Velocidade Online

Comércio e Industria - Novidades

COMÉRCIO&INDUSTRIA - ESTACIONAMENTO AUTÓNOMO NO AEROPORTO DE ESTUGARDA

Sábado, 17 Outubro 2020 12:48 | Actualizado em Terça, 20 Outubro 2020 15:40

  • Bosch, Mercedes-Benz e Apcoa trabalham em conjunto para fornecer primeiro serviço comercial de estacionamento autónomo (AVP)
  • No futuro, a indicação do local onde estacionar no parque P6 do Aeroporto de Estugarda será dada através de um smartphone
  • O novo Mercedes-Benz Classe-S está equipado com a tecnologia que permite estacionamento sem condutor e totalmente automatizado (SAE Nível 4).
  • Para o AVP, a Bosch está a utilizar, pela primeira vez, uma infraestrutura baseada em câmaras que identifica faixas e obstáculos.
  • A operadora de parques de estacionamento Apcoa está a testar as funções de cancela e pagamento como a base para o estacionamento autónomo, recorrendo à sua plataforma de mobilidade digital APCOA FLOW.

A Bosch, a Mercedes-Benz, e a operadora de parques de estacionamentos Apcoa estão a trabalhar em conjunto para, no futuro, introduzir um serviço de estacionamento totalmente autónomo sem recurso a condutor no parque de estacionamento do Aeroporto de Estugarda.

O objetivo é reduzir o stress causado pela procura de vagas nos aeroportos, e para isso, o sistema de estacionamento sem condutor e totalmente automatizado (AVP), desenvolvido em parceria pela Bosch e a Mercedes-Benz, está a ser preparado para começar a ser comercializado.

O novo Mercedes-Benz Classe-S já está a ser produzido de forma a acomodar este sistema e ser o primeiro veículo do mundo a apresentar a tecnologia necessária para a infraestrutura AVP. Opcionalmente, os clientes podem adquirir a pré-instalação adequada do INTELLIGENT PARK PILOT, que torna o Classe-S capaz de receber uma indicação a partir de um smartphone para se direcionar até um lugar de estacionamento reservado.

“Com o novo Classe-S, não é só conduzir que é um luxo, como estacionar passa também a ser”, afirma o Dr. Michael Hafner, responsável pela área de condução autónoma da Mercedes-Benz AG.

O parque de estacionamento P6 do Aeroporto de Estugarda servirá como piloto para o planeado serviço de estacionamento autónomo comercial. Será aqui que as empresas vão testar de que forma a tecnologia a bordo do Classe-S interage com a infraestrutura inteligente da Bosch e a APCOA FLOW, a plataforma digital fornecida pela Apcoa, empresa responsável pela gestão do parque de estacionamento.

Esta plataforma permite realizar todo o processo de estacionamento sem usar bilhetes e dinheiro. “A Apcoa, a Bosch, a Mercedes-Benz e o Aeroporto de Estugarda querem trabalhar juntos tendo como objetivo tornar o estacionamento totalmente autónomo”, afirma Christoph Hartung, membro da gestão executiva da Bosch Connected Mobility Solutions.

No estacionamento do aeroporto, já se encontram em andamento todos os preparativos para iniciar o serviço de estacionamento autónomo conforme planeado. O objetivo deste teste no Aeroporto de Estugarda com recursos aos veículos Classe-S visa garantir que as interações entre o veículo, a tecnologia de infraestrutura e o operador do parque funcionam perfeitamente e estão otimizadas para o cliente.

Primeira função de estacionamento nível 4 do mundo num automóvel em produção

Em julho de 2019, a Bosch e a Mercedes-Benz receberam a primeira licença especial a nível mundial para fornecer AVP para veículos selecionados da Classe E sem recorrer a um condutor de segurança, numa experiência que decorreu no parque de estacionamento do Museu da Mercedes-Benz, em Estugarda.

Equipado com a pré-instalação adequada para INTELLIGENT PARK PILOT, o novo Mercedes-Benz Classe-S é agora o primeiro veículo de produção a apresentar a tecnologia AVP que permite estacionar sem condutor. No entanto, este serviço está condicionado à futura disponibilidade de parques de estacionamento que disponham das infraestruturas adequadas, bem como da parte dos legisladores nacionais darem luz verde à tecnologia AVP.

Por tudo isto, o Mercedes-Benz Classe-S torna-se o primeiro veículo do mundo a apresentar uma pré-instalação para uma função de direção automatizada SAE Nível 4, o segundo nível mais de automação mais elevado. “Com o serviço de estacionamento autónomo, a Mercedes-Benz está a demonstrar que o estacionamento sem condutor será possível num futuro próximo”, refere Hafner.

Para facilitar esta nova função de estacionamento de apenas um toque, uma espaçosa área de entrega e recolha será instalada diretamente na traseira da entrada do estacionamento do aeroporto, dando aos utilizadores do AVP um local conveniente onde deixar seus veículos.

Enquanto os passageiros se deslocam confortavelmente até o terminal para efetuarem o check-in, o Classe-S estacionará no parqueamento, orientado através de informações transmitidas com recurso à tecnologia de infraestrutura. Por outras palavras, os utilizadores não precisam mais de se preocupar com manobras complicadas ou com dificuldades em sair da sua viatura quando o único lugar que encontram tem um espaço muito estreito e reduzido.

“O estacionamento autónomo aumenta o conforto e a conveniência dos nossos passageiros e ajuda-os a poupar tempo, especialmente quando estão com pressa e só querem deixar o carro rapidamente no aeroporto”, afirma Walter Schoefer, porta-voz da administração da Flughafen Stuttgart GmbH. Para a fase de testes que está prestes a ter início, no parque de estacionamento do Aeroporto de Estugarda haverá, inicialmente, dois lugares disponíveis para veículos com estacionamento autónomo. No futuro, quando o estacionamento sem condutor se tornar comum e consoante a procura, o objetivo passa por acrescentar novos espaços.


Infraestrutura inteligente e plataformas digitais

Este estacionamento piloto no Aeroporto de Estugarda será também uma estreia para as novas câmaras de vídeo da Bosch que conseguem identificar lugares de estacionamento vazios, monitorizar o corredor de condução e a sua envolvente, assim como detetar obstáculos ou pessoas nesse corredor. Até agora, os sensores LIDAR têm sido utilizados para esse propósito. Um centro de controlo localizado no parque de estacionamento calcula a rota que os veículos devem seguir para chegar a um lugar que esteja disponível.

“A nossa infraestrutura inteligente é a base para o futuro do estacionamento autónomo”, afirma Hartung.

Graças às informações que as câmaras fornecem, também é possível que os carros circulem pelo estacionamento mesmo em rampas estreitas, o que permite que os veículo se movimentem entre diferentes pisos. A tecnologia no veículo converte de forma autónoma as informações da infraestrutura em manobras de condução. Se as câmaras detetarem um obstáculo inesperado, por exemplo, o veículo efetua uma paragem de emergência em segurança.

A APCOA FLOW, a plataforma digital da operadora do parque de estacionamento Apcoa, terá também um papel fundamental no estacionamento sem condutor no aeroporto de Estugarda. Os condutores já estão a utilizar a plataforma para ajudar a aliviar a carga de estacionamento. Isto é algo que varia entre fazer reservas para uma vaga de estacionamento, realizar a entrada no parque e o pagamento de forma totalmente automatizada, assim como a faturação e saída sem qualquer contato.

O sistema reconhece o veículo do cliente e as cancelas abrem automaticamente, tornando a máquina de bilhetes redundante. “Queremos ser o primeiro operador de parqueamento a oferecer suporte total e a disponibilizar serviços de estacionamento autónomos com base na tecnologia AVP”, reforça Frank van der Sant, diretor comercial da Apcoa Parking Holdings GmbH

Mais veículos, mais parques de estacionamento

Um serviço de entrega e recolha de veículos economiza tempo e evita longas caminhadas até o carro: a partir do momento em que os parques de estacionamento estiveram equipados com a infraestrutura adequada e as leis nacionais permitirem o AVP, os clientes vão poder desfrutar de serviços de estacionamento autónomo.

A Bosch e a Mercedes-Benz estão a abrir caminho nessa direção com a primeira solução do mundo para estacionamento autónomo SAE Nível 4 com base em infraestrutura, para tráfego em parques de estacionamento. Padrões e interfaces uniformes garantem uma comunicação fluida entre os veículos e a tecnologia de infraestrutura.

No futuro, o objetivo da Bosch passa por equipar cada vez mais parques de estacionamento com tecnologia de infraestrutura AVP. “Olhando para o futuro, queremos disponibilizar o AVP para mais clientes em localizações específicas da Apcoa”, explica van der Sant.

A empresa gere aproximadamente 1,5 milhões de lugares de estacionamento individuais em mais de 9.500 localizações em 13 países europeus. Ao aumentar a disponibilidade de serviços de estacionamento sem condutor e totalmente automatizados, a mesma quantidade de espaço pode acomodar até 20% mais de veículos. Além disso, o estacionamento sem motorista é especialmente adequado para áreas de parqueamento estreitas, remotas e, portanto, pouco atrativas, que por norma as pessoas evitariam.

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos