Velocidade Online

Comércio e Industria - Novidades

COMÉRCIO & INDUSTRIA - EXPORTAÇÕES ESPANHOLAS

Terça, 03 Setembro 2019 15:49 | Actualizado em Segunda, 14 Outubro 2019 07:43

Exportações espanholas de componentes para Portugal cresce 13%

Segundo a análise realizada pela SERNAUTO, a evolução das exportações nos principais mercados automóveis europeus tem sido desigual. Destaca-se o crescimento de Portugal, destino que subiu 13%, situando-se nos 633 milhões de euros.
Entre janeiro e abril de 2019, foram exportados equipamentos e componentes espanhóis no valor de 7.355 milhões de euros, desempenho estável em relação ao mesmo período do ano anterior (+ 0,8%).

O setor mantém, assim, sua força exportadora em um contexto de contração macroeconômica em alguns dos principais mercados, graças à diversificação geográfica de suas exportações.

A União Europeia continua sendo o principal mercado de destino para as exportações espanholas de componentes, com uma participação de mercado de 72,5% das vendas. As vendas aumentaram 1,05% em relação ao mesmo período do ano anterior, situando-se em 5.336 milhões de euros.

Segundo a análise realizada pela SERNAUTO, a evolução das exportações nos principais mercados automóveis europeus tem sido desigual. Destaca-se o crescimento de Portugal, destino que subiu 13%, situando-se nos 633 milhões de euros.

A Itália aumentou ligeiramente (+ 2%), atingindo 345 milhões de euros, invertendo a tendência do ano anterior. No entanto, as vendas para a Alemanha, principal parceiro comercial do setor, diminuíram 7,3%, com um valor de 1.298 milhões de euros. A França quebra a tendência dos últimos anos registrando uma redução de 2%, com vendas totais de 1.269 milhões de euros. O Reino Unido, quarto destino das exportações espanholas, apresentou uma taxa de crescimento negativa, uma vez que caiu 2,24%, situando-se em 522 milhões de euros.

Fora da União Europeia, Marrocos continua como o primeiro destino das exportações espanholas, com vendas totais de 336 milhões de euros, e um crescimento de 2,2% em relação ao mesmo período do ano anterior. Os Estados Unidos mantêm sua segunda posição, com notável crescimento em relação ao mesmo período do ano passado (+ 16,1%), chegando a 317 milhões de euros. A Argélia destrona a China como o terceiro destino, alcançando 264 milhões de euros. O país asiático apresenta uma desaceleração de -36,3%, abandonando a trajetória positiva que vinha experimentando nos últimos anos, com vendas totais de 142 milhões de euros.

A África do Sul apresenta um aumento de suas vendas de 16,4% em relação ao mesmo período do ano anterior, com um total de exportações de 93 milhões de euros. Por outro lado, a Turquia e a Rússia sofreram retrocessos significativos (-18% e -17%), e o Japão também apresentou uma queda de 21,2%, situando-se em 72 milhões de euros.


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos