Velocidade Online

Moto - Todo o Terreno

MOTOS - DUNLOP VENCE NO MOTOCROSS

Quinta, 03 Outubro 2019 08:23 | Actualizado em Sábado, 19 Outubro 2019 04:25

PNEUS DUNLOP TRIUNFAM NO MOTOCROSS DAS NAÇÕES


 
 

  • Cinco das sete provas ganhas por pilotos Dunlop
  • Dunlop Geomax MX12 proporciona uma ótima aderência em condições difícieis
  • Coldenhoff rubrica final de temporada fantástico e ajuda a Holanda a vencer em casa
  • Dunlop eleito por equipas vencedoras, como KTM, Husqvarna e Yamaha

 A 73ª Edição do Monster Energy Motocross das Nações (MXoN) da FIM realizou-se no passado fim de semana, em Assen. O histórico circuito foi o palco em que a equipa da casa, a Holanda, rubricou uma excelente atuação, conquistando a vitória.

O MXoN encerrou a temporada com os melhores pilotos de motocross de todo o mundo, que, desta feita, competiam em representação do seu país, e não em nome próprio ou no do fabricante que representa.

O evento também contou com uma batalha entre fabricantes de pneus, na qual a Dunlop foi a que alcançou maior número de vitórias. Em sete corridas (incluindo as de qualificação, a final B e os três embates da final), os pilotos Dunlop conquistaram um total de cinco vitórias.

Cooper e Jonass os melhores na qualificação de sábado

Justin Cooper estevo em plena forma no sábado, dominou a qualificação de MX2 e alcançou a vitória, aos comandos da sua Yamaha, com 6,2 segundos de vantagem sobre o seu rival mais próximo. O piloto de 22 anos nascido em Nova Iorque foi o mais rápido nos treinos e exibiu um ritmo similar na corrida, marcada pelas instáveis condições climatéricas. Há, ainda, a destacar que foi o único piloto que rodou abaixo de de 1m50s. O jovem piloto Jago Geerts defendeu as cores belgas com um bom quarto lugar, com a sua Yamaha da equipa Kemea.

Um dos fatores determinantes para a vitória de Cooper foi o seu espetacular “holeshot”, em que a tração dos seus Dunlop Geomax MX12 foi crucial. “Fiz um bom trabalho, não esperava estar na primeira posição após a primeira curva”.


Na qualificação de MX Open, Pauls Jonass, da Letónia, alcançou a vitória com a Husqvarna da equipo Rockstar Energy. Glenn Coldenhoff obteve o terceiro posto na classificação de construtores para a KTM, resultado importante para que a Holanda mantivesse em aberto a possibilidade da vitória.

Chuva de domingo põe à prova pilotos e pneus

No domingo, a chuva forte que havia caído sobre o circuito transformou a areia seca da superfície num terreno enlameado e húmido. O português Hugo Basaula (KTM) deu continuação à senda triunfal do Dunlop Geomax, com uma fantástica atuação na Final B. Venceu a corrida de meia hora com mais de 45 segundos de vantagem, dobrando todos os seus rivais menos onze, dos 35 que estavam em competição.

Na primeira manga das corridas principais, em que competiram juntas as classes MXGP e MX2, o bom ritmo de Cooper foi interrompido por um acidente na primeira volta. Mas a ba atuação de Gautier Paulin, que terminou em quinto, manteve os campeões do ano passado, a França, na luta.

Na segunda corrida, em que participaram diversos pilotos das categorias Open e MX2, a Dunlop conseguiu uma dobradinha. Coldenhoff conquistou a vitória e emocionoiu o público local, com Jonass a obter a segunda posição. Geerts, deliciado com a aderência e a tração da sua moto, mais leve, mas menos potente, superou os pilotos de MX2 com uma impressionante sétima posição da classificação geral.

Na última corrida, os pilotos da classe Open lutaram com os de MXGP. Sob uma chiva intensa, Coldenhoff realizou umas cinco primeiras voltas espetaculares para recuperar do quinto ao primeiro posto. O ruído das 38 motos foi, então, eclipsado pelo rugido dos adeptos. Com a sua vitória, Coldenhoff assegurou o título para o seu país, a Holanda, no Motocross das Nações.

Dunlop Geomax MX12: apto para quando as coisas se complicam

Todos los pilotos Dunlop utilizaram o Geomax MX12. Este pneu apresenta um desenho da banda de rolamento otimizado para as difíceis condições de lama e areia. As suas melhorias na tração e no controlo da derrapagem foram dos fatores determinantes para ajudar os pilotos a fazer frente às complicadas condições que se verificaram em Assen no fim de semana.

Eddy Seel, Event Leader da Dunlop, declarou: “Felicito a equipa da Holanda pela sua brilhante vitória em casa no Motocross das Nações. Foi um excelente resultado para os pilotos da Dunlop. Quinze países contaram com pilotos que escolheram o pneu Dunlop Geomax MX12 para as difíceis condições que marcaram a corrida. Foi o pneu perfeito para enfrentá-las, e estamos orgulhosos por ter conseguido mais vitórias que as outras marcas de pneus. As vitórias alcançadas por três fabricantes diferentes com pneus Dunlop comprovam a enorme versatilidade do nosso pneu”.

Antevendo 2020: Dunlop apresenta novo MX53 no Motocross das Nações

Numa conferencia de imprensa no Motocross das Nações, a Dunlop revelou a mais recente incorporação da gama Geomax, o MX53. Fará parte do catálogo da marca para os campeonatos de 2020 de MXGP e Supercross. As caraterísticas do pneu posicionam-no entre o composto “super-duro” MX71 e o muito versátil MX33.

O Dunlop Geomax MX53 conta com alta tecnologia com o intuito de alcançar o objetivo de oferecer a mais elevada performance numa ampla variedade de superfícies.

Resultados

Top 5 do Motocross das Nações

1) Holanda

2) Bélgica

3) Grã-Bretanha

4) Estónia

5) Francça

 

Vencedores com Dunlop

MX2 – Corrida de Qualificação - Justin Cooper (EUA) Yamaha

Open – Corrida de Qualificação - Pauls Jonass (Letónia) Husqvarna

MXoN B – Final - Hugo Basaula - (Portugal) KTM

MXoN Corrida Final 2 - Glenn Coldenhoff (Holanda) KTM

MXoN Corrida Final 3 - Glenn Coldenhoff (Holanda) KTM


Sobre a Dunlop

A Dunlop Europa é um dos principais fabricantes mundiais de pneus para motos, detendo um impressionante palmarés de sucessos nos desportos motorizados. A Dunlop é partner técnico das equipas Suzuki Endurance Race Team e Honda Racing no Campeonato do Mundo de Resistência, fornecedor oficial de pneus para os Campeonatos do Mundo de Moto2 e Moto3 da FIM, e a marca com mais êxitos na história do TT da Ilha de Man. Fora de estrada, a Dunlop é a escolha dos campeões e vencedores de corridas de MXGP.

Para mais informações sobre a Dunlop e os seus produtos, visite www.dunlop.pt.

 


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos