Velocidade Online

Mundial - FIA GT

GT - PARENTE DE REGRESSO À AUSTRÁLIA

Domingo, 12 Novembro 2017 20:09 | Actualizado em Sexta, 15 Dezembro 2017 15:55

Álvaro Parente em alta na Highlands 501

 

Álvaro Parente esteve uma vez mais num elevado nível num circuito que desconhece e esteve na luta pela pole-position para a Highlands 501, onde este fim-de-semana se disputa a derradeira ronda do Campeonato Australiano de Endurance.

 

O português nunca tinha estado no Highlands Motorsport Park, mas rapidamente se adaptou ao exigente traçado neozelandês, marcando tempos competitivos num plantel extremamente forte, o que lhe abria boas perspectivas para a qualificação.

 

Álvaro Parente mostrou-se muito rápido logo na qualificação, registando o quinto crono na Q1, o que lhe garantiu a passagem ao “Shoot-Out”, onde os dez mais rápidos lutam pela pole-position. No exercício em que cada carro tem apenas uma volta lançada e com apenas um concorrente em pista, Álvaro Parente foi novamente impressionante, estando durante bastante tempo na pole-position provisória.

 

No entanto, o último piloto a entrar em pista acabaria por bater a marca do piloto do oficial da McLaren GT por 0,037s, que ficou com o segundo lugar na grelha de partida para a corrida de quinhentas e um quilómetros de amanhã. “Adaptei-me muito bem ao circuito e temos vindo a melhorar o carro, que na qualificação estava muito performante. Foi pena ter perdido a pole-position por tão pouco, mas num plantel tão competitivo, as diferenças são muito curtas e os adversários muito fortes. No entanto, é um bom resultado e estamos numa boa posição para a corrida”, afirmou Álvaro Parente.

 

Para a prova de amanhã o português está determinado, muito embora esteja consciente das dificuldades que terá que ultrapassar juntamente com Fraser Ross, o seu colega de equipa, e a YNA Autosport/McElrea Racing, a estrutura que disponibiliza o McLaren 650S. “Arrancamos de uma boa posição, será o Ross a realizar o primeiro turno, mas vamos ter uma tarefa difícil. Somos a equipa com o maior handicap – mais seis segundos que a equipa com o segundo maior e mais vinte sete segundos que a que ficou na pole-position – portanto, sabemos que não estamos numa situação fácil. Mas vai ser uma corrida longa e vamos lutar para conquistar um bom resultado”, apontou Álvaro Parente.

 

A corrida de quinhentas e um quilómetros terá o seu início às 23h40 de sábado.


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos