Velocidade Online

Comércio e Industria - Novidades

COMÉRCIO INDUSTRIA - CINCO CHAVES PARA VIAJAR NA PÁSCOA

Sexta, 12 Abril 2019 07:23 | Actualizado em Terça, 18 Junho 2019 04:24

5 CHAVES PARA VIAJAR E POUPAR NA PÁSCOA 


O sector turístico prevê para esta Páscoa um incremento no número de viagens de automóvel por toda a Península Ibérica
Efetuar uma pesquisa profunda e evitar custos extra são algumas das chaves para viajar ao melhor preço nestas férias
Aplicações como a DriiveMe, a Drivy ou a SocialCar são algumas das novas soluções de mobilidade que permitem viajar por muito pouco
Chega a Páscoa e, com ela, os primeiros dias de férias em que muitos aproveitam para efetuar uma escapadela e disfrutar do tão aguardado tempo de descanso. O sector turístico prevê, para esta Páscoa, um aumento do número de viagens por automóvel a realizar pelos portugueses, e, com isso, um incremento dos preços do transporte, dos hotéis e de outras atividades.
A semana de 17 a 21 de abril torna-se, este ano, numa das datas mais procuradas nos sites de aluguer de automóveis. Cada vez existem mais formas de realizar deslocações de automóvel sem necessidade de possuir veículo próprio, e práticas como o carsharing são cada vez mais habituais nas nossas estradas.
Mas, como evitar custos extra na hora de alugar um veículo? Estes são alguns conselhos úteis a ter em conta por quem pretenda alugar um automóvel nesta Páscoa:
1.   Efetue uma pesquisa minuciosa.
Deverá efetuar uma pesquisa antes de decidir por um aluguer, e ler bem as “letras pequenas” antes de contratar o automóvel. É recomendável utilizar sites de comparação de empresas de aluguer, escolher bem o tipo de veículo e informar-se si existem descontos ou promoções.
2.    Fator chave: a empresa escolhida.
Com o incremento das novas plataformas de mobilidade, cada vez existem mais novas empresas que nos permitem mover por toda a península, e até para alguns pontos de Europa, por muito pouco dinheiro.
Para viajar na época alta, a melhor opção são aplicações como a Drivy ou a SocialCar, que se encarregam do aluguer de veículos de particulares, ou a DriiveMe, um revolucionário sistema de aluguer de automóveis em que todos os trajetos têm o custo de um euro. A DriiveMe oferece mais de 20 000 automóveis que podem ser reservados no seu site ou na sua App pela módica quantia de um euro. Para mais, esta empresa francesa oferece modelos de todo o género, desde compactos de 5 lugares a pick-ups, autocaravanas ou grandes furgões, e tem trajetos por toda a Europa.
3.   Evite a política de “cheio-vazio”.
Algumas empresas oferecem uma política que permite devolver o automóvel com o depósito vazio, mas tal implica que o preço do combustível é decidido por si, pelo que é possível acabar por pagar uma verba muito mais elevada do que num posto de abastecimento. O melhor é optar por uma política de combustível “cheio-cheio”, que permita devolver o depósito tal como foi entregue, e que o preço seja controlado pelo utilizador.
4.   Cuidado com os seguros extra.
O seguro é um dos custos adicionais que quase todos elegem na hora de alugar um automóvel. Antes de reservar um automóvel, é importante saber o tipo de seguro incluído, se tem, ou não, franquia (e de quanto) e qais são as suas exceções. Por vezes, é melhor contratar um seguro externo, já que cada vez mais empresas permitem contratar uma apólice por dias, ou mesmo por horas. Ao mesmo tempo, existem empresas que oferecem a possibilidade de incluir o seguro de um veículo na apólice de vida do segurado.
5.   Reserve a data e a hora com cuidado.
Algumas empresas aproveitam-se dos atrasos na entrega do veículo, e umas horas extra podem custar mais do que o trajeto completo. Por isso, é recomendável reservar algum tempo mais do que o previsto para entregar o automóvel, e tentar que exista sempre alguém para verificá-lo na estação de entrega.
Também há que ter cuidado caso seja necessário realizar alguma alteração uma fez feita a reserva, já que o preço total volta a ser calculado e pode ser muito mais elevado.
Sem dúvida, a utilização de novas plataformas de mobilidade faz com que viajar seja cada vez mais fácil e a preços cada vez mais acessíveis.
 
Como funciona a DriiveMe?
A DriiveMe é um ponto de encontro entre as agências de aluguer, que necessitam de mover os seus veículos para devolvê-los às suas estações de origem; e os utilizadores particulares, que pretendem alugar um veículo a um preço reduzido. Os irmãos Alexandre e Geoffroy Lambert lançaram a DriiveMe em França, em 2012; e o terceiro dos irmãos, Constantin, levou o serviço para Portugal e Espanha em 2017.
A plataforma DriiveMe está disponível através da Internet e via App. O processo de alugar um automóvel é muito similar ao de um aluguer normal: o condutor acede à plataforma, escolhe o veículo, a data e a hora a que vai recolhê-lo, entre as opções disponíveis. Logo que tenha reservado a rota, pelo preço simbólico de 1 euro, apenas terá que pagar as portagens (caso existam) e o combustível.
Se nenhuma oferta corresponder aos desejos do utilizador, este tem a opção de criar o seu próprio alerta personalizado, e será avisado quando o trajeto estiver disponível na DriiveMe.
Mais informação sobre a DriiveMe em http://www.driiveme.pt/ e App

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos