizamos um primeiro verdadeiro teste, sendo por isso claro que poderemos tornar o carro muito mais competitivo, já para a próxima corrida!”.
Nuno Araújo encara agora a segunda parte da temporada como “uma fase de aprendizagem do carro, sem colocar de lado a ambição de lutarmos por lugares cimeiros e, porque não, por atingir o pódio ainda antes do fim da época”.

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos