Velocidade Online

Moto - Pista

MOTOS - BRASIL

Terça, 18 Setembro 2018 06:42 | Actualizado em Sexta, 20 Setembro 2019 10:11

Eric Granado aumenta a vantagem para o segundo colocado e se aproxima do bicampeonato no SBK

 

Após duas corridas em Goiânia, piloto da equipe Honda Racing chega aos 194 pontos e acumula 61 de vantagem para Alex Barros

 

cid:image008.jpg@01D44DEA.C8CCD4A0

Eric Granado comemora a vitória em Goiânia_Crédito_Ricardo Santos_Spokesman

 

·         BAIXAR FOTOS DA 6ª ETAPA DO SBK

 

 

Goiânia (GO) – Neste domingo (16), na 6ª etapa do SuperBike Brasil, realizada no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia, o piloto Eric Granado (#51) mostrou todo o seu talento em cima da Honda CBR 1000RR Fireblade SP e deu um passo importante para a conquista do segundo título consecutivo da categoria 1000cc.

 

Em um final de semana cheio de emoções, com recorde da pista (1min22s433) e SuperPole conquistados no sábado (15), Eric Granado venceu a primeira corrida e chegou em segundo lugar na segunda.

 

Agora, o piloto da equipe Honda Racing Brasil soma 194 pontos e abriu para 61 de vantagem para Alexandre Barros, segundo colocado, que após as duas corridas acumula 133 pontos na competição. Companheiro de Granado na equipe Honda Racing, Pedro Sampaio (#28) manteve a regularidade nas corridas ao conquistar dois quartos lugares e assumiu a terceira colocação geral, agora com 116 pontos.

 

O líder isolado do campeonato analisou o domingo atípico e comemorou os resultados que o aproximam do título. “Tivemos a primeira corrida com a pista seca e eu dei o meu melhor do começo ao fim. Consegui ultrapassar o Alex Barros no final e abrir uma pequena vantagem que me permitiu vencer. Na segunda corrida choveu e a pista mudou totalmente. Começamos com ela bem molhada e eu estava administrando a prova, depois começou a secar e eu perdi muita aderência. A partir do momento em que o Danilo Lewis me passou ele estava com o ritmo mais rápido que o meu e eu até consegui passar o Barros. Buscar o Danilo já era um pouco tarde, tentei até o final, mas infelizmente não consegui chegar. Achei melhor garantir a segunda colocação e pensar no campeonato, que é mais importante no momento. Parabenizo o Danilo e o Barros pelas corridas que eles fizeram e o mais importante é que a gente aumentou a diferença na classificação. Agora vamos para a próxima etapa com grandes chances de garantir o título”, destacou Eric Granado.

 

Pedro Sampaio lamentou as condições adversas da pista, mas celebrou a terceira colocação em seu primeiro ano na categoria. “Larguei da quinta colocação e terminei as duas corridas na quarta posição. Foi um final de semana um pouco complicado para mim, sofri um pouco com o traçado aqui de Goiânia, mas o resultado final foi bom. Tenho muita coisa para trabalhar para a próxima etapa e vou com muito mais força para voltar ao pódio”, analisou Pedro Sampaio.

 

Primeira corrida

 

Na primeira corrida do dia, o piloto Eric Granado (#51) conquistou uma vitória emocionante após duelo eletrizante com Alexandre Barros. Perto do fim da prova, Granado realizou uma manobra ousada, ultrapassou o adversário e venceu por uma diferença de 0s559.

 

Danilo Lewis cruzou a linha de chegada na terceira colocação e Pedro Sampaio (#28), piloto Honda Racing Brasil, fechou na quarta posição, à frente de Maxi Gerardo, que terminou a primeira prova da categoria 1000cc em quinto lugar.

 

Segunda corrida

 

Na segunda corrida, a pista do Autódromo Internacional de Goiânia ficou molhada por conta da água que caiu na capital do Estado de Goiás e todos os pilotos largaram com pneus de chuva.

 

Danilo Lewis superou as condições adversas e cruzou a linha de chegada em primeiro lugar. Eric Granado, da equipe Honda Racing Brasil, terminou a segunda colocação e Alex Barros, na terceira. Companheiro de Granado na equipe Honda, Pedro Sampaio repetiu o desempenho da primeira corrida e novamente conquistou o quarto lugar. Maxi Gerardo não terminou a prova.

 

 

Chefe da equipe de motovelocidade da Honda Racing Brasil, Reinaldo Campos gostou do desempenho dos pilotos da equipe e comemorou o fato de Eric aumentar a vantagem para o segundo colocado. “Foram duas corridas difíceis devido à temperatura e as condições do clima. Na primeira corrida, apesar das dificuldades, o Eric conseguiu conquistar a vitória e o Pedro fez um excelente quarto lugar. Na segunda corrida a chuva pegou todo mundo de surpresa. Quase 30 minutos antes da largada foi dado como ‘corrida de chuva’ e, para nós, essa condição é considerada de risco pois os pilotos que têm menos a perder, como no caso do Danilo Lewis, que conseguiu vencer, levam uma certa vantagem. Mas o Eric conseguiu abrir mais pontos do Barros e isso é muito importante”, analisou.

 

Após a 6ª etapa em Goiânia, os pilotos do SuperBike terão apenas mais duas na temporada. No dia 11 de novembro, em Londrina/PR, e no dia 02 de dezembro, em Interlagos/SP.

 

Os pilotos oficiais da equipe Honda Racing Brasil, patrocinados pela Mobil, Alpinestars e D.I.D.

 

 

Outras categorias

 

 

Copa Honda CBR 500R

 

Não faltou emoção na Copa Honda CBR 500R, em Goiânia, e cinco pilotos cruzaram a linha de chegada praticamente juntos. Arthur Costa (#99), da classe 500, conquistou o primeiro lugar geral. Indiana Muñoz (#199), da Feminina, ficou na segunda colocação à 0s202 do líder e Fábio Florian (#88), da Teen, que passou à 0s259, ficou em terceiro.

 

Ademilson Peixer (#43), da classe 500, ficou com a quarta colocação geral à 0s342 de Arthur Costa, e Enzo Valentim (#59), da Teen, completou os cinco primeiros colocados à 0s519 do líder da prova.

 

Com o resultado deste domingo (16), Arthur Costa saltou para 107 pontos na classificação geral e assumiu a liderança na classificação geral do campeonato. Ademilson Peixer chegou aos 103 pontos e perdeu a liderança. Com o excelente desempenho em Goiânia, Indiana Muñoz soma 95 pontos e assumiu o terceiro lugar geral, ultrapassando Enzo Valentim, que chegou aos 86 pontos e caiu para o quarto lugar. Fábio Florian está logo atrás, em quinto, com 82 pontos.

 

 

Honda Junior Cup

 

Muita emoção também na Honda Junior Cup neste domingo (16), no Autódromo Internacional de Goiânia, pela 6ª etapa do SuperBike Brasil. Na categoria de acesso, que reúne jovens pilotos entre 8 e 16 anos, a diferença do vencedor para o sétimo colocado foi de apenas 2s939.

 

Theo Manna (#77) suportou a pressão até a última volta e conquistou sua primeira vitória nesta temporada na Honda Junior Cup. João Arratia (#26), líder do campeonato, cruzou em segundo lugar à 0s337 e Pedro Balla (#10) ficou com a terceira colocação, à 1s449 do líder. Completaram o pódio João Henrique Fascineli (#13) e Caique Lanna (#91).

 

Após seis corridas realizadas na categoria, João Arratia (#26) lidera a competição com 138 pontos. Caique Lanna (#91) está com 108 pontos na segunda colocação, seguido de perto por Pedro Balla (#10), que chegou aos 106 pontos. Eduardo Burr (#8) soma 67 pontos e Davi Gama (#6) completa a lista dos cinco primeiros colocados com 58 pontos. Com a vitória deste domingo, Theo Manna (#77) saltou para 53 pontos.

 

 

Resultados *

 

 

1ª CORRIDA - SUPERBIKE

 

1.    Eric Granado (#51) – Honda Racing Brasil

2.    Alex Barros, à 0s559

3.    Danilo Lewis, à 8s397

4.    Pedro Sampaio (#28), à 22s473 - Honda Racing Brasil

5.    Maxi Gerardo, à 22s523

 

2ª CORRIDA – SUPERBIKE:

 

1.    Danilo Lewis,

2.    Eric Granado, à 1.765 – Honda Racing Brasil

3.    Alex Barros, à 15.361

4.    Pedro Sampaio, à 46.722 - Honda Racing Brasil

 

COPA HONDA CBR 500R:

 

1.    Arthur Costa (#99) - (500),

2.    Indiana Muñoz (#199) - (500F), à 0s202

3.    Fábio Florian (#88) - (500T), à 0s259

4.    Ademilson Peixer (#43) - (500), à 0s342

5.    Enzo Valentim (#59) - (500T), à 0s519

6.    João Carneiro (#14) - (500LT), à 1s022

7.    Marcelo Moreno MM (#7) - (500E), à 3s299

8.    Luiz Felipe (#444) - (500LT), à 6s236

9.    Mauricio Mendes Nogueira (#122) - (500), à 6s635

10. Raphael Ramos (#90) - (500LT), à 6s783

 

HONDA JUNIOR CUP:

 

1.    Theo Manna (#77)

2.    João Arratia (#26), à 0.337

3.    Pedro Balla (#10), à 1.449

4.    João Henrique Fascineli (#13), à 1.612

5.    Caique Lanna (#91), à 2.670

6.    Davi Gama (#6), à 2.819

7.    Eduardo Burr (#8), à 2.939

8.    Bia Valverde (#35), à 15.185

9.    Raul Mattos Cerciari (#69), à 52.612

10. Erik Vivolo (#64), à 52.813

 

 

*Este resultado é extraoficial e está sujeito a verificações técnicas.

 


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos