Velocidade Online

Mundial - Todo o Terreno

MUNDIAL - TODO O TERRENO - ANGOLA

Quinta, 03 Outubro 2019 01:33 | Actualizado em Segunda, 21 Outubro 2019 12:06

O Huambo marcou presença com 8 pilotos do Huambo Team. Na Classe M, Carlos Seixas (Kawasaki KLX 450), Rui Meneses (Honda CRF 450), Amos Wanacambi “Best” (AJP 250), José Luis Costa (Honda CRF 450) e ainda Rui Carvalho (Honda CRF 450) agora a viver em Luanda. Na Classe Q, Milton Guedes (Yamaha Raptor 700) e Gildo Polaris (Yamaha 450). Na Classe E, Su Martins (Polaris RZR XP 900), agora a residir em Benguela.
Estreia absoluta de Patricia Lopes numa Yamaha Raptor 700 na Classe Q. Estreia também de Artur Pinto em Polaris RZR XP 1000 do Team Bastonados. Miguel Cardoso numa KTM XC 525 regressou passados 3 anos.
O Prologo muito técnico e com excelente piso realizou-se num percurso de 5 km que foi repetido duas vezes.
A Especial só com 27 km foi repetida 4 vezes e tinha uma zona muito rápida e larga seguida de uma parte mais estreita e mais sinuosa e terminava numa pista larga e rápida.
Tal como acontece em todos os nossos ralis a população junta-se em multidão ao longo das picadas. A Policia Nacional antecipadamente alerta os habitantes das aldeias e das localidades da passagem do rali e dos seus perigos através das Administrações Comunais, dos Sobas, dos Regedores e dos Coordenadores de Bairro.
A Cuca Nocebo abraçou, participou, colaborou e patrocinou o rali e foi na verdade um êxito.
Iniciámos uma cooperação com o Grupo AAA, relativamente aos alojamentos nos hotéis IU espalhados pelo País.
Um Bem Haja ao Carlos Seixas que se empenhou a 200% para que a prova fosse um sucesso.
Na Classe TT não houve história pois só compareceram 2 concorrentes. Infelizmente Maló Almeida/João Paulo (Isuzu D-Max) avariaram antes do inicio do Prologo. Ricardo Sequeira/Jorge Monteiro venceram e pontuaram em tudo o que havia para pontuar com o Mitsubishi Pajero EVO. Paulo Freire/Armando Silva cada vez mais habituados ao Mitsubishi Pajero cumpriram a pensar nos preciosos pontos.
Na Classe Q, Milton Guedes (Yamaha Raptor 700) ganhou mas com a forte oposição de Paulo Trindade (Honda TRX 450). Miguel Cardoso (KTM XC 525), Patricia Lopes (Yamaha Raptor 700) e Gildo Polaris (Yamaha 450) não terminaram apesar do muito esforço.
José Rocha  (Polaris RZR XP 1000) ganhou a Classe E sem dificuldades na frente de Su Martins (Polaris RZR XP 900). Artur Pinto com muito pouca experiencia andou muito rápido com o Polaris RZR XP 1000), pena não ter terminado.
Por fim a Classe Rainha do CARR 2019, Classe M (motas de 2 rodas). João Catarino (KTM EXC 450) ganhou mas com forte oposição de Rui Carvalho (Honda CRF 450) e de Branquinho Pina (Honda CRF 450). Rui Meneses (Honda CRF 450) a correr em casa ficou em 4º. Ettienne Grobbelaar com nova montada (KTM EXC F 500) ficou em 5º. Sexto lugar para Alexandre Ferreira (KTM EXC 450)por falta de atenção aos CH. Célio Plácido com vários problemas na KTM EXC 350 ficou em 7º. As AJP voltaram aos nossos ralis com uma 250 conduzida por Amos Wanacambi “Best”. Pena ter penalizado caso contrário a classificação teria sido outra. Carlos Seixas (Kawasaki KLX 450R) e José Luis Costa (Honda CRF 450) não terminaram.
 
Mais uma vez a FERMERAID com alto patrocínio da Embaixada da Federação dos Priorados da Soberana Ordem de São João de Jerusalém - Cavaleiros de Malta deu a cobertura médica necessária a este tipo de provas. A Robert Hudson (com a Ford Ranger), a PRINTLAB, a CIFRAL e a Quatenus também estiveram presentes.
As fotos são do Fotografo Oficial do CARR – Célio Sousa.
 
Infelizmente o Rali TT da Conda foi anulado.
 
Ultima prova do CARR 2019 - 2 de Novembro – 2 Horas TT BIC Seguros Barra do Kwanza

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos