Velocidade Online

Nacional - Todo o Terreno

CAMPEONATO PORTUGAL TODO O TERRENO - JOÃO RAMOS SEM SORTE

Quinta, 13 Fevereiro 2020 10:11 | Actualizado em Quinta, 20 Fevereiro 2020 04:38

João Ramos e Victor Jesus não tiveram a sorte do seu lado na Baja TT Vindimas do Alentejo, começando a época da mesma forma que terminaram o ano passado, impotentes para ultrapassar um problema técnico, que veio a culminar no abandono da equipa Toyota Caetano Motorsport, nesta prova que marcou o arranque do campeonato de Todo o Terreno.

Depois de no prólogo e no primeiro sector selectivo, terem sido segundos classificados, entraram confiantes em que existia margem de progressão para se imporem no derradeiro percurso cronometrado, mas o vedante da caixa do óleo da direção assistida cedeu, e a desistência foi inevitável.

João Ramos sentiu durante a fase inicial da prova , que a direção assistida estaria um pouco mais “dura” apesar de totalmente funcional, e a decisão da equipa de assistência foi unânime em, por prevenção, substituírem a direção por material integralmente novo, oriundo diretamente do fornecedor, numa decisão que acabou por se revelar fatídica para os objetivos desportivos, pois foi precisamente um dos componentes novos a ceder sem qualquer explicação.

“Voltamos a não ter sorte nesta prova e ficamos fora da luta devido a um problema que nem eu, nem o Victor, e muito menos a nossa equipa poderia antever ou resolver. Temos de garantir junto dos nossos parceiros que tal não se repetirá, pois é de todo inadmissível que uma peça nova ceda ao fim de 5 quilómetros.

Agora quero focar-me na próxima prova e acreditar que em conjunto vamos inverter esta tendência. Este ano temos mais provas, faltam 6 no campeonato, e está ainda tudo em aberto. Fomos rápidos, a Toyota Hilux teve uma prestação à altura do que era preciso para liderar até ao momento em que desistimos, e temos de obter garantias dos nossos fornecedores para prevenir situações semelhantes.

Acredito que nada está perdido, é o arranque da época, mas sem dúvida que chegamos cá com outro objetivo, que acabou por não ser viável concretizar. Gostei da prova, traçado muito interessante e desafiante, sentimos que poderíamos atacar e conseguir lutar pela vitória, e terminarmos deste modo foi inglório.”

O Campeonato de Portugal de Todo o Terreno continua de 6 a 8 de Março, com a realização da Baja TT ACP – Santiago/Grândola.

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos