Velocidade Online

Mundial - Todo o Terreno

MUNDIAL - TODO O TERRENO - BRASIL - RALI DOS SERTÕES

Terça, 27 Agosto 2019 09:00 | Actualizado em Terça, 17 Setembro 2019 19:07

Mauro Guedes empolgado com desafio do Sertões 2019

Brasília corre com a X Rally Ranger da equipe tricampeã X Rally Team

Alta  | Web
Mauro Guedes inicia em Campo Grande a disputa de seu 13º Sertões (Foto: Cleber Bernuci/P1 Media Relations)

Mauro Guedes inicia em Campo Grande a disputa de seu 13º Sertões
(Foto: Cleber Bernuci/P1 Media Relations)

Alta  | Web
Piloto do DF corre pela X Rally Team com o navegador Filipe Bianchini (Foto: Cleber Bernuci/P1 Media Relations)

Piloto do DF corre pela X Rally Team com o navegador Filipe Bianchini
(Foto: Cleber Bernuci/P1 Media Relations)

Alta  | Web
Dupla vai na X Rally Ranger da classe T1 Brasil (Divulgação)

Dupla vai na X Rally Ranger da classe T1 Brasil
(Divulgação)

Mauro Guedes começa neste final de semana em Campo Grande (MS) a sua 13ª participação no Sertões. O maior rali das Américas parte no domingo (25) da capital sul-matogrossense para cruzar o país por 4,8 mil quilômetros em oito dias, passando por seis estados até chegar ao litoral cearense em Aquiraz no dia 1º de setembro.

E em 2019 Mauro vai para a prova a bordo de uma nova máquina: a X Rally Ranger, construída no Brasil pela equipe X Rally Team, tricampeã do Sertões, para a disputa da classe T1 Brasil entre os carros. Guedes terá a companhia do navegador Filipe Bianchini, conhecido como Quati.

“Este é um Sertões em que chegamos muito bem preparados. Fizemos etapas do Campeonato Brasileiro com o carro, e também estou muito entrosado com o navegador. Estou empolgadíssimo com o desafio deste ano”, diz Mauro, que venceu o RN 1500 no Rio Grande do Norte no último mês de abril.

Mauro Guedes tem 53 anos e é de Brasília (DF). Em 12 participações no Sertões nas mais diversas classes entre os carros, ficou entre os dez primeiros em dez edições, tendo sido vice-campeão na classe protótipos e sétimo colocado na geral entre os carros em 2017.

“Vai ser um dos Sertões mais difíceis da história, e nos sentimos prontos. Além de muito empolgados, claro”, destaca. “Entre os objetivos, o primeiro deles é completar a prova, mas também nos permitimos colocar algumas metas, e uma delas é a de sermos campeões na nossa categoria entre os carros”, diz.


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos