Velocidade Online

Mundial - Todo o Terreno

MUNDIAL - TODO O TERRENO - BRASIL - RALI DOS SERTÕES

Terça, 27 Agosto 2019 08:56 | Actualizado em Sábado, 21 Setembro 2019 17:33

Marcelo Medeiros chega a Campo grande (MS) para o Sertões 2019

Será a 9ª participação do bicampeão da mais longa das provas brasileiras de off-road. Cotado como favorito entre os quadriciclos, piloto afirma estar maduro e tranquilo para a competição.

 O maranhense Marcelo Medeiros, bicampeão do Rally dos Sertões nos quadriciclos, já está em Campo Grande (MS) para a sua nona participação na prova off-road mais longa do país. O piloto da Taguatur Racing Team e seu Yamaha 700 vão se submeter, a partir deste sábado, dia 24, a mais de 4,8 mil quilômetros, entre deslocamentos e especiais cronometradas, desde a capital do Mato Grosso do Sul até a cidade de Aquiraz, na mesorregião metropolitana de Fortaleza, no Ceará, com chegada prevista em 1º de setembro.

Considerado um dos favoritos da categoria, Medeiros considera que esta edição dos Sertões terá um significado particular. “Todo ano é um ano diferente. Nestes nove anos de rali, ganhamos maturidade. Não é só acelerar. Temos que dar importância também a chegar inteiro. O importante é manter a cabeça no lugar para gerenciar qualquer problema, seja físico ou do equipamento, para não ficar no meio do caminho”, analisa o piloto campeão das edições de 2012 e 2015, além de deter o vice em 2013. 

“Não tivemos treino. Nossa preparação foi durante as competições que participamos e será na própria corrida. Estamos programados para atender toda a necessidade da equipe durante os dias de prova. O segredo é ter tranquilidade para que nada saia errado, apesar da ansiedade.  O mais importante é manter a constância e ritmo para concluir as oito etapas e subir ao pódio.”, ressalta o maranhense.

Nestes primeiros momentos em Campo Grande, até sábado, Marcelo e a Taguatur Racing Team passarão pelo credenciamento, vistoria de equipamentos pela Confederação Brasileira de Motociclismo, briefing técnico, além da tomada de tempos e a largada promocional. Patrocinados pela FC Oliveira, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, piloto e equipe contam com uma forte estrutura de apoio para resistir durante os oito dias de prova, incluindo mecânico, auxiliar e cozinheiro. Tudo isso para encarar uma prova que desafia a potência da Yamaha 700 e a resistência física e psicológica do piloto.

A 27ª edição do Rally dos Sertões promete um roteiro ainda mais desafiador. Partindo de Campo Grande, neste sábado, 24 de agosto, serão oito dias de intensos obstáculos. Os participantes vão percorrer todo tipo de estradas, terrenos e trilhas, nos seis estados (Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, Tocantins, Piauí e Ceará) e nove cidades do roteiro, que destaca os diferentes aspectos do sertão brasileiro. No total, serão 2.832 km de especiais (trechos cronometrados) em um trajeto que promete desafios: trechos sinuosos, terrenos de cascalho, piçarra, pedras grandes e lajes além de poeira, lama, calor e umidade. Mas também presenteia os amantes do off-road com paisagens incríveis a serem descobertas entre as belezas do cerrado brasileiro.

Outro destaque da competição é a tradicional Etapa Maratona, distância que deve ser encarada sem o apoio de manutenção da equipe. Ou seja, caso o quadriciclo apresente algum problema, o próprio piloto terá que fazer os reparos. No Sertões 2019, a maratona inicia no Jalapão e finaliza nos cânions do Bom Jesus (PI), totalizando 1300 km de resistência.

Marcelo Medeiros conta com patrocínio da FC Oliveira, através da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, no Sertões e o apoio é da Taguatur Fiat.

 

Confira o roteiro do Sertões 2019:

No total,  serão percorridos 4.887,59 km sendo 2.858,46 km de especiais, percentual de Especiais de 58,4%.

 

1ª etapa – 25/08

Campo Grande – MS/ Costa Rica – MS

DI – 19,69 km

ESP – 437,19 km

DF – 30,54 km

Total: 487,42 km

 

2ª etapa – 26/08

Costa Rica – MS/ Barra do Garças – MT

DI – 89,77 km

ESP – 533,08 km

DF – 21,51 km

Total: 644,36 km

 

3ª etapa – 27/08

Barra do Garças – MT/ São Miguel do Araguaia – GO

DI – 111,07 km

ESP – 403,51 km

DF – 250,24 km

Total: 764,82 km

 

4ª etapa – 28/08

São Miguel do Araguaia – GO/ Porto Nacional – TO

DI – 69,11 km

ESP – 275,76 km

DF – 226,98 km

Total: 570,10 km

 

5ª etapa – 29/08

Porto Nacional – TO/ São Félix do Tocantins – TO

DI – 141,96 km

ESP – 330,34 km

DF – 2,72 km

Total: 475,02 km

 

6ª etapa – 30/08

São Félix do Tocantins – TO/ Bom Jesus – PI

DI – 0km

ESP – 535,60 km

DF – 2,25 km

Total: 537,85 km

 

7ª etapa – 31/08

Bom Jesus – PI/ Crateús – CE

DI – 2,13 km

ESP – 324,98 km

DF – 628,98km

Total: 955,80 km

 

 

8ª etapa – 01/09

Tauá (PI)/ Aquiraz – CE

DI – 428,27 km

ESP – 18 km

DF – 5,95 km

Total: 452,22 km

 

 

Legenda:

DI – Deslocamento Inicial da Vila Sertões para início da Especial

ESP – Especial (trecho cronometrado)

DF – Deslocamento final para a próxima cidade Anfitriã

  


O Prólogo e Super Prime acontecem neste sábado (24) (Luciano Santos/SiGCom)

O Prólogo e Super Prime acontecem neste sábado (24) (Luciano Santos/SiGCom)
Alta  | Web

O maranhense Marcelo Medeiros, bicampeão do Rally dos Sertões (Luciano Santos/SiGCom)

O maranhense Marcelo Medeiros, bicampeão do Rally dos Sertões (Luciano Santos/SiGCom)
Alta  | Web

A 27ª edição do Rally dos Sertões promete um roteiro ainda mais desafiador (Luciano Santos/SiGCom)

A 27ª edição do Rally dos Sertões promete um roteiro ainda mais desafiador (Luciano Santos/SiGCom)


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos