Velocidade Online

Mundial - Todo o Terreno

MUNDIAL - TODO O TERRENO - BRASIL - RALI DOS SERTÕES

Segunda, 02 Setembro 2019 21:53 | Actualizado em Quinta, 21 Novembro 2019 22:08

Marcelo Medeiros vence a quarta etapa do Sertões 2019, nos quadriciclos.

Maranhense ratifica seu favoritismo, completando os 275 quirômetros de especiais em 3h19min33seg. Como o resultado, "colar do líder" volta pro seu pescoço.

<b>Porto Nacional (TO)</b> – Marcelo Medeiros, da Taguatur Racing, provou, nesta quarta-feira, que veio determinado em busca de seu terceiro título no Sertões 2019. O maranhense a bordo de sua Yamaha YFM 700 #102, completou os 275 quilômetros de especiais cronometradas da quarta etapa, entre São Miguel do Araguaia (GO) e Porto Nacional (TO) em 3h19min33seg.

Como foi o melhor quadriciclista do dia, Marcelo voltou a ter a prerrogativa de usar o “colar do líder”, o que deve acontecer a partir do briefing desta noite. “A gratificação é grande e espero manter o colar do líder até Aquiraz”, comemora Marcelo.

O percurso dos competidores dos Sertões, nesta quarta-feira, foi marcado por trechos com trial, passagem por serra, pisos de velocidade alta, além de piçarra e travessias de rio com pedras roliças. Apesar dos vários visuais belíssimos em todo trajeto, a etapa exigiu alto grau técnico dos competidores. “Foi uma especial mais curta que os três primeiros dias com 275 quilômetros, mas bem travado, porém bem prazeroso de andar, com médias um pouco mais baixas que nas etapas anteriores. Hoje cheguei em primeiro, recuperei a liderança. Agora é descansar e revisar o equipamento, pois temos pela frente a maratona que é tão esperada por todos os pilotos.”, revela o líder dos quadriciclos.

Esta quinta-feira marca o início da Maratona dos Sertões 2019, um dos trechos mais difíceis e puxados de toda a história da competição. Nesta etapa, o piloto não poderá contar com a assistência da equipe no caso de manutenção no quadriciclo, e terá de contar com seus próprios conhecimentos técnicos e mecânicos para a resolução de problemas. A primeira parte do desafio de Marcelo Medeiros e sua Yamaha YFM 700 terá um trajeto cronometrado de pouco mais de 330 quilômetros, nos quais está incluído parte da face oeste do Jalapão.

Será um caminho bem típico de off road, com pilotagem estratégica e a navegação será bastante exigida nos trechos de savana, onde a concentração será fundamental. A especial ainda prevê estradas que mesclam altas e baixas velocidades. “O Jalapão é um trecho difícil. Muito quente, muita areia, e lá o quadriciclo não desenvolve uma velocidade tão rápida. Nosso objetivo agora e fazer uma revisão geral no equipamento, me hidratar bastante, consumir carboidrato, para não passar mal no caminho”, explica Medeiros.

O percurso entre Porto Nacional (TO) e São Félix do Tocantins, incluindo deslocamentos, será de 475 quilômetros. E, ao chegar na Vila Sertões, somente o piloto terá acesso ao equipamento, sem nenhuma ajuda externa.

Marcelo Medeiros conta com patrocínio da FC Oliveira, através da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, no Sertões e o apoio é da Taguatur Fiat.

 

Resultado da 4ª etapa – Porto Nacional (TO)

1º) #102 - Marcelo Medeiros, 3h19min33seg

2º) #101 - Wescley Dutra, 3h25min42seg

3º) #107 - Milton Martens, 3h29min07seg

4º) #104 - Hélio Pessoa, 3h54min58seg

  

Resultado geral após quatro etapas:

1º) #102 - Marcelo Medeiros, Taguatur Racing Team, 20h45min08seg

2º) #101 - Wescley Dutra, Girão Racing, 22h05min44seg

3º) #107 - Milton Martens, Martens Rally Team, 22h18min08seg

4º) #104 - Hélio Pessoa, Dango Racing, 50h33min04seg

  

Confira o roteiro do Sertões 2019:

 

No total, serão percorridos 4.887,59 km sendo 2.858,46 km de especiais, percentual de Especiais de 58,4%.

 

1ª etapa – 25/08 (concluída)

Campo Grande – MS/ Costa Rica – MS

DI – 19,69 km

ESP – 437,19 km

DF – 30,54 km

Total: 487,42 km

 

2ª etapa – 26/08 (concluída)

Costa Rica – MS/ Barra do Garças – MT

DI – 89,77 km

ESP – 533,08 km

DF – 21,51 km

Total: 644,36 km

 

3ª etapa – 27/08

Barra do Garças – MT/ São Miguel do Araguaia – GO (concluída)

DI – 111,07 km

ESP – 403,51 km

DF – 250,24 km

Total: 764,82 km

 

4ª etapa – 28/08

São Miguel do Araguaia – GO/ Porto Nacional – TO (concluido)

DI – 69,11 km

ESP – 275,76 km

DF – 226,98 km

Total: 570,10 km

 

 5ª etapa – 29/08

Porto Nacional – TO/ São Félix do Tocantins – TO

DI – 141,96 km

ESP – 330,34 km

DF – 2,72 km

Total: 475,02 km

 

6ª etapa – 30/08

São Félix do Tocantins – TO/ Bom Jesus – PI

DI – 0km

ESP – 535,60 km

DF – 2,25 km

Total: 537,85 km

 

7ª etapa – 31/08

Bom Jesus – PI/ Crateús – CE

DI – 2,13 km

ESP – 324,98 km

DF – 628,98 km

Total: 955,80 km

  

8ª etapa – 01/09

Tauá (PI)/ Aquiraz – CE

DI – 428,27 km

ESP – 18 km

DF – 5,95 km

Total: 452,22 km

  

Legenda:

DI – Deslocamento Inicial da Vila Sertões para início da Especial

ESP – Especial (trecho cronometrado)

DF – Deslocamento final para a próxima cidade Anfitriã


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos