Velocidade Online

Nacional - Clássicos

NACIONAL - CLÁSSICOS - SUPER RACING WEEKEND - PORTIMÃO

Segunda, 22 Outubro 2018 07:36 | Actualizado em Sábado, 13 Julho 2019 15:41

Racing Weekend Portimão – Sábado

logo racing weekend 2018

O Autódromo Internacional do Algarve recebe, este fim-de-semana, a quinta jornada de Racing Weekend, sendo a derradeira da época, em termos de Campeonato de Portugal de Velocidade Clássicos (CPVC), Campeonato de Portugal de Velocidade Clássicos 1300 (CPVC 1300) e Campeonato de Portugal de Velocidade Legends (CPVL). Hoje, Sábado, decorreram as primeiras corridas de cada Campeonato.

CPVC

Na partida os homens dos Ford Escort colocaram-se na frente. Rui Costa a levar a melhor nos H75 e Rómulo Mineiro, no Grupo 5. Logo após discutia-se a primazia nos H71 e neste campo Joaquim Soares (Lotus Elan) ficava à frente de Filipe Matias (Lotus Elan +2). Vítor Araújo (Datsun 1200) era o quinto, mas a sua guerra era dos 1300.

Fernando Xavier (VW Sirocco), que é já o virtual campeão dos H81 ganhava lugares e passava a rodar no sexto posto, primeiro dos H81. A “reboque” vinha Paulo Duarte VW Golf GTI), que estava um par de segundos mais atrás.

Na frente da corrida as posições começavam a consolidar-se e a bandeirada xadrez era baixada.

Vitória nos H75 para Rui Costa que ganhava pontos preciosos para o Campeonato, que fica praticamente na sua mão.

Rómulo Mineiro vencia no Grupo 5 e pode já, virtualmente, comemorar o título.

Filipe Matias levou a melhor nos H71 e decisões só amanhã.

Fernando Xavier ganhou os H81 pela vantagem mínima de três décimas, sobre Paulo Duarte.

João Cruz (BMW 323i) venceu o Grupo 1 e ganhou mais uns pontos preciosos a Pedro Serrador.

João Carlos Vieira (VW Karmann Ghia) era o melhor dos H65 e também ele é virtual Campeão da categoria.

portimao classicos partida dom portimao classicos rcosta domin Rui Costa (Ford Escort)

CPVC1300

Victor Araújo (Datsun 1200) levava a melhor logo no arranque era o melhor dos H75 e líder da corrida, se bem que Bruno Pires (Datsun Deluxe), primeiro do Grupo H71, rodava por perto. Entretanto Luís Alegria (Datsun 1200) chegava-se aos dois da frente e à terceira volta, estava a meio segundo de Pires.

De seguida Alegria perdia o terceiro posto. Carlos Santos (Datsun 1200) chegava-se mais à frente.

Com quatro voltas volvidas Vítor Araújo estava na liderança, com uma vantagem confortável. O foco de atenção na prova centrava-se agora na luta pelo segundo posto. Bruno Pires tinha que se defender dos ataques que lhe iam sendo lançados. Luís Alegria recuperava o terceiro lugar a cerca de um segundo e meio de Pires. Carlos Santos baixava para quarto mas estava a escassos quatro centésimos de Alegria e pouco tempo volvido ”roubava” o lugar a Alegria.

Carlos Cruz (Datsun 1200) era um espectador atento, rodava em quarto, era o melhor dos H71 e na frente Victor Araújo aproveitava para ganhar tempo.

À sétima volta Carlos Santos passava para segundo, por troca com Bruno Pires, que perdia quatro décimas.

A corrida terminava e as vitórias foram assim de Victor Araújo nos H75 e de Carlos Cruz, nos H71.

Quanto a títulos, só mesmo amanhã é que se vão decidir.

portimao 1300 victor sab Victor Araújo (Datsun 1200)

CPVL

Nuno Figueiredo (Volvo 850 Estate)fez um bom arranque e rapidamente estava na frente da corrida, com Pedro Alves (Citroen Saxo) a pressionar. Ainda a primeira volta não tinha terminado e já o Saxo vermelho tinha recuperado o primeiro lugar.

Pouco depois, os homens da frente começavam a destacar-se. Pedro Alves ganhava cinco segundos a Nuno Figueiredo, que agora tinha de fechar a porta a José Meireles (Toyota Carina E) e Sérgio Pinto (Honda Civic) andava por perto.

António Barros, que teve problemas no BMW M3, nos treinos de sexta-feira, já era quinto, depois de “furar” desde a última posição da grelha, mas seria “sol de pouca dura” e após a segunda volta seguia para a box. Pelo caminho tinha também já ficado Olavo Ribeiro (Toyota Starlet).

José Meireles, à terceira volta, subiu para segundo, por troca com Nuno Figueiredo. Lá na frente, Pedro Alves dilatava a vantagem e comandava com cerca de 12,5 segundos de diferença para Meireles.

A “cabeça” da corrida era dominada pelos homens dos L99. Sérgio Pinto era o primeiro da categoria Especial. António Castro (VW Golf GTI) era o melhor dos L90 e logo a seguir vinha Pedro Pinto (Fiat Punto) o melhor de entre o Desafio FEUP.

Entretanto o Safety Car tinha que entrar em pista. Havia óleo no piso, era preciso limpar e   pouco depois a corrida terminava com bandeira vermelha.

Os vencedores da prova foram assim:

Pedro Alves (Citroen Saxo) ganhou nos L99/2000 e Pedro Fonseca (Toyota Starlet) foi o melhor nos L99 1300.

Nos L90 a vitória foi de António Castro (VW Golf GTI).

Sérgio Pinto (Honda CIvic) foi o melhor da Categoria Especial.

No Desafio Único FEUP 2, o vencedor foi Pedro Pinto (Fiat Punto).

portimao legends partida sab portimao legends palves sab Pedro Alves (Citroen Saxo) 

Amanhã, Domingo, vão ser disputadas as últmas corridas de Classicos, Clássicos 1300 e Legends da época.


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos