Velocidade Online

Nacional - Montanha

NACIONAL - SUPER RACING WEEKEND EM VILA REAL

Segunda, 25 Junho 2018 15:03 | Actualizado em Quinta, 19 Julho 2018 14:20

49º Circuito de Vila Real - Domingo

logo racing weekend 2018

Racing Weekend teve a terceira jornada de 2018 em Vila Real, com provas que pontuaram para o Campeonato de Portugal de Velocidade Legends, Campeonato de Portugal de Velocidade Clássicos e Clássicos 1300, Supercar Series e a prova principal, Campeonato de Portugal de Velocidade Turismo – TCR Portugal.

Na prova principal Pedro Salvador (Seat Leon Cupra TCR) “arrematou” duas vitórias, pelo que reforçou a liderança do Campeonato.

vilareal rotunda 

CPVT - TCR Portugal - Supercar Series

Pedro Salvador voltou a impor o Seat Leon Cupra TCR e venceu a segunda corrida, que dominou de fio-a-pavio. Francisco Carvalho (Audi RS3 LMS) foi segundo.

O principal ponto de interesse na corrida, foi a luta pelo terceiro posto, que acabou por ser ganha por Francisco Abreu (Peugeot 308 TCR), depois de passar Gustavo Moura (Audi RS3 LMS), na sequência de um toque de corrida. Manuel Gião (Kia Cee´d TCR) aproveitou o facto e passou para quarto, enquanto Moura baixava para quinto.

Nos Supercar Fábio Mota foi o vencedor, seguido por Daniel Teixeira e Pedro Lisboa.

Resumo volta a volta

  • Partida

Pedro Salvador arrancou na frente.

José Cautela (VW Golf GTI TCR) teve uma saída na subida de Abambres e motivou a entrada do saty car em pista.

  • 2ª volta

Retomada a prova e Pedro Salvador mantinha a primeira posição, seguido pelos homens dos Audi RS3 LMS, Francisco Carvalho e Gustavo Moura.

  • 4ª volta

Pedro Salvador fez a melhor volta de corrida, com o tempo de 2m 04,012s.

João Sousa (Seat Leon) foi para a box.

  • 5ª volta

Francisco Abreu (VW Golf GTI TCR) era quarto, atrás de Gustavo Moura. Manuel Gião (Kia Cee´d TCR) rodava em quinto.

Fábio Mota (Peugeot 308 Cup) era o primeiro dos Supercar

  • 6ª volta

Daniel Teixeira subia para o sétimo posto, segundo dos Supercar. Seguiam-no Pedro Lisboa (VW Golf GTI TCR) e Paulo Martins (Nissan 350Z).

  • 7ª volta

Francisco Abreu falhou a travagem para a curva um e não conseguiu evitar um toque em Gustavo Moura. O Audi saiu de trajectória, Moura baixou para quinto, pois Manuel Gião aproveitou para ganhar mais um lugar.

  • 11ª volta

Pedro Salvador rodava em 2m04, cerca de um segundo mais rápido que os adversários.

  • Final

Vitória de Pedro Salvador, seguido por Francisco Carvalho a 19,270s e Francisco Abreu com mais 3,474s.

Manuel Gião terminou em quarto, à frente de Gustavo Moura.

Fábio Mota foi o melhor dos Supercar, trazendo Daniel Teixeira a 40,249s e Pedro Lisboa foi terceiro.

Paulo Martins, quarto dos Supercar, foi simultaneamente o melhor GT. Tanto mais que neste grupo faltaram José Correia (Nissan Nismo GTR GT3), devido ao acidente de ontem e Gonçalo Manahu, que não conseguiu resolver o problema de caixa de velocidades do Porsche 997 GT3.

vilareal partida domingo 

vilareal salvador domingo Pedro Salvador (Seat Leon Cupra TCR) foto: NunOrganista 

vilareal mota domingo Fabio Mota (Peugeot 308 TCR), foto: NunOrganista

vilareal domingo tcr podio Pódio do TCR

Disseram os vencedores

Pedro Salvador

"Correu muito, muito, muito bem, verdadeiramente. Mais uma vez, mais fácil do que eu tinha previsto. Arranquei muito bem, na primeira volta, depois com a entrada do safety car as coisas ficaram mais apertadas. Consegui surpreender o Francisco no recomeço da corrida e a partir daí tive um andamento muito forte, um ritmo muito forte, consegui ganhar uma vantagem grande logo nas primeiras voltas e só posso dedicar esta vitória verdadeiramente à equipa porque entregou-me um carro fantástico, fácil de conduzir, consistente. Conseguimos fazer uma volta rápida que me deixou extremamente satisfeito, portanto, um fim de semana perfeito."

Fábio Mota

"Foi uma corrida muito intensa. Houve dois incidentes na primeira volta mas acabou por resultar bem para nós. Conseguimos alcançar a primeira posição, que era um objetivo em mente e assim o conseguimos! Por isso saio muito contente, mas acima de tudo saio muito entusiasmado e cada vez mais apaixonado por esta corrida aqui em Vila Real, porque o público é sem dúvida fenomenal."

CPVC 

Luis Barros (Porsche 930 Turbo) arrancou melhor do que João Macedo e Silva (Porsche 911 RSR) que não lhe dava um segundo de descanso, com pressão constante. Logo atrás vinha o grupo dos Ford Escort, com Joaquim Jorge à cabeça, seguido por Rui Azevedo e por Rui Costa.

A luta dos H71 era re-editada com os homens dos Lotus Elan, Joaquim Soares e Filie Matias a serem os protagonistas e Soares, já com o carro completamente recuperado depois do acidente de ontem, a levar a melhor.

Foi assim por duas voltas, até que à terceira Luís Barros bate nos rails. Aparentemente algo terá falhado no Porsche, que perde aceleração à saída de uma curva rápida. João Pedro Silva não conseguiu evitar o toque e o Porsche de Barros saiu, embatendo nos rails.

O safety car entrava em pista, enquanto o Porsche era retirado e o asfalto limpo por haver óleo na chicane do final de Mateus.

Ainda com safety car em pista, Joaquim Soares desistia. O motor calava-se e o Lotus ficava parado no circuito.

Retomada a prova e havia um par de voltas para resolver a prova. João Macedo e Silva arrancou na frente, seguido pelos Escorts que rodavam “colados”. Joaquim Jorge levava a melhor sobre Rui Azevedo e Rui Costa. OS H75 ficavam decididos a favor do homem do Porsche.

Filipe Matias comandava os H71, era o quinto. Entretanto Rómulo Mineiro ultrapassava-o depois de um “duelo” interessante de seguir. Mineiro vencia o Grupo 5 e Matias confirmava a vitória nos H71.

Fernando Xavier (VW Sirocco) terminava atrás do segundo Grupo 5, o Lotus Elan de Alexandre Guimarães, e ganhava os H81. Nos H65 a vitória foi posse de João Carlos Vieira (Karmann Ghia)

vilareal joaosilva2 João Macedo e Silva (Porsche 911 RSR)

vilareal classicos2

CPVC 1300

Luís Alegria (Datsun 1200) venceu uma prova animada, em que os 1300 rodaram juntos. No final, Alegria, que venceu os H75, conseguiu ganhar uma distância de 15 segundos sobre o melhor H71, o Austin Mini Cooper S de João Pedro Peixoto, que tinha que se defender de Carlos Cruz, que tentava “roubar” a primazia nos H71 de Peixoto.

Carlos Santos (Datsun 1200) era o segundo H75, quarto dos 1300. Filipe Nogueira (Morris Mini 1275 GT) encerrava o grupo dos seis da frente.

vilareal luisalegria1 Luís Alegria (Datsun 1200)

vilareal luisalegria2 Luís Alegria (Datsun 1200) e José Castro (VW 1303)

CPVL

Luís Barros (Ford Sierra RS500) e Vasco Barros (Mercedes 190E DTM) partiram na frente. Paulo Sousa (BMW M3) no arranque deu um ar da sua graça, partiu bem, pressionou, mas os homens frente foram-se afastando e dominaram a corrida.

Com o evoluir da prova, vários grupos iam criando diversos focos de atenção e um ou outro carro apresentavam sinais disso. Um bom exemplo eram os Fiat Punto de Pedro Sousa e de Manuel Fernandes, que disputavam o Desafio Único FEUP2.

Nos FEUP 3 a discussão era semelhante. Mas com o evoluir da corrida, Raúl Delgado ia-se distanciando e deixava os adversários, a discutirem os postos secundários. Hélder Moura fazia parte do grupo até que consolidava a segunda posição.

Entretanto, na frente da corrida, António Barros (BMW M3), Paulo Sousa (BMW M3) e Pedro Alves (Citroen Saxo) estavam envolvidos numa discussão interessante, mas destes apenas Alves chegaria ao fim.

No fundo da recta de Mateus, Pedro Carvalho teve um acidente aparatoso, mas felizmente sem consequências para o piloto. O Fiat Punto saiu de frente para a barreira, na esquerda muito rápida que antecede a chicane de Mateus, capotou duas vezes e imobilizou-se do lado esquerdo da pista.

O acidente motivou a entrada do safety car e pouco depois era mostrada a bandeira vermelha.

Luís Barros teria sido o primeiro a cortar a meta, se a corrida tivesse terminado de forma normal e venceu a categoria L90. Vasco Barros terminou a seguir, ganhou a Especial e José Meireles (Toyota Carina E) foi o vencedor, suado, da L99/2000, sempre com grande pressão por parte de Hernâni Conceição.

Raúl Delgado venceu os FEUP3 e Pedro Sousa ganhou nos FEUP2.

vilareal barros domingo Luis Barros (Ford Sierra RS 500), foto de: NunOrganista

vilareal legends partida dom

vilareal delgado dom


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos