Velocidade Online

Mundial - Todo o Terreno

MUNDIAL - TODO O TERRENO - BRASIL - RALI DOS SERTÕES

Domingo, 01 Setembro 2019 06:34 | Actualizado em Sábado, 14 Setembro 2019 09:36

Baumgart e Andreotti mantêm liderança do Sertões

Dupla tricampeã da X Rally Team terminou em terceiro lugar a etapa de número três, entre Barra do Garças (MT) e São Miguel do Araguaia (GO). Marcos Baumgart e Kleber Cincea, em sexto, tiveram dificuldades com a quantidade de poeira dos UTVs

Alta  | Web
Cristian Baumgart/Beco Andreotti seguem na liderança da prova (Fotop)

Cristian Baumgart/Beco Andreotti seguem na liderança da prova
(Fotop)

Alta  | Web
Quarta etapa do Sertões colocou dificuldades com a poeira espessa (Fotop)

Quarta etapa do Sertões colocou dificuldades com a poeira espessa
(Fotop)

Alta  | Web
Marcos Baumgart/Kleber Cincea completaram o dia em sexto lugar (Fotop)

Marcos Baumgart/Kleber Cincea completaram o dia em sexto lugar
(Fotop)

Alta  | Web
E caíram para a terceira posição na classificação geral (Fotop)

E caíram para a terceira posição na classificação geral
(Fotop)

A terceira etapa do Sertões 2019, disputada hoje no trecho de 737 quilômetros entre Barra do Garças (MT) e São Miguel do Araguaia (GO), foi longe de ser fácil. Os 420 quilômetros cronometrados que prometiam longas retas e altas velocidades foram marcados pela quantidade e intensidade da poeira deixada pelos veículos de competição.

Nas etapas do Sertões, por ordem largam as motos, depois os quadriciclos, depois os UTVs e por fim, os carros, que se aproximam rapidamente os UTVs e nem sempre a ultrapassagem é possível. Assim, tanto os tricampeões do Sertões Cristian Baumgart e Beco Andreotti, como os bicampeões brasileiros Marcos Baumgart e Kleber Cincea, tiveram problemas e não puderam desenvolver o ritmo do qual as NWM Ranger V8 da X Rally Team são capazes de entregar.

“Hoje era um dia para acelerar e dar tudo do carro. Mas quando chegamos nos UTVs ficou extremamente difícil de passar. Nosso equipamento que manda um alerta ao veículo da frente (para pedir ultrapassagem) teve um defeito, e o pessoal dos UTVs também não colaborou muito”, afirmou Cristian, que mesmo com a terceira colocação do dia mantém 5min10s de vantagem sobre a dupla segundo colocada, a de Guiga Spinelli/Yousseff Haddad.

Para Marcos, que começou o dia na segunda posição do acumulado, a poeira foi um pouco mais prejudicial. Em sexto na etapa, Marcos e Kleber caíram para o terceiro lugar. “Era daquele pó extremamente fino, um talco, que sobe e não deixa enxergar nada. Não dá para acelerar assim, é absurdamente perigoso. E sem vento, essa poeira não dissipa. Então, em trechos que era para estarmos perto de 180 km/h, andávamos a 80, 100 e às vezes até tínhamos de parar para esperar baixar”, explicou. “Ainda assim, trouxemos o carro inteiro. Tem muito rali pela frente”, completou.

A quarta etapa, que marca a metade do Sertões 2019, sai nesta quarta-feira (28) de São Miguel do Araguaia (TO) em direção a Porto Nacional (TO). Dos 571 quilômetros totais, 277 valem para o tempo de prova.

Etapas restantes: Sertões 2019 – 24/08 a 01/09

4ª etapa – 28/08
São Miguel do Araguaia (GO) - Porto Nacional (TO)
Trecho Cronometrado – 277 km
Total: 571 km

5ª etapa – 29/08 – MARATONA
Porto Nacional (TO) - São Félix do Tocantins (TO)
Trecho Cronometrado – 300 km
Total: 435 km

6ª etapa – 30/08
São Félix do Tocantins (TO) - Bom Jesus (PI)
Trecho Cronometrado – 540 km
Total: 542 km

7ª etapa – 31/08
Bom Jesus (PI) Crateús (CE)
Trecho Cronometrado – 320 km
Total: 941 km

8ª etapa – 01/09
Crateús (CE) - Aquiraz (CE)
Trecho Cronometrado – 30 km
Total: 405 km


Total da Prova: 4.887,59 km
Total Cronometrado (Especiais): 2.858,46 km




Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos