Velocidade Online

Mundial - Outras Fórmula

CAMPEONATO MUNDO DE FÓRMULA E - MASERATI COM BOM DESEMPENHO NA CIDADE DO MÉXICO

Terça, 16 Janeiro 2024 12:09 | Actualizado em Terça, 11 Junho 2024 23:02

MASERATI MSG RACING EM QUARTO NO ARRANQUE DA FÓRMULA E NA CIDADE DO MÉXICO


Equipa conquista 12 pontos na corrida de abertura da Temporada 10 da Fórmula E

A Corrida em Números

Maximilian Günther

1ºs Treinos Livres // 21º

2ºs Treinos Livres // 2º

Qualificação // 5º [1:13.505, Quartos de Final 4]

Corrida // 4º

Lugares Conquistados // -1

Volta Mais Rápida // 1:15.209

Lugar no Campeonato // 4º [12 pontos]

Jehan Daruvala

1ºs Treinos Livres // 22º

2ºs Treinos Livres // 19º

Qualificação // 17º [1:14.649, Grupo A]

Corrida // 16º

Lugares Conquistados // +1

Volta Mais Rápida // 1:15.639

Lugar no Campeonato // 16º [0 pontos]

Maserati MSG Racing

Lugar no Campeonato // 4º [12 pontos]

Em Detalhe

A Maserati MSG Racing garantiu um arranque competitivo na Temporada 10 do Campeonato do Mundo de Fórmula E da FIA, com o piloto Maximilian Günther a terminar em quarto lugar no E-Prix da Cidade do México de 2024.

No seguimento de um prometedor teste de pré-temporada em Valência, no final de 2023, a equipa sediada em Mónaco visitou o Autódromo Hermanos Rodriguez, no México, com uma confiança tranquila, e adotou uma abordagem comedida ao longo dos treinos.

A recolha inicial de dados, na sexta-feira, resultou numa melhoria do desempenho para sábado, e, depois de registar o segundo melhor tempo na FP2, Max levou a sua velocidade para a qualificação, liderando o Grupo B.

Nos quartos de final, o piloto alemão, infelizmente, perdeu para Mitch Evans, mas, devido a uma penalização na grelha para o neozelandês e para o seu companheiro de equipa na Jaguar, Nick Cassidy, Max avançou para a terceira posição da grelha de partida.

Entretanto, o seu companheiro de equipa, Jehan Daruvala, qualificou-se em 17º lugar, com o jovem de 25 anos a continuar a incrementar e a expandir os seus conhecimentos sobre o automobilismo elétrico, enquanto único estreante na grelha da Fórmula E em 2024.

A dupla teve um início de corrida competitivo, e manteve as suas posições de partida na fase inicial, antes do Full Course Yellow, e do subsequente Safety Car, na nona volta, causados por um acidente de Robin Frijns, neutralizarem a corrida.

No recomeço, à 11ª volta, Max e Jehan continuaram em 3º e em 17º, mas, durante a sua ativação final do Modo de Ataque, Max, lamentavelmente, perdeu a posição em pista para Cassidy, caindo para quarto.

Não obstante tirar o máximo partido do modo de potência de 350kW, e de uma pequena vantagem em termos de energia, Max manteve o ritmo, mas não conseguiu ultrapassar o neozelandês, e, por pouco, não subiu ao pódio.

Jehan, por seu turno, terminou em 16º, com uma ultrapassagem tardia a Dan Ticktum, da ERT, para completar a sua estreia num Campeonato do Mundo de automobilismo – apenas o terceiro piloto indiano na história a consegui-lo.

A Temporada 10 da Fórmula E prosseguirá em Diriyah, na Arábia Saudita, para o primeiro evento duplo da campanha, em 26 e 27 de janeiro de 2024.

Nas Suas Palavras

Maximilian Günther, Piloto, Maserati MSG Racing

“Um primeiro fim de semana de temporada muito bom para nós, com o terceiro lugar na qualificação, o quarto na corrida, e alguns pontos muito bons. Penso que demos mostras de um bom ritmo aqui. O México foi muito difícil para nós no ano passado, por isso, começar a época com um resultado tão forte é muito promissor. Estou extremamente feliz por toda a equipa, que fez um excelente trabalho. O carro estava fantástico na qualificação, e é uma pena que tenhamos perdido o pódio com o segundo Modo de Ataque, mas demos o nosso melhor. Estou, realmente, feliz com o quarto lugar de hoje”.

Jehan Daruvala, Piloto, Maserati MSG Racing

“Estou muito contente por ter completado o meu primeiro fim de semana na Fórmula E. Hoje foi a minha primeira vez em autênticas condições de corrida, e foi uma experiência muito positiva. O meu principal objetivo era fazer uma corrida limpa, e receber a bandeira de xadrez, para que pudesse aprender o máximo possível. Fazendo uso de tudo o que aprendi este fim de semana, vou poder melhorar o meu desempenho, e continuar a minha progressão em Diriyah”.

Cyril Blais, Engenheiro Chefe, Maserati MSG Racing

"Este fim de semana foi muito positivo. Chegámos à Cidade do México depois de termos aprendido muito com a Temporada 9, e de termos levado a cabo algumas melhorias importantes durante o inverno. O nosso objetivo para o Max era muito claro: queríamos começar a época com o pé direito, e marcar pontos sólidos, e foi exatamente isso que fizemos hoje. Fizemos uma corrida forte e limpa, com uma execução perfeita e sem erros. É uma pena perder o pódio por pouco, mas estamos satisfeitos com este resultado. O Jehan também fez uma corrida sólida hoje. Por termos muito pouco tempo de pista em cada fim de semana, a Fórmula E pode ser um muito desafiante para um estreante, e o principal objetivo de Jehan era ganhar mais experiência no carro, fazer uma corrida limpa, e ver a bandeira de xadrez. Foi exatamente isso que fez, sem dar um passo em falso. Atingimos os nossos objetivos, e este fim de semana vai colocar-nos em grande forma para o resto da época, e para a próxima corrida em Diriyah”.

Giovanni Sgro, Head of Maserati Corse

"Sabe bem estar de volta! A Temporada 10 arrancou com uma primeira corrida emocionante, com Max a terminar em 4º, e a dar à equipa os nossos primeiros pontos este ano. É ótimo ver também Jehan cruzar a linha de chegada na sua primeira corrida na Fórmula E. Durante este fim de semana de corridas, ambos os pilotos mostraram que já estão totalmente envolvidos na competição, concentrados em construir desde o início. Fizeram um bom trabalho, e, agora, concentramo-nos na Arábia Saudita, e continuamos a esforçar-nos para alcançar o pódio. Temos uma longa temporada pela frente, e tencionamos manter o ritmo e não perder a batalha no pelotão da frente”.

 

Maserati S.p.A.

A Maserati produz uma completa gama de automóveis únicos, imediatamente reconhecíveis pela sua extraordinária personalidade. Graças ao seu estilo, à sua tecnologia e ao seu caráter exclusivo inato, satisfazem os gostos mais exigentes e refinados, desde sempre tendo sido uma referência para a indústria automóvel global. Uma tradição de automóveis de sucesso, cada qual redefinindo o conceito de automóvel desportivo italiano em termos de design, performance, conforto, elegância e segurança, atualmente disponíveis em mais de setenta mercados a nível internacional. Os embaixadores deste legado são o topo de gama Quattroporte, a berlina desportiva Ghibli, o Levante – o primeiro SUV construído pela Maserati, e o Grecale, o novíssimo SUV “everyday exceptional”, todos modelos caraterizados pela utilização de materiais da mais elevada qualidade e de excelentes soluções técnicas. O Ghibli, o Grecale e o Levante estão, também, disponíveis em versões híbridas. Uma gama completa, equipada com motores híbridos de quatro cilindros, e V6 e V8 a gasolina, com tração traseira e integral, que incorpora o ADN de performance da marca do Tridente. O topo da gama é ocupado pelo superdesportivo MC20 e pelo descapotável MC20 Cielo, animados pelo revolucionário motor V6 Nettuno, que incorpora tecnologias derivadas da F1, pela primeira vez disponíveis numa unidade motriz destinada a um automóvel de produção em série. Os novos modelos desportivos GranTurismo – disponíveis tanto com motores a gasolina de alta performance, como com uma cadeia cinemática 100% elétrica a bateria – projetam a Casa do Tridente no futuro: o primeiro automóvel da gama elétrica Maserati Folgore. A partir de 2025, todos os modelos da Maserati serão propostos numa versão totalmente elétrica, e toda a gama da Maserati será movida apenas a eletricidade a partir de 2030.

 

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos