Velocidade Online

Mundial - Ralis

CAMPEONATO MUNDO DE RALIS 2019 - A CITROEN NO RALI DA ALEMANHA

Terça, 27 Agosto 2019 15:54 | Actualizado em Terça, 15 Outubro 2019 08:18

UM DIA DIFÍCIL PARA A CITROËN EM PANZERPLATTE   Rali da Alemanha (22 a 25 de agosto) – Etapa 2
 
Os dois furos sofridos no temido campo militar, onde os pneus são expostos a inúmeras pedras afiadas, atiraram Sébastien Ogier e Julien Ingrassia para o oitavo posto à Geral, no final deste segundo dia de prova, o que acabou com as esperanças da dupla francesa em alcançar um lugar no pódio. Esapekka Lappi e Janne Ferm, que terminaram em sétimo lugar, demonstraram, ao longo dia, alguns dos progressos efetuados no set-up do C3 WRC em asfalto.
 
 
 
Implacável e uma verdadeira lotaria: é assim que geralmente se define um dia de competição no campo militar de Baumholder. E este ano não foi exceção. Depois de uma jornada matinal nos campos de Saarland que não ditou grandes alterações na classificação, as Especiais da tarde iriam ser bem diferente. Com o seu piso de betão extremamente abrasivo e repleto de pedras salientes, onde habitualmente circulam os tanques da base militar, Baumholder fez jus à sua fama e foi palco de muitas emoções.
 
Depois de defender ferozmente o seu terceiro lugar na primeira ronda do dia, embora ainda limitados por um setup ainda não totalmente do seu agrado, Sébastien Ogier e Julien Ingrassia não viram, infelizmente, os seus esforços recompensados na parte da tarde. Um furo lento na primeira passagem em Panzerplatte (41,17 km) ditou a perda da sua terceira posição, mas mantiveram-se a apenas cinco décimos de segundo do pódio e a 3,1s do segundo lugar. Com o set-up melhorado para as últimas passagens, as esperanças de recuperar a sua posição eram reais. Infelizmente, assim não aconteceu: os problemas começaram com uma paragem do motor (ES14), a que se seguiu um novo furo numa das rodas dianteiras, situações que os penalizaram em mais de 1,30 minutos à partida para a segunda passagem em Panzerplatte, enquanto que o tempo registado na primeira passagem neste troço tinha sido positivo. Relegados, no final do dia, para a oitava posição, os sêxtuplos campeões mundiais vão agora concentrar-se em obter a melhor pontuação possível.
 
Esapekka Lappi e Janne Ferm protagonizaram um excelente início de corrida esta manhã, alcançando o segundo melhor tempo na ES9, somente a 0,5s do mais rápido, e encurtando para apenas 4,6s a sua distância face ao sexto lugar. No entanto, na Especial seguinte, os finlandeses travaram um pouco tarde demais numa zona com

 
 
 
 
 
 
 
pouca aderência e fizeram um pião que lhes custou 20,1s. Embora caindo para o oitavo lugar, não perderam a motivação e registaram outro segundo melhor tempo no troço seguinte. Lappi e Ferm também aproveitaram o resto da Etapa para, juntamente com a equipa técnica, trabalhar no set-up do C3 WRC para futuros eventos. Trabalho esse que lhes permitiu registar um excelente quinto melhor tempo na segunda passagem em Panzerplatte (+ 9.9s em 41,17 km).
 
Com 79,50 km de troços cronometrados para cumprir, incluindo duas passagens por Grafschaft (28,06 km), nos vinhedos de Mosel, o dia de amanhã não será nenhum passeio de domingo, pois trata-se de uma Etapa final invulgarmente longa.
 
O QUE ELES DISSERAM… Pierre Budar, Diretor da Citroën Racing “É um resultado duro para o Sébastien e o Julien, pois, mais uma vez, eles mostraram um extraordinário espírito combativo. Tiveram nitidamente azar e foram vítimas da natureza extremamente imprevisível da Especial de Panzerplatte. O Esapekka e o Janne conseguiram, aqui e ali, demostrar os progressos feitos no C3 WRC. Dado que as nossas hipóteses de um resultado forte levaram um rude golpe, vamos agora aproveitar para testar algumas soluções em competição, para continuar a melhorar o set-up do carro, porque, obviamente, queremos sempre fazer melhor.”
 
Sébastien Ogier, Piloto do Citroën Total WRT “Obviamente, foi um dia frustrante. Todos sabíamos que a base militar da Baumholder era uma verdadeira lotaria e, infelizmente, nos últimos dois anos, não apostei nos números vencedores. Foi ainda mais frustrante porque o carro estava melhor, e eu estava a conseguir curvar muito mais eficazmente.”
 
Esapekka Lappi, Piloto do Citroën Total WRT “Foi um dia longo e difícil, mas conseguimos melhorar o comportamento do carro neste tipo de piso, embora tenhamos sentido problemas de aderência em Panzerplatte. No entanto, o carro esteve melhor na segunda passagem. Ainda não está como queremos, mas estamos no caminho certo.”
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 
 
RALI DA ALEMANHA 2019  CLASSIFICAÇÃO GERAL APÓS 2ª ETAPA 1. Tänak / Järveoja (Toyota Yaris WRC) 2h27’21’’9 2. Meeke / Marshall (Toyota Yaris WRC) +32’’4 3. Latvala / Anttila (Toyota Yaris WRC) +41’’8 4. Sordo / Del Barrio (Hyundai i20 WRC) +1’10’’8 5. Neuville / Gilsoul (Hyundai i20 WRC) +1’35’’2 6. Mikkelsen / Jaeger (Hyundai i20 WRC) +1’37’’3 7. Lappi / Ferm (Citroën C3 WRC) +1’43’’1 8. Ogier / Ingrassia (Citroën C3 WRC) +2’09’’7 9. Greensmith / Edmondson (Ford Fiesta WRC) +6’02’’6
 
RESTANTE PROGRAMA DO RALI DA FINLÂNDIA (Nota: horas locais; m ai s 1 hora do que em Portugal Continental) DOMINGO, 25 AGOSTO 06h20: Flexi Assistência H (Bostalsee – 15’’) 07h46: ES 16 – Grafschaft 1 (28,06 km) 09h41: ES 17 – Dhrontal 1 (11,69 km) 10h10: ES 18 – Grafschaft 2 (28,06 km) 12h18: ES 19 – Dhrontal 2 (11,69 km) 13h23: Assistência I (Bostalsee – 10’’) 14h00: Pódio
 

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos