Velocidade Online

Nacional - Ralis

NACIONAL - RALIS - ARC SPORT NO RALI DE MORTÁGUA

Quinta, 02 Maio 2019 08:09 | Actualizado em Segunda, 18 Novembro 2019 16:04


 

Como é nosso hábito, queremos proporcionar a todos os nossos pilotos as condições ideais para lutarem pelos seus objetivos. Temos trabalhado bastante em conjunto, para que em Mortágua tudo possa correr pelo melhor. Todos sabem que podem contar com o nosso empenho e dedicação, e por isso estamos confiantes para mais esta importante etapa do CPR”, afirmou Augusto Ramiro.

 

Para a ARC Sport, a 3ª prova do Campeonato de Portugal de Ralis volta a ser um estímulo demasiado importante. A formação de Aguiar da Beira, campeã de equipas na época passada, está bastante confiante.

 

Já realizamos os nossos testes e o trabalho está feito, e bem feito. Agora vamos ver como as coisas vão correr, pois Mortágua é um rali duro e com pisos a condizer. Fazer uma prova com juízo e sem cometer erros é o nosso objetivo, pois terminar será sempre um bom resultado. Fizemos algumas alterações no carro e chegámos a um bom compromisso, para tentar melhorar a nossa prestação”, afirmou Miguel Correia.

 

Atualmente 5º classificado no CPR 2019, Miguel Correia é já uma garantia em termos competitivos. Acompanhado por Pedro Alves, o piloto vai tentar encontrar um bom compromisso, na 3ª prova que disputa ao volante do Ford Fiesta R5.

 

Miguel Correia procura um bom compromisso

 

 

Para já acabar aquilo que não conseguimos fazer nos Açores, e claro está, dar continuidade ao trabalho que temos vindo a realizar. Gosto do Rali de Mortágua, embora seja apenas a 2ª vez que o fazemos. Queremos aumentar o nosso ritmo e tentar terminar numa classificação um pouco acima do habitual. Isso já será um bom resultado”, disse Pedro Almeida.

 

Sem qualquer tipo de dúvidas, Pedro Almeida é um dos jovens valores dos ralis em Portugal. Aos comandos de um Skoda Fabia R5, com Nuno Almeida no banco do lado, o piloto pretende continuar o bom trabalho realizado até aqui.

 

Pedro Almeida pretende continuar a evoluir

 

 

 

 

Mortágua foi um rali onde no ano passado andámos bem na estreia do Skoda, e este ano queremos tentar melhorar esse registo. No seguimento do trabalho feito em Fafe, pretendemos elevar os índices de confiança e aumentar o ritmo nos pisos de terra”, afirmou Joaquim Alves.

 

Com boas recordações do Rali de Mortágua, Joaquim Alves volta à prova do Clube Automóvel do Centro, tendo como navegador o muito experiente António Costa. Aumentar os níveis de confiança ao volante do Skoda Fabia R5 é um dos objetivos.

 

Joaquim Alves procura melhorar ritmo na terra

 

 

Este ano vamos tentar vencer, por todas as razões, até porque na época passada foi o nosso pior rali. Este ano há alterações significativas em alguns troços, o que é bom para nós, para aí tentar fazer a diferença em relação à concorrência, que conhece melhor a prova do que nós, pois só fizemos Mortágua uma vez. Nos testes queremos fazer um bom trabalho de casa e, juntamente com os reconhecimentos, tudo será importante para continuarmos focados no título de 2019. Estamos bastante confiantes”, disse Ricardo Teodósio.

 

Determinados em conquistar o título, Ricardo Teodósio e José Teixeira sabem que um bom resultado com o Skoda Fabia R5 em Mortágua é fundamental para os seus objetivos.

 

A ARC Sport obteve duas vitórias nas duas primeiras provas do ano. Triunfo no Rali Serras de Fafe com Ricardo Teodósio e vitória nos Açores com Ricardo Moura, ocupando os dois primeiros lugares do CPR 2019.

 

 

Ricardo Teodósio quer passar para a liderança do CPR

 

 

ARC SPORT PRETENDE VOLTAR A VENCER

DEPOIS DE VITÓRIAS NAS 2 PRIMEIRAS PROVAS

 

 

 

Rali de Mortágua 2019


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos