Velocidade Online

Comércio e Industria - Novidades

COMÉRCIO & INDUSTRIA - MAIS UM SUCESSO DUNLOP

Sexta, 13 Setembro 2019 20:48 | Actualizado em Terça, 15 Outubro 2019 08:24

COURTNEY DUNCAN VENCE O SEU PRIMEIRO TÍTULO MUNDIAL DE WMX COM PNEUS DUNLOP


 
 

  • Todas as corridas da temporada do WMX foram ganhas por pilotos que montavam pneus Dunlop Geomax
  • Pole em MXGP para Glenn Coldenhoff
  • Mike Kras venceu o Campeonato Europeu EMX2T

O Campeonato do Mundo de Motocross (MXGP) da FIM teve a sua passagem este fim de semana pela cidade turca de Afyon, que acolheu a decima sétima prova da temporada, e a quinta e última ronda do Campeonato do Mundo de Motocross Feminino (WMX).

Em WMX, a piloto estrela da Dunlop, Courtney Duncan, conquistou o seu primeiro título mundial. A piloto da equipa Bike It DRT Kawasaki dominou a primeira manga depois de assumir a liderança na segunda volta. A neozelandesa de 23 anos construiu uma vantagem de mais de doze segundos, que lhe permitiu subir ao lugar mais alto do pódio pela quarta vez esta temporada, números francamente fantásticos tendo em conta que o campeonato tem cinco corridas.

A vitória de Duncan encerrou uma temporada dominada pelos Dunlop Geomax, a gama de pneus off-road. Em todas as corridas a Dunlop equipou o piloto vencedor. A jovem estrela Amandine Verstappen venceu a primeira prova, em Valkenswaard, na Holanda, também montando pneus Dunlop.

Seis das sete pilotos que venceram os últimos Campeonatos do Mundo montavam pneus Dunlop Geomax, sendo Duncan a sucessora da penta-campeã Kiara Fontanesi. O título de 2018 da italiana foi o quinto obtido com pneus Dunlop.

Na categoria MXGP, Glenn Coldenhoff obteve a pole position com a sua KTM da equipa Standing Construct Team. O seu objetivo era alcançar uma tripleta de vitórias no seu fantástico final de temporada, mas teve que conformar-se com a segunda posição, depois de uma corrida muito disputada. Coldenhoff destacou o funcionamento dos seus pneus: “Os Dunlop Geomax MX33 funcionaram muito bem na pista turca. Pude andar ao máximo e deram-me muita confiança”.

O MX33 é um pneu de venda ao público e que, por isso, não tem um desenvolvimento “confidencial”. Apresentado no ano passado, o MX33 conta com um composto avançado, com um polímero com maior peso molecular e micropartículas de carbono. Isto, em conjunto com uma construção redesenhada, proporcionou aos pilotos que montam o MX33 uma maior durabilidade dos pneus e uma gama mais ampla de performances nas diferentes superficies onde competiram, tanto em MXGP como em WMX.

Para finalizar um dua repleto de vitórias para os pilotos Dunlop, Mike Kras venceu o campeonato EMX2T. Este é o certame europeu em que competem as motos de 250 cc. O holandês alcançou a sua terceira vitória do ano, e conquistou o campeonato com a sua KTM.

Ainda que a Turquia tenha sido a última ronda dos campeonatos WMX e EMX2T, ao Campeonato do Mundo de Motocross (MXGP) da FIM ainda resta disputar uma corrida, que terá lugar em Xangai, na China, no próximo fim de semana.

Sobre a Dunlop

A Dunlop Europe é um dos principais fabricantes mundiais de pneus para motos, detendo um impressionante palmarés de sucessos nos desportos motorizados. A Dunlop é partner técnico das equipas Suzuki Endurance Race Team e Honda Racing no Campeonato do Mundo de Resistência, fornecedor oficial de pneus para os Campeonatos do Mundo de Moto2 e Moto3 da FIM, e a marca com mais êxitos na história do TT da Ilha de Man. Fora de estrada, a Dunlop é a escolha dos campeões e vencedores de corridas de MXGP.


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos