Velocidade Online

Nacional - Montanha

CAMPEONATO PORTUGAL MONTANHA JC GROUP 2018 - MIGUEL CORREIA NA RAMPA DA FALPERRA

Terça, 15 Maio 2018 17:11 | Actualizado em Sexta, 17 Agosto 2018 10:10

Miguel Correia com estreia de sonho na Rampa Internacional da Falperra

 

Depois de ter dado nas vistas no Campeonato de Portugal de Ralis, o jovem Miguel Correia também esteve em excelente plano na sua estreia absoluta na Montanha e logo na emblemática Rampa Internacional da Falperra. Piloto de Braga levou o Renault Clio R3  à vitória na Classe A-2000 do Europeu FIA de Montanha, ao 2º lugar do Grupo A do Europeu FIA, à vitória no Grupo A1 e na Classe 7 do CPM, e ao 2º lugar da Divisão 1 dos Turismos nacionais.

 

A estreia de Miguel Correia nas rampas dificilmente poderia ter sido mais positiva. O jovem piloto bracarense disputou a famosa Rampa Internacional da Falperra, um dos eventos mais carismáticos do Campeonato da Europa FIA e igualmente pontuável para o Campeonato de Portugal de Montanha (CPM), adaptando-se rapidamente a um traçado exigente e com condições climatéricas variáveis.

 

Perante uma lista de inscritos de luxo e com muito poucos quilómetros ao volante do Renault Clio R3 em pisos de asfalto – onde apenas tinha competido no Rali de Aguiar da Beira de 2017 -, Miguel Correia evoluiu os seus tempos ao longo das três subidas de prova e conseguiu bater pilotos estrangeiros bem mais experientes e com carros mais potentes.

No final, o filho do bicampeão nacional Manuel Correia levou um total de cinco troféus para casa: vencedor da Classe A-2000 do Campeonato da Europa FIA, 2º lugar do Grupo A do Campeonato da Europa FIA (só atrás de um potente Subaru Impreza WRX de tração integral), vencedor do Grupo A1 e da Classe 7 do CPM,  e 2º lugar da Divisão 1 dos Turismos nacionais.

 

“Habituei-me a ir ver as provas do meu pai mas nunca pensei que um dia conseguiria este tipo de resultados logo na estreia na Falperra”, afirmou Miguel Correia. “Senti-me muito bem com o carro no asfalto e fui melhorando os tempos, embora ache que ainda teria sido possível baixar dos 2m31s. Tenho que ser humilde e reconhecer que ainda tenho muito para aprender nas rampas mas, só pela rodagem com o carro no asfalto, acabou por ser uma experiência importante para mim. Tenho aqui que destacar a emoção de correr perante o público da Falperra, que parece ser cada vez mais entusiasta e numeroso a cada ano que passa. Até para os nossos patrocinadores foi um fim de semana de grande exposição e tenho de agradecer o apoio de todos eles, em especial da Socicorreia. Agora vamos começar a pensar no Rali Vidreiro”, referiu o rookie do Campeonato de Portugal de Ralis. 

 

O tradicional Rali Vidreiro – Centro de Portugal será a primeira prova de asfalto na época do CPR e será disputado nos dias 8 e 9 de junho, na região da Marinha Grande

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos