Velocidade Online

Nacional - Montanha

CAMPEONATO PORTUGAL MONTANHA JC GROUP - RAMPA SERRA DA ESTRELA É JÁ ESTE FIM DE SEMANA

Quarta, 26 Junho 2019 19:55 | Actualizado em Terça, 15 Outubro 2019 08:20

Serra da Estrela é o desafio que se segue

 

É sob a batuta do CAMI que o Campeonato de Portugal de Montanha JC Group “ataca” o topo de Portugal Continental. No próximo fim-de-semana, a Covilhã torna-se no centro nevrálgico do campeonato, para mais uma edição da Rampa da Serra da Estrela, prova já mítica pelos seus pergaminhos nacionais e internacionais.

 

A Rampa Serra da Estrela marcará o dobrar do meio da temporada do campeonato de Portugal de Montanha JC Group. Os seus desafiantes 5240 metros vão ser enfrentados por um pelotão com 32 unidades que, para além da esmagadora maioria dos pilotos habituais, apresenta algumas novidades de monta.

 

E esta será a prova “no quintal” de João Fonseca e do seu Silver Car. O piloto do Sporting Clube da Covilhã, lidera isolado o campeonato absoluto e de Protótipos, sendo favorito a alcançar mais um triunfo, que o colocará na rota dos títulos.

Serão mais 5 os protótipos que Fonseca enfrentará “em casa”.

Hélder Silva (Juno CN 09) tem sido quem mais luta tem dado ao líder do campeonato e vai dar tudo para chegar finalmente aos triunfos.

Quem também se assume como candidato ao pódio é José Correia. Senhor de uma evolução notável na adaptação ao Osella PA2000 Evo-2, o “patrão” da JC Group Racing Team vai estar na luta, onde também marcam presença Nuno Guimarães (BRC CM 02) e Joaquim Rino (BRC CM Evo 05), com este a estar de regresso após ausência em Santa Marta.

Também num BRC CM 05 Evo, temos uma estreia no CPM JCGROUP 2019. João Salvado vai enfrentar os “habitués” do campeonato, sendo grande a expectativa quando à sua prestação.

 

Após 3 vitórias consecutivas, Luís Nunes (Ford Fiesta ST R5) aparece na Serra da Estrela como o grande favorito ao triunfo nas contas absolutas dos Turismos e, obviamente, na Divisão 2, onde está integrado. Cada vez mais rápido com o potente Fiesta, tem conseguido mesmo intrometer-se na luta da geral, com os protótipos.

Na sua divisão, o papel de “delfim” tem sido disputado por Hugo Araújo (Subaru Impreza) e por Luís Silva (BMW M3). Desta feita, vão ter a companhia do regressado José Pedro Gomes (Opel Astra OPC) e do Audi S3 Quattro do estreante na época, Pedro Rosário. Inscrito nesta divisão e pronto para dar espetáculo, está ainda o Mazda MX-5 de Nuno Pinto.

Nuno Caetano, aos comandos de um competitivo Citroen DS3 R5 e Nelson Trindade, num Mitsubishi Lancer EVO X) são as grandes novidades na Divisão 1. A sua presença vem baralhar as contas numa luta que, habitualmente, já é feroz entre os melhores. À sua espera estão Alberto Pereira (Mitsubishi Lancer EVO IX), vencedor da jornada anterior, Ricardo Gomes (Mitsubishi Lancer EVO X) e Parcídio Summavielle (Renault Clio R2B) e a luta pela vitória poderá muito bem ser a 5!

Joaquim Teixeira (Seat Leon Eurocopa) alinha com a motivação extra de ser agora líder isolado da Divisão 3, mercê das duas vitórias consecutivas, na Falperra e em Santa Marta. Terá na sempre rápida Gabriela Correia (Seat Leon Eurcopa) uma oponente competitiva e será, possivelmente entre os dois, que as contas da divisão se vão decidir.

O grande ausente nesta divisão é Sérgio Nogueira. A sua vida empresarial impede-o de trazer o seu Renault Clio RS até à Covilhã, onde seria claro candidato ao pódio.

Pedro Marques (Seat Leon MK3) é o grande dominador das contas na Divisão 4 e o seu foco está mesmo é na luta pelas posições de topo na geral entre os Turismos.

 

Depois de, em Santa Marta, ter assinado a sua primeira vitória à geral no Campeonato de Portugal de Clássicos de Montanha JC Group, Flávio Saínhas vai competir com a motivação em alta na “sua” prova caseira. Sempre muito rápido na condução do seu Ford Escort MKI, Saínhas vai ter forte oposição, começando logo pelo potente Ford Sierra RS Cosworth de Carlos Oliveira, que tem no rápido traçado um aliado para os muitos cavalos da sua “montada”, bem como por parte dos dois pilotos do Caramulo Racing Team, Ricardo Loureiro e Fernando Salgueiro, ambos em Ford Escort MKII e do Ford Escort MKI de Augusto Vasconcelos.

A presença do belo Renault 5 Turbo do consagrado Aníbal Rolo vem baralhar as contas, pois a rapidez costuma ser palavra de ordem para as presenças pontuais do piloto.

Rui Gama (Austin Clubman Sallon) e Carlos Fava (VV 1303) completam o rol de inscritos neste campeonato.

 

Nas taças reservadas aos carros com cilindrada até 1300cc, estão 4 inscritos. João Diogo Santos (Fiat Punto 85) e Francisco Milheiro (Peugeot 106) vão medir forças na TPM1300, enquanto José Pedro Figueiredo e Daniel Rolo, ambos em Datsun 1200, repetem o duelo mas na competição reservada aos clássicos.

 

A Rampa Serra da Estrela tem arranque marcado para as 14.30 de sábado, dia 29 de junho, com a sessão de warm up. No primeiro dia, serão ainda efectuadas duas subidas oficiais de treinos e uma de prova.

Para domingo estão previstas mais 4 subidas, a partir das 10.30. Warm up matinal, subida de treinos e duas subidas a contar para a classificação final, preencherão a parte competitiva da jornada derradeira da prova.


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos