Velocidade Online

Comércio e Industria - Novidades

COMÉRCIO&INDUSTRIA - AUTOMOBILI LAMBORGHINI ENCERRA O ANO DE 2020 COM 7430 UNIDADES ENTREGUES

Quarta, 13 Janeiro 2021 11:10 | Actualizado em Terça, 19 Janeiro 2021 17:29

AUTOMOBILI LAMBORGHINI ENCERRA O ANO DE 2020 COM 7430 AUTOMÓVEIS ENTREGUES E O LANÇAMENTO DE SEIS NOVOS MODELOS


  • 7430 Lamborghini entregues em todo o mundo em 2020
  • Apesar da pandemia, Lamborghini estabeleceu um recorde de vendas absoluto na segunda metade do ano
  • Seis novos modelos lançados no mercado: Huracán EVO RWD Coupé e Spyder, Sián Roadster, Essenza SCV12, Huracán STO e SC20
  • Em dezembro, Stephan Winkelmann nomeado presidente e CEO
  • Iniciativas de compromiso social, da produção de máscaras médicas ao projeto cultural "With Italy, for Italy".
  • Grande crescimento nas redes sociais e estreia no TikTok

 A Automobili Lamborghini reagiu com energia e determinação a um ano marcado pelo grande desafio que representou a pandemia mundial. A empresa entregou 7430 automóveis em todo o mundo em 2020, uma redução de apenas 9% por comparação com o ano anterior. A ligeira quebra é claramente atribuível à paragem da produção durante 70 dias na primavera, em cumprimento das ordens do governo italiano e com o objetivo de proteger a saúde dos trabalhadores durante a primeira fase de emergência. Pelo contrário, no segundo semestre foram registados números recorde de vendas, o que se traduziu no melhor segundo semestre da história da marca no que se refere a entregas a clientes.

Confirmou-se que os EUA é o mercado mais importante para a Lamborghini, com 2224 automóveis comercializados, seguido da Alemanha (607), da China continental, Hong Kong e Macau (604), do Japão (600), do Reino Unido (517) e de Itália (347). Os dois países com maior crescimento foram a Coreia do Sul (303 unidades, + 75%) e a Alemanha (607 unidades, +8%). O SUV Urus, que no ano passado estabeleceu um recorde, com 10 000 unidades produzidas, foi o modelo de maior êxito, com 4391 unidades entregues. As duas gamas de superdesportivos contribuíram de forma significativa para os números de vendas globais: o Huracán V10 registou valores positivos, com 2193 automóveis vendidos (+3%), juntamente com as 846 unidades do Aventador V12 entregues em todo o mundo.

O novo ano de 2021 começa de forma positiva, com um sólido leque de encomendas: tanto assim é, que mais de metade da produção prevista para 2021 está já reservada.

Stephan Winkelmann, Presidente e CEO da Automobili Lamborghini, comenta: "Os resultados de 2020 são uma clara demonstração do excelente trabalho que, apesar das dificuldades de um ano marcado por desafios globais, foi realizado por toda a equipa da Lamborghini, com uma enorme dedicação e capacidade de adaptação. Para mim, é uma enorme honra voltar a fazer parte do nosso futuro: o sentimento de comunidade que nasceu com tanta força durante o passado ano, juntamente com os valores de responsabilidade social, e o impulso pela inovação que sempre distinguiu a Lamborghini, serão a base para enfrentar um 2021 desafiante, com o objetivo de consolidar a gama de produtos, procurar novas perspetivas de negócio e fortalecer ainda mais a marca".

2020 em resumo: do lançamento de seis novos modelos a uma mudança na liderança

Apesar do estado de emergência provocado pela Covid-19, que levou a Lamborghini a uma paragem na sua produção de 70 dias, de março a maio, a empresa cumpriu um intenso programa de lançamentos: seis novos modelos em doze meses.

Em janeiro foi apresentada a versão coupé do novo Huracán EVO RWD. Em maio, a Lamborghini foi a primeira marca de automóveis a fazer uso da realidade aumentada, no lançamento do Huracán EVO RWD Spyder, a versão descapotável do seu modelo V10 de tração traseira. O mês de julho trouxe outro automóvel descapotável, mas numa série muito limitada de somente 19 unidades: o Sián Roadster, o primeiro Lamborghini sem tejadilho com uma inovadora tecnologia híbrida, baseada no emblemático motor V12 da marca. Depois, chegaram o Essenza SCV12, um hiperdesportivo de circuito produzido numa edição limitada a 40 unidades, desenhado pela Lamborghini Squadra Corse e pelo Lamborghini Centro Stile; e o Huracán STO - Super Trofeo Omologata -, inspirado nos modelos de competição Huracán Super Trofeo EVO e GT3 EVO, e homologado para utilização em estrada. Por último, no final do ano, foi apresentado o SC20: um automóvel para circuito descapotável único, homologado para uso e estrada, que é o primeiro descapotável desenvolvido pelo departamento de competição da Lamborghini e desenhado pelo Centro Stile seguindo os desejos do cliente, que participou no projeto desde os primeiros esquissos elaborados pelos designers da Lamborghini.

Outros acontecimentos significativos foram os importantes marcos alcançados em termos de produção (10 000 unidades do Urus e 10 000 do Aventador); a oferta de novas opções de personalização através da introdução de mais cores Ad Personam para as gamas Urus e Huracán; e a apresentação de um Aventador S especial, idealizado pelo designer japonês Yohji Yamamoto na inauguração do novo Lamborghini Lounge em Tóquio.

O mês de dezembro ficou marcado pela mudança de líder: desde 1 de dezembro de 2020, Stephan Winkelmann é o novo presidente e CEO da Lamborghini, sucedendo a Stefano Domenicali e mantendo a presidência da Bugatti.

Um ano de iniciativas de compromisso social

A Lamborghini reagiu rapidamente à primeira vaga da pandemia, e levou a cabo importantes iniciativas de responsabilidade social ao longo de 2020. Durante o período em que foi suspensa a atividade habitual, a empresa adaptou alguns dos seus departamentos para produzir máscaras e viseiras médicas para o Hospital Sant'Orsola de Bolonha, e colaborou com a SIARE Engineering International para a co-engenharia e produção de ventiladores.

Em setembro, a Lamborghini lançou um importante projeto cultural e artístico, denominado " With Italy, for Italy", concebido como um ato de amor de uma empresa para com o seu país, e para apoiá-lo numa época de grandes desafios. Participaram 21 talentos italianos da fotografia contemporânea, todos instados a plasmar e celebrar a beleza e a singularidade das regiões italianas juntamente com modelos da Lamborghini do passado e do presente. Inicialmente lançado com uma campanha nas redes sociais, o projeto foi rapidamente trasladado para um livro fotográfico publicado pela Skira.

Por último, em dezembro, foi posta em marcha uma importante iniciativa de beneficência juntamente com a cantautora norte-americana Lady Gaga, colaboração destinada a apoiar as comunidades mais afetadas pela propagação da pandemia. As receitas dos sorteios organizados pela Omaze, entre novembro e dezembro, serão doadas a estas comunidades, com a possibilidade de os aficionados que participaram nos mesmos ganharem o Huracán EVO RWD que surge em "911", o mais recente single da artista.

Crescimento recorde nas redes sociaos

Com a pandemia a impulsionar a aceleração dos canais digitais, a Lamborghini reforçou a sua estrategia de redes sociais e registou um crescimento constante ao longo de 2020. O Instagram é a rede social de maior êxito da empresa: em apenas um ano, o número de seguidores passou de 23 para 29 milhões, cifra que a coloca no topo do ranking das marcas de superdesportivos mais populares do Instagram. No Facebook, a Lamborghini tiem 12,9 milhões de seguidores, e no YouTube os números cresceram de 1,1 milhões de subscritores para os atuais 1,6 milhões. Adicionalmente, em novembro, a Lamborghini foi a primeira empresa do sector dos superdesportivos de luxo a inaugurar o seu próprio perfil oficial, @lamborghiniofficial, no TikTok, a plataforma para criar e partilhar vídeos curtos a partir de dispositivos móveis, uma das favoritas da Geração Z e dos Millennials. Em pouco menos de dois meses, o perfil cjegou a mais de 131 000 seguidores.

Expansão da marca Lamborghini

2020 foi, também, um ano de importantes parcerias para a Lamborghini, estabelecendo laços com parceiros líderes e proporcionando acesso a produtos de qualidade superior em novas áreas, e, como resultado, criando produtos de marcas partilhadas exclusivos e únicos. Entre os seus parceiros mais valorizados está o The LEGO Group, que apresentou o Lamborghini Sián FKP 37 LEGO® Technic™, um modelo à escala 1:8 composto por 3696 peças, resultando numa reprodução perfeita do impressionante superdesportivo híbrido da Lamborghini.

No sector da moda, a Lamborghini associou-se ao designer de moda de renome mundial, Yohji Yamamoto, e à Supreme, a emblemática marca de vestuário urbano de Nova Iorque, o que levou ao lançamento de uma coleção cápsula que esgotou em apenas 48 horas. No mundo náutico, a Lamborghini tem um acordo com o The Italian Sea Group, e apresentou a estreia mundial do Tecnomar for Lamborghini 63: o novo iate da frota da Tecnomar, uma edição limitada que comemora o aniversário da fundação da Lamborghini. O ano encerrou com a colaboração entre a Lamborghini e a Ducati, e o lançamento da Ducati Diavel 1260 Lamborghini, uma moto de edição limitada inspirada no Lamborghini Sián, com apenas 630 unidades à venda, para alegria dos adeptos e colecionadores do motociclismo de todo el mundo.

2020: um ano de três aniversários históricos

O ano de 2020 distinguiu-se pelo aniversário de três modelos históricos. Dois celebraram as suas bodas de ouro: o Urraco, modelo que de destaca por ter introduzido soluções técnicas muito inovadoras para a época, e o Jarama GT, a última evolução do gran turismo 2+2 da empresa. O Diablo, um dos automóveis mais emblemáticos da história dos superdesportivos da Lamborghini, lançado em janeiro de 1990, comemorou o seu 30º aniversário.

Lamborghini Squadra Corse

Também foram obtidos excelentes resultados na Squadra Corse, o departamento de competição da Automobili Lamborghini. Em 2020, a Squadra Corse chegou aos 490 carros de corrida produzidos desde 2009. Adicionalmente, apresentou o Essenza SCV12, um superdesportivo de edição limitada para circuito, e o SC20, o segundo one-off assinado pela Squadra Corse, ambos equipados com um motor V12 atmosférico. Entre os diversos êxitos em circuito, em ajneiro, e pelo terceiro ano consecutivo, a Lamborghini venceu as 24 horas de Daytona, a corrida de resistência mais famosa da América, que dá início ao campeonato IMSA, consolidando, assim, o recorde de êxitos da empresa na categoria GTD.

 

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos