Velocidade Online

Mundial - Todo o Terreno

MUNDIAL - TODO O TERRENO EM ANGOLA

Quarta, 21 Agosto 2019 10:30 | Actualizado em Terça, 10 Dezembro 2019 13:37

Os Libongos foi a alternativa possível face ao adiamento do Rali TT da Conda.

O Governo Provincial do Bengo aceitou e colaborou com o nosso desafio.

 

O piso estava mais seco do que em Abril pelo que ficou mais duro.

Cumpriu-se o Prologo com 10 km e as 4 voltas à Especial de 35 km totalizando 140 km de troços cronometrados.

Desistências de ultima hora fizeram com que a lista de participantes passasse para 17.

 

Mais uma vez os pilotos e as suas claques  deram um grande contributo para a festa sendo de destacar os grupos dos Pilotos de Domingo, do Bairro e os Bastonados. São organizados, e vão com tudo, família, amigos, grelhados e líquidos para matar a sede e tirar a poeira, o que tornam o bivouac (campo de futebol do Bondo) num excelente ambiente de camaradagem.

 

Dois Pilotos de Domingo fizeram a sua estreia nos nossos ralis (CARR), Ettienne Grobblear (Husqvarna FE570) de origem sul-africana e Ricardo Mira Godinho (KTM EXC300) que acrescentou mais valor aos Bastonados. Ambos da Classe M(motos de 2 rodas).

 

Hamilton Gonçalves em Polaris RZR XP 900, apesar dos problemas mecânicos, venceu a Classe E que está cada vez mais pobre. José Rocha bem tentou chegar ao fim com o Polaris RZR XP 1000 mas “desconseguiu”.

Hugo Carvalho pediu uma Yamaha Raptor 700 emprestada e ganhou a Classe Q. Foi o único piloto, até ao momento, a vencer em todas as Classes no CARR. Na Classe TT foi de Mitsubishi Pajero, na Classe M foi de KTM, na Classe E foi de Polaris e agora na Classe Q de Yamaha. PARABENS. Paulo Trindade com alguns problemas mecânicos acabou por terminar em 2º lugar com a Honda TRX450 (ex-Pajó).

 

Ricardo Sequeira/Jorge Monteiro com o Mitsubishi Pajero a gasolina interromperam uma séria de 6 vitórias consecutivas devido a problemas de transmissão e ocuparam o 2º lugar. Maló Almeida/João Paulo com a Isuzu D-Max a gasóleo não deixaram fugir a oportunidade e venceram o Rali TT dos Libongos. Paulo Freire/Armando Silva no Mitsubishi Pajero a gasóleo atingiram o 3º lugar do pódio e Pedro Jesus/Carlos Couto com 2 furos no Mitsubishi Pajero a gasóleo ficaram em 4º lugar. Alexandre Lopes, que nesta prova correu sem a companhia do pai, Jorge Lopes, também teve problemas com as jantes e os pneus do Land Rover Defender a gasolina e não conseguiram cumprir a prova.

 

Por fim a Classe M com 8 pilotos, desistiram 2 (Célio Plácido e Onur Atas, ambos em KTM) por problemas físicos. João Catarino (KTM SXF 350) voltou a ganhar e angariou mais uns preciosos pontos para se sagrar Campeão do CARR 2019. Mira Godinho (KTM EXC300) a correr pela primeira vez entre nós, obteve um excelente 2º lugar. Vamos aguardar pelas suas prestações nas 3 provas em falta. Rui Carvalho na Honda CRF450 obteve o lugar mais baixo do pódio. João Lota (KTM 530 EXC) com muito cuidado na sua prestação física mas conseguiu terminar em 4º lugar. Mais uma estreia no CARR, um piloto sul africano Ettienne Grobblear numa Husqvarna FE570 atingiu o 5º lugar. Por ultimo Alexandre Ferreira KTM EXC 450.

Para o Polaris RZR XP 900 Cup by Trevotech ganhou Hamilton Gonçalves. 

 

Mais uma vez a FERMERAID com alto patrocínio da Embaixada da Federação dos Priorados da Soberana Ordem de São João de Jerusalém - Cavaleiros de Malta deu a cobertura médica necessária a este tipo de provas. A Robert Hudson (com a Ford Ranger), a PRINTLAB, a CIFRAL e a Quatenus também estiveram presentes.

 

Um agradecimento Especial para Zanga Dya Kanginguidy.

 

As fotos que anexamos são de Lela Gonçalves

 

Próxima prova 7 de Setembro – Rali TT Cuca Nocebo do Huambo

 


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos