Velocidade Online

Mundial - Todo o Terreno

MUNDIAL - TODO O TERRENO - RALI DOS SERTÕES - BRASIL

Sábado, 08 Setembro 2018 07:18 | Actualizado em Terça, 15 Outubro 2019 08:22

Em dia de etapa Maratona Folly, Zé Hélio e Fantozzi (SHIRO) fecham em 3º,4º e 5º na geral nas motos

Nesta quinta-feira o Rally dos Sertões chega ao estado do Piauí, em uma Especial considerada a mais técnica de toda a prova. No total são oito pilotos estreando capacete MX-917

Todos os pilotos, apoiados pela SHIRO, concluíram a primeira parte da etapa Maratona (22/8), toda em território baiano, de Luís Eduardo Magalhães para Barra. Três deles merecem destaque e fecharam a 4ª etapa entre os Top 5 da geral: Elias Folly #33, Zé Hélio #4, Tiago Fantozzi #30. “Fiz uma prova bem conservadora, porém sem erros de navegação, porque com o suporte do tanque quebrado, tive que amarrá-lo e ir com cautela. Mas temos muito rali pela frente. O importante é chegar em Fortaleza”, diz Folly (KTM 450 EXC) que foi o 3º na geral (4h28m25s), 2º na Production Aberta e é o vice-líder no acumulado na categoria.

O pentacampeão Zé Hélio (Husqvarna TX), também, se mantém bem na prova e chegou em Barra/BA, logo atrás de Folly, em 4º na geral e 2º na Super Production (4h32m50s). Em 5º na geral fechou Tiago Fantozzi (4h35m30s): “Fui o último a largar, na 59ª posição, por causa de um problema elétrico no dia anterior. Mas compensei, passei no total 30 motos e quadris. Foi uma Especial bem difícil, peguei muito pó, ainda assim, poupei a moto, que está 100%”. Nesta sua 14ª participação no Rally dos Sertões, Fantozzi se desafia na categoria Self, inédita na competição, na qual percorre sem equipe de apoio mecânico. “É uma categoria a parte das outras, pois a tentativa é completar totalmente sozinho, por isso se torna mais intensa”, ressalta o campeão da prova em 2001.

Quem terminou o satisfeito com o desempenho também foi André Cheron (KTM EXC) que aprovou a Especial e diz que fez o investimento valer a pena. “Teve de tudo e bem no formato Baja: técnica, rapidez e areia. Estou muito feliz com o resultado”, conta Cheron, que ficou em 3º na Marathon e 13º na geral (4h43m51s). E para completar: “O capacete da SHIRO é show. Só o fato de ser bem mais leve e não ficar puxando nosso pescoço para traz com o vento já é incrível”.

Também gostou muito da etapa, apesar de considerar mais pesada do que a anterior foi Josemar Ferro #44 (Kawasaki KLX 450) - 3º na Over 45 e 16º na geral (4h47m56s). “Achei a etapa longa, com trechos travados. Fiz boas ultrapassagens, a moto e eu chegamos bem. Estou otimista para a próxima etapa, rumo ao Piauí”, completa o paranaense, em sua segunda participação no Rally dos Sertões.

Neto Malassise #59 (KTM 450 EXC-F), que estreia no Rally dos Sertões, nesta 4ª etapa ficou em 7º Marathon e 22º na geral (4h53m7s). Para Dimas Barreira #52 (KTM 450 EXC), “o dia foi ótimo, com tipos variados de terreno: areia, cascalho, argila seca e um pouco de barro. Muitos trechos bem abertos e algumas veredas. A moto funcionou perfeitamente e recuperei várias posições. Muito bom!”. Barreira, estreante na prova terminou em 15º Marathon (5h12m44s). Já Luís Fernando Nutti #37 (KTM 450 EXC) achou o percurso bem diversificado. “Terminei a Maratona bem e a moto está perfeita. O dia foi maravilhoso”. O piloto chegou: 7º na Over 45 (5h08m44s).

A marca espanhola SHIRO, por meio da TWP, está apoiando oito pilotos do rali (eram nove, mas André Marcondes #42 sofreu um acidente e desde a 3ª etapa está fora da prova), que estão com capacete de modelo MX-917, produzido em composto de carbono com forro interno removível, antialérgico e lavável, com sistema de retenção Duplo D e pesa apenas 1,150gr - ainda exclusivo, pois chegará ao mercado nacional no final do ano.

A 5ª etapa desta quinta-feira (23/08) vai de Barra/BA a São Raimundo Nonato/PI, com 446 quilômetros, com 401 quilômetros de Especial, considerado o mais técnico de toda a prova. Haverá piçarra, cascalho, grandes depressões, erosões grandes, muitas pedras e uma zona de trial para completar o dia. Além do condicionamento físico, a navegação será primordial.

SHIRO Brasil - Representada pela TWP, a SHIRO Brasil, nasceu a partir de uma conversa informal entre dois amigos apaixonados por motos e off-road. A intenção era oferecer um produto de design inovador e de qualidade foi então que decidiram trazer a marca espanhola de capacetes SHIRO Helmets para o mercado nacional. A empresa foi constituída em fevereiro de 2017, mas apresentada ao mercado em novembro do mesmo ano, durante o Salão de Duas Rodas. Aliou-se a experiência de Marcos Finato em gerir grandes negócios, aos 20 anos de Théo Lopes no mercado de duas rodas e a vasta expertise de Luciana Barreto no setor de Relações Internacionais, também no segmento. A SHIRO foi fundada há 25 anos por Antonio Tomás, na região de Múrcia, na Espanha, a marca está presente em mais de 70 países.

Roteiro 26ª edição Rally dos Sertões (19 a 25/8)

Quinta (23/08)
5ª Etapa: Barra (BA) – São Raimundo Nonato (PI)

Total do dia: 446 km (400 km trecho cronometrado)

Sexta (24/08)
6ª Etapa: São Raimundo Nonato (PI) – Juazeiro do Norte (CE)

Total do dia: 603 km (226 km trecho cronometrado)

Sábado (25/08)
7ª Etapa: Juazeiro do Norte (CE) – Fortaleza (CE)

Total do dia: 654 km (200 km trecho cronometrado)

Total geral: 3.607 km


Na etapa Maratona, Folly fecha em 3o na geral (Gustavo Epifânio/Fotop)


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos