Velocidade Online

Diversos - Desportos Nauticos

DIVERSOS - CAMPEONATO MUNDO DE F1 - PORTIMÃO

Quarta, 22 Maio 2019 16:44 | Actualizado em Sábado, 19 Outubro 2019 07:25

Torrente das arábias

Grande Prémio de Portugal – Algarve F1 H2O


O campeão Mundial Shaun Torrente venceu a prova portuguesa do Mundial de Fórmula 1, dominando no circuito desenhado na Foz do Arade, em Portimão. Duarte Benavente foi 11º, numa jornada que viu o português Pedro Fortuna subir ao pódio em F4-S.

Dezenas de milhar de espectadores encheram as margens do rio Arade, para assistir a um fabuloso espectáculo de motonáutica, erguido numa prova que teve um nível organizativo altíssimo.

Aliás, Paulo Ferreira,. Presidente da FPM, considera mesmo que “este foi o melhor Grande Prémio de sempre, com uma organização perfeita, que muito deve orgulhar o nosso país”.

A corrida do Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1 foi muito disputada, sobretudo pelo pelotão que rodou atrás dos inalcançáveis pilotos do Team Abu Dhabi.

Dominadores nos treinos cronometrados, Shaun Torrente e Thani Al Qemzi foram os mais fortes na partida, com Torrente a impor-se ao seu colega de equipa na primeira rondagem, fazendo valer a sua condição de “pole position”.

Os dois rodaram sempre perto, ora com o americano a aumentar a vantagem, ora com o piloto dos Emirados Árabes Unidos a chegar mais perto, mas sem nunca colocar em causa novo triunfo do campeão do mundo, que começa assim a defender da melhor maneira o título alcançado em 2018.

Thani Al Qemzi manteve sempre o segundo posto, terminando a 1,38 segundos.

Já o sueco Jonas Andersson, da equipa Amaravati, fechou o pódio com o terceiro lugar, a 3,22 segundos do vencedor, depois de ter protagonizado uma luta sem tréguas com  o francês Peter Morin (CTIC China), autor da volta mais rápida, em 45,20 segundos e a sua compatriota Marit Stromy (Emirates Racing), que terminaram em quarto e quinta, respectivamente.

O internacional português Duarte Benavente, da F1 Atlantic Team, terminou em 11º, depois de uma corrida difícil sempre em recuperação. 13º na grelha de partida, o lusitano caiu o arranque para 16º, depois de ter sido prejudicado “por uma confusão na rondagem da primeira aboia, quando um dos meus adversários cortou a linha de trajetória, num movimento que não cumpre as regras, fazendo-me perder velocidade e lugares”.

Daí para a frente, Duarte Benavente protagonizou uma corrida em que apostou em ser “rápido, mas sem erros, jogando com a dureza e a duração”, beneficiando de algumas desistências para ir subindo até ao 11º lugar final.

 O Mundial de pilotos é liderado por Shaun Torrente, com 20 pontos, seguido pelo piloto dos Emirados Árabes Unidos Thani Al Qemzi (15), sendo o terceiro posto ocupado pelo sueco Jonas Andersson (12).

Pedro Fortuna conquista 2º lugar nos F4-S

Depois de ter sido quarto na primeira acorrida de Fórmula 4-S, realizada na tarde de sábado, Pedro Fortuna realizou o segundo tempo na qualificação para a segunda e derradeira corrida do programa, prometendo ir lutar com todas as forças para poder estar no pódio final.

Um mau arranque ia deitando tudo a perder mas o piloto português, a correr com as cores do Team Amaravati, cerrou os dentes e partiu em busca dos adversários, galgando lugares até que, já no fecho da prova, logrou chegar ao segundo lugar final, que lhe viria a dar idêntico posto no pódio final a prova.

No final, Pedro Fortuna estava “muito feliz por ter conseguido colocar Portugal no pódio”, considerando o 2º lugar “um resultado fantástico, sobretudo quando consideramos que corri com um barco que não conhecia, sem testes prévios”, o que realça ainda mais a exibição do português.

O mundial ruma agora a terras francesas, para de 5 a 7 de julho, disputar a próxima ronda, em Evian.


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos