Velocidade Online

Comércio e Industria - Novidades

COMÉRCIO & INDUSTRIA - GRUPO PSA ALCANÇA FORTE RENTABILIDADE

Sexta, 26 Julho 2019 10:06 | Actualizado em Sábado, 12 Outubro 2019 05:12

Groupe PSA alcança uma forte rentabilidade no 1º semestre de 2019 
 
 38.300 milhões de euros de volume de negócios do Grupo   8,7% de margem operacional corrente1 para a divisão Automóvel2   8,7% de margem operacional corrente Grupo  1.599 milhões de euros de Free Cash Flow3 do Grupo4  incluindo a compra da Clarion pela Faurecia  2.287 milhões de euros de Free Cash Flow para a divisão Automóvel
 
 
Carlos Tavares, Presidente do Conselho de Administração do Groupe PSA refere: “Graças ao nosso foco na execução do nosso plano estratégico, conseguimos alcançar um free cash flow sólido e uma forte margem operacional corrente no primeiro semestre. Estamos no limiar da eletrificação e preparados para enfrentar os próximos desafios tecnológicos. A nossa agilidade e a consistência da nossa gestão continuam a ser as vantagens essenciais para alcançarmos os objetivos estabelecidos no plano Push to Pass.”
 
O volume de negócios do Grupo alcançou os 38.340 milhões de euros no primeiro semestre de 2019, caindo 0,7% comparativamente ao primeiro semestre de 2018. O volume de negócios da divisão Automóvel alcançou os 30.378 milhões de euros, diminuindo 1,1% comparativamente ao primeiro semestre de 2018; o efeito favorável do mix de produto (+2,9%), e dos preços (+1,3%), compensaram parcialmente a quebra de vendas a parceiros (-2,2%), o impacto negativo das taxas de câmbio (-0,8%), os volumes e o mix de diferentes países (-1,4%), entre outros (-0,9%). 
 
O resultado operacional corrente do Grupo alcançou os 3.338 milhões de euros, num crescimento de 10,6%. O resultado operacional corrente da divisão Automóvel progrediu 12,6% comparativamente ao primeiro semestre de 2018, para 2.657 milhões de euros. Este forte nível de rentabilidade de 8,7% foi alcançado graças a um mix de produto favorável e ao contínuo foco na redução dos custos, apesar do impacto negativo das taxas de câmbio.
 
A margem operacional corrente do Grupo foi de 8,7%, aumentando 0,9 pontos face ao primeiro semestre de 2018.
 
Os rendimentos e os gastos operacionais não correntes do Grupo alcançaram os -847 milhões de euros, face aos -750 milhões de euros do primeiro semestre de 2018. 
 
O resultado financeiro do Grupo foi de -116 milhões de euros, contra -218 milhões de euros no primeiro semestre de 2018. 
 
 
                                                         
 1 Resultado Operacional Corrente relativo ao volume de negócios  2 Divisão Automóvel (PCDOV) 3 Free Cash Flow = Cash flow + Restruturação + variação da Necessidade de capital disponível + Capex e P&D capitalizados  4 Atividades industriais e comerciais
                                                                                                                                                          
 
 
 
 
 
 
 
 
O resultado líquido consolidado do Grupo alcançou 2.048 milhões de euros, numa progressão de 335 milhões de euros comparativamente ao primeiro semestre de 2018. O resultado líquido da parte do Grupo é de 1.832 milhões de euros, crescendo 351 milhões de euros face ao primeiro semestre de 2018. 
 
O resultado operacional corrente do Banque PSA Finance foi de 513 milhões de euros5, representando um crescimento de 0,6%. 
 
O resultado operacional corrente da Faurecia foi de 634 milhões de euros, caindo 1,2%.
 
O Free Cash Flow das atividades industriais e comerciais estabeleceu-se em 1.599 milhões de euros, dos quais 2.287 milhões de euros correspondem à divisão Automóvel.
 
O stock total, incluindo a rede independente e os importadores6, elevou-se a 659.000 veículos em 30 de junho de 2019, ficando ao mesmo nível de 30 de junho de 2018. 
 
A posição financeira líquida das atividades industriais e comerciais elevou-se a  7.906 milhões de euros a 30 de junho de 2019, espelhando o efeito da norma IFRS 16 e a aquisição da Clarion pela Faurecia.
 
 
Perspetivas de mercado:  As previsões do Grupo para 2019 apontam para um mercado automóvel em baixa de 1% na Europa, de 4% na América Latina e de 7% na China, e um crescimento de 3% na Rússia.  
 
 
Objetivo operacional: O Groupe PSA fixou como objetivo alcançar uma margem operacional corrente7 média superior a 4,5% para a divisão Automóvel no período 2019-2021.
 
 
Link de acesso à apresentação dos resultados do 1º Semestre de 2019.
 
 
Calendário Financeiro 23 de outubro de 2019: Volumes de Vendas do 3º trimestre de 20199
 
 
As contas consolidadas do Groupe PSA a 30 de junho de 2019 foram registadas pela Direção a 23 de julho de 2019 e examinadas pelo Conselho Fiscal a 23 de julho de 2019. Os Auditores do Grupo realizaram as suas diligências de auditoria sobre as contas e o relatório sobre as informações financeiras está a ser difundido. 
 
O relatório sobre os resultados semestrais, bem como a apresentação dos resultados do 1º Semestre de 2019, podem ser consultados no site de Internet do Grupo (www.groupe-psa.com), na rúbrica “Analistas e Investidores”. 
 

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos