Velocidade Online

Nacional - Todo o Terreno

CAMPEONATO NACIONAL DE TODO O TERRENO - CISET 4X4 CORUCHE

Terça, 10 Abril 2018 21:27 | Actualizado em Domingo, 23 Setembro 2018 11:34

CISET 4X4 CORUCHE 2018: TRABALHOS "ESFORÇADOS".

 

·       CONDIÇÕES CLIMATÉRICAS ADVERSAS E TERRENO COMPLICADO MARCARAM A ABERTURA DA TEMPORADA.

 

Coruche recebeu no passado domingo a primeira prova do Challenge Ibérico de Super Extreme Trial 4x4, organizada pela Escudeira de Castelo Branco em colaboração com o Moto Clube Sacho, e disputada sob a égide da FPAK. 

Esta primeira prova foi disputada em condições de terreno muito complicadas, pois a chuva que caiu durante os dias que antecedam o evento ensopou por completo o recinto e as pistas mesmo apesar dos esforços do promotor e organização em tentarem drenar às águas. 

Num terreno com muito barro que se pegava em tudo quanto era sitio e colocava dificuldades de progressão a todas as equipas, sobressaiu a vontade, empenho e até sacrifício dos navegadores, que tiveram  uma prova muito complicada e desgastante.  Pelo enorme esforço que fizeram, estão de parabéns e sem sobra de duvida que representam um grande orgulho para a família do "Extreme".

Também durante a prova foi possível ver que muitas das vezes as equipas se ajudaram, relegando de alguma forma para segundo plano o resultado e colocando em primeiro lugar o desportivismo e espirito de entreajuda que ainda reina no "Extreme".

A temporada de 2018 trouxe consigo muitas novidades em termos de organização e regulamentação ao "Extreme Trial" fruto da sua entrada da modalidade para a FPAK, mas a X-Adventure a entidade promotora da competição imprimiu nesta edição um verdadeiro sentido de crescimento, passado a ter provas não só em Portugal Continental e na Madeira, como também em Espanha onde irá ter lugar o encerramento da época.   Tantas novidades tiveram o óbvio impacto nos participantes, com muitos deles a apresentaram máquinas novas ou renovadas, e outros tantos a fazerem a progressão para classes superiores, refletindo-se isso já nesta primeira prova, com uma lista de inscritos diferente das que até aqui vinham a aparecer, sendo agora dominada pelas maquinas das classes superiores, quando anteriormente eram as maquinas das classes mais baixas as mais numerosa.

 

CLASSE SUPER PROTO MAIS: LAURINDO MENDONÇA VENCE "SEM STRESS"

Sendo uma das classes mais participadas, e aquela onde as máquinas têm maior evolução e capacidade de transpor obstáculos, era aqui que residia um dos principais focos de interesse do CISET 4x4 Coruche 2018.

No setor de perícia, Luís Jorge ( Hortícolas Team/Café Snack Bar “A Curva”) destacou-se pela positiva com um tempo canhão de apenas 22 segundos para transpor o setor.  Foi o único que não utilizou guincho, e foi significativamente mais rápido que os seus adversários. Em segundo lugar ficou o Madeirense Laurindo Mendoça (Team Sem Stress) com mais 39 segundos. Vítor Matos (Team Base Branca 4x4) foi o terceiro classificado, com 1m04s a apenas 3s do segundo.

Na setor de resistência, Luís Jorge atrasou-se logo na primeira rampa onde viria a ficar atolado, tendo depois feito uma recuperação que o levaria até ao segundo lugar. Porém, quando tinha já 6 voltas realizadas, foi forçado à paragem prematura e isso fez com que fosse ultrapassado por Pedro Barrento (Obrelix Team 4x4) que depois de um sexto lugar no setor inicial terminava agora no segundo posto com 7 voltas.  Laurindo Mendonça acabou por vencer a setor de forma destacada, pois foi o único piloto a conseguir dar 10 voltas ao escorregadio traçado de Coruche.

Na classificação final, a vitória cabe á equipa Madeirense "Sem Stress" liderada por Laurindo Mendoça.   O "Obrelix Team 4x4" conquistou o segundo lugar e o Hortícolas Team/Café Snack Bar “A Curva” o terceiro.

 

CLASSE SUPER PROTO: CARLOS SOUSA SOMA PONTOS "SEM RESISTÊNCIA"

Com muitas das equipas que habitualmente estavam nesta classe a progredirem para a classe acima, Carlos Sousa ( Team Bicho do Mato 4X4) acabou por não ter adversários com quem lutar em Coruche , tendo por isso uma vitória garantida à partida.  A equipa ainda percorreu o setor de perícia, mas face ao terreno muito complicado, optou por não arrancar para as duas horas de resistência, somando os pontos de vencedor apenas com o resultado da perícia em sem danificar o carro num setor particularmente exigente.

 

CLASSE PROTO: ANGELO TIAGO DOMINA NO ARRANQUE DO CISET 4X4.

Ângelo Tiago (Team Helder Tiago) foi o grande dominador da prova de Coruche, tendo sido significativamente mais eficaz que os seus adversários nos dois sectores do evento.

A equipa de Salvaterra da Magos ainda teve alguma oposição no setor de perícia, pois apesar de ter sido o vencedor com 1m32s,  Luís Matos (Team Base Branca 4X4 2) ficou muito perto, tendo precisado de apenas mais oito segundos para percorrer o setor de inicio a fim.    Ainda no setor de perícia, José Simões (Team A tasca a Roda) terminou em terceiro, com quase mais dois minutos e meio que o vencedor.

O domínio de Ângelo Tiago foi significativamente mais evidente no setor de resistência, pois até que uma avaria o fizesse parar, conseguiu dar 4 voltas ao traçado.  Já Guido Gomes (Team Eco AEG Park Lda) e Luís Matos (Team Base Branca 4x4 2) não deram mais do que uma volta completa.

Na geral, Ângelo Tiago consegue uma merecida vitória no inicio da temporada, seguido de Guido Gomes em segundo e Luís Matos em terceiro.

 

CLASSE PROMOÇÃO: "PELINTRAS TEAM" SOMOU OS PRIMEIROS PONTOS.

O êxodo de participantes para as classes imediatamente acima também se sentiu na classe Promoção, aquela que pretende servir de porta de entrada no "Extreme".   Diogo Lúcio (Pelintras Team) acabou por não ter adversários em Coruche, e apesar de ter por isso o vencedor, nem por isso deixou de participar nos dois setores e dar espetáculo.  As dificuldades do setor de resistência acabaram no entanto por ser mais forte do que o seu carro, tendo estado muito tempo retido num obstáculo.

 

CLASSE SENHORAS: LIGIA ROMÃO ABRIU A ÉPOCA COM UMA VITÓRIA.

Lígia Romão, e a sua equipa GS Team Boop aceitaram também o repto da organização e enfrentaram o complicado evento de Coruche. Sem oposição a vitória poderia ter sido simples e fácil, mas a equipa decidiu tentar obter o melhor resultado desportivo possível, não só cumprindo o setor de perícia como o de resistência ao qual ainda conseguiram dar duas voltas.

A classe Senhoras é uma classe Extracompetição pelo que não têm pontuação final.

 

---------------------------------------

 

Bruno Vilelas, da Escuderia de Castelo Branco, o clube organizador desta prova, assumiu que:

"Valeu muito a pena. A Escuderia de Castelo Branco aceitou este repto. para a uma modalidade completamente nova para nós. Recebemos o convite da X-Adventure para estarmos aqui. Realmente Foi uma prova muito difícil devido ás condições que aqui estão, mas muito bem disputada. Temos aqui uma massa humana muito boa. Penso que foi uma aposta ganha.

A especificidade destas provas, quanto mais difíceis elas se tornam mais míticas elas se tornam e o sabor da vitoria acaba por ser muito maior. Mas o mais importante aqui é que mesmo com estas condições adversas, toda esta estrutura e toda esta organização conseguiram levar este evento em perfeitas condições até ao fim como se estivesse um belo dia de sol. O mais positivo é o grande evento que aqui estivemos.”

Quanto ao futuro e à entrada do CISET para a alçada da FPAK, o organizador disse:

"Esta modalidade está agora a entrar agora para a família da FPAK. Foi recebida e muito bem esta ano. Pensamos e fazemos questão de passar isso a quem de direito que esta é uma aposta ganha. Realmente é uma modalidade que estava fora do âmbito da FPAK e em boa hora entrou e prova está á vista com esta grande prova, grande organização, temos aqui grandes pilotos, temos aqui veículos muito bem construídos e que cumprem muito do que é exigido em termos de segurança. Acho que é uma aposta muito grande, é uma modalidade que atrai publico e atrás do publico vem tudo o resto."

 

Fernando Santos, da FPAK que esteve presente em Coruche e acompanhou todo o evento de inicio a fim, após a prova quando questionado sobre a sua opinião sobre o CISET 4x4 Coruche 2018 afirmou que:

 "Do meu ponto de vista correu tudo muito bem. Os concorrentes foram muito recetivos a tudo quanto se lhe disse e é uma modalidade com pernas para andar. O tempo não ajudou e estou convencido que haveria muito mais gente e que seria muito mais divertido."

Sobre o futuro assumiu que a aposta da FPAK vai continuar e quanto ao próximo evento disse que:

"Vamos esperar para ver, se será igual ou melhor, mas espero que seja melhor."

 

Finalmente, Luís Pirralho, Promotor do CISET 4x4 2018 comentou o evento dizendo que:

"Foi um dia duro, complicado, exigente para organização e participantes. Embora tenha sido com muita lama e a chuva a marcarem esta prova, foi uma verdadeira prova de fogo de uma modalidade que deu um passo de gigante do ano passado para este.  Creio que a organização superou os desafios que lhe foram apresentados, e que os representantes da FPAK ficaram satisfeitos com o que aqui se passou.  Hoje foi um dia de aprendizagem para todos, pelo nosso lado e dos participantes a aceitação das normas da federação e procurar evoluir de acordo as indicações que nos foram dadas, e pelo lado tanto federação como da Escuderia que nunca tinham tido um evento destes, perceberem qual o grau de evolução a que a competição já se encontra e como é que tem sido o nosso trabalho ao longo dos anos. Penso que estamos num muito bom caminho.  Quero deixar uma palavra de apreço aos participantes, que muito sofreram nesta pista, mas que de um modo geral não baixaram braços."

 

A competição continua a 6 de Maio, em Santiago da Guarda, Ansião, Portugal

 

O CHALLENGE IBÉRICO SUPER EXTREME TRIAL 4X4 CORUCHE 2018 foi organizado pela Escuderia de Castelo Branco, com a colaboração do Moto Clube Sacho e com o apoio do Municipio de Coruche, da União de Freguesias de Coruche e de Maqdias.

 

O CHALLENGE IBÉRICO SUPER EXTREME TRIAL 4X4 é promovido pela X-Adventure, sob a égide da FPAK, e conta com o apoio de: Euro 4x4 Parts, Tractomoz, Helder Tiago – Oficinas, Lubecar, Veicomer, Vulcanizadora Fragoso, Dediland,  BF Automóveis, Father Motorsport , Todoterreno.pt,  Rally-Raid Network, Skin Ovelha, TR4 Digital, Codigo 4x4, España 4x4, e Virtual Clube TT

 

CALENDÁRIO DO CHALLENGE IBÉRICO DE SUPER EXTREME TRIAL 4X4

8 de Abril - Coruche, Coruche, Portugal

6 de Maio - Santiago da Guarda, Ansião, Portugal

10 de Junho - Sanfins do Douro, Alijó, Portugal

8 de Julho - Couço, Coruche, Portugal

18 e 19 de Agosto - São Vicente, Madeira, Portugal

29 e 30 de Setembro - Valpaços, Valpaços, Portugal

20 e 21 de Outubro - Málaga, Málaga, Espanha

 

 

Mais informação pode ser obtida no site oficial em www.extremetrial4x4.com

 

Siga o CISET4x4 no facebook.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CLASSIFICAÇÃO DO CISET 4X4 CORUCHE 2018

 

CLASSE FUN SENHORAS

RESULTADO FINAL

Posição

Nome Equipa

Pericia

Resistencia

Penalização

TOTAL

PONTOS

1

401

Ligia Romão – GSTeamBoop

150

500

0

650

25

 

 

 

 

 

 

 

 

CLASSE PROMOÇÃO

RESULTADO FINAL

Posição

Nome Equipa

Pericia

Resistencia

Penalização

TOTAL

PONTOS

1

301

Diogo Lucio – Pelintras Team

150

500

0

650

25

 

 

 

 

 

 

 

 

CLASSE PROTO

RESULTADO FINAL

Posição

Nome Equipa

Pericia

Resistencia

Penalização

TOTAL

PONTOS

1

201

Angelo Tiago – Team Helder Tiago

150

500

0

650

25

2

202

Guido Gomes – Eco AEG Park Lda

141

475

0

616

20

3

203

Luis Matos – Base Branca 4X4 2

147

450

0

597

17

4

204

José Simões – A tasca a Roda

144

425

0

569

14

 

 

 

 

 

 

 

 

CLASSE SUPER PROTO

RESULTADO FINAL

Posição

Nome Equipa

Pericia

Resistencia

Penalização

TOTAL

PONTOS

1

101

Carlos Sousa – Bicho do Mato 4X4

150

0

0

150

25

 

 

 

 

 

 

 

 

CLASSE SUPER PROTO MAIS

RESULTADO FINAL

Posição

Nome Equipa

Pericia

Resistencia

Penalização

TOTAL

PONTOS

1

6

Laurindio Mendonça – Sem Stresses

147

500

0

647

25

2

5

Pedro Barrento – Obrelix Team 4x4

135

475

0

610

20

3

1

Luis Jorge – Horticulas Team/Café Snack Bar “A Curva”

150

450

0

600

17

4

4

Rui Vieira – FPower/Nosso Talho

138

425

0

563

14

5

2

Domingos Dinis TrampillaRegisto.com

141

400

0

541

12

6

7

Vitor Matos – Base Branca 4X4

144

375

0

519

10

7

3

Adriano Santos – ASH Team

32

0

0

32

8

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos