Velocidade Online

Mundial - Todo o Terreno

MUNDIAL - TODO O TERRENO EM ANGOLA

Sexta, 17 Maio 2019 14:25 | Actualizado em Quinta, 17 Outubro 2019 10:25

A opinião generalizada dos pilotos foi que a pista estava muito boa.

Havia de tudo ao longo dos 35 km da Especial.

Pistas largas e estreitas, umas mais rápidas outras mais técnicas, com areia, com burgau, com lama, com subidas e descidas.

A sorte também esteve com todos pois cerca de 1 hora após a entrega dos prémios caiu uma valente carga de água.

 

Com o poio do Governo Provincial do Bengo, do Município do Dande, da Policia Nacional, do INEMA, da ROX, da IMEX e das Industrias Baluarte foi possível concretizar a 2ª prova do CARR 2019.

Sem o apoio da Habidez e da DPA Comercial não seria possível ter as picadas que tivemos pois cederam uma bulldozer e uma niveladora.

 

Também retomámos a elaboração do ROAD BOOK que foi entregue aos co-pilotos.

 

A lista de inscritos foi excelente com alguns estreantes e alguns regressos.

 

A Classe M (motos de 2 rodas) é a classe rainha do TT Angolano com 10 inscritos. João Catarino em KTM SXF350 foi o mais rápido em pista mas teve várias penalizações de estrada e acabou m 2º lugar. Rui Carvalho venceu com a única mota não KTM, a Honda CRF 450. Alexandre Ferreira em KTM EXC450 numa toada muito regular acabou por subir ao lugar mais baixo do pódio. Aydin Genc em KTM SXF250 Freeride fez a sua estreia e terminou em 6º lugar. João Neves em KTM SXF450 também fez a sua estreia mas não terminou. Regressos de João Lota e Alvaro Dias ambos em KTM mas não terminaram.

 

As moto 4 voltaram aos ralis com 4 participantes. Kenny Jorge com a sua Yamaha Raptor 700 venceu com autoridade pois ganhou as 4 passagens na Especial. Nuno Matias (em estreia no CARR) em Honda TRX 450 fez o melhor tempo no Prologo mas depois desistiu. Paulo Trindade (de regresso ao CARR) em Honda TRX450 subiu ao 2º lugar do pódio e Joaquim Vicente (também em estreia no CARR) em Yamaha Raptor 700 ficou em 3º lugar. 

 

Seis pilotos na Classe TT foi muito bom. Regresso do Mitsubishi Pajero (ex-Hugo Carvalho) conduzido por Paulo Diogo foi a nota mais saliente. Ricardo Sequeira /Jorge Monteiro apesar de terem só tração à frente no Mitsubishi Pajero EVO conseguiram amialhar os segundos necessários para obterem nova victória. Maló Almeida/João Paulo na Nissan Navara apesar de não terem conseguido fazer o Prologo fizeram as 3 primeiras Especiais com muita garra e por pouco não venceram o rali. Paulo Diogo/Asdrubal Costa no Mitsubishi terminaram no lugar mais baixo do pódio. Azares atras de azares para Moginho Pires/Bernardo Monteiro e Alexandre Lopes/Jorge Lopes ambos em Land Rover Defender e para Pedro Jesus em Mitsubishi Pajero.

 

Na Classe E só 3 concorrentes, 2 em Polaris 900 e um em Polaris 1000. Hugo Carvalho (Polaris 900) adaptado ao SSV ganhou tudo e venceu. José Rocha com nova decoração do Polaris 1000 foi 2º. Hamilton Gonçalves ainda a ganhar ritmo com o Polaris 900 terminou em 3º.

 

Para o Polaris RZR XP 900 Cup by Trevotech ganhou Hugo Carvalho seguido de Hamilton Gonçalves.

 

Mais uma vez a FERMERAID com alto patrocínio da Embaixada da Federação dos Priorados da Soberana Ordem de São João de Jerusalém - Cavaleiros de Malta deu a cobertura médica necessária a este tipo de provas. A Robert Hudson (com a Ford Ranger), a PRINTLAB, a CIFRAL e a Quatenus também estiveram presentes.

 

Um agradecimento Especial para Zanga Dya Kanginguidy


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos