Velocidade Online

Nacional - Karting

CAMPEONATO PORTUGAL KARTING - JUNIOR RACING TEAM EM LEIRIA

Quinta, 16 Maio 2019 14:44 | Actualizado em Terça, 15 Outubro 2019 08:24

Numa prova extremamente difícil, os três pilotos do Júnior Racing Team acabaram por ter resultados de relevo no Kartódromo Internacional de Leiria, durante a 3ª etapa do Campeonato de Portugal de Karting KIA.

A Júnior Racing Team esteve presente na 3ª etapa do Campeonato de Portugal de Karting KIA, disputada no passado fim de semana no Kartódromo Internacional de Leiria, com organização a cargo do NDML (Núcleo de Desportos Motorizados de Leiria), com quatros pilotos, divididos pelas categorias Júnior e X30 e Cadetes.

Diogo Martins e Tomás Ribeiro, ambos aos comandos de chassis Tonykart, representaram a formação de Aveiro na categoria Júnior. Numa categoria supercompetitiva, num traçado que recentemente recebeu um novo tapete de asfalto e que se revelou extremamente rápido, escorregadio e muito perigoso, os dois pilotos do Júnior Racing Team não começaram bem o fim de semana. Na sessão de treinos cronometrados, sábado de manhã, Diogo Martins acabou por ser o melhor da equipa, assegurando o 10º tempo, com a volta em 47.944s, a 0.433s da pole position. Tomás Ribeiro, acabou por não conseguir efetuar um tempo, o que lhe valeu a última posição na sessão e na grelha de partida para a 1ª manga de qualificação.

Na 1ª manga de qualificação, disputada nessa tarde para todas as categorias, os dois pilotos da Júnior correram atrás do prejuízo, evidenciando o seu talento numa corrida difícil e recheada de acidentes. Saindo do 14º lugar, Tomás Ribeiro fez uma prova exemplar, vindo a concluir em 8º. O seu companheiro de equipa, Diogo Martins, também se exibiu a bom nível, garantindo a 9ª posição.

No Domingo, na 2ª manga de qualificação, acabou por ser Diogo Martins quem conseguiu o melhor lugar, sendo 8º, ganhando uma posição na corrida. Tomás Ribeiro fez novamente uma corrida combativa, mas acabou por ser penalizado por danos na carenagem frontal. Apesar de concluir em 8º, a penalização deixou-o apenas no 11º lugar. Á tarde, correu-se a Final da categoria, novamente super competitiva e com alguns acidentes a lamentar. Diogo Martins acabou por ser uma das vítimas desse tipo de ocorrências, abandonando a uma volta do fim, sendo-lhe atribuído o 12º lugar. Já Tomás Ribeiro tornou a correr 'atrás do prejuízo' naquela que foi a sua melhor prestação do fim de semana. Saindo do nono lugar, o piloto de Fafe recuperou até 4º, ficando à beira de um pódio.

Nas contas do campeonato para a categoria Júnior, Tomás Ribeiro é 4º com 59 pontos, enquanto Diogo Martins está no 11º lugar com 16 pontos.

Gabriel Caçoilo representou o Júnior Racing Team na categoria X30. Aos comandos de um Tonykart, o piloto teve dificuldades nos treinos cronometrados, não conseguindo melhor que o último tempo (48.661s), a mais de dois segundos da pole position. Na 1ª manga de qualificação, corrida no sábado à tarde, Gabriel Caçoilo esteve muito forte, recuperando 10 posições, para concluir em 6º.

No Domingo de manhã, na 2ª manga de qualificação, Caçoilo tornou a mostrar serviço, saindo de 6º para concluir no 4º lugar. Para a Final, o piloto saiu de 5º, tornando a estar muito competitivo em pista, lutando pelo pódio. Uma penalização por ultrapassagem em bandeiras amarelas, atirou-o para o 4º lugar, a oito décimas de segundo de uma posição no pódio.

Gabriel Caçoilo ocupa atualmente o 8º lugar no campeonato, com 31,5 pontos.

Na categoria Cadetes, com seis anos e ainda a ganhar experiência, João Maria Pereira levou o Birel ART ao 14º tempo dos treinos cronometrados (55.826s). Na 1ª manga de qualificação, saindo de 14º, recuperou dois lugares para concluir em 12º. No Domingo de manhã, João Maria Pereira continuou em crescendo, terminando em 11º a corrida que iniciou do 12º lugar. Na Final, acabou por não ser feliz, concluindo em 14, ao perder dois lugares na corrida.

A pista onde se correu este fim de semana não tem condições para que nela se façam corridas”, disse Mário Almeida, responsável máximo pelo Júnior Racing Team. “Já dantes não as tinha e com o novo alcatrão muito menos. Com respeito à gasolina, acho que não tem jeito nenhum andarem a vender a gasolina a dois euros o litro na pista, quando nem sequer os litros que nos vendiam estavam certos. Depois houve a situação de andarem a despenalizar pilotos que saíram das 'gavetas', pois todos os pilotos (principalmente os do lado esquerdo) têm de sair das 'gavetas', já que a pista não se conseguia abordar por fora pois o kart saía em frente, mesmo os karts passando devagarinho. Era impossível os karts passarem lá, porque a pista não estava em condições.”

Sobre as corridas, Mário Almeida disse, “O Caçoilo (Gabriel) teve uma prestação muito positiva, embora tenha cometido o erro de ultrapassar em bandeiras amarelas, tendo sido bem penalizado. Na Júnior, não conseguimos acertar no setup ideal para o Tomás (Ribeiro), para piorar tudo ele não pôde fazer os treinos cronometrados, pois na volta de lançamento despistou-se e empenou o chassis. Conseguimos desempenar o chassis, mas acabámos por nunca acertar no setup. O mesmo aconteceu no chassis do Diogo Martins em que também não conseguimos encontrar o compromisso ideal. Na Cadete, o João Maria Pereira, que só tem seis 'anitos', vai mostrando evolução. Tem ainda que evoluir, mas para já está no bom caminho, tem que se lhe dar tempo.”


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos