Velocidade Online

Nacional - Todo o Terreno

CAMPEONATO PORTUGAL TODO O TERRENO - CISET AO RUBRO

Segunda, 10 Setembro 2018 10:53 | Actualizado em Quarta, 18 Setembro 2019 14:57

O CISET 2018 está ao rubro! 

Depois da emblemática prova do Couço, onde bateu novos recordes de participantes e espectadores (muitos espanhóis), seguiu-se a prova na ribeira de São Vicente, a mais famosa pista de trial da ilha da Madeira. E aqui também foram batidos novos recordes. Foram 6 equipas de Portugal Continental, 1 de Gibraltar e 10 equipas madeirenses.

A parceria com o Super Trial 4x4 comemora 3 anos e leva ano após ano mais equipas nacionais àquele território insular. Esta prova, sob a alçada da FPAK, foi organizada pelo Grupo Desportivo do Estreito, Clube Desportivo do Nacional e pela X Adventure. Os principais promotores do evento foram a Câmara Municipal de São Vicente que abriu da melhor maneira as festas do concelho, assim como, a "trialeira" Elsa Henriques da ASH Team que tratou de toda a logística e acolhimento das equipas.

Os dias 18 e 19 de agosto eram esperados com muito ansiedade, tanto pelas organizações, equipas e público. À primeira vista, o leito da ribeira não apresentava dificuldades às equipas forasteiras. Mas pedra e mais pedra, fez perceber num primeiro contacto, e isto já no prólogo, que era necessário gerir muito bem para não danificar demasiado as viaturas e não colocar em risco a participação.

O prólogo, com um percurso rápido e passagem pela água, foi um dos momentos altos do sábado. Destaca-se o salto planeado do Team Hortícolas que levou público e colegas ao êxtase  e que não o impediu de fazer o melhor tempo. O segundo melhor tempo foi para a equipa Sem Stress, o terceiro para a equipa Alumibatista e o quarto para Mister Reboques. Também estes a presentear o público com saltos, embora de menor intensidade.

Deste prólogo resultaram dissabores para a equipa madeirense Mestre Sá que partiu o semi eixo, ditando assim o fim da participação do mais antigo participante de TT em pista. A equipa GIB Extrem, de Gibraltar, com problemas no turbo ficou impossibilitada de participar na 1.ª manga noturna. A equipa Land 4x4 Madeira foi obrigada a gerir também com problemas no turbo.

Com apenas 2 classes proto e promoção, no Campeonato Madeira de Trial 4x4, e sendo uma prova pontuável para o CISET 2018, as conversões das classes super proto e super proto + foram aceites por todos, de forma a não prejudicar nenhum participante dos campeonatos nacional e regional. 

A primeira manga e noturna arracou primeiramente com a classe promoção e classe fun senhoras. Destaque-se a ida de Lígia Romão à Madeira e a estreia de Cristina Pontes,  mulher do campeão regional 2017. Elsa Henriques, navegadora experiente, completa esta classe, pilotando o conhecido Toyota BJ 40.A noturna foi suave e o maior obstáculo foi transponível. Assim quis a organização para não haver muitos problemas e o espetáculo de domingo ficar garantido. Desta noturna, houve a desistência da equipa Alumibatista que depois de um toque sofrido partiu o eixo traseiro.

Terminada a 1.ª fase, as equipas Sem Stress, ASH Team e ASH Team I tinham preparado para as equipas e familiares a tradicional espetada madeirense, acompanhada do bolo do caco, canja e muita poncha. O convívio foi simplesmente extraordinário. Durante a prova foram vistas fitas pretas em todas as viaturas em solidariedade com a equipa regional Silvia Style Trial.

O domingo começou cedo para as equipas de assistência que tinham até às 14h para colocar tudo em ordem. 

A vila de São Vicente parecia não ter mais espaço para tanto amante deste desporto.  Às 15h o público mais participativo do trial regional e nacional estava pronto, assim como, a classe fun e classe promoção. 

As equipas Vulcanizadora 25 de Abril, Repower e CF Carvalheiro Teixeira #75, logo na primeira volta, levaram o público ao delírio com as constantes tentativas de ultrapassagens. A ECO AGB PARK e a equipa Cargogrua mantinham um ritmo mais ponderado. 

O endiabrado BJ 40, de Emanuel Luz, cativou de tal forma o público com velocidade e os famosos "tiros" que a fez ter o epíteto de "equipa espetáculo".

Passados 30m, deu-se o arranque da classe proto com a equipa de Fabian e Manuel em pista. Entre o verdadeiro espírito de ajuda e alguma picardia, as equipas lutavam pela liderança do campeonato nacional e lugares no pódio. Foram constantes às idas ao parque de assistência. Laurindo Mendonça tentava não perder a liderança da prova e chegar ao 1.º lugar do campeonato ibérico, mas Luís Jorge não estava para lhe facilitar a vida. Terminada a prova, o "rei das ribeiras" vence com 34 voltas, seguido da ASH Team com 32 e a equipa Hortícolas a fechar o pódio com 31 voltas. Mister Reboques e Obrélix terminaram com 29 e 19 voltas respetivamente.

Nas classe promoção e fun senhoras subiram ao primeiro lugar do pódio os madeirenses Nuno Berenguer e Elsa Henriques. A cronometragem e tratamento de dados ficou a cargo do Motor Clube Madeira.

A adrenalina tomou conta dos 17  participantes e do público. A grande festa do trial regional termina assim com promessas de regresso, com interesse de novas equipas vindas de Espanha, assim como, a repetição da participação de Manuel Campos FItz, responsável pela última prova CISET em Málaga (20 e 21 de outubro) desta vez como piloto da equipa Zapatito. 

A ribeira de São Vicente torna-se na pista de trial internacional da ilha da Madeira !!!


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos