Velocidade Online

Diversos - Aviação

DIVERSOS - AVIAÇÃO COMERCIAL - AEROPORTO SÃO FRANCISCO

Quinta, 25 Julho 2019 20:00 | Actualizado em Quarta, 23 Outubro 2019 06:48

Aeroporto Internacional de São Francisco inaugura o primeiro terminal
com o nome de um líder LGBTQ+

 

Investimento de 2,14 mil milhões presta homenagem a Harvey Milk

 

 

O Aeroporto Internacional de São Francisco, SFO em sigla inglesa, inaugura hoje o Harvey Milk Terminal 1, o primeiro terminal do mundo com o nome de um membro da comunidade LGBTQ+. A infraestrutura de 2,14 mil milhões de euros estabelece um novo padrão para uma extraordinária experiência de viagem.

 

Harvey Milk foi o primeiro homem  gay assumido a ser eleito para um cargo público na Califórnia, Estados Unidos da Améria. Durante 11 meses, Harvey Milk integrou o Conselho de Supervisores de São Francisco até ser assassinado, juntamente com opresidente da Câmara da cidade, George Moscone, em 1978.

 

Ivar C. Satero, diretor do Aeroporto Internacional de São Francisco, afirma: o Harvey Milk Terminal 1 define um novo benchmark para a experiência no aeroporto e representa um tributo à vida e ao legado de um dos primeiros líderes dos direitos civis. O SFO é, para milhões de pessoas do mundo inteiro, a primeira impressão da Baía de São Francisco e o Harvey Milk Terminal 1 incorpora tudo o que torna esta região tão especial: um espírito de inovação, um foco no ambiente e, acima de tudo, um compromisso com a diversidade, a igualdade e a inclusão. Espero que os viajantes de todo o mundo se inspirem pela história de Harvey Milk no terminal que perpétua o seu nome.    

 

Nove dias antes de morrer, Milk gravou um testamento que deveria “ser ouvido apenas no caso do seu assassinato:

 

A minha eleição deu a alguém – a mais uma pessoa – esperança. Afinal, é disso que se trata. Não é sobre o benefício pessoal. Não é sobre o ego. Não é sobre o poder. É sobre dar aos jovens…esperança. Têm de lhes dar esperança

 

Harvey Milk

 

 

O ponto principal do novo terminal é a exposição Harvey Milk: Mensageiro de Esperança, que homenageia o líder dos direitos civis e o seu impacto nos direitos da comunidade LGBTQ+. Abrangendo quase 120 metros, inclui 100 imagens dramaticamente explosivas de Milk – muitas destas conseguidas através do público – assim como arte e lembranças do falecido.  

O Harvey Milk Terminal 1 foi projetado para conectar os passageiros com o ambiente que está além das portas de embarque. As comodidades de classe mundial incluem:

 

  • Janelas do chão ao teto que escurecem de acordo com a luz solar; aberturas circulares no teto – designadas por óculo – que permitem a entrada de luz;
  • Áreas das portas de embarque concebidas como lounge rooms, com 2.134 lugares sentados de 34 tipologias, incluindo cadeiras de pele, plástico, metal e tecido, sofás e bancos; 
  • A primeira casa-de-banho de aeroporto multiuso e para todos os géneros, e uma exclusiva para animais;
  • Arte in situ – arte produzida especificamente para o local -, incluindo 14 novas obras de arte pública para os viajantes apreciarem durante o tempo de espera;
  • Elevadores com energia própria, passadeiras e escadas rolantes, que reduzem a utilização da rede elétrica;
  • Um sistema de transporte de malas com eficiência energética (Individual Carrier System ou ICS), o primeiro do género nos Estados Unidos.

 


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos