Velocidade Online

Diversos - Desportos Nauticos

DIVERSOS - DESPORTOS NAUTICOS - MASERATI MULTI 70 CORTARAM ALINHA DE CHEGADA NA 1ª POSIÇÃO

Segunda, 25 Fevereiro 2019 12:26 | Actualizado em Sábado, 19 Outubro 2019 14:31

MASERATI MULTI 70 E GIOVANNI SOLDINI FORAM OS PRIMEIROS A CRUZAR A LINHA DE CHEGADA DA RORC CARIBBEAN 600

  • A equipa italiana estabeleceu um novo recorde da prova: 1 dia, 6 horas e 49 minutos
  • O Argo, seu rival direto, cruzou a linha de chegada 7 minutos depois

Modena, 20 de fevereiro de 2019 - Às 20h49m00s de terça-feira, 19 de Fevereiro, hora local (00h49m00s de quarta-feira, 20 de fevereiro, UTC) o Maserati Multi 70 foi o primeiro a cruzar a linha de chegada da 11ª edição da RORC Caribbean 600, organizada pelo Royal Ocean Racing Club, vencendo a Classe Multicascos e estabelecendo um novo recorde da regata. Depois de ter competido lado a lado com MOD 70 americano Argo nas últimas 30 milhas, o Maserati Multi 70 terminou a regata com um tempo total de 1 dia, 6 horas, 49 minutos e 0 segundos. O Argo cruzou a linha de chegada às 20h56m04s, hora local, 7 minutos depois do Maserati Multi 70.

A bordo do trimarã italiano, ao skipper Giovanni Soldini juntaram-se 7 velejadores profissionais: os italianos Vittorio Bissaro (tático), Guido Broggi (trimmer da vela grande), Nico Malingri e Matteo Soldini (ambos grinder e trimmer); os espanhóis Carlos Hernandez Robayna (trimmer) e Oliver Herrera Perez (proa); e o francês Claude Thélier (trimmer).

A RORC Caribbean 600 começa e termina em Antígua. O percurso da regata tem 600 milhas de extensão e ruma a Norte até São Martinho e sul de Guadalupe, passando por 11 ilhas nas Pequenas Antilhas, nas Caraíbas, incluindo Barbuda, Nevis, Saba e São Bartolomeu.

O Maserati Multi 70 e o MOD 70 americano Argo, com Jason Carroll como skipper, largaram de Fort Charlotte, Antígua, às 14h00, hora local (18h00 UTC, 19h00, hora de Itália) na segunda-feira, 18 de fevereiro, competindo na classe Multi/MOD 70. O Royal Ocean Racing Club criou excecionalmente a classe para os dois trimarãs, no seguimento da decisão de atrasar a sua partida para permitir à equipa do Argo terminar os trabalhos de reparação após terem virado durante uma regata de treino na sexta-feira.

Não muitas horas volvidas sobre a largada, a poucas milhas de Saba, o Maserati Multi 70 e o Argo assumiram a liderança da frota de multicascos: cerca das 19h00, hora local (23h00 UTC), o trimarã italiano ultrapassou o DNA F4 Falcon, que tinha começado a navegar 2 horas e 20 minutos mais cedo. Após contornar São Martinho, por volta da meia-noite de terça-feira, 19 de fevereiro, hora local (04h00 UTC), o Maserati Multi 70 começou a acelerar rumo a sul, alcançando uma velocidade de 37 nós.

Soldini explica: “Foi, de facto, uma grande regata, o vento estava forte e tivemos de executar diversas manobras. Na primeira parte, enquanto navegávamos entre as ilhas do Norte, pudemos criar distância para o Argo e ganhar uma vantagem significativa sobre o nosso direto competidor: tenho, efetivamente, de enaltecer a tripulação pelas manobras limpas e precisas”.

Na manhã de terça-feira (hora local), o trimarã italiano alcançou Guadalupe, a secção mais crítica da prova: as altas montanhas da ilha afetaram negativamente o vento. Giovanni Soldini e a sua equipa decidiram, por isso, navegar a algumas milhas de distância da costa, e puderam alcançar as Ilhas dos Santos, o ponto mais a sul da regata, sem perderem muita velocidade.

“Após termos alcançado Guadalupe, tivemos um problema com a vela grande que nos fez perder muito tempo. Durante muitas horas, fomos forçados a utilizar apenas a vela da proa, pelo que perdemos a maior parte da vantagem de que dispúnhamos, até conseguirmos resolver o problema”.

A tripulação italiana está contente com o desempenho a bordo do Maserati Multi 70. Giovanni Soldini comenta: “Estamos realmente satisfeitos com o Maserati Multi 70: após dois anos de trabalho, o barco está em grande forma e aprendemos muito bem a navegar com ele. Cada manobra a bordo requer imensas operações, muitas mais do que a bordo de um clássico MOD 70, mas agora somos capazes de executá-las muito rapidamente”.

Giovanni Soldini e a sua equipa esperam reconfirmar estes excelentes resultados durante a regata Newport- Cabo San Lucas, que tem início a 17 de março de 2019, o próximo evento da temporada desportiva de 2019 do Maserati Multi 70.


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos