Velocidade Online

Moto - Pista

MOTOS

Sexta, 19 Abril 2019 22:16 | Actualizado em Segunda, 11 Novembro 2019 06:21

TOP10' NO ESBK PARA O TEAM MOTOCLUBE LOULÉ


O passado fim-de-semana marcou o arranque do Campeonato de Espanha Cetelem de Superbike (ESBK) 2019, no circuito de Jerez de La Frontera, recentemente renomeado como Circuito Ángel Nieto em sua homenagem. Mais de 160 pilotos oriundos de 22 países competiram nas diversas categorias e onde o público também esteve em destaque, com cerca de 5000 pessoas a marcarem presença na prova andaluza.


No plano desportivo, o programa que compunha os três dias de evento foi recheado de grandes sessões de treinos e corridas com muitas disputas entre os pilotos, com nota de destaque para a categoria principal, as SBK/Open1000, onde o Team Motoclube de Loulé alinhou com os seus pilotos. A equipa arrecando um lugar nos dez primeiros no final da corrida das Open1000, pelas mãos de Nélson Rosa, e com Antónnio Geirinhas a cruzar a linha de meta logo atrás na 11ª.


Esta foi sem dúvida uma estreia positiva para a equipa algarvia, num campeonato bastante competitivo e numa categoria onde estão presentes os melhores pilotos europeus de todas as idades e com um altíssimo nível, deixando claro que este campeonato é a referência a nível mundial. Toda a equipa cumpriu os objectivos propostos e prepara agora a primeira prova do Campeonato Nacional de Velocidade 2019, com arranque marcado para o início de Maio.


Nélson Rosa #60
«Foi um fim-de-semana incrível de corridas, com o tempo a ajudar. A última vez que tinha rodado em Jerez tinha sido em Outubro de 2018. É um circuito onde temos pouca experiência e informação, a melhor volta estava em 1.51,980s. Nos treinos de sexta-feira tivémos algumas dificuldades em acertar a moto, mas na última sessão consegui chegar a uma afinação razoável, que continuámos a evoluir no sábado. Nos treinos cronometrados trabalhámos para me sentir confortável na moto durante a corrida, terminando a sessão com o tempo de 1.48.584s, uma grande melhoria.

A corrida previa-se brutal, com 38 motos nas duas classes, magnífico! No início, não consegui entrar no ritmo nas primeiras voltas, tendo perdido algumas posições que vim a recuperar no final. Ainda assim melhorei a minha melhor volta até a 1.48,034s, tendo terminado em 25° da geral e 9° da classe. Esta foi a minha melhor participação até hoje neste campeonato e quero agradecer à minha família por todo o apoio, sem esquecer obviamente, a minha equipa técnica e patrocinadores.»

António Geirinhas #55
«Foi um fim-de-semana muito positivo. O primeiro objectivo foi cumprido, alinhar na grelha para a corrida entre todos os pilotos presentes e terminar na melhor posição possível. É realmente um campeonato com um nível muito alto, com grandes lutas em pista por todas as posições. Esta participação serviu para melhorar a minha prestanção em pista e principalmente para retirar mais informações em termos de acertos na moto para a próxima corrida.

Agora é hora de preparar a primeira prova da Copa Dunlop Motoval 2019, que se disputará junto com o CNV Moto, fazendo uso de todos os dados recolhidos durante o passado fim-de-semana. Quero deixar um forte agradecimento a toda a equipa, amigos, família e patrocinadores por todo o apoio.»


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos