Velocidade Online

Diversos - Desportos Nauticos

DIVERSOS - F1 ATLANTIC FAZ BALANÇO DA ÉPOCA DE 2018 - GALERIA DE IMAGENS - NÃO DEIXAR DE VISITAR

Quarta, 26 Dezembro 2018 12:44 | Actualizado em Sábado, 19 Outubro 2019 07:02

Mundial e Europeu 2018 de F2

Depois de a equipa analisar o calendário de F2 chegámos a conclusão que apenas a prova de Aalborg na Dinamarca não poderiamos estar presentes pois era coincidente com a prova de Londres na F1 por isso seria de disputar o Mundial e também o Europeu desta feita em Zarasai na Lituânia.
Sabiamos que tinhamos evoluido em alguns pontos o nosso Moore de F2 já com uns anos mais pesado que os barcos da nova geração e só em algumas condições de água estaria ao mesmo nível.
Fomos para Kaunas, onde já sabiamos ser uma das provas que não nos era favorável mas que conseguimos andar sempre durante os treinos livres e cronometrados entre os três primeiros, só quando da ida para o Q3 que é feito indevidualmente pelos sete primeiros e portanto com a água mais "calma" e com um erro da organização ao parar o Q3 por uns vinte minutos ... ou mais klogo após a nossa volta, nos atirou para o sétimo lugar da grelha que nos iria tirar todas as hipóteses de lutar pelos lugares do pódio. Saímos da Kaunas com um 7° lugar na vitória de Comparato e o seu novo DAC.
Depois como previsto não fomos à Dinamarca que por acaso vi a a sua prova anulada pelo mau tempo, mas por motivos de força maior também não podemos estar presentes em Tonsberg na Noruega o que nos deixou logo muito limitadas as hipóteses de um lugar de pódio no Mundial.
A prova seguinte seria o Europeu este ano em Zarasai na Lituânia outra das provas mais ao jeito dos DAC, BABA ou até dos Molgart.
Lutámos com tudo o que tinhamos e ... não tinhamos para conseguir um excelente 2° lugar atrás do local Edgaras Riabko num DAC muito bem afinado para este circuito.
Voltámos ao Mundial em Ribadouro no nosso Portugal nas excelentes águas da albufeira da Pála, mas lá está era outra das provas em que éramos penalizados precisamente por serem umas águas muito paradas. Claro que demos uma vez mais tudo por tudo e graças a uma condução espectacular do Duarte fomos segundos no meio de dois DAC o de Rashid Al Qemzi que ganhou e o do campeão europeu Edgaras.
Com a anulação da última prova do Mundial no Sri Lanka acabámos por ser 4° no mundial, apenas com duas provas feitas, e a poucos pontos do último lugar do pódio.
O Campeonato do Mundo acabaria por ser ganho pelo italiano Alberto Comparato que será para o próximo ano (2019) na F1H2O nosso companheiro.


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos