Velocidade Online

Diversos - Recdordar é Viver

DIVERSOS - CAMPEONATO DO MUNDO DE FÓRMULA 1 DE 1982 - RECORDAR É VIVER - POR VICTOR CARDOSO

Terça, 08 Janeiro 2019 13:23 | Actualizado em Domingo, 15 Setembro 2019 13:46

1982 Campeonato do Mundo F1

Foi um campeonato muito triste e também atípico.
Primeiro estávamos na era dos motores turbo. Os "pequenos" 1.5 litros turbo debitavam cavalos com muita facilidade mas no inicio a fiabilidade era o seu "calcanhares de Aquiles".
Os construtores de motores começavam a apostar na opção V6 com dois turbos para cada bancada de três cilindros eram assim , Renault, Ferrari, a outra opção era um 4 cilindros em linha "só" com um turbo, mas claro de maiores dimensões, fabricado pela BMW. Contra os turbos ficava a Ford com o "velho" Cosworth V8 de 3.0 litros atmosférico mas ... muito fiáveis que equipavam as maiorias das equipas, e Matra e Alfa Romeu que mantinham os V12 de 3.0 litros.
Os motores turbo em condições normais de corrida andavam sempre na frente ... até partirem  e nos treinos oficiais onde ainda podiam "encaixar" mais uns cavalinhos era quase impossível de bater a não ser em circuitos citadinos ou com muitas curvas a baixa velocidade.
Triste este campeonato pelo acidente que causaria a morte de Gilles Villeneuve no GP Bélgica durante os treinos, do acidente do outro Ferrari de Pironi no GP Alemanha que deixou graves lesões ao piloto impossibilitando o regresso à competição e do abandono inesperado da competição de Carlos Reutman na Williams que até tinha feito 2º lugar no primeiro GP da época na África do Sul e no GP seguinte o Brasil saiu do carro nos treinos e disse que não corria mais por não ter condições psicológicas devido à ... guerra das Malvinas 
Bom ao fim dos dezasseis GP do campeonato o vencedor ... surpresa seria Keke Rosberg num Williams FW 8/Ford apenas com uma vitória no GP da Suiça (em Dijon/França).
O infeliz derrotado foi Didier Pironi no Ferrari 126 C2 que com o acidente na Alemanha perdeu os últimos cinco GP e mesmo assim acaba em 2º lugar a cinco pontos de Rosberg !!!
John Watson com o revolucionário McLaren MP4-1B/Ford (com o inovador chassi de carbono) acabou com o mesmo número de pontos que Pironi (39).
Por marcas a vitória foi para a Ferrari com 74 pontos, contra os 69 da Marlboro / McLaren.
Foi o último campeonato ganho por um motor atmosférico durante muitos anos que se seguiram de domínio ... turbo.


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos