Velocidade Online

Diversos - Diversos

DIVERSOS -SUPER BOCK EM STOCK REGRESSA EM LISBOA EM 2018

Quarta, 04 Julho 2018 21:51 | Actualizado em Sexta, 20 Julho 2018 09:50

Super Bock em Stock regressa a Lisboa em 2018

 

O Super Bock em Stock está de volta à Avenida da Liberdade, em Lisboa, a 23 e 24 de novembro. Johnny Marr, Elvis Perkins, Charles Watson, The Harpoonist and the Axe Murderer e o português Conan Osiris são os primeiros nomes já confirmados.

 

Este festival único que foge aos tradicionais festivais de música da época estival, regressa com a melhor música, tendo como cabeça de cartaz o antigo guitarrista dos The Smith, Johnny Marr. O músico britânico deverá trazer a palco o seu mais recente álbum, “Call the Comet” que inclui a música “Hi Hello. O guitarrista de umas das mais emblemáticas bandas britânicas que eternizou temas como “There is a light that never goes out”, estreou-se a solo com o disco “The Messenger”, editado em 2013.

 

Elvis Perkins, influenciado por míticos músicos como Bob Dylan, Leonard Cohen ou Van Morrison é outro dos grandes nomes já anunciados, a que se junta Charles Watson e a banda canadiana The Harpoonist & the Axe Murderer, dos músicos Shawn Hall e Matthew Rogers. Charles Watson que é um dos principais compositores e produtores londrinos da atualidade que integra os Slow Club, atua a solo. Com ele traz o álbum de estreia “Now That  I’m a River”. Já a banda canadiana deverá apresentar “Apocalipstick” (2017) e que traz até 2018 os blues dos anos 50 e 60.

 

Pelas cores nacionais já confirmado foi também o músico Tiago Miranda, que abraçou o projeto Conan Osiris e que bebe influências tão diferentes como o fado, o hip hop ou até metal. O álbum de estreia “Adoro Bolos” promete não deixar indiferente o público do Super Bock em Stock. Para além destes nomes, a organização promete anunciar novas confirmações todas as semanas até as datas do festival.

 

A edição de 2018 do Super Bock em Stock irá passar por cerca de 12 salas que vão desde a Avenida da Liberdade à baixa lisboeta, como o Cinema São Jorge, o Capitólio, o Teatro Tivoli, o Palácio Foz, Coliseu dos Recreios e a Casa Alentejo, só para citar alguns dos mais emblemáticos. Segundo o promotor Luís Montez, outros palcos deverão juntar-se ao cartaz.

 

"Mostrar o talento novo, acompanhar os artistas enquanto eles ainda estão a dar os primeiros passos e ser surpreendido por novas tendências, novas sonoridades" é o conceito base deste festival, afirmou o promotor na apresentação aos jornalistas.

Os bilhetes estão à venda a partir desta quarta-feira e o passe único para os dois dias tem um valor de 40.00€ até 31 de agosto. O valor sobe para 45.00€ a partir dessa data e até 22 de novembro. Nos dias do festival terá um custo de 50,00€.

O festival Super Bock em Stock aconteceu de 2008 a 2010, depois mudou para Vodafone Mexefest, entre 2011 e 2017, retomando agora o nome original.

 

Texto de Paula Lamares/ JLpress e fotografias de João Lamares/JL Press - www.velocidadeonline.com


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos