Velocidade Online

Nacional - Ralis

NACIONAL RALIS - JOAQUIM ALVES NO RALI AMARANTE BAIÃO

Quarta, 26 Setembro 2018 09:48 | Actualizado em Quinta, 18 Outubro 2018 19:13

Joaquim Alves com prova produtiva em Amarante Baião!
 
O Campeonato de Portugal de Ralis prosseguiu a 21 e 22 de Setembro com a realização do Rali de Amarante Baião, a oitava e penúltima prova da temporada.
O Clube Automóvel de Amarante reuniu uma excelente lista de participantes que ascendeu bem perto das 8 dezenas de equipas, contando com um lote de luxo de viaturas R5 que permitiu um notável nível competitivo pelo top 15!
A Cesar Racing Rally Team regressou ao escalão máximo dos ralis em Portugal, estando à partida da prova com Joaquim Alves no seu Skoda Fabia R5, acompanhado do experiente navegador Miguel Ramalho!
Não disputando qualquer rali em piso de asfalto desde o Vinho Madeira de 2017, o piloto de Cesar – Oliveira de Azeméis focou-se essencialmente em evoluir o andamento e confiança a cada nova especial! Como referiu o mesmo – “foi dos ralis em asfalto que mais gostei de fazer! Foi um prazer enorme evoluir o andamento e a confiança ao longo do rali até porque os tempos e a classificação não eram o mais importante neste regresso!
No que se refere ao nosso rali, conseguimos completar a prova sem qualquer erro, com muita evolução ao longo das classificativas, o que permitiu terminar no top 10 da classificação geral, um bom resultado perante uma lista de concorrentes que teve um nível competitivo elevadíssimo! Desta forma a nossa estratégia delineada para este rali foi cumprida integralmente e o resultado final foi bastante positivo”.
Na estreia do Rali de Amarante Baião em piso de asfalto, o piloto do Skoda Fabia R5 enobreceu o evento, destacando – “a lista de inscritos com perto de 80 viaturas, 15 da categoria R5 o que revela a competitividade da prova, com uma grande afluência de público nas classificativas ao longo do fim-de-semana! As especiais de classificação eram extramente rápidas, com a maioria dos troços com médias de velocidade próximas dos 110km/h, o que não era um rali fácil para quem estava sem ritmo há mais de um ano em asfalto!”
Após as 11 provas especiais de classificação, Joaquim Alves e Miguel Ramalho subiram o pódio final na décima posição da geral!

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos