Velocidade Online

Mundial - Todo o Terreno

MUNDIAL - TODO O TERRENO - BRASIL

Segunda, 08 Julho 2019 09:25 | Actualizado em Sexta, 13 Setembro 2019 10:07

Líderes, Marcos Baumgart e Kleber Cincea encaram o frio de SC em mais uma etapa do Brasileiro

Dupla da equipe X Rally Team disputa o Rally Caminhos da Neve, e temperaturas deverão variar no fim de semana entre -6 e 12 graus

Alta  | Web
Rally Caminhos da Neve acontece em São Joaquim, na Serra Catarinense (Alê Moreira/DFotos)

Rally Caminhos da Neve acontece em São Joaquim, na Serra Catarinense
(Alê Moreira/DFotos)

Alta  | Web
Pilotos e equipes deverão encarar temperaturas negativas em Santa Catarina (Luciano Santos/DFotos)

Pilotos e equipes deverão encarar temperaturas negativas em Santa Catarina
(Luciano Santos/DFotos)

Alta  | Web
Marcos Baumgart é o lider do Brasileiro de Cross Country com 83 pontos (Cleber Bernuci/P1 Media Relations)

Marcos Baumgart é o lider do Brasileiro de Cross Country com 83 pontos
(Cleber Bernuci/P1 Media Relations)

Alta  | Web
Junto do navegador Kleber Cincea, dupla encara mais uma etapa da temporada (Sanderson Pereira)

Junto do navegador Kleber Cincea, dupla encara mais uma etapa da temporada
(Sanderson Pereira)

O quinto dos oito encontros do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country será diferente de todas as outras etapas, sempre disputadas sob altas temperaturas em regiões como o Nordeste, o Centro-Oeste e partes do Sudeste, como Minas Gerais e o interior de São Paulo. Desta vez, no entanto, pilotos e navegadores irão enfrentar um desafio diferente no Rally Caminhos da Neve, em São Joaquim (SC), neste final de semana de 5 a 7 de julho.

Nome sugestivo, uma vez que a previsão do tempo aponta temperatura mínima de seis graus negativos para o fim de semana e uma máxima que não ultrapassa os 12 graus. Para os integrantes da equipe X Rally Team, é mais um desafio a superar.

“Parece rali na Europa”, brinca Marcos Baumgart, que junto do navegador Kleber Cincea lidera o campeonato com 83 pontos. “Vai ser uma prova para resfriar um pouco o calor que vamos enfrentar depois no Sertões. A ideia é colocar ritmo, fazer um bom aquecimento – já que deveremos enfrentar temperaturas muito baixas, talvez até negativas – e deixar os braços quentes. O carro está bem preparado para esse tipo de condição e a equipe toda está já organizada com cobertores térmicos. Vai ser uma prova muito dura”, diz o piloto da X Rally Ranger, que venceu o Rally Minas Brasil e o Jalapão.

A prova tem trajeto de aproximadamente 300 quilômetros e passará por quatro cidades da Serra Catarinense: Urupema, Painel, Urubici e Bom Jardim da Serra. É a última etapa do campeonato antes do Sertões, que começa em 24 de agosto. O Rally Caminhos da Neve é percorrido em meio a florestas de araucárias congeladas pela geada das frias manhãs serranas, com muitos trechos em pedra e estradas de chão.

Kleber Cincea, navegador de Marcos Baumgart, também espera uma prova dura, especialmente depois de ter pego uma infecção durante o Rally Jalapão no mês passado. “Estarei 100% para o rali, pois os exames médicos descartaram as suspeitas principais, que eram sarampo e dengue. Não vai ser uma doencinha qualquer que vai me deixar de fora de um rali!”, exclamou.




Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos