Velocidade Online

Mundial - Fórmula 1

CAMPEONATO MUNDO DE FÓRMULA 1 - 2019 - SEGUNDO A F 1 FLASH - GALERIA DE IMAGENS

Sábado, 02 Março 2019 11:23 | Actualizado em Sábado, 19 Outubro 2019 23:37

TESTES ACABAM COM TRÊS MILÉSIMOS DE SEGUNDO
ENTRE FERRARI DE VETTEL E MERCEDES DE HAMILTON!

E agora, como interpretar quem estará melhor quando as equipas chegarem a Melbourne, para correrem o G.P. da Austrália que abrirá o 70.º Mundial de Fórmula?! Depois de três milésimos de segundo terem ficado a separar o Ferrari de Sebastian Vettel do Mercedes de Lewis Hamilton no final dos testes de Inverno, quem poderá garantir seja o que for… a não ser que parecem estar reunidos os condimentos para uma fantástica temporada?!

Na verdade, se começarmos a «pesar» tudo o que se passou hoje em Barcelona, chegaremos à conclusão de que nem assim poderemos… concluir nada de concreto. Com os mesmos pneus hipermacios C5 é verdade que os putativos candidatos ao título ficaram separados por menos de um piscar de olho, logo, Ferrari e Mercedes estão ao mesmo nível. Contrariando as palavras de Lewis Hamilton pela manhã: «Os Ferrari são os mais rápidos, vai ser a luta mais dura de sempre, pois penso que a diferença se situará no meio segundo».

Aparentemente, Hamilton provou ele próprio que se enganara… Até começarmos a juntar alguns «mas»… Vettel também poderia ter evoluído mais e até melhorado o seu tempo, não se tivesse dado o caso de o Ferrari SF90 ter parado demasiado cedo por um problema eléctrico – e, aqui, a Scuderia deverá concentrar-se no lado da fiabilidade («gostávamos de ter maior fiabilidade», admitiu Mattia Binotto), só um dos quatro dias de testes foi «limpo»… Além disso, seria caso para os ferraristas ficarem assustados com o 1.16,628 marcado por Hamilton com os pneus C4, não se desse o caso de Vettel ter feito 1.16,7 com os C3, ainda mais duros! Então em que ficamos?...

Que estes carros de 2019, apesar das limitações aerodinâmicas, estão soberbamente rápidos parece não haver dúvidas. E que as duas equipas da frente estarão próximas também não. Mas será que usaram todos os seus recursos?... Dito de outra forma, será que a real diferença entre Ferrari/Mercedes e, por exemplo, Renault, Toro Rosso e McLaren é de apenas seis décimos, como se vê na tabela de tempos da derradeira sessão?! Sendo que ainda falta ali a Red Bull/Honda que já se mostrou bastante rápida mas que hoje pouco rodou devido a um problema com a caixa de velocidades, eventualmente ainda resquício do embate de ontem de Gasly? Era bom, não era, que o pelotão estivesse tão compacto!

Daí voltarmos à pergunta inicial: como interpretar estes resultados? Que certezas se poderão tirar daqui? Partindo do princípio que Vettel e Hamilton até atacaram o cronómetro com os carros muito leves, terão usado os chamados «party mode» dos seus motores?... Em testes?... Há uma série de segredos que seriam fundamentais para uma análise mais concreta da real correlação de forças entre as equipas de Fórmula 1. Por isso não nos arriscarmos muito mais além que um simples «parece que»…

Parece que Ferrari e Mercedes estão, de facto, muito próximas, eventualmente com uma ligeira vantagem em velocidade absoluta dos italianos, mas com muito boas simulações de corrida dos alemães. Parece que o motor Honda deu, finalmente, um passo gigante, tanto a nível de potência como de fiabilidade, pelas muitas voltas conseguidas pelos Red Bull e Toro Rosso. Parece que a Renault também conseguiu um «upgrade» significativo a nível do motor, faltando ver o que vale o chassis da equipa oficial, prometendo bastante o da McLaren. E que a Williams está com um novo calvário pela frente. Parece…

Enquanto a equipa do circuito de Barcelona posava para uma foto de família, as equipas arrumavam tudo para recolherem rapidamente às respectivas bases. Há que «digerir» as «toneladas» de dados recolhidas, desmontar por completo estes carros e, ao mesmo tempo que terminam a construção do segundo chassis, fazer-lhes uma revisão completa. Tudo em ritmo muito acelerado porque, dentro de pouco mais de uma semana, os carros estarão a ser embarcados, em direcção a Melbourne!


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos