Velocidade Online

Mundial - Fórmula 1

CAMPEONATO MUNDO DE FÓRMULA 1 - 2019 - GRANDE PRÉMIO DA RUSSIA - SEGUNDO AS PREVISÕES DA PIRELLI

Quarta, 25 Setembro 2019 07:03 | Actualizado em Quinta, 17 Outubro 2019 14:23

GRANDE PRÉMIO DA RÚSSIA – ANTEVISÃO

 

PNEUS DO CENTRO DA GAMA PARA O ASFALTO LISO DE SOCHI

 

 O asfalto liso de Sochi dá as boas-vindas a mais um ano de Grande Prémio na Rússia, para o qual a Pirelli disponibilizará os pneus do meio da gama P Zero Fórmula 1; C2 (duro, branco), C3 (médio, amarelo) e C4 (macio, vermelho). Esta escolha é um passo acima mais dura que a fornecida a este mesmo circuito no ano passado e também a que vimos no passado fim-de-semana em Singapura.

CARACTERÍSTICAS DO CIRCUITO

  • Desde a sua entrada no calendário em 2014, o suave e liso asfalto de Sochi foi uma característica fundamental do Grande Prémio da Rússia. Como prova disso, o primeiro vencedor, Nico Rosberg, foi capaz de completar praticamente a totalidade da corrida com apenas um jogo de pneus. Desde então, a superfície amadureceu e tornou-se um pouco mais áspera, se bem que a morfologia do traçado não é particularmente severa, pelo que não estamos perante um circuito particularmente exigente para os pneus.
  • A única excepção à norma é a curva 3, a mais exigente de todo o circuito. Trata-se de uma viragem à esquerda com múltiplas extremidades, de certa forma igual à famosa curva 8 do circuito de Istambul. No geral, estamos perante uma pista de tracção e travagem, onde o pneu dianteiro/direito é o que mais trabalha. Os compostos protagonistas em 2018 foram o macio, o ultramacio e o hipermacio, um ponto mais macios que os nomeados para a presente edição. Uma eleição de compostos mais dura assegura aos pilotos, atacar o máximo ao longo de cada turno, diminuindo a capacidade de gestão e devem adaptar-se bem às alterações do asfalto.
  • As estratégias apontam para apenas uma paragem, conforme os anos anteriores. O ano passado o Mercedes de Lewis Hamilton, impôs-se desde a segunda grelha com apenas uma visita às boxes (ultramacio-macio), enquanto o Red Bull de Max Verstappen optou por uma táctica oposta (macio-ultramacio), que permitiu-o recuperar dos últimos lugares da grelha até ao quinto lugar final.
  • As condições meteorológicas podem ser variáveis em Sochi. Este ano a previsão aponta para uma possível presença de chuva durante o fim-de-semana.
  • A Mercedes venceu todos os Grandes Prémios da Rússia, incluindo as duas primeiras corridas na era anterior ao campeonato mundial, celebradas em São Petersburgo em 1913 e 1914.

MARIO ISOLA, RESPONSÁVEL PIRELLI F1 E COMPETIÇÃO AUTOMÓVEL

“A ronda russa recupera a sua data de outono depois de ter avançado no ano passado, por isso será interessante ver o que mudou na pista face a 2018. Vamos disponibilizar para Sochi os compostos da zona central da gama - um grau acima mais duros, pois no ano passado - e acreditamos que vão adaptar-se perfeitamente a uma ampla variedade de estratégias. As forças longitudinais, mais que as laterais, aqui, são as que afetam principalmente os pneus, numa pista onde se observa uma grande evolução durante o fim-de-semana. Uma das chaves do sucesso na Rússia será antecipar a afinação e a estratégia dos pneus. A propósito, Valtteri Bottas estabeleceu o recorde absoluto da volta mais rápida na sessão de qualificação de 2018, vamos ver se este ano esta marca ainda pode ser reduzida”.

OUTRAS INFORMAÇÕES PIRELLI

  • A Pirelli subiu ao pódio na categoria WRC2 no rali da Turquia, reconhecido por ser o mais duro de todo o campeonato do mundo.
  • O programa de testes com o pneu de 18” para a Fórmula 1, já está em marcha com um primeiro teste em Paul Ricard, França, e o protagonismo da equipa Renault com o seu piloto de testes, o Russo Sergey Sirotkin.
  • O líder do Mundial, Lewis Hamilton, optou por uma única escolha de compostos para o Grande Prémio da Rússia: apenas um jogo de pneus duros, quatro médios (mais que nenhum outro piloto) e oito macios.


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos