Velocidade Online

Nacional - Autocross/Ralicross

NACIONAL DE RALICROSS - SEVER DO VOUGA

Domingo, 17 Junho 2018 08:00 | Actualizado em Terça, 11 Dezembro 2018 17:39

42º Ralicross de Sever do Vouga - Sábado

logo ptrx preto

O Vouga Sport Clube organiza a terceira jornada do PTRX, Campeonato de Portugal de Ralicross, Kartcross e Super Buggy, na pista de Talhadas, em Sever do Vouga.

Durante a tarde foram realizados os treinos e as primeiras corridas de qualificação. Animação, competitividade e calor, quer dentro, quer fora da pista, fizeram parte do programa, que incluiu ainda algumas experiências de co-drive, realizadas pelo Campeão em título do Super Buggy, Ludgero Santos. 

Super Inicição

Rafael Rocha (Peugeot 106) foi quem fechou melhor as contas das duas primeiras corridas de qualificação, pois venceu ambas.

Rodrigo Correia (Peugeot 205) terminou o dia em segundo, com um segundo e um terceiro lugares, levou a melhor sobre o Campeão em Título, João Novo que na primeira corrida não foi além de quarto, com o motor do Peugeot 106 a falhar.

Gonçalo Macedo (VW Polo) foi quarto, à frente de Ariana Rodrigues (Peugeot 106), que se estreou aqui, exactamente 30 anos após o seu pai, Jorge Rodrigues.

server rocha iniciacao Rafael Rocha (Peugeot 106)

Super Nacional 2RM

Duas corridas muito equilibradas marcaram esta tarde. José Sousa (Peugeot 306) e Adão Pinto (Opel Astra OPC) dividiras as vitórias e terminaram empatados em pontos.

Andreia Sousa mais uma vez provou que Ralicross não só “coisa de homens de barba rija” e levou o pequeno Toyota Starlet até ao terceiro posto.

Seguiram-na, respectivamente, Fernando Silva (Seat Ibiza), Nuno Pereira (Opel Kadet) e José Dias (Lancia Delta HF).

Super 1600

Animação foi coisa que não faltou nas duas corridas de qualificação disputadas. João Ribeiro (Citroen Saxo S1600) terminou o dia na frente. Venceu a primeira corrida, com alguma vantagem, mas na segunda teve que se contentar em ser terceiro.

Mário Teixeira (Ford Fiesta S1600) juntou um quarto e um segundo lugar, que o colocam na vice-liderança da classificação intermédia. Joaquim Machado (Peugeot 206 S1600) teve um desempenho semelhante e juntou os mesmos seis pontos.

José Eduardo Rodrigues (Peugeot 206 S1600) ficou pela curva três na corrida um, na sequência de um toque. Na corrida seguinte “vingou-se” e ganhou ora os pontos somados colocavam-no em quarto.

André Sousa (Peugeot 206 S1600), Nuno Araújo (Citroen C2 S1600) e António Sousa (Citroen DS3) terminaram nas posições seguintes, empatados em pontos.

sever ribeiro s1600 João Ribeiro (Citroen Saxo S1600)

Super Nacional A1.6

Pedro Tiago (Citroen Saxo) arrumou as contas com duas vitórias. Já Benjamim Sousa (Citroen Saxo) era quinto, na primeira corrida, mas o segundo posto da segunda, colocava-o logo atrás de Pedro Tiago, em termos de pontuação. Jorge Machado (Peugeot 206 XS) terminava o dia no terceiro lugar, à frente de Américo Sousa (Citroen Saxo). Estes três pilotos terminaram com sete pontos, ou seja: empatados.

Luís Morais (Peugeot 106) e Jorge Costela (Citroen Saxo) completaram o grupo do seis da frente.

Tiago Ferreira (Peugeot 106) não escapava à “molhada” da curva um, na partida da segunda corrida e acabava com um capotanço, com algum aparato, mas sem outras consequências, para além de chapa amolgada.

sever capotanco a16 1 sever capotanco a16 2 sever capotanco a16 3

Supercar

Joaquim Santos (Ford Focus Supercar) começou mal. Um toque após a partida colocava-o no terceiro posto. Depois acabou bem: venceu a segunda corrida.

José Lameiro (Seat Leon RX) ganhou a corrida de abertura e na segunda, perdeu por três décimas, quase com a meta à vista. Por isso tem o segundo posto, com os mesmos pontos que Joaquim Santos, ou seja: quatro.

Pedro Matos (Citroen DS3 Supercar) até cortou a meta em primeiro, na corrida inicial. No entanto, o toque que no arranque colocava Joaquim Santos em terceiro, motivava uma penalização de três lugares. Nas contas finais, seria terceiro.

Ademar Pereira (Subaru Impreza WRX STi) era quarto e simultaneamente o melhor da Super Nacional 4WD.

sever santos Joaquim Santos (Ford Focus Supercar)

Super Buggy

Rafael Teixeira (TOniauto TT SB) venceu esta, que mais parecia uma corrida de eliminação. Explicando: Arménio Rodrigues (GRT MXG) foi o outro participante a ver a bandeirada xedrês e por foi segundo.

Pelo caminho ficoram Nelson Barata (Toniauto Power) que fez menos uma volta e os outros três participantes, estiveram a braços com problemas vários.

Miguel Mota viu o motor Kawazaki do HSport pegar fogo e António Santos (Toniauto TT SB) e Paulo Godinho (PG0012) envolverem-se num toque, que motivou que Godinho fosse assistido pela equipa médica, mas felizmente provou-se não ter sofrido nenhuma lesão grave.

Kartcross

Pedro Rosário (Semog Bravo ER) venceu a corrida de hoje, mas sempre com Jorge Gonzaga (ASK EVO18) a rodar como um sombra e só após as idas à joker lap, é que as coisas se decidiram. Gonzaga foi segundo a oito décimas do Campeão em título.

José Luís Pereira (AG Sport) foi terceiro, a um segundo e meio de Rosário, mas por sua vez o homem do Seraical Tem não se podia distrair, pois Mário Rato (Semog Revolution SR) cortou a meta a três décimas.

Pedro Rabaço (HSport) e Pedro Palma (Semog Bravo) completaram o grupo dos “seis mais”.

sever kartcross rosario Pedro Rosário (Semog Bravo ER)

As provas recomeçam amanhã, Domingo, às 9,30 horas, com a realização do warm-up. Seguem-se as restantes corridas de qualificação e as finais estão previstas serem realizadas a partir das 14,00 horas.


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos