Velocidade Online

Mundial - Fórmula 1

CAMPEONATO MUNDO DE FÓRMULA 1 - 2019 - FERRARI INVESTIGADA - F 1 FLASH EXPLICA PORQUE...

Domingo, 10 Fevereiro 2019 04:19 | Actualizado em Sexta, 19 Abril 2019 20:42

FERRARI INVESTIGADA POR AUTORIDADES AUSTRALIANAS
POR FAZER PUBLICIDADE SUBLIMINAR AO TABACO…

A Ferrari pode ver-se a braços com um problema de «marketing» já para a primeira prova do Mundial, depois de as autoridades australianas terem desencadeado um inquérito para perceberem se a mensagem «Mission Winnow» que os carros italianos passaram a ostentar desde o último G.P. do Japão é, ou não, publicidade subliminar ao tabaco… Se chegarem à conclusão de que é, os Ferrari terão de correr limpos daqueles logos, podendo a decisão das autoridades australianas servir para uma proibição geral para quase todas as provas do Mundial!

Foi na prova nipónica que a Ferrari surpreendeu meio mundo ao apresentar um suposto novo patrocinador denominado «Mission Winnow», assumido abertamente como sendo a concretização do apoio há muitos anos recebido por parte da tabaqueira Philip Morris, embora sob a forma de um novo projecto que nada teria a ver com tabaco. E que, na altura, foi assim apresentado por Riccardo Parino, vice-presidente da Philip Morris: «É importante explicar que este logo, esta campanha, não estão relacionados com qualquer produto de tabaco. Tem a ver com a transformação da nossa companhia que vai abraçar uma série de iniciativas para um futuro melhor». Mas nunca se percebeu bem exactamente a que se relacionava…

A verdade é que, logo na sequência da transmissão televisiva do G.P. do Japão, a Autoridade Australiana de Comunicação e Meios de Comunicação lançou uma investigação por os logótipos da «Mission Winnow» se confundirem com a imagem da mais famosa marca de cigarros fabricada pela Philip Morris e durante muitos anos presente nos Ferrari. Agora, a pouco mais de um mês da corrida de Melbourne, são o Departamento Federal de Saúde da Austrália e o Departamento de Saúde e Serviços Humanos do estado de Vitória e investigarem a Ferrari por fazer publicidade ao tabaco de forma encapotada…

A Austrália é dos países com leis mais restritivas em relação à promoção e venda de tabaco e estas investigações aparecem numa altura em que o governo discute um novo endurecimento da legislação… Alega-se não só que o «M» de «Mission Winnow» é muito parecido com o da marca de cigarros, como a colocação das duas palavras, tanto nos carros como nos fatos dos pilotos, está feita de forma a criar os ângulos que são a imagem de marca dos maços dos referidos cigarros.

No seu site, a Philip Morris defende-se: «A indústria do tabaco é um espaço altamente regulado e sempre respeitámos as leis relativas às nossas actividades. Esta campanha não é diferente e respeita todas as leis, inclusive as da publicidade e promoção a produtos de tabaco. A campanha não publicita nem promove nenhum produto da marca». A Ferrari partilhará o símbolo «Mission Winnow» com a equipa oficial de MotoGP da Ducati tal como, segundo se diz, o vermelho mais escuro que o habitual.

Se as autoridades australianas concluírem que aquele símbolo não é admissível, os Ferrari terão de correr «limpos» em Melbourne. O problema é que reacção terão os restantes países que têm também leis muito restritivas à publicidade ao tabaco perante uma eventual proibição das autoridades australianas… Para já, o novo Ferrari – que se poderá chamar SF-90 – será apresentado dentro de uma semana, tendo Charles Leclerc moldado o seu banco ontem e Sebastian Vettel hoje.


Texto de F1 Flash - www.velocidadeonline.com


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos