Velocidade Online

Nacional - Todo o Terreno

CAMPEONATO DEPORTUGAL DE TRIAL 4 X4

Sábado, 31 Março 2018 21:08 | Actualizado em Domingo, 16 Dezembro 2018 08:36

Campeonato de Portugal de Trial 4x4 2018 Campeão Rui Querido entra a ganhar
O campeão absoluto de 2017 não podia pedir um arranque de temporada mais perfeito. À semelhança da época passada, começou da melhor forma ao vencer em termos absolutos a primeira etapa, realizada em Valongo. Rui Querido e Ivo Mendes (Euro4x4parts/Veicomer) deram 12 voltas à pista e por isso saem de Valongo na frente da geral. Cláudio Ferreira é segundo e Luís Bacelo terceiro. Na classe Extreme a luta foi entre António Silva e António Calçada, campeão em título desta categoria. Mas o dia não foi do campeão! Apesar dos problemas com o turbo da Toyota Hilux António Silva resistiu durante as 3 horas e levou para casa o ouro de Valongo. Os problemas com o turbo também afetaram Calçada. O piloto brigantino correu condicionado durante as 3 horas sendo obrigado a dar muito uso ao guincho. Pedro Alves e Mário Silva (MonsTTer/Cistus) entraram na resistência com um grande azar: uma pedra provocou um curto-circuito na parte elétrica do guincho, problema que demorou 1 hora e meia a resolver. Com metade da prova comprometida ainda conseguiram completar 6 voltas à pista e terminar na terceira posição. Na classificação geral  António Silva lidera com 5 pontos de vantagem sobre António Calçada. Como já referimos, Rui Querido venceu em termos gerais e por isso foi também o vencedor da classe Proto. Em segundo ficou Luis Bacelo (Oficinas Bacelo) que correu durante 3 horas sem bloqueio à frente. Além disso os intercomunicadores também não facilitaram o trabalho e o navegador André Neves ressentiu-se da dureza da pista. A completar o pódio ficou Miguel Marques (MM6018/Americana Papelaria) se mostrava satisfeito por ter conseguido um lugar no pódio numa categoria tão competitiva como se tem revelado a classe Proto. Na classificação geral Rui Querido beneficia ainda do ponto extra por ter vencido o príólogo e lidera com 6 pontos de vantagem sobre Luis Bacelo. Cláudio Ferreira (auto Higino) é outro campeão que entrou com o pé direito na nova época. O detentor do título da Super Proto correu em Valongo com um novo navegador e foi feliz. Terminou a resistência com 1 volta de vantagem sobre Pedro Costa (PBCabral Seguros). Pedro Costa até partiu na frente por ter dado a volta mais rápida do prólogo, mas rápido perdeu a vantagem. Ainda assim seguiu sempre de perto os líderes e deu-lhes sempre muita luta Os madeirenses da Ash Team estiveram em Valongo a experiemtar os novos eixos e o novo navegador, após a lesão de Elsa Henriques na época passada. Durante a prova estiveram sempre na luta, mas a 40 minutos do final foram obrigados a parar depois de partirem o veio de transmissão traseiro. Ainda assim, e com a penalização de falharem o briefing, conservaram o último lugar do pódio. Na classificação geral Claudio Ferreira lidera com 5 pontos de vantagem sobre Marco Polónio (malpevent Team).


Em 2018 as classes de Promoção e UTV/Buggy competem no Campeonato Portugal Promoção Trial 4x4, uma rampa de lançamento para novas equipas, pilotos e navegadores que se querem lançar na competição. André Henriques (Tufão Team), um dos pilotos mais experientes da classe uniu-se ao navegador campeão de 2017, Rodrigo Sousa, e entrou com o pé direito na época 2018. Apesar dos problemas de guincho e de uma homocinética partida, completaram as mesmas 4 voltas de Carlos Teixeira (RC automóveis & Tasco do Stand) em menos 26 minutos e 16 segundos. Carlos Teixieira já não é estreante no trial 4x4 e aproveitou a proximidade de casa para vir até Valongo esticar o  Suzuki Samurai e dar luta na classe promoção. Já Bruno e Paulo Bastos (exigente TT) desfrutaram muito da estreia no Campeonato de Portugal de Trial. Terminaram no terceiro lugar a uma volta do vencedor. Na classificação geral André Henriques lidera com 5 pontos de vantagem. Na classe UTV/Buggy Marco Melo (M.Transportes) foi o grande vencedor. Foi a primeira vitória do piloto flaviense depois de um ano de 2017 recheado de vitórias nos prólogos, mas muito azar na prova de resistência. Em 2018 começa o CPPT4x4 com uma vitória expressiva, com 4 voltas de vantagem sobre Paulo Mendes (Tuff 4x4). O Município de Valongo nasceu há 180 anos, mas a história deste território com 75 quilómetros quadrados onde convivem as cidades de Alfena, Ermesinde e Valongo e as vilas de Campo e Sobrado tem centenas de milhões de anos, remontando à Era Paleozoica, quando as trilobites povoavam a Terra. A nível desportivo, Valongo assume-se na Área Metropolitana do Porto como a capital do desporto outdoor, disponibilizando nesta região o Centro de BTT e o Centro de Trail Running de Valongo, duas infraestruturas inovadoras e as únicas na Área Metropolitana que permitem a prática de Desporto na Natureza com segurança e conforto para os atletas. Também ao nível do desporto motorizado, como o trial e o enduro, estão criadas as condições para uma prática segura nas serras de Quintarei, que circundam a Biblioteca Municipal de Valongo. A  aposta no Campeonato de Portugal de Trial 4x4 é de tal forma séria que, logo no final desta jornada, ficou assegurado o arranque de 2019 na cidade nortenha. A segunda prova é numa terra mítica do todo-o-terreno, mas que se estreia no trial 4x4. Reguengos de Monsaraz recebe o Campeonato de Portugal de Trial 4x4 2018 e as expectativas são enormes... quer por parte do Trial Voz Reguengos, clube organizador que já há vários meses começou a trabalhar na prova, quer por parte das equipas, que estão desejosas de visitar o Alentejo.

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos