Velocidade Online

Mundial - Ralis

CAMPEONATO MUNDO DE RALIS 2019 - A CITROEN NO RALI DA GRÃ BRETANHA

Quarta, 09 Outubro 2019 02:56 | Actualizado em Terça, 15 Outubro 2019 08:18

CITROËN E OGIER CONQUISTAM BRONZE NO PAÍS DE GALES Rali de Gales G rã-B retanha (3 a 6 outubro ) – Dia 3 (Final)
 
 
Fiel à sua reputação de rali particularmente seletivo devido, muito em particular, às suas condições meteorológicas instáveis, esta edição do Rali de Gales GB viu Sébastien Ogier e Julien Ingrassia subir ao terceiro lugar do pódio, ao passo que Esapekka Lappi e Janne Ferm, de regresso à prova em Rally 2, com o objetivo de atingirem o seu final, acumularam uma experiência considerável.
 
Num último dia composto por apenas 38,42 quilómetros cronometrados, em especiais bem conhecidas de todos, iria ser complicado para Sébastien Ogier e Julien Ingrassia ascender a um dos dois primeiros lugares do Rali de Gales GB, mas tornou-se ainda mais impossível depois da anulação, por razões da segurança, da classificativa Great Orme (4,74 km), onde no ano passado se registaram grandes diferenças. A dupla francesa viu-se, portanto, ansiosa por ultrapassar as muitas armadilhas do dia, antes de poder dar tudo na Power Stage, palco onde garantiu o 2º melhor tempo ali alcançado e os correspondentes 4 pontos adicionais, reforçando o seu 3º lugar com que atingiu o final do rali britânico do Mundial.
 
Este resultado constitui o 11º pódio do Citroën Total World Rally Team, nas 12 já disputadas nesta temporada, e a 8ª vez que a dupla Ogier/Ingrassia ali sobe, mantendo-os no 2º lugar no Campeonato de Pilotos e Navegadores, estando a 28 pontos dos primeiros classificados.
 
Sébastien Ogier e Julien Ingrassia estiveram sempre entre três primeiros classificados do rali, a partir da primeira verdadeira especial da prova, após uma forte prestação na segunda ronda da etapa de sexta-feira, pontuada com dois melhores tempos em especiais, confirmando a sua intenção de tentar alcançar a 6ª vitória em terras britânicas. Tanto assim que concluíram este dia no 2º lugar, a apenas 3,4 segundos dos líderes. Determinados a continuar o seu assalto no sábado, dia competitivo mais longo do fim de semana e privado da habitual assistência a meio da etapa, os sêxtuplos Campeões do Mundo colocaram, de novo, todo o seu empenho e coração numa batalha sem fôlego com os dois outros pretendentes ao título, mas não conseguissem acompanhar o seu passo. No final, terminariam o rali no 3º lugar, a 17,3 segundos do primeiro lugar e a 6,3 segundos do 2º posto.
 

 
 
 
 

 
 
Após uma primeira especial abordada com alguma cautela, adaptando-se ao comportamento do C3 WRC em terreno tão escorregadio, Esapekka Lappi e Janne Ferm de imediato aumentaram o ritmo, registando o 4º melhor tempo na especial de Penmachno (16,19 km), a 4 segundos do mais rápido. Depois fizeram o 3º crono na ES 5 Aberhirnant (10,26 km), terminando a secção da manhã do primeiro dia a apenas 7,8 segundos do pódio. Mas, infelizmente, vieram a pagar o preço da inexperiência neste terreno de aderência variável a cada curva, subestimando esse nível de aderência numa travagem logo no início da segunda ronda de troços, vendo-se obrigados a abandonar momentaneamente. No dia seguinte (sábado), de regresso em Rally 2, a dupla finlandesa concentrou-se em aperfeiçoar o seu conhecimento do terreno e aproveitar para conhecer como é ser a primeira a entrar nos troços, em especiais tão escorregadias, às vezes inundadas com enormes poças de água. No entanto, eles souberam demonstrar a sua velocidade máxima, até alcançando um 3º melhor tempo na Power Stage, a menos de um segundo dos mais rápidos.
 
O QUE ELES DISSERAM… Sébastien Ogier, Piloto do Citroën Total WRT A Power Stage resume o nosso fim de semana, pois tamb ém ali perd emos alguns décimos de segundo . Fizemos tudo o que estava ao nosso alcance , mas faltou-nos um pouco de performance , enquanto o Ott teve u m ótimo fim de semana. Não foi uma boa operação para o campeonato, com apenas mais dois ralis por correr , mas vam o s continuar a lutar com toda a garra já que, matematicamente, ai nda é possível chegar a o título. ”
 
Esappeka Lappi, Piloto do Citroën Total WRT "F oi, decerto , lamentável que tenhamos ficado fora do rali na sexta-feira , mas do lado positivo sinto que aprendemos muito. F iquei agradavelmente surpreendido com o nível de performance que fo mos capazes de de mo n strar com o C3 WRC, depois de termos feito sob tempo seco os testes de preparaç ão para o rali.”
 
DUAS PERGUNTAS A PIERRE BUDAR, DIRETOR DA CITROËN RACING Como analisa o presente fim de semana de contrastes? “ O balanço é, de fa c to, duplo . Há, obviamente, várias razões para estarmos satisf eitos , começando pelo facto de termos dado à M arca um 11º pódio em 12 provas d esta temporada. T ambém de mo n str á mos a fiabilidade exemplar do C3 WRC, especialme nte no sábado, numa etapa que valeu meio rali e feita sem assistência. Por outro lado, esperávamos ter um ainda maior nível de competitividade que permiti sse ao Sébastien e ao Julien continuar a sua ascensão no campeonato, em especial porque ambos de mo n straram uma tenacidade exemplar neste rali que eles dominam particularmente bem. Isto foi particularmente evidenciado pel a s u a performance na P ower S tage , mesmo tendo em conta que tamb é m ali perderam algum terreno. Da mesma forma, tamb é m tínhamos melhores expetativas para a prova do Esapekka e do Janne, mas eles perderam o ritmo com o seu pequeno deslize de trajetória, que aconteceu no lugar errado. Como então vimos , o ritmo exibido poderia claramente permitir-lhes alcançar um bom resultado final , mas é preciso ter um a enorme experi ência para saber

 
 
 
 

 
 
ler os n íveis de ader ência nestes troços enlameados , algo que eles ainda estão a acumular. Depois aprenderam muito depois, sendo bastante regulares.”
 
Como antevê as duas últimas provas do presente Mundial? “ A situação no campeonato tornou-se claramente mais complicada e vamos precisar de uma pequena ajuda do destino para continuar a evoluir na dir eção certa. Mas não vamos baixar os braços . Cabe-nos a todo s trabalhar para dar ao Sébastien e ao Julien um carro que lhes permit a ir a jogo e vencer essas duas últimas rondas . Na semana passada, o Sebastien fez um dia de testes de asfalto em nossa casa, em Satory, seguindo-se outr o esta semana, no mesmo lugar, e iremos estar na próxima semana em Espanha para mais quatro dias de testes . V amos dar tudo o que temos para que depois não sobrem arrependimento s.”
 
OS PONTOS ALTOS DO FIM DE SEMANA Até o final da Power Stage, o Citroën Total World Rally Team tentou tudo para limitar a perda de pontos no campeonato, com uma estratégia de equipa que esteve muito perto da perfeição.
 
Apesar da sua desventura no primeiro dia, a dupla Esapekka Lappi e Janne ferm estiveram constantemente conscientes da sua competitividade neste terreno, desde que as condições não lhes fossem muito desfavoráveis. Daí o interesse em incentivá-los a expressar o seu talento na Power Stage, como parte de uma estratégia de equipa para arrebatar o maior número de pontos possiveis. Foi uma tarefa que eles completaram com sucesso, assegurando o melhor tempo provisório durante algum tempo, até que o Sébastien Ogier e o Julien Ingrassia os bateram por menos de cinco décimos. Seguiu-se, o Neuville, que não os conseguiu bater, algo que só o Tanak conseguiu, sendo mais rápido por pouco mais de quatro décimos de segundo.
 
RALI DE GALES GB 2019 - CLASSIFICAÇÃO GERAL (provisória) 1. Tänak / Järveoja (Toyota Yaris WRC) 3h00’58’’0 2. Neuville / Gilsoul (Hyundai i20 WRC) +10’’9 3. Ogier / Ingrassia (Citroën C3 WRC) +23’’8 4. Meeke / Marshall (Toyota Yaris WRC) +35’’6 5. Evans / Martin (Ford Fiesta WRC) +48’’6 6. Mikkelsen / Jaeger (Hyundai i20 WRC) +58’’2 7. Tidemand / Floene (Ford Fiesta WRC) +5’23’’8 8. Breen / Nagle (Hyundai i20 WRC) + 9’25’’0 … 27. Lappi / Ferm (Citroën C3 WRC) +35’53''7 …
 

 
 
 
 

 
 
CAMPEONATO DO MUNDO DE PILOTOS*
 1. Ott Tänak – 240 pontos 2. Sébastien Ogier – 212  3. Thierry Neuville – 199  4. Andreas Mikkelsen – 102  5. Kris Meeke – 98  6. Elfyn Evans – 90  7. Jari-Matti Latvala – 84  8. Esapekka Lappi – 83   9. Teemu Suninen – 83   10. Dani Sordo – 72  … *sujeita à classificação oficial publicada pela FIA
 
CAMPEONATO DO MUNDO DE CONSTRUTORES*
 1. Hyundai WRT – 340 pontos 2. Toyota Gazoo Racing – 322  3. Citroën Total WRT – 278  4. M-Sport Ford WRT – 200  *sujeita à classificação oficial publicada pela FIA

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos